Ligações Químicas. Profº Jaison Mattei

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ligações Químicas. Profº Jaison Mattei"

Transcrição

1 Ligações Químicas Profº Jaison Mattei

2 LIGAÇÃO IÔNICA Ocorre geralmente entre METAIS e AMETAIS com de eletronegatividade > 1,7.

3 Não Esqueça!!! Eletropositivos Metais: Ametais: Perdem elétrons Viram Cátions(+) Eletronegativos Ganham elétrons Viram Ânions(-) Al Al e - S + 2e - S -2

4 Fórmulas Iônicas Al +3 O -2 Al x X O Al Al 2 O 3 x X x x O O Fórmula-íon Fórmula de Lewis ou Eletrônica

5 Características de compostos Iônicos: São sólidos nas condições ambientes; São duros e quebradiços; Possuem altos P.F. e P.E.; Conduzem corrente elétrica quando fundidos ou em solução aquosa (não conduzem corrente elétrica no estado sólido ) ; Formam retículos cristalinos. Cl - Na + Na + Cl - Na + Cl - Na +Cl-

6 LIGAÇÃO COVALENTE (MOLECULAR) Ocorre geralmente entre AMETAIS e IDROGÊNIO ou AMETAIS entre si, desde que a de eletronegatividade < 1,7.

7 Ligações covalentes normais Fórmula de Lewis Fórmula estrutural Fórmula molecular 1 sigma Lig. Covalente Simples 2 O O 1 sigma + 1 pi N N 1 sigma + 2 pi O O Lig. Covalente Dupla N N Lig. Covalente Tripla O 2 N 2

8 1)Ligação Covalente Apolar: Ocorre entre átomos iguais. Dessa forma, os átomos possuem mesma eletronegatividade e atraem, conseqüentemente, o par eletrônico compartilhado com a mesma intensidade. Ex.: 2, O 2, N 2 O par eletrônico é eqüidistante aos dois núcleos

9 2) Ligação Covalente Polar: Ocorre entre átomos diferentes. Dessa forma, o átomo que possui maior eletronegatividade atrai o par eletrônico compartilhado com maior intensidade. Ex.: Cl. O par eletrônico fica mais próximo do cloro pois este átomo atrai mais fortemente os elétrons da ligação covalente (porque é mais eletronegativo). + - Cl

10 Ligação Coordenada (DATIVA) Só acontece quando um elemento (que não pode ser metal) já fez todas as ligações comuns possíveis (valência). Esse elemento empresta um par de elétrons para o outro elemento que ainda precisa receber elétrons. Ligação dativa Exemplo: SO 2 Não podem mais fazer ligação comum. O S O O Ainda não está completo S O

11 Orbitais moleculares e Um mesmo átomo pode fazer até 4 ligações covalentes comuns mas, entre dois átomos, o número máximo de ligas covalentes comuns é 3. Dependendo da quantidade de ligações e dos orbitais em que estas se formam, podemos representá-las por ou. A A B B A B

12 Características de Compostos Moleculares: São, em geral, líquidos ou gasosos nas condições ambientes (se sólidos, fundem-se facilmente); Possuem baixos P.F. e P.E.; Não conduzem corrente elétrica (exceção para Ácidos, em solução aquosa e Carbono Grafite) ; São formados por moléculas.

13 GEOMETRIA MOLECULAR Braços são ligações simples, duplas, triplas ou dativas que estão em volta do elemento central. C N x x C 2 Braços 3 Braços 4 Braços

14 Moléculas Diatômicas - Linear Moléculas Poliatômicas: 2 Braços 2 O CO 2 3 Braços N 3 SO 3 Sobra e - : ANGULAR Ñ sobra e - : LINEAR Sobra e - : PIRAMIDAL Ñ sobra e - : TRIGONAL 4 Braços TETRAÉDRICA C 4

15 Ex.: 2, N 2, O 2 Geometria: Linear Ângulo: 180 Moléculas Diatômicas X 2

16 Ex.: Br, Cl, F Geometria: Linear Ângulo: 180 Moléculas Diatômicas XY Cl

17 Ex.: CO 2, CS 2 Geometria: Linear Ângulo: 180 XY 2 2 Braços Moléculas Poliatômicas O C O

18 Ex.: SO 2 Geometria: Angular Ângulo: 112 XY 2 e 2 Braços Moléculas Poliatômicas S O O

19 Ex.: 2 O, 2 S XY 2 2e Geometria: Angular Ângulo: Braços Moléculas Poliatômicas O

20 Ex.: BF 3, B 3 XY 3 Geometria: Trigonal Plana Ângulo: Braços Moléculas Poliatômicas B

21 Ex.: N 3, P 3 Geometria: Piramidal Ângulo: 107 N XY 3 e 3 Braços Moléculas Poliatômicas

22 Ex.: C 4,CCl 4 Geometria: Tetraédrica Ângulo: XY 4 4 Braços Moléculas Poliatômicas C

23 Átomos iguais APOLAR MOLÉCULAS DIATÔMICAS: Átomos diferentes POLAR Sobra é: POLAR MOLÉCULAS POLIATÔMICAS: Não sobra é: SIMETRIA

24 APOLAR O POLAR Cl POLAR N C POLAR SIMÉTRICA = APOLAR

25 FORÇAS INTERMOLECULARES Pontes de Moléc. Polares Com ligado a FON Muito Fortes Altos PF e PE Forças de Van Der Waals Dipolo- Dipolo (Permanente) Dipolo Induzido- Dipolo Instantâneo Moléc. Polares Médias Moléc. Apolares Muito Fracas Baixos PF e PE

