Universidade Federal Rural da Amazônia Instituto de Saúde e Produção Animal Setor de Zootecnia. Prof. Almir Vieira Silva

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Universidade Federal Rural da Amazônia Instituto de Saúde e Produção Animal Setor de Zootecnia. Prof. Almir Vieira Silva"

Transcrição

1 Universidade Federal Rural da Amazônia Instituto de Saúde e Produção Animal Setor de Zootecnia Sistemas de ordenha, manejo e processamento industrial do leite Prof. Almir Vieira Silva Belém

2 1.Introdução Importância do leite Exigência -alta qualidade e composição O sistema de ordenha mecânica- qualidade, produtividade e viabilidade econômica Viável? Nº vaca/ordenha/dia processo manual- m.d.o Qtd tempo - produção

3 2.Sistemas de ordenha Estábulo com Ordenha Manual

4 2.Sistemas de ordenha Manejo na Ordenha Manual

5 2.Sistemas de ordenha Balde ao Pé 8 a 10 vacas por hora com uma única unidade de ordenha. Custos de instalação e manutenção mínimos

6 Contenção paralela Acesso ao úbere entre as pernas traseiras da vaca ;ordenha ergonômica e confortável;posicionamento rápido e preciso da vaca, com excelente segurança.

7 Ordenha espinha-de-peixe Alto rendimento e uso eficiente de mão-de-obra, permite tráfego harmonioso e tranqüilo. Ordenhadores sem tensão e tempo mínimo para cuidar das vacas;sessões de ordenha mais curtas.

8 Ordenha rotatória Rotação move o animal para a posição do operador,pode executar suas tarefas. O fluxo contínuo ;diferente da ordenha em sala estática. vacas calmas e rotina é a mesma ;ordenha sem sair do lugar.

9 Ordenha paralela Uso do Tandem

10 Diferença entre ordenhas Ordenha manual Sucção

11 Como a ordenhadeira mecânica age sobre a teta? Ordenhadeira mecânica sugado p/ fora por diferença de pressão entre a parede interna do úbere e o insuflador Vácuo ao redor do teto-sucção-vence fechamento teto

12 2.1 Equipamentos e Componentes de Vácuo Bomba de vácuo extrair o ar do sistema de ordenha, comprimindo e expulsando-o pelo escapamento. succionar 60 litros de ar por conjunto de ordenha isolada da sala de ordenha e da sala de leite Regulador de vácuo captar entrada de ar no sistema e agir com rapidez, admitindo a quantidade exata de ar para a continuidade da operação de ordenha. Válvula de registro de vácuo abrir o registro de vácuo

13 2.2 Componente de Pulsação Câmara de pulsação limite (parede interna do copo de teteira em aço inoxidável e o lado externo da borracha da teteira). 2.3 Teteiras feitas de borracha, devem manter conjunto de ordenha preso nas tetas para que o vácuo abra os esfíncteres, realizando a ordenha;promovem o massageamento das tetas, transportar o leite para o coletor.;única parte o que entra em contato com o animal.

14 2.4 Coletores de leite conecta o tubo curto de pulsação e o tubo curto de leite dos quatro copos teteiras para o tubo longo de pulsação e de leite câmaras para cada quarto do úbere com válvulas de fechamento

15 2.5 Mangueiras mangueira de PVC

16 2.6 Resfriadores Crescimento bacteriano Alta qualidade

17 Antes da ordenha 3.Manejos 1. Monitore a saúde do úbere regularmente 2. Planeje a seqüência da ordenha Nunca entregar leite de reação positiva Teste de Mastite Califórnia 3. Sempre retire um primeiro jato de leite 4. Limpe cuidadosamente os tetos 2 ou 3 jatos de leite de cada teto em uma caneca de prova Floculação, Coloração Consistência Limpe e desinfete os tetos antes da ordenha

18 Durante a ordenha 1. Verifique o vácuo da ordenha 2. Coloque o conjunto de ordenha imediatamente após a preparação do úbere A taxa e a razão do pulsador precisam estar dentro dos padrões Evite a entrada de ar Verifique o posicionamento do conjto de ordenha Alinhe os tubos de pulsação e de leite 3. Evite a sobreordenha 4. Não deixe leite residual Retire as teteiras ao mesmo tempo.

19 Após a ordenha 1. Mergulhe imediatamente os tetos em solução de limpeza 2. Limpe os equipamentos de ordenha após a ordenha solução de iodo a 25% 3. O resfriamento evita a multiplicação de bactérias Pré-enxágüe a tubulação com água morna (35º a 45ºC) Circule a solução de limpeza por pelo menos min Enxágüe novamente, Drene a tubulação e deixe secar

20

21

22

23

24

25

26

27

28 4.Conclusões A tecnologia mecânica é poupadora do fator mão-de-obra,demonstrando a importância do sistema de ordenha mecânica quando se visa aumentar lucros e reduzir custos,além de melhorar a qualidade da produção. A ordenha mal feita e o uso incorreto da ordenhadeira podem diminuir significativamente a produtividade e a rentabilidade da exploração leiteira, pois podem resultar em menos leite e de pior qualidade, aumentar a incidência de mamite, aumentando também o custo de produção.

29

Equipamentos de Ordenha

Equipamentos de Ordenha Equipamentos de Ordenha Recomendações do Comitê de Equipamentos Conselho Brasileiro de Qualidade do Leite Comitê de Equipamentos Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) C755e Conselho Brasileiro

Leia mais

para controle da mastite e melhora da qualidade do leite

para controle da mastite e melhora da qualidade do leite Björn Qvarfordt Técnico habilitado realizando manutenção preventiva no equipamento de ordenha Medidas práticas para controle da mastite e melhora da qualidade do leite Por: Renata Travaglini Gonçalves

Leia mais

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO Como fazer a ordenha correta Para fazer a ordenha mecânica, você deve seguir os mesmos passos da ordenha manual. Siga as etapas abaixo indicadas: 1 Providencie um ambiente para a

Leia mais

6.3 - Limpeza por circulação de água, detergente e desinfetante

6.3 - Limpeza por circulação de água, detergente e desinfetante 6.3 - Limpeza por circulação de água, detergente e desinfetante O processo de limpeza da ordenhadeira é feito em 3 etapas: 1 a Etapa - Enxágüe inicial: Circulação de água fria para eliminar os restos de

Leia mais

Qualidade do leite e manejo de ordenha Composição do Leite

Qualidade do leite e manejo de ordenha Composição do Leite Qualidade do leite e manejo de ordenha Composição do Leite 1 O QUE PODE AFETAR A COMPOSIÇÃO DO LEITE? RAÇA MANEJO MASTITE ESTRESSE ALIMENTAÇÃO Mastite Doença que mais causa prejuízos econômicos na cadeia

Leia mais

MANUAL INFORMATIVO PARA ORDENHA MECÂNICA BPA 34 3818-1300 34 9684-3150. bpa@cemil.com.br REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

MANUAL INFORMATIVO PARA ORDENHA MECÂNICA BPA 34 3818-1300 34 9684-3150. bpa@cemil.com.br REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ilustra BPA REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA Normativa nº 51 18/09/2002. Regulamentos Técnicos de Produção, Identidade e Qualidade do Leite tipo A, do Leite tipo B, do Leite tipo C, do Leite Pasteurizado e do

Leia mais

Obtenção de Leite 1. INTRODUÇÃO

Obtenção de Leite 1. INTRODUÇÃO Obtenção de Leite Katiani Silva Venturini 1 (e-mail: katiani_sv@hotmail.com) Miryelle Freire Sarcinelli 1 (e-mail: miryelle@hotmail.com) Luís César da Silva 2 (website: www.agais.com) 1. INTRODUÇÃO A produção

Leia mais

Marcos Veiga dos Santos Médico Veterinário, Professor Associado Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, FMVZ-USP Campus de Pirassununga, SP.

Marcos Veiga dos Santos Médico Veterinário, Professor Associado Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, FMVZ-USP Campus de Pirassununga, SP. Boas práticas de produção associadas à higiene de ordenha e qualidade do leite Marcos Veiga dos Santos Médico Veterinário, Professor Associado Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, FMVZ-USP Campus

Leia mais

Dicas de manejo de ordenha para obtenção de um leite de qualidade. Introdução. A higiene na ordenha CAPÍTULO 7

Dicas de manejo de ordenha para obtenção de um leite de qualidade. Introdução. A higiene na ordenha CAPÍTULO 7 CAPÍTULO 7 Dicas de manejo de ordenha para obtenção de um leite de qualidade Rodolpho de Almeida Torres Vânia Maria Oliveira Guilherme Nunes de Souza Introdução A qualidade do leite para o consumidor está

Leia mais

Não fique desligado! - Está ao seu alcance poupar energia

Não fique desligado! - Está ao seu alcance poupar energia Frigorífico / arca congeladora / combinado l Coloque o equipamento afastado de fontes de calor (ex.: forno, aquecedor, janela, etc.). l Afaste o equipamento da parede de modo a permitir a ventilação da

Leia mais

AO PROPRIETÁRIO...2 INSTAÇÃO E IDENTIFICAÇÃO...3 NORMAS DE SEGURANÇA...7 RECOMENDAÇÕES DE HIGIÊNE E SEGURANÇA...8 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS...

AO PROPRIETÁRIO...2 INSTAÇÃO E IDENTIFICAÇÃO...3 NORMAS DE SEGURANÇA...7 RECOMENDAÇÕES DE HIGIÊNE E SEGURANÇA...8 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS... AO PROPRIETÁRIO...2 INSTAÇÃO E IDENTIFICAÇÃO...3 NORMAS DE SEGURANÇA...7 RECOMENDAÇÕES DE HIGIÊNE E SEGURANÇA...8 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS...9 CHECK LIST APÓS INSTALAÇÃO...10 TÉCNICA DE ORDENHA E PREPARAÇÃO

Leia mais

Sua solução - todos os dias

Sua solução - todos os dias Sua solução - todos os dias A produção de um leite de qualidade depende de diversos fatores, entre eles a higiene da ordenha e do tanque, a manutenção dos equipamentos, a disponibilidade de um ambiente

Leia mais

MANUAL DO PROPRIETÁRIO ORDENHADEIRA

MANUAL DO PROPRIETÁRIO ORDENHADEIRA MANUAL DO PROPRIETÁRIO ORDENHADEIRA FANTINATI, CAMPOS & PUPIN LTDA RUA : CEL. JOAQUIM MARQUES Nº 1415 - D. I. - BATATAIS - SP TEL. (16) 3662-6055 FAX(16) 3761-7399 CEP 14300-000 PRINCÍPIOS DE FUNCIONAMENTO

Leia mais

Proteja a qualidade do seu leite Tanques resfriadores DeLaval

Proteja a qualidade do seu leite Tanques resfriadores DeLaval DeLaval Brasil Rodovia Campinas Mogi-Mirim - KM 133,10 - S/N Bairro Roseira - Jaguariúna/SP - CEP: 13820-000 Telefone: (19) 3514-8201 comunicacao@delaval.com www.delaval.com.br Sua revenda DeLaval Proteja

Leia mais

Equipamentos de Ordenha DeLaval

Equipamentos de Ordenha DeLaval Equipamentos de Ordenha DeLaval Fazenda Santa Maria Pouso Alegre/MG Carrelo & Balde ao pé A Unidade de Ordenha Móvel DeLaval, também conhecida como Carrelo é uma excelente solução para pequenos rebanhos

Leia mais

Comunicado Técnico 02

Comunicado Técnico 02 Comunicado Técnico 02 Controle da Qualidade do Leite Instruções Técnicas para redução da Contagem de Células Somáticas (CCS) e Contagem Bacteriana Total (CBT). Responsável: Juliana Jorge Paschoal Zootecnista;

Leia mais

Boletim da Engenharia 14

Boletim da Engenharia 14 Boletim da Engenharia 14 Como trocar o óleo dos compressores parafuso abertos e semi-herméticos 10/03 No boletim da engenharia nº13 comentamos sobre os procedimentos para troca de óleo dos compressores

Leia mais

Aula 05 Manejo de Ordenha. Universidade Federal do Paraná Bovinocultura de Leite Prof. Dr. Rodrigo de Almeida

Aula 05 Manejo de Ordenha. Universidade Federal do Paraná Bovinocultura de Leite Prof. Dr. Rodrigo de Almeida Aula 05 Manejo de Ordenha Universidade Federal do Paraná Bovinocultura de Leite Prof. Dr. Rodrigo de Almeida Introdução Em geral, a ordenha determina a quantidade e a qualidade do leite. Retorno do investimento

Leia mais

SAC 0800-VEDACIT 0800-833-2248 DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) 2902-5522 DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45

SAC 0800-VEDACIT 0800-833-2248 DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) 2902-5522 DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45 Produto CIMENTOL é uma tinta impermeável de grande durabilidade, que mantém a boa aparência por mais tempo. Apresenta ótima aderência sobre alvenaria, concreto e fibrocimento. Características Aparência:

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO - Basquete Duplo Instruções de Montagem

MANUAL DO USUÁRIO - Basquete Duplo Instruções de Montagem MANUAL DO USUÁRIO - Basquete Duplo Instruções de Montagem Por favor, contate-nos antes de retornar o produto à loja: (19) 3573-8999. Garantia Limite de 90 dias Este produto tem garantia de até 90 dias

Leia mais

DeLaval InService All Inclusive. O plano de pós-vendas e serviços para a sua fazenda

DeLaval InService All Inclusive. O plano de pós-vendas e serviços para a sua fazenda DeLaval InService All Inclusive O plano de pós-vendas e serviços para a sua fazenda Confie em quem é especialista em produção de leite A DeLaval é uma empresa global com mais de 130 anos de inovação e

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE TRATAMENTO FÍSICO

MANUAL BÁSICO DE TRATAMENTO FÍSICO MANUAL BÁSICO DE TRATAMENTO FÍSICO Ao abordar o tratamento físico, discutiremos assuntos relacionados à limpeza com acessórios (aspiração, remoção de sujeiras com peneiras, limpeza das bordas, entre outros),

Leia mais

CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO -

CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO - CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO - INTRODUÇÃO Conforme a Resolução CONAMA 273 de 2000, postos de revenda e de consumo de combustíveis devem ser dotados de sistema de drenagem

Leia mais

Máquinas para Pecuária

Máquinas para Pecuária Máquinas para Pecuária Thaís Nascimento Santos 1 ; Bruno Silva Torquato 1 ; Karen Cappi do Carmo Brig 1 ; Maria Alexandra Estrela 2 Aluno (a) do Curso de Zootecnia da Faculdade de Imperatriz FACIMP, Imperatriz

Leia mais

GUIA RÁPIDO PARA SOLUÇÃO DE PROBLEMAS

GUIA RÁPIDO PARA SOLUÇÃO DE PROBLEMAS Suspiro do receptor de leite entupido Retirar filtro do suspiro e efetuar limpeza ORD. CANALIZADA Excesso de formação de espuma no leite Curva do receptor na posição incorreta Manejo inadequado Corrigir

Leia mais

5Cs. Criação de Bezerras. do sucesso para AGRIPOINT. por: Carla Maris Machado Bittar. agripoint.com.br/curso CURSOS ONLINE

5Cs. Criação de Bezerras. do sucesso para AGRIPOINT. por: Carla Maris Machado Bittar. agripoint.com.br/curso CURSOS ONLINE 5Cs do sucesso para por: Carla Maris Machado Bittar agripoint.com.br/curso Você sabia que muitas propriedades de sucesso na criação de bezerras utilizam protocolos baseados nos 5 Cs da criação? Para auxiliar

Leia mais

VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM AÇÃO PROGRAMA VIGILÂNCIA EM SAÚDE CONSUMO DE LEITE IN NATURA PODE CAUSAR RISCOS À SAÚDE!

VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM AÇÃO PROGRAMA VIGILÂNCIA EM SAÚDE CONSUMO DE LEITE IN NATURA PODE CAUSAR RISCOS À SAÚDE! VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM AÇÃO PROGRAMA VIGILÂNCIA EM SAÚDE CONSUMO DE LEITE IN NATURA PODE CAUSAR RISCOS À SAÚDE! COMÉRCIO DE LEITE IN NATURA PROIBIDO PELAS LEIS: DECRETO LEI N 66.183, DE 05 DE FEVEREIRO

Leia mais

Comunicado101 Técnico On line

Comunicado101 Técnico On line Comunicado101 Técnico On line Instruções técnicas para uso da ordenha mecânica em cabras leiteiras ISSN 1676-7675 Sobral, Ce Dezembro, 2009 Lea Chapaval Introdução Com um plano de Boas Práticas Sanitárias

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PONTOS CRÍTICOS EM PROPRIEDADE LEITEIRA E IMPORTÂNCIA DAS BOAS PRÁTICAS PARA PRODUÇÃO DE LEITE E QUEIJO QUALHO

AVALIAÇÃO DOS PONTOS CRÍTICOS EM PROPRIEDADE LEITEIRA E IMPORTÂNCIA DAS BOAS PRÁTICAS PARA PRODUÇÃO DE LEITE E QUEIJO QUALHO AVALIAÇÃO DOS PONTOS CRÍTICOS EM PROPRIEDADE LEITEIRA E IMPORTÂNCIA DAS BOAS PRÁTICAS PARA PRODUÇÃO DE LEITE E QUEIJO QUALHO Marcus Vinicios da Costa de Souza 1 ; Ariely Conrrado de lima 2 ; Jussara Maria

Leia mais

Conexão da mangueira de tinta. Manômetro. Chave seletora de dreno na posição pintar. Mangueira de sucção e dreno. Tubo de sucção

Conexão da mangueira de tinta. Manômetro. Chave seletora de dreno na posição pintar. Mangueira de sucção e dreno. Tubo de sucção Manual de funcionamento e limpeza da DP-6840 Equipamento para pintura sem ar para látex, tintas a óleo, esmalte sintético, ou qualquer outra tinta com viscosidade semelhante Acionamento do equipamento

Leia mais

CHOPEIRA MAXI COOLER MANUAL DE INSTRUÇÕES MAXI COOLER POR FAVOR, LEIA ATENTAMENTE ANTES DE USAR

CHOPEIRA MAXI COOLER MANUAL DE INSTRUÇÕES MAXI COOLER POR FAVOR, LEIA ATENTAMENTE ANTES DE USAR CHOPEIRA MAXI COOLER MANUAL DE INSTRUÇÕES MAXI COOLER POR FAVOR, LEIA ATENTAMENTE ANTES DE USAR CARO CLIENTE: Obrigado por comprar a Chopeira Maxi Cooler. Para a sua segurança por favor leia este manual

Leia mais

RESOLVENDO PROBLEMAS DE TRATAMENTO QUÍMICO DA SUA PISCINA

RESOLVENDO PROBLEMAS DE TRATAMENTO QUÍMICO DA SUA PISCINA RESOLVENDO PROBLEMAS DE TRATAMENTO QUÍMICO DA SUA PISCINA Os problemas que ocorrem na piscina podem geralmente ser resolvidos com um tratamento padrão descrito para cada caso, sendo adaptado para cada

Leia mais

Sumário. Apresentação 04. O que é um dessalinizador 04. Como funciona o sistema de dessalinização 05. Descrição dos componentes 06

Sumário. Apresentação 04. O que é um dessalinizador 04. Como funciona o sistema de dessalinização 05. Descrição dos componentes 06 Sumário Apresentação 04 O que é um dessalinizador 04 Como funciona o sistema de dessalinização 05 Descrição dos componentes 06 Processo de osmose reversa 07 Instrumentação 07 Verificações importantes antes

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS MILKPARTS

CATÁLOGO DE PRODUTOS MILKPARTS CATÁLOGO DE PRODUTOS MILKPARTS 1 SUMÁRIO ORDENHADEIRAS MOTORES BOMBAS DE VÁCUO COLETORES DE LEITE CAPAS METÁLICAS E VISORES COMEDOUROS E MAMADEIRAS DEPÓSITO DE VÁCUO DETERGENTES ESCOVAS LAVADOR LUBRIFICADORES

Leia mais

É separar o que serve do que não serve; Ocupar espaço somente com aquilo de que necessitamos; Dar um destino para aquilo que não necessitamos; Se

É separar o que serve do que não serve; Ocupar espaço somente com aquilo de que necessitamos; Dar um destino para aquilo que não necessitamos; Se É separar o que serve do que não serve; Ocupar espaço somente com aquilo de que necessitamos; Dar um destino para aquilo que não necessitamos; Se aplica às coisas materiais e também às não-materiais. 1.

Leia mais

Eficiência Energética no Uso de Ar Comprimido

Eficiência Energética no Uso de Ar Comprimido Conservação de Água e Energia Elétrica 14 de outubro de 2014 Eficiência Energética no Uso de Ar Comprimido Atlas Copco Ltda. FÓRUM DE SUSTENTABILIDADE SINDIPEÇAS Out 2014 3 COMPROMISSO COM A PRODUTIVIDADE

Leia mais

Kit Embrapa de Ordenha Manual para Caprinos Leiteiros. Instruções de montagem e utilização

Kit Embrapa de Ordenha Manual para Caprinos Leiteiros. Instruções de montagem e utilização Kit Embrapa de Ordenha Manual para Caprinos Leiteiros Instruções de montagem e utilização Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Caprinos e Ovinos Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Leia mais

Limpando a Caixa D'água

Limpando a Caixa D'água Limpando a Caixa D'água É muito importante que se faça a limpeza no mínimo 2 (duas) vezes ao ano. Caixas mal fechadas/tampadas permitem a entrada de pequenos animais e insetos que propiciam sua contaminação.

Leia mais

Telepresença substitui viagem profissional

Telepresença substitui viagem profissional Telepresença substitui viagem profissional 25 de outubro de 2009 Nenhuma tecnologia supera em qualidade o encontro pessoal, presencial, face a face, em entrevistas ou reuniões. Mas, quando se trata de

Leia mais

Christiano Rehbein HAGEMEYER. christhiano@gmail.com Universidade Estadual do Centro Oeste- UNICENTRO

Christiano Rehbein HAGEMEYER. christhiano@gmail.com Universidade Estadual do Centro Oeste- UNICENTRO QUALIDADE DO LEITE: FATORES QUE INTERFEREM E A IMPORT ツ NCIA DA A ヌテ O DOS PRODUTORES Autor: Izamara de oliveira FERREIRA. izarf.oli@hotmail.com Co-autores: Luiz Fernando Rizzardi SILVESTRI. luizsilvestri@globo.com

Leia mais

OFICIAL LIMPA E BRILHA

OFICIAL LIMPA E BRILHA OFICIAL LIMPA E BRILHA LIMPADOR UNIVERSAL Classificação: Detergente Propriedades É um produto para limpeza total, utilizado na manutenção de superfície em geral. Sua principal característica é manter a

Leia mais

Aula 05 Manejo de Ordenha

Aula 05 Manejo de Ordenha Aula 05 Manejo de Ordenha Universidade Federal do Paraná Bovinocultura de Leite Prof. Dr. Rodrigo de Almeida Introdução Em geral, a ordenha determina a quantidade e a qualidade do leite. Retorno do investimento

Leia mais

INSTRUÇõES DE OPERAÇãO Benron equipment & Supply, Inc. 818-787-4455 www.benron.com info@benron.com

INSTRUÇõES DE OPERAÇãO Benron equipment & Supply, Inc. 818-787-4455 www.benron.com info@benron.com V-tex 400/450 INSTRUÇõES DE OPERAÇãO Benron equipment & Supply, Inc. 818-787-4455 www.benron.com info@benron.com 1. Antes de usar a todos os equipamentos V-TEX leia as instruções de uso de acordo com os

Leia mais

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES II -MANUAL DE OPERAÇÃO 1 Leia atentamente antes de utilizar a bomba de Vácuo Todos

Leia mais

CONHEÇA O SISTEMA HIDRÁULICO DE UMA PISCINA

CONHEÇA O SISTEMA HIDRÁULICO DE UMA PISCINA TRATAMENTO FÍSICO Consiste na remoção de todas impurezas físicas visíveis na água ou depositadas nas superfícies internas das piscinas, como por exemplo, as folhas, os insetos, poeiras, argila, minerais

Leia mais

Leia atentamente antes de usar

Leia atentamente antes de usar Leia atentamente antes de usar MANUAL DE INSTRUÇÕES www.btcmail.com.br PURIFICADOR DE ÁGUA Obrigado por adquirir produtos POLAR. O PURIFICADOR DE ÁGUA POLAR reúne design, qualidade, praticidade e garantia

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA AUTOMAÇÃO NA PRODUÇÃO LEITEIRA 1

DIAGNÓSTICO DA AUTOMAÇÃO NA PRODUÇÃO LEITEIRA 1 Diagnóstico COMUNICAÇÃO da automação na produção leiteira 635 DIAGNÓSTICO DA AUTOMAÇÃO NA PRODUÇÃO LEITEIRA 1 Diagnosis of automation in dairy farming Juliana Vilela Lourençoni Botega 2, Roberto Alves

Leia mais

SUPER PRESS GRILL INSTRUÇÕES. Ari Jr. DATA. Diogo APROV. Nayana. Super Press Grill. Folheto de Instrução - User Manual 940-09-05. Liberação do Arquivo

SUPER PRESS GRILL INSTRUÇÕES. Ari Jr. DATA. Diogo APROV. Nayana. Super Press Grill. Folheto de Instrução - User Manual 940-09-05. Liberação do Arquivo N MODIFICAÇÃO POR 0 Liberação do Arquivo Ari Jr 10-12-2012 1 Inclusão da informação sobe uso doméstico (certificação) Ari Jr 14-02-2013 PODERÁ SER UTILIZADO POR TERCEIROS DA BRITÂNIA ELETRODOMÉSTICOS LTDA.

Leia mais

Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página 197. Atuador de marcha lenta FORD (eletropneumático)

Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página 197. Atuador de marcha lenta FORD (eletropneumático) Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página 197 Atuador de marcha lenta FORD (eletropneumático) Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NA PRODUÇÃO LEITEIRA Revisão de Literatura

BOAS PRÁTICAS NA PRODUÇÃO LEITEIRA Revisão de Literatura BOAS PRÁTICAS NA PRODUÇÃO LEITEIRA Revisão de Literatura 1 LIMA, Eduardo Henrique Oliveira; 2 NORONHA, Cássia Maria Silva; SOUSA, Edgar João Júnio¹. 1 Estudante do Curso Técnico em Agricultura e Zootecnia

Leia mais

Ação em caso de derrames de Produtos Químicos

Ação em caso de derrames de Produtos Químicos Ação em caso de derrames de Produtos Químicos Quais são as suas responsabilidades? Faça com cuidado os serviços em que use produtos químicos de modo a evitar derramamentos. Consulte e mantenha disponível

Leia mais

ORDENHA MECÂNICA E LINHA LEITE

ORDENHA MECÂNICA E LINHA LEITE CATÁLOGO ORDENHA MECÂNICA E LINHA LEITE RODOVIA MARECHAL RONDON, 519 ITU/SP TEL +55 11 4023-5438 FAX +55 11 4023-7443 venda@agrozootec.com.br tecnica@agrozootec.com.br www.agrozootec.com.br JULHO 2008

Leia mais

Departamento de Ciências Econômicas DCECO. Tel.: +55 32 3379-2537 E-mail: infover@ufsj.edu.br

Departamento de Ciências Econômicas DCECO. Tel.: +55 32 3379-2537 E-mail: infover@ufsj.edu.br 2013 InfoVer São João del-rei, fevereiro de 2013 InFover InfoVer Informativo sobre o Mercado de Leite de Vaca do Campo Uma publicação do DCECO- UFSJ Ano VI Nº 55 Agosto de 2013 Universidade Federal de

Leia mais

Pecuária. Resfriamento do Leite e Coleta a Granel

Pecuária. Resfriamento do Leite e Coleta a Granel 1 de 5 10/17/aaaa 08:32 Pecuária Resfriamento do Leite e Coleta a Granel Resfriamento do Leite e Nome Coleta a Granel Produto Informação Tecnológica Data Abril - 2000 Preço - Linha Pecuária Informações

Leia mais

Boas Práticas de Manejo. Marcelo Simão da Rosa, Mateus J. R. Paranhos da Costa, Aline Cristina Sant Anna, Adriana Postos Madureira

Boas Práticas de Manejo. Marcelo Simão da Rosa, Mateus J. R. Paranhos da Costa, Aline Cristina Sant Anna, Adriana Postos Madureira Marcelo Simão da Rosa, Mateus J. R. Paranhos da Costa, Aline Cristina Sant Anna, Adriana Postos Madureira Marcelo Simão da Rosa Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais

Leia mais

LAVANDERIAS COMERCIAIS. Controles Quantum

LAVANDERIAS COMERCIAIS. Controles Quantum LAVANDERIAS COMERCIAIS Controles Quantum RELATÓRIOS DE LOJA E DE RECEITAS O Quantum Gold monitora o seu equipamento para fornecer relatórios detalhados. Ao fornecer uma visão abrangente das especificações

Leia mais

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Pintos

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Pintos Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação Carroceria para transporte de: Pintos Local: Estrutura da Carroceria 01 01 Ano Reapertar parafusos da estrutura no chassi. 02 06 Meses Verificar vedação das

Leia mais

Boas Práticas Agropecuárias na Ordenha de Cabras Leiteiras

Boas Práticas Agropecuárias na Ordenha de Cabras Leiteiras ISSN 1676-7667 Boas Práticas Agropecuárias na Ordenha de Cabras Leiteiras 39 Introdução A caprinocultura leiteira tem aumentado sua participação no cenário agropecuário brasileiro de forma bastante significativa

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FÍSICA 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Provas contém seis questões, constituídas de itens e subitens,

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2015 AMÉRICA DO SUL. www.milkrite.br.com

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2015 AMÉRICA DO SUL. www.milkrite.br.com CATÁLOGO DE PRODUTOS 2015 AMÉRICA DO SUL Visite nosso site para ver todos os recursos dos produtos atualizados e informações técnicas que ajudam você a melhorar a eficiência da ordenha Veja o que nossos

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO WCV EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS AL. DOS ANAPURUS, 1939 MOEMA - SÃO PAULO BRASIL

MANUAL DE OPERAÇÃO WCV EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS AL. DOS ANAPURUS, 1939 MOEMA - SÃO PAULO BRASIL MANUAL DE OPERAÇÃO WCV EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS AL. DOS ANAPURUS, 1939 MOEMA - SÃO PAULO BRASIL TEL/FAX (11) 5535-7200 / 5531-5945 / 5531-8784 / 5535-0038 Visite nosso site: http://www.wcv.com.br e-mail:

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MILIOHMÍMETRO MODELO MO-1200

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MILIOHMÍMETRO MODELO MO-1200 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MILIOHMÍMETRO MODELO MO-1200 julho 2009 Leia cuidadosamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do medidor ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE SEGURANÇA...

Leia mais

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5000 10000 15000 5000 UV 16W

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5000 10000 15000 5000 UV 16W MANUAL DO USUÁRIO CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5000 10000 15000 5000 UV 16W M.U. REVISÃO 002 www.cubos.com.br 2 1) INTRODUÇÃO... 3 2) PEÇAS... 3 3) INSTRUÇÕES DE USO... 3 3.1) MONTAGEM... 3 3.1.1) POSICIONAMENTO

Leia mais

PROGRAMA ALIMENTO SEGURO VOLTADO PARA A CADEIA PRODUTIVA DO LEITE

PROGRAMA ALIMENTO SEGURO VOLTADO PARA A CADEIA PRODUTIVA DO LEITE PROGRAMA ALIMENTO SEGURO VOLTADO PARA A CADEIA PRODUTIVA DO LEITE Nívea Maria Vicentini Pesquisadora Embrapa Gado de Leite 15 o Encontro Técnico do Leite Campo Grande, 15 de maio de 2012 O QUE É O PAS?

Leia mais

Caminho da comida. Introdução. Materiais Necessários

Caminho da comida. Introdução. Materiais Necessários Intro 01 Introdução Os platelmintos são vermes achatados interessantes e semelhantes aos seres humanos em alguns aspectos. Um deles é a presença do sistema digestório. Mas, diferente do nosso, o sistema

Leia mais

J.I.T. - Just In Time

J.I.T. - Just In Time Publicação Nº 1-2 Dezembro 2009 J.I.T. - Just In Time PONTOS DE INTERESSE: Vantagens e desvantagens 5 S SMED Kanban Just In Time (JIT) é uma filosofia Global de produção, com origem oriental, que consiste

Leia mais

Manual de Instalação, Funcionamento e Termo de Garantia.

Manual de Instalação, Funcionamento e Termo de Garantia. Manual de Instalação, Funcionamento e Termo de Garantia. Informação do produto Aplicação Instalação Manutenção Janeiro 2013 Índice Introdução 03 Normas de utilização 03 Simbolos de avisos 03 Considerações

Leia mais

Termo de Entrega & Garantia das Piscinas NADO LIVRE

Termo de Entrega & Garantia das Piscinas NADO LIVRE Termo de Entrega & Garantia das Piscinas NADO LIVRE Agradecimento A NADO LIVRE ARTE EM PISCINAS agradece a você a preferência e deseja momentos repetidos de alegrias. Para nós foi muito importante ajudá-lo

Leia mais

Mercados emergentes precisam fazer mais para continuar a ser os motores do crescimento global

Mercados emergentes precisam fazer mais para continuar a ser os motores do crescimento global Mercados emergentes precisam fazer mais para continuar a ser os motores do crescimento global de janeiro de 1 Por Min Zhu Em nossa Reunião Anual de outubro de 13, travamos um longo debate sobre as perspectivas

Leia mais

Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA. Revisão: 2

Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA. Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Forros Minerais OWA Cuidados Iniciais Cuidados iniciais: SEMPRE manter as mãos limpas para manusear os forros

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES ASPIRADOR DE PÓ 800 W COM CABO TELESCÓPICO Equipamento somente para uso doméstico. Obrigado por escolher um produto com a marca Tramontina. Por favor, leia o Manual de Instruções por

Leia mais

Regulamentos Técnicos de Produção, Identidade, e Qualidade do Leite Tipo A

Regulamentos Técnicos de Produção, Identidade, e Qualidade do Leite Tipo A Regulamentos Técnicos de Produção, Identidade, e Qualidade do Leite Tipo A INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 51, DE 18 DE SETEMBRO DE 2002 O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da

Leia mais

2.6 Conceito de controle de processo...47 2.6.1 Manutenção de equipamentos e processo gerencial...48 2.7 GQT e atividades de manutenção de

2.6 Conceito de controle de processo...47 2.6.1 Manutenção de equipamentos e processo gerencial...48 2.7 GQT e atividades de manutenção de Sumário Prefácio à 2ª edição...11 Prefácio...13 1 Visão geral da manutenção de equipamentos...17 1.1 Introdução...19 1.2 Conceito de manutenção...19 1.3 Abrangência das atividades de manutenção...21 1.4

Leia mais

1.3.1 Princípios Gerais.

1.3.1 Princípios Gerais. 1.3 HIDRODINÂMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE AGRONOMIA E ENGENHARIA DE ALIMENTOS SETOR DE ENGENHARIA RURAL 1.3.1 Princípios Gerais. Prof. Adão Wagner Pêgo Evangelista 1 - NOÇÕES DE HIDRÁULICA

Leia mais

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Ovos

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Ovos Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação Carroceria para transporte de: Ovos Local: Estrutura da Carroceria 01 01 Ano Reapertar parafusos da estrutura no chassi. 02 06 Meses Verificar vedação das

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br BEBEDOUROS TROPICAL LEIA E SIGA TODAS AS REGRAS DE SEGURANÇA E INSTRUÇÕES OPERACIONAIS ANTES DE USAR. sac@bebedourostropical.com.br

Leia mais

Rede de Negócios: um panorama da cadeia do leite no Brasil. urielrotta@pensa.org.br

Rede de Negócios: um panorama da cadeia do leite no Brasil. urielrotta@pensa.org.br Rede de Negócios: um panorama da cadeia do leite no Brasil Uriel Antonio Superti Rotta urielrotta@pensa.org.br O SAG do leite no Brasil O sistema agroindustrial do leite reúne importantes segmentos da

Leia mais

-www.megacal.com.br. Fone : (11) 4419-4419 -4419-3348-4419-1161 Megacal Equipamentos Térmicos Ltda

-www.megacal.com.br. Fone : (11) 4419-4419 -4419-3348-4419-1161 Megacal Equipamentos Térmicos Ltda A Megacal é uma empresa voltada para a fabricação de produtos para controle térmico industrial, onde se destacam as Unidades de controle de temperatura, para água gelada em circuito fechado e aberto, e

Leia mais

INOVAÇÕES NA AGRICULTURA FAMILIAR: ESTUDO DE CASO EM PROPRIEDADES RURAIS LEITEIRAS NO PARANÁ

INOVAÇÕES NA AGRICULTURA FAMILIAR: ESTUDO DE CASO EM PROPRIEDADES RURAIS LEITEIRAS NO PARANÁ INOVAÇÕES NA AGRICULTURA FAMILIAR: ESTUDO DE CASO EM PROPRIEDADES RURAIS LEITEIRAS NO PARANÁ Fernanda Mattioda (UTFPR) fermattioda@yahoo.com.br Juliana Vitoria Messias Bittencourt (UTFPR) julianavitoria@utfpr.edu.br

Leia mais

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000 MANUAL DO USUÁRIO CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000 M.U. REVISÃO 001 www.cubos.com.br 2 1) INTRODUÇÃO... 3 2) PEÇAS... 3 3) INSTRUÇÕES DE USO... 3 3.1) MONTAGEM... 3 3.1.1) POSICIONAMENTO DO

Leia mais

MANUAL DE COLETA DE AMOSTRAS

MANUAL DE COLETA DE AMOSTRAS MANUAL DE COLETA DE AMOSTRAS Rua: Victor Sopelsa, nº 3000 Bairro Salete E-mail: sac-lableite@uncnet.br Fone: (49) 3441-1086 Fax: (49) 3441-1084 Cep: 89.700-000 Concórdia Santa Catarina Responsável /Gerente

Leia mais

Confira datas e programação dos cursos a seguir:

Confira datas e programação dos cursos a seguir: Centro Regional de Qualificação Profissional de Produtores de Nova Petrópolis Aprender Fazendo, Compromisso com a Qualificação Profissional da Família Rural. O CETANP Centro Regional de Qualificação Profissional

Leia mais

Reciclar, são ações que. Reduzir É o inicio da conservação do meio. Reutilizar Significa reutilizar um produto de

Reciclar, são ações que. Reduzir É o inicio da conservação do meio. Reutilizar Significa reutilizar um produto de Especialistas em meio ambiente alertam para a necessidade da utilização racional dos recursos naturais. Reduzir, Reutilizar e Reciclar, são ações que contribuem para o consumo responsável reduzindo o impacto

Leia mais

Informações Gerais Trocadores de Calor / Chiller de Placas

Informações Gerais Trocadores de Calor / Chiller de Placas Informações Gerais Trocadores de Calor / Chiller de Placas Somos especializados em trocadores de calor e importamos desde 2009. Eles são fabricados sob a supervisão de um técnico nosso e foram adaptados

Leia mais

TIJOLOS DE ADOBE ESCOLA DE MINAS / 2015 / PROF. RICARDO FIOROTTO / MARTHA HOPPE / PAULA MATIAS

TIJOLOS DE ADOBE ESCOLA DE MINAS / 2015 / PROF. RICARDO FIOROTTO / MARTHA HOPPE / PAULA MATIAS TIJOLOS DE ADOBE ESCOLA DE MINAS / 2015 / PROF. RICARDO FIOROTTO / MARTHA HOPPE / PAULA MATIAS Este projeto tem como objetivo a fabricação de tijolos de adobe destinados à construção de casas através da

Leia mais

Manual do Usuário BEBEDOURO REFRIGERADO. Modelo ABDK020DP2A0BR

Manual do Usuário BEBEDOURO REFRIGERADO. Modelo ABDK020DP2A0BR Manual do Usuário BEBEDOURO REFRIGERADO Modelo ABDK020DP2A0BR Parabéns por escolher um produto DAKO Ele foi desenvolvido dentro de padrões internacionais de qualidade, com a mais atualizada tecnologia

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Os equipamentos do Kit Chuva atendem as exigências da norma NBR 15527: Água de chuva - Aproveitamento de coberturas em áreas urbanas para fins não potáveis Requisitos. KIT CHUVA Filtro

Leia mais

A aposta em investimento em energias renovaveis em STP

A aposta em investimento em energias renovaveis em STP A aposta em investimento em energias renovaveis em STP I. Apresentação da HET - Service Lda. II. Situação das energias renováveis III.Possibilidade de Investimentos em E.R. Privado Estatal IV.Barreiras

Leia mais

MANUAL DE REFORMA SEÇÃO OITO VULCANIZAÇÃO

MANUAL DE REFORMA SEÇÃO OITO VULCANIZAÇÃO MANUAL DE REFORMA SEÇÃO OITO VULCANIZAÇÃO 8.1 TEORIA O Processo de Vulcanização que ocorre na reconstrução do pneu é o ápice de todos os esforços feitos no pneu durante todas as operações precedentes.

Leia mais

Comissão avalia o impacto do financiamento para as regiões e lança um debate sobre a próxima ronda da política de coesão

Comissão avalia o impacto do financiamento para as regiões e lança um debate sobre a próxima ronda da política de coesão IP/07/721 Bruxelas, 30 de Maio de 2007 Comissão avalia o impacto do financiamento para as regiões e lança um debate sobre a próxima ronda da política de coesão A política de coesão teve um efeito comprovado

Leia mais

2 Workshop processamento de artigos em serviços de saúde Recolhimento de artigos esterilizados: é possível evitar?

2 Workshop processamento de artigos em serviços de saúde Recolhimento de artigos esterilizados: é possível evitar? 2 Workshop processamento de artigos em serviços de saúde Recolhimento de artigos esterilizados: é possível evitar? 3 Farm. André Cabral Contagem, 19 de Maio de 2010 Rastreabilidade É definida como a habilidade

Leia mais

APOSTILA DE MANUTENÇÃO - Compactador RAM 70 (Honda) -

APOSTILA DE MANUTENÇÃO - Compactador RAM 70 (Honda) - APOSTILA DE MANUTENÇÃO 1- OBJETIVO. Apresentar os passos necessários para a manutenção do compactador RAM70 com motor Honda GX120. 2- PASSOS DE DESMONTAGEM / MONTAGEM. Retirar filtro de ar. Retirar mangueira

Leia mais

AULA 6 Marketing de Serviços

AULA 6 Marketing de Serviços AULA 6 Marketing de Serviços Por que a estratégia de determinação de preços de serviços é diferente (e difícil)? Não existe propriedade de serviços: é difícil para as empresas calcular os custos financeiros

Leia mais

Nivel de Lisina nas Rações de Frangos de Corte Exigência de Lisina Atualizada

Nivel de Lisina nas Rações de Frangos de Corte Exigência de Lisina Atualizada Nivel de Lisina nas Rações de Frangos de Corte Exigência de Lisina Atualizada Disponível em nosso site: www.lisina.com.br A atualização das exigências dos nutrientes nas formulações de rações é importante

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig SCHULZ: INÍCIO DE FABRICAÇÃO - ABRIL/005 CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/ - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 10 psig CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ISENTO DE ÓLEO L C DESLOCAMENTO TEÓRICO pés /min PRESSÃO MÁX.

Leia mais

AVISO: O PESO APLICADO NO BRAÇO DO SPIDER NÃO PODE ULTRAPASSAR 50 LIBRAS (23 KG)!

AVISO: O PESO APLICADO NO BRAÇO DO SPIDER NÃO PODE ULTRAPASSAR 50 LIBRAS (23 KG)! Suporte e Posicionador para Membro Spider PREFÁCIO O Posicionador de Membros SPIDER foi projetado para oferecer o posicionamento ideal do membro que vai ser operado, durante a cirurgia. Seu projeto permite

Leia mais

Guia de Soluções EcoWin Soluções Ecológicas

Guia de Soluções EcoWin Soluções Ecológicas Guia de Soluções Problemas & Soluções Este manual técnico traz exemplos de situações que surgiram durante a instalação e operação dos sistemas URIMAT no país ou no exterior nos últimos anos. A seguir,

Leia mais

TRABALHADOR NA ORDENHA MANUAL

TRABALHADOR NA ORDENHA MANUAL TRABALHADOR NA ORDENHA MANUAL CONSELHO DELIBERATIVO DO SENAR Presidente do Conselho Deliberativo João Martins da Silva Júnior Secretário Executivo Daniel Klüppel Carrara Chefe do Departamento de Educação

Leia mais

Respire fundo. E drible a Fibrose Cística.

Respire fundo. E drible a Fibrose Cística. MANUAL DO NEBULIZADOR Respire fundo. E drible a Fibrose Cística. Veja como utilizar e cuidar corretamente do seu Compressor e Nebulizador. Eu sou o compressor. Eu sou o Nebulizador, sou o grande goleador.

Leia mais