Sumário NOTA DO AUTOR PARTE GERAL TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário NOTA DO AUTOR PARTE GERAL TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO"

Transcrição

1 Sumário NOTA DO AUTOR PARTE GERAL TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO 1 ASPECTOS CONCEITUAIS 1 Crédito 2 Título 3 Outros títulos 4 Cambiaridade 5 Emissão e seus efeitos 5.1 Princípio da incorporação 6 Obrigações representáveis 2 ASPECTOS GERAIS 1 Definição legal 2 Cartularidade 3 Literalidade 4 Autonomia 5 Independência 6 Abstração 7 Relativização dos princípios 8 Negócios bancários 3 REQUISITOS 1 Agente capaz 2 Objeto lícito, possível e determinável 3 Emissão lícita 4 Forma prescrita em lei 5 Data de emissão 6 Data de vencimento 7 Precisão dos direitos conferidos 8 Assinatura 8.1 Assinatura falsa 8.2 Outras falsidades 9 Local 10 Emissão eletrônica

2 11 Moeda Estrangeira 12 Partes em branco 12.1 Extravio da cártula em branco 13 Erros e rasuras 4 TRANSFERÊNCIA DO TÍTULO 1 Aspectos gerais 2 Sucessão de direitos 3 Analogia à coisa móvel 4 Título ao portador 5 Título à ordem 6 Características do endosso 6.1 Data do endosso 7 Sequência de endossos 8 Responsabilidade pelo crédito endossado 9 Defesa do devedor 10 Endosso-mandato 10.1 Ausência das restrições do endosso-translatício 11 Endosso-Penhor 12 Título nominativo 13 Dano, perda, extravio ou desapossamento injusto do título 13.1 Ação de substituição de título de crédito 13.2 Ação de anulação e substituição de título de crédito 13.3 Ação reivindicatória de título de crédito 5 AVAL 1 Definição 2 Distinções da fiança 3 Conexão de títulos 4 Caracterização do aval 4.1 Autorização do cônjuge 4.2 Aval por representante 5 O avalizado 6 Unilateralidade e autonomia do aval 7 Limites à autonomia do aval 8 Direito de regresso 9 Extinção do aval 6 ADIMPLEMENTO E INADIMPLEMENTO 1 Pagamento 2 Protesto

3 2.1 Microempresa e empresa de pequeno porte 2.2 Cancelamento do protesto 3 Sustação de protesto 4 Prescrição PARTE ESPECIAL TAXIONOMIA DOS TÍTULOS DE CRÉDITO 7 LETRA DE CÂMBIO e requisitos 1.1 Denominação letra 1.2 Declaração de pagamento certo 1.3 O sacado 1.4 Época do pagamento Juros 1.5 Lugar do pagamento 1.6 O tomador 1.7 Local e data de emissão 1.8 Assinatura do sacador 2 Vias múltiplas e cópias 3 Endosso 3.1 Cadeia de endossos 4 Aceite 4.1 Recusa de aceite 5 Aval 6 Pagamento 6.1 Execução do crédito 7 Intervenção 8 NOTA PROMISSÓRIA e requisitos 1.1 Denominação nota promissória 1.2 Promessa de pagar quantia determinada 1.3 Época do pagamento 1.4 Lugar de pagamento 1.5 Beneficiário 1.6 Data de emissão 1.7 Lugar de emissão 1.8 Assinatura do subscritor 2 Emissão em branco 3 Autonomia e abstração

4 4 Regime da letra de câmbio 5 Nota Promissória Rural 9 CHEQUE 1.1 Breve histórico 2 Conta bancária 2.1 Provisão de fundos 2.2 Talonário de cheques 3 Requisitos do cheque 4 Tipologia do cheque 4.1 Cheque ao portador 4.2 Cheque à ordem 4.3 Cheque nominativo 4.4 Cheque por conta de terceiro 4.5 Cheque administrativo 4.6 Cheque visado 4.7 Cheque cruzado 4.8 Cheque para ser creditado em conta 5 Autonomia, abstração e independência 6 Endosso 6.1 Pagamento de cheque endossado 6.2 Endosso-mandato 6.3 Endosso-recolhimento 7 Aval 8 Prazo de apresentação 8.1 Cheque pós-datado 8.2 Devolução do cheque 8.3 Acatamento da ordem 9 Revogação, sustação e cancelamento 9.1 Oposição ou sustação 9.2 Cancelamento da folha de cheque 10 Ação por falta de pagamento 10.1 Prazo para ajuizamento 10.2 Sujeitos passivos 10.3 Exigibilidade do cheque prescrito 11 Cheque eletrônico 10 DUPLICATA 1.1 Fatura

5 1.2 Duplicata 1.3 Venda por consignatário ou comissário 1.4 Duplicata de prestação de serviços Profissionais liberais e prestadores eventuais de serviço 2 Requisitos da duplicata 2.1 Denominação, data e número de ordem Registro de duplicatas 2.2 Número da fatura 2.3 Vencimento 2.4 Qualificação do vendedor e do comprador 2.5 Importância a pagar Pagamento parcelado Pagamento contra entrega ou em prazo menor que 30 dias 2.6 Praça de pagamento 2.7 Cláusula à ordem 2.8 Declaração de exatidão 2.9 Assinatura do emitente 2.10 Duplicata simulada 3 Remessa e devolução da duplicata 3.1 Aceite e recusa de aceite 4 Adimplemento 4.1 Pagamento parcial 4.2 Reforma ou prorrogação 4.3 Aval 5 Endosso 6 Protesto 6.1 Triplicata ou indicação 6.2 Protesto de duplicata simulada 7 Execução da duplicata 7.1 Execução de duplicata ou triplicata não devolvida 7.2 Correção monetária e juros 7.3 Ação ordinária ou monitória 7.4 Prescrição 8 Duplicata rural 9 Duplicata escritural (eletrônica ou virtual) 11 NOTAS E CÉDULAS DE CRÉDITO 1.1 Tipologia

6 1.2 Um contrato 2 Requisitos 3 Garantia real 4 Transferência 5 Exigibilidade 5.1 Pagamento 5.2 Execução 5.3 Prescrição 12 CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO E LETRAS FINANCEIRAS 1 Cédulas de crédito bancário 2 Liquidez certeza e exigibilidade 2.1 Cobrança indevida 2.2 Natureza jurídica do valor cobrado a maior 2.3 Declaração, compensação e execução 3 Endosso 4 Garantias 5 Pagamento e inadimplemento 6 Letras financeiras 13 CONHECIMENTO DE DEPÓSITO E WARRANT 2 Distinções 3 Requisitos 4 Transferência 5 Adimplemento 6 Excussão do warrant 7 Cooperativas 14 TÍTULOS DE GARANTIA IMOBILIÁRIA 1 Letra hipotecária 2 Letra imobiliária 3 Cédula hipotecária 4 Letra de crédito imobiliário 4.1 Elementos 4.2 Crédito imobiliário 4.3 Garantia 5 Cédula de Crédito Imobiliário 5.1 Emissão 5.2 Garantias

7 15 TÍTULOS DO AGRONEGÓCIO 1 Certificado de depósito agropecuário e o warrant agrário 1.1 Características 1.2 Emissão 1.3 Circulação 2 Certificado de direitos creditórios do agronegócio 3 Letra de crédito do agronegócio 4 Certificado de recebíveis do agronegócio 5 Elementos comuns 6 Cédula de produto rural 6.1 Liquidação financeira 6.2 Regime jurídico REFERÊNCIAS ÍNDICE REMISSIVO

ÍNDICE SISTEMÁTICO LETRAS DE CÂMBIO E NOTA PROMISSÓRIA. Parte I O Crédito e os Títulos de Crédito

ÍNDICE SISTEMÁTICO LETRAS DE CÂMBIO E NOTA PROMISSÓRIA. Parte I O Crédito e os Títulos de Crédito ÍNDICE SISTEMÁTICO LETRAS DE CÂMBIO E NOTA PROMISSÓRIA Parte I O Crédito e os Títulos de Crédito Capítulo I Dos títulos de crédito em geral 1. O crédito e a circulação dos direitos de crédito 1.1 Os títulos

Leia mais

TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO

TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO 1 Conceito Segundo Cesare Vivante: documento necessário para o exercício do direito, literal e autônomo, nele mencionado. 2 Princípios Cartularidade Literalidade Autonomia

Leia mais

Cheque administrativo ou cheque bancário ou cheque tesouraria (art.9º, III)

Cheque administrativo ou cheque bancário ou cheque tesouraria (art.9º, III) 1 Títulos de Crédito Sala 207 UNIP Títulos de Crédito VIII 29 de outubro Modalidades de Cheque Cheque visado (art.7º) - é o cheque em que o banco sacado a pedido do emitente ou do portador legitimado,

Leia mais

Direito Empresarial

Direito Empresarial www.uniestudos.com.br Direito Empresarial Helder Goes Professor de Direito Empresarial do Universo de Estudos Advogado e Consultor Jurídico Graduado em Direito pela Universidade Tiradentes Especialista

Leia mais

Literalidade: a obrigação representada pelo título de crédito restringe-se àquilo que estiver nele escrito (não valem convenções em apartado);

Literalidade: a obrigação representada pelo título de crédito restringe-se àquilo que estiver nele escrito (não valem convenções em apartado); Resumo Aula-tema 04: Títulos de crédito Título de crédito é um documento necessário ao exercício de direito literal e autônomo nele contido. Trata-se de conceito inspirado na clássica concepção do italiano

Leia mais

CONCEITO O ARTIGO 887 DO CCB: CONTIDO DOCUMENTO NECESSÁRIO PARA O EXERCÍCIO DO DIREITO LITERAL E AUTÔNOMO NELE MENCIONADO (VIVANTE)

CONCEITO O ARTIGO 887 DO CCB: CONTIDO DOCUMENTO NECESSÁRIO PARA O EXERCÍCIO DO DIREITO LITERAL E AUTÔNOMO NELE MENCIONADO (VIVANTE) O ARTIGO 887 DO CCB: CONTIDO DOCUMENTO NECESSÁRIO PARA O EXERCÍCIO DO DIREITO LITERAL E AUTÔNOMO NELE MENCIONADO (VIVANTE) CARACTERÍSTICAS CARTULARIDADE a necessidade de exibição LITERALIDADE vale pelo

Leia mais

Sumário. xiii. Olho_Willy_Titulos de Creditos.pmd 13

Sumário. xiii. Olho_Willy_Titulos de Creditos.pmd 13 Sumário INTRODUÇÃO TÍTULOS DE CRÉDITO: SUA HISTÓRIA... 1 1. Origem remota... 3 2. Letra de câmbio na antiguidade... 4 3. Origem lógica... 6 4. Período italiano instrumento de troca... 9 5. Período francês

Leia mais

Letra de Câmbio, Duplicata, Cheque e Nota Promissória. José Rodrigo Dorneles Vieira

Letra de Câmbio, Duplicata, Cheque e Nota Promissória. José Rodrigo Dorneles Vieira Letra de Câmbio, Duplicata, Cheque e Nota Promissória José Rodrigo Dorneles Vieira jrodrigo@portoweb.com.br Cesare Vivante: Documento necessário para o exercício do direito literal e autônomo nele mencionado.