26 LIGAÇÃO METÁLICA Ocorre entre metais e possui como principal característica, elétrons livres em torno de cátions e átomos neutros no retículo (Mar de elétrons). Retículo Cristalino Metálico Fe Fe 2+ Fe 2+ Fe 2+ Fe Fe Fe 2+ Fe ÁTOMOS CÁTIONS ELÉTRONS LIVRES

27 Características de compostos Metálicos: São sólidos nas condições ambientes(exceção g); Possuem Brilho (Efeito fotoelétrico); Possuem altos P.F. e P.E.; Conduzem corrente elétrica no estado sólido ou fundidos (elétrons livres); São Dúcteis e Maleáveis. fios lâminas

28 Principais ligas metálicas ( Soluções sólidas ) Ouro 18 quilates: (Au e Cu) Aço: ( Fe e C) Bronze: (Cu e Sn) Liga leve: (Mg e Al) Solda: (Pb e Sn) Latão: (Cu e Zn) Metal monel: (Ni e Cu) Amálgama de Prata: (g e Ag)

29 Oxirredução

30 REGRAS PARA NOX SUBSTÂNCIA SIMPLES NOX = 0 ( 2, O 2, Cl 2...) ELEMENTOS DE TRANSIÇÃO SEMPRE! lado direito

31 LEMBRE-SE! IDROGÊNIO TEM NOX = +1 (exceto em hidretos metálicos onde é 1) OXIGÊNIO TEM NOX = -2 (exceto em peróxidos = -1 e polióxidos = -1/2) SOMATÓRIO DOS NOX DE SUBSTÂNCIA (MOLÉCULA)= 0 Ex: SO 2, 2 SO 4, NaCl,... SOMATÓRIO DOS NOX DE ÍON = SUA CARGA Ex: NO -1 3, SO -2 4, CO

32 EXEMPLO NaNO 3 X + 1 +? 5-6 = 0

33 EXEMPLO C - C - COO 3 2? + 3? + 2? - 3 = 0

34 REAÇÃO DE OXI-REDUÇÃO Cl 2 + 2Br 2Cl + Br Redução(nox diminui) Oxidação(nox aumenta) Ag. Oxidante (sofre red.) = Cl 2 Ag. Redutor (sofre oxid.) = Br ou Br -

Ligações Interatômicas: IÔNICA = metal + não-metal COVALENTE = não-metais METÁLICA = metais

Ligações Interatômicas: IÔNICA = metal + não-metal COVALENTE = não-metais METÁLICA = metais Ligações Químicas Ligações Interatômicas: IÔNICA = metal + não-metal COVALENTE = não-metais METÁLICA = metais Ligação iônica Transferência de elétrons de um átomo para outro Íons de cargas opostas Forças

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Prof. Marcel Piovezan. Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Prof. Marcel Piovezan. Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES LIGAÇÕES QUÍMICAS Prof. Marcel Piovezan marcel.piovezan@ifsc.edu.br

Leia mais

Química Fascículo 02 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida

Química Fascículo 02 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Química Fascículo 02 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Índice Ligação Covalente...1 Ligação Iônica...3 Teoria de Lewis...5 Ligações Intermoleculares...6 Exercícios...7

Leia mais

Teoria da ligação de valência

Teoria da ligação de valência Teoria da ligação de valência Prof. Leandro Zatta Prof. Leandro Zatta 1 Prof. Leandro Zatta 2 RPENV Maneira simples Lewis Quântica Orbitais atômicos TLV Prof. Leandro Zatta 3 Teoria de ligação de valência

Leia mais

Capítulo 6 - LIGAÇÕES QUÍMICAS-resoluções

Capítulo 6 - LIGAÇÕES QUÍMICAS-resoluções Capítulo 6 - LIGAÇÕES QUÍMICAS-resoluções 1-C X e T devem ter a mesma carga com sinais contrários: +1 e -1, +2 e -2 ou +3 e -3. 2-B A) Fe 2 S 3 B) CsCl C) CaI 2 D) Al 2 3 E) Ba 3 N 2 Quanto maior a diagonal

Leia mais

Aula 10 26/mai Marcelo Ligação iônica versus ligação covalente Veja as ligações esquematizadas abaixo, cada qual acompanhada do respectivo valor de diferença (Δ, delta) entre as eletronegatividades de

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Semana 5 Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

Se dois átomos combinarem entre si, dizemos que foi estabelecida entre eles uma LIGAÇÃO QUÍMICA

Se dois átomos combinarem entre si, dizemos que foi estabelecida entre eles uma LIGAÇÃO QUÍMICA ÁGUA AMÔNIA Se dois átomos combinarem entre si, dizemos que foi estabelecida entre eles uma LIGAÇÃO QUÍMICA Os elétrons mais externos do átomo são os responsáveis pela ocorrência da ligação química Para

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano - 2016 Geometria molecular : Forma como os átomos estão espacialmente dispostos em uma molécula. A geometria de uma molécula depende do número

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 02 TURMA FMJ

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 02 TURMA FMJ RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 02 TURMA FMJ 03. Item C O equador da figura mostrada pode ser representado como abaixo. 01. Item B I Correto. A energia para quebrar a ligação H F (568 kj/mol) é

Leia mais

Ligações Químicas. Iônicas. Metálicas. Covalentes. Átomo: constituinte da menor parte de qualquer matéria;

Ligações Químicas. Iônicas. Metálicas. Covalentes. Átomo: constituinte da menor parte de qualquer matéria; Ligações Químicas Átomo: constituinte da menor parte de qualquer matéria; -capacidade de se combinarem uns com os outros, lhes permite a formação de uma grande variedade de substâncias; Ligações Químicas

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA. Ligações Químicas

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA. Ligações Químicas CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano - 2016 Ligações Químicas Na natureza, dificilmente os átomos ficam sozinhos. Eles tendem a se unir uns aos outros para formarem novas substâncias.

Leia mais

Aula 15 15/mai Rafael

Aula 15 15/mai Rafael Aula 15 15/mai Rafael Em condições ambientes, compostos iônicos são sólidos devido à forte atração entre seus cátions e ânions. Metais são quase todos sólidos devido à ligação metálica. Já os compostos

Leia mais

LUAULA. Professor: Eduardo Ulisses

LUAULA. Professor: Eduardo Ulisses LUAULA Professor: Eduardo Ulisses Sobre as ligações químicas, analise as afirmativas. I. Nas estruturas de Lewis, a ligação covalente resulta do compartilhamento de um par de elétrons entre dois átomos.

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina

Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina Aula 7 Ligação Iônica Prof. Isac G. Rosset Prof. Isac G. Rosset - UFPR - Palotina - Ciências Exatas 13 1 Ligações fortes: Ligações fracas:

Leia mais

Ajuda a descrever o compartilhamento dos elétrons entre os átomos

Ajuda a descrever o compartilhamento dos elétrons entre os átomos Polaridade, Geometria Molecular e Forças Intermoleculares Polaridade das Ligações Ajuda a descrever o compartilhamento dos elétrons entre os átomos Ligações covalentes Apolares: elétrons são compartilhados

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Semana 6 Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

Geometria Molecular e polaridade de ligações

Geometria Molecular e polaridade de ligações Geometria Molecular e polaridade de ligações Prof. Éderson Química Geometria Molecular Geometria molecular O arranjo tri-dimensional dos átomos em uma molécula, ou seja, é a orientação espacial das moléculas,

Leia mais

Química 2º Ano. Professora Cristina Lorenski Ferreira

Química 2º Ano. Professora Cristina Lorenski Ferreira Química 2º Ano Professora Cristina Lorenski Ferreira 2016 1 GEOMETRIA MOLECULAR POLARIDADE DAS MOLÉCULAS INTERAÇÕES INTERMOLECULARES PROFESSORA CRISTINA LORENSKI FERREIRA 2 ALGUNS QUESTIONAMENTOS Como

Leia mais

Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos.

Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos. Aula 14 10/jun Marcelo Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos. Formação de compostos moleculares Ocorre entre átomos de não-metais (baixa diferença de eletronegatividade) Acima,

Leia mais

Prof.: Guilherme Turma: TR. Tema da aula: Aulas 13 Geometria molecular e polaridade. Geometria molecular

Prof.: Guilherme Turma: TR. Tema da aula: Aulas 13 Geometria molecular e polaridade. Geometria molecular Disciplina: Química Prof.: Guilherme Turma: TR 19/ 05/2016 Tema da aula: Aulas 13 Geometria molecular e polaridade Geometria molecular - Nas aulas sobre ligações químicas, vimos que as moléculas são formadas

Leia mais

Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos.

Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos. Aula 12 28/abr Marcelo Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos. Formação de compostos moleculares Ocorre entre átomos de não-metais (baixa diferença de eletronegatividade) http://www.desconversa.com.br/quimica/tag/ligacao-covalente/

Leia mais

Química Geral. Compostos moleculares e iônicos; Fórmulas moleculares e mínima; Ligações químicas. Profª Simone Noremberg Kunz

Química Geral. Compostos moleculares e iônicos; Fórmulas moleculares e mínima; Ligações químicas. Profª Simone Noremberg Kunz Química Geral Compostos moleculares e iônicos; Fórmulas moleculares e mínima; Ligações químicas. Profª Simone Noremberg Kunz 2 Moléculas Moléculas são reuniões de dois ou mais átomos ligados entre si.

Leia mais

CONCEITOS FUNDAMENTAIS SOBRE LIGAÇÃO QUÍMICA. Prof a. Dr a. Luciana M. Saran

CONCEITOS FUNDAMENTAIS SOBRE LIGAÇÃO QUÍMICA. Prof a. Dr a. Luciana M. Saran CONCEITOS FUNDAMENTAIS SOBRE LIGAÇÃO QUÍMICA Prof a. Dr a. Luciana M. Saran 1 1. INTRODUÇÃO Ligações Químicas Interatômicas - Forças de interação entre os átomos. - São responsáveis pela formação de moléculas,

Leia mais

Disciplina: Química Professor: Rubens Barreto. III Unidade

Disciplina: Química Professor: Rubens Barreto. III Unidade Disciplina: Química Professor: Rubens Barreto III Unidade Ligações Químicas Ligações iônicas Tipos de Ligações Ligações covalentes Ligações metálicas Os gases nobres e a regra do octeto Todas as substâncias

Leia mais

Revisão de Ligações Químicas

Revisão de Ligações Químicas Revisão de Ligações s 1. Explique o que é Eletronegatividade. Material de Apoio para Monitoria 2. Explique a Teoria do Octeto. 3. Como funcionam as ligações iônicas? 4. O que são compostos iônicos? Cite

Leia mais

FORÇAS INTERMOLECULARES

FORÇAS INTERMOLECULARES FORÇAS INTERMOLECULARES São as forças que mantêm os sólidos e líquidos unidos. A ligação covalente que mantém uma molécula unida é uma força intramolecular. A atração entre moléculas é uma força intermolecular.

Leia mais

SIMULADO de QUÍMICA 1 os anos 2008 TODOS COLÉGIOS

SIMULADO de QUÍMICA 1 os anos 2008 TODOS COLÉGIOS SIMULADO de QUÍMICA 1 os anos 2008 TODOS COLÉGIOS 1) Em relação às partículas atômicas, a alternativa falsa é: a) a massa do próton é igual a massa do elétron. b) a massa do elétron é menor que a massa

Leia mais

Estrutura molecular Ligação química

Estrutura molecular Ligação química Estrutura molecular Ligação química A grande diversidade de materiais que nos rodeia tem origem na variedade de substâncias que os constituem. Esta variedade e diversidade resulta das diferentes combinações

Leia mais

Ligação Química. - Os elétrons mais fracamente ligados ao átomo podem tomar parte na formação de ligações químicas.

Ligação Química. - Os elétrons mais fracamente ligados ao átomo podem tomar parte na formação de ligações químicas. Ligação Química É necessário compreender (prever) as ligações químicas, se quisermos entender as propriedades químicas e físicas de elementos e compostos. - Os elétrons mais fracamente ligados ao átomo

Leia mais

Aula 17 Ligações covalentes e metálicas

Aula 17 Ligações covalentes e metálicas Aula 17 Ligações covalentes e metálicas Em nossa aula passada falamos de ligações iônicas, aquelas que ocorrem entre átomos com grandes diferenças de eletronegatividade. Entretanto, essa não é a única

Leia mais

Ligações Químicas elementos químicos átomos moléculas

Ligações Químicas elementos químicos átomos moléculas Ligações Químicas Ligações Químicas Os diferentes elementos químicos combinam-se de várias maneiras formando uma grande variedade de substâncias, por meio das ligações químicas. Através das ligações químicas

Leia mais

TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV)

TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV) GEOMETRIA MOLECULAR TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV) A teoria da repulsão dos pares de elétrons da camada de valência afirma que o arranjo geométrico dos átomos

Leia mais

Ligações Químicas. No hidrônio, quantos pares de elétrons pertencem, no total, tanto ao hidrogênio quanto ao oxigênio? a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 6

Ligações Químicas. No hidrônio, quantos pares de elétrons pertencem, no total, tanto ao hidrogênio quanto ao oxigênio? a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 6 Aluno(a): Prof.: Éderson Ligações Químicas Questão 1) Abaixo temos as fórmulas de Lewis para átomos de cinco elementos químicos. Fórmulas eletrônicas de Lewis para alguns elementos Podemos afirmar que

Leia mais

Interações intermoleculares

Interações intermoleculares Comparações entre ligações e interações químicas Ligação covalente : Interação intramolecular Ligação de hidrogênio: Interação intermolecular Forças íon-dipolo Existem entre um íon e a carga parcial em

Leia mais

29/2/2008. Interações intermoleculares

29/2/2008. Interações intermoleculares Química 2 ano Forças Intermoleculares Décio Helena Fev/08 O tipo de interação existente entre as moléculas e/ou íons definem algumas propriedades importantes das substâncias, como o estado físico, temperaturas

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 10 TURMA ANUAL

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 10 TURMA ANUAL RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 10 TURMA ANUAL 01. Item B I Correto. A energia para quebrar a ligação H F (568 kj/mol) é a maior da tabela. Isto torna mais difícil a sua quebra, portanto ionizando

Leia mais

As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um

As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um Números de Oxidação As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um material sofrendo combustão (queima);

Leia mais

Ligações Químicas. Prof. Jackson Alves.

Ligações Químicas. Prof. Jackson Alves. Ligações Químicas Prof. Jackson Alves www.quimusicando.zz.vc Ligação Covalente Elemento eletronegativo + Elemento eletronegativo Não metal Não metal Hidrogênio + Hidrogênio Compartilhamento de elétrons

Leia mais

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 2 LIGAÇÕES QUÍMICAS

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 2 LIGAÇÕES QUÍMICAS E-books PCNA Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 2 LIGAÇÕES QUÍMICAS 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 2 SUMÁRIO Apresentação -------------------------------------------- 2 Capítulo 2 -------------------------------------------------

Leia mais

Aula 09 19/mai Marcelo..continuação da aula 08 (12/mai) CONTEÚDO EXTRA SOBRE LIGAÇÃO IÔNICA Escrevendo a fórmula de um composto iônico: http://www.brasilescola.com/quimica/formulas-para-representar-as-ligacoesionicas.htm

Leia mais

Ligações Químicas Interatômicas

Ligações Químicas Interatômicas Ligações Químicas Interatômicas Gabarito Parte I: Resposta da questão 1: [Resposta do ponto de vista da disciplina de Biologia] O tomate é um fruto do tipo baga. O vinagre apresenta caráter ácido. O azeite

Leia mais

LIGAÇÃO COVALENTE: PRINCÍPIOS/ESTRUTURAS DE LEWIS. QFL-4010 Prof. Gianluca C. Azzellini

LIGAÇÃO COVALENTE: PRINCÍPIOS/ESTRUTURAS DE LEWIS. QFL-4010 Prof. Gianluca C. Azzellini LIGAÇÃO COVALENTE: PRINCÍPIOS/ESTRUTURAS DE LEWIS LIGAÇÃO QUÍMICA Principais Tipos de Ligação Química Iônica Covalente Metálica Gilbert N. Lewis LIGAÇÃO COVALENTE: Compartilhamento de elétrons entre dois

Leia mais

estrutura atômica e ligações

estrutura atômica e ligações Aula 02 estrutura atômica e ligações ZEA 1038 Ciência e Tecnologia dos Materiais Prof. João Adriano Rossignolo Profa. Eliria M.J.A. Pallone introdução conceitos elementares a estrutura dos átomos a estrutura

Leia mais

Ligação covalente comum.

Ligação covalente comum. Ligação covalente comum. Na ligação covalente, ao contrário do que acontece na iônica, nenhum dos participantes deseja doar elétrons. Ambos os elementos desejam receber elétrons Como fazer acordo desta

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Ocorre entre elétrons da CAMADA DE VALÊNCIA Portanto não ocorrem mudanças no núcleo dos átomos. Não altera a massa dos átomos.

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Ocorre entre elétrons da CAMADA DE VALÊNCIA Portanto não ocorrem mudanças no núcleo dos átomos. Não altera a massa dos átomos. LIGAÇÕES QUÍMICAS 1 Ocorre entre elétrons da CAMADA DE VALÊNCIA Portanto não ocorrem mudanças no núcleo dos átomos. Não altera a massa dos átomos. Os átomos se ligam uns aos outros com a finalidade de

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DOS GASES NOBRES ÁTOMOS ESTÁVEIS E ISOLADOS

CONFIGURAÇÃO DOS GASES NOBRES ÁTOMOS ESTÁVEIS E ISOLADOS CONFIGURAÇÃO DOS GASES NOBRES ÁTOMOS ESTÁVEIS E ISOLADOS CONCEITO DE LIGAÇÃO IÔNICA UNIÃO ENTRE ÁTOMOS METÁLICOS E AMETÁLICOS OXIDAÇÃO ESTABILIZAÇÃO DO METAL REDUÇÃO ESTABILIZAÇÃO DO AMETAL LIGAÇÃO IÔNICA

Leia mais

Aulão de Química. Química Geral Professor: Eduardo Ulisses

Aulão de Química. Química Geral Professor: Eduardo Ulisses Aulão de Química Química Geral Professor: Eduardo Ulisses Substâncias e Misturas Substância é qualquer parte da matéria que possui propriedades constantes. As substâncias podem ser classificadas como sendo

Leia mais

Ligações Químicas Por que os átomos formam ligações químicas? Distância de equilíbrio Comprimento da ligação H-H r o = 74 pm distância internuclear Uma ligação química entre dois átomos é formada se

Leia mais

Estrutura atômica e ligação interatômica. Profa. Daniela Becker

Estrutura atômica e ligação interatômica. Profa. Daniela Becker Estrutura atômica e ligação interatômica Profa. Daniela Becker Referências Callister Jr., W. D. Ciência e engenharia de materiais: Uma introdução. LTC, 5ed., cap 2, 2002. Shackelford, J.F. Ciências dos

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Semana 4 Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

QUÍMICA. Forças Intermoleculares

QUÍMICA. Forças Intermoleculares Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 4R Ensino Médio Equipe de Química Data: QUÍMICA Forças Intermoleculares DEFINIÇÃO: As forças intermoleculares são forças de atração que ocorrem entre as moléculas,

Leia mais

Quimica. Quimica FRENTE

Quimica. Quimica FRENTE Quimica Quimica RETE ooperativa VERS Gabaritos RETE: Pauling MÓDUL 05: Modelos Atômicos 3) a) ovalentemente ou compartilhando elétrons. b) 4 órmula de Lewis: órmula estrutural: órmula Molecular: Química

Leia mais

QUÍMICA ORGÂNICA LIGAÇÕES QUÍMICAS GEOMETRIA MOLECULAR HIBRIDIZAÇÃO

QUÍMICA ORGÂNICA LIGAÇÕES QUÍMICAS GEOMETRIA MOLECULAR HIBRIDIZAÇÃO QUÍMICA ORGÂNICA LIGAÇÕES QUÍMICAS GEOMETRIA MOLECULAR IBRIDIZAÇÃO 1 Geometria molecular O arranjo tri-dimensional dos átomos em uma molécula geometria molecular A teoria da repulsão dos pares de elétrons

Leia mais

PROPRIEDADES FÍSICAS DOS COMPOSTOS ORGÂNICOS

PROPRIEDADES FÍSICAS DOS COMPOSTOS ORGÂNICOS PROPRIEDADES FÍSICAS DOS COMPOSTOS ORGÂNICOS As propriedades físicas dos compostos orgânicos podem ser interpretadas, e muitas vezes até previstas, a partir do conhecimento das ligações químicas que unem

Leia mais

Forças Intermoleculares

Forças Intermoleculares Forças Intermoleculares Você já se perguntou por que a água forma gotas ou como os insetos conseguem caminhar sobre a água? Gota d'água caindo sobre a superfície da água. Inseto pousado sobre a superfície

Leia mais

Ligações químicas. As ligações químicas unem os átomos, porém nem todos os átomos conseguem formar ligações.

Ligações químicas. As ligações químicas unem os átomos, porém nem todos os átomos conseguem formar ligações. Ligações químicas Introdução As ligações químicas unem os átomos, porém nem todos os átomos conseguem formar ligações. Dois átomos de um gás nobre exercem entre si uma atração mútua tão fraca que não conseguem

Leia mais

Metais de Transição. Samantha Cipriano

Metais de Transição. Samantha Cipriano Metais de Transição Samantha Cipriano Contexto histórico 2 Contexto histórico Forte impacto na sociedade, devido às suas aplicações. Ligas metálicas; Alguns medicamentos; Pigmentação. 3 Exemplos de aplicação

Leia mais

Substâncias TF / C TE / C Mercúrio Amônia ,5 Benzeno 5,5 80 Naftaleno

Substâncias TF / C TE / C Mercúrio Amônia ,5 Benzeno 5,5 80 Naftaleno Aluno(a): nº: Turma: Nota Ano: 1º Ano EM Data: / /2016 Trabalho Recuperação Professor(a): Willian Novato Matéria: Química Valor: 30,0 PARA TDAS AS QUESTÕES, AS RESPSTAS DEVERÃ NSTAR DE RAIÍNI NA PRPRIA

Leia mais

Química Orgânica I. Formas de representação de moléculas orgânicas e interações intermoleculares Aula 3

Química Orgânica I. Formas de representação de moléculas orgânicas e interações intermoleculares Aula 3 Química rgânica I Formas de representação de moléculas orgânicas e interações intermoleculares Aula 3 Profa. Alceni Augusta Werle ProfaTânia Márcia Sacramento Melo 2- Formas de representação de moléculas

Leia mais

H 2. Cl 2 N 2 O 2. família dos calcogênios 4. É uma substância apolar

H 2. Cl 2 N 2 O 2. família dos calcogênios 4. É uma substância apolar H 2 Cl 2 1. O elemento que forma essa substância simples possui em sua única camada 1 elétron 3. Substância simples formada apenas por átomos de Hidrogênio 1. O elemento que forma essa sua camada valência

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Semana 4 Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

É O RESULTADO DE FORÇAS ATRATIVAS E REPULSIVAS

É O RESULTADO DE FORÇAS ATRATIVAS E REPULSIVAS Ligações covalentes É O TIPO DE INTERAÇÃO NA QUAL OS ÁTOMOS SE MANTÊM UNIDOS ATRAVÉS DE ELÉTRONS DE VALÊNCIA QUE SÃO ATRAÍDOS, SIMULTANEAMENTE, POR MAIS DE UM NÚCLEO. É O RESULTADO DE FORÇAS ATRATIVAS

Leia mais

1. (Uemg 2016) Minha mãe sempre costurou a vida com fios de ferro. EVARISTO, 2014, p. 9.

1. (Uemg 2016) Minha mãe sempre costurou a vida com fios de ferro. EVARISTO, 2014, p. 9. 1. (Uemg 2016) Minha mãe sempre costurou a vida com fios de ferro. EVARISTO, 2014, p. 9. Identifique na tabela a seguir a substância que possui as propriedades do elemento mencionado no trecho acima. Substância

Leia mais

QUÍMICA LISTA DE RECUPERAÇÃO 4º BIMESTRE - 1º ANO. Geometria Tetraédrica. Professor: GIL KENNEDY DATA: 22 / 11 / 2016

QUÍMICA LISTA DE RECUPERAÇÃO 4º BIMESTRE - 1º ANO. Geometria Tetraédrica. Professor: GIL KENNEDY DATA: 22 / 11 / 2016 LISTA DE RECUPERAÇÃO 4º BIMESTRE - 1º ANO Professor: GIL KENNEDY DATA: / 11 / 016 01. (IFSUL) A tabela abaixo relaciona as substâncias à suas aplicações. Substância NH3 CH 4 SO Aplicação Produtos de limpeza.

Leia mais

Volume e forma - não são tão fixos como na teoria. Os sólidos sofrem dilatação com o aumento da temperatura, embora outros se contraem.

Volume e forma - não são tão fixos como na teoria. Os sólidos sofrem dilatação com o aumento da temperatura, embora outros se contraem. Roberto Márcio Assinado de forma digital por Roberto Márcio DN: CN = Roberto Márcio, C = BR, O = Área 1, OU = Faculdade de Ciência e Tecnologia Motivo: Sou o autor deste documento Dados: 2004.08.10 21:56:32-03'00'

Leia mais

Reações em Soluções Aquosas

Reações em Soluções Aquosas Reações em Soluções Aquosas Classificação Reações sem transferência de elétrons: Reações de precipitação; Reações de neutralização. Reações com transferência de elétrons: Reações de oxirredução. Reações

Leia mais

Ligação Química Parte 1

Ligação Química Parte 1 Ligação Química Parte 1 Poucos elementos são encontrados no estado atômico na natureza, os outros são encontrados como compostos, ligados a outros átomos. Os únicos elementos encontrados na forma atômica

Leia mais

FORÇAS INTERMOLECULARES QUÍMICA GERAL

FORÇAS INTERMOLECULARES QUÍMICA GERAL FORÇAS INTERMOLECULARES QUÍMICA GERAL FORÇAS INTERMOLECULARES As forças intermoleculares, forças que existem entre as moléculas, contribuem em grande parte com as propriedades físicas apresentadas pelos

Leia mais

A Tabela Periódica pode ser um guia para a ordem na qual os orbitais são preenchidos...

