Unidade: Marketing Político: a visibilidade do poder. Unidade I:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Unidade: Marketing Político: a visibilidade do poder. Unidade I:"

Transcrição

1 Unidade: Marketing Político: a visibilidade do poder Unidade I: 0

2 Unidade: Marketing Político: a visibilidade do poder Nesta unidade, quero indicar a leitura do artigo Comportamento do eleitor: uma comparação entre o marketing político e o marketing comercial de Joice Felix e Otto Herman. Você encontra o texto, acessando o link: BR&source=hp&q="comportamento+do+eleitor+uma+comparação+entre+o+marketing"&btn G=Pesquisa+Google&meta=&aq=o&oq= Bom, como foi feito nas unidades anteriores, eu farei a seguir algumas considerações sobre o texto mencionado. Vale dizer que você não deve dispensar a leitura na íntegra do texto diante de minha explicação, OK?! Para os autores do presente artigo - nas últimas décadas -, o marketing político tem visto o candidato como um produto qualquer que em instantes pode ser reposicionado; enquanto que o eleitor é facilmente manipulável pelas campanhas políticas. Mas, será que isso procede? Será que o marketing político e eleitoral é mais parecido com o marketing comercial do que imaginamos? E quanto ao eleitor, será que suas escolhas são baseadas na emoção ou na razão? Para responder a estas e outras questões, que tal revisar o histórico do marketing político no Brasil?! A seguir, confira a relação dos principais tópicos abordados pelos autores a respeito do histórico do marketing político: Desde a década de 40, o marketing político no Brasil é praticado nas campanhas eleitorais; Departamento de Imprensa e Propaganda; Getúlio Vargas e o Pai dos pobres ; Jânio Quadros e a vassourinha ; João Goulart e a bossa nova ; Após a ditadura militar, a preocupação com o marketing político se 1

3 intensificou. Em seguida, os autores fazem uma análise da relação entre o marketing político e o comercial. As principais considerações nesse sentido são: A linguagem adotada no marketing político é a mesma do marketing comercial; O candidato é o produto e a campanha política é uma forma de vendê-lo; A maior parte dos profissionais de marketing político é do mercado publicitário; A compra de um produto ou a simpatia a um determinado candidato está associada à persuasão; A estratégia política está baseada na estratégia de vendas e isso pode acarretar um grande problema para a administração pública e o desenvolvimento de políticas públicas; O ato de votar é comparado ao ato de comprar; Um das diferenças entre marketing político e comercial está no fato de que mesmo o eleitor que não votou no político eleito terá que conviver com este até o final do mandato; Outra diferença é que, ao contrário do marketing comercial, a possibilidade de devolução no mundo político é mais complexa (Caso Collor); Diferentemente do consumo, a eleição é uma obrigação; Há horário, local e data para ocorrer o voto. Por fim, os autores do artigo se propõem a discorrer o marketing político e o marketing eleitoral, os principais comentários são: O marketing político é novo em termos históricos, mas existem campanhas políticas anteriores à era cristã; No mundo moderno, o marketing político tem a existência de um eleitorado de massa; a competição entre dois ou mais partidos e uma série de regras para enfrentar esta competição; O foco é a influência sobre o eleitor e não a compreensão do seu comportamento; Para alguns autores, a escolha do eleitor está intimamente ligada 2

4 ao seu perfil sociocultural; Para outros autores, o eleitor é um ser racional e pauta suas escolhas em função da maximização da utilidade e da minimização de prejuízos; O processo de racionalidade se dá em função de pesquisas de comportamento de voto, posicionamento ideológico ou preferências partidárias; Os cidadãos dão seus votos aos políticos em troca da promessa de terem seus interesses defendidos e promovidos; Há 3 leis fundamentais do posicionamento do eleitor: indiferença, procrastinação e efemeridade; O comportamento do eleitor brasileiro não se baseia na ideologia e sim na emoção; O eleitor brasileiro não tem memória das decisões passadas, não tem satisfação plena com os resultados do processo eleitoral e nem acredita na possibilidade de satisfação; O fato de o candidato ser encarado como um produto, diminui a importância política do processo, subestima a capacidade crítica do eleitor e do político e exalta a importância da propaganda política. 3

5 Referências ALBUQUERQUE, Afonso de. "Aqui você vê a verdade na tevê : A propaganda política na televisão. Niterói: MCII (Publicações do Mestrado em Comunicação, Imagem e Informação), BOURDIEU, Pierre. Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, CHAIA, V. Análise do Discurso Político: Abordagens. São Paulo: Edusp/Perspectiva, DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo. Lisboa. Edições Afrodite, s/d GOMES, Wilson da Silva. Duas premissas para a compreensão da política espetáculo, in: NETO, Antônio Fausto e PINTO, Milton José (org.) O indivíduo e as mídias: ensaio sobre comunicação, política, arte e sociedade no mundo contemporâneo. Rio de Janeiro. Diadorim, 1996 HABERMAS, Jurgen. Mudança Estrutural da Esfera Pública. Rio de Janeiro. Tempo Brasileiro LIMA, Venício A. de. "Televisão e poder: a hipótese do cenário de representação da política; CR-P", Comunicação & Política, Nova Fase, Vol. 1, n. 1, agosto-novembro, 1994a. LIMA, Venício A. de. Cenário de representação da política (CR-P): um conceito e duas hipóteses sobre a relação da mídia com a política. in: Mídia, teoria e política. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo LIMA, V. A. Mídia Crise Política e Poder no Brasil. São Paulo: Perseu Abramo, RUBIM, Antônio Albino Canellas. Mídia e Política no Brasil. João Pessoa. Editora Universitária/UFBP, THOMPSON, John B. A Mídia e a Modernidade: uma teoria social da mídia. Petrópolis. Vozes,

6 5 Responsável pelo Conteúdo: Profª. Ms. Regina Tavares de Menezes Revisão Textual: Profª. Dra. Roseli F. Lombardi Campus Liberdade Rua Galvão Bueno, São Paulo SP Brasil Tel: (55 11)

Mídia, política e poder

Mídia, política e poder Mídia, política e poder Material Teórico Marketing Político: a visibilidade do poder Responsável pelo Conteúdo: Profa. Ms. Regina Tavares de Menezes Revisão Textual: Profa. Ms. Rosemary Toffoli Marketing

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE ELEITOR E VOTO COMO O INDIVÍDUO VOTA?

RELAÇÃO ENTRE ELEITOR E VOTO COMO O INDIVÍDUO VOTA? RELAÇÃO ENTRE ELEITOR E VOTO COMO O INDIVÍDUO VOTA? Extrato do artigo de Joice Félix e Otto Herman Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão Curso

Leia mais

Mídia, Política e Poder

Mídia, Política e Poder Mídia, Política e Poder Material Teórico A ação política e os processos comunicacionais na sociedade contemporânea Responsável pelo Conteúdo: Profa. Ms. Regina Tavares de Menezes Revisão Textual: Profa.

Leia mais

Mídia, política e poder

Mídia, política e poder Mídia, política e poder Material Teórico O papel da TV nas relações entre mídia e política Responsável pelo Conteúdo: Profa. Ms. Regina Tavares de Menezes Revisão Textual: Profa. Esp. Márcia Ota O papel

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PUBLICIDADE E PROPAGANGA

EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PUBLICIDADE E PROPAGANGA EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PUBLICIDADE E PROPAGANGA 1) ASSESSORIA E CONSULTORIA EM COMUNICAÇÃO O mapeamento do campo de atuação em assessoria e consultoria em comunicação, baseado na

Leia mais

EDITAL Nº 21/2017 EDITAL PARA ESCOLHA DOS REPRESENTANTES DA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E GESTÃO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CAGEPE)

EDITAL Nº 21/2017 EDITAL PARA ESCOLHA DOS REPRESENTANTES DA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E GESTÃO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CAGEPE) EDITAL Nº 21/2017 EDITAL PARA ESCOLHA DOS REPRESENTANTES DA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO E GESTÃO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CAGEPE) A Comissão Eleitoral do - Campus Avançado Veranópolis, no uso de suas

Leia mais

Estabilidade e mudança de voto: Os eleitores do PS e da PaF comparados. Ekaterina Gorbunova, Edalina Rodrigues Sanches ICS-Ulisboa

Estabilidade e mudança de voto: Os eleitores do PS e da PaF comparados. Ekaterina Gorbunova, Edalina Rodrigues Sanches ICS-Ulisboa Estabilidade e mudança de voto: Os eleitores do PS e da PaF comparados Ekaterina Gorbunova, Edalina Rodrigues Sanches ICS-Ulisboa Voto em 2011 e 2015 PS PSD 14,2 13,6 20,3 12,7 65,5 73,7 Mantiveram o voto

Leia mais

Jeane de Freitas Azevedo Paiva 99

Jeane de Freitas Azevedo Paiva 99 OS PROGRAMAS DE GOVERNO E O HORÁRIO GRATUITO DE PROPAGANDA ELEITORAL : UM ESTUDO SOBRE AS ELEIÇÕES 2006 NO RIO GRANDE DO NORTE (NOTAS PRÉVIAS DE PESQUISA Jeane de Freitas Azevedo Paiva 99 O desenvolvimento

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DE 1934

CONSTITUIÇÃO DE 1934 Vargas INTRODUÇÃO Neste livro você vai ler sobre a Era Vargas. Solicitado pela professora Valéria, da disciplina de História, escrito por Manuela Rottava, com caráter avaliativo. Tem destaque nas seguintes

Leia mais

Marketing Público. Definindo o. Profa. Dra. Caroline Casali

Marketing Público. Definindo o. Profa. Dra. Caroline Casali Definindo o Marketing Público Profa. Dra. Caroline Casali Ministério da Educação Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Administração e de Turismo Especialização em Gestão Pública e Desenvolvimento

Leia mais

FLP Eleições, Cidadania e Democracia no Brasil. Nota de Advertência

FLP Eleições, Cidadania e Democracia no Brasil. Nota de Advertência FLP 04062 Eleições, Cidadania e Democracia no Brasil. Nota de Advertência Esta é um curso experimental, exploratório. O título engana. Este não é curso voltado a um público amplo ou visando à formação

Leia mais

Comunicação e marketing na campanha municipal após a reforma eleitoral

Comunicação e marketing na campanha municipal após a reforma eleitoral Comunicação e marketing na campanha municipal após a reforma eleitoral ANDRÉ LACERDA Instituto Teotônio Vilela. Vitória, 4 de junho de 2016 Comunicação e marketing na campanha municipal após a reforma

Leia mais

Disciplinas ministradas em outros cursos

Disciplinas ministradas em outros cursos Disciplinas ministradas em outros cursos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACOMB BIBLIOTECONOMIA NOME DA DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA REDAÇÃO E EXPRESSÃO II PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Leia mais

DIREITO ELEITORAL. UNIDADE 1 Direito Eleitoral Código Eleitoral (Lei nº 4.737, de 15/07/1965)

DIREITO ELEITORAL. UNIDADE 1 Direito Eleitoral Código Eleitoral (Lei nº 4.737, de 15/07/1965) DIREITO ELEITORAL SUMÁRIO UNIDADE 1 Direito Eleitoral Código Eleitoral (Lei nº 4.737, de 15/07/1965) UNIDADE 2 Órgãos da Justiça Eleitoral (TSE, TREs, Juízes Eleitorais e Juntas Eleitorais) 2.1 Composição

Leia mais

I PARTE A ligação entre eleitores e eleitos e o papel dos deputados

I PARTE A ligação entre eleitores e eleitos e o papel dos deputados índice Geral índice de Tabelas 12 índice de Figuras 18 Agradecimentos 23 Introdução 27 I PARTE A ligação entre eleitores e eleitos e o papel dos deputados CAPÍTULO l Declínio, transformação e confiança

Leia mais

Por ocasião das eleições municipais, o Ministério Fé e Política da RCCBRASIL preparou uma carta pra te ajudar ainda mais nessa escolha, confira:

Por ocasião das eleições municipais, o Ministério Fé e Política da RCCBRASIL preparou uma carta pra te ajudar ainda mais nessa escolha, confira: Por ocasião das eleições municipais, o Ministério Fé e Política da RCCBRASIL preparou uma carta pra te ajudar ainda mais nessa escolha, confira: Amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus, A Paz de Jesus! A

Leia mais

EDITAL Nº 01/2017 ML/PNPD SELEÇÃO DE BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO MODALIDADE PNPD/CAPES

EDITAL Nº 01/2017 ML/PNPD SELEÇÃO DE BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO MODALIDADE PNPD/CAPES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS COORDENAÇÃO DO MESTRADO ACADÊMICO EM LETRAS Campus Universitário Poeta Torquato Neto Bairro Pirajá Teresina-PI

Leia mais

A recepção televisiva em pesquisas historiográficas: apontamentos teóricos-metodológicos

A recepção televisiva em pesquisas historiográficas: apontamentos teóricos-metodológicos A recepção televisiva em pesquisas historiográficas: apontamentos teóricos-metodológicos Monise Cristina Berno Mestranda Unesp/Assis Resumo Esta comunicação busca apresentar minhas reflexões sobre trabalhos

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE PLANO DE ENSINO CÓDIGO 042 CÓD. CURSO 42951 CÓD. DISC. 120.3536.1 UNIDADE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CURSO PROPAGANDA, PUBLICIDADE E CRIAÇÃO DISCIPLINA PROCESSOS DE CRIAÇÃO PROJETO II ETAPA 5ª CH ANO 2011 OBJETIVO

Leia mais

A Teoria Crítica e as Teorias Críticas

A Teoria Crítica e as Teorias Críticas A Teoria Crítica e as Teorias Críticas As Teorias Críticas Clássicas apresentam uma contestação aos métodos utilizados pelas pesquisas administrativas Têm o marxismo como base filosófica e ideológica Teoria

Leia mais

Opresente texto, em formato de resenha descritiva,

Opresente texto, em formato de resenha descritiva, Marketing político na hospitalidade virtual QUEIROZ, Adolpho; MANHELLI, Carlos; BAREL, Moisés Stefano (orgs.). Marketing político: do comício à internet. São Paulo: Cátedra Unesco-Metodista/Abcop, 2007.

Leia mais

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO CURSO: JORNALISMO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: TEORIAS DA COMUNICAÇÃO Estudo do objeto da Comunicação Social e suas contribuições interdisciplinares para constituição de uma teoria da comunicação.

Leia mais

Garantias legais de equilíbrio do exercício do direito de antena durante o processo eleitoral

Garantias legais de equilíbrio do exercício do direito de antena durante o processo eleitoral Garantias legais de equilíbrio do exercício do direito de antena durante o processo eleitoral Por: Cremildo Paca Falar sobre as garantias legais de equilíbrio do direito de antena é um exercício desafiante.

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Pró-Reitoria de Graduação Centro de Ciências Sociais e Educação

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Pró-Reitoria de Graduação Centro de Ciências Sociais e Educação UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Pró-Reitoria de Graduação Centro de Ciências Sociais e Educação Grupo de Pesquisa Movimentos Sociais, Educação e Cidadania na Amazônia GMSECA/ Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

O poder e a política SOCIOLOGIA EM MOVIMENTO

O poder e a política SOCIOLOGIA EM MOVIMENTO Capítulo 6 Poder, política e Estado 1 O poder e a política Poder se refere à capacidade de agir ou de determinar o comportamento dos outros. As relações de poder perpassam todas as relações sociais. As

Leia mais

EDITAL DO GRUPO DE ESTUDOS TRANSDISCIPLINAR EM SOCIOLOGIA E TRANSMÍDIA CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

EDITAL DO GRUPO DE ESTUDOS TRANSDISCIPLINAR EM SOCIOLOGIA E TRANSMÍDIA CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES FACULDADE 7 DE SETEMBRO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL EDITAL DO GRUPO DE ESTUDOS TRANSDISCIPLINAR EM SOCIOLOGIA E TRANSMÍDIA CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente edital disciplina

Leia mais

Atividade supervisionada de Assessoria de Comunicação

Atividade supervisionada de Assessoria de Comunicação Atividade supervisionada de Assessoria de Comunicação Turma 131 Professora: Cleide Luciane Antoniutti Integrantes: Diego De Souza Basto França Lidiane Da Silva Barbosa Dos Santos Lilian de Melo Virginia

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina COM350 Jornalismo Esportivo

Programa Analítico de Disciplina COM350 Jornalismo Esportivo Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Comunicação Social - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em

Leia mais

COMO AS ELEIÇÕES AFETAM A ECONOMIA?

COMO AS ELEIÇÕES AFETAM A ECONOMIA? COMO AS ELEIÇÕES AFETAM A ECONOMIA? FERNANDO B. MENEGUIN 1 A relação entre flutuações econômicas e decisões eleitorais de uma população constitui um dos tópicos mais estudados tanto em economia como em

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Centro de Matemática, Computação e Cognição Divisão Acadêmica Avenida dos Estados, 5001 Bairro Santa Terezinha Santo André CEP 09210-580 Fone:

Leia mais

Comportamento Dos Jovens Em Relação à Política NPM

Comportamento Dos Jovens Em Relação à Política NPM Comportamento Dos Jovens Em Relação à Política 1 Metodologia Delineamento da pesquisa: Pesquisa quantitativa descritiva com abordagem transversal de análise. População e Amostra: População: jovens entre

Leia mais

DISCIPLINA: HISTÓRIA E CRÍTICA LITERÁRIA: RELAÇÕES CULTURAIS ENTRE BRASIL E PORTUGAL

DISCIPLINA: HISTÓRIA E CRÍTICA LITERÁRIA: RELAÇÕES CULTURAIS ENTRE BRASIL E PORTUGAL DISCIPLINA: HISTÓRIA E CRÍTICA LITERÁRIA: RELAÇÕES CULTURAIS ENTRE BRASIL E PORTUGAL NÚMERO DE CRÉDITOS: 08 créditos CARGA HORÁRIA: 120 h/a DOCENTE RESPONSÁVEL: Dr. Marcio Roberto Pereira EMENTA A proposta

Leia mais

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 12, nº 2, Novembro, 2006, Encarte Tendências. p

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 12, nº 2, Novembro, 2006, Encarte Tendências. p cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol., nº, Novembro, 00, Encarte Tendências. p. - Este Encarte Tendências tem como tema principal a imagem atual dos partidos para o eleitorado brasileiro. Especificamente,

Leia mais

NORTEAR SUA CAMPANHA; REALIZAR AVALIAÇÕE DOS RESULTADOS

NORTEAR SUA CAMPANHA; REALIZAR AVALIAÇÕE DOS RESULTADOS N@VEGADOR POLÍTICO EDIÇÃO 2008 O QUE É: É uma ferramenta que ajuda em todos os momentos importantes do seu projeto de candidatura para as eleições de 2006. São diversos perfis de informações e diversos

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Centro: CCSA - Centro de Ciências Sociais Aplicadas Campus: CASCAVEL. Disciplina Código Denominação Carga horária

PLANO DE ENSINO. Centro: CCSA - Centro de Ciências Sociais Aplicadas Campus: CASCAVEL. Disciplina Código Denominação Carga horária PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO: 2009 ANO DO CURSO: 4 Ano Curso: CIÊNCIAS ECONÔMICAS Modalidade: BACHARELADO Turno: Noturno Centro: CCSA - Centro de Ciências Sociais Aplicadas Campus: CASCAVEL Disciplina

Leia mais

TÓPICOS AVANÇADOS EM ADMINISTRAÇÃO

TÓPICOS AVANÇADOS EM ADMINISTRAÇÃO TÓPICOS AVANÇADOS EM ADMINISTRAÇÃO PARADIGMAS DA ADMINISTRAÇÃO Prof. Dr. João Luiz de Souza Lima PARADIGMAS DA ADMINISTRAÇÃO Mudanças na era organizacional. Velhas organizações dão lugar a novas. Revolução

Leia mais

BANCO DE ATIVIDADES Presente História 5 ano - 4 bimestre Avaliação

BANCO DE ATIVIDADES Presente História 5 ano - 4 bimestre Avaliação História 5 ano - 4 bimestre Unidade 4 1. Escreva um pequeno texto sobre o governo Getúlio Vargas. Não esqueça de incluir dois argumentos favoráveis e dois desfavoráveis. Dê um título para o texto. 2. Leia

Leia mais

Catalogação na Publicação (CIP)

Catalogação na Publicação (CIP) GUIA AOS ELEITORES Catalogação na Publicação (CIP) P221 Pará. Ministério Público. Guia aos eleitores: Perguntas e respostas sobre as eleições municipais de 2016 / Elaboração e Organização de José Edvaldo

Leia mais

Comunicação Governamental e Meios de Comunicação de Massa em Democracias Contemporâneas 1

Comunicação Governamental e Meios de Comunicação de Massa em Democracias Contemporâneas 1 Comunicação Governamental e Meios de Comunicação de Massa em Democracias Contemporâneas 1 Resumo Sylvia Iasulaitis - UNESP 2 Este paper tem como propósito analisar os efeitos que a comunicação governamental

Leia mais

Eleição Presidencial 2014: A força do voto de mulheres e negros. Análise: Fátima Pacheco Jordão

Eleição Presidencial 2014: A força do voto de mulheres e negros. Análise: Fátima Pacheco Jordão Eleição Presidencial 14: A força do voto de mulheres e negros Análise: Fátima Pacheco Jordão Realização Parceria * * Sem apresentação de lista de candidatos aos entrevistados Com entrada de Marina, mais

Leia mais

DIAP Quadro comparativo: PEC do GT da reforma política no Congresso Qua, 13 de Novembro de :43

DIAP Quadro comparativo: PEC do GT da reforma política no Congresso Qua, 13 de Novembro de :43 Departamento Intersindical de Assessoria Parlametar organiza uma tabela comparativa a partir da PEC aprovada pelo Grupo de Trabalho sobre Reforma Política na Camâra dos Deputados. O Grupo de Trabalho sobre

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 29 OS GOVERNOS COLLOR E ITAMAR FRANCO ( )

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 29 OS GOVERNOS COLLOR E ITAMAR FRANCO ( ) HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 29 OS GOVERNOS COLLOR E ITAMAR FRANCO (1990-94) Fixação 1) (PUC) As eleições presidenciais brasileiras, ocorridas neste ano, envolveram oito candidatos, concorrendo por partidos

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE FISIOTERAPIA CAFIPI EDITAL 01/2016

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE FISIOTERAPIA CAFIPI EDITAL 01/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES PARA A DIRETORIA DO CENTRO ACADÊMICO DO CURSO DE FISIOTERAPIA CAFIPI EDITAL 01/2016 A Comissão Eleitoral no uso de suas atribuições torna público o presente edital de convocação

Leia mais

Pesquisa revela intenção de votos para as eleições municipais de Salvador em 2012

Pesquisa revela intenção de votos para as eleições municipais de Salvador em 2012 Pesquisa revela intenção de votos para as eleições municipais de Salvador em 2012 O estudo verificou que 56% dos soteropolitanos não saberiam em quem votar se as eleições fossem hoje Com o intuito de acompanhar

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina EDU263 Fundamentos da Educação de Jovens e Adultos

Programa Analítico de Disciplina EDU263 Fundamentos da Educação de Jovens e Adultos 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Educação - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal 4 0 4

Leia mais

INSTITUIÇÕES DE DIREITO

INSTITUIÇÕES DE DIREITO INSTITUIÇÕES DE DIREITO Prof. Rogério Dias Correia Tipos de democracia Democracia direta Democracia indireta Democracia semidireta 2 Conceito de Sistemas eleitorais Conjunto de regras e procedimentos utilizados

Leia mais

Justiça Eleitoral. Eleição Suplementar de Itatinga - 1º Turno Resultado da totalização ITATINGA

Justiça Eleitoral. Eleição Suplementar de Itatinga - 1º Turno Resultado da totalização ITATINGA Justiça Eleitoral - 1º Turno Resultado da totalização ITATINGA 2 de julho de 217 18:1:58 Gerenciamento 217 Página 2 de 6 2/7/217 18:1:58 Relatório do Resultado da Totalização Resumo Geral do de ITATINGA

Leia mais

O VOTO DAS MULHERES PESA PARA CRESCIMENTO DE DILMA E QUEDA DE SERRA

O VOTO DAS MULHERES PESA PARA CRESCIMENTO DE DILMA E QUEDA DE SERRA O VOTO DAS MULHERES PESA PARA CRESCIMENTO DE DILMA E QUEDA DE SERRA Fátima Pacheco Jordão Dados processados pelo Datafolha com exclusividade para o Instituto Patrícia Galvão, e analisados por Fátima Pacheco

Leia mais

FOTO ELEIÇÕES 2016 PRÉ-PLANO COMERCIAL COTAS LOCAIS DE PARTICIPAÇÃO 17/8/2016 MARKETING DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS (11)

FOTO ELEIÇÕES 2016 PRÉ-PLANO COMERCIAL COTAS LOCAIS DE PARTICIPAÇÃO 17/8/2016 MARKETING DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS (11) FOTO COTAS LOCAIS DE PARTICIPAÇÃO PRÉ-PLANO COMERCIAL ELEIÇÕES 2016 17/8/2016 MARKETING DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS (11) 5112-4126 ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016 ELEIÇÕES 2016 O PRIMEIRO TURNO DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Leia mais

Título da Pesquisa: INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE XVII - CEDEC II

Título da Pesquisa: INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE XVII - CEDEC II Número da pesquisa: DAT/BR89.DEZ-00210 Título da Pesquisa: INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE XVII - CEDEC II Data: 15/12/89 Tamanho da amostra: 5802 Universo: Eleitores do Brasil var label sexo "Sexo".

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Curso de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP.

Leia mais

A metodologia aplicada contará com exposições dialogadas, exercícios práticos, troca de experiências e dinâmicas para consolidação da aprendizagem.

A metodologia aplicada contará com exposições dialogadas, exercícios práticos, troca de experiências e dinâmicas para consolidação da aprendizagem. MARKETING Em curto período, o aluno adquire conhecimentos fundamentais da área de marketing. O programa aborda os principais tópicos da área tais como, princípios de marketing, branding, marketing de relacionamento,

Leia mais

Desposato (2004). 3 Uma exceção é Brollo (2008).

Desposato (2004). 3 Uma exceção é Brollo (2008). 1 Introdução Os partidos políticos são fundamentais para a democracia. Eles selecionam os candidatos e fornecem a infra-estrutura necessária para a competição eleitoral, oferecendo mão-de-obra para candidaturas,

Leia mais

Pesquisa de Intenção de Voto. Sucessão Municipal. Caxias do Sul. 25/09/2008-4ª pesquisa. Porto Alegre, 26 de setembro de 2008.

Pesquisa de Intenção de Voto. Sucessão Municipal. Caxias do Sul. 25/09/2008-4ª pesquisa. Porto Alegre, 26 de setembro de 2008. Pesquisa de Intenção de Voto Sucessão Municipal Caxias do Sul 25/09/2008-4ª pesquisa Porto Alegre, 26 de setembro de 2008. 1 Sumário Apresentação e Metodologia... 3 Intenção de Voto... 5 Rejeição... 8

Leia mais

ANEXO I - Periodização Recomendada Curso de Publicidade e Propaganda

ANEXO I - Periodização Recomendada Curso de Publicidade e Propaganda ANEXO I - Periodização Recomendada Curso de Publicidade e Propaganda 1º Período Código Conteúdos T S PD LB CP ES OR HH3 História Contemporânea OC4 Economia Política da OC6 Leituras em Filosofia OC2 Sonora

Leia mais

REGULAMENTO DISTRIBUIÇÃO DOS TEMPOS DE ANTENA

REGULAMENTO DISTRIBUIÇÃO DOS TEMPOS DE ANTENA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES REGULAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO DOS TEMPOS DE ANTENA Maputo, Julho de 2014 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES Deliberação n.º 60/CNE/2014

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2015-2016 Ano/Semestre curricular 1º Semestre Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua de

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Ciência Política NOME DO CURSO: Ciências Econômicas.

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Ciência Política NOME DO CURSO: Ciências Econômicas. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: PERÍODO: III CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Ciência Política NOME DO CURSO: Ciências Econômicas. 2. EMENTA

Leia mais

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016

REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 REFLEXOS DA REFORMA POLÍTICA NAS ELEIÇÕES DE 2016 Dr. Felipe Ferreira Lima Diretor do Instituto Egídio Ferreira Lima 1. Introdução: O debate sobre a Reforma Política no Brasil 2. Registro de Candidatura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES COORDENAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES COORDENAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Disciplina: COMUNICAÇÃO PÚBLICA Código: HT 314 - Turma: A Curso: Comunicação Social Habilitação Relações Públicas Pré-requisito: Não tem Natureza: Semestral ( X ) Anual ( ) Carga horária: Aulas teóricas:

Leia mais

EDITAL 001/2009 DE ELEIÇÃO PARA CHEFIA DO DEPARTAMENTO DE LETRAS

EDITAL 001/2009 DE ELEIÇÃO PARA CHEFIA DO DEPARTAMENTO DE LETRAS EDITAL 001/2009 DE ELEIÇÃO PARA CHEFIA DO DEPARTAMENTO DE LETRAS - FUNEMAT, pessoa jurídica de direito público da administração indireta, sob a natureza de Fundação Pública Estadual, criada pela Lei Complementar

Leia mais

Voto da classe média deve decidir eleição, dizem analistas

Voto da classe média deve decidir eleição, dizem analistas Page 1 of 8 23/05/2010 07h00 - Atualizado em 23/05/2010 07h00 Voto da classe média deve decidir eleição, dizem analistas Ascensão social leva classe C a ser maioria em pleito. Pré-candidatos já disputam

Leia mais

MARKETING POLÍTICO: AS TÁTICAS POLÍTICO-COMUNICACIONAIS DE VARGAS, JÂNIO E COLLOR. 1

MARKETING POLÍTICO: AS TÁTICAS POLÍTICO-COMUNICACIONAIS DE VARGAS, JÂNIO E COLLOR. 1 MARKETING POLÍTICO: AS TÁTICAS POLÍTICO-COMUNICACIONAIS DE VARGAS, JÂNIO E COLLOR. 1 Priscila Moraes Garcia Graduanda em Comunicação Social Rádio e Televisão UMESP Vanessa Mazza Furquim Graduanda em Comunicação

Leia mais

Grade Curricular - Comunicação Social. Habilitação em Publicidade e Propaganda - matutino

Grade Curricular - Comunicação Social. Habilitação em Publicidade e Propaganda - matutino Grade Curricular - Comunicação Social Habilitação em Publicidade e Propaganda - matutino SEMESTRE 1 CCA0218 Língua Portuguesa - Redação e Expressão Oral I 4 0 4 CCA0258 Fundamentos de Sociologia Geral

Leia mais

SELEÇÃO EXTERNO DE PROFESSORES. Curso de Publicidade e Propaganda EDITAL DE SELEÇÃO

SELEÇÃO EXTERNO DE PROFESSORES. Curso de Publicidade e Propaganda EDITAL DE SELEÇÃO SELEÇÃO EXTERNO DE PROFESSORES Curso de Publicidade e Propaganda EDITAL DE SELEÇÃO O(a) coordenador(a) do curso de Publicidade e Propaganda, Prof(a). Alexandre Mota da Silva, nos termos das regras fixadas

Leia mais

JORNAL IMPRESSO E POLÍTICA: A COBERTURA DAS ELEIÇÕES 2010 E 2012 NAS CAPAS DOS JORNAIS FOLHA DE LONDRINA E GAZETA DO POVO

JORNAL IMPRESSO E POLÍTICA: A COBERTURA DAS ELEIÇÕES 2010 E 2012 NAS CAPAS DOS JORNAIS FOLHA DE LONDRINA E GAZETA DO POVO JORNAL IMPRESSO E POLÍTICA: A COBERTURA DAS ELEIÇÕES 2010 E 2012 NAS CAPAS DOS JORNAIS FOLHA DE LONDRINA E GAZETA DO POVO Leonardo Migues de Léon, Centro Universitário Internacional Uninter leomiguesleon@gmail.com

Leia mais

SUBSTITUTIVO ADOTADO

SUBSTITUTIVO ADOTADO Comissão Especial destinada a proferir parecer à Proposta de Emenda à Constituição nº 282-A, de 2016, do Senado Federal, que "altera a Constituição Federal para vedar as coligações nas eleições proporcionais,

Leia mais

O perfil do eleitorado de Caruaru. Dados do TSE

O perfil do eleitorado de Caruaru. Dados do TSE O perfil do eleitorado de Caruaru Dados do TSE 1 Diretora-Presidente Ivania Porto Diretor Financeiro Vanuccio Pimentel Diretor Administrativo Osório Chalegre Membros Associados Fernando César Lima Fabiana

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina A - Introdução ao Jornalismo

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina A - Introdução ao Jornalismo Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo Ênfase Identificação Disciplina 0003000A - Introdução ao Jornalismo Docente(s) Antonio Francisco Magnoni Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação

Leia mais

1ª Avaliação Caderno de Textos

1ª Avaliação Caderno de Textos CEFET/RN PRIMEIRA AVALIAÇÃO DO PROCEFET-2007 1 CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Núcleo Permanente de Processos Seletivos - FUNCERN 2007 1ª Avaliação Caderno de Textos Considere

Leia mais

Edital Nº 001/2017/GREMIO/CBV Boa Vista, 23 de abril de 2017

Edital Nº 001/2017/GREMIO/CBV Boa Vista, 23 de abril de 2017 Edital Nº 001/2017/GREMIO/CBV Boa Vista, 23 de abril de 2017 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE ESCOLHA DE REPRESENTANTES DE TURMA DOS CURSOS TÉCNICOS INTEGRADOS AO ENSINO MÉDIO PARA O ANO DE 2017. ELIAS FREITAS

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 19/2015-DG/NC/IFRN. Eleição para o Grêmio Estudantil do Campus Nova Cruz

EDITAL INTERNO Nº 19/2015-DG/NC/IFRN. Eleição para o Grêmio Estudantil do Campus Nova Cruz SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS NOVA CRUZ EDITAL INTERNO

Leia mais

EDITAL Nº 22/2016, DE 13 DE SETEMBRO DE 2016 PROCESSO Nº /

EDITAL Nº 22/2016, DE 13 DE SETEMBRO DE 2016 PROCESSO Nº / PROCESSO Nº 23232.000999/2016-34 EDITAL DE CONVOCAÇÃO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS REPRESENTANTES DOS SERVIDORES DOCENTES, TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS E DISCENTES NAS COMISSÕES ELEITORAIS DE CAMPUS PARA ESCOLHA

Leia mais

NORMAS PARA INSCRIÇÃO DE PORTADORES DE DIPLOMAS DE NÍVEL SUPERIOR A EVENTUAIS VAGAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA ECA PARA 2017

NORMAS PARA INSCRIÇÃO DE PORTADORES DE DIPLOMAS DE NÍVEL SUPERIOR A EVENTUAIS VAGAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA ECA PARA 2017 NORMAS PARA INSCRIÇÃO DE PORTADORES DE DIPLOMAS DE NÍVEL SUPERIOR A EVENTUAIS VAGAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA ECA PARA 2017 Vagas disponíveis VAGAS CURSO/HABILITAÇÃO PERÍODO 2 Biblioteconomia matutino

Leia mais

Relatório Síntese da Bússola Eleitoral, 2 A política económica vista pelos Eleitores

Relatório Síntese da Bússola Eleitoral, 2 A política económica vista pelos Eleitores Relatório Síntese da Bússola Eleitoral, A política económica vista pelos Eleitores 0.0.1 Marina Costa Lobo, José Santana Pereira, Edalina Sanches Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

Leia mais

Literatura Brasileira Código HL ª: 10h30-12h30

Literatura Brasileira Código HL ª: 10h30-12h30 Código HL 012 Nome da disciplina VI Turma A 3ª: 07h30-09h30 6ª: 10h30-12h30 Pedro Dolabela Programa resumido Falaremos do romance no Brasil entre 1964 e 1980 sob uma série de perspectivas simultâneas:

Leia mais

Audiências Públicas em Piracicaba

Audiências Públicas em Piracicaba Boletim Nº MAIO 04 Audiências Públicas em Piracicaba www.observatoriopiracicaba.org.br UM IMPORTANTE ESPAÇO DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL NESTE BOLETIM VOCÊ ENCONTRA UM PANORAMA SOBRE AS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS REALIZADAS

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina COM270 Cibercultura

Programa Analítico de Disciplina COM270 Cibercultura 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Comunicação Social - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL. Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL. Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º - Em observância ao que determina o Estatuto Social da ONG Moradia e Cidadania, o Conselho Deliberativo

Leia mais

(Do Senhor Marcus Pestana)

(Do Senhor Marcus Pestana) PROJETO DE LEI Nº, DE 2013 (Do Senhor Marcus Pestana) Dispõe sobre o sistema eleitoral para as eleições proporcionais, alterando a Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1965 (Código Eleitoral), a Lei nº 9.096,

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação 2007/1 ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO ELEITORAL E PARTIDÁRIO Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

Pesquisa Operacional. Evanivaldo Castro Silva Júnior

Pesquisa Operacional. Evanivaldo Castro Silva Júnior Evanivaldo Castro Silva Júnior Conteúdo Fundamentos da Pesquisa Operacional. Modelos Lineares. Métodos de solução gráfica e algoritmo simplex. Aplicações de Programação Linear. Análise de Sensibilidade.

Leia mais

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 11.1 Conteúdo: Anos 60 e Golpe Militar no Brasil

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 11.1 Conteúdo: Anos 60 e Golpe Militar no Brasil 11.1 Conteúdo: Anos 60 e Golpe Militar no Brasil Habilidades: Analisar o contexto da década de 1960 no Brasil e o golpe civil-militar Governo Jânio Quadros (1961) Ascensão muito rápida na política Estilo

Leia mais

HOMENS E MULHERES TÊM VISÕES DIFERENTES DO PROCESSO ELEITORAL

HOMENS E MULHERES TÊM VISÕES DIFERENTES DO PROCESSO ELEITORAL HOMENS E MULHERES TÊM VISÕES DIFERENTES DO PROCESSO ELEITORAL Análise realizada a partir de reprocessamento inédito da pesquisa Datafolha de julho de 2010. A produção de tabulações especiais foi realizada

Leia mais

ATUALIDADES POLÍTICA : PROCESSO ELEITORAL NORTE-AMERICANO

ATUALIDADES POLÍTICA : PROCESSO ELEITORAL NORTE-AMERICANO ATUALIDADES POLÍTICA : PROCESSO ELEITORAL NORTE-AMERICANO As eleições presidenciais nos Estados Unidos são realizadas de modo indireto por meio de delegados escolhidos via convenções partidárias. Sistema

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br As origens da infidelidade partidária no Brasil Daniel Gouveia de Mello Martins Segundo Jairo Nicolau, sistema eleitoral é o procedimento utilizado em uma eleição para transformar

Leia mais

DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA

DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA Ditadura Militar Eventos Fundamentais: Goulart propõe as reformas de base Eleitoral Educacional Bancária / Tributária Agrária Marcha da TFP Tradição Família e Propriedade

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1903N - Comunicação Social: Relações Públicas. Ênfase

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1903N - Comunicação Social: Relações Públicas. Ênfase Curso 1903N - Comunicação Social: Relações Públicas Ênfase Identificação Disciplina 0003202A - História da Comunicação Docente(s) Maria Cristina Gobbi Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação

Leia mais

Pesquisa de Opinião com os Prefeitos sobre a Reforma Política

Pesquisa de Opinião com os Prefeitos sobre a Reforma Política Pesquisa de Opinião com os Prefeitos sobre a Reforma Política Objetivos: Fazer um levantamento da opinião dos prefeitos brasileiros sobre a Reforma Política que está tramitando na Câmara dos Deputados.

Leia mais

O ENSINO DE HISTÓRIA E O LIVRO DIDÁTICO EM FONTES DE INFORMAÇÃO DISPONÍVEIS EM MÍDIAS DIGITAIS

O ENSINO DE HISTÓRIA E O LIVRO DIDÁTICO EM FONTES DE INFORMAÇÃO DISPONÍVEIS EM MÍDIAS DIGITAIS O ENSINO DE HISTÓRIA E O LIVRO DIDÁTICO EM FONTES DE INFORMAÇÃO DISPONÍVEIS EM MÍDIAS DIGITAIS Sara Menezes Felizardo 1 RESUMO O texto apresenta quantitativamente as publicações sobre o livro didático

Leia mais

Matemática e Cidadania

Matemática e Cidadania Matemática e Cidadania Eleições representam um dos momentos mais significativos da Democracia. E como qualquer atividade humana, eleições estão sujeitas a diversas interpretações: históricas, filosóficas,

Leia mais

INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR. Campus do Mucuri

INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR. Campus do Mucuri INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR Campus do Mucuri CATEGORIA FUNCIONAL: Professor Ensino Superior. CLASSE: Professor Classe A Assistente A

Leia mais

1.1. Para membros do CONSUNI;

1.1. Para membros do CONSUNI; EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÕES DE MEMBROS DO CONSUNI, CONSEPE E DIRETORES DAS FACULDADES DA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO-CONSUNI da Universidade de Rio Verde usando de suas atribuições

Leia mais

EDITAL Nº 13/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO E NORMAS DO PROCESSO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS MEMBROS DA COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO

EDITAL Nº 13/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO E NORMAS DO PROCESSO ELEITORAL PARA ESCOLHA DOS MEMBROS DA COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SÃO MATEUS Rodovia BR-101 Norte, Km 58 Litorâneo 29932-540 São Mateus ES 27 3771-1262 EDITAL Nº 13/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO E NORMAS DO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Centro de Ciências Naturais e Humanas Av. dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4996.7960 secretariaccnh@ufabc.edu.br

Leia mais

FINANÇAS PÚBLICAS Teoria dos Ciclos Político Econômico

FINANÇAS PÚBLICAS Teoria dos Ciclos Político Econômico FINANÇAS PÚBLICAS Teoria dos Ciclos Político Econômico Os Ciclos Político Econômicos A importância das eleições e da ideologia nos resultados macroeconômicos deu origem a uma literatura e pesquisa que

Leia mais

cnt COMISSÃO NACIONAL DE ELEiÇÕES ATA N.o 137/XIV Teve lugar no dia onze de março de dois mil e catorze, a reunião número cento

cnt COMISSÃO NACIONAL DE ELEiÇÕES ATA N.o 137/XIV Teve lugar no dia onze de março de dois mil e catorze, a reunião número cento cnt ATA N.o 137/XIV Teve lugar no dia onze de março de dois mil e catorze, a reunião número cento e trinta e sete da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Avenida D. Carlos I, n.o

Leia mais

REGULAMENTO PARA ESCOLHA DA COMISSÃO ELEITORAL QUE CONDUZIRÁ O PROCESSO DE ESCOLHA DO DIRETOR-GERAL DO CEFET-MG (gestão )

REGULAMENTO PARA ESCOLHA DA COMISSÃO ELEITORAL QUE CONDUZIRÁ O PROCESSO DE ESCOLHA DO DIRETOR-GERAL DO CEFET-MG (gestão ) Em atendimento a solicitação do MEMO CD 01/2011, e de acordo com o Decreto Nº 4.877, de 13 de novembro de 2003, que dispõe sobre o processo de escolha de dirigentes no âmbito dos Centros Federais de Educação

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS OUTUBRO DE 2014 JOB0469-9 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto

Leia mais

Eleição Presidencial 2014: Um olhar sobre a força do voto de mulheres e negros. Análise: Fátima Pacheco Jordão

Eleição Presidencial 2014: Um olhar sobre a força do voto de mulheres e negros. Análise: Fátima Pacheco Jordão Eleição Presidencial 14: Um olhar sobre a força do voto de mulheres e negros Análise: Fátima Pacheco Jordão Realização Parceria Objetivo O Instituto Patrícia Galvão disponibiliza a partir de agora análises

Leia mais