Satélite artificial e Satélite Natural

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Satélite artificial e Satélite Natural"

Transcrição

1 Satélite artificial Satélite artificial e Satélite Natural Até à pouco tempo atrás, os satélites eram dispositivos exóticos e ultra-secretos. Foram usados primeiramente para fins militares, para actividades como navegação e espionagem. Agora eles são uma parte essencial do nosso dia-a-dia. Podemos ver e reconhecer o seu uso em: - relatórios meteorológicos; - transmissão de televisão via satélite ; - chamadas de telefone diárias.

2 Satélite artificial Satélite artificial e Satélite Natural Em muitos outros casos, os satélites desempenham funções secundárias que escapam à nossa atenção. Alguns jornais e revistas conseguem transmitir notícias de última hora porque enviam os seus textos e imagens para diversos locais de impressão via satélite para acelerar a distribuição local. Antes de enviar sinais por cabos até nossas casas, a televisão a cabo depende de satélites para distribuir as suas transmissões. Os motoristas de táxi e limusines usam o sistema baseado em satélites denominado Global Positioning System (GPS) para nos levar até o lugar certo.

3 Satélite artificial Satélite artificial e Satélite Natural Um satélite artificial é qualquer corpo feito pelo homem e colocado em órbita ao redor da Terra ou de qualquer outro planeta. Hoje em dia, ao contrário do que ocorria no início da história dos satélites artificiais, o termo satélite é usado praticamente como um sinónimo para "satélite artificial". O termo "satélite artificial" tem sido usado quando se quer distingui-los dos satélites naturais, como a Lua

4 Tipos de Satélites Biosatélites --- são satélites projectados para levar ao espaço organismos vivos para experimentação científica. Satélites miniaturizados --- são satélites com dimensões e massas reduzidas. Satélites de energia solar --- são satélites que usam células solares para captar a energia solar e a convertem em um feixe de microondas, transmitindo para grandes antenas na Terra por potentes transmissores a bordo do satélite. A energia captada pela antena pode então ser usada como uma fonte alternativa de energia.

5 Tipos de Satélites (cont.) Estações espaciais --- são estruturas fabricadas pelo homem e projectadas para permitir que seres humanos possam viver no espaço exterior. Uma estação espacial difere de uma espaçonave. Ao contrário das espaçonaves, as estações espaciais não possuem capacidade de propulsão nem de aterragem. Por outro lado as estações espaciais são projectadas para permitir a permanência humana por médios períodos de tempo, que variam de semanas até alguns anos.

6 Tipos de Satélites por função Armas anti-satélites --- as vezes chamados de satélites assassinos, são satélites projectados para destruir satélites "inimigos" e outros tipos de alvos em órbita. Tanto os Estados Unidos quanto a antiga URSS têm esses tipos de satélites. Satélites astronómicos--- são satélites usados para observações astronómicas, tanto no óptico, quanto em outras bandas do espectro electromagnético. Satélites de comunicação --- são satélites estacionários utilizados em telecomunicação.

7 Tipos de Satélites por função (cont.) Satélites do Sistema Global de Navegação (GPS) --- são satélites que enviam sinais de rádio a receptores móveis na Terra possibilitando a determinação precisa de sua localização geográfica. A recepção directa do sinal dos satélites GPS, combinada com uma electrónica cada vez melhor, permite que o sistema GPS determine a posição com um erro de poucos metros, em tempo real. ( Satélites de reconhecimento --- são satélites projectados para observação da Terra ou antigos satélites de comunicação utilizados para fins militares ou de espionagem. Pouco se sabe sobre a capacidade real desses satélites, pois os países que os desenvolvem geralmente não divulgam informações sobre eles.

8 Tipos de Satélites por função (cont.) Satélites de observação da Terra --- são satélites projectados para uso não-militar, para, por exemplo, monitoramento ambiental, meteorologia, mapeamento geográfico, etc. ( Satélites meteorológicos --- são satélites projectados essencialmente para monitorar o tempo e o clima na Terra.

9 Mas como funciona um satélite Um satélite funciona através de sinais que são emitidos na sua direcção. Quando se emitem sinais na direcção de um satélite, estes sinais são recebidos pelo receptor do satélite que os amplifica, converte espectralmente, podendo desmodular ou processar, quer comandos, quer os sinais terrestres, que os reenvia através da cadeia emissora do satélite, como sinais destinados a todas as estações que operarem no mesmo espectro radioeléctrico do satélite. Na mesma ocasião, em qualquer lugar do mundo que esteja situado no horizonte artificial do satélite, o utilizador, recebe os sinais. É assim que se processa uma retransmissão aeroespacial, ou como em síntese, pode funcionar um satélite por mais elementar que ele seja.

10 Qual o primeiro satélite a entrar em órbita na Terra? Não há estatísticas oficiais, mas estima-se que já foram lançados aproximadamente satélites, e que apenas cerca de 500 deles continuam em funcionamento. A União Soviética foi o primeiro país a colocar um satélite no espaço, o Sputnik, em1957. Pesando cerca de 84 kg foi feito pelos russos e emitia sons em determinadas frequências. Meses depois os americanos lançaram o seu primeiro satélite, o Explorer 1, que só pesava 14 kg e foi capaz de descobrir o Cinturão de Van Allen, um cinturão magnético que protege a Terra da radiação solar.

11 Satélites Geoestacionários UNIDADE 1 Movimentos na Terra e no Espaço

12 FÍSICA UNIDADE 1 Movimentos na Terra e no Espaço

13 Objecto de ensino 1.1-Viagens com GPS Funcionamento e aplicações Posição - coordenadas geográficas e cartesianas Tempo Trajectória Velocidade

14 1.2-Da Terra à Lua Interacções à distância Leis de Newton Movimentos Próximos da superfície Movimento de satélites geoestacionários

15 Funcionamento e aplicações do GPS GPS Global Positioning System - Sistema de Posicionamento Global

16 SISTEMA GPS

17 Sistema de posicionamento global É um sistema de radionavegação baseado em satélites, desenvolvido e controlado pelo departamento de defesa dos Estados Unidos, que permite a qualquer utilizador saber a sua localização, velocidade e tempo, 24 horas por dia. Foi criado no fim da década de 70 com o objectivo de precisar bombardeios contra países inimigos.

18 Descrição do GPS O GPS pode ser descrito em termos de 3 segmentos : o segmento espacial, o segmento de controlo e o segmento do utilizador.

19

20 É constituído por 24 satélites com relógios atómicos, com órbitas circulares em torno da Terra com um período orbital de 12 h, distribuídos em 6 planos orbitais igualmente inclinados. Os satélites emitem um sinal electromagnético de ondas rádio (cada satélite com uma frequência diferente entre 3 e 30 GHz) em intervalos de 1 milissegundo. Segmento Espacial

21 Constelação GPS Delta-II GPS Block I GPS Block II

22 Segmento de controlo É constituído por várias estações terrestres. Nestas estações terrestres são observadas as trajectórias dos vários satélites GPS e é actualizado com grande precisão o tempo. Esta informação é transmitida aos satélites. Com estes dados, o sistema informático em cada um dos satélites recalcula e corrige a sua posição absoluta e corrige a informação que é enviada para a Terra. A estação primária de controle da constelação GPS está localizada nos Estados Unidos, no estado do Colorado.

23 É constituído por um receptor (GPS) de rádio com uma unidade de processamento capaz de descodificar em tempo real a informação enviada por cada satélite e calcular a posição. Sistema do utilizador

24 Receptores de GPS

25 Funcionamento do GPS A finalidade do GPS é determinar a posição de um objecto à superfície da Terra em 3 dimensões: longitude, latitude e altitude. Sinais provenientes de 3 satélites que se encontram no seu horizonte fornecem esta informação. Cada satélite envia um sinal codificado com a localização do satélite e o tempo de emissão do sinal. O relógio do receptor regista o instante da recepção de cada sinal, depois subtrai o tempo de emissão para determinar o lapso de tempo e portanto a distância viajada pelo sinal. Conclusão - a função de um receptor GPS é localizar 3 ou mais desses satélites, determinar a distância para cada um e utilizar esta informação para deduzir a sua própria posição. Essa operação é baseada em um princípio matemático método da triângulação.

26 Distância a um satélite Um satélite transmite um sinal quando o seu relógio atómico marca ,000 s e o sinal é recebido pelo receptor de GPS quando o seu relógio de quartzo marca ,070 s. Qual a distância do GPS ao satélite? A luz propaga-se a uma velocidade de ms -1 Quando o movimento se dá na mesma direcção, sentido e com a mesma rapidez, o valor da velocidade é dado por: V = D/Δt

27 Método da triangulação Considera-se um satélite no centro de uma esfera. O utilizador poderá encontrar-se em qualquer ponto da superfície esfera! O raio da esfera é a distância do satélite à superfície da Terra.

28 Método da triangulação É necessário um terceiro satélite no centro de uma terceira esfera. O utilizador poderá agora ser encontrado em dois pontos da intercepção das três esferas. Para se decidir de entre estes dois pontos possíveis, poderia ser através de um quarto satélite, embora normalmente um destes dois pontos é impossível (longe da Terra).

29

30 GPS Indicam a latitude, a longitude e a altitude de um determinado lugar

31 Aplicações de GPS LOCALIZAR- Fornece dados que permitem, com grande precisão, a localização de qualquer ponto do nosso planeta, independentement e do estado do tempo meteorológico.

32 CONDUZIR AO LONGO DE UM PERCURSO- Permite informar sobre a direcção e o sentido que o receptor tem que tomar para seguir um determinado percurso.

33 NAVEGAR- Permite fornecer informações quer a barcos, quer a aviões acerca da rota pretendida.

34 MAPEAR- Facilita a criação de mapas de países, cidades, do relevo de uma zona geográfica, dos rios

35 MEDIR TEMPOS- O Receptor de GPS permite utilizar o tempo: como marcador universal; para medir intervalos de tempo com precisão; em astronomia, rede de computadores, bancos, rádios

36 Latitude Coordenadas Geográficas É o arco de meridiano, expresso em graus, medido entre o paralelo que passa pelo local considerado e o equador.

37 Longitude É o arco do equador, expresso em graus, medido entre um meridiano que passa pelo local considerado e o meridiano de Greenwich. A longitude e latitude são medidas em graus, minutos e segundos.

38 Altitude É a altura, na vertical, medida em unidades de comprimento, em relação ao nível médio das águas do mar.

39 Tipos de relógios Mecânico, de quartzo e atómico

40 Tempo: relógios Qualquer tipo de relógio possui um mecanismo que produz oscilações regulares e outro que conta as oscilações, convertendo-as numa unidade de tempo. Os relógios mecânicos são baseados em oscilações pendulares. Relógios mecânicos: incerteza de 100ms/dia Mecânico

41 Tempo: relógios Relógios de quartzo, baseiam-se nas oscilações de um cristal de quartzo, oscilações dos átomos de silício, pois possui propriedades piezoeléctricas (quando se aplica uma d.d.p. a um pequeno cristal este torna-se um oscilador, com frequência muito regular) Quartzo Relógios de quartzo: incerteza de 0,1 ms/dia

42 Tempo: relógios Os relógios atómicos baseiam-se na frequência das radiações emitidas, ou absorvidas, por átomos ou moléculas. Trata-se afinal de conseguir que a frequência da radiação incidente coincida com a frequência da radiação emitida aquando dadesexcitação. 1 s = oscilações Relógios de césio: incerteza de 0,1μs/dia (0,0001ms/dia)

43 Voltemos à distância ao satélite Admitindo que o relógio de quartzo do GPS tem um atraso de 2 ms em relação ao relógio atómico: a) Qual é a distância ao satélite que o GPS calcula? b) Qual o desvio percentual da distância calculada no primeiro exercício, devido ao facto do dois relógios não estarem perfeitamente sincronizados Para se saber quando o sinal foi transmitido, a precisão dos relógios tem que ser perfeita. Se existir um erro de um milésimo de segundo, à velocidade da luz implica um erro de 300 km! A incerteza pode ser diminuída, no mínimo, com os dados fornecidos por um quarto satélite.

44 FIM

GPS (Global Positioning System) Sistema de Posicionamento Global

GPS (Global Positioning System) Sistema de Posicionamento Global GPS (Global Positioning System) Sistema de Posicionamento Global 1 Sistema de Posicionamento Global é um sistema de posicionamento por satélite que permite posicionar um corpo que se encontre à superfície

Leia mais

O que são satélites? Existem 2 tipos de satélite, são os satélites naturais e satélites artificiais.