A Tabela Periódica pode ser um guia para a ordem na qual os orbitais são preenchidos... Aula 02 - Tabela Periódica TABELA PERIÓDICA e Lothar Meyer A Tabela Periódica pode ser um guia para a ordem na qual os orbitais são preenchidos... Pode-se escrever a distribuição eletrônica de um elemento

Leia mais

Aula 5: Propriedades e Ligação Química

Aula 5: Propriedades e Ligação Química Aula 5: Propriedades e Ligação Química Relacionar o tipo de ligação química com as propriedades dos materiais Um entendimento de muitas propriedades físicas dos materiais é previsto através do conhecimento

Leia mais

Estudo do átomo de carbono (Hibridização), Estrutura de Lewis, Carga formal. Aula 2

Estudo do átomo de carbono (Hibridização), Estrutura de Lewis, Carga formal. Aula 2 Universidade Federal de Ouro Preto Estudo do átomo de carbono (Hibridização), Estrutura de Lewis, Carga formal Aula 2 Flaviane Francisco Hilário 1 1 Estudo do átomo de carbono 1.1 - Configuração eletrônica

Leia mais

QUÍMICA GERAL Ligações Químicas. slide- 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS. Profª. Camila Amorim

QUÍMICA GERAL Ligações Químicas. slide- 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS. Profª. Camila Amorim slide- 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS Cap. 8 J.B. Russel 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS slide- 2 Definição: forças que unem átomos formando moléculas, agrupamentos de átomos ou sólidos iônicos; Forças de interação mais fortes;

Leia mais

Ligações Químicas. Ligação Iônica ou Eletrovalente

Ligações Químicas. Ligação Iônica ou Eletrovalente Ligações Químicas Teoria do cteto: s átomos se tornam estáveis quando adquirem a estrutura eletrônica do gás nobre mais próximo na tabela periódica. Para tal, os átomos podem ganhar, perder ou compartilhar

Leia mais

FORÇAS INTERMOLECULARES

FORÇAS INTERMOLECULARES FORÇAS INTERMOLECULARES FORÇAS INTERMOLECULARES A intensidade das forças intermoleculares em diferentes substâncias varia em uma grande faixa, mas elas são muito mais fracas que ligações iônicas covalentes.

Leia mais

SÉRIE: 1 Ano. ALUNO (a): NOTA: LISTA DE EXERCÍCIOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL

SÉRIE: 1 Ano. ALUNO (a): NOTA: LISTA DE EXERCÍCIOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Taynara Oliveira DISCIPLINA: Química SÉRIE: 1 Ano ALUNO (a): NOTA: No Anhanguera você é + Enem LISTA DE EXERCÍCIOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 01. X é isótopo de 20 41 Ca e isótono

Leia mais

Ligações Químicas Interatômicas

Ligações Químicas Interatômicas Ligações Químicas Interatômicas Gabarito Parte I: Resposta da questão 1: [Resposta do ponto de vista da disciplina de Biologia] O tomate é um fruto do tipo baga. O vinagre apresenta caráter ácido. O azeite

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Victor Pontes)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Victor Pontes) Semana 4 Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Victor Pontes) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

LIGAÇÃO COVAL COV AL NT

LIGAÇÃO COVAL COV AL NT LIGAÇÃO COVALENTE INTRODUÇÃO Resulta do compartilhamento de elétrons. Ex: H 2 Os dois átomos de hidrogênio se aproximam devido à força de atração que depois de determinada distância diminuem surgindo as

Leia mais

Metais e ametais. Aula 5 - Ligações Químicas. Química - profª SIMONE MORGADO

Metais e ametais. Aula 5 - Ligações Químicas. Química - profª SIMONE MORGADO Química - profª SIMONE MORGADO Aula 5 - Ligações Químicas Os elementos químicos na natureza são encontrados ligados, portanto, a ligação química traz para os elementos maior estabilidade. Na natureza os

Leia mais

Química Orgânica I Profa. Dra. Alceni Augusta Werle Profa. Dra. Tania Márcia do Sacramento Melo

Química Orgânica I Profa. Dra. Alceni Augusta Werle Profa. Dra. Tania Márcia do Sacramento Melo Química Orgânica I Profa. Dra. Alceni Augusta Werle Profa. Dra. Tania Márcia do Sacramento Melo Formas de representação e interações intermoleculares Aula 3 1- Fórmula química Maneira que os químicos possuem

Leia mais

Estrutura Molecular, Ligações Químicas e Propriedades dos Compostos Orgânicos

Estrutura Molecular, Ligações Químicas e Propriedades dos Compostos Orgânicos Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Profa. Roberlucia A. Candeia Disciplina: Química Orgânica Estrutura Molecular, Ligações Químicas e Propriedades dos

Leia mais

Química A Superintensivo

Química A Superintensivo Química A Superintensivo Exercícios 01) 02) B I. átomo indivisível estava presente na teoria de Dalton. II. A ideia de grandes espaços vazios existentes entre a eletrosfera e o núcleo surgiu na teoria

Leia mais

Tabela Periódica Prof. Francisco Sallas

Tabela Periódica Prof. Francisco Sallas Tabela Periódica Prof. Francisco Sallas www.tapetedepedra.weebly.com Histórico 1817 - Tríades Dohereiner 1862 - Parafuso Telúrico de De Chancourtois 1864 - Lei das Oitavas de Newlands 1869 - D. F. Mendeleiev:

Leia mais

Metais. Ligação Metálica. Condutores, Semicondutores e Isolantes

Metais. Ligação Metálica. Condutores, Semicondutores e Isolantes Metais Ligação Metálica Condutores, Semicondutores e Isolantes 1 Metais Propriedades Gerais Sólidos cristalinos Compostos apenas por átomos do mesmo elemento Interações puramente eletrostáticas Número

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 3 ÁTOMOS E LIGAÇÕES QUÍMICAS

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 3 ÁTOMOS E LIGAÇÕES QUÍMICAS Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

VIII EXAME Questões Objetivas. RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE.

VIII EXAME Questões Objetivas. RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE. Questões Objetivas RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE. Questão 01 (Peso 1) Use seus conhecimentos de estequiometria para dizer qual alternativa está

Leia mais

REVISÃO FINAL AVALIAÇÃO GLOBAL 2.ª ETAPA

REVISÃO FINAL AVALIAÇÃO GLOBAL 2.ª ETAPA REVISÃO FINAL AVALIAÇÃO GLOBAL 2.ª ETAPA POLARIDADE DAS MOLÉCULAS As moléculas podem ser classificadas quanto à sua polaridade em dois grupos: polares ou apolares. Molécula apolar: µ R = 0 Molécula polar:

Leia mais

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES.

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES. 1. (Ufpr 2006) Usando o método da ligação de valência e a teoria da hibridização, explique a estrutura da molécula de HCN, caracterizando o tipo das ligações químicas entre os átomos, os ângulos entre

Leia mais

Módulo II: A visão clássica da ligação covalente

Módulo II: A visão clássica da ligação covalente Módulo II: A visão clássica da ligação covalente Aula 3: Eletronegatividade de Pauling e o caráter iônico das ligações químicas 4. Eletronegatividade de Pauling e o caráter iônico das ligações covalentes

Leia mais

QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 8 Conceitos básicos de ligação química David P. White

QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 8 Conceitos básicos de ligação química David P. White QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 8 Conceitos básicos de ligação química David P. White Ligações químicas, símbolos de Lewis e a regra do octeto Ligação química: é a força atrativa que mantém

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR LIGAÇÕES QUÍMICAS 5 TEORIA CORPUSCULAR 1 INTRODUÇÃO O fato de os gases nobres existirem na natureza como átomos isolados, levou os cientistas KOSSEL e LEWIS a elaborar um modelo para as ligações químicas.

Leia mais

exercícios Sobre a imagem e intensidade das forças intermoleculares,

exercícios Sobre a imagem e intensidade das forças intermoleculares, Química Marcus Vinícius exercícios 1. (Idecan/CBMMG/CFO/2016) A intensidade das forças intermoleculares em diferentes substâncias varia em uma grande faixa, mas essas forças são muito mais fracas que as

Leia mais

Identificação funções inorgânicas, ionização e dissociação, número de oxidação

Identificação funções inorgânicas, ionização e dissociação, número de oxidação Identificação funções inorgânicas, ionização e dissociação, número de oxidação Várias teorias tentaram explicar o fato de algumas soluções conduzirem energia elétrica e outra não 1903 Arrhenius experiências

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 3º Ano do Ensino Médio Disciplina: Química 1. Um átomo do elemento químico X, usado como corante para vidros, possui número de massa igual a 79 e número de nêutrons

Leia mais

Roteiro de Estudos 1 trimestre 2015 Disciplina: Química 1ª série Professor: Ricardo Augusto Marques da Costa

Roteiro de Estudos 1 trimestre 2015 Disciplina: Química 1ª série Professor: Ricardo Augusto Marques da Costa Roteiro de Estudos 1 trimestre 2015 Disciplina: Química 1ª série Professor: Ricardo Augusto Marques da Costa - Teoria do octeto. Unidade 5: Interações atômicas e moleculares - Ligação iônica ou eletrovalente.

Leia mais

Ligações intermoleculares

Ligações intermoleculares Comparações entre ligações e interações químicas Ligação covalente : Interação intramolecular Ligação de hidrogênio: Interação intermolecular Forças íon-dipolo Existem entre um íon e a carga parcial em

Leia mais

O ÁTOMO pág. 66. Átomo: do grego, indivisível.

O ÁTOMO pág. 66. Átomo: do grego, indivisível. O ÁTOMO pág. 66 Átomo: do grego, indivisível. Núcleo: Prótons + Nêutrons Eletrosfera: Elétrons Número atômico (Z): nº de prótons no núcleo Número de massa (A): nº de prótons + nêutrons Prótons: carga positiva

Leia mais

Ligações covalentes. Modelinho simplificado: será que dá conta de explicar tudo?

Ligações covalentes. Modelinho simplificado: será que dá conta de explicar tudo? Ligações covalentes Modelinho simplificado: será que dá conta de explicar tudo? 1 Ligação Covalente Características Aproximação de dois átomos, podendo serem iguais Sobreposição de orbitais atômicos, gerando

Leia mais

ÁTOMO: núcleo muito pequeno composto por prótons e nêutrons, que é circundado por elétrons em movimento;

ÁTOMO: núcleo muito pequeno composto por prótons e nêutrons, que é circundado por elétrons em movimento; 1.1 CONCEITOS FUNDAMENTAIS ÁTOMO: núcleo muito pequeno composto por prótons e nêutrons, que é circundado por elétrons em movimento; Elétrons e prótons são eletricamente carregados: 1,60 x 10-19 C; Elétrons:

Leia mais