Leia mais

DUPLICATA MERCANTIL. Partes: Com efeito, se alguém efetua a venda a prazo, pode emitir uma duplicata O vendedor será o adquirente. Natureza Jurídica:

DUPLICATA MERCANTIL. Partes: Com efeito, se alguém efetua a venda a prazo, pode emitir uma duplicata O vendedor será o adquirente. Natureza Jurídica: DUPLICATA MERCANTIL A DUPLICATA MERCANTIL É TITULO DE CRÉDITO CRIADO PELO DIREITO BRASILEIRO. A emissão da duplicata foi disciplina pela Lei 5474/68 O termo duplicata não pode ser interpretado ao Pé da

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item Cheque

Conhecimentos Bancários. Item Cheque Conhecimentos Bancários Item 2.1.1.2 - Cheque Conhecimentos Bancários Item 2.1.1.2 - Cheque Requisitos essenciais do cheque Lei 7.357/1985 - Artigos 1º e 2º LEI DO CHEQUE Item 2.1.1.2 - Cheque Requisitos

Leia mais

STJ fran Martins. Foi Professor Emérito na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará. TÍTULOS DE CREDITO

STJ fran Martins. Foi Professor Emérito na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará. TÍTULOS DE CREDITO fran Martins Foi Professor Emérito na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará. TÍTULOS DE ~ CREDITO 16 a edição atualizada por JOAQUIM PENALVA SANTOS e PAULO PENALVASANTOS ~ FORENSE Rio de

Leia mais

Do saque, ou seja, da emissão da letra de câmbio, decorre o surgimento de três situações jurídicas distintas:

Do saque, ou seja, da emissão da letra de câmbio, decorre o surgimento de três situações jurídicas distintas: Direito Empresarial II 6º Semestre CURSO: DIREITO LETRA DE CÂMBIO HISTÓRICO DA LETRA DE CÂMBIO A Letra de Câmbio é uma ordem de pagamento. Do saque, ou seja, da emissão da letra de câmbio, decorre o surgimento

Leia mais

MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL

MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL Benigno Cavalcante MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL Sumário Apresentação... 17 Abreviatura... 21 CAPÍTULO I HISTÓRIA DO DIREITO COMERCIAL 1. O Surgimento do Direito Comercial... 25 1.2. Evolução do Direito

Leia mais

HISTÓRIA TÍTULO ESSENCIALMENTE BRASILEIRO

HISTÓRIA TÍTULO ESSENCIALMENTE BRASILEIRO DUPLICATA HISTÓRIA TÍTULO ESSENCIALMENTE BRASILEIRO CÓDIGO COMERCIAL DE 1850 (art. 219) = exigia a emissão de fatura na venda mercantil a prazo 1914 - Lei Orçamentária n. 1919 criou o imposto sobre vendas

Leia mais

UNIDADE 5 NOTA PROMISSÓRIA

UNIDADE 5 NOTA PROMISSÓRIA UNIDADE 5 NOTA PROMISSÓRIA Profª Roberta C. de M. Siqueira Direito Empresarial III ATENÇÃO: Este material é meramente informativo e não exaure a matéria. Foi retirado da bibliografia do curso constante

Leia mais

Conhecimentos Bancários

Conhecimentos Bancários Conhecimentos Bancários Cheque Professor Lucas Silva Conhecimentos Bancários Aula XX CHEQUES CARACTERÍSTICAS BÁSICAS O cheque é uma ordem de pagamento à vista, porque deve ser pago no momento de sua apresentação

Leia mais

OBRAS DO AUTOR... NOTA EXPLICATIVA... XVII

OBRAS DO AUTOR... NOTA EXPLICATIVA... XVII ÍNDICE SISTEMÁTICO OBRAS DO AUTOR... XV NOTA EXPLICATIVA... XVII CAPÍTULO I TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO 1. A regulamentação dos títulos de crédito pelo Código Civil e por leis especiais 2. Aplicação

Leia mais

Títulos de Crédito Direito Empresarial

Títulos de Crédito Direito Empresarial RESUMO Títulos de Crédito Direito Empresarial 1 Índice Título de Crédito... 4 Conceito... 4 Definição Clássica de Vivante:... 4 Princípios... 4 Princípio da Cartularidade... 4 Princípio da Literalidade:...

Leia mais

Aula de 16/03/15. a) Total; b) Parcial (resolução da sociedade em relação a um sócio).

Aula de 16/03/15. a) Total; b) Parcial (resolução da sociedade em relação a um sócio). Aula de 16/03/15 14. DISSOLUÇÃO DE SOCIEDADE CONTRATUAL - Espécies: a) Total; b) Parcial (resolução da sociedade em relação a um sócio). Todas as duas hipóteses podem ocorrer de forma judicial ou extrajudicial.

Leia mais

LEI DE REGÊNCIA. Decreto n /66 Lei Uniforme. Lei Federal n /85 Lei do Cheque. Resolução n /2011 do Banco Central do Brasil

LEI DE REGÊNCIA. Decreto n /66 Lei Uniforme. Lei Federal n /85 Lei do Cheque. Resolução n /2011 do Banco Central do Brasil CHEQUE LEI DE REGÊNCIA Decreto n. 57.595/66 Lei Uniforme Lei Federal n. 7.357/85 Lei do Cheque Resolução n. 3.972/2011 do Banco Central do Brasil HISTÓRIA IDADE MÉDIA depósito de ouro nos ourives, que

Leia mais

Caio de Oliveira Desiderio

Caio de Oliveira Desiderio Caio de Oliveira Desiderio Fatura Documento descritivo da compra e venda mercantil ou da prestação de serviços que contém a indicação da quantidade, qualidade e preço do produto ou serviço. É obrigatória

Leia mais

AULA 17 ESPÉCIES DE TÍTULOS DE CRÉDITO

AULA 17 ESPÉCIES DE TÍTULOS DE CRÉDITO 1 AULA 17 ESPÉCIES DE TÍTULOS DE CRÉDITO INTRODUÇÃO Atualmente, existem cerca de 40 títulos de crédito em circulação no país. Os mais conhecidos são a nota promissória, cheque e duplicata. NOTA PROMISSÓRIA

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 14. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 14. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 14 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

STJ Ol!dl!G dp IBnUBW. {'BpBSdldw3. 010Vd oys. S10Z - 'V'S SVllV VCIOlIG3

STJ Ol!dl!G dp IBnUBW. {'BpBSdldw3. 010Vd oys. S10Z - 'V'S SVllV VCIOlIG3 S10Z - 'V'S SVllV VCIOlIG3 010Vd oys {'BpBSdldw3 Ol!dl!G dp IBnUBW " I STJ00101622 2005 by Editora Atlas S.A. 1. ed. 2005; 2. ed. 2006; 3. ed. 2008;4. ed. 2009; 5. ed. 2010; 6. ed. 2012; 7. ed. 2013; 8.

Leia mais

Agenda. Personagens Essenciais. Conceito. Como deve ser um cheque. Modalidades. Pagamento de cheque. Cheque sem fundos

Agenda. Personagens Essenciais. Conceito. Como deve ser um cheque. Modalidades. Pagamento de cheque. Cheque sem fundos CHEQUES Agenda Personagens Essenciais Conceito Como deve ser um cheque Modalidades Pagamento de cheque Cheque sem fundos Personagens Essenciais SACADOR ou EMITENTE - pessoa que assina o cheque, aquele

Leia mais

DIREITO COMERCIAL II. Professor LUIZ GONZAGA MODESTO DE PAULA DIREITO COMERCIAL II TÍTULOS DE CRÉDITO

DIREITO COMERCIAL II. Professor LUIZ GONZAGA MODESTO DE PAULA DIREITO COMERCIAL II TÍTULOS DE CRÉDITO 1 DIREITO COMERCIAL II Professor LUIZ GONZAGA MODESTO DE PAULA modesto@pucsp.br 2 TÍTULOS DE CRÉDITO 3 P R O G R A M A 4 AULA 1 CONCEITO DE CRÉDITO CONCEITO TRADICIONAL DE TÍTULO DE CRÉDITO NOVO CONCEITO

Leia mais

NOTA PROMISSÓRIA 11.1 NOÇÃO

NOTA PROMISSÓRIA 11.1 NOÇÃO 11 NOTA 11.1 NOÇÃO Enquanto a letra de câmbio é uma ordem de pagamento, porque através dela o signatário (sacador) do título requisita a uma pessoa (sacado) o pagamento de uma soma, a nota promissória

Leia mais

Caderno Eletrônico de Exercícios Títulos de Crédito

Caderno Eletrônico de Exercícios Títulos de Crédito 1) São exemplos de títulos de crédito, exceto: a) Cheque b) Testamento c) Duplicata d) Nota promissória 2) São características de títulos de crédito, exceto: a) Documentalidade b) Força executiva c) Autonomia

Leia mais

CURSO Delegado de Polícia Civil do Estado do Pará Nº 04. Títulos de Crédito

CURSO Delegado de Polícia Civil do Estado do Pará Nº 04. Títulos de Crédito CURSO Delegado de Polícia Civil do Estado do Pará Nº 04 DATA 05/07/2016 DISCIPLINA Empresarial PROFESSOR José Humberto Souto Júnior MONITOR Thaís da Mata AULA 04 - Títulos de Crédito (Cheque, Duplicata

Leia mais

Duplicata Aulas 30 a 32

Duplicata Aulas 30 a 32 Duplicata Aulas 30 a 32 1. NORMATIZAÇÃO: O regime cambial das duplicatas é norteado pela Lei 5.474/68 (doravante, LD, e a menção de artigo sem a indicação da Lei, significará referência à LD). Decreto-lei

Leia mais

Há mais de 13 classificações, mas só estudaremos as 4 principais utilizadas pela doutrina. Quais sejam:

Há mais de 13 classificações, mas só estudaremos as 4 principais utilizadas pela doutrina. Quais sejam: Classificação Há mais de 13 classificações, mas só estudaremos as 4 principais utilizadas pela doutrina. Quais sejam: a) Quanto a forma de transferência ou circulação; b) Quanto ao modelo; c) Quanto à

Leia mais

CURSO DE DIREITO EMPRESARIAL

CURSO DE DIREITO EMPRESARIAL MARLON TOMAZETTE CURSO DE DIREITO EMPRESARIAL 'l'ítu]os de Crédit() 6ª Edição Volume 2 Atualizado de acordo com o novo CPC são PAULO EDITORA ATLAS S.A. - 2015 2009 by Editora Atlas S.A. 1. ed. 2009; 2.

Leia mais

Cheque Aulas 22 a 24

Cheque Aulas 22 a 24 Cheque Aulas 22 a 24 1. NORMATIZAÇÃO: Lei 7.357/85 que absorveu as regras contidas na Lei Uniforme sobre Cheques. Resoluções do Banco Central do Brasil, tomadas por deliberação do Conselho Monetário Nacional,

Leia mais

MOTIVOS DE DEVOLUÇAO DE DOCUMENTOS NA COMPENSAÇÃO DE CHEQUES E OUTROS PAPÉIS MOTIVO TAXA

MOTIVOS DE DEVOLUÇAO DE DOCUMENTOS NA COMPENSAÇÃO DE CHEQUES E OUTROS PAPÉIS MOTIVO TAXA MOTIVOS DE DEVOLUÇAO DE DOCUMENTOS NA COMPENSAÇÃO DE CHEQUES E OUTROS PAPÉIS MOTIVO TAXA Nº DESCRIÇÃO BASE REGULAMENTAR R$ A SER PAGA PELO CHEQUES 11 insuficiência de fundos - 1ª apresentação Res. nº 1682

Leia mais

AULA DE TÍTULOS DE CRÉDITO OAB 1º FASE. Profª. Rebeca Eckstein

AULA DE TÍTULOS DE CRÉDITO OAB 1º FASE. Profª. Rebeca Eckstein AULA DE TÍTULOS DE CRÉDITO OAB 1º FASE Profª. Rebeca Eckstein rebecaeckstein@gmail.com http://www.facebook.com/rebecaeckstein LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Legislação Especial: Letra de Câmbio e Nota promissória

Leia mais

f ÅâÄtwÉ W Üx àé VÉÅxÜv tä `öüv t cxä áátü

f ÅâÄtwÉ W Üx àé VÉÅxÜv tä `öüv t cxä áátü 1 QUESTÕES SOBRE TÍTULO DE CRÉDITO TOMO II 1. Como se opera a circulação das letras de câmbio? R.: Após o aceite do sacado, o beneficiário teria de, em tese, aguardar a data do vencimento para receber

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 13. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 13. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 13 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Licenciatura

Licenciatura Licenciatura 2015-2016 DIREITO COMERCIAL I e II PROFESSOR DOUTOR PEDRO PAES DE VASCONCELOS Primeira Parte Direito Comercial Geral. Sumário Summary I. O Direito Comercial. 1.O Comércio e o Direito Comercial.

Leia mais

Programa da disciplina de Direito Comercial I

Programa da disciplina de Direito Comercial I Universidade de Macau Faculdade de Direito Ano lectivo 2017/2018 Programa da disciplina de Direito Comercial I Regente: Mestre Augusto Teixeira Garcia Assistente: Mestre Miguel Quental Programa da disciplina

Leia mais

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CH Total: 60 h Pré-requisito: Direito Empresarial I Período Letivo: 2016.1 Turma: 8º semestre Professor: Luciana de Oliveira

Leia mais

O protesto é um direito do credor decorrente do descumprimento, pelo devedor, da obrigação de lhe pagar determinada quantia em dinheiro.

O protesto é um direito do credor decorrente do descumprimento, pelo devedor, da obrigação de lhe pagar determinada quantia em dinheiro. O protesto é um direito do credor decorrente do descumprimento, pelo devedor, da obrigação de lhe pagar determinada quantia em dinheiro. O que é o protesto? É o ato pelo qual se prova a inadimplência

Leia mais

Curso de Especialização em Gestão Estratégica em Finanças Direito empresarial

Curso de Especialização em Gestão Estratégica em Finanças Direito empresarial 6. TÍTULOS DE CRÉDITO 6.1 Caracterização Para Vivante, título de crédito é o documento necessário ao exercício de um direito literal e autônomo nele mencionado. O Código Civil de 2002 o definiu no artigo

Leia mais

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CH Total: 60 h Pré-requisito: Direito Empresarial I Período Letivo: 2016.2 Turma: 8º semestre Professor: Luciana de Oliveira

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL PREPARATÓRIO XXII EXAME DE ORDEM

DIREITO EMPRESARIAL PREPARATÓRIO XXII EXAME DE ORDEM Prof. Ma Marina Zava de Faria FACE: Marina Zava INSTA: Marina Zava Periscope:@marinazava E-mail: profmarinazava@hotmail.com DIREITO EMPRESARIAL PREPARATÓRIO XXII EXAME DE ORDEM 1.1 Legislação Aplicável

Leia mais

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS A livrança É um título de crédito pelo qual o seu signatário (subscritor) se compromete a pagar ao seu credor beneficiário - ou à ordem deste uma determinada importância, numa certa data. A livrança são

Leia mais

PACOTE PADRONIZADO DE SERVIÇOS PRIORITÁRIOS - PESSOA NATURAL

PACOTE PADRONIZADO DE SERVIÇOS PRIORITÁRIOS - PESSOA NATURAL PACOTE PADRONIZADO DE SERVIÇOS PRIORITÁRIOS - PESSOA NATURAL Vigência a partir de 18/07/2014 As tarifas listadas podem ser reduzidas parcial ou totalmente, a critério exclusivo do Banco BNP Paribas Brasil,

Leia mais

Principal função: circulação de Riqueza

Principal função: circulação de Riqueza Principal função: circulação de Riqueza Código Civil (art.887 a 926) LUG Dec. 57.663/66 (letra de câmbio e nota promissória e é lei subsidiária para a duplicata) e as reservas Dec 2.044/1908 Lei 5.474/68

Leia mais

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL III Período: 5 Período. Carga Horária: 72H/a: EMENTA

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL III Período: 5 Período. Carga Horária: 72H/a: EMENTA EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL III Período: 5 Período Carga Horária: 72H/a: EMENTA O curso é estruturado de sorte a oferecer uma visão panorâmica dos principais aspectos dos títulos

Leia mais

Literalidade o título valerá pelo que nele estiver escrito. Formalismo - a forma do título de crédito é prescrita lei.

Literalidade o título valerá pelo que nele estiver escrito. Formalismo - a forma do título de crédito é prescrita lei. Legislação Societária / Direito Comercial Profª Mestre Ideli Raimundo Di Tizio p 27 DIREITO CAMBIÁRIO Títulos de Crédito São documentos representativos de obrigações pecuniárias, deve ser escrito, assinado

Leia mais

1. TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO

1. TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO 1. TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO Conceito: Título de crédito é o documento literal e autônomo que representa a obrigação nele contida Características: Titulo de crédito só representa obrigação creditícia

Leia mais

Outros documentos por espécies de títulos e outros documentos de dívida protestáveis:

Outros documentos por espécies de títulos e outros documentos de dívida protestáveis: Outros documentos por espécies de títulos e outros documentos de dívida protestáveis: 10.1 Cédula de Crédito Bancário (CCB): somente o original da única via negociável, acompanhada de uma planilha que

Leia mais

Aspectos Jurídicos dos Títulos de Crédito. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Aspectos Jurídicos dos Títulos de Crédito. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Aspectos Jurídicos dos Títulos de Crédito Crédito A palavra crédito é derivada do latim "Creditum", Credere que significa, coisa emprestada, empréstimo, dívida, depositar confiança em, confiar em, dar

Leia mais

Empresarial III Banco de Questões Corrigidas

Empresarial III Banco de Questões Corrigidas Empresarial III Banco de Questões Corrigidas Empresarial III Banco de Questões Corrigidas Fontes: Universidade Estácio de Sá e AjudaJuridica.com Questão 1: Marcélio encontra-se em uma concessionária de

Leia mais

Primeira Letra de Câmbio sacada em Medina del Campo Espanha em 1495

Primeira Letra de Câmbio sacada em Medina del Campo Espanha em 1495 LETRA DE CÂMBIO CONCEITO Letra de Câmbio é o título de crédito que representa uma ordem de pagamento de alguém (sacador) contra outrem (sacado) a favor de um terceiro (tomador). HISTÓRIA Origem provável:

Leia mais

PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE

PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE 1 CONTRATO DE SOCIEDADE 1 Elementos contratuais 2 Sociedades simples e empresárias 3 Sociedades não personificadas 4 Sociedade em comum 4.1 Patrimônio social e responsabilidade

Leia mais

Características/princípios

Características/princípios Características/princípios Títulos de crédito 2ª AULA Síntese histórica Economia de troca (in natura) * troca de mercadorias. Economia monetária (dinheiro) * troca de mercadoria por moeda. Economia creditória

Leia mais

Direito aplicado à logística

Direito aplicado à logística 6.4 LETRA DE CÂMBIO 6.4.1 Caracterização Eis um modelo de letra de câmbio: Regulada pela Lei nº 57.663/66 e parcialmente pelo Decreto nº 2.044/08 (Lei Uniforme), é uma ordem de pagamento à vista ou a prazo

Leia mais

~ Sumário. Nota, xvii

~ Sumário. Nota, xvii ~ Sumário Nota, xvii SíNTESE HISTÓRICA, 1 1.1 Antecedentes, 1 1.2 Título brasileiro, 2 1.2.1 Código Comercial, 3 1.2.2 Interesses fiscais e empresariais, 4 1.2.3 Lei nl:! 5.474/68,8 2 CAUSALIDADE DA DUPLICATA

Leia mais

TARIFAS MÁXIMAS - PESSOA JURÍDICA

TARIFAS MÁXIMAS - PESSOA JURÍDICA CADASTRO Confecção de cadastro para início de relacionamento TAR CADASTRO Elaboração de Ficha Cadastral 38,73 Serviço de proteção ao crédito TAR CONSULTA SPC/SERASA Serviço de proteção ao crédito/atualização

Leia mais

Exigibilidade. Introdução

Exigibilidade. Introdução 1 Exigibilidade Introdução 1. Considerações: Os devedores de um título de crédito são de duas categorias: o chamado devedor principal, que, na letra de câmbio, é o aceitante, e os coobrigados, que, nesta

Leia mais

Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa

Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa SUMÁRIO Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa... 17 1. Origens do Direito Empresarial.... 17 2. Autonomia do Direito Empresarial... 20 3. Fontes do Direito Empresarial... 21 4. Do Direito de Empresa...

Leia mais

Direito Empresarial ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL E TÍTULOS DE CRÉDITO

Direito Empresarial ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL E TÍTULOS DE CRÉDITO ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL E TÍTULOS DE CRÉDITO 1. Estabelecimento empresarial: Conceito: ü Arts. 1142, CC: Todo complexo de bens organizado por empresário ou por sociedade empresária para o exercício

Leia mais

NOVAS TENDÊNCIAS PARA O SERVIÇO DE PROTESTOS

NOVAS TENDÊNCIAS PARA O SERVIÇO DE PROTESTOS NOVAS TENDÊNCIAS PARA O SERVIÇO DE PROTESTOS ESCOLA DE NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO ESPIRITO SANTO 21/11/2015 AGENDA - PROTOCOLIZAÇÃO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS DE DIVIDA - INTIMAÇÃO - PROCEDIMENTOS DE QUITAÇÃO,

Leia mais

UNIDADE 7 DUPLICATA Profª Roberta C. de M. Siqueira Direito Empresarial III

UNIDADE 7 DUPLICATA Profª Roberta C. de M. Siqueira Direito Empresarial III UNIDADE 7 DUPLICATA 1 Profª Roberta C. de M. Siqueira Direito Empresarial III ATENÇÃO: Este material é meramente informativo e não exaure a matéria. Foi retirado da bibliografia do curso constante no seu

Leia mais

Direito Empresarial Dr. José Rodrigo

Direito Empresarial Dr. José Rodrigo 1 1. Considera-se estabelecimento empresarial: Títulos de crédito a) Todo complexo de bens organizado, usado pelo empresário, ou sociedade empresária, para o exercício da sua atividade. b) Todo complexo

Leia mais

Lisboa, 15 de janeiro de Estimado(a) Cliente,

Lisboa, 15 de janeiro de Estimado(a) Cliente, Lisboa, 15 de janeiro de 2013 Estimado(a) Cliente, Informamos que o Preçário será atualizado nos termos a seguir indicados, com entrada em vigor a partir do dia 23 de abril de 2013, com exceção das comissões

Leia mais

Produto ou Serviço Descrição da Tarifa Cobrança por Valor EXPORTAÇÃO. Prestação Transferência R$ 300,00

Produto ou Serviço Descrição da Tarifa Cobrança por Valor EXPORTAÇÃO. Prestação Transferência R$ 300,00 Tarifas máximas definidas pelo Santander * Valores vigentes a partir de 16/05/2011 Produto ou Serviço Descrição da Tarifa Cobrança por Valor EXPORTAÇÃO Prestação Transferência R$ 300,00 Aviso ou pré-aviso

Leia mais

SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoa Física Vigente a partir de 06/08/2016

SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoa Física Vigente a partir de 06/08/2016 1 SERVIÇOS PRESTADOS E TARIFAS - Pessoa Física CONTA DE DEPÓSITOS 1.1 1.2 Cadastro 1.1.1 Confecção de Cadastro para início de relacionamento 1.1.2 Renovação de Cadastro Renovação Cadastral 30,00 Cartão

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO PROGRAMA DE DISCIPLINA II. Disciplina: DIREITO COMERCIAL II (D-49) Área: Ciências Sociais Período: 9º (nono) Turno: matutino/noturno Ano: 2013.1 Carga Horária: 72 H; Créd.: 04 III. Pré-Requisito:

Leia mais

DUPLICATA XII. 1. Origem:

DUPLICATA XII. 1. Origem: DUPLICATA XII 1. Origem: - A duplicata constitui um título de crédito que tem origem no Direito brasileiro, e mais especificamente no Código Comercial de 1850, o qual determinava aos comerciantes atacadistas

Leia mais

CONTAS COM SALDO DEVEDOR (Euros)

CONTAS COM SALDO DEVEDOR (Euros) Anexo à Instrução nº 15/98 Modelo I INSTITUIÇÃO SITUAÇÃO ANALÍTICA DO MÊS DE CONTAS COM SALDO DEVEDOR (Euros) 10 CAIXA 11 DEPÓSITOS À ORDEM NO BANCO DE PORTUGAL 12 DISPONIBILIDADES SOBRE INSTITUIÇÕES.DE

Leia mais

ÁREA DE FORMAÇÃO: FAZER PAGAMENTOS CHEQUES

ÁREA DE FORMAÇÃO: FAZER PAGAMENTOS CHEQUES ÁREA DE FORMAÇÃO: FAZER PAGAMENTOS CHEQUES Índice Características Modalidades de emissão Endosso Encargos Consequências do uso indevido Cuidados a ter na emissão 2 Características Os cheques são um instrumento

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Parte Geral: Comércio e Empresa... 25

Sumário. Capítulo 1 Parte Geral: Comércio e Empresa... 25 Sumário Capítulo 1 Parte Geral: Comércio e Empresa... 25 1.1. Introdução... 25 1.2. Conceito de direito empresarial... 28 1.3. Características distintivas do direito empresarial no âmbito do direito privado...

Leia mais

É um título de crédito que se estrutura como ordem de pagamento. Desta forma tem-se origem a três situações jurídicas distintas:

É um título de crédito que se estrutura como ordem de pagamento. Desta forma tem-se origem a três situações jurídicas distintas: TÍTULOS DE CRÉDITO LETRA DE CÂMBIO É um título de crédito que se estrutura como ordem de pagamento. Desta forma tem-se origem a três situações jurídicas distintas: a) Sacador quem emite a ordem; b) Sacado

Leia mais

1. Formalidade versus informalidade e a perspectiva dos Direitos Humanos

1. Formalidade versus informalidade e a perspectiva dos Direitos Humanos 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-38 PERÍODO: 7º CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL II NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Títulos

Leia mais

12 DUPLICATA 12.1 APRESENTAÇÃO

12 DUPLICATA 12.1 APRESENTAÇÃO 12 DUPLICATA 12.1 APRESENTAÇÃO A duplicata mercantil é um documento criado pelo legislador brasileiro. O Código Comercial, embora revogado, previa, em seu art. 219, que nas vendas por atacado, o vendedor

Leia mais

Tabela de Tarifas Pessoa Física Serviços Diferenciados

Tabela de Tarifas Pessoa Física Serviços Diferenciados 1 ADITAMENTO DE CONTRATOS 1.1 Aditamento de contratos e cédulas de crédito TAR.REF. ADITAMENTO DE CONTRATOS 200,00 Realização de aditivos em contratos ou títulos de crédito, não se aplicando aos casos

Leia mais

Conceito de crédito: troca de uma prestação presente por uma futura. Credere é. Histórico: permite a circulação de capital e crescimento econômico.

Conceito de crédito: troca de uma prestação presente por uma futura. Credere é. Histórico: permite a circulação de capital e crescimento econômico. DIREITO EMPRESARIAL III Prof. Rodrigo Almeida Magalhães TÍTULOS DE CRÉDITO Conceito de crédito: troca de uma prestação presente por uma futura. Credere é crer, confiar. Histórico: permite a circulação

Leia mais

ÍNDICE SUMÁRIO PARTE I DOUTRINA. Capítulo I Títulos de Crédito... 27

ÍNDICE SUMÁRIO PARTE I DOUTRINA. Capítulo I Títulos de Crédito... 27 Títulos de Crédito, Aval, Endosso, Cessão e Fiança 11 ÍNDICE SUMÁRIO PARTE I DOUTRINA Capítulo I Títulos de Crédito..................................................... 27 Ação regressiva no título de

Leia mais

Direito Empresarial III Títulos de Crédito e Contratos Resumo para Provas

Direito Empresarial III Títulos de Crédito e Contratos Resumo para Provas Direito Empresarial III Títulos de Crédito e Contratos Resumo para Provas Direito Empresarial III Títulos de Crédito e Contratos Resumo para Provas Fonte: AjudaJurídica.com e Universidade Estácio de Sá

Leia mais

Tabela de Tarifas - Pessoas Jurídicas

Tabela de Tarifas - Pessoas Jurídicas Tabela de Tarifas - Pessoas Jurídicas Os valores de Tarifas e Serviços foram definidas pelo Banco PAN em consonância com a Resolução CMN 3919 de 25.11.2010. *Vigência a partir de 22.03.2016 1. CADASTRO

Leia mais

DDA. Sacado Eletrônico

DDA. Sacado Eletrônico DDA Débito Direto Autorizado Sacado Eletrônico Arquivo Leiaute padrão FEBRABAN / CNAB Índice.0 Apresentação...0 2.0 Estrutura do Arquivo...04 2. Observações...05.0 Header e Trailer do Arquivo...06. Registro

Leia mais

4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS

4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS 44 4 MÓDULO 4 DOCUMENTOS COMERCIAIS 4.1 Cheque O cheque é uma ordem de pagamento à vista. Pode ser recebido diretamente na agência em que o emitente mantém conta ou depositado em outra agência, para ser

Leia mais

Responsável pelo Conteúdo: Profa Ms Rosângela Maura Correa Bonici. Revisão Textual: Profa Vera Lidia de Sa Cicaroni

Responsável pelo Conteúdo: Profa Ms Rosângela Maura Correa Bonici. Revisão Textual: Profa Vera Lidia de Sa Cicaroni Responsável pelo Conteúdo: Profa Ms Rosângela Maura Correa Bonici Revisão Textual: Profa Vera Lidia de Sa Cicaroni Desconto Desconto Simples Desconto racional simples ou por dentro (DRS) Desconto Bancário

Leia mais

Índice ÍNDICE. INTRODUÇÃO Objecto e delimitação da investigação

Índice ÍNDICE. INTRODUÇÃO Objecto e delimitação da investigação Índice 947 ÍNDICE Nota Prévia... IX Apresentação... XV Actualização... XXIII Sumário... XXXV Abreviaturas... XXXIX Modo de Citação e Indicações Úteis... XLVII INTRODUÇÃO Objecto e delimitação da investigação

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL PONTO I

DIREITO EMPRESARIAL PONTO I DIREITO EMPRESARIAL PONTO I a) Objeto, fontes e autonomia do Direito Empresarial. O Direito de Empresa no novo Código Civil. Perfis da empresa. A empresa e a livre iniciativa. Limites ao exercício da empresa.

Leia mais

DEPOSITÁRIA QUALIFICAÇÃO DE CUSTODIANTES DE ATIVOS CARTULARES E/OU CCI ESCRITURAL

DEPOSITÁRIA QUALIFICAÇÃO DE CUSTODIANTES DE ATIVOS CARTULARES E/OU CCI ESCRITURAL DEPOSITÁRIA QUALIFICAÇÃO DE CUSTODIANTES DE ATIVOS CARTULARES E/OU CCI ESCRITURAL COM O OBJETIVO DE TRAZER MAIOR SEGURANÇA AO MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIRO, A CETIP ATENDENDO UMA SOLICITAÇÃO DA CVM COMISSÃO

Leia mais

Nota do autor, xix. 5 Dissolução e liquidação, 77 1 Resolução da sociedade em relação a um sócio, 77

Nota do autor, xix. 5 Dissolução e liquidação, 77 1 Resolução da sociedade em relação a um sócio, 77 Nota do autor, xix 1 Empresa, 1 1 Empreender, 1 2 Noções históricas, 2 3 Teoria da empresa, 3 4 Registro, 8 4.1 Redesim, 10 4.2 Usos e práticas mercantis, 14 4.3 Empresário rural, 15 5 Firma individual,

Leia mais

UNIDADE 2 LETRA DE CÂMBIO

UNIDADE 2 LETRA DE CÂMBIO UNIDADE 2 LETRA DE CÂMBIO Profª Roberta C. de M. Siqueira Direito Empresarial III ATENÇÃO: Este material é meramente informativo e não exaure a matéria. Foi retirado da bibliografia do curso constante

Leia mais

LEI N 5.474 - DE 18 DE JULHO DE 1968. Dispõe sobre as Duplicatas, e dá outras providências. Capítulo I - DA FATURA E DA DUPLICATA

LEI N 5.474 - DE 18 DE JULHO DE 1968. Dispõe sobre as Duplicatas, e dá outras providências. Capítulo I - DA FATURA E DA DUPLICATA LEI N 5.474 - DE 18 DE JULHO DE 1968. Dispõe sobre as Duplicatas, e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Capítulo

Leia mais

Matemática Financeira II

Matemática Financeira II Matemática Financeira II Matemática Financeira II Desconto Responsável pelo Conteúdo: Profa. Ms. Rosângela Maura Correa Bonici Revisão Textual: Profa. Esp. Vera Lidia de Sa Cicaroni Unidade Desconto

Leia mais

Direito Empresarial III

Direito Empresarial III Direito Empresarial III Unidade 1: Crédito - noções gerais Faculdade de Direito da UFMG Ana Clara Pereira Oliveira Professor(a): Eduardo Gourlat 2015/2º - Diurno 1.1) Caracterização O crédito é um fenômeno

Leia mais

DEPOSITÁRIA QUALIFICAÇÃO DE CUSTODIANTES DE ATIVOS CARTULARES E/OU CONTRATO MERCANTIL E/OU CCI ESCRITURAL

DEPOSITÁRIA QUALIFICAÇÃO DE CUSTODIANTES DE ATIVOS CARTULARES E/OU CONTRATO MERCANTIL E/OU CCI ESCRITURAL DEPOSITÁRIA QUALIFICAÇÃO DE CUSTODIANTES DE ATIVOS CARTULARES E/OU CONTRATO MERCANTIL E/OU CCI ESCRITURAL COM O OBJETIVO DE TRAZER MAIOR SEGURANÇA AO MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIRO, A CETIP ATENDENDO UMA

Leia mais

Unidade II. Direito Comercial. Profª. Vanessa Brihy

Unidade II. Direito Comercial. Profª. Vanessa Brihy Unidade II Direito Comercial Profª. Vanessa Brihy Títulos de Crédito - Origem Teve origem na Idade Média com o intuito de facilitar a circulação da moeda (meio utilizado para a troca de mercadorias em

Leia mais

IMPEDIMENTO AO PAGAMENTO

IMPEDIMENTO AO PAGAMENTO MOTIVOS DE DEVOLUÇÃO DE CHEQUES CHEQUES EM PROVISÃO DE FUNDOS MOT DESCRIÇÃO OBSERVAÇÕES 11 Cheque sem fundos 1º apresentação. 12 Cheque sem fundos 2º reapresentação. 13 Conta encerrada. 14 Prática espúria.

Leia mais

Certificados de Crédito Cooperativo (CCC)

Certificados de Crédito Cooperativo (CCC) Certificados de Crédito Cooperativo (CCC) Conceito: título de crédito nominativo, transferível e de livre negociação, que representa promessa de pagamento em dinheiro e constitui título executivo extrajudicial.

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO CURSO: DIREITO DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL III CÓDIGO

Leia mais

Cheque e Duplicata. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Cheque e Duplicata. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Cheque e Duplicata Crédito ETIMOLOGIA E SEMÂNTICA A palavra crédito é derivada do latim "Creditum", Credere que significa, coisa emprestada, empréstimo, dívida, depositar confiança em, confiar em, dar

Leia mais

APOSTILA 5 DE TÍTULOS DE CRÉDITO. Tema : DUPLICATA

APOSTILA 5 DE TÍTULOS DE CRÉDITO. Tema : DUPLICATA APOSTILA 5 DE TÍTULOS DE CRÉDITO Tema : DUPLICATA Material de apoio para a disciplina Direito Empresarial Elaborado por : Denis Domingues Hermida OBSERVAÇÃO: A redação dessa apostila é feita com base nas

Leia mais

STJ00029248. 2.2 Principais tipos de depósito..."... "... 30

STJ00029248. 2.2 Principais tipos de depósito...... ... 30 STJ00029248 SUMÁRIO À GUISA DE EXPLICAÇÃO À 1." EDIÇÃO... 5 I. CRÉDITO BANCÁRIO 1.1 Atividade creditícia dos bancos..."... 15 1.2 Operações bancárias... 16 1.3 Contratos de crédito bancário... 18 1.4 Natureza

Leia mais