BricsCAD para Usuários do AutoCAD

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BricsCAD para Usuários do AutoCAD"

Transcrição

1 Capítulo 1 BricsCAD para Usuários do AutoCAD Este livro foi feito para lhe ajudar na transição do AutoCAD para o BricsCAD. Aqui você vai aprender sobre os benefícios de usar o BricsCAD ao invés do AutoCAD. Você irá ler sobre as vantagens de mudar para este CAD similar, assim como alguns aspectos de transição que você deverá tomar cuidado. Os capítulos neste livro lhe garantem com informações em assuntos úteis, como a compatibilidade entre arquivos DWG, diferenças na interface do usuário do BricsCAD e sua customização. Os apêndices fazem uma ligação entre os comandos dos dois sistemas CAD, assim como com os nomes das variáveis do sistema, aliases dos comandos, atalhos com botões do teclado e ações dos botões do mouse. Em sua quinta edição, este livro foi atualizado para incluir as novas funções encontradas no BricsCAD V13 e AutoCAD 2013, assim como as sutis diferenças encontradas na versão Linux do BricsCAD. BricsCAD V13 para usuários do AutoCAD foi feito para você, se você é um usuário do AutoCAD que está considerando mudar para o BricsCAD um escritório que está adicionando licenças do BricsCAD para complementar suas licenças do AutoCAD uma companhia que está trabalhando com clientes que usam o outro sistema de CAD Ou talvez você esteja apenas se questionando sobre as diferenças entre o líder de mercado, AutoCAD, e o agressivo novato, BricsCAD. Qualquer que seja o caso, este livro foi feito para você. Bem vindo!

2 O Benefício da Bricsys A Bricsys é pequena, se comparada a Autodesk onde executivos cresceram a companhia numa gigante de dois bilhões ao ano. Mas negociar com empresas enormes têm seu risco. O CUSTO DO AUTOCAD A Autodesk oferece 120 tipos de softwares e pacotes (no momento em que foi escrito). O próprio AutoCAD vem com mais de vinte variações, como a LT e versões específicas para arquitetura e assim vai; também está disponível em muitas combinações com outros softwares da Autodesk, como o AutoCAD Revit Architecture Visualization Suite e AutoCAD Inventor Routed Systems Suite. Isso pode ser confuso para que clientes em potencial determinem o produto ou o pacote a ser escolhido. Dado o grande número de programas CAD dependentes de um software da companhia, decidir o que comprar pode ser um risco; softwares cruciais para as operações da sua companhia podem não ser cruciais para os lucros da companhia que está vendendo o software. A Autodesk faz um ajuste fino nos seus produtos para maximizar os lucros em cima dos seus acionistas, assim o software que você comprou hoje pode não estar mais disponível amanhã. (Por exemplo, a Autodesk nos últimos anos moveu clientes de seu software FMdesktop (organizador de facilidades) para outra companhia; pôs fim ao desenvolvimento de seu software organizador de construção, o Constructware; e deixou órfãos os usuários do Generic CADD (um software CAD de baixo custo), o software de diagramas Actrix Technical; Studio Desk um software de arquitetura conceitual, entre outros.) Uma vez que os consumidores escolheram qual software da Autodesk licenciar, eles são pressionados a comprar uma assinatura de suporte durante um ano. Enquanto o pagamento dessas garantias continua opcional para o AutoCAD, as assinaturas anuais são obrigatórias para outros produtos. Isso aumenta o TCO (custo total de posse). Para deixar mais dolorosa a dor de ficar sem a assinatura, a Autodesk, primeiro, triplicou o valor de atualização para 50% do preço do produto, e neste ano aumentou o valor para 100%. Assim, o custo para atualizar uma cópia do AutoCAD fica em $4.200, o mesmo preço de uma licença nova. E os preços da Autodesk tendem a ser altos. O valor de $4.200 para seu produto original de desenho, o AutoCAD, é algo de 4x a 10x mais caro que a maioria dos outros softwares de produtividade de escritórios. Colocar o preço do AutoCAD no alto é apenas o início: o CEO anterior da companhia, anunciou para seus analistas financeiros que sua companhia poderia gerar 10x mais dinheiro se seus clientes movessem do AutoCAD para o seu software de modelagem 3D. O CEO atual enfatisa o seu plano de crescimento do lucro dos clientes através de pacotes de softwares com um preço alto (tipicamente $10.000) e suas taxas subsequentes de assinatura ao invés de um custo mais baixo em cada software que compõe o pacote. Ao instalar o software, os consumidores devem concordar com onerosos termos da Autodesk em sua licença de software. Muitos consumidores não se importam de ler as EULAs (uma lista de restrições dedicadas ao usuário final da licença) pois o texto é de difícil leitura. Se eles o fizessem, ficariam chocados em saber que estão autorizando a Autodesk a enviar agentes até suas casas e trabalhos para procurar por cópias não 2

3 licenciadas. Pior, a EULA ainda deixa ilegal para os consumidores viajarem para fora do país com softwares da Autodesk no seu computador; antes de embarcar no avião, você deve apagar o AutoCAD. Isso foi feito para proteger as vendas regionais, mas é feita uma vista grossa pois inibe os usuários de tomar parte no mundo atual dos negócios globalizados. Nos últimos anos, Autodesk foi uma das mais litigiosas dentre as vendedoras de CAD, colocando na justiça competidores de CAD por razões triviais como usar a cor laranja por um retângulo nos pacotes dos produtos, ou por utilizar a genérica extensão DWG ao nomear seus produtos. O PONTO DE VISTA DA BRICSYS Em contraste a Autodesk, a Bricsys torna a escolha mais fácil ao oferecer apenas um pacote em três tipos de capacidades: BricsCAD Classic BricsCAD Pro BricsCAD Platinum Software de CAD 2D com capacidade 3D limitada Modelagem de sólidos 3D, Modelagem direta 3D ACIS, renderização e APIs Montagem 3D baseada em história, Restrições 3D e bibliotecas É isso. BricsCAD Platinum é a versão completa do BricsCAD: ela tem tudo. A versão Pro é quase idêntica, só deixa de lado apenas a modelagem paramétrica 3D e as restrições em 3D. A versão Clássica custa menos pois não tem ações pelas quais a Bricsys tem de pagar royalties a outras companhias de software. Isso significa que a versão Classic exclui modelagem e edição ACIS, e VBA, BRX, e programações.net Função BricsCAD Classic BricsCAD Pro BricsCAD Platinum Modelagem 3D Vê Vê Modela, edita e vê Assemblies 3D e BOMs Vê Vê Modela, edita e vê ACIS 3D Modelagem de Sólidos Vê Modela, edita e vê Modela, edita e vê Modelagem 3D Direta Vê Modela, edita e vê Modela, edita e vê Renderização Incluído Incluído Programação LISP, TX LISP, TX, BRX, VBA e.net LISP, TX, BRX, VBA e.net Para ler e escrever arquivos DWG e DXF, BricsCAD usa a altamente compatível biblioteca Teigha da Open Design Alliance. (Quando a ODA renomeou DwgDirect para Teigha, também renomeou o DRX API para TX. ) Em resumo, a Bricsys não explora os clientes com preços elevados, não impõe assinaturas obrigatórias, e não processa seus concorrentes. Os termos na licença permitem você a utilizar o software em qualquer país e a Bricsys não ameaça enviar agentes no seu lar. 3

4 Chapoo Organizador de Projetos Para organizar projetos de desenho, a Bricsys recomenda o Chapoo. Este sistema de comunicação, colaboração e organização de projetos baseado em um browser não requer o BricsCAD O Chapoo oferece a sua empresa os seguintes benefícios: Aproveite a Velocidade. Visualize desenhos com muitos megabytes em segundos, dê zoom em detalhes e examine anotações realizadas pelo autor. Chapoo suporta mais de 70 formatos de arquivo, como Excel, Visio, MS Project, e AutoCAD. Envie Arquivos. Arraste e solte arquivos na área de envio do Chapoo e está pronto. Compartilhe Arquivos e Pastas. Arquivos podem ser compartilhados por , Facebook ou Twitter; Pastas podem ser compartilhadas com outros usuários do Chapoo somente. Você tem 1GB de espaço online para começar. Crie Anotações. Desenhe um retângulo sobre um texto ou uma imagem para a realçar, digite algumas palavras ou inclua textos multi-páginas para a anotação. Quando você notificar seus amigos sobre isso, Chapoo envia um com um link que os direciona diretamente ao arquivo com as anotações. Aproveite o Único Ponto de Acesso. Você tem um local de todas as ações, documentos, reuniões e participantes em um só lugar. Não Instale Nenhum Software. Trabalhe com um sistema ASP (serviço que providencia aplicações). O software funciona em servidores centrais com acesso 24/7 garantido; você só necessita uma conexão de Internet e um browser WEB suportado. Há duas versões, uma gratuita do Chapoo e uma paga do Chapoo Plus. Acesso ilimitado é disponibilizado a um ilimitado número de participantes através de uma taxa baseada no tipo de indústria e no tamanho da companhia. Versões do Chapoo estão sendo desenvolvidas para Android e ios. O primeiro nome do Chapoo era Vista, o qual a Bricsys alterou para Vondle depois que a Microsoft adotou o nome para um de seus sistemas operacionais. Para mais informações do Chapoo, veja 4

5 BRICSCAD NÃO É INTELLICAD Alguns leitores podem ser familiares com a herança do BricsCAD, e podem saber que foi baseado inicialmente no IntelliCAD. Foi é a palavra certa aqui. As primeiras versões do BricsCAD foram simples relançamentos do IntelliCAD, um programa parecido com o AutoCAD que era programado pela IntelliCAD Technical Consortium. Naquela época, Bricsys vendeu o software basicamente no norte da Europa. (Uma pequena história: Em 1998, a ITC foi criada pela Visio, agora parte da Microsoft, depois de decidido que não gostariam de continuar no mercado CAD. A Visio tinha originalmente comprado algo chamado Projeto Phoenix da SoftDesk, que no meio dos anos 90 era o maior grupo de terceiros que desenvolviam para o AutoCAD. A SoftDesk começou a codificar o Phoenix depois que alguns executivos ficaram preocupados com uma possível demissão a partir da Autodesk, como a gigante do software havia feito com outro grande grupo de desenvolvedores. Quando a Autodesk comprou a SoftDesk, a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos exigiu que o Projeto Phoenix não fosse incluído. Foi então que a Visio fez a compra e o renomeou como IntelliCAD, até que alguns anos depois, ele foi para o ITC. Hoje, o ITC continua a atualizar o IntelliCAD, enquanto membros do consórcio oferecem o software com configurações adicionais nas suas regiões.) Por vários anos, Bricsys escreveu um código original para o BricsCAD, contribuindo para a ITC. Isso ajudou a aumentar a velocidade das melhorias do Intellicad, até que a Bricsys reparou que estava escrevendo o código mais rápido que a ITC conseguia o integrar aos seus membros. A Bricsys teve que decidir entre quebrar o código (criando duas versões, uma própria e uma compatível com o IntelliCAD) ou seguindo sozinhos pelo seu próprio caminho. Com a versão 8 do BricsCAD, eles escolheram a segunda opção. Nada de muito interessante ocorreu durante o BricsCAD V8 e V9; internamente, a Bricsys estava concentrada em substituir todos os códigos da ITC por códigos próprios e totalmente novos. Assim o BricsCAD V10 se tornou um software 100% Bricsys, e a caixa de diálogo Sobre não mencionava mais IntelliCAD ou a Visio. Com os lançamentos da V10 e V11, o número de ações no BricsCAD começou a crescer. Com a compra por parte da Bricsys da divisão russa da companhia de software russa, LEDAS, funções na V12 e V13 aumentaram consideravelmente. 5

6 A Vantagem do BricsCAD O BricsCAD não tem somente lados aspectos negativos do AutoCAD; ele tem suas vantagens. Elas incluem uma interface do usuário similar, comandos e variáveis do sistema extras, suporte para operar em outros sistemas fora o Windows, modelador e editor 3D interno incluso, restrições 3D, um desenvolvedor sem custos e um preço menor. INTERFACE DO USUÁRIO QUASE IDÊNTICA Quando você iniciar o BricsCAD pela primeira vez, você vai reparar que ele se parece muito com o AutoCAD na sua área de trabalho completa com barras de ferramentas, barra de menu, prompt de comando e paletas. (Veja a figura na próxima página.) Se você não liga para a interface laçada do AutoCAD, então você vai amar o BricsCAD por ficar com barras de ferramentas e menus. Como é amplamente ilustrado pelos apêndices no final deste livro, BricsCAD usa os mesmos nomes que muitos dos comandos do AutoCAD, variáveis do sistema, e aliases. Tem até as mesmas combinações de teclas para atalhos. Os que estão faltando são provavelmente comandos do AutoCAD que você não estava utilizando, como os de links para a base de dados ou a modelagem de superfícies. A interface do usuário do BricsCAD está disponível em Inglês e em outras 12 línguas. O capítulo 2 descreve a interface do usuário detalhadamente. 6

7 Mais Comandos e Variáveis do Sistema O AutoCAD diz ter mais de comandos e variáveis do sistema. BricsCAD copia muitos deles; porém, tem um número de comandos utilizáveis, ao contrário do AutoCAD. Por exemplo, todos os snaps ao objeto no BricsCAD têm seus próprios nomes de comando, como Interseção e PtoMédio. BricsCAD tem um número maior de maneiras com as quais você pode selecionar um objeto do que o AutoCAD. Há comandos para manipular dados mais extensos das entidades (disponível no AutoCAD somente por programação) e para editar modelos 3D diretamente (disponível no AutoCAD através de um comando externo). O AutoCAD guarda um número de configurações do usuário em locais que, infelizmente, podem ser dificeis de acessar; alguns comandos estão indisponíveis inclusive por variáveis do sistema. Em contraste ao BricsCAD, que organizou todas as variáveis do sistema e suas opções em uma única caixa de diálogo, acessada pelo comando Configurações. A Bricsys adicionou um grande número de variáveis utilizáveis para acessar e mudar as configurações. Elas são conhecidas como as preferências, e incluem nomes como BkgColor para especificar a cor de fundo da área de desenho, e CmdLineFontName para configurar o nome da fonte utilizada pela barra de comando. Para alterar os valores das preferências, você deve digitar seus nomes no prompt de comando, através do comando DefVar ou da caixa de diálogo Configurações. Modelagem 3D Direta e Restrições Quando falamos sobre design em 3D, o BricsCAD supera facilmente o AutoCAD em muitas áreas. A versão Platinum pode aplicar restrições em 3D e deduz a inteção do desenho além das restrições dimensionais e geométricas em 2D. (As versões Classic e Pro mais recentes também podem aplicar restrições em 2D.) A V13 adiciona modelagem de assemblies, nas quais os arquivos.dwg dos componentes mecânicos estão ordenados em hierarquias estruturadas para modelar as assemblies de produtos complexos. Outra novidade é a análise cinemática para mover e rotacionar partes dos modelos para ver animações para frente ou para trás em tempo real. As edições Platinum e Pro trazem edição e modelagem direta. Enquanto essas ações são possíveis no AutoCAD, a Autodesk encoraja os usuários a usar o pacote de software Inventor Fusion. Infelizmente, enquanto o Fusion está funcionando, o AutoCAD está congelado. (Essas ações em 3D são possíveis graças a programadores de uma firma de desenvolvimento de softwares na Siberia, a LEDAS. Bricsys gostou tanto do trabalho deles que comprou uma parte e a renomeou como Bricsys Technologies Russia.) 7

8 Finalmente, a exclusividade do BricsCAD é o cursor Quad, o qual é utilizado para modelagem direta e edição de objetos em 2D e 3D. Quando você seleciona uma função ela garante um acesso rápido a quatro dos comandos mais propensos a serem utilizados para a manipulação. APIs e Customização A Bricsys está deixando mais fácil para os desenvolvedores adaptarem seus add-ons de AutoCAD para o BricsCAD assim como a Bricsys está trabalhando para que usuários do AutoCAD aprendam o BricsCAD. Para programadores, isso é feito através de APIs, atalho de interfaces de programação em aplicações, e o BricsCAD suporta quase a mesma lista de APIs que o AutoCAD. AutoCAD API Equivalente no BricsCAD Notas Action Recorder Scripts, SCR Scripts para AutoCAD da Action Recorder não podem ser editados; Scripts para o BricsCAD podem ser editados. ActiveX ActiveX Edição no local; não disponível para Linux. ADS SDS Código ADS a partir do AutoCAD requerem apenas uma recompilação usando BRX; ADS/SDS não são recomendados pela Autodesk e Bricsys. ARX BRX ou TX Códigos ARX requerem uma recompilação usando o novo BRX; quando utilizado com TX (ex-drx), os códigos ARX têm de ser reescritos. AutoLISP LISP Códigos AutoLISP rodam normalmente no BricsCAD; nenhuma mudança é necessária. Inclui suporte para funções Vl, Vlr, Vla e Vlax e encriptação. COM COM Códigos COM para o AutoCAD rodam normalmente no BricsCAD; sem mudanças necessárias; não disponível para Linux. Diesel Diesel Códigos Diesel rodam normalmente no BricsCAD; não necessita mudança DCL DCL Códigos DCL rodam normalmente no BricsCAD; não necessita mudança. CUI CUI Macros de menu e barra de ferramentas do AutoCAD funcionam normalmente no BricsCAD..Net Theiga.NET BricsCAD tem Teigha.NET; não disponível para Linux. TX Teigha extensions (principalmente DRX) da ODA; não disponível para AutoCAD. VBA Código VBA para AutoCAD atual funciona normalmente no BricsCAD para Windows; não disponível para o Linux. VSTA VSTA indisponível para o BricsCAD. Geralmente, o BricsCAD garante uma configuração para a função dos nomes quase idêntica. No caso de códigos não compilados, como LISP e DCL, você simplesmente os larga no ambiente do BricsCAD. Com códigos compilados, você os recompila usando arquivos disponibilizados pela Bricsys para desenvolvedores registrados. DICA: V13 não é compatível em formato binário com V12. As API's foram atualizadas e o V13 é desenvolvido usando MSVC2010 ao invés do MSVC2005. A maioria das aplicações de terceiros e ferramentas, exceto scripts e aplicações escritas em Lisp, precisarão ser revistas e recompiladas por seus desenvolvedores, para rodar no V13. Isso implica também que usuários de Windows XP precisam utilizar Service Pack 3 ou superior. 8

9 Exemplos de Add-ons Programadores independentes escreveram dúzias de add-ons que guiam o BricsCAD para aplicações específicas nas áreas de AEC, civil, troca de dados, elétrica, GIS, agrimensura e mapeamento, ferramentas gerais, HVAC, mecânica, renderização e design estrutural. Aqui temos alguns exemplos: 3DM Export Exporta desenhos do BricsCAD para o formato 3DM do Rhinoceros. CivilCAD contém ferramentas para agrimensura e construção e design de rodovias, recursos para engenharia hídrica, cálculo do volume de terras e simulação 3D em tempo real. Criando seções cruzadas com o CivilCAD rodando no BricsCAD CADprofi Electrical desenha sistemas de iluminação, baixa tensão, plantas de alimentação, alarme e outras instalações elétricas. GeoBL cria planos topográficos e inclui uma biblioteca com símbolos topograficos StrucPLUS garante um conjunto completo de ferramentas para preparar desenhos de engenharia estrutural. Detalhamento de aço com o StructPLUS Enquanto eu escrevo, 282 aplicações estão disponíveis para o BricsCAD. Para a lista atual, visite a eloja das aplicações da companhia em: 9

10 Rede Gratuita para Desenvolvedores Ao contrário de outros vendedores CAD, a Bricsys não cobra os seus desenvolvedores. (Autodesk cobra uma taxa anual de, pelo menos, $1.500.) Você não paga uma taxa para entrar, não paga anuidade, não paga pelo suporte e não paga royalties em produtos enviados. Tem uma simples razão da rede de suporte ser gratuita. A Bricsys entende que para se tornar uma companhia de CAD de sucesso, eles devem encorajar o desenvolvimento de muitas e muitas aplicações atualmente são 700 um número que inclui as escritas privadamente. A companhia está tão segura com o desenvolvimento de terceiros, que abriu mão de desenvolver seus próprios add-ons. A Bricsys agora se concentra em duas tarefas: Melhorar o BricsCAD Melhorar os APIs Os usuários finais também se beneficiam dos APIs. (O API é o software que faz o link entre o software CAD e a linguagem/compilação de programações.) Quando um grupo de desenvolvedores pede uma adição para o API, o código adicionado se torna uma nova função no BricsCAD que todos podem utilizar. SUPORTE PARA MULTIPLOS SISTEMAS OPERACIONAIS Alguns anos atrás, a Bricsys reescreveu o código do BricsCAD para o tornar independente de sistemas operacionais. A companhia oferece versões do BricsCAD que rodam naturalmente no Windows e no Linux, e planeja lançar uma versão para OS X. Se você quer rodar o BricsCAD num computador Mac agora, você pode utilizar Bootcamp ou Parallels. AutoCAD roda no windows e no OS X, mas a versão de OS X está com faltando um número significante de funções. PREÇO DE COMPRA E MANUTENÇÃO BAIXOS A maior diferença entre o AutoCAD é que a versão Platinum do BricsCAD custa quatro vezes menos que a do AutoCAD, ainda com manutenção anual. Para colocar isso de outra forma, você pode colocar quatro estações de trabalho com BricsCAD Platinum pelo preço de um AutoCAD. A lista a seguir mostra os preços no dia da escrita: Lista de Preço AutoCAD¹ AutoCAD LT BricsCAD Platinum² BricsCAD Pro² BricsCAD Classic² Licença³ $4.195 $1.200 ($899 MAC) $825 $575 $455 Atualização $4.195 $1.200 ($899 MAC) $185 $185 $185 Manutenção $450/ano $195/ano $160/ano $160/ano $160/ano ¹ Preço somente para os Estados Unidos; geralmente é mais caro em outros países ² Preço internacional (um único preço em todos os países) ³ Licença para um usuário; menor preço disponível para licenças de muitos lugares e ou versões network 10

11 O BricsCAD lhe poupa ainda mais, se você tiver a versão para Windows e quiser trocar gratuitamente para uma versão Linux (Veja o Capítulo 5). Veja para detalhes dos preços dos produtos do BricsCAD. Mais que Alguns Centavos Você pode perguntar, As funções adicionais do AutoCAD valem a diferença de $3.370? Para alguns usuários, o preço elevado faz sentido; outros podem pensar Eu posso fazer modelagem em 3D com o Rhino por $1.000 e depois usar o conversor de arquivos Rhino- BricsCAD ($95) e eu ainda terei economizado dois mil dólares. Por exemplo, você pode desenhar fundos de barcos no Rhino, e então desenhar os detalhes em 2D e anotações no BricsCAD. (Rhino é disponibilizado por Robert McNeel & Associates em o conversor é vendido na eloja da Bricsys.) O QUE ESTÁ FALTANDO AO BRICSCAD? BricsCAD não tem todos os recursos do AutoCAD. Eu coloquei uma lista do que está faltando. Como eu atualizo este livro todo ano, percebo como a lista está diminuindo. Esta é a lista da V13 (em inglês): Annotation Scalling Auto Publish CAD Standards Database Links Dynamic Blocks* Markups Multiline Leaders Navigation Wheel Quick Properties Quick View Thumbnails Point Clouds View Cube 3D Mesh Modeling 3D Surface Modeling* 3D Mouse support * BricsCAD não pode criar essas entidades (dynamic blocks e surface models), mas pode editar elas quando desenhos são abertos do AutoCAD O capítulo 3 lhe dá detalhes completos sobre quais entidades do AutoCAD funcionam no BricsCAD, quais funcionam parcialmente e quais não funcionam. No primeiro momento, mais recursos do AutoCAD parecem faltar no BricsCAD, mas uma segunda visão mostra que há funções quase equivalentes operando no BricsCAD sobre outros nomes: Recurso do AutoCAD Equivalente BricsCAD Nome do Comando no BricsCAD Action Recorder Script Recorder RecScript, StopScript DesignCenter Drawing Explorer Explorer etransmit drawings Mail QLeader Leaders DimLeader Ribbon Toolbars and menus BarraFerr, Personalizar VSTA VBA and.net VBA, CarrAplic Workspaces User profile manager ProfileManager 11

12 O Que Falta no AutoCAD O BricsCAD oferece funções em 2D e 3D que não são encontradas no AutoCAD. Muitas delas estão indicadas abaixo: Restrições 3D Assemblies Dedução da intenção do desenho Análise cinemática (mover e rotar partes em tempo real) Cursor Quad interativo Snaps ao objeto com nomes de comando Circular, externa e outros conjuntos de seleções Manipulação estendida de dados da entidade Edição direta de modelos em 3D (disponível no AutoCAD somente por um programa externo). Todas as variáveis do sistema e opções acessíveis em apenas uma caixa de diálogo Variáveis adicionais para mudar configurações, como BkgColor (especifica a cor do fundo de tela) e CmdLineFontName (escolhe a fonte da barra de comando) 12

13 Requisitos do Sistema Departamentos de TI apreciam que o BricsCAD tem necessidades menores de hardware e sistema operacional do que o AutoCAD. Isso é significante para eles por essas razões: Firmas de design podem rodar o BricsCAD em computadores mais velhos; não é necessário empregar hardwares de ponta ou instalar drivers especiais como no AutoCAD. BricsCAD pode acessar uma velocidade maior da CPU e da memória RAM em computadores mais novos do que o AutoCAD. HARDWARE RECOMENDADO Autodesk e Bricsys recomendam que o seu computador atinja as seguintes especificações. Repare que novas versões do AutoCAD não rodam em CPUs mais velhas que não tenham SSE2*. Hardware AutoCAD BricsCAD CPU 1.6GHz with SSE2* (XP) 1GHz ou CPU mais rápida 2.0GHz dual-core SSE2 (modelagem 3D) 3.0GHz with SSE2 (7) Apple Mac Pro 4.1 ou mais novo; Mac mini 3.1 ou mais novo (4.1 recomendado); MacBook Pro 5.1 ou novo (6.1 recomendado); MacBook 5.1 ou mais novo (7.1 recomendado) imac 8.1 ou mais novo (11.1 recomendado); MacBook Air 2.1 ou mais novo. RAM Mínima 2GB 256MB, mais memória para o SO 3GB (OS X) RAM Recomendada 4GB 1GB 4GB (OS X) Espaço no Disco Rígido 6GB para instalação 250MB para os arquivos do programa 3GB recomendado (OS X) +1GB de espaço livre Resolução do Monitor 1024x768 mínimo 1024x x1050 recomendado 1280x800 mínimo (OS X) 1600x1200 recomendado (OS X) Placa de Vídeo 32-bit Qualquer placa de vídeo 128MB (mínimo) na área de trabalho Pixel Shader 3.0 ou melhor para o 3D Direct 3D para 3D Para renderizar com placas de vídeo Para marcas suportadas, veja suportadas, veja x1200 com truecolor(os X) Dispositivo Mouse Mouse Apple ou Microsoft mouse ou trackpad (OS X) * SSE2 é atalho de streaming SIMD (single instruction, multiple data) extension 2. Ela permite que CPUs realizem certas funções matemáticas e transformações de vetores, utilizadas por aplicativos CAD, de forma mais rápida. 13

