CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS"

Transcrição

1 Autor Lucas Rocha Furtado CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Área específica Direito Administrativo. O presente Curso de Licitações e Contratos Administrativos, lançado pela Editora Fórum, trata de trabalho distinto e bem mais completo que o Curso de Licitações e Contratos Administrativos: teoria, prática e jurisprudência, publicado em 2001, pela Editora Atlas. Além de terem sido criados novos capítulos para tratar de questões anteriormente não enfrentadas, foi inserida, ao final de cada capítulo, ampla pesquisa de jurisprudência acerca do tema abordado. O resultado foi tão inovador que decidimos lançar este novo trabalho e não a segunda edição da obra publicada em Alguns aspectos do livro merecem referência especial. O primeiro diz respeito à ampla e inovadora pesquisa de jurisprudência realizada no Tribunal de Contas da União (TCU), Supremo Tribunal Federal (STF) e Superior Tribunal de Justiça (STJ). Por meio desta pesquisa, são destacados não apenas os importantes itens constantes dos acórdãos, mas são apresentados trechos dos votos proferidos em que se expõem as razões que levaram mencionados tribunais a adotar aquela decisão e a fi rmar igualmente enfoque prático dado pelo trabalho às questões relacionadas à aplicação da Lei nº 8.666/93. Por meio de exemplos de casos concretos, o autor aborda diversas questões relativas à condução das licitações e à formalização e execução dos contratos administrativos. Destacam-se, assim, no presente livro, a ampla pesquisa de jurisprudência, o enfoque prático do texto e a linguagem utilizada, de fácil compreensão. Áreas afins Licitações e contratos administrativos. Procedimentos e modalidades de licitação. Lei nº 8.666/1993. Empresas estatais e Lei nº / Público-alvo/consumidores -- FORMATO: 17 X 24 cm CÓDIGO:

2 F992c Furtado, Lucas Rocha Curso de licitações e contratos administrativos / Lucas Rocha Furtado. 7. ed. rev. atual. e ampl. com comentários sobre a Lei nº /2016 Lei das Empresas Estatais Belo Horizonte : Fórum, p. ISBN Direito administrativo. 2. Licitação Procedimentos. 3. Licitação Modalidades. 4. Contrato administrativo. 5. Brasil [Lei de licitação (1993)]. I. Título. CDD: CDU: Informação bibliográfica deste livro, conforme a NBR 6023:2002 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT): FURTADO, Lucas Rocha. Curso de licitações e contratos administrativos. 7. ed. rev. atual. e ampl. com comentários sobre a Lei nº /2016 Lei das Empresas Estatais Belo Horizonte: Fórum, p. ISBN SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...19 CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES GERAIS Administração Pública e setor privado Normas gerais sobre licitações e contratos administrativos Administração Pública direta, autarquias, fundações públicas e empresas estatais Entidades do terceiro setor e dever de licitar Microempresas, empresas de pequeno porte e licitação Normas gerais sobre licitações Finalidades da licitação Garantia da observância do princípio da isonomia e seleção da proposta mais vantajosa Promoção do desenvolvimento nacional sustentável Processo administrativo e formalismo exagerado Princípios da licitação Supremacia e indisponibilidade do interesse público Legalidade Impessoalidade Moralidade ou probidade Motivação Publicidade Vinculação ao instrumento convocatório Julgamento objetivo Adjudicação compulsória Segurança Jurídica Obtenção de competitividade Jurisprudência TCU STF STJ CAPÍTULO 2 OBRIGATORIEDADE DA LICITAÇÃO E CONTRATAÇÃO DIRETA Dever constitucional de licitar

3 2.2 Distinção conceitual entre dispensa e inexigibilidade de licitação Licitação dispensada - lista exaustiva Licitação dispensável Licitação dispensável em razão do valor Licitação dispensável em razão de situações excepcionais Contrato emergencial Requisitos à contratação emergencial Inércia do administrador causadora da emergência na contratação Renovação e prorrogação de contratos emergenciais Licitação deserta ou frustrada - ausência de interessados Requisitos à contratação direta Convite e licitação deserta Licitação fracassada Contratação de remanescente de obra, serviço ou fornecimento Outras hipóteses de contratação direta relacionadas a situações excepcionais Dispensa em razão do objeto Dispensa em razão da pessoa Outras hipóteses de dispensa da Lei nº / Inexigibilidade de licitação Fornecedor exclusivo Inviabilidade de competição - comprovação Âmbito territorial Preferência por marca e padronização Serviços técnicos a serem prestados por profissionais de notória especialização Serviços técnico-profissionais especializados Notória especialização e existência de várias empresas ou profissionais especializados Singularidade do objeto Contratação de serviços artísticos Outras hipóteses de inexigibilidade de licitação Jurisprudência TCU STF STJ CAPÍTULO 3 MODALIDADES DE LICITAÇÃO Quadro geral das modalidades de licitação Modalidades comuns e especiais de licitação Critério distintivo básico Critério para a utilização da concorrência, tomada de preços ou convite Utilização do leilão ou da concorrência para a alienação de imóveis Licitação internacional e adoção da concorrência Adoção da modalidade de licitação mais rigorosa que a definida em lei Desmembramento (fracionamento) do objeto do contrato Criação de modalidade de licitação não prevista em lei - impossibilidade Concorrência Tomada de preços Convite Leilão Concurso Pregão Procedimento da Lei nº / Jurisprudência TCU STF STJ CAPÍTULO 4 PROCEDIMENTO DA LICITAÇÃO Procedimento básico Concorrência Fase interna e fase externa da licitação Fase interna Providências preliminares Processo, procedimento e autos da licitação Objeto da licitação Necessidade da previsão dos recursos a serem gastos Edital - elaboração

4 4.3.6 Parecer jurídico - responsabilidade do parecerista Parecer jurídico e minuta padrão Lei de Responsabilidade Fiscal e licitações Fases da concorrência Edital Informações obrigatórias Definição do objeto e especificação de marca Projeto básico e projeto executivo Impugnações ao edital Representações Divulgação do edital Prazos para apresentação das propostas Habilitação Objetivo da habilitação SICAF Habilitação jurídica Qualificação técnica Quantidade mínima de atestados relacionados à qualificação técnica Qualificação econômico-financeira Regularidade fiscal e trabalhista Regularidade fiscal de microempresas e empresas de pequeno porte Recurso contra habilitação ou inabilitação Fixação de prazo para a apresentação de nova documentação ou de novas propostas Consórcio de empresas e qualificação Pré-qualificação Cooperativas Julgamento (classificação das propostas) Fundamentos para a desclassificação Ordem de classificação e julgamento Margem de preferência para produtos manufaturados e serviços nacionais Desistência de propostas Apresentação de amostras e desclassificação Empate entre propostas - critérios de desempate Aquisição de bens e serviços de informática O direito de preferência A possibilidade de restrição ao produto estrangeiro Desclassificação de todas as propostas Tipos de licitação Noções gerais - distinção entre modalidade e tipo de licitação Impossibilidade de ser criado novo tipo de licitação que não tenha sido indicado pela lei Impossibilidade de serem julgadas as propostas por meio de critérios subjetivos ou não constantes do edital Menor preço - tipo básico de licitação Melhor técnica e técnica e preço Outras hipóteses de utilização do tipo melhor técnica ou técnica e preço Licitação de melhor técnica Maior retorno econômico e melhor destinação de bens alienados Homologação do procedimento licitatório revogação, anulação e contraditório Adjudicação Recursos contra as decisões proferidas no curso da licitação Representação ao Tribunal de Contas Convocação do adjudicatário para assinar o contrato Prazo de validade das propostas Regime Diferenciado de Contratações Públicas Jurisprudência TCU STF STJ CAPÍTULO 5 PREGÃO E REGISTRO DE PREÇOS Aspectos gerais Âmbito de utilização - uso preferencial em relação às modalidades previstas na Lei nº 8.666/93 e na Lei nº / Obrigatoriedade da utilização do pregão na aplicação de recursos federais Bens e serviços comuns

5 5.4.1 Valor estimado da contratação Definição dos bens e serviços comuns Bens e serviços de informática e pregão Utilização do pregão para a contratação de bens de informática e direito de preferência Pregão e a margem de preferência prevista na Lei nº / Procedimento do pregão Pregão e concorrência Fase interna do pregão e elaboração de orçamento detalhado Pregoeiro Fase externa do pregão Contratação decorrente do pregão Pregão eletrônico Sistema de registro de preços Empresas estatais Jurisprudência TCU STJ CAPÍTULO 6 CONTRATO ADMINISTRATIVO Contratos celebrados pela Administração Pública Fundamento constitucional Normas gerais sobre licitações e contratos administrativos Terceirização de atividades fins Impossibilidade Contrato administrativo e ato administrativo Conceito de contrato administrativo Outros acordos de vontade Convênios, termos de colaboração, de fomento e acordos de cooperação celebrados pelo Poder Público Contratos de gestão Contratos de gestão e organizações sociais Contrato de gestão celebrado entre entidades ou órgãos públicos Termos de parceria e Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público Parcerias Público-Privadas, concessões de serviço público, termos de parceria e contratos de gestão: distinções Distinção entre contratos administrativos e contratos celebrados pelos particulares Contrato de Direito público e contrato de Direito privado Contratos administrativos e empresas estatais Cláusulas exorbitantes Mutabilidade contratual Modificações unilaterais Rescisão unilateral Fiscalização da execução do contrato Aplicação de sanções Modalidades de sanção previstas nas Leis nº 8.666/93 e nº / Modalidades de sanção previstas na Lei nº /2013 e o acordo de leniência Responsabilidade administrativa e responsabilidade civil Outras cláusulas exorbitantes Retenção de créditos e exigência de garantias Exceção de contrato não cumprido Anulação do contrato Jurisprudência TCU STF STJ CAPÍTULO 7 FORMALIZAÇÃO DO CONTRATO Formalização dos contratos no Direito público e no Direito privado Convocação do adjudicatário para assinar o contrato Regras gerais Recusa do licitante em assinar o contrato Prazo de validade da proposta Prorrogação da validade das propostas Convocação dos demais licitantes Formalização Forma escrita e instrumento contratual

6 7.3.2 Formalização de contratos relativos a direitos reais sobre bens imóveis Contrato verbal - hipóteses admitidas Publicação do extrato do contrato Jurisprudência TCU STJ STJ CAPÍTULO 8 CLÁUSULAS CONTRATUAIS OBRIGATÓRIAS Parâmetro a ser seguido para a elaboração do contrato Distinção entre contrato e instrumento do contrato Cláusulas contratuais obrigatórias Lista da Lei nº 8.666/ Objeto do contrato Regime de execução ou forma de fornecimento Preço, condições de pagamento e de reajuste Preço e condições de pagamento Reajuste de preço Prazos contratuais Regra geral Crédito orçamentário Exceções Prorrogação e renovação Garantias contratuais Sanções Causas para a rescisão do contrato Outras cláusulas não obrigatoriedade Jurisprudência TCU CAPÍTULO 9 EXECUÇÃO, FISCALIZAÇÃO E EXTINÇÃO DOS CONTRATOS Dever de cumprimento do contrato Responsabilidade do contratado e da Administração Pública Encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais resultantes do contrato Dever do contratado de responder por todos os encargos decorrentes da execução do contrato Encargos previdenciários e responsabilidade solidária da Administração Pública Encargos trabalhistas do contratado e responsabilidade subsidiária da Administração Pública Fiscalização da execução do contrato Dever da Administração Pública de fiscalizar seus contratos Designação de representante da Administração para acompanhar a execução do contrato Acompanhamento de contratos de grande vulto ou muito complexos Designação de preposto pelo contratado Recebimento do objeto do contrato Regras especiais para o recebimento do objeto dos contratos administrativos Distinção entre o recebimento provisório e o recebimento definitivo do objeto do contrato Prazo dentro do qual a Administração deverá atestar o recebimento definitivo do objeto do contrato Recebimento definitivo e responsabilidade do contratado Dispensa do recebimento provisório Realização de testes para verificar a qualidade da prestação Extinção do contrato Conclusão do objeto Expiração do prazo de vigência Rescisão Anulação Jurisprudência TCU STF STJ CAPÍTULO 10

7 EQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO DO CONTRATO Reequilíbrio econômico-financeiro Teoria da imprevisão Reajuste de preços Repactuação (ou revisão) Distinção entre atualização, recomposição e reajuste de preços Fato do príncipe e fato da administração Caso fortuito, força maior e teoria da imprevisão Equilíbrio financeiro e contratos de concessão Jurisprudência TCU STJ CAPÍTULO 11 CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EM ESPÉCIE (LEI Nº 8.666/93) Aspectos gerais Contratos de obra e de serviços Principal distinção entre obra e serviço Serviços comuns, artísticos e técnicos Regras comuns aos serviços e obras Procedimento para a contratação de obras e serviços Objetivo do projeto básico e do projeto executivo Dispensa dos projetos básico e executivo - hipóteses admitidas Outras regras comuns às obras e aos serviços Necessidade de previsão da execução da obra ou do serviço em sua integralidade Impedimentos à participação em obras ou em serviços Regimes de execução das obras e serviços Distinção entre execução direta e indireta de obra ou serviço Empreitada e tarefa Característica da tarefa como regime de execução de contrato Modalidades de empreitada admitidas Contrato de compra Compra e fornecimento Distinções entre as compras do direito privado e as celebradas pela Administração Categorias de compras Regimes de execução para os contratos de compra Distinção entre compra (ou fornecimento) contínua e serviço de natureza contínua Regras específicas para as compras celebradas pela Administração Compra de bens de natureza divisível - cotação de quantidades inferiores às demandas pela Administração Publicidade e compras Aquisição de bens e serviços de informática Publicidade Contrato de alienação Conceito legal de alienação Alienação de móveis e de imóveis Dação em pagamento Distinção entre doação de bens móveis ou imóveis Investidura Permissões e concessões de uso Locações Modalidade de licitação para as alienações Regime Diferenciado de Contratações Públicas Compras, contratações e desenvolvimento de produtos e de sistemas de defesa Jurisprudência STF TCU STJ REFERÊNCIAS

O exame de processos de outorga de concessão deve conter em sua introdução as informações básicas relativas ao tipo de processo.

O exame de processos de outorga de concessão deve conter em sua introdução as informações básicas relativas ao tipo de processo. Tribunal de Contas da União MANUAL PARA INSTRUÇÃO DE PROCESSOS DE LICITAÇÃO PARA OUTORGA DE APROVEITAMENTOS HIDRELÉTRICOS E DE LINHAS DE TRANSMISSÃO 1 - INTRODUÇÃO 1.1. CARACTERÍSTICAS GERAIS O exame de

Leia mais

Defender interesses difusos e coletivos, defender o regime democrático e a implementação de políticas constitucionais.

Defender interesses difusos e coletivos, defender o regime democrático e a implementação de políticas constitucionais. 1. Escopo ou finalidade do projeto Ampliar a efetividade do velamento que o Ministério Público exerce sobre as Fundações Privadas, de forma a garantir que este patrimônio social seja efetivamente aplicado

Leia mais

Breve Relato Sobre Licitações Públicas. Com ênfase na Modalidade Pregão Presencial e Pregão Eletrônico

Breve Relato Sobre Licitações Públicas. Com ênfase na Modalidade Pregão Presencial e Pregão Eletrônico Breve Relato Sobre Licitações Públicas Com ênfase na Modalidade Pregão Presencial e Pregão Eletrônico O que é Licitação? É um procedimento Administrativo para Aquisição de produtos ou Contratação de Serviços

Leia mais

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL Ementa aula 12 de novembro de 2013. 18 de novembro de 2013. ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL Professora: Ana Claudia Finger Mestre em Direito do

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO AUDITORIA GERAL DO ESTADO ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010

ESTADO DE MATO GROSSO AUDITORIA GERAL DO ESTADO ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010 ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010 UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS: NÚCLEO SISTÊMICO: TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS TODOS OS NÚCLEOS SISTÊMICOS FINANCEIRO. PROCESSO DE PAGAMENTO. ASSUNTO: CONSÓRCIO. EXIGÊNCIA DE

Leia mais

ATA DE ANALISE DE IMPUGNAÇÃO

ATA DE ANALISE DE IMPUGNAÇÃO ATA DE ANALISE DE IMPUGNAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N 055/2016 PREGÃO PRESENCIAL N 044/2016 OBJETO: PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DE CONDICIONADORES DE AR. IMPUGNANTE: ARTEC AR

Leia mais

Como Licitar e Contratar Obras e Serviços de Engenharia

Como Licitar e Contratar Obras e Serviços de Engenharia Como Licitar e Contratar Obras e Serviços de Engenharia Brasilia - DF Dias 21 a 23 de Agosto de 2013 Manhattan Plaza Hotel SHN Quadra 2, Bloco A Com Paulo Reis Objetivo: Aprimorar os conhecimentos dos

Leia mais

1º Termo Aditivo ao Edital de Licitação de Tomada de Preço nº 01/2015 do CRFa 3ª

1º Termo Aditivo ao Edital de Licitação de Tomada de Preço nº 01/2015 do CRFa 3ª 1º Termo Aditivo ao Edital de Licitação de Tomada de Preço nº 01/2015 do CRFa 3ª Fica aditado o Edital de Licitação na modalidade de Tomada de Preço n. 01/2015, do CRFa 3ª, para constar que: 1. O item

Leia mais

LEI Nº. 1.361/2010 14 de abril de 2010. Autoria: Poder Executivo Municipal

LEI Nº. 1.361/2010 14 de abril de 2010. Autoria: Poder Executivo Municipal LEI Nº. 1.361/2010 14 de abril de 2010. Autoria: Poder Executivo Municipal ALTERA DISPOSITIVOS NA LEI Nº.1.303, DE 08 DE JULHO DE 2009, QUE REGULAMENTA NO MUNICIPIO DE CAMPO NOVO DO PARECIS O TRATAMENTO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL)

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL) REFERÊNCIA Pedido de Impugnação ao edital do Pregão Eletrônico nº. 018/2016, processo administrativo nº 2015/20602, cujo objeto é a contratação de empresa especializada para o fornecimento e instalação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA PROJETO WORKSHOP DE EMPREENDEDORISMO PARA A POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CRIMINALIDE E VIOLÊNCIA NO ESTADO DE MINAS GERAIS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA PROJETO WORKSHOP DE EMPREENDEDORISMO PARA A POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CRIMINALIDE E VIOLÊNCIA NO ESTADO DE MINAS GERAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA PROJETO WORKSHOP DE EMPREENDEDORISMO PARA A POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CRIMINALIDE E VIOLÊNCIA NO ESTADO DE MINAS GERAIS MODALIDADE: CONCORRÊNCIA ESPECIAL CRITÉRIO DE JULGAMENTO:

Leia mais

08 a 10/05/2013 - Belo Horizonte MG - CURSO GERAL DE LICITAÇÕES, CONTRATAÇÕES DIRETAS E PREGÃO.

08 a 10/05/2013 - Belo Horizonte MG - CURSO GERAL DE LICITAÇÕES, CONTRATAÇÕES DIRETAS E PREGÃO. Apresentação Como evitar os Principais Vícios (Leis nº 8.666/93, nº 10.520/2002; Decreto nº 3.555/2000, Decreto nº 5.450/2005, Lei Complementar nº 123/2006 e Decreto nº 6.204/2007). Objetivo Preparar todos

Leia mais

JUSTIFICATIVA. O artigo 37, inciso XXI da Constituição Federal, impôs como regra a obrigatoriedade de licitar.

JUSTIFICATIVA. O artigo 37, inciso XXI da Constituição Federal, impôs como regra a obrigatoriedade de licitar. PROCESSO: 093/2013. INEXIGIBILIDADE: 006/2013. Ao Senhor Prefeito Municipal. Referência: Contratação da empresa Associação Matogrossense de Prevenção, Assistência e Reabilitação dos Usuários de Drogas

Leia mais

LIVRO: LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 2ªED., 2013 SUMÁRIO

LIVRO: LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 2ªED., 2013 SUMÁRIO LIVRO: LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EDITORA: GEN MÉTODO EDIÇÃO: 2ªED., 2013 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... Capítulo I LICITAÇÃO 1.1. Conceito... 1.2. Fontes normativas... 1.3. Competência legislativa...

Leia mais

Prestação de Contas do Programa Nacional de Alimentação Escolar

Prestação de Contas do Programa Nacional de Alimentação Escolar Prestação de Contas do Programa Nacional de Alimentação Escolar Orvalina Ornelas Nascimento Santos Coordenadora-Geral de Contabilidade e Acompanhamento de Prestação de Contas Prestação de Contas: Quem

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DO INSTITUTO ODEON CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DO INSTITUTO ODEON CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DO INSTITUTO ODEON CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento tem por objetivo definir os critérios e as condições a serem observados pelo INSTITUTO

Leia mais

Valéria Salgado Gerente de Projeto Secretaria de Gestão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Valéria Salgado Gerente de Projeto Secretaria de Gestão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Reforma do Estado Principais Aspectos Valéria Salgado Gerente de Projeto Secretaria de Gestão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Ideal de Estado que orienta as políticas de gestão do Governo

Leia mais

Regulamento de Compras e Contratações de Serviços

Regulamento de Compras e Contratações de Serviços Regulamento de Compras e Contratações de Serviços Capítulo I INTRODUÇÃO Dos Princípios Art.1º- Este regulamento estabelece normas para a aquisição e alienação de bens e para a contratação de obras e serviços

Leia mais

Aprova o Regulamento para a modalidade de licitacao denominada pregao, para aquisicao de bens e servicos comuns

Aprova o Regulamento para a modalidade de licitacao denominada pregao, para aquisicao de bens e servicos comuns DECRETO Nº 3.555, DE 8 DE AGOSTO DE 2000. Aprova o Regulamento para a modalidade de licitacao denominada pregao, para aquisicao de bens e servicos comuns O PRESIDENTE DA REPUBLICA, no uso das atribuicoes

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO TERMO: FEITO: REFERÊNCIA: RAZÕES: DECISÓRIO RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA Nº 010/2015-CEL/SEVOP/PMM Contra a DESCLASSIFCAÇÃO da proposta comercial da empresa

Leia mais

BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER

BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER SÃO PAULO (11) 5081-7950 SAOPAULO@ELOCONSULTORIA.COM RUA CUBATÃO, 929 CONJ. 116 VILA MARIANA HOME

Leia mais

Ano 5º Ano. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional. Professor(es) Ms. Demétrius Amaral Beltrão Ms Julio Cesar da Silva Tavares

Ano 5º Ano. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional. Professor(es) Ms. Demétrius Amaral Beltrão Ms Julio Cesar da Silva Tavares Página 1 de 5 A EMENTA Licitações e Contratos Administrativos. Tipos de atividade administrativa: Serviços Públicos e Limitação da autonomia privada (Poder de polícia). Ordenamento urbano e estatuto da

Leia mais

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40 EDITAL PARA SELEÇÃO DE FORNECEDOR - AUDITORIA CONTÁBIL EXTERNA O Centro de Estudos e Pesquisas 28 (Organização Social em Saúde), entidade privada de utilidade pública, inscrito no, torna pública a realização,

Leia mais

05/2016 775707/2012 - MTE/SENAES CAMP

05/2016 775707/2012 - MTE/SENAES CAMP Cotação Prévia de Preço Nº. 05/2016 Convênio Nº 775707/2012 - MTE/SENAES CAMP Projeto: Centro de Formação e Apoio à Assessoria Técnica em Economia Solidária CFES Regional Sul. Critério: Menor Preço e Melhor

Leia mais

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Editora Atlas, 2002....

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Editora Atlas, 2002.... GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Editora Atlas, 2002.... 1 Como encaminhar uma Pesquisa? A pesquisa é um projeto racional e sistemático com objetivo de proporcionar respostas

Leia mais

1.2. Obrigatoriedade de realização de licitação ( CF, art. 37, XXI)

1.2. Obrigatoriedade de realização de licitação ( CF, art. 37, XXI) ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO PROFESSORA: CLARISSA SAMPAIO SILVA 1) LICITAÇÃO - Previsão constitucional: 1.1. Estabelecimento de normas gerais ( CF, art.22, XXVII)

Leia mais

11. Ciclo de Gestão do Governo Federal

11. Ciclo de Gestão do Governo Federal Marco Legal: Constituição de 1988 11. Ciclo de Gestão do Governo Federal Instrumentos: Planejamento Orçamento Finanças Controle LDO PPA LOA Elementos Normativos: Plano Plurianual - PPA, Lei de Diretrizes

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4012 EDITAL Nº 005/2010 1. Perfil: TR 007/2010-CGS - CIÊNCIAS SOCIAIS APLICÁVEIS 3. Qualificação educacional: Graduação na área de CIÊNCIAS SOCIAIS

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 158 /2014-TCE/AP

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 158 /2014-TCE/AP RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 158 /2014-TCE/AP Dispõe sobre atividade da Revista do Tribunal de Contas do Estado do Amapá, normas e procedimentos gerais para admissão, seleção e publicação de trabalhos no periódico,

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO ADMINISTRATIVO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA CONSTRUÇÃO DE ALAMBRADO NO ASILO BETEL, QUE ENTRE SI FAZEM O MUNICÍPIO DE CASTILHO e a empresa A. a Z. COMÉRCIO, REPRESENTAÇÃO E SERVIÇOS

Leia mais

O Advogado-Geral do Estado, Dr. José Bonifácio Borges de Andrada, proferiu no Parecer abaixo o seguinte Despacho: De acordo.

O Advogado-Geral do Estado, Dr. José Bonifácio Borges de Andrada, proferiu no Parecer abaixo o seguinte Despacho: De acordo. O Advogado-Geral do Estado, Dr. José Bonifácio Borges de Andrada, proferiu no Parecer abaixo o seguinte Despacho: De acordo. Em 16/9/2009 Procedência: Instituto Estadual de Florestas - IEF Interessado:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE STAND PARA O LATINIDADES FESTIVAL DA MULHER AFRO LATINO AMERICANA E CARIBENHA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE STAND PARA O LATINIDADES FESTIVAL DA MULHER AFRO LATINO AMERICANA E CARIBENHA TERMO DE REFERÊNCIA PARA LOCAÇÃO DE STAND PARA O LATINIDADES FESTIVAL DA MULHER AFRO LATINO AMERICANA E CARIBENHA Prezadas (os) Senhoras e Senhores, Brasília, 08 de novembro de 2011. A ONU Mulheres Brasil

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL I. Foed Saliba Smaka Jr. Aula 11: 20/03/2015.

DIREITO EMPRESARIAL I. Foed Saliba Smaka Jr. Aula 11: 20/03/2015. DIREITO EMPRESARIAL I Foed Saliba Smaka Jr. Aula 11: 20/03/2015. Regras Gerais do Direito Empresarial. REGISTRO DO EMPRESÁRIO. Obrigatoriedade. Art. 967. É obrigatória a inscrição do empresário no Registro

Leia mais

ASSUNTO: Solicitação de Impugnação de Edital Concorrência SEBRAE/TO Nº 008/2014

ASSUNTO: Solicitação de Impugnação de Edital Concorrência SEBRAE/TO Nº 008/2014 À COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO SEBRAE/TO AT. SRA. ODEANE MILHOMEM DE AQUINO Presidente da CPL ASSUNTO: Solicitação de Impugnação de Edital Concorrência SEBRAE/TO Nº 008/2014 Prezada Senhora, IDEIA

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 4/2007 ANEXO III

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 4/2007 ANEXO III 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA Nº 4/2007 ANEXO III CRITÉRIOS DE ELABORAÇÃO E JULGAMENTO DA PROPOSTA TÉCNICA - CONTENCIOSO JUDICIAL CÍVEL 2

Leia mais

Portaria da EPSJV 023/2012-DIR/EPSJV. O Diretor da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, no uso de suas atribuições, RESOLVE: 1.

Portaria da EPSJV 023/2012-DIR/EPSJV. O Diretor da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, no uso de suas atribuições, RESOLVE: 1. 01 O Diretor da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, no uso de suas atribuições, 1. DOS OBJETIVOS RESOLVE: Normatizar o pagamento da Gratificação por Encargo de Curso, no âmbito da Escola Politécnica

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS INTRODUÇÃO Esse documento orienta as aquisições da Agência de Desenvolvimento e Inovação de Guarulhos, doravante denominada AGENDE, inscrita no CNPJ nº

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DA ESCOLA DE GOVERNO REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DA ESCOLA DE GOVERNO REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS A Secretaria de Estado da Gestão Pública do Governo de Alagoas torna público o 3º CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS NA GESTÃO DO PODER EXECUTIVO DE ALAGOAS que será

Leia mais

CEBGAS Companhia Brasiliense de Gás

CEBGAS Companhia Brasiliense de Gás REGULAMENTO PARA CADASTRAMENTO E CLASSIFICAÇÃO DE POSTOSREVENDEDORES DE COMBUSTÍVEIS PARA FORNECIMENTO DE GÁS NATURAL VEICULAR GNV, PROVENIENTE DO GÁS NATURAL LIQUEFEITO - GNL Considerando que a Companhia

Leia mais

São João del-rei, 26 de novembro de 2015. Processo: 23122.009269/2015-65 Pregão Eletrônico: 029/2015 Assunto: Decisão Recurso Administrativo

São João del-rei, 26 de novembro de 2015. Processo: 23122.009269/2015-65 Pregão Eletrônico: 029/2015 Assunto: Decisão Recurso Administrativo São João del-rei, 26 de novembro de 2015. Processo: 23122.009269/2015-65 Pregão Eletrônico: 029/2015 Assunto: Decisão Recurso Administrativo 1 PRELIMINARMENTE Vistos e examinados os autos do processo licitatório

Leia mais

Programa Gulbenkian de Língua e Cultura Portuguesas REGULAMENTO DO CONCURSO DE APOIO A CONGRESSOS NOS DOMÍNIOS DA LÍNGUA E DA CULTURA PORTUGUESAS

Programa Gulbenkian de Língua e Cultura Portuguesas REGULAMENTO DO CONCURSO DE APOIO A CONGRESSOS NOS DOMÍNIOS DA LÍNGUA E DA CULTURA PORTUGUESAS REGULAMENTO DO CONCURSO DE APOIO A CONGRESSOS NOS DOMÍNIOS DA LÍNGUA E DA CULTURA PORTUGUESAS 2014 Enquadramento A Fundação Calouste Gulbenkian (Fundação), através de concurso, vai conceder apoio à organização

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY AVISO PROCESSO SELETIVO São Paulo, 23 de junho de 2014. PROCESSO SELETIVO Nº 003/2014 I. Proponente: Confederação Brasileira de Rugby CNPJ: 50.380.658/0001-44 E-mail: kaiza.cappi@brasilrugby.com.br Endereço:

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Licitações Lei 8.666/93 Professor Cristiano de Souza www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Administrativo LICITAÇÕES LEI 8.666/93 Conceito: Licitação é um procedimento administrativo

Leia mais

1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ.

1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ. Código de Classificação: 13.02.01.15 TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ. 2. DA

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY AVISO PROCESSO SELETIVO São Paulo, 23 de junho de 2014. PROCESSO SELETIVO Nº 002/2014 I. Proponente: Confederação Brasileira de Rugby CNPJ: 50.380.658/0001-44 E-mail: kaiza.cappi@brasilrugby.com.br Endereço:

Leia mais

FUNDAMENTAÇÃO. Tribunal Pleno.

FUNDAMENTAÇÃO. Tribunal Pleno. Processo nº 4.547-0/2012 Interessado Prefeitura de Primavera do Leste Assunto Representação de Natureza Interna Relator Conselheiro Waldir Júlio Teis Julgamento Tribunal Pleno FUNDAMENTAÇÃO Tribunal Pleno.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N 10-2009 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

PROCESSO SELETIVO N 10-2009 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PROCESSO SELETIVO N 10-009 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A unidade nacional do Sescoop Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

ANEXO I. TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO (Registro de Preços Pregão Eletrônico)

ANEXO I. TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO (Registro de Preços Pregão Eletrônico) ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO (Registro de Preços Pregão Eletrônico) 1. DO OBJETO - Fornecimento através do Sistema de Registro de Preços de material permanente Estantes, Armários e Roupeiros 2.

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Resposta aos questionamentos efetuados pela empresa TOTVS, temos a informar conforme segue:

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Resposta aos questionamentos efetuados pela empresa TOTVS, temos a informar conforme segue: Resposta aos questionamentos efetuados pela empresa TOTVS, temos a informar conforme segue: Questionamento 1: Tomando como base a definição de que os Conselhos o Federal e os Regionais foram criados por

Leia mais

DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS (DRH)

DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS (DRH) MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS (DRH) A Divisão de Recursos Humanos (DRH) e suas Seções são responsáveis pelas demandas referentes

Leia mais

EMBAIXADA DO BRASIL EM DUBLIN EDITAL Nº 01/2015

EMBAIXADA DO BRASIL EM DUBLIN EDITAL Nº 01/2015 EMBAIXADA DO BRASIL EM DUBLIN EDITAL Nº 01/2015 O Embaixada do Brasil em Dublin faz saber aos interessados, por meio da Comissão de Seleção designada pelo Senhor Embaixador do Brasil em Dublin, que realizará

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA DE INCENTIVO À CONTRATAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO PROMOÇÃO BMG CARD CASH BACK

REGULAMENTO DA CAMPANHA DE INCENTIVO À CONTRATAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO PROMOÇÃO BMG CARD CASH BACK REGULAMENTO DA CAMPANHA DE INCENTIVO À CONTRATAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO PROMOÇÃO BMG CARD CASH BACK É instituída a campanha Promoção BMG Card Cash Back como forma de incentivar os servidores efetivos

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO E AUDITORIA. PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO - 2014 a 2017

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO E AUDITORIA. PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO - 2014 a 2017 PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO - 2014 a 2017 COORDENADORIA DE AUDITORIA Em conformidade com o art. 9º da Resolução CNJ n. 171/2013, elaborou-se este Plano de Auditoria de Longo Prazo PALP, que tem por

Leia mais

CONTRATANDO SEM LICITAÇÃO DE ACORDO COM A LEI.

CONTRATANDO SEM LICITAÇÃO DE ACORDO COM A LEI. OBJETIVOS CONTRATANDO SEM LICITAÇÃO DE ACORDO COM A LEI. Posicionamentos recentes do Tribunal de Contas da União Aspectos polêmicos da matéria 19 e 20 de agosto de 2013 Brasília/DF A Constituição Federal

Leia mais

SORRISO: A CAPITAL NACIONAL DO AGRONEGÓCIO

SORRISO: A CAPITAL NACIONAL DO AGRONEGÓCIO PARECER JURÍDICO EMENTA: Contratação de Empresa especializada para prestação de serviços técnicos especializados no apoio para implantação e ações viabilização do parque tecnológico de Sorriso. PROCESSO

Leia mais

SUMÁRIO. Parte I NOÇÕES GERAIS

SUMÁRIO. Parte I NOÇÕES GERAIS SUMÁRIO Parte I NOÇÕES GERAIS I Noção de contrato 25 2 Origens e evolução histórica do direito dos contratos 31 2 I Historicidade do contrato 32 22 O direito romano 33 23 O direito inglês medieval 34 3

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº. : 117088005 INTERESSADO : AMC INFORMÁTICA LTDA. ASSUNTO : RECURSO ADMINISTRATIVO, Processos nºs. 57280206. PARECER Nº. 012/2006-CPL Nos autos em epígrafe,

Leia mais

ILMO (A). SENHOR (A) PREGOEIRO (A) DA FUNDAÇÃO LUÍS EDUARDO MAGALHÃES - FLEM

ILMO (A). SENHOR (A) PREGOEIRO (A) DA FUNDAÇÃO LUÍS EDUARDO MAGALHÃES - FLEM ILMO (A). SENHOR (A) PREGOEIRO (A) DA FUNDAÇÃO LUÍS EDUARDO MAGALHÃES - FLEM REF.: PREGÃO ELETRÔNICO 011/2015 POLICARD SYSTEMS E SERVIÇOS S.A., pessoa jurídica de direito privado inscrita sob o CNPJ nº

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº. Art. 1º. A Lei nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, passa a vigorar com as seguintes alterações:

PROJETO DE LEI Nº. Art. 1º. A Lei nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, passa a vigorar com as seguintes alterações: PROJETO DE LEI Nº Altera, revoga e acrescenta dispositivos das Leis nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, que dispõe sobre a estrutura do Grupo Ocupacional do Magistério da Educação Básica MAG e instituiu

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRAS PREGÃO ELETRÔNICO DAC N 26/2010

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRAS PREGÃO ELETRÔNICO DAC N 26/2010 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRAS PREGÃO ELETRÔNICO DAC N 26/2010 RELATÓRIO SOBRE A IMPUGNAÇÃO APRESENTADA PELA VIVO S/A. I - EXPOSIÇÃO A VIVO S/A, sociedade

Leia mais

Obrigações Acessórias Eletrônicas no ISSQN. Modelos Conceituais: objetivos desenvolvimento sinergias BHISS Digital

Obrigações Acessórias Eletrônicas no ISSQN. Modelos Conceituais: objetivos desenvolvimento sinergias BHISS Digital Obrigações Acessórias Eletrônicas no ISSQN Modelos Conceituais: objetivos desenvolvimento sinergias BHISS Digital EUGÊNIO VELOSO FERNANDES Gerente de Tributos Mobiliários Secretaria Municipal de Finanças

Leia mais

PORTARIA N.º 1.900, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2013.

PORTARIA N.º 1.900, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2013. REVOGADA PELA PORTARIA N.º 465, DE 03 DE MARÇO DE 2016 PUBLICADA NO DJE DE 03.03.2016 EDIÇÃO 5694 PÁG. 76. http://diario.tjrr.jus.br/dpj/dpj-20160303.pdf PORTARIA N.º 1.900, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2013.

Leia mais

Anteprojeto, Projeto Básico, Projeto Executivo e Orçamento para Licitação

Anteprojeto, Projeto Básico, Projeto Executivo e Orçamento para Licitação Anteprojeto, Projeto Básico, Projeto Executivo e Orçamento para Licitação Introdução Temos como objetivo oferecer conhecimento jurídico necessário para a compreensão do ambiente privado e da administração

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO 22-10-13 SEB ============================================================ 73 TC-007486/026/06 Recorrente: Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes. Assunto: Contrato entre a Prefeitura Municipal de Mogi

Leia mais

REPRESENTAÇÃO COM PEDIDO LIMINAR

REPRESENTAÇÃO COM PEDIDO LIMINAR EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR CONSELHEIRO PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. REPRESENTAÇÃO COM PEDIDO LIMINAR ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DA SAÚDE EMÍLIA ALFREDO MANGANOTTI, pessoa

Leia mais

Critério I - Compromissos com o Desenvolvimento Sustentável

Critério I - Compromissos com o Desenvolvimento Sustentável Os trechos em destaque encontram-se no Glossário. Dimensão Geral Critério I - Compromissos com o Desenvolvimento Sustentável Indicador 1 - Compromisso Fundamental 1. A empresa, por meio de sua alta administração,

Leia mais

LICITAÇÃO, CONTRATOS E COMPRAS GOVERNAMENTAIS

LICITAÇÃO, CONTRATOS E COMPRAS GOVERNAMENTAIS LICITAÇÃO, CONTRATOS E COMPRAS GOVERNAMENTAIS CURSO DE GESTÃO PÚBLICA THIAGO MONTEIRO BONATTO Porque a Administração Pública deve estabelecer contratos especiais em suas contratações de serviços e aquisições?

Leia mais

FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2016 (retificado conforme publicação no DOU nº 75, de 20/04/2016, página 80)

FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2016 (retificado conforme publicação no DOU nº 75, de 20/04/2016, página 80) FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2016 (retificado conforme publicação no DOU nº 75, de 20/04/2016, página 80) A FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE FUNASA, por intermédio do Departamento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Justificativa

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Justificativa MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA COORDENAÇÃO GERAL DE DIREITOS HUMANOS

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS - SEJUDH EDITAL SEC/SADH/SEJUDH Nº. 004/2016

SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS - SEJUDH EDITAL SEC/SADH/SEJUDH Nº. 004/2016 SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS - SEJUDH EDITAL SEC/SADH/SEJUDH Nº. 004/2016 EDITAL DE ELEIÇÃO DOS MEMBROS DA SOCIEDADE CIVIL DO CONSELHO ESTADUAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA PESSOA COM

Leia mais

Contratação de serviços gráficos

Contratação de serviços gráficos Projeto básico Contratação de serviços gráficos Secretaria de Comunicação Social Brasília Agosto de 2008 1. OBJETO DA PROPOSTA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Contratação de empresa especializada na prestação

Leia mais

EDITAL FAPERGS n. 013/2011 PESQUISADOR NA EMPRESA

EDITAL FAPERGS n. 013/2011 PESQUISADOR NA EMPRESA EDITAL FAPERGS n. 013/2011 PESQUISADOR NA EMPRESA A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL - FAPERGS torna público o presente Edital, aos interessados em participar do PROGRAMA PESQUISADOR

Leia mais

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E GUARDA DO ACERVO ACADÊMICO DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E GUARDA DO ACERVO ACADÊMICO DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB REGULAMENTO DA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E GUARDA DO ACERVO ACADÊMICO DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB Estabelece a Política para Manutenção e Guarda do Acervo Acadêmico da Escola de Direito de Brasília

Leia mais

Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira

Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira PREÂMBULO Os Orçamentos Participativos são símbolos de importância da participação dos cidadãos na sociedade democrática, neste sentido a Câmara Municipal

Leia mais

Informações Gerenciais de Compras e Contratações Públicas: Micro e Pequenas Empresas

Informações Gerenciais de Compras e Contratações Públicas: Micro e Pequenas Empresas Informações Gerenciais de Compras e Contratações Públicas: Micro e Pequenas Empresas janeiro a setembro de 2012 Sumário Executivo MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Em 2012, foram gastos R$ 23,2 bilhões em licitações

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto Prestação de serviços de seguro, para o imóvel locado para a Subseção do Conselho Regional de Enfermagem Coren/MS, localizado em Dourados/MS, bem como o acervo de bens, compreendidos

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Atualizado em 22/10/2015 CONTRATOS ADMINISTRATIVOS São contratos celebrados pela Administração Pública sob regime de direito público com particulares ou

Leia mais

Lei n 8.666/93, art. 7º 1.7 Documento assinado pela COMAP com a indicação das empresas a serem convidadas

Lei n 8.666/93, art. 7º 1.7 Documento assinado pela COMAP com a indicação das empresas a serem convidadas CHECK LIST DOS PROCESSOS LICITATÓRIOS DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA REITORIA Este documento visa orientar a formalização dos processos licitatórios para contratação de obras e serviços de engenharia,

Leia mais

LICITAÇÕES DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA

LICITAÇÕES DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA LICITAÇÕES DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA A NECESSÁRIA VISÃO PANORÂMICA SOB OS OLHARES DO PÚBLICO E DO PRIVADO Carga horária: 16 horas A - A PREVISÃO CONSTITUCIONAL E A LICITAÇÃO 1. Da supremacia das

Leia mais

Manual. Empresas de perfuração de poços tubulares para captação de água subterrânea. A Engenharia nos Empreendimentos. Anexo IV

Manual. Empresas de perfuração de poços tubulares para captação de água subterrânea. A Engenharia nos Empreendimentos. Anexo IV Manual A Engenharia nos Empreendimentos Empresas de perfuração de poços tubulares para captação de água subterrânea Anexo IV EMPRESAS DE PERFURAÇÃO DE POÇOS TUBULARES PARA CAPTAÇÃO DE ÁGUA SUBTERRÂNEA

Leia mais

Portal dos Convênios

Portal dos Convênios Portal dos Convênios Um novo paradigma nas transferências voluntárias da União Antonio de Brito Vidal Neto Brasília, setembro de 2009 APRESENTAÇÃO Órgão Gestor do Sistema - MP Ministério do Planejamento,

Leia mais

3. Após análise das razões apresentadas pela impugnante, consignamos o seguinte:

3. Após análise das razões apresentadas pela impugnante, consignamos o seguinte: Decisão de Pregoeiro n /2009-SLC/ANEEL Em 03 de julho de 2009. Processo nº: 48500.007998/2008-24 Licitação: Pregão Eletrônico nº 08/2009 Assunto: Análise da IMPUGNAÇÃO AO EDITAL apresentada pela empresa

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE 1 Teoria Geral da Constituição / Separação de Poderes 2 Direitos e deveres individuais e coletivos 3 Nacionalidade 4 Direitos políticos/ Partidos Políticos 5 Organização Político-Administrativa 6 Poder

Leia mais

PREFEITURA DE LEBON RÉGIS SC CONCURSO PÚBLICO

PREFEITURA DE LEBON RÉGIS SC CONCURSO PÚBLICO EDITAL 01/2016 - ERRATA 02 PREFEITURA DE LEBON RÉGIS SC CONCURSO PÚBLICO A Comissão do Concurso Público torna pública a ERRATA 02que altera o Edital de abertura e os Anexos I, II e III. EDITAL DE ABERTURA

Leia mais

Dispõe sobre a regulamentação do uso obrigatório do simulador de direção veicular.

Dispõe sobre a regulamentação do uso obrigatório do simulador de direção veicular. DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO - DETRAN/PB Portaria nº 496/2014-DS João Pessoa, 15 de setembro de 2014. (Publicada no Diário Oficial de 19 de setembro de 2014) Dispõe sobre a regulamentação do uso obrigatório

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 012/2014. Confecção, aplicação e instalação de comunicação visual da nova exposição de média duração.

CARTA CONVITE Nº 012/2014. Confecção, aplicação e instalação de comunicação visual da nova exposição de média duração. Santos, 17 de outubro de 2014. CARTA CONVITE Nº 012/2014 Confecção, aplicação e instalação de comunicação visual da nova exposição de média duração Museu do Café O Instituto de Preservação e Difusão da

Leia mais

CONTRATAÇÕES PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS CURSO NOVO

CONTRATAÇÕES PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS CURSO NOVO CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO CONTRATAÇÕES PÚBLICAS SUSTENTÁVEIS CURSO NOVO AS DIMENSÕES: AMBIENTAL, ECONÔMICA E SOCIAL DA LICITAÇÃO E DO CONTRATO ADMINISTRATIVO Brasília, 31 de março e 01 de

Leia mais

ENDEREÇO: CIDADE: ESTAD O:

ENDEREÇO: CIDADE: ESTAD O: CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE SEGURO DE VIDA E ACIDENTES PESSOAIS PARA 600 BOLSISTAS Nº/ANO: 034/2001 CONVIDADO / CGC: TELEFONE / FAX: ENDEREÇO: CIDADE: ESTAD O: Convidamos Vossa Senhoria a apresentar,

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ADICIONAL PROASA

REGULAMENTO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ADICIONAL PROASA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ADICIONAL PROASA Regulamento Índice Capítulo I Do Programa de Assistência à Saúde Adicional Capítulo II Das Definições Preliminares Capítulo III Dos Beneficiários

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) LLM em Direito Empresarial Coordenação Acadêmica: Escola de Direito/FGV Direito Rio

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) LLM em Direito Empresarial Coordenação Acadêmica: Escola de Direito/FGV Direito Rio CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) LLM em Direito Empresarial Coordenação Acadêmica: Escola de Direito/FGV Direito Rio APRESENTAÇÃO DA FGV A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos,

Leia mais

VOTO EM SEPARADO I RELATÓRIO. Vem ao exame desta Comissão o Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 218, de 2010, cuja ementa está transcrita acima.

VOTO EM SEPARADO I RELATÓRIO. Vem ao exame desta Comissão o Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 218, de 2010, cuja ementa está transcrita acima. VOTO EM SEPARADO Perante a COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 218, de 2010 (Sugestão nº 4, de 2009, na origem), da Comissão de Direitos Humanos e Legislação

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 25, DE 15 DE ABRIL DE 2003

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 25, DE 15 DE ABRIL DE 2003 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 25, DE 15 DE ABRIL DE 2003 As importações de vegetais, seus produtos, derivados e partes, subprodutos,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno PARECER N 068/2006 21 de junho de 2006. ORIGEM: Consulta da Fiscalização

Leia mais

Desafio da Paz Servidores Municipais

Desafio da Paz Servidores Municipais REGULAMENTO Concurso Cultural Desafio da Paz Servidores Municipais BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. Avenida Juscelino Kubitscheck, 2041 e 2.235 São Paulo - SP CNPJ/MF 90.400.888/0001-42 Período de participação:

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY AVISO PROCESSO SELETIVO São Paulo, 05 de junho de 015. PROCESSO SELETIVO Nº 010/015 I. Proponente: Confederação Brasileira de Rugby CNPJ: 50.380.658/0001-44 E-mail: kaisa.cappi@brasilrugby.com.br Endereço:

Leia mais

a) Primeira Fase, com duas provas escritas, de caráter eliminatório e classificatório:

a) Primeira Fase, com duas provas escritas, de caráter eliminatório e classificatório: EDITAL PGM - PRODESP 01/2013 CONCURSO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DO CURSO DE DIREITO 1 A PROCURADORIA GERAL DO MUNICÍPIO, tendo em vista o disposto no art. 101, e parágrafo único da Lei Complementar Municipal

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÕES CONGRESSISTAS

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÕES CONGRESSISTAS INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÕES CONGRESSISTAS Estão asseguradas as vagas dos 184 secretários municipais de saúde do Estado do Ceará, sendo necessário efetuar sua inscrição on-line no site do congresso. Havendo

Leia mais

Institui, na forma do art. 43 da Constituição Federal, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia SUDAM, estabelece a sua composição, natureza

Institui, na forma do art. 43 da Constituição Federal, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia SUDAM, estabelece a sua composição, natureza Institui, na forma do art. 43 da Constituição Federal, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia SUDAM, estabelece a sua composição, natureza jurídica, objetivos, área de competência e instrumentos

Leia mais

Edital nº6-2016 Impressão de produtos editoriais

Edital nº6-2016 Impressão de produtos editoriais São Paulo, 12 de maio de 2016 Edital nº6-2016 Impressão de produtos editoriais O Instituto Pólis pretende selecionar uma empresa gráfica para a impressão de três tipos de publicação: cadernos temáticos,

Leia mais

Boletim Técnico esocial

Boletim Técnico esocial esocial Datasul Materiais (Tomadores de Serviço) Produto : Datasul 11.5.10 - MRE -Recebimento Projeto : DMAT001/IRM2047 Data da criação : 05/03/2014 Data da revisão : 07/03/14 País(es) : Brasil Banco(s)

Leia mais