O que são satélites? Existem 2 tipos de satélite, são os satélites naturais e satélites artificiais. O que são satélites? Existem 2 tipos de satélite, são os satélites naturais e satélites artificiais. Satélites naturais são: a Lua que gravita em torno da Terra. Satélites artificiais são: dispositivos,

Leia mais

LOGO FQA. Unidade 1 de FQA Nível 2. GPS e MCU. Satélites e Movimento Circular Uniforme. Marília Peres e Rosa Pais

LOGO FQA. Unidade 1 de FQA Nível 2. GPS e MCU. Satélites e Movimento Circular Uniforme. Marília Peres e Rosa Pais LOGO FQA Unidade 1 de FQA Nível 2 GPS e MCU Satélites e Movimento Circular Uniforme Marília Peres e Rosa Pais Índice 1 GPS - Sistema de Posicionamento Global 2 3 Coordenadas e Relógios Satélites Geoestacionários

Leia mais

- Global Positioning System - - Sistema de Posicionamento Global -

- Global Positioning System - - Sistema de Posicionamento Global - - Global Positioning System - - Sistema de Posicionamento Global - É um sistema de navegação com base em satélites artificiais que emitem, em intervalos de 1 ms, sinais rádio, diferente de satélite para

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Satélites Satélite é o elemento comum de interligação das estações terrenas, atuando como estação repetidora. Devido a sua altitude,

Leia mais

sistema de posicionamento global

sistema de posicionamento global SISTEMA GPS GPS Global Positioning System sistema de posicionamento global É um sistema de radionavegação baseado em satélites, desenvolvido e controlado pelo departamento de defesa dos Estados Unidos,

Leia mais

Posicionamento por Satélite. Tecnologia em Mecanização em Agricultura de Precisão Prof. Esp. Fernando Nicolau Mendonça

Posicionamento por Satélite. Tecnologia em Mecanização em Agricultura de Precisão Prof. Esp. Fernando Nicolau Mendonça Posicionamento por Satélite Tecnologia em Mecanização em Agricultura de Precisão Prof. Esp. Fernando Nicolau Mendonça O Sistema GPS - Características Básicas O sistema GPS é composto por três segmentos:

Leia mais

CARTOGRAFIA TEMÁTICA e GPS

CARTOGRAFIA TEMÁTICA e GPS CARTOGRAFIA TEMÁTICA e GPS Orientação e Forma Diversidade = A visibilidade é variável Ordem = As categorias se ordenam espontaneamente Proporcionalidade = relação de proporção visual Cores convencionais

Leia mais

GLONASS Sistema idêntico ao GPS, mas projetado e lançado pela Rússia.

GLONASS Sistema idêntico ao GPS, mas projetado e lançado pela Rússia. Sumário UNIDADE TEMÁTICA 1 Movimentos na Terra e no Espaço. 1.1 - Viagens com GPS Funcionamento e aplicações do GPS. Descrição de movimentos. Posição coordenadas geográficas e cartesianas. APSA GPS e Coordenadas

Leia mais

Unidade 1 de FQA Nível 2. GPS e MCU. Satélites e Movimento Circular Uniforme. GPS - Sistema de Posicionamento i Global. Coordenadas e Relógios

Unidade 1 de FQA Nível 2. GPS e MCU. Satélites e Movimento Circular Uniforme. GPS - Sistema de Posicionamento i Global. Coordenadas e Relógios LOGO FQA Unidade 1 de FQA Nível 2 e MCU Satélites e Movimento Circular Uniforme Marília Peres e Rosa Pais Índice 1 - Sistema de Posicionamento i Global l 2 3 Coordenadas e Relógios Satélites Geoestacionários

Leia mais

Sincronização de Relógios

Sincronização de Relógios Sistemas de Tempo Real: Sincronização de Relógios Rômulo Silva de Oliveira Departamento de Automação e Sistemas DAS UFSC romulo@das.ufsc.br http://www.das.ufsc.br/~romulo 1 Sincronização de Relógios Motivação

Leia mais

1.1. Viagens com GPS. Princípios básicos de funcionamento de um GPS de modo a obter a posição de um ponto na Terra.

1.1. Viagens com GPS. Princípios básicos de funcionamento de um GPS de modo a obter a posição de um ponto na Terra. 1.1. Viagens com GPS Princípios básicos de funcionamento de um GPS de modo a obter a posição de um ponto na Terra. O que é o GPS? Como funciona o GPS? Qual é a precisão do GPS? O sistema de satélites do

Leia mais

Unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Física 1 PRINCIPIOS DE FUNCIONAMENTO DO GPS

Unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Física 1 PRINCIPIOS DE FUNCIONAMENTO DO GPS Unesp Física 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA UNIDADE DIFERENCIADA - SOROCABA/IPERÓ Veja também os sites: www.fis.puc-rio.br/fis-intr/gps.htm www.gpsglobal.com.br/artigos/ita12ahtml PRINCIPIOS DE FUNCIONAMENTO

Leia mais

Descobertas do electromagnetismo e a comunicação

Descobertas do electromagnetismo e a comunicação Descobertas do electromagnetismo e a comunicação Porque é importante comunicar? - Desde o «início dos tempos» que o progresso e o bem estar das sociedades depende da sua capacidade de comunicar e aceder

Leia mais

Unidade 1 de FQA 11.º Ano. Satélites e Movimento Circular Uniforme. GPS - Sistema de Posicionamento i Global. Coordenadas e Relógios

Unidade 1 de FQA 11.º Ano. Satélites e Movimento Circular Uniforme. GPS - Sistema de Posicionamento i Global. Coordenadas e Relógios LOGO FQA Unidade 1 de FQA 11.º Ano Satélites e Movimento Circular Uniforme Marília Peres e Rosa Pais Índice 1 - Sistema de Posicionamento i Global l 2 3 Coordenadas e Relógios Satélites Geoestacionários

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL CRISTO REI GUARAPUAVA 2012

ESCOLA ESTADUAL CRISTO REI GUARAPUAVA 2012 ESCOLA ESTADUAL CRISTO REI GUARAPUAVA 2012 Olimpíadas Brasileira de Astronomia OBA Palestrante: Lohane Tech A CORRIDA ESPACIAL E A GUERRA FRIA EUA X URSS No ano de 1957, a URSS lança o foguete Sputnik

Leia mais

muito como cartas náuticas faça para o watercraft, ou o a mapa rodoviário para excitadores. Usando estas cartas e outras ferramentas pilotos possa

muito como cartas náuticas faça para o watercraft, ou o a mapa rodoviário para excitadores. Usando estas cartas e outras ferramentas pilotos possa Carta Aeronáutica é a mapa projetou ajudar dentro navegação de avião, muito como cartas náuticas faça para o watercraft, ou o a mapa rodoviário para excitadores. Usando estas cartas e outras ferramentas

Leia mais

Sistema GNSS. (Global Navigation Satellite System)

Sistema GNSS. (Global Navigation Satellite System) Sistema GNSS (Global Navigation Satellite System) POSICIONAR UM OBJETO NADA MAIS É DO QUE LHE ATRIBUIR COORDENADAS O Sol, os planetas e as estrelas foram excelentes fontes de orientação, por muito tempo.

