Manual do Portal Pregão Online Banrisul

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Portal Pregão Online Banrisul"

Transcrição

1 Sistema de Compras Eletrônicas - COE Manual do Portal Pregão Online Banrisul Pregão Online Banrisul Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Administração e Recursos Humanos Central de Compras - CECOM

2 Contato para Dúvidas e Sugestões Central de Atendimento PROCERGS (51)

3 Sumário Utilizando o Ajuda Online... 5 Documentação sobre o Portal... 5 Documentação sobre o Sistema de Compras... 6 Como usar o Ajuda Online... 7 Sobre os s enviados... 9 Utilizando o Fale Conosco Utilizando a Central de Atendimento Visão Geral Interface do Portal Página Principal Menu da Esquerda Quadro de Notícias Menu da Direita Menu Superior Paginação de Pesquisa Licitações Pesquisando Licitações pelo nº Edital (pesquisa direta) Pesquisando Licitações pela Situação Consultando Informações de uma Licitação Consultando os Resultados de uma Licitação Consultando a Ata de Julgamento de Recurso Consultando a Ata de uma Licitação Acompanhando Licitações em Disputa Catálogo de Materiais Notícias Fórum Legislação Procedimentos para Centrais de Compras Solicitando o Cadastro de uma Central de Compras Procedimentos para Fornecedor Solicitando o Credenciamento como Fornecedor Via Internet Pessoalmente Consultando a Situação do Credenciamento Enviando Proposta e Participando Acessando a Área Restrita do Portal Instalando o certificado digital do sistema (SSL) Onde posso obter ajuda para instalação do novo certificado? Desativando Bloqueador de Pop-up Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 3

4 Login na Área Restrita do Portal Esqueceu a Senha Etapas do Processo de Compras Eletrônicas Realizando o Pregão Eletrônico Credenciamento de Fornecedores no Sistema Eletrônico Cadastro e Publicação da Licitação no Portal Pedidos de Esclarecimentos ou Impugnações Cancelamento Envio de Propostas Iniciais Abertura de Propostas Início da Sessão de Disputa Negociação com o Licitante Melhor Classificado Aceite do Valor e Publicação da Melhor Proposta de Preço Convocação das ME/EPP classificadas (Lei Complementar nº. 123) Publicação da Ata Habilitação e Recursos Prazo para Manifestação de Intenção de Recurso Administrativo Habilitação pelo sistema eletrônico Recurso pelo sistema eletrônico Adjudicação do Objeto ao Licitante Vencedor Chamado do Próximo Classificado por Desclassificação ou Inabilitação Homologação da Licitação Não Homologação da Licitação Realizando a Dispensa de Licitação Eletrônica Fluxos do Sistema de Compras Eletrônicas Fluxo de Participação do Fornecedor Fluxo processo COM disputa Fluxo da Fase de Habilitação pelo Sistema Eletrônico Fluxo da Fase de Recurso pelo Sistema Eletrônico Fluxo processo SEM disputa Glossário Contato PROCERGS... 83

5 Utilizando o Ajuda Online Para acesso ao canal de ajuda on-line do Portal de Compras Eletrônicas Banrisul, siga os passos abaixo: 1. Acesse o Portal de Compras Eletrônicas Banrisul através dos endereços: Portal Portal de Compras Eletrônicas Banrisul Documentação sobre o Portal Endereço Esta documentação é disponibilizada no portal do sistema. 1. Clique no ícone do menu. Você visualiza os itens do menu de ajuda: Ajuda Online Ajuda Online Oferta Pública Perguntas Frequentes Manual Oferta Pública Permite o acesso à página de Ajuda On-line para navegação no Portal. Permite o acesso à página de Ajuda On-line para a modalidade de Oferta Pública de Recursos. Permite o acesso à página com perguntas e respostas mais freqüentes sobre o Sistema de Compras Eletrônicas. Permite a visualização do manual Oferta Pública em formato PDF. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 5

6 Documentação sobre o Sistema de Compras A documentação sobre uso do Sistema de Compras para Centrais de Compras e Fornecedores é disponibilizada somente na área de acesso restrito dos portais. Esta documentação é disponibilizada somente para usuários credenciados, requer chave identificação e senha liberada pelo órgão credenciador autorizado. Para acessar o canal de ajuda on-line ou o manual com os procedimentos para uso do sistema, efetue o acesso à área restrita do Portal de Compras Eletrônicas, para isso siga os passos abaixo: 1. Clique no ícone na página inicial do portal. 2. Realize o seu login, com sua chave de identificação e senha. Para mais informações consulte o tópico Acessando a Área Restrita do Portal na página 55. Na página inicial você visualiza a barra de menus de ajuda. Ajuda Online Manual Permite acesso à página de Ajuda On-line do Sistema de Compras Eletrônicas. Ajuda disponibilizada em conformidade com a empresa do usuário logado (visão Central de Compras ou visão Fornecedor). Permite a visualização do manual no formato PDF. Manual disponibilizada em conformidade com a empresa do usuário logado (manual da Central de Compras ou manual do Fornecedor). 3. Clique no subitem Ajuda Online. Você visualiza a página de ajuda on-line do Portal de Compras Eletrônicas. 4. Clique no subitem Manual. Você tem acesso ao manual do Sistema de Compras Eletrônicas, no formato PDF, para consulta ou download. 6 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

7 Como usar o Ajuda Online Você visualiza a página da ajuda on-line: Índice Área de Conteúdo Botões de Navegação Nesta área você visualiza as opções de navegação por tópicos. Clique no tópico que deseja consultar as informações que serão apresentadas na Área de Conteúdo. Clique neste botão para retornar à pagina de abertura de ajuda. Clique neste botão para localizar um termo na página de ajuda. Nesta área você visualiza o conteúdo de ajuda. Disponibiliza os botões de navegação da ajuda. Clique neste botão para visualizar o conteúdo anterior ao que você visualiza. Clique neste botão para visualizar o conteúdo posterior ao que você visualiza. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 7

8

9 Sobre os s enviados O sistema envia automaticamente informativos das licitações abertas, por . Não responda estes s, pois esta caixa postal não possui administração e com isso suas dúvidas ou sugestões não serão respondidas. Para qualquer tipo de contato, utilize o canal Fale Conosco ou a Central Banrisul de Atendimento ao usuário. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 9

10

11 Utilizando o Fale Conosco Canal de comunicação entre o usuário e o Banrisul, utilize esta opção para enviar para o Banrisul somente sobre o Portal de Compras Eletrônicas do Banco. Dúvidas relativas à instituição financeira devem ser enviadas através do formulário de ouvidoria do banco pelo endereço 1. No Portal de Compras Eletrônicas clique no ícone. Você visualiza a página Fale Conosco. Nome Cidade Sua Mensagem Botão Enviar Botão Limpar Informe o seu nome ou o da sua empresa. Informe o que deseja receber a resposta para seus questionamentos. Informe a cidade onde se localiza a empresa. Informe suas dúvidas que deseja esclarecer. Informe os campos e clique neste botão para enviar a sua mensagem. Clique neste botão para apagar as informações dos campos. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 11

12

13 Utilizando a Central de Atendimento A central de Atendimento é um canal de relacionamento que o Portal de Compras Eletrônicas coloca à sua disposição, oferecendo comodidade e rapidez no esclarecimento de suas dúvidas sobre o uso e disponibilidade do sistema. Por telefone, você pode obter informações ou registrar sugestões. Basta ligar para a Central de Atendimento por um dos números publicados na página principal do portal e falar com um dos atendentes. Mais informações, consulte o tópico Página Principal na página 17 para localizar a área do portal onde são publicados os telefones da Central de Atendimento e telefone e link para o site da Central de Compras do Estados(CECOM) responsável pelo credenciamento no sistema eletrônico e emissão do Certificado de Fornecedor do Estado (CFE). Para esclarecimentos sobre os processos publicados no portal, entre em contato com o órgão promotor da licitação. A página de consulta com Informações da Licitação disponibiliza dados de contato direto com a central de compras. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 13

14

15 Visão Geral O Portal de Compras Eletrônicas tem como objetivo proporcionar aos gestores o controle e a eficiência das atividades relacionadas ao processo de compras, buscando a racionalização e a redução dos custos destas funções. Assim são colocadas à disposição: credenciamento prévio de fornecedores habilitados a participar dos certames das diferentes centrais que negociam pelos 3 portais de compras. publicação no portal das compras e contratações abertas pelas diferentes centrais de compras; publicidade complementar através do envio de s notificando os interessados ou participantes dos principais eventos; acompanhamento on-line pela sociedade dos certames em andamento; ata da sessão gerada automaticamente e publicada no portal ao término da sessão, com atualização on-line dos eventos seguintes; informações históricas das compras e contratações efetuadas; especificações técnicas de materiais e serviços catalogados pelo Estado (CECOM); legislação e jurisprudências sobre questões editalícias; central de atendimento ao usuário. Inclui-se como prioridade, as Negociações Eletrônicas totalmente automatizadas e seguras na área de acesso restrito do Portal (Sistema de Compras), onde os fornecedores podem apresentar suas propostas iniciais e participar das etapas do processo exclusivamente por meios remotos de comunicação eletrônica sem identificação nominal durante toda a fase de disputa. Este serviço oferecido pelo Portal disponibiliza um processo de Gestão de Compras Eletrônicas, através de infra-estrutura informatizada, para apuração do melhor preço de bens e serviços comuns adquiridos por meio de cotações eletrônicas públicas. Além das vantagens indiscutíveis em termos de economia de escala e redução de custos, o uso de mecanismos eletrônicos possibilita maior transparência às transações realizadas pelo setor público. Durante todo o processo, fornecedores (ou eventuais compradores, no caso de leilões de venda), são providos com o mesmo tipo de informação por meio da Internet, ou seja, sem risco de uma empresa se beneficiar de informações ou tratamento privilegiado. Durante as disputas eletrônicas, os fornecedores têm o benefício de conhecer os lances feitos por outros fornecedores e autonomia de disputa através da transparência do processo eletrônico. A identificação nominal dos participantes e a associação dos lances ofertados por estes, somente são reveladas após o fechamento da apuração do melhor preço ao final da disputa. O histórico de transações realizadas são públicos, facilmente acessíveis, e podem servir para estabelecer estratégias comerciais futuras. A grande vantagem em termos de transparência é a possibilidade de acompanhar o processo de compra do governo em todas as suas etapas e poder verificar a sua legitimidade após o fato, já que tudo pode ser acompanhado on-line e fica registrado na ata eletrônica da sessão pública. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 15

16 As compras eletrônicas (ou venda nos casos de leilões) via Internet têm dois impactos imediatos: são poderosos elementos dissuasivos do mau gerenciamento dos fundos públicos, pela visibilidade e facilidade de reação que proporcionam; tendem a eliminar drasticamente os custos gerados pela corrupção, através da simplificação de processos e eliminação das oportunidades criadas pelo excesso de burocracia. As compras eletrônicas, aquisições pela modalidade de Pregão Eletrônico ou Dispensa de Licitação Eletrônica, obedecem à sistemática de compra pelo melhor preço para a Administração Pública. Portanto, a apuração de uma proposta vencedora é automática ao final da disputa não podendo receber interferência nem do pregoeiro. O encerramento da disputa é randômico, o tempo da sessão de disputa é acrescido de um tempo aleatório gerado pelo sistema para cada sessão, contribuindo de forma decisiva para a transparência e imparcialidade do processo. 16 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

17 Interface do Portal Página Principal Nesta página você tem acesso às licitações durante todo o processo de compra (da publicação dos editais, passando pelo acompanhamento das disputas em tempo real até a publicação de todos os resultados das disputas). Nos menus do Portal estão disponíveis os serviços públicos oferecidos ao usuário em geral. Estes serviços não requerem cadastramento prévio nem uso de senha pessoal de acesso. Através destes menus pode-se navegar para as demais páginas públicas disponibilizadas no portal. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 17

18 Menu da Esquerda Este menu de serviços encontra-se no lado esquerdo da página principal: Página Principal: retorna de qualquer ponto à principal do portal. Sobre o Portal: apresenta informações gerais sobre o portal e para quem tem interesse em negociar pelo portal. Licitações: apresenta informações das licitações durante todo o processo, desde a fase de publicação no portal (editais publicados) até a consulta dos resultados de uma licitação (ata da sessão pública, proposta vencedora, mensagens trocadas na sala de negociação, recursos, etc.). As licitações podem ser pesquisadas pela fase (situação) em que se encontram ou diretamente pelo número. A identificação das empresas participantes e suas vinculações às propostas enviadas e aos lances ofertados tornam-se públicos somente após o término da sessão de disputa. Catálogo de Materiais: apresenta os materiais e serviços existentes no cadastro do Estado (CECOM), por categoria de fornecimento (Famílias e Subfamílias) e a relação de fornecedores credenciados por Família. Central de Compras: apresenta as informações e solicitação de cadastro, via internet, para os órgãos públicos e empresas interessada em comprar pelo Portal de Compras Eletrônicas do Banrisul. A solicitação de cadastro é direcionada ao Administrador do Portal Pregão Online Banrisul (Unidade de Governos) que após validação das informações e assinatura de convênio libera a senha eletrônica para o usuário responsável indicado na solicitação de cadastro. Notícias: apresenta a relação de notícias disponíveis. Novidades: apresenta as novidades atualizadas do Portal de Compras Eletrônicas. Fórum: apresenta o fórum de discussão do Portal, onde são armazenadas todas as perguntas e respostas de esclarecimento geral de um canal público. Legislação: apresenta opções de pesquisa das leis, decretos, normas e outras regulamentações relacionadas às compras eletrônicas. Quadro de Notícias Para acessar o conteúdo de uma determinada notícia ou destaque, clique sobre o texto desejado. Para acessar mais notícias, clique no link Mais Notícias. 18 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

19 Menu da Direita Na área à direita da página Principal estão disponíveis: consultas pelo número da licitação; acompanhamento das sessões públicas andamento, permite acompanhar em tempo real (on-line): as sessões de disputa em andamento; as propostas enviadas; os lances ofertados; as mensagens trocadas na sessão. consultas das novidades publicadas do Portal de Compras Eletrônicas. Nº Edital/TD: informe o número do edital que deseja consultar e clique no botão OK. Você visualiza a página Informações da Licitação com a licitação encontrada. Acompanhar Disputas: acompanhe as licitações em disputa sem necessidade de cadastro prévio ou uso de senha. Você visualiza a página Acompanhamento de Licitações em Disputa. Novidades: consulte as novidades do sistema de compras eletrônicas e as atualizações do portal. Você visualiza a página Novidades. Licitações no Estado: realize a pesquisa unificada das publicações dos três portais de compras atendidos pelo Sistema de Compras Eletrônicas, independente do portal no qual elas tenham sido publicadas. A relação completa das licitações no Estado reúne as licitações e dispensas eletrônicas, agendadas ou em andamento, publicadas nestes 3 portais: Portal de Compras Eletrônicas Estado: atendendo os órgãos da administração direta do Estado, fundações e autarquias. ( Portal Pregão Online Banrisul: atendendo os órgãos da administração indireta do Estado, órgãos da esfera municipal - prefeituras, câmaras, e demais empresas públicas interessadas em compras pelo portal do Banco. ( Portal de Compras da Procergs: atendendo as compras da Companhia. ( Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 19

20 Menu Superior Na área superior da página Principal estão disponíveis os serviços para fornecedor, empresas e pessoas físicas que tem intenção de vender (ou comprar nos casos de leilão) das Centrais que negociam pelo portal; o canal de Ajuda On-line e documentação, o canal de comunicação com o Administrador do Portal e o acesso a área restrita do Portal. Estes serviços são disponibilizados pelos ícones: Sistema de Compras Fornecedor Ajuda Online Fale Conosco apresenta a página de identificação para acesso a área restrita do portal de Compras Eletrônicas. O acesso ao sistema exige um cadastramento prévio e uso da senha eletrônica pessoal. apresenta informações de credenciamento do fornecedor e a pesquisa da situação do cadastro. permite acessar a página de Ajuda On-line do sistema e a página de FAQ (Perguntas Mais Freqüentes) para auxílio aos Fornecedores na resolução de dúvidas quanto à utilização do Portal e do sistema de Compras Eletrônicas. permite enviar para o Administrador do Portal com dúvidas e informações relativas ao processo de compras. Paginação de Pesquisa Sempre que uma pesquisa exceder o número de linhas previsto para uma página, o sistema apresenta a barra de paginação dos resultados. Na área superior da página são apresentados os ícones de navegação para que o usuário avance ou recue na pesquisa das informações encontradas: - avançar uma página. - retornar uma página. Na barra superior da relação de licitações é apresentado o número da página em que você se encontra e o total de páginas disponíveis. 20 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

21 Licitações As licitações publicadas no portal estão categorizadas para pesquisa de acordo com a situação no momento da consulta. O portal permite a consulta direta pelo número do edital ou pela situação da licitação ou seus lotes. A unidade de disputa do objeto de uma licitação é sempre o lote, a licitação pode ser composta por um ou mais lotes. Pesquisando Licitações pelo nº Edital (pesquisa direta) 1. No menu à direita, informe o número do edital (total ou parcial) que deseja consultar no campo. 2. Clique no botão Ok. 3. Caso o sistema localize mais de uma licitação com o mesmo nº edital, você visualiza a lista com as licitações pesquisadas, clique sobre o número do edital que deseja consultar. Você visualiza a página Informações da Licitação. Detalhes sobre as informações apresentadas consulte o tópico Consultando Informações de uma Licitação na página 25. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 21

22 Pesquisando Licitações pela Situação 1. Posicione o ponteiro do mouse sobre o menu Licitações. Você visualiza as opções de pesquisa para todos os tipos de licitações. A unidade de disputa de uma licitação é sempre o lote, as licitações estão categorizadas para pesquisa de acordo com a situação do lote no momento da consulta. Licitações com lotes agendados Licitações com lotes suspensos Licitações com lotes em andamento Licitações com lotes encerrados Licitações com lotes desertos Licitações com lotes cancelados Licitações com lotes adjudicados Licitações com lotes não adjudicados Licitações homologadas Licitações canceladas 22 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul São as licitações com lotes cujas propostas não tenham sido abertas e/ou com lotes suspensos/reagendados ou àquelas que têm pelo menos um lote agendado. Ao selecionar este item você visualiza o objeto da licitação e a data prevista para a realização da sessão de disputa (DL com disputa ou Pregão) ou abertura proposta (DL sem disputa). São as licitações que têm pelo menos um lote suspenso. O lote pode ser suspenso antes ou durante sua sessão de execução, segundo a necessidade do pregoeiro. Caso a licitação seja suspensa, é informado o motivo da suspensão. Um lote suspenso pode ser reagendado ou cancelado. São as licitações com lotes com propostas abertas aguardando início sessão e/ou com lotes em disputa, ou àquelas que têm pelo menos um lote sendo realizado no momento e que podem ser acompanhadas (visualizar as propostas enviadas, os lances ofertados e as mensagens trocadas entre o pregoeiro e os fornecedores participantes). São as licitações que têm pelo menos um lote encerrado, mas que ainda não foram adjudicadas pelo responsável pela licitação. São as licitações que não tiveram propostas para o lote. São as licitações que têm pelo menos um lote cancelado. O cancelamento de uma licitação cancela automaticamente todos os seus lotes. É informado o motivo do cancelamento. São as licitações que têm pelo menos um lote adjudicado pelo responsável pela Licitação. São as licitações que têm pelo menos um lote não adjudicado pelo responsável pela Licitação. São as licitações já homologadas pela autoridade competente. São as licitações que tem a sua realização cancelada pela central, seja por interesse público (revogação) ou por alguma ilegalidade no processo (anulação).

23 2. Clique na opção de pesquisa da licitação desejada. Você visualiza a página para definir os critérios de pesquisa. Em qualquer uma das consultas, você pode refinar os critérios de pesquisa por: Modalidade Central de Compras Família Data As modalidades de licitação disponíveis no sistema são: Pregão Eletrônico: modalidade de licitação pregão executada por meio eletrônico (disputa em sala virtual pela internet sem identificação dos participantes). Pregão Presencial: tem registro em meio eletrônico, integrado com as demais modalidades de compras. Para esta modalidade também é possível: gerar ata eletrônica automaticamente pelo sistema ao término da sessão, adjudicação e homologação; cadastrar a equipe de apoio que acompanha a sessão para registro e apresentação em ata; cadastrar informações complementares que se apresentam em ata. Dispensa de Licitação: dispensa de licitação com cotação eletrônica de preços. Leilão Genérico: leilão para venda com cotação eletrônica de ofertas para o lote leiloado. Leilão Oferta Pública de Recursos: dispõe de manual com a documentação para os credores em separado, disponibilizado no mesmo menu Ajuda Online. Selecione a entidade responsável pela licitação. Informe o código e o nome da família de materiais e serviços a que se refere à licitação. Utilize para selecionar as licitações por data de início ou fim, compreendidas no intervalo informado. 3. Clique no botão Pesquisar para obter a relação das licitações correspondentes aos critérios definidos. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 23

24 As licitações correspondentes são apresentadas abaixo dos critérios. 4. Para encontrar uma determinada licitação, pesquise o edital desejado na lista. Você visualiza a página com as informações detalhadas da licitação. Detalhes sobre as informações apresentadas consulte o tópico Consultando Informações de uma Licitação na página Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

25 Consultando Informações de uma Licitação 1. Efetue a pesquisa da licitação pelo número do edital (consulte o tópico Pesquisando Licitações pelo nº Edital (pesquisa direta) na página 21) ou pela situação (consulte o tópico Pesquisando Licitações pela Situação na página 22). Você visualiza a página Informações da Licitação. >> SEÇÕES: Nesta página você visualiza as informações registradas no sistema eletrônico pelo órgão promotor da licitação. As informações são agrupadas por seção: Identificação, Informações para Contato com o órgão responsável pela publicação, e informações sobre os Lotes que compõem a licitação: data de início e de fim de recebimento de propostas, a data de início da sessão e o tempo de duração da disputa (no caso das modalidades com a fase de disputa) e a situação dos lotes). Documentos anexos Informações para Contato Situação Clique neste botão para visualizar o documento oficial do Edital desta licitação e outros anexos publicados com avisos, retificações, etc. Em caso de dúvidas ou esclarecimentos sobre o andamento do processo entre em contato direto com o responsável pela publicação. Esta coluna informa a situação de cada lote de disputa que compõe a licitação As situações possíveis para um lote são: A partir da data de publicação e enquanto a data prevista de início de recebimento de propostas Agendado ainda não foi alcançada. Nesta fase o sistema ainda não permite o envio de propostas dos fornecedores. Recebendo propostas O sistema aceita o envio das propostas dos fornecedores habilitados e com perfil para envio de proposta para o lote. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 25

26 Recebimento de propostas encerrado Aguardando Abertura de Propostas Proposta aberta aguardando início Em andamento Aguardando encerramento Encerrado Deserto (encerrado) Quando a data fim prevista de recebimento de proposta for atingida e enquanto a data prevista de abertura de propostas ainda não for alcançada. Nesta fase o pregoeiro não consegue abrir as propostas e os fornecedores não conseguem mais enviar propostas. Esta situação só ocorre quando a data prevista de início de abertura das propostas não for consecutiva à data prevista de fim de recebimento propostas. Quando a data prevista de abertura das propostas for atingida, mas o pregoeiro ainda não efetuou a abertura. Nesta fase o pregoeiro pode abrir as propostas iniciais, enviadas eletronicamente, a qualquer momento. Após a fase de abertura das propostas iniciais e classificação dos licitantes para a fase de disputa e enquanto o pregoeiro não inicia a sessão de disputa. Nesta fase o pregoeiro pode iniciar a sessão de disputa assim que a data prevista de início da sessão seja alcançada. A partir da data real de abertura da sessão para disputa e dentro do período definido de disputa, note que se o início da sessão de disputa for com atraso à data de fim é automaticamente estendida (data fim real = data início realizada + tempo de disputa previsto). Nesta fase os fornecedores podem ofertar novos lances. Quando o tempo estipulado da disputa for atingido e durante o período randômico da disputa (de 1 a 30 minutos). Nesta fase o lote continua em disputa e os fornecedores ainda podem ofertar novos lances. Após o término da disputa (final do tempo randômico) e enquanto o objeto da disputa não for adjudicado ao licitante vencedor. Nesta fase o pregoeiro pode permanecer negociando com o licitante vencedor numa sala de disputa privativa. Após, o pregoeiro pode ou não adjudicar o objeto da disputa ao licitante vencedor mediante justificativa. Após o término da sessão, sempre que o pregoeiro encerrar a sessão após abrir as propostas, e não havendo propostas para o lote. Esta é uma situação em que o pregoeiro pode encerrar a sessão antes do final do período randômico. Nesta fase o pregoeiro considera a disputa fracassada e não adjudica a mesma. 26 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

27 Suspenso Cancelado Quando o lote está temporariamente suspenso para disputa. A suspensão pode ter ocorrido antes ou durante a sessão de disputa. Nesta fase o pregoeiro pode reagendar a sessão, e os fornecedores que enviaram propostas são notificados. Quando o lote está cancelado, não há mais disputa. O cancelamento pode ter ocorrido antes ou durante a sessão de disputa, mediante justificativa do pregoeiro. Nesta fase nada mais pode ser feito sobre este lote de disputa. Para o critério da pesquisa Licitações os critérios são um pouco diferenciados. Lotes Agendados Lotes em Andamento Lotes Encerrados esta situação é uma aglutinadora, ou seja, o sistema apresenta as licitações com lotes agendados e cujas propostas não tenham sido abertas e/ou com lotes suspensos/reagendados aguardando a fase de disputa. esta situação é uma aglutinadora, a qual seleciona licitações com lotes agendados cujas propostas já foram abertas aguardando início da sessão e/ou com lotes em fase de disputa. esta situação é uma aglutinadora, ou seja, o sistema apresenta as licitações com lotes encerrados negociando (Situação: Encerrado/Negociando), as licitações com lotes com prazo de intenção de recurso aberto (Situação: Encerrado/Int.Recurso) etc. Em data ou prazo considere sempre a data e horário, sejam eles previstos ou realizados. BARRA DE MENUS (Botões de Ações): No lado direito da página encontra-se a barra as ações liberadas para o usuário (botões). Os botões são apresentados de acordo com o tipo de usuário, permissões do usuário (perfis) e situação da licitação e dos lotes, consulte a coluna Situação no quadro >> LOTES. Botão disponível quando a licitação não possui lotes pendentes de realização. Clique neste botão para visualizar a ata da sessão pública do pregão. A partir desta página você pode visualizar o detalhe de cada lote ofertado de forma a obter todas as especificações dos materiais/serviços, datas e demais informações da sessão 2. No quadro >> LOTES, clique no número do lote para visualizar as informações detalhadas do lote. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 27

28 Você visualiza a página Informações do Lote. 3. Clique no código do item para consultar informações detalhadas da especificação de cada item. Você visualiza a página Detalhes do Item. Se você observar diferenças entre as definições que constam no instrumento convocatório (documento anexo com o edital) e o registrado no sistema eletrônico, entre em contato direto com o órgão promotor da licitação antes de efetuar a sua proposta. Por exemplo: Datas; Itens; Especificações; Quantidades e unidades de fornecimento; E outras definições que possam modificar sua proposta. 28 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

29 Consultando os Resultados de uma Licitação Depois de encerrada a sessão pública, o sistema disponibiliza na área inferior da página com as informações do lote o resultado da disputa e adjudicação. Nos pregões eletrônicos, com preferência de contratação para as ME/EPP o sistema informa as convocações de empresas classificadas nos 5% em atendimento à Lei Complementar 123. Nesta seção também são apresentadas as rodadas de negociação direta de preço com o fornecedor melhor classificado na disputa. A partir desta página você também tem acesso aos detalhes de cada lote licitado de forma a obter todas as especificações dos materiais, registro de datas e demais informações da sessão realizada ou eventos ocorridos. Clique no item para ter acesso às informações de cada lote que compõe a licitação em questão. Consultando a Ata de Julgamento de Recurso Para consultar a ata de julgamento de recursos, siga os passos abaixo: 1. Na janela Informações da Licitação, clique sobre o lote que deseja consultar a ata. Você visualiza a janela Informações do Lote. 2. Clique no botão para consultar a Ata de Julgamento de Recurso. Você visualiza a página com a ata da sessão. Para imprimir clique no botão Imprimir. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 29

30 Para retornar às informações da licitação, clique no botão Voltar. Consultando a Ata de uma Licitação A ata de uma licitação está disponível após o encerramento da fase de lances da disputa, ou seja, a ata de uma licitação pode ser visualizada se os lotes que compõem a licitação não estiverem pendentes de realização (agendados ou em andamento ou suspensos). Se a ata da licitação estiver disponível, o sistema exibe o ícone das Informações da Licitação. 1. Clique no ícone para abrir ou salvar o documento. Você visualiza a página com a ata da sessão. Para imprimir clique no botão Imprimir. Para retornar às informações da licitação, clique no botão Voltar. na página de consulta 30 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

31 Acompanhando Licitações em Disputa O Portal de Compras Eletrônicas disponibiliza para qualquer cidadão o acompanhamento de uma sessão pública de uma Licitação ou Dispensa de Licitação com disputa. Durante a sessão, o sistema apresenta a opção para acompanhar em tempo real (on-line) as disputas em andamento. A identificação nominal dos participantes somente torna-se público após o encerramento da fase de lances da disputa e aceita a proposta de preço de melhor valor. Para acompanhar as disputas em andamento no Portal: 1. Clique no link. Você visualiza a página Acompanhamento de Licitações em Disputa. 2. Informe os critérios de pesquisa desejados. 3. Clique no botão Pesquisar. Você visualiza abaixo dos critérios o edital, a quantidade de lotes, a central de compras e o objeto resumido. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 31

32 4. Clique no número do edital que deseja acompanhar. Você visualiza o quadro resumo do edital e da disputa. 5. Clique no número do lote que deseja acompanhar. Você visualiza o acompanhamento da sala de disputa do lote. Você pode navegar nas diversas guias (Dados da Disputa, Quadro de lances ou Quadro de Mensagens) para obter informações específicas de cada um dos eventos. Selecione o Lote Utilize este campo para selecionar e acompanhar outro lote do mesmo edital. 32 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

33 Catálogo de Materiais 1. Clique no item de menu Catálogo de Materiais. Você visualiza a página Catálogo de Materiais e Serviços. 2. Informe os critérios de pesquisa desejados. 3. Clique no botão Buscar. Você visualiza a página de consulta com a Relação de Famílias de Materiais e Serviços ou com a Relação de Materiais ou Serviços a partir dos critérios de pesquisa informados. A lista apresenta o catálogo de materiais do Estado mantido pela CECOM. Permite visualizar a família do material ou serviço pesquisado. Permite visualizar a subfamília da família pesquisada. Permite visualizar a lista de fornecedores da família pesquisada. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 33

34 As listas de subfamílias ou a lista de fornecedores da família pesquisada podem ser acessadas a partir do clique no botão correspondente conforme a legenda. Para obter informações detalhadas do material ou serviço, clique no nome desejado. 34 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

35 Notícias 1. Clique no item de menu Notícias. Você visualiza a relação de notícias disponíveis. 2. Para consultar a determinada notícia, clique no link Leia Mais. Você visualiza a notícia completa. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 35

36

37 Fórum Utilize o fórum para postar um tópico de esclarecimento. O fórum é um canal público de comunicação onde ficam registradas todas as perguntas e respostas. O moderador deste fórum é a própria Central de Compras responsável pela publicação da licitação ou termo de dispensa. 1. Clique no item de menu Fórum para acessar o canal de comunicação direto com os administradores/pregoeiros das licitações publicadas no portal de compras eletrônicas. Você visualiza a página Fórum de Discussão. 2. Informe o edital referente à licitação que deseja esclarecer dúvidas. 3. Clique no botão Pesquisar. Você visualiza na mesma página, logo abaixo, o edital pesquisado. 4. Clique no edital que deseja postar o tópico. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 37

38 Você visualiza a página Fórum com o edital, o título e a data de início. Caso haja tópicos pendentes, você visualiza a mensagem referente ao tópico pendente em cor diferenciada. Caso não haja tópicos pendentes, você visualiza a seguinte mensagem: Não existem tópicos pendentes para esta licitação. 5. Clique no botão Postar Novo Tópico. Você visualiza a página para sua identificação. 6. Informe o CPF/ CNPJ, nome, e validação com a palavra (desafio) que aparece no quadro ao lado. Esta solicitação é para evitar a consulta automatizada por robôs que possa vir a degradar o desempenho de acesso ao portal. 7. Clique no botão Confirmar Dados. 38 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

39 Você visualiza a página para postar a pergunta. 8. Digite a pergunta que deseja esclarecer. Assinale o campo, caso deseje receber quando esta mensagem for publicada/respondida. 9. Clique no botão Enviar Pergunta. Na área Msgs Publicadas para o edital. você visualiza o número de mensagens publicadas Para visualizar as perguntas e as respectivas respostas publicadas para o edital, clique nesta área. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 39

40

41 Legislação 1. Clique no item de menu Legislação para acessar a legislação disponibilizada. Você visualiza a página com as opções de pesquisa de leis, decretos, medidas provisórias e outras legislações disponibilizadas no portal. 2. Clique no item desejado. Você visualiza as informações da respectiva legislação. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 41

42

43 Procedimentos para Centrais de Compras Solicitando o Cadastro de uma Central de Compras 1. Na página principal do portal de compras, clique no menu Central de Compras. Você visualiza a página Cadastro de Centrais de Compras. 2. Clique no link Para solicitar o cadastramento de uma nova Central de Compras clique aqui. Você visualiza a mensagem de confirmação ao acesso ao formulário de cadastro. 3. Leia o conteúdo da mensagem. 4. Clique no botão OK para confirmar. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 43

44 Você visualiza a página Nova Empresa. Botão Cadastrar Botão Cancelar Após informar todos os campos, clique neste botão para cadastrar a central de compras. Clique neste botão para cancelar o cadastro da central de compras e retornar à página anterior. 44 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

45 Razão Social Nome Fantasia Endereço Complemento Cidade CEP Informações da Empresa Informe a razão social da central de compras. Informe o nome fantasia da central de compras. Informe o endereço da central de compras. Informe o complemento para o endereço da central de compras. Informe a cidade da central de compras. Informe o CEP da central de compras. Estado Clique no botão e selecione o estado da central de compras. Telefone Fax Inscrição Estadual Inscrição Municipal CNPJ Descrição Complementar Contato Título da Ata Eletrônica Subtítulo-1 da ata eletrônica Subtítulo-2 da ata eletrônica Subtítulo-3 da ata eletrônica Portaria que autorizou Pregoeiro e equipe de apoio Data da publicação da Portaria no DOE Editais Telefone Editais Telefone Pregão Telefone DL Informe o DDD e o número do telefone da central de compras. Informe o ramal do telefone, se houver. Informe o DDD e o número do fax da central de compras. Informe o número de inscrição estadual da central de compras. Informe o número de inscrição municipal da central de compras. Informe o CNPJ da central de compras. Informe a descrição complementar. Informe o contato da central de compras. Informe o da central de compras. Informações para Ata Eletrônica Informe o título da ata eletrônica. Informe o subtítulo 1 da ata eletrônica. Informe o subtítulo 2 da ata eletrônica. Informe o subtítulo 3 da ata eletrônica. Informe o número da portaria ou decreto que autorizou o pregoeiro e a equipe de apoio. Caso não haja portaria ou decreto regulador, este campo não deve ser informado. Informe a data de publicação da portaria ou decreto no Diário Oficial. Caso não haja portaria ou decreto regulador, este campo não deve ser informado. Informações para contato com a Central de Compras Informe o de contato com a Central de Compras. Informe o número de telefone de contato com a Central de Compras. Informe o número de telefone de contato com a Central de Compras. Informe o número de telefone de contato da Dispensa de Licitação da Central de Compras. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 45

46 Agência Conta- Corrente Município da Agência CPF Nome Senha Confirmação da Senha Cargo Informações do Usuário responsável Informe a agência da conta da empresa. Informe a conta- corrente da empresa. Informe o município onde se localiza a agência da empresa. Informações do Usuário responsável Informe o número do CPF do usuário responsável. Informe o nome do usuário responsável. Informe a senha do usuário responsável, utilize no máximo 20 posições. Informe novamente a senha do usuário responsável. Informe o cargo do usuário responsável. Informe o do usuário responsável. Informações do usuário homologador (Caso o responsável for também homologador, informar somente o CPF do Homologador) CPF Nome Senha (máximo 20 posições) Confirmação da Senha Cargo Informe o número do CPF do usuário homologador. Informe o nome do usuário homologador. Informe a senha do usuário homologador, utilize no máximo 20 posições. Informe novamente a senha do usuário homologador. Informe o cargo do usuário homologador. Informe o do usuário homologador. Os campos assinalados com * (asterisco) são campos de preenchimento obrigatórios. 5. Informe os campos. 6. Clique no botão Cadastrar. Sua solicitação de cadastro fica registrada e é direcionada ao Administrador do Portal. 7. Entre em contato com o gerente de sua agência para assinar o convênio com o banco e habilitar a sua senha eletrônica para utilizar o sistema. 46 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

47 Procedimentos para Fornecedor Solicitando o Credenciamento como Fornecedor 1. Na página principal do Portal de Compras Eletrônicas Banrisul, posicione o ponteiro do mouse no ícone Fornecedor, conforme a imagem abaixo: 2. Clique na opção Credenciamento. Você visualiza a página Procedimentos para Credenciamento / Renovação. A empresa interessada em tornar-se fornecedora da PROCERGS nas compras eletrônicas deve estar previamente cadastrada junto à Central de Compras do Estado (CECOM), obtendo a sua habilitação para participar dos Pregões Eletrônicos. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 47

48 Para solicitar o credenciamento no Sistema de Compras o interessado pode optar por um dos procedimentos abaixo especificados: Via internet: preencha o formulário de solicitação de credenciamento via internet no link (Faça sua solicitação de Credenciamento aqui) existente no final desta página e encaminhar à Central de Licitações do Estado (CECOM) a documentação exigida. Pessoalmente: compareça à CECOM, solicite o "Termo de Senha Eletrônica", preencha e assine o mesmo, entregue-o juntamente com a documentação exigida. *CEEE: Para participação nos pregões e dispensas eletrônicas do Grupo CEEE (Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica CEEE-GT e Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica CEEE-D), o fornecedor ou seu representante legal pode solicitar o credenciamento no sistema eletrônico diretamente ao setor de cadastro da CEEE, órgão autorizado a credenciar neste portal, desde que atenda todas as exigências para o credenciamento e participação nas compras eletrônicas do grupo. Fornecedor CEEE, na solicitação de credenciamento via internet, selecione como órgão credenciador o Grupo CEEE, se desejar solicitar o seu credenciamento no sistema eletrônico por este órgão. Nestes casos a documentação exigida, e o termo de liberação de senha eletrônica da CEEE assinado, devem ser encaminhados ao setor de cadastro deste grupo. Mais informações sobre os procedimentos para credenciamento junto à CECOM ou ao órgão autorizado a credenciar você pode obter contatando o setor de cadastro destes órgãos pelas informações de contato publicadas nesta página. Via Internet 1. Na página Procedimentos para Credenciamento/Renovação, utilize a barra de rolagem para localizar, ao final da página, o link Faça sua solicitação de Credenciamento aqui. 2. Clique no link Faça sua solicitação de Credenciamento aqui. Você visualiza a página Nova Empresa com o formulário para solicitação de credenciamento no sistema eletrônico. 3. Informe o CNPJ da empresa que está solicitando o credenciamento no sistema eletrônico. 4. Clique no botão avançar. Se sua empresa não possui registro no sistema você visualiza a página Nova Empresa com os demais campos para preenchimento. 48 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

49 Caso o CNPJ informado já conste no sistema, você visualiza a mensagem indicando o órgão credenciador e a situação da sua solicitação. Os campos assinalados com * (asterisco) são campos de preenchimento obrigatório. Credenciador Botão Cadastrar Botão Cancelar Razão Social Nome Fantasia Endereço Clique no botão e selecione o órgão credenciador autorizado para o qual deseja encaminhar sua solicitação e a documentação exigida. Sua solicitação de credenciamento é direcionada ao órgão credenciador selecionado. Você deve encaminhar a documentação exigida e o termo de liberação de senha assinado a este mesmo órgão. Após informar todos os campos, clique neste botão para cadastrar a empresa fornecedora. Clique neste botão para cancelar o cadastro da empresa fornecedora e retornar à página anterior. Informações da Empresa Informe a razão social da empresa fornecedora. Informe o nome fantasia da empresa fornecedora. Informe o endereço da empresa fornecedora. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 49

50 Complemento Informe o complemento do endereço da empresa fornecedora. Cidade CEP Estado Telefone Fax Inscrição Estadual Inscrição Municipal Contato CPF Nome Senha Confirmação da Senha Cargo Botão Selecionar Informe a cidade onde se localiza a empresa fornecedora. Informe o CEP da empresa fornecedora. Clique no botão e selecione o estado onde se localiza a empresa fornecedora. Informe o DDD, e o número do telefone da empresa fornecedora. Informe o ramal do telefone, se houver. Informe o DDD e o número do fax da empresa fornecedora. Informe o número de inscrição estadual da empresa fornecedora. Informe o número de inscrição municipal da empresa fornecedora. Informe o nome da pessoa para contato na empresa fornecedora. Informe o da empresa fornecedora Informações do Usuário Responsável Informe o número do CPF do usuário responsável pela empresa no sistema eletrônico. Informe o nome do usuário responsável. Informe a senha do usuário responsável. Campo com tamanho máximo de 20 posições. Informe novamente a senha do usuário responsável. Informe o cargo do usuário responsável. Informe o do usuário responsável. Família de Materiais e Serviços Requeridas Clique neste botão para selecionar as famílias e serviços requeridos. Botão Excluir Clique neste botão para excluir as famílias e serviços. Este enquadramento não é mais obrigatório para participação nas licitações por pregão eletrônico ou dispensa eletrônica no Sistema de Compras, assinale as famílias de materiais e serviços do Estado (classificação CECOM) para as quais a empresa deseja receber notificação de publicações nos portais. 5. Informe os campos da Empresa e do Usuário Responsável. 6. Clique no botão selecionar para assinalar as famílias de materiais e serviços do Estado (classificação CECOM) para as quais a empresa deseja receber notificação de publicações nos portais. 7. Informe os campos. 8. Clique no botão Cadastrar. Se todas as informações requeridas foram informadas corretamente a sua solicitação é processada, registrada no sistema eletrônico e direcionada ao órgão autorizado a credenciar escolhido. 50 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

51 Você visualiza a mensagem confirmando a solicitação do credenciamento. 9. Providencie a documentação exigida e o respectivo termo de liberação de senha assinado. 10. Envie ao órgão credenciador selecionado. O termo de liberação de senha assinado deve ser o do respectivo órgão credenciador para o qual você direcionou sua solicitação. Na página com Procedimentos para Credenciamento estão disponibilizados os termos e respectivos termos e informações de endereço para envio de toda a documentação. O responsável legal, informado no cadastro da empresa, recebe um confirmando o credenciamento da empresa no sistema eletrônico e a liberação da senha solicitada após a CECOM receber e validar a documentação exigida. Pessoalmente 1. Compareça à CECOM com os seguintes documentos: da Empresa; do Representante Legal. 2. Solicite o Termo de Senha Eletrônica. 3. Preencha o Termo de Senha Eletrônica. 4. Entregue os documentos exigidos e o Termo de Senha Eletrônica. 5. A CECOM valida as informações e cadastra o fornecedor, habilitando o mesmo a utilizar o sistema. 6. O sistema envia um para o responsável da empresa, habilitando a senha eletrônica. O código de identificação do Representante Legal é o CPF do mesmo. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 51

52 No primeiro acesso a área restrita do sistema o usuário pode alterar a senha inicial recebida. Para participação nos pregões e dispensas eletrônicas do Grupo CEEE (Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica CEEE-GT e Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica CEEE-D), o fornecedor ou seu representante legal que desejar efetuar sua solicitação credenciamento diretamente no órgão: 1. Dirija-se ao setor de cadastro do Grupo CEEE com os seguintes documentos: da Empresa; do Representante Legal. 2. Solicite o Termo de Senha Eletrônica. 3. Preencha o Termo de Senha Eletrônica. 4. Entregue os documentos exigidos e o Termo de Senha Eletrônica. 5. A CEEE valida às informações e cadastra o fornecedor, habilitando o mesmo a utilizar o sistema. 6. O sistema envia um para o responsável da empresa, habilitando a senha eletrônica. O código de identificação do Representante Legal é o CPF do mesmo. No primeiro acesso a área restrita do sistema o usuário pode alterar a senha inicial recebida. Consultando a Situação do Credenciamento 1. Na página principal do Portal de Compras Eletrônicas Banrisul, posicione o ponteiro do mouse no ícone Fornecedor, conforme a imagem abaixo: 2. Clique na opção Situação Credenciamento. Você visualiza a página Consulta Situação do Cadastro. 3. Informe o CNPJ da empresa fornecedora que deseja pesquisar. 4. Clique no botão Consultar. 52 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

53 Você visualiza as informações referentes à situação do fornecedor da empresa no sistema eletrônico. Enviando Proposta e Participando O Portal de Compras Eletrônicas possui uma área de trabalho restrita aos fornecedores enviarem propostas e participarem das sessões de disputa ofertadas no respectivo portal. Consulte o tópico Acessando a Área Restrita do Portal na página Acessando a Área Restrita do Portal. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 53

54

55 Acessando a Área Restrita do Portal Para melhor visualização das páginas do Sistema de Compras utilize a configuração de vídeo 800 x 600 Caso não seja apresentada a janela de Login, certifique-se que seu bloqueador de pop-up está desativado. Mais informações, consulte o tópico Desativando Bloqueador de Pop-up na página 56. Para desativar o alerta de segurança informando que o certificado emitido sob a nova raiz não é confiável, consulte o tópico Instalando o certificado digital do sistema (SSL) na página 55. Instalando o certificado digital do sistema (SSL) O certificado raiz é a origem da cadeia de confiança estabelecida para garantir a segurança das transações que você realiza pela Internet. Essa cadeia de confiança garante que o site ou portal titular de um certificado digital são realmente quem dizem ser e assegura que as informações enviadas por aquele site ou portal não irão parar nas mãos de terceiros. Os portais de compras utilizam o certificado de segurança do sistema pertence à Autoridade de Certificação Raiz Confiável, ICP-Brasil, este novo certificado raiz ainda não é reconhecido automaticamente pelos navegadores internet e por isso é necessário instalá-lo no computador para não receber o alerta de segurança informando que o certificado emitido sob a raiz não é confiável. Onde posso obter ajuda para instalação do novo certificado? Para facilitar o uso do novo Certificado Digital, a PROCERGS disponibilizou um passo a passo (tutorial) de como baixar a cadeia de certificados da ICP-Brasil para todos os tipos de navegadores (browsers) utilizados em seu computador. Em caso de dúvida ou dificuldade de instalação contate a Central de Atendimento PROCERGS pelos telefones publicados nos portais, esta central está preparada para orientá-lo a baixar a cadeia de certificados da ICP-Brasil. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 55

56 Desativando Bloqueador de Pop-up Para acessar o Sistema de Compras sem restrições desative o bloqueador de pop-ups: 1. Na janela do navegador, clique no menu Ferramentas. 2. Clique no subitem Bloqueador de Pop-Up, opções Desativar Bloqueador de Pop-ups. 3. No Menu na barra superior, clique no ícone Sistema de Compras. Independente da opção que tenha utilizado para acessar a área de acesso restrito, você visualiza a página de identificação (Login) onde deve informar o seu CPF no campo Usuário e sua senha eletrônica recebida. Login na Área Restrita do Portal O Portal de Compras Eletrônicas possui uma área de trabalho restrita às Centrais de Compras previamente cadastradas nos portais de Compras Eletrônicas do Estado, no Portal de Compras Eletrônicas do Banrisul ou no Portal de Compras Eletrônicas da Procergs. O usuário é vinculado a uma Central de Compras de um dos portais, e assim tem acesso a consulta às licitações de todas as Centrais de Compras cadastradas no portal, no entanto, somente pode criar ou alterar licitações da sua Central. O usuário credenciado, vinculado a uma empresa fornecedora, tem acesso de envio de proposta e participação nos processos de qualquer uma das centrais de compras que negociam por um dos três portais. Para participar do processo de uma respectiva central o mesmo deve efetuar o Login no respectivo portal onde esta central negocia. 1. Para acessar o seu Portal de Compras Eletrônicas Banrisul informe o endereço abaixo (conforme o portal que você está vinculado): Portal Portal de Compras Eletrônicas do Banrisul: Pregão Online Banrisul URL portal URL para acesso direto à Área de Acesso Restrito do Portal Banrisul 2. No menu, na barra superior, clique no ícone. Independente da opção que tenha utilizado para acessar a área de acesso restrito, você visualiza a página de identificação (Login) onde deve informar o seu CPF no campo Usuário e sua senha eletrônica recebida. 56 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

57 Você visualiza a página Login. 3. Preencha os campos com seus dados cadastrados no sistema (CPF e senha) para acessar a área restrita do portal desejado. 4. Clique no botão Entrar para que o sistema valide seus dados e libere o acesso à área restrita do Portal. Você visualiza a página Principal do Portal. Se sua autenticação foi efetuada com sucesso você visualiza a página Inicial do sistema. A interface do Sistema de Compras é apresentada em conformidade com a visão do usuário logado, Central de Compras ou Fornecedor, e suas permissões liberadas (perfis) e tipo de usuário. Visão de Central de Compras Visão de Fornecedor Os arquivos de ajuda on-line e manual de uso do Sistema de Compras são disponibilizados somente nesta área de acesso restrito, entre no sistema para consultar ou efetuar o download do arquivo. Esqueceu a Senha 1. Para solicitar uma nova senha, clique no link [Esqueceu sua senha?]. Você visualiza a página de solicitação de nova senha. 2. Informe o seu CPF e o CNPJ da sua empresa. 3. Clique no botão Enviar. Em breve você recebe no seu a nova senha. Esta função somente é disponibilizada para empresas e usuários na situação Ativo. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 57

58 Esta função não é disponibilizada nas situações: Pré-cadastrada: entre em contato com a CECOM para verificar a situação do cadastro de sua empresa; Aguardando validação: entre em contato com a CECOM para verificar a situação do cadastro de sua empresa; Em processo de validação: entre em contato com a CECOM para verificar a situação do cadastro de sua empresa; Excluído. entre em contato com o responsável pela sua empresa no cadastro do sistema; Inativo. entre em contato com o responsável pela sua empresa no cadastro do sistema. Para fornecedores credenciados pelo Grupo CEEE o contato de credenciamento deve ser com o setor de cadastro deste grupo e não com a CECOM ou com a Central Procergs de Atendimento ao usuário. Ao solicitar para gerar uma nova senha aguarde o enviado pelo sistema. A cada nova solicitação de Enviar efetuada, o sistema gera uma nova senha, sendo assim somente a última recebida será válida. Se você não receber o verifique se sua caixa está cheia, ou se o seu servidor de possui filtro de phishing ou anti-spam. A caixa do sistema deve ser colocada como endereço confiável. Se o seu endereço de registrado no sistema eletrônico estiver incorreto, solicite ao responsável por sua empresa a correção, se você for o responsável somente o órgão credenciador responsável pelo seu cadastro pode efetuar a correção do registrado. 58 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

59 Etapas do Processo de Compras Eletrônicas O processo de compras (ou de venda, nos casos de leilões) é vinculado sempre a uma Central de Compras cadastrada no Portal de Compras Eletrônicas, a central é responsável por todas as suas publicações e atos no sistema eletrônico. A primeira etapa é o órgão interessado em negociar pelo portal efetuar, junto ao administrador do referido portal, sua solicitação de cadastro no sistema eletrônico como Central de Compras. Após os procedimentos de validação das informações do órgão solicitante, o administrador do portal libera a senha para o usuário responsável pela administração da central no sistema eletrônico. Para o portal de Compras Eletrônicas do Banrisul, esta solicitação pode ser feita via internet, ver tópico Solicitando o Cadastro de uma Central de Compras na página 43. Esta etapa é somente para as secretarias, órgãos públicos, prefeituras, e demais entidades interessadas em publicar e negociar suas aquisições/contratações pelo portal, através de cotações eletrônicas de preços. Os fornecedores interessados em vender pelo portal devem utilizar a opção de solicitação de Credenciamento do sistema eletrônico (veja o tópico Solicitando o Credenciamento como Fornecedor na página 47). A próxima etapa é a central cadastrar e agendar ou publicar a compra no portal, juntamente com a publicação legal exigida nos meios de comunicação, em conformidade com a modalidade e a sua forma de execução. Cadastrada a compra e liberada a publicação no Portal de Compras Eletrônicas, os fornecedores habilitados podem então, via Internet e dentro do período definido no edital, enviar suas propostas eletrônicas. As propostas iniciais podem ser abertas, a partir da data prevista para abertura, pelo coordenador (administrador ou pregoeiro) que conduzirá a sessão. Nesta fase o coordenador deverá avaliar todas as propostas registradas para o lote em disputa. Somente os fornecedores com propostas classificadas participam da fase de disputa através do envio de novos lances em uma sala virtual de disputa. A identificação nominal dos participantes e a associação dos lances ofertados por estes, somente são reveladas após o fechamento da apuração do melhor preço ao final da disputa. As disputas em andamento podem ser acompanhadas pela sociedade pela área pública do Portal, sem exigência de cadastramento prévio ou senha liberada. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 59

60 Todos os eventos ocorridos durante a sessão pública de disputa são registrados e publicados, em ata eletrônica, imediatamente após o término da disputa. Tornando-se disponível ao acesso por qualquer cidadão. A Central de Compras deve seguir o Processo Físico atual, em todas suas etapas, em paralelo com o registro e andamento no sistema eletrônico para atender a legislação pertinente enquanto esta assim determinar. No sistema e na documentação é utilizado o termo Licitação, no entanto este pode ser um processo de compra ou venda, no caso de compra por licitação ou dispensa de licitação. No cadastro do processo no sistema eletrônico, a modalidade selecionada define a modalidade de licitação (hoje Pregão ou Leilão) ou se dispensa de licitação. No caso de Pregão a modalidade define também a forma de execução (Eletrônico ou Presencial). Nos casos de Dispensa de Licitação Eletrônica a modalidade define a forma como esta será executada (com ou sem disputa). O sistema disponibiliza a modalidade de Leilão Eletrônico, nestes casos a modalidade define se o leilão é para Venda ou para Oferta Pública de Recursos. Realizando o Pregão Eletrônico A realização do Pregão Eletrônico neste portal obedece aos seguintes procedimentos: Aplicam-se aos procedimentos do Pregão, por meio eletrônico, os dispositivos da Lei Estadual nº , de 30 de junho de 2009, publicada no DOE nº 122, de 1º de julho de 2009, que dispõe sobre o pregão eletrônico no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul e dá outras providências. Aplicam-se subsidiariamente aos procedimentos do pregão eletrônico os dispositivos da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, e das Leis Federais n 8.666/1993 e nº / Credenciamento de Fornecedores no Sistema Eletrônico Os fornecedores interessados em participar pela primeira vez das compras eletrônicas publicadas no portal devem credenciar-se no sistema eletrônico para obter a senha e acessar os serviços disponibilizados na área de acesso restrito do portal. A solicitação de credenciamento da empresa pode ser feita via internet, pelo portal, direcionada à CECOM ou a outro órgão credenciador autorizado a credenciar no portal. Ao realizar o cadastro pela internet escolha o órgão credenciador e encaminhe a documentação prevista para credenciamento a este órgão. Senha para acesso a área restrita do Portal: na solicitação de credenciamento pela Internet o fornecedor registra a senha de acesso. No caso de solicitação pessoal no órgão credenciador o sistema gera uma senha inicial e envia para o fornecedor por . s com filtro anti-spam Nos casos de solicitação de credenciamento direto no órgão credenciador, o fornecedor deve cadastrar o como um confiável no filtro anti-spam do provedor (exemplo BOL, UOL etc.), garantindo o recebimento do com a senha. 60 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

61 Após o recebimento e a análise da documentação, o órgão credenciador libera o uso da Senha Eletrônica registrada ou gerada para o usuário responsável indicado na solicitação de credenciamento da empresa. O credenciamento é válido por 1 (um) ano, a partir da data de liberação da senha. Anualmente o responsável deve preencher o formulário eletrônico disponível no portal solicitando a renovação junto ao órgão credenciador, a fim de renovar a validação da senha eletrônica. Para renovação do credenciamento com alteração do responsável a solicitação de renovação deve ser encaminhada diretamente para o órgão credenciador, não é possível renovar pelo sistema. Mais informações, utilize o portal no menu Fornecedor, opção Credenciamento e veja o tópico Renovação do Credenciamento. O enquadramento do fornecedor em uma ou mais famílias de materiais ou serviços do Estado (classificação CECOM), não é mais restritivo para participação nos processos de disputa do lote. As famílias indicadas no processo de compra de cada lote são utilizadas somente para comunicação (aviso de nova publicação nos portais). O fornecedor credenciado no Sistema de Compras pode participar das licitações publicadas em qualquer um dos portais: Compras Eletrônicas RS: atende os órgãos da administração direta dos poderes do Estado, as autarquias e as fundações públicas ( Pregão Online Banrisul: atende os órgãos da administração indireta dos poderes do Estado, prefeituras, câmaras, conselhos de entidades, as sociedades de economia mista e as entidades controladas direta ou indiretamente pelo Estado, e demais entidades interessadas em negociar pelo portal do Banco do Estado do Rio Grande do Sul. ( ou Compras Procergs: atende as compras da Companhia de Processamento de Dados do Estado Rio Grande do Sul ( A exigência de Registro Cadastral no órgão promotor ou na CECOM é requisito somente da fase de habilitação, se assim o instrumento convocatório ou a legislação exigir. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 61

62 2. Cadastro e Publicação da Licitação no Portal Em paralelo com o seu registro no sistema eletrônico, a central deve seguir o processo físico atual até a elaboração e publicação do edital no diário oficial em conformidade com as exigências legais. A primeira etapa no processo eletrônico é a central cadastrar a compra no sistema, indicar a modalidade e a sua forma de execução, montar os lotes contendo os materiais ou serviços a serem adquiridos ou contratados, apontar o administrador ou pregoeiro responsável e registrar outras definições do processo de disputa em cada lote. A disputa é sempre por lote, podendo o lote ter um único item ou ser constituído de diversos itens. A central deve sempre ter o cuidado de não restringir os interessados (itens de um mesmo lote devem ter a mesma natureza de fornecimento). Hoje o sistema disponibiliza os seguintes processos de compra pelo portal: Compra por Licitação: pela modalidade de Pregão, por meio Eletrônico ou Presencial. Compra por Dispensa de Licitação: por meio de cotações eletrônicas de preços. A dispensa de licitação eletrônica pode ser realizada com ou sem disputa. A central deve indicar o fundamento legal que torna o processo de compra dispensável de licitar. O sistema também disponibiliza outras modalidades de negociação pelo portal: Leilão para Oferta Pública de Recursos: novação de dívida de credores. Leilão Eletrônico: para venda. Cotação Eletrônica de Preços: para pesquisa de preços praticados. No cadastro da licitação no sistema eletrônico, independente da modalidade (se Licitação ou Dispensa de Licitação) a central de compras deve indicar se a mesma prevê Preferência de Contratação para as Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte (ME/EPP) em atendimento as normas e procedimentos estabelecidos na Lei Complementar Federal nº. 123 ou não. Ver Leis Estaduais relacionadas nº e que regulamentam estas modalidades. No cadastro da compra a central deve anexar no sistema eletrônico o objeto convocatório (edital) e outros documentos (modelo declaração, modelo planilha, etc.) nos formatos e tamanho máximo aceitos pelo sistema. Até ser publicado o cadastro da compra permanece restrito à central de compras e pode ser localizada na lista de Licitações Em composição (com cadastro em construção ou já agendado, aguardando a data de publicação). O sistema diariamente verifica as licitações agendadas aguardando publicação para a data, publicando as licitações do dia automaticamente no respectivo portal de compras ao qual a central encontra-se vinculada. Com a publicação da licitação no portal, a situação passa para Agendada e pode ser localizada na área pública dos portais na lista de Licitações com lotes agendados, por qualquer interessado independente de registro prévio ou senha. Nas informações da licitação o usuário tem acesso aos documentos a ela anexados pela central para consulta ou download. 62 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

63 3. Pedidos de Esclarecimentos ou Impugnações Esta etapa hoje é extra-sistema o fornecedor deve enviar o seu pedido de esclarecimento ou impugnação diretamente para o órgão promotor da licitação. Os pedidos de esclarecimentos referentes ao processo licitatório devem ser enviados ao pregoeiro até 3 (três) dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública, exclusivamente por meio eletrônico via internet, no endereço indicado no edital. No prazo previsto pela legislação vigente, qualquer pessoa pode impugnar o ato convocatório do pregão eletrônico. Cabe ao órgão promotor da licitação decidir sobre a impugnação no prazo exigido. Acolhida a impugnação contra o ato convocatório, é definida e publicada a nova data para realização do certame. Qualquer modificação no edital exige divulgação pelo mesmo instrumento de publicação em que se deu o texto original, reabrindo-se o prazo inicialmente estabelecido, exceto quando, inquestionavelmente, a alteração não afetar a formulação das propostas. 4. Cancelamento O coordenador pode, a qualquer tempo, cancelar a execução da licitação no sistema eletrônico por solicitação da administração, seja por interesse público (revogação) ou por alguma ilegalidade no processo (anulação), ficando registrado na Ata Eletrônica da sessão pública o cancelamento e o motivo. O cancelamento no sistema eletrônico também pode ser parcial, somente de um ou alguns lotes, permanecendo os demais lotes do processo no fluxo normal de execução. Sua situação passa para Cancelada e pode ser consultada na lista de Licitações canceladas ou Licitações com lotes cancelados em caso de cancelamento somente de alguns lotes da licitação. 5. Envio de Propostas Iniciais Dentro do prazo previsto para recebimento das propostas, o fornecedor deve efetuar a sua identificação com senha (Login no Sistema de Compras) para acessar a área de acesso restrito do Portal e enviar sua proposta eletrônica para cada um dos lotes que deseja participar. Na proposta eletrônica o fornecedor deve assinalar o termo eletrônico onde declara que atende todas as exigências e informa a sua proposta inicial de valor para o lote detalhando os valores unitários dos itens que compõem o lote, além de anexar o arquivo com a proposta comercial e demais informações exigidas no processo sempre que o processo assim o exigir. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 63

64 O arquivo anexado deve estar no formato e tamanho máximo aceito pelo sistema. Nos casos onde a central de compras determina quem concede tratamento diferenciado com Preferência de Contratação para as Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte (ME/EPP) em conformidade com o disciplinado na Lei Complementar Federal nº. 123, o fornecedor deve fazer o seu enquadramento fiscal na sua proposta eletrônica. É de responsabilidade do fornecedor fazer o correto enquadramento fiscal da sua empresa ao efetuar a sua declaração eletrônica na proposta para o lote. Com base neste enquadramento que, após o melhor valor classificado ser aceito o sistema identifica e classifica as empresas a serem convocadas pelo benefício da lei. Somente fornecedores com propostas registradas para o lote, na fase de acolhimento de propostas, podem entrar na sala de disputa do lote. 6. Abertura de Propostas O pregoeiro responsável pela realização da sessão pública entra em uma sala de disputa virtual e abre as propostas eletrônicas enviadas pelos fornecedores. Nesta sala o pregoeiro tem acesso à proposta de valor ofertada e ao documento anexado por cada fornecedor à sua proposta eletrônica inicial com detalhamento da proposta comercial, declarações e demais exigências do objeto convocatório (edital ou termo de dispensa). O pregoeiro pode então desclassificar alguma proposta enviada, antes de dar inicio à sessão de disputa, se julgar que esta se encontra em desacordo com as exigências previstas ou por alguma outra irregularidade, sendo, no entanto, necessário que o pregoeiro informe o motivo pelo qual o fornecedor teve sua proposta desclassificada. Esta informação fica registrada na Ata Eletrônica da sessão pública. O sistema ordena as propostas classificadas pelo pregoeiro automaticamente, sendo que somente os fornecedores com propostas classificadas participam da fase de lance, ofertando novos valores em campo próprio do sistema dentro do tempo de disputa. O fornecedor que tiver sua proposta desclassificada, pode somente manifestar sua intenção de recorrer na fase onde o sistema permite ao fornecedor registrar a sua intenção de interpor um recurso administrativo na sessão, e dentro do tempo definido para esta fase. O tempo de registro de intenção de recurso é cronometrado automaticamente pelo sistema após a publicação da proposta de melhor preço para o lote de disputa. A partir do horário previsto para abertura das propostas a situação do lote passa para Aguardando abertura de propostas e pode ser localizada na lista de Licitações agendadas. Aberta as propostas pelo pregoeiro a situação do lote passa para Propostas abertas, aguardando início e pode ser localizada na lista de Licitações em andamento. 64 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

65 7. Início da Sessão de Disputa Ao dar início à sessão de disputa, o pregoeiro define se a disputa é pelo valor unitário ou total do lote, o sistema apresenta automaticamente as propostas iniciais nesta unidade definida para a disputa. Somente nos lotes compostos por um único item o pregoeiro pode definir que conduzirá a disputa pelo valor unitário do item, nos demais casos a disputa é automaticamente pelo valor total do lote. Ao iniciar a disputa, a situação do lote passa para Em andamento até o final do tempo normal definido para a disputa. Neste momento os fornecedores passam a ter a possibilidade de, (na sala virtual de disputa), ofertarem novos lances sempre melhor que o seu último lance registrado e classificado no sistema eletrônico, respeitando o incremento/decremento entre lances no caso de querer ofertar lance melhor que o classificado em primeiro na disputa do lote. São aceitos lances intermediários, neste caso não se aplica o decremento/ incremento definido para o lote. Não são aceitos dois ou mais lances iguais, prevalecendo aquele que for recebido e registrado primeiro. Na sala o pregoeiro acompanha os lances ofertados identificos por apelido (alias) de cada fornecedor, classificados por ordem de valor, podendo também enviar e receber mensagens dos fornecedores participantes pelo quadro de mensagens (chat). Todas as mensagens enviadas pelos pregoeiros ou pelos participantes são registradas na Ata Eletrônica da sessão pública. A disputa pode ser acompanhada pelo fornecedor dentro da própria sala virtual de disputa, como pelo Quadro Resumo, útil em sessões simultâneas, com mais de um lote sendo disputado no mesmo horário, o fornecedor pode enviar lances por este quadro para os lotes que possuem propostas classificadas. O pregoeiro pode desclassificar lances de fornecedores por valor inviável ou por solicitação do ofertante durante a fase de disputa, ficando registrados na Ata Eletrônica da sessão pública a desclassificação e o motivo. Assim como o pregoeiro pode vir a reclassificar um lance desclassificado indevidamente. Encerrado o tempo normal estipulado para disputa, é informado aos participantes o início do tempo randômico (tempo aleatório de 1 a 30 minutos gerado pelo sistema). Durante este período de tempo randômico, os fornecedores podem continuar ofertando novos lances. A situação do lote de disputa neste período de tempo randômico passa para Aguardando encerramento. Após o término do tempo randômico encerra-se a etapa de disputa e a situação do lote passa para Encerrado. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 65

66 8. Negociação com o Licitante Melhor Classificado Esta etapa é condicional, encerrada a fase de disputa do lote, o pregoeiro pode negociar diretamente com o licitante melhor classificado, em uma sala privativa, uma redução de valor se julgar necessário, para ajustar a melhor oferta aos seus valores de referência. No caso do licitante aceitar ofertar um novo valor, o licitante deve registrar, na sala de negociação, em campo próprio do sistema o novo lance ofertado. Nesta fase o valor do lance ofertado é livre, sempre melhor independente que último ofertado. O sistema não exige o decremento/incremento mínimo entre lances. A situação do lote de disputa durante a fase negociação passa para Encerrado/Negociando. 9. Aceite do Valor e Publicação da Melhor Proposta de Preço Encerrada a disputa ou após a etapa de negociação direta com o licitante melhor classificado, o pregoeiro deve aceitar o valor no sistema eletrônico para publicação da proposta de melhor preço aceita (e anexo), ou não aceitar estando o valor ofertado fora dos valores de referência da central. Neste segundo caso, o pregoeiro tem a prerrogativa de desclassificar o fornecedor e chamar o próximo classificado, ou de não adjudicar o lote em não desejando chamar o próximo na seqüência para nova negociação. Em ambas as operações o mesmo deve informar no sistema eletrônico a sua justificativa, registrada na Ata Eletrônica da sessão pública. Se o pregoeiro aceitar o valor, e o referido edital não prever Preferência de Contratação para as Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte (ME/EPP) assegurada na Lei Complementar Federal nº. 123, o sistema publica para os demais licitantes na sala de disputa a proposta de melhor preço aceita (e anexo). Se o edital não prever aplicação da Preferência de Contratação para as Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte (ME/EPP), assegurada na Lei Complementar 123, o sistema controla automaticamente a ordem de convocação das ME/EPP classificadas antes de publicar a proposta melhor classificada na sala para os demais participantes. 10. Convocação das ME/EPP classificadas (Lei Complementar nº. 123) Esta etapa é condicional, somente se aplica para os casos de Pregão com Preferência de Contratação para as Microempresa ou Empresas de Pequeno Porte (ME/EPP) em atendimento à Lei Complementar nº Ao pregoeiro aceitar o valor da empresa melhor classificada no lote de disputa o sistema sinaliza na sala de disputa que o valor da proposta de melhor preço foi aceito e notifica os participantes do valor aceito no quadro mensagens da respectiva sala (chat). No aceite do valor, se a empresa melhor classificada enquadrou-se como ME/EPP na sua proposta eletrônica inicial (termo de enquadramento fiscal), o sistema encerra o processo de classificação da disputa publicando a sua proposta de preço aceita, do contrário apresenta ao pregoeiro a relação das ME/EPP classificadas nos 5% (cinco por cento) por ordem de melhor valor ofertado para que o pregoeiro proceda à convocação por ordem de classificação na fase de disputa. 66 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

67 Iniciada a convocação manual pelo pregoeiro, o sistema controla automaticamente o tempo de 5 minutos previstos na lei para que a ME/EPP convocada oferte novo lance, em campo próprio no sistema eletrônico, superando o valor melhor classificado, perdendo o direito caso não o faça. Se a ME/EPP registrar novo lance, ao término da sua convocação, sua proposta de preço é automaticamente aceita e publicada na sala para os demais participantes, em não ofertando novo lance o pregoeiro deve convocar as ME/EPP remanescentes classificadas pela ordem de classificação, para o exercício do mesmo direito. Encerrada a etapa de convocação das ME/EPP classificadas, em não havendo nenhuma ME/EPP com novo lance registrado, o sistema publica na sala de disputa para os demais participantes a proposta aceita (e anexo) do fornecedor melhor classificado na fase de disputa. 11. Publicação da Ata Quando não houver mais lotes pendentes de realização para a licitação a Ata Eletrônica da sessão pública de disputa, com os registros de todos os eventos ocorridos, torna-se disponível para consulta aos participantes e a sociedade em geral na área de acesso restrito e na área de acesso público do portal. Junto à página de consulta às Informações da Licitação o sistema disponibiliza a Ata da sessão pública homologada com registro de todos os eventos e atos. 12. Habilitação e Recursos 1. Prazo para Manifestação de Intenção de Recurso Administrativo A fase de registro de intenção de recurso é sempre na sessão, em campo próprio do sistema eletrônico, o que altera é o momento em que o sistema abre este prazo, antes ou após a fase de habilitação e declaração do vencedor. Se a habilitação é fora do sistema eletrônico o prazo para registro de intenção de recorrer abre quando o pregoeiro aceita a melhor proposta de preço para o lote, não havendo pendência de convocação de Micro Empresa e Empresa de Pequeno Porte pelo benefício da Lei Complementar 123. Neste momento o sistema publica a proposta de preço aceita (anexo proposta inicial) e abre o prazo para registro de intenção. Se a habilitação é pelo sistema eletrônico o prazo para registro de intenção de recurso abre imediatamente após o pregoeiro habilitar o licitante no sistema eletrônico, declarando-o vencedor do lote (após o passo 12, 2). Em ambos os meios de execução a falta de manifestação imediata e motivada do licitante quanto à sua intenção de recorrer na sessão, importará na decadência desse direito, ficando o pregoeiro autorizado a adjudicar o objeto ao licitante tão logo o mesmo tenha a sua proposta de preço aceita e habilitada. A situação do lote de disputa durante a fase de interposição de recursos passa para Encerrado/Int.Recurso. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 67

68 2. Habilitação pelo sistema eletrônico Caso a central execute a fase de habilitação pelo sistema eletrônico, toda a documentação de habilitação exigida deve ser digitalizada e anexada ao sistema eletrônico dentro do prazo definido pelo pregoeiro para envio da documentação pelo sistema eletrônico. Na sessão, imediatamente após o pregoeiro declarar o licitante habilitado, o sistema automaticamente abre prazo para registro de intenção de recurso. Neste caso os participantes já têm conhecimento prévio da melhor proposta de preço aceita para o lote (anexo da proposta inicial) e acesso à documentação de habilitação do vencedor, digitalizada e anexada no sistema eletrônico, para motivarem a sua intenção de recorrer. Se a legislação ou edital requerer também o envio, via FAX, da documentação de habilitação o mesmo deverá fazê-lo dentro do prazo definido para esta ação. Os documentos originais de habilitação devem ser encaminhados no prazo legal contados da data de encerramento da sessão pública virtual. Se o pregoeiro decidir por aguardar a documentação original para habilitar o licitante é de responsabilidade deste o agendamento e publicação de nova data e horário para dar continuidade à sessão pelo sistema eletrônico. 3. Recurso pelo sistema eletrônico Caso a central execute a fase de recurso administrativo pelo sistema eletrônico o envio dos memoriais com razões e contra-razões, bem como o julgamento do recurso serão todos executados exclusivamente pelo sistema eletrônico. O fornecedor que manifestou intenção de recorrer deve, dentro do prazo definido para este direito, registrar os memoriais com suas razões no sistema eletrônico. Registrado o recurso os demais licitantes interessados em contra-razoar podem, dentro do prazo definido para este direito, registrar no sistema eletrônico os seus memoriais contra-razoando o recurso interposto. Terminado o período de recebimento dos memoriais com razões e contrarazões dos recursos administrativos interpostos, o pregoeiro, ou nos casos em que se fizer necessário, a autoridade superior, julga os recursos, dentro do prazo, acatando ou não o recurso e as impugnações, dando continuidade ou não ao processo licitatório. O acolhimento de recurso importará na invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento. No julgamento da habilitação e das propostas, o pregoeiro pode sanar erros ou falhas que não alterem a substância das propostas, dos documentos e sua validade jurídica, mediante despacho fundamentado, registrado em ata e acessível a todos, atribuindo-lhes validade e eficácia para fins de habilitação e classificação. Encerrado o julgamento de todos os recursos interpostos no lote o sistema automaticamente publica a ata de julgamento de recursos. 68 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

69 13. Adjudicação do Objeto ao Licitante Vencedor Decididos os recursos e constatada a regularidade dos atos praticados, a Autoridade Competente adjudica o objeto e homologa o procedimento licitatório. Nos lotes de disputas onde as correções necessárias não forem passíveis, os mesmos devem ter o seu objeto não adjudicado no sistema eletrônico, ficando registrado na Ata Eletrônica da sessão pública a não adjudicação e o motivo. Em caso de não haver recurso fundamentado e constatado a regularidade dos atos praticados, o próprio pregoeiro adjudica o objeto. No caso de não adjudicação, a Autoridade Competente ou o pregoeiro deve registrar o motivo pelo qual não procedeu a adjudicação, ficando registrado na Ata Eletrônica da sessão pública o motivo da não adjudicação. A situação do lote passa para Adjudicado ou Não adjudicado e pode ser localizada na lista de Licitações com lotes adjudicados ou na lista de licitações com lotes não adjudicados. 14. Chamado do Próximo Classificado por Desclassificação ou Inabilitação Se a proposta não for aceitável ou se o licitante não atender às exigências habilitatórias, o pregoeiro desclassifica ou inabilita o licitante e examina a proposta subsequente (chamando o próximo classificado na disputa) e, assim sucessivamente, na ordem de classificação da disputa, até a apuração de uma proposta que atenda ao edital. Havendo microempresa ou empresa de pequeno porte classificadas remanescentes estas devem ser convocadas, na ordem classificatória, antes da chamada do próximo classificado na fase de disputa. 15. Homologação da Licitação Terminada a etapa de adjudicação ou não de todos os lotes que compõem a licitação, a autoridade competente pode homologar ou não o processo licitatório. Se a etapa de homologação for realizada também no sistema eletrônico fica o registro na ata da autoridade competente que procedeu a homologação do processo. A licitação homologada no sistema eletrônico passa para a situação de Homologada e pode ser consultada na lista de Licitações homologadas. 16. Não Homologação da Licitação No caso da autoridade competente não homologar a licitação, a mesma deve cancelar a licitação no sistema eletrônico registrando o motivo pela qual a mesma não foi homologada (anulação ou revogação) o qual fica registrado na Ata da sessão pública. A situação da licitação passa para Cancelada e pode ser localizada na lista de Licitações canceladas. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 69

70 Realizando a Dispensa de Licitação Eletrônica A realização da Dispensa de Licitação Eletrônica (DL Eletrônica) obedece aos seguintes procedimentos: Aplicam-se aos procedimentos da Dispensa de Licitação, por meio eletrônico, os dispositivos da Lei Estadual nº , de 10 de junho de 2009, publicada no DOE nº 109, de 12 de junho de 2009, que dispõe sobre a Cotação Eletrônica de Preços. Aplicam-se subsidiariamente aos procedimentos do sistema de cotação eletrônica de preços os dispositivos da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, e das Leis Federais n 8.666/1993 e nº /2002, conforme disposto na da Lei Estadual nº que regulamentam esta modalidade no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul. Os procedimentos para as dispensas eletrônicas são os mesmos definidos para o pregão eletrônico, com alguma simplificação. Os processos de dispensa de licitação por meio eletrônico são fundamentados em um dos 24 artigos da Lei nº 8.666/1993, que tornam o processo de aquisição ou contratação dispensável de licitar. Independente do motivo que dispensa o processo licitatório, a central deve definir a sua forma de execução, com ou sem disputa (fase de lances), o que já não ocorre para pregão onde a fase de disputa é por definição de lei obrigatória. Nos casos de execução de dispensa de licitação com disputa a central também deve definir se aplica ou não a Preferência de Contratação para as Micro e Pequenas Empresas (benefício da Lei Complementar 123). No portal de Compras RS, por determinação do seu administrador, todas as dispensas de licitações com fundamento legal nos incisos I e II são obrigatoriamente executadas com disputa (prevê fase de lances). Nos demais portais a central de compras deve, conforme entendimento do seu setor jurídico sob o disposto na Lei Estadual nº que regulamenta o sistema de cotação eletrônica de preços no Estado, indicar no cadastro da dispensa de licitação no sistema eletrônico a sua forma de execução, ou seja, se será executada com ou sem disputa. No cadastro da compra por dispensa de licitação a central deve anexar no sistema eletrônico o regramento (termo de dispensa) e outros documentos (modelo declaração, modelo planilha, etc.) nos formatos e tamanho máximo aceitos pelo sistema. Na dispensa sem disputa ocorre somente a fase de abertura de propostas e encerramento pelo coordenador da sessão, por meio eletrônico, quando então é apurada a melhor proposta. Mesmo nas dispensas sem disputa, classificadas as propostas registradas para o lote, o coordenador pode contatar e negociar, diretamente com o licitante melhor classificado, em sala privativa, uma redução de valor se julgar necessário, para ajustar a melhor oferta aos seus valores de referência. Nos processos de dispensa com disputa os procedimentos são idênticos ao de uma sessão de pregão eletrônico. O coordenador da sessão executa os mesmos procedimentos para apuração do melhor valor ofertado dentro do tempo de disputa previsto. Para as dispensas, executadas com disputa, a aplicação subsidiária da Lei Complementar nº 123 nos procedimentos de dispensa, conforme definição de lei que disciplina esta modalidade do Estado do RS, Lei Estadual nº , segue os mesmos procedimentos definidos no sistema para Pregão Eletrônico. 70 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

71 Nas dispensas executadas sem disputa a aplicação subsidiária da Lei Complementar nº 123 não é automatizada pelo sistema. Os procedimentos de classificação das propostas e convocação devem ser controlados extra-sistema, pelo coordenador do processo, para somente então declarar o vencedor e adjudicar ao fornecedor declarado vencedor. Nas dispensas executadas sem disputa, após a fase e abertura e classificação das propostas, ou da fase de negociação com o melhor classificado, se a proposta de preços for aceitável, o coordenador deve obrigatoriamente aceitar o valor classificado/negociado (botão Aceitar valor) na sala do lote de disputa, para que o sistema libere a opção de adjudicar o objeto ao fornecedor declarado vencedor. Em todas as dispensas, independente da sua forma de execução, se a proposta de preços não for aceitável ou se o melhor classificado não atender às exigências habilitatórias, o coordenador inabilita ou desclassifica o proponente e pode examinar a proposta de preços subseqüente (próximo) com a opção de negociação direta e, assim sucessivamente, até a apuração de uma proposta de preços que atenda ao valor de referência determinado para o lote, para a qual deve obrigatoriamente aceitar o valor classificado/negociado (botão Aceitar valor) na sala do lote de disputa, para que o sistema publique a proposta de preço aceita e libere a opção de adjudicar o objeto ao fornecedor declarado vencedor. Para as dispensas, independente da sua forma de execução, não se aplica a fase de recurso administrativo na sessão. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 71

72

73 Fluxos do Sistema de Compras Eletrônicas Fluxo de Participação do Fornecedor Fluxo para o fornecedor, interessado em participar num processo publicado no portal, ter o acesso liberado à área restrita do portal (chave e senha) para enviar sua proposta inicial e participar na sessão de disputa. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 73

74 Fluxo processo COM disputa Pregão Eletrônico e Dispensa de Licitação de Licitação com disputa. 74 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

75 Fluxo da Fase de Habilitação pelo Sistema Eletrônico Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 75

76 Fluxo da Fase de Recurso pelo Sistema Eletrônico 76 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

77 Fluxo processo SEM disputa Dispensa de Licitação sem disputa Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 77

78

79 Glossário CECOM/RS Central de Compras do Estado do RS, órgão da Secretaria de Administração e Recursos Humanos, responsável pela Gestão e Integração do Sistema Gestão de Compras do Estado do RS. Decreto Estadual nº , de 14 de outubro de 2009 (publicado no DOE nº 198, de 15 de outubro de 2009), institui o Sistema de Gestão de Compras do Estado, e dá outras providências. A CECOM é responsável pelo credenciamento de fornecedores no Sistema de Compras Eletrônicas (liberação do cadastro e senha para acesso a área restrita dos portais de compras do Estado) e responsável pelo Registro Cadastral de Fornecedor do Estado do RS (emissão do CFE). Nota: o grupo CEEE também está autorizado a credenciar fornecedores no Sistema de Compras Eletrônicas. Central de Compras Órgão promotor das licitações e dispensas das licitações públicas nos portais, responsável pelas compras da administração direta, fundações e autarquias, ou órgão responsável pela administração indireta ou qualquer outro órgão centralizador de compras, seja na esfera municipal ou iniciativa privada. A Central de Compras tem a responsabilidade de gerenciar as demandas de compras das diversas Unidades Gestoras a ela subordinada. Consolida as demandas de compras de materiais, realiza uma cotação de preços junto aos fornecedores visando obter o preço praticado pelo mercado antes de preparar a licitação, pesquisa os preços de referência disponíveis no Cadastro de Materiais, cria a licitação definindo a modalidade (pregão, dispensa de licitação, leilão), os lotes contendo os materiais a serem adquiridos dentre outras funções. CFE Certificado de Fornecedor do Estado do RS, emitido pela Central de Compras - CECOM/RS. Coordenador Responsável pela execução da licitação ou dispensa de licitação. Para a modalidade de pregão deve obrigatoriamente ser pregoeiro, como determina a legislação que regulamenta esta modalidade. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 79

80 Família/Subfamília Estrutura utilizada pela CECOM para classificação de materiais, serviços, leilão, obras/serviços. Exemplo: 035 COMPONENTES PARA INFORMÁTICA CENTRAIS DE TRABALHO MULTIFUNCIONAL DISCO RIGIDO DRIVERS Para obter a relação de família/subfamília, consulte o tópico Catálogo de Materiais na página 33. Fornecedor Credenciado Requer estar cadastrado no sistema e ter sido validado (empresa ativa). A senha eletrônica é disponibilizada para o representante legal da empresa ou demais usuários. O fornecedor no seu credenciamento pode relacionar as famílias do seu interesse. As famílias requeridas apenas restringem as publicações para as quais deseja receber notificação de aviso de publicação abertos portais. O credenciamento é válido por 1 (um) ano, consulte no portal do menu Fornecedor, a opção Credenciamento e veja o tópico Renovação do Credenciamento. Fornecedor Habilitado É a pessoa física ou jurídica previamente cadastrada junto à Central de Licitações do Estado (CECOM) e que possui o Certificado de Fornecedor do Estado (CFE). Esta é uma exigência somente para a fase de habilitação se a legislação ou o edital assim determinar. Para a fase de disputa somente o credenciamento no sistema é requerido. Habilitação Famílias nas quais o fornecedor possui o Certificado de Fornecedor do Estado (CFE). Consulte também o item Fornecedor Habilitado. Homologador Autoridade competente responsável por homologar o processo licitatório confirmando a regularidade dos atos praticados pelo adjudicatário. 80 Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul

81 Login Para o usuário acessar a área restrita do portal, requer a identificação de usuário previamente credenciado e o uso de senha pessoal liberada. O credenciamento da empresa deve ser válido para liberar o Login do usuário. Perfil Papel que um usuário ou grupo de usuário pode desempenhar na utilização do sistema. O perfil determina um conjunto de direitos (permissões) que podem ser efetuadas no sistema sempre que o usuário identificado estiver associado ao mesmo. Exemplo: participar, realizar, homologar, responsável. O usuário responsável pela empresa registrada no sistema eletrônico recebe o perfil de responsável pela sua empresa e pode cadastrar novos usuários e administrar permissões. Pregoeiro Responsável pela execução da licitação pela modalidade de pregão. Encerrada a etapa de lances, examinará a proposta, do melhor classificado, quanto à compatibilidade do preço em relação ao estimado para contratação e verificará a habilitação do licitante conforme disposições do edital adjudicando o objeto do processo licitatório declarando a proposta vencedora. Validação Processo através do qual o administrador responsável pelo Portal de Compras ou órgão credenciador autorizado, libera a utilização da senha eletrônica como forma de acesso ao sistema para as empresas fornecedoras ou centrais de compras, que tenham encaminhado solicitação de credenciamento e respectiva documentação requerida. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 81

82

83 Contato PROCERGS Este documento foi produzido pela PROCERGS. Caso tenha dúvidas na utilização do COE Sistema de Compras Eletrônicas entre em contato com a Central PROCERGS de Atendimento ao usuário pelos números publicados na página principal dos portais. Manual do Portal Pregão On-Line Banrisul 83

Manual do Portal de Compras Eletrônicas

Manual do Portal de Compras Eletrônicas Sistema de Compras Eletrônicas - COE Manual do Portal de Compras Eletrônicas Portal Compras RS Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Administração e Recursos Humanos Central de Compras -

Leia mais

Manual da Central de Compras

Manual da Central de Compras Sistema de Compras Eletrônicas - COE Manual da Central de Compras Portal Compras RS Portal Pregão On-Line Banrisul Portal Compras PROCERGS Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Administração

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM COTAÇÕES E PREGÕES ELETRÔNICOS Sumário 1. Introdução... 2 2. Procedimento para cadastro... 2 3. Conhecendo o Sistema de Compras Eletrônicas da

Leia mais

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Índice 1 -. Apresentação...3 2 -. Ambiente Operacional & Requisitos...4 3 -. Normas do Pregão Eletrônico...5 4 -. Procedimentos do Pregão Eletrônico...6

Leia mais

Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos

Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos CAIXA GESUP Brasília Janeiro/2010 1 SUMÁRIO 1 Introdução... 3 2 Acesso... 4 3 Pregão Eletrônico... 5 3.1 Como consultar editais... 6 3.2 Credenciamento...

