REGULAMENTO ESPECÍFICO - FUTSAL JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO ESPECÍFICO - FUTSAL JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR REGULAMENTO ESPECÍFICO - FUTSAL JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES 2017 NATAL-RN

2 TÍTULO I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. A Competição de Futsal será realizada de acordo com as regras oficiais da FIFA para a modalidade, adotadas pela Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS), salvo o estabelecido neste Regulamento. Art. 2º. A equipe representante de cada campus poderá inscrever até 12 (doze) atletas e 01 (um) técnico por gênero, por jogo. 1º. Se uma ou ambas as equipes comparecerem ao jogo sem o número mínimo de jogadores para iniciar a partida, será aceita inscrição de servidor do mesmo campus/polo que esteja participando de outras modalidades do evento, até 5 minutos antes do horário estipulado para o início do jogo. Esta inscrição será válida somente para esta ocasião e não se estende para os demais jogos do evento, visando apenas evitar a ocorrência de W x O. 2º. Se após o período estipulado no 1º e antes do início do jogo os jogadores que estavam ausentes chegarem para a competição, a ação de inscrição do atleta com base no referido parágrafo automaticamente se torna anulada. TÍTULO II DOS JOGOS Art. 3º. Os jogos serão disputados em 2 tempos de 15 minutos corridos, com intervalo de 3 minutos. Art. 4º. Na fase eliminatória, em caso de empate no tempo regulamentar, serão adotados os seguintes procedimentos: I --- Para o desempate serão realizadas cobranças de 03 (três) tiros livres diretos a gol, executados da marca penal, alternadamente, a serem cobrados por todos os atletas relacionados em súmula, exceto os expulsos. Ainda persistindo o empate, serão cobrados tantos tiros livres diretos a gol quanto necessários, executados da marca penal, alternadamente, por diferentes atletas em condição de jogo, até que haja um vencedor. Art. 5º. As equipes poderão cometer, em cada período da partida, até 4 (quatro) faltas acumulativas com direito a formação de barreira de atletas. A partir da 5ª falta acumulativa, a equipe que cometer qualquer infração, punível com tiro livre direto, na meia quadra adversária ou em sua meia quadra entre a linha divisória da quadra e a linha imaginária, paralela à linha divisória da quadra projetada na marca do tiro livre direto sem direito a formação de barreira para as laterais, o

3 árbitro determinará que, para a cobrança dessa falta contra a equipe infratora, seja a bola colocada na marca dos 10 (dez) metros. Art. 6º. As equipes poderão cometer, em cada período da partida, até 4 (quatro) faltas acumulativas com direito a formação de barreira de atletas. A partir da 5ª falta acumulativa ocorrendo infração, punível com tiro livre direto, na meia quadra da equipe infratora, no espaço entre a marca de 10 (dez) metros e a linha da área penal, o jogador que for executar o tiro livre poderá optar pela permanência da bola no local da infração ou colocá-la na marca indicada dos 10 (dez) metros. Quando o jogador optar em cobrar do local da infração, nenhum jogador, exceto o goleiro defensor, poderá ficar dentro da área penal da equipe infratora. Art. 7º. Será concedido 01 (um) tempo técnico para cada equipe a qualquer momento durante cada um dos tempos de jogo. A duração do tempo técnico é de 01 (um) minuto. Art. 8º. O cartão vermelho equivale a uma suspensão automática por um jogo. Art. 9º. Com três cartões amarelos, o atleta estará suspenso por uma partida. Art. 10º. A equipe deverá comparecer ao local do jogo com antecedência e devidamente uniformizada. Para ter condição de participação, antes do início do jogo, todos os componentes da equipe deverão apresentar documento oficial com foto à equipe de arbitragem. Art. 11º. O jogo poderá iniciar antes do horário marcado na tabela de jogos desde que as duas equipes estejam prontas no local da competição e seus respectivos capitães assinem o termo de antecipação de jogo disponibilizado pela arbitragem. Art. 12º. Em caso do não comparecimento de uma equipe dentro do horário estipulado para o jogo, ou comparecimento sem o número mínimo de 03 (três) atletas em condições de jogo, após a contagem de 15 minutos será declarada ausente, aplicando-se o WxO em favor da equipe presente, à qual será declarada vencedora pelo placar de 01x00. Caso nenhuma das duas equipes se façam presentes em tempo hábil, será declarado o duplo não comparecimento, atribuindo-se derrota a ambas as equipes. 1º. Qualquer equipe inscrita que não comparecer aos jogos, ocasionando WxO, será automaticamente desclassificada do evento e todos os seus adversários receberão WxO a favor, independentemente de já terem jogado contra a referida equipe.

4 Art. 13º. O equipamento dos jogadores deve seguir obrigatoriamente um padrão de cores (camisas, calções e meiões padronizados). É recomendada a utilização de calção curto, meias de cano longo, caneleiras, tênis com solado e revestimento lateral de borracha ou material similar, ficando terminantemente proibido o uso de sapatos com solado de couro ou que contenham travas. Dos itens citados anteriormente, apenas as meias de cano longo (meiões) são de uso obrigatório e devem ser padronizados em cores. Em caso de utilização, as caneleiras deverão estar completamente cobertas pelas meias e serem confeccionadas em material apropriado que ofereça proteção ao jogador (borracha, plástico, poliuretano ou material similar). Art. 14º. É vedado ao jogador o uso de qualquer objeto reputado pelo árbitro como perigoso ou nocivo à prática do desporto. O árbitro exigirá a remoção de qualquer objeto que, a seu critério, possa molestar ou causar dano ao adversário ou a si próprio. Não poderão usar piercing, brincos, pulseiras, cordões, colares, anéis ou alianças. Não sendo obedecido em sua determinação, aplicará o cartão amarelo ao mesmo. TÍTULO III DO SISTEMA DE COMPETIÇÃO, PONTUAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO Art. 15º. O sistema de competição será adotado de acordo com o número de equipes inscritas e obedecerá ao disposto na tabela abaixo: Número de Equipes Inscritas Sistema de Competição 1 a 5 Rodízio Simples 6 a 16 Processo Combinado (Rodízio Simples + Eliminatória Simples) 17 ou mais Eliminatória Simples Art. 16º. A contagem de pontos para a fase de classificação ou grupos será a seguinte: I --- Vitória 03 pontos II --- Empate - 01 ponto IIII --- Derrota 00 Parágrafo Único. No caso de haver grupos com diferentes números de equipes (3 e 4), os resultados do último colocado do grupo de 4 equipes serão desconsiderados para efeitos de classificação final do respectivo grupo. Art. 17º. Na Fase Classificatória, no caso de duas equipes do mesmo grupo terminarem com o mesmo número de pontos ganhos, os critérios estabelecidos para o desempate serão os seguintes:

5 I --- Confronto direto II --- Melhor saldo de gols III --- Maior número de gols marcados IV --- Menor número de gols sofridos V --- Menor número de cartões vermelhos VI --- Menor número de cartões amarelos VII --- Sorteio Art. 18º. Na Fase Classificatória, no caso de duas ou mais equipes de grupos diferentes terminarem com o mesmo número de pontos, serão utilizados os seguintes critérios para definição da melhor campanha: I --- Melhor saldo de gols II --- Maior número de gols marcados III --- Menor número de gols sofridos IV --- Menor número de cartões vermelhos V --- Menor número de cartões amarelos VI --- Sorteio Art. 19º. Os cruzamentos na fase eliminatória obedecerão às seguintes hipóteses: Hipótese Cruzamento previsto 4 classificados Melhor campanha x 4º Melhor campanha 2º Melhor campanha x 3º Melhor campanha 8 classificados Melhor campanha x 8º Melhor campanha 4º Melhor campanha x 5º Melhor campanha 3º Melhor campanha x 6º Melhor campanha 2º Melhor campanha x 7º Melhor campanha 1º. Todos os grupos terão equipes classificadas. O 1º colocado de cada grupo está automaticamente classificado, bem como os melhores 2º colocados de acordo com os critérios técnicos. 2º. As equipes classificadas serão ordenadas por superioridade de campanha. Para determinação das melhores campanhas serão utilizados os critérios estabelecidos nos Art. 17º e 18º deste regulamento. Adendo ao regulamento: No Congresso Técnico realizado no dia 28 de julho, ficou definido que o cruzamento ocorreria mediante realização de sorteio.

6 TÍTULO IV - DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 20º. Os árbitros definidos pela Comissão Organizadora serão responsáveis pela direção dos jogos. Art. 21º. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora. Comissão Organizadora JICS 2017

4. No caso em que seja necessário apontar um vencedor e no tempo regulamentar o jogo terminar empatado será aplicado o seguinte:

4. No caso em que seja necessário apontar um vencedor e no tempo regulamentar o jogo terminar empatado será aplicado o seguinte: Regulamento Técnico de Futsal 1. A competição será disputada na categoria masculina acima de 16 anos e feminina acima de 14 anos. Será permitida a inscrição de 6 atletas no mínimo e no máximo 8. 2. A competição

Leia mais

Programação Futsal Máster - JOGOS DO SESI 2016

Programação Futsal Máster - JOGOS DO SESI 2016 Programação Futsal Máster - JOGOS DO SESI 2016 - A identificação do atleta deverá ser apresentada antes do início de cada jogo: CTPS ou Carteira do SESI dentro da validade. - Cada equipe deve apresentar

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO JERNS JEES 2015

REGULAMENTO ESPECÍFICO JERNS JEES 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL JERNS JEES 2015 1 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL JERNS JEES 2015 CATEGORIA MIRIM 1. A Competição de Basquetebol será realizada de acordo com as regras oficiais da

Leia mais

REGULAMENTO DA 15ª COPA RURAL DE FUTSAL (SUPER LIGA REGIONAL DE FUTSAL 2016)

REGULAMENTO DA 15ª COPA RURAL DE FUTSAL (SUPER LIGA REGIONAL DE FUTSAL 2016) REGULAMENTO REGULAMENTO DA 15ª COPA RURAL DE FUTSAL (SUPER LIGA REGIONAL DE FUTSAL 2016) DA PRIMEIRA FASE Art.1º A 15ª Copa Rural de Futsal, realizada pelo Departamento de Esportes da Rádio Rural de Guarabira,

Leia mais

Regulamento Específico. Basquetebol

Regulamento Específico. Basquetebol Regulamento Específico Basquetebol 2015 Art. 1º - A competição de basquetebol dos Jogos Escolares de Minas Gerais JEMG/2015 obedecerá às regras oficiais da International Basketball Federation - FIBA adotadas

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA OS TIMES E TENISTAS!

INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA OS TIMES E TENISTAS! INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA OS TIMES E TENISTAS! Qualifying Dia 8 de Novembro ATENÇÃO! Os times inscritos no Futebol Masculino categoria livre e os tenistas inscritos no Tênis categoria A disputarão o

Leia mais

CAMPEONATO DE FUTSAL MACEIÓ 200 ANOS REGULAMENTO DE FUTSAL

CAMPEONATO DE FUTSAL MACEIÓ 200 ANOS REGULAMENTO DE FUTSAL CAMPEONATO DE FUTSAL MACEIÓ 200 ANOS REGULAMENTO DE FUTSAL 1. Os jogos de Futsal serão realizados de acordo com as Regras Oficiais, salvo o estabelecido neste Regulamento. 2. Cada equipe poderá inscrever

Leia mais

Troféu Guarulhos de Futsal Municipal 2016 Menores 1º Semestre.

Troféu Guarulhos de Futsal Municipal 2016 Menores 1º Semestre. Troféu Guarulhos de Futsal Municipal 2016 Menores 1º Semestre. Título I Das Disposições Gerais A) Será obrigatório, de acordo com as Regras do Futsal, o uso de caneleiras para todos os atletas. B) Não

Leia mais

1ª Copa Contabilizar na Rede de Futebol Society - 2012

1ª Copa Contabilizar na Rede de Futebol Society - 2012 1ª1ª Copopa Conontababililizar na Rede de Futetebobol Societyety - 2012012 1ª Copa Contabilizar na Rede de Futebol Society - 2012 Esta Copa tem como o principal objetivo a melhor integração e confraternização

Leia mais

Regulamento- Poços de Caldas Regulamento BRAZIL CUP Poços de Caldas Janeiro de 2015

Regulamento- Poços de Caldas Regulamento BRAZIL CUP Poços de Caldas Janeiro de 2015 Regulamento- Poços de Caldas Regulamento BRAZIL CUP Poços de Caldas Janeiro de 2015 01- DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 02- CERIMONIAL DE ABERTURA 03- PARTICIPAÇÃO E INSCRIÇÃO DAS EQUIPES 04- INSCRIÇÃO DE ATLETAS

Leia mais

CAMPEONATO DOS BANCÁRIOS 2010 SINDICATOS DOS BANCÁRIOS DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE CULTURA, ESPORTE E LAZER

CAMPEONATO DOS BANCÁRIOS 2010 SINDICATOS DOS BANCÁRIOS DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE CULTURA, ESPORTE E LAZER CAMPEONATO DOS BANCÁRIOS 2010 SINDICATOS DOS BANCÁRIOS DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE CULTURA, ESPORTE E LAZER As presentes normas e exceções foram deliberadas e votadas pela Comissão Organizadora, tendo

Leia mais

REGULAMENTO GRUPO UNICO FLAMENGO SATELITE IRIS REAL CAMPO BELO ONE TWO RED BULL/SÃO MARCOS ACABAS FC 31 SÓ BECK

REGULAMENTO GRUPO UNICO FLAMENGO SATELITE IRIS REAL CAMPO BELO ONE TWO RED BULL/SÃO MARCOS ACABAS FC 31 SÓ BECK LIGA CAMPINEIRA DE FUTEBOL CAMPEONATO COPA INTEGRAÇÃO 2º SEMESTRE REGULAMENTO Art.1ºO Campeonato Campineiro de Futebol denominado COPA INTEGRAÇÃO 2º SEMESTRE, uma homenagem a este que foi presidente da

Leia mais

Nenhum atleta será coroado, se não tiver lutado segundo as Regras. 2Tm 2,5 REGULAMENTO

Nenhum atleta será coroado, se não tiver lutado segundo as Regras. 2Tm 2,5 REGULAMENTO REGULAMENTO Nenhum atleta será coroado, se não tiver lutado segundo as Regras. 2Tm 2,5 Art. 1º A Copa Shalom Ronaldo Pereira é uma competição realizada pela Comunidade Católica Shalom, que visa o entretenimento

Leia mais

REGULAMENTO FUTEBOL SOCIETY

REGULAMENTO FUTEBOL SOCIETY XIII JOGOS AFFEMG Associação dos Funcionários Fiscais de Minas Gerais 1- DO LOCAL REGULAMENTO FUTEBOL SOCIETY 1.1 - Os jogos acontecerão em campos de futebol society de grama sintética ou natural, aprovados

Leia mais

REGULAMENTO DA COPA ZICO 2013

REGULAMENTO DA COPA ZICO 2013 REGULAMENTO DA COPA ZICO 2013 I - DAS FINALIDADES, ORGANIZAÇÃO E OUTROS. Art.1º - A COPA ZICO - 2013, competição de futebol de campo, de forma amadora, com regras aqui estabelecidas e, nos casos omissos,

Leia mais

COPA CURITIBA DE FUTEBOL SUB 15 2016 REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I DA COMPETIÇÃO

COPA CURITIBA DE FUTEBOL SUB 15 2016 REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I DA COMPETIÇÃO COPA CURITIBA DE FUTEBOL SUB 15 2016 REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I DA COMPETIÇÃO Art. 1º - A COPA CURITIBA DE FUTEBOL SUB 15-2016 tem por finalidade fomentar a prática do futebol de campo no Município

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO I TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY FACULDADE ESFA

REGULAMENTO GERAL DO I TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY FACULDADE ESFA REGULAMENTO GERAL DO I TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY FACULDADE ESFA Art. 1º O Torneio de Futebol Society tem por finalidade: A congregação dos graduandos, o fortalecimento dos laços de amizade e a camaradagem

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO FUTSAL

REGULAMENTO TÉCNICO FUTSAL FUTSAL Art. 1º - O campeonato de Futebol de Salão será regido pelas regras oficiais da CBFS - Confederação Brasileira de Futsal, por este Regulamento e conforme o disposto no Regulamento Geral. Art. 2º

Leia mais

I COPA CAPITAL MORENA DE FUTEBOL DE SETE PARALÍMPICO

I COPA CAPITAL MORENA DE FUTEBOL DE SETE PARALÍMPICO I COPA CAPITAL MORENA DE FUTEBOL DE SETE PARALÍMPICO DE 16/07(Abertura -Torneio Início) á 26/08/2016 EVENTO OFICIAL HOMENAGEM A 117 ANOS DE CAMPO GRANDE LOCAL: PRAÇA ESPORTIVA ELIAS GADIA APOIO: 1 DIVISÃO

Leia mais

REGULAMENTO GERAL I COPA SOCIETY OAB/MG

REGULAMENTO GERAL I COPA SOCIETY OAB/MG BELO HORIZONTE AGOSTO DE 2014 REGULAMENTO GERAL I COPA SOCIETY OAB/MG REALIZAÇÃO Arte do Esporte www.artedoesporte.com.br I DAS FINALIDADES 3 II DA ORGANIZAÇÃO E EXECUÇÃO 3 III PERÍODO DE INSCRIÇÃO E REALIZAÇÃO

Leia mais

www.grude6.com.br grude6@yahoo.com.br REGULAMENTO DO V TORNEIO GRUDE6 DE FUTSAL 2013.

www.grude6.com.br grude6@yahoo.com.br REGULAMENTO DO V TORNEIO GRUDE6 DE FUTSAL 2013. REGULAMENTO DO V TORNEIO GRUDE6 DE FUTSAL 2013. I - DOS OBJETIVOS: Art. 1º - O evento visa proporcionar aos servidores do Poder Judiciário Federal e instituições convidadas a integração e socialização

Leia mais

REGULAMENTO CAMPEONATO GAÚCHO 2015

REGULAMENTO CAMPEONATO GAÚCHO 2015 REGULAMENTO CAMPEONATO GAÚCHO 2015 l DAS FINALIDADES Artigo 1.1 O Campeonato Gaúcho de Futebol Sete Categoria Principal Masculino, tem por finalidade congregar e ampliar o Futebol Sete, meio de lazer e

Leia mais

REGIMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 2ª edição

REGIMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 2ª edição REGIMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 2ª edição Índice Preâmbulo 5 Artigo 1.º Escalões Etários, Dimensões do Campo, Bola, Tempo de Jogo e Variantes

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL. (Revisto em Setembro de 2014)

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL. (Revisto em Setembro de 2014) REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013 2017 (Revisto em Setembro de 2014) Índice 1. Introdução 2 2. Escalões etários 3 3. Constituição das Equipas 4 4. Regulamento Técnico Pedagógico 5 5. Classificação,

Leia mais

CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO 2015 NOTA OFICIAL RUGBY

CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO 2015 NOTA OFICIAL RUGBY CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO 2015 NOTA OFICIAL RUGBY Informações e inscrições: Kallel Brandão (11)97118-3872 kallel@fupe.com.br www.fupe.com.br www.juesp.com.br INFORMAÇÕES BÁSICAS Local: CEPEUSP

Leia mais

IIº Campeonato de Futebol de 6 Clube Espanhol CAPITULO I. Disposições Preliminares

IIº Campeonato de Futebol de 6 Clube Espanhol CAPITULO I. Disposições Preliminares IIº Campeonato de Futebol de 6 Clube Espanhol REGULAMENTO CAPITULO I Disposições Preliminares Art. 1º: O 2º Campeonato Clube Espanhol de Futebol de 6 denominado Liga das Estrellas será promovido pela superintendência

Leia mais

IIº CAMPEONATO CLUBE ESPANHOL DE FUTEBOL DE 6

IIº CAMPEONATO CLUBE ESPANHOL DE FUTEBOL DE 6 IIº CAMPEONATO CLUBE ESPANHOL DE FUTEBOL DE 6 REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º - O 2º Campeonato Clube Espanhol de Futebol de 6 será promovido pela superintendência de esporte do

Leia mais

IV CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL SOCIETY DA ASTRIFE 2013 REGULAMENTO GERAL

IV CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL SOCIETY DA ASTRIFE 2013 REGULAMENTO GERAL IV CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL SOCIETY DA ASTRIFE 2013 REGULAMENTO GERAL I. DAS FINALIDADES Artigo 1 O IV CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL SOCIETY, tem por finalidade congregar todas as pessoas que trabalham

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2009-2013 DESPORTO ESCOLAR

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2009-2013 DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2009-2013 DESPORTO ESCOLAR ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ESCALÕES ETÁRIOS/ BOLA DE JOGO/DURAÇÃO DE JOGO...4 3. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA...5 4. ARBITRAGEM...6 5. CLASSIFICAÇÃO/

Leia mais

REGULAMENTO TEMPORADA DOS CAMPEÕES 2013 FUTEBOL COPA MASTER CAPÍTULO I

REGULAMENTO TEMPORADA DOS CAMPEÕES 2013 FUTEBOL COPA MASTER CAPÍTULO I REGULAMENTO TEMPORADA DOS CAMPEÕES 2013 FUTEBOL COPA MASTER CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º - A Temporada dos Campeões 2013 tem por finalidade promover a integração dos colaboradores das empresas FIAT

Leia mais

XIV COPA SMEL DE FUTSAL 2016

XIV COPA SMEL DE FUTSAL 2016 XIV COPA SMEL DE FUTSAL 2016 Regulamento Geral XIV COPA SMEL DE FUTSAL CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XIV COPA SMEL DE FUTSAL tem por objetivo principal o congraçamento geral dos participantes

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL VOLEIBOL XXI TNG

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL VOLEIBOL XXI TNG REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL Voleibol Misto I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º Âmbito O estipulado neste Regulamento define como se rege a modalidade de Voleibol Misto no XXI Torneio Internacional Prof.

Leia mais

3º TORNEIO DE FUTSAL CDL CANOAS

3º TORNEIO DE FUTSAL CDL CANOAS 3º TORNEIO DE FUTSAL CDL CANOAS REGULAMENTO GERAL Capítulo 1 Comissão disciplinar e organizadora: O Evento será coordenado pela CDL e pela CDL Jovem Canoas, com as seguintes atribuições: a) Tomar as providências

Leia mais

3ª COPA QUIOSQUE NATUREZA DE FUTEBOL SUÍÇO INTER-ACADEMIAS.

3ª COPA QUIOSQUE NATUREZA DE FUTEBOL SUÍÇO INTER-ACADEMIAS. 3ª COPA QUIOSQUE NATUREZA DE FUTEBOL SUÍÇO INTER-ACADEMIAS. REGULAMENTO OFICIAL CAPÍTULO I OBJETIVOS ART. 1º - A 3ª Copa Quiosque Natureza de Futebol Suíço Inter-Academias, que será realizada no 2º semestre

Leia mais

REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO

REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO I - DOS LOCAIS DOS JOGOS Art. 1º - Os jogos serão realizados nos seguintes locais: Quadras 01,02 e 03 - térreo do Prédio 80 Quadras 01,02 e 03-4º andar do Prédio

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL COPA ARCO DE FUTEBOL SOCIETY ano 2016 (POR REGIÃO)

REGULAMENTO OFICIAL COPA ARCO DE FUTEBOL SOCIETY ano 2016 (POR REGIÃO) REGULAMENTO OFICIAL COPA ARCO DE FUTEBOL SOCIETY ano 2016 (POR REGIÃO) 01 DA FINALIDADE 1.1. A COPA ARCO DE FUTEBOL SOCIETY 2016 (por Região), tem como finalidade principal, promover a integração dos funcionários

Leia mais

7º JOGOS REGIONAIS DA SAÚDE REGULAMENTO

7º JOGOS REGIONAIS DA SAÚDE REGULAMENTO 7º JOGOS REGIONAIS DA SAÚDE REGULAMENTO I - DOS OBJETIVOS Art. 01 - A 7º edição dos JOGOS REGIONAIS DA SAÚDE é um evento promovido pelos Servidores da Secretaria de Estado da Saúde SES Art. 02 - O campeonato

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO MUNICIPAL DE 2012 CATEGORIA PRINCIPAL DIVISÃO ESPECIAL/1ª DIVISÃO/2ª DIVISÃO/3ª DIVISÃO/4ª DIVISÃO

REGULAMENTO DO CAMPEONATO MUNICIPAL DE 2012 CATEGORIA PRINCIPAL DIVISÃO ESPECIAL/1ª DIVISÃO/2ª DIVISÃO/3ª DIVISÃO/4ª DIVISÃO LIGA DE FUTEBOL DE SALÃO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO e-mail ligafutsalsbc@gmail.com ou ligafutsalsbc@uol.com.br - Data de fundação 15/08/1981 site : www.ligafutsalsaobernardo.com.br Telefones: 4122-58-85-4330-95-70

Leia mais

Regulamento da. 2ª Copa UniBH de Futsal

Regulamento da. 2ª Copa UniBH de Futsal Regulamento da 2ª Copa UniBH de Futsal FINALIDADE O presente regulamento contêm as normas que regem na 2ª Copa Futsal UniBH, sendo conhecedores de seu conteúdo todos os inscritos que se submetem sem ressalvas

Leia mais

COPA PAULISTA DE FUTSAL SÉRIE A3 MENORES 2016 REGULAMENTO

COPA PAULISTA DE FUTSAL SÉRIE A3 MENORES 2016 REGULAMENTO DISPOSIÇÕES INICIAIS Federação Paulista de Futebol de Salão COPA PAULISTA DE FUTSAL SÉRIE A3 MENORES 2016 REGULAMENTO 1 - A Copa Paulista de Futsal Categorias Menores, tem como objetivo a promoção e divulgação

Leia mais

Campeonato Municipal de Futebol Amador. Início dia 06 de Outubro de 2013 REGULAMENTO GERAL

Campeonato Municipal de Futebol Amador. Início dia 06 de Outubro de 2013 REGULAMENTO GERAL I DOS OBJETIVOS Campeonato Municipal de Futebol Amador Início dia 06 de Outubro de 2013 REGULAMENTO GERAL Art. 1º - O Campeonato Municipal de Futebol tem como objetivo desenvolver e estimular a prática

Leia mais

REGULAMENTO VI COPA LOC GAMES DE FUTEBOL DIGITAL

REGULAMENTO VI COPA LOC GAMES DE FUTEBOL DIGITAL 1. AGRADECIMENTOS REGULAMENTO VI COPA LOC GAMES DE FUTEBOL DIGITAL Sem parceria e muita dedicação de pessoas e empresas envolvidas, esse projeto não seria possível, por isso, nossos sinceros agradecimentos

Leia mais

REGULAMENTO GERAL COPA KAGIVA DE FUTEBOL EDUCACIONAL - 2016

REGULAMENTO GERAL COPA KAGIVA DE FUTEBOL EDUCACIONAL - 2016 REGULAMENTO GERAL COPA KAGIVA DE FUTEBOL EDUCACIONAL - 2016 Associação Brasileira do Desporto Educacional ABRADE - 2016 SUMÁRIO REGULAMENTO GERAL... 2 TÍTULO I DOS OBJETIVOS... 2 TÍTULO II - DA ORGANIZAÇÃO

Leia mais

FUNPEEL Troféu Luiz Carlos Heidrich (LULI)

FUNPEEL Troféu Luiz Carlos Heidrich (LULI) 8 o CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTSAL MASCULINO/ FUNPEEL Troféu Luiz Carlos Heidrich (LULI) 1. DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO TÉCNICO 1.1. O 8º Campeonato Municipal de Futsal Masculino será promovido e

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2009-2013 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESCALÕES ETÁRIOS/ BOLA DE JOGO/DURAÇÃO DE JOGO... 4 3. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA... 5 4.ARBITRAGEM... 6 5. CLASSIFICAÇÃO/ PONTUAÇÃO/DESEMPATE...

Leia mais

BASQUETEBOL. www.inatel.pt

BASQUETEBOL. www.inatel.pt NORMAS ESPECIFICAS www.inatel.pt NORMAS ESPECÍFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direção Desportiva, em complemento do Código Desportivo, para as provas organizadas pela Fundação

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL VI COPA DE FUTEBOL 7 UNIGUAÇU

REGULAMENTO OFICIAL VI COPA DE FUTEBOL 7 UNIGUAÇU REGULAMENTO OFICIAL VI COPA DE FUTEBOL 7 UNIGUAÇU CAP. I: AS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART.1 - O torneio é uma Promoção do Colegiado do curso de Educação Física da Uniguaçu, apoiado pela Uniguaçu. ART.2

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º. Este regulamento é o documento composto conjunto das disposições que regem a Campeonato Brasileiro de Handebol dos Surdos 2015, nas categorias

Leia mais

REGULAMENTO GERAL. ARTIGO I: A COPA BIG-ESPORTES DE FUTSAL IJUI/RS, somente poderá participar as instituições com suas equipes convidadas.

REGULAMENTO GERAL. ARTIGO I: A COPA BIG-ESPORTES DE FUTSAL IJUI/RS, somente poderá participar as instituições com suas equipes convidadas. REGULAMENTO GERAL CAPITULO 1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ARTIGO I: A COPA BIG-ESPORTES DE FUTSAL IJUI/RS, somente poderá participar as instituições com suas equipes convidadas. ARTIGO II: Da Cerimônia de

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE 1. As competições de basquete serão realizadas de acordo com as regras internacionais da FIBA e os regulamentos e normas do Novo Desporto Universitário 2012 NDU. 2. Cada

Leia mais

MUNICÍPIOS DA PENÍNSULA DE SETÚBAL ASSOCIAÇÕES ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 BASQUETEBOL REGULAMENTO

MUNICÍPIOS DA PENÍNSULA DE SETÚBAL ASSOCIAÇÕES ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 BASQUETEBOL REGULAMENTO JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 BASQUETEBOL REGULAMENTO 1. Organização A organização da competição de Basquetebol dos Jogos do Futuro da Região de Setúbal 2016 é da responsabilidade da Câmara

Leia mais

REGULAMENTO SERIE A & B COPA LINCARD 2014

REGULAMENTO SERIE A & B COPA LINCARD 2014 CAPÍTULO I DAS FINALIDADES REGULAMENTO SERIE A & B COPA LINCARD 2014 Artigo 1º - A IX Copa Lincard de Futebol Society tem a finalidade de propor entretenimento e integração entre os associados do Grêmio

Leia mais

CATEGORIA: IDADE LIVRE

CATEGORIA: IDADE LIVRE 15º CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL DE ADVOGADOS (15ª edição) 2014 CATEGORIA: IDADE LIVRE REGULAMENTO GERAL Art. 1 - Participantes: O 15º Campeonato Brasileiro de Futebol da OAB terá a participação dos

Leia mais

Regulamento Específico. Futsal

Regulamento Específico. Futsal Regulamento Específico Futsal 2015 Art. 1º - A competição de futsal dos Jogos Escolares de Minas Gerais JEMG/2015 obedecerá às Regras Oficiais da FIFA para a modalidade, adotadas pela Confederação Brasileira

Leia mais

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 Organização, compromisso e qualidade em prol do esporte universitário paulista www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 REGULAMENTO

Leia mais

Troféu Guarulhos de futsal Municipal 2015 Menores 1º Semestre.

Troféu Guarulhos de futsal Municipal 2015 Menores 1º Semestre. Troféu Guarulhos de futsal Municipal 2015 Menores 1º Semestre. Título I Das Disposições Gerais A) Será obrigatório, de acordo com as Regras do Futsal, o uso de caneleiras para todos os atletas. B) Não

Leia mais

V CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE VOLEIBOL - 2015 REGULAMENTO GERAL

V CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE VOLEIBOL - 2015 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES Art. 1º - O V Campeonato Brasileiro Escolar de Voleibol é uma competição inter-colegial que tem por objetivo incentivar, no meio estudantil, a prática desportiva, enaltecendo

Leia mais

Regulamento Interno Liga Futsal AEISCSN 2010/2011

Regulamento Interno Liga Futsal AEISCSN 2010/2011 1 ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Organização e direcção do torneio II. ORGANIZAÇÃO DA PROVA Artigo 2º - Modelo Competitivo Artigo 3º - Pontuação de Jogo Artigo 4º - Critérios de Desempate Artigo

Leia mais

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA COPA DE FUTEBOL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2015

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA COPA DE FUTEBOL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2015 ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA COPA DE FUTEBOL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2015 A PARTIR DO DIA 06/07/2015 ATÉ 14/07/2015. HORÁRIO DE ATENDIMENTO DAS 08H00 ÁS 12H00 E das 13H30 ás 17H00. REGULAMENTO Da Organização

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL SALVADOR CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL SOCIETY - 2009 REGULAMENTO GERAL - CÓDIGO ESPORTIVO

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL SALVADOR CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL SOCIETY - 2009 REGULAMENTO GERAL - CÓDIGO ESPORTIVO CAPÍTULO I - DAS COMPETIÇÕES ARTIGO 01 - A finalidade principal da realização dos Campeonatos Internos de Futebol é desenvolver a prática esportiva, fomentando em caráter recreativo e, absolutamente amadorista,

Leia mais

Colégio Adventista de Rio Preto. Prof. Daniel Prandi Prof. Sheila Molina

Colégio Adventista de Rio Preto. Prof. Daniel Prandi Prof. Sheila Molina Colégio Adventista de Rio Preto Prof. Daniel Prandi Prof. Sheila Molina Futebol de Salão - Futsal Caracterização: É um jogo coletivo desportivo, entre duas equipes, sendo cada uma constituída por doze

Leia mais

2º CAMPEONATO DE FUTSAL DA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICO CULTURAL PAINCO REGULAMENTO GERAL

2º CAMPEONATO DE FUTSAL DA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICO CULTURAL PAINCO REGULAMENTO GERAL 1 2º CAMPEONATO DE FUTSAL DA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICO CULTURAL PAINCO REGULAMENTO GERAL Disposições Preliminares 1 O Campeonato de Futsal da Associação Atlético Cultural Painco de 2010 será dirigido pelo Departamento

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE ESPORTES REGULAMENTO GERAL

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE ESPORTES REGULAMENTO GERAL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE ESPORTES REGULAMENTO GERAL VII CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL SUÍÇO - 2011 VII CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL DOS SERVIDORES DA UNIOESTE / 2011 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO

Leia mais

TAÇA CIDADE SÃO JOSÉ DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZÇÃO E DIREÇÃO

TAÇA CIDADE SÃO JOSÉ DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZÇÃO E DIREÇÃO TAÇA CIDADE SÃO JOSÉ DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZÇÃO E DIREÇÃO Art. 1º - A organização da Taça Cidade São José de Futsal é de inteira responsabilidade da Prefeitura Municipal de São

Leia mais

NOVA LIGA GAÚCHA DE FUTEBOL INFANTIL

NOVA LIGA GAÚCHA DE FUTEBOL INFANTIL REGULAMENTO DO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL PARA CATEGORIAS DE BASE NOLIGAFI 2015 Divisão de Acesso 1 DA ORGANIZAÇÃO Artigo 1º - O Campeonato Estadual de Futebol para Categorias Base da NOLIGAFI em sua

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO XADREZ 2013-2017

REGULAMENTO ESPECÍFICO XADREZ 2013-2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO XADREZ 2013-2017 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO P.2 2. ESCALÕES ETÁRIOS P.3 3. CONSTITUIÇÃO DAS EQUIPAS P.3 4. REGULAMENTO TÉCNICO-PEDAGÓGICO P.3 4.1. FASE LOCAL P.4 4.2. FASE REGIONAL P.5

Leia mais

GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL

GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL 2001-2002 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 1. ESCALÕES ETÁRIOS/BOLA DE JOGO... 4 2. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA... 4 3. DURAÇÃO DO JOGO...

Leia mais

TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB

TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE ANGRA DO HEROÍSMO TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB 14 FUTEBOL Angra do Heroísmo 10, 11 e 12 de Junho de 2016 ESTRUTURA ORGÂNICA DIREÇÃO - CARLOS FONTES 969 148 800 GABINETE

Leia mais

REGULAMENTO GERAL GEACSB 2015

REGULAMENTO GERAL GEACSB 2015 REGULAMENTO GERAL GEACSB 2015 PARTE GERAL Art. 1º - Denomina-se Grêmio de Ex-Alunos do Colégio de São Bento ( GEACSB ) o campeonato de futebol society organizado pela ALUMNI CSB-RJ e realizado anualmente

Leia mais

REGULAMENTO I Copa Integração de Futsal e Vôlei de Praia do IFPB Campus Sousa

REGULAMENTO I Copa Integração de Futsal e Vôlei de Praia do IFPB Campus Sousa REGULAMENTO I Copa Integração de Futsal e Vôlei de Praia do IFPB Campus Sousa Sousa, 20 de abril de 2012 CAPÍTULO I DAS INSCRIÇÕES Art. 1º. Os times interessados em participar I Copa Integração de Futsal

Leia mais

REGULAMENTO DE FUTSAL

REGULAMENTO DE FUTSAL REGULAMENTO DE FUTSAL Capítulo I DAS FINALIDADES Art. 1º O campeonato de futsal masculino, é promovido como uma das modalidades dos VI JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA, promovido e organizado pela AMB Associação

Leia mais

REGULAMENTO GERAL. Único Só poderão participar os funcionários efetivamente locados nesse empreendimento.

REGULAMENTO GERAL. Único Só poderão participar os funcionários efetivamente locados nesse empreendimento. REGULAMENTO GERAL I OBJETIVOS Artigo 1 - Reunir e integrar socialmente, através do desporto, empresas e funcionários, estimulando a prática esportiva de atividade física e intelectual nas empresas, promovendo

Leia mais

C.C.R.E.7 DE SETEMBRO CAMPEONATO DE VERÃO VOLEI DE PRAIA

C.C.R.E.7 DE SETEMBRO CAMPEONATO DE VERÃO VOLEI DE PRAIA VOLEI DE PRAIA 2014 VOLEI DE PRAIA DUPLAS Art.1º - O Campeonato de Verão de Vôlei de Praia de Duplas do C.C.R.E. 7 de Setembro obedecerá as regras oficiais adotadas pela CBV e pelo que dispuser este regulamento.

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO ATLETISMO

REGULAMENTO TÉCNICO ATLETISMO REGULAMENTO TÉCNICO ATLETISMO 1 A Competição de Atletismo do JIUDESC 2014 será regida pelas Regras Internacionais da IAAF e pelo que dispõe este Regulamento. 2 Cada Centro poderá inscrever, no máximo,

Leia mais

Federação Paranaense de Futebol 7 VII COPA RIC DE FUTEBOL 7 / 2015 REGULAMENTO OFICIAL

Federação Paranaense de Futebol 7 VII COPA RIC DE FUTEBOL 7 / 2015 REGULAMENTO OFICIAL Federação Paranaense de Futebol 7 VII COPA RIC DE FUTEBOL 7 / 2015 REGULAMENTO OFICIAL CAPÍTULO I - Da Finalidade Art. 01 A VII COPA RIC DE FUTEBOL 7 2015, será organizada pