Teleconferência de Resultados 2T13

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Teleconferência de Resultados 2T13"

Transcrição

1 Teleconferência de Resultados 2T13

2 RESULTADOS - CONSOLIDADO (R$ MILHÕES) 2T 12 2T 13 Var.% 6M 12 6M 13 Var.% RECEITA LÍQUIDA 229,9 275,3 19,7% 448,8 542,5 20,9% EBITDA AJUSTADO¹ 58,6 40,7-30,5% 110,8 90,7-18,1% MARGEM EBITDA AJUSTADO ² LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO³ 24,1% 14,5% -9,6 p.p. 23,2% 16,2% -7,0 p.p. 41,6 21,4-48,6% 69,6 50,1-27,9% \\ A Receita Líquida consolidada atingiu R$ 275,3 milhões, superando em 19,7% os R$ 229,9 milhões registrados no mesmo período do ano passado; \\ O EBITDA consolidado atingiu R$ 40,7 milhões, resultado fortemente impactado pelo desempenho da divisão de Meios de Pagamento no período; pelo processo de reestruturação da área e pelo fato da divisão de Telecom ter apresentado um resultado mais forte no 2T12, apesar do 2T13 ter vindo em linha com as expectativas da Companhia para divisão; \\ O Lucro Líquido Ajustado atingiu no 2T13 R$ 21,4 milhões, resultado 48,6% inferior ao apresentado no 2T12. ¹ EBITDA AJUSTADO: pelos resultados não recorrentes da empresa Incard do Brasil ² Margem de EBITDA Ajustado sem considerar a equivalência patrimonial da M4U e da Incard do Brasil Ltda. ³ Lucro Líquido ajustado por IR e CS diferidos passivo e despesas não-recorrentes. 2

3 MIX DE RECEITA LÍQUIDA E EBITDA AJUSTADO 1 Receita Líquida 6M13 (%) EBITDA Ajustado 1 6M13 (%) 6M12 6M13 6M12 6M13 45,6 51,7 27,8 20,5 31,5 29,7 22,3 16,7 0,6 1,9 46,8 64,8 28,5 16,4-3,1-1,7 Meios de Pagamento Sistemas de Identificação Telecom Certificadora \\ No 6M13, a divisão de Meios de Pagamento aumentou sua participação na Receita Líquida em 6,2 p.p na comparação com o 6M12, em função da incorporação dos resultados da Valid USA; \\ A alteração na composição do EBITDA no 6M13, quando comparado com o mesmo período do ano passado, foi resultado da performance mais pressionada da divisão de Meios de Pagamentos e restruturação da área, bem como do menor resultado da divisão de Telecom, este em linha com as expectativas da companhia. ¹ EBITDA AJUSTADO: pelos resultados não recorrentes da empresa Incard do Brasil 3

4 MEIOS DE PAGAMENTOS RESULTADO CONSOLIDADO (R$ MILHÕES) 2T 12 2T 13 Var.% 6M 12 6M 13 Var.% RECEITA LÍQUIDA 101,3 139,6 37,8% 204,8 280,4 36,9% EBITDA 15,6 3,9-75,0% 31,6 14,9-52,8% MARGEM EBITDA 15,4% 2,8% p.p. 15,4% 5,3% -10,1 p.p. VOLUME* 41,2 40,4-1,9% 90,6 75,4-16,8% *Volume em milhões de cartões produzidos no Brasil e nas demais subsidiárias, exceto Valid USA \\ A Receita Líquida da divisão atingiu R$ 139,6 milhões, superando o mesmo período de 2012 em 37,8%, resultado incrementado pela receita líquida da Valid USA, que foi de R$ 52,5 milhões; \\ O EBITDA reportado foi de R$ 3,9 milhões, 75% menor que os R$ 15,6 milhões do 2T12, resultado do processo de reestruturação iniciado na área para modernização do parque de impressão eletrônica, gerando um gasto de R$ 9,6 milhões, e adequação da nossa estrutura ao atual cenário econômico mais adverso que ocasionou uma desaceleração de demanda no Brasil; \\ A margem EBITDA reduziu 12.6 p.p., passando de 15,4% no 2T12 para 2,8% no 2T13, reflexo das menores margens praticadas no mercado norte americano e da desaceleração de demanda no Brasil. 4

5 MEIOS DE PAGAMENTOS VALID USA (R$ MILHÕES) 1T13 2T13 Variação PERCENTUAL RECEITA E EBITDA VALID X VALID USA RECEITA LÍQUIDA 54,1 52,5-2,96% EBITDA 3,9 2,6-33,3% MARGEM EBITDA 7,2% 4,9% -1,46 p.p 38% 67% 62% 33% Valid USA Valid VOLUME 146,2 185,1 26,6% Receita Líquida EBITDA \\ Na comparação trimestre a trimestre, observamos que o EBITDA reportou uma queda de 33,3%, tendo em vista que o volume de cartões com menor valor agregado cresceu 35% em comparação com o de maior valor agregado no 2T13. Isso impactou no preço médio e consequentemente no EBITDA, pressionando a margem em 1,46 p.p. em comparação com o 1T13. 5

6 SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO RESULTADOS (R$ MILHÕES) 2T 12 2T 13 Var.% 6M 12 6M 13 Var.% RECEITA LÍQUIDA 72,2 81,4 12,8% 141,1 161,1 14,2% EBITDA 28,7 27,9-2,8% 51,9 58,6 12,9% MARGEM EBITDA 39,8% 34,3% -5,5 p.p. 36,8% 36,4% -0,4 p.p. VOLUME 3,8 4,2 10,5% 7,5 8,1 8% \\ A Receita Líquida da divisão no 2T13 foi de R$ 81,4 milhões, 12,8% superior aos R$ 72,2 milhões atingidos no mesmo período de 2012; \\ O EBITDA no 2T13 foi de R$ 27,9 milhões, 2,8% inferior ao R$ 28,7 milhões registrados no ano anterior e a margem EBITDA passou de 39,8% no 2T12 para 34,3% no 2T13. Esse cenário ocorreu em função do mix menos favorável na composição dos volumes, devido a paralisação temporária dos serviços nas principais capitais em decorrência das manifestações populares. 6

7 TELECOM RESULTADO (R$ MILHÕES) 2T 12 2T 13 Var.% 6M 12 6M 13 Var.% RECEITA LÍQUIDA 54,0 47,6-11,9% 100,1 90,5-9,6% EBITDA AJUSTADO¹ 17,8 8,8-50,6% 30,8 18,6-39,6% MARGEM EBITDA* 27,0% 16,7% -10,3 p.p. 24,5% 17,3% -7,2 p.p. VOLUME 21,0 25,8 22,9% 41,9 43,9 4,8% *Margem de EBITDA sem considerar a equivalência patrimonial da M4U \\ Os resultados reportados por esta divisão estão alinhados com a expectativa da Companhia, tendo em vista os fortes resultados obtidos no 2T12; \\ Para efeito de comparabilidade, as demonstrações financeiras da divisão, foram reclassificadas para refletir a exclusão do resultado da Incard que passou a ser contabilizado pelo método de equivalência patrimonial (CPC 19 R2); \\ O volume passou de 21,0 milhões no 2T12 para 25,8 milhões no 2T13, representando um aumento de 22,9%, porém o EBITDA AJUSTADO¹ e margem recuaram, 50,6% e 10,3 p.p., respectivamente, devido ao mix de produtos e fraca demanda por Sim Cards de maior valor agregado. 7

8 CERTIFICAÇÃO DIGITAL RESULTADO ($ MILHÕES) 2T 12 2T 13 Var.% 6M12 6M13 Var.% RECEITA LÍQUIDA 2,4 6,7 179,2% 2,8 10,5 275,0% EBITDA -3,5 0,1 N/A -3,5* -1,5-55,7% MARGEM EBITDA -149,1% 1,4% 150,5 p.p. -124,8% -14,3% 110,5 p.p. VOLUME (milhares) 10,2 33,4 227,5% 11,7 55,8 376,9% \\ A receita líquida da divisão no 2T13 foi 179,2% superior ao 2T12,somando a quantia de R$ 6,7 milhões; \\ O EBITDA reportado no 2T13 foi positivo de R$0,1 milhão garantindo o breakeven da divisão; \\ As vendas cresceram 227,5% no 2T13 em comparação com o 2T12. 8

9 POSIÇÃO DO CAIXA Posição no 6M13 R$ MILHÕES Caixa Inicial 115,8 Geração de Caixa (6,3) CAPEX (19,4) Dividendos e JSCP (30,9) Captação + Financiamento BNDES 259,5 Dividendos Recebidos 2,4 Dívida (Principal + Juros) (175,0) Outros 6,9 Caixa Final 153,0 9

10 PERFIL DA DÍVIDA Dívida Bruta 506,2 Caixa + caixa restrito 258,1 Dívida Líquida 248,1 Dívida Líquida / * EBITDA 1,23 * EBITDA / ** Despesas Financeiras 6,68 * EBITDA Ajustado acumulado nos 12 últimos meses. ** Despesas financeiras acumulada nos últimos 12 meses. \\ No dia 07 de maio de 2013, concluímos 4ª emissão de debêntures no valor de R$ 250 milhões com vencimento de 5 (cinco) anos à taxa de CDI + 0,71% com amortização em 4 parcelas anuais, com todo dia 30 de abril, a partir do 2º ano de vigência. O pagamento dos juros se dará todo dia 30 de abril e 30 de outubro de cada ano, sendo o primeiro pagamento em 30 de outubro de 2013 e o último pagamento no vencimento. 10

11 DIVIDENDOS \\ Deliberação do Conselho de Administração em 14 de agosto de 2013 para distribuição de R$ ,60 milhões a título de dividendos e o valor bruto de R$ ,92 milhões sob a forma de juros sobre capital próprio. Cada acionista receberá o valor bruto de R$ 0,3117 por ação. \\ Ratificado o compromisso de distribuir pelo menos 50% do lucro líquido ajustado de 2013, sem que isso comprometa a estratégia de longo prazo da companhia. 11

12 OUTLOOK Meios de Pagamento Mercado Americano; Breakeven da Certificadora Digital; Perspectivas para 2S13

13 RESSALVA SOBRE DECLARAÇÕES FUTURAS Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da Valid. Estas são apenas projeções e, como tal, baseiam-se exclusivamente nas expectativas da administração da Valid em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de negócios da Companhia. Tais considerações futuras dependem, substancialmente, de mudanças nas condições de mercado, regras governamentais, pressões da concorrência, do desempenho do setor e da economia brasileira, entre outros fatores, além dos riscos apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela Valid e estão, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio. 13

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS (R$ MILHÕES) 3T13 3T14 Var.% 9M13 9M14 Var.% RECEITA LÍQUIDA 315,8 342,8 8,5% 858,4 937,5 9,2% EBITDA AJUSTADO¹ 67,1 78,3 16,7% 157,5

Leia mais

VALID ANUNCIA OS RESULTADOS DO 2T13

VALID ANUNCIA OS RESULTADOS DO 2T13 VALID ANUNCIA OS RESULTADOS DO 2T13 Cotação de Fechamento VLID3 R$ 32,85 Valor de Mercado R$ 1.8 bilhões Base Acionária Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2013 A Valid (BM&FBovespa: VLID3 - ON) anuncia hoje

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016 Divulgação de Resultados 06 de Maio de 2016 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações

Leia mais

Destaques do Período. CADE aprova a fusão No dia 7 de novembro o CADE aprovou a fusão sem restrições.

Destaques do Período. CADE aprova a fusão No dia 7 de novembro o CADE aprovou a fusão sem restrições. 1 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da B2W, eventualmente expressas neste

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

A Vigor Alimentos S.A. divulga os resultados do 3T13

A Vigor Alimentos S.A. divulga os resultados do 3T13 A Vigor Alimentos S.A. divulga os resultados do 3T13 São Paulo, 12 de novembro de 2013 - A Vigor Alimentos S.A. (BM&FBovespa: VIGR3) anuncia hoje os resultados do terceiro trimestre de 2013 (3T13). As

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 1T16

Teleconferência de Resultados do 1T16 Teleconferência de Resultados do 1T16 04/ 05 / 2016 1 Destaques & Portfólio Destaques do 1T16 Properties registra no trimestre receita líquida de R$127,0 milhões e EBITDA ajustado de R$102,1 milhões A

Leia mais

3º Trimestre de 2008. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008. Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR) 2T08

3º Trimestre de 2008. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008. Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR) 2T08 3º Trimestre de 2008 Teleconferência de Resultados Lançamentos de 2008 La Vita (Vitoria-ES) 2T08 Beach Park Wellness Resort (Aquiraz-CE) 1T08 Viver Caxias (Caxias do Sul-RS) 3T08 Viver São J. Pinhais (São

Leia mais

Resultados do 1T16. Rogério Melzi Presidente Pedro Thompson Diretor Financeiro e DRI

Resultados do 1T16. Rogério Melzi Presidente Pedro Thompson Diretor Financeiro e DRI Resultados do Rogério Melzi Presidente Pedro Thompson Diretor Financeiro e DRI Captação Graduação Crescimento da captação presencial (+1,9%) Penetração FIES apenas 8,4% da captação de graduação presencial,

Leia mais

Resultados do ano de 2015

Resultados do ano de 2015 Resultados do ano de 2015 2 de março de 2016 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes 1 Pilares Estratégicos 1 Forte cultura corporativa, cujo principal foco é a valorização das pessoas 2 Plataforma de vendas integrada, com múltiplos canais de venda 3 Grande base de clientes, com CRM visando

Leia mais

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A.

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A. ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A. (BOVESPA:UGPA4/NYSE: UGP) INFORMAÇÕES E RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2006 (São Paulo, Brasil, 10 de maio de 2006) Diversas iniciativas gerenciais de contenção de custos

Leia mais

Vantagens e desvantagens da utilização do patrimônio líquido pelo seu valor de mercado na avaliação de empresas

Vantagens e desvantagens da utilização do patrimônio líquido pelo seu valor de mercado na avaliação de empresas Vantagens e desvantagens da utilização do patrimônio líquido pelo seu valor de mercado na avaliação de empresas! Quais as vantagem da utilização do valor de mercado em relação a utilização do patrimônio

Leia mais

PRINCIPAIS INDICADORES FINANCEIROS E OPERACIONAIS

PRINCIPAIS INDICADORES FINANCEIROS E OPERACIONAIS Resultados positivos, apesar do período adverso Receita Líquida de R$ 194 milhões EBITDA Ajustado de R$ 143 milhões (Margem de 73,5%) Lucro Líquido Ajustado de R$ 102 milhões (Margem de 52,6%) Rio de Janeiro,

Leia mais

Em setembro de 2011, ocorreu a cisão parcial de 99,99% de seu patrimônio líquido.

Em setembro de 2011, ocorreu a cisão parcial de 99,99% de seu patrimônio líquido. NUMERAL 80 PARTICIPAÇÕES S.A. NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PARA OS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E DE 2011 (Valores expressos em milhares de reais - R$) 1. CONTEXTO OPERACIONAL

Leia mais

Comentário de desempenho 3T15

Comentário de desempenho 3T15 Comentário de desempenho 3T15 04/11/2015 1 Comentário de desempenho Senhoras e Senhores Acionistas, Submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações financeiras da FPC Par Corretora de Seguros S.A.,

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16

Divulgação de Resultados 1T16 São Paulo - SP, 29 de Abril de 2016. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Valid apresenta EBITDA recorde de R$ 78,3 milhões no 3T14

Valid apresenta EBITDA recorde de R$ 78,3 milhões no 3T14 Valid apresenta EBITDA recorde de R$ 78,3 milhões no 3T14 Cotação de Fechamento VLID3 R$ 38,80 Valor de Mercado R$ 2,16 bilhões Rio de Janeiro, 10 de novembro de 2014 A Valid (BM&FBovespa: VLID3 - ON)

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P A B R I L, 2 0 1 6 D E S T A Q U E S D O M Ê S São Paulo, 27 de maio de 2016 Crédito imobiliário alcança R$ 3,5 bilhões em abril

Leia mais

Sonae Sierra Brasil anuncia EBITDA de R$ 49,8 milhões no 1T13, aumento de 19% comparado ao 1T12

Sonae Sierra Brasil anuncia EBITDA de R$ 49,8 milhões no 1T13, aumento de 19% comparado ao 1T12 São Paulo, 09 de maio de 2013. Resultados 1º trimestre de 2013 Sonae Sierra Brasil anuncia EBITDA de R$ 49,8 milhões no 1T13, aumento de 19% comparado ao 1T12 A Receita líquida totalizou R$ 64,7 milhões

Leia mais

Como avaliar a real rentabilidade das empresas de energia?

Como avaliar a real rentabilidade das empresas de energia? Audiência Pública 004/2007 da ANEEL Segunda Revisão Tarifária Periódica da Coelce Como avaliar a real rentabilidade das empresas de energia? Cláudio J. D. Sales Presidente Instituto Acende Brasil Auditório

Leia mais

Analítico do Comparativo Proforma

Analítico do Comparativo Proforma Analítico do Comparativo Proforma São Paulo, 24 de Novembro de 2009 Prezados Analistas e Investidores, Conforme acordado em nosso conference call, estamos encaminhando-lhes a reconciliação detalhada do

Leia mais

GLOBEX UTILIDADES S.A. CNPJ n o. 33.041.260/0001-64 NIRE: 333001-41073

GLOBEX UTILIDADES S.A. CNPJ n o. 33.041.260/0001-64 NIRE: 333001-41073 GLOBEX UTILIDADES S.A. CNPJ n o. 33.041.260/0001-64 NIRE: 333001-41073 Resultados do 1º Trimestre de 2006 Rio de Janeiro, 18 de maio de 2006 Globex Utilidades S.A. (BOVESPA: GLOB4, GLOB3; OTC: GBXPY),

Leia mais

RELATÓRIO DE REVISÃO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Aos Acionistas e Administradores da IESA Projetos, Equipamentos e Montagens S.A. Araraquara - SP Introdução Revisamos as informações contábeis intermediárias,

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

Nota de Informação Estatística Lisboa, 21 de outubro de 2013

Nota de Informação Estatística Lisboa, 21 de outubro de 2013 Nota de Informação Estatística Lisboa, 1 de outubro de 13 Novas estatísticas das não financeiras da Central de Balanços O Banco de Portugal passa a divulgar no Boletim Estatístico (secção A.19 e Capítulo

Leia mais

Estudos. População e Demografia

Estudos. População e Demografia População e Demografia Prof. Dr. Rudinei Toneto Jr. Guilherme Byrro Lopes Rafael Lima O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), desde 1991, divulga anualmente uma base com a população dos

Leia mais

2 trimestre de 2011. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas. Itaú Unibanco Holding S.A.

2 trimestre de 2011. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas. Itaú Unibanco Holding S.A. 2 trimestre de 2011 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A. Itaú Unibanco Índice Análise Gerencial da Operação 1 Demonstrações Contábeis Completas 55

Leia mais

RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2016

RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2016 Dados de Negociação AMAR3 em 31/Mar/16: Preço por ação: R$ 6,90 Número de ações: 204.085.999 Valor de mercado: R$ 1.408,2 milhões Teleconferência de Resultados do 1T16: São Paulo, 02 de Maio de 2016 A.

Leia mais

Conference Call. Resultados do 3T14 e 9M14

Conference Call. Resultados do 3T14 e 9M14 Conference Call Resultados do 3T14 e 9M14 10/11/2014 Destaques do trimestre Aumentos do volume de vendas e da receita líquida, em reais e em moedas estrangeiras Variações dos volumes de vendas (milhões

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE CONTABILIDADE

NOÇÕES BÁSICAS DE CONTABILIDADE NOÇÕES BÁSICAS DE CONTABILIDADE Prof. Wanderson S. Paris, M.Eng. prof@cronosquality.com.br NOÇÕES DE CONTABILIDADE DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO BALANÇO PATRIMONIAL DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS X ATIVIDADES

Leia mais

Indicador Trimestral de PIB do Espírito Santo

Indicador Trimestral de PIB do Espírito Santo SUMÁRIO EXECUTIVO O Produto Interno Bruto (PIB) do estado do Espírito Santo é calculado anualmente pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) em parceria com o Instituto eiro de Geografia e Estatística

Leia mais

Resultados de 2003: Quarto Trimestre

Resultados de 2003: Quarto Trimestre Resultados de 2003: Quarto Trimestre (Rio de Janeiro - 13 de janeiro de 2004) As informações operacionais e financeiras da Aracruz (Bovespa: ARCZ6) são apresentadas com base em números consolidados e em

Leia mais

EXPO MONEY INTERNACIONAL SÃO PAULO 23 DE SETEMBRO DE 2011

EXPO MONEY INTERNACIONAL SÃO PAULO 23 DE SETEMBRO DE 2011 EXPO MONEY INTERNACIONAL SÃO PAULO 23 DE SETEMBRO DE 2011 ECORODOVIAS ESTRUTURA SOCIETÁRIA A EcoRodovias é uma das maiores empresas de infraestrutura logística integrada do Brasil, cujo foco é operar ativos

Leia mais

Resultados 2T08 15 DE AGOSTO DE 2008

Resultados 2T08 15 DE AGOSTO DE 2008 Apresentação Resultados 2T08 15 DE AGOSTO DE 2008 Participantes Jorge Cury - Diretor Presidente Marco Mattar - Diretor Vice Presidente Financeiro e Diretor Técnico Rebeca Ouro-Preto - Diretora de Relações

Leia mais

SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Indicadores CNI ISSN 2317-7322 Ano 6 Número 12 dezembro de SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Indústria da construção termina ano com queda intensa A indústria da construção encerrou com queda intensa e

Leia mais

VALE RIO DOCE S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão:

VALE RIO DOCE S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão: VALE RIO DOCE S/A Empresa: A companhia é uma das maiores mineradoras do mundo, sendo a maior das Américas, baseada na capitalização de mercado. É a maior produtora mundial de minério de ferro e pelotas

Leia mais

LFG MAPS. 2 - ( Prova: CESPE - 2012 - Polícia Federal - Agente da Polícia Federal / Contabilidade Geral / Contabilidade -

LFG MAPS. 2 - ( Prova: CESPE - 2012 - Polícia Federal - Agente da Polícia Federal / Contabilidade Geral / Contabilidade - Escrituração Contábil 05 questões Noções Gerais; Escrituração Contábil ) Considere os eventos de I a V listados abaixo. I aquisição de veículo à vista para uso na atividade operacional II baixa de bem

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T15

Apresentação de Resultados 1T15 Apresentação de Resultados 1T15 1 Destaques do Período Início da operação comercial de quatro parques do LEN A-3 2011 Início da operação comercial: 04 de março de 2015 Os outros 5 parques serão conectados

Leia mais

Resultados da Mills no 1T16

Resultados da Mills no 1T16 Resultados da Mills no 1T16 Relações com Investidores BM&FBOVESPA: MILS3 Rio de Janeiro, 5 de maio de 2016 - A Mills Estruturas e Serviços de Engenharia S.A. (Mills) apresenta os seus resultados referentes

Leia mais

Operações Crédito do SFN

Operações Crédito do SFN BC: Operações de Crédito do Sistema Financeiro Nacional sobem 0,1% em maio de 2016, acumulando alta de 2,0% em 12 meses O crédito total do SFN incluindo as operações com recursos livres e direcionados

Leia mais

Marisa Lojas S.A. RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2012

Marisa Lojas S.A. RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2012 Dados de Negociação AMAR3 em 31/mar/12: Preço por ação: R$ 24,85 Número de ações: 185.301.230 Valor de mercado: R$4.605 milhões Teleconferência de Resultados do 1T12: Data: 4 de maio de 2012 Horário: 14:00

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T10

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T10 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T10 TELECONFERÊNCIAS 12/05/2010 (quarta-feira) AGENDA 2010 Uma só empresa, melhor e mais forte SUMÁRIO EXECUTIVO 1 PRESENÇA NACIONAL 2 2 1 720 escolas associadas no Ensino Básico

Leia mais

COMUNICADO AO MERCADO

COMUNICADO AO MERCADO VALE FERTILIZANTES COMUNICADO AO MERCADO VALE FERTILIZANTES S.A. Uberaba, 24 de março de 2011. A Vale Fertilizantes S.A. ( Companhia ) disponibiliza a seus acionistas, investidores e ao mercado, a complementação

Leia mais

ANÁLISE FINANCEIRA E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 2012 ---

ANÁLISE FINANCEIRA E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 2012 --- ANÁLISE FINANCEIRA E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 2012 --- SUMÁRIO Análise Financeira 04 Resumo Econômico-Financeiro 06 Resultados s 07 Resultado por Área de Negócio 08 Demonstração do Valor Adicionado 08 Liquidez

Leia mais

SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Indicadores CNI ISSN 2317-7322 Ano 7 Número 3 março de SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Condições financeiras pioram no primeiro trimestre A indústria da construção tem sido fortemente impactada pela atual

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC REF DI LP EMPRESA 04.044.634/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC REF DI LP EMPRESA 04.044.634/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem

Leia mais

INSTITUTO COMUNITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS - ICOM

INSTITUTO COMUNITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS - ICOM INSTITUTO COMUNITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS - ICOM DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007 E PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES A BDO International é uma rede mundial

Leia mais

AVISO LEGAL. A VALID isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas.

AVISO LEGAL. A VALID isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas. APIMEC VALID 2013 AVISO LEGAL Esta apresentação pode conter declarações e informações que constituem previsões para o futuro. Tais declarações e informações prospectivas são unicamente previsões e não

Leia mais

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 2T13

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 2T13 Estar Mais Próximo do Cliente B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 2T13 RESULTADOS CONSOLIDADOS 2T13 Receita Bruta R$ 1.369,8 MILHÕES +24% Receita Líquida R$ 1.210,5 MILHÕES +22% Lucro Bruto

Leia mais

Resultados do 1T15. Contato Relações com Investidores: Felipe Enck Gonçalves Diretor Executivo de Finanças e Relações com Investidores

Resultados do 1T15. Contato Relações com Investidores: Felipe Enck Gonçalves Diretor Executivo de Finanças e Relações com Investidores Resultados do 1T15 Contato Relações com Investidores: Felipe Enck Gonçalves Diretor Executivo de Finanças e Relações com Investidores +55 (31) 3615-8400 ri@logcp.com.br www.logcp.com.br/ri A LOG COMMERCIAL

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

EBITDA Ajustado no 1T14 13,0% superior ao do 1T13

EBITDA Ajustado no 1T14 13,0% superior ao do 1T13 EBITDA Ajustado no 1T14 13,0% superior ao do 1T13 Cotação de Fechamento VLID3 R$ 34,56 Valor de Mercado R$ 1,93 bilhões Rio de Janeiro, 05 de maio de 2014 A Valid (BM&FBovespa: VLID3 - ON) anuncia hoje

Leia mais

Tabela 1 Taxa de Crescimento do Produto Interno Bruto no Brasil e em Goiás: 2011 2013 (%)

Tabela 1 Taxa de Crescimento do Produto Interno Bruto no Brasil e em Goiás: 2011 2013 (%) 1 PANORAMA ATUAL DA ECONOMIA GOIANA A Tabela 1 mostra o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e de Goiás no período compreendido entre 211 e 213. Nota-se que, percentualmente, o PIB goiano cresce relativamente

Leia mais

16 a 31 de dezembro de 2014

16 a 31 de dezembro de 2014 16 a 31 de dezembro de 2014 As principais informações da economia mundial, brasileira e baiana INTRODUÇÃO Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia Diretoria de Indicadores e Estatísticas

Leia mais

Reunião APIMEC - 3T13. dri@santosbrasil.com.br +55 11 3897-1111

Reunião APIMEC - 3T13. dri@santosbrasil.com.br +55 11 3897-1111 Reunião APIMEC - 3T13 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3897-1111 Ressalvas sobre considerações futuras As afirmações contidas neste documento quanto a perspectivas de negócios para a Santos Brasil Participações

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

Telefônica Brasil S.A. 10.05.2012. Resultados 1T12

Telefônica Brasil S.A. 10.05.2012. Resultados 1T12 10.05.2012 Resultados 1T12 Disclaimer Para fins de comparabilidade, os números do 1T11 foram elaborados de forma combinada. Desta forma, as variações anuais aqui apresentadas podem diferir i daquelas informadas

Leia mais

Diagnóstico da Convergência às Normas Internacionais IAS 8 Accounting Policies, Changes in Accounting Estimates and Errors

Diagnóstico da Convergência às Normas Internacionais IAS 8 Accounting Policies, Changes in Accounting Estimates and Errors Diagnóstico da Convergência às Normas Internacionais IAS 8 Accounting Policies, Changes in Accounting Estimates and Errors Situação: PARCIALMENTE DIVERGENTE 1. Introdução deve ser aplicado: O IAS 8 Accounting

Leia mais

Resultados 1T08 (Webcast).

Resultados 1T08 (Webcast). Resultados 1T08 (Webcast). Aviso Importante Este material foi preparado pela Odontoprev S.A. ("Companhia") e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros. Essas

Leia mais

Avaliação de Empresas Profa. Patricia Maria Bortolon

Avaliação de Empresas Profa. Patricia Maria Bortolon Avaliação de Empresas EVA E MVA Aula 11 EVA Indica a quantia em termos monetários que foi adicionada à riqueza efetiva do acionista em determinado período Diferente do lucro contábil, pois considera o

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A.

Localiza Rent a Car S.A. Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T10 R$ milhões, USGAAP Agência Aeroporto Internacional de Guarulhos São Paulo Brasil Inauguração: 11/06/2010 14 de julho de 2010 1 Destaques 2T10 R$ milhões 2T09 2T10

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

Elekeiroz S.A. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2015

Elekeiroz S.A. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2015 Elekeiroz S.. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2015 Balanço patrimonial 31 de dezembro de 2015 31 de dezembro de 2014 Passivo

Leia mais

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009.

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. 1 DRE PRO-FORMA Com objetivo de haver comparabilidade na análise de resultados, os comentários de

Leia mais

EXAME DE SUFICIÊNCIA - 01/2000 I - CONTABILIDADE GERAL

EXAME DE SUFICIÊNCIA - 01/2000 I - CONTABILIDADE GERAL EXAME DE SUFICIÊNCIA - 01/2000 I - CONTABILIDADE GERAL 1 - Podemos considerar como fato permutativo a transação: a) compra de galpão para a fábrica. b) venda de mercadoria a prazo. c) pagamento de salários

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13)

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13) LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

CENÁRIO ECONÔMICO PLANO UNIFICADO 2º TRI/2015

CENÁRIO ECONÔMICO PLANO UNIFICADO 2º TRI/2015 CENÁRIO ECONÔMICO PLANO UNIFICADO 2º TRIMESTRE DE 2015 1 CENÁRIO ECONÔMICO O segundo trimestre do ano de 2015 demonstrou uma aceleração da deterioração dos fatores macroeconômicos no Brasil, com aumento

Leia mais

Apresentação de Resultados do 3T07 7 de novembro de 2007

Apresentação de Resultados do 3T07 7 de novembro de 2007 Apresentação de Resultados do 3T07 7 de novembro de 2007 Destaques 3T07 Lucro líquido de R$45,5 milhões Resultados consolidados Companhia de menor custo no mercado (CASK consolidado = R$14,2 centavos /

Leia mais

Mudanças nos Preços Relativos

Mudanças nos Preços Relativos Mudanças nos Preços Relativos Tabela 1 Variação acumulada do IPCA: eiro/ junho/ Discriminação Brasil Belém 1/ Nordeste Sudeste Sul Centro- Gráfico 1 - Alteração no peso do IPCA por segmento de consumo:

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O EBITIDA PARA COLOCÁ-LO NO SEU DEVIDO LUGAR

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O EBITIDA PARA COLOCÁ-LO NO SEU DEVIDO LUGAR TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O EBITIDA PARA COLOCÁ-LO NO SEU DEVIDO LUGAR! O que é o EBITIDA! Quais os limites para sua utilização! Sua aderência com o fluxo de caixa! Como calcular o EBITIDA corretamente

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013 . São Paulo, 06 de agosto de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

Este documento pode conter projeções, declarações e estimativas a respeito de circunstâncias ou eventos ainda não ocorridos.

Este documento pode conter projeções, declarações e estimativas a respeito de circunstâncias ou eventos ainda não ocorridos. Declaração de Projeções Este documento pode conter projeções, declarações e estimativas a respeito de circunstâncias ou eventos ainda não ocorridos. Estas projeções e estimativas têm embasamento, em grande

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T12 e 2012

Divulgação de Resultados do 4T12 e 2012 Divulgação de Resultados do 4T12 e 2012 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011, têm como base os números preliminares preparados

Leia mais

Conference Call. Resultado do 2T15. Márcio Utsch CEO Fabio Leite de Souza CFO 10/08/2015

Conference Call. Resultado do 2T15. Márcio Utsch CEO Fabio Leite de Souza CFO 10/08/2015 Conference Call Resultado do 2T15 Márcio Utsch CEO Fabio Leite de Souza CFO 10/08/2015 Márcio Utsch CEO Destaques das marcas Resultado consolidado 2 Destaques das marcas Havaianas Lançamento da coleção

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Primeiro Trimestre de 2008

Confab Anuncia Resultados para o Primeiro Trimestre de 2008 Confab Anuncia Resultados para o Primeiro Trimestre de 2008 São Paulo, 30 de abril de 2008. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes ao primeiro

Leia mais

1T16 - Release dos resultados do 1º Trimestre de 2016

1T16 - Release dos resultados do 1º Trimestre de 2016 Destaques Financeiros e Operacionais A taxa de ocupação da Rede de Hotéis Othon manteve o víeis de queda, caindo para 66,0% no 1T16, 4,8 pontos percentuais abaixo de igual período do ano anterior (70,8%).

Leia mais

Lumina Resíduos Industriais S.A. Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2010

Lumina Resíduos Industriais S.A. Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2010 Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras em de 2010 Balanços patrimoniais Em milhares de reais Ativo Nota explicativa 31 de dezembro de 2010 31 de dezembro 1º de janeiro

Leia mais

Bem-estar, desigualdade e pobreza

Bem-estar, desigualdade e pobreza 97 Rafael Guerreiro Osório Desigualdade e Pobreza Bem-estar, desigualdade e pobreza em 12 países da América Latina Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, El Salvador, México, Paraguai, Peru,

Leia mais

Safra Títulos Públicos DI - Fundo de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2004

Safra Títulos Públicos DI - Fundo de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2004 Safra Títulos Públicos DI - Fundo de Investimento Financeiro Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2004 e de 2003 e parecer de auditores independentes Demonstração da composição e diversificação

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

CESTA BÁSICA DE CASCA REGISTRA AUMENTO DE 2,65% NO MÊS DE MARÇO

CESTA BÁSICA DE CASCA REGISTRA AUMENTO DE 2,65% NO MÊS DE MARÇO ANO 20 Nº 209 ABRIL/2016 Publicação Mensal do Centro de Pesquisa e Extensão da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - CEPEAC Guilherme Mondin dos Santos (Estagiário CEPEAC/UPF);

Leia mais

2 OPERAÇÕES CONTÁBEIS

2 OPERAÇÕES CONTÁBEIS 2 OPERAÇÕES CONTÁBEIS Este capítulo apresenta ao aluno a parte aplicada da Ciência Contábil especificamente ao registro contábil dos eventos patrimoniais, e alguns problemas específicos como Controle e

Leia mais

ROSSI RESIDENCIAL S. A. COMENTÁRIOS SOBRE O DESEMPENHO CONSOLIDADO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2.003

ROSSI RESIDENCIAL S. A. COMENTÁRIOS SOBRE O DESEMPENHO CONSOLIDADO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2.003 ROSSI RESIDENCIAL S. A. COMENTÁRIOS SOBRE O DESEMPENHO CONSOLIDADO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2.003 PRODUTOS, LANÇAMENTOS E PERFORMANCE COMERCIAL: Durante o primeiro trimestre de 2003, a Rossi Residencial

Leia mais

ORIENTAÇÕES (2014/647/UE)

ORIENTAÇÕES (2014/647/UE) 6.9.2014 L 267/9 ORIENTAÇÕES ORIENTAÇÃO DO BANCO CENTRAL EUROPEU de 3 de junho de 2014 que altera a Orientação BCE/2013/23 relativa às estatísticas das finanças públicas (BCE/2014/21) (2014/647/UE) A COMISSÃO

Leia mais

Estácio Registra Crescimento de 166% no Lucro Líquido Ajustado EBITDA ajustado aos impostos cresceu R$ 17,2 milhões

Estácio Registra Crescimento de 166% no Lucro Líquido Ajustado EBITDA ajustado aos impostos cresceu R$ 17,2 milhões 2T07 Estácio Registra Crescimento de 166% no Lucro Líquido Ajustado EBITDA ajustado aos impostos cresceu R$ 17,2 milhões Rio de Janeiro, de 2007 A Estácio Participações (BOVESPA: ESTC11), maior organização

Leia mais

Fundo de Investimento em Ações - FIA

Fundo de Investimento em Ações - FIA Renda Variável Fundo de Investimento em Ações - FIA Fundo de Investimento em Ações O produto O Fundo de Investimento em Ações (FIA) é um investimento em renda variável que tem como principal fator de risco

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01047-2 SARAIVA SA LIVREIROS EDITORES 60.500.139/0001-26. Av. Marquês De São Vicente Nº 1697

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01047-2 SARAIVA SA LIVREIROS EDITORES 60.500.139/0001-26. Av. Marquês De São Vicente Nº 1697 ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 30/09/2000 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2013 . São Paulo, 31 de outubro de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 4T15 e 2015

Teleconferência de Resultados do 4T15 e 2015 Teleconferência de Resultados do 4T15 e 2015 17 / 02 / 2016 1 Destaques & Portfólio Destaques do 4T15 e 2015 BR Properties registra EBITDA Ajustado de R$ 614 milhões com margem de 86% em 2015 No mês de

Leia mais

Sondagem do Setor de Serviços

Sondagem do Setor de Serviços Sondagem do Setor de Serviços % Setor 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Agropecuária 5,9 4,9 4,7 4,8 5,0 5,2 Indústria 25,8 25,1 24,7 23,9 23,3 21,8 Serviços 54,1 55,8 56,5 57,3 56,8 58,9 Impostos líquidos

Leia mais

BAlANçoS PAtRIMoNIAIS EM 31 DE DEzEMBRo DE 2012 E 2011 (Em milhares de reais) Reclassifi cado

BAlANçoS PAtRIMoNIAIS EM 31 DE DEzEMBRo DE 2012 E 2011 (Em milhares de reais) Reclassifi cado COMPANHIA ESPÍRITO SANTENSE DE SANEAMENTO - CESAN CNPJ: 28.151.363/0001-47 Em conformidade com as disposições legais e estatutárias, a Companhia Espírito Santense de Saneamento CESAN apresenta as Demonstrações

Leia mais

Resultados 2T15. EBITDA Ajustado recorde de R$ 3,3 bilhões nos últimos 12 meses findos em junho de 2015. Destaques do 2T15

Resultados 2T15. EBITDA Ajustado recorde de R$ 3,3 bilhões nos últimos 12 meses findos em junho de 2015. Destaques do 2T15 Resultados 2T15 São Paulo, 12 de agosto de 2015. Suzano Papel e Celulose (Bovespa: SUZB5), uma das maiores produtoras integradas de celulose e papel da América Latina, anuncia hoje os resultados consolidados

Leia mais

3T14 CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA

3T14 CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA São Paulo, 6 de novembro de 2014. A Linx S.A. (BOVESPA: LINX3; Bloomberg: LINX3:BZ e Reuters: LINX3.SA), líder em tecnologia de gestão empresarial para

Leia mais

2º Expertise Day. SulAmérica Investimentos

2º Expertise Day. SulAmérica Investimentos 2º Expertise Day SulAmérica Investimentos O que fazemos? Equipamentos Sistemas de Gestão Serviços e Meios de Pagamento Soluções em Tecnologia para Varejo e Hotelaria 2 Onde Estamos EUA (Bathpage):. Fábrica

Leia mais

LUCRO LÍQUIDO ATINGE R$3,5 BILHÕES EM 2015 E VOLUME FINANCEIRO CRESCE 5,9% NO ANO

LUCRO LÍQUIDO ATINGE R$3,5 BILHÕES EM 2015 E VOLUME FINANCEIRO CRESCE 5,9% NO ANO LUCRO LÍQUIDO ATINGE R$3,5 BILHÕES EM 2015 E VOLUME FINANCEIRO CRESCE 5,9% NO ANO Barueri, 01 de Fevereiro de 2016 A Cielo S.A. (BM&FBOVESPA: CIEL3 / OTCQX: CIOXY) anuncia hoje seus resultados do quarto

Leia mais