Leia mais

Palavras-Chave: Sistema de Posicionamento Global. Sistemas de Localização Espacial. Equação de Superfícies Esféricas.

Palavras-Chave: Sistema de Posicionamento Global. Sistemas de Localização Espacial. Equação de Superfícies Esféricas. METODOS MATEMÁTICOS PARA DEFINIÇÃO DE POSICIONAMENTO Alberto Moi 1 Rodrigo Couto Moreira¹ Resumo Marina Geremia¹ O GPS é uma tecnologia cada vez mais presente em nossas vidas, sendo que são inúmeras as

Leia mais

Transmissão das Ondas Eletromagnéticas. Prof. Luiz Claudio

Transmissão das Ondas Eletromagnéticas. Prof. Luiz Claudio Transmissão das Ondas Eletromagnéticas Prof. Luiz Claudio Transmissão/Recebimento das ondas As antenas são dispositivos destinados a transmitir ou receber ondas de rádio. Quando ligadas a um transmissor

Leia mais

Licenciatura em Engenharia de Telecomunicações e Informática. 1ª Parte Frequência

Licenciatura em Engenharia de Telecomunicações e Informática. 1ª Parte Frequência ISCTE Ano Lectivo 2005/2006 Licenciatura em Engenharia de Telecomunicações e Informática Física Frequência / 2º Teste Duração: Frequência 3h, Teste 1h 30min. Não é permitido o uso de telemóveis durante

Leia mais

GPS. Global Positioning System

GPS. Global Positioning System GPS Global Positioning System Microsoft PowerPoint Johnny F. Crivellaro João Elinaldo GPS Global Positioning System Navegador portátil que identifica informações de satélites e define através de calculo

Leia mais

Movimentos da Terra -

Movimentos da Terra - Movimentos da Terra - Orientação e Coordenadas A Terra no Espaço Jonathan Kreutzfeld A Terra é levemente achatada nos pólos, por isso a chamamos de ELIPSÓIDE Diâmetro (km) Equatorial: 12.756 Polar: 12.713

Leia mais

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão Os meios físicos de transmissão são compostos pelos cabos coaxiais, par trançado, fibra óptica, transmissão a rádio, transmissão via satélite e são divididos em duas

Leia mais

GNSS: CONCEITOS, MODELAGEM E PERSPECTIVAS FUTURAS DO POSICIONAMENTO POR SATÉLITE

GNSS: CONCEITOS, MODELAGEM E PERSPECTIVAS FUTURAS DO POSICIONAMENTO POR SATÉLITE GNSS: CONCEITOS, MODELAGEM E PERSPECTIVAS FUTURAS DO POSICIONAMENTO POR SATÉLITE Prof. Dra. Daniele Barroca Marra Alves Departamento de Cartografia SUMÁRIO Posicionamento Sistemas de Posicionamento GPS,

Leia mais

Imagens de Satélite (características):

Imagens de Satélite (características): Imagens de Satélite (características): São captadas por sensores electro ópticos que registam a radiação electromagnética reflectida e emitida pelos objectos que se encontram à superfície da terra através

Leia mais

Aula 1. Atividades. V. A cartografia é a arte que tem o interesse de explicar a origem do planeta Terra. Estão corretas: e) II, IV e V.

Aula 1. Atividades. V. A cartografia é a arte que tem o interesse de explicar a origem do planeta Terra. Estão corretas: e) II, IV e V. Aula 1 1. Atividades A palavra cartografia é relativamente nova, sendo utilizada pela primeira vez em 8 de dezembro de 1839. Seu uso aconteceu na carta escrita em Paris, enviada pelo português Visconde

Leia mais

Aula 19 TENDÊNCIAS DA CARTOGRAFIA: NOÇÕES DE GEODÉSIA. Antônio Carlos Campos. META Apresentar as tendências e perspectivas atuais da cartografia.

Aula 19 TENDÊNCIAS DA CARTOGRAFIA: NOÇÕES DE GEODÉSIA. Antônio Carlos Campos. META Apresentar as tendências e perspectivas atuais da cartografia. Aula 19 TENDÊNCIAS DA CARTOGRAFIA: NOÇÕES DE GEODÉSIA META Apresentar as tendências e perspectivas atuais da cartografia. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: determinar o GPS de navegação relacionando

Leia mais

SINCRONISMO USANDO GPS

SINCRONISMO USANDO GPS SINCRONISMO USANDO GPS Mario Piai Júnior Diretor Técnico da empresa TESC Sistemas de Controle Ltda mpiai@tesc.com.br Várias aplicações exigem que eventos, que acontecem fisicamente distantes entre si,

Leia mais

COMUNICAÇÕES VIA SATÉLITE. Prof. MSc. Sandro M Malta

COMUNICAÇÕES VIA SATÉLITE. Prof. MSc. Sandro M Malta COMUNICAÇÕES VIA SATÉLITE Prof. MSc. Sandro M Malta Satélite Definição É chamado de satélite todo objeto que gira em torno de outro objeto. Ele é classificado em dois tipos: satélite natural satélite artificial.

Leia mais

044.ASR.SRE.16 - Princípios Físicos do Sensoriamento Remoto

044.ASR.SRE.16 - Princípios Físicos do Sensoriamento Remoto Texto: PRODUTOS DE SENSORIAMENTO REMOTO Autor: BERNARDO F. T. RUDORFF Divisão de Sensoriamento Remoto - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais São José dos Campos-SP - bernardo@ltid.inpe.br Sensoriamento

Leia mais

DADOS KEPLERIANOS OU ELEMENTOS DE KEPLER

DADOS KEPLERIANOS OU ELEMENTOS DE KEPLER DADOS KEPLERIANOS OU ELEMENTOS DE KEPLER O QUE SÃO DADOS DE KEPLER Os Dados de Kepler ou Keplerianos são basicamente números. São dados matemáticos, que nos permitem determinar as órbitas dos satélites

Leia mais

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas:

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes Sem Fio Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes sem fio fixa são extremamente bem adequado para implantar rapidamente uma conexão de banda larga, para

Leia mais

Unidade 1. Viagens com GPS. Sistema de Posicionamento Global. Movimentos na Terra e no espaço MOVIMENTOS NA TERRA E NO ESPAÇO

Unidade 1. Viagens com GPS. Sistema de Posicionamento Global. Movimentos na Terra e no espaço MOVIMENTOS NA TERRA E NO ESPAÇO Unidade 1 MOVIMENTOS NA TERRA E NO ESPAÇO Viagens com GPS 1 Sistema de Posicionamento Global 2 O GPS é um sistema de rádio - navegação por satélites desenvolvido e controlado pelo Departamento de Defesa

Leia mais

Camada Física: Meios de transmissão não guiados

Camada Física: Meios de transmissão não guiados Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Camada Física: Meios de transmissão não guiados Em 1945 o escritor Arthur Clarke calculou que um satélite em 35.800 km em órbita circular

Leia mais

Vitor Amadeu Souza vitor@cerne-tec.com.br www.cerne-tec.com.br. Tutorial Gps

Vitor Amadeu Souza vitor@cerne-tec.com.br www.cerne-tec.com.br. Tutorial Gps Vitor Amadeu Souza vitor@cerne-tec.com.br www.cerne-tec.com.br Tutorial Gps Tutorial de GPS Veremos hoje como funciona um receptor de GPS. No curso da Cerne Tecnologia (www.cerne-tec.com.br) Módulo Advanced

Leia mais

GPS Global positioning system

GPS Global positioning system GPS Global positioning system O Sistema de Posicionamento Global GPS-NAVSTAR (Navigation Satellite Time And Ranging) foi concebido inicialmente para substituir o sistema NNNS/TRANSIT que apresentava várias

Leia mais

Sistemas Wireless: Comunicação via satélite. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Sistemas Wireless: Comunicação via satélite. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Sistemas Wireless: satélite. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Satélite Aspectos Gerais Os satélites de comunicação: Surgiram na década de 60. Contendo características

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA Anexo II.9 Especificações do Sistema de Monitoramento da Frota PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 OBJETIVOS... 2 2 ESPECIFICAÇÃO BÁSICA... 2 2.1 Aquisição de Dados Monitorados do Veículo...

Leia mais

STC 5. Redes de Informação e Comunicação. Data: 18 de Agosto de 2010 Morada: Rua de São Marcos, 7 C Tel: 266519410 Fax: 266519410 Tlm: 927051540

STC 5. Redes de Informação e Comunicação. Data: 18 de Agosto de 2010 Morada: Rua de São Marcos, 7 C Tel: 266519410 Fax: 266519410 Tlm: 927051540 STC 5 Redes de Informação e Comunicação Data: 18 de Agosto de 2010 Morada: Rua de São Marcos, 7 C Tel: 266519410 Fax: 266519410 Tlm: 927051540 STC 5 Redes de Informação e comunicação STC 5 Redes de informação

Leia mais

Sistemas de Comunicação Via Satélite

Sistemas de Comunicação Via Satélite Sistemas de Comunicação Via Satélite Seminário ministrado na disciplina. Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Mestrado em Ciência da Computação. Universidade Federal do Maranhão. Setembro / 2003. SUMÁRIO

Leia mais

Comunicações a longas distâncias

Comunicações a longas distâncias Comunicações a longas distâncias Ondas sonoras Ondas electromagnéticas - para se propagarem exigem a presença de um meio material; - propagam-se em sólidos, líquidos e gases embora com diferente velocidade;

Leia mais

Fenómenos Ondulatórios. Reflexão, refracção, difracção

Fenómenos Ondulatórios. Reflexão, refracção, difracção Fenómenos Ondulatórios Reflexão, refracção, difracção Natureza dualística da radiação electromagnética A radiação electromagnética é um fenómeno ondulatório envolvendo a propagação de um campo magnético

Leia mais

Dados para mapeamento

Dados para mapeamento Dados para mapeamento Existem dois aspectos com relação aos dados: 1. Aquisição dos dados para gerar os mapas 2. Uso do mapa como fonte de dados Os métodos de aquisição de dados para o mapeamento divergem,

Leia mais

G.P.S. SISTEMA DE POSICIONAMENTO GLOBAL

G.P.S. SISTEMA DE POSICIONAMENTO GLOBAL G.P.S. SISTEMA DE POSICIONAMENTO GLOBAL HISTÓRIA 23/08/1499 - navegador italiano Américo Vespúcio acreditava estar navegando pelas costas das Índias (Cristóvão Colombo). Almanaque livro que lista as posições

Leia mais

Título ONDULATÓRIA Extensivo Aula 29. Professor Edson Osni Ramos (Cebola) Disciplina. Física B

Título ONDULATÓRIA Extensivo Aula 29. Professor Edson Osni Ramos (Cebola) Disciplina. Física B Título ONDULATÓRIA Extensivo Aula 29 Professor Edson Osni Ramos (Cebola) Disciplina Física B RADIAÇÕES ELETROMAGNÉTICAS ONDA ELETROMAGNÉTICA Sempre que uma carga elétrica é acelerada ela emite campos elétricos

Leia mais

(in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.)

(in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.) CARTOGRAFIA Sensoriamento Remoto (in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.) Sensoriamento remoto é o conjunto de técnicas de captação e registro de imagens a distância

Leia mais

International Space Station - ISS

International Space Station - ISS International Space Station - ISS International Space Station - ISS Agenda O que é a Estação Espacial Internacional (ISS)? O kit da ISS: Propostas de integração no currículo do 3.º ciclo - Algumas questões

Leia mais

Secção II. ƒ Alternativas para redes de telecomunicações

Secção II. ƒ Alternativas para redes de telecomunicações 1 Secção II ƒ Alternativas para redes de telecomunicações 2 Alternativas para redes de telecomunicações Alternativa de rede Redes Suportes Processadores Software Canais Topologia/arquitectura Exemplos

Leia mais

Comunicações móveis por Satélite. slide 1

Comunicações móveis por Satélite. slide 1 Comunicações móveis por Satélite slide 1 Satélite de Comunicações São satélites colocados em órbita da terra com a missão de transportarem repetidores de sinais de telecomunicações. Os satélites podem

Leia mais

Unidade 1 de Física do 11º ano FQA 1 V I A G E N S C O M G P S

Unidade 1 de Física do 11º ano FQA 1 V I A G E N S C O M G P S Unidade 1 de Física do 11º ano FQA 1 V I A G E N S C O M G P S 1. O sistema GPS Para indicar a posição de um lugar na superfície da Terra um modelo esférico da Terra e imaginam-se linhas: os paralelos:

Leia mais

Teste de Avaliação 3 A - 06/02/2013

Teste de Avaliação 3 A - 06/02/2013 E s c o l a S e c u n d á r i a d e A l c á c e r d o S a l Ano letivo 201 2/2013 Física e Química A Bloco II (11ºano) Teste de Avaliação 3 A - 06/02/2013 1. Suponha que um balão de observação está em

Leia mais

Introdução ao Sensoriamento Remoto

Introdução ao Sensoriamento Remoto Introdução ao Sensoriamento Remoto Cachoeira Paulista, 24 a 28 novembro de 2008 Bernardo Rudorff Pesquisador da Divisão de Sensoriamento Remoto Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE Sensoriamento

Leia mais

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010 CAPÍTULO 6 CÁLCULO DAS SOMBRAS E SIMULAÇÕES. Cálculo do comprimento das Sombras. Cálculo do raio da sombra da Terra à Distância da Lua. Exemplos de Cálculos de Eclipses. Simulações dos Satélites GPS e

Leia mais

Unidade IX: Gravitação Universal

Unidade IX: Gravitação Universal Página 1 de 5 Unidade IX: Gravitação Universal 9.1 Introdução: Até o século XV, o homem concebia o Universo como um conjunto de esferas de cristal, com a Terra no centro. Essa concepção do Universo, denominada

Leia mais

Grupo de trabalho: OBJECTIVOS. Realizar actividades em parceria com outras escolas.

Grupo de trabalho: OBJECTIVOS. Realizar actividades em parceria com outras escolas. FAZER HISTÓRIA: descobrir o valor do raio da Terra e estimar a distância à Lua Data: / / Grupo de trabalho: OBJECTIVOS Relacionar a sombra projectada pelo Sol em lugares com diferentes latitudes, para

Leia mais

Unidade IX: Gravitação Universal

Unidade IX: Gravitação Universal Colégio Santa Catarina Unidade IX: Gravitação Universal 143 Unidade IX: Gravitação Universal 9.1 Introdução: Até o século XV, o homem concebia o Universo como um conjunto de esferas de cristal, com a Terra

Leia mais

LATITUDE, LONGITUDE E GPS

LATITUDE, LONGITUDE E GPS LATITUDE, LONGITUDE E GPS Anselmo Lazaro Branco* ENTENDA O QUE É LATITUDE, LONGITUDE, E COMO FUNCIONA UM APARELHO DE GPS. GPS O GPS é um aparelho digital de localização, que determinada a posição exata

Leia mais

Os mapas são a tradução da realidade numa superfície plana.

Os mapas são a tradução da realidade numa superfície plana. Cartografia Desde os primórdios o homem tentou compreender a forma e as características do nosso planeta, bem como representar os seus diferentes aspectos através de croquis, plantas e mapas. Desenhar

Leia mais

O mundo sem fios. No fim do mundo os fios serão tantos que ninguém se conseguirá entender

O mundo sem fios. No fim do mundo os fios serão tantos que ninguém se conseguirá entender O mundo sem fios No fim do mundo os fios serão tantos que ninguém se conseguirá entender frase popular no fim do século XX A solução para o fim do mundo foi acabar com os fios Prof. Doutor Nuno Borges

Leia mais

Comunicação da informação a longas distâncias

Comunicação da informação a longas distâncias Comunicação da informação a longas distâncias População mundial versus sistema de comunicação Comunicação, informação e mensagem Comunicação - é o ato de enviar informação, mensagens, sinais de um local

Leia mais

Unidade 1 Energia no quotidiano

Unidade 1 Energia no quotidiano Escola Secundária/3 do Morgado de Mateus Vila Real Componente da Física Energia Do Sol para a Terra Física e Química A 10º Ano Turma C Ano Lectivo 2008/09 Unidade 1 Energia no quotidiano 1.1 A energia

Leia mais

Lista Gravitação. Lista de Física

Lista Gravitação. Lista de Física ALUNO(A): COLÉGIO PEDRO II UNIDADE ESCOLAR SÃO CRISTÓVÃO III Lista Gravitação SÉRIE: 1ª TURMAS COORDENADOR: Eduardo Gama PROFESSOR(A): Lista de Física 1) Um satélite artificial S descreve uma órbita elíptica

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE INFORMAÇÃO A LONGAS DISTÂNCIAS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS E COMUNICAÇÃO

COMUNICAÇÃO DE INFORMAÇÃO A LONGAS DISTÂNCIAS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS E COMUNICAÇÃO COMUNICAÇÃO DE INFORMAÇÃO A LONGAS DISTÂNCIAS À medida que uma onda se propaga, por mais intensa que seja a perturbação que lhe dá origem, uma parte da sua energia será absorvida pelo meio de propagação,

Leia mais

GT PERSONAL GPS RASTREAMENTO PESSOAL

GT PERSONAL GPS RASTREAMENTO PESSOAL GT PERSONAL GPS RASTREAMENTO PESSOAL Baseados em nossa experiência em aplicações de GPS e Telemetria, e devido às pequenas dimensões (70x40x20 mm) do GT PERSONAL GPS este dispositivo portátil executa o

Leia mais

Apostila de Física 28 Gravitação Universal

Apostila de Física 28 Gravitação Universal Apostila de Física 28 Gravitação Universal 1.0 História Astrônomo grego Cláudio Ptolomeu (87-150): Sistema planetário geocêntrico A Terra é o centro do universo. A Lua e o Sol descreveriam órbitas circulares

Leia mais

Sistema de Posicionamento por Satélite

Sistema de Posicionamento por Satélite Implantação de Faixa de Dutos Sistema de Posicionamento por Satélite Resumo dos conhecimentos necessários para o entendimento e uso dos Sistemas de s e seus equipamentos. 1 Introdução Os sistemas de posicionamento

Leia mais

LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS ESTAÇÃO TOTAL x GPS RTK

LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS ESTAÇÃO TOTAL x GPS RTK LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS ESTAÇÃO TOTAL x GPS RTK Douglas Luiz Grando 1 ; Valdemir Land 2, Anderson Clayton Rhoden 3 Palavras-chave: Topografia; Geodésia; GPS de Precisão. INTRODUÇÃO Com a evolução das

Leia mais

PARTE 3: COMUNICAÇÃO POR SATÉLITE AULA 14: FÍSICA DOS SATÉLITES. Sistemas de Telecomunicações II Prof. Flávio Ávila

PARTE 3: COMUNICAÇÃO POR SATÉLITE AULA 14: FÍSICA DOS SATÉLITES. Sistemas de Telecomunicações II Prof. Flávio Ávila PARTE 3: COMUNICAÇÃO POR SATÉLITE AULA 14: FÍSICA DOS SATÉLITES Sistemas de Telecomunicações II Prof. Flávio Ávila Lista 2 5.1, 5.6, 5.7, 5.8, 5.10, 5.11, 5.12, 5.13, 5.14, 5.15, 5.27, 5.30 Referências

Leia mais

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas parabólicas são usadas em UHF e Microondas. Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possuem um alto ganho. Uma antena receptora de satélites

Leia mais

CAPÍTULO 2 SISTEMA DE POSICIONAMENTO GLOBAL (GPS)

CAPÍTULO 2 SISTEMA DE POSICIONAMENTO GLOBAL (GPS) CAPÍTULO 2 SISTEMA DE POSICIONAMENTO GLOBAL (GPS) 2.1 Introdução A utilização de ondas de rádio e satélites artificiais em navegação teve início na década de 60 com o desenvolvimento do Navy Navigational

Leia mais

Antenas Parabólicas. - Tela de alumínio; - Fibra de vidro; - Alumínio.

Antenas Parabólicas. - Tela de alumínio; - Fibra de vidro; - Alumínio. Antenas Parabólicas Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possui um alto ganho. Uma antena receptora de satélites de 3 metros de diâmetro, por exemplo, tem um ganho de 33dB, ou seja,

Leia mais

OBA Conteúdos das Avaliações Data: 15/5/2015 (6ª feira)

OBA Conteúdos das Avaliações Data: 15/5/2015 (6ª feira) OBA Conteúdos das Avaliações Data: 15/5/2015 (6ª feira) Constituição da Avaliação 5 perguntas de Astronomia; 3 perguntas de Astronáutica; 2 perguntas sobre Energia. Perguntas Práticas e/ou Observacionais

Leia mais

exposição à radiação electromagnética

exposição à radiação electromagnética exposição à radiação electromagnética 0 Resumo Radiações e Ondas Electromagnéticas Sistemas de Comunicações Móveis Efeitos das Radiações Electromagnéticas Projecto monit 1 Fontes de Radiação [Fonte: TrainsTowers,

Leia mais

Tópicos em Meio Ambiente e Ciências Atmosféricas

Tópicos em Meio Ambiente e Ciências Atmosféricas INPE-13139-PRE/8398 SENSORIAMENTO REMOTO Tania Sausen Tópicos em Meio Ambiente e Ciências Atmosféricas INPE São José dos Campos 2005 MEIO AMBIENTE E CIÊNCIAS ATMOSFÉRICAS 8 Sensoriamento Remoto Tania Sauzen

Leia mais

Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Avaliação Sumativa - Ciências Físico - Químicas 11.º Ano - Ano Lectivo 09/10

Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Avaliação Sumativa - Ciências Físico - Químicas 11.º Ano - Ano Lectivo 09/10 Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Avaliação Sumativa - Ciências Físico - Químicas 11.º Ano - Ano ectivo 09/10 Duração da Actividade: 90 minutos Data: 04/ 12 / 09 Responda com clareza às questões

Leia mais

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP - LABTOP Topografia 1. Sistema de Posicionamento por Satélite

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP - LABTOP Topografia 1. Sistema de Posicionamento por Satélite UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP - LABTOP Topografia 1 Sistema de Posicionamento por Satélite Recife, 2014 Sistema de Coordenadas Geográficas O globo é dividido

Leia mais

Camada Física. Bruno Silvério Costa

Camada Física. Bruno Silvério Costa Camada Física Bruno Silvério Costa Sinais Limitados por Largura de Banda (a) Um sinal digital e suas principais frequências de harmônicas. (b) (c) Sucessivas aproximações do sinal original. Sinais Limitados

Leia mais

Matriz do Teste de Avaliação de Física e Química A - 11.º ano 1 de fevereiro de 2016 120 minutos

Matriz do Teste de Avaliação de Física e Química A - 11.º ano 1 de fevereiro de 2016 120 minutos Ano Letivo 2015/ 2016 Matriz do Teste de Avaliação de Física e Química A - 11.º ano 1 de fevereiro de 2016 120 minutos Objeto de avaliação O teste tem por referência o programa de Física e Química A para

Leia mais

SENSORES REMOTOS. Daniel C. Zanotta 28/03/2015

SENSORES REMOTOS. Daniel C. Zanotta 28/03/2015 SENSORES REMOTOS Daniel C. Zanotta 28/03/2015 ESTRUTURA DE UM SATÉLITE Exemplo: Landsat 5 COMPONENTES DE UM SATÉLITE Exemplo: Landsat 5 LANÇAMENTO FOGUETES DE LANÇAMENTO SISTEMA SENSOR TIPOS DE SENSORES

Leia mais

GEOGRAFIA 1. Cartografia 1 Aulas 1 e 2

GEOGRAFIA 1. Cartografia 1 Aulas 1 e 2 GEOGRAFIA 1 Cartografia 1 Aulas 1 e 2 O QUE É CARTOGRAFIA Cartografia é a área do conhecimento que se preocupa em produzir, analisar e interpretar as diversas formas de se representar a superfície, como

Leia mais

Sistemas Distribuídos Aula 10

Sistemas Distribuídos Aula 10 Sistemas Distribuídos Aula 10 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Doutoranda em Ciência da Computação - UFU Mestre em Ciência da Computação UFU Bacharel em Ciência da Computação - UFJF Sincronização Comunicação

Leia mais

Sistema de comunicação óptica. Keylly Eyglys Orientador: Adrião Duarte

Sistema de comunicação óptica. Keylly Eyglys Orientador: Adrião Duarte Sistema de comunicação óptica Keylly Eyglys Orientador: Adrião Duarte História A utilização de transmissão de informação através de sinais luminosos datam de épocas muito remotas. Acredita-se que os gregos

Leia mais

1 Fibra Óptica e Sistemas de transmissão ópticos

1 Fibra Óptica e Sistemas de transmissão ópticos 1 Fibra Óptica e Sistemas de transmissão ópticos 1.1 Introdução Consiste em um guia de onda cilíndrico, conforme ilustra a Figura 1, formado por núcleo de material dielétrico (em geral vidro de alta pureza),

Leia mais

INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas

INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas (EFA-S4A)-NS Formando: Igor Daniel Santos Saraiva Covilhã,

Leia mais

DQuest. Determinação da posição e velocidade por Satélite (GPS) Localização e disponibilização de informações de veículos por tecnologia wireless

DQuest. Determinação da posição e velocidade por Satélite (GPS) Localização e disponibilização de informações de veículos por tecnologia wireless DQuest Localização Localização, controle e gerenciamento de frotas Determinação da posição e velocidade por Satélite (GPS) Localização e disponibilização de informações de veículos por tecnologia wireless

Leia mais

CURSO EFA NS CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO. CLC 5 Cultura, comunicação e média

CURSO EFA NS CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO. CLC 5 Cultura, comunicação e média CURSO EFA NS CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO CLC 5 Cultura, comunicação e média Formadora Sandra Santos O ser humano, sempre insatisfeito, sentiu sempre a necessidade de comunicar mais rápido, mais longe,

Leia mais

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010 CAPÍTULO 3 ESTAÇÕES DO ANO E INSOLAÇÃO SOLAR. Movimento Anual do Sol e as Estações do Ano. Estação em diferentes latitudes. Insolação Solar. Recapitulando a aula anterior: Capítulo 2 Trigonometria Esférica

Leia mais

Inspeção em Voo, você sabe como é feita e quem o Faz?

Inspeção em Voo, você sabe como é feita e quem o Faz? Inspeção em Voo, você sabe como é feita e quem o Faz? Para assegurar o perfeito funcionamento do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB), é necessária a execução regular da chamada Inspeção

Leia mais

SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO

SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO 1 SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO VISÃO GERAL O Sistema de Rastreio Óptico, ou simplesmente SISROT, foi desenvolvido com o objetivo de rastrear foguetes nos primeiros instantes de

Leia mais

1.3. Na figura 2 estão representados três excertos, de três situações distintas, de linhas de campo magnético. Seleccione a opção correcta.

1.3. Na figura 2 estão representados três excertos, de três situações distintas, de linhas de campo magnético. Seleccione a opção correcta. Escola Secundária Vitorino Nemésio Terceiro teste de avaliação de conhecimentos de Física e Química A Componente de Física 11º Ano de Escolaridade Turma C 13 de Fevereiro de 2008 Nome: Nº Classificação:

Leia mais

PROPOSTA DE RASTREAMENTO E MONITORAMENTO HÍBRIDO SATELITAL

PROPOSTA DE RASTREAMENTO E MONITORAMENTO HÍBRIDO SATELITAL PROPOSTA DE RASTREAMENTO E MONITORAMENTO HÍBRIDO SATELITAL Solução Tecnologia Monitoramento Instalação SOLUÇÃO A solução de rastreamento Unepxmil foi desenvolvida para atender as principais necessidades

Leia mais

Questão 02 - A distância média de Goiânia a Taguatinga é de 200 km. Se um automóvel gasta 2,5h para fazer a viagem, sua velocidade média será de:

Questão 02 - A distância média de Goiânia a Taguatinga é de 200 km. Se um automóvel gasta 2,5h para fazer a viagem, sua velocidade média será de: Questão 01 - Uma estrela emite radiação que percorre a distância de 1 bilhão de anos-luz até chegar à Terra e ser captada por um telescópio. Isto quer dizer que: a) A estrela está a 1 bilhão de km da Terra.

Leia mais

Sistemas Sensores. Introdução

Sistemas Sensores. Introdução Sistemas Sensores 5ª Aulas Introdução O sol foi citado como sendo uma fonte de energia ou radiação. O sol é uma fonte muito consistente de energia para o sensoriamento remoto (REM). REM interage com os

Leia mais

Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você

Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você conhecerá mais sobre a regulamentação que trata da exposição

Leia mais

I - colocam-se 100 g de água fria no interior do recipiente. Mede-se a temperatura de equilíbrio térmico de 10ºC.

I - colocam-se 100 g de água fria no interior do recipiente. Mede-se a temperatura de equilíbrio térmico de 10ºC. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE CAMPUS UNIVERSITÁRIO BAIRRO MARTELOS JUIZ DE FORA MG CEP 36.036-900 - TELEFAX: (3)10-3755 e-mail: vestibular@ufjf.edu.br PARÂMETROS DE CORREÇÃO VESTIBULAR /FÍSICA

Leia mais

I Seminário SIGCidades: Cadastro Territorial Multifinalitário. Fundamentos de Cartografia aplicados aos SIGs

I Seminário SIGCidades: Cadastro Territorial Multifinalitário. Fundamentos de Cartografia aplicados aos SIGs I Seminário SIGCidades: Cadastro Territorial Multifinalitário Fundamentos de Cartografia aplicados aos SIGs 1. FORMA DA TERRA Geóide Elipsóide Esfera Modelos de representação da Terra O modelo que mais

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE. Correção geométrica de imagens

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE. Correção geométrica de imagens Correção geométrica de imagens O georreferenciamento descreve a relação entre os parâmetros de localização dos objetos no espaço da imagem e no sistema de referência, transformando as coordenadas de cada

Leia mais

Introdução a Propagação Prof. Nilton Cesar de Oliveira Borges

Introdução a Propagação Prof. Nilton Cesar de Oliveira Borges Introdução a Propagação Prof. Nilton Cesar de Oliveira Borges Como a luz, uma onda de rádio, perderia-se no espaço, fora do nosso planeta, se não houvesse um fenômeno que provocasse sua curvatura para

Leia mais