Formulário de Solicitação de Habilitação de Centro de Equivalência Farmacêutica

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Formulário de Solicitação de Habilitação de Centro de Equivalência Farmacêutica"

Transcrição

1 Formulário de Solicitação de Habilitação de Centro de Equivalência Farmacêutica Coordenação de Equivalência Farmacêutica (CEFAR/GTFAR/GGMED/Anvisa) Brasília, de de 201

2 Formulário de Solicitação de Habilitação de Centro de Equivalência Farmacêutica I - Dados Cadastrais do Centro a ser Habilitado 01 Razão Social 02 Sigla (se houver) 03 CNPJ 04 Endereço 05 Cidade 06 U.F. 07 CEP 08 Telefone 09 Fax Tipo de organização Pública* Particular Independente** Particular Empresa*** * Pública: ligado a laboratórios farmacêuticos oficiais ou universidades federais e estaduais. ** Particular independente: particular não ligado a laboratório farmacêutico. *** Particular empresa: particular ligado a laboratório farmacêutico e, por essa razão, é habilitado para a realização de estudos apenas para os seus próprios produtos. II - Responsável Técnico* 12 Nome 13 Graduação 14 Ano de Conclusão Farmácia 15 CRF/ Número de inscrição no Conselho Regional de Farmácia (CRF) da jurisdição em que se localiza o Centro a ser Habilitado nº. 16 Pós-Graduação** 17 Ano de Conclusão** Página 2 de 9

3 18 Experiências profissionais direcionadas à área de atuação do Centro a ser habilitado / Local / Período / / * O Responsável Técnico deve ser graduado em Farmácia e devidamente registrado no Conselho Regional de Farmácia (CRF) na jurisdição em que se localiza o Centro a ser Habilitado, com capacitação e experiência na área. Seu substituto deve apresentar os mesmos requisitos. ** Os campos devem ser preenchidos com qualquer tipo de pós-graduação concluída ou em andamento, como especialização, mestrado, doutorado, MBA e outros. 19 Nome III - Responsável Técnico Substituto* 20 Graduação 21 Ano de Conclusão Farmácia 22 CRF/ Número de inscrição no Conselho Regional de Farmácia (CRF) da jurisdição em que se localiza o Centro a ser Habilitado nº. 23 Pós-Graduação** 24 Ano de Conclusão** 25 Experiências profissionais direcionadas à área de atuação do Centro a ser Habilitado / Local / Período / / * O Responsável Técnico Substituto deve ser graduado em Farmácia e devidamente registrado no Conselho Regional de Farmácia (CRF) na jurisdição em que se localiza o Centro a ser Habilitado, com capacitação e experiência na área. ** Os campos devem ser preenchidos com qualquer tipo de pós-graduação concluída ou em andamento, como especialização, mestrado, doutorado, MBA e outros. 26 Nome IV - Responsável da Qualidade* 27 Graduação 28 Ano de Conclusão 29 Pós-Graduação** 30 Ano de Conclusão** Página 3 de 9

4 31 Experiências profissionais direcionadas à área de atuação do Centro a ser Habilitado / Local / Período / / * O Responsável da Qualidade deve ter formação em nível superior e ser responsável pela gestão do Sistema da Qualidade no Centro de Equivalência Farmacêutica, com capacitação, experiência e atribuições exclusivas a esse sistema. ** Os campos devem ser preenchidos com qualquer tipo de pós-graduação concluída ou em andamento, como especialização, mestrado, doutorado, MBA e outros. 32 Nome V Responsável da Qualidade Substituto 33 Graduação 34 Ano de Conclusão 35 Pós-Graduação** 36 Ano de Conclusão** 37 Experiências profissionais direcionadas à área de atuação do Centro a ser Habilitado / Local / Período / / * O Responsável da Qualidade Substituto deve ter formação em nível superior e ser responsável pela gestão do Sistema da Qualidade no Centro de Equivalência Farmacêutica, com capacitação, experiência e atribuições exclusivas a esse sistema. ** Os campos devem ser preenchidos com qualquer tipo de pós-graduação concluída ou em andamento, como especialização, mestrado, doutorado, MBA e outros. VI - Atuação do Centro a ser Habilitado 38 Serviço(s) requerido(s) para Habilitação Estudo de Equivalência Farmacêutica de Medicamentos Outros? Especificar: Estudo de Perfil de Dissolução Comparativo de Medicamentos 39 Solicitação de realização de estudo(s)/ensaio(s) em medicamentos da: Própria empresa 40 Escopo(s) Mínimo(s)* Outras empresas Página 4 de 9

5 Ensaios físico-químicos mínimos para as formas farmacêuticas: Sólidas Semi-sólidas Líquidas 41 Outro(s) Escopo(s)** Ensaios microbiológicos para produtos não-estéreis: contagem do número total de micro-organismos mesofílicos e pesquisa de microrganismos patogênicos (obrigatória a realização nesses dois ensaios para a habilitação nesse escopo). Ensaio microbiológico para produtos estéreis: teste de esterilidade. Ensaio microbiológico de antibióticos. Ensaios biológicos: Pirogênio. Endotoxinas bacterianas. Outros? Especificar: Incluindo: Medicamentos antineoplásicos. Ensaios de formas farmacêuticas especiais: Transdérmicos. Lipossomas. Sprays e aerossóis nasais. Inalatórios com dispositivo dosador (metered-dose inhaler MDI) Inalatórios de pós secos (dry powder inhaler DPI). Outros? Especificar: * Item obrigatório para preenchimento. Para solicitação de habilitação, o interessado deve selecionar pelo menos uma das formas farmacêuticas: sólidas, semi-sólidas ou líquidas, sendo capaz de realizar seus respectivos ensaios físico-químicos mínimos. ** Item facultativo para preenchimento. Se for de interesse, em habilitar o Centro em outros escopos, que não o físico-químico, o solicitante pode selecionar um ou mais itens. A denominação dos ensaios está de acordo com a Farmacopéia Brasileira 5ª Edição. Página 5 de 9

6 42 VII - Documentos Exigidos para Habilitação As cópias dos seguintes documentos devem ser protocolizadas via UNIAP à CEFAR/GTFAR/GGMED/Anvisa, juntamente com este Formulário de Solicitação de Habilitação preenchido. Demais documentos que a Anvisa julgar necessários serão exigidos no ato da avaliação, podendo ser solicitadas cópias para compor o processo. Alvará Sanitário ou justificativa de ausência desse documento; Licença Ambiental ou justificativa de ausência desse documento; Licença do Corpo de Bombeiros; Cópia do contrato social registrado; Cópia do CNPJ Cópia do contrato com empresa(s) responsável(is) pelo controle de pragas; Cópia do contrato com empresa(s) responsável(is) pelo gerenciamento de resíduos, como transporte, coleta, descarte e destinação final de resíduos; Cópia do(s) documento(s) relacionado(s) ao controle médico e saúde ocupacional e do programa de prevenção de riscos ambientais, ou cópia dos programas relacionados aos assuntos; Termos de Responsabilidades dos Anexos I e II, assinados pelo responsável legal do Centro a ser habilitado Organograma completo do Centro a ser habilitado; Cópia do Manual da Qualidade; Lista Mestra de Equipamentos/Instrumentos, informando o equipamento/instrumento, marca/modelo, identificação do equipamento/instrumento (TAG), número do certificado de calibração, data da calibração/qualificação; Lista Mestra de Procedimentos Operacionais Padrão relacionados a: sistema da qualidade; Resolução-RDC nº. 31/2010; Notas Técnicas e Informes disponibilizados no Portal da Anvisa; técnicos; biossegurança; laboratório(s) físico-químico, microbiológico ou biológico; ensaios a serem habilitados; uso, limpeza, manutenção, calibração, qualificação, verificação do(s) equipamento(s)/instrumento(s); informando o código do procedimento, data de aprovação e data de registro de treinamento dos funcionários envolvidos; Planta baixa do Centro a ser habilitado, indicando: nomenclatura e localização das salas e laboratórios; equipamentos neles instalados; e fluxo de pessoas, materiais e amostras; Cargo e formação acadêmica dos funcionários envolvidos com as atividades do(s) laboratório(s) existente(s) no Centro a ser habilitado; Cópia do curriculum vitae do Responsável Técnico, Responsável Técnico Substituto e Responsável da Qualidade; Página 6 de 9

7 Cópia da carteira profissional e declaração de regularidade ou, quando aplicável, comprovação de assunção de responsabilidade técnica, todas emitidas pelo Conselho Regional de Farmácia da jurisdição onde se localiza o Centro a ser habilitado, tanto do Responsável Técnico titular, quanto do Responsável Técnico Substituto; Cronograma de capacitação dos funcionários envolvidos com as atividades do(s) laboratório(s) existente(s) no Centro a ser habilitado para o ano vigente. VIII - Assinaturas 43 Nome/Cargo Assinatura Data Página 7 de 9

8 Anexo I Termo de Responsabilidade Controle médico e saúde ocupacional Eu, nome, inscrito no CPF nº.(xxxxxxx) e no RG nº. XXXXXXX, responsável legal pelo(a) razão social do Centro a ser habilitado, inscrito no CNPJ nº. XXXXXXX, mediante este instrumento, declaro responsabilizar-me em garantir a elaboração e efetiva implementação de programas, planos ou procedimentos relacionados ao controle médico e saúde ocupacional dos empregados dessa empresa, conforme legislações específicas, bem como zelar por suas eficácias, com o objetivo de prevenção, rastreamento e diagnóstico precoce dos agravos à saúde relacionados ao trabalho, inclusive de natureza subclínica, além da constatação da existência de casos de doenças profissionais ou danos irreversíveis à saúde dos trabalhadores, por meio de exames médicos admissionais, periódicos e demissionais, vacinações, e outros mecanismos, conforme legislação específica. (localidade), (dias) de (mês) de (ano). (assinatura) Página 8 de 9

9 Anexo II Termo de Responsabilidade Prevenção de riscos ambientais Eu, nome, inscrito no CPF nº.(xxxxxxx) e no RG nº. XXXXXXX, responsável legal pelo(a) razão social do Centro a ser habilitado, inscrito no CNPJ nº. XXXXXXX, mediante este instrumento, declaro responsabilizar-me em garantir a elaboração e efetiva implementação de programas, planos ou procedimentos relacionados à prevenção de riscos ambientais, conforme legislações específicas, bem como zelar por suas eficácias, visando à preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, por meio da antecipação, reconhecimento, avaliação e conseqüente controle da ocorrência de riscos ambientais (agentes físicos, químicos e biológicos) existentes nos ambientes de trabalho que, em função de sua natureza, concentração ou intensidade e tempo de exposição, são capazes de causar danos à saúde do trabalhador, tendo em consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais. (localidade), (dias) de (mês) de (ano). (assinatura) Página 9 de 9

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br. Consulta Pública n 95, de 09 de outubro de 2014 D.O.U de 10/10/2014

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br. Consulta Pública n 95, de 09 de outubro de 2014 D.O.U de 10/10/2014 Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Consulta Pública n 95, de 09 de outubro de 2014 D.O.U de 10/10/2014 A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso

Leia mais

EDITAL Nº. 03/2014 Projeto de Extensão Tentáculos Cursinho PRÉ- VESTIBULAR/PROEX/UFGD

EDITAL Nº. 03/2014 Projeto de Extensão Tentáculos Cursinho PRÉ- VESTIBULAR/PROEX/UFGD EDITAL Nº. 03/2014 Projeto de Extensão Tentáculos Cursinho PRÉ- VESTIBULAR/PROEX/UFGD O Projeto de Extensão Tentáculos Cursinho Pré-Vestibular, TORNA PÚBLICA A ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional CONSULTOR SÊNIOR Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo

Leia mais

Os 1 Item(ns) da lista de documentos que não foram cumprido(s):

Os 1 Item(ns) da lista de documentos que não foram cumprido(s): Agência Nacional de Vigilância Sanitária Unidade de Atendimento e Protocolo - UNIAP Listagem de Encaminhamento de Documentação em Caráter Precário Data: 14.11.05 EMPRESA: ANCHIETA INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA SDA/SDC/ANVISA/IBAMA Nº 1, DE 24 DE MAIO DE 2011.

INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA SDA/SDC/ANVISA/IBAMA Nº 1, DE 24 DE MAIO DE 2011. INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA SDA/SDC/ANVISA/IBAMA Nº 1, DE 24 DE MAIO DE 2011. O SECRETÁRIO DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA, o SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

RDC Nº 48, DE 25 DE OUTUBRO DE 2013

RDC Nº 48, DE 25 DE OUTUBRO DE 2013 RDC Nº 48, DE 25 DE OUTUBRO DE 2013 ITEM 10 DOCUMENTAÇÕES E REGISTROS Palestrante: Carlos Cezar Martins RDC Nº 48, DE 25 DE OUTUBRO Carlos Cezar Martins DE 2013 Farmacêutico com especialização em Qualidade

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PO.GRH.01 01 1/9 1. OBJETIVO Descrever e fornecer informações quanto às atribuições, responsabilidades e pré-requisitos que constituem as funções da organização, e o levantamento da necessidade e realização

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2013 Projeto de Extensão Tentáculos Cursinho Pré- Vestibular/PROEX/UFGD

EDITAL Nº. 01/2013 Projeto de Extensão Tentáculos Cursinho Pré- Vestibular/PROEX/UFGD EDITAL Nº. 01/2013 Projeto de Extensão Tentáculos Cursinho Pré- Vestibular/PROEX/UFGD A Coordenação do Projeto de Extensão Tentáculos Cursinho Pré- Vestibular/PROEX/UFGD, no uso das atribuições legais,

Leia mais

PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional).

PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional). PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional). PCMSO O PCMSOé definido e regulamentado pela Norma Regulamentadora nº 7, contida na Portaria 3214, de 8 de Junho de 1978, do Ministério do Trabalho

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2014 Projeto de Extensão Centro de Línguas da Universidade Federal da Grande Dourados

EDITAL Nº. 01/2014 Projeto de Extensão Centro de Línguas da Universidade Federal da Grande Dourados EDITAL Nº. 01/2014 Projeto de Extensão Centro de Línguas da Universidade Federal da Grande Dourados A Coordenação do Projeto de Extensão Centro de Línguas da Universidade Federal da Grande Dourados, no

Leia mais

Número total de vagas 40

Número total de vagas 40 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI EDITAL 07/ 28/10/2015 O Instituto Federal de Educação,

Leia mais

EDITAL 2011. Processo de Seleção para o Curso de Especialização em Defesa Social, Cidadania e Gestão da Informação

EDITAL 2011. Processo de Seleção para o Curso de Especialização em Defesa Social, Cidadania e Gestão da Informação INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO PARÁ EDITAL 2011 Processo de Seleção para o Curso de Especialização em Defesa Social,

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC)

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) Todos os empreendimentos da área da construção civil, em operação ou a serem implantados, geradores de qualquer

Leia mais

EDITAL PF no. 008/2015 CONVOCAÇÃO DE INTERESSADOS À SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA TÉCNICA ESPECIALIZADA PESSOA FÍSICA

EDITAL PF no. 008/2015 CONVOCAÇÃO DE INTERESSADOS À SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA TÉCNICA ESPECIALIZADA PESSOA FÍSICA EDITAL PF no. 008/2015 CONVOCAÇÃO DE INTERESSADOS À SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA TÉCNICA ESPECIALIZADA PESSOA FÍSICA O CONASS: O Conselho Nacional de Secretários de Saúde é uma entidade

Leia mais

Chamada para a Seleção Pública do Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Desenvolvimento

Chamada para a Seleção Pública do Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Desenvolvimento 1 Chamada para a Seleção Pública do Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Desenvolvimento O Coordenador Acadêmico de Pós-Graduação do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA, no uso de

Leia mais

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA EMISSÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO. Área de Medicamentos e Produtos de Interesse à Saúde (AMPIS)

DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA EMISSÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO. Área de Medicamentos e Produtos de Interesse à Saúde (AMPIS) 1 DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA EMISSÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO Área de Medicamentos e Produtos de Interesse à Saúde (AMPIS) DROGARIAS (CONFORME LEI FEDERAL 5991/73, RESOLUÇÃO RDC ANVISA 44/09 E OUTRAS PERTINENTES)

Leia mais

NORMA DE OUTORGA. Assunto: Instrução Documental para Requerimentos de Outorga INTERVENÇÕES E OBRAS

NORMA DE OUTORGA. Assunto: Instrução Documental para Requerimentos de Outorga INTERVENÇÕES E OBRAS Dezembro de 2010 1/... A seguir serão descritos os documentos necessários para abertura de processos administrativos de Outorga para Intervenções e Obras. Cabe salientar que o AGUASPARANÁ a seu critério

Leia mais

Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários. 11º Edital EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS DE EXTENSÃO

Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários. 11º Edital EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS DE EXTENSÃO Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários 11º Edital EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS DE EXTENSÃO A Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade Castelo Branco, faz saber

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO INTEGRADO DE DESIGN E ENGENHARIA DE PRODUTO - LIDEP

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO INTEGRADO DE DESIGN E ENGENHARIA DE PRODUTO - LIDEP REGULAMENTO DO LABORATÓRIO INTEGRADO DE DESIGN E ENGENHARIA DE PRODUTO - LIDEP A Coordenadora da Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros FACIT, no uso de suas atribuições regimentais, considerando

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES

ABERTURA DE INSCRIÇÕES ABERTURA DE INSCRIÇÕES SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA A TURMA DE 2015 DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM EM ESTOMATERAPIA: ESTOMIAS, FERIDAS E INCONTINÊNCIAS A FACISA em no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br. Consulta Pública n 05, de 28 de janeiro de 2015 D.O.U de 29/01/2015

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br. Consulta Pública n 05, de 28 de janeiro de 2015 D.O.U de 29/01/2015 Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Consulta Pública n 05, de 28 de janeiro de 2015 D.O.U de 29/01/2015 A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso

Leia mais

Anexo C. Cursos de Especialização/ Estágios em Cardiologia Normas para Credenciamento pela Sociedade Brasileira de Cardiologia

Anexo C. Cursos de Especialização/ Estágios em Cardiologia Normas para Credenciamento pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Anexo C Cursos de Especialização/ Estágios em Cardiologia Normas para Credenciamento pela Sociedade Brasileira de Cardiologia O Curso de Especialização/ Estágios em Cardiologia constitui modalidade do

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE DOCENTES PARA O ENSINO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE DOCENTES PARA O ENSINO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE DOCENTES PARA O ENSINO SUPERIOR EDITAL Nº 001/2015 A Faculdade do Vale do Araranguá, pessoa jurídica de direito privado, no uso de suas

Leia mais

Estabelece os requisitos mínimos e o termo de referência para realização de auditorias ambientais.

Estabelece os requisitos mínimos e o termo de referência para realização de auditorias ambientais. RESOLUÇÃO Nº 306, DE 5 DE JULHO DE 2002 Estabelece os requisitos mínimos e o termo de referência para realização de auditorias ambientais. O CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA, no uso das competências

Leia mais

Atualizada.: 25/07/2013 4 MÉDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 G- DISTRIBUIDORAS

Atualizada.: 25/07/2013 4 MÉDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 G- DISTRIBUIDORAS 4 MÉDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 G- DISTRIBUIDORAS Drogarias; Ervanária, posto de medicamento, dispensário de medicamentos; Distribuidora com fracionamento de cosmético, perfume, produtos de higiene; Distribuidora

Leia mais

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Turma 2010

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Turma 2010 Faculdade de Tecnologia SENAI SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Turma 2010 A Faculdade de Tecnologia

Leia mais

EDITAL No. 3/2014 CURSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA APERFEIÇOAMENTO ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E INCLUSÃO SOCIAL MODALIDADE SEMI-PRESENCIAL

EDITAL No. 3/2014 CURSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA APERFEIÇOAMENTO ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS E INCLUSÃO SOCIAL MODALIDADE SEMI-PRESENCIAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO REDE NACIONAL DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GEANDE DO SUL (UFRGS) CENTRO DE FORMAÇÃO CONTINUADA

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC-DF

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC-DF FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC-DF EDITAL DE CHAMADA 01/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA CURSOS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS, GESTÃO COMERCIAL, GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, MARKETING E ANÁLISE

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALTOS - PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTOS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO-SEMED CNPJ Nº. 06.554.794/0005-45. EDITAL n.º.

MUNICÍPIO DE ALTOS - PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTOS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO-SEMED CNPJ Nº. 06.554.794/0005-45. EDITAL n.º. EDITAL n.º. 002 / 2015 O Secretário Municipal de Educação de Altos-PI, no uso de suas atribuições legais, torna público para conhecimento dos interessados que estão abertas as inscrições para o processo

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. PORTARIA N.º 453, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2014 (DOU de 1º/12/2014 Seção I Pág. 98)

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. PORTARIA N.º 453, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2014 (DOU de 1º/12/2014 Seção I Pág. 98) MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO PORTARIA N.º 453, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2014 (DOU de 1º/12/2014 Seção I Pág. 98) Estabelece procedimentos para o credenciamento de laboratórios pelo Ministério do Trabalho

Leia mais

SECRETARIA DE SAÚDE MUNICIPAL DE SAÚDE ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI

SECRETARIA DE SAÚDE MUNICIPAL DE SAÚDE ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI SECRETARIA DE SAÚDE MUNICIPAL DE SAÚDE ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES BOLSISTAS DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PELO TRABALHO

Leia mais

EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA INDUSTRIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL.

EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA INDUSTRIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL. EDITAL 01/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE EM ENGENHARIA INDUSTRIAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL. A Universidade Federal do Pará, através da Coordenação do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA. EDITAL Nº 16, de 04 de maio de 2015.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA. EDITAL Nº 16, de 04 de maio de 2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA,Câmpus Santa Rosa EDITAL Nº 16, de 04 de maio de 2015. EDITAL DE DIVULGAÇÃO DO CURSO DE BOAS

Leia mais

Número total de vagas 20

Número total de vagas 20 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI EDITAL 12/2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA EDITAL Nº 075/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA DO CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS - CAMPUS PINHAIS Dispõe

Leia mais

Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Banco de Tecidos Salvador Arena

Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Banco de Tecidos Salvador Arena Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo BANCO DE TECIDOS MÚSCULO-ESQUELÉTICOS Nº SNT 35205 SP 17 CC. 010062310 INFORMAÇÕES PARA CREDENCIAMENTO DE EQUIPES PARA TRANSPLANTE DE TECIDO OSTEO-CONDRO-FÁCIO-LIGAMENTOSO

Leia mais

FACULDADE DE COLIDER Curso :XXXXXXX, bacharelado.

FACULDADE DE COLIDER Curso :XXXXXXX, bacharelado. PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Protocolo nº / Fls Data: / / Funcionário: TÍTULO DO PROJETO: GESTOR (Coordenador/ Responsável pelo Projeto): INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE COLIDER - FACIDER CURSO: ÁREA: SUBÁREA:

Leia mais

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1. INTRODUÇÃO Este documento contém a descrição dos procedimentos e critérios a serem adotados para avaliação, julgamento e classificação das propostas das licitantes

Leia mais

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC)

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC) Golden Fone (SAC) 0800-728-2001 (Capitais e Interior) Central Técnica 4004-2001 (Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Luís) 0800-729-2001

Leia mais

Parágrafo único. O prazo de validade do CA objeto de pedido de alteração será o mesmo do CA anteriormente concedido.

Parágrafo único. O prazo de validade do CA objeto de pedido de alteração será o mesmo do CA anteriormente concedido. MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA N.º 162, DE 12 DE MAIO DE 2006 (DOU de 16/05/06 Seção 1) Estabelece procedimentos para o cadastro de empresas e para a emissão

Leia mais

OBSERVATÓRIO NACIONAL ON COORDENAÇÃO DE GEOFÍSICA COGE PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL PCI/MCTI CHAMADA 01/2013

OBSERVATÓRIO NACIONAL ON COORDENAÇÃO DE GEOFÍSICA COGE PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL PCI/MCTI CHAMADA 01/2013 OBSERVATÓRIO NACIONAL ON COORDENAÇÃO DE GEOFÍSICA COGE PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL PCI/MCTI CHAMADA 01/2013 A Coordenação de Geofísica (COGE) do Observatório Nacional torna pública a abertura

Leia mais

Anexo II INFORME PRÉVIO. FRACIONADORA DE insumos farmacêuticos. Nome da Empresa /RS, 20

Anexo II INFORME PRÉVIO. FRACIONADORA DE insumos farmacêuticos. Nome da Empresa /RS, 20 Anexo II INFORME PRÉVIO FRACIONADORA DE insumos farmacêuticos Nome da Empresa /RS, 20 NOTA: 1. Para fins de inspeção para verificação de cumprimento de boas práticas de fracionamento é imprescindível que

Leia mais

PORTARIA Nº 038/2008-AGED/MA DE 03 DE MARÇO DE 2008.

PORTARIA Nº 038/2008-AGED/MA DE 03 DE MARÇO DE 2008. ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÀRIA E DESENVOLVIMENTO RURAL AGÊNCIA ESTADUAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO MARANHÃO PORTARIA Nº 038/2008-AGED/MA DE 03 DE MARÇO DE 2008. O DIRETOR

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos a distância

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos a distância Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos a distância A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis, informa

Leia mais

EDITAL N. 03/2014 Coordenação de Pesquisa e Iniciação Científica PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

EDITAL N. 03/2014 Coordenação de Pesquisa e Iniciação Científica PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL N. 03/2014 Coordenação de Pesquisa e Iniciação Científica PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA De forma a atender o que preconiza a RESOLUÇÃO Nº. 13/2012 CEPE, a Coordenação de Pesquisa e Iniciação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM ÁREA PROFISSIONAL DE SAÚDE EM FISIOTERAPIA. EDITAL Nº 012/2015 COREMU

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM ÁREA PROFISSIONAL DE SAÚDE EM FISIOTERAPIA. EDITAL Nº 012/2015 COREMU UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM ÁREA PROFISSIONAL DE SAÚDE EM FISIOTERAPIA. EDITAL Nº 012/2015 COREMU PUBLICA A RELAÇÃO DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A MATRÍCULA

Leia mais

EDITAL Nº 01 - PGAGRO/FCA/UFGD, DE 26 DE MARÇO DE 2015.

EDITAL Nº 01 - PGAGRO/FCA/UFGD, DE 26 DE MARÇO DE 2015. EDITAL Nº 01 - PGAGRO/FCA/UFGD, DE 26 DE MARÇO DE 2015. O Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Federal da Grande Dourados, Prof. Dr. André Luís Duarte Goneli, no uso de

Leia mais

EDITAL N 001/2012 SELEÇÃO PARA O MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE TURMA 2013

EDITAL N 001/2012 SELEÇÃO PARA O MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE TURMA 2013 EDITAL N 001/2012 SELEÇÃO PARA O MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE TURMA 2013 A Coordenação do FAZ SABER que no período de 10 de setembro a 19 de outubro de 2012 estarão abertas as inscrições

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO PORTARIA N.º 126, DE 02 DE DEZEMBRO DE 2009 (D.O.U. de 03/12/09 - Seção 1 - Págs. 120 e

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DO CAMPUS DE RIBEIRÃO PRETO/USP.

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DO CAMPUS DE RIBEIRÃO PRETO/USP. REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DO CAMPUS DE RIBEIRÃO PRETO/USP. Alteração do Regimento Interno da CEUA aprovado na 1ª Reunião Ordinária do Conselho Gestor do Campus de Ribeirão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS EDUCACIONAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS EDUCACIONAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PROJETOS EDUCACIONAIS EDITAL Nº 001/14 PROEN/DE, de 17 de fevereiro de 2014. PROGRAMA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNO PARA O CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM GESTÃO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA- 2012

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNO PARA O CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM GESTÃO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA- 2012 Universidade Federal do Rio de Janeiro Centro de Filosofia e Ciências Humanas Faculdade de Educação Coordenação de Extensão EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNO PARA O CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM GESTÃO DE EDUCAÇÃO

Leia mais

Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011

Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011 Universidade Federal de Campina grande CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011 O Colegiado

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS

LISTA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS LISTA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS 1. MODELO DE DECLARAÇÃO DO PESQUISADOR 2. MODELO PARA

Leia mais

Edital de Empresa Júnior 2013 da UERJ. Edital de Convocação para Projeto Acadêmico de Empresa Júnior da UERJ

Edital de Empresa Júnior 2013 da UERJ. Edital de Convocação para Projeto Acadêmico de Empresa Júnior da UERJ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SR-2 Sub-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa Edital de Empresa Júnior 2013 da UERJ Edital de Convocação para Projeto Acadêmico de Empresa Júnior da UERJ A Universidade

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA SAÚDE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA SAÚDE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA EDITAL Nº 18/2015 CIPEAD/PROGRAD/UFPR CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA SAÚDE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA A Universidade Federal do Paraná (UFPR), através do Departamento de Administração

Leia mais

Documentos do Sistema de Gestão da Qualidade da Cgcre. Acreditação de Provedores de Ensaios de Proficiência

Documentos do Sistema de Gestão da Qualidade da Cgcre. Acreditação de Provedores de Ensaios de Proficiência Documentos do Sistema de Gestão da Qualidade da Cgcre Acreditação de Provedores de Ensaios de Proficiência Rio de Janeiro (RJ), 01 e 02 / 09 / 2011 Suzana Saboia de Moura Divisão de Desenvolvimento de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL nº 45/2015 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES MODALIDADE:

Leia mais

Cronograma de Atividades. Processo Seletivo Simplificado Edital 02/2015 CRONOGRAMA

Cronograma de Atividades. Processo Seletivo Simplificado Edital 02/2015 CRONOGRAMA Cronograma de Atividades Processo Seletivo Simplificado Edital 02/2015 ATIVIDADE CRONOGRAMA DATAS Publicação de Extrato de Abertura de Inscrições 09 de janeiro de 2015 Período de Inscrições, Entrega de

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Gestão Aplicada a SST Segurança e Saúde do Trabalho ACI

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Gestão Aplicada a SST Segurança e Saúde do Trabalho ACI FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Gestão Aplicada a SST Segurança e Saúde do Trabalho ACI COMPETÊNCIAS QUE TRABALHAREMOS NESTA AULA Compreender a importância do PCMSO como instrumento

Leia mais

CAPÍTULO I Seção I Da Exigência e do Uso da PTV

CAPÍTULO I Seção I Da Exigência e do Uso da PTV INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 37, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2006 (Revogada pela IN 54, de 04/Dez/2007) O MINISTRO DE ESTADO, INTERINO, DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe confere

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - PIBID-2012-UMESP (METODISTA)

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - PIBID-2012-UMESP (METODISTA) UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO PRÓ-REITORIA DE PÓS- GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - PIBID-2012-UMESP (METODISTA) EDITAL 01/2013

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFT N O 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO UFT

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFT N O 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO UFT Universidade Federal do Tocantins Campus Universitário de Araguaína Curso de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física UFT EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFT N O 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO

Leia mais

1. PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAEC

1. PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAEC 1. PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAEC 1.1 Definição de Iniciação Científica A iniciação cientifica é uma atividade acadêmica que permite introduzir os discentes de graduação na pesquisa cientifica.

Leia mais

EDITAL Nº 325/2015 SELEÇÃO DE DISCENTE VOLUNTÁRIO PARA ATUAÇÃO EM PROJETOS DE EXTENSÃO

EDITAL Nº 325/2015 SELEÇÃO DE DISCENTE VOLUNTÁRIO PARA ATUAÇÃO EM PROJETOS DE EXTENSÃO COORDENADORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 325/2015 SELEÇÃO DE DISCENTE VOLUNTÁRIO PARA ATUAÇÃO EM PROJETOS DE EXTENSÃO O DIRETOR-GERAL do Câmpus VOTUPORANGA do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Atualizada.: 19/04/2012 ANEXO 1 E

Atualizada.: 19/04/2012 ANEXO 1 E COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL MEDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 E Ótica; Creches; Instituições de longa permanência para idosos; Instituições que prestem serviços de atenção a pessoas com

Leia mais

NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP

NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP 1. OBJETIVOS Apresentar as diretrizes básicas e os procedimentos institucionais necessários à realização das atividades de treinamento. 2. DEFINIÇÕES 2.1. Treinamento

Leia mais

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012 REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012 Seleção de bolsistas e voluntários para Projetos de Extensão Universitária O Reitor do

Leia mais

FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO/ENTIDADES /ORGANIZAÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO/ENTIDADES /ORGANIZAÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL FORMULÁRIO DE CADASTRAMENTO/ENTIDADES /ORGANIZAÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Denominação: Endereço: Número: Bairro: Distrito Município: CEP: Telefone: Fax: Caixa Postal Correio Eletrônico

Leia mais

ANEXO I. MODELO DE CURRICULUM VITAE (Encaminhar documentado)

ANEXO I. MODELO DE CURRICULUM VITAE (Encaminhar documentado) ANEXO I MODELO DE CURRICULUM VITAE (Encaminhar documentado) A) CADASTRO Cargo pretendido (assinale apenas um cargo): Nível Fundamental (4ª série completa): ( ) Oficial de Serviços Gerais Nível Médio: (

Leia mais

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES EDITAL 2014 Estabelece inscrições para o Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI. O Diretor Geral da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI, Prof. Clauder Ciarlini

Leia mais

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância - Turma Especial: ABIA - São Paulo

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância - Turma Especial: ABIA - São Paulo Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis SENAI EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância - Turma Especial: ABIA - São Paulo

Leia mais

EDITAL PARA O CADASTRO TECNICO MUNICIPAL DE CONSULTORES AMBIENTAIS 2015/2016

EDITAL PARA O CADASTRO TECNICO MUNICIPAL DE CONSULTORES AMBIENTAIS 2015/2016 EDITAL PARA O CADASTRO TECNICO MUNICIPAL DE CONSULTORES AMBIENTAIS 2015/2016 1. Das Disposições Gerais Considerando a exigência de realizar o licenciamento ambiental de empreendimentos e atividades utilizadoras

Leia mais

SELEÇÃO DE ESTÁGIO 2013/02

SELEÇÃO DE ESTÁGIO 2013/02 SELEÇÃO DE ESTÁGIO 2013/02 Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de estágio no Laboratório Teuto. Os interessados deverão enviar currículos até dia 04/06/13, para o e-mail seleção@teuto.com.br,

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO VIII DA ORDEM SOCIAL CAPÍTULO II DA SEGURIDADE SOCIAL Seção II Da Saúde Art. 196. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante

Leia mais

PARECER Nº 2414/2013 CRM-PR PROCESSO CONSULTA N. º 58/2012 PROTOCOLO N. º 23448/2012 ASSUNTO: ASSINATURA DE LAUDOS DE EXAMES PARECERISTA: CONS

PARECER Nº 2414/2013 CRM-PR PROCESSO CONSULTA N. º 58/2012 PROTOCOLO N. º 23448/2012 ASSUNTO: ASSINATURA DE LAUDOS DE EXAMES PARECERISTA: CONS PARECER Nº 2414/2013 CRM-PR PROCESSO CONSULTA N. º 58/2012 PROTOCOLO N. º 23448/2012 ASSUNTO: ASSINATURA DE LAUDOS DE EXAMES PARECERISTA: CONS.ª ANA MARIA SILVEIRA MACHADO DE MORAES EMENTA: Assinatura

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO KIT ALUNO ESTÁGIO PASSO A PASSO

COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO KIT ALUNO ESTÁGIO PASSO A PASSO COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO KIT ALUNO ESTÁGIO PASSO A PASSO Maceió/2014 1º PASSO: PREENCHIMENTO DO CADASTRO DO ALUNO COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS CADASTRO DO ALUNO Curso: Período que Cursa: Matrícula: Nome Completo:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE NORMAS ESPECÍFICAS DA FEA SÃO PAULO I Taxas 1. Não serão cobradas taxas nos processos seletivos dos programas de pós-graduação desta Faculdade. 2. Não será cobrada dos alunos especiais taxa de matrícula

Leia mais

Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Bases de Apoio a Empresas Transportadoras de Cargas e Resíduos - Licença de Instalação (LI) -

Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Bases de Apoio a Empresas Transportadoras de Cargas e Resíduos - Licença de Instalação (LI) - Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Bases de Apoio a Empresas Transportadoras de Cargas e Resíduos

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI em Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI em Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI em Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI em Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnologia SENAI em Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI em Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL (PRODER)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL (PRODER) 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL (PRODER) ADITIVO III AO EDITAL Nº 01/2013 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA

Leia mais

CADASTRO, TREINAMENTO E QUALIFICAÇÃO DE INSPETORES BPL

CADASTRO, TREINAMENTO E QUALIFICAÇÃO DE INSPETORES BPL CADASTRO, TREINAMENTO E QUALIFICAÇÃO DE INSPETORES BPL NORMA Nº NIE-CGCRE-039 APROVADA EM NOV/2009 Nº 01/05 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Documentos Complementares 5 Histórico

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016. 1A EDITAL Nº 04

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016. 1A EDITAL Nº 04 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016. 1A EDITAL Nº 04 João Pessoa, 2015 Sumário Edital nº 04 - Admissão de alunos para os cursos de Pós-Graduação A Devry João Pessoa, estabelecimento de ensino

Leia mais

EDITAL Nº 27/2013 1 DISPOSIÇÕES GERAIS

EDITAL Nº 27/2013 1 DISPOSIÇÕES GERAIS EDITAL Nº 27/2013 SELEÇÃO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA CIDADE DE UNIÃO DA VITÓRIA, INTERESSADOS EM PARTICIPAR COMO PESQUISADOR NO PROJETO DE PESQUISA

Leia mais

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP 1.INTRODUÇAO...... 3 2.ONDE CONSEGUIR INFORMAÇÔES?... 4 Normas USP... 4 Site EACH...4 Sistema de atendimento da Comissão de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI Edital Nº 04, de 29 de setembro de 2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM SEÇÃO CEARÁ

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM SEÇÃO CEARÁ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM SEÇÃO CEARÁ EDITAL INTERNO Nº 02/2014 MONITORIA DA 13ª JORNADA NORTE-NORDESTE DE CENTRO CIRÚRGICO E CENTRAL DE ESTERILIZAÇÃO DISPÕE SOBRE A OFERTA DE VAGAS PARA ACADÊMICOS

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS DE ADMISSÃO COMO ALUNO ESPECIAL PÓS-GRADUAÇÃO

INSTRUÇÕES GERAIS DE ADMISSÃO COMO ALUNO ESPECIAL PÓS-GRADUAÇÃO Universidade de Brasília - UnB Diretoria de Administração Acadêmica - DAA 1. Definição INSTRUÇÕES GERAIS DE ADMISSÃO COMO ALUNO ESPECIAL PÓS-GRADUAÇÃO Forma pela qual a UnB admite o ingresso de aluno interessado

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Farmácia do Estado de Santa Catarina - CRF/SC

Serviço Público Federal Conselho Regional de Farmácia do Estado de Santa Catarina - CRF/SC Serviço Público Federal Conselho Regional de Farmácia do Estado de Santa Catarina - CRF/SC Trav. Olindina Alves Pereira, 35 - Caixa Postal 472-88020-095 Fone/Fax (48) 222-4702 - Florianópolis - SC. url:

Leia mais

Brasil: Autorização de Funcionamento de Empresas Farmoquímicas

Brasil: Autorização de Funcionamento de Empresas Farmoquímicas Brasil: Autorização de Funcionamento de Empresas Farmoquímicas Portaria nº 231 de 27/12/1996 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA PORTARIA Nº 231, DE 27 DE DEZEMBRO DE 1996 O Secretário

Leia mais

Portaria nº 73, de 24 de abril de 2014.

Portaria nº 73, de 24 de abril de 2014. Portaria nº 73, de 24 de abril de 2014. O SECRETÁRIO DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições que lhe conferem o artigo 105, parágrafo único, III, da Lei Orgânica do Distrito Federal

Leia mais

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES Por determinação do Diretor Geral da FEAD, a Coordenação Pedagógica torna público aos interessados que se encontram abertas as inscrições

Leia mais

INFOMAÇÕES IMPORTANTES CATEGORIAS

INFOMAÇÕES IMPORTANTES CATEGORIAS INFOMAÇÕES IMPORTANTES CATEGORIAS Para efeito de seleção das categorias que possuem divisão de 1 o, 2 o,3 o, vigoram os seguintes paramentos abaixo listados: 1 o categoria Contrato social acima de R$ 30.000,00

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FEDERAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FEDERAL REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE QUÍMICA DA Efoa/Ceufe Resolução Nº 007/2005 pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) O presente regulamento foi elaborado tendo

Leia mais

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO - Processo Seletivo para o 2º Curso de Especialização em Gestão do Trabalho e Educação na Saúde do Programa de Pós-Graduação lato sensu Seleção 2015 Nº da Inscrição: Preenchimento

Leia mais

Instruções gerais para o preenchimento do formulário

Instruções gerais para o preenchimento do formulário Instruções gerais para o preenchimento do formulário Cada tipo de tecnologia (medicamento, produto para saúde ou procedimento) possui um formulário específico. Alguns campos poderão não aparecer dependendo

Leia mais

CNPJ: 10.482.039/0001-46

CNPJ: 10.482.039/0001-46 EDITAL FUNAEPE Nº. 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR (A) DE MATEMÁTICA PARA ATUAR NO PROJETO Tentáculos Cursinho Pré- Vestibular da UFGD A Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e

Leia mais

FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS

FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA DO PROGRAMA NACIONAL DE PÓS- DOUTORADO DA CAPES O Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 2016 PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS

EDITAL DE SELEÇÃO 2016 PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Faculdade de Ciências Farmacêuticas Câmpus de Araraquara EDITAL DE SELEÇÃO 2016 PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Estarão abertas no período de 03 a 23/11/2015 na Seção Técnica de Pós-

Leia mais