Leia mais

ÍNDICE. Manual do COMPRASNET Versão 1 Jan/2002 2

ÍNDICE. Manual do COMPRASNET Versão 1 Jan/2002 2 ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Navegando pela área de livre acesso...4 3. Navegando pela área de ACESSO SEGURO...6 A. Instalando o Certificado de Segurança...6 B. Fazendo Cadastramento nos Serviços

Leia mais

CIGAM MÓDULOS DE COMPRAS WEB EPROCUREMENT

CIGAM MÓDULOS DE COMPRAS WEB EPROCUREMENT CIGAM MÓDULOS DE COMPRAS WEB EPROCUREMENT MANUAL DE OPERAÇÃO Rev. 02.11 03/05/12 CRM - CIGAM - Compras web 1 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CIGAM DESKTOP Solicitação de Compra (SOC)... 4 2.1. Envio do pedido

Leia mais

Índice. Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 1 / 44

Índice. Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 1 / 44 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 1 / 44 Índice 1 Apresentação...3 2 Ambiente Operacional & Requisitos...4 3 Normas do pregão eletrônico...5 4 Realização do Pregão Eletrônico...6 4.1 Procedimentos...6

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página 1 Sumário DÚVIDAS GERAIS... 3 PREGÃO ELETRÔNICO... 6 Página 2 DÚVIDAS GERAIS 1. O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta: O fluxograma representa

Leia mais

Portal de Compras. São José do Rio Preto

Portal de Compras. São José do Rio Preto Portal de Compras São José do Rio Preto Sumário DÚVIDAS GERAIS...2 PREGÃO ELETRÔNICO... 4 EMPRO Empresa Municipal de Processamento de Dados 1 DÚVIDAS GERAIS 1.O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta:

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 agosto de 2007 As informações contidas neste documento, incluíndo quaisquer URLs e outras possíveis referências

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Manual de Simulação

PREGÃO ELETRÔNICO Manual de Simulação MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO Manual de Simulação AMBIENTE DE TREINAMENTO

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Cotação Eletrônica de Preços

Leia mais

Guia de Ambientação Março/2011

Guia de Ambientação Março/2011 Guia de Ambientação Março/2011 APRESENTAÇÃO Caro cursista, Bem vindo ao Guia de Ambientação. Este documento é dirigido a você, participante. Com ele, você conhecerá como está estruturada a interface de

Leia mais

Coordenando a licitação

Coordenando a licitação Coordenando a licitação Licitação Pública Modalidade: Pregão eletrônico Para controlar uma licitação, o usuário deve acessar, no menu, o botão sala de negociação e, em seguida, escolher a opção controlar

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

Câmara de Vereadores de Piracicaba Setor de Informática Dezembro/2015

Câmara de Vereadores de Piracicaba Setor de Informática Dezembro/2015 Seja bem vindo ao novo Portal da Transparência da Câmara de Vereadores de Piracicaba. Este manual lhe auxiliará a navegar pelo site, acessando diversas informações a respeito do Poder Legislativo Piracicabano.

Leia mais

Sistema de Compras TV Globo

Sistema de Compras TV Globo Sistema de Compras TV Globo Guia de Uso R Guia de Uso do Portal do Fornecedor da TV Globo R PÁGINA Índice Índice O que é o Sistema de Compras TV Globo 4 Criar a sua cotação (Cota) Anexar documento 4 Cadastro

Leia mais

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS Diretoria Comercial Corporativa Página 2 de 14 Sumário 1 Introdução... 4 2 Acessando os serviços para Imobiliárias... 5 3 Gerenciando clientes... 8 4 Serviços...

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE Baixa Simplificada de Empresas 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro Acesso: Cadastro

Leia mais

O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? Como posso emitir meu Certificado de Registro Cadastral CRC homologado?

O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? Como posso emitir meu Certificado de Registro Cadastral CRC homologado? O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? O Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado CADFOR é o registro cadastral de interessados em fornecer produtos, serviço e/ou obras para

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Escolhendo um modelo de edital no BBMNET

Escolhendo um modelo de edital no BBMNET Como criar e publicar um edital Escolhendo um modelo de edital no BBMNET Para criar e publicar um edital, escolha primeiro entre as opções Licitação PÚBLICA ou PRIVADA (conforme a situação jurídica do

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA.

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA Pregão Eletrônico Fornecedor Manual do Fornecedor Versão 1 1 Sumário 1 Introdução...

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após completar este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Entender os conceitos envolvidos no processo de avaliação realizado

Leia mais

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor Destinada aos Fornecedores das empresas: Outubro/2010 Nova Estrutura de Telas O portal e-fornecedores conta com nova interface, que facilita a forma de

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO Passo a passo do Portal Acadêmico www.catolica-to.edu.br - suporterm@catolica-to.edu.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Manual do Pregoeiro

PREGÃO PRESENCIAL Manual do Pregoeiro MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO PRESENCIAL Manual do Pregoeiro Brasília 2005 MINISTRO

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 177/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estarão abertas, no período de 13 a 15 de outubro de 2008, as

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

E&L Compras, Licitações e Contratos. Perguntas Frequentes

E&L Compras, Licitações e Contratos. Perguntas Frequentes E&L Compras, Licitações e Contratos Perguntas Frequentes 1. Como consolidar itens na pesquisa de preço ou licitação? Os itens deveram ter o mesmo código, unidade e descrição. 2. É possível reutilizar os

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Pregoeiro

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Pregoeiro MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Pregoeiro Brasília Maio/2006 MINISTRO

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EAD 1

MANUAL DO ALUNO EAD 1 MANUAL DO ALUNO EAD 1 2 1. CADASTRAMENTO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Após navegar até o PORTAL DA SOLDASOFT (www.soldasoft.com.br), vá até o AMBIENTE DE APRENDIZAGEM (www.soldasoft.com.br/cursos).

Leia mais

Guia do Fornecedor. WBC Public Pregão eletrônico

Guia do Fornecedor. WBC Public Pregão eletrônico Guia do Fornecedor WBC Public Pregão eletrônico As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas a mudança sem aviso prévio.

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Cotação de Compras on line

Cotação de Compras on line Cotação de Compras on line www.criciuma.unimedsc.com.br/compras Elaborado por: Glória Firmino Felisberto (Setor de Tecnologia da Informação) Osvaldo Cardoso do Canto () 1 MANUAL DO SISTEMA DE COTAÇÃO DE

Leia mais

Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos

Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos CAIXA GESUP Brasília Janeiro/2010 1 SUMÁRIO 1 Apresentação... 3 2 Acesso... 4 3 Cadastro... 5 Alteração de Cadastro... 7 4 Certificação... 7 5 Esqueci

Leia mais

Para acessar o edital de chamamento público e realizar o credenciamento no Plano SC Saúde, acesse o endereço scsaude.sea.sc.gov.br

Para acessar o edital de chamamento público e realizar o credenciamento no Plano SC Saúde, acesse o endereço scsaude.sea.sc.gov.br Para acessar o edital de chamamento público e realizar o credenciamento no Plano SC Saúde, acesse o endereço scsaude.sea.sc.gov.br Clique no centro da página onde consta o ícone "Prestador de serviço faça

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço VALPARAÍSO DE GOIÁS quarta-feira, 28 de outubro de 2014 Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez

Leia mais

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS - OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS Índice 1. INTRODUÇÃO...5 2. MÓDULO DE GESTÃO DE

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Cotação Eletrônica. Orientações para o FORNECEDOR. Versão 1.0

Cotação Eletrônica. Orientações para o FORNECEDOR. Versão 1.0 Cotação Eletrônica Orientações para o FORNECEDOR Versão 1.0 ÍNDICE 1) Fundamento legal 2) Quem pode participar 3) Local de realização 4) Procedimentos para participação de cotações em andamento 4.1) Quando

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota EBM ASSESSORIA E CONSULTORIA EM INFORMÁTICA LTDA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota PRESTADOR / CONTADOR Versão 2.0 Índice 1. Acessar o sistema 2. Notas Eletrônicas 2.1. Emitir

Leia mais

Sistema Gestor de Compras - MS Manual do Licitante 3.15. Pregão Eletrônico

Sistema Gestor de Compras - MS Manual do Licitante 3.15. Pregão Eletrônico Sistema Gestor de Compras - MS Manual do Licitante 3.15 19/07/2012 ÍNDICE DA REVISÃO Data Versão Descrição Páginas 14/09/2009 3.0.1 18/10/2009 3.0.2 15/03/2010 3.0.6 08/06/2010 3.0.9 08/06/2010 3.0.9 Alterada

Leia mais

http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/

http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/ http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/ 1. Para registrar-se, na página principal do Portal SAPI clique no banner Registre-se, posicionado logo abaixo dos dados de login. O Sistema pergunta se a instituição

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial...

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial... 1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3 1.1. Conhecendo a Plataforma... 4 1.2. Seleção da Empresa de Trabalho... 4 1.3. Sair do Sistema... 5 1.4. Retornar a tela principal... 5 3. Configurações...

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Departamento de Administração Gabinete do Vice-Reitor

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Departamento de Administração Gabinete do Vice-Reitor UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Departamento de Administração Gabinete do Vice-Reitor Tendo em vista a necessidade de modernização dos sistemas corporativos e as dificuldades de implementar manutenções preventivas,

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Fornecedor

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Fornecedor MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Fornecedor Brasília Julho/2006

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Ambiente Virtual de Aprendizagem (Moodle) - - Atualizado em 29/07/20 ÍNDICE DE FIGURAS Figura Página de acesso ao SIGRA... 7 Figura 2 Portal de Cursos... 8

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

Quer se Cadastrar na Petrobras?

Quer se Cadastrar na Petrobras? MT-611-00009 Última Atualização 25/04/2012 Quer se Cadastrar na Petrobras? Como dar início ao processo de cadastramento na Petrobras: Para dar início ao processo de cadastramento na Petrobras, é necessário

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação PROPEPG Manual de Utilização Sistema de Projetos URI Módulo Projetos Versão 1 - Revisão

Leia mais

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios Atrelada ao processo: Validação de layout dos arquivos de convênios/cobrança de um novo convênio/cedente Classificação da informação: uso interno

Leia mais

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Consignado ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3

Leia mais

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é:

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é: 1. CONCEITO Completo, prático e rápido. Diante do aumento da complexidade da tributação e do risco fiscal, pelos desafios de conhecimento e capacitação e pela velocidade para acompanhar mudanças na legislação,

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento)

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Cadastro das Instituições e Comissões de Ética no Uso de Animais CIUCA Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Versão 1.01 (Módulo I Cadastro)

Leia mais

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 agosto de 2007 As informações contidas neste documento, incluíndo quaisquer URLs e outras possíveis referências

Leia mais

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS APRESENTAÇÃO O sistema abordado neste manual foi confeccionado pela IplanRio em parceria com a SMA de forma a atender o disposto no Art. 5º do Decreto Nº 30.539, que trata

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços

SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/24 ÍNDICE Instruções

Leia mais

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES Esse Manual tem como objetivo explicar todas as funções do novo sistema de abertura de chamados da Datacom Automações. Esse novo programa facilitará o atendimento entre

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO. O Portal de Transparência do Estado do Rio de Janeiro possui:

MANUAL DE NAVEGAÇÃO. O Portal de Transparência do Estado do Rio de Janeiro possui: MANUAL DE NAVEGAÇÃO Este é o Manual de Navegação do Portal de Transparência do Estado do Rio de Janeiro. Foi elaborado para que você, cidadão, encontre as informações desejadas. Seu objetivo é facilitar

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO Passo a passo do Portal Acadêmico www.ucb.br - atende@ucb.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico (site)... 03 Bloqueador

Leia mais

DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS APRESENTAÇÃO PREGÃO CESP ONLINE

DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS APRESENTAÇÃO PREGÃO CESP ONLINE PREGÃO CESP ONLINE APRESENTAÇÃO O Pregão é a modalidade de Licitação para aquisição de bens, serviços comuns e Engenharia em que a disputa pela contratação é feita em sessão pública, por meio de Propostas

Leia mais

FAQ SIDEC (perguntas mais freqüentes)

FAQ SIDEC (perguntas mais freqüentes) FAQ SIDEC (perguntas mais freqüentes) 1 - Como proceder para lançar um Aviso de Licitação? 2 - Como proceder quando um Aviso de Licitação está na situação de Pendente? 3 - Como proceder para incluir ou

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE.

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. GERAÇÃO DO ARQUIVO SEGURO DESEMPREGO NO SGRH: Depois de calcular a rescisão, acesse o menu Relatórios > Demissionais > Requerimento SD, selecione o empregado que será gerado

Leia mais

Manual para Transportadoras

Manual para Transportadoras Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Compras... 4 5 Acessando o Pedido... 5 6 Digitando o Espelho de Nota Fiscal... 7 6.1

Leia mais

Manual do Usuário SisFAPERJ

Manual do Usuário SisFAPERJ Manual do Usuário SisFAPERJ SisFAPERJ - Manual do Usuário Página 1 Sumário Manual do Usuário... 1 SisFAPERJ... 1 1. Tela inicial Login... 3 1.1. Este é meu 1º acesso... 3 1.2. Esqueci minha senha... 4

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão 1.0 23/07/2009 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

Guia Prático do Usuário Sistema e-commerce e Portal

Guia Prático do Usuário Sistema e-commerce e Portal Guia Prático do Usuário Sistema e-commerce e Portal 29/11/2012 Índice ÍNDICE... 2 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. O QUE É E-COMMERCE?... 4 3. LOJA FOCCO... 4 4. COMPRA... 13 5. E-MAILS DE CONFIRMAÇÃO... 14 6.

Leia mais

MONTE CARMELO MINAS GERAIS

MONTE CARMELO MINAS GERAIS MONTE CARMELO MINAS GERAIS Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez Alterando a senha eletrônica

Leia mais

Sessão Pública SIASG net. Detalhamento da Aplicação. Manual do Usuário

Sessão Pública SIASG net. Detalhamento da Aplicação. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Detalhamento da Aplicação Manual do Usuário 1/47 MINISTRO DO

Leia mais

1. Introdução Pregão Eletrônico

1. Introdução Pregão Eletrônico Índice 1. Introdução...3 2. Obtendo Senha de acesso...4 3. Identificando pregões de seu interesse...5 4. Encaminhando uma Proposta... 10 4.1. Incorporando o arquivo anexo à proposta... 11 4.2. Informando

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais