A VISÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO SOBRE AS CONSULTAS PRÉVIAS PARA CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS 19 DE ABRIL DE 2012

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A VISÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO SOBRE AS CONSULTAS PRÉVIAS PARA CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS 19 DE ABRIL DE 2012"

Transcrição

1 A VISÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO SOBRE AS CONSULTAS PRÉVIAS PARA CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS 19 DE ABRIL DE 2012

2 Formação do contrato de trabalho O vínculo de emprego é uma relação jurídica de natureza contratual. Decorre da vontade das partes. Para a formação do contrato de trabalho é necessária a anotação do vínculo de emprego na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). O empregador deve obedecer aos limites de idade impostos pela Constituição Federal. Todos são iguais perante a lei (artigo 5º, Constituição Federal).

3 Atos discriminatórios na contratação Em razão da intenção em celebrar um contrato de trabalho que tem, como um dos pilares, a confiança existente entre as partes, o empregador pode definir critérios para a contratação. Os critérios não podem ser discriminatórios. O que é discriminar?

4 Atos discriminatórios na contratação A discriminação caracteriza-se pela intenção de preferir um candidato em detrimento de outro sem causa justificada, revelando preconceito em razão de sexo, raça, religião, opinião, compleição física, etc. Há desvirtuamento da igualdade entre as pessoas aptas para ocupar a função. Não se caracteriza como prática discriminatória a opção do empregador que tenha por base exigências próprias de uma função que não pode ser exercida por uma pessoa em decorrência de fatores pessoais ou distinções feitas em razão da natureza da relação de trabalho e do tipo de atividade que a pessoa venha a exercer.

5 Atos discriminatórios na contratação LIBERDADE DE ESCOLHA DO EMPREGADOR X TRATAMENTO IGUALITÁRIO AOS CANDIDATOS (DIREITO À INTIMIDADE)

6 Quais condutas podem ser adotadas pelo empregador? Permissão de solicitação de dados sobre a capacidade profissional do empregado. Proibição de perguntas relacionadas a origens raciais, opções políticas, convicções religiosas, atividades sindicais, bem como demais circunstâncias pessoais discriminatórias. Exceção: casos em que a informação é imprescindível para a execução das atividades profissionais. Proibição de exigência de atestados de gravidez e esterilização. É vedada a adoção de qualquer prática discriminatória e limitativa do acesso do trabalhador à relação de emprego.

7 Atos discriminatórios na contratação MÉTODOS UTILIZADOS NA SELEÇÃO DE PESSOAL Entrevista pessoal e questionário Teste psicotécnico Investigação prévia Polígrafo detector de mentiras Exames médicos Exame toxicológico VIOLAÇÃO DO DIREITO À INTIMIDADE VIOLAÇÃO DO DIREITO AO TRATAMENTO IGUALITÁRIO

8 Métodos utilizados na seleção de pessoal ENTREVISTA PESSOAL E QUESTIONÁRIOS: As perguntas devem estar diretamente relacionadas com a aptidão profissional exigida para a prestação do trabalho. TESTE PSICOTÉCNICO: Deve ser exposto ao candidato os aspectos da personalidade que interessam ao empregador. Métodos adequados ao cargo que será exercido. Deve ser realizado por psicólogo devidamente habilitado. O candidato deve ser informado sobre o resultado da avaliação.

9 Métodos utilizados na seleção de pessoal INVESTIGAÇÃO PRÉVIA : Para avaliar a aptidão do candidato para realizar as funções alusivas ao cargo que irá ocupar. Deve se ater às qualidades profissionais essenciais ao exercício da função. Solicitação de atestado criminal e de inscrição em cadastro de devedores. POLÍGRAFO: Em regra, não vem sendo aceito pela doutrina e pela jurisprudência predominantes. Admite-se, porém, nos casos em que a utilização do polígrafo é considerada medida voltada à segurança da empresa e de seus empregados.

10 Métodos utilizados na seleção de pessoal EXAMES MÉDICOS: A CLT estabelece a obrigatoriedade do exame médico admissional. É lícita a exigência de outros exames complementares para apurar a capacidade ou aptidão física e mental do candidato/empregado para a função que irá exercer. É vedada a exigência de realização de testes de gravidez ou de outros exames que possam gerar a discriminação do candidato, como, por exemplo, exame de AIDS ou exame toxicológico.

11 SANÇÕES: A conduta discriminatória é considerada ato ilícito e, portanto, sujeita o infrator ao ressarcimento de danos morais e materiais, na esfera trabalhista, sem prejuízo de eventuais sanções criminais cabíveis. Trata-se da responsabilidade précontratual do empregador. A indenização possuirá caráter repressivo e pedagógico, devendo ser observados os critérios do art. 944, do Código Civil. Além de eventuais riscos inerentes às ações trabalhistas, o empregador pode sofrer fiscalizações do Ministério Público do Trabalho e da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego.

12 Todos os direitos reservados. Esta apresentação não deverá ser divulgada ou distribuída para qualquer terceiro sem o consentimento prévio e expresso de Souza, Cescon, Barrieu e Flesch Advogados. Esta apresentação não constitui e não deve ser interpretada como aconselhamento legal, o qual deve ser obtido especificamente para qualquer atividade ou operação que se pretenda realizar. Não assumimos qualquer responsabilidade pela atualização das informações contidas nesta apresentação.

Participação dos Trabalhadores nos Lucros ou Resultados

Participação dos Trabalhadores nos Lucros ou Resultados Participação dos Trabalhadores nos Lucros ou Resultados Palestra na Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil 25 de julho de 2013 Previsão legal Constituição da República Federativa do Brasil "Art.

Leia mais

Terminais Públicos e OGMOs Impactos da Lei nº /13

Terminais Públicos e OGMOs Impactos da Lei nº /13 Terminais Públicos e OGMOs Impactos da Lei nº 12.815/13 Junho de 2013 São Paulo Rio de Janeiro Belo Horizonte Brasília Salvador www.scbf.com.br 1. PANORAMA JURÍDICO DO SETOR Instalações Portuárias dentro

Leia mais

DECRETO-LEI Nº 5.452, DE 01 DE MAIO DE 1943

DECRETO-LEI Nº 5.452, DE 01 DE MAIO DE 1943 DECRETO-LEI Nº 5.452, DE 01 DE MAIO DE 1943 Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho. O Presidente da República, usando da atribuição que lhe confere o art. 180 da Constituição, DECRETA: TÍTULO II DAS

Leia mais

Questões relevantes no processo de M&A envolvendo companhias abertas

Questões relevantes no processo de M&A envolvendo companhias abertas Questões relevantes no processo de M&A envolvendo companhias abertas 12.11.2015 Timeline Usual para Operações de M&A envolvendo Companhias Abertas Início das Tratativas 2 Divulgação da Operação Celebração

Leia mais

ART- ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA. Superintendência de Fiscalização - SUPFIS

ART- ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA. Superintendência de Fiscalização - SUPFIS ART- ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA Superintendência de Fiscalização - SUPFIS ART- ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA Procedimento obrigatório por lei Registro pela Internet: 100% eletrônico Comodidade

Leia mais

O registro de empregado deverá ser efetuado por estabelecimento, mediante numeração sequêncial.

O registro de empregado deverá ser efetuado por estabelecimento, mediante numeração sequêncial. DEPARTAMENTO JURÍDICO PARECER/ORIENTAÇÃO Ref.: CRITÉRIOS PARA REGISTRO DE EMPREGADOS Recente portaria do Ministro do Trabalho (Portaria MTE/GM nº 41), publicada no DOU de 30.03.07, pág. 127, altera as

Leia mais

Política de Rateio e Divisão de Ordens entre Carteiras de Valores Mobiliários

Política de Rateio e Divisão de Ordens entre Carteiras de Valores Mobiliários CAPÍTULO I INTRODUÇÃO Apresentação 1.1. A ABM Gestora de Recursos Ltda. ( ABM Capital ) é uma sociedade limitada dedicada à prestação de serviços de administração de carteiras de valores mobiliários, notadamente

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº. 01/2012

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº. 01/2012 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº. 01/2012 SAMIR ALBERTO PERNOMIAN, Prefeito Municipal de Parapuã, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais. TORNA PÚBLICO O presente EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA

Leia mais

CISG. Ana Carolina Beneti -30 de setembro de 2015 Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo

CISG. Ana Carolina Beneti -30 de setembro de 2015 Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo CISG Convenção de Viena - Contratos de Compra e Venda Internacional de Mercadorias Novas regras de comércio internacional e suas implicações na legislação brasileira Ana Carolina Beneti -30 de setembro

Leia mais

DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA BOLETIM 093/2014

DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA BOLETIM 093/2014 DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA ADM 207/2014-14/11/2014 BOLETIM 093/2014 Trabalho temporário tem novas normas de fiscalização definidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Por meio da norma em

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Fontes e princípios do Direito do Trabalho Prof. Hermes Cramacon 1. Fontes materiais - norma ainda não positivada. Momento pré-jurídico. Correntes de pensamento econômico, jurídico,

Leia mais

IGUALDADE SALARIAL PARA EMPREGADORES. Vale a pena! COMISSÃO PARA A IGUALDADE SALARIAL

IGUALDADE SALARIAL PARA EMPREGADORES. Vale a pena! COMISSÃO PARA A IGUALDADE SALARIAL IGUALDADE SALARIAL PARA EMPREGADORES Vale a pena! COMISSÃO PARA A IGUALDADE SALARIAL O que é a Lei sobre a Igualdade Salarial? A Lei sobre a Igualdade Salarial (Pay Equity Act) (Lei) exige que os empregadores

Leia mais

AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA Organização Social de Saúde Fundação Santa Casa de Mis. de Franca

AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA Organização Social de Saúde Fundação Santa Casa de Mis. de Franca PROCESSO SELETIVO 04/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA - AME FRANCA A Fundação Santa Casa de Misericórdia de Franca torna pública

Leia mais

Edição Número 14, página 46, quinta-feira, 19 de janeiro de 2017.

Edição Número 14, página 46, quinta-feira, 19 de janeiro de 2017. Edição Número 14, página 46, quinta-feira, 19 de janeiro de 2017. EDITAL Nº 5, DE 13 DE JANEIRO DE 2017 PROCESSO SELETIVO - PRIMEIRA EDIÇÃO DE 2017 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA - SISU O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

Leia mais

Da Equiparação Salarial

Da Equiparação Salarial BuscaLegis.ccj.ufsc.br Da Equiparação Salarial Adriano Martins Pinheiro Bacharelando em Direito Articulista e colaborador de diversos sites e jornais locais. Atuante em Escritório de Advocacia em São Paulo

Leia mais

HOSPITAL DA POLÍCIA MILITAR COMANDANTE LARA RIBAS

HOSPITAL DA POLÍCIA MILITAR COMANDANTE LARA RIBAS EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 12/14 HPM-ABEPOM O Presidente da ABEPOM - Associação Beneficente dos Militares Estaduais, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente edital, que estabelece

Leia mais

AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA Organização Social de Saúde Fundação Santa Casa de Mis. De Franca

AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA Organização Social de Saúde Fundação Santa Casa de Mis. De Franca PROCESSO SELETIVO 06/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES DE FRANCA - AME FRANCA A Fundação Santa Casa de Misericórdia de Franca torna pública

Leia mais

A PROTEÇÃO DE DADOS E O CONTROLO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NO LOCAL DE TRABALHO. Otília Veiga

A PROTEÇÃO DE DADOS E O CONTROLO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NO LOCAL DE TRABALHO. Otília Veiga A PROTEÇÃO DE DADOS E O CONTROLO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS NO LOCAL DE TRABALHO Otília Veiga Enquadramento normativo Nacional Constituição da República Portuguesa Lei de Proteção de Dados Pessoais (Lei

Leia mais

CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO

CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO Contrato individual de trabalho é o acordo, tácito ou expresso, correspondente à relação de emprego. Relação de emprego entre EMPREGADOR e EMPREGADO. DEFINIÇÃO LEGAL: O

Leia mais

ADMISSÃO 11/08/2016 RECRUTAMENTO SELEÇÃO GESTÃO DE MICROS E PEQUENAS EMPRESAS ADMISSÃO

ADMISSÃO 11/08/2016 RECRUTAMENTO SELEÇÃO GESTÃO DE MICROS E PEQUENAS EMPRESAS ADMISSÃO Departamento de Engenharia de Produção Departamento de Engenharia de Produção GESTÃO DE MICROS E PEQUENAS EMPRESAS Gestão de pessoas Profa. MsC. Célia Regina Beiro da Silveira celiabeiro@expresso.com.br

Leia mais

www.opiceblum.com.br O Marco Civil da Internet, Novas Aplicações, Riscos Legais e Oportunidades para o Setor Bancário Rubia Ferrão FONTES DE DIREITO CF LEIS CP, CC,CPC, CLT, CTN, CDC etc. Demais Atos Decretos,

Leia mais

Trabalhadores já encaram 'ficha limpa' em concursos e setor privado

Trabalhadores já encaram 'ficha limpa' em concursos e setor privado Page 1 of 5 28/05/2010 06h30 - Atualizado em 28/05/2010 07h47 Trabalhadores já encaram 'ficha limpa' em concursos e setor privado Candidatos a concursos podem ficar sem vaga se condenados. No setor privado,

Leia mais

INSCRIÇÃO EXERCE ATIVIDADE REMUNERADA NO CAMPO OBSERVAÇÃO DA CNH

INSCRIÇÃO EXERCE ATIVIDADE REMUNERADA NO CAMPO OBSERVAÇÃO DA CNH INSCRIÇÃO EXERCE ATIVIDADE REMUNERADA NO CAMPO OBSERVAÇÃO DA CNH 01. DA CONSULTA A empresa MBR CONSULTORIA EM TRANSPORTES E LOGÍSTICA, apresentou ao Senhor Diretor do DETRAN consulta, formulando os seguintes

Leia mais

Sociedade Alphaville Residencial 11 Sede Administrativa - Av. Alpha Norte, 700 PABX:

Sociedade Alphaville Residencial 11 Sede Administrativa - Av. Alpha Norte, 700 PABX: 1. INTRODUÇÃO Código de Ética Este Código de Ética reúne diretrizes que devem ser observadas em nossa ação profissional para atingirmos padrões Éticos no exercício de nossas atividades. Para a Sociedade

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Sujeitos do contrato de trabalho / empregador Prof. Hermes Cramacon Avulso Trabalhador portuário - Lei 12.815/2013. Trabalhador não portuário - Lei 12.023/2009. Conceito: Aquele que

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E NORMAS INTERNAS

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E NORMAS INTERNAS MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E NORMAS INTERNAS FINALIDADE Por ser o conceito de ética subjetivo, estando sujeito às variações de valores culturais de cada pessoa, o MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E NORMAS INTERNAS

Leia mais

IUS RESUMOS. Contrato de Trabalho. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Contrato de Trabalho. Organizado por: Samille Lima Alves de Trabalho Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. CONTRATO DE TRABALHO... 3 1. Caracterizando o contrato de trabalho... 3 1.1 Conceito e características... 3 1.2 Elementos essenciais do contrato

Leia mais

NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL

NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL NR 7 - PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Publicação D.O.U. Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78 Alterações/Atualizações D.O.U. Portaria SSMT n.º 12, de 06 de junho de 1983

Leia mais

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador ARMANDO MONTEIRO I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador ARMANDO MONTEIRO I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2014 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 466, de 2013, do Senador Blairo Maggi, que acrescenta o art. 14-A à Consolidação das

Leia mais

Projeto de lei 4330/ quadro comparativo entre as redações aprovadas na Câmara dos Deputados

Projeto de lei 4330/ quadro comparativo entre as redações aprovadas na Câmara dos Deputados Projeto de lei 4330/2004 - quadro comparativo entre as redações aprovadas na Câmara dos Deputados PL 4330 - projeto original apresenta à Ementa: Dispõe sobre o contrato de prestação de serviços e as relações

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA DIREITO ADMINISTRATIVO IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA Atualizado em 04/11/2015 IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA A exigência de uma atuação moral se relaciona com o dever de probidade, ética e honestidade da Administração

Leia mais

Ricardo Abreu & Advogados Associados

Ricardo Abreu & Advogados Associados I. DA TRANSFERÊNCIA 1. A transferência se caracteriza pelo deslocamento do empregado, de um estabelecimento ou empresa, para outro (a) do mesmo grupo, com mudança de seu domicílio (art. 469, da Consolidação

Leia mais

Protecção de Dados na Informação de Saúde

Protecção de Dados na Informação de Saúde Protecção de Dados na Informação de Saúde Proteção de Dados um Direito Fundamental Evolução na Europa Linhas Directrizes da OCDE(1973) Convenção 108 do Conselho da Europa (1981); Diretiva 95/46/CE Carta

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO ÉTICO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ELOTECH - CPQ

TERMO DE COMPROMISSO ÉTICO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ELOTECH - CPQ TERMO DE COMPROMISSO ÉTICO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ELOTECH - CPQ INTRODUÇÃO 1. As presentes regras que integram o programa de Certificação Profissional Elotech, instituído pela Diretoria

Leia mais

NR 7 PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL. 29 de dezembro de 1994

NR 7 PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL. 29 de dezembro de 1994 NR 7 PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL 29 de dezembro de 1994 Objetivo Estabelece a obrigatoriedade de elaboração e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam

Leia mais

PROCESSO SELETIVO FUNDEPAG Nº 22/2012

PROCESSO SELETIVO FUNDEPAG Nº 22/2012 PROCESSO SELETIVO FUNDEPAG Nº 22/2012 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA O(A) FUNDAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA DO AGRONEGÓCIO FUNDEPAG A Fundação de Desenvolvimento da

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 003/2016 EDITAL PERMANENTE DE CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA COMERCIALIZAÇÃO/INTERMEDIAÇÃO NO USO DE ESPAÇOS DO

CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 003/2016 EDITAL PERMANENTE DE CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA COMERCIALIZAÇÃO/INTERMEDIAÇÃO NO USO DE ESPAÇOS DO CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 003/2016 EDITAL PERMANENTE DE CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA COMERCIALIZAÇÃO/INTERMEDIAÇÃO NO USO DE ESPAÇOS DO CENTRO DE CONVENÇÕES DO PARQUE TECNOLÓGICO DE SOROCABA A EMPRESA MUNICIPAL

Leia mais

PONTO 1: Fontes do Direito do Trabalho PONTO 2: Princípios 1. FONTES DO DIREITO DO TRABALHO. b.1) HETERÔNOMAS dispostas pelo legislador.

PONTO 1: Fontes do Direito do Trabalho PONTO 2: Princípios 1. FONTES DO DIREITO DO TRABALHO. b.1) HETERÔNOMAS dispostas pelo legislador. 1 DIREITO DO TRABALHO PONTO 1: Fontes do Direito do Trabalho PONTO 2: Princípios 1. FONTES DO a) MATERIAIS OU INFORMAIS São as fontes históricas. b) FORMAIS Há documentos. b.1) HETERÔNOMAS dispostas pelo

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE SUPERVISOR DE PRODUÇÃO UNIDADE JUNDIAÍ

DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE SUPERVISOR DE PRODUÇÃO UNIDADE JUNDIAÍ DESCRITIVO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE SUPERVISOR DE PRODUÇÃO UNIDADE JUNDIAÍ O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos pelo Sesc para

Leia mais

O que vai mudar na nossa relação trabalhista e previdenciária?

O que vai mudar na nossa relação trabalhista e previdenciária? O que vai mudar na nossa relação trabalhista e previdenciária? Cartilha esocial 2 O que é o esocial? Nova forma de enviar ao Governo (Ministério do Trabalho, Receita Federal, Previdência Social e Caixa

Leia mais

Posicionamento Consultoria De Segmentos Emissão do Recibo Pagamento de Autônomo (RPA)

Posicionamento Consultoria De Segmentos Emissão do Recibo Pagamento de Autônomo (RPA) Emissão do Recibo Pagamento de Autônomo (RPA) 11/06/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 4. Conclusão... 4 5. Informações

Leia mais

REGULAMENTO DE PROCESSO SELETIVO PAPA ADMISSÃO DE PESSOAL DA FUNDAÇÃO DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS - FUNDIBIO

REGULAMENTO DE PROCESSO SELETIVO PAPA ADMISSÃO DE PESSOAL DA FUNDAÇÃO DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS - FUNDIBIO REGULAMENTO DE PROCESSO SELETIVO PAPA ADMISSÃO DE PESSOAL DA FUNDAÇÃO DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS - FUNDIBIO CAPÍTULO I Art. 1º - Este Regulamento estabelece normas, objetivando a contratação de pessoal

Leia mais

Norma Regulamentadora 07. Matéria: Saúde e Segurança no Trabalho/Benefício e Assist. Social Professora: Debora Miceli Versão: 2.

Norma Regulamentadora 07. Matéria: Saúde e Segurança no Trabalho/Benefício e Assist. Social Professora: Debora Miceli Versão: 2. Norma Regulamentadora 07 Matéria: Saúde e Segurança no Trabalho/Benefício e Assist. Social Professora: Debora Miceli Versão: 2.0 - dez/15 Informação Este material foi elaborado com base na Norma Regulamentadora

Leia mais

PROCESSO SELETIVO FUNDEPAG Nº 19/2012

PROCESSO SELETIVO FUNDEPAG Nº 19/2012 PROCESSO SELETIVO FUNDEPAG Nº 19/2012 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA O(A) FUNDAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA DO AGRONEGÓCIO FUNDEPAG A Fundação de Desenvolvimento da

Leia mais

D E C R E T A: CAPÍTULO I CURSO DE FORMAÇÃO DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL (GCM) DE TERESINA DO CURSO

D E C R E T A: CAPÍTULO I CURSO DE FORMAÇÃO DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL (GCM) DE TERESINA DO CURSO DECRETO Nº 15.681, DE 29 DE JANEIRO DE 2016. Dispõe sobre o Curso de Formação da Guarda Civil Municipal de Teresina, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA, Estado do Piauí, no uso

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques.

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques. DIREITOS HUMANOS Prof. Ricardo Torques fb.com/direitoshumanosparaconcursos periscope.tv/rstorques rst.estrategia@gmail.com Teoria Geral dos Direitos Humanos Características, Eficácia e Classificação de

Leia mais

Orientações Consultoria De Segmentos Contribuição Sindical - Empregados

Orientações Consultoria De Segmentos Contribuição Sindical - Empregados Contribuição Sindical - Empregados 25/04/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 3.1 Desconto e Anotações... 4 3.2 Admissão

Leia mais

Política de Investimento Pessoal

Política de Investimento Pessoal Política de Investimento Pessoal Introdução Com fundamento no art. 16, IX, da Instrução CVM n.º 558/15, o objetivo da política de investimento pessoal é estabelecer procedimentos e regras para os investimentos

Leia mais

Procedimentos aplicáveis à realização de investimentos pessoais

Procedimentos aplicáveis à realização de investimentos pessoais POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Esta política estabelece os procedimentos e normas aplicáveis a todo e qualquer investimento pessoal que venha a ser realizado pelos sócios, diretores, empregados, funcionários,

Leia mais

ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA. Alexandre Corrêa

ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA. Alexandre Corrêa ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA Alexandre Corrêa ROTINAS TRABALHISTAS AVISO PRÉVIO PROPORCIONAL ADVERTÊNCIA E SUSPENSÃO CONTRATO DE EXPERIÊNCIA EXAMES OCUPACIONAIS AVISO PRÉVIO A Lei nº 12.506/2011 institui a

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE AUXILIAR DE MANUTENÇÃO NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE AUXILIAR DE MANUTENÇÃO NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE AUXILIAR DE MANUTENÇÃO NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO EMENTA DIREITO DO TRABALHO E DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DISCIPLINA: Teoria Geral do Direito do Trabalho CARGA-HORÁRIA: 10 horas EMENTA: Estudo sobre a introdução ao direito do trabalho, analisando

Leia mais

CREA-SP CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DE SÃO PAULO

CREA-SP CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DE SÃO PAULO 01 CREA-SP CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DE SÃO PAULO 02 No Brasil, existem profissões: Regulamentadas E não regulamentadas O Estado regulamenta uma profissão se entender que

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE ATENDENTE CEDEI CENTRO DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE ATENDENTE CEDEI CENTRO DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE ATENDENTE CEDEI CENTRO DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos estabelecidos pelo

Leia mais

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Cargo de confiança 1) A determinação do empregador para que

Leia mais

Instituto de gestão e humanização - IGH Processo seletivo para cadastro de reserva - edital nº 001/2014 Cronograma previsto

Instituto de gestão e humanização - IGH Processo seletivo para cadastro de reserva - edital nº 001/2014 Cronograma previsto Instituto de gestão e humanização - IGH Processo seletivo para cadastro de reserva - edital nº 001/2014 Cronograma previsto EVENTO DATA PREVISTA Início e término da entrega dos currículos 06/03 a 15/03/2014

Leia mais

POLÍTICA DE FISCALIZAÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS

POLÍTICA DE FISCALIZAÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS POLÍTICA DE FISCALIZAÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS Versão 2016.1 Editada em abril de 2016 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 2. DA POLÍTICA... 2 2.1. Dos prestadores de serviços... 2 2.2. Atribuições e responsabilidades...

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR NO ACIDENTE DE TRABALHO. LANA REZENDE DOS SANTOS FACULDADE ALFREDO NASSER

RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR NO ACIDENTE DE TRABALHO. LANA REZENDE DOS SANTOS FACULDADE ALFREDO NASSER RESPONSABILIDADE CIVIL DO EMPREGADOR NO ACIDENTE DE TRABALHO LANA REZENDE DOS SANTOS FACULDADE ALFREDO NASSER lanarezende27@gmail.com ANA CELUTA F. TAVEIRA Faculdade Alfredo Nasser Mestre em Direito e

Leia mais

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE ÍNDICE INTRODUÇÃO... 008 DISPOSIÇÕES GERAIS... 009 Conceito de empregador... 009 Conceito de empregado... 009 Direitos do empregado... 010 ASSÉDIO MORAL E SEXUAL NO TRABALHO... 014 Assédio moral no trabalho...

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTE BELO Nº 02/2015

EDITAL PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTE BELO Nº 02/2015 EDITAL PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTE BELO Nº 02/2015 A Fundação Educacional Monte Belo, com sede na Alberto de Oliveira Santos, nº 42, Loja 02, Centro, Vitória/ES CEP: 29010-901, torna público

Leia mais

REFINARIA DE PETRÓLEO RIOGRANDENSE S/A PROCESSO OPERADOR DE PROCESSAMENTO

REFINARIA DE PETRÓLEO RIOGRANDENSE S/A PROCESSO OPERADOR DE PROCESSAMENTO REFINARIA DE PETRÓLEO RIOGRANDENSE S/A PROCESSO OPERADOR DE PROCESSAMENTO A REFINARIA DE PETRÓLEO RIOGRANDENSE S/A. promove processo de seleção para Operador de Processamento conforme condições estabelecidas

Leia mais

DEMANDA COMPLEMENTAR DE SERVIÇOS": FATORES IMPREVISÍVEIS OU,

DEMANDA COMPLEMENTAR DE SERVIÇOS: FATORES IMPREVISÍVEIS OU, LEI 13.429/2017 - ALTERA A LEI 6.019/74. PERMANECE UMA RELAÇÃO TRIANGULAR: TRABALHADOR AGÊNCIA TOMADOR. ANTES DEPOIS SUBSTITUIÇÃO TRANSITÓRIA DE PESSOAL PERMANENTE. PERMANECE IGUAL. ACRÉSCIMO EXTRAORDINÁRIO

Leia mais

BOLSA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL (LEI Nº 7.998/1990) Perguntas e respostas

BOLSA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL (LEI Nº 7.998/1990) Perguntas e respostas Secretaria de Políticas Públicas de Emprego Departamento de Emprego e Salário Coordenação-Geral do Seguro-Desemprego, do Abono Salarial e Identificação Profissional. BOLSA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL (LEI

Leia mais

INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. ANOTAÇÃO NA CTPS. ATESTADOS MÉDICOS

INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. ANOTAÇÃO NA CTPS. ATESTADOS MÉDICOS PROCESSO Nº TST-RR-766-58.2014.5.20.0009 ACÓRDÃO 6ª Turma RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO NA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. ANOTAÇÃO NA CTPS. ATESTADOS MÉDICOS. A anotação

Leia mais

A DISCRIMINAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL NAS RELAÇÕES DE EMPREGO: O PROBLEMA DOS ANTECEDENTES CRIMINIAIS

A DISCRIMINAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL NAS RELAÇÕES DE EMPREGO: O PROBLEMA DOS ANTECEDENTES CRIMINIAIS 1 A DISCRIMINAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL NAS RELAÇÕES DE EMPREGO: O PROBLEMA DOS ANTECEDENTES CRIMINIAIS MENOSSI, F.C. Resumo: O presente trabalho versa sobre a discriminação pré-contratual nas relações de emprego

Leia mais

ANEXO V PROCESSO SELETIVO EaD/UAB/UFG/ DECLARAÇÃO DE COMPOSIÇÃO DE NÚCLEO FAMILIAR PARA AS CATEGORIAS RI, RI-cD, RI-PPI, RI-PPI-cD

ANEXO V PROCESSO SELETIVO EaD/UAB/UFG/ DECLARAÇÃO DE COMPOSIÇÃO DE NÚCLEO FAMILIAR PARA AS CATEGORIAS RI, RI-cD, RI-PPI, RI-PPI-cD DECLARAÇÃO DE COMPOSIÇÃO DE NÚCLEO FAMILIAR PARA AS CATEGORIAS RI, RI-cD, RI-PPI, RI-PPI-cD Eu,, CPF nº, candidato(a) aprovado(a) no PS EaD/UAB/UFG/2017-2 para o Curso de no Polo da Cidade de, da UFG,

Leia mais

TRABALHO ESCRAVO NO CONTRATO DE EMPREGO E OS DIREITOS FUNDAMENTAIS / _.~-- I I. Lrs

TRABALHO ESCRAVO NO CONTRATO DE EMPREGO E OS DIREITOS FUNDAMENTAIS / _.~-- I I. Lrs TRABALHO ESCRAVO NO CONTRATO DE EMPREGO E OS DIREITOS FUNDAMENTAIS 710 / -- - --------------_.~-- I I ------- ---,------- Lrs índice CAPíTULO I Inexistência de direitos - Direitos de liberdade e igualdade

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INSTITUTO JOÃO XXII Nº 01/2016

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INSTITUTO JOÃO XXII Nº 01/2016 EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INSTITUTO JOÃO XXII Nº 01/2016 INSTITUTO JOÃO XXIII, com sede na Rua Professora Anízia Correa, 131, Consolação, Vitória nesta cidade de Vitória (ES), torna pública a realização

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO E TENDÊNCIAS LEGISLATIVAS

TERCEIRIZAÇÃO E TENDÊNCIAS LEGISLATIVAS VERITAE Capacitação, Junho/2017 PALESTRA TERCEIRIZAÇÃO E TENDÊNCIAS LEGISLATIVAS Inclui as Alterações na CLT Propostas sobre o Tema Data da Realização: 30 de junho 2017, no Rio de Janeiro Convênios e Descontos:

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA PORTARIA Nº 23, DE 28 DE AGOSTO DE 2014. Fixa e regulamenta as normas de conduta dos empregados e as regras para o funcionamento do COFECON. O PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso de suas

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO POR PRAZO DETERMINADO DE INSTRUTORES PARA O CURSO DE FORMAÇÃO DE ATORES - Nº 005/2012

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO POR PRAZO DETERMINADO DE INSTRUTORES PARA O CURSO DE FORMAÇÃO DE ATORES - Nº 005/2012 DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO POR PRAZO DETERMINADO DE INSTRUTORES PARA O CURSO DE FORMAÇÃO DE ATORES - Nº 005/2012 O presente documento é uma divulgação oficial todos os critérios e

Leia mais

Manual de Recursos Humanos

Manual de Recursos Humanos PROCESSO SELETIVO Manual de Recursos Humanos ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE AMIGOS DO MUSEU CASA DE PORTINARI Organização Social de Cultura ACAM PORTINARI 01.845.656/0001-78 1. DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1- O presente

Leia mais

NR 3 EMBARGO OU INTERDIÇÃO. Portaria de 08 de junho de 1978

NR 3 EMBARGO OU INTERDIÇÃO. Portaria de 08 de junho de 1978 NR 3 EMBARGO OU INTERDIÇÃO Portaria 3.214 de 08 de junho de 1978 A Norma Regulamentadora 3, cujo título é Embargo ou Interdição, estabelece as situações em que as empresas se sujeitam a sofrer paralisação

Leia mais

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Dispõe sobre a criação de Acervos Técnicos de Pessoas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1025/09 CONFEA. Dispõe sobre a Anotação de Responsabilidade Técnica e o Acervo Técnico Profissional.

RESOLUÇÃO Nº 1025/09 CONFEA. Dispõe sobre a Anotação de Responsabilidade Técnica e o Acervo Técnico Profissional. RESOLUÇÃO Nº 1025/09 CONFEA Dispõe sobre a Anotação de Responsabilidade Técnica e o Acervo Técnico Profissional. PROCEDIMENTOS Registro Baixa Cancelamento Anulação da ART Registro do Atestado Emissão da

Leia mais

Igualdade de Género, e Não-discriminação.

Igualdade de Género, e Não-discriminação. 2016 Igualdade de Género, e Não-discriminação. INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO, I.P. Igualdade de Género, e Não-discriminação. O IPST, I.P., está sujeito às normas legais previstas no

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001017/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 02/09/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR037177/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.011895/2009-18 DATA

Leia mais

DISCURSIVA DIREITO ADMINISTRATIVO RESPOSTAS - CONCURSOS PÚBLICOS

DISCURSIVA DIREITO ADMINISTRATIVO RESPOSTAS - CONCURSOS PÚBLICOS DISCURSIVA DIREITO ADMINISTRATIVO RESPOSTAS - CONCURSOS PÚBLICOS VP Concursos - Consultoria e Coaching www.vpconcursos.com.br Direito Administrativo - Concurso Público Respostas Considere a seguinte situação

Leia mais

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EMERGENCIAL Nº 007/2017 DSEI ARAGUAIA A SPDM Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, entidade sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL 01/2013

PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL 01/2013 PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL 01/2013 O Instituto Brasileiro de Alternativa para Saúde e Meio Ambiente - IBRAAS, em atendimento à determinação da sua Diretora Executiva no pleno exercício

Leia mais

Aprovado por Deliberação n.º /2010 ANTEPROJECTO DE LEI SOBRE OS ACTOS PRÓPRIOS DOS ADVOGADOS E SOLICITADORES ASSEMBLEIA NACIONAL. Lei n.

Aprovado por Deliberação n.º /2010 ANTEPROJECTO DE LEI SOBRE OS ACTOS PRÓPRIOS DOS ADVOGADOS E SOLICITADORES ASSEMBLEIA NACIONAL. Lei n. Aprovado por Deliberação n.º /2010 ANTEPROJECTO DE LEI SOBRE OS ACTOS PRÓPRIOS DOS ADVOGADOS E SOLICITADORES ASSEMBLEIA NACIONAL Lei n.º /2010, de de Na sequência da aprovação e entrada em vigor da Lei

Leia mais

PROPOSTA DE TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº

PROPOSTA DE TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº PROPOSTA DE TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº A empresa (razão social da empresa), inscrita no CNPJ sob n (xx.xxx.xxx/xxxx-xx), com sede na (endereço da empresa), neste ato representada

Leia mais

RESCISÃO DO CONTRATO DE TRABALHO

RESCISÃO DO CONTRATO DE TRABALHO RESCISÃO DO CONTRATO DE TRABALHO Homologação Necessidade de assistência pelo sindicato ou Ministério do Trabalho no pedido de demissão de empregados com mais de um ano de serviço. Necessidade de homologação

Leia mais

JUSTA CAUSA NO CONTRATO DE TRABALHO

JUSTA CAUSA NO CONTRATO DE TRABALHO JUSTA CAUSA NO CONTRATO DE TRABALHO Teoria e Prática! Justa causa como proceder? Como realizar uma dispensa? O que pedir em Juízo? Como evitar problemas trabalhistas? GLEIBE PRETTI Professor, advogado,

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS Faculdade de Direito EDITAL Nº 003/2017

INSTITUTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS Faculdade de Direito EDITAL Nº 003/2017 EDITAL Nº 003/2017 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA O TERMO ADITIVO Nº 36/2011 DO CONVÊNIO REALIZADO ENTRE O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO E A UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. A Direção da torna público

Leia mais

RETIFICAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 001/2017 DE JANEIRO DE 2017

RETIFICAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 001/2017 DE JANEIRO DE 2017 RETIFICAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 001/2017 DE JANEIRO DE 2017 A FUNDAÇÃO PRÓ TOCANTINS, INSTITUÍDA POR ESCRITURA PÚBLICA DE 13 DE DEZEMBRO DE 2010, LAVRADA PERANTE O 2 TABELIONATO DE

Leia mais

ASSÉDIO MORAL A INTERFERÊNCIA DAS RELAÇÕES PESSOAIS NA EMPRESA CAROLINA RONCATTI PATRICIA CANHADAS WILDE C. COLARES

ASSÉDIO MORAL A INTERFERÊNCIA DAS RELAÇÕES PESSOAIS NA EMPRESA CAROLINA RONCATTI PATRICIA CANHADAS WILDE C. COLARES ASSÉDIO MORAL A INTERFERÊNCIA DAS RELAÇÕES PESSOAIS NA EMPRESA CAROLINA RONCATTI PATRICIA CANHADAS WILDE C. COLARES 1 1. O QUE É O ASSÉDIO MORAL? Definições: Marie-France Hirigoyen Toda e qualquer conduta

Leia mais

SENADO FEDERAL. PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 340, DE 2012 (Complementar)

SENADO FEDERAL. PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 340, DE 2012 (Complementar) SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 340, DE 2012 (Complementar) O CONGRESSO NACIONAL decreta: Acrescenta art. 9º-A à Consolidação das Leis do Trabalho CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N o 81, de 2002.

RESOLUÇÃO CNSP N o 81, de 2002. RESOLUÇÃO CNSP N o 81, de 2002. Dispõe sobre a atividade dos corretores de seguros de ramos elementares e dos corretores de seguros de vida, capitalização e previdência, bem como seus prepostos. A SUPERINTENDÊNCIA

Leia mais

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas (Aula 3) Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Alteração do contrato 1. Complete a frase: A mudança

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Contrato de Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Contrato de Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Contrato de Trabalho Prof. Hermes Cramacon 1. Conceito - Art. 442 da CLT É o acordo tácito ou expresso correspondente à relação de emprego. 2. Características I- Contrato de direito

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA O CARGO DE ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO O presente documento é uma divulgação oficial de todos os critérios e procedimentos

Leia mais

Machado & Machado Advogados Maria Marlene Machado André Moreira Machado Fernando Moreira Machado Maria Eliane Marques de Souza Ramalho

Machado & Machado Advogados Maria Marlene Machado André Moreira Machado Fernando Moreira Machado Maria Eliane Marques de Souza Ramalho EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR PROCURADOR GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. GILBERTO TANOS NATALINI, brasileiro, casado, médico, Vereador à Câmara Municipal de São Paulo, portador da cédula de identidade

Leia mais

Pré-seleção para sugestão de candidatos ao cargo de Secretário de Educação do Município de Londrina

Pré-seleção para sugestão de candidatos ao cargo de Secretário de Educação do Município de Londrina Pré-seleção para sugestão de candidatos ao cargo de Secretário de Educação do Município de Londrina O seguinte Chamamento estabelece os critérios e instruções para o Processo de Pré-Seleção de candidatos

Leia mais

Código de Conduta do Fornecedor

Código de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor Índice 1. Apresentação... 03 2. Abrangência... 04 3. Diretrizes de Conduta... 05 3.1. Quanto à Integridade nos Negócios... 05 3.2. Quanto à corrupção... 06 3.3. Quanto

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO SECRETARIA DE POLÍTICAS DE EMPREGO E SALÁRIO

MINISTÉRIO DO TRABALHO SECRETARIA DE POLÍTICAS DE EMPREGO E SALÁRIO MINISTÉRIO DO TRABALHO SECRETARIA DE POLÍTICAS DE EMPREGO E SALÁRIO PORTARIA N 1, DE 28 DE JANEIRO DE 1997 O SECRETÁRIO DE POLÍTCAS DE EMPREGO E SALÁRIO, no uso da atribuição que lhe confere o inciso V

Leia mais

CRITÉRIOS PARA OBTENÇÃO DO ATESTADO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL, NAS FUNÇÕES REGULAMENTADAS PELA LEI 6.533/78, DECRETO 82

CRITÉRIOS PARA OBTENÇÃO DO ATESTADO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL, NAS FUNÇÕES REGULAMENTADAS PELA LEI 6.533/78, DECRETO 82 CRITÉRIOS PARA OBTENÇÃO DO ATESTADO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL, NAS FUNÇÕES REGULAMENTADAS PELA LEI 6.533/78, DECRETO 82.385/78 QUADRO ANEXO ITEM II CINEMA Tendo em vista que o exercício das profissões

Leia mais

LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA

LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA Rescisão com justa causa, sem justa causa e indireta Profa. Silvia Bertani CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO término do vínculo do emprego com a extinção das obrigações para

Leia mais

ebook de Mapas Mentais para concursos públicos Autora: Terezinha N. Rêgo

ebook de Mapas Mentais para concursos públicos  Autora: Terezinha N. Rêgo ebook de Mapas Mentais para concursos públicos Autora: Terezinha N. Rêgo Todos os Direitos Reservado Copyright Proibida a cópia e ou a reprodução deste ebook, sem a prévia autorização do autor, por quaisquer

Leia mais

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA APRENDIZ DE ATENDIMENTO E SERVIÇOS - BERTIOGA

DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA APRENDIZ DE ATENDIMENTO E SERVIÇOS - BERTIOGA DESCRITIVO DO PROCESSO SELETIVO PARA APRENDIZ DE ATENDIMENTO E SERVIÇOS - BERTIOGA O presente documento é uma divulgação oficial dos critérios e procedimentos estabelecidos pelo SESC para este processo

Leia mais