14 Sistemas Operacionais Suportados A Bricsys suporta o funcionamento do BricsCAD em diversos dialetos do Linux assim como nas versões mais recentes e mais antigas do Windows. A Autodesk não anunciou uma versão Linux e não há mais suporte para Windows Vista. Na hora da escrita, a Autodesk não havia anunciado suporte para o Windows 8. A Autodesk tem uma versão do AutoCAD para Mac, mas faltam inúmeros comandos e a maioria de seus APIs. Por anos, a Bricsys anunciou que faria uma versão para Mac, mais ainda não o fez. Aqui estão os sistemas operacionais em que cada sistema CAD funciona: AutoCAD 2013 BricsCAD V13 Windows XP com service pack 2 Windows XP com service pack 3 Windows Vista Windows Server 2003 SP2 Windows 7 Windows 7 Windows Server 2008 SP Windows Server 2008 SP2 Windows 8 (ainda não anunciado) Windows 8 (ainda não oficial) Mac OS X V ou mais recente Mac (anunciado mas não enviado) Ubuntu LTS Linux Fedora Linux OpenSuse Linux Outras distribuições Linux As versões do Windows do AutoCAD necessitam Internet Explorer 7 ou mais recente para funções como seu sistema de ajuda; o BricsCAD não necessita. Testei brevemente, ambos sistemas CAD no lançamento do Windows 8 para desenvolvedores, e pareceram trabalhar bem. 14

15 EM RESUMO, BricsCAD opera de maneira parecida ao AutoCAD mesmo que seja mais econômico. Nos próximos capítulos, vamos nos aprofundar mais nos temas deste capítulo. Assim como você pode testar o AutoCAD gratuitamente por 30 dias, você pode instalar e rodar a versão Platinum do BricsCAD por 30 dias sem nenhum custo a partir de ambas versões para Linux e Windows. Somente o VBA da Microsoft é desabilitado na versão de testes. O arquivo de download do BricsCAD pesa 135MB, dez vezes menos que os 1.5GB do arquivo do AutoCAD. DICIONÁRIO AUTOCAD-BRICSCAD Os termos do BricsCAD seguem de perto os jargões do AutoCAD, mas existem algumas diferenças. Termo do AutoCAD ADS ARX AutoLisp DesignCenter Implied Intersection Intersection Object Options Osnap Palette VisualStyle Workspace Xdata Equivalente do BricsCAD SDS (Software development system) BRX (BricsCAD runtime extension) TX (Teigha runtime extension) LISP Explorer 3dIntersection 2dIntersection Entity Settings Esnap (entity snap) Pane ShadeMode User profile manage EED (extended entity data) 15

16 Novidades no BricsCAD V13 A Bricsys adiciona importantes funções a cada versão lançada, aqui está um resumo das funções colocadas no BricsCADV NOVAS FUNÇÕES O comando PreenchimentoAutom mostra os comandos que correspondem aos caracteres digitados pelo usuário O popup do PreenchimentoAutom lista todos os comandos que começam com as letras digitadas Chapoo é o novo nome do Vondle, e ele faz uploads, compartilha, vê e anota desenhos e documentos. Os seguintes comandos estão relacionados a ele: ChapooOpen, ChapooAccount, ChapooLogon, ChapooLogoff, ChapooHome e ChapooUpload. O comando Localizar agora pode ser acessado usando o atalho Ctrl+F. Regeneração de múltiplos arquivos na tela, usa múltiplos cores dos processadores. Variáveis do sistema relacionadas são: MtFlags e MaxThreads. Conjuntos de Folhas estão implementados parcialmente na V13 e estão relacionadas aos comandos: ConjuntoDeFolhas abre a aba Folhas no Explorer do Desenho; NovoConjuntoDeFolhas serve para, logicamente, criar um novo conjunto de folhas; AbrirConjuntoDeFolhas serve para abrir um conjunto de folhas; variáveis do sistema relacionadas: SsFound, SsLocate e SsmState. BricsCAD V13 abre arquivos.dst do AutoCAD O comando WorkSets carrega grupos de desenhos nomeados. 16

17 COMANDOS 2D A caixa do comando Matriz tem novas opções para criar matrizes; a pré-visualização na caixa mostra o efeito da mudança nos parâmetros. A pré-visualização na caixa do Comando Matriz é atualizada conforme você atualiza as mudanças Comando AttRedef redefine os atributos; AttSync sincroniza os atributos após a modificação das definições; A caixa de BattMan edita quase todos os aspectos das definições dos atributos. O Gerenciador dos Atributos dos Blocos edita todos os aspectos dos atributos Quando os comandos Dividir e Medir são usados com Splines, a performance está 30x mais rápida; usar o comando Deslocamento em splines está 10x mais rápido. A variável do sistema DragSnap controla o comportamento da Snap enquanto se arrasta as entidades: as entidades podem ser mostradas junto com a localização do cursor ou com a localização atual do snap. O novo comando ExpFolders abre o Explorer do Desenho na aba Pastas. Expressões podem ser usadas com restrições dimensionais em 2D; CleanUnusedVariables retira variáveis não utilizadas. A Barra de Propriedades agora mostra o comprimento, a área e o volume de múltiplas entidades selecionadas, ao invés de mostrar Varia. 17

18 -Camada tem a opção estado para criar, editar, renomear, recarregar, deletar, importar e exportar estados das camadas. As caixas mostradas nos comandos Camadas e Explorer do Desenho agora mostram a coluna Novo VP quando a aba Modelo está ativa. Propig tem seu próprio diálogo para escolher quais propriedades copiar; Propriedades das viewports também podem ser igualadas. Mlinha desenha múltiplas linhas paralelas. As linhas suportam snaps e edição por grips. EstiloML cria e edita estilos de multilinhas. Estilos das Multilinhas são definidos no Explorer do Desenho LinhaChamR desenha linhas de chamada especificadas por opções na caixa de diálogo; CotaReassociar associa dimensões com entidades. Todos os comandos para linhas de chamada estão em uma única caixa de diálogo. Comandos de seleção usam a opção :N, explicitamente, para selecionar entidades próximas. Entidades podem ser pré-selecionadas pelo comando BarraRestric. PLinha e Poli3D usam menos memória. 18

19 COMANDOS 3D A UCS dinâmica alinha a UCS com a face 3D selecionada do sólido; A variável UCSDetect alterna o dinamismo da UCS, assim como a tecla F6 e DUCS na barra de status. Os comandos de modelagem direta DmMove e DmRotate podem usar cilindros e outros comandos de superfícies com eixos; DmRevolve e DmExtrude podem ser aplicados a faces de sólidos; DmSelectEdges tem uma seleção de bordas 3D mais rápida. Além de, DmMove e DmRotate agora podem ser utilizados para resolver problemas de frente e verso em cinemática em tempo real. Restrições 3D podem ser aplicadas entre subentidades em blocos; Restrições são mantidas durante as operações de copiar, bloco, inserir, explodir. DmAngle3D escolhe o eixo do ângulo restrito em 3D automaticamente ou manualmente, e permite ângulos superiores a 180 graus. Para fazer modelagem, use esses comandos: BmBrowser ativa o mechanical browser BmUpdate atualiza a hierarquia dos componentes mecânicos BmNew cria componentes mecânicos BmInsert insere componentes mecânicos no desenho BmForm forma novos componentes mecânicos e os insere no desenho BmDissolve dissolve componentes mecânicos BmMech converte o desenho atual num componente mecânico BmUnmech explode o componente mecânico atual num desenho planificado BmHardware insere parte de um hardware padrão como um componente mecânico BmHide e BmShow escondem e mostram, respectivamente, componentes BmBom insere uma tabela com uma lista de materiais no desenho BmXConvert converte todos os sólidos X-Hardware em componentes mecânicos (BmRemove foi removido, no seu lugar está o comando Apagar ou use a tecla Del.) Componentes mecânicos podem ser inseridos se você os arrastar do Explorer e os largar no desenho. Como as versões mais recentes que a versão 7.0 do ACIS não podem ser manuseadas pelo AutoCAD, o BricsCAD V13 converte dados ACIS para a versão 7. 19

20 VIEWPORTS E IMPRESSÃO Em layouts com viewports que tem vários modos de exibição, somente viewports renderizadas são impressas como imagens raster, enquanto wireframe viewports são impressas como vetores gráficos. Enquanto imprime imagens raster, V13 altera para usar o método de transparência. Drivers de impressão em PDF tem configurações adicionais no arquivo de configuração ImagePrinting.xml. A resolução padrão de imagens exportadas em PDF aumentou de 72dpi para 300dpi. Align Space usa pontos alinhados para ajustar o ângulo da viewport, o fator de zoom e a posição da pan no modelo e no espaço do papel. A variável do sistema, BackgroundPlot, determina quando os desenhos são publicados no fundo da tela; o comando /pl faz uma publicação do fundo de tela usando arquivos DSD. A variável do sistema, DispPaperMargins, alterna a exibição da área a ser impressa. Hide funciona no espaço do papel; A opção Hide Paperspace Objects foi adicionada as configurações de Print; A propriedade Shade Plot, durante impressões, sobrepõe os estilos visuais nas viewports; Layouts com viewports mostrando diferentes estilos visuais podem ser impressas. MvSetup cria novos desenhos com viewports no modelo e no espaço do papel. Impressão de imagens transparentes pode ter um ajuste fino através do arquivo de configurações ImagePrinting.xml na pasta de configurações da impressora. Configurações de página podem ser importadas de outros desenhos. TtFastText imprime fontes como texto (em vez de geometria) para arquivos PDF para que o texto possa ser procurado; também reduz o tamanho de arquivos PDF; RENDERIZAÇÃO O comando _Render pode ser iniciado no espaço de papel das viewports. Hachuras gradientes são suportadas por renderizadores. Editar responde melhor ao modo de sombra em alta qualidade, pois reduz temporariamente a qualidade da imagem durante as operações. Andar por vistas em perspectiva usa as seguintes combinações de mouse e tecla: Teclas Comando Significado Alt + Botão esquerdo RtWalk Anda para frente, trás e para os lados Alt + Botão do meio RtUpDown Move para cima, baixo e lados Ctrl + Botão do meio RtLook Olha em volta (Shift+botão direito mostra o menu snap) Ctrl + Tecla Home... Reseta a diração da vista para a horizontal Alt + Tecla Home... Move o ponto escolhido para o centro da tela Alt + Plus key RtWalkSpeedFactor Aumenta a velocidade de movimentação Alt+Minus key RtWalkSpeedFactor Diminui a velocidade de movimentação Ctrl + Plus key RtRotationSpeedFactor Aumenta a velocidade de rotação Ctrl+Minus key RtRotationSpeedFactor Diminui a velocidade de rotação O motor de redenderização de RedSdk foi atualizado para a versão

21 CUSTOMIZAÇÃO PaletasFerram abrem a nova aba de Ferramentas; A variável do sistema TpState avisa quando a aba está aberta. Abas de Ferramentas acessam comandos comumente usados, hachura e blocos. BricsCADV13 não tem uma combinação de binários com a V12, porquê (a) APIs mudaram e (b) V13 foi feita usando Microdot Visual C 2010 ao invés do MSVC2005. A maioria das aplicações de terceiros precisam ser refeitas para rodar na V13 exceto scripts e operações LISP. Como resultado, usuários do Windows XP precisam ter o Service Pack 3. O comando Customizar aumenta o número de entradas disponíveis para A ação de duplo clique para blocos agora é o BlockRef (ao invés do Inserir); para blocos com atributos é o AttBlockRef. O duplo clique para AttDynBlockRef foi removido. Atalhos podem ser ligados ao atalho Ctrl + Botão do meio. Quando modificando a Ajuda, Comando, ou propriedades da imagem de menus, botões da barra de ferramentas, atalhos do teclado, botões do mouse, ou ações de duplo clique, uma mensagem informa que a definição da ferramenta está sendo alterada. A variável PreviewNestedEnts foi removida, no seu lugar foram postos mais valores para PreviewSubEnts. LISP aumentou o limite de recursos de LISP tem novas funções VLE Função LISP (setvar) foi aprimorada para mostrar um erro quando uma variável do sistema não existe. Performance foi aprimorada para quando salva objetos, quando chama (ssget) muito seguido, quando usa para (tblsearch) e (tblnext), e quando usa a função (layoutlist). 21

22 A função (setvar HPNAME ) suporta melhor os nomes dados pelo usuário para hachuras. A propriedade de acesso IAcadDocument::get/put_ActiveMaterial() foi adicionada..net: adicionou suporte para StartOpenCloseTransaction e aprimorou a implementação DrawableOverrude API para referências do bloco. BRX agora suporta ícones AcEdUIContext: no menu de contexto. As funções AcEdCommandStack::popGroupToTop(constACHAR*) e AcDbEntity::dragStatus foram adicionadas, Negative GS Markers podem ser usados em acedssnameex. DockPriority determina a prioridade da barra de ferramentas e suas abas ancoradas; os novos valores padrões são Topo > Esquerda > Direita > Baixo. Barras de Ferramentas tem novas caixas de combo (droplists) para filtros de camadas, estados de camadas, e estilos de cotas, a largura de todas as droplists pode ser ajustada. V13 foi aprimorado para abrir Open Design Teiga v3.6. HARDWARE Quando usamos uma tela externa, caixas fixáveis como a Barra de Propriedades, a janela da Linha de Comandos, ou abas das Ferramentas podem terminar fora da tela após mudar, tanto no Windows como no Linux, de Extend These Displays para Show Desktop Only on I ou depois que a segunda tela está desconectada. Quando o BricsCADV13 começar, ele move essas janelas fora da tela para suas posições padrões. Para recuperar diálogo perdidos, reinicie o BricsCAD. Para uma lista completa das alterações, veja 22

23 Capítulo 2 Comparando Interfaces dos Usuários BRICSCAD SE PARECE com o AutoCAD quando sua área de trabalho é definida como AutoCAD Classic, como está ilustrado na próxima página. Assim como no AutoCAD, o BricsCAD define os aspectos da interface do usuário através do conteúdo de arquivos CUI, dos valores das variáveis do sistema e outras configurações. O AutoCAD tem uma maior capacidade geral com o CUI, enquanto o BricsCAD garante um maior controle do usuário através de suas variáveis. Neste capítulo, você irá aprender sobre as similaridades e diferenças entre as interfaces do usuário dos dois sistemas de CAD, especificamente nas seguintes áreas: Linha de comando e prompts Prompt de Menus (BricsCAD somente) Cursor Quad (BricsCAD somente) Opções do AutoCAD vs Configurações do BricsCAD Aba de Propriedades Barra de Status Definições de Seleção Definições de Trabalho (BricsCAD somente) Centro de Design vs Explorer do Desenho Abas de Ferramentas e Conjunto de Folhas 23

24 COMPARAÇÃO DAS INTERFACES DO USUÁRIO Na direita: BricsCAD V13 no Windows Abaixo: AutoCAD 2013 com área de trabalho Clássica 24

25 25

26 RESUMO DOS ELEMENTOS DA INTERFACE DO USUÁRIO Os elementos novos no BricsCAD V13 são mostrados em azul; os que serão discutidos neste capítulo, estão em negrito. Elemento do AutoCAD Interface do Usuário Customizável Barra de Menu (desligada na área padrão) Barra de Ferramentas (desligada na área padrão) Barra de Rolagem Dicas de Ferramentas Barra de Layout Barra de Status Área de Trabalho Ribbon Rollover tooltips Desenhos e Layouts com QuickView Equivalente do BricsCAD Interface do Usuário Customizável Barra de Menu Barra de Ferramentas Barra de Rolagem Dicas de Ferramentas Barra de Layout Barra de Status Organizador do Perfil do Usuário Definições de Trabalho Na Tela de Desenho Cursor Tricolor Cursor Tricolor Ícone de UCS & UCS dinâmica Ícone de UCS & UCS dinâmica Cursores de abertura & caixa de escolha Cursores de abertura & caixa de escolha Grips Grips Realce e pré-visualização de seleções Realce e pré-visualização de seleções Vetores autotrack e marcadores de AutoSnap Vetores autotrack e marcadores de AutoSnap Modos de Seleção: 13 Modos de Seleção: 18 Seleção de Subentidade Seleção de Subentidade Steering Wheels Navigation Cube Cursor Quad Barra de Comando e Mouse Entrada de Teclado AutoCompletar Entrada Dinâmica Atalhos do Teclado Ações de duplo-clique Botões do Mouse Menus de Atalho Centros de Informações Centro de Design Aba de Propriedades Aba de Ferramentas Organizador do Conjunto de Folhas Centro de Informações Barra de Ferramentas de Acesso rápido Aba de Propriedades de Acesso rápido Entrada de Teclado AutoCompletar Entrada Dinâmica Atalhos do Teclado Ações de duplo-clique Botões do Mouse Menus de Atalho Prompt de Comando Customizável Menus de Prompt (opções) Explorer do Desenho Aba de Propriedades Aba de Ferramentas Conjunto de Folhas Prompts na Barra de Status 26

27 Variações na Interface do Usuário AutoCAD e BricsCAD utilizam interfaces similares. Ambos possuem barra de ferramentas, uma barra de menu, autocompletar e entrada dinâmica, abas, menus de atalhos, e assim por diante. A imagem mostra o BricsCAD com entrada dinâmica e autocompletar. AutoCompletar (novo ao BricsCAD V13) na esquerda, entrada dinâmica no centro e o menu prompt a direita. Há, no entanto, diferenças entre o menu prompt, o prompt de comando e algumas das opções de comando das quais você deve estar avisado. : X DIGITE UM COMANDO Como seu prompt de comando, o BricsCAD utiliza : para indicar que está pronto para você digitar um comando. Versões antigas do BricsCAD utilizavam Comando:. O AutoCAD 2013 usa Digite um comando. Se você prefere o tipo de prompt do AutoCAD, você pode fazer alterações através da caixa de diálogo Configurações. Procure por Prefixo do aviso. Você pode colocar o texto que quiser. Depois de digitar o novo texto do prompt, ele irá aparecer na barra de comando do BricsCAD. Customização do prompt de comando não está disponível no AutoCAD. 27

28 MENU PROMPT (BRICSCAD SOMENTE) Um dos elementos da interface do usuário não encontrados no AutoCAD é o menu prompt. Este menu flutuante aparece sempre que um comando contém opções. Ele te permite operar o BricsCAD até mesmo quando o prompt de comando está desligado. A imagem abaixo mostra a janela da linha de comando (esquerda), junto com o menu prompt a direita. Conforme o comando Círculo é utilizado, o prompt muda, assim como o conteúdo do seu menu. Esquerda: a barra de comando no BricsCAD... Direita: e o menu prompt mostrando as opções equivalentes Você pode utilizar o mouse para escolher opções do menu prompt, ou pode usar o teclado para digitar as opções dos nomes na barra de comando. Para cancelar o comando, pressione Esc ou clique Cancelar. Em alguns casos, o menu prompt pode não aparecer, como quando o BricsCAD lhe pede para selecionar objetos, quando um comando mostrar uma caixa de diálogo ou quando o menu prompt está desligado. Controlando o Menu Prompt Você pode ligar ou desligar o menu prompt, escolher sua posição na tela. Na caixa de diálogo Configurações, digite Menu de aviso no campo de pesquisa. As opções Não Mostrar e Mostrar alternam a visualização do menu prompt, enquanto as opções relacionadas ao Canto posicionam o menu em um dos quatro cantos da área de desenho. Ou, você pode arrastar o menu para qualquer lugar conveniente, como um segundo monitor. A opção Flags do menu de aviso liga a exibição de nomes de opções adicionais que estão normalmente ocultas no menu prompt. Elas são mostradas em itálico como Tangente na figura abaixo. Esquerda: ligando a opção de exibir os itens ocultos Direita: itens ocultos exibidos em itálico 28

29 Mais Opções dos Comandos Quando eu mostrei o menu prompt, você pode ter reparado que o comando círculo do BricsCAD contém mais prompts que o seu equivalente do AutoCAD. Isso não é incomum no BricsCAD, cujos comandos possuem opções adicionais que são úteis para projetistas, e ainda não são encontradas no AutoCAD. A tabela a seguir compara a escrita dos prompts das opções do comando Círculo para ambos os programas: Opção do AutoCAD Opção do BricsCAD Notas Especifique o ponto central Centro do círculo Opção padrão 2P 2 Pontos 3P 3 Pontos Ttr TanTanRad Arc Converte arcos em círculos Múltiplos Desenha múltiplos círculos O menu prompt do BricsCAD lista todas essas opções: O CURSOR QUAD (BRICSCAD SOMENTE) Introduzido com o BricsCAD V12, o quad incorpora os comandos de edição e modelagem direta no cursor. Isso foi desenvolvido pela Bricsys, assim é único ao BricsCAD. Esse tipo de cursor multifunção toma seu lugar no topo da moda atual de design da interface de computadores, pois tenta colocar na área de desenho tantos comandos úteis quanto for possível. Enquanto o AutoCAD não tem esse cursor, seu meio-irmão Inventor faz. Acredito que a Autodesk implementará essa tecnologia na versão futura do AutoCAD. Por padrão, o cursor quad está desligado. Você vê o cursor tricolor padrão. Para ligar o cursor quad, você pode clicar em QUAD na barra de status ou digitar F12. Inicialmente o cursor quad consiste de um único botão, que exibe o ícone do último comando utilizado. A cor de fundo do cursor quad informa o tipo de entidade selecionada: Cor de fundo Entidade ou Subentidade Rosa Verde Ciano Amarelo Sólida Face Ponta Contorno 29

30 Quando você move a seta do cursor para o centro do botão, o cursor quad expande para outros quatro botões. Três dos novos botões contém comandos que são mais comumente associados a entidade selecionada. O botão inferior sempre será o Mais; quando você clicar nele, ele mostrará um menu em cascata com opções adicionais: Clique em um item no menu em cascata para executar o comando. O cursor Quad foi inicialmente feito para trabalhos em 3D, mas no BricsCAD V13 suas funções foram extendidas para o desenho em 2D. 30

31 Opções do AutoCAD X Configurações do BricsCAD No AutoCAD, a caixa de diálogo Opções lhe dá acesso aos valores de muitas variáveis do sistema mas não lhe dá a todas. No BricsCAD, o equivalente é a caixa de diálogo Configurações, uma versão expandida que pega o conceito e dá uma conclusão lógica: acesso a todas variáveis. Veja o Apêndice B para a lista completa. Dar acesso a setecentas configurações do sistema é um problema: como pode um programador criar uma caixa de diálogo que dá ao usuário acesso a uma configuração tão facilmente? No caso da Autodesk, a caixa de diálogo é separada em dez abas e trinta caixas de diálogo auxiliares! Em contraste, a Bricsys criou uma caixa de diálogo que dá acesso a todas variáveis. Para resolver o problema de achar uma variável dentre 700, a Bricsys criou uma caixa de pesquisa interativa. Você pode começar digitando qualquer nome de variável, título ou descrição e o BricsCAD avança até a primeira alternativa; clique nas setas para se mover entre as alternativas encontradas para o texto. 31

32 Em adição, você pode listar as variáveis em categorias ou em ordem alfabética. (Os dois modos estão ilustrados abaixo.) Clique em um botão na barra de ferramentas para determinar o tipo de ordenamento. Esquerda: Caixa de diálogo Configurações do BricsCAD no modo categorizado... Direita:...e em ordem alfabética. UM BREVE TOUR PELA CAIXA DE DIÁLOGO CONFIGURAÇÕES Como essa caixa de diálogo é realmente importante e como essa caixa de diálogo foi feita tão diferente da Autodesk, vou lhe dar um tour baseado em suas funções. Você acessa as Configurações através do comando Configurações, digitando a aliase do AutoCAD Opções ou usando o menu Configurações Configurações. Quando ele abrir, a caixa Configurações será parecida com essa: 32

33 Junto com o topo da caixa de diálogo está uma barra de ferramentas, a partir da qual você irá acessar todas as variáveis do BricsCAD através de uma variedade de métodos, como está ilustrado nessa imagem. Clique em um dos dois botões para alternar entre as variáveis de ordem alfabética ou categorias. Clique em um dos três botões para acessar as seções Desenho, Dimensionamento ou Opções do Programa. Digite o texto no campo de Pesquisa, como o nome ou descrição da variável e então clique nos botões de seta para pular entre as opções encontradas no texto. Eu tendo a usar o campo de Pesquisa exclusivamente, e eu irei detalhar como fazer uso do mesmo. Abrindo e Fechando Nós Para acessar variáveis, use os métodos descritos acima, ou clique nas caixas + para abrir seções individualmente. Clique na caixa para fechar as seções. O CUI do AutoCAD utiliza um sistema de nó similar. Acessando e Compreendendo os Valores Quando um valor é mudado, ele fica em negrito uma boa maneira de avisar que um novo valor foi inserido. Mudanças são realizadas imediatamente isso explica o porquê de não existir nenhum botão Aplicar ou Ok. A caixa de diálogo Configurações separa as configurações em três categorias: Desenho configurações aplicadas ao desenho e ao processo de desenhar Dimensões configurações específicas a variáveis de dimensões Opções do Programa configurações relacionadas a interface do usuário e como o BricsCAD opera. 33

34 Você pode usar as Configurações para mudar os valores de quase todas as configurações. As únicas exceções são aquelas do tipo somente-leitura, isso significa que você não pode alterar elas. Elas são mostradas em um texto cinza. A área de pré-visualização na parte de baixo da caixa Configurações usa os estilos de fonte para indicar o tipo de variável: Acima: documentando uma varável do sistema não-única. Abaixo: Documentando uma preferência do usuário única. Os nomes das variáveis do sistema são mostradas em MAIÚSCULO. Os nomes das variáveis das preferências são mostradas DessaForma. Configurações exclusivas do BricsCAD mostram um ícone Para sair da caixa de diálogo, clique no X no canto superior direito. Pesquisa em Tempo Real O campo de pesquisa em tempo real lhe dá acesso direto as variáveis do sistema pelo nome. Assim que você digitar as primeiras letras, o BricsCAD imediatamente pula para a primeira palavra que combina com elas. Você pode clicar nas setas para esquerda e direita para mover para se mover entre os candidatos que combinam. Repare que a cor do campo de pesquisa muda, informando o status do termo de pesquisa que você digitou: Branca dois ou mais nomes combinam com a pesquisa. Lima somente um (ou o último) nome combina com a pesquisa. Tangerina nenhum nome combina com a pesquisa. 34

35 Clique no botão Encontrar para filtrar a pesquisa, embora eu acredito ser melhor deixar todas as opções Encontrar Onde ligadas. Exportando Configurações Clique no botão Exportar para salvar os nomes das variáveis e seus valores no formato CSV (comma separated values), as quais podem ser importadas para o OpenOffice Calc ou outro programa que trabalha com planilhas. Comando SetVar O BricsCAD tem o mesmo comando SetVar que o AutoCAD, mas você também pode digitar nomes de variáveis do sistema diretamente no prompt :. Como no V12, você pode digitar nomes das variáveis de preferências no prompt de comando. 35

36 Propriedades e Paletas Quando a interface do usuário do AutoCAD foi organizada em torno de barras de ferramentas, os usuários deram uma olhada no rascunho das configurações das propriedades, como foi ilustrado a baixo. Em um instante, eles podem monitorar as configurações da área de trabalho, a layer atual, o estilo de texto ativo e assim por diante umas 10 propriedades no total. Interface clássica do AutoCAD informando as configurações de nove propriedades. Com o redesenho da interface do usuário, ver propriedades rapidamente se tornou mais dificil. Por exemplo, a aba Home da Modelagem 3D no ribbon informa somente uma propriedade, as layers; algumas propriedades estão escondidas nas droplists ou em outras abas, o que se torna nenhum pouco amigável ao usuário. Interface Drafting & Annotations do AutoCAD informando somente quatro propriedades rapidamente Em contraste, o BricsCAD mantém a experiência de manter barra de ferramentas das Propriedades na sua configuração padrão. Novidade na V13 é a habilidade de controlar o tamanho dos controles, como a droplist das cores e layers PROPRIEDADES: PALETA DO AUTOCAD E BARRA DO BRICSCAD Ambos pacotes de CAD compartilham uma paleta de Propriedades parecida, mas o BricsCAD a chama de Barra de Propriedades. Ela opera como a paleta de Propriedades no AutoCAD, exceto por uma diferença: BricsCAD seguido emprega a barra de Propriedades onde o AutoCAD usa uma caixa de diálogo ou uma faixa. Por exemplo, clique em um padrão de hachura do BricsCAD e a barra de Propriedades lhe permite editar os parâmetros do padrão; em versões antigas do AutoCAD, um duplo clique no padrão informa a caixa de diálogo de edição da hachura ou mais recentemente, a faixa Editar Hachura. 36

37 Você acessa a barra de Propriedades no BricsCAD através do comando Propriedades, ou a partir do menu Modificar Propriedades. Ele aparece automaticamente quando você clica duas vezes em entidades em desenhos. Esquerda: Paleta de Propriedades do AutoCAD. Direita: Barra de Propriedades do BricsCAD. Você não pode customizar a paleta/barra de Propriedades nem no AutoCAD e nem no BricsCAD. Como no AutoCAD, o BricsCAD pode assumir ações de duplo clique para entidades, o que mostra a barra de Propriedades com os parâmetros apropriados a entidade. Veja o capítulo 4. 37

38 PALETA DE FERRAMENTAS E CONJUNTO DE FOLHAS Paletas de ferramentas e conjuntos de folhas são novidades para o BricsCAD V13; estes elementos da interface do usuário estão no AutoCAD desde as versões de 2004 e 2005, respectivamente. Para operar similarmente em ambos AutoCAD e BricsCAD, exceto que a barra Paleta de Ferramentas está customizada diferentemente e o organizador do conjunto de folhas tem menos opções no BricsCAD que no AutoCAD. Esquerda: Paleta de Ferramentas no AutoCAD. Direita: barra Paleta de Ferramentas no BricsCAD. Veja o capítulo 4 para tutoriais sobre customização da barra Paleta de Ferramentas. DICA O AutoCAD guarda as definições da Paleta de Ferramentas em arquivos ATP, atalho de AutoCAD Tool Palettes. O BricsCAD as salva em arquivos BTP (BricsCAD Tool Palettes). Ambos são arquivos com formato XML. Sobre Conjuntos de Folhas O BricsCAD usa o mesmo formato DST que o conjunto de folhas do AutoCAD, assim você pode reutilizar elas no AutoCAD. As imagens abaixo mostram uma amostra do conjunto no AutoCAD e depois o mesmo arquivo no BricsCAD. 38

39 As interfaces do usuário para o conjunto de folhas são bem diferentes. O AutoCAD usa uma paleta com dicas de ferramentas e caixas de diálogo adicionais. No BricsCAD, todos os dados do conjunto aparecem em uma única interface no Explorer do Desenho. Ambos utilizam menus de botão direito e barras de ferramentas para criar, editar e publicar conjuntos de folhas. Acima: Conjunto de folhas do AutoCAD. Abaixo: Conjunto de folhas do BricsCAD como parte do Explorer do Desenho. 39

40 Para criar ou controlar conjuntos de folhas, digite o comando ConjuntodeFolhas, clique na aba Folhas e escolha a partir dos botões na barra de ferramentas: Esquerda: interface do conjunto de folhas no AutoCAD Direita: interface do conjunto de folhas no BricsCAD Da esquerda para a direita, os botões realizam as seguintes funções no BricsCAD: Cria um novo conjunto de folhas usando um assistente (comando NovoConjuntodeFolhas) Abre um arquivo DST, que define um conjunto de folhas já existente (comando AbrirConjuntodeFolhas) Imprime o desenho selecionado (comando Plotar) Publica o conjunto de folhas (comando Publicar) Prepara o conjunto para transmissão por (comando etransmit) Cria uma definição do conjunto de folhas Compreendendo que a V13 representa a primeira versão com o conjunto de folhas, o BricsCAD tem menos funções que o AutoCAD. Falta ao BricsCAD a exibição de folhas e modelos, assim como as opções listadas abaixo nos menus de atalho, como renomear e importar layouts como folhas. Esquerda: menu de atalho do conjunto de folhas no AutoCAD Direita: menu de atalho do conjunto de folhas no BricsCAD Eu antecipo que nas futuras edições do BricsCAD, o conjunto de folhas terá funcionalidades adicionadas. 40

41 Melhor Barra de Status e Outros Avanços A barra de status no BricsCAD informa não somente o status do desenho, mas também os nomes dos estilos de texto e dimensão. Assim como no AutoCAD, você pode clicar com o botão direito nos botões, como as coordenadas e Grade, para acessar opções adicionais. Para mudar o estilo de um texto ou dimensão, clique com o botão direito no nome atual e escolha um diferente no menu de atalho. O AutoCAD não oferece essa funcionalidade. Novidade na barra de status do BricsCAD V13 é o botão DUCS, para alternar dinamicamente entre sistemas de coordenadas definidas pelo usuário nos modelos em 3D. WORKING SETS (BRICSCAD SOMENTE) Novidade no V13 são as work sets, que agrupam desenhos por um nome; você, então, carrega dois ou mais desenhos simultaneamente selecionando seu nome. O AutoCAD não oferece essa função, apesar de que alguns usuários a simulam através dos conjuntos de folhas. O comando Workset é possível porque a Bricsys implementou um sistema para abrir arquivos, que utiliza a capacidade da CPU de seu computador para realizar duas ou mais atividades ao mesmo tempo; o comando é necessário para a função de montagem de projetos nova no BricsCAD V13. BricsCAD cria um conjunto de trabalho automaticamente. Quando você fecha o programa, todos os nomes de arquivos de desenhos abertos são salvos como um conjunto de trabalho chamado LastSession. Isso lhe permite abrir facilmente todos os desenhos anteriores de uma só vez, na próxima vez que você abrir o BricsCAD. 41

42 Quando você inicia o BricsCAD, a caixa de diálogo Criar um Novo Desenho inclui uma opção chamada de Carregar Conjunto de Trabalho. Depois que o BricsCAD for iniciado, você pode acessar outras worksets digitando o comando Workset ou escolhendo no menu Arquivo a opção Working Sets. MAIS DEFINIÇÕES DE SELEÇÃO Como no AutoCAD, você pode usar o BricsCAD para montar definições de seleção mais complexas através dos locais da entidade (janela, polígono, círculo, e assim por diante) e das propriedades (color, tipo de linha, e assim por diante). Muitas opções são iguais, como apertar Ctrl+A para selecionar todos os objetos nos desenhos. 42

43 BricsCAD possui modos de seleção adicionais que faltam no AutoCAD: Fora da Janela seleciona todas as entidades completamente fora de uma janela retangular. Fora do Polígono seleciona todas as entidades completamente fora de um polígono irregular. Círculo seleciona todas as entidades completamente dentro do círculo. Círculo Cruzado seleciona todas as entidades dentro ou que cruzam o círculo; veja a figura acima. Fora do Círculo seleciona todas as entidades completamente fora do círculo. O BricsCAD usa cores (como o AutoCAD) e ícones (diferente do AutoCAD) para informar se a seleção definida é cruzada, janela, ou outra. BricsCAD usa ícones e cores para informar o estilo da seleção em janela. Esquerda: Uma seleção em janela. Direita: Uma seleção em janela cruzada. Como no AutoCAD, o BricsCAD possui seleção de sub-entidades de objetos em 3D: faces, bordas e vértices. 43

44 Design Center do AutoCAD X Explorer do Desenho do BricsCAD O Explorer do Desenho do BricsCAD é comparável ao DesignCenter do AutoCAD, mas nos dá mais informações e um controle melhor sobre os elementos do desenho. De fato, o Explorer do Desenho centraliza o que no AutoCAD está separado em várias caixas de diálogo, como organizar camadas, organizar UCS, e organizar referências externas. A Autodesk parece estar copiando o BricsCAD por começar a reunir comandos que realizam funções similares em um único comando, como o Anexar. O Explorer do Desenho lida com entidades nomeadas listadas abaixo. As em azul são novas no BricsCAD V13. Design Center Explorer do Desenho Comando no AutoCAD do AutoCAD do BricsCAD (para funções ausentes no Design Center) Blocos Blocos Blocos criados com o comando Bloco... Sistema de Coordenadas (UCS) UcsMan... Dependências Dependências checadas pelo comando etransmit Dimstyles Estilos da Dimensão Estilos de dimensão criados com o comando DimStyle Xrefs Referências Externas Xrefs junto com o comando ExternalReferences... Imagens ExternalReferences Layers Camadas Camadas criadas com o comando Layers... Status das Camadas LayerStates... Luz LightList TipoLinha TipoLinha Materiais Materiais Layouts ConfigPag PDF PDF implícitos adicionados com o comando AnexarPDF... Plano Seção Propriedades do plano definidas por SectionPlaneSettings... Conjunto de Folhas Conjuntos de folhas são controladas por SheetSet Tablestyles Estilo Tabela Estilos de tabela criados com o comando TableStyle... Text Styles Estilo... Vista Vista... Estilos Visuais VsCurrent Detail View Styles... Estilos de vistas 2D detalhadas a partir de modelos 3D Multileaders... BricsCAD ainda não cria multileaders Section View Style... Estilos de vistas 2D a partir de modelos 3D 44

45 Você pode acessar o Explorer do Desenho do BricsCAD através do comando Explorar ou a partir do menu: Ferramentas Explorer do Desenho. O Explorer do Desenho também aparece quando você digita comandos relacionados, como Camadas ou Referências Externas. Acima: Design Center do AutoCAD. Abaixo: Explorer do Desenho do BricsCAD. 45

46 O BricsCAD inclui configurações para mudar essas entidades, algo que falta ao Design Center do AutoCAD. Por exemplo, o nó Tipos de Linha lhe deixa carregar tipos de linha adicionais: e o nó Estilos da Dimensão lhe permite modificar os estilos: 46

47 O Explorer do Desenho foi redesenhado na V13, agora ele inclui a opção de criar e controlar conjuntos de folhas. A seção Desenhos recebeu sua própria aba (nomeada Pastas ), assim como o conjunto de folhas (nomeada Folhas ). Esquerda: Explorer do Desenho na V12 Direita: Abas no Explorer do Desenho na V13 O Explorer do Desenho é mais do que o Design Center pois ele centraliza a coleta dos comandos para inserir e controlar as entidades. Pelas minhas contas, a interface unificada do Explorer do Desenho do BricsCAD substitui o equivalente à caixa de diálogo e paletas de 16 AutoCADs. 47

48 ESTE CAPÍTULO REALÇOU as (poucas) diferenças entre as interfaces do usuário do BricsCAD e do AutoCAD. O próximo capítulo examina como ambos os programas exibem e editam as entidades nos arquivos de desenho. 48

49 Capítulo Três Compatibilidade dos Elementos dos Desenhos O BRICSCAD LÊ E ESCREVE desenhos do AutoCAD muito bem, mas não perfeitamente em alguns casos. Este capítulo detalha quão bem o BricsCAD lê entidades, propriedades e estilos criados pelo AutoCAD 2013, a maior parte o BricsCAD lê, cria, edita e escreve corretamente. Os dois programas CAD lidam com os arquivos DWG e DXF de forma um pouco diferente, com o AutoCAD provando ser melhor nas versões mais novas e com o BricsCAD melhor com as mais velhas: O BricsCAD V13 lê e escreve arquivos DWG e DXF criados pelo AutoCAD 2013 e anteriores, até o Release 12 (1993); para voltar até o formato do Release 9 (1987), você deve salvar os desenhos no formato DXF. O AutoCAD 2013 lê e escreve arquivos DWG e DXF criados pelo AutoCAD 2013 e anteriores, até o Release 14 no formato DWG (1997); para voltar até o formato do Release 12, você deve salvar os desenhos no formato DXF. 49

50 Este capítulo examina em detalhes como o BricsCAD lida com as entidades e as propriedades, e elas estão separadas nas seguintes categorias. Entidades Propriedades Estilos Entidades 2D: arco, círculo, elipse e arco elíptico, hachura (padrão, preenchida solidamente, preenchida em gradiente, ilha e detecção de textos), linha, ponto e modos de pontos, polilinha (segmento, arco, largura variável e com splinha), raio e linha infinita, sólido (2D), splinha (aberta e fechada) e traço. Restrições geométricas e dimensionais Entidades de Texto: referências e definições de atributos (com campos e textos multilinha), texto e TextoM, tabelas, campo de texto e tolerâncias Entidades de dimensão: alinhada, angular, comprimento do arco, diâmetro, linear, raio, diâmetro, acumulada, contínua, ordenada, rotacionada e oblíqua Entidades 2D complexas: referências de blocos e inserção (espelhada, escala diferente), blocos dinâmicos, Minsert, localização geográfica, imagem raster, luz, LinhaM, região, forma e viewports. Entidades 3D: faces 3D (bordas visíveis e invisíveis), hélices, polilinha 3D, corpo, caixa, cone, cilindro, pirâmide, esfera, torus, extrusão, revolução, fatiar, seção e interferir Propriedades: anotativa, cor (por camada, por bloco, cores ACI e cor do bloco), elevação, hiperlink, tipo e escala de linha, espessura da linha, material, estilo de plotagem, sombra e transparência Camadas: estado, nome, ligada/desligada, congelada, bloqueada, cor, tipo de linha, espessura da linha, transparência, estilo de impressão, imprimir, nova viewport (VP), congelar nova VP, congelar VP atual, cor da VP, tipo de linha da VP, espessura da linha da VP, transparência da VP, descrição do estilo de impressão da VP Estilos de dimensão Estilos das linhas de chamada Estilos de texto e TextoM Estilos de multilinhas Estilos de impressão Estilos de tabela Estilos de visualização Estilos de vista de seções e detalhes (novidade no AutoCAD 2013) 50

51 Compatibilidade com o DWG 2013 O BricsCAD mostra todas as entidades nos desenhos criados pelo AutoCAD Ele, no entanto, não cria ou edita todas elas. Este capítulo lhe dá detalhes das entidades e propriedades que funcionam perfeitamente e aquelas que não. TESTANDO A COMPATIBILIDADE DE ENTIDADES Para testar a compatibilidade do BricsCAD com entidades do AutoCAD, eu empreguei o seguinte procedimento: 1. Desenhei cada entidade no AutoCAD 2013, então salvei num arquivo DWG. 2. Abri um arquivo DWG no BricsCAD V Examinei cada entidade para as seguintes características: Tradução cada entidade aparece no BricsCAD? Precisão da visualização a entidade se parece com a mesma no AutoCAD e no BricsCAD? Editabilidade o BricsCAD edita a entidade? Como? Construtibilidade o BricsCAD tem um comando para criar uma entidade? 4. Peguei imagens de cada entidade no AutoCAD e no BricsCAD para ilustrar as similaridades e diferenças entre eles. 5. Salvei as limitações que encontrei, quando tinha. Os resultados dos testes são apresentados nas páginas seguintes. Entendendo a Legenda Neste capítulo, eu mostro quão bem o BricsCAD suporta cada entidade do AutoCAD através de uma legenda: Nome da Entidade Lê / Cria / Edita As palavras na legenda têm o seguinte significado. Lê BricsCAD lê a entidade de arquivos DWG e os mostra corretamente. Cria BricsCAD cria a entidade. Edita BricsCAD edita a entidade. Há poucas entidades do AutoCAD que o BricsCAD não lida 100% corretamente. Por exemplo, o BricsCAD pode ler e mostrar hélices, mas não pode criar ou editar as mesmas. Por esse motivo, a legenda deverá parecer com essa: Hélice AutoCAD BricsCAD* Lê / / *) A nota de rodapé detalha as limitações. O traço ( ) em Lê / / significa que o BricsCAD não pode editar ou criar hélices, assim as palavras Cria e Edita estão faltando na legenda. O asterisco nos mostra no rodapé, informações adicionais sobre como o BricsCAD lida com a entidade. 51

52 Resumo dos Problemas das Entidades Aqui está um resumo das entidades nas quais o BricsCAD possui algum problema: DICA Qualquer entidade que o BricsCAD pode ler, criar ou editar, pode ser transformada de volta em arquivos DWG. Textos e Cotas Anotativas O BricsCAD não suporta textos ou cotas anotativas. A Autodesk dá um jeito de fazer com que objetos anotativos sejam compatíveis com o AutoCAD 2007 e anteriores, pois essas versões não suportam escala anotativa. Eu poderia imaginar que esse tipo de suporte serviria para outros editores DWG, como o BricsCAD, mas não funciona. Quando a opção do AutoCAD Manter Fidelidade Visual para Objetos Anotativos (encontrada em Opções Abrir e Salvar) está ligada ou desligada, o seguinte ocorre enquanto se salva os desenhos para versões antigas: Ligada representações escaladas de objetos anotativos são salvos como blocos anônimos em novas camadas. As layers mantém seus nomes originais, mas são adicionadas de um digito. Desligada representações múltiplas aparecem. No entanto, eu não vi evidências de blocos anônimos ou novas camadas quando abri arquivos DWG convertidos no BricsCAD. Quando um arquivo DWG contém objetos escalados anotativamente é aberto no BricsCAD, as anotações aparecem como objetos não-anotativos. Eles são escalados com o fator de escala anotativo que estava em vigor quando o desenho foi salvo pela última vez no AutoCAD. Por exemplo, se o desenho contém anotações escaladas em 1:1 e 1:4, e a escala 1:4 estava em vigor quando o desenho foi salvo, então as cotas vão aparecer no tamanho de 1:4 quando abertos no BricsCAD. Veja a figura abaixo: Esquerda: arquivo DWG aberto no BricsCAD com escala 1:1 definida no AutoCAD Direita: mesmo arquivo aberto no BricsCAD, mas com escala definida para 1:4 no AutoCAD Quando cotas anotativas são editadas no BricsCAD, sua propriedade anotativa é preservada quando aberta novamente no AutoCAD. 52

53 Cotas Quebradas O BricsCAD pode mostrar cotas quebradas feitas pelo comando DimBreak do AutoCAD, mas não pode criar ou editar as mesmas. Blocos Dinâmicos O BricsCAD pode mostrar blocos dinâmicos feitos no AutoCAD's Block Editor, mas não pode criar ou editar os mesmos. O BricsCAD pode mudar o visual de blocos dinâmicos através das propriedades, mas não pode alterar as mesmas utilizando grips customizados. Localização Geográfica O BricsCAD pode especificar localizações geográficas com o comando LocalizaçãoGeográfica (ou Geo), mas não pode mostrar, criar ou editar os marcadores que marcam a localização e são utilizados pelo AutoCAD. Hélices O BricsCAD mostra hélices criadas pelo comando Hélices do AutoCAD, mas não pode as criar. Elas não podem ser editadas, exceto para mover, apagar e modificar as propriedades básicas (cor, tipo de linha e assim por diante). Cotas Inspecionadas O BricsCAD mostra inspeções dimensionadas feitas pelo comando do AutoCAD DimInspect, mas não pode criar ou editar os mesmos. Cotas Serrilhadas O BricsCAD mostra e edita cotas serrilhadas feitas pelo comando DimJogged do AutoCAD, mas não as pode editar. Camadas O BricsCAD pode ler, editar e escrever camadas e estados de camadas, mas não pode aplicar todas as formatações que o AutoCAD pode. Faltam filtros e propriedades de transparência. Adicionadas a V13 estão configurações por viewport. Veja a lista completa na seção Compatibilidade de Estilos próxima ao fim deste capítulo. Malhas em 3D O BricsCAD pode reconhecer objetos mesh criados por comandos do AutoCAD como Mesh e MeshSmooth, mas não pode criar ou manipular meshes em 3D. Os objetos podem ser editados usando somente comandos básicos (como Mover, Copiar e Deletar) e suas propriedades básicas podem ser modificadas, como cor e tipo de linha. Repare que estes são os verdadeiros objetos introduzidos recentemente no AutoCAD, e não os anteriores que eram feitos por muitas faces. BricsCAD pode criar meshes com muitas faces a partir de comandos como Ai_Box e Ai_Sphere. 53

54 Documentação Modelo O BricsCAD somente suporta minimamente a documentação modelo criada pelo comando ViewBase do AutoCAD. As caixas de limite são mostradas, mas cada uma está preenchida com uma mensagem que indica a falta de um objeto necessário. O BricsCAD não suporta esse comando do AutoCAD TextoM O BricsCAD pode ler, editar e escrever TextosM com o comando TextoM, mas não pode aplicar todas as formatações de texto que o AutoCAD realiza. Por exemplo, o BricsCAD não tem colunas e não pode especificar o espaçamento entre linhas. Para uma lista completa, veja a seção Compatibilidade de Estilos próxima ao fim deste capítulo. Multilinhas O BricsCAD V13 agora cria e edita multilinhas e seus estilos com os comandos LinhaM e EstiloMl. EstiloMl abre o Explorer do desenho. O BricsCAD ainda falta com o comando EditarMl, assim, interseções não podem ser editadas. Multilinhas podem ser editadas com grips e através das opções da Barra de Propriedades listadas abaixo: Realocar vértices Especificar o estilo de multilinha (comando EstiloMl) Alternar entre multilinhas abertas e fechadas Suprimir o inicio e, ou, o final 54

55 O BricsCAD usa o mesmo formato para os arquivos de estilos das multilinhas, o.mln. Assim você pode usar o botão Carregar do arquivo MLN do Explorer do Desenho para copiar esses arquivos do AutoCAD. Múltiplas Linhas de Chamada O BricsCAD não pode criar múltiplas linhas de chamada, mas pode mostrar as feitas a partir do comando MLeader no AutoCAD. Isso pode aplicar comandos de edição básica (como Copiar e Rotacionar) para as linhas e pode editar suas propriedades mais básicas, como cor e camada através da barra de Propriedades. O BricsCAD não suporta os estilos, assim as propriedades específicas não podem ser editadas, como texto, chamada e as setas. Novidade no BricsCAD V13 é o comando LinhaChamR e sua habilidade de especificar propriedades para as chamadas. Proxy O BricsCAD mostra objetos proxy, mas não pode os editar, exceto suas propriedades básicas (cor, tipo de linha, e assim por diante). O BricsCAD não suporta ativadores de objetos, exceto pelo AutoCAD Artchitecture que é providenciado pela Open Design Alliance. Superfícies 3D O BricsCAD reconhece superfícies de objetos criados por comandos de superfície do AutoCAD, como o SurfPatch e o SurfBlend, mas não pode criar superfícies. Enquanto o BricsCAD tem comandos como Extrusão e Revolução, eles trabalham somente com objetos fechados e criam sólidos 2D; objetos abertos são necessários para criar superfícies. Além disso, o BricsCAD falta com comandos específicos de superfícies, como Loft e Sweep. Os objetos de superfícies introduzidos a partir do AutoCAD não podem ser editados, exceto por suas propriedades básicas (cor, tipo de linha e assim por diante). 55

56 Tabelas O BricsCAD pode ler, editar e escrever tabelas, mas não tem a opção de formatar a tabela e suas células como o AutoCAD. Por exemplo, ele não pode colocar um texto com ângulo entre as células e não pode dar duas linhas para cada célula. Para a lista completa das habilidades de estilos de tabelas do BricsCAD, veja a seção Compatibilidade de Estilos próxima ao fim deste capítulo. Subcamada O BricsCAD não carrega ou mostra subcamadas DGN e DWF. No entanto, anexa PDFs e imagens como subcamadas, assim como arquivos de desenho externamente referenciados. Viewport O BricsCAD pode criar viewports retangulares e poligonais, mas não pode inverter as que foram colocadas com o comando VpClip. Novidade na V13 é a habilidade de aplicar estilos de visualização (shade plots) para viewports individuais, como ilustrado abaixo: Estilos Visuais O BricsCAD pode ler, editar e criar estilos visuais, mas não pode aplicar todas as propriedades que o AutoCAD pode. Por exemplo, as propriedades de Occluded Edges e Intersection Edges não foram implementadas. Assim, sua lista de estilos de visualizações padrão é diferente da do AutoCAD. Veja a lista completa na seção Compatibilidade de Estilos próxima ao fim deste capítulo. 56

57 MELHOR SUPORTE DWG A CADA VERSÃO Depois que a edição V10 deste livro foi feita, a Bricsys adicionou suporte para a V11 das seguintes entidades: Cotas do comprimento de arcos Modificação dos blocos dinâmicos Campos Suporte parcial para localizações geográficas Luzes Subcamadas PDF Subdivisão de superfícies Depois que a edição V11 deste livro foi feita, a Bricsys adicionou suporte para a V12 das seguintes entidades: Restrições geométricas e dimensionais Seções em tempo real Tabelas Depois que a edição V12 deste livro saiu, a Bricsys adicionou suporte para a V13 das seguintes entidades: Multilinhas Conjuntos de folhas Paletas de ferramentas 57

58 Suporte a Objetos no DWG 2013 Para ler, visualizar, editar e escrever arquivos DWG, o BricsCAD usa a biblioteca Teigha da Open Design Alliance. Conforme a ODA adiciona suporte para entidades, a Bricsys as adiciona ao BricsCAD. ENTIDADES 2D SUPORTADAS O BricsCAD mostra com precisão as seguintes entidades 2D criadas no AutoCAD 2013: Arcos AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Arco Círculos AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Círculo Elipses AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Elipse Arco Elíptico Hachuras AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Padronizada Preench. Sólido Preench. Gradiente Ilhas Detecção de Texto 58

59 Linhas AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Linha Pontos AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita PdMode 0 PdMode 98 Polilinhas AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Segmentos Arco Largura variável Curva Ajustada Splinha Raios AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Raios 59

60 Sólidos AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita 3-lados 4-lados Splinha AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Fechada Aberta Traços AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Tracewid 50 Xlinhas AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Xlinha RESTRIÇÕES GEOMÉTRICAS E DIMENSIONAIS DimConstraint AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Restrição dimensional GeomConstraint AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Restrição geométrica 60

61 ENTIDADES DE TEXTO SUPORTADAS O BricsCAD mostra com precisão as seguintes entidades de texto criadas no AutoCAD As exceções são alguns formatos de TextoM e tabelas, e algumas escalas anotativas, que serão detalhadas mais adiante neste capítulo. Defs de Atributos AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Texto Refs de Atributos AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Referências de atributos Atributos Multilinha TextoM AutoCAD BricsCAD* Lê / Cria / Edita TextoM *) O BricsCAD não pode criar todos os aspectos do TextoM, como as colunas. Veja a lista completa na seção Compatibilidade de Estilos no final deste capítulo. Tabelas AutoCAD BricsCAD* Lê / Cria / Edita Tabela, células *) O BricsCAD não pode criar todos os aspectos das tabelas, como as células com linhas duplas. Veja a lista completa na seção Compatibilidade de Estilos no final deste capítulo. Texto AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Texto Campo de Texto 61

62 Tolerâncias AutoCAD* BricsCAD Lê / Cria / Edita Tolerâncias *) O AutoCAD não edita completamente objetos com tolerância. ENTIDADES DE COTAS SUPORTADAS O BricsCAD suporta todos os aspectos de cotas de entidades do AutoCAD, só não é possível criar ou editar cotas quebradas, de inspeção ou serrilhadas. Alinhada AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Alinhada Angular AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Angular Arco AutoCAD BricsCAD* Lê / / Comprimento do Arco *) BricsCAD exibe comprimentos de arcos, mas não os pode criar ou editar. Diâmetro AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Diâmetro DimBreak AutoCAD BricsCAD* Lê / / Quebrar *) BricsCAD exibe dimensões quebradas, mas não as pode criar ou editar. 62

63 DimInspect AutoCAD BricsCAD* Lê / / Inspect *) BricsCAD exibe essas dimensões, mas não as pode criar ou editar. DimJogged AutoCAD BricsCAD* Lê / / Edita Serrilhada *) BricsCAD exibe e edita cotas serrilhadas, mas não as pode criar. Ordenadas AutoCAD BricsCAD* Lê / / Edita Ordenada X Ordenada Y Radial AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Radial Linha Chamada AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Linha Chamada 63

64 LinhaChamR* AutoCAD BricsCAD* Lê / Cria / Edita LinhaChamR *) O comando LinhaChamR é novo no BricsCAD. LinhaChamR, no entanto, não são entidades distintas, especificamente falando Multileaders AutoCAD BricsCAD* Lê / / MLeaders *) BricsCAD não pode criar nem editar mleaders, mas pode editar suas propriedades básicas, como cor e camada; texto e setas não podem ser editadas. O BricsCAD não suporta seus estilos. 64

65 ENTIDADES 2D COMPLEXAS SUPORTADAS Blocos AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Inserir Dinâmica MInserir Espelhado Escala Desigual Geográfica AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Local NÃO É EXIBIDO *) BricsCAD cria posições geográficas, mas não exibe ou edita marcadores de posição geográfica. 65

66 Imagens AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Imagens Cortadas Cobertura Luzes AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Luz LinhasM AutoCAD BricsCAD* Lê / Cria / Edita LinhaM *) Como na V13, o BricsCAD cria multilinhas e pode especificar seu estilo. OleFrames AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita OleFrame 66

67 Regiões AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Região Formas AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Forma Subcamadas AutoCAD BricsCAD* Lê Parcial / Cria / Edita *) O BricsCAD não exibe subcamadas em DGN ou DWF. Imagem DGN da Axiom Conversion Services; imagem DWF da Residential Drafting Services. DGN DWF PDF *) BricsCAD não suporta arquivos PDF com mais de uma página. 67

68 Viewports AutoCAD BricsCAD* Lê / Cria / Edita Parcial Viewport Cortada *) BricsCAD não suporta a inversão de viewports cortadas. 68

69 ENTIDADES 3D SUPORTADAS O BricsCAD exibe com precisão as seguintes entidades 3D criadas no AutoCAD 2013: Faces 3D AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Face 3D Borda Invisível Hélices AutoCAD BricsCAD* Lê / / Hélice *) O BricsCAD exibe hélices, mas não consegue criar; as hélices não podem ser editadas pelo BricsCAD, exceto por mover, apagar e modificar suas propriedades básicas (cor, tipo de linha e assim por diante). Polilinhas 3D AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Polilinha 3D Malhas Poliface AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Malhas 69

70 Objetos Proxy AutoCAD BricsCAD* Lê / / Proxy *) BricsCAD exibe objetos proxy, mas não pode editá-los, exceto por suas propriedades básicas (cor, tipo de linha e assim por diante). O BricsCAD não suporta ativadores de objetos, exceto para o AutoCAD Architecture. Seções AutoCAD BricsCAD* Lê / Cria / Edita Parcial Seção ao Vivo *) BricsCAD V13 agora lida com seções planas serrilhadas quando elas forem criadas no BricsCAD, mas não quando o desenho vem do AutoCAD. Sólidos 3D AutoCAD BricsCAD Lê / Cria / Edita Corpo 70

71 Sweep Caixa Cone Cílindro Pirâmide 71

72 Esfera Torus Fatiado Subdivisões AutoCAD BricsCAD* Lê / / Objetos em malhas 3D *) O BricsCAD reconhece objetos em malha criados pelo AutoCAD, mas não pode criar ou manipular malhas em 3D. Os objetos podem ser editados usando comandos básicos (como Mover, Copiar e Deletar) e podem ter suas propriedades básicas modificadas, como cor e tipo de linha. (Repare que estes são os verdadeiros objetos em malhas 3D que foram adicionados recentemente ao AutoCAD, e não como as antigas malhas feitas de polifaces como Ai_Box e Ai_Sphere.) 72

73 Superfícies AutoCAD BricsCAD* Lê / / Extrusão Regrada Revolução Ondulada *) o BricsCAD reconhece superfícies de objetos criadas a partir do AutoCAD, mas não cria superfícies. Os objetos não podem ser editados, exceto por suas propriedades básicas (como cor, tipo de linha,...). Os comandos Extrusão e Revolução trabalham somente com objetos fechados, assim, não criam superfícies; o BricsCAD não tem os comandos Loft e Sweep. 73

74 Compatibilidade das Propriedades O BricsCAD suporta a maioria das propriedades encontradas no AutoCAD, incluindo as configurações PORCAMADA e PORBLOCO: AutoCAD BricsCAD BricsCAD suporta... Anotativa... Cor Cor... cores ACI e Cores Verdadeiras, mas não os livros de cores Elevação Elevação Hyperlink Hyperlink Camada Camada... todos os nomes de camadas, mas não as propriedades listadas na próxima seção Tipolinha Tipolinha... todos os tipos de linha do AutoCAD, desde que tenha um arquivo.lin Escala Tipolinha Escala Tipolinha Peso da Linha Peso da Linha... todos os pesos de linha Material Material Estilo Impressão Estilo Impressão... todos os estilos de impressão do AutoCAD, desde que tenha um arquivo.stb Exibir Sombra... Espessura Espessura Transparência... COMPATIBILIDADE DAS PROPRIEDADES DAS CAMADAS O BricsCAD suporta todas as propriedades básicas do sistema de camadas do AutoCAD. Por exemplo, arquivos DWG podem conter um número ilimitado de camadas, com nomes de até 255 caracteres de comprimento, incluindo caracteres especiais. BricsCAD suporta todos os estados das camadas, mas não os filtros de camada. Transparência e configurações por viewport estão faltando no BricsCAD; porém, o BricsCAD suporta as propriedades dos materiais nas layers diretamente, algo que o AutoCAD faz indiretamente. Adicionado a V13 estão Cor da VP (abreviado de viewport ), Tipo de Linha da VP, Peso de Linha da VP e as propriedades do Estilo de Impressão da VP. Comando do AutoCAD Comando do BricsCAD Aliase do BricsCAD Camada Camada la, ddlmodes, explayerst Estado da Camada Estado da Camada las As imagens abaixo ilustram as diferenças entre as propriedades das camadas em ambos os sistemas CAD: Acima: Propriedades das Camadas no AutoCAD (espaço do papel). Abaixo: Propriedades das Camadas no BricsCAD (espaço do papel). 74

75 As diferenças nas propriedades das camadas estão listadas na seguinte tabela: No AutoCAD Equivalente no BricsCAD BricsCAD suporta... Estado Atual... somente duas formas de estado: atual ou não atual Nome Nome da camada... todas as formas de nomes de camadas do AutoCAD Ligada Ligada/Desligada Congelada Congelada Trancada Trancada Cor Cor... todas as cores do AutoCAD, exceto ColorBooks Tipo Linha Tipo Linha... tipos de linha do AutoCAD, necessário arquivo.lin Peso Linha Peso Linha Transparência... Estilo Impressão Estilo Impressão...estilos de impressão do AutoCAD, necessários arquivos.ctb ou.stb Imprimir Imprimir Nova VP Nova VP Congelar VP Congelar VP (Renomeada do VP Curr na V12) Cor da VP Cor da VP Tipo Linha da VP Tipo Linha da VP Peso Linha da VP Peso Linha da VP Transparência da VP... Estilo Impressão da VP Estilo Impressão da VP Descrição Descrição O BricsCAD define e controla os estados das camadas através do Explorer do Desenho. Esquerda: Caixa de diálogo do estado da camada no AutoCAD Direita: Estado das camadas no Explorer do Desenho no BricsCAD 75

76 Compatibilidade dos Estilos BricsCAD suporta a maioria dos estilos encontrados no AutoCAD. Os mostrados em azul são novidades no BricsCAD V13. Estilo do AutoCAD Estilo do BricsCAD BricsCAD suporta... Estilos de Exibição de Detalhes... Estilos de Dimensões Estilos de Dimensões...todos os seus aspectos, exceto as anotativas Estilos de Multilinha Estilos de Multilinha...todos os seus aspectos, fora edição de interseções Estilos de Multileader......exibe multileaders, mas não cria ou edita seus estilos Estilos de Impressão Estilos de Impressão...todos os aspectos de estilos de impressão Estilos de Exibição de Seções... Estilos de Tabela Estilos de Tabela...maior parte dos aspectos de estilos de tabela Estilos de Texto Estilos de Texto...todos os seus aspectos, exceto anotações Estilos Visuais Estilos Visuais...muitos aspectos de estilos visuais As seções seguintes descrevem os estilos em maiores detalhes. Estilos da Visualização de Seções e Detalhes Detalhes e visualização das seções são novidades na Versão 2013 do AutoCAD e, ainda, não é suportada pelo BriscCAD. Model documentation no AutoCAD 2012 não é exibido no BricsCAD; a seguinte mensagem de erro aparece no lugar da vista 2D: (Model documentation é a habilidade do AutoCAD para fazer tradicionais vistas 2D frente, direita, esquerda, isométrica, etc a partir de modelos 3D, vindos tanto do Inventor quanto do AutoCAD, ou então de outros sistemas CAD, como o SolidWorks e o Pro/Engineer.) 76

77 Estilos das Cotas O BricsCAD suporta todas as propriedades dos estilos das cotas e suas variáveis do AutoCAD, exceto as escalas anotativas e a direção do texto. Comando no AutoCAD Comando no BricsCAD Aliases do BricsCAD DimStyle DimStyle d, ddim, dimsty, ds, dst, expdimstyles, setdim No BricsCAD, o comando DimStyle trás o Explorer do Desenho: Esquerda: Aba do DimStyle na caixa de diálogo do AutoCAD Direita: Explorer do Desenho do BricsCAD para estilos de cotas Estilos da Leader, LinhaChamR e Leader Multilinhas O BricsCAD suporta estilos para linhas de chamada (desenhadas pelo comando DimLeader e também chamadas de leaders) através do comando DimStyle, como no AutoCAD. O BricsCAD V13 adiciona o comando LinhaChamR e suas propriedades. O BricsCAD, no entanto, não pode criar guias com mais de uma linha ou estilos de mleader, mas pode exibir as importadas de desenhos do AutoCAD e pode editar minimamente através da barra de Propriedades. Comando do AutoCAD Comando de Estilo Presente no BricsCAD DimLeader DimStyle Sim LinhaChamR Configurações LinhaChamR Sim, novidade na V13 MLeader EstiloML Não 77

78 Diferente de muitos outros estilos no BricsCAD, as opções para LinhaChamR estão numa caixa de diálogo acessada através do comando Configurações LinhaChamR. Esquerda: Caixa de diálogo do comando LinhaChamR no AutoCAD. Direita: Opções do comando LinhaChamR no BricsCAD. BricsCAD suporta praticamente todas as opções do LinhaChamR encontradas no AutoCAD: Opção do LinhaChamR no AutoCAD Opções de Anotação Tipo de Anotação Opções de TextoM Reuso de Anotações Leader Line e Arrow options Leader Line Number of Points Arrowhead Restrições de ângulo Opção Equivalente no BricsCAD Tipo Texto Multilinha Reusar Leader Maximum Number of Points Arrowhead Restrições de ângulo Opções de Attachment Texto no lado esquerdo Texto no lado esquerdo Texto no lado direito Texto no lado direito Sublinhar linha inferior... 78

79 TextoM e Estilos de Texto BricsCAD suporta todos as opções de estilos de texto, com exceção das escalas anotativas e orientação do layout. Comando do AutoCAD Comando do BricsCAD Aliase do BricsCAD Estilo Estilo st, ddstyle, expstyle, expstyles, expfont TextoM TextoM mt, t Acima: Caixa de diálogo Estilos do AutoCAD. Abaixo: Explorer do BricsCAD para estilos de texto. BricsCAD também suporta sobreposição de estilos através do comando TextoM. Acima: Barra de Ferramentas de edição de TextoM no AutoCAD Abaixo: Barra de Ferramentas de edição de TextoM no BricsCAD 79

80 BricsCAD suporta metade das opções de TextoM do AutoCAD: Função TextoM do AutoCAD Função TextoM do BricsCAD Estilo Estilo Fonte Fonte Anotativa... Altura Altura Negrito Negrito Itálico Itálico Sublinhado Sublinhado Sobrescrito Sobrescrito Desfazer Desfazer Refazer Refazer Frações Frações Cor Cor Alternar Régua... Colunas Dinâmicas... Colunas Estáticas... Propriedades das Colunas... Justificação de Texto Justificação de Texto Propriedades do Parágrafo... Justificação do Parágrafo... Espaçamento das linhas... Bullets... Campo de Texto Campo de Texto Casos de Conversão Casos de Conversão Caracteres Especiais Caracteres Especiais Ângulo Oblíquo Ângulo Oblíquo Rastreamento Rastreamento Fator de Largura Fator de Largura Importar Texto... Procurar e Substituir... (use o comando Procurar) AutoCAPS... Definição de Caractere... Combinar Parágrafos... Remover Formatação... Máscara de Fundo... (use Barra de Propriedades) Editor de Configurações... (use o comando Configurações) 80

81 Estilos de Multilinha Anteriormente ao V13, o BricsCAD suportava somente a exibição de multilinhas criadas pelo AutoCAD; isso não permitia criar multilinhas ou seus estilos. Com o V13, o BricsCAD cria multilinhas através do comando LinhaM e especifica seus estilos através do comando EstiloMl, o que nos trás ao Explorer do Desenho. Comando do AutoCAD Comando do BricsCAD Aliase do BricsCAD EstiloMl EstiloML... O BricsCAD suporta todas as propriedades encontradas nos estilos de multilinha do AutoCAD Acima: Editor de Estilos Multilinha do AutoCAD Abaixo: Editor de Estilos Multilinha no Explorer do Desenho do BricsCAD 81

82 Estilos de Impressão BricsCAD suporta ambos os tipos de estilos de impressão do AutoCAD, as criando e editando com os comandos PlotStyle e StylesManager. O comando PlotterManager no BricsCAD cria configurações de impressão, enquanto o comando PageSetup predefine configurações da página para impressão assim como acontece no AutoCAD. Comando do AutoCAD Comando do BricsCAD Aliase do BricsCAD PlotStyle EstiloPlot StylesManager StylesManager PlotterManager PlotterManager PageSetup ConfigPag As propriedades suportadas nos estilos de plotagem são idênticas em ambos sistemas CAD - arquivos armazenados em.ctb (baseado em cores); arquivos.stb (baseado em tabela). V13 suporta dois novos estilos de plotagem: alternando fechamento de extremidades e de junção entre linhas na prévia e na saída impressa. Esquerda: Propriedades dos estilos de impressão no AutoCAD... Direita:... e no BricsCAD 82

83 Estilos de Tabela Na V12, o BricsCAD suportava somente a exibição de tabelas e a mudança dos estilos, se o arquivo DWG recebido as tivesse. Assim como na V12, o BricsCAD cria e edita estilos de tabelas com o comando EstiloTabela assim como no AutoCAD; diferentemente do AutoCAD, no entanto, utilizar o comando EstiloTabela chama a seção Estilos de Tabela do Explorer do Desenho. Comando do AutoCAD Comando do BricsCAD Aliase do BricsCAD EstiloTabela EstiloTabela... Como no AutoCAD, o BricsCAD pode formatar células separadamente como títulos e data. Mas o BricsCAD não suporta todas as propriedades das tabelas do AutoCAD. Tabela de Propriedades do AutoCAD Tabela de Propriedades no BricsCAD Propriedades Gerais (Dados) Direção da Tabela Direção da Tabela Cor de Preenchimento Cor de Fundo Alinhamento Alinhamento Formato do Texto... Margem das Células Margem das Células Mesclar Células... Propriedades do Texto Estilo Estilo Altura Altura Cor Cor Ângulo... Propriedades das Bordas Tamanho das Linhas Tamanho das Linhas Tipo de Linha... Cor Cor Linha Dupla... Espaçamento da Linha Dupla... Aplicar as Bordas Frame das Células 83

84 Esquerda: Propriedades da Tabela no AutoCAD editada através da caixa de diálogo Modificar Estilos da Tabela. Direita: Propriedades da Tabela no BricsCAD editada através do Explorer do Desenho. Estilos de Visualização BricsCAD V12 aumentou a capacidade do seu comando ModoAplicarCor para exibir os desenhos 3D numa variedade parecida com a do AutoCAD para visualizar os Estilos. A V13 adiciona a habilidade de sobrepor as viewports com estilos visuais durante a plotagem. Comando do AutoCAD Comando do BricsCAD Aliase do BricsCAD VsCurrent ModoAplicarCor vscurrent Visual Styles EstilosVisuais O BricsCAD inclui os seguintes estilos visuais: Nome do Estilo Visual no AutoCAD Nome do Estilo Visual no BricsCAD 2D arame 2D arame 3D arame 3D arame escondido escondido realista realista conceitual conceitual sombreado gouraud sombreado com bordas gouraud + bordas plana plana + bordas modelagem alta qualidade camadas de cinza... sketchy... raio-x... 84

85 BricsCAD suporta muitas das propriedades dos estilos de visualização do AutoCAD, faltando apenas alguns que serão implementados brevemente. Em algumas áreas, possui mais propriedades que o AutoCAD, como é mostrado pela seguinte tabela: Propriedade de Estilo Visual no AutoCAD Propriedades das Configurações da Face Estilo da Face Qualidade de Iluminação Cor Cor Monocromática Opacidade Exibição do Material Propriedades de Iluminação Intensidade de Iluminação ModoAplicarCor Propriedades Equivalentes no BricsCAD Estilo da Face Qualidade da iluminação Cor Cor Monocromática Opacidade Exibição do Material (ainda não implementado) ModoAplicarCor Propriedades das configurações do Ambiente Fundos Fundos Propriedades das configurações de Borda Exibir Exibir Cor Cor... Largura... Criar ângulo Propriedades de Occluded Edges Exibir Cor Tipo de Linha Propriedades de Intersection Edges Exibir Cor Tipo de Linha (ainda não implementado) (ainda não implementado) (ainda não implementado) (ainda não implementado) (ainda não implementado) (ainda não implementado) Propriedades de Silhuetas de Bordas Exibir Exibir... Cor Largura Largura Propriedades Modificadoras de Bordas Extensão de Linhas JItter Criar ângulo Halo Gap% (ainda não implementado) (ainda não implementado) (ainda não implementado) (ainda não implementado) 85

86 Estilos de visualização customizados podem ser exportados ou importados de qualquer pacote CAD. O comando EstilosVisuais do BricsCAD abre o Explorer do Desenho para criar ou editar os estilos visuais: Esquerda: Visual Styles Manager no AutoCAD. Acima: Explorer do Desenho para editar estilos visuais no BricsCAD. A cada lançamento, o BricsCAD suporta mais objetos DWG, tabelas e propriedades, mas ao mesmo tempo, a Autodesk adiciona mais desses para o AutoCAD. É como uma corrida. 86

87 Capítulo Quatro Customizando e Programando o BricsCAD ENQUANTO A MAIOR PARTE DAS customizações do AutoCAD é feita a partir de comandos Cui e Opções, no BricsCAD isso acontece a partir dos comandos equivalentes, Personalizar e Configurações. AutoCAD: customizado a partir dos comandos Cui e Opções BricsCAD: customizado a partir dos comandos Personalizar (aliase: cui) e Configurações (aliase: opções) Este capítulo nos dá uma visão de customização e programação no BricsCAD. Ele enfatiza as diferenças da maneira do AutoCAD de fazer isso. Para os detalhes completos desse tópico, veja o nosso ebook Customizing BricsCAD, disponível em Para informações detalhadas sobre programando o V13, veja a referência do desenvolvedor online, disponível gratuitamente em 87

88 ÁREAS DE CUSTOMIZAÇÃO Áreas de customização novas no BricsCAD V13 são mostradas em azul; customizações discutidas posteriormente estão em negrito. Área de Customização Comando do AutoCAD Comando/Menu equivalente BricsCAD Aliases...¹ Personalizar Aliase Barra de Comandos Opções Configurações Linha de Comando Tamanho do Cursor Opções Configurações Exibir Ações de duplo clique Cui Personalizar Mouse Entrada Dinâmica Opções Configurações Entrada Dinâmica Caminhos dos Arquivos Opções Configurações Arquivos Fonte Estilo Estilo Grips Opções Configurações Grips Padrões de Hachura...¹...¹ Atalhos do teclado Cui Personalizar Teclado Tipos de Linha...¹ Explorer Barra de Menu Cui Personalizar Menu Botões do Mouse Cui Personalizar Mouse Estilos de Plotagem EstiloPlot EstiloPlot Barra de Acesso Rápido Cui...³ Paletas de Propriedades Cui...³ Ribbon Cui...³ Dicas de Ferramentas Cui...³ Scripts Script, ActRecord Script Prévia da seleção Opções Configurações Prévia da Seleção Comandos Interface...¹ Personalizar Comandos Interface Menus de Contexto / Atalho Cui Personalizar Menus Barra de Status Botão Direito, Diesel Botão Direito, Diesel Variáveis do Sistema SysVar, Opções SysVar, Configurações MesaDig Cui Personalizar MesaDig Paletas de Ferramentas Paleta de Ferramenta, PaletasFerram Personalizar Toolbars Cui Personalizar Barra Ferramentas Ícone UCS Opções Configurações UCS Perfis do Usuário Opções ProfileManager Workspaces Cui...³ Notas: ¹ Deve ser editado fora do AutoCAD ou BricsCAD com um editor de texto, tipo o Notepad. ² Clicando duas vezes em entidades abre a barra Propriedades no BricsCAD. ³ Não disponível no BricsCAD. 88

89 Opções do AutoCAD X Configurações do BricsCAD BricsCAD e AutoCAD possuem extensivas opções para você controlar o seu ambiente de desenho CAD, modificando desde a exibição da interface do usuário a especificação de nomes nas folhas do projeto. A maioria das configurações são salvas em variáveis do sistema, enquanto outras são salvas em arquivos de dados, variáveis do ambiente ou no registro do Windows. VARIÁVEIS DO SISTEMA A interface inicial do AutoCAD para alterar as configurações é a caixa de diálogo exibida pelo comando Opções. Ele garante acesso aos usuários para muitas mas não todas variáveis do sistema. Esquerda: aba de arquivos do AutoCAD Direita: seção de arquivos do BricsCAD A caixa de diálogo equivalente no BricsCAD é chamada pelo comando Configurações. Ao contrário do AutoCAD, Configurações garante acesso a todas as variáveis do sistema. (Capítulo 2 dá detalhes sobre o uso dessa caixa de diálogo.) Em adição ao suporte da maioria das variáveis do sistema do AutoCAD, o BricsCAD conta ainda com variáveis que ele chama de preferências, as quais operam exatamente como variáveis do sistema. A Bricsys as deu um nome diferente porquê são exclusivas do BricsCAD. Ambos programas CAD utilizam o comando SetVar como uma linha de comando que dá acesso às variáveis: AutoCAD: SetVar dá acesso somente para variáveis, nada de ambientes ou variáveis do registro BricsCAD: SetVar dá acesso para as variáveis e preferências do sistema O Apêndice B contém uma lista que compara as variáveis e preferências do sistema no AutoCAD e BricsCAD. 89

90 CAMINHOS DOS ARQUIVOS Desenhos feitos no AutoCAD e no BricsCAD utilizam muitos arquivos de suporte, como fontes, perfis e referências externas. Esses arquivos estão salvos em um número de pastas. Cada programa CAD te deixa especificar caminhos alternativos para essas pastas. AutoCAD: especifica o caminho na aba Arquivos da caixa de diálogo Opções BricsCAD: especifica o caminho na seção Opções do Programa na caixa de diálogo Configurações Tempos atrás, quando tudo era mais simples, esses arquivos eram salvos numa pasta chamada \Support. Mas como a Microsoft tornou o Windows mais complexo, os criadores de software precisaram separar esses arquivos em diferentes pastas por todo o disco dos computadores e algumas vezes não está nem no seu próprio computador. A complexidade se dá em separar arquivos de suporte em um número de categorias e assim eles as salvaram nas seguintes pastas: Arquivos Locais são salvos no seu computador; são arquivos específicos de cada usuário e cada programa, como arquivos DWG e de customização local. Arquivos LocaisMenores são salvos como os arquivos locais, mas com um nível menor de integridade; utilizada por navegadores de internet quando o modo de segurança do Windows está ativo. BricsCAD não utiliza essa pasta. Arquivos Comuns são salvos no seu computador; são arquivos como fontes e drivers de impressão, que são comuns para muitos programas. Arquivos Temporários são salvas em qualquer lugar, localmente ou online; esses arquivos são criados por programas CAD pela duração da seção de edição, como arquivos de backup. Arquivos Roaming (flutuantes) são salvos no seu computador; também são específicos a você, como tipos de linha e padrões de hachura customizados, mas deve ser acessível de qualquer computador ligado em rede. (Veja mais adiante na seção Perfis Flutuantes) Arquivos Online são salvos na rede e acessíveis a qualquer um, como blocos. No Windows, as pastas são encontradas numa pasta oculta chamada AppData dentro de C:\Users\login\, onde login é o nome utilizado quando você loga no Windows. Meu nome de login é rhg, assim minhas pastas Local e Roaming são encontradas em C:\Users\rhg\AppData. Esquerda: pastas no Windows Direita: pastas no Linux 90

91 Para manter a compatibilidade com o Windows, o BricsCAD para Linux utiliza nomes de pastas e estruturas semelhantes, mesmo que seja sem as pastas Local e Roaming. Todos os arquivos são encontradas nesse caminho: /home/ralphg/bricsys/bricscad/v13/en_us/ Tutorial: Como adicionar pastas de suporte do AutoCAD no BricsCAD Se você quiser, pode direcionar os caminhos de suporte do BricsCAD para alguns ou todas as pastas do AutoCAD. Isso é feito através da seção Opções do Programa na caixa de diálogo Configurações: 1. Inicie o BricsCAD, e entre no comando Configurações. 2. No campo de pesquisa, digite caminho p/ procura. 3. Repare que a caixa de diálogo Configurações pula para Caminho p/ Procura Arq. Suporte. 4. Clique no botão.... Repare que aparece a caixa Lista de Pastas. 5. Na caixa Lista de Pastas, clique em Adic. Pasta e depois em Na caixa Procurar Pasta, navegue até a pasta do AutoCAD que deseja adicionar e clique Ok. 7. Repare que a pasta é adicionada para a lista. BricsCAD realça a pasta para indicar que foi adicionada recentemente. 8. Repita o processo para adicionar os locais dos outros arquivos de suporte, como arquivos DWT em C:\Users\<login>\AppData\Local\Autodesk\AutoCAD 2013 English\R19.0\enu\Template e muitos outros arquivos de suporte em C:\Users\<login>\AppData\Roaming\Autodesk\AutoCAD 2013 English\R19.0\enu\Support. 9. Quando finalizado, clique em Ok. 91

92 Perfis do Usuário BricsCAD e AutoCAD suportam perfis do usuário que salvam suas configurações de customização. Depois que você mudar as configurações com os comandos Opções (no AutoCAD) ou Configurações (no BricsCAD), você pode salvar eles como arquivos do usuário.arg. Você pode fazer múltiplos perfis para customizar os programas CAD para diferentes usuários e projetos específicos. Você inicia o BricsCAD com um perfil se adicionar um /p para seu atalho da área de trabalho. (Clique com o botão direito no atalho da área de trabalho e escolha Propriedades no menu atalho.) Edite da seguinte maneira: "C:\Arquivos de programas\bricsys\bricscad V13\bricscad.exe" /P <UserProfileName> Substitua <UserProfileName> com o nome.arg, como meuperfil.arg: "C:\Arquivos de programas\bricsys\bricscad V13\bricscad.exe" /P meuperfil.arg Perfis são feitos de maneiras diferentes para cada pacote CAD: AutoCAD: perfis do usuário são criados e acessados através da aba Perfis da caixa de diálogo Opções. BricsCAD: perfis do usuário são gerados através de uma aplicação diferente, Gerenciador de Perfil do Usuário Você pode iniciar o programa Gerenciador de Perfil do Usuário externamente do BricsCAD através do botão Iniciar do Windows, escolha Programas Bricsys BricsCAD V13 Gerenciador de Perfil do Usuário ou acesse direto do BricsCAD através do comando ProfileManager. 92

93 Tutorial: Como Importar Perfis do AutoCAD no BricsCAD Ambos os programas usam o mesmo formato de arquivos.arg, assim você pode importar perfis gerados no AutoCAD para o BricsCAD. Siga estes passos: Primeiro, exporte o arquivo.arg do AutoCAD: 1. No AutoCAD, vá para o comando Opções e clique na aba Perfis. (Veja a figura abaixo.) 2. Escolha um perfil a partir da lista e clique em Exportar. 3. Selecione a pasta na qual o arquivo perfil será salvo. Se quiser, pode mudar o nome do arquivo. 4. Clique em Salvar. 5. Clique em OK para sair da caixa de diálogo. Segundo, importe o arquivo.arg no BricsCAD: 1. No BricsCAD a partir do menu Ferramentas, escolha Gerenciador de Perfil do Usuário. (Veja a figura abaixo.) 2. No gerenciador, clique em Importar. 3. Escolha o arquivo.arg exportado do AutoCAD e clique em Abrir. 4. Para aplicar o perfil, clique em Definir como Atual. 5. Clique em OK para sair do programa. 93

94 PERFIS FLUTUANTES BricsCAD e AutoCAD suportam perfis flutuantes, os quais lhe deixam vagar pelo escritório e usar o software CAD (customizado com suas configurações) em qualquer computador conectado a rede do escritório. Suas configurações são identificadas automaticamente pelo seu nome de login, que é digitado quando você acessa um computador. Nem todos os arquivos relacionados ao CAD são flutuantes; alguns permanecem como locais, como desenhos DWG e arquivos CUI. Arquivos flutuantes ou não, são mantidos em pastas diferentes, cujos nomes variam dependendo da versão do Windows que está rodando em seu computador. DICA Como o AutoCAD 2013, a Autodesk não dá suporte a clientes que estejam rodando o seu software no Windows Vista; a Bricsys dá suporte ao BricsCAD V13 no Vista. Para os Windows Vista e 7, arquivos são salvos nas seguintes pastas. Arquivos flutuantes do AutoCAD estão em C:\Users\login\AppData\Roaming\Autodesk\AutoCAD 2013\R19.0\enu Links de dados Pacotes de idiomas Migração Estilos de impressão (CTB, STB), parâmetros de impressão (PMP) e configurações de plotter (PC3) Arquivos de suporte (CUIX, FMP, LIN, MLN, MNL, PAT, PGP, PSF, UNT) Arquivos não flutuantes do AutoCAD estão em C:\Users\login\AppData\Local\Autodesk\AutoCAD 2013\R19.0\enu Arquivos template (DWT, DST, DGN) Serviços Web Arquivos flutuantes do BricsCAD estão em C:\Users\login\AppData\Roaming\Bricsys\BricsCAD\V13\en_Us\ Estilos de impressão (CTB, STB) e configurações de impressão (PC3) Arquivos de suporte (CUI, FMP, LIN, PAT, PGP, PSF, UNT e TXT) Arquivos não flutuantes do BricsCAD estão em C:\Users\login\AppData\Local\Bricsys\BricsCAD\V13\en_Us\ Arquivos template (DWT) DICA Você pode mudar o caminho das pastas Local e Roamable com as variáveis do sistema LocalRootPrefix e RoamableRootPrefix. 94

95 Tutorial: Tornando Pastas Ocultas, Visíveis As pastas local e roaming podem ser difíceis de encontrar, pois, infelizmente, são tipicamente ocultas pelo Windows. (Não há necessidade de fazer isso no Linux) Aqui há algumas maneiras de acessar pastas ocultas: Faça todas as pastas ocultas visíveis a partir de Iniciar Painel de Controle Aparência e Temas Opções de Pasta, então clique na aba Modo de Exibição. Nas Configurações Avançadas, ative a opção Mostrar pastas e arquivos ocultos. (Você pode acessar essa caixa de diálogo através do menu Ferramentas, se estiver ativo no Explorer.) Ou, copie (Ctrl+C) o caminho da pasta diretamente deste livro, e o cole (Ctrl+V) na barra de endereço do Explorer. Ou, crie atalhos no desktop até pastas ocultas: segure Ctrl+Alt enquanto arrasta o nome da pasta diretamente do Explorer para o desktop. LEGALIDADES: SOBRE COPIAR ARQUIVOS A Autodesk permite a cópia de arquivos de suporte, desde que a corporação entenda que os desenhos estão efetivamente desabilitados quando os arquivos DWG são enviados para clientes sem esses arquivos cruciais. Arquivos de suporte que estão codificados em ASCII contém a seguinte mensagem da Autodesk: Permission to use, copy, modify, and distribute this software for any purpose and without fee is hereby granted, provided that the above copyright notice appears in all copies and that both that copyright notice and the limited warranty and restricted rights notice below appear in all supporting documentation. Ao copiar arquivos inteiros, você inclui notas que a Autodesk pede para você preservar. FONTES TRUETYPE Existe uma exceção. Algumas fontes truetype (arquivos.ttf) são produtos comerciais e não podem ser copiados sem pagamento ao seu detentor. A boa notícia, no entanto, é que todas as fontes TrueType que vem com o Windows e AutoCAD podem ser copiadas livremente. Se um desenho conter essas fontes, você pode encontrar outras similares e de graça. 95

96 CUI do AutoCAD X Personalizar do BricsCAD O Comando do BricsCAD que é equivalente ao CUI do AutoCAD é o Personalizar. (Para acessá-lo facilmente, você pode até digitar a aliase cui.) Esse comando exibe a caixa de diálogo que centraliza a customização dos seguintes elementos da interface do usuário do BricsCAD: Menus Menus de contexto (menus de atalho) Barra de ferramentas Atalhos do teclado Botões do mouse Ações de duplo clique Menus de mesa digitadora Botões de mesa digitadora Aliases de comandos Comandos interface O processo para customizar a maioria desses elementos é idêntica. Isso significa que você pode aprender o sistema para um elemento, como os menus e assim lidar com qualquer outra, como os menus de contexto ou a barra de ferramentas. O método BricsCAD, no entanto, difere do AutoCAD e mostrarei abaixo um exemplo de como customizar o BricsCAD utilizando os menus. Você acessa a caixa Personalizar através do comando Personalizar, aliase Cui ou a partir do menu Ferramentas Personalizar. Alternativamente, clique com o botão direito em qualquer barra de ferramentas e escolha Personalizar. Repare na caixa de diálogo: 96

97 ÁRVORE DE MENUS DO BRICSCAD Alguns itens para se observar: Repare que os pontos vermelhos servem como prefixo para alguns itens do menu. Os pontos indicam containers que são itens que contém outros itens. Por exemplo, o menu Arquivo contém itens relacionados ao arquivo. Aqui temos exemplos dos containers: BRICSCAD é que contém os grupos de menu. Os grupos incluem os Menus Principais (os itens do menu que você vê na barra de menu) e os Menus de Contexto (também conhecidos como menus de atalho, que aparecem quando você clica com o botão direito em entidades). Menus Principais contém os itens que aparecem na barra de menu, como Arquivo e Editar Arquivo é o nome do primeiro menu que aparece pela barra de menu. Editar é o nome do segundo menu que aparece pela barra de menu. Quando você ver uma linha de traços que parecem com , isso indica a posição das barras de separação, as linhas cinzas que separam os grupos de itens no menu. Tutorial: Como Personalizar um Menu no BricsCAD Você personaliza menus no BricsCAD através da caixa de diálogo Personalizar, na aba Menu. Aqui você adiciona, edita e remove itens de e para menus. Para isso, clique com o botão direito em um item já existente e escolha uma opção do menu de atalho que aparece. Neste tutorial, você adiciona o comando Fechar Tudo ao menu Arquivo, localizando-o logo após o item Fechar. (Fechar Tudo fecha todos os desenhos abertos.) 97

98 Para mudar o menu, siga esses passos: 1. Abra a caixa de diálogo Personalizar, digitando o comando Personalizar. 2. Quando a caixa aparecer, clique na aba Menu O nó Menus Principais define a estrutura do menu carregado atualmente. Os nomes na caixa de diálogo, como Arquivo, Editar, e assim por diante, combinam com os nomes da barra de menu do BricsCAD, ilustrado abaixo. 3. Você abre os containers clicando nos botões +. Clique no botão + próximo ao Arquivo. Esta ação revela os itens no menu Arquivo; ambos estão ilustrados abaixo. Esquerda: container do menu Arquivo exibido pela caixa Personalizar. Direita: Itens do menu Arquivo exibidos na barra de menus. 98

99 4. Mova o cursor sobre o item (separador) que está localizado abaixo de Fechar. 5. Clique com o botão direito. Repare no menu de atalho. 6. Do menu atalho, escolha Item Inserir. Essa ação adiciona um novo item de menu acima do atualmente selecionado, a linha de separação Repare que o BricsCAD abre a caixa Adic. Item do Menu, a qual lista todos os comandos disponiveis no BricsCAD. A partir dessa lista, você pode selecionar um comando existente ou criar um novo. a. Nessa caixa, escolha a opção Selecionar Ferramente Disponível. Ela permite que você selecione um dos comandos do BricsCAD. (A outra opção, Criar Nova Ferramenta, serve para você criar macros.) b. Sobre a lista de Ferramentas Disponíveis, abra o item Arquivo e então escolha Fechar Tudo. Repare que a maioria dos parâmetros estão preenchidos para você, como Título, Ajuda e assim por diante. 99

100 c. Clique em OK. Repare que o comando Fechar Tudo foi adicionado para a lista, logo abaixo de Fechar. 8. Para assegurar que o novo comando está no lugar e funciona, siga: - Feche a caixa Personalizar, clicando em OK. - Escolha o menu Arquivo. Repare que o item Fechar Tudo foi adicionado. - Clique em Fechar Tudo. Funcionou corretamente? (O BricsCAD deve lhe perguntar se deseja salvar todos os desenhos que tiveram alteração desde que foram carregados.) DICAS ÚTEIS DE MENU Não está certo sobre quais comandos podem ser adicionados aos menus? Veja a lista em Ferramentas Disponíveis na caixa Personalizar. Ela lista os comandos encontrados no BricsCAD, ordenados pela ordem de menu. Quer criar novos comandos? Use a opção Criar Nova Ferramenta para adicionar novos comandos, os quais são construídos a partir de outros comandos, rotinas LISP, macros e instruções Diesel. 100

101 Qual a diferença entre Inserir e Anexar? Se você clicou com o botão direito no container Arquivo, você viu Anexar Item no menu de atalho. Os nomes Anexar e Inserir parecem similares; veja suas diferenças: Anexar um Item adiciona um novo item ao final do container. Item Inserir adiciona um novo item antes do item atualmente selecionado. No caso do Fechar Tudo desse tutorial, usar Anexar Item teria adicionado o comando para o final do menu Arquivo, o que nos levaria a um passo extra a fim de mover o comando para a posição abaixo de Fechar. Desfigurou o menu de personalização? Clique no botão Reverter para os Padrões... localizado abaixo do menu Personalizar. Tenha cuidado, pois, ele irá remover todas as customizações. Tutorial: Importando Arquivos de Menus do AutoCAD Siga os seguintes passos para importar os arquivos de menu do AutoCAD: 1. Execute o comando Personalizar 2. No canto superior direito do campo principal, clique no botão Em Selecionar Arq. Principal CUI, clique na droplist Arquivos do tipo. Veja a lista dos tipos de arquivo: CUI arquivos de menu padrões utilizados pelo AutoCAD desde 2007 e pelo BricsCAD desde a V8 MNU ou MNS arquivos de menu utilizados pelo AutoCAD e pelo AutoCAD LT até ICM arquivos de menu IntelliCAD utilizados pelo BricsCAD até a V8 e por outros sistemas baseados no IntelliCAD. 4. Escolha um tipo de arquivo, selecione o nome do arquivo e clique em OK. Repare que a estrutura do menu muda para combinar com o arquivo recém importado. Cuidado: Embora o BricsCAD importe arquivos de menu do AutoCAD, algumas vezes as escolhas podem não funcionar, pois os macros do AutoCAD podem conter códigos de macros e metacaracteres não suportados pelo BricsCAD. 101

102 Tutorial: Como Criar um Novo Menu Você adiciona novos comandos através das macros, que o BricsCAD chama de ferramentas. Neste tutorial você irá criar uma ferramenta que consiste de dois comandos: um salva o desenho atual e o outro abre a caixa de Impressão. Eu nomeei a macro como Save'n Print, que será parecida com isso: ^C^C_qsave;_plot Aqui está como criar a ferramenta de comando: 1. Com o comando Personalizar, abra a caixa Personalizar. (Você pode digitar sua aliase CUI.) 2. Na aba Menu do item Arquivo, clique com o botão direito em Imprimir e depois em Item Inserir no menu de atalho. 3. Na caixa Adicionar Item do Menu, escolha a opção Criar Nova Ferramenta 4. Preencha os parâmetros do comando. 102

103 Use a tabela abaixo como guia. Parâmetro Texto que Você Digita Notas Caixa de Ferramentas Arquivo Adiciona o novo comando para a categoria de ferramentas disponíveis. Título Save'n Print Especifica o nome que aparece no menu Arquivo. Ajuda Salva o desenho e Especifica o texto de ajuda que aparece na barra de inicia o comando Plot status. Comando ^C^C_qsave;_plot Especifica a macro que cancela o comando atual, salva o desenho e inicia o comando Plot. Imagem (deixar em branco) Especifica o ícone. Não é necessário pra menus. 5. Clique em OK para sair da caixa Adicionar Item do Menu. Repare que a nova ferramenta é adicionada ao menu Arquivo (no painel esquerdo da caixa Personalizar), assim como a lista de Ferramentas Disponíveis (no painel direito). Em adição, os parâmetros são exibidos no painel do Menu, no final da caixa de diálogo. (Aqui, você poderá editar os parâmetros, como os comandos regulares.) 6. Clique em OK para sair da caixa de diálogo Personalizar. 7. Teste o novo item, selecionando Save'n Print no menu Arquivo. 103

104 MACRO METACARACTERES Itens de menu executam macros, as quais podem conter metacaracteres. O BricsCAD e o AutoCAD utilizam muitos dos mesmos metacaracteres. Listei alguns dos mais comuns aqui para que você possa ver que são idênticos: Metacaractere Significado ^C Cancela o comando atual. ' Executa o comando transparentemente. _ Internacionaliza o comando. ; Executa Enter. \ Pausa a macro. CONVENÇÕES DO MENU BricsCAD e AutoCAD utilizam as mesmas convenções para desenhar menus. Duas delas estão resumidas abaixo: Diesel & - designa atalhos de teclas para acessar itens do menu com a tecla Alt. - indica o item do menu que irá exibir a caixa de diálogo. AutoCAD e BricsCAD podem utilizar a mesma expressão Diesel em menus de macros e rotinas LISP. MENUS DE CONTEXTO O BricsCAD chama menus de atalho como menus de contexto, pois seu conteúdo muda, dependendo do contexto. Menus de contexto são encontrados na aba Menus e abaixo da seção Menus Principais. A tela mostrada abaixo lista os nomes do menus de contexto padrões do BricsCAD; na direita estão mostrados os nomes dos menus de atalho incluídos com o AutoCAD. 104

105 Esquerda: Menus de atalho padrões no AutoCAD Direita: Menus de contexto padrões no BricsCAD Como nos menus, a lista de itens em cada container de contexto combina com o menu de atalho. Por exemplo, quando você clica com o botão direito em uma entidade selecionada, o BricsCAD exibe o menu Editar. Aqui está como ele se parece: Esquerda: Definindo o menu de Snap Entidade na caixa Personalizar no BricsCAD. Direita: Menu de contexto Snap Entidade do BricsCAD Para personalizar um menu de contexto, você tem as mesmas opções que você viu com os menus: 105

106 Esquerda: Painel para personalizar um item do menu de contexto no BricsCAD Direita: Atalho para adicionar elementos ao menu contexto no BricsCAD BARRAS DE FERRAMENTAS Barras de ferramentas são personalizáveis na aba Ferramentas da caixa Personalizar. A imagem abaixo lista os nomes das ferramentas padrão disponíveis em ambos os sistemas CAD. Esquerda: Ferramentas padrões do AutoCAD, embora estejam geralmente desligadas. Direita: Ferramentas padrões do BricsCAD. 106

107 A visibilidade das ferramentas do AutoCAD é controlada pela área de espaço atual; por padrão, todas estão desligadas. Ao contrário, no BricsCAD, todas estão ligadas. O processo de personalização das ferramentas é idêntico ao da personalização de menus, com duas exceções: Submenus de ferramentas são chamados fly outs. Ferramentas podem conter controles, ao contrário dos menus; o controle é um outro nome para droplist. A figura abaixo mostra como os itens na janela Standard do Personalizar combinam com os botões da barra de ferramentas Standard: Esquerda: Conteúdo do Standard no BricsCAD. Direita: Ícones da barra Standard no BricsCAD. Você pode especificar os parâmetros para a própria barra de ferramentas e para cada botão. Como no AutoCAD, o BricsCAD pode especificar o local inicial e a visibilidade das barras de ferramentas. Para isso, selecione o nome de uma, como Standard e edite as configurações no painel exibido abaixo: 107

108 Para editar somente um botão, selecione o seu nome e veja suas propriedades: ATALHOS DO TECLADO Os atalhos do teclado são personalizáveis na aba Teclado, como mostrado na figura abaixo. O BricsCAD possui muitos dos mesmos atalhos que o AutoCAD. O Apêndice D contém uma lista útil de todos os atalhos do teclado utilizados por ambos os programas. Você pode adicionar ou remover os atalhos e suas ações assimiladas. Clique com o botão direito em um existente e escolha a opção do menu de contexto: Inserir atalhos segue os mesmos passos que adicionar itens de menu. Você pode digitar os seguintes tipos de atalhos no campo Tecla, realçado na figura abaixo: Teclas CTRL Teclas SHIFT+CTRL Teclas de Função Teclas de função e SHIFT, CTRL, ALT, CTRL+ATL, SHIFT+ALT e SHIFT+ALT+CTRL 108

109 O BricsCAD, infelizmente, não lhe avisa se uma combinação de teclas já está em uso. AÇÕES DE DUPLO CLIQUE E BOTÕES DO MOUSE As ações dos botões do mouse são personalizadas na aba Mouse, assim como as de duplo clique. Veja a figura abaixo: Para acessar um menu com um botão do mouse, utilize a mesma construção de macro que no AutoCAD, como está realçado na seguinte figura: Ações de Duplo Clique As ações de duplo clique são personalizadas na aba Mouse. Na V11 e anteriores, um duplo clique numa entidade fazia aparecer um painel de Propriedades. Isso ainda acontece, mas agora você pode mudar a ação associada a entidade. Por exemplo, clicar duas vezes num padrão de hachura, executa o comando Editar Hachura. 109

110 A lista de entidades que pode sofrer ações de duplo clique é quase idêntica no BricsCAD e no AutoCAD, como é mostrado abaixo. Uma diferença, no entanto, é que algumas entidades não são nativas no BricsCAD; por exemplo, ele não possui superfícies extrudadas e entidades de superfície envoltória, mas os nomes parecem na lista caso você importe um desenho do AutoCAD que contenha superfícies extrudadas, envoltórias ou de outro tipo. Ações de duplo clique são personalizáveis se você editar o campo Comando, realçado na figura abaixo. Como no AutoCAD, você pode adicionar ou remover ações de duplo clique. Clique com o botão direito em uma existente e escolha uma opção do menu contexto: Inserir uma ação de duplo clique envolve os mesmos passos que adicionar um item ao menu. Esquerda: Objetos de duplo clique no AutoCAD Direita: Entidades que aceitam duplo clique no BricsCAD 110

111 BOTÕES E MENUS DA MESADIG Os menus da mesadig e os botões do digitalizador podem ser customizados na aba MesaDig, ilustrada abaixo. As informações abaixo de Botões do Digitalizador e Menus MesaDig parecem vazias porquê no BricsCAD V11 nenhum menu da mesadig foi carregado com o perfil padrão. Esquerda: itens padrão no BricsCAD Direita: itens após carregar um arquivo CUI no BricsCAD Arquivos CUI e desenhos para botões de mesa e sobrecamadas podem ser baixados em Desde quando você carrega um arquivo CUI, como tablet.cui, então essa seção contém novidades para botões de mesa e menus. A camada dada pela Bricsys é ilustrada abaixo: 111

