JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PORTARIA P. N. 290/2011, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2011.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PORTARIA P. N. 290/2011, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2011."

Transcrição

1 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PORTARIA P. N. 290/2011, DE 25 DE NOVEMBRO DE O DESEMBARGADOR MARCO AURÉLIO DOS SANTOS CAMINHA, PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, RESOLVE: Aprovar o Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) para o período 2011 e 2012 constante do Anexo da presente Portaria. PRESIDENTE Assinado digitalmente conforme Lei /2006 Em: 25/11/ :41 Por: MARCO AURELIO DOS SANTOS CAMINHA: Original em: CHAVE: 234ce0ee1 TRE-RS

2 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO DA PORTARIA P N. 290/2011

3 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PDTI TRE-RS APRESENTAÇÃO O Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) do TRE-RS é o documento que pauta todos os investimentos em tecnologia da informação (TI) da Justiça Eleitoral do RS, abrangendo os exercícios financeiros de 2011 e O documento foi elaborado pela STI, envolvendo todas as unidades, aprovado pelo Comitê de TI do TRE-RS e, finalmente, pelo Presidente do Tribunal. Desdobra as estratégias para TI contidas nos documentos do Plano Estratégico do TRE-RS (PE TRE-RS) e do Plano Estratégico de Tecnologia da Informação do TRE-RS (PETI TRE-RS), aprovados respectivamente pelas resoluções TRE-RS 193/2009 e 197/2010, conjugando tais objetivos estratégicos com as necessidades táticas e operacionais de todas as áreas da instituição. A elaboração do PDTI atende à determinação da Resolução CNJ 90/2009, além das orientações do TCU sobre a Governança de TI. Contudo, mais do que atender a requisitos formais, o PDTI será, e já demonstrou ser durante o seu processo de elaboração, o mais importante instrumento de trabalho do TRE-RS para identificação, definição e execução de investimentos financeiros e de pessoal em TI. É a partir do mapeamento de todas as necessidades e sua priorização que será possível otimizar a alocação de recursos e esforços para que o maior benefício para o atendimento da missão do TRE seja alcançado. O PDTI será elaborado anualmente, em processo iniciado ao final de cada ano para ser concluído após a definição da dotação orçamentária destinada ao TRE-RS. A abrangência será sempre de dois anos, visando orientar a execução orçamentária do primeiro ano e a elaboração da proposta orçamentária para o exercício seguinte. A primeira parte desse documento descreve o método utilizado para a elaboração do plano, explicando a importância de cada elemento. Em seguida, são apresentados o inventário de TI, os princípios de alinhamento, o inventário de necessidades e o planejamento da execução, onde estão detalhadas as metas e projetos eleitos no PDTI.

4 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL MÉTODO DE ELABORAÇÃO A elaboração do PDTI teve como base o modelo de PDTI proposto pela Portaria 11/2008 do MPOG, adaptado pela equipe do TRE-RS para as necessidades locais, considerando-se algumas simplificações compatíveis com o estágio inicial de maturidade para elaboração do documento. Foram criados e revisados os inventários de recursos de TI existentes, tomando-se como base os questionários de TIC utilizados pelo CNJ. Assim, mantém-se um sistema de inventário alinhado com o utilizado por aquele Conselho. Os inventários constam no anexo I. Foi feito levantamento de necessidades em todas as unidades da Secretaria do TRE- RS. Os membros do Comitê de TI enviaram à STI documentos de detalhamento de solicitação, conforme modelo padronizado no TRE-RS, descrevendo as necessidades de cada área do TRE. Tal levantamento foi complementando pela revisão dos achados da pesquisa de satisfação elaborada pela STI em 2010 e por reuniões do Gabinete da STI com cada uma das coordenadorias da Secretaria, visando a identificação de demandas não indicadas pelos membros do Comitê de TI, especialmente aquelas relacionadas às zonas eleitorais e necessidades específicas da própria TI. Esse rol de necessidades ainda foi ampliado mediante a análise crítica do questionário de governança de TI aplicado pelo TCU em 2010, que fora adotado como guia de governança de TI do TRE-RS. Tal análise identificou as lacunas de governança existentes, cujo atendimento foi incluído como necessidade para o PDTI. Junto com o levantamento de necessidades foi elaborada uma relação de princípios a serem seguidos pelo PDTI, princípios esses derivados dos planos estratégicos em vigor no TRE e de políticas formais ou informais adotadas pelo TRE-RS em relação à TI. A fim de facilitar a priorização das necessidades, elas foram agrupadas de acordo com o principal recurso que utilizam, entendendo-se que faz mais sentido comparar atividades que competem pelo mesmo recurso. Justifica-se tal decisão pelo fato do TRE-RS praticamente não contar com serviços terceirizados para TI, cabendo a execução das ações à equipe da TI. Assim, em que pese

5 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL remanejamentos de equipe e capacitações sejam importantes para moldar a equipe às necessidades, é forçoso admitir que a iniciação dos projetos que atendem às demandas depende muito da disponibilidade das equipes que têm competência para executá-los. Assim, os projetos foram divididos em cinco grupos relacionados às coordenadorias (CODEL, COSIS, COSUP e CPROD) e ao Gabinete da STI (GABSTI). Foi acrescentado mais um grupo para abrigar as necessidades que dependem basicamente de aquisição de equipamentos, softwares ou serviços. Também para facilitar a priorização, as demandas foram categorizadas segundo sua destinação, conforme a Tabela 1. Foi estabelecida uma ordem entre as categorias de acordo com sua capacidade de contribuição para o alcance da missão do TRE-RS, gozando as necessidades de presunção decrescente de prioridade de acordo com a ordem da categoria. Categoria 1. Realização das Eleições 2. Foco no público externo 3. Inovação e qualificação de processos internos de trabalho 4. Infraestrutura de TI 5. Governança de TI 6. Otimização de processos internos de trabalho Tabela 1: Categorias atribuídas às necessidades O anexo II apresenta a relação de necessidades organizadas por grupo. Definidas as necessidades com possibilidade de atendimento, foram estabelecidas metas, seguindo-se a identificação de ações necessárias e capazes de atender tais metas. O Anexo III apresenta esse planejamento da execução. Em vários casos foram estabelecidas metas de atendimento parcial das necessidades, visando contemplar, ainda que de forma precária, a maior quantidade possível de pedidos, pois o maior valor agregado por um sistema de TI verifica-se quando do atendimento aos requisitos mais relevantes, com decréscimo do ganho marginal à medida que aspectos menos relevantes são atendidos.

6 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL Caberá ao Escritório de Projetos da STI (EPSTI) registrar e controlar todos os projetos correspondentes às ações identificadas, cobrando dos responsáveis indicados no PDTI o cumprimento dos prazos estabelecidos nas tabelas do anexo III. Eventuais modificações no planejamento de TI seguirão as seguintes regras: novas necessidades ou ações que não impliquem prejuízo a projetos previstos no presente Plano Diretor poderão ser registrados no EPSTI sem necessidade de aprovação do Comitê de TI; Eventuais alterações do escopo dos projetos ou adiamento inferiores a 3 meses dos prazos das metas poderão ser realizadas e registradas pelo EPSTI, também sem necessidade de aprovação do Comitê de TI. A supressão de metas ou seu adiamento em mais de 3 meses deverão ser aprovadas pelo Comitê de TI e submetidas ao Presidente do TRE-RS, utilizando-se o Formulário de Alteração do PDTI, cujo modelo figura no anexo IV, que passará a integrar o PDTI. Para cada ação foram identificadas as aquisições necessárias para sua execução. O anexo IV apresenta a relação de aquisições necessárias, informando a qual exercício financeiro se referem. Os itens de aquisição receberam identificadores únicos que foram utilizados na proposta orçamentária para o exercício de 2012, para facilitar o rastreamento da origem de cada recurso solicitado. Também foram identificadas as necessidades de capacitação relacionadas a cada ação. Assim, é possível direcionar as ações de capacitação às reais necessidades dos projetos a serem desenvolvidos. INVENTÁRIO DE TI O inventário de TI abrange os equipamentos, softwares, serviços e pessoal de TI e está detalhado nas tabelas do anexo I. Como o CNJ se utiliza de questionários de TIC para acompanhar e promover a adequação dos recursos de TI do Judiciário, tais questionários foram utilizados como base para a elaboração do inventário de TI do TRE-RS.

7 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL Verifica-se que, embora a quantidade de equipamentos não se apresente como uma carência significativa, o tempo de uso dos microcomputadores, impressoras e servidores de rede merecem atenção especial. Também não pode ser ignorado que muitas zonas eleitorais possuem em muitos casos menos computadores do que o número de servidores, sugerindo que acréscimos pontuais no número de estações de trabalho podem trazer benefícios perceptíveis. O inventário de força de trabalho limita-se a listar quais são as pessoas disponíveis para a realização das atividades de TI. Verifica-se que alguns servidores da STI estão identificados como não pertencendo à força de trabalho de TI. A Secretaria acumula atividades de TI com outras para a realização das eleições e, não fosse feita tal distinção, poderia ser gerada confusão quanto a indicadores do CNJ que tratam do tamanho da força de trabalho de TI necessária a cada órgão do Poder Judiciário. PRINCÍPIOS DE ALINHAMENTO A Tabela 2 apresenta princípios e parâmetros que são considerados ao longo de toda a elaboração do presente PDTI. Id Princípio Origem 1 O uso de software livre é incentivado, mas devem ser considerados outros aspectos além do custo de aquisição Politica interna 2 Não utilização de fábricas de softwares. Política Interna 3 Não estão contempladas neste PDTI as necessidades advindas da mudança da sede do TRE para novo prédio. Política Interna 4 Garantir a disponibilidade e adequação dos sistemas de TI PE TRE-RS 5 Zelar pela segurança da informação PE TRE-RS 6 Promover a infraestrutura adequada às necessidades PE TRE-RS 7 Satisfazer os clientes de TIC PETI TRE-RS 8 Gerar retorno para o TRE PETI TRE-RS 9 Gerenciar Conhecimento PETI TRE-RS 10 Colaboração entre Tribunais PETI TRE-RS 11 Gestão e Governança PETI TRE-RS

8 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL 12 Aderência aos modelos PMI, CoBIT e ITIL TCU, CNJ Tabela 2: Princípios de alinhamento DIAGNÓSTICO DE NECESSIDADES O Anexo II contém a relação de necessidades inventariadas durante a elaboração do PDTI, conforme já descrito. Cada necessidade foi alocada em um grupo e categoria, visando a garantir que a priorização atenda às demandas do negócio. Chama-se atenção para o tipo de contribuição que o atendimento ao pedido trará para o negócio, ou atendimento à missão, do TRE-RS. A Tabela 3 apresenta um resumo das necessidades levantadas em relação às categorias. Código da Categoria Categoria Quantidade C1 Eleição 7 C2 Público Externo 5 C3 Qualificação do Processo de Trabalho 9 C4 Infraestrutura 17 C5 Governança de TI 14 C6 Racionalização do Processo de Trabalho 32 Tabela 3: Distribuição das necessidades por categoria A Tabela 4 apresenta a distribuição das mesmas necessidades por grupo. Grupo Quantidade Aquisições 28 CODEL 8 COSIS 15 COSUP 14 CPROD 11 GABSTI 7 Tabela 4: Distribuição das necessidades por grupo

9 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PLANEJAMENTO DA EXECUÇÃO Depois da priorização e seleção das necessidades foi elaborado um plano de execução, identificando metas para cada necessidade e as ações aptas a atendê-las. Somente as necessidades com previsão de atendimento nos dois exercícios abrangidos pelo PDTI são tratadas no plano de execução. Para cada ação do plano são determinados os prazos para a entrega do projeto e entrega final da ação atendendo à meta. A inclusão do prazo de projeto pretende organizar o desdobramento das ações, permitindo ao Escritório de Projetos da STI melhor controle sobre o andamento dos trabalhos. Evita-se, assim, a necessidade de desdobrar todos os projetos num primeiro momento, racionalizando o esforço de planejamento, que será melhor distribuído ao longo da execução do PDTI. Os riscos de cada ação serão identificados durante o projeto das ações definidas no PDTI, não havendo neste primeiro momento qualquer menção aos riscos. A definição dos gerentes de cada projeto também será posterior à publicação do PDTI, em procedimento a ser regulado pelo EPSTI. O desenvolvimento de sistemas é tradicionalmente o tema que mais desperta controvérsias quando da alocação de recursos de TI. De fato, o número de solicitações tem-se mostrado bastante superior à capacidade de desenvolvimento da equipe. Além das providências para aumentar essa capacidade, cumpre dar atenção especial às metas de desenvolvimento, fazendo com que as entregas de sistemas atendam às principais necessidades do TRE. A tabela 5 apresenta as metas estabelecidas para o desenvolvimento de software nos próximos dois anos. Ressaltem-se as metas M1.1 a M1.4, referentes a um sistema de apoio às eleições que substituirá diversos sistemas que têm apresentado problemas de usabilidade e falta de integração. Meta M1.1 Implantar módulos de materiais e locais de votação até 10/2011 M1.2 Crono adaptado até 12/2011

10 JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL M1.3 Implantar módulos de mesários e urnas eletrônicas até 05/2012 M1.4 implantar módulo do dia da eleição e diplomas até 09/2012 M9.1 Disponibilização do sistema SIEL Nacional até 09/2011 M11.1 Disponibilizar controle de prescrição até 04/2011 M12.1 Disponibilizar Portal dos Magistrados até 05/2011 M13.1 Disponibilizar módulo para recebimento de conscrições em papel em 02/11 M13.2 Disponibilizar módulo para recebimento de conscrições em meio eletrônico até 10/2011 M14.3 Desenvolver funcionalidades essenciais do sistema de compras até 11/11 M14.4 Desenvolver funcionalidades avançadas do sistema de compras até 12/12 M15.1 Implantar novo sistema de Frequência até 01/2012 M16.1 Versão 1.62 do PAE implantada até 04/11 M17.1 Correção do sistema de publicação de acórdãos ITAR realizada até 05/2011 M17.2 Alterar a página de publicação de acórdãos até 12/2011 M18.1 Adequar sistema de condenados até 12/12 M19.1 Disponibilizar sistema de consulta de imóveis até 09/2011 M20.1 Implantar primeira classe do Processo Judicial Eletrônico em 12/2012 M21.1 Disponibilizar novo sistema de fatura telefônica até 03/2012 M22.1 Disponibilizar novo sistema de Diário Eletrônico até 10/2011 M23.2 Disponibilizar sistema de agendamento via Internet até 02/2012 M24.1 Modificar consultas das wikis até 07/12 M25.1 Unificar SIMBA até 11/2011 Tabela 5: Metas de desenvolvimento de sistemas

11 ANEXO I Inventário de Recursos de TI 1 Hardware 1.1 Estações de Trabalho Localização Microcomputador Entrada ZEs Secretarias Depósito Manutenção Total Processador PENTIUM (1 núcleo) IBM NETVISTA DIEBOLD PROCOMP HP IBM THINKCENTRE NILKO NET STATION Processador INTEL CORE 2 DUO (2 núcleos) LENOVO THINKCENTRE APPLE IMAC A Processador INTEL QUAD CORE (4 núcleos) DELL Processador INTEL CORE I3 (4 núcleos) POSITIVO (TSE) 195 ITAUTEC INFORWAY (CNJ) Processador INTEL CORE I5(4 núcleos) POSITIVO (TSE)

12 1.1.2 Monitor de Vídeo Entrada Localização ZEs Secretarias Depósito Manutenção Total LCD LENOVO LG SAMSUNG SYNC MASTER SYNC MASTER B SYNCMASTER 2232BW PLUS SYNCMASTER 540N/570N SAMSUNG SYNC MASTER 740N SAMSUNG SYNC MASTER 931BW HP (Acompanha Positivo I5) LG (Acompanha Positivo I3) ITAUTEC (Acompanha Itautec CNJ) POLICROMATICO DIGITAL IBM AE DIEBOLD PROCOMP HP IBM E Servidores de rede Servidor Quantidade Aquisição Entrada

13 Marca Modelo ITAUTEC INFOSERVER Compra Compra 2005 LEADER TECH SERVER X Compra 2006 DELL POWEREDGE Cessão de uso 2006 DELL POWEREDGE Compra 2008 HP DL380 G5 1 Cessão de uso 2008 HP DL360 G5 1 Cessão de uso 2008 DELL POWEREDGE 2950 III 1 Cessão de uso 2009 DELL POWEREDGE 2950 III 5 Compra 2009 DELL POWEREDGE 2950 III 2 Cessão de uso 2010 IBM XSERIES Cessão de uso 2006 DELL POWEREDGE Cessão de uso 2006 DELL POWEREDGE Cessão de uso Console / KVM Marca Console para Switch Modelo Quantidade Aquisição Entrada ATEN MASTER VIEW 1 Compra 2008 APC AP Compra Cessão de uso Compra Switch para Servidor

14 IBM OUTLOOK - APEX 1 Cessão de uso 2002 APC AP Compra Equipamentos Móveis Notebook Entrada Localização ZEs Secretarias Depósito Manutenção Total Processador AMD ATHLON/TURION/CELERON ACCER / OUTROS 2006/ Processador PENTIUM (1 núcleo) LOGGER PALAZZIO DELL INSPIRON ACCER TRAVELMATE Processador INTEL CORE 2 DUO (2 núcleos) DELL AVENTI MOBILE ITAUTEC W JEP 2009/ POSITIVO MOBILE Y Processador DUAL CORE (2 núcleos) ACCER TOSHIBA Periféricos de processamento Impressora Entrada Localização Total

15 ZEs Secretarias Depósito Manutenção Tipo: Matricial EPSON LQ / EPSON LQ590 (USB) 2009/ EPSON FX Tipo: Jato de Tinta HP DESKJET 695 C XEROX DPC8 - OBSOLETO HP D JEP Tipo: Laser KYOCERA MITA FS LEXMARK E KYOCERA ECOSYS FS OKIDATA B4600 (rede) SAMSUNG ML-3471ND Tipo: Multifuncional HP M1005 MFP Tipo: Térmica DIEBOLD/INTERMEC 2008/ Scaner Entrada Localização ZEs Secretarias Depósito Manutenção Total Tipo: De mesa HP SCANJET HP SCANJET G

16 Tipo: Departamental BELL HOWELE BENQ GENIUS KODAK SCANMATE Tipo: Produção PLUSTEK SMART OFFICE Leitor biométrico Entrada Localização ZEs Secretarias Depósito Manutenção Total MICROSOFT 2006/ TRIX 4000 B READER Unidades de armazenamento de disco (Storage) Capacidade Qtd Aquisição Entrada Marca Modelo Bruta Líquida % em uso HP STORAGE NAS 3TB 1 Compra INFORTREND EON STOR S16E R Compra ,5 94 INFORTREND S12E R Compra , Unidade de fita magnética Marca Modelo Quantidade Aquisição Entrada DLT HP 1 Cessão de uso 2002 LTO2

17 DELL 1 Compra 2004 HP ULTRIUM Cessão de uso 2005 LTO3 HP 1 Compra 2004 LTO4 HP 1760 SAS 1 Cessão de uso 2008 DELL 1 Cessão de uso Equipamentos de infraestrutura Unidades (Secretarias e Zonas Eleitorais) Estabilizador de voltagem Entrada Localização ZEs Secretarias Depósito Manutenção Total METRON Tomadas BST 600 I PLUS TEKTRON COOPERTRONIC NICHIDEN SMS REVOLUTION ENERMAX EXXA 2000 INSIDE MAG MVA RAGTECH SD 700 BI ENERMAX ARMAZEN SMS REVOLUTION IV BMI MICROLINE ML-0500BI ENERMAX EXXA POWER

18 FORCE LINE EVO III UPSAI PROGEL ENERMAX EXS II POWER SMS PROGRESSIVE III No-break Entrada Localização ZEs Secretarias Depósito Manutenção Total APC SMART-UPS MICROSOL STAY SMS NET SMS NET SUN EST Hub Entrada Localização ZEs Secretarias Depósito Manutenção Total 8 Portas ADDTRON CNET COM ENCORE ENH908-NWY ENCORE NWAY SWITCH Portas 3COM SUPER STACK COM SUPER STACK

19 1.5.4 Switch Entrada 16 Portas Localização ZEs Secretarias Depósito Manutenção Total D NET DN-SG ENCORE ENH916P-NWY Portas Diversos COM / CISCO LINKSYS / RUBYTECH LINEA KX = BASELINE 2226 SFP TP - LINK Portas LINKSYS - SRW248G Equipamentos de infraestrutura Data Center Condicionador de Ar Marca Modelo Quantidade Aquisição Entrada TRANE 1 Compra 2009 APC NROW RP DX 2 Compra Rede Equipamento Marca / Modelo Quantidade Aquisição Entrada CORE SWITCH CISCO Compra 2009 MODEM ADSL D-LINK DSL-500 G 1 Compra 2005

20 PACKETSHAPER PACKETEER Cessão de uso Rack Equipamento Marca / Modelo Quantidade Aquisição Entrada Servidor (RS2) 1 Cessão de uso 2005 Servidor DELL 42U / TRONIX 2 Cessão de uso 2006 Servidor APC 1 Compra 2009 Servidor APC 5 Compra 2010 Distribuição de energia 1 Compra 2010 Cabeamento Lógico 1 Compra Urnas Eletrônicas Modelo Localização Quantidade Entrada PROCOMP 2000 Zona Eleitoral PROCOMP 2000 SEVIN UNISYS 2002 SEVIN PROCOMP 2004 Zona Eleitoral PROCOMP 2004 SEVIN PROCOMP 2009 Zona Eleitoral PROCOMP 2009 SEVIN

21 1.8 Comunicação de dados (Links) Velocidade Localização Contrato Quantidade 5 MB Internet / MB Anexos / MB Canoas / MB TRE/TSE TSE 1 1 Mb ZE Interior / Kb ZE Interior / Kb ZE Interior / Kb ZE Interior / Software 2.1 Software para servidores Sistemas operacionais Origem Licenças Instaladas Observação Microsoft Windows 2000 Advanced Server TSE Server TSE Server TRE Server Standard TSE Servidores das Zonas Eleitorais 2003 Server Enterprise TSE 2 3 Linux Red Hat Enterprise Linux TSE 4 3 Red Hat Enterprise Linux TRE 1 1 Distribuições Linux GPL LIVRE 36 Distribuições Gentoo, Mandriva, Ubuntu Gerenciadores de Bancos de Dados Origem Licenças Instaladas Sistemas Operacionais

22 Oracle Database 10g Enterprise Edition TSE 2 2 Linux Oracle Database 10g Standard Edition TSE 1 1 Linux Oracle Database 10g XE Livre 4 Windows 2000 Banco de Dados MySQL Livre 4 4 Linux BRS/Search TSE 1 1 Linux SQL Server TSE 1 1 Windows Software de Virtualização Origem Licenças Instaladas Sistema Operacional Servidor de Aplicativos GoGlobal TRE 1 (10 usuários) 1 Windows 2003 Servidor de Virtualização KVM Livre 3 Linux XEN SERVER (Obsoleto) TRE 5 2 Linux VMWARE (Obsoleto) Livre 1 Linux Servidores de aplicação, web, relatórios Origem Licenças Instaladas Sistema Operacional Servidor de aplicação Toncat (Java) Livre 3 Jboss (Java) Livre 2 Linux Rails (Ruby) Livre 3 Linux Apache (WEB) Livre 9 Linux PHP (WEB) Livre 7 Linux Microsoft IIS (WEB) TSE 3 3 Windows 2003 Crystal Reports (Oracle) (Framework de relatórios) Livre 1 Windows 2000

23 2.1.5 Software de monitoramento, Antivírus e Cópia de Segurança Instaladas Sistema Operacional BD MidleWare Nagios Monitoramento da Infraestrutura de TIC 1 Linux MySQL Apache Data Protector Sistema de gerenciamento de Backup 2 Linux Próprio Trend Micro Sistema antivírus corporativo 1 Win 2003 SqlServer IIS PfSense Servidor VPN, Firewall 2 Linux Emerald Servidor Radius 2 Windows 2003 SQLServer IIS Snort Sistema IPC/IDC (Intrusion Protection and Detection) 2 Linux 2.2 Sistemas corporativos Ferramentas de comunicação virtual Sistema Descrição Instâncias Plataforma BD MidleWare CVC Central Virtual de Colaboração 2 Linux MySQL Apache - PHP(Moodle) EAD Ensino à Distância 2 Linux MySQL Apache - PHP(Moodle) Open Fire Servidor de chat 1 Linux MySQL Apache INTRANET Publicação através do Sistema ADMINTRA 1 Linux Oracle Apache - Rails INTERNET Publicação através do Sistema ADMINTER 1 Linux Oracle Apache PHP - Rails PHPBB Forum de Discussão 1 Linux MySQL Apache - PHP(PHPBB) SOGO Correio Eletrônico Web 1 Linux MySQL Apache Wiki Servidor wiki 4 Linux MySQL PHP Open Meeting Servidor de Streamer 1 Linux Ubuntu MySQL Red Five - Apache / Tomcat

24 2.2.2 Sistemas desenvolvidos ou implantados no TRE-RS Sistema Nome Sistema Fase Sistema Ano de Implantação Desenvolvedor Gestor Plataforma Sistema Operacional Linguagem de Programação SGBD Acesso Controle de acesso a sistemas Implantado 2007 TSE STI Windows- Windows Delphi Oracle AcessoWeb Controle de acesso a sistemas Implantado 2007 SADES STI Web-Rails Linux Ruby Oracle AcompSOS Acompanhamento do SOS urnas eletrônicas Implantado obsoleto 2006 SADES STI Web-Rails Linux Ruby Oracle AdmInter Administração da Internet Implantado 2008 SADES Comitê Internet e Intranet Web-Rails Linux Ruby Oracle AdmIntra Administração da Intranet Implantado 2005 SADES Comitê Internet e Intranet Web-Rails Linux Ruby Oracle AdmSCAI Administração do controle de acesso a internet Implantado 2006 SADES STI Web-Rails Linux Ruby Oracle Aleph Sistema Aleph Gerenciamento de Acervo de Biblioteca Implantado 2010 Terceiros SJ ASIWEB Sistema de Controle Patrimonial e Almoxarifado Implantado 2010 Terceiros SA Web-Java Linux Java Oracle BIOTRE Ponto biométrico dos servidores na sede e anexos do TRE Implantado 2010 SAIMP SGP Windows- Windows Delphi Oracle

25 BIOZINT Ponto biométrico nas zonas eleitorais do interior do estado Implantado 2008 SAIMP SGP Windows- Windows Delphi Oracle CEI Cadastro de equipamentos de informática Implantado 2006 SAIMP STI Windows- Windows Delphi Oracle CODIP Controle de direitos políticos Implantado 2007 SADES CRE Web-Rails Linux Ruby Oracle COFRE Controle de Fluxo de Recadastramento Eleitoral Implantado 2009 SAIMP STI Windows- Windows Delphi Oracle Concurso 2008 Devolução da inscrição do concurso 2008 Implantado 2009 SADES/SAIMP SOF Web-Rails e Windows- Linux Ruby e Delphi Oracle Crono Crono Implantado 2004 SADES STI Web-Rails Linux Ruby Oracle DEJE Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral Implantado 2008 TSE DG Windows- Windows Delphi Oracle DISQELEI Sistema de Consulta de Eleitores para Disque Eleições Implantado 2010 SAIMP STI Windows- Linux Delphi Oracle DOCSIG Sistema de Assinatura Digital de Documentos Implantado 2010 SADES/SAIMP PRES Web-Rails e Windows- Linux Ruby e Delphi Oracle ELO ELO Implantado 2006 TSE STI Windows- Windows Java Oracle

26 Encontro Sistema para inscrição em encontro de presidentes/correg edores Implantado 2010 SEVIN ASCOM Web-Rails Linux Ruby Oracle Entrevistas Sistema de Agendamento de Entrevistas Implantado 2010 TRE-SC PRES Windows- Windows Delphi Oracle Exped Expedição de materiais Implantado 1998 SAIMP SA Windows- Windows Delphi Oracle Falec Falecidos Implantado 1999 SAIMP STI Windows- Windows Delphi Oracle Filiados Sistema de Filiação Partidária Implantado 2005 TSE STI Windows- Windows Delphi Oracle Folgas Sistema de Folgas Implantado 2003 SAIMP SGP Windows- Windows Delphi Oracle Folha Folha de pagamento Implantado 2005 TSE SGP Windows- Windows Delphi Oracle ForCODES Cadastro de Fornecedores CODES Implantado 2006 SAIMP SGP Windows- Windows Delphi Oracle ForCOMPRA S Cadastro de Fornecedores COMPRAS Implantado 2004 SAIMP SA Windows- Windows Delphi Oracle GEDES Sistema de Gestão de Desempenho Implantado 2008 SAIMP SGP Web-Rails Linux Ruby Oracle GEDI Gerenciamento Eletrônico de Documentos e Informações Implantado 2005 SAIMP SJ Windows- Windows Delphi Oracle

27 GEDIWeb Gerenciamento Eletrônico de Documentos e Informações-Web Implantado 2005 SADES SJ Web-Java Linux Java Oracle GeraRelat Gerador de relatórios Implantado 2003 SAIMP STI Windows- Windows Delphi Oracle GERIM Gerim Implantado 2006 TSE SA Windows- Windows Java Oracle GestorWeb GestorWeb Implantado 2005 SADES Comite Intranet Web-Java Linux Java Oracle Hermes Malote Digital Implantado 2010 CNJ GABPRES Web-Java Linux Java Oracle IdentFunc Identificação Funcional Implantado 2010 SAIMP SGP Windows- Windows Delphi Oracle ITAR ITAR Implantado 2005 TSE SJ Windows- Windows Delphi Oracle Licitações MesariosWeb Licitações na internet Acompanhamento de Convocação de Mesários Implantado 2009 SADES SA Web-Rails Linux Ruby Oracle Implantado 2008 SADES STI Web-Rails Linux Ruby Oracle Oficio Ofícios Implantado 1999 SAIMP PAE Processo Administrativo Eletr onico Implantado 2010 TRE-PR Comitê Gestor do PAE Web-Java Linux Java Oracle Passagem Passagens Implantado 2006 SADES ASCOM Web-Rails Linux Ruby Oracle Pesquisa Pesquisa de Satisfação Implantado 2009 SADES SGP Web-Rails Linux Ruby Oracle Ponto RS Ponto RS Implantado 2005 SAIMP SGP Windows- Windows Delphi Oracle

28 Ponto Web Ponto Web Implantado 2005 SADES SGP Web-Java Linux Java Oracle PontoBio- Cadastra Digital Cadastro de Digital para usar no ponto biométrico Implantado 2008 SAIMP SGP Windows- Windows Delphi Oracle Portal dos Magistrados PrestCon Portal dos Magistrados (cms-refinery) Prestação de Contas Partidárias Implantado 2011 SADES GABPRES Web-Rails Linux Ruby MySQL Implantado 2009 SADES/ Recep Sistema de Recepção/Portaria e Vigilância Implantado 2007 SAIMP STI Windows- Windows Delphi Oracle RelSADP Relatório SADP Implantado 2002 SAIMP STI Windows- Windows Delphi Oracle Revisão Revisão do Eleitorado Implantado 2003 SAIMP STI Windows- Windows Delphi Oracle Revisão DJE SACEL SACOMPE Revisão do Diário da Justiça Eletrônico Sistema de Antecedentes Criminais Eleitorais Sistema de Acompanhamento das Eleições Implantado 2008 SADES STI Web-Rails Linux Ruby Oracle Implantado 2010 SADES CRE Web-Rails Linux Ruby Oracle Implantado 2008 SADES STI Web-Rails Linux Ruby Oracle SADP Sistema de acompanhamento a documentos e processos Implantado 2002 TSE STI Windows- Windows Delphi Oracle

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA P N. 422, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. Revisa o Plano Diretor de Tecnologia da Informação PDTI para o período 2013-2018 e dá outras providências. O Presidente do TRE-RS, no uso de suas atribuições

Leia mais

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e PDTI - Definição Instrumento de diagnóstico, planejamento e gestão dos recursos e processos de Tecnologia da Informação que visa atender às necessidades tecnológicas e de informação de um órgão ou entidade

Leia mais

CTI Coordenadoria de Tecnologia da Informação

CTI Coordenadoria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Tecnologia da Informação Estrutura CTI Infraestrutura e Telecomunicações Suporte Técnico CTI Contratos Desenvolvimento de Sistemas 2 0 0 7 equipe técnica insuficiente. equipamentos obsoletos.

Leia mais

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS PAINEL DE ES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2014 SOCIEDADE: Prestar serviços de excelência 1 Índice de respostas a contatos dirigidos à Ouvidoria Mede o percentual de contatos dirigidos à Ouvidoria que receberam

Leia mais

DGTEC 2.013 2014 2015 2016 2017 2018 Total Geral

DGTEC 2.013 2014 2015 2016 2017 2018 Total Geral CUSTEIO NOVA AÇÃO - POR CLIENTE - FORNECEDOR /PROGRAMA AÇÃO DESCRIÇÃO JUSTIFICATIVA Aquisição de 650 e-tokens Aquisição de 650 e-tokens A, visando cumprir os atos, normas e o procedimentos do processo

Leia mais

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 29 de setembro de 2009 PLANO DE TRABALHO - PDTI O presente Plano de Trabalho objetiva o nivelamento do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima aos requisitos de tecnologia da informação

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2010-2014

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2010-2014 PAINEL DE ES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2010-2014 SOCIEDADE: 1. Garantir a legitimidade do processo eleitoral 01 CONFIANÇA NO PROCESSO ELEITORAL Mede o grau de confiança da população gaúcha em relação ao processo

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC

Planejamento Estratégico de TIC Planejamento Estratégico de TIC Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe 2010 a 2014 Versão 1.1 Sumário 2 Mapa Estratégico O mapa estratégico tem como premissa de mostrar a representação visual o Plano

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2015 STIC

PLANO DE AÇÃO 2015 STIC Ações/projetos do Gabinete da STIC PLANO DE AÇÃO 2015 STIC Nº Área/Foco Ação/Projeto 1 2 3 4 processo Gestão Mudanças TIC processo Gestão Configurações processo Gestão Incintes TIC processo Gestão Requisições

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

Coren-MG - Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão Modelos de Soluções

Coren-MG - Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão Modelos de Soluções Coren-MG - Tecnologia da Informação Sistema Integrado de Gestão Modelos de Soluções Infraestrutura Projeto Inicial de Infraestrutura Formação de equipe de TI interna; Estruturação de Datacenter; Redução

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação (PETI) Secretaria de Tecnologia da Informação Florianópolis, março de 2010. Apresentação A informatização crescente vem impactando diretamente

Leia mais

Governança de TI no Governo. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto

Governança de TI no Governo. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto Governança de TI no Governo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Paulo Roberto Pinto Agenda Agenda Contexto SISP IN SLTI 04/2008 EGTI Planejamento

Leia mais

Portfólio de Projetos de TIC do TRT24. Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicações

Portfólio de Projetos de TIC do TRT24. Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicações Portfólio de Projetos de TIC do TRT24 Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região e Comunicações Julho/2015 Sumário Apresentação... 3 Mapa estratégico de TIC 2015-2020... 4 Identificar as demandas... 5

Leia mais

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. Regulamenta as atribuições e responsabilidades da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá

Leia mais

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC

Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA. Levantamento da Gestão de TIC Relatório de Consultoria PD.33.10.83A.0080A/RT-05-AA Levantamento da Gestão de TIC Cotação: 23424/09 Cliente: PRODABEL Contato: Carlos Bizzoto E-mail: cbizz@pbh.gov.br Endereço: Avenida Presidente Carlos

Leia mais

É PARA VOCÊ QUE FAZEMOS O MELHOR. Somos feitos de gente + serviços + tecnologia Existimos para te servir.

É PARA VOCÊ QUE FAZEMOS O MELHOR. Somos feitos de gente + serviços + tecnologia Existimos para te servir. É PARA VOCÊ QUE FAZEMOS O MELHOR Somos feitos de gente + serviços + tecnologia Existimos para te servir. 03 GENESES TI QUEM SOMOS QUEREMOS FALAR UM POUCO DE NÓS PARA VOCÊ. Temos a qualidade para garantir

Leia mais

Catálogo de Serviços Tecnologia da Informação

Catálogo de Serviços Tecnologia da Informação Catálogo de Serviços Tecnologia da Informação Marcio Mario Correa da Silva TRT 14ª REGIÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRT-14ª Região 2013 Sumário 1. Descrição: Acesso à Internet... 3 2. Descrição: Acesso

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relatório de Informações Gerenciais Setorial do 1º Semestre de 2013 DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÂO DGTEC RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS 1º

Leia mais

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula PJe-Processo Judicial Eletrônico Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula Agenda 1 O PJe no Brasil 2 Desafios 3 4 Ações Estruturantes Próximos Passos Os números do PJe no Brasil Número de

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 13/06/2014 14:08:02 Endereço IP: 177.1.81.29 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO Controle de Versões Autor da Solicitação: Subseção de Governança de TIC Email:dtic.governanca@trt3.jus.br Ramal: 7966 Versão Data Notas da Revisão 1 03.02.2015 Versão atualizada de acordo com os novos

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral do Ceará. ProjeTRE: sistema de informações para gestão de projetos

Tribunal Regional Eleitoral do Ceará. ProjeTRE: sistema de informações para gestão de projetos Tribunal Regional Eleitoral do Ceará ProjeTRE: sistema de informações para gestão de projetos Tema: Gestão Estratégica Luthiano Sande Lima Vasconcelos Escritório Corporativo de Projetos luthiano@tre-ce.gov.br

Leia mais

Contrato de Suporte End.: Telefones:

Contrato de Suporte End.: Telefones: Contrato de Suporte Contrato de Suporte Desafios das empresas no que se refere à infraestrutura de TI Possuir uma infraestrutura de TI que atenda as necessidades da empresa Obter disponibilidade dos recursos

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 12/06/2014 13:58:56 Endereço IP: 200.252.42.196 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS PAINEL DE ES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2013 SOCIEDADE: Prestar serviços de excelência 1 Índice de respostas a contatos dirigidos à Ouvidoria Mede o percentual de contatos dirigidos à Ouvidoria que receberam

Leia mais

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011

RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 RESOLUÇÃO - TCU Nº 247, de 7 de dezembro de 2011 Dispõe sobre a Política de Governança de Tecnologia da Informação do Tribunal de Contas da União (PGTI/TCU). O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso de suas

Leia mais

Serviços do Prodasen. Estrutura de atendimento... 5. Central de Atendimento... 6. Gerente de Relacionamento... 7. Infra-estrutra de Rede...

Serviços do Prodasen. Estrutura de atendimento... 5. Central de Atendimento... 6. Gerente de Relacionamento... 7. Infra-estrutra de Rede... Serviços do Prodasen Estrutura de atendimento... 5 Central de Atendimento... 6 Gerente de Relacionamento... 7 Infra-estrutra de Rede... 9 Gestão de Equimentos... 9 Serviços de apoio... 10 Outros serviços...

Leia mais

PDTIC 2010-2011 Resumo Executivo Secretaria de Informática Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região

PDTIC 2010-2011 Resumo Executivo Secretaria de Informática Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região PDTIC 2010-2011 Resumo Executivo Secretaria de Informática Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região 1 Sumário Sumário... 2 Diagnóstico... 3 Tabela de diagnóstico de necessidade... 3 Tabela de diagnóstico

Leia mais

Número do Recibo:83500042

Número do Recibo:83500042 1 de 21 06/06/2012 18:25 Número do Recibo:83500042 Data de Preenchimento do Questionário: 06/06/2012. Comitête Gestor de Informática do Judiciário - Recibo de Preenchimento do Questionário: GOVERNANÇA

Leia mais

TERMO DE ABERTURA DE PROJETO

TERMO DE ABERTURA DE PROJETO TERMO DE ABERTURA DE PROJETO I. Informações gerais: Nome do projeto: Divulgação de Pesquisa Eleitoral Nº do projeto: 05 Nome do patrocinador: Rogério Gomes Lopes Origem: Demanda de Mercado Data: 06/09/2014

Leia mais

Planejamento 2011 Diretoria de TI

Planejamento 2011 Diretoria de TI Planejamento 2011 Diretoria de TI ITIL / COBIT / Definição de Processos Inicio: 01/2011 Prioridade: Alta Repositório Institucional Inicio: 07/2010 UPGRADE Prioridade: Média Política de Utilização de Recursos

Leia mais

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DTI PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA - 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVOS 2. CENÁRIO ATUAL DE TI 2.1. AVALIAÇÃO E DIAGNÓSTICO DO CENÁRIO

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação. Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região Dezembro/2010 2 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Missão: Prover soluções efetivas de tecnologia

Leia mais

REGIMENTO INTERNO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA EM SAÚDE (CTIS)

REGIMENTO INTERNO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA EM SAÚDE (CTIS) Página 1 de 12 GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA EM SAÚDE REGIMENTO INTERNO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA

Leia mais

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança.

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda Managed Office Protection É fato, tanto pequenas e médias e grandes empresas enfrentam os mesmos riscos

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

PORTARIA Nº 7.965, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2015.

PORTARIA Nº 7.965, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2015. PORTARIA Nº 7.965, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2015. Atualiza o macroprocesso da fase de Gestão de Contratos de Tecnologia da Informação e Comunicações, instituído no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa tem como finalidade reorganizar a área de Tecnologia da Informação TI do TJMG, sob o ponto de vista de gestão e infraestrutura, baseados em sua estrutura

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO OPERACIONAL DE PEQUENA E MÉDIA PLATAFORMA COM EFICIÊNCIA E BAIXO CUSTO

IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO OPERACIONAL DE PEQUENA E MÉDIA PLATAFORMA COM EFICIÊNCIA E BAIXO CUSTO IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO OPERACIONAL DE PEQUENA E MÉDIA PLATAFORMA COM EFICIÊNCIA E BAIXO CUSTO Flávio Luis de Oliveira (flavio@celepar.pr.gov.br) Helio Hamilton Sartorato (helio@celepar.pr.gov.br) Yuri

Leia mais

Edital/ Nead Nº 04/2014.

Edital/ Nead Nº 04/2014. Edital/ Nead Nº 04/2014. ANEXO 1 FUNÇÃO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO - vagas 01 e 02 Graduados em Secretariado Executivo, Administração ou formandos do último ano de Secretariado Executivo ou Administração

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PERÍODO 2012 A 2016 MANAUS/AM VERSÃO 1.0 1 Equipe de Elaboração João Luiz Cavalcante Ferreira Representante da Carlos Tiago Garantizado Representante

Leia mais

TCU - Ciclo de Palestras 2011. Papel da Alta Administração na Governança de TI

TCU - Ciclo de Palestras 2011. Papel da Alta Administração na Governança de TI TCU - Ciclo de Palestras 2011 Papel da Alta Administração na Governança de TI Missão do CNJ O Conselho Nacional de Justiça tem o propósito de realizar a gestão estratégica e o controle administrativo do

Leia mais

CRITÉRIO 1 1. Revisão 2014.1 VPA - Após as revisões 5.350.879,15 5.350.879,15 495.647,12 5.846.526,27 10.775,14 10.775,14 0,00 10.

CRITÉRIO 1 1. Revisão 2014.1 VPA - Após as revisões 5.350.879,15 5.350.879,15 495.647,12 5.846.526,27 10.775,14 10.775,14 0,00 10. CLIENTE FONTE (Tudo) CRITÉRIO 1 1 Nº AÇÃO AÇÃO 1648002 Prestação de serviços de fornecimento de licenças - Plataforma Microsoft 25.562 licenças 5.350.879,15 5.350.879,15 495.647,12 5.846.526,27 1648003

Leia mais

Software Livre no Serpro

Software Livre no Serpro Software Livre no SERPRO Apresentador:Sérgio Rosa Diretor 02/03/05 Agenda O SERPRO Fatores Críticos de Sucesso Papel do SERPRO Software Livre no SERPRO Resultados Alcançados Conclusões Empresa Pública

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DO SOFTWARE PERGAMUM NA ESCOLA BÁSICA DR. PAULO FONTES Florianópolis

Leia mais

Edital/ Nead Nº 01/2014.

Edital/ Nead Nº 01/2014. Edital/ Nead Nº 01/2014. ANEXO 1 FUNÇÃO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO - vagas 1,2 e 3 Graduados em Secretariado Executivo, Administração ou formandos do último ano de Secretariado Executivo ou Administração

Leia mais

O relacionamento direto com o cliente, respeito mútuo, responsabilidade, flexibilidade e adaptabilidade são os principais valores da Infolux.

O relacionamento direto com o cliente, respeito mútuo, responsabilidade, flexibilidade e adaptabilidade são os principais valores da Infolux. A NOSSA HISTÓRIA A Infolux Informática possui seu foco de atuação voltado para o mercado corporativo, auxiliando micro, pequenas e médias empresas na tarefa de extrair o máximo de benefícios com investimentos

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO DE PROVIDÊNCIAS INICIAIS Março/2014 V 1.1 REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO BIÊNIO 2014/2015 DSI/CGU-PR Publicação - Internet Sumário 1. RESULTADOS

Leia mais

Painel de Contribuição ASGE (Outubro/2015)

Painel de Contribuição ASGE (Outubro/2015) ASGE (Outubro/2015) Objetivo Estratégico / Iniciativa Estratégica/ Meta Estratégica 1. Alcançar 82% dos Projetos dentro do Prazo/ Aperfeiçoar a gestão de projetos 2. Implementar a Gestão de Riscos a) Criar

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

CLEUSA REGINA HALFEN Presidente do TRT da 4ª Região/RS

CLEUSA REGINA HALFEN Presidente do TRT da 4ª Região/RS 1624/2014 Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região 2 A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições, e considerando o que consta no PA nº 0008096-80.2014.5.04.0000,

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

Manual do Usuário Anexos do PSTI

Manual do Usuário Anexos do PSTI Manual do Usuário Anexos do PSTI 1 ANEXOS Anexo I Quadro de Pessoal de TI: Nome e Sobrenome: esses campos serão preenchidos com o nome e sobrenome de cada funcionário do quadro de pessoal de tecnologia

Leia mais

TJSP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 14/08/2015-09:05

TJSP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 14/08/2015-09:05 Relatório de Proposta Orçamentária - Detalhado Página: 1 de 14 Ano: 2016 Secretaria: STI - Secretaria de Tecnologia da Informação Ação: - Órgão Orçamentário: 3000 - Tribunal de Justiça Unidade Orçamentária:

Leia mais

PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE

PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE Versão 1.0 Data: 09/12/2013 Desenvolvido por: - TI Unimed Rio Verde 1 ÍNDICE 1. Objetivo... 4 2. Requsitos de Infraestrutura

Leia mais

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica...

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica... 1 de 1 19/4/212 17:17 EGTI 211/212 - Autodiagnostico 21 Imprimir Identificação 1. Qual a identificação do órgão? AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS 2. Qual o âmbito de preenchimento do formulário?

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

Avaliação dos Resultados do Planejamento de TI anterior

Avaliação dos Resultados do Planejamento de TI anterior Avaliação dos Resultados do Planejamento de TI anterior O PDTI 2014 / 2015 contém um conjunto de necessidades, que se desdobram em metas e ações. As necessidades elencadas naquele documento foram agrupadas

Leia mais

NORMA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA

NORMA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA Data: 17 de dezembro de 2009 Pág. 1 de 13 SUMÁRIO SUMÁRIO 2 1. INTRODUÇÃO 3 2. FINALIDADE 3 3. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3 4. PADRONIZAÇÃO DOS RECURSOS DE T.I. 4 5. AQUISIÇÃO

Leia mais

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA GERENCIAMENTO DE PROJETOS PRONIM, IMPLANTAÇÃO SQL SERVER GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA Cliente GOVBR, UEM-MARINGA / Prefeitura Municipal de PEROLA Data 10/09/2015 Versão 1.0 Objeto:

Leia mais

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.com Windows 2008 Server Construído sob o mesmo código do Vista Server Core (Instalação somente

Leia mais

Processo de Desenvolvimento de Software

Processo de Desenvolvimento de Software Coordenadoria de Tecnologia da Informação Documentos Formais Processo de Desenvolvimento de Software Sumário 1 Introdução... 03 2 Políticas do Documento de Processo de Desenvolvimento de Software... 04

Leia mais

ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL

ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL ANEXO X DIAGNÓSTICO GERAL 1 SUMÁRIO DIAGNÓSTICO GERAL...3 1. PREMISSAS...3 2. CHECKLIST...4 3. ITENS NÃO PREVISTOS NO MODELO DE REFERÊNCIA...11 4. GLOSSÁRIO...13 2 DIAGNÓSTICO GERAL Este diagnóstico é

Leia mais

Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG

Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG Fonte: Relatório de Movimentação Processual - Anual 2013 Janeiro a Dezembro - CEINFO/ TJMG Fonte: Relatório de Movimentação Processual

Leia mais

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC

AVALIAÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA DO QUADRO DE SERVIDORES DA COTEC MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA Coordenação-Geral de Administração e Tecnologia da Informação Coordenação

Leia mais

Requisitos do Sistema

Requisitos do Sistema PJ8D - 017 ProJuris 8 Desktop Requisitos do Sistema PJ8D - 017 P á g i n a 1 Sumario Sumario... 1 Capítulo I - Introdução... 2 1.1 - Objetivo... 2 1.2 - Quem deve ler esse documento... 2 Capítulo II -

Leia mais

PORTARIA Nº 1.998, DE 22 DE ABRIL DE 2015.

PORTARIA Nº 1.998, DE 22 DE ABRIL DE 2015. PORTARIA Nº 1.998, DE 22 DE ABRIL DE 2015. Institui o macroprocesso da fase de Gestão de Contratos de Tecnologia da Informação e Comunicações no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região. A

Leia mais

Resoluções nº 90 e nº 99 de 2009 CNJ

Resoluções nº 90 e nº 99 de 2009 CNJ Resoluções nº 90 e nº 99 de 2009 CNJ Março COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - CGTIC 2 ÍNDICE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO... 3 Apresentação...

Leia mais

Subáreas. Incubadoras tecnológicas, polos e parques tecnológicos. Formação. Experiência. Conhecimentos. Habilidades

Subáreas. Incubadoras tecnológicas, polos e parques tecnológicos. Formação. Experiência. Conhecimentos. Habilidades Subáreas Incubadoras tecnológicas, polos e parques tecnológicos Design Área: Inovação Perfil Profissional: Instrutor/Consultor Competências Implantação de incubadoras de empresas; Processo de seleção de

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO DIRETORIA DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIÊNIO /2015 DSI/CGU-PR Publicação - Internet 1 Sumário 1. RESULTADOS

Leia mais

Virtualização e economia de recursos públicos

Virtualização e economia de recursos públicos Virtualização e economia de recursos públicos Tópicos Proposta Objetivos 1. Missão do PRODEST 2.O que é virtualização de servidores? 3. Histórico 4. Evolução em números 5. Infraestrutura alocada 6. Dados

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE ANTIVÍRUS MCAFEE PARA PLATAFORMA DE SERVIDORES VIRTUALIZADOS VMWARE DA REDE CORPORATIVA PRODAM Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia-

Leia mais

Marcelo V. de Freitas Casado, 40 anos, não fumante.

Marcelo V. de Freitas Casado, 40 anos, não fumante. Marcelo V. de Freitas Casado, 40 anos, não fumante. R. Joaquim Manhães, 120 apto. 104 B. Boa Vista Tel. (31) 3243-5749 Belo Horizonte / MG Cel. (31) 8465-0766 CEP 31.060-200 marcelovfreitas@yahoo.com.br

Leia mais

IT SERVICES. 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: São Paulo -SP 20/03/2014

IT SERVICES. 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: São Paulo -SP 20/03/2014 IT SERVICES 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia LOCAL: São Paulo -SP 20/03/2014 TEMA DA PALESTRA: Desafios da Gestão de TI no Mercado Jurídico PALESTRANTE:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO FL. 25 It Objeto Tipo de contratação 01 Reestruturação de infraestrutura das VTs no interior 1 02 Aquisição de Racks UPS e refrigeração 03 Aquisição de pontos de acesso para rede s fio 04 Aquisição de

Leia mais

NOVAS PROPOSTAS: judiciais, utilizando certificação digital e diretrizes de responsabilidade ambiental..

NOVAS PROPOSTAS: judiciais, utilizando certificação digital e diretrizes de responsabilidade ambiental.. ATUALIZAÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO INTERNO DA CTI PARA 2010 METAS: GERAÇÃO DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS COM MARGENS DE ERRO REDUZIDAS A 0% 100% DOS COLABORADORES CAPACITADOS PLENAMENTE DE ACORDO COM

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011 SERVIÇOS BÁSICOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) ABRIL/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

SYSLOG Sistema de Logística. Modelo do Projeto

SYSLOG Sistema de Logística. Modelo do Projeto SYSLOG Sistema de Logística Modelo do Projeto Fac Senac Sumário 1. Título do Projeto... 3 2. Equipe de Elaboração do Projeto... 3 3. Apresentação... 3 4. Justificativa... 3 a. Benefícios esperados... 3

Leia mais

Infraestrutura e Tecnologia

Infraestrutura e Tecnologia Tema: Infraestrutura e Tecnologia. Objetivo Estratégico: Garantir a infraestrutura apropriada às atividades administrativas e judiciais. Descrição do Objetivo: Prover os recursos materiais e tecnológicos

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Implantação de solução de armazém de dados, denominada SIJUD Sistema de Informações Estratégicas do Judiciário, seguindo os conceitos estabelecidos para esse tipo

Leia mais

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0

Diretoria de Informática TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Brivaldo Marinho - Consultor. Versão 1.0 TCE/RN 2012 PDTI PLANO DIRETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Brivaldo Marinho - Consultor Versão 1.0 CONTROLE DA DOCUMENTAÇÃO Elaboração Consultor Aprovação Diretoria de Informática Referência do Produto

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TI

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TI PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE TI PETI MPMA 2015 2016 Procuradora Geral de Justiça VERSÃO 1.0 SÃO LUIS MA, 2014 Regina Lúcia de Almeida Rocha Procuradora de Justiça Diretor Geral Luís Gonzaga Martins Coelho

Leia mais

Planejamento Estratégico para as PMEs. Tecnologia da Informação a Serviço das PMEs

Planejamento Estratégico para as PMEs. Tecnologia da Informação a Serviço das PMEs Planejamento Estratégico para as PMEs Tecnologia da Informação a Serviço das PMEs Maio/2007 Rio Quente- Goiás Nivaldo Cleto Na era da tecnologia da informação, o mercado exige um empresário dinamicamente

Leia mais

Missão dada pelo Prefeito

Missão dada pelo Prefeito Paradigmas AÇÕES SETOR PÚBLICO Direcionadas de acordo com o que é determinado ou autorizado por lei SETOR PRIVADO Direcionadas de acordo com o que não é proibido por lei PESSOAS Instabilidade da Gerência

Leia mais

ATAS de Registro de Preços Chip & Cia Visão Resumida

ATAS de Registro de Preços Chip & Cia Visão Resumida ATAS de Registro de Preços Chip & Cia Visão Resumida Rua Santa Luzia, 6 Bairro São José Aracaju SE CEP 495-190 Tel: 55 (79) 2106.0606 Critérios Básicos para Adesão Para que sejam aceitos pedidos de adesão

Leia mais

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA 1 APRESENTAÇÃO Este conjunto de diretrizes foi elaborado para orientar a aquisição de equipamentos

Leia mais

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC-008/2008 1 ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO 1. INFORMAÇÕES GERAIS E CARACTERÍSTICA DO ATUAL AMBIENTE CORPORATIVO

Leia mais

Final década de 90: rumo à obsolescência. TJRS perdeu muito terreno frente a outras cortes TI não era considerada foco de planejamento

Final década de 90: rumo à obsolescência. TJRS perdeu muito terreno frente a outras cortes TI não era considerada foco de planejamento Governo Eletrônico Tribunal de Justiça a do Rio Grande do Sul Histórico Década de 70: primórdios Primeiro Tribunal de Justiça a ser informatizado no Brasil TJRS = pioneirismo Décadas de 80 e 90 Investimentos

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB 1 - DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de: 1.1-08 (oito) LICENÇAS modalidade MICROSOFT OPEN, sendo: 01

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ MPCM CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2015

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ MPCM CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2015 DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO 1 / 5 ANEXO 03 INFORMAÇÕES DOS CARGOS 1. CARGOS DE NÍVEL MÉDIO Cargo 01 Técnico em Administração Realizar atividades que envolvam a aplicação das

Leia mais

Ângela F. Brodbeck. Ana Maria Rizzo Silva

Ângela F. Brodbeck. Ana Maria Rizzo Silva Alinhamento Estratégico entre TI e Negócio Alinhamento entre Ações Estratégicas, Processos e iniciativas de Tecnologia de Informação Novembro, 2013 Ângela F. Brodbeck Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais