Desenvolva aplicações para a nuvem com CloudBees - Revista Java Magazine 116

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desenvolva aplicações para a nuvem com CloudBees - Revista Java Magazine 116"

Transcrição

1 Desenvolva aplicações para a nuvem com CloudBees - Revista Java Magazine 116 Este artigo tem por objetivo apresentar a plataforma CloudBees, que proporciona ao desenvolvedor maior facilidade nos procedimentos de construção, desenvolvimento e implantação de aplicativos na nuvem. Artigo do tipo Tutorial Recursos especiais neste artigo: Artigo no estilo Solução Completa Autores:Fernanda Cristina Girelli e Everton Coimbra de Araújo Desenvolvendo aplicações para nuvem com CloudBees Este artigo tem por objetivo apresentar a plataforma CloudBees, que proporciona ao desenvolvedor maior facilidade nos procedimentos de construção, desenvolvimento e implantação de aplicativos na nuvem. Visando demonstrar estes procedimentos nessa plataforma, será desenvolvida uma aplicação web referente a um cadastro de alunos e notas, utilizando a linguagem de programação Java. Em que situação o tema é útil Este tema é útil para quem deseja conhecer e utilizar a plataforma CloudBees para desenvolvimento de aplicativos Java para a nuvem. Com ela, a construção, desenvolvimento e hospedagem das aplicações, além de ser gratuita, se torna mais simples, fácil e rápida. Diariamente arquivos são acessados, informações dos mais variados tipos são armazenadas e ferramentas e aplicações são utilizadas de maneira on premise. Este termo é empregado quando é preciso se referir a arquivos, informações e aplicações que são armazenadas/instaladas localmente nos computadores pessoais, ao invés de se utilizar uma instalação remota como, por exemplo, a tecnologia de computação em nuvem. Entretanto, quando se fala em ambientes corporativos, essa prática de acessar arquivos e ferramentas localmente nos computadores deixa de ser interessante, pois, nas empresas, os funcionários necessitam compartilhar a todo o momento as mesmas informações e recursos, para desempenhar suas funções. Com o objetivo de suprir essa necessidade de compartilhamento, além de reduzir custos relacionados à mão de obra e equipamentos computacionais, surge a computação em nuvem, do inglês Cloud Computing, que tem se popularizado com a evolução constante da tecnologia computacional, principalmente pela grande facilidade no acesso à Internet. No Brasil, a computação em nuvem é recente. Ela começou a ser implantada no ano de 2008 e, gradativamente, as empresas vêm adotando essa tecnologia para oferecer seus serviços e produtos.

2 O termo computação em nuvem surgiu com a proposta de que ninguém mais precisaria instalar programas nos seus computadores, pois tudo seria acessado via Internet, desde tarefas mais básicas (como edição de planilhas e arquivos texto) até as mais complexas (como edição de imagens). Uma vez conectado à Internet, é possível acessar um servidor que execute a ferramenta desejada. Assim, enquanto o servidor fica responsável por executar esse serviço, o computador do usuário apenas utiliza o monitor e seus periféricos, já que o restante do processamento fica a cargo do servidor. Com a computação em nuvem o usuário não precisa se preocupar, por exemplo, com a capacidade de armazenamento do seu computador, quantidade de memória, backup, segurança, manutenção, entre outros fatores, porque todas essas atribuições ficam a cargo do fornecedor do servidor. Em alguns casos, o usuário ainda pode desfrutar de todos esses benefícios sem custo algum, já que existem aplicações em nuvem disponibilizas gratuitamente, como o Google Docs, Dropbox e SkyDrive. Além das aplicações citadas anteriormente, a computação em nuvem possibilitou também a abertura de novos negócios, como foi o caso da plataforma CloudBees. Esta plataforma foi desenvolvida com o objetivo de facilitar a construção, implantação e execução de forma gratuita de soluções Java, na nuvem. O CloudBees foi fundado no início de 2010, por Sacha Labourey (ex-diretor da JBoss), e tem como meta oferecer uma plataforma que possibilite aos desenvolvedores concentrar-se 100% na implementação dos sistemas, não se preocupando com tarefas de manutenção e infraestrutura dos servidores. Com base nisso, neste artigo serão apresentados alguns dos recursos da plataforma CloudBees, bem como a construção de um aplicativo Java, referente a um cadastro de alunos e notas, com o objetivo de demonstrar os passos para criação, desenvolvimento, implantação e execução de uma solução na nuvem. Conhecendo a plataforma CloudBees Como já informado, o CloudBees é uma plataforma recentemente fundada que tem como objetivo simplificar o processo de desenvolvimento, implantação e execução de aplicações, utilizando para isso o conceito de computação em nuvem. A arquitetura dessa plataforma é baseada em três tipos de serviços: Build, Run e Manage que, respectivamente, são responsáveis pela construção, execução e gerenciamento da aplicação. No serviço de construção (Build), o CloudBees oferece recursos para criação, integração e teste das aplicações. São disponibilizadas diversas ferramentas que auxiliam neste serviço, como é o caso do plugin CloudBees para a IDE Eclipse, que auxilia no processo de criação da aplicação, e também o suporte a Jenkins, que pode ser utilizado para integração contínua e para a realização de testes. Para o serviço de execução (Run), o CloudBees oferece todos os recursos necessários para a hospedagem da aplicação na nuvem, como servidores de aplicação (JBoss e Tomcat), deploy através de arquivo WAR ou pela IDE Eclipse, e serviços de armazenamento de dados (MySQL e PostgreSQL). Já no serviço de gerenciamento da aplicação (Manage), estão disponíveis,

3 por exemplo, recursos rápidos para identificação de problemas de desempenho, facilidade para visualizar os relatórios de logs, ferramentas para controle de versões e consumo de memória, entre outros. Com a utilização dessa plataforma o desenvolvedor pode usufruir de diversas vantagens, tais como: Não é necessário se preocupar com a infraestrutura do servidor; Manutenções no servidor ficam por conta do CloudBees; Disponibilidade para armazenamento de dados; Possibilidade de migrar facilmente seu aplicativo para outro ambiente, caso não goste do ambiente oferecido pelo CloudBees; Suporte a qualquer linguagem de programação que rode sobre a JVM, como Java, JRuby, Grails, entre outras. Para utilizar esta plataforma é necessária a criação de uma conta no site do CloudBees. Todos os passos para a realização desse cadastro são apresentados na sequência. Depois de estar registrado, é possível implantar gratuitamente as aplicações na nuvem, porém com algumas limitações, como: Possibilidade de hospedar até cinco aplicações; Capacidade máxima de memória para cada aplicação restrita a 128 MB; Disponibilidade de apenas 5 MB para o banco de dados. Como descrito, este PaaS oferece uma camada de serviços gratuita; porém, caso o usuário opte por utilizar uma franquia, com mais recursos e/ou maior capacidade de armazenamento, por exemplo, será necessário pagar pelo serviço desejado. A relação completa de preços pode ser visualizada no site do CloudBees (veja a seção Links). Registrando-se no CloudBees O cadastro na plataforma CloudBees é gratuito, simples e rápido. Para isto, é preciso acessar o site oficial da plataforma, clicar sobre o item de menu SIGN UP (veja Links) e preencher as informações do formulário, conforme apresentado na Figura 1. Observe que, na realização do cadastro, deverá ser feito o registro do domínio por meio da opção Domain/Account. Esse nome de domínio será usado para construção da URL de acesso à sua aplicação. Por exemplo, se o domínio for registrado como minhaaplicacao, de acordo com a Figura 1, a URL da aplicação será semelhante a [nome_da_aplicacao].minhaaplicacao.cloubdees.net.

4 Figura 1. Criando uma conta no CloudBees. Depois de realizar o cadastro no site, se desejar, o usuário poderá optar pela compra de serviços adicionais. Para isto, depois de autenticado, é só clicar sobre a opção de menu Services, localizada no topo da página, escolher o serviço desejado e preencher as informações para pagamento. No caso deste artigo, não será necessário adquirir nenhum recurso adicional, sendo utilizados apenas os serviços gratuitos. Criando um projeto CloudBees

5 Com o objetivo de facilitar o desenvolvimento de aplicações Java baseadas no conceito de computação em nuvem, o CloudBees anunciou um plugin integrado à IDE Eclipse que pode ser instalado gratuitamente. Com esse plugin, o processo de construção e implantação do aplicativo se torna mais simples e rápido. Para que esse plugin se torne ativo para utilização, ou seja, para que seja possível implantar um aplicativo na nuvem, é necessário validar a sua conta criada anteriormente no site do CloudBees. Para isso, acesse o menu Window > Preferences. No item CloudBees (vide Figura 2), informe o e senha cadastrados no momento da criação da conta e clique no botão Validate, para realizar a ativação do plugin. abrir imagem em nova janela Figura 2. Ativando a conta do CloudBees no Eclipse. Após a instalação do plugin, é disponibilizado um ícone do CloudBees na barra de ferramentas do Eclipse, como pode ser observado na Figura 3.

6 Figura 3. Ícone do CloudBees na barra de ferramentas do Eclipse. Para criar um novo projeto, clique sobre a opção New CloudBees Project..., informe um nome para a aplicação, de acordo com a Figura 4, e clique no botão Next. Figura 4. Criação do projeto. Na próxima tela é possível integrar o projeto aos serviços do Jenkins e repositórios SVN do CloudBees. Neste caso, no entanto, apenas será finalizada a criação do projeto clicando em Finish, pois, para este artigo, essa integração não será necessária. Feito isso, o Eclipse criará um projeto com a estrutura semelhante à exibida na Figura 5.

7 Figura 5. Estrutura do projeto CloudBees. Observe que as bibliotecas necessárias para a utilização do CloudBees já foram importadas. Também foi criada a página index.jsp que, ao ser executada, exibirá uma mensagem informando que a aplicação foi criada e está funcionando com sucesso. Nessa mesma página é apresentado um botão rotulado com o texto Take me to the console que, ao ser clicado, promoverá o redirecionamento do usuário à página de administração da conta CloudBees. Para testar o funcionamento da aplicação no ambiente local (localhost), clique com o botão direito do mouse no nome do projeto e escolha a opção Run as > CloudBees Application (local). Em seguida, inicie o navegador de sua preferência e digite o endereço: Caso deseje efetuar o deploy da aplicação na nuvem CloudBees, clique com o botão direito do mouse no nome do projeto e escolha a opção Run as > CloudBees Application Observe que, depois de efetuar este procedimento, no item applications, da view CloudBees do Eclipse, foi criada uma aplicação. Nesta aplicação, clique com o botão direito do mouse e selecione a opção Open In Browser, conforme indicado na Figura 6. Dessa forma, será iniciado o navegador padrão do computador, onde será apresentado o resultado da execução da aplicação (Figura 7).

8 Figura 6. Selecionando a opção Open In Browser no Eclipse. Figura 7. Resultado da aplicação após realizar o deploy na nuvem CloudBees. Criando o banco de dados no CloudBees Um dos mais importantes serviços disponibilizados pelo CloudBees é o gerenciamento de banco de dados. Para o caso de uma licença gratuita, a capacidade de armazenamento de dados está limitada a 5MB. Se for necessário, no entanto, o usuário pode adquirir uma maior capacidade de armazenamento pagando por uma franquia adicional.

9 Neste cenário, o CloudBees possui uma parceria com sistemas de gerenciamento de bancos de dados, como é o caso do MySQL e do PostgreSQL. No caso deste artigo, será utilizado o banco de dados MySQL para gerenciamento das informações. Para criar a base de dados é preciso acessar sua conta a partir do endereço Após autenticar-se, selecione a opção Databases, conforme a Figura 8. abrir imagem em nova janela Figura 8. Selecionando a opção Databases no CloudBees. Em seguida, no menu ao lado esquerdo da página, selecione a opção Add New Database, preencha as informações solicitadas sobre o banco de dados (nome da base de dados, usuário e senha) e clique sobre o botão Finish, de acordo com a Figura 9.

10 Figura 9. Criando o banco de dados. Feito isso, é necessário vincular o banco ao projeto criado. Deste modo, clique sobre a opção Manage (localizada no menu ao lado esquerdo da página) e selecione a base de dados criada. Veja que, na tela apresentada, é possível visualizar todas as características do banco, inclusive o servidor no qual está hospedado (em destaque na cor azul, na Figura 10). Na Figura 10 também é destacado, na cor vermelha, os códigos a serem adicionados nos arquivos WEB-INF/cloudbees-web.xml e WEB-INF/web.xml do projeto. Estes arquivos precisam ser modificados justamente para vincular a aplicação ao banco de dados. Apenas lembrando que esse código é gerado automaticamente pelo CloudBees ao finalizar a criação do banco de dados. Isto é, o desenvolvedor só precisa copiar e colar esses códigos em seus respectivos arquivos.

11 abrir imagem em nova janela Figura 10. Vinculando a aplicação ao banco de dados. Até o momento, apenas foi criada e configurada a base de dados, ou seja, as tabelas e seus atributos ainda não foram especificados, sendo necessário defini-los externamente, pois a plataforma CloudBees não oferece uma interface para a realização dessa tarefa. Para isso, é preciso utilizar um programa que possibilite acessar o banco de dados remotamente. Um exemplo seria o HeidiSQL, que é um programa de licença gratuita onde é possível abrir e editar bases de dados locais ou remotas, através do endereço do servidor, porta, usuário e senha. Na Figura 11 é apresentada a estrutura lógica do banco de dados que será empregado neste artigo.

12 Figura 11. Estrutura lógica do banco de dados. Finalizando estes procedimentos, a aplicação estará pronta para utilizar o banco de dados para persistir as informações. Desenvolvendo uma aplicação web com CloudBees Para exemplificar o funcionamento desse PaaS, será desenvolvida uma aplicação Web referente a um cadastro de alunos e notas de uma determinada escola. Considera-se que para cada aluno serão atribuídas as notas referentes às disciplinas de Português, Matemática, História e Geografia. Nesta aplicação, também será possível consultar as notas de um determinado aluno, de acordo com o número da matrícula informado pelo usuário. Até o momento, já temos o projeto da aplicação criado e também a configuração do banco de dados realizada. Agora, o restante do desenvolvimento passa a ser o de costume, ou seja, não é mais necessário inserir código fonte ou realizar outras configurações específicas para que a aplicação seja executada na nuvem CloudBees. A aplicação será desenvolvida utilizando apenas Servlets e páginas JSP. Tendo em vista que o foco do artigo é demonstrar o funcionamento da plataforma CloudBees, não será utilizado nenhum outro recurso que possa, de certa maneira, desviar o objetivo do nosso estudo de caso. Os Servlets serão responsáveis pelas funcionalidades de inserir e recuperar as informações no banco de dados, enquanto as páginas JSP serão empregadas para construir a interface com o usuário, enviando as requisições do usuário e exibindo as respostas do Servlet. Criação da página Inicial O ponto de partida para o desenvolvimento será a construção da página inicial para a aplicação. Esta página será representada pelo arquivo index.jsp e possuirá dois links: um para acesso à página de cadastro de alunos e notas e outro para acesso à página de consulta de notas por aluno. Veja na Listagem 1 o código referente a este arquivo. Vale lembrar que index.jsp já existe no projeto, então, seu conteúdo será apenas modificado. Na Figura 12 é apresentado o resultado da execução em ambiente local da página index.jsp.

13 Listagem 1. Código fonte referente à página index.jsp. <!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN" "http://www.w3.org/tr/xhtml1/dtd/xhtml1-transitional.dtd"> <html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml" lang="en" xml:lang="en"> <head> <meta http-equiv="content-type" content="text/html; charset=utf- 8"> <title>cloudbees</title> </head> <body> <h1>bem vindo ao Cloudbees!</h1> <a href="cadastraralunos.jsp"> Cadastrar Aluno </a><br/> <a href="consultarnotas.jsp"> Consultar Notas </a> </body> </html> Figura 12. Resultado da execução da página index.jsp. Cadastro de alunos Após a criação da página index.jsp, o desenvolvimento da aplicação prossegue com a construção da página cadastaralunos.jsp. Nesta página o usuário realizará o cadastro dos alunos, informando o número da matrícula, nome, idade e as notas referentes às disciplinas de Português, Matemática, História e Geografia. Na Listagem 2 é apresentado o código dessa página. É importante ressaltar que, assim como na Listagem 1, verifica-se que não existe nada de novo ou diferente no código das páginas, para a execução delas na nuvem. Listagem 2. Código fonte referente à página cadastraralunos.jsp. <!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN" "http://www.w3.org/tr/xhtml1/dtd/xhtml1-transitional.dtd">

14 <html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml" lang="en" xml:lang="en"> <head> <meta http-equiv="content-type" content="text/html; charset=utf-8"> <title>cadastro de alunos</title> </head> <body> <h1>cadastro de Alunos</h1> <form method="get" action="hello"> <table> <tr> <td align="left" width="10%"><b>matricula:</b></td> <td align="left"><input type="text" name="matricula" size="10 maxlength="10"></td> </tr> <tr> <td align="left" width="10%"><b>nome:</b></td> <td align="left"><input type="text" name="nome" size="40" maxlength="40"></td> </tr> <tr> <td align="left" width="10%"><b>idade: </b></td> <td align="left"><input type="text" name="idade" size="5" maxlength="2"></td> </tr> <tr> <td align="left" width="10%"><b>portugues: </b></td> <td align="left"><input type="text" name="portugues" size="40" maxlength="40"></td> </tr> <tr> <td align="left" width="10%"><b>matematica: </b></td> <td align="left"><input type="text" name="matematica" size="40" maxlength="40"></td> </tr> <tr> <td align="left" width="10%"><b>historia: </b></td> <td align="left"><input type="text" name="historia" size="40" maxlength="40"></td> </tr> <tr> <td align="left" width="10%"><b>geografia: </b></td> <td align="left"><input type="text" name="geografia" size="40" maxlength="40"></td>

15 </tr> <tr> value="limpar"> </tr> </table> </form> </body> </html> <td align="left" width="10%"><p align="left"> </td> <td align="left"><p align="left"> </td> <input type="submit" value="enviar"><input type="reset" Nesta página, depois do usuário preencher todas as informações do aluno e clicar sobre o botão Enviar, o formulário chamará a classe HelloServlet (apresentada na Listagem 3), especificada na action da tag <form>. Este Servlet, assim como a página index.jsp, já é criado por padrão no projeto. Portanto, ele também já está declarado no arquivo web.xml, com o nome hello. Caso seja necessário criar um novo Servlet, o procedimento é o mesmo do desenvolvimento web tradicional. A classe HelloServlet será responsável por recuperar os dados do aluno, informados pelo usuário no formulário de cadastro, e salvar estes dados no banco de dados. Para que essa classe consiga realizar a conexão com a base de dados, é preciso ter acesso ao código Java gerado automaticamente pelo CloudBees. Para ter acesso a esse código, acesse sua conta na plataforma e clique sobre o nome do banco de dados que está utilizando para a aplicação. No box Datasource configuration tips, logo abaixo do código adicionado anteriormente nos arquivos cloudbees-web.xml e web.xml, é apresentado o código para a conexão com o banco (em destaque na Figura 13). Portanto, copie este código e o adicione à classe HelloServlet.

16 abrir imagem em nova janela Figura 13. Código para conexão com o banco de dados. Listagem 3. Código fonte referente à classe HelloServlet. public class HelloServlet extends HttpServlet{ public void doget(httpservletrequest req, HttpServletResponse resp) throws ServletException, IOException { //recuperar os dados do formulário de cadastro String matricula = req.getparameter("matricula"); String nome = req.getparameter("nome"); String idade = req.getparameter("idade"); String portugues = req.getparameter("portugues"); String matematica = req.getparameter("matematica"); String geografia = req.getparameter("geografia"); String historia = req.getparameter("historia"); Context ctx = null; DataSource ds = null; Connection conn = null; Statement stmt = null; aluno // criando a SQL para inserção dos dados do aluno na tabela String sql = "INSERT INTO aluno (matricula, nome, idade) "; sql += "VALUES ('"+matricula+"','"+nome+"','"+idade+"')"; notas // criando a SQL para inserção das notas do aluno na tabela String sql2 = "INSERT INTO notas (matricula_aluno, portugues, matematica, historia, geografia) "; sql2 += "VALUES ("+matricula+","+portugues+","+matematica+", "+historia+","+geografia+")"; try { //conexão com o banco de dados - código copiado do Cloudbees ctx = new InitialContext(); ds = (DataSource)ctx.lookup("java:comp/env/jdbc/banco"); conn = ds.getconnection(); stmt = conn.createstatement(); stmt.executeupdate(sql); //salvando os dados do aluno

17 stmt.executeupdate(sql2); //salvando as notas do aluno conn.close(); } catch (NamingException e) { e.printstacktrace(); } catch (SQLException e) { e.printstacktrace(); } //redirecionando para a página inicial RequestDispatcher dispatcher = req.getrequestdispatcher("index.jsp"); } } dispatcher.forward(req, resp); Ao executar a página index.jsp e clicar sobre o link Cadastrar Aluno, o resultado será semelhante ao apresentado na Figura 14. Figura 14. Resultado da execução da página cadastraralunos.jsp. Consulta de notas por aluno Agora, com o cadastro de alunos concluído e funcionando corretamente, prossegue-se com o desenvolvimento da aplicação e passa-se para a criação da página

18 consultarnotas.jsp. Ao navegar por essa página, o usuário poderá consultar as notas de um determinado aluno, informando o número da matrícula do mesmo. Veja na Listagem 4 a implementação desta página. Listagem 4. Implementação da página consultarnotas.jsp. <!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN" "http://www.w3.org/tr/xhtml1/dtd/xhtml1-transitional.dtd"> import="example.helloservlet"%> <html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml" lang="en" xml:lang="en"> <head> <meta http-equiv="content-type" content="text/html; charset=utf-8"> <title>consulta de Notas</title> </head> <body> <h1>consulta de Notas</h1> <form method="get" action="notas"> <table> <tr > <td align="left" width="30%"><b>matricula do aluno:</b></td> <td align="left"><input type="text" name="matricula" size="15" maxlength="40"></td> </tr> <tr> <td align="left" width="10%"><p align="left"> </td> <td align="left"><p align="left"> <input type="submit" value="pesquisar"></td> </tr> </table> </form> <% String nome = request.getparameter("n"); String matricula = request.getparameter("m"); String portugues = request.getparameter("p"); String matematica = request.getparameter("ma"); String historia = request.getparameter("h"); String geografia = request.getparameter("g"); if(nome!= null){ out.println("verificando notas do aluno "+nome); %> <br/> <br/> <table>

19 <tr> </tr> <tr> <td align="left" width="10%"><b>portugues </b></td> <td align="left" width="10%"><b>matematica </b></td> <td align="left" width="10%"><b>historia</b></td> <td align="left" width="10%"><b>geografia</b></td> <td align="left" width="10%"><b><%out.println(portugues);%></b></td> </b></td> </b></td> </b></td> </tr> </table> </body> </html> <% %> <td align="left" width="10%"><b><%out.println(matematica);%> <td align="left" width="10%"><b><%out.println(historia);%> <td align="left" width="10%"><b><%out.println(geografia);%> } Em consultarnotas.jsp, o usuário informará a matrícula do aluno desejado e, ao clicar sobre o botão Pesquisar, o formulário chamará a classe ServletNotas, especificada na action da tag <form>. Esse Servlet, diferentemente do anterior (HelloServlet), deverá ser criado no projeto e mapeado no arquivo web.xml com o nome notas. Veja na Listagem 5 o código necessário para isto. Listagem 5. Código para mapear a classe ServletNotas no web.xml. <servlet> <servlet-name>servletnotas</servlet-name> </servlet> <servlet-class>example.servletnotas</servlet-class> <servlet-mapping> <servlet-name>servletnotas</servlet-name> <url-pattern>/notas</url-pattern> </servlet-mapping> A classe ServletNotas, cujo código é exibido na Listagem 6, será responsável por recuperar o número da matrícula informado pelo usuário no campo de pesquisa e consultar no banco de dados o nome do aluno, bem como suas notas. Depois de realizar a consulta, o Servlet redireciona a requisição novamente para a página

20 consultarnotas.jsp, inserindo os dados recuperados da base de dados como parâmetros na URL. Listagem 6. Código fonte referente à classe ServletNotas. public class ServletNotas extends HttpServlet{ resp) public void doget(httpservletrequest req, HttpServletResponse throws ServletException, IOException{ //recupera o número da matrícula informado pelo usuário String matricula = req.getparameter("matricula"); String aluno = null; String portugues = null; String matematica = null; String historia = null; String geografia = null; Context ctx = null; DataSource ds = null; Connection conn = null; Statement stmt = null; ResultSet rst = null; try { //conexão com o banco de dados ctx = new InitialContext(); ds = (DataSource)ctx.lookup("java:comp/env/jdbc/banco"); conn = ds.getconnection(); stmt = conn.createstatement(); //cria a SQL para consulta do nome do aluno de acordo com o número da matrícula rst = stmt.executequery("select nome FROM aluno WHERE matricula = "+matricula); //armazena o nome do aluno na variável String aluno aluno = rst.getstring(1); //cria a SQL para consultar as notas do aluno de acordo com o número da matrícula rst = stmt.executequery("select portugues,matematica,historia,geografia FROM notas WHERE matricula_aluno = "+matricula);

21 //armazena nas variáveis as notas de cada disciplina portugues = rst.getstring(1); matematica = rst.getstring(2); historia = rst.getstring(3); geografia = rst.getstring(4); //encerra a conexão com o banco de dados conn.close(); } catch (NamingException e) { e.printstacktrace(); } catch (SQLException e) { e.printstacktrace(); } //redireciona para a página consultarnotas.jsp //passando o nome do aluno e suas notas como parâmetro na URL RequestDispatcher dispatcher = req.getrequestdispatcher("consultarnotas.jsp? n="+aluno+"&m="+matricula+"&p="+português+"&ma="+matematica+" } } &h="+historia+"&g="+geografia); dispatcher.forward(req, resp); A página consultarnotas.jsp recupera, por meio do método getparameter(), os dados (nome do aluno e suas notas) enviados pelo Servlet na URL, verifica se o nome do aluno não é nulo (null) e, caso positivo, seu nome e suas notas são exibidas na tela. Veja na Figura 15 a execução da página consultarnotas.jsp, que lista as notas do aluno selecionado. abrir imagem em nova janela Figura 15. Página consultarnotas.jsp listando as notas do aluno selecionado.

22 Após concluir todas as etapas da construção da aplicação, ela estará pronta para ser publicada na nuvem CloudBees. Para efetuar o deploy do projeto, clique com o botão direito do mouse no seu nome e escolha a opção Run as > CloudBees Application Após este procedimento, siga os passos indicados na Figura 6 ou inicie o navegador de sua preferência e digite o endereço: [nome_da_aplicacao].[dominio_registrado].cloubdees.net. Conclusão Cada vez mais as empresas estão optando por soluções de TI que incluam computação em nuvem, pois esta tecnologia pode reduzir os custos associados à infraestrutura de computadores ao deixar de ser necessário, para a empresa contratante do serviço, manter máquinas com grandes capacidades de processamento e armazenamento de informações e, ainda, agilizar os processos de negócio. Neste contexto, as plataformas baseadas no conceito de computação em nuvem estão crescendo e se popularizando no mercado. O CloudBees é uma dessas plataformas. Ela fornece um ambiente onde o programador pode criar, desenvolver e implantar aplicativos na nuvem, com facilidade e rapidez, sem precisar se preocupar com a infraestrutura e manutenção de servidores, já que isso fica por conta da própria plataforma. Além disso, o CloudBees oferece vários serviços gratuitos e de excelente qualidade, porém, com algumas limitações. Caso seja necessário, no entanto, é possível contratar serviços e recursos adicionais, pagando-se pouco por isso. Outro ponto positivo é o plugin CloudBees para a IDE Eclipse, que auxilia no desenvolvimento e implantação das aplicações na plataforma. Para quem já está acostumado com essa IDE, com certeza este recurso será muito bem-vindo. Links O que é computação em nuvens? 738-o-que-e-computacao-em-nuvens-.htm O que é cloud computing (computação nas nuvens)? Plugin do CloudBees para Eclipse. CloudBees Toolkit for Eclipse How-to Guide. CloudBeesEclipseToolkit Site oficial do CloudBees. Opções de Cloud Computing para Java. conseitos-sobre-cloud-computing/

23 Relação de preços dos serviços da plataforma CloudBees Tutorial para instalação do plugin CloudBees no Eclipse. CloudBeesEclipseToolkit

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Introdução Cloud Computing Computação Móvel SaaS, PaaS e IaaS CloudBees Diariamente arquivos são acessados, informações dos mais variados tipos são armazenadas e ferramentas

Leia mais

Java na Web. Aplicações Web

Java na Web. Aplicações Web Montando o ambiente com HSQLDB JSP com um conteúdo de banco de dados: JDBC Integre JSPs com servlets aplicando o Modelo-Visualização- Controle Montando o ambiente com HSQLDB Faça a transferênci da página

Leia mais

Scriptlets e Formulários

Scriptlets e Formulários 2 Scriptlets e Formulários Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Permitir ao aluno aprender a criar um novo projeto Java para web no Netbeans IDE,

Leia mais

TUTORIAL JSP & SERVLET

TUTORIAL JSP & SERVLET TUTORIAL JSP & SERVLET A.A.S. UNINOVE WWW.AAS.PRO.BR Exemplo simples de JSP com Servlet (para envio e recebimento de dados) Sumário JSP & SERVLET... 2 1. Criando Projeto... 2 2. O primeiro JSP... 3 3.

Leia mais

Aula 03 - Projeto Java Web

Aula 03 - Projeto Java Web Aula 03 - Projeto Java Web Para criação de um projeto java web, vá em File/New. Escolha o projeto: Em seguida, na caixa Categorias selecione Java Web. Feito isso, na caixa à direita selecione Aplicação

Leia mais

Uma introdução ao Google App Engine com GWT

Uma introdução ao Google App Engine com GWT : : www.mundoj.com.br : : Uma introdução ao Google App Engine com GWT Desenvolvendo Java em Cloud Computing. Luiz Felipe Gomes Teixera É desenvolvedor Java na IPNET Soluções com ênfase em aplicações em

Leia mais

Prof. Roberto Desenvolvimento Web Avançado

Prof. Roberto Desenvolvimento Web Avançado Resposta exercício 1: Configuração arquivo web.xml helloservlet br.com.exercicios.helloservlet

Leia mais

Mini-Tutorial. Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti.

Mini-Tutorial. Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti. Mini-Tutorial Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti.br 1. Introdução O objetivo deste trabalho é mostrar de forma prática como

Leia mais

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Ao projetar uma aplicação Web, é importante considerála como sendo formada por três componentes lógicos: camada

Leia mais

JDBC Java Database Connectivity

JDBC Java Database Connectivity 5 JDBC Java Database Connectivity Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Trabalhar com bancos de dados em aplicações web em JSP através das classes

Leia mais

Faculdades Integradas Santa Cruz. Tutorial de Java MVC WEB Criando uma tela de Login com Banco de Dados

Faculdades Integradas Santa Cruz. Tutorial de Java MVC WEB Criando uma tela de Login com Banco de Dados Faculdades Integradas Santa Cruz Tutorial de Java MVC WEB Criando uma tela de Login com Banco de Dados 2009 Introdução O objetivo deste tutorial é apresentar os conceitos de estruturação de um projeto

Leia mais

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Programação Servidor para Sistemas Web 1 Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Implementando MVC Nível 1 Prof. Daniel Caetano Objetivo: Preparar o aluno para construir classes de entidade com

Leia mais

Autenticação e Autorização

Autenticação e Autorização Autenticação e Autorização Introdução A segurança em aplicações corporativas está relacionada a diversos aspectos, tais como: autenticação, autorização e auditoria. A autenticação identifica quem acessa

Leia mais

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados UTFPR DAELN - Disciplina de Fundamentos de Programação II ( IF62C ). 1 Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados 1) Introdução! Em algumas situações, pode ser necessário preservar os objetos

Leia mais

Java na WEB Servlet. Sumário

Java na WEB Servlet. Sumário 1 Java na WEB Servlet Objetivo: Ao final da aula o aluno será capaz de: Utilizar Servlets para gerar páginas web dinâmicas. Utilizar Servlets para selecionar páginas JSPs. Utilizar Servlets como elemento

Leia mais

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Conteúdo Arquitetura de Aplicações Distribuídas na Web Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.2/tcc-00.226

Leia mais

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Aula 3 Cap. 4 Trabalhando com Banco de Dados Prof.: Marcelo Ferreira Ortega Introdução O trabalho com banco de dados utilizando o NetBeans se desenvolveu ao longo

Leia mais

J2EE. Exemplo completo Utilização Servlet. Instrutor HEngholmJr

J2EE. Exemplo completo Utilização Servlet. Instrutor HEngholmJr J2EE Exemplo completo Utilização Servlet Instrutor HEngholmJr Page 1 of 9 AT09 Exemplo complete Utilização Servlet Version 1.1 December 5, 2014 Indice 1. BASEADO NOS EXEMPLOS DE CÓDIGO DESTA APOSTILA,

Leia mais

Arquitetura de uma Webapp

Arquitetura de uma Webapp Arquitetura de uma Webapp Arquitetura J2EE Containers e componentes MVC: introdução Frederico Costa Guedes Pereira 2006 fredguedespereira@gmail.com Plataforma J2EE World Wide Web e a Economia da Informação

Leia mais

Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL.

Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL. Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL. Procuraremos mostrar os principais procedimentos para fazer um cadastro de registros numa base de dados MySQL utilizando a linguagem

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB

PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB Sumep Julho/2006 PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB Objetivo

Leia mais

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz Como criar e editar Blogs Manual Básico do Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz São Carlos Setembro / 2008 Sumário Introdução...3 Criando um Blog no Edublogs...4

Leia mais

Heroku. Implantando Aplicações Java no. heroku_. Descubra como é fácil ter sua aplicação rodando em Cloud Computing

Heroku. Implantando Aplicações Java no. heroku_. Descubra como é fácil ter sua aplicação rodando em Cloud Computing heroku_ Implantando Aplicações Java no Heroku Descubra como é fácil ter sua aplicação rodando em Cloud Computing O que é o Heroku? Heroku é uma plataforma de cloud computing que foi criada para facilitar

Leia mais

Tutorial Jogo da Velha WEB

Tutorial Jogo da Velha WEB Tutorial Jogo da Velha WEB Criação do Projeto 1- Inicie o Eclipse 2- Crie um novo projeto Web dinâmico. 3- Na tela seguinte, digite o nome do projeto e caso no campo Target Runtime não estiver aparecendo

Leia mais

Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition

Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition 1 Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition Sobre o Autor Carlos Eduardo G. Tosin (carlos@tosin.com.br) é formado em Ciência da Computação pela PUC-PR, pós-graduado em Desenvolvimento

Leia mais

Prática Sobre Servlets e JSP

Prática Sobre Servlets e JSP Prática Sobre Servlets e JSP 1. Localize a pasta do Tomcat (TOMCAT_HOME); 2. Acesse a pasta bin e execute tomcat5w.exe; 3. Abra o Navegador e acesse http://localhost:8080 (A apresentação de uma página

Leia mais

1. Introdução pág.3 2. Apresentação do sistema Joomla! pág.4 3. Acessando a administração do site pág.4 4. Artigos 4.1. Criando um Artigo 4.2.

1. Introdução pág.3 2. Apresentação do sistema Joomla! pág.4 3. Acessando a administração do site pág.4 4. Artigos 4.1. Criando um Artigo 4.2. 1. Introdução pág.3 2. Apresentação do sistema Joomla! pág.4 3. Acessando a administração do site pág.4 4. Artigos 4.1. Criando um Artigo 4.2. Editando um Artigo 4.3. Excluindo um Artigo 4.4. Publicar

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

Material de apoio a aulas de Desenvolvimento Web. Tutorial Java WEB JSP & HTML & CSS & CLASSE & OBJETOS. AAS - www.aas.pro.

Material de apoio a aulas de Desenvolvimento Web. Tutorial Java WEB JSP & HTML & CSS & CLASSE & OBJETOS. AAS - www.aas.pro. Material de apoio a aulas de Desenvolvimento Web Tutorial Java WEB JSP & HTML & CSS & CLASSE & OBJETOS AAS - www.aas.pro.net Março-2012 Este pequeno tutorial tem como objetivo conduzir o programador passo-a-passo

Leia mais

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca Desenvolvimento de Aplicações Web Lista de Exercícios Métodos HTTP 1. No tocante ao protocolo de transferência de hipertexto (HTTP), esse protocolo da categoria "solicitação e resposta" possui três métodos

Leia mais

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Como criar um EJB Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Gabriel Novais Amorim Abril/2014 Este tutorial apresenta o passo a passo para se criar um projeto EJB no Eclipse com um cliente web

Leia mais

Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br

Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br JSP (Java Server Pages) - JavaServer Pages (JSP) - Tecnologia de programação serverside - Permite

Leia mais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais Curso de Java Geração de Páginas WEB Aplicação WEB Numa aplicação WEB de conteúdo dinâmico As páginas são construídas a partir de dados da aplicação (mantidos num banco de dados). Usuários interagem com

Leia mais

Apache -Tomcat. Instalação e Configuração. Grupo Multitecnus, 2012 www.multitecnus.com

Apache -Tomcat. Instalação e Configuração. Grupo Multitecnus, 2012 www.multitecnus.com Apache -Tomcat Instalação e Configuração Grupo Multitecnus, 2012 www.multitecnus.com 1) Baixe o arquivo de instalação do Apache-Tomcat 7 (neste exemplo, foi obtido do endereço http://tomcat.apache.org/download-70.cgi

Leia mais

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar o conceito aplicações orientada a serviços via web Apresentar o papel dos contentores

Leia mais

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes Desenvolvimento Web XHTML Formulários Prof. Bruno E. G. Gomes 2014 Introdução Um recurso bastante utilizado no desenvolvimento Web é o envio de dados de uma página para o servidor quando fornecemos informações,

Leia mais

Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com

Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com O Que é JDBC? API de acesso a banco de dados relacional do Java Faz uso do driver provido pelo banco de dados Roda SQL (create, insert, update, etc.) no

Leia mais

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows Programação II Programação para a Web Christopher Burrows Apache Tomcat O Apache Tomcat é um Servlet Container desenvolvido pela Apache Software Foundation. Implementa as tecnologias Java Servlets e Java

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Web Container: e JSP Sumário Protocolo HTTP Exemplos de JSP (Java Server Pages) Exemplos JSP 2 Protocolo HTTP URL: Um URL (Uniform

Leia mais

Acesso a banco de dados

Acesso a banco de dados Acesso a banco de dados 1. Crie uma pasta chamada AcessoBD com as seguintes subpastas: Aplicativos, Drivers, AcessoMSACCESS, AcessoMySQL e AcessoSQLSERVER Exemplo 1: MS ACCESS 1. Crie um banco de dados

Leia mais

Drive MySql de conexão para Eclipse

Drive MySql de conexão para Eclipse Drive MySql de conexão para Eclipse de Setembro de 0 Olá, neste artigo iremos focar em como utilizar o drive de conexão do Mysql na IDE eclipse. Veremos passo-a-passo como instalar, o que é uma coisa muito

Leia mais

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7 Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio Grande do Sul Informação e Comunicação: Habilitação Técnica de Nível Médio Técnico em Informática Programação Android na IDE Eclipse PROGRAMANDO ANDROID

Leia mais

!" # # # $ %!" " & ' ( 2

! # # # $ %!  & ' ( 2 !"# # #$ %!" "& ' ( 2 ) *+, - 3 . / 4 !" 0( # "!#. %! $""! # " #.- $ 111.&( ( 5 # # 0. " % * $(, 2 % $.& " 6 # #$ %% Modelo (Encapsula o estado da aplicação) Implementado como JavaBeans Responde a consulta

Leia mais

Ambientação JAVA. Versão 0.1 MICHEL CORDEIRO ANALISTA DE NEGÓCIO (NTI 2014) 1 UNIVERSIDADE CEUMA 08/01/2014

Ambientação JAVA. Versão 0.1 MICHEL CORDEIRO ANALISTA DE NEGÓCIO (NTI 2014) 1 UNIVERSIDADE CEUMA 08/01/2014 UNIVERSIDADE CEUMA Ambientação JAVA Versão 0.1 08/01/2014 Este é um modelo de configuração para desenvolvimento no ambiente Java. MICHEL CORDEIRO ANALISTA DE NEGÓCIO (NTI 2014) 1 Sumário Sumário... 2 1

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE Agosto 2007 Sumário de Informações do Documento Tipo do Documento: Manual Título do Documento: MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Manual de Instalação do Servidor Orion Phoenix Versão 1.0 - Novembro/2010

Manual de Instalação do Servidor Orion Phoenix Versão 1.0 - Novembro/2010 Manual de Instalação do Servidor Orion Phoenix Versão 1.0 - Novembro/2010 Manual de Instalação do Sistema Orion Phoenix 1.0 - Novembro/2010 Página 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. VISÃO GERAL...3 3. PROCEDIMENTOS

Leia mais

Criando e Entendendo o Primeiro Servlet Por: Raphaela Galhardo Fernandes

Criando e Entendendo o Primeiro Servlet Por: Raphaela Galhardo Fernandes Criando e Entendendo o Primeiro Servlet Por: Raphaela Galhardo Fernandes Resumo Neste tutorial serão apresentados conceitos relacionados a Servlets. Ele inicial como uma breve introdução do funcionamento

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO]

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Câmara de Dirigentes Lojistas [SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Sumário 1. Controle de versão... 3 2. Objetivo... 4 3. Site fácil... 4 4. Acessando o sistema de gestão de conteúdo (SGC)... 5 5. Páginas

Leia mais

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04 Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04 Agenda 1. 2. Web Container TomCat 2 3 J2EE permite criar aplicações Web dinâmicas (com conteúdo dinâmico)

Leia mais

Criação Visual de Consultas. Curso: Técnico em Informática (Integrado) Disciplina: Banco de Dados Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu.

Criação Visual de Consultas. Curso: Técnico em Informática (Integrado) Disciplina: Banco de Dados Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu. Criação Visual de Consultas Curso: Técnico em Informática (Integrado) Disciplina: Banco de Dados Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu.br Introdução A complexidade dos sistemas informatizados atuais

Leia mais

Programação Web Aula 12 - Java Web Software

Programação Web Aula 12 - Java Web Software Programação Web Aula 12 - Java Web Software Bruno Müller Junior Departamento de Informática UFPR 25 de Maio de 2015 1 Java 2 Java Web Software 3 Servlets Modelo de Trabalho Funcionamento API Java Código

Leia mais

Programando em PHP. Conceitos Básicos

Programando em PHP. Conceitos Básicos Programando em PHP www.guilhermepontes.eti.br lgapontes@gmail.com Conceitos Básicos Todo o escopo deste estudo estará voltado para a criação de sites com o uso dos diversos recursos de programação web

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Estudo Dirigido - Parte 1

Estudo Dirigido - Parte 1 Linguagem Java para Web - JSP Professora Lucélia Estudo Dirigido - Parte 1 Na primeira parte deste tutorial, vamos receber os dados de um formulário e verificar se os dados foram ou não preenchidos. Se

Leia mais

Introdução ao BPEL utilizando o Oracle SOA Suíte 10g

Introdução ao BPEL utilizando o Oracle SOA Suíte 10g Introdução ao BPEL utilizando o Oracle SOA Suíte 10g 1. Introdução Neste artigo serão apresentados alguns conceitos inerentes a SOA Service Oriented Architecture e um exemplo prático de construção de processo

Leia mais

FAQ PERGUNTAS FREQUENTES

FAQ PERGUNTAS FREQUENTES FAQ PERGUNTAS FREQUENTES 1 SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1.Quais são as características do Programa?...4 2.Quais são os pré-requisitos para instalação do Sigep Web?...4 3.Como obter o aplicativo para instalação?...4

Leia mais

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH!

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP) ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES (EACH) TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! Autoria e revisão por: PET Sistemas

Leia mais

Arquivos de Instalação... 4. Instalação JDK... 7. Instalação Apache Tomcat... 8. Configurando Tomcat... 9

Arquivos de Instalação... 4. Instalação JDK... 7. Instalação Apache Tomcat... 8. Configurando Tomcat... 9 Instalando e Atualizando a Solução... 3 Arquivos de Instalação... 4 Instalação do Servidor de Aplicação... 7 Instalação JDK... 7 Instalação Apache Tomcat... 8 Configurando Tomcat... 9 Configurando Banco

Leia mais

Tutorial para criação de blog

Tutorial para criação de blog Tutorial para criação de blog Profª Msc. Patricia da Silva Neubert Acesse www.blogspot.com.br. Na barra superior clique em Criar em Criar blog, preencha o cadastro e faça login. Repare, que abrirá uma

Leia mais

Manual de instalação Servidor Orion Phoenix

Manual de instalação Servidor Orion Phoenix Manual de instalação Servidor Orion Phoenix Fevereiro/2011 Este documento se destina a instalação do Orion Phoenix na sua rede Versão 1.01 C ONTE ÚDO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. VISÃO GERAL... 3 3. PROCEDIMENTOS

Leia mais

Técnicas e processos de produção. Profº Ritielle Souza

Técnicas e processos de produção. Profº Ritielle Souza Técnicas e processos de produção Profº Ritielle Souza INTRODUÇÃO HTML Sigla em inglês para Hyper Text Markup Language, traduzindo daria algo como Linguagem para marcação de Hipertexto. E o que seria o

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

Unidade 14: Web Services Prof. Daniel Caetano

Unidade 14: Web Services Prof. Daniel Caetano Programação Servidor em Sistemas Web 1 Unidade 14: Web Services Prof. Daniel Caetano INTRODUÇÃO Na maior parte deste curso foram estudados serviços desenvolvidos com o uso de tecnologias Servlet. Entretato,

Leia mais

Criação de Servlets Name Directory Build WAR JSP/Servlet frameworks Launch URL Package Class name Generate header comments

Criação de Servlets Name Directory Build WAR JSP/Servlet frameworks Launch URL Package Class name Generate header comments Criação de Servlets 1. Crie um novo projeto através do Menu File New Project. 2. Acesse o Menu File New. 3. Na janela Object Gallery que surgirá, selecione a guia Web. 4. Escolha o ícone que corresponde

Leia mais

TUTORIAL GOOGLE DRIVE

TUTORIAL GOOGLE DRIVE TUTORIAL GOOGLE DRIVE Armazenar e compartilhar arquivos ou pastas no google drive. Para compartilhar e armazenar arquivos no google drive é necessário ter uma conta google ou conta no gmail. Após criar

Leia mais

Tutorial: Técnicas de Geração de Relatórios com JasperReports

Tutorial: Técnicas de Geração de Relatórios com JasperReports Tutorial: Técnicas de Geração de Relatórios com JasperReports Uma abordagem utilizando a ferramenta de design ireport PABLO BRUNO DE MOURA NÓBREGA Fortaleza CE, fevereiro de 2009 http://pablonobrega.wordpress.com

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

TUTORIAL DE INTRODUÇÃO AO CEWOLF

TUTORIAL DE INTRODUÇÃO AO CEWOLF 1 TUTORIAL DE INTRODUÇÃO AO CEWOLF CRIANDO GRÁFICOS COM JSP, CEWOLF/JFREECHART E MYSQL 1. Introdução O Cewolf (http://cewolf.sourceforge.net/) é uma biblioteca que facilita a criação de gráficos dinâmicos

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword Linux Educacional Tutorial Buzzword Para trabalhar com o programa Buzzword online, é necessário que crie uma conta no site. Para isso acesse o endereço - https://buzzword.acrobat.com/ Para criar uma conta

Leia mais

Programação com Acesso a Banco de Dados

Programação com Acesso a Banco de Dados Campus Ipanguaçu Curso: Técnico em Informática Programação com Acesso a Banco de Dados AULA 17 ACESSO A BANCO DE DADOS COM JDBC PROF.: CLAYTON M. COSTA 2 011.2 Introdução Aplicação + Banco de Dados: Funcionalidade

Leia mais

ROTEIRO ILUSTRADO PARA SISTEMA COMPUTACIONAL INSANE

ROTEIRO ILUSTRADO PARA SISTEMA COMPUTACIONAL INSANE UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PROPEEs - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas INSANE - INteractive Structural ANalysis Environment ROTEIRO ILUSTRADO PARA INSTALAÇÃO DO SISTEMA COMPUTACIONAL

Leia mais

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64)

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Manual do Usuário Índice O que é Token?... 03 Instalação do Token... 04 Verificação do Certificado... 07 Troca de Senhas... 10 O que é Token? É um dispositivo

Leia mais

CA SERVICE DESK MANAGER

CA SERVICE DESK MANAGER CA SERVICE DESK MANAGER GUIA RÁPIDO: Abertura de Chamado pelo Portal Web (Ferramenta Service Desk ) 1. CA SERVICE DESK MANAGER... 3 2. CONHECENDO AS TELAS INICIAIS... 4 2.1. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO...

Leia mais

Hospedagem de site. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Hospedagem de site. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Hospedagem de site Prof. Marciano dos Santos Dionizio Hospedagem de site O mundo está preparado para ver suas páginas? O mundo está preparado sim - você, em breve, estará também. Para publicar seu trabalho

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL

Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL Juliane Menin Orientanda Prof. Alexander Roberto Valdameri Orientador Roteiro Introdução e Objetivos Fundamentação Teórica Especificação

Leia mais

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Digitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 PLATAFORMA SAGE... 3 1.1 Primeiro Acesso... 4 1.2 Conhecendo a Plataforma... 5 1.3 Seleção da Empresa de Trabalho... 5 1.4 Sair do Sistema... 6

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64)

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Página1 Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Manual do Usuário Página2 Índice O que é Token?... 03 Instalação do Token... 04 Verificação do Certificado... 07 Troca de Senhas...10 Página3

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

A.S. Sistemas Rua Prof. Carlos Schlottfeldt, 10A Clélia Bernardes Viçosa MG CEP 36570-000 Telefax: (31) 3892 7700 dietpro@dietpro.com.

A.S. Sistemas Rua Prof. Carlos Schlottfeldt, 10A Clélia Bernardes Viçosa MG CEP 36570-000 Telefax: (31) 3892 7700 dietpro@dietpro.com. Sumário Principais Características...5 Configuração necessária para instalação...6 Conteúdo do CD de Instalação...7 Instruções para Instalação...8 Solicitação da Chave de Acesso...22 Funcionamento em Rede...26

Leia mais

Universidade São Judas Tadeu. Faculdade de Tecnologia e Ciências Exatas. Sistemas de Informação 3ASIN

Universidade São Judas Tadeu. Faculdade de Tecnologia e Ciências Exatas. Sistemas de Informação 3ASIN Universidade São Judas Tadeu Faculdade de Tecnologia e Ciências Exatas Sistemas de Informação 3ASIN Atividade de Tópicos em Desenvolvimento e Banco de Dados Nome: Pedro Augusto Pereira R.A.: 201013018

Leia mais

Configuração de assinatura de e-mail

Configuração de assinatura de e-mail Configuração de assinatura de e-mail Este manual irá lhe auxiliar a configurar a sua assinatura de E-mail no Microsoft Outlook (Desktop) e no Outlook Web App (Webmail). Gerando a sua assinatura de e-mail

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS CONTROLE DE ACESSO USANDO O FRAMEWORK RICHFACES. 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS CONTROLE DE ACESSO USANDO O FRAMEWORK RICHFACES. 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS CONTROLE DE ACESSO USANDO O FRAMEWORK RICHFACES 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação Alunos: Alessandro Aparecido André Alexandre Bruno Santiago Thiago Castilho

Leia mais

PostgreSQL & PostGIS: Instalação do Banco de Dados Espacial no Windows 7

PostgreSQL & PostGIS: Instalação do Banco de Dados Espacial no Windows 7 PostgreSQL & PostGIS: Instalação do Banco de Dados Espacial no Windows 7 PostgreSQL & PostGIS: Instalação do Banco de Dados Espacial no Windows 7 Sobre o PostGIS PostGIS é um Add-on (complemento, extensão)

Leia mais

Como criar formulário com o Google Drive

Como criar formulário com o Google Drive Como criar formulário com o Google Drive Lembre-se que uma das maiores dificuldades em questionários e pesquisas é a árdua tarefa de consolidar os dados para análise. Com o Google Formulários é possível

Leia mais

Manual de Utilização do GLPI

Manual de Utilização do GLPI Manual de Utilização do GLPI Perfil Usuário Versão 1.0 NTI Campus Muzambinho 1 Introdução Prezado servidor, o GLPI é um sistema de Service Desk composto por um conjunto de serviços para a administração

Leia mais

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário Mandic. Somos Especialistas em Cloud. PAINEL MANDIC CLOUD Manual do Usuário 1 BEM-VINDO AO SEU PAINEL DE CONTROLE ESTE MANUAL É DESTINADO AO USO DOS CLIENTES DA MANDIC CLOUD SOLUTIONS COM A CONTRATAÇÃO

Leia mais