112 ALIASES E COMANDOS DE INTERFACE Aliases de comando são customizadas na aba Aliases, ilustrada abaixo. BricsCAD tem muitas das mesmas aliases que o AutoCAD. O Apêndice C deste livro contém uma lista comparativa das aliases utilizadas pelos dois programas. Diferente do AutoCAD, você pode criar e editar aliases dentro do BricsCAD. Clique nos botões Adicionar ou Editar para ver a caixa Editar Alias ilustrada acima. BricsCAD usa o mesmo formato que o AutoCAD para definir aliases e comandos de interface e ambos pacotes CAD guardam a definição em um arquivo.pgp. No entanto, há uma diferença entre os nomes dos arquivos PGP. No AutoCAD, é o arquivo acad.pgp; no BricsCAD, é o default.pgp. Tenha em mente essa diferença quando copiar acad.pgp para seu BricsCAD, porquê você precisa renomear o arquivo para default.pgp. Tutorial: Carregando Arquivos PGP do AutoCAD para o BricsCAD Aqui está como carregar o arquivo PGP do AutoCAD para seu BricsCAD: 1. Use o Windows Explorer para copiar o acad.pgp direto dessa pasta: C:\Users\<login>\AppData\Roaming\Autodesk\AutoCAD 2013\R19.0\enu\Support 2. O renomeie para default.pgp. 3. Coloque o arquivo renomeado na pasta do BricsCAD: C;\Users\<login>\AppData\Roaming\Bricsys\BricsCAD\V13\en_US\Support Lembre de substituir <login> para o nome do seu login do Windows. Parece que você simplesmente não pode utilizar o campo Arq. Parâmetros Programa da caixa Personalizar, pois ele não permite que você digite um caminho diferente. 112

113 Comandos de Interface Os comandos de interface são personalizados na aba Comandos de Interface, ilustrada abaixo: Adicionar Adiciona um novo comando de interface; o BricsCAD utiliza o mesmo formato que o AutoCAD: 113

114 Customizando as Paletas de Ferramentas Paletas de Ferramentas são novidades no BricsCAD V13. Você pode customizar elas, mesmo que o processo seja diferente do AutoCAD. Aqui está a diferença entre os dois sistemas CAD sobre como itens são adicionados para as paletas: AutoCAD: você arrasta entidades a partir do desenho até a paleta, até para itens que não são entidades, como rotinas LISP BricsCAD: você adiciona entidades a partir da caixa Personalizar, mostrado no tutorial a seguir Ambos os comandos utilizam uma caixa de diálogo para criar e mudar grupos de paletas e para exportar ou importar arquivos de definição de paletas. AutoCAD: você acessa a caixa Personalizar com o comando Personalizar BricsCAD: você acessa a caixa Personalizar clicando com o botão direito numa paleta e escolhendo Adicionar Ferramenta. (Não há um comando no BricsCAD para acessar a caixa de diálogo para manipular grupos de paletas. BricsCAD, infelizmente, possui duas caixas de diálogo chamadas Personalizar, uma para personalizar as IU e outra para grupos de paletas.) DICAS AutoCAD guarda definições de paletas em arquivos ATP (AutoCAD tool palettes). BricsCAD as guarda em arquivos BTP (BricsCAD tool palettes). Ambos são arquivos no formato XML. Ambos sistemas CAD exportam e importam definições de paletas em arquivos XTP (XML tool palette), um arquivo de formato XML. Isso permite que o BricsCAD leia paletas do AutoCAD. Tutorial: Adicionando Comandos na Barra de Paletas de Ferramentas Para adicionar comandos na barra Paletas de Ferramentas no BricsCAD, siga: 1. Clique com o botão direito na paleta a qual você deseja adicionar a ferramenta (comando). 2. No menu de atalho, escolha Adic Ferram. Repare que a caixa Personalizar aparece. 114

115 3. Escolha o comando a partir da árvore. 4. Clique com o botão direito no comando e escolha Adic à Paleta Atual. Repare que o comando e seu ícone foram adicionados para o final da paleta atual. 5. Feche a caixa Personalizar clicando no X vermelho. 6. Agora você pode personalizar o botão recém adicionado em diversas maneiras. Para mudar o ícone ou as ações do botão, clique com o botão direito e... Para mudar a marca, escolha Renomear e digite o texto para a nova marca. Para mudar o ícone, escolha Especificar Imagem e selecione o arquivo de imagem para o novo ícone. Você pode utilizar arquivos nos seguintes formatos: BMP, GIF, JPEG, PNG e TIF. 115

116 Para mudar a ação do botão, escolha Propriedades e mude as propriedades na caixa de diálogo, como o nome, ícone, descrição e o comando (uma macro escrita utilizando a mesma sintaxe que para as barras de ferramentas). DICAS Quando o comando desenha uma entidade, como Linha ou Texto, então você pode especificar as propriedades da entidade nessa caixa de diálogo. Por exemplo, se você deixar a cor como vermelho, então clicando no botão irá automaticamente desenhar linhas ou textos em vermelho. Para mover (ou copiar) o botão para outra paleta, escolha Recortar (ou Copiar) nessa paleta, mude para a outra paleta, clique com o botão direito e escolha Colar. Para remover o botão, escolha Deletar. Para mudar o tamanho do ícone, clique com o botão direito em um espaço vazio da paleta... e escolha Ver Opções. Na caixa de diálogo, arraste o botão para alterar o tamanho de todos os ícones na paleta atual ou em todas as paletas. 116

117 O mesmo menu de atalho lhe permite adicionar uma nova paleta em branco, renomear a paleta atual ou a deletar. A opção Customizar Paletas lhe deixa criar grupos de paletas. Tutorial: Como Exportar Paletas do AutoCAD para o BricsCAD BricsCAD e AutoCAD utilizam o mesmo formato de arquivo.xtp para exportar e importar paletas. (XTP vem de xml tool palettes e é um arquivo de formato baseado no XML) Para importar arquivos de paletas do AutoCAD para o BricsCAD, siga esses passos: 1. Inicie o AutoCAD e digite o comando Personalizar. 2. Na caixa de diálogo Personalizar, clique com o botão direito na paleta que você deseja exportar. A partir do menu de atalho, escolha Exportar. 3. Na caixa Exportar Paletas, escolha a pasta na qual você deseja colocar o arquivo XTP exportado e clique em Salvar. (Eu usei o Desktop pois é fácil de encontrar) 4. Mude para o BricsCAD. 5. Clique com o botão direito na barra Paletas de Ferramentas e escolha Personalizar Paletas. 6. Na caixa de diálogo Personalizar, clique com o botão direito em qualquer paleta e escolha a opção Importar do menu de atalho. 117

118 7. Na caixa de diálogo Importar Paletas, escolha o arquivo XTP que você exportou do AutoCAD e clique em Abrir. Repare que é adicionado na lista de Paletas. 8. Clique em Fechar. Repare que a barra Paletas de Ferramentas agora possui uma nova aba nomeada depois que você importou a paleta. Os ícones provavelmente consistirão de?, pois os arquivos dos ícones não estão disponíveis. 9. Clique em um ícone; repare que o comando funciona! 118

119 Outras Áreas de Customização As caixas Configurações e Personalizar não são os únicos lugares para customizar o BricsCAD. Abaixo temos uma revisão de elementos adicionais que podem ser modificados, incluindo fontes, tipos de linhas, padrões de hachura e estilos de impressão. FONTES AutoCAD e BricsCAD utilizam os mesmos tipos de arquivos de fontes: Fontes TrueType (.tff) Fontes de forma compilada (.shx) Isso significa que o BricsCAD pode utilizar todas as fontes exibidas por qualquer desenho do AutoCAD. Fontes TrueType Windows controla as fontes TrueType. Todos os arquivos TTF são salvos na pasta \windows\fonts para uso em todos os programas do Windows. Ambos AutoCAD e BricsCAD possuem acesso a mesma fonte, assim no Windows não é necessário copiar arquivos.ttf para qualquer pasta do BricsCAD. No Linux, fontes TTF são salvas em /usr/share/fonts/truetype. Fontes SHX AutoCAD mantém suas fontes SHX em C:\program files\autodesk\autocad 2013\fonts. Para as utilizar com o BricsCAD, você pode copiar os arquivos SHX para a pasta equivalente do BricsCAD: C:\Program Files(x86)\Bricsys\BricsCAD V13\Fonts No Linux, fontes SHX são salvas em /opt/bricsys/bricscad/fonts. Mas o AutoCAD também instala versões TTF de suas fontes SHX em \windows\fonts pois fontes TrueType são mais bonitas que SHX. Você deveria utilizar fontes TrueType em seus desenhos, ao invés das SHX. A Autodesk continua com as fontes SHX somente por questões de compatibilidade com desenhos antigos. Se necessário, use o arquivo default.fmp para mapear os nomes das fontes SHX em TTF. Fontes PFB AutoCAD também suporta as fontes no formato PostScript (.pfb), mesmo que indiretamente através do comando Compilar, o qual faz a conversão de PFB em SHX Não importa que não funcione no BricsCAD, elas aparecem em arquivos DWG como SHX. 119

120 Mapeamento de Fontes BricsCAD e AutoCAD suportam mapeamento de fontes, o que se torna útil quando uma fonte não é exibida em um desenho. Isso ocorre de forma mais frequente quando um arquivo DWG é copiado de um computador para outro e o segundo não possui todos os mesmos arquivos de fontes. Há duas maneiras de utilizar mapeamento de fontes: O método Rápido lê a variável FontAlt que especifica o nome da fonte a ser utilizada quando a correta não for encontrada. Essa fonte será utilizada para todas desaparecidas. AutoCAD especifica arial.tff enquanto o BricsCAD utiliza simplex.shx. O método Compreensivo utiliza a variável FontMap, que especifica o nome de um arquivo.fmp. Esse arquivo contém uma lista de nomes de fontes mapeadas a alternativas: Sistema CAD FontMap Pasta Padrão AutoCAD acad.fmp C:\Users\login\AppData\Roaming\Autodesk\AutoCAD2013\R19.0\enu\Support BricsCAD default.fmp C:\Users\login\AppData\Roaming\Bricsys\BricsCAD\V13\en_US\Support BricsCAD default.fmp home/login/bricsys/bricscad/bricscad/v13/en_us/support Linux O formato FMP é simples e ambos os sistemas CAD utilizam o mesmo formato; somente o contexto é diferente. Para lhe exibir o formato, aqui estão as primeiras linhas da versão do BricsCAD do arquivo: ic-comp;complex.shx ic-complex;complex.shx ic-gdt;gdt.shx ic-ital;italic.shx ic-italc;italicc.shx O nome da fonte no BricsCAD aparece primeiro, seguido de um ponto e vírgula e depois do nome da fonte substituta. Se você precisar, pode copiar o arquivo direto do AutoCAD, renomear para default.fmp e depois colar na pasta utilizada pelo BricsCAD. etransmit Uma maneira de garantir que a Bricsys tenha todas as fontes que necessita é utilizando o comando do AutoCAD etransmit. Ele coleta o arquivo DWG, necessário para suportar os arquivos, todos os arquivos de fontes e qualquer outro anexo e os coloca em uma pasta ou arquivo ZIP. Há somente um problema: por padrão, a opção para incluir arquivos fonte está desligada. Para incluir fontes, clique no botão Transmittal Setups, depois em Modificar e ligue a opção Include Fonts 120

121 Se você quer uma lista de fontes necessárias e outros arquivos de suporte, clique no botão View Report e você terá uma lista de arquivos necessários e faltando: AutoCAD Drawing Standards File References: MKMStd.dws AutoCAD Font Map References: acad.fmp AutoCAD Compiled Shape References: Fonts\txt.shx Fonts\romand.shx The following files could not be Unicode MS.(shx,ttf) Textures\Mats\ PlotCfgs\Sample Floor Plan_Base.stb TIPOS DE LINHA E PADRÕES DE HACHURA BricsCAD e AutoCAD possuem as mesmas definições para tipos de linha como para padrões de hachura: Tipos de linha simples definido por arquivos.lin Tipos de linha complexas definido por arquivos.lin e.shx Padrões de hachura definido por arquivos.pat Isso significa que o BricsCAD pode usar tipos de linha e padrões de hachura que foram customizados para o AutoCAD. Tutorial: Como Copiar Arquivos.lin e.pat do AutoCAD para o BricsCAD Se você quiser reutilizar linhas e hachuras do AutoCAD, siga estes passos: 1. Copie os arquivos.lin,.shx e.pat de sua pasta original: C:\Users\<login>\AppData\Roaming\Autodesk\AutoCAD 2013\R19.0\enu\Support 2....até a pasta do BricsCAD no Windows: C:\Users\<login>\AppData\Roaming\Bricsys\BricsCAD\V13\en_US\Support (No Linux, a pasta está em home/<login>/bricsys/bricscad/bricscad/v13/en_us/support.) 3. No entanto, depois de copiado você precisa renomear os arquivos, pois o BricsCAD utiliza diferentes nomes para os arquivos padrões de linha e hachura: Tipo de Arquivo Nome Padrão do AutoCAD Nome Padrão do BricsCAD Notas Tipos de Linha acad.lin default.lin Tipo de linha ISO padrão acadiso.lin iso.lin Arquivos com formas para ltypeshp.shx ltypeshp.shx linhas complexas Padrões de acad.pat default.pat Hachura ISO padrão Hachura acadiso.pat iso.pat 121

122 Como alternativa, você pode importar arquivos do AutoCAD para o BricsCAD assim: 1. No BricsCAD, digite Tipolinha para abrir a janela Explorer na seção Tipo de Linha. 2. Clique no botão Novo para exibir a caixa Carregar tipos-linha. 3. Clique em Arquivo para acessar outro arquivo.lin, como acad.lin. 4. Use Examinar para navegar até C:\Users\<login>\AppData\Roaming\Autodesk\AutoCAD2013\ R19.0\enu\Support. Substitua <login> pelo seu nome de login no Windows. 5. Escolha o arquivo.lin que deseja abrir e clique em Abrir. Os tipos de linha do AutoCAD são adicionados ao desenho atual. Tipos de linha e padrões de hachura são personalizadas da mesma maneira no BricsCAD e AutoCAD, editando os arquivos.lin e.pat com Notepad ou outro editor de texto. Como na V12, o BricsCAD possui uma nova maneira de lidar com arquivos de hachura personalizados cujos nomes são diferentes que default.pat; eles são exibidos pela Paleta Padrão de Hachura quando o Tipo da hachura é definido como Custom. 122

123 ESTILOS DE IMPRESSÃO BricsCAD e AutoCAD suportam ambos os estilos de plotagem baseados em Cor ou Estilo que permitem entidades parecerem diferentes quando impressas. Lembre que arquivos CTB são para os antigos meios de impressão baseados em cores, enquanto os arquivos STB são para os novos meios de impressão baseados no estilo. Para criar ou editar estilos de plotagem no BricsCAD, use o comando EstiloPlot. (Ou escolha Gerenciador Estilos Plotagem... no menu Arquivo.) As imagens abaixo mostram que os estilos de impressão em ambos programas CAD são idênticos: Esquerda: no AutoCAD Direita: no BricsCAD Isso significa que você pode utilizar arquivos STB e CTB criados pelo AutoCAD depois que você as renomear. A única diferença é que o nome padrão do arquivo no AutoCAD é acad.stb, enquanto no BricsCAD é default.stb. Gerenciador Estilos Plotagem BricsCAD e AutoCAD suportam arquivos PC3 de gerenciamento de plotagem, os quais permitem os usuários personalizar opções de plotagem. BricsCAD pode usar arquivos PC3 criados no AutoCAD. Para criar e editar impressoras no BricsCAD, escolha Gerenciador Estilos Plotagem no menu Arquivo ou digite o comando GerPlotadora. As imagens a seguir indicam que os editores da configuração de plotagem de ambos programas CAD são similares: uma melhora significante é que a Bricsys lhe deixa escolher a impressora do sistema na aba Informações, enquanto o AutoCAD não. 123

124 Esquerda: Editor de Impressão do BricsCAD para uma impressora do sistema Direita: Editor de Impressão do AutoCAD para arquivo DWF Arquivos Suportados Em adição aos arquivos de desenho DWG, BricsCAD e AutoCAD empregam muitos arquivos adicionais. A tabela a seguir faz a referência entre as extensões de arquivos suportadas pelos dois pacotes de CAD. 124

125 125

126 126

127 127

128 Considerações de Programação Ao suportar a mesma lista de línguas de programação e APIs que o AutoCAD, a Bricsys tornou mais fácil para você transferir seus add-ons do AutoCAD para o BricsCAD: BricsCAD Classic para Windows trabalha com LISP, DCL, Diesel, TX, COM,.NET e SDS. BricsCAD Pro e Platinum para Windows adiciona VBA e BRX. Você pode programar com C/C++, VB, VBA e VB.NET. BricsCAD Classic para Linux trabalha com LISP, DCL, Diesel, TX e SDS. Nenhuma das versões do Linux suporta funções VL, VLA, VLAX e FRX BricsCAD Pro e Platinum para Linux adicionam BRX, o qual você pode programar com C/C++. Funções estreitas ao Windows estão de fora, principalmente as categorias AcUi/AdUI e a classe OPM. Quando se fala em utilizar programas para o AutoCAD, você pode reutilizar rotinas AutoLISP.lsp, projetos.dvb ou macros VBA (no Windows somente) e arquivos.dcl sem modificação. Para escrever aplicações em C e C++, o BricsCAD oferece sua interface BRX, a qual possui o código compatível com a interface ARX do AutoCAD. BricsCAD suporta SDS, que é compatível com a interface ADS do AutoCAD; SDS é depreciado em ambos os programas. API AutoCAD Equivalente no BricsCAD Action Recorder Scripts, SCR Notas Scripts do Action Recorder do AutoCAD não podem ser editadas; scripts salvos pelo BricsCAD podem ser editados. ActiveX ActiveX Edição no local; não disponível no BricsCAD para Linux. ADS SDS Códigos ADS do AutoCAD necessitam de uma recompilação usando BRX; ADS/SDS são depreciados pela Autodesk e Bricsys ARX BRX ou TX Códigos ARX necessitam somente uma recompilação com BRX; quando utilizados com TX, códigos ARX devem ser reescritos AutoLISP LISP Códigos AutoLISP rodam naturalmente no BricsCAD; inclui suporte para funções Vl, Vlr, Vla e Vlax. COM COM Códigos COM rodam naturalmente no BricsCAD; não está disponível no BricsCAD para Linux. Diesel Diesel Códigos Diesel rodam naturalmente no BricsCAD DCL DCL Códigos DCL rodam naturalmente no BricsCAD CUI CUI Macros de barras de ferramentas e menus rodam no BricsCAD.NET Teigha.NET BricsCAD possui Teigha.NET; não disponível no Linux TX Teigha extensions (renomeado na V12) da Open Design Alliance, não disponível no AutoCAD. VBA Código atual de VBA do AutoCAD roda normalmente no BricsCAD para Windows; não disponível no BricsCAD para Linux. VSTA VSTA está indisponível no BricsCAD. Geralmente, o BricsCAD dá um conjunto quase equivalente de nomes das funções. No caso de códigos não compilados, como LISP e DCL, você simplesmente os larga no ambiente do BricsCAD. Você recompila códigos compilados usando programas dados pela Bricsys. Informações detalhadas estão disponíveis de forma gratuita no site As notas a seguir foram adaptadas dessa referência. 128

129 SOBRE BRX BRX é o código 100% compatível com o ARX, a interface C++ do AutoCAD. Isso significa que você só precisa manter um conjunto de códigos para ambas plataformas CAD. No entanto, elas não são as mesmas combinações binárias, assim módulos compilados em ARX não podem ser carregados no BricsCAD e vice-versa. Você deve recompilar o código fonte, assim: AutoCAD: compilar com ARX para rodar no AutoCAD BricsCAD: compilar e linkar com o BRX para rodar no BricsCAD Os arquivos necessários *.h, *.c e *.tlb são incluídos no BRX SDK. BRX oferece as seguintes funções em comum com o ARX. Essa lista não esgota o assunto: Funcionalidade básica comum, como AcRx, AcAp, AcCm, AcDb, AcEd, AcGe, AcGi, AcGs e AcUt. Interface de múltiplos documentos usando AcApDocument, AcApDocumentIterator, AcApDocManager e assim por diante. Reatores como AcApDocManagerReactor, AcDbDatabaseReactor, and AcEditorReactor. Objetos personalizados derivados de AcDbObject, AcDbEntity e assim por diante. Transações usando AcDbTransactionManager, AcTransactionManager e assim por diante. Extensões da interface do usuário baseadas em MFC, como as categorias baseadas em AdUi e AcUi. Interfaces COM chamadas desde o C++ Funções ARX não documentadas, como acdbsetdbmod, acedpostcommand, acedevaluatelisp, ads_queueexpr, getcurrentplotstylename e GetListOfPlotStyles. Interface de propriedade da paleta, OPM. Código B-modeler compatível com A-modeler. Linhas Escondidas e APIs. A API BRX foi desenvolvida pela Bricsys, assim está disponível para o BricsCAD exclusivamente. A API é suportada no BricsCAD V8 (ou mais novo) Pro e Platinum somente. Não é suportada pela versão Classic ou anteriores a V8. Quanto maior a versão do BricsCAD, mais funções BRX são suportadas. DICA BricsCAD V13 não é binariamente compatível com a V12 pois (a) APIs foram mudados e (b) V13 foi construída usando Microsoft's Visual C 2010 ao invés de MSVC2005. Para rodar na V13, a maioria das aplicações de terceiros devem ser reconstruídas exceto por scripts e aplicações LISP. Em adição, usuários do Windows XP devem aplicar o Service Pack 3 para rodar o MSVC

130 SOBRE TX BricsCAD é baseado em bibliotecas Teigha da ODA, assim módulos TX compilados com o TX SDK (Teigha extension software development kit) podem ser carregados para rodar no BricsCAD. O TX SDK produz arquivos módulos TX com a extensão.tx, que são as DLLs carregadas ao iniciar o BricsCAD. (Até a V12, os módulos eram chamados de.drx. Esses não podem ser carregados na V12 ou seguintes; você deve recompilar o código fonte usando o mais novo TX SDK.) Classes, métodos e funções TX parecem similares as do ARX. No entanto, há algumas diferenças: Construir e desconstruir objetos é diferente que em ARX. Controlar o fluxo de erros é diferente em aplicações ARX e TX, pois lidar com os erros é baseado nas exceções dadas pelas bibliotecas Teigha. TX SDK contém uma parte do ARX e assim funções como AcEdJig, AcApDocument, AcApDocManager, AcEdInputPointMonitor e AcUi estão faltando. Algumas operações básicas são feitas diferentemente do ARX, como abrir entidades. Há algumas diferenças menores na classe hierárquica dos objetos. Para saber mais sobre como usar TX com o BricsCAD, veja a documentação online em SOBRE O.NET (WINDOWS SOMENTE) A API.NET do BricsCAD expõe a funcionalidade do sistema CAD e permite que você construa códigos organizados que rodam sobre o.net Commom Language Runtime CLR. (.NET não está disponível no Linux ou versões Classic do BricsCAD.) BricsCAD suporta a versão 4.0 do.net. Para fazer um projeto com o Visual Studio, crie uma biblioteca usando o assistente sob a sua língua.net preferida. Há duas DLLs que devem ser referências: BrxMgd.dll e TD_Mgd.dll. TD_MgdBrp.dll é opcional e lida com APIs Brep. Essas DLLs estão localizadas na pasta de instalação do BricsCAD. 130

131 DICAS Quando referenciando essas DLLs, é importante definir a propriedade Local de Cópia como Falso. Todas as outras DLLs referenciadas como COM DLLs e Satelite DLLs, podem ter sua propriedade Local de Cópia como verdadeira ou como for necessário para seu projeto. PORTABILIDADE DE AUTOLISP PARA LISP A maioria das rotinas LISP trabalham diretamente no BricsCAD. Seu motor LISP suporta funções VL e VLA e reatores LISP (exceto na versão para Linux), assim como seu LISP padrão; ele não suporta compilar arquivos FAS (LISP compilados). Você pode experimentar os seguintes problemas: Linha de comando do BricsCAD pode variar levemente do AutoCAD. A solução é verificar o conteúdo de todas as funções (comandos), ou evitar utilizar todos os comandos juntos. BricsCAD não implementa algumas das funções AutoLISP. A solução é reescrever o código ou adaptar bibliotecas externas. APIS SUPORTADAS PELO BRICSCAD PARA O LINUX BricsCAD V13 para Linux suporta as seguintes APIs: Todas as funções LISP, exceto VL, VLA, VLAX e VLR, pois dependem de um COM (common object model), que só existe no Windows. Todas as funções DCL (dialog control language). Todas as funções DIESEL. Todas as funções TX. Muitas funções BRX, incluindo as funções básicas CRT e MFC (Microsoft foundation classes) para facilitar a portabilidade dos códigos baseados no Windows. Por exemplo, MFC CString é amplamente utilizada em códigos de cliente. Ao providenciar uma classe com código similar para o Linux BRX, Bricsys evita a necessidade de procurar uma nova string e a realocar em todos os lugares. BricsCAD para Linux não suporta interfaces que são fortemente relacionadas ao Windows; essa lista é constituída primariamente de categorias AcUi/AdUi e OPM. Muitas funções SDS (software development system); algumas funções foram excluídas por conter assuntos específicos ao Windows em suas assinaturas. DOSLib funciona no BricsCAD Pro. É como uma biblioteca livre de funções LISP normalmente não encontradas no LISP. Veja em: en.wiki.mcneel.com/default.aspx/mcneel/doslib.html 131

132 DCL e BricsCAD Rotinas DCL funcionam diretamente no BricsCAD. OpenDCL é completamente suportada e disponível para o BricsCAD; veja em DIESEL e BricsCAD Rotinas DIESEL funcionam diretamente no BricsCAD. PORTABILIDADE ENTRE VBA E BRICSCAD (SOMENTE WINDOWS) AutoCAD e BricsCAD para Windows utilizam arquivos DVB para projetos VBA. Versões do BricsCAD anteriores a V8 usam arquivos VBI, os quais podem ser convertidos para VBA para V8 ou mais recentes. Encontre a ferramenta de conversão VBA em VBA não está disponível no BricsCAD para Linux. PORTABILIDADE ENTRE ADS E SDS Códigos ADS requerem somente uma recompilação usando leitores BRX. Como ADS/SDS foram desenvolvidos aproximadamente 20 anos atrás, a Bricsys considera SDS como depreciado, significando que desenvolvedores devem evitar utilizá-lo. No entanto, para retrocompatibilidade, a Bricsys suporta a antiga interface SDS. Para rodar um módulo SDS no estilo de um IntelliCAD no BricsCAD, o código deve ser adaptado. Descrito em: PORTABILIDADE ENTRE COM E BRICSCAD COM (Common Object Model) está disponível nas versões Pro do BricsCAD e é acessada através de linguagens de programas como VB, VBA, VB.NET, C e C++. Apesar do modelo de objeto do BricsCAD ser bastante similar ao do AutoCAD, não é idêntico. No entanto, a maioria dos códigos VBx escritos para o AutoCAD devem trabalhar diretamente no BricsCAD. Quando você encontrar um elemento essencial faltando dos modelos de objetos, o time de suporte dos desenvolvedores do BricsCAD está aberto e disposto a criar as funções que você necessitar. BricsCAD não é compatível com VSTA (Visual Studio Tools for Applications). 132

133 CARREGANDO APLICAÇÕES NO BRICSCAD Ambos BricsCAD e AutoCAD utilizam o comando AppLoad para carregar aplicações. Acima: carregador de aplicações do AutoCAD. Abaixo: carregador de aplicações do BricsCAD. Unidades BricsCAD e AutoCAD compartilham as mesmas unidades de conversão de arquivo, as quais são utilizadas por funções LISP, SDS e assim por diante. BricsCAD chama seu arquivo de default.unt, enquanto o AutoCAD o nomeia como acad.unt. 133

134 SUPORTE A DESENVOLVEDORES A Bricsys diz que Há suporte diariamente para desenvolvedores de aplicativos que precisarem de assistência na portabilidade de aplicativos no BricsCAD ou simplesmente necessitam de uma maior informação técnica sobre processos e possibilidades de portabilidade. O time de desenvolvimento da Bricsys possui uma extensa unidade de desenvolvedores dedicados para o desenvolvimento em diferentes ambientes (LISP, COM, ADS, ARX e.net). A Bricsys não cobra dos desenvolvedores, como outros CAD. Não há valor de adesão, anuidade para associados, preço para suporte e royalties no envio de produtos. Visite para maiores informações. Quando desenvolvedores pedem uma adição ao API, ela se torna um novo recurso do BricsCAD que usuários finais podem utilizar. DICA O comando RecScript (gravador de scripts) no BricsCAD produz arquivos.scr que podem ser editados, o que o torna mais útil que Action Recorder no AutoCAD. Como scripts do Action Recorder não podem ser editados, não é de fato um API. 134

135 135

136 136

137 Capítulo Cinco ESCRITÓRIOS OPERANDO EM MAIS DE UM CAD ALGUMAS FIRMAS OPERAM EXCLUSIVAMENTE COM O BRICSCAD, mas outras operam tanto no BricsCAD quanto no AutoCAD. Este capítulo explora alguns dos desafios em rodar dois sistemas CAD e como resolvê-los. Também vamos examinar os benefícios de utilizar no sistema operacional Linux como uma alternativa de baixo custo ao Windows ou OS X. 137

138 Razões para Utilizar Múltiplos Sistemas CAD Está se tornando comum para escritórios de projetos, licenças de mais do que um tipo de pacote CAD. Exemplos incluem AutoCAD e AutoCAD LT, AutoCAD e SolidWorks, AutoCAD e BricsCAD. No entanto, há mais trabalho envolvido em rodar dois sistemas CAD do que somente um. Então por que esses escritórios insistem nesse trabalho desnecessário? Empresas com Dual-CAD (mais de um sistema CAD) tipicamente dão as seguintes respostas: Corte de gastos Compatibilidade Capacidade CUSTO Para algumas empresas, o preço de $4.200 para uma licença do AutoCAD é muito caro, assim a maior parte delas funcionam com um pacote CAD mais barato, como o AutoCAD LT ou BricsCAD. Por exemplo, uma empresa com 100 pessoas tem uma divisão de 10/90 entre o AutoCAD e um outro CAD mais barato, isso permite uma redução de $ nas licenças iniciais. Abaixo vemos uma comparação dos valores salvos: Número de lugares Licença Inicial Valor Salvo 100 AutoCAD 2013 $ $ 0 10 AutoCAD 2013 $ $ BricsCAD Pro V13 $ BricsCAD Pro V13 $ $ (O custo atual para licenciar 100 lugares tende a ser menor que o indicado, pois escritórios conseguem um melhor preço no sistema quando negociam compras em massa. Bricsys começa oferecendo 10% de desconto em cinco licenças, o que é refletido na tabela.) Eu digo licenças iniciais, pois existem custos subsequentes associados com o software, ambos opcionais: Custo de atualização Manutenção anual ou custo de suporte. (Inclui atualizações anuais, semianuais em que não há custo extra.) O custo anual para 100 licenças de softwares CAD é assim: Número de lugares Preço Anual Valor Salvo 100 AutoCAD $ $ 0 10 AutoCAD $4.500 $ BricsCAD $ BricsCAD $ $

139 Outra vez, o custo real será menor graças aos descontos pelas compras em massa. Eu não me importei em comparar os preços de atualização, pois a Autodesk agora cobra o preço completo para atualização do AutoCAD: $4.200 para ir de qualquer versão anterior até a atual. Preços Baseados no País A situação de preço é particularmente aguda em empresas de países em desenvolvimento, onde arquitetos recém-formados saem ganhando $300 por mês. Na minha opinião, é perturbador que grandes companhias de software cobrem mais por seus programas nesses locais de baixa renda e alto crescimento, colocando as ferramentas fora do alcance de muitos dos seus clientes em potencial. Ironicamente, essas mesmas companhias de software reclamam da alta taxa de pirataria nos países em desenvolvimento ainda falham em ver a conexão. não aos Ambas as companhias cobram preços diferentes para países diferentes. O modelo de preço não democrático coloca escritórios éticos em uma cilada. Eles podem comprar uma série de licenças caras de softwares CAD e precisam mostrar clientes que estão rodando uma loja sem produtos piratas. Soluções para Custos das Licenças Para essas empresas, uma solução é licenciar basicamente produtos com preço baixo, especificamente AutoCAD LT, BricsCAD e afins. Ainda assim, BricsCAD proporciona as empresas com um CAD melhor e mais capaz que o AutoCAD LT e pela metade do preço. Outra solução para economizar dinheiro é utilizar o sistema operacional Linux nos computadores, ao invés do Windows. O ponto é que o CAD precisa ter uma versão do seu software que rode em Linux. Bricsys tem; Autodesk não. Linux tem seu custo-benefício duas vezes melhor, pois funciona bem em computadores mais velhos e menos poderosos. Novas versões do Windows geralmente necessitam de um novo hardware, isso quando o sistema operacional deixa de rodar versões antigas de drivers ou softwares. Windows 7 é ruim por isso. Em resumo: BricsCAD tem custo-benefício três vezes melhor: BricsCAD Pro tem seu preço 8x menor que o AutoCAD e 2x menor que AutoCAD LT. BricsCAD pode rodar no Linux, que é gratuito. Linux pode rodar em computadores antigos. 139

140 COMPATIBILIDADE Como todas as corporações capitalistas, escritórios de projetos tentam reduzir suas despesas e assim preferem sistemas de custo mais baixo. Mas no caso do CAD, pode parecer que você perde compatibilidade com a indústria padrão, AutoCAD. Autodesk trabalha duro para garantir que o AutoCAD continue a frente da competição, seja através da tecnologia ou do marketing. Por exemplo, na década de 90, quando o IntelliCAD começou a ameaçar as vendas do 10x mais caro AutoCAD, a Autodesk lançou uma campanha de marketing que foi bastante efetiva. A campanha de marketing falava que o AutoCAD LT era o único pacote CAD de preço baixo que era 100% compatível com o DWG do AutoCAD. O problema é que naquele tempo ele não era tão preciso, pois o AutoCAD LT não lidava com todas as entidades criadas pelo AutoCAD. a A situação DWG 100% Puro é uma verdade maior hoje do que nunca antes, como Autodesk emprega imensas quantias ao adicionar todos os tipos de funções para o AutoCAD, tornando-o cada vez mais incompatível com seus clones. Por essa razão, a maioria dos escritórios possuem pelo menos uma licença do AutoCAD para trabalhar com desenhos de clientes que não são reproduzidos corretamente no IntelliCAD ou BricsCAD. Isso não é diferente das empresas que economizam dinheiro ao utilizar o pacote gratuito Libre Office, apesar de manter uma licença do Microsoft Office para garantir compatibilidade com arquivos criados pelo software. O contrapeso da Autodesk é a Open Design Alliance. ODA foi estabilizada originalmente para documentar a propriedade do formato DWG. A organização dá APIs aos membros da organização e os permite ler e escrever arquivos em DWG. Desde sua fundação na década de 90, a ODA expandiu seus serviços ao providenciar ferramentas de programação que imitavam outros aspectos do AutoCAD, como a interface de programação em ARX e o liberador de objetos ADT. A notícia ruim é que o conteúdo do arquivo DWG é alterado a cada ano conforme a Autodesk adiciona mais capacidade e tipos de objetos ao AutoCAD. A notícia boa é que a Autodesk congela o formato por três anos de cada vez. ODA e seus programadores russos contratados fazem o trabalho pesado de entender o que está dentro do DWG. Isso significa que BricsCAD, IntelliCAD e outras empresas podem concentrar em adicionar outras funções aos sistemas CAD usados. Enquanto a Autodesk licencia seu API RealDWG, algumas das companhias membras da ODA não confiam na Autodesk para acessar seus arquivos DWG. 140

141 CAPACIDADE Conforme a Autodesk se adianta ao adicionar funções ao AutoCAD, em apenas alguns anos o programa CAD ganhou modelagem em 3D, modelagem de superfícies em 3D, criador de materiais, restrições paramétricas, um add-on de modelagem direta apenas para citar alguns. A notícia ruim é que eu não vejo uma maneira para seus clones reproduzirem todas as funções do AutoCAD em sua perfeição. A boa notícia é que não há necessidade de reproduzir todos os comandos do AutoCAD. Modelagem 3D em áreas de malhas e superfícies não é do interesse de projetistas, a maioria dos que produzem desenhos 2D. Até mesmo nos ambientes 3D mais extremos, como Catia, os números indicam que mais de 50% dos desenhos são produzidos em 2D. (Catia, Dassault Systèmes, é um software 3D de alta capacidade utilizado por montadoras de aviões e fábricas automotivas, dentre outros.) Na verdade, a ITC desistiu de manter isso funcionando e agora planeja concentrar em funções que usuários finais queiram em desenhos 2D. (ITC é o IntelliCAD Technology Consortium, que contrata os programadores para atualizar o IntelliCAD.) O Software é então licenciado a membros do consórcio, que empacotam o software para venda aos usuários finais. Bricsys não é mais membra do ITC e escreve seu próprio código. Mas, depende da ODA. No entanto, 3D não pode ser ignorado e os clones tradicionalmente são fracos no 3D. IntelliCAD e outros clones atingiram algo que o AutoCAD fez mais de uma década atrás. A única exceção é o BricsCAD, que está dando passos largos ao aumentar suas ofertas 3D. Com o V11, a Bricsys adicionou uma edição Platinum, que é mais cara mas oferece modelagem paramétrica 3D, conhecida como X-Solids. Ela incluia uma biblioteca com partes de paramétricas, chamada X- Hardware. Na V12, Bricsys adicionou modelagem direta em 3D e restrições em 2D para todas as edições, com restrições 3D adicionadas a Edição Platinum. Com o V13, Bricsys adicionou uma modelagem que permite unir dois ou mais modelos 3D através de restrições, análises cinemáticas para movimentos e interações entre partes e lista de materiais. Nas próximas versões, planeja adicionar a opção de importar ou exportar em formatos populares (como SolidWorks, Inventor e IGES), vistas explodidas, conhecimentos de engenharia e muito mais. BricsCAD será a versão do AutoCAD compatível com o Inventor, por menos de $

142 Rodando BricsCAD e AutoCAD em Um Escritório Para rodar perfeitamente mais de um sistema CAD no seu escritório, é crucial tomar um tempo para entender as diferenças entre ambos. Há muitas diferenças, pois as habilidades do AutoCAD diferem do BricsCAD. Este livro é sua principal referência; você também pode achar útil olhar AutoCAD Illustrated Quick Reference (Delmar Publishers), que lista todos os comandos do AutoCAD em ordem alfabética, junto com as opções e todas as formas de lançar cada comando. Ele está disponível para todas as versões do AutoCAD desde a Versão 12. Você também pode tentar assimilar tarefas apropriadas em cada sistema CAD, como descrito na seção seguinte. Quando recursos estão faltando, encontre outras maneiras de fazê-lo. Por exemplo, quando o BricsCAD não puder lidar com certas entidades, você pode utilizar referências externas de desenhos do AutoCAD. BricsCAD pode exibir praticamente qualquer coisa que o AutoCAD desenhar, mas não pode criar ou editar todos os tipos de entidades. Em resumo, o BricsCAD possui as seguintes capacidades: Atividade BricsCAD pode... Visualizar exibir quase todos os tipos de entidades do AutoCAD, até se não puder as editar ou criar Editar editar muitas das entidades do AutoCAD, embora algumas vezes somente pela aba Propriedades Criar criar muitas entidades do AutoCAD, mas poucas que ele pode editar Veja o capítulo 3, Compatibilidade dos Elementos dos Desenhos sobre detalhes em cada e todos os objetos DWG. DIVIDINDO O FLUXO DE TRABALHO ENTRE AUTOCAD E BRICSCAD Você provavelmente está bem acostumado ao fluxo de trabalho do seu escritório, a rota que os desenhos tomam através do escritório basicamente do geral ao específico. Por exemplo, um cliente possui o seguinte fluxo: 1. Recebe o arquivo de desenho DWG dos arquitetos 2. Revisa as dimensões dos desenhos recebidos para dimensionar a precisão 3. Cria vistas elevadas das faces da construção e plantas baixas de cada andar 4. Desenha projetos de montagens para fabricantes 5. Faz desenhos detalhados de cada item e os gera na lista de materiais 6. Imprime os desenhos em tamanho B ou C de papel 7. Envia os desenhos completos para os clientes e lojas de fabricação 142

143 O trabalho é feito tanto quanto for possível no BricsCAD, pois ele opera na maioria das estações de trabalho. O único trabalho feito no AutoCAD são com funções de desenho as quais o BricsCAD é incapaz de realizar. Esse escritório em particular teve tempo para determinar as funções do BricsCAD utilizadas em seu escritório e então foram criadas duas listas: (a) recursos que funcionam no BricsCAD e no AutoCAD e (b) os que funcionam somente no AutoCAD. Aqui estão as listas criadas, junto com notas breves sobre seu uso para o fluxo de trabalho. Elas não são exaustivas, mas específicas as necessidades desse escritório em particular. Primeiro, o uso de funções comuns em ambos sistemas CAD: Funcionam no BricsCAD e no AutoCAD Nível de Utilidade Arquivos com template DWG Muito útil para acelerar a criação do desenho inicial Campo de texto Muito útil para automatizar textos Comando Hyperlink Muito util para fazer ligações com outros desenhos Restrições geométricas e dimensionais Restrições são muito úteis para os tamanhos dos objetos Conjunto de folhas Muito útil para organizar grupos de desenhos LISP / AutoLISP Útil para automatizar algumas rotinas de desenhos Explorer/Centro de desenho, Paleta de Ferramentas Provavelmente útil para compartilhar e acessar conteúdo CUI / Personalização Útil em alguns aspectos, como combinar comandos Aqui temos a utilidade das funções encontradas somente no AutoCAD (não no BricsCAD): Funções Específicas do AutoCAD DimBreak, DimSpace, DimJoggedLine Extração de dados, tabelas e planilhas Edição, estilos e Mleaders Overkill Comando LayTrans Criando blocos dinâmicos Medir e Dividir QDim Vistas do Desenho Nível de Utilidade Muito útil Muito útil Muito útil para unir múltiplas leaders; e para alinhar leaders Útil para limpar desenhos Útil na edição de inúmeras camadas em desenhos recebidos Útil para criar complexos tipos de linhas Útil para colocar dimensões QDim Útil quando utilizado com Medir Provavelmente útil para gerar planos 2D a partir de um 3D Arquivos DWS, Comando Checar Padrões Aparentemente muito limitado para ser útil Escalas Anotativas Active Recorder Não é útil Sem uso 143

144 IMPLEMENTAÇÃO ESTRATÉGICA Enquanto alguns empregados podem parecer relutantes em implementar métodos mais eficientes de desenho no BricsCAD e no AutoCAD, é aconselhável colocar um empregado estratégico como organizador e treinador do sistema CAD para todos. Aqui temos um plano que um escritório de desenho criou: Atualizar todas as licenças de Linux e Windows do BricsCAD; decidir na divisão entre as versões Pro e Platinum Introduzir alguns lugares do Inventor para lidar com específicas construções 3D, assim como formas de desenho automatizado que o AutoCAD é incapaz; Cada licença do Inventor inclui um AutoCAD gratuito Determinar a separação entre as diferentes tarefas nas quais AutoCAD e BricsCAD são capazes, reconhecendo as limitações do BricsCAD Automatizar o processo de desenho 2D tanto quanto for possível Crie um grupo para garantir que novas técnicas sejam disseminadas através da empresa; garanta que exista progresso Considere contratar treinadores para tópicos específicos; crie uma posição de programador de CAD Revise a implementação no prazo de um ano 144

145 Escritórios com Dois Sistemas Operacionais Para guardar ainda mais dinheiro, alguns escritórios trocam estações de trabalho do Windows para o Linux. Uma empresa me disse que ao trocar o Windows para o sistema operacional gratuito do Linux, economizaram 10% de sua verba anual para o TI. AutoCAD não está disponível para Linux, mas o BricsCAD sim. Bricsys está trabalhando duro para garantir que quase todas as funções da versão para Windows funcionem corretamente na versão para Linux. RESOLVENDO PROBLEMAS AO PORTAR UM SOFTWARE PARA LINUX A parte do sistema CAD que lida com objetos geométricos não é o problema na portabilidade. (Portar é o termo utilizado para descrever o processo de tornar um programa software compatível com outro sistema operacional.) O problema está por trás das cenas, especificamente em áreas de interfaces de programação e elementos da interface do usuário. Ainda para uma grande e rica empresa como a Autodesk, portar programas CAD para outros sistemas operacionais é uma tarefa difícil, pois muitos dos softwares CAD atuais estão intimamente ligados ao sistema operacional Windows. A Microsoft torna mais fácil para programadores escrever softwares para Windows, mas ao custo de deixar extremamente difícil de sair do mesmo. Por exemplo, uma equipe de programadores da Autodesk demorou 18 meses para reescrever o AutoCAD para Mac e OS X, sendo que cerca de 30% dos comandos foram deixados de fora na versão inicial, assim como as interfaces para programadores terceiros. 145

146 Meros cinco anos atrás, nenhum programador CAD sonharia em escrever códigos para nenhum sistema operacional fora o Windows. Talvez para o OS X. (Algumas empresas CAD, como Graphisoft e Vectorworks, iniciaram no Mac há vinte anos atrás e desde então desenvolveram seu software simultaneamente para OS X e Windows. Esse olhar adiante não significa nenhuma dor para eles hoje em dia!) Agora, no entanto, as escolhas plausíveis quadruplicaram para incluir os portáteis como Android e ios e para Linux e OS X em computadores em adição ao Windows em computadores e portáteis. Interface do Usuário Para resolver os dois problemas de áreas, a Bricsys tomou dois projetos significantes de programação. O primeiro reescreveu a interface do usuário usando wxwidgets (www.wxwidgets.org). Essa interface permitiu o BricsCAD se parecer o mesmo no Linux, OS X, Windows e sistemas operacionais portáteis. Como se parece um programa portado? Essa séria questão encara companhias de software: um programa CAD deve ser parecido em todos os sistemas operacionais? Se sim, os usuário atuais se sentem confortáveis ao mudar. Essa é a conexão que o BricsCAD utilizou, assim a versão do Linux se parece com a versão para Windows. Ou o programa CAD deve ser parecido com o sistema operacional utilizado? Se sim, os usuários novos irão se sentir confortáveis ao começar com ele. Foi esse o meio que a Autodesk tomou com o AutoCAD para Mac, que se parece com um programa escrito para OS X, muito diferente do Windows. APIs O segundo projeto era ainda mais difícil, imitar a interface do programador do Windows, algo que nenhum outro vendedor CAD havia tentado. (No mundo computacional geral, existiram esforços do tipo pela Wise, VMware e Win4Lin para ajudar programas do Windows a funcionar no Linux ou OS X.) Programadores da Bricsys tiveram que reescrever o código para Linux que a Microsoft normalmente dá ao Windows. Repare que este problema afeta somente partes de línguagens de programação que dependem altamente do sistema operacional em uso, como Visual LISP,.NET e ARX ou BRX. O problema do OS não afeta a customização interna do sistema CAD, como menu e macros da barra de ferramentas, rotinas LISP e scripts. O resultado final garante que add-ons escritos pelo Windows funcionem no Linux. Aqui está uma lista de APIs que a Bricsys portou para o BricsCAD para Linux: Todas as funções LISP, excluindo VL, VLA, VLAX e funções VLR, pois dependem do COM que é somente do Windows Todas as funções DCL Todas as funções DIESEL Todas as funções TX Todas as funções BRX, exceto interfaces que são ligadas diretamente ao Windows, como AcUi/AdUi e categorias OPM Todas as funções SDS, exceto as específicas do Windows 146

147 EFÍCIOS DO LINUX BEN Rodar o sistema operacional do Linux em computadores ao invés do Windows trás muitos benefícios. Como os seguintes itens. Linux é Gratuito O Linux é gratuito, assim como suas seguintes atualizações. Enquanto o Windows é incluído gratuitamente a cada novo computador (na verdade, você paga um custo escondido de aproximadamente $20), suas atualizações não são. Atualizar a partir de versões antigas do Windows pode custar de $40 a $200 por computador, dependendo das ofertas disponíveis. Aqui está o custo anual de atualização de licenças em 100 computadores a cada três anos, usando $70 como preço de atualização para Windows 8: Windows OS Linux OS Economia $7.000 a cada três anos $0 todos os anos $7.000 por três anos $2.333 por ano $0 por ano $2.333 por ano O Linux em desktops está tão parecido com o Windows padrão que muitos usuários não podem dizer a diferença, particularmente os usuários que não ligam para a UX (experiência do usuário), mas se importam basicamente com o trabalho feito. Na verdade, operadores CAD de escritórios de projetos subsequentemente pediram a equipe de TI para instalar o Linux nos seus computadores de casa, depois de experimentar seus benefícios no trabalho. 147

148 Linux é Hardware Eficiente Linux roda mais eficientemente que o Windows. Isso significa que pode rodar um software CAD mais rápido e num software mais velho por mais tempo que o Windows. Enquanto o Windows hoje pode simplesmente a funcionar em computadores com apenas 1GB RAM, Linux não tem problema com poucas quantidades de memória. Isso é porque programadores da Microsoft foram instruídos pelo seu fundador Bill Gates a assumir que os computadores possuem memórias e velocidades de CPU infinitas, o que não acontece. Como resultado, o Windows foi escrito de maneira ineficiente. Em contraste, o Linux foi baseado no Unix um sistema operacional dos anos 70, o qual foi escrito com ultra eficiência para rodar bem em CPUs muito lentas e com pouca memória. O efeito dessa eficiência tem sido um sucesso em nossa década atual. Linux é Livre de Malwares Linux possui menos irritantes que o Windows. Ele não sofre de ataques de malware, como vírus, haja visto que o número de computadores Linux é muito pequeno para criadores de vírus se preocuparem. Meu aspecto favorito do Linux é que após as atualizações serem aplicadas, eu não reinicio o computador, como eu devo fazer com o Windows e o OS X. Eu continuo trabalhando. (A Apple baseou o OS X no Unix, por isso fico surpreso que o OS X necessite reiniciar nas atualizações seguintes.) Aqui temos algo engraçado que eu reparei: é mais fácil se adaptar ao OS X quando você já é familiar ao Linux, do que diretamente do Windows. Linux é Hardware Compatível O Linux roda nos mesmos computadores que o Windows, diferente do OS X, que é restrito a hardwares da Apple. Para testar o Linux, você pode o instalar num computador com Windows; para testar o OS X, você deve comprar um novo hardware e se acostumar a diferentes interações com o teclado. (Uma dica: Se você precisa utilizar o OS X, economize dinheiro ao comprar o mini Mac com o máximo de RAM disponível e então utilize seu próprio monitor, teclado e mouse. Percebi que o mini é mais flexível que o MacBook.) Linux Dual-Boots Linux possui dual-booting, diferente do Windows. Isso significa que um computador pode rodar ambos Linux ou Windows, mas não simultaneamente. Quando o computador inicia, uma utilidade do Linux chamada grub lhe deixa escolher entre Linux ou Windows. Todos os meus notebooks são dual-booting; Eu geralmente utilizo o Linux, pois é mais eficiente. Mas quando eu preciso usar um programa disponível somente no Windows, eu desligo o computador e o inicio com o Windows. (OS X também inclui a facilidade dual-boot, chamada BootCamp.) 148

149 A drawback do dual-boot é que ele roda somente um sistema operacional por vez. Se você quiser rodar dois (ou mais) de cada vez, então você pode utilizar programa organizador virtual gratuito, como VmWare Player (www.vmware.com) e Oracle Virtual Box (www.oracle.com/technetwork/server-storage/virtualbox/downloads/index.html). Esses programas lhe permitem rodar, digamos, Linux em uma janela (ou tela cheia) dentro do Windows e até mesmo copiar e colar entre ambos. DESVANTAGENS DO LINUX Linux nunca conquistou o desktop da maneira que o fez em todas as outras áreas de computação, como Webservers, computadores mainframe, smartphones e computadores embedded. As práticas monopolísticas da Microsoft por muitos anos foram efetivas em restringir computadores, como Apple e Linux. Linux é confuso, pois pode parecer diferente do Windows, tem centenas de versões e diversas interfaces gráficas do usuário as quais você pode escolher e pode algumas vezes ter problemas ao instalar o software. Como é diferente, nem sempre existirão os mesmos softwares que os usuários do Windows estão acostumados. Como há muitas escolhas no número de versões do Linux, usuários podem acabar fazendo nenhuma escolha. E quando o software não instala, você não o utiliza. Falta de software idêntico Muitos dos softwares básicos que você roda no Windows estão disponíveis no Linux, como LibreOffice, o qual roda de maneira idêntica no Linux, OS X e Windows. Se você utiliza Microsoft Office no Windows, então você rodará o LibreOffice no Linux. Outras básicos estão disponíveis em versões multi-os, como Web browsers (Chrome, Firefox e Opera), processamento de imagens (Picasa), reprodutores de música e vídeo (VLC) e Skype. Por X. Linux vem com uma tonelada de utilidades; afinal, foi escrito por geeks para geeks. exemplo, o software screen grab é muito mais sofisticado que o do Windows e OS Mas ele não pode rodar o AutoCAD e outros softwares potentes encontrados no Windows e OS X, como PhotoShop e InDesign exceto através de um emulador de Windows, como Wine. Percebi que os emuladores não são eficientes (rodam o software mais devagar) e não são 100% compatíveis (alguns softwares e algumas funções não operam.) Eu recomendo utilizar o software nativo e sem ter que utilizar um emulador ou uma máquina virtual. Nesse caso, o BricsCAD e o Linux se tornam uma escolha óbvia. Qual Linux? Existem muitas versões a mais do Linux que no do Windows. Há uma versão fonte escrita por Linius Torvald, da qual surgiu o nome Linux. Então surgiram as distribuições primárias, com nomes como Debian, Ubuntu, Gentoo, Fedora, Red Hat, Mandriva e Slackware. 149

150 Para cada distribuição primária, existem dezenas de variações. Essa página no Wikipedia lista os nomes de mais de 100 distribuições e suas variações: Então, pode ser dificil não, confuso de escolher um. (Aqui está uma lista de LiveCDs baixáveis que contém o Linux: en.wikipedia.org/wiki/list_of_live_cds.) De uma certa maneira, não importa, pois eles operam basicamente da mesma maneira; aliás, eles funcionam similarmente ao Windows e ainda mais similares ao OS X. Como eles são gratuitos, você pode fazer o download de muitos deles e os testar. Os downloads são constantemente disponíveis em formato de LiveCD. Você baixa o arquivo (no formato.iso), o grava em um CD e pode rodar o Linux a partir do drive de CD e ou instalar no computador. Nesse caso, eu recomendo utilizar uma máquina virtual (VmWare ou Virtual Box) para instalar uma distribuição temporária do Linux, a não ser que você tenha um computador cujo disco rígido você possa alternar. (Você pode rodar um Linux a partir de um CD ou USB, mas ele poderá rodar devagar e você teria uma péssima primeira impressão!) Eu utilizo Mint Linux. Ela é baseada no mais popular dialeto do Linux, Ubuntu, assim pode utilizar.deb (Debian) que são arquivos desenhados para Ubuntu. Melhor que somente Ubuntu, no entanto, Mint inclui todos os extras que fazem que fazem começar com o Linux menos doloroso, como aplicações comuns, drivers e codecs. Instaladores Problemáticos A maior dor de cabeça para novos usuários do Linux é instalando o software. Muitas vezes, a instalação do software ocorre tranquilamente; outras vezes, ele não trabalha corretamente e é um problema complicado. O problema existe pois o Linux primeiro espera que os usuários instalem o software através da interface da linha de comando; a seguir, um GUI foi adicionado e então diferentes distribuições surgiram com diferentes maneiras de fazer instalações mais simples. Quando você possui centenas de versões do Linux, você está disposto a acabar com dezenas de instaladores. Alguém disse uma vez em outro contexto que mais escolham levam a menos stress, mas eu discordo. A maioria dos vendedores Linux e dos distribuidores de software estão resolvendo o problema em duas maneiras: (a) através de instaladores parecidos com o do Windows, que operam praticamente automaticamente; e (b) através de bibliotecas de softwares tipo o OS X existentes no sistema operacional. Aqui está a lista das principais distribuições e o software instalador que eles usam: Distribuição Linux Extensão do Arquivo Organizador do Pacote Debian GNU/Linux.deb dpkg Fedora Linux.rpm RPM OpenSUSE Linux.rpm RPM Turkish Pardus.pisi YALI Todas as outras.tgz tar 150

151 Em seu Web site, a Bricsys lista os arquivos de download nos seguintes formatos: Se a variável que você utilizou é baseada no Debian, então você clica no botão do arquivo DEB. (Eu utilizo Mint Linux, que é baseada no Ubuntu, que é baseado no Debian e então baixei os arquivos.deb) GUIs Competitivos Se você possui centenas de dialetos Linux, então você terá diversas interfaces do usuário. Isso mesmo: Linux facilmente oferece substituições para a interface gráfica do usuário. (Isso também é possível no Windows, mas poucos possuem alguma vontade em mudar o desenho da Microsoft.) Havia uma grande separação entre qual interface utilizar com o Linux: KDE ou Gnome. (Eu prefiro Gnome.) Hoje há a versão Unity, que foi feita para as telas menores de netbooks e aparelhos portáveis. 151

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0 Ajuda ao Usuário A S S I S T E N T E P I M A C O + 2.2.0 Ajuda ao usuário Índice 1. BÁSICO 1 1. INICIANDO O APLICATIVO 2 2. O AMBIENTE DE

Leia mais

Autodesk AutoCAD Civil 3D 2014 Metric

Autodesk AutoCAD Civil 3D 2014 Metric Primeiros Passos com o AutoCad AutoCAD é um software do tipo CAD (Computer Aided Design) ou desenho auxiliado por computador - criado e comercializado pela Autodesk Inc desde 1982. É utilizado em diversa

Leia mais

EDITOR DE TEXTO BROFFICE WRITER

EDITOR DE TEXTO BROFFICE WRITER 1 1 Editor de Texto BrOffice Writer O Writer é o editor de texto do pacote OpenOffice, que corresponde ao Microsoft Word. Um editor de texto é um programa com recursos para formatação de texto que poderá

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

Microsoft Office Excel

Microsoft Office Excel 1 Microsoft Office Excel Introdução ao Excel Um dos programas mais úteis em um escritório é, sem dúvida, o Microsoft Excel. Ele é uma planilha eletrônica que permite tabelar dados, organizar formulários,

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1.

1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1. 1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1. Partes da tela do Excel... Barra de fórmulas... Barra de status...

Leia mais

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU

8VDQGR5HSRUW0DQDJHUFRP&ODULRQH3RVWJUH64/ -XOLR&HVDU3HGURVR $,'(GR5HSRUW0DQDJHU $,'(GR5HSRUW0DQDJHU Neste capítulo vamos abordar o ambiente de desenvolvimento do Report Manager e como usar os seus recursos. $FHVVDQGRRSURJUDPD Depois de instalado o Report Manager estará no Grupo de

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Migrando para o Word 2010

Migrando para o Word 2010 Neste guia O Microsoft Word 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber as partes principais da nova interface,

Leia mais

Professor Paulo Najar www.aprenderdigital.com.br

Professor Paulo Najar   www.aprenderdigital.com.br ~ 1 ~ O QUE É O BROFFICE? Broffice.org é o nome de um conjunto de programas de escritório livre (free software), disponível na internet gratuitamente (no site www.broffice.org) que oferece ferramentas

Leia mais

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica Em certa época, a planilha era um pedaço de papel que os contadores e planejadores de empresas utilizavam para colocar

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica Apresentação Gráfica Microsoft Office Power Point 1 Sumário 1. MICROSOFT POWER POINT... 4 1.1. INICIANDO O MICROSOFT POWER POINT... 4 2. CONHECENDO A INTERFACE DO POWER POINT... 5 2.1. O DOCUMENTO DO POWER

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

BrOffice Impress. FREDERICO J. D. MÖLLER PET Mecatrônica/BSI IF Sudeste MG Campus Juiz de Forta. Frederico Möller

BrOffice Impress. FREDERICO J. D. MÖLLER PET Mecatrônica/BSI IF Sudeste MG Campus Juiz de Forta. Frederico Möller BrOffice Impress FREDERICO J. D. MÖLLER PET Mecatrônica/BSI IF Sudeste MG Campus Juiz de Forta Objetivos: Apresentar conceitos básicos sobre software livre e informática. Apresentar a interface do BrOffice

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS 1_15 - ADS - PRO MICRO (ILM 001) - Estudo dirigido Macros Gravadas Word 1/35 LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS No Microsoft Office Word 2007 é possível automatizar tarefas usadas frequentemente criando

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais

FOXIT READER 6.0 Guia Rápido. Sumário... II Use o Foxit Reader 6.0... 1. Leitura... 5. Trabalhar em PDFs... 8. Comentários... 10. Formulários...

FOXIT READER 6.0 Guia Rápido. Sumário... II Use o Foxit Reader 6.0... 1. Leitura... 5. Trabalhar em PDFs... 8. Comentários... 10. Formulários... Sumário Sumário... II Use o Foxit Reader 6.0... 1 Instalar e desinstalar... 1 Abrir, Criar, Fechar, Salvar e Sair... 1 Definir o estilo da interface e da aparência... 4 Veja todas as diferentes ferramentas...

Leia mais

Sistema operacional Windows 7, Windows Live Mail e Adobe Reader. Sistemas operacionais em concursos públicos

Sistema operacional Windows 7, Windows Live Mail e Adobe Reader. Sistemas operacionais em concursos públicos Sistema operacional Windows 7, Windows Live Mail e Adobe Reader Sistemas operacionais em concursos públicos Antes de tudo é importante relembrarmos que o sistema operacional é um tipo de software com a

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Excel 2000 Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Índice 1.0 Microsoft Excel 2000 3 1.1 Acessando o Excel 3 1.2 Como sair do Excel 3 1.3 Elementos da

Leia mais

Matriz de comparação. CorelCAD 2015 para Windows e Mac OS vs. aplicativos Light CAD. Aplicativos Light CAD. CorelCAD 2015. Suporte a arquivo * *

Matriz de comparação. CorelCAD 2015 para Windows e Mac OS vs. aplicativos Light CAD. Aplicativos Light CAD. CorelCAD 2015. Suporte a arquivo * * para Windows e Mac OS vs. aplicativos Esta tabela compara os vários recursos padrão do setor incluídos no CorelCAD aos oferecidos em outros aplicativos. Com o CorelCAD, os usuários irão aproveitar benefícios

Leia mais

Noções de Informática

Noções de Informática Noções de Informática 2º Caderno Conteúdo Microsoft Excel 2010 - estrutura básica das planilhas; manipulação de células, linhas e colunas; elaboração de tabelas e gráficos; inserção de objetos; campos

Leia mais

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Informática Básica Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Introdução O editor de textos Microsoft Word oferece um conjunto de recursos bastante completo, cobrindo todas as etapas de preparação, formatação e impressão

Leia mais

Introdução aos Projectos

Introdução aos Projectos Introdução aos Projectos Categoria Novos Usuários Tempo necessário 20 minutos Arquivo Tutorial Usado Iniciar um novo arquivo de projeto Este exercício explica a finalidade ea função do arquivo de projeto

Leia mais

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais são programas que como o próprio nome diz tem a função de colocar o computador em operação. O sistema Operacional

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

3d Studio Viz R3. Notas de Aula. Prof. Vanessa Gomes da Silva, Departamento de Construção Civil - FEC/UNICAMP vangomes@fec.unicamp.

3d Studio Viz R3. Notas de Aula. Prof. Vanessa Gomes da Silva, Departamento de Construção Civil - FEC/UNICAMP vangomes@fec.unicamp. 3d Studio Viz R3 Notas de Aula Prof. Vanessa Gomes da Silva, Departamento de Construção Civil - FEC/UNICAMP vangomes@fec.unicamp.br 3dViz_cap1_v5.doc Capítulo 1 INTRODUÇÃO 2 TERMINOLOGIA DA APOSTILA 2

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

Índice de ilustrações

Índice de ilustrações Sumário 1Dez novos recursos do windows 8...2 1.1Interface Metro...2 1.2Internet Explorer 10...4 1.3Gerenciador de Tarefas...5 1.4Painel de Controle...5 1.5Interface Ribbon...6 1.6Menu Iniciar...7 1.7Windows

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Excel 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Adicionar comandos à Barra de Ferramentas

Leia mais

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7 1. EXCEL 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS As planilhas eletrônicas ficarão na história da computação como um dos maiores propulsores da microinformática. Elas são, por si sós, praticamente a causa da explosão

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

NAPNE / RENAPI. Google SketchUp 8

NAPNE / RENAPI. Google SketchUp 8 NAPNE / RENAPI Google SketchUp 8 Agosto de 2011 Sumário 1 Introdução... 4 2 Requisitos básicos... 4 3 Itens... 4 3.1 Assista os tutoriais em vídeo... 5 3.2 Leia dicas e truques... 6 3.3 Visite a Central

Leia mais

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word PowerPoint 2013 Sumário Introdução... 1 Iniciando o PowerPoint 2013... 2 Criando Nova Apresentação... 10 Inserindo Novo Slide... 13 Formatando Slides... 15 Inserindo Imagem e Clip-art... 16 Inserindo Formas...

Leia mais

8/9/2010 WINDOWS. Breve Histórico. Profa. Leda G. F. Bueno. Seu desenvolvimento iniciou-se em 1981

8/9/2010 WINDOWS. Breve Histórico. Profa. Leda G. F. Bueno. Seu desenvolvimento iniciou-se em 1981 Conceitos Básicos e Gerenciamento de Arquivos WINDOWS EXPLORER Profa. Leda G. F. Bueno WINDOWS Sistema operacional criado pela Microsoft Corporation Característica Principal características o uso de janelas

Leia mais

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados.

Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Windows Menu Entendendo as janelas do Windows Uma janela é uma área retangular exibida na tela onde os programas são executados. Minimizar Fechar Maximizar/restaurar Uma janela é composta de vários elementos

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

Introdução ao BrOffice.org Writer 2.0

Introdução ao BrOffice.org Writer 2.0 Introdução ao BrOffice.org Writer 2.0 Matheus Santana Lima 18 de Julho de 2006 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. INSERIR TEXTO 3. SALVAR UM DOCUMENTO 4. FECHAR UM DOCUMENTO 5. INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 6. ABRIR

Leia mais

BrOffice.org Impress 2.0. Apresentador de Slides

BrOffice.org Impress 2.0. Apresentador de Slides BrOffice.org Impress 2.0 Apresentador de Slides SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. FORMAS DAS APRESEÇÕES...4 2.1. Apresentação Vazia...4 2.2. A partir do modelo...6 3. MENUS:...7 3.1. Arquivo...7 3.2.Editar...8

Leia mais

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 1 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 1 Procedimentos para Download e Instalação do NVDA... 2 Iniciando

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 O hardware não consegue executar qualquer ação sem receber instrução. Essas instruções são chamadas de software ou programas de computador. O software

Leia mais

Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca. melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041. www.melissalima.com.br Página 1

Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca. melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041. www.melissalima.com.br Página 1 EXCEL BÁSICO Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041 www.melissalima.com.br Página 1 Índice Introdução ao Excel... 3 Conceitos Básicos do Excel... 6

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft PowerPoint 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que você precisa Clique

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Produção de Páginas Web para Professores de Matemática Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

Manual da AGENDA GRACES 2011

Manual da AGENDA GRACES 2011 1 Agenda Graces Manual da AGENDA GRACES 2011 O Sistema Agenda Graces integrada ao Sistema Graces e Agenda Graces Grátis foi desenvolvido pela empresa Quorum Informática. Este Manual tem por objetivo atender

Leia mais

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL Núcleo IFRS Manual do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 3 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 3 Procedimentos para Download

Leia mais

Tornando sites mais fáceis para visualização 16

Tornando sites mais fáceis para visualização 16 Primeiros passos com o essential Accessibility 3 O que é essential Accessibility? essential Accessibility : uma visão geral Sobre este manual Como instalar o essential Accessibility Requisitos do sistema

Leia mais

Sumário. Ambiente de Trabalho... Erro! Indicador não definido.

Sumário. Ambiente de Trabalho... Erro! Indicador não definido. Sumário Ambiente de Trabalho... Erro! Indicador não definido. Introdução ao Project Um projeto é uma seqüência bem definida de eventos, com um início e um final identificável. O foco de um projeto é obter

Leia mais

Manual Digifort Explorer Cliente de Monitoramento Versão 6.2.0.0 Rev. A

Manual Digifort Explorer Cliente de Monitoramento Versão 6.2.0.0 Rev. A Manual Digifort Explorer Cliente de Monitoramento Versão 6.2.0.0 Rev. A 2 Cliente de Monitoramento - Versão 6.2.0.0 Índice Part I Bem vindo ao Manual do Digifort Explorer 4 1 Screen... Shots 4 2 A quem...

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho.

Barra de Títulos. Barra de Menu. Barra de Ferramentas. Barra de Formatação. Painel de Tarefas. Seleção de Modo. Área de Trabalho. Conceitos básicos e modos de utilização das ferramentas, aplicativos e procedimentos do Sistema Operacional Windows XP; Classificação de softwares; Principais operações no Windows Explorer: criação e organização

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

1. Introdução a Microsoft Excel

1. Introdução a Microsoft Excel Introdução a Microsoft Excel 1. Introdução a Microsoft Excel 1.1. O que é Microsoft Excel Microsoft Excel é um software de planilha eletrônica produzido pela Microsoft Corporation, para o sistema operacional

Leia mais

Auto Treinamento. Versão 10.05.13

Auto Treinamento. Versão 10.05.13 Auto Treinamento Versão 10.05.13 Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. CONCEITO DE BUSINESS INTELLIGENCE... 3 3. REALIZANDO CONSULTAS NO BI-PUBLIC... 4 3.2. Abrindo uma aplicação... 4 3.3. Seleções... 6 3.4. Combinando

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS INCUBADORA DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS PROJETO TELECENTROS COMUNITÁRIOS SOFTWARE DE APRESENTAÇÃO POWER POINT IMPRESS PREZI

Leia mais

IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações

IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações O que é uma Apresentação? É um arquivo em que são exibidos textos, gráficos, imagens, sons e animações,

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

ANDRÉ ALENCAR 1 INFORMÁTICA INTERNET EXPLORER 9

ANDRÉ ALENCAR 1 INFORMÁTICA INTERNET EXPLORER 9 ANDRÉ ALENCAR 1 INFORMÁTICA INTERNET EXPLORER 9 1. JANELA PADRÃO Importante: O Internet Explorer não pode ser instalado no Windows XP. 2. INTERFACE MINIMALISTA Seguindo uma tendência já adotada por outros

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA - SC. MICROSOFT OFFICE - EXCEL 2007 Pág.: 1

TRIBUNAL DE JUSTIÇA - SC. MICROSOFT OFFICE - EXCEL 2007 Pág.: 1 EXCEL 2007 O Excel 2007 faz parte do pacote de produtividade Microsoft Office System de 2007, que sucede ao Office 2003. Relativamente à versão anterior (Excel 2003), o novo programa introduz inúmeras

Leia mais

Aula: BrOffice Impress primeira parte

Aula: BrOffice Impress primeira parte Aula: BrOffice Impress primeira parte Objetivos Conhecer as características de um software de apresentação; Saber criar uma apresentação rápida com os recursos de imagem e texto; Saber salvar a apresentação;

Leia mais

SAMUEL SEAP 01-04-2015 INFORMÁTICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339

SAMUEL SEAP 01-04-2015 INFORMÁTICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339 SEAP 01-04-2015 SAMUEL INFORMÁTICA Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional que trás uma melhor performance não apenas em recursos sistêmicos como também nos atrai pelo seu belo visual

Leia mais

INTRODUÇÃO WORKCAD NA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

INTRODUÇÃO WORKCAD NA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO INTRODUÇÃO O WorkCAD é uma ferramenta para criação, edição e impressão de projetos assistidos por computador (CAD - Computer Aided Design) que inclui a criação e gerenciamento de projetos 3D, maquetes

Leia mais

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive Google Drive um sistema de armazenagem de arquivos ligado à sua conta Google e acessível via Internet, desta forma você pode acessar seus arquivos a partir de qualquer dispositivo que tenha acesso à Internet.

Leia mais

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14 Guia do Usuário idocsscan v.2.1.14 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 5 Instalação... 7 Inicializando a aplicação... 12 Barras de acesso e informações... 13 Teclas de atalho... 14 Barra de Ferramentas...

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

Microsoft Power Point 2007

Microsoft Power Point 2007 Microsoft Power Point 2007 Sumário Layout e Design 4 Formatação de Textos 8 Salvando um arquivo do PowerPoint 15 Plano de Fundo 16 Marcadores 18 Réguas e grade 19 Tabelas 20 Gráficos 21 Imagens 22 Smart

Leia mais

O que há de novo no QuarkXPress 2015

O que há de novo no QuarkXPress 2015 O que há de novo no QuarkXPress 2015 CONTEÚDO Conteúdo Novidades do QuarkXPress 2015...3 Novos recursos...4 Aplicativo de 64 bits...4 Variáveis de conteúdo...4 Tabelas alinhadas...5 Notas de rodapé e notas

Leia mais

WINDOWS EXPLORER Pro r f. f. R o R be b rt r o t A n A d n r d a r de d

WINDOWS EXPLORER Pro r f. f. R o R be b rt r o t A n A d n r d a r de d WINDOWS EXPLORER Prof. Roberto Andrade Roteiro desta aula 1. OqueéoWindowsExplorer 2. Acionamento do Windows Explorer 3. Entendendo Unidades, Pastas e Arquivos 4. Ambiente gráfico(janela, Barras e Botões)

Leia mais

Resumão Writer ( Broffice.org)

Resumão Writer ( Broffice.org) Resumão Writer ( Broffice.org) Resumo BrOffice.org Cespe O Broffice.org é um pacote de programas para escritório, do mesmo nível do pacote Microsoft Office. Os dois pacotes trazem programas parecidos e

Leia mais

Brasil. Características da Look 312P. Instalação da Look 312P

Brasil. Características da Look 312P. Instalação da Look 312P Características da Look 312P 1 2 3 Lente Foco manual pelo ajuste da lente. Bolso Você pode colocar o cabo no bolso. Corpo dobrável Ajuste a Look 312P em diferentes posições. Instalação da Look 312P 1.

Leia mais

A Estação da Evolução

A Estação da Evolução Microsoft Excel 2010, o que é isto? Micorsoft Excel é um programa do tipo planilha eletrônica. As planilhas eletrônicas são utilizadas pelas empresas pra a construção e controle onde a função principal

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Manual de Apoio ao Treinamento. Expresso

Manual de Apoio ao Treinamento. Expresso Manual de Apoio ao Treinamento Expresso 1 EXPRESSO MAIL É dividido em algumas partes principais como: Caixa de Entrada: local onde ficam as mensagens recebidas. O número em vermelho entre parênteses refere-se

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

Microsoft Office 2007

Microsoft Office 2007 Produzido pela Microsoft e adaptado pelo Professor Leite Júnior Informática para Concursos Microsoft Office 2007 Conhecendo o Office 2007 Visão Geral Conteúdo do curso Visão geral: A nova aparência dos

Leia mais

POWER POINT 2003 CARREGANDO O POWER POINT

POWER POINT 2003 CARREGANDO O POWER POINT ÍNDICE POWER POINT 2003...2 CARREGANDO O POWER POINT...2 JANELA PRINCIPAL...3 PARTES DA JANELA...3 MENUS DO POWER POINT...4 BARRAS DE FERRAMENTAS...6 BARRA DE FERRAMENTA PADRÃO...6 BARRA DE FERRAMENTA

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Apostilas OBJETIVA - Técnico Judiciário Área Administrativa TRE Tribunal Regional Eleitoral Estado do Maranhão - Concurso Público 2015.

Apostilas OBJETIVA - Técnico Judiciário Área Administrativa TRE Tribunal Regional Eleitoral Estado do Maranhão - Concurso Público 2015. 2º Caderno Índice Planilha eletrônica MS- Excel + exercícios... 02 Computação na Nuvem (cloud computing)... 102 Conceitos de Internet e Intranet + exercícios... 105 Internet Explorer, Firefox e Google

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011

1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011 1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011 1.1- INTRODUÇÃO Este capítulo tem como objetivo principal familiarizar o usuário com a interface do AutoCAD 2011, isto é, a forma com a qual o usuário se comunica com o software

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice Índice Apresentação...2 Barra de Título...2 Barra de Menus...2 Barra de Ferramentas Padrão...2 Barra de Ferramentas de Formatação...3 Barra de Fórmulas e Caixa de Nomes...3 Criando um atalho de teclado

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Office Word 2007 William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO O Word 2007 faz parte do pacote de produtividade Microsoft Office 2007, que sucedeu ao Office 2003. Ao contrário

Leia mais

Capítulo i. visão geral do autocad 2011. Requerimentos do sistema. AutoCAD 2011 32 bits

Capítulo i. visão geral do autocad 2011. Requerimentos do sistema. AutoCAD 2011 32 bits Capítulo i visão geral do autocad 2011 Requerimentos do sistema Para a instalação do AutoCAD 2011 em seu computador é preciso que o mesmo possua os requisitos abaixo detalhados: AutoCAD 2011 32 bits Sistema

Leia mais

BrOffice.org - Impress

BrOffice.org - Impress BrOffice.org Impress 1 BrOffice.org - Impress Programa de apresentação, utilizado para criação e manipulação de slides. Os slides criados para uma eletrônica podem conter texto, gráficos, objetos, formas,

Leia mais

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Use o Google Drive para armazenar e acessar arquivos, pastas e documentos do Google Docs onde quer que você esteja. Quando você altera um arquivo na web, no

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE

MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE P-touch P700 O conteúdo deste manual e as especificações deste produto estão sujeitos a alterações sem prévio aviso. A Brother reserva-se o direito de fazer alterações sem

Leia mais

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010.

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010. 1 Publisher 2010 O Publisher 2010 é uma versão atualizada para o desenvolvimento e manipulação de publicações. Juntamente com ele você irá criar desde cartões de convite, de mensagens, cartazes e calendários.

Leia mais