Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (AGOSTO 2010)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (AGOSTO 2010)"

Transcrição

1 Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (AGOSTO 2010)

2 Índice 1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP Viagem Nacional Proposto Roteiros Complemento PCDP com escala/conexão Viagem Internacional Cancelar Viagem Prorroga / Complementa Viagem Consultar PCDP...40

3 1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP Para cadastrar uma viagem, usar a funcionalidade Solicitação e o módulo Cadastra/Altera Viagem. O Sistema abrirá uma tela para cadastrar uma nova viagem. Acionar o botão Novo. 3

4 Após clicar no botão Novo, o Sistema mostrará a tela onde constarão o nome do Solicitante (pessoa responsável por incluir os dados da viagem), o Tipo de Proposto e o CPF. O Solicitante deve selecionar o Tipo de Proposto da viagem. Os tipos de propostos são: Servidor; Convidado; Colaborador Eventual; Assessor Especial; Outros; Participante Comitiva; Equipe de Apoio; Dependente; e Militar. 4

5 Aqui cabe uma explicação sobre os tipos de propostos. Tipo de Proposto: Servidor Convidado Colaborador Eventual Assessor Especial Outros Requisito: Possuir exercício no órgão que cadastrará a viagem e estar cadastrado no SIAPE. Não possuir exercício no órgão que cadastrará a viagem, e estar cadastrado no SIAPE (pertence a outro órgão da Administração Publica Federal Direta, Fundação e Autarquia).. Particular dotado de capacidade técnica especifica, que recebe a incumbência da execução de determinada atividade sob a permanente fiscalização do delegante, sem qualquer caráter empregatício. Servidor designado para acompanhar Ministro de Estado, titular de cargo de natureza especial ou dirigente máximo de autarquia ou fundação publica federal. Aqueles casos que não forem enquadrados em nenhum dos anteriores. Participante Comitiva Equipe de Apoio Dependente Militar de Acompanhar a Presidência da República e a Vice-Presidência da República em suas viagens. Ser designado, nessa condição, para compor as viagens do Presidente ou do Vice-Presidente da República. Dependente de servidor público. Pertencer a algum dos Comandos Militares e não possuir cadastro no SIAPE. 5

6 1.1.Viagem Nacional Proposto Se o proposto for servidor, informar o seu CPF e em seguida acionar o botão Pesquisar para que o SCDP vá ao SIAPE recuperar os dados funcionais. O SCDP mostrará os dados do servidor, recuperados do SIAPE. Os campos com o fundo branco são editáveis (para a viagem que está sendo cadastrada). Caso o servidor queira alterar definitivamente alguns desses dados, que por algum motivo estejam desatualizados, deverá fazê-lo na sua Unidade Pagadora. 6

7 Depois de conferir os dados do servidor, acionar o botão Salvar. Obs.: Caso não seja esse o servidor que irá viajar, o solicitante deverá acionar o botão Fechar e iniciar um novo cadastramento com o CPF correto. Depois de salvar os dados, o SCDP irá mostrar o nome do proposto em negrito, como link com os dados funcionais. Caso haja algum anexo a ser incluído (folder, ofício, memorando, fax, etc), deve-se acionar o botão Anexos... 7

8 ... o botão Procurar... E pesquisar no diretório o arquivo a ser adicionado. 8

9 Após escolher o arquivo, selecionar o Tipo de Documento......e acionar o botão Anexar. O SCDP retornará a seguinte mensagem: Documento anexado com sucesso!. 9

10 Para visualizar o anexo, clicar no campo Documentos anexados e selecionar o documento. Depois de feita a seleção, acionar o botão Abrir para poder visualizar o anexo. 10

11 1.1.2 Roteiros Depois de incluído os dados do proposto, acionar a aba Roteiros. O SCDP mostrará uma tela solicitando as informações sobre o período de afastamento, os locais de origem e destino, pagamento ou não de diárias e o meio de transporte. No campo Início da Permanência, informar o dia no qual o proposto iniciará sua viagem. 11

12 No campo Local de Origem, informar a cidade de onde o proposto irá partir. Há duas formas de consultar o nome da cidade: 1ª) Digitar no campo Local de Origem, o nome da cidade e teclar ENTER para que o Sistema retorne com os nomes encontrados e o solicitante faça a seleção; ou 12

13 2ª) Clicar no botão (localizado no canto direito). O Sistema abrirá uma janela para que se faça a seleção da cidade, refinando a consulta por País, UF e Cidade. O campo Final da Permanência deverá ser preenchido tendo em mente a seguinte pergunta: Até quando o proposto irá ficar no local de destino? O campo Local de Destino deve ser preenchido da mesma forma que o campo Local de Origem : 13

14 Se a viagem tiver pagamento de diárias, marcar o box Diárias e escolher o percentual (Decreto 5.992/2006, Art 2º). Se houver passagens, marcar o box Passagens e selecionar o Meio de Transporte. Caso o meio de transporte escolhido tenha sido o Aéreo, deve ser escolhido também a Classe de vôo. 14

15 O box Adicional Embarque/Desembarque deverá ser marcado se no local de destino houver trabalho ou hospedagem (Decreto 5.992/2006, Art. 8º). Preencher data e hora do inicio do trabalho, evento ou missão (Portaria 505/2009, Art. 1º, Inciso III - MP). Caso haja alguma restrição para esse trecho, o solicitante deve informar nesse campo. Depois de preenchidas as observações do trecho, se houver, clicar em Incluir. Após a inclusão do primeiro trecho, o Sistema retorna essa tela para que o solicitante possa incluir quantos trechos forem necessários para a viagem. No nosso exemplo vamos incluir mais um trecho. Para isso vamos acionar o botão Novo. 15

16 Após acionar o botão Novo, o SCDP mostrará a tela para ser preenchida com informações do novo trecho. No nosso exemplo, vamos marcar a caixa de Retorno (que é o trecho de chegada à sede de serviço) para informarmos a volta do proposto. Basta confirmar a classe do vôo e acionar o botão Incluir. 16

17 1.1.3 Complemento Depois de cadastrados os roteiros de ida e volta, acionar a aba Complemento para darmos continuidade ao cadastramento da viagem. O Sistema mostrará a seguinte tela. 17

18 O primeiro passo é selecionar o Motivo da Viagem. O próximo passo é informar a Descrição do Motivo da Viagem, de forma clara, objetiva e completa. A solicitação da proposta de viagem, com passagem aérea, realizada com antecedência menor que dez dias, deve ser justificativa. Lembrete: Nessa tela o sistema irá apresentar os campos de justificativa conforme o preenchimento dos trechos; se houver final de semana/feriados, o sistema irá apresentar um outro campo para o preenchimento da justificativa. 18

19 O próximo passo é informar os recursos para o pagamento das diárias (conforme o tipo de proposto) e o de passagens. Depois de incluídas as informações na aba Complemento, acionar o botão Salvar. 19

20 Depois de salvas as informações referentes à viagem, acionar o botão Calcular para conferir os cálculos das diárias e dos descontos que são realizados. Obs.: Nas viagens internacionais, o cálculo será realizado após inserção dos dados de reserva de passagem pelo Representante Administrativo. Após a conferir o cálculo, Encaminhar para a Reserva de Passagens para inserir os dados dos bilhetes. Lembrete: O SCDP encaminhará a solicitação de viagem para o Representante Administrativo caso haja necessidade do preenchimento dos dados referentes à passagem. Se não, enviará direto ao Proponente para a primeira aprovação. 20

21 Depois de encaminhada a solicitação, o SCDP gera automaticamente um número para a Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP. Esse número é seqüencial considerandose o órgão superior. 21

22 1.2. PCDP com escala/conexão. Uma PCDP com escala/conexão é aquela em que a data de início da permanência é igual à data final de permanência, ou seja, o roteiro começa e termina no mesmo dia. Para a sua inclusão, devem-se adotar os mesmos passos da Viagem Nacional, conforme descritos anteriormente e seguir o procedimento abaixo: Acionar a aba Roteiros. O SCDP mostrará uma tela que solicitará informações sobre o período de afastamento do proposto, os locais de origem e destino, se haverá pagamento de diárias e o meio de transporte que será utilizado para o deslocamento. Neste campo Início da Permanência deve-se informar o dia que o proposto iniciará sua viagem. 22

23 Nesse campo Local de Origem deve-se informar a cidade de onde o proposto partirá. O campo Final da Permanência deverá ser preenchido tendo em mente a seguinte pergunta: Até quando o proposto irá ficar no local de destino? Se a data Início da Permanência é igual à data Final da Permanência, abrirá o campo para informar se é uma Escala/Conexão ou não. 23

24 Caso o proposto não tenha trabalho, evento ou missão selecionar Sim no box Escala/Conexão. O Sistema inibirá todas as opções exceto Passagens. Caso contrario, o proposto tem trabalho, evento ou missão, selecionar Não. Informar o Meio de Transporte. 24

25 Após inseridas as informações, acionar o botão Incluir. O Sistema retornará a tela com o botão Novo para que se possam incluir quantos trechos forem necessários para a viagem. No nosso exemplo vamos incluir mais um trecho: a cidade aonde o proposto terá missão. 25

26 Nesse novo trecho, preencher os campos Final da Permanência (até quando o proposto irá ficar no destino), o Local de Destino, marcar Diárias (se for o caso), Passagens, Meio de Transporte e Classe de Vôo (se o meio de transporte for o aéreo). Acionar o botão Incluir. Acionar o botão Novo para incluir as informações referentes ao novo trecho. 26

27 No nosso exemplo, vamos supor que haverá Escala/Conexão no retorno. Nesse caso o proposto não tem trabalho, evento ou missão, portanto selecionar Sim. Depois de incluídas todas as informações desse trecho, acionar o botão Incluir. Nosso roteiro, até agora, ficou da seguinte forma: um trecho Brasília (DF) para São Paulo (SP), referente a uma conexão, um trecho São Paulo (SP) para Recife (PE) e um trecho Recife (PE) para São Paulo (SP), referente a outra conexão. Acionar o botão Novo para incluir as informações referentes ao novo trecho. 27

28 Agora sim iremos marcar a caixa de Retorno (chegada à sede), para retornarmos ao primeiro local de origem. Nosso roteiro ficou da seguinte forma: um trecho de Brasília (DF) para São Paulo (SP), referente a uma conexão, um trecho São Paulo (SP) para Recife (PE), um trecho Recife (PE) para São Paulo (SP), referente a outra conexão e o trecho São Paulo (SP) para Brasília (DF), referente ao retorno à sede. O próximo passo é acionar a aba Complemento e adotar o procedimento para seu preenchimento, descrito anteriormente. 28

29 Observações: 1 A solicitação da proposta de viagem, com passagem aérea, deve ser realizada com antecedência mínima de dez dias. Em caráter excepcional, a autoridade máxima dos órgãos e entidades poderá autorizar viagem em prazo inferior ao estabelecido, desde que devidamente formalizada a justificativa que comprove a inviabilidade do seu efetivo cumprimento (Portaria 505/2009, Art. 1º - MP); 2 A autorização de nova viagem sem prestação de contas da anteriormente realizada, é de competência e responsabilidade da autoridade máxima dos órgãos e entidades (Portaria 505/2009, Art. 4º, 2º - MP); 3 As propostas de concessão de diárias, quando o afastamento iniciar-se em sextas-feiras, bem como os que incluam sábados, domingos e feriados, serão expressamente justificadas, configurando, a autorização do pagamento pelo ordenador de despesas, aceitação da justificativa (Decreto nº 5.992/2006, Art. 5º, 2º); 4 O servidor que, a serviço, afastar-se da sede em caráter eventual ou transitório para outro ponto do território nacional ou para o exterior, fará jus a passagens e diárias destinadas a indenizar as parcelas de despesas extraordinárias com pousada, alimentação e locomoção urbana, conforme dispuser em regulamento (Lei nº 8.112/1990, Art. 58). Portanto, deve ser claramente justificado o afastamento do servidor sem diárias ou passagens; 5 Para a escolha do meio de transporte Veiculo Próprio observar o decreto nº 3.184/1999; 6 A marcação da opção Passagens determina o fornecimento dos bilhetes pela agência de viagem. Se os bilhetes de passagem forem adquiridos pelo proposto, para ressarcimento posterior, o campo não deve ser marcado. 7 Todas as viagens no âmbito de cada órgão ou entidade devem ser registradas no SCDP, mesmo os casos de afastamento sem ônus ou com ônus limitado (Portaria 505/2009, Art. 3º - MP). 29

30 1.3. Viagem Internacional Para iniciar o cadastro de uma viagem internacional, deve-se seguir os mesmos passos demonstrados na Viagem Nacional. Depois de cadastrados o proposto e o roteiro, seguir o procedimento abaixo: Clicar na aba Complemento. Marcar a opção: COM NOMEAÇÃO/ DESIGNAÇÃO ou SEM NOMEAÇÃO/ DESIGNAÇÃO. Acesse o link [Sobre com nomeação/designação] e [Sobre sem nomeação/ designação] para esclarecimentos. Note que ao passar o mouse por cima da opção desejada, aparece uma nota sobre o assunto. 30

31 Clicar o botão para definir o Enquadramento Legal da viagem. Será aberta esta janela para definir o Tipo de Viagem. Para visualizar o enquadramento legal, posicione o mouse sobre as opções disponíveis. 31

32 Escolher a Natureza da Viagem. (Lei 5809/1972, Arts. 3º a 6º). Escolher a Classe de Diária. O SCDP apresenta, por padrão, a classe I, a qual necessariamente deve ser confirmada ou não. Para isso, acesse o link [Sobre as classes de diárias] para escolher a classe em que o Cargo do Proposto se enquadra. 32

33 O Sistema traz no campo Cotação do Dólar a média das últimas cotações geradas no sistema, (servirá como parâmetro para se ter uma estimativa do custo dessa viagem ). Informar a cotação atualizada. Para finalizar o cadastramento da Proposta de Viagem Internacional, escolher a Opção de Moeda, Motivo da Viagem, preencher as justificativas e escolher os Empenhos. Em seguida acionar o botão. Depois acionar o botão para que o Sistema gere o número da solicitação e encaminhe para a Reserva de Passagens. 33

34 Viagem Encaminhada com sucesso! Observações: 1 A autorização para os afastamentos do País, sem nomeação ou designação, dos servidores civis da Administração Publica Federal, deverão ser publicados no Diário Oficial da União, até a data do início da viagem ou de sua prorrogação, com indicação do nome do servidor, cargo, órgão ou entidade de origem, finalidade resumida da missão, país de destino, período e tipo do afastamento (Decreto 1387/1995, Arts 2º e 3º); 2 Sob pena de responsabilidade, nenhum adiantamento relativo a diária ou ajuda-de-custo poderá ser feito sem a prova da publicação do afastamento no Diário Oficial (Decreto 951/1993, Art. 4º); 3 É vedada a concessão de diárias para o exterior a pessoas sem vinculo com a administração publica federal, ressalvadas aquelas designadas ou nomeadas pelo Presidente da República (Decreto 5992/2006, Art. 10º, 2º). Portanto, deve-se encaminhar o processo com a exposição de motivos à Presidência da República para obter essa autorização; 4 Todas as viagens para o exterior são encaminhadas para a Reserva de Passagens. Aquelas sem passagens são encaminhadas para informar as datas e horas de partida e de chegada, mas não serão encaminhadas para a agência de viagem. 34

35 2. Cancelar Viagem O cancelamento de uma viagem somente é permitido antes de efetuado o pagamento das diárias. Feito o pagamento e a viagem não acontecer, ela deverá ser considerada como não realizada na prestação de contas. Para cancelar uma viagem, acesse Solicitação, Cancela Viagem, tendo o usuário o órgão de exercício que criou a viagem. O Sistema irá apresentar uma lista de todas as viagens do órgão que estão disponíveis para o cancelamento. Selecionar a PCDP desejada. 35

36 O Sistema apresentará um campo para a justificativa do motivo do cancelamento da viagem. Viagem cancelada com sucesso. Observação: Uma viagem cancelada não pode mais ser recuperada. 36

37 3. Prorroga Complementa Módulo disponível para o perfil de Solicitante. As regras para a sua utilização são as seguintes: - As PCDPs com passagem estarão disponíveis após a emissão dos bilhetes; - As PCDPs somente com diárias estarão disponíveis após a execução financeira; - As PCDPs permanecem disponíveis para Prorrogação / Complementação até 5 (cinco) dias após o término da viagem (prazo legal para prestação de contas), independentemente da data de início da viagem; - O sistema permite antecipar ou adiar o início e/ou o fim de cada trecho da viagem, alterar ou excluir os trechos já cadastrados e incluir novos trechos; - Para a alteração dos dados de bilhetes emitidos, sem mudar o período da viagem, o solicitante deve inserir na aba Complemento o motivo da Prorrogação / Complementação e encaminhar para reserva de passagem; - Caso a PCDP aqui considerada tenha passagem ou seja viagem internacional, a Prorrogação/Complementação encaminha a solicitação para o módulo Reserva Passagem; - Ao ser encaminhada, a PCDP passará a ser identificada como PCDP de complementação, o número tem o acréscimo de xc, formato número/ano-complementação. Ao consultar a PCDP deve-se utilizar esse novo formato completo; - Após o encaminhamento, a complementação somente poderá ser desfeita mediante a não aprovação de uma autoridade. Para prorrogar/complementar uma viagem, o Solicitante deve acessar o módulo através do menu Solicitação > Viagem > Prorroga/Complementa Viagem. 37

38 O Sistema abre uma tela com a lista de propostas disponíveis para Prorrogação/ Complementação, e também com parâmetros para seleção. Ao selecionar uma PCDP, o Sistema abre uma outra tela com os dados do Proposto, Roteiros e Complemento da viagem, assim como no Cadastra/Altera Viagem. 38

39 Na aba Complemento preencha a justificativa da complementação no campo Entre com a justificativa para prorrogar/complementar a viagem. Ao encaminhar a PCDP o número tem o acréscimo de 1C, 2C, etc... 39

40 4. Consultar PCDP. Para consultar uma PCDP, fazer a opção Consultas > Situação da Solicitação. O usuário poderá fazer a consulta de várias formas: 1ª) Informar o número da PCDP e acionar o botão OK ; 40

41 2ª) Selecionar a PCDP pelo nome do proposto, por meio do menu cortina; 3ª) Realizar a consulta por meio da Seleção de parâmetros. Após escolher uma das opções acima e acionar o botão OK, o Sistema trará a tela abaixo com as informações da viagem do Proposto. 41

42 Acionando quaisquer dos campos em negrito, mais informações serão disponibilizadas. a) Clique aqui para verificar o status da viagem : o sistema nos apresentará um diagrama mostrando em que posição está a PCDP. b) Clique aqui para ver o histórico da viagem : o sistema nos mostrará as datas, os horários e os responsáveis pelas ações que já foram executadas. c) Clique aqui para ver a solicitação inicial da viagem : o sistema nos mostrará a solicitação anterior à modificação que porventura seja efetuada. d) Clique aqui para ver o histórico de alteração : o sistema nos mostrará as alterações dos valores de auxílio alimentação e vale transporte da viagem. e) Clique aqui para ver o histórico de prorrogação e complementação : o sistema nos mostrará o histórico de prorrogação/complementação da viagem. f) Clique aqui para ver as justificativas/observações por trecho da viagem : o sistema nos mostrará as justificativas ou observações inseridas pelo usuário por trecho da viagem. g) Clique aqui para ver as justificativas/observações por reserva de passagem da viagem : o sistema nos mostrará as justificativas ou observações inseridas pelo usuário por reserva de passagem da viagem. 42

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (ABRIL 2009) Índice 1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP...3 1.1.Viagem Nacional...6 1.2.

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 Índice 1. Acesso ao Sistema Página 3 1.1 Acessar o Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP com Login

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP. Operacionalização - Solicitação de Viagem

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP. Operacionalização - Solicitação de Viagem Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP FAQ Perguntas e Respostas Freqüentes Operacionalização - Solicitação de Viagem 1 - Quais as exigências legais para cadastramento de uma solicitação de

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Operacionalização - Solicitação de Viagem 1 CADASTRAMENTO DE VIAGEM 1.1 Como reativar uma PCDP já cancelada? 1.2 -

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Solicitante de Passagem

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Solicitante de Passagem Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP Perfil: Solicitante de Passagem Novembro - 2014 1 Sumário Introdução...3 Etapa de Reserva de Passagem...4 1 Reserva de Passagem...4

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades e Execução Financeira (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades e Execução Financeira (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades e Execução Financeira (AGOSTO 2010) Índice 1. Aprovação...03 1.1. Proponente / Autoridade Concedente...03 1.2. Autoridade

Leia mais

Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento de Logística e Serviços Gerais LEGISLAÇÃO

Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento de Logística e Serviços Gerais LEGISLAÇÃO Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento de Logística e Serviços Gerais LEGISLAÇÃO 1 Concessão de Diárias e Passagens O servidor que, a serviço, afastar-se da sede em caráter eventual

Leia mais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Procedimentos Departamento de Projetos Contratos e Convênios Pró-Reitoria de Administração Manual para Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Leia mais

Manual de utilização do Relatório de Viagens

Manual de utilização do Relatório de Viagens Manual de utilização do Relatório de Viagens Os Módulos do Sistema de Relatório de Viagens foram criados tendo com base a Regulamentação de Viagem da MGS - Minas Gerais Administração e Serviços S/A (RG/AD/02/10ª).

Leia mais

SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS

SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS SLTI / MP SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS MANUAL DO USUÁRIO Versão: 22/11/2004 SUMÁRIO SUMÁRIO...i SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS...1 1. CONCEITOS...1 1. 1. DEFINIÇÃO...1 1. 2.

Leia mais

Portaria nº 37, de 13 de abril de 2009.

Portaria nº 37, de 13 de abril de 2009. Portaria nº 37, de 13 de abril de 2009. Disciplina os procedimentos para concessão de diárias e passagens, no âmbito da Fundação Cultural Palmares. O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES, no uso das

Leia mais

Art. 3º A diária será devida pela metade nos seguintes casos:

Art. 3º A diária será devida pela metade nos seguintes casos: Orientações para Solicitação e Prestação de Contas de Diárias de acordo com o Decreto nº 3328-R, de 17 de junho de 2013. DIÁRIAS Diárias são indenizações pagas antecipadamente para cobrir despesas com

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Prestação de Contas (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Prestação de Contas (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Prestação de Contas (ABRIL 2009) Índice 1. Prestação de Contas...3 1.1. Devolução de Valores...7 1.2. Ajustar PCDP...10 1. Prestação

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008 (Módulo Aprovação)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008 (Módulo Aprovação) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008 (Módulo Aprovação) Índice 1. Aprovação Página 3 1.1 Proponente / Autoridade Concedente Página 3 1.2. Autoridade Superior

Leia mais

Manual Operacional para o Gestor Setorial do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008

Manual Operacional para o Gestor Setorial do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008 Manual Operacional para o Gestor Setorial do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008 Índice 1. Acesso ao Sistema Página 3 1.1 Acessar o Sistema de Concessão de Diárias e Passagens

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Representante Administrativo (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Representante Administrativo (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Representante Administrativo (AGOSTO 2010) Índice 1. Reserva Passagem...03 1.1. Remarcação de Bilhete...13 2 1. Reserva Passagem

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (AGOSTO 2010) Índice 1. Acesso ao Sistema...03 1.1. Perfis de Acesso...04 1.2. Acessar o Sistema de Concessão

Leia mais

SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS - SCDP

SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS - SCDP SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS - SCDP O Sistema de Concessão SCDP é um sistema informatizado, acessado via Internet, que integra as atividades de concessão, registro, acompanhamento, gestão

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 (Módulo Prestação de Contas)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 (Módulo Prestação de Contas) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 (Módulo Prestação de Contas) Índice 1. Prestação de Contas Página 3 1.1. Prestação de Contas Página 3 1.2. Devolução

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Reembolso de Bilhetes (NOVEMBRO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Reembolso de Bilhetes (NOVEMBRO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Reembolso de Bilhetes (NOVEMBRO 2010) Índice 1. Reembolso de bilhetes...03 1.1. Solicitar Reembolso...04 1.2. Registrar Reembolso...08

Leia mais

3. Viagem Internacional

3. Viagem Internacional 3. Viagem Internacional Para cadastrar uma viagem internacional, acesse através do menu Solicitação/ Cadastra/Altera Viagem. Acione o botão Novo, para cadastrar uma nova viagem. Selecione o Tipo de Proposto,

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Gestor Setorial

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Gestor Setorial Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP Perfil: Gestor Setorial Novembro/2013 1 Sumário Introdução...4 Procedimentos iniciais do Gestor Setorial...5 Procedimentos Iniciais

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (ABRIL 2009) Índice 1. Acesso ao Sistema...3 1.1. Perfis de Acesso...4 1.2. Acessar o Sistema de Concessão de

Leia mais

I - Proposto: pessoa que viaja e presta contas da viagem realizada;

I - Proposto: pessoa que viaja e presta contas da viagem realizada; 1 PORTARIA MEC 403/2009 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 403, DE 23 DE ABRIL DE 2009 Dispõe sobre a solicitação, autorização, concessão e prestação de contas de diárias, passagens

Leia mais

Campus Catalão Prefeitura do CAC

Campus Catalão Prefeitura do CAC Campus Catalão Prefeitura do CAC ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS Critérios para liberação de diárias e/ou passagens: Para liberação de diária ou passagem, deve-se dar entrada na Prefeitura

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS 1 APRESENTAÇÃO A Coordenação de Controle e Expedição de Diárias da Reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba,

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE DIÁRIAS DA MGS. Versão 1.0

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE DIÁRIAS DA MGS. Versão 1.0 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE DIÁRIAS DA MGS Versão 1.0 SUMÁRIO 1. Descrição do Local de Acesso... 1 2. Módulo Registrar Diárias... 3 3. Módulo Aprovar Diárias... 11 4. Registrar Prestação de Contas...

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades (ABRIL 2009) Índice 1. Aprovação...3 1.1. Proponente / Autoridade Concedente...3 1.2. Autoridade Superior...6 1.3. Ordenador

Leia mais

Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador

Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador 2015 TUTORIAL SIGAMAZÔNIA Desenvolvido por: FAPESPA LABES-UFPA Sumário Sumário... 3 CADASTRO NO SISTEMA... 5 FAZENDO LOGIN NO SIGAMAZÔNIA... 5 MENU INICIAL... 6

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 545, DE 22 DE JANEIRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 545, DE 22 DE JANEIRO DE 2015 Publicada no Diário da Justiça Eletrônico, nº 17, em 27/1/2015. RESOLUÇÃO Nº 545, DE 22 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre a concessão de diárias e passagens no âmbito do Supremo Tribunal Federal. O PRESIDENTE

Leia mais

PORTARIA UFERSA/GAB Nº 428/2009, 04 de Maio de 2009

PORTARIA UFERSA/GAB Nº 428/2009, 04 de Maio de 2009 PORTARIA UFERSA/GAB Nº 428/2009, 04 de Maio de 2009 O Reitor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, no uso das atribuições que lhe confere o Decreto do Ministério da Educação de 30 de julho de 2008,

Leia mais

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Manual Avançado Portal Agências Sumário 1 Portal Frontur Consolidação... 3 2 Reconhecendo o Portal... 03/04/2014 3 3 Navegando e utilizando o Portal... 5

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.992, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2006. Dispõe sobre a concessão de diárias no âmbito da administração federal direta, autárquica

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP 2014 Elaboração: Adm. Claudia Barboza PROPLAD REITORIA Maio de 2014 1 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Informações Gerais... 3 2. DEFINIÇÕES...

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES. Operacionalização - Solicitação de Viagem

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES. Operacionalização - Solicitação de Viagem Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Operacionalização - Solicitação de Viagem I CADASTRO DE USUÁRIO 1 - Como gerar uma nova senha para o usuário que não

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

ProReserve Serviços de Internet Ltda.

ProReserve Serviços de Internet Ltda. [Digite texto] ProReserve Serviços de Internet Ltda. Av. Evandro Lins e Silva, 840-1911, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - 21 2178-2180 São Paulo / Rio de Janeiro / Campinas / Curitiba / Brasília / Fortaleza

Leia mais

FAQ Perguntas e Respostas Frequentes. Operacionalização - Solicitação de Viagem

FAQ Perguntas e Respostas Frequentes. Operacionalização - Solicitação de Viagem FAQ Perguntas e Respostas Frequentes Operacionalização - Solicitação de Viagem Março/2014 I CADASTRO DE USUÁRIO 1 - Como gerar uma nova senha para o usuário que não consegue acessar o sistema? 2 - Como

Leia mais

Guia para implantação da nova versão do SCDP

Guia para implantação da nova versão do SCDP Guia para implantação da nova versão do SCDP Dezembro/2013 PARTE 1 SUMÁRIO 1. PRINCIPAIS NOVIDADES NA NOVA VERSÃO...3 1.1. Melhorias no controle do orçamento...3 1.2. Melhorias na execução financeira...3

Leia mais

TREINAMENTO SISTEMA RESERVE. Hospedagem

TREINAMENTO SISTEMA RESERVE. Hospedagem TREINAMENTO SISTEMA RESERVE Hospedagem ACESSO AO SISTEMA RESERVE Acesso: Intranet: Área do Empregado >> Viagens >> Site da BK2: www.lcc-bk2.com; Digitar o Login de usuário do Reserve; 2 Digitar a senha

Leia mais

Sistema de Autorização Unimed

Sistema de Autorização Unimed Diretoria de Gestão Estratégica Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Serviços em TI Sistema de Autorização Unimed MANUAL DO USUÁRIO DIVISÃO DE SERVIÇOS EM TI A Divisão de Serviços em TI

Leia mais

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque.

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5. ALTERAÇÃO DO ESTOQUE ATUAL Não é possível alterar o estoque de um produto na tela Cadastro de Produto. Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5.1. Cadastro

Leia mais

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes 1. É possível excluir um processo que já foi enviado? Só será possível excluir o processo se o mesmo ainda não tiver sido recebido.

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº010/UNIR/PROPLAN/2014 DE 02 DE JUNHO DE 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº010/UNIR/PROPLAN/2014 DE 02 DE JUNHO DE 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº010/UNIR/PROPLAN/2014 DE 02 DE JUNHO DE 2014. Regulamenta o processo de solicitação, autorização, concessão e prestação de contas de diárias e passagens no âmbito da Fundação Universidade

Leia mais

Sobre o Reserva Fácil

Sobre o Reserva Fácil Sobre o Reserva Fácil O Reserva Fácil é o portal criado para simplificar o dia a dia do agente de viagens e do cliente corporativo no trabalho de busca, reserva e emissão de passagens Com rapidez e segurança,

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Perfil Convenente

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Perfil Convenente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

CRM MITIS GERAR SMP PELO ASSISTENTE

CRM MITIS GERAR SMP PELO ASSISTENTE CRM MITIS GERAR SMP PELO ASSISTENTE INFORMAÇÕES INICIAIS... 3 PÁGINA INICIAL-CADASTRO DE VISITAS... 3 AGENDA DE VISITAS JANELA PRINCIPAL... 3 CADASTRO DE VISITAS... 3 GERAR SMP PELO ASSISTENTE... 4 PREENCHIMENTO

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Eventos Anulação e Retificação

Eventos Anulação e Retificação MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Eventos Anulação e Retificação

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PRORROGAÇÃO DO PERÍODO DE CAPTAÇÃO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 26/03/2013 1.0 Criação do documento Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE

Leia mais

2.1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP com diárias e passagens.

2.1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP com diárias e passagens. 2.Viagem Nacional 2.1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP com diárias e passagens. Iremos iniciar nosso trabalho pela funcionalidade Solicitação. Essa funcionalidade traz os

Leia mais

TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM. Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais.

TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM. Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais. TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais. G u i a do u s u á r i o TMS TRISTAR MANAGEMENT SYSTEM Guia do Usuário TRISTAR VIAGENS

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros O que é o SISAUT/FC? MANUAL DO USUÁRIO O SISAUT/FC é o sistema por meio do qual são feitos os requerimentos para as autorizações

Leia mais

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros O que é o SISAUT/FC? MANUAL DO USUÁRIO O SISAUT/FC é o sistema por meio do qual são feitos os requerimentos para as autorizações

Leia mais

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011 Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/20 Sumário I - REQUISIÇÃO DE DIÁRIA / PAGAMENTO DE DIÁRIA... Solicitante (Servidor que irá realizar a viagem)... Aprovador

Leia mais

Governo do Estado do Ceará Universidade Estadual do Ceará. Sistema de Gestão de Diárias e Passagens (SiGDP)

Governo do Estado do Ceará Universidade Estadual do Ceará. Sistema de Gestão de Diárias e Passagens (SiGDP) Governo do Estado do Ceará Universidade Estadual do Ceará Sistema de Gestão de Diárias e Passagens (SiGDP) Versão 1.0 Departamento de Informática 2013 Versão do Documento: 1.5 Índice 1 Efetuar Login...

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

Universidade Federal Fluminense SIRH - SISTEMAS INTEGRADOS DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE CONTROLE DE FÉRIAS

Universidade Federal Fluminense SIRH - SISTEMAS INTEGRADOS DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE CONTROLE DE FÉRIAS Universidade Federal Fluminense SIRH - SISTEMAS INTEGRADOS DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE CONTROLE DE FÉRIAS MANUAL DO USUÁRIO Sistema de Controle de Férias Lei N 8112 de 11 de dezembro de 1990 Capítulo

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos O objetivo deste Manual é permitir a reunião de informações dispostas de forma sistematizada, criteriosa e segmentada

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE PEDIDO DE COMPRA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE PEDIDO DE COMPRA MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE PEDIDO DE COMPRA PEDIDO DE COMPRAS Este manual tem como objetivo apresentar os passos necessários para inserir um pedido de compras no ERP-FURB. Com a implantação

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Cotação Eletrônica de Preços

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Orientações, Dicas e Atalhos para registrar e consultar documentos no sistema ERP.

Orientações, Dicas e Atalhos para registrar e consultar documentos no sistema ERP. Orientações, Dicas e Atalhos para registrar e consultar documentos no sistema ERP. 2 Acesso ao sistema: Usuário e Senha (previamente cadastrados). Mudar senha: Menu: Utilitários / Alterar Senha Digitar

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Configuração Inicial e uso do Ultramax Fidelidade Web integrado com o UltraPDV

Configuração Inicial e uso do Ultramax Fidelidade Web integrado com o UltraPDV Configuração Inicial e uso do Ultramax Fidelidade Web integrado com o UltraPDV Sumário 1) Cadastro de Ramos de Atividades... 1 2) Cadastro do Estabelecimento... 1 3) Cadastro de Regras de Pontuação...

Leia mais

1. ACESSO AO SISTEMA SCDP... 2 2. PERFIL SOLICITANTE... 3 2.1 ENVIO DE SOLICITAÇÃO... 4 2.2 REQUISIÇÃO... 5 2.2.1 SERVIDOR DO ÓRGÃO E SERVIDOR DE

1. ACESSO AO SISTEMA SCDP... 2 2. PERFIL SOLICITANTE... 3 2.1 ENVIO DE SOLICITAÇÃO... 4 2.2 REQUISIÇÃO... 5 2.2.1 SERVIDOR DO ÓRGÃO E SERVIDOR DE 1. ACESSO AO SISTEMA SCDP.... 2 2. PERFIL SOLICITANTE... 3 2.1 ENVIO DE SOLICITAÇÃO.... 4 2.2 REQUISIÇÃO.... 5 2.2.1 SERVIDOR DO ÓRGÃO E SERVIDOR DE OUTRO ÓRGÃO.... 6 2.3 SOLICITAÇÃO COLETIVA... 12 2.4

Leia mais

DECISÃO COREN-SP/DIR/02/2011 Homologada através da Decisão COFEN nº 0215/2011, de 09/11//2011.

DECISÃO COREN-SP/DIR/02/2011 Homologada através da Decisão COFEN nº 0215/2011, de 09/11//2011. DECISÃO COREN-SP/DIR/02/2011 Homologada através da Decisão COFEN nº 0215/2011, de 09/11//2011. Regulamenta o pagamento de diárias e o fornecimento de passagens para conselheiros, empregados públicos e

Leia mais

Manual Solicitante Dezembro de 2014. Treinamento e Implantação. Manual do usuário

Manual Solicitante Dezembro de 2014. Treinamento e Implantação. Manual do usuário Manual Solicitante Dezembro de 2014 Manual do usuário Manual Solicitante Dezembro de 2014 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o sistema... 3 2.1 Endereços de acesso:... 3 2.2 Primeiro Acesso:... 3

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

Manual. Passo a Passo AR&B

Manual. Passo a Passo AR&B Manual Passo a Passo AR&B Prezado(a) Colaborador(a), O novo sistema de gestão de viagens tem como o principal objetivo garantir que a política de viagens seja aplicada, garantindo que os preços das passagens

Leia mais

e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica

e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica Página1 e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica Manual do Usuário Produzido por Informática Educativa Página2 Índice Nota Fiscal eletrônica... 03 Safeweb e-nota C... 04 Documentos eletrônicos... 08

Leia mais

COFANET. Guia do Usuário Para Seguro de Crédito. https://cofanet.coface.com/portalviewweb/

COFANET. Guia do Usuário Para Seguro de Crédito. https://cofanet.coface.com/portalviewweb/ COFANET Guia do Usuário Para Seguro de Crédito https://cofanet.coface.com/portalviewweb/ 1 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 4 1.2 Produtos e características do Cofanet... 4 2. ACESSO AO COFANET... 4 2.1 Entrada

Leia mais

SIPAC. Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos MÓDULO ATENDIMENTO DE REQUISIÇÕES

SIPAC. Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos MÓDULO ATENDIMENTO DE REQUISIÇÕES SIPAC Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos MÓDULO ATENDIMENTO DE REQUISIÇÕES Responsável pela análise, gerência e operações de alguns tipos de requisições: Diárias Hospedagem Passagem

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO 1 Sumário 1. Solicitações... 3 1.1 Solicitação do registro profissional... 3 1.2 Prorrogação

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6.

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. COMO FAZER UMA SOLICITAÇÃO DE VIAGEM?... 3 7. COMO FAZER A

Leia mais

PEDIDO Manual OPERACIONAL

PEDIDO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br PEDIDO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 34 ÍNDICE Pedido... 4 Como Acessar... 4 Como Localizar Pedido...

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2010 Dispõe sobre a concessão e o pagamento de diárias no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público, do Ministério Público da União e dos Estados e dá outras Providências.

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Maio -2013 Conteúdo Sumário... 2 PPD -IPD... 3 Adicionar Paciente... 4 Laudo Médico... 6 Avaliação do Enfermeiro... 11 Visita Domiciliar... 14 Dados do Paciente no Programa... 16 Histórico do

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Manual SAGe v 1.0. Introdução. Cadastro de Usuários

Manual SAGe v 1.0. Introdução. Cadastro de Usuários Manual SAGe v 1.0 Cadastro de Usuários Introdução O Sistema de Apoio à Gestão (SAGe) é um sistema informatizado da FAPESP que permite ao pesquisador acesso on-line, provido pela Internet, utilizado para

Leia mais

ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA

ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA 1/24 Apresentação O presente manual tem por objetivo orientar os servidores da ADAPAR Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, em relação a utilização

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet Qualquer dúvida entre em contato: (33)32795093 01 USUÁRIO/CSPSNet O sistema CSPSNet está configurado para funcionar corretamente nos seguintes browsers: Internet Explorer 8.0,

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE DIÁRIAS, FORMAS DE DESLOCAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS

ORIENTAÇÕES SOBRE DIÁRIAS, FORMAS DE DESLOCAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS ORIENTAÇÕES SOBRE DIÁRIAS, FORMAS DE DESLOCAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DIÁRIAS De acordo com a Resolução n. 31/2009-GP, que dispõe sobre a concessão e o valor das diárias a magistrados e servidores. Art.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Inclusão e Envio de Proposta Manual

Leia mais