GESTÃO DO NEGÓCIO MARY KAY

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GESTÃO DO NEGÓCIO MARY KAY"

Transcrição

1 GESTÃO DO NEGÓCIO MARY KAY

2 EU ANTES DE MARY KAY

3 DIQ.

4

5 GESTÃO DO NEGÓCIO MARY KAY

6

7 COMO VENDER?

8 SABER O QUE QUER PARA DEFINIÇÃO DAS METAS PESSOAIS

9 A parte mais importante do planejamento Financeiro e do Negócio é o COMPROMETIMENTO, portanto não faça às escondidas, compartilhe seus objetivos com aqueles que fazem parte da sua vida, peça a contribuição positiva deles e combine consigo mesma seus objetivos

10 GESTÃO FINANCEIRA

11 OBJETIVO GESTÃO FINANCEIRA Guiar suas ações e aumentar os resultados financeiros do seu negócio. 1. Captar e aplicar recursos financeiros 2. Crédito e cobrança 3. Contabilidade 4. Análise e planejamento financeiro 5. Caixa 6. Contas a receber 7. Contas a pagar

12 R$ 1.000,00 de Lucro R$ 600,00 Investimento R$ Retirada Investimento REGRA 60/40 Gestão Financeira CICLO DA GESTÃO FINANCEIRA Vendas LUCRO Recebimentos Pagamentos

13

14 PLANEJAMENTO / ORÇAMENTO Quanto preciso por mês para pagar as contas? Agua Luz Financiamento casa Condomínio Combustível Alimentação Financiamento carro Lazer Escola Criança Investimento férias Plano de Saúde etc Investimento do Negócio TOTAL = R$ 5.000,00 Quanto Preciso faturar por mês, semana, dia. Valor das despesas R$ 5.000,00 Divide por 0,40 (40% desc) = Valor Bruto de Vendas R$ ,00 R$ ,00 / 4 Semana R$ 3.125,00 R$ ,00 / 24 dias/mês R$ 520,83

15 AGENDA SEMANAL META R$ 3.125,00 Mês: Horário SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SABADO DOMINGO 07:00 08:00 09:00 10:00 11:00 12:00 13:00 14:00 15:00 16:00 17:00 18:00 19:00 META 20:00 R$ 520, COISAS + IMPORTANTES

16 Uma BOA gestão financeira leva a decisões POSITIVA: Uma MÁ gestão financeira leva a decisões NEGATIVAS: *Estoque adequado *Aumento das vendas *Recebimentos *Aumento dos lucros *Falta de estoque *Redução das vendas *Inadimplência * Redução dos lucros

17 Principais questões que envolvem a qualidade da gestão financeira: 1ª Separar as contas pessoais das contas do negócio; (dica do envelope) 2ª Manter o controle sobre as contas.

18 Você sabe o que você tem no seu estoque? Guardar por ordem de validade Quais os produtos faltantes/produtos CHAVE na sua pronta entrega? VOCÊ SABE O VALOR DO SEU ESTOQUE E QUANTO CUSTA?

19 Analise os três pontos a seguir: 1 - Formas de obtenção de ganhos de uma Consultora de Beleza. SCP (5 Maneiras de vendas) Programa de Anfitriã Desenvolvimento de Clientes (2+2+2) Bônus das Iniciadas Diretas ( de 4% à 12%)

20 2 - Custos do Negócio Exemplo: Transporte, brindes das Anfitriãs, correio, telefone, amostras, reposição mostruário. 3 - Gastos Pessoais Exemplo: despesas com casa, colégio dos filhos, gastos pessoais (imagem pessoal, saúde, lazer, etc.)

21 Dicas para a sua organização financeira: Separe o dinheiro de seu negócio do dinheiro do pessoal, Não use dinheiro recebido para gastos pessoais, Os gastos com o negócio não devem superar 10% dos ganhos, Ter Capital de negócio, Usar os prêmios da Companhia e promoções da Companhia

22 Tenha suas faturas controladas e organizadas Jamais deixe de pagar a fatura do cartão ou pague somente parte dela, as altas taxas de juros inviabilizam seu lucro, seu giro e seu negócio Mary Kay. Separe os cheques de clientes por data; Tenha sempre dinheiro trocado em mãos; Não se comprometa com contas futuras; Tenha suas anotações, agenda e planilhas sempre em dia; Utilize um cartão de crédito que ofereça bonificação em milhas, assim você as usa para suas viagens Mary Kay

23 Benefícios de uma boa administração do dinheiro. Ajuda a tomar decisões futuras sobre gastos Elimina a tendência de adivinhação Identifica os gastos que podem ser reduzidos Gera autodisciplina Permiti reconhecer tendências e mudar se necessário Ajuda a progredir com maior facilidade em menos tempo

24 Regra importante. Jamais entregue o produto sem pegar dinheiro, cheque, cartão, boleto, nota promissória assinada com 3 contatos. O desgaste de cobrar alguém que não te paga é muito maior do que achar uma cliente com dinheiro disponível.

25 Decisões Financeiras: Aproveitar uma promoção para aumentar a margem de lucro; Se preparar para uma dificuldade futura; Definir suas metas; Definir o foco das próximas sessões; Definir o foco das vendas; Conhecer as necessidades de suas clientes; Aumentar o giro dos estoques;

26

obrigada pela presença Bem-vindas!

obrigada pela presença Bem-vindas! obrigada pela presença Bem-vindas! Oração da Mary Kay Ash Senhor Eu necessito ser uma vencedora, não por mim, sim por Ti. As pessoas estão me observando, sou um exemplo para elas seguirem. Senhor eu necessito

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Quem não sabe administrar tostões, não sabe administrar milhões. Atenção para estas perguntas: Você possui uma conta corrente ou poupança separada para o seu negócio? O que você

Leia mais

Com Diluz Noveli (Mahaila) 27 de Abril as 21h

Com Diluz Noveli (Mahaila) 27 de Abril as 21h ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Com Diluz Noveli (Mahaila) 27 de Abril as 21h Créditos: Diretora Senior Lígia Pamplona Quem não sabe administrar tostões, não sabe administrar milhões. Atenção para estas perguntas:

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Quem não sabe administrar tostões, não sabe administrar milhões. Atenção para estas perguntas: Como você acompanha suas vendas? Quanto você vendeu hoje? E ontem? E no mês passado?

Leia mais

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!!

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! Conhecimento gera Crescimento!! Porque você pode! 1 - Dizer SIM ao convite da Oportunidade Perfeita 2 - Ter sempre

Leia mais

Pensando como empresária. Diretora Futura Executiva Viviane Soares

Pensando como empresária. Diretora Futura Executiva Viviane Soares Pensando como empresária Diretora Futura Executiva Viviane Soares Antes de Mary Kay... Formada em Ciências Contábeis Pela Puc Minas 2006 Pós gradução em Gestão Financeira Puc Minas 2007 Atuando na área

Leia mais

VOCÊ É DO TAMANHO DOS SEUS SONHOS. Mary Kay Ash

VOCÊ É DO TAMANHO DOS SEUS SONHOS. Mary Kay Ash VOCÊ É DO TAMANHO DOS SEUS SONHOS Mary Kay Ash O que Mary Kay representa na sua vida? Mary Kay tem sido o que você esperava que fosse? Tem sido um bico? Tem sido uma carreira de sucesso? Mary Kay será

Leia mais

Lucratividade: Crescer, Sobreviver ou Morrer

Lucratividade: Crescer, Sobreviver ou Morrer Lucratividade: Crescer, Sobreviver ou Morrer Foco da Palestra Orientar e esclarecer os conceitos de Lucratividade e a importância para existência e sucesso das empresas. Proporcionar aos participantes

Leia mais

Resultados do ano de 2015

Resultados do ano de 2015 Resultados do ano de 2015 2 de março de 2016 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE GUIA DO 1 FAMILIAR GUIA DO 2 Existem várias maneiras de usar o dinheiro de forma consciente. Uma delas é definir suas necessidades e planejar todos os seus gastos levando em conta a renda disponível. Para

Leia mais

Gestão Financeira sem complicações

Gestão Financeira sem complicações Gestão Financeira sem complicações Guia prático com os passos necessários para gerenciar da forma mais eficaz o setor financeiro de sua empresa. Introdução...3...3 Dica 01: Definir um sistema de gestão

Leia mais

2 OPERAÇÕES CONTÁBEIS

2 OPERAÇÕES CONTÁBEIS 2 OPERAÇÕES CONTÁBEIS Este capítulo apresenta ao aluno a parte aplicada da Ciência Contábil especificamente ao registro contábil dos eventos patrimoniais, e alguns problemas específicos como Controle e

Leia mais

EXAME DE SUFICIÊNCIA - 01/2000 I - CONTABILIDADE GERAL

EXAME DE SUFICIÊNCIA - 01/2000 I - CONTABILIDADE GERAL EXAME DE SUFICIÊNCIA - 01/2000 I - CONTABILIDADE GERAL 1 - Podemos considerar como fato permutativo a transação: a) compra de galpão para a fábrica. b) venda de mercadoria a prazo. c) pagamento de salários

Leia mais

Educação Financeira no Brasil - abertura

Educação Financeira no Brasil - abertura Educação Financeira no Brasil - abertura Investimentos Fevereiro 2014 Pesquisa do SPC Brasil traça perfil dos brasileiros em relação a investimento; maioria prefere consumir a poupar. O brasileiro não

Leia mais

Dicas Gerenciais Como devo definir o preço de venda de cada produto? Processo de Formação de Preços em uma Loja de Varejo de Alimentos.

Dicas Gerenciais Como devo definir o preço de venda de cada produto? Processo de Formação de Preços em uma Loja de Varejo de Alimentos. Como devo definir o preço de venda de cada produto? Processo de Formação de Preços em uma Loja de Varejo de Alimentos. O cálculo de custo de produtos em uma loja de varejo pode seguir 02 fórmulas. A 1ª

Leia mais

PROGRAMA DE PREPARAÇÃO PARA A RESERVA DO EXÉRCITO BRASILEIRO. Administração das Finanças Pessoais

PROGRAMA DE PREPARAÇÃO PARA A RESERVA DO EXÉRCITO BRASILEIRO. Administração das Finanças Pessoais PROGRAMA DE PREPARAÇÃO PARA A RESERVA DO EXÉRCITO BRASILEIRO Administração das Finanças Pessoais Prof. Marcus Machado/UFC 03/09/2013 c Conceitos de orçamento Orçamento pessoal Conceitos Contábeis Fluxos

Leia mais

Orçamento apertado: como organizar as finanças? CONTAS EM ORDEM

Orçamento apertado: como organizar as finanças? CONTAS EM ORDEM Guia Financeiro 4 Orçamento apertado: como organizar as finanças? Alguns sinais indicam que suas finanças precisam de maior atenção: ao fechar o mês no vermelho, ao atrasar a fatura do cartão de crédito,

Leia mais

Seu cadastro na empresa! Para quem é esta oportunidade? O grande negócio! Administração Financeira Diretora Executiva Beth Filippelle Administração Financeira Você sabia? O mercado

Leia mais

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER MEU TEMPO É PRECIOSO ROTINA INSANA CAOS COMIDA PARA FAZER CASA PARA LIMPAR FILHOS PARA CUIDAR TRABALHO COMO SER ORGANIZADA? Processo que

Leia mais

Unidade II. No ativo, a disposição das contas obedece ao grau decrescente de liquidez dos elementos nelas registrados.

Unidade II. No ativo, a disposição das contas obedece ao grau decrescente de liquidez dos elementos nelas registrados. Unidade II 8 ATIVO Ativo compreende, como já vimos, os bens e direitos da empresa, classificados de acordo com sua destinação específica, que varia segundo os fins da empresa. No ativo, a disposição das

Leia mais

CONTABILIDADE MÓDULO 8

CONTABILIDADE MÓDULO 8 CONTABILIDADE MÓDULO 8 Índice 1. Demonstração de Resultado do Exercício (DRE) Uma Pequena Introdução...3 2. Regime de caixa, regime de competência...4 3. Ajustes...5 2 1. DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO

Leia mais

TIPOS DE INVESTIMENTOS IMPORTANTES NA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA- PARTE ll

TIPOS DE INVESTIMENTOS IMPORTANTES NA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA- PARTE ll TIPOS DE INVESTIMENTOS IMPORTANTES NA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA- PARTE ll! Investimento pré-operacional! Investimento em giro! Liberação do investimento em giro! Sunk Cost Francisco Cavalcante(f_c_a@uol.com.br)

Leia mais

Liane Prevedel. Diretora de Vendas Independente Mary Kay

Liane Prevedel. Diretora de Vendas Independente Mary Kay Liane Prevedel Diretora de Vendas Independente Mary Kay Qual é o seu objetivo financeiro com Mary Kay? ATENÇÃO cada estado tem um valor de frete. E lembre-se a partir de 35% de economia, o frete tem desconto

Leia mais

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato Índice Conteúdo Índice... 2 A Importância do Preço Correto... 3 Como chegar ao preço de venda adequado do meu produto?... 3 Como calcular o preço de venda lucro... 5 Como vender meus produtos pela internet...

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

AGENDA DESEMPENHO FINANCEIRO NOSSO NEGÓCIO VANTAGENS COMPETITIVAS OPORTUNIDADES

AGENDA DESEMPENHO FINANCEIRO NOSSO NEGÓCIO VANTAGENS COMPETITIVAS OPORTUNIDADES Dezembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

BUSCA DE FIDELIZACÃO DOS CLIENTES ATRAVES DA QUALIDADE NO ATENDIMENTO

BUSCA DE FIDELIZACÃO DOS CLIENTES ATRAVES DA QUALIDADE NO ATENDIMENTO BUSCA DE FIDELIZACÃO DOS CLIENTES ATRAVES DA QUALIDADE NO ATENDIMENTO Taynná BECKER 1 Priscila GUIDINI 2 RESUMO: O artigo apresenta a importância da fidelização de clientes para as empresas, e como a qualidade

Leia mais

Avaliação de Empresas Profa. Patricia Maria Bortolon

Avaliação de Empresas Profa. Patricia Maria Bortolon Avaliação de Empresas EVA E MVA Aula 11 EVA Indica a quantia em termos monetários que foi adicionada à riqueza efetiva do acionista em determinado período Diferente do lucro contábil, pois considera o

Leia mais

Saiba administrar o capital de giro

Saiba administrar o capital de giro Saiba administrar o capital de giro O SEBRAE e o que ele pode fazer pelo seu negócio Consultorias SEBRAE Mais Programas setoriais Palestras Trilha de aprendizagem empresarial EAD Na Medida Cursos SEI E

Leia mais

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária.

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. POR ONDE COMEÇAR??? 1. Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. Vai ganhar confiança, aprender

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 4: Negociação financeira

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 4: Negociação financeira Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 4: Negociação financeira Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre a importância da negociação financeira como alicerce de conforto, segurança e bem-estar

Leia mais

O CICLO DO SUCESSO. Faz toda diferença

O CICLO DO SUCESSO. Faz toda diferença O CICLO DO SUCESSO Faz toda diferença Vamos aprender? CONTATOS Oxigênio Perfil do cliente Pesquisa de opinião Clientes fidelizadas Entrega de cartão (sempre quando entregar anotar o telefone e o nome da

Leia mais

NavegadorContábil. Sim. Não. Sim. Não. Número 13-20 de agosto de 2010. Contabilização de operações de duplicata descontada e vendor

NavegadorContábil. Sim. Não. Sim. Não. Número 13-20 de agosto de 2010. Contabilização de operações de duplicata descontada e vendor NavegadorContábil Número 13-20 de agosto de 2010 Contabilização de operações de duplicata descontada e vendor Introdução Muitas empresas no Brasil, na administração de seu capital de giro, fazem uso de

Leia mais

Passos Fundamentais para seu Sucesso em Mary Kay. Eliane Marcucci Diretora de Vendas Independente Mary Kay

Passos Fundamentais para seu Sucesso em Mary Kay. Eliane Marcucci Diretora de Vendas Independente Mary Kay Passos Fundamentais para seu Sucesso em Mary Kay Eliane Marcucci Diretora de Vendas Independente Mary Kay Cadastro com Pedido Comece CERTO Início Perfeito (IP) - Acompanhe Conquiste o kit Boas-vindas

Leia mais

AGENDA MARÇO E ABRIL 2016 ESCRITÓRIO REGIONAL DE PIRACICABA

AGENDA MARÇO E ABRIL 2016 ESCRITÓRIO REGIONAL DE PIRACICABA 1 AGENDA MARÇO E ABRIL 2016 ESCRITÓRIO REGIONAL DE PIRACICABA PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO: O PRIMEIRO PASSO PARA COMEÇAR O SEU NEGÓCIO PALESTRA QUE VISA SENSIBILIZAR OS PARTICIPANTES A IDENTIFICAR AS OPORTUNIDADES

Leia mais

Princípio da competência O princípio da competência determina que todas as vendas, os custos e as despesas devem ser considerados na apuração do resultado da empresa no período em que ocorrerem, independentemente

Leia mais

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO O Sr. Fúlvio Oliveira, empresário de uma loja de confecções, está seriamente preocupado com seu negócio. As dívidas não param de crescer. Vamos entender sua situação.

Leia mais

Plano de Ação 2016. Onde quero estar daqui a um ano?

Plano de Ação 2016. Onde quero estar daqui a um ano? SEJAM BEM VINDAS Plano de Ação 2016 Onde quero estar daqui a um ano? A Mary Kay colocou disponível para você: 1- Corte de Iniciação 2- Corte de Vendas Pessoais 3- Corte de Vendas das Unidades 4- Viagem

Leia mais

PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO FINANCEIRA. Gere o teu dinheiro

PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO FINANCEIRA. Gere o teu dinheiro PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO FINANCEIRA Gere o teu dinheiro VOU LEVAR! DA SÉRIE EU E O MEU DINHEIRO HTTP://YOUTU.BE/FDTIP4SDWMW 2 QUAIS AS DIFERENÇAS? Carlos Pedro Identifica primeiro as suas NECESSIDADES

Leia mais

BLUMENAU: SITUAÇÃO FINANCEIRA A economia dos municípios depende do cenário nacional

BLUMENAU: SITUAÇÃO FINANCEIRA A economia dos municípios depende do cenário nacional BLUMENAU: SITUAÇÃO FINANCEIRA A economia dos municípios depende do cenário nacional - A arrecadação municipal (transferências estaduais e federais) vem crescendo abaixo das expectativas desde 2013. A previsão

Leia mais

Resolução da Prova de Contabilidade Geral Professor Luciano Moura

Resolução da Prova de Contabilidade Geral Professor Luciano Moura Resolução da Prova de Contabilidade Geral Professor Luciano Moura 1 de 6 Olá queridos alunos, Hoje faremos alguns comentários acerca da prova para o cargo de Auditor Interno da Prefeitura de Salvador,

Leia mais

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Renda Fixa Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI O produto O Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) é um título que gera um direito de crédito ao

Leia mais

(RE) COMEÇANDO MEU NEGOCIO MARY KAY

(RE) COMEÇANDO MEU NEGOCIO MARY KAY (RE) COMEÇANDO MEU NEGOCIO MARY KAY 1 1) Planejamento do seu negócio Cartaz de Metas Planejamento Mensal Mini cartaz de Metas 2) Ação IP treinamento Início Perfeito Receita do 5+5+5 Folha de Realizações

Leia mais

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada.

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada. Página2 Cadastro de Categorias O cadastro de categoria é utilizado dentro do gestor para o controle financeiro da empresa, por ela é possível saber a origem e a aplicação dos recursos, como por exemplo,

Leia mais

Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO

Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO A Sra Mary Kay já dizia: nada acontece enquanto você não vende alguma coisa. Se você está

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO 2013 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO O objetivo principal deste estudo é investigar a utilização dos Meios Eletrônicos de pagamento e as percepções

Leia mais

Demonstração do Simulador de Saldo e Benefícios

Demonstração do Simulador de Saldo e Benefícios Demonstração do Simulador de Saldo e Benefícios Disponível na área do participante www.prhosper.com.br área do participante acesso com logine senha Bem vindo(a) ao novo simulador PRhosper! O seu futuro

Leia mais

DIRECTRIZ CONTABILÍSTICA Nº 24 EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 1. OBJECTIVO 1 2. DEFINIÇÕES 2 3. TIPOS DE EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 2

DIRECTRIZ CONTABILÍSTICA Nº 24 EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 1. OBJECTIVO 1 2. DEFINIÇÕES 2 3. TIPOS DE EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 2 DIRECTRIZ CONTABILÍSTICA Nº 24 EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS INDICE 1. OBJECTIVO 1 2. DEFINIÇÕES 2 3. TIPOS DE EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 2 3.1. Operações conjuntamente controladas 3 3.2. Activos conjuntamente

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Gestão Financeira I Prof.ª Thays Silva Diniz 1º Semestre 2012 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Cap.1 A decisão financeira e a empresa 1. Introdução 2. Objetivo e Funções da

Leia mais

LFG MAPS. 2 - ( Prova: CESPE - 2012 - Polícia Federal - Agente da Polícia Federal / Contabilidade Geral / Contabilidade -

LFG MAPS. 2 - ( Prova: CESPE - 2012 - Polícia Federal - Agente da Polícia Federal / Contabilidade Geral / Contabilidade - Escrituração Contábil 05 questões Noções Gerais; Escrituração Contábil ) Considere os eventos de I a V listados abaixo. I aquisição de veículo à vista para uso na atividade operacional II baixa de bem

Leia mais

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA. Exame 2.ª época de Contabilidade Financeira 2.º semestre 2007/08

FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA. Exame 2.ª época de Contabilidade Financeira 2.º semestre 2007/08 FACULDADE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Exame 2.ª época de Contabilidade Financeira 2.º semestre 2007/08 Data: 28 de Junho de 2008 Início: 11h30m Duração: 2h15m Cotação e tempo esperado de resolução:

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO ORIENTAÇOES PARA PREENCHIMENTO DOS DOCUMENTOS Cursos: Administração / TADS ORIENTAÇÕES:

ESTÁGIO SUPERVISIONADO ORIENTAÇOES PARA PREENCHIMENTO DOS DOCUMENTOS Cursos: Administração / TADS ORIENTAÇÕES: ESTÁGIO SUPERVISIONADO ORIENTAÇOES PARA PREENCHIMENTO DOS DOCUMENTOS Cursos: Administração / TADS ORIENTAÇÕES: As matrizes destes documentos estão disponíveis no site FAINAM / Central do Aluno / Estágio

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE CONTABILIDADE

NOÇÕES BÁSICAS DE CONTABILIDADE NOÇÕES BÁSICAS DE CONTABILIDADE Prof. Wanderson S. Paris, M.Eng. prof@cronosquality.com.br NOÇÕES DE CONTABILIDADE DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO BALANÇO PATRIMONIAL DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS X ATIVIDADES

Leia mais

Não importa o que você decida

Não importa o que você decida Não importa o que você decida vender ou fazer, todo negócio é sobre pessoas. O nível e a qualidade do seu relacionamento interpessoal determinará os resultados do seu negócio. Arrisco dizer que o valor

Leia mais

Educação Financeira e Previdenciária 03 INVESTIMENTOS

Educação Financeira e Previdenciária 03 INVESTIMENTOS Educação Financeira e Previdenciária 03 INVESTIMENTOS Novembro de 2015 Educação Financeira e Previdenciária Saiba o que considerar HORA DE INVESTIR? Além de poupar para a realização dos seus sonhos, sejam

Leia mais

Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar?

Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar? Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar? Vamos aos requisitos!! Se formar diretora até 1 de agosto

Leia mais

POLÍTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA DE GÁS NATURAL NO BRASIL

POLÍTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA DE GÁS NATURAL NO BRASIL POLÍTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA DE GÁS NATURAL NO BRASIL Professor Jorge Chami Novembro de 2014 O Monopólio da Petrobras Depois de 17 anos da quebra do monopólio da Petrobras (1997-14) Concentração

Leia mais

Mecken Golden Corporation 1439 S Ocean Blvd, FL 33062 Phone: 954 5547138

Mecken Golden Corporation 1439 S Ocean Blvd, FL 33062 Phone: 954 5547138 Consultoria Empresarial, Financeira e Jurídica. Equipe de profissionais altamente qualificada e comprometida com o cliente. Porque abrir uma empresa nos Estados Unidos Porque escolher a Flórida Vistos

Leia mais

DATA 29/05/2014 Pagina 2 2.1.3.1.1.00.00.00 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR S C 0,00 582,25 3.432,21 2.849,96 C 2.1.3.1.1.01.00.00

DATA 29/05/2014 Pagina 2 2.1.3.1.1.00.00.00 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR S C 0,00 582,25 3.432,21 2.849,96 C 2.1.3.1.1.01.00.00 DATA 29/05/2014 Pagina 1 1.0.0.0.0.00.00.00 ATIVO S D 26.200,85 197.350,24 153.749,66 69.801,43 D 1.1.0.0.0.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE S D 15.643,04 197.350,24 153.614,51 59.378,77 D 1.1.1.0.0.00.00.00

Leia mais

Prof. José Luis Oreiro Instituto de Economia - UFRJ Pesquisador Nível I do CNPq.

Prof. José Luis Oreiro Instituto de Economia - UFRJ Pesquisador Nível I do CNPq. Prof. José Luis Oreiro Instituto de Economia - UFRJ Pesquisador Nível I do CNPq. O nível de renda per-capita de um país depende da intensidade do capital e, por conseguinte, da taxa de poupança. Quanto

Leia mais

JANEIRO. com crescimento.

JANEIRO. com crescimento. JANEIRO com crescimento. Não basta INICIAR tem que ATIVAR. Existem pontos importantes para fazer a diferença na hora da iniciação. 1 Ponto: A paixão pelo nosso negócio. 2 Ponto: Conhecimento da nossa empresa;

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. PALESTRA:

Leia mais

Vantagens e desvantagens da utilização do patrimônio líquido pelo seu valor de mercado na avaliação de empresas

Vantagens e desvantagens da utilização do patrimônio líquido pelo seu valor de mercado na avaliação de empresas Vantagens e desvantagens da utilização do patrimônio líquido pelo seu valor de mercado na avaliação de empresas! Quais as vantagem da utilização do valor de mercado em relação a utilização do patrimônio

Leia mais

SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Indicadores CNI ISSN 2317-7322 Ano 6 Número 12 dezembro de SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Indústria da construção termina ano com queda intensa A indústria da construção encerrou com queda intensa e

Leia mais

Como acertar na contratação do consultor de TI

Como acertar na contratação do consultor de TI Como acertar na contratação do consultor de TI Esse profissional especializado normalmente atua com prazos custos e por isso é imperativo localizar o perfil adequado. A contratação de um consultor de TI

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK!

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Treinamento de Consultoras De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Ferramentas de trabalho a serem desenvolvidas para crescer na Entender

Leia mais

Como conversar com possíveis iniciadas

Como conversar com possíveis iniciadas Como conversar com possíveis iniciadas Convidar outras mulheres a tornarem-se consultoras é uma atividade chave para quem quer tornar-se diretora. Aprenda como fazer a entrevista de iniciação, ou seja:

Leia mais

10 Passos para ser um Empresario(a) TOP

10 Passos para ser um Empresario(a) TOP 10 Passos para ser um Empresario(a) TOP 1- A BUSCA - De conhecimento - Estudar = Guia da Consultora, assistir DVD do kit, site em Sintonia- Portal de educacão,videos youtube. - Assistir Treinamento, Reuniões,

Leia mais

Visão Geral da Comunidade Airbnb em Lisboa e Portugal

Visão Geral da Comunidade Airbnb em Lisboa e Portugal Visão Geral da Comunidade Airbnb em Lisboa e Portugal Portugal: Comunidade Airbnb / 2 Resumo / 4 Lisboa: Comunidade Airbnb / 5 Airbnb e o Turismo / 9 Economia Local / 10 Acessibilidade Financeira da Habitação

Leia mais

A Mensagem de correio eletrônico

A Mensagem de correio eletrônico A Mensagem de correio eletrônico V Seminário A Gestão de Documentos Arquivísticos na Administração Pública Federal Brenda Couto de Brito Rocco Agosto de 2014 A mensagem de correio eletrônico Mensagem eletrônica:

Leia mais

Perguntas Frequentes $ $ $

Perguntas Frequentes $ $ $ Perguntas Frequentes Qual a diferença entre Crédito MK e Bônus de Iniciação? A diferença é a forma como o Crédito MK será disponibilizado. É possível receber o Crédito MK em seu saldo disponível do Em

Leia mais

ANEXO III. Roteiro para Apresentação de Projetos do Tipo C R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00

ANEXO III. Roteiro para Apresentação de Projetos do Tipo C R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00 ANEXO III Roteiro para Apresentação de Projetos do Tipo C R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00 1. Apresentação Geral: 1. Nome do projeto 2. Linha(s) Temática(s) 2. Localidade e município 3. Instituição Proponente

Leia mais

Macroeconomia. Diagrama do Fluxo Circular. Entendendo a Economia. Renda e Gastos de Uma Economia. Métodos Para Contar a Economia

Macroeconomia. Diagrama do Fluxo Circular. Entendendo a Economia. Renda e Gastos de Uma Economia. Métodos Para Contar a Economia 22. Medindo a Renda de Uma Nação Macroeconomia Macro: Estudo da economia como um todo. Tem como objetivo explicar as mudanças econômicas que afetam indivíduos, firmas e os mercados. Micro: É o estudo de

Leia mais

AULA 6 Marketing de Serviços

AULA 6 Marketing de Serviços AULA 6 Marketing de Serviços Por que a estratégia de determinação de preços de serviços é diferente (e difícil)? Não existe propriedade de serviços: é difícil para as empresas calcular os custos financeiros

Leia mais

USO DO CRÉDITO NAS COMPRAS DE AUTOMÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS

USO DO CRÉDITO NAS COMPRAS DE AUTOMÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS USO DO CRÉDITO NAS COMPRAS DE AUTOMÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS Pesquisa realizada pelo SPC Brasil e a CNDL, divulgada recentemente, mostrou que há uma relação direta entre inadimplência e fatores característicos

Leia mais

Relatório e Contas. Referente. Ao exercício económico De

Relatório e Contas. Referente. Ao exercício económico De Relatório e Contas Referente Ao exercício económico De 2015 1 1 Demonstração Resultados 2 - Demonstração Resultados por Valências 3 Balanço 4 Demonstração Fluxos Caixa 5 Anexo ao Balanço 2 DEMONSTRAÇÃO

Leia mais

Milionário em 10 anos! (09 de fevereiro de 2006) - Autoria de Edgar Francis - Última Atualização (09 de fevereiro de 2006)

Milionário em 10 anos! (09 de fevereiro de 2006) - Autoria de Edgar Francis - Última Atualização (09 de fevereiro de 2006) Milionário em 10 anos! (09 de fevereiro de 2006) - Autoria de Edgar Francis - Última Atualização (09 de fevereiro de 2006) Na revista VOCÊ S/A, li uma reportagem expetacular, daquelas que fazemos questão

Leia mais

Empreendedorismo CAPÍTULO [13] UNIDADE I. Plano de Negócios: Plano Financeiro. www.demostenesfarias.wordpress.com

Empreendedorismo CAPÍTULO [13] UNIDADE I. Plano de Negócios: Plano Financeiro. www.demostenesfarias.wordpress.com Empreendedorismo Plano de Negócios: Plano Financeiro [13] UNIDADE I CAPÍTULO PLANO DE NEGÓCIOS - Dever de casa (1) Capa; SUMÁRIO EXECUTIVO: Enunciado do Projeto; Competência dos responsáveis; os produtos

Leia mais

MANUAL DE CLUBES DE INVESTIMENTO XP INVESTIMENTOS CCTVM S/A. Departamento de Clubes

MANUAL DE CLUBES DE INVESTIMENTO XP INVESTIMENTOS CCTVM S/A. Departamento de Clubes MANUAL DE CLUBES DE INVESTIMENTO XP INVESTIMENTOS CCTVM S/A Departamento de Clubes Versão 2.0 Junho/2012 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 O que é um clube de investimento?... 3 1.2 Como criar um clube de

Leia mais

Passos para comprar imóveis com segurança. Carlos Maciel Imóveis

Passos para comprar imóveis com segurança. Carlos Maciel Imóveis Passos para comprar imóveis com segurança Carlos Maciel Imóveis Introdução A aquisição de um imóvel é sempre um momento de muita alegria, mas também de muita atenção. Afinal, muito mais do que uma simples

Leia mais

Dois Cenários Antagônicos para 2015

Dois Cenários Antagônicos para 2015 Dois Cenários Antagônicos para 2015 Celso L. Martone Setembro de 2014 A Herança Lula/Dilma I Taxa de inflação efetiva de 7,5%, contida a 6,5% pelo congelamento de preços administrados (energia, combustíveis,

Leia mais

CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIOS

CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIOS CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIOS Esta cartilha traz informações e dicas, de forma simples e clara, para que você conheça as vantagens que o seu plano de previdência oferece. Leia com atenção e comece a

Leia mais

Arezzo&Co Investor Day Expansão Multicanal Alexandre Birman

Arezzo&Co Investor Day Expansão Multicanal Alexandre Birman Arezzo&Co Investor Day Expansão Multicanal Alexandre Birman Apresentação do Roadshow COO 1 1 Visão de mercado Visão do mercado Mercado consumidor da Arezzo&Co em um contexto mais amplo R$ Bn 2010 100%

Leia mais

Por Quanto Posso Vender Meu Produto?

Por Quanto Posso Vender Meu Produto? Por Quanto Posso Vender Meu Produto? POR QUANTO POSSO VENDER MEU PRODUTO? Vejo muita gente, principalmente no Facebook, perguntando POR QUANTO vender seus produtos, sejam eles, bolos, doces, bombons, salgados

Leia mais

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O EBITIDA PARA COLOCÁ-LO NO SEU DEVIDO LUGAR

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O EBITIDA PARA COLOCÁ-LO NO SEU DEVIDO LUGAR TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O EBITIDA PARA COLOCÁ-LO NO SEU DEVIDO LUGAR! O que é o EBITIDA! Quais os limites para sua utilização! Sua aderência com o fluxo de caixa! Como calcular o EBITIDA corretamente

Leia mais

Simone Soares! Diretora de Vendas Ind. Mary Kay. Como Iniciar sem dinheiro

Simone Soares! Diretora de Vendas Ind. Mary Kay. Como Iniciar sem dinheiro Simone Soares Diretora de Vendas Ind. Mary Kay Como Iniciar sem dinheiro Você pode ir tão longe quanto sua mente for capaz de imaginar... VOCÊ É PODEROSA, ACREDITE Como Iniciar sem Dinheiro (19) 98169-7683

Leia mais

Seis Sigma Otimização dos custos. ALBERTO PEZEIRO Sócio-Fundador e CEO pezeiro@setadg.com.br 11 98110-0026

Seis Sigma Otimização dos custos. ALBERTO PEZEIRO Sócio-Fundador e CEO pezeiro@setadg.com.br 11 98110-0026 Seis Sigma Otimização dos custos ALBERTO PEZEIRO Sócio-Fundador e CEO pezeiro@setadg.com.br 11 98110-0026 1 Foco nos Processos torna a prestação dos serviços mais eficiente e isso reflete para o consumidor

Leia mais

Matemática Financeira. 1ª Parte: Porcentagem Comparação entre Valores - Aumento e Desconto Juros

Matemática Financeira. 1ª Parte: Porcentagem Comparação entre Valores - Aumento e Desconto Juros Matemática ª série Lista 08 Junho/2016 Profª Helena Matemática Financeira 1ª Parte: Porcentagem Comparação entre Valores - Aumento e Desconto Juros 1) (GV) Carlos recebeu R$ 240.000,00 pela venda de um

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Villa Flora - Sumaré São Paulo Relações com Investidores Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações

Leia mais

Educação financeira. Modulo Um: Como melhor gerir o nosso dinheiro?

Educação financeira. Modulo Um: Como melhor gerir o nosso dinheiro? Educação financeira Modulo Um: Como melhor gerir o nosso dinheiro? Organização do modulo 1. As diversas formas do dinheiro 2. Iden=fique as suas necessidades financeiras 3. Analise como gasta o seu dinheiro

Leia mais

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS Slide 1 BALANCED SCORECARD PRODUTIVIDADE CRESCIMENTO MAIS RESULTADOS Ms. RICARDO RESENDE DIAS BALANCED SCORECARD Slide 2 BSC CONCEITO FINALIDADE APLICAÇÃO PRÁTICA ESTRATÉGIA - BSC Slide 3 Ativos Tangíveis

Leia mais

Administração e Economia para Engenharia

Administração e Economia para Engenharia Administração e Economia para Engenharia Aula 3.1: Fundamentos da matemática financeira 1 Uma empresa Organização Disponibilizar / vender bens e serviços Finalidade: resultado (lucro) 2 Contexto Um dos

Leia mais

Avaliação de Empresas Profa. Patricia Maria Bortolon

Avaliação de Empresas Profa. Patricia Maria Bortolon Avaliação de Empresas RISCO E RETORNO Aula 2 Retorno Total É a variação total da riqueza proporcionada por um ativo ao seu detentor. Fonte: Notas de Aula do Prof. Claudio Cunha Retorno Total Exemplo 1

Leia mais

Deutsch für die Schule. Aprender alemão no ano antes da entrada no jardim de infância. Informações para pais

Deutsch für die Schule. Aprender alemão no ano antes da entrada no jardim de infância. Informações para pais Deutsch für die Schule Aprender alemão no ano antes da entrada no jardim de infância Informações para pais Janeiro de 2016 Quando uma criança com cinco anos inicia o jardim de infância (Kindergarten),

Leia mais

BEM-VINDOS NOÇÕES DE INVESTIMENTOS - TESOURO DIRETO

BEM-VINDOS NOÇÕES DE INVESTIMENTOS - TESOURO DIRETO BEM-VINDOS Palestra NOÇÕES DE INVESTIMENTOS - TESOURO DIRETO Realização 3ª CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO SEDEP - SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL/PGR Semana ENEF ENEF - Estratégia

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL - MAIO/2013. Belo Horizonte, 02 de julho de 2013.

INFORMATIVO MENSAL - MAIO/2013. Belo Horizonte, 02 de julho de 2013. É com satisfação que apresentamos o Relatório de Gestão e Demonstrações Financeiras do Ramada Riocentro, referente ao mês de Maio/2013. OPERACIONAL 1. Diminuição dos Custos Operacionais : reduzimos o horário

Leia mais

Título do Case: Categoria: Temática: Resumo: Introdução:

Título do Case: Categoria: Temática: Resumo: Introdução: Título do Case: Diagnóstico Empresarial - Vendendo e Satisfazendo Mais Categoria: Prática Interna. Temática: Mercado Resumo: Na busca por uma ferramenta capaz de auxiliar na venda de mais consultorias

Leia mais