1.2. O conteúdo programático das provas, as bibliografias e as descrições dos cargos encontramse descritos a seguir:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1.2. O conteúdo programático das provas, as bibliografias e as descrições dos cargos encontramse descritos a seguir:"

Transcrição

1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Publicado no DOU em 30/06/2014 EDITAL Nº 154, DE 25 DE JUNHO DE 2014 O DIRETOR GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS (CEFET-MG), no uso de suas atribuições legais e nos termos da Portaria no- 344, de 26 de setembro de 2013, publicada no DOU de 27 de setembro de 2013, seção 1, pág. 81, e da Portaria MEC nº 1.275, de 27 de dezembro de 2013, publicada no DOU de 30 de dezembro de 2013, seção 1, pág. 91, torna público o conteúdo programático bem como as bibliografias para as provas do concurso público de provas destinado ao provimento de cargos efetivos do Quadro de Pessoal do CEFET-MG, de acordo com o Edital 085/2014, de 27 de março de 2014, publicado no D.O.U. em 28/03/2014, Seção 3, página 30, para as unidades de Araxá, Contagem, Curvelo, Divinópolis, Leopoldina, Nepomuceno, Varginha e Timóteo,, em conformidade com a Lei /05, alterada pela Lei /12, art. 41, Lei 8112/91, de 11 de dezembro de 1990 e suas alterações e Decreto de 21 de agosto de Das Disposições Preliminares 1.1. O Concurso Público de que trata o presente Edital destina-se ao preenchimento de 71 (setenta e uma) vagas no CEFET-MG, unidades de de Araxá, Contagem, Curvelo, Divinópolis, Leopoldina, Nepomuceno, Varginha e Timóteo,, para os cargos da carreira de Técnico Administrativo em Educação, conforme descrito no Edital nº 085/ O conteúdo programático das provas, as bibliografias e as descrições dos cargos encontramse descritos a seguir: PROGRAMA COMUM A TODOS OS CARGOS NÍVEL FUNDAMENTAL PROVA DE PORTUGUÊS 1. Leitura, interpretação e compreensão de textos. 2. Efeitos de sentido. 3. Significado das palavras: sinônimos, antônimos, homônimos e parônimos. 4. Denotação e conotação. 5. Figuras de linguagem. 6. Ortografia. 7. Acentuação gráfica. 8. Divisão silábica. 9. Classes e emprego de palavras. 10. Emprego de tempos e modos verbais. 11. Emprego e colocação de pronomes. 12. Sintaxe. 13. Termos da oração. 14. Concordância nominal e verbal. 15.

2 Regência nominal e verbal. 16. Crase. 17. Período composto por coordenação e subordinação. 18. Relação lógico-semântica entre as orações (conjunções). 19. Pontuação. REDAÇÃO OFICIAL 1. A impessoalidade. 2. A linguagem dos atos e comunicações oficiais. 3. Formalidade e padronização. 4. Concisão e clareza. 5. Concordância e emprego dos pronomes de tratamento. 6. Fechos para comunicações. 7. Identificação do signatário. 8. Padrão ofício: partes do documento; forma de diagramação; aviso e ofício; memorando. 9. Exposição de motivos. 10. Mensagem. 11. Telegrama. 12. Fax. 13. Correio eletrônico. BIBLIOGRAFIA: BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 37. ed. rev. amp. atual. Rio de Janeiro: Lucerna, CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. 48. ed. rev. São Paulo: Nacional, CUNHA, Celso; CINTRA, Luís F. Lindley. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 5. ed. Rio de Janeiro: Lexikon, FIORIN, José Luiz; SAVIOLI, Francisco Platão. Para entender o texto: leitura e redação. 16. ed. São Paulo: Ática, LUFT, Celso Pedro. Novo Guia Ortográfico. 3. ed. reorganizada, rev. e atual. com a nova ortografia. São Paulo: Globo, REDAÇÃO OFICIAL BIBLIOGRAFIA: BRASIL. Presidência da República; MENDES, Gilmar Ferreira; FOSTER JÚNIOR, Nestor José; LEMOS, Carlos Eduardo Cruz de Souza; PEREIRA, Heitor Duprat de Brito; CUNHA, Tarcisio Carlos de Almeida; MARTINATO, João Bosco; ARAÚJO, Rui Ribeiro de; CÉSAR, Luis Fernando Panelli; ARDENGHY, Roberto Furian. Manual de Redação da Presidência da República. 2. ed. Brasília: Presidência da República, Disponível em: gov.br/publicacoes-oficiais- 1/manual-de-redacao-da-presidencia-da-republica/manual-de-redacao-da-presidencia-darepublica/view. Acesso em 25/ 05/ PROVA DE LEGISLAÇÃO 1. Lei nº 8112 de 11 de dezembro de 1990 Dispões sobre regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais: Conceitos (arts.1º ao 4º); Do Provimento, Vacância, Remoção, Redistribuição e Substituição (arts. 5º ao 39); Dos Direitos e Vantagens (arts. 40 a 115); Do Regime Disciplinar (arts. 116 a 142). 2. Decreto nº 1171 de 22 de junho de dispõe sobre ética no serviço público BIBLIOGRAFIA: PORTAL da Legislação. Desenvolvido por: Governo Federal. Apresenta informações acerca de todo material legislativo produzido na história do Brasil: a Constituição, as Leis Federais, Decretos, Estatutos, dentre outros. Disponível em: <http://www4.planalto.gov.br/legislacao>. Acesso em: 20 jun PROVA DE INFORMÁTICA BÁSICA 1. Sistema Operacional Windows XP/seven, 1.1. Noções gerais de operação, 2. Sistema Operacional GNU/Linux, 2.1. Noções gerais de operação na interface gráfica KDE, 3. Ferramentas de Escritório (MS-Office 2007; Libre Office.org 3.x), 3.1 Editor de Texto, Conceitos e comandos de edição de textos e tabelas, 3.2. Planilha Eletrônica, Digitação e edição de dados, construção de fórmulas para cálculos de valores, formatação de dados e gráficos, 4. Internet e Correio Eletrônico, 4.1. Conceitos e serviços relacionados à Internet Explorer, Firefox e chrome, Outlook e Mozilla Thunderbird.

3 BIBLIOGRAFIA: COX,Joyce.Windows 7: Passo a Passo.. Editora: Bookman. 1a. Edição FRAGA, Simone. Windows XP: básico e detalhado. Florianópolis: Visual Books, Castillo, Elaine BellINOMINI / Suriani, Rogerio massaro. Windows Xp, (em Portugues) ÉRICA,MANZANO Joao Carlos N. G. Estudo Dirigido: Windows XP.. Editora Érica. 1a. Edição Silva, Mario Gomes Da Erica Terminologia Basica Windows XP, Office Word 2007 (em Português) KENT, Peter. nternet para leigos: passo a asso. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, INTERNET BASICA Autor: COELHO, PEDRO. Internet Explorer 6 - Fabiano Negrini Editora VISUAL BOOKS. Joyce e PREPPERNAU, Joan. Microsoft Office Powerpoint Passo a Passo.. 1a Edição, Bookman, COX, Joyce e PREPPERNAU, Joan. Microsoft Office Word Cox, Joyce / Preppernau, Joan Bookman Companhia ED Microsoft Office Word 2007 (em Português) (2007.) Maria José Sousa, Sérgio Sousa Microsoft Office 2007,Para Todos Nós - Edição em Português Publicado em editor FCA. WALLCE, Wang. Microsoft Office 2007 para leigos: Alta books 1ª Edição. Passo a Passo -. 1a Edição. BOOKMAN, FRYE, Curtis. Microsoft Office Access a Edição, Senac Editora, LAMBERT III, M. Dow; LAMBERT, Steve, e PREPPERNAU, Joan. Microsoft Office Access a Edição, Bookman, RONCONI, Luciana Moreira. Access a Edição, Senac Editora, Série Microsoft Press. 1a Edição, Bookman, FRYE, Curtis Microsoft Office Excel MANZANO André Luiz N. G. Estudo Dirigido de Microsoft Office Excel Microsoft Office Outlook 2007 Quicksteps Autor: Marttews, Marty. Office Outlook Passo a Passo - Com CD- ROM. Autor: Preppernau - Editora: Artmed. VARGAS, Elton da Silva; PEREIRA, Marcelo Gino. Guia prático: Linux. Santa Cruz do Rio Pardo, SP: Viena, Joyce, Jerry / Moon, Marianne Microsoft Office System 2007 Rápido e Fácil Editora, ARTMED 1ª Edição 2008 Site - libreoffice.org. PROGRAMA COMUM A TODOS OS CARGOS NÍVEL FUNDAMENTAL CARGO DE AUXILIAR DE BIBLIOTECA REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: - ESCOLARIDADE: Fundamental Completo - OUTROS: Experiência de 12 meses (Lei nº /2005-Anexo II) DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Atuar no tratamento, recuperação e disseminação da informação e executar atividades especializadas e administrativas relacionadas à rotina de unidades ou centros de documentação ou informação, quer no atendimento ao usuário, quer na administração do acervo, ou na manutenção de bancos de dados. Colaborar no controle e na conservação de equipamentos. Realizar manutenção do acervo. Participar de treinamentos e programas de atualização. Auxiliar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Utilizar recursos de informática. Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 1. Atuação do auxiliar de biblioteca. 2. Estrutura física e organizacional da biblioteca: noções de serviços e produtos da unidade de informação. 3. Estudo de usuário: noções básicas. 4.

4 História do livro e das bibliotecas: contexto geral. 5. Ordenamento do arranjo físico do acervo: noções básicas. 6. Preservação e conservação do acervo: noções básicas. 7. Processamento técnico: noções básicas de catalogação, classificação e indexação. 8. Introdução à Biblioteconomia: conceitos básicos. 9. Tipos de bibliotecas: noções gerais. 10. Serviços de referência e informação: noções básicas. BIBLIOGRAFIA: ALMEIDA, Maria Christina Barbosa de. Planejamento de bibliotecas e serviços de informação. 2. ed. rev. e ampl. Brasília: Briquet de Lemos, CASSARES, Norma. Como fazer Conservação Preventiva em Arquivos e Bibliotecas. São Paulo: Arquivo do Estado e Imprensa Oficial, 2000 (Projeto Como Fazer, número 5). CRUZ, Anamaria da Costa. Manual de Treinamento de Pessoal para Serviços em Biblioteca. Niterói: Eduff, CUNHA, Murilo Bastos da Cunha. Manual de fontes de informação. Brasília, DF: Briquet de Lemos, FONSECA, Edson Nery da. Introdução a biblioteconomia. 2. ed. São Paulo: Briquet de Lemos, MACIEL, Alba Costa; MENDONÇA, Marília Alvarenga Rocha. Bibliotecas como organizações. Rio de Janeiro: Interciência, PALETTA, Fátima Aparecida Colombo, YAMASHITA, Marina Mayumi. Manual de higienização de livros e documentos encadernados. São Paulo: Hucitec, PALETTA, Fátima Aparecida Colombo; YAMASHITA, Marina Mayumi; PENILHA, Débora Ferrazoli. Manual de higienização de livros e documentos encadernados. São Paulo: Hucitec, PINHEIRO, Ana Virginia. A ordem dos livros na biblioteca: uma abordagem preliminar ao Sistema de Localização Fixa. Rio de Janeiro: Interciência, SILVA, Divina Aparecida da; ARAUJO, Iza Antunes. Auxiliar de biblioteca: técnicas e práticas para formação profissional. 5. ed. Brasília, DF: Thesaurus, SILVA, Divina Aparecida da; ARAUJO, Iza Antunes. Auxiliar de biblioteca: técnicas e práticas para formação profissional. 5. ed. Brasília: Thesaurus, SPINELLI JUNIOR, Jayme. Introdução à conservação de acervos bibliográficos. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, CARGO DE ASSISTENTE DE ALUNOS REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: - ESCOLARIDADE: Médio Completo - OUTROS: Experiência de 06 meses (Lei nº /2005-Anexo II) DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Assistir e orientar os alunos no aspecto de disciplina, lazer, segurança, saúde, pontualidade e higiene, dentro das dependências escolares. Auxiliar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1.Adolescência: características da adolescência; aspectos físicos e psicossociais. 2. Sexualidade: conceitos básicos; educação sexual na escola; postura do educador; prevenção de problemas. 3. Drogas: conceitos; prevenção e abuso; percepção sobre o usuário; modelos de intervenção. 4. Disciplina escolar: conceito; ética e postura profissional; agressividade, limites e violência; autonomia e obediência; a implicação das condutas éticas na consolidação dos valores e o desenvolvimento da responsabilidade humana, institucional e social. 5. Qualidade de vida do adolescente: Cidadania; saúde e lazer. 6. Trabalho em equipe: níveis de interação. BIBLIOGRAFIA: ABRAMOVAY, Miriam; CASTRO, Mary Garcia. Drogas nas escolas: versão resumida. Brasília: UNESCO, Rede Pitágoras, Disponível em: <http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/ue pdf>. BECKER, Daniel. O

5 que é adolescência. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei Federal nº /1990. BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: pluralidade cultural, orientação sexual. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, Disponível em: <http://mecsrv04.mec.gov.br/ sef/estrut2/pcn/pdf/livro102.pdf>. <http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/ me pdf>. BRASIL. Lei Federal nº 9.394, de 20 de novembro de Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm>. Acesso em: 20 jun CARVALHO, Alysson et al. Adolescência. Belo Horizonte: UFMG, CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, CONTINI, Maria de Lourdes Jeffery; KOLLER, Sílvia Helena; BARROS, Monalisa Nascimento dos Santos. Adolescência e Psicologia: Concepções, práticas e reflexões críticas. Conselho Federal de Psicologia. Brasília: Disponível em: <http://portugues.free-ebooks.net/ebook/adolescencia-e- Psicologia-Concepcoes-praticas-e-reflexoes-criticas>. ABRAMOVAY, Miriam; CASTRO, Mary Garcia. Drogas nas escolas: versão resumida. Brasília: UNESCO, Rede Pitágoras, Disponível em: Acesso em 22/09/08. MURAD, José Elias. Drogas: o que é preciso saber. 4º ed. Belo Horizonte: Lê (Coleção Atualidades). TIBA, Içami. Disciplina: o limite na medida certa. 42º ed. São Paulo: Gente, p. PROGRAMA COMUM A TODOS OS CARGOS NÍVEL MÉDIO PROVA DE PORTUGUÊS 1.Linguagem, língua e ideologia (a confluência entre os signos verbais, visuais, auditivos). 2. Noções de texto e discurso: Compreensão e interpretação de textos. Níveis de leitura de um texto. Intertextualidade e interdiscursividade: o diálogo entre textos.textos temáticos e figurativos. 3. Organização do texto e gêneros textuais: Tipos e gêneros textuais.texto literário e texto não literário. Fatores de textualidade: aspectos pragmáticos (conhecimentos partilhados, regras sociais de interação), aspectos semântico-conceituais (explícitos e implícitos, coerência) e aspecto formal (coesão). 4. As variantes lingüísticas: As diversas modalidades de uso da língua. Língua falada e língua escrita: características. 5. Semântica e lexicologia: Campo lexical e campo semântico. A significação das palavras. Denotação e Conotação.Sinonímia, antonímia, homonímia e paronímia. 6. Processos argumentativos: Argumentação consistente e falaciosa. Tipos de argumentos: citação, opinião, analogias, exemplificação, contrastes, temporalidade, dentre outros. 7. Processos de formação de palavras: Neologismos e estrangeirismos. 8. Morfossintaxe: Emprego das classes de palavras. Estruturação e emprego do período simples e do composto. Emprego da regência verbal e nominal. Emprego da concordância verbal e nominal. Colocação pronominal. 9. Estilística: Emprego das figuras de Linguagem. Vícios de linguagem. 10. Emprego dos sinais de pontuação REDAÇÃO OFICIAL 1.Conceito e usos. 2. Mecanismos linguísticos característicos dos textos oficiais: ortografia e gramáticas nas redações oficiais (conforme Novo Acordo Ortográfico). 3. Comunicações oficiais: Padrão ofício; Exposição de Motivos; Mensagem; Telegrama; Correio Eletrônico. 4. Questões fundamentais de Técnica Legislativa BIBLIOGRAFIA: BAGNO, Marcos. Preconceito linguístico: o que é e como se faz. São Paulo: Edições Loyola, BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa:

6 Atualizada pelo Novo Acordo Ortográfico. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova gramática do português contemporâneo: De acordo com a nova ortografia. Rio de Janeiro: Léxikon, EMEDIATO, Wander. A fórmula do texto redação, argumentação e leitura. São Paulo: Geração Editoria, FERNANDES, Francisco. Dicionário de verbos e regimes. 39ª ed. Porto Alegre: Globo, FIORIN, José Luiz. Linguagem e Ideologia. 8ª ed. São Paulo: Ática, FIORIN, José Luiz. Lições de texto, leitura e redação. São Paulo: Ática, GARCIA, Othon Moacyr. Comunicação em Prosa Moderna. 27ª ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, GNERRE, Maurizio. Linguagem, escrita e poder. São Paulo: Martins Fontes, KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. O texto e a construção dos sentidos. 9ª ed. São Paulo: Contexto, KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça; TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Texto e coerência. 12ª ed. São Paulo: Cortez, KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e compreender os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, MARCUSCHI, Luiz Antonio. Da fala para a escrita. 6ª ed. São Paulo: Cortez, MARTINS, Eduardo. Os 300 erros mais comuns da língua portuguesa. São Paulo: BF&A, SILVA, Maurício. O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa: o que muda e o que não muda. São Paulo: Contexto, REDAÇÃO OFICIAL BIBLIOGRAFIA: Brasil. Presidência da República. Manual de redação da Presidência da República/Gilmar Ferreira Mendes e Nestor José Forster Júnior. 2ª. ed. rev. e atual. Brasília: Presidência da República, Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/manual/manual.htm>. Acesso em: 20 jun PROVA DE LEGISLAÇÃO: 1. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, suas alterações e Emendas Constitucionais: Da Administração Pública (arts. 37 a 41). 2. Lei nº 8112 de 11 de dezembro de 1990 Dispões sobre Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais: Conceitos (arts. 1º ao 4º); Do Provimento, Vacância, Remoção, Redistribuição e Substituição (arts. 5º ao 39); Dos Direitos e Vantagens (arts. 40 a 115); e Do Regime Disciplinar (arts. 116 a 142). 3. Decreto nº 1171 de 22 de junho de 1994 e suas alterações - dispõe sobre ética no serviço público. 4.Lei nº de 12 de janeiro de dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico- Administrativos em Educação, no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao Ministério da Educação, e dá outras providências. 5. Lei 8429 de 02 de junho de 1992 e suas alterações Dispõe sobre sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na Administração Pública Direta, Indireta ou Fundacional: Das Disposições Gerais (arts. 1º ao 8º); Dos Atos de Improbidade Administrativa (arts. 9º ao 11); e Da Declaração dos Bens (art. 13). 6. Decreto-Lei 2848 de 07 de dezembro de 1940 e suas alterações: Código Penal Brasileiro: Dos Crimes Praticados por Funcionário Público contra a Administração em Geral (arts. 312 a 327). 7. Lei 8666 de 21 de junho de 1993 e suas alterações Institui normas para licitações e contratos da Administração Pública: Dos Princípios e Definições (arts. 1º ao 6º); Das Obras e Serviços (art. 7º a 12); Dos Serviços Técnicos Profissionais Especializados (art. 13); Das Compras (arts. 14 a 16); Das Alienações (arts. 17 a 19); Modalidades, Limites e Dispensa (arts. 20 a 26); e Dos Contratos (arts. 54 a 59). 8. Lei 9784 de 29 de janeiro de 1999 e suas alterações Regula o Processo Administrativo no âmbito da Administração Pública Federal.

7 BIBLIOGRAFIA: PORTAL da Legislação. Desenvolvido por: Governo Federal. Apresenta informações acerca de todo material legislativo produzido na história do Brasil: a Constituição, as Leis Federais, Decretos, Estatutos, dentre outros. Disponível em: <http://www4.planalto.gov.br/legislacao>. Acesso em: 20 jun PROVA DE INFORMÁTICA BÁSICA (EXCETO PARA OS CARGOS DE TÉCNICO LABORATÓRIO - ÁREA MECÂNICA, TÉCNICO LABORATÓRIO - ÁREA ELETROTÉCNICA, TÉCNICO LABORATÓRIO - ÁREA ELETRÔNICA, TÉCNICO LABORATÓRIO - ÁREA CONSTRUÇÃO CIVIL, TÉCNICO LABORATÓRIO - ÁREA TRANSPORTES, TÉCNICO LABORATÓRIO - ÁREA QUÍMICA, TÉCNICO LABORATÓRIO - ÁREA SANEAMENTO E MEIO AMBIENTE, TÉCNICO LABORATÓRIO - ÁREA INFORMÁTICA E TÉCNICO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO) Alterado pela Retificação n. 01, publicada no DOU em 02/07/2014, Seção 3, página 83 (http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=02/07/2014&jornal=3&pagina=83&totalarquivos=584) 1. Sistema Operacional Windows XP/seven, 1.1. Noções gerais de operação, 2. Sistema Operacional GNU/Linux, 2.1. Noções gerais de operação na interface gráfica KDE, 3. Ferramentas de Escritório (MS-Office 2007; Libre Office.org 3.x), 3.1 Editor de Texto, Conceitos e comandos de edição de textos e tabelas, 3.2. Planilha Eletrônica, Digitação e edição de dados, construção de fórmulas para cálculos de valores, formatação de dados e gráficos, 4. Internet e Correio Eletrônico, 4.1. Conceitos e serviços relacionados à Internet Explorer, Firefox e chrome, Outlook e Mozilla Thunderbird. BIBLIOGRAFIA: COX,Joyce.Windows 7: Passo a Passo.. Editora: Bookman. 1a. Edição FRAGA, Simone. Windows XP: básico e detalhado. Florianópolis: Visual Books, Castillo, Elaine BellINOMINI / Suriani, Rogerio massaro. Windows Xp, (em Portugues) ÉRICA,MANZANO Joao Carlos N. G. Estudo Dirigido: Windows XP.. Editora Érica. 1a. Edição Silva, Mario Gomes Da Erica Terminologia Basica Windows XP, Office Word 2007 (em Português) KENT, Peter. nternet para leigos: passo a asso. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, INTERNET BASICA Autor: COELHO, PEDRO. Internet Explorer 6 - Fabiano Negrini Editora VISUAL BOOKS. Joyce e PREPPERNAU, Joan. Microsoft Office Powerpoint Passo a Passo.. 1a Edição, Bookman, COX, Joyce e PREPPERNAU, Joan. Microsoft Office Word Cox, Joyce / Preppernau, Joan Bookman Companhia ED Microsoft Office Word 2007 (em Português) (2007.) Maria José Sousa, Sérgio Sousa Microsoft Office 2007,Para Todos Nós - Edição em Português Publicado em editor FCA. WALLCE, Wang. Microsoft Office 2007 para leigos: Alta books 1ª Edição. Passo a Passo -. 1a Edição. BOOKMAN, FRYE, Curtis. Microsoft Office Access a Edição, Senac Editora, LAMBERT III, M. Dow; LAMBERT, Steve, e PREPPERNAU, Joan. Microsoft Office Access a Edição, Bookman, RONCONI, Luciana Moreira. Access a Edição, Senac Editora, Série Microsoft Press. 1a Edição, Bookman, FRYE, Curtis Microsoft Office Excel MANZANO André Luiz N. G. Estudo Dirigido de Microsoft Office Excel Microsoft Office Outlook 2007 Quicksteps Autor: Marttews, Marty. Office Outlook Passo a Passo - Com CD- ROM. Autor: Preppernau - Editora: Artmed. VARGAS, Elton da Silva; PEREIRA, Marcelo Gino. Guia prático: Linux. Santa Cruz do Rio Pardo, SP: Viena, Joyce, Jerry / Moon, Marianne Microsoft Office System 2007 Rápido e Fácil Editora, ARTMED 1ª Edição 2008 Site - libreoffice.org.

8 PROGRAMA DAS PROVAS DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO CARGO DE ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: - ESCOLARIDADE: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + experiência - OUTROS: Experiência de 12 meses (Lei nº /2005-Anexo II) DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Dar suporte administrativo e técnico nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; atender usuários, fornecendo e recebendo informações; tratar de documentos variados, cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos; preparar relatórios e planilhas; executar serviços áreas de escritório. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 1. Teoria Geral da Administração: Introdução à Administração; Fundamentos do Planejamento e da Organização; Influencia e Comunicação; Significado da Administração; Papel dos Gerentes; Enfoque Comportamental na Administração; Motivação; Liderança; Administração Participativa; Ética e Responsabilidade Social; Cultura Organizacional; Seleção e Implementação de Estratégias; Controle. 2. Logística e Suprimentos: Estratégia de Estoques; Decisões Sobre Política de Estoques; Decisões de Compras e de Programação de Suprimentos; Organização da Cadeia de Suprimentos/Logística. 3. Marketing: Marketing para o século XXI; Desenvolvimento de estratégias e planos de marketing; Análise dos Mercados Organizacionais. 4. Planejamento Estratégico: Princípios, Filosofias, Partes e Tipos do Planejamento Estratégico; Processo do Planejamento Estratégico; Componentes do Diagnóstico Estratégico; Missão e Propósitos da Empresa; Cenários; Tipos de Estratégias Empresariais. 5. Orçamento Público: Evolução Conceitual do Orçamento Público; Princípios Orçamentários e sua Validade; Sistema e Processo Orçamentário; Leis Orçamentárias: PPA, LDO, LOA; Execução Orçamentária e Financeira. 6. Gestão de Pessoas: Planejamento Estratégico de Gestão de Pessoas; Recrutamento e Seleção; Avaliação de Desempenho; Treinamento; Desenvolvimento de Pessoas e de Organizações; Higiene, Segurança e Qualidade de Vida; Banco de Dados e Sistemas de Informações de Gestão de Pessoas. 7. Gestão da qualidade: Referenciais da Gestão da Qualidade, Conceitos, Métodos e Estruturas da Gestão da Qualidade Consagrados pela Prática; Processos Gerenciais; Processos da Gestão da Qualidade e da Qualidade Total; Gestão da Qualidade no Serviço Público; 8. Administração Financeira: Função de Administração Financeira; Índices de Liquidez, de Atividade, de Endividamento e de Rentabilidade; Risco e Retorno; Valor do Dinheiro no Tempo; Decisões Financeiras de Curto Prazo; 9. Compras e Contratações Públicas: Normas para licitações e contratos da Administração; Pregão presencial e Pregão Eletrônico; Sistema de Registro de Preços; Tratamento diferenciado e favorecido a ser dispensado às ME/EPP no âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. BIBLIOGRAFIA: BRASIL. Lei n , de 21 de junho de Regulamenta o artigo 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da administração pública e dá outras providências. BRASIL. Decreto nº 5.450, de 31 de maio de Regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. BRASIL. Lei nº , de 17 de julho de Institui, no âmbito

9 da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. BRASIL. Lei complementar nº 123, de 14 de dezembro de Institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte. BRASIL. Decreto nº 7.892, de23 de janeiro de Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de BRASIL. Decreto nº 8.250, de 23 de maio de Altera o Decreto nº 7.892, de 23 de janeiro de 2013, que regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Teoria geral da administração: Da Revolução Urbana à Revolução Digital 6a. edição. São Paulo: Atlas, GIACOMONI, James. Orçamento público. 15. Edição ampliada, revista e atualizada. São Paulo: Editora Atlas S.A., GITMAN, Lawrence Jeffrey. Princípios de administração financeira. 10ºEdição / Lawrence Jeffrey Gitman; tradução técnica Antonio Zoratto Sanvicente São Paulo: Pearson - Addison Wesley, KOTLER, Philip. Administração de Marketing: a edição do novo milênio; tradução Bazán Tecnologia e Linguística. Revisão técnica Arão Sapio. São Paulo Prentice Hall, PALADINI, Edson Pacheco. Gestão da Qualidade Teoria e Prática,2º Edição, São Paulo, Editora Atlas S.A., OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Planejamento Estratégico: conceitos, metodologia e práticas. 22º Edição - São Paulo: Atlas, CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Pessoas. 3º Edição, Totalmente Revista e Atualizada. Rio de Janeiro: Elsevier, CERTO, Samuel C. Administração Moderna. Tradução: Maria Lúcia G. L. Rosa e Ludmilla Teixeira Lima; revisão técnica José Antonio Dermengi Rios - 9º Edição São Paulo: Pearson - Prentice Hall BALLOU, Ronald H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos / Logística Empresarial. Tradução: Raul Rubenich; consultoria, supervisão e revisão técnica: Rogério Bañolas 5º Edição São Paulo: Editora Bookman OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Planejamento Estratégico: conceitos, metodologia e práticas. 22º Edição - São Paulo: Atlas, CARGO DE TÉCNICO DE LABORATÓRIO-ÁREA/CONSTRUÇÃO CIVIL REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: - ESCOLARIDADE: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Executar trabalhos técnico de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: PARTE MATERIAIS 1. Aglomerantes ensaios. 2. cimento portland ensaios. 3. -agregados para concreto ensaios.4.concreto: aditivos, dosagem, preparo, transporte e lançamento, propriedades do concreto fresco, propriedades do concreto endurecido e ensaios. 5. materiais cerâmicos ensaios. 6. aço para concreto ensaios. PARTE SOLOS 1. INTRODUÇÃO A MECÂNICA DOS SOLOS: Formação e evolução da mecânica dos solos; Definição e objetivos da Mecânica dos Solos; Vinculação da Mecânica dos Solos com as demais ciências; 2. TEXTURA E ESTRUTURA DOS SOLOS: Natureza, forma e dimensões das partículas: análise granulométrica, representação gráfica, designação de frações conforme as normas; Estrutura dos solos: macro e micro estruturas, floculação e

10 dispersão, sensibilidade, amolgamento e tixotropia. 3. PLASTICIDADE E CONSISTÊNCIA DOS SOLOS: Conceitos pertinentes a plasticidade; Limites de consistência e índice de plasticidade; Índice de consistência; Atividade; 4. CARACTERIZAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DOS SOLOS: Objetivos da caraterização e classificação geotécnica; Principais sistemas de classificação de solos. Classificação de solos tropicais; 5. INDICES FÍSICOS: Fases: sólido-água-ar; Tipos e formas que a água se apresenta no solo; Massas específicas; Relações entre massas e volumes. 6. COMPACTAÇÃO: Aspectos gerais; Métodos de compactação, equipamentos, processos e controle; CBR. 7. PERMEABILIDADE: Conceito; Lei de Darcy; Fatores que influenciam na determinação do coeficiente de permeabilidade; Ensaios de campo e laboratório; 8. INTRODUÇÃO A RESISTÊNCIA AO CISALHAMENTO. Noções de atrito entre sólidos; Atrito e coesão, solos granulares, puramente coesivos e mistos; Critérios de Mohr-Coulomb; Métodos de ensaio de cisalhamento em laboratório: triaxial, cisalhamento direto e compressão simples; 9. EXPLORAÇÃO DO SUBSOLO E AMOSTRAGEM: Sondagens a trado e abertura de poços de exploração; Sondagem de simples reconhecimento (SPT); Coleta de amostras indeformadas; 10. ENSAIOS DE LABORATÓRIO: Determinação do teor de umidade e massa específica das partículas sólidas (picnômetro); Análise granulométrica: peneiramento e sedimentação; Determinação de limites de consistência: LL e LP; Ensaio de compactação; Ensaio de CBR; Ensaios de permeabilidade de carga constante e variável: laboratório e campo; Determinação da massa específica aparente e umidade de campo; Ensaios de cisalhamento: compressão simples, cisalhamento direto e triaxial. BIBLIOGRAFIA: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 12821/ Preparação de concreto em laboratório. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 67/ Concreto determinação da consistência pelo abatimento do tronco de cone. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 5739/ Concreto ensaio de compressão de corpos de prova cilíndricos. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7680/ Concreto extração, preparo e ensaio de testemunhos de concreto. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7722/ Concreto e argamassa determinação da resistência à tração por compressão diametral de corpos de prova cilíndricos. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 8522/ Concreto determinação do módulo estático de elasticidade à compressão. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 12142/ Concreto determinação da resistência à tração na flexão de corpos de prova prismáticos. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 8953/ Concreto para fins estruturais classificação pela massa específica, por grupos de resistência e consistência. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7480/ Aço destinado a armadura para estruturas de concreto armado especificações. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 8548/ Barras de aço destinado a armadura para concreto armado com emenda mecânica ou por solda determinação da resistência à tração método de ensaio. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 6892/ Materiais metálicos ensaio de tração Parte 1: método de ensaio à temperatura ambiente. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7480/ Aço destinado a armadura para estruturas de concreto armado especificações. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR / Componentes cerâmicos Parte 1: blocos cerâmicos para alvenaria de vedação terminologia e requisitos. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR / Componentes cerâmicos Parte 2: blocos cerâmicos para alvenaria estrutural terminologia e requisitos. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR

11 3/ Componentes cerâmicos Parte 3: blocos cerâmicos para alvenaria estrutural e de vedação métodos de ensaio. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 23/ Cimento Portland e outros materiais em pó determinação da massa específica. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7215/ Versão corrigida cimento Portland determinação da resistência à compressão. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 5732/ Cimento Portland comum especificações. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 65/ Cimento Portland determinação do tempo de pega. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 11579/ Cimento Portland determinação do índice de finura por meio da peneira 75 µm (n 200). ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 248/ Agregados determinação da composição granulométrica. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 9936/ Agregados determinação do teor de partículas livres método de ensaio. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 9938/ Agregados determinação da resistência ao esmagamento de agregados graúdos - método de ensaio. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7218/ Agregados determinação do teor de argila em torrões e materiais friáveis. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 6467/ Errata 1: Agregados para concreto - determinação do inchamento em agregado miúdo método de ensaio. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7211/ Agregados para concreto especificação. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 45/ Agregados determinação da massa unitária e do volume de vazios. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 46/ Agregados determinação do material fino que passa através da peneira 75 µm, por lavagem. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 27/ Agregados redução da amostra de campo para ensaios de laboratório. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 52/ Agregado miúdo determinação da massa específica e massa específica aparente. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 53/ Agregados graúdos determinação da massa específica e massa específica aparente. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7809/ Versão corrigida agregado graúdo determinação do índice de forma pelo método do paquímetro método de ensaio. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 30/ agregado miúdo determinação da absorção de água. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 51/ Agregado graúdo ensaio de absorção Los Angeles. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR NM 26/ Agregados amostragem. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 13276/ Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos preparo da mistura e determinação do índice de consistência. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 13279/ Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos determinação da resistência à tração na flexão e à compressão. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 6457/1986. Amostras de solo Preparação para ensaios de compactação e ensaios de caracterização. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 6458/1984 Versão corrigida: Grãos de pedregulhos retidos na peneira 4,8 mm Determinação da massa específica, da massa específica aparente e da absorção de água. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 6459/1984. Solo Determinação do limite de liquidez. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR

12 6484/2001. Solo Sondagens de simples reconhecimento com SPT Procedimento. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 6502/1995. Rochas e solos. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 6508/1984. Grãos de solos que passam na peneira de 4,8 mm Determinação da massa específica. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7180/1984 Versão corrigida: Solo Determinação do limite de plasticidade. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7181/1984 Versão corrigida: Solo Análise granulométrica. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 7182/1986 Versão corrigida: Solo Ensaio de compactação. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 6813/1987. Solo Determinação da massa específica aparente in situ, com emprego de cilindro de cravação Método de ensaio. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 9895/1987. Solo Índice de suporte Califórnia Método de ensaio. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 12770/1992. Solo coesivo Determinação da resistência à compressão não confinada Método de ensaio. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 13292/1995. Determinação do coeficiente de permeabilidade de solos granulares a carga constante. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 14545/2000. Determinação do coeficiente de permeabilidade de solos argilosos a carga variável. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. BAUER, L. A. Falcão. Materiais de Construção. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC v. CRAIG, R. F. Mecânica dos solos. 7. ed. Rio de Janeiro: LTC, DAS, Braja M. Fundamentos de engenharia geotécnica. São Paulo: Thomson Pioneira PINTO, Carlos de Sousa. Curso básico de mecânica dos solos: com exercícios resolvidos em 16 aulas. 3. ed. São Paulo: Oficina de Textos, STANCAT, G.; NOGUEIRA, J. B.; VILAR, O. M. Ensaios de laboratório em mecânica dos solos. São Carlos: Departamento de Geotecnia, EESC/USP. Publicação 050/ CARGO DE TÉCNICO DE LABORATÓRIO-ÁREA/MECÂNICA REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: - ESCOLARIDADE: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Executar trabalhos técnico de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 1. DESENHO GEOMÉTRICO, DESENHO MECÂNICO E DESENHO ASSISTIDO POR COMPUTADOR: Desenho geométrico aplicado na elaboração do desenho mecânico, projeção ortogonal (3 vistas), perspectivas isométricas e cavaleira, secções e vistas especiais, elaboração de desenho assistido por computador (AUTOCAD/SOLIDWORKS), leitura e interpretação de desenhos mecânicos (componentes e conjuntos). 2. COMANDOS ELETRICOS E CONTROLADORES LÓGICOS PROGRAMÁVEIS: Fundamentos de eletroeletrônica, equipamentos de indução eletromagnética, instrumentos de medidas (técnicas de utilização e medição), dispositivos de acionamento, proteção, sinalização e temporização. Principais tipos e aplicações de comandos elétricos. Funcionamento, vantagens e aplicações dos controladores lógicos programáveis. 3. ELEMENTOS DE MÁQUINAS E MECANISMOS: Parafusos, porcas, tipos de roscas e arruelas, eixos e árvores, anéis elásticos, chavetas, buchas, mancais, transmissão por correias, transmissão por engrenagens, cabos de

13 aço, elementos de vedação, redutores (tipos e aplicações), rolamentos (tipos e aplicações). 4. GESTÃO DA QUALIDADE: Metodologias e ferramentas básicas da qualidade, estatística básica aplicada ao controle do processo produtivo, descrição e padronização de processos. 5. MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS: Classificação e gestão da manutenção (condições básicas para realização/implementação, aplicabilidade, vantagens e limitações de cada tipo de manutenção), noções fundamentais de lubrificação, movimentação de cargas, instalação de máquinas, conservação e cuidados na intervenção em equipamentos mecânicos. 6. MÁQUINAS TÉRMICAS E DE FLUXO: Princípios de funcionamento de: sistemas de aquecimento (caldeiras e motores endotérmicos), bombas e instalações de bombeamento e refrigeração e instalações de ar condicionado. 7. MECANICA TÉCNICA e RESISTENCIA DOS MATERIAIS: Revisão de trigonometria, centro de gravidade, momento de inércia, estática, tração e compressão, cisalhamento, torção simples, esforço cortante e momento fletor, flexão pura, cálculos e dimensionamento. 8. METROLOGIA: Sistemas de medição, conversão de unidades (sistema internacional e sistema inglês), instrumentos (técnicas de utilização e medição), tolerâncias de fabricação, rugosidade, controle dimensional de componentes e conjuntos mecânicos. 9. PROCESSOS DE FABRICAÇÃO: Fundição, soldagem, conformação mecânica (planificação e caldeiraria), usinagem convencional, usinagem assistida por computador, características dos processos, aspectos produtivos e detalhes da fabricação de componentes metálicos. 10. COMANDOS ÓLEO-HIDRAÚLICOS E COMANDOS PNEUMATICOS: Circuitos óleo hidráulicos fundamentais, componentes hidráulicos (funções, características e simbologia), análise de circuitos hidráulicos, circuitos pneumáticos, componentes pneumáticos (funções, características e simbologia), análise de circuitos pneumáticos. Ar comprimido geração e distribuição. 11. TECNOLOGIA DOS MATERIAIS: Propriedades dos materiais (tecnológicas e mecânicas), metais ferrosos e não ferrosos (principais ligas, propriedades e aplicações), tratamentos térmicos, metalografia, ensaios destrutivos e ensaios não Destrutivos (conceitos, parâmetros fundamentais, aplicações e análise de resultados). BIBLIOGRAFIA: ARAUJO, Etevaldo. Curso técnico de caldeiraria: tecnologia mecânica. 2. ed. Curitiba: Hemus, BALBINOT, Alexandre; BRUSAMARELLO, Valner João. Instrumentação e fundamentos de medidas. Rio de Janeiro: LTC - Livros Técnicos e Científicos, v. CHIAVERINI, Vicente. Aços e ferros fundidos: características gerais, tratamentos térmicos, principais tipos. 7. ed., ampl. e rev. São Paulo: ABM, CHIAVERINI, Vicente. Tecnologia mecânica. 2a ed. São Paulo: McGraw- Hill, v. COLPAERT, Hubertus. Metalografia dos produtos siderúrgicos comuns. 4. ed., rev. e atual. São Paulo: Edgard Blucher, CUNHA, Lamartine Bezerra da. Elementos de máquinas. Rio de Janeiro: LTC, DRAPINSKI, Janusz. Manutenção mecânica básica: Manual prático de oficina. São Paulo: MacGraw-Hill, FERRARESI, Dino. Fundamentos da usinagem dos metais. São Paulo: Edgard Blücher, FESTO DIDACTIC. H511 - Introdução à Hidráulica. São Paulo: FESTO DIDACTIC. P111 - Introdução à Pneumática Industrial. São Paulo, FIALHO, Arivelto Bustamante. Instrumentação industrial: conceitos, aplicações e análises. 6. ed. São Paulo: Érica, FILHO, Arivelto Bustamante. Instalações Elétricas Industriais. 8. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora, FRANCHI, C. M. Acionamentos Elétricos. Editora: Érica. 4ª Edição. São Paulo, FRENCH, Thomas Ewing, VIERCK, Charles. Desenho técnico e tecnologia gráfica. 8. ed. São Paulo: Globo, GARCIA, Amauri; SPIM, Jaime Álvares; SANTOS, Carlos Alexandre dos. Ensaios dos materiais. Rio de Janeiro: LTC, GONÇALVES JUNIOR, Armando Albertozzi; SOUSA, André Roberto de. Fundamentos de metrologia científica e industrial. Barueri, SP: Manole, LIRA, Francisco Adval de. Metrologia na indústria. 3. ed. São Paulo: Érica, LUZ, José Raimundo da. Elementos orgânicos de máquinas: transmissão de potência

14 e movimentos. Belo Horizonte: FUMARC, MACHADO, Alisson Rocha; ABRÃO, Alexandre Mendes; COELHO, Reginaldo Teixeira; SILVA, Marcio Bacci da. Teoria da usinagem dos materiais. São Paulo: Editora Blucher, MANFE, Giovanni; POZZA, Rino; SCARATO, Giovani. Desenho técnico mecânico: curso completo para as escolas técnicas e ciclo básico das faculdades de engenharia. São Paulo: Hemus, v. MARRETO, Vandir. Elementos básicos de caldeiraria. 10. ed. São Paulo: Hemus, MELCONIAN, Sarkis. Elementos de máquinas. 10. ed. São Paulo: Érica, MELCONIAN, Sarkis. Mecânica técnica e resistência dos materiais. 18. ed. São Paulo: Érica, NIEMANN, Gustav. Elementos de máquinas. São Paulo: Edgard Blücher, v. NOVASKI Olivio. Introdução à Engenharia de Fabricação Mecânica. 2. ed. São Paulo: Edgard Blücher, PEREIRA, Mário Jorge da Silva. Engenharia de manutenção: teoria e pratica. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, PEREIRA, Mário Jorge da Silva. Técnicas avançadas de manutenção. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, PROVENZA, Francesco. Projetista de Máquinas. São Paulo: PROTEC, SANTOS, Winderson Eugenio dos. Curso técnico em eletrotécnica: Controladores lógicos programáveis. Curitiba: Base Didáticos, SOUZA, Sérgio Augusto. Ensaios Mecânicos de Materiais Metálicos. São Paulo. Editora Edgard Blücher STOECKER, Wilbert F.; SAIZ JABARDO, J. M. Refrigeração industrial. 2. ed. São Paulo: Blücher, TIMOSHENKO, Stephen. Resistência dos materiais. Rio de Janeiro: LTC, v. VILLANUELVA Antonio Olave. Traçado prático de desenvolvimentos em caldeiraria: desenvolvimento simples de caldeiraria, desenvolvimentos, normais de caldeiraria, desenvolvimento de caldeiraria por triangulação. São Paulo: Hemus,1975. WERKEMA, Maria Cristina Catarino. Ferramentas estatísticas básicas para o gerenciamento de processos. Belo Horizonte: Werkema, CARGO DE TÉCNICO DE LABORATÓRIO-ÁREA/ELETRÔNICA REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: - ESCOLARIDADE: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Executar trabalhos técnico de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: Padrões elétricos e convenções, lei de Ohm e potência elétrica, condutância. Circuitos em corrente contínua: leis, métodos e teoremas aplicados na análise de circuitos, capacitores, indutores, circuitos de primeira ordem, transitórios RL e RC. Circuitos em corrente alternada: leis, métodos e teoremas aplicados na análise de circuitos em regime permanente, resposta em frequência, filtros e ressonância, potencia ativa, reativa e aparente, correção de fator de potencia, transformadores, sistema trifásico, sistema trifásico com carga equilibrada e desequilibrada, potencia em sistemas trifásicos. Princípios básicos de funcionamento de máquinas elétricas (indução, síncronas e de corrente contínua). Diodos, transistores bipolares (BJT), JFET e MOSFET. Amplificadores de pequenos sinais com BJT, JFET e MOSFET e amplificadores de potencia com BJT. Amplificadores operacionais (AOP), circuitos lineares e não lineares com AOP. Osciladores e temporizadores. Dispositivos semicondutores de potência: tiristores, diodos, transistores bipolar, MOSFET, IGBT. Retificadores de potência. Conversores c.c.-c.c. isolados e não isolados. Controle de potência em c.a. gradadores. Inversores de potência transistorizados. Acionamento da máquina c.c. com conversores estáticos de potência. Portas lógicas com diodos e transistores, circuitos lógicos

15 combinacionais e seqüenciais. Saídas lógicas Totem-pole, coletor aberto, e tri-state. Parâmetros elétricos de circuitos digitais: corrente de entrada, corrente de saída, limiares dos níveis lógicos, etc.. Sistemas de numeração binário e hexadecimal, aritimética binária. BIBLIOGRAFIA: AHMED, Ashfaq. Eletrônica de potência. São Paulo: Pearson Education do Brasil, BOYLESTAD, Robert L. Introdução à análise de circuitos. 12. ed. São Paulo: Prentice Hall, GUSSOW, Milton. Eletricidade básica. 2. ed. São Paulo: Pearson Makron Books, HART, Daniel W. Eletrônica de Potência - análise e projetos de circuitos, Porto Alegre: McGraw-Hill, IDOETA, Ivan V.; CAPUANO, Francisco G. Elementos de eletrônica digital. 38. ed. São Paulo: Erica, MALVINO, Albert Paul; BATES, David J. Eletrônica. 7. ed. São Paulo: McGraw-Hill, v. MALVINO, Albert Paul; LEACH, Donald P. Eletrônica digital: princípios e aplicações. São Paulo: McGraw-Hill, v. O'MALLEY, John R. Análise de circuitos. 2. ed. São Paulo: Makron Books, TOCCI, Ronald J.; WIDMER, Neal S.; MOSS, Gregory L. Sistemas digitais: princípios e aplicações. 10.e d. São Paulo: Prentice Hall, CARGO DE TÉCNICO DE LABORATÓRIO-ÁREA/QUÍMICA REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: - ESCOLARIDADE: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Executar trabalhos técnico de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 1. PROPRIEDADES DOS MATERIAIS: Mudanças de estado físico: variação de energia e variação do estado de agregação das partículas; Temperatura de fusão e temperatura de ebulição; Densidade; Solubilidade; Sistemas homogêneos e sistemas heterogêneos; Fracionamento de misturas. 2. CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS QUÍMICOS: Construção da Tabela Periódica e configuração eletrônica; Propriedades periódicas. 3. LIGAÇÕES QUÍMICAS: Ligação metálica; Ligação iônica; Ligação covalente normal e ligação covalente coordenada; polaridade das ligações covalentes; Polaridade de moléculas e interações intermoleculares. 4. TEORIA ÁCIDO BASE: Conceito de ácido e base de Arrhenius; Conceito de ácido e base de Bronsted-Lowry; Constante de acidez e basicidade; ph: conceito, escala e aplicações; Indicadores ácido-base; Solução-tampão: discussão qualitativa e cálculos. 5. FUNÇÕES INORGÂNICAS CONCEITOS, NOTAÇÃO, NOMENCLATURA, ESTRUTURA E REATIVIDADE: Óxidos, peróxidos e superóxidos; Hidróxidos; Ácidos, hidrácidos e oxiácidos; Sais. 6. REAÇÕES QUÍMICAS CLASSIFICAÇÃO: Reação de síntese; Reação de decomposição; Reação de deslocamento; Reação de dupla troca. 7. OXIDAÇÃO E REDUÇÃO: Estados de oxidação e número de oxidação; Substâncias oxidantes e substâncias redutoras; Reações de oxi-redução; Balanceamento de equações. 8. CÁLCULOS QUÍMICOS: Massa atômica definição e unidade; Massa de moléculas e de íons; Fórmula mínima, fórmula percentual e fórmula molecular; Cálculos estequiométricos. 9. SOLUÇÕES: Conceitos e tipos de soluções; Concentração em soluções percentual, em partes por milhão, em partes por bilhão e em mol L -1; Diluição de soluções; Misturas de soluções;. 10. TERMOQUÍMICA: Conceito de entalpia; Variações de entalpia nas reações químicas; Lei de Hess. 11. EQUILÍBRIO QUÍMICO: Conceito de equilíbrio químico; Constante de equilíbrio e determinação experimental de constante de equilíbrio; Deslocamento de equilíbrio químico; Equilíbrio

16 iônico da água; Equilíbrio de solubilidade; Hidrólise dos sais. 12. ELETROQUÍMICA: Leis da eletroquímica; Pilhas; variação do potencial de uma pilha; Eletrólise. 13. QUÍMICA ORGÂNICA: Estrutura e propriedades de moléculas orgânicas; Orbitais atômicos e ligações químicas; Hibridação; Fórmulas estruturais e isomeria constitucional; Polaridade das ligações covalentes e das moléculas; Propriedades físicas e forças intermoleculares; Classes, nomenclatura e propriedades dos compostos orgânicos; Estereoquímica. 14. QUÍMICA ANALÍTICA: Análise química qualitativa inorgânica; Análise química quantitativa; Análise gravimétrica; Análise volumétrica volumetria de neutralização, precipitação, oxi-redução e de complexação; Espectrometria de absorção molecular na região do UV/Vis; Espectrometria de absorção atômica; Espectrometria de emissão atômica; Potenciometria; Expressão de resultados experimentais. 15. SEGURANÇA EM LABORATÓRIO: Procedimentos especiais no manuseio e estocagem de produtos tóxicos, líquidos inflamáveis, altamente reativos e gases comprimidos; Noções de incêndio; Tipos de extintores; Regras básicas em caso de incêndio em laboratório; Organização de almoxarifado de produtos químicos; Regras gerais de segurança no laboratório. 16. IDENTIFICAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE VIDRARIAS, EQUIPAMENTOS E INSTRUMENTOS DE LABORATÓRIOS QUÍMICOS. BIBLIOGRAFIA: BARBOSA, Luiz Claudio de Almeida. Introdução à química orgânica. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, GOLGHER, Marcos. Segurança em laboratório. 2. ed. Belo Horizonte: CRQ, RUSSELL, John B. Química Geral. 2. ed. São Paulo: Pearson Makron Books, v. RUSSELL, John B. Química Geral. 2. ed. São Paulo: Pearson Makron Books, v. SKOOG, D. A.; WEST, D. M.; HOLLER, F. J.; CROUCH, S. R. Fundamentos de Química Analítica. 8. ed. São Paulo: Thompson Learning, CARGO DE TÉCNICO LABORATÓRIO-ÁREA INFORMÁTICA REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: ESCOLARIDADE: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 1.Noções de programação 1.1. Lógica 1.2. Algoritmos e estrutura de dados 1.3. Programação orientada a objetos 1.4. Linguagem de programação: Java SE 2. Banco de dados 2.1. Teoria de SGBDs 2.2. Modelo entidade-relacionamento 2.3. Linguagem SQL 3. Conhecimentos básicos de hardware 3.1. Computadores, seus componentes e periféricos 3.2. Noções de funcionamento do computador e dos seus periféricos 3.3. Tecnologias de conectividade de periféricos 3.4. Tecnologias de armazenamento de dados 4. Redes de computadores 4.1. Topologias 4.2. Modelos de referência ISO/OSI e TCP/IP 4.3. Protocolos IP v4/v Protocolos TCP e UDP 4.5. Protocolos da camada de enlace 4.6. Passivos e Ativos de rede 4.7. Cabeamento estruturado 4.8. Redes sem fio (IEEE ) 4.9. Qualidade de Serviço (QoS) Conceitos de roteamento estático e dinâmico 5. Noções de Segurança da informação 5.1. Objetivo, termos e definições 5.2. Política de segurança da informação 5.3. Segurança física e do ambiente 5.4. Monitoramento 5.5. Controle de acesso 5.6. Gestão de incidentes de segurança da informação 5.7. Softwares maliciosos: virus, spyware, rootkit, etc 5.8. Certificação digital 5.9. Conceitos de criptografia 6. Sistema Operacional Windows (Versões XP e 7) 6.1. Administração, configuração e atualização do sistema 6.2. Configurações de rede com e sem fio 6.3. Instalação de dispositivos e drivers 6.4. Verificação

17 e implementação de rotinas de backup/restauração 6.5. Gerenciamento de contas de usuário e permissões de arquivos 6.6. Manipulação do sistema de arquivos 6.7. Ferramentas do Painel de Controle 6.8. Instalação, configuração e atualização de programas 6.9. Monitoramento de discos, compartilhamentos de arquivos, pastas e impressoras Sistema antivírus Suporte a usuários 7. Ferramentas de Escritório 7.1. Pacote Microsoft Office 2007 e 2010 (Word, Excel, PowerPoint) 7.2. Pacote LibreOffice 4.2 (Writer, Calc, Impress) 8. Sistema Operacional GNU/Linux (Debian 7 e Ubuntu 14.04) 8.1. Kernel 8.2. Comandos e operação básica em linha de comando 8.3. Noções de shell script 8.4. Agendamento de tarefas 8.5. Gerência de arquivos, diretórios e sistemas de arquivos 8.6. RAID 8.7. LVM 8.8. Gerenciamento de memória, processamento e E/S 8.9. Gerenciamento de rede e hardware Gerenciamento de usuários e grupos Configurações de rede com e sem fio Compactadores de arquivos Ambientes gráficos Configurações de rede e serviços Endereçamento IP v4/v Roteamento Apache Firewall Iptables OpenLDAP OpenSSH Correio eletrônico Compartilhamento de arquivos e impressoras com SAMBA Ferramentas de diagnóstico de rede: Wireshark/Tshark, MRTG, Nagios e NetSNMP Instalação, atualização e gerenciamento de pacotes: ferramentas apt, aptitude e dpkg 9. Ferramentas e técnicas de virtualização 9.1. Modelos de virtualização 9.2. Xen BIBLIOGRAFIA: ASCENCIO, Ana Fernanda Gomes; CAMPOS, Edilene Aparecida Veneruchi de. Fundamentos da programação de computadores: algoritmos, pascal, C/C++ e Java. 2. ed. São Paulo: Prentice Hall, p. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Tecnologia da informação - Técnicas de segurança - Código de pratica para a gestão da segurança da informação. NBR ISO/IEC 27002:2005. Rio de Janeiro, BRITO, Samuel Henrique Bucke. IPv6 - O Novo Protocolo da Internet. São Paulo: Novatec, p. CANONICAL LTD.. Official ubuntu documentation Disponível em: <https://help.ubuntu.com/>. Acesso em: 25 jun CARTER, Gerald. LDAP Administração de Sistemas. Rio de Janeiro: Alta Books, p. COSTA, Rogério Luis de Carvalho. SQL: guia prático. 2 ed. Rio de Janeiro: Brasport, p. DEBIAN PROJECT. Debian: documentação Disponível em: <http://www.debian.org/doc/>. Acesso em: 25 jun DEITEL, Harvey M.; DEITEL, Paul J. Java: como programar. 6. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, p. FILHO, João Eriberto M. Descobrindo o Linux. 1. ed. São Paulo: Novatec, p. HUNT, Craig. Linux: servidores de rede. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, p. JAMIL, George Leal; GOUVÊA, Bernado Andrade. Linux para profissionais: do básico à conexão em redes. Rio de Janeiro: Axcel Books, p. KORTH, Henry F. Sistema de Banco de Dados. 3. ed, São Paulo: Makron, p. KUROSE, James F.; ROSS, Keith W. Redes de Computadores e a Internet - Uma Abordagem Top-down. 5. ed. Pearson Education. LINUX DOCUMENTATION PROJECT. The linux documentation project Disponível em: <http://www.tldp.org/>. Acesso em: 25 jun LINUX KERNEL ORGANIZATION. Linux kernel documentation Disponível em: <https://www.kernel.org/doc/>. Acesso em: 25 jun LOPES, Raquel V.; SAUVÉ, Jacques Philippe, NICOLLETTI, Pedro S. Melhores práticas para a gerência de redes de computadores. Rio de Janeiro: Campus, MANZANO, André Luiz Navarro Garcia. Estudo dirigido de Microsoft Windows 7 Ultimate. São Paulo: Érica, p. MANZANO, André Luiz Navarro Garcia; MANZANO, João Carlos Navarro Garcia. Estudo dirigido de Windows XP. 8. ed. São Paulo: Érica, p. MATHEWS, Jeanna N; DOW, Eli M. Executando o Xen: um guia prático para a arte da virtualização. Rio de Janeiro: Alta Books, p. MEDINA, Marco; FERTIG, Cristina. Algoritmos e programação: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Novatec, p. MORIMOTO, Carlos Eduardo.

18 Redes e servidores Linux: guia prático. 2. ed. Porto Alegre: Sul editores, p. NAGIOS ENTERPRISES. Nagios documentation Disponível em: <http://www.nagios.org/documentation>. Acesso em: 25 jun NAKAMURA, Emílio Tissato. Segurança de redes em ambientes cooperativos. 3. ed. São Paulo: Futura, p. NEMETH, Evi; SNYDER, Garth; HEIN, Trent R. Manual completo do Linux: guia do administrador. São Paulo: Pearson Education do Brasil, p. NETFILTER/IPTABLES PROJECT. Documentation about the netfilter/iptables project Disponível em: <http://www.netfilter.org/documentation/>. Acesso em: 25 jun NET-SNMP. Net-SNMP documentation Disponível em: <http://www.netsnmp.org/docs/>. Acesso em: 25 jun NEVES, Júlio Cezar. Programação Shell Linux. 6. ed. Rio de Janeiro: Brasport, p. OPENLDAP FOUNDATION. OpenLDAP documentation Disponível em: <http://www.openldap.org/doc/>. Acesso em: 25 jun OPENSSH. OpenSSH manual pages Disponível em: <http://www.openssh.com/manual.html>. Acesso em: 25 jun PETERSON, Larry L.; DAVIE, Bruce S. Redes de computadores: uma abordagem de sistemas. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, p. RAMALHO, José Antônio Alves. SQL: linguagem de bancos de dados. 2. ed. São Paulo: Berkeley, v. SAMBA. Samba documentation Disponível em: <http://www.samba.org/samba/docs/>. Acesso em: 25 de jun SCHNEIER, Bruce. Segurança.com: segredos e mentiras sobre a proteção na vida digital. Rio de Janeiro: Campus, p. SOARES, Luiz Fernando Gomes; LEMOS, Guido; COLCHER, Sérgio. Redes de computadores: das LANs, MANs e WANs às redes ATM. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, p. TANENBAUM, Andrew S. Organização estruturada de computadores. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, p. TANENBAUM, Andrew S. Redes de computadores. 4. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, p. TANENBAUM, Andrew S. Sistemas operacionais modernos. 2. ed. São Paulo: Prentice Hall, p. TERPSTRA, John H.; VERNOOIJ, Jelmer R. The Official Samba-3 HOWTO and Reference Guide. 2. ed. Upper Saddle River, NJ: Prentice Hall, THE APACHE SOFTWARE FOUNDATION. HTTP Server Project Disponível em: <http://httpd.apache.org/docs/>. Acesso em: 25 jun TORRES, Gabriel. Hardware: Versão Revisada e Atualizada. Rio de Janeiro: Nova Terra, p. TORRES, Gabriel. Redes de computadores: curso completo. Rio de Janeiro: Axcel Books, p. VARGAS, Elton da Silva; PEREIRA, Marcelo Gino. Guia prático: Linux. Santa Cruz do Rio Pardo, SP: Viena, VEIGA, Roberto G. A. Comandos do Linux: guia de consulta rápida. São Paulo: Novatec, p. VIANA, Eliseu Ribeiro Cherene. Virtualização de servidores Linux para redes corporativas: guia prático. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, p. Manuais oficiais (ajuda) dos programas e aplicativos, desde que fornecidos pelos respectivos desenvolvedores ou fabricantes. CARGO DE TÉCNICO LABORATÓRIO - ÁREA ELETROTÉCNICA REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: ESCOLARIDADE: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Plataformas de hardware e de Software. 2. Sistemas operacionais e tarefas básicas;3. Medidas elétricas: Amperímetro, Voltímetro, Ohmimetro, Cosfimetro,Varímetro, Wattímetro;

19 4. Multímetros e Osciloscópios; 5. Instalações elétricas em baixa tensão; 6. Diodos: Estrutura e funcionamento; 7. Diodos: Polarização direta e reversa; 8. Diodos: Modelos ideal e real; 9. Diodos: Especificação e limitações; 10. Aplicações: circuitos retificadores, ceifadores, grampeadores, filtros capacitivos, portas lógicas e fontes; 11. Diodo zener: modelo e aplicações; 12. Projeto de fontes reguladas com diodo zener. 13. Especificação e limitações dos transistores bipolares; 14. Configurações (base comum, emissor comum e coletor comum); 15. Características de funcionamento: ponto de operação, reta de carga, 16.Regiões: ativa, de corte e de saturação; 17. Técnicas de polarização em corrente contínua; 18. Amplificação em emissor comum; Amplificação em base comum; Amplificação em coletor comum; 19. Circuitos Resistivos e Corrente Contínua; 20. Noções gerais de medição e segurança. 21. Medição de tensão, corrente, resistência e potência com um resistor. 22. Circuito puramente resistivo série, paralelo e misto; 23. Circuitos resistivo e capacitivo misto: regime permanente; 24. Circuitos resistivo e capacitivo série: regime transitório; 25. Magnetismo e Eletromagnetismo; 26. Levantamento de curvas de magnetização; 27. Estudo dos circuitos magnéticos com e sem entreferro; 28. Circuito resistivo e indutivo série: regime transitório. 29. Corrente alternada monofásica- Circuito resistivo série. 30. Corrente alternada monofásica- Circuito resistivo e indutivo série. 31. Corrente alternada monofásica- Circuito resistivo e capacitivo série. 32. Corrente alternada monofásica- Circuito resistivo, indutivo e capacitivo série. 33. Correção do fator de potência; 34. Motores monofásicos Operação e princípio de funcionamento; 35. Circuitos trifásicos. 36. Motores trifásicos- Operação e princípio de funcionamento; 37. Simbologia das Instalações Elétricas Prediais. 38. Diagramas elétricos multifilares e unifilares para instalações elétricas prediais; 39. Planta baixa e escalas - Noções de leitura e traçado. 40. Divisão de circuitos elétricos em instalações elétricas prediais - proteção; 41. Identificação e manuseio de materiais e ferramentas usados em instalações elétricas prediais; 42. Segurança no trabalho; 43. Emendas; 44. Instalação de interruptores simples,duas e três seções, paralelos e intermediários em circuitos de iluminação residencial; BIBLIOGRAFIA: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5410/2004. BARTKOWIAK, Robert A. Circuitos elétricos. São Paulo: Makron Books do Brasil, CAPUANO, Francisco Gabriel; MARINO, Maria Aparecida Mendes. Laboratório de eletricidade e eletrônica. 24. ed. São Paulo: Erica, COTRIM, Ademaro A. M. B. Instalações elétricas. São Paulo: Makon Books, EDMINISTER, Joseph A. Circuitos elétricos. 2. ed. rev. São Paulo: Makron: McGraw-Hill, GUSSOW, Milton. Eletricidade Básica. São Paulo: Mcgraw-Hill Do Brasil, MALVINO, Albert Paul. Eletrônica. 4. ed. São Paulo: Makron Books, c v. MORIMOTO, Carlos E. Hardware: o guia definitivo. GDH Press e Sul editores, NISKIER, Julio; MACINTYRE, A. J. Instalações elétricas. Rio de Janeiro: Guanabara Dois, CARGO DE TÉCNICO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: - ESCOLARIDADE: Médio Profissionalizante ou Médio Completo+ Curso Técnico em eletrônica com ênfase em sistemas computacionais DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Desenvolver sistemas e aplicações, determinando interface gráfica, critérios ergonômicos de navegação, montagem da estrutura de banco de dados e codificação de programas; projetar, implantar e realizar manutenção de sistemas e aplicações; selecionar recursos de trabalho, tais como metodologias de desenvolvimento de sistemas, linguagem de programação e ferramentas de desenvolvimento. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

20 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 1. Programação 1.1. Algoritmos e estrutura de dados 1.2. Noções de UML 1.3. Programação orientada a objetos 2. Linguagens de programação 2.1. HTML e CSS 2.2. XML 2.3. Javascript 2.4. Java SE 2.5. Java EE 2.6. Java Server Pages 2.7. Java Server Faces 2.8. Servlets 3. Banco de dados 3.1. Modelagem de bancos de dados 3.2. Conceitos de SGBD 3.3. MySQL 3.4. PostgreSQL 3.5. Linguagem SQL 4. Conhecimento básico de hardware 4.1. Computadores e seus periféricos 5. Redes de computadores 5.1. Modelos de referência ISO/OSI e TCP/IP 5.2. Serviços e protocolos TCP e UDP IP v4/v ARP e RARP HTTP e HTTPS Correio eletrônio: POP3, IMAP e SMTP Redes sem fio (IEEE ) Voz sobre IP (VoIP) Roteamento ICMP NAT VPN SNMP VLAN NTP 5.3. Passivos e Ativos de rede 5.4. Cabeamento estruturado 5.5. Qualidade de Serviço (QoS) 5.6. Arquiteturas IntServ e DiffServ 5.7. Modelagem de tráfego: algoritmos leaky bucket e token bucket Algoritmos de escalonamento de pacotes: FIFO, RED, SFQ e WFQ 6. Segurança da informação 6.1. Objetivo, termos e definições 6.2. Política de segurança da informação 6.3. Gestão de ativos 6.4. Segurança em recursos humanos 6.5. Segurança física e do ambiente 6.6. Gerenciamento das operações e comunicações 6.7. Monitoramento 6.8. Controle de acesso 6.9. Aquisição, desenvolvimento e manutenção de sistemas de informação Gestão de incidentes de segurança da informação 7. Segurança de Redes e Sistemas 7.1. Técnicas de ataque Sniffing Spoofing Fragmentação de pacotes IP Port Scanning DoS e DDoS SYN Flooding Smurf e Fraggle Sequestro de conexões 7.2. Noções de segurança perimetral 7.3. Sistemas de detecção de intrusão: IDS e IPS 7.4. Noções de Autenticação RADIUS e TACACS Single Sign-On (SSO) IEEE 802.1x Certificação digital Sistemas biométricos 7.5. VPN 7.6. Ferramentas de segurança 7.7. Segurança em redes sem fio 7.8. Certificação digital 7.9. Criptografia Cópia de segurança (backup) e restauração 8. Sistema Operacional Windows (XP, Server 2003 e 7) 8.1. Administração e configuração dos sistemas 8.2. Configurações de rede com e sem fio 8.3. Instalação de dispositivos e drivers 8.4. Verificação e implementação de rotinas de backup/restauração 8.5. Gerenciamento de contas de usuário e permissões de arquivos 8.6. Otimização dos sistemas 8.7. Manipulação do sistema de arquivos 8.8. Ferramentas do Painel de Controle 8.9. Instalação, configuração, customização e atualização de programas Gerenciamento de filas de impressão Gerenciamento de Serviço de Terminal Monitoramento de discos, compartilhamentos de arquivos, pastas e impressoras Suporte a usuários 9. GNU/Linux (Debian 7 e Ubuntu 14.04) 9.1. Kernel 9.2. Comandos e operação básica em linha de comando 9.3. Análise de logs 9.4. Níveis de execução 9.5. Gerência de arquivos, diretórios e sistemas de arquivos 9.6. RAID 9.7. LVM 9.8. Sistemas de armazenamento de dados em rede (NAS e SAN) 9.9. Gerenciamento de usuários e grupos Gerenciamento de memória, processamento e E/S Gerenciamento de rede e hardware Programação Shell Script Agendamento de tarefas Ambientes gráficos Suporte a usuários Configurações de rede e serviços Endereçamento IP v4/v Roteamento ISC DHCP Bind NFS Squid Apache Postfix MySQL PostgreSQL Firewall Iptables Samba OpenLDAP OpenSSH Bacula Ferramentas de diagnóstico de rede Wireshark/Tshark Tracepath/Traceroute Dig/Nslookup Nmap Snort Tripwire Nessus MRTG Nagios NetSNMP Instalação, atualização e gerenciamento de programas e pacotes Compilação de programas, bibliotecas e drivers para dispositivos Ferramentas apt, aptitude e dpkg Repositórios de pacotes 10. Ferramentas e técnicas de virtualização Modelos de virtualização Xen.

1.2. O conteúdo programático das provas, as bibliografias e as descrições dos cargos encontramse descritos a seguir:

1.2. O conteúdo programático das provas, as bibliografias e as descrições dos cargos encontramse descritos a seguir: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Publicado no DOU em 30/06/2014 EDITAL Nº 154, DE 25 DE JUNHO DE 2014 O DIRETOR GERAL DO CENTRO FEDERAL

Leia mais

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo de crase Sintaxe da oração e

Leia mais

PROGRAMAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

PROGRAMAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 066/2011 PROGRAMAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CONHECIMENTOS GERAIS PARA OS CARGOS DE NÍVEL C LÍNGUA PORTUGUESA 1. Compreensão de textos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 153, DE 26 DE JUNHO DE 2014

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 153, DE 26 DE JUNHO DE 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 153, DE 26 DE JUNHO DE 2014 O DIRETOR GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE

Leia mais

MÁRCIO SILVA BASÍLIO Diretor-Geral EDITAL N o - 154, DE 25 DE JUNHO DE 2014

MÁRCIO SILVA BASÍLIO Diretor-Geral EDITAL N o - 154, DE 25 DE JUNHO DE 2014 72 ISSN 1677-7069 Sérgio. Redes de computadores: das LANs, MANs e WANs às redes ATM. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997. 705 p. TANENBAUM, Andrew S. Organização estruturada de computadores. 4. ed. Rio

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA - PROVA COMUM A TODOS OS CARGOS DE ENSINO MÉDIO 1 Interpretação textual Metáfora, metonímia, ambigüidade, ironia, denotação e conotação, pontos

Leia mais

Tecnologia da Construção I CRÉDITOS: 4 (T2-P2)

Tecnologia da Construção I CRÉDITOS: 4 (T2-P2) UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO DECANATO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS E REGISTRO GERAL DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA CÓDIGO: IT836

Leia mais

1.2. O conteúdo programático das provas, as bibliografias e as descrições dos cargos encontram-se descritos a seguir:

1.2. O conteúdo programático das provas, as bibliografias e as descrições dos cargos encontram-se descritos a seguir: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Publicado no DOU em 30/06/2014 EDITAL Nº 153, DE 26 DE JUNHO DE 2014 O DIRETOR GERAL DO CENTRO FEDERAL

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. LÍNGUA PORTUGUESA (Para todos os cargos)

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. LÍNGUA PORTUGUESA (Para todos os cargos) CONTEÚDO PROGRAMÁTICO LÍNGUA PORTUGUESA (Para todos os cargos) 1. Identificação de informações pontuais no texto. 2. Uso da língua padrão em gêneros textuais na modalidade escrita (pontuação, ortografia,

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS PROJETO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA / MATEMÁTICA / LEGISLAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos

Leia mais

ww.concursovirtual.com.b

ww.concursovirtual.com.b Edital Virtual Simulado Virtual para o concurso da Câmara Municipal do Rio de Janeiro O Presidente da Comissão de Simulado torna pública a realização de Simulado Virtual para Ingresso no Quadro Permanente

Leia mais

SEGUE EDITAL VERTICALIZADO PARA O CONCURSO DE AGENTE ADMINISTRATIVO DA POLÍCIA FEDERAL

SEGUE EDITAL VERTICALIZADO PARA O CONCURSO DE AGENTE ADMINISTRATIVO DA POLÍCIA FEDERAL SEGUE EDITAL VERTICALIZADO PARA O CONCURSO DE AGENTE ADMINISTRATIVO DA POLÍCIA FEDERAL 13 DOS OBJETOS DE AVALIAÇÃO (HABILIDADES E CONHECIMENTOS) 13.1 HABILIDADES 13.1.1 Os itens das provas poderão avaliar

Leia mais

Português - Prof. Alexandre Soares

Português - Prof. Alexandre Soares Olá Concurseiro! Estamos lançando PACOTE COMPLETO de disciplinas voltadas ao Concurso da POLÍCIA FEDERAL 2013/2014. As aulas foram elaboradas com base no EDITAL Nº 28 DGP/DPF, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2013.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 83/2014 TÉCNICO DE LABORATÓRIO/REDE DE COMPUTADORES

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 83/2014 TÉCNICO DE LABORATÓRIO/REDE DE COMPUTADORES CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 83/2014 TÉCNICO DE LABORATÓRIO/REDE DE COMPUTADORES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS DE LÍNGUA PORTUGUESA, MATEMÁTICA, LEGISLAÇÃO E CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Será avaliada

Leia mais

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1

PC-SE. Polícia Civil do Estado do Sergipe. Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 Polícia Civil do Estado do Sergipe PC-SE Agente de Polícia Judiciária Substituto - Escrivão Substituto ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS GERAIS LINGUA PORTUGUESA 1 Compreensão de textos. 2 Denotação e conotação...

Leia mais

PROGRAMAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

PROGRAMAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 066/2011 PROGRAMAS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CONHECIMENTOS GERAIS PARA O CARGO DE NÍVEL E LÍNGUA PORTUGUESA 1. Interpretação de texto.

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO AMAPÁ- SEBRAE/AP PROCESSO SELETIVO N O 001/2008 RETIFICAÇÃO Nº. 01 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado

Leia mais

1.2. O conteúdo programático das provas, as bibliografias e as descrições dos cargos encontram-se descritos a seguir:

1.2. O conteúdo programático das provas, as bibliografias e as descrições dos cargos encontram-se descritos a seguir: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Publicado no DOU em 30/06/2014 EDITAL Nº 153, DE 26 DE JUNHO DE 2014 O DIRETOR GERAL DO CENTRO FEDERAL

Leia mais

PROGRAMAS DAS PROVAS

PROGRAMAS DAS PROVAS PARA TODOS OS CARGOS: PORTUGUÊS: 1. Compreensão de textos informativos e argumentativos e de textos de ordem prática (ordens de serviço, instruções, cartas e ofícios). 2. Domínio da norma do português

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED 1º MED DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Especificação de elementos que compõem projetos; técnicas de desenho técnico e de representação gráfica correlacionadas com seus fundamentos matemáticos e geométricos;

Leia mais

RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO-AM Nº 001 DE 02 DE MARÇO DE 2015.

RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO-AM Nº 001 DE 02 DE MARÇO DE 2015. RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO-AM Nº 001 DE 02 DE MARÇO DE 2015. A Prefeitura Municipal de Presidente Figueiredo-AM torna Público, para conhecimento dos interessados que o EDITAL 001/2015,

Leia mais

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral.

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Ementas: Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Desenho Mecânico 80hrs Normalização; Projeções; Perspectivas;

Leia mais

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa Bacharelado em Engenharia Civil bibliografia complementar ALMEIDA, Márcio de Souza S. Aterros sobre solos moles: projeto e desempenho. 1. reimpr.

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS ANALISTA DO SEGURO SOCIAL CONHECIMENTOS BÁSICOS VOLUME I ÍNDICE Língua Portuguesa 1 Compreensão e interpretação de textos.... 1 2 Tipologia textual.... 10 3 Ortografia

Leia mais

TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES

TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Aplicação de softwares na confecção de textos, planilhas, e projetos. 2. Interpretação e desenvolvimento de desenhos técnicos e de projetos arquitetônicos

Leia mais

ANEXO I DO EDITAL Nº 133, de 08 de julho de 2002. CONCURSO PÚBLICO Nº 412 - CONTADOR

ANEXO I DO EDITAL Nº 133, de 08 de julho de 2002. CONCURSO PÚBLICO Nº 412 - CONTADOR ANEXO I DO EDITAL Nº 133, de 08 de julho de 2002. CONCURSO PÚBLICO Nº 412 - CONTADOR PROGRAMA DE DIREITO 1. Direito Constitucional 1. A Constituição Federal. 1. A Supremacia da Constituição; 2. Os Municípios

Leia mais

TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES

TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Aplicação de softwares na confecção de textos, planilhas, e projetos 2. Interpretação e desesenvolvimento de desenhos técnicos e de projetos arquitetônicos

Leia mais

QUÍMICA Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 1ª período

QUÍMICA Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 1ª período QUÍMICA Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Conclusão 74471 Química Estrutural 34 Química Química Inorgânica para Ciências Farmacêuticas OU 68 68977 Ciências Farmacêuticas 2008

Leia mais

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico;

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico; EMENTA DE CONTEÚDOS Eletricidade Conceitos fundamentais da eletricidade; Circuitos elétricos de corrente contínua; Tensão alternada; Gerador de funções; Operação do osciloscópio; Tensão e corrente alternadas

Leia mais

ANEXO II Conteúdo Programático da Prova

ANEXO II Conteúdo Programático da Prova ANEXO II Conteúdo Programático da Prova CONHECIMENTOS GERAIS: ATUALIDADES Assuntos de interesse geral nas esferas: Municipal, Estadual e Nacional, Internacional, amplamente veiculados na imprensa escrita

Leia mais

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO JR - ELÉTRICA BR DISTRIBUIDORA CONHECIMENTOS BÁSICOS DOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO JR - ELÉTRICA BR DISTRIBUIDORA CONHECIMENTOS BÁSICOS DOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO TÉCNICO DE MANUTENÇÃO JR - ELÉTRICA BR DISTRIBUIDORA CONHECIMENTOS BÁSICOS DOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA I 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia oficial.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 TÉCNICO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 TÉCNICO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 TÉCNICO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA / MATEMÁTICA / LEGISLAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de

Leia mais

11)CONTADOR PLENO CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Ética Profissional: 1. Código de ética profissional do contabilista, Resolução CFC nº.

11)CONTADOR PLENO CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Ética Profissional: 1. Código de ética profissional do contabilista, Resolução CFC nº. 11)CONTADOR PLENO CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Ética Profissional: 1. Código de ética profissional do contabilista, Resolução CFC nº. 803/96 e suas alterações. 2. As prerrogativas profissionais, especialmente

Leia mais

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DRH Nº 66/2008 ADMINISTRADOR

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DRH Nº 66/2008 ADMINISTRADOR CONCURSO PÚBLICO EDITAL DRH Nº 66/2008 ADMINISTRADOR CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA/LEGISLAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA: Ortografia oficial emprego de palavras e expressões dificuldades mais

Leia mais

EDITAL ÁREA DO CONCURSO RECURSOS DIDÁTICOS DISPONÍVEIS SOFTWARES INSTALADOS NO COMPUTADOR. Mineração: Tratamento de Minérios

EDITAL ÁREA DO CONCURSO RECURSOS DIDÁTICOS DISPONÍVEIS SOFTWARES INSTALADOS NO COMPUTADOR. Mineração: Tratamento de Minérios CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIVISÃO DE SELEÇÃO E CONCURSO Concurso Público Ensino Básico Técnico e Tecnológico (Edital de Normas Gerais 77/13, de 21 de junho de 2013) ETAPA DA

Leia mais

PONTOS PARA AS PROVAS ESCRITAS E DIDÁTICAS

PONTOS PARA AS PROVAS ESCRITAS E DIDÁTICAS PONTOS PARA AS PROVAS ESCRITAS E DIDÁTICAS DISCIPLINAS: Mecânica Geral I; Estruturas de Aço; Estrutura de Concreto Armado I; Estrutura de Concreto Armado II. 1. Equilíbrio dos Corpos Rígidos em 2D e 3D;

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIODE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO SUPERIOR

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIODE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO SUPERIOR PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO SUPERIOR PROVAS COMUNS AOS CARGOS DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO II E CONTADOR. LÍNGUA PORTUGUESA 1 Interpretação textual Hierarquia dos sentidos do texto, situação

Leia mais

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC Campus Ceilândia GESTÃO E PRÁTICAS EMPREENDEDORAS PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Ceilândia, Fevereiro de 2014. CURSO DE FORMAÇÃO

Leia mais

PLANO DE CARREIRA DA FISCALIZAÇÃO MUNICIPAL PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO SUPERIOR

PLANO DE CARREIRA DA FISCALIZAÇÃO MUNICIPAL PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO SUPERIOR PLANO DE CARREIRA DA FISCALIZAÇÃO MUNICIPAL PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO SUPERIOR CARGO: FISCAL DE SAÚDE PÚBLICA I PROVAS COMUNS ÀS FUNÇÕES DE FISCAL DE SAÚDE PÚBLICA E FISCAL DE SAÚDE PÚBLICA/FARMACÊUTICO.

Leia mais

Estado de Minas Gerais Prefeitura Municipal de Coronel Fabriciano Secretaria Municipal de Administração e Finanças

Estado de Minas Gerais Prefeitura Municipal de Coronel Fabriciano Secretaria Municipal de Administração e Finanças Estado de Minas Gerais Prefeitura Municipal de Coronel Fabriciano Secretaria Municipal de Administração e Finanças CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº01/2008 ERRATA N 003/2008 A Prefeitura Municipal de Coronel

Leia mais

alunos, informa a criação do projeto Excellence. melhor desempenho do aluno em concursos, como:

alunos, informa a criação do projeto Excellence. melhor desempenho do aluno em concursos, como: EDITAL PARA SELEÇÃO DE ALUNOS VP CONCURSOS PARA O PROJETO EXCELLENCE 1. A VP Concursos, em busca da melhoria contínua no processo de aprendizagem dos seus alunos, informa a criação do projeto Excellence.

Leia mais

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL CONVÊNIO COM O SENAI Matriz Curricular válida para os acadêmicos

Leia mais

PLANEJAMENTO DIDÁTICO PEDAGÓGICO

PLANEJAMENTO DIDÁTICO PEDAGÓGICO PLANEJAMENTO DIDÁTICO PEDAGÓGICO Componente Curricular: ELETROELETRÔNICA APLICADA Módulo I Professor: Danilo de Carvalho / Danilo Ramos Stein / Enrico André Santos Castro Carga Horária prevista: 60 horas

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 83/2014 TRADUTOR E INTÉRPRETE DE LINGUAGEM DE SINAIS

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 83/2014 TRADUTOR E INTÉRPRETE DE LINGUAGEM DE SINAIS CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 83/2014 TRADUTOR E INTÉRPRETE DE LINGUAGEM DE SINAIS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS DE LÍNGUA PORTUGUESA, MATEMÁTICA, LEGISLAÇÃO E CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Será avaliada

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 02/2013 TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 02/2013 TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 02/2013 TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS DE LÍNGUA PORTUGUESA, MATEMÁTICA E LEGISLAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Será avaliada a capacidade de: Ler, compreender

Leia mais

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa.

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa. : Técnico em Informática Descrição do Perfil Profissional: O profissional com habilitação Técnica em Microinformática, certificado pelo SENAI-MG, deverá ser capaz de: preparar ambientes para a instalação

Leia mais

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL C0NTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO TROPA DE ELITE POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL 1. CONHECIMENTOS GERAIS 1.1. LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Compreensão e intelecção de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 276, de 30/05/15 DOU de 31/03/15

Autorizado pela Portaria nº 276, de 30/05/15 DOU de 31/03/15 C U R S O D E E N G E N H A R I A C I V I L Autorizado pela Portaria nº 276, de 30/05/15 DOU de 31/03/15 Componente Curricular: PORTUGUÊS INSTRUMENTAL Código: ENG. 000 Pré-requisito: ----- Período Letivo:

Leia mais

Requisitos para investidura no Cargo. Nº de Vagas. Curso Superior em Administração e Registro no Conselho Profissional

Requisitos para investidura no Cargo. Nº de Vagas. Curso Superior em Administração e Registro no Conselho Profissional SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 144, DE 29 DE AGOSTO DE 2013 O DIRETOR GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT

CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT Área de Conhecimento Ementa/Bibliografia Acionamentos Elétricos Conversão Eletromecânica de Energia: Circuitos magnéticos. Sistemas e dispositivos magnetelétricos.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS RETIFICAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2013 IPSEMG GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL IPSEMG Nº 01/2013, de 23 de julho de 2013. CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DAS CARREIRAS DE

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 02/2013 DESENHISTA-PROJETISTA

CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 02/2013 DESENHISTA-PROJETISTA CONCURSO PÚBLICO EDITAL PRGDP Nº 02/2013 DESENHISTA-PROJETISTA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS DE LÍNGUA PORTUGUESA, MATEMÁTICA E LEGISLAÇÃO Será avaliada a capacidade de: LÍNGUA PORTUGUESA Ler, compreender

Leia mais

PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015

PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 A Prefeitura Municipal de Angatuba, Estado de São Paulo, por meio de sua Comissão Examinadora, vem tornar publico a Inclusão dos empregos abaixo especificados

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO A Comissão Responsável pela Realização do Concurso Público regido pelo Edital 041/2007 faz saber

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santo Ângelo A N E XO II. (Do Conteúdo Programático)

Prefeitura Municipal de Santo Ângelo A N E XO II. (Do Conteúdo Programático) 1 A N E XO II (Do Conteúdo Programático) 2 Cargos: CARPINTEIRO, COZINHEIRA, PADEIRO, PINTOR (LETRISTA). Português: Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica.

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ITUPEVA CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2013

CÂMARA MUNICIPAL DE ITUPEVA CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2013 CÂMARA MUNICIPAL DE ITUPEVA CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2013 ANEXO I - PROGRAMA DE PROVAS AGENTE DE SERVIÇOS AUXILIARES ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO 1ª A 4ª SÉRIE PORTUGUÊS: 1. Estudo de texto: compreensão

Leia mais

CURSO: Montagem e Manutenção de Microcomputador

CURSO: Montagem e Manutenção de Microcomputador Av. Piauí, nº 330 Bairro dos Estados - 58.030-330 - João Pessoa PB CURSO: Montagem e Manutenção de Microcomputador Objetivo: Capcitar os servidores para a manutenção preventiva e retificadora de possíveis

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO CONTROLE TECNOLÓGICO DO CONCRETO

A IMPORTÂNCIA DO CONTROLE TECNOLÓGICO DO CONCRETO 11. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( X ) TECNOLOGIA A IMPORTÂNCIA

Leia mais

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A-01 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR PEDAGOGICO; A-02 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR

Leia mais

GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS

GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS CULTURA RELIGIOSA O fenômeno religioso, sua importância e implicações na formação do ser humano, da cultura e da sociedade. As principais religiões universais: história

Leia mais

ANEXO - III PROGRAMAS DAS PROVAS

ANEXO - III PROGRAMAS DAS PROVAS ANEXO - III PROGRAMAS DAS PROVAS CARGO DE NÍVEL FUNDAMENTAL: SERVIÇOS GERAIS 1. Interpretação de textos: carta do leitor, notícia, artigo de opinião, crônica, charge, tirinha, propaganda. 2. Sinônimos

Leia mais

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão SEBRAE/MA

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão SEBRAE/MA ANEXO I DEMONSTRATIVO DOS CARGOS, REQUISITOS, JORNADA DE TRABALHO, VENCIMENTOS E NÚMERO DE CADASTROS RESERVA 1. Analista Técnico I Nível 1 CÓD PÓLO / MUNICÍPIOS REQUISITOS JORNADA DE TRABALHO (semanal)

Leia mais

RELAÇÃO DE ASSUNTOS E BIBLIOGRAFIAS INDICADOS PARA O CONCURSO DE ADMISSÃO / 2012 AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO QUADRO COMPLEMENTAR / 2013

RELAÇÃO DE ASSUNTOS E BIBLIOGRAFIAS INDICADOS PARA O CONCURSO DE ADMISSÃO / 2012 AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO QUADRO COMPLEMENTAR / 2013 RELAÇÃO DE ASSUNTOS E BIBLIOGRAFIAS INDICADOS PARA O CONCURSO DE ADMISSÃO / 2012 AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO QUADRO COMPLEMENTAR / 2013 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS ÁREA: ADMINISTRAÇÃO RELAÇÃO

Leia mais

EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO DE DIREITO - 2014 EDITAL N.º

EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO DE DIREITO - 2014 EDITAL N.º EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO DE DIREITO - 2014 EDITAL N.º /2013 O Reitor do Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto

Leia mais

Informativo Bibliográfico

Informativo Bibliográfico Informativo Bibliográfico nº. 1-2011 Automação Eletropneumática Nº de Chamada: 62-5:681.5 B697a Escola SENAI "Oscar Rodrigues Alves" Biblioteca BONACORSO, Nelson Gauze; NOLL, Valdir.Automação Eletropneumática.11

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

Integrado em Automação Industrial

Integrado em Automação Industrial Plano de Trabalho Docente (PTD) Integrado em Automação Industrial Ano Letivo de 2014 1 Sumário 1º Módulo COMPONENTE CURRICULAR: ELETRICIDADE BÁSICA... 5 COMPONENTE CURRICULAR: INSTALAÇÕES ELÉTRICAS...

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 168, DE 9 DE OUTUBRO DE 2013 O DIRETOR GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE

Leia mais

MAPA DA MINA: INSS BANCA: FCC EDITAL: 2011 TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL-CONHECIMENTOS GERAIS

MAPA DA MINA: INSS BANCA: FCC EDITAL: 2011 TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL-CONHECIMENTOS GERAIS ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto n.o 1.171/94 e Decreto 6.029/07. MAPA DA MINA: INSS BANCA: FCC EDITAL: 2011 TÉCNICO

Leia mais

Plano de Ensino/Plano de Trabalho Docente

Plano de Ensino/Plano de Trabalho Docente Plano de Ensino/Plano de Trabalho Docente IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Ambiente, Saúde e Segurança CURSO: Técnico em Meio Ambiente FORMA/GRAU:( )integrado (X)subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VIAMÃO

CÂMARA MUNICIPAL DE VIAMÃO CÂMARA MUNICIPAL DE VIAMÃO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2011 - PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO LÍNGUA PORTUGUESA PROGRAMA: As questões de Língua Portuguesa versarão sobre o programa abaixo.

Leia mais

ANEXO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2011 ANEXO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CARGO: AGENTE DE APOIO BÁSICO Leitura, compreensão e interpretação de texto; conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua; estrutura

Leia mais

CONHECIMENTOS GERAIS. LÍNGUA PORTUGUESA (Para todos os cargos)

CONHECIMENTOS GERAIS. LÍNGUA PORTUGUESA (Para todos os cargos) CONHECIMENTOS GERAIS LÍNGUA PORTUGUESA (Para todos os cargos) 1. Identificação de informações pontuais no texto. 2. Uso da língua padrão em gêneros textuais na modalidade escrita(pontuação, ortografia,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 168, DE 9 DE OUTUBRO DE 2013 O DIRETOR GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec:Paulino Botelho/ Professor E.E. Arlindo Bittencourt (extensão) Código: 092-2 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação

Leia mais

Introdução à Eletrônica de Potência

Introdução à Eletrônica de Potência Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Eletrônica de Potência Introdução à Eletrônica de Potência Florianópolis, setembro de 2012. Prof.

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSÃO)

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSÃO) Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSÃO) Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico Integrado em Agropecuária DISCIPLINA: Informática Básica PROFESSORA: Jamille Silva Madureira TURMA: Agropecuária CARGA HORÁRIA: 80h ANO LETIVO: 2015 EMENTA

Leia mais

PROFESSOR EFETIVO DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 139/ 2011 DE 26 DE SETEMBRO DE 2011

PROFESSOR EFETIVO DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 139/ 2011 DE 26 DE SETEMBRO DE 2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS PROFESSOR EFETIVO DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior DISCIPLINA: Metodologia da Pesquisa Científica Técnicas para elaboração

Leia mais

Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3

Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3 Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3 3 Investir no recrutamento, capacitação e desenvolvimento de seus profissionais. 7 7 Implementar ações de modernização administrativa

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS PONTOS PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR EDITAL 001/2009 Matéria/Área do Conhecimento: MATEMÁTICA 1. Transformações Lineares e Teorema do Núcleo

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 01/2014 ANEXO IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 01/2014 ANEXO IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 01/2014 ANEXO IV - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. PROVA - LÍNGUA PORTUGUESA 1.1. Programa da Prova: 1.1.1 Português (Nível Fundamental): Ortografia: uso de S e Z. Emprego de SS,

Leia mais

Conselho Universitário - Consuni

Conselho Universitário - Consuni PROCESSO nº. 039/10 Procedência: PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO. ASSUNTO: SOLICITAÇÃO DE ALTERAÇÃO NO EMENTÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. PARECER nº. 035/10 DATA: 30/06/10 1 HISTÓRICO A

Leia mais

ww.concursovirtual.com.b

ww.concursovirtual.com.b Edital Virtual Simulado Virtual para o concurso da Câmara Municipal do Rio de Janeiro O Presidente da Comissão de Simulado torna pública a realização de Simulado Virtual para Ingresso no Quadro Permanente

Leia mais

PROGRAMA DE CONHECIMENTOS GERAIS

PROGRAMA DE CONHECIMENTOS GERAIS PROGRAMA DE CONHECIMENTOS GERAIS CONHECIMENTOS GERAIS 1 Política Externa Brasileira 2 O Brasil no mundo 3 Meio Ambiente 4 Desenvolvimento Sustentável 5 Segurança nuclear 6 Terrorismo 7 Teoria de Relações

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CTS DE REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a história e a evolução

Leia mais

Exame de Seleção para o Programa de Pós-Graduação em Química (Mestrado)

Exame de Seleção para o Programa de Pós-Graduação em Química (Mestrado) PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Universidade Federal de Juiz de Fora Campus Universitário, Martelos, CEP 36036-900 Juiz de Fora, MG Tel/Fax: (32) 2102 3310 http://www.ufjf.edu.br/pgquimica Exame de Seleção para

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 235, DE 2 DE JUNHO DE 2014 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

Edital Verticalizado Concurso INSS 2016

Edital Verticalizado Concurso INSS 2016 Edital Verticalizado Concurso INSS 2016 Edital INSS 2016 O Focus Concursos Online oferece aos que desejam se preparar, um curso teórico, atualizado, com todas as disciplinas. Assista às aulas e fique totalmente

Leia mais

EMPREGO DE NÍVEL ESCOLAR MÉDIO

EMPREGO DE NÍVEL ESCOLAR MÉDIO 16 Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos A jornada normal corresponderá à jornada legal por emprego, ressalvadas as profissões regulamentadas, admitidos acordos para jornada compensatória, para

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROEN

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROEN Curso Tutoria de nivelamento em Biologia Campus Centro Carga horária: 30h Tutor: Karoline Marques Cabral (e-mail: karol.m.cabral@gmail.com) Orientadores: Profª Kyria Cilene de Andrade Bortoleti (e-mail:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2013 1 Sumário 1º Módulo Componente Curricular: Eletrônica Digital I... 5 Componente Curricular: Eletricidade

Leia mais

ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES.

ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO Nº 043/03/12 DE 10/05/2012. PROCESSO Nº 03828/2012. AVISO DE DEFERIMENTO

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de AUXILIAR ADMINISTRATIVO. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de AUXILIAR ADMINISTRATIVO. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO I PORTUGUÊS: Compreensão e interpretação de texto. Ortografia: divisão silábica, pontuação, hífen, sinônimo, acentuação gráfica, crase. Morfologia: classes de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DOS CAMPOS EDITAL DE RETIFICAÇÃO- II

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DOS CAMPOS EDITAL DE RETIFICAÇÃO- II PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DOS CAMPOS EDITAL DE RETIFICAÇÃO- II O Prefeito do Município de São Gonçalo dos Campos, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, retifica o Edital 001/2014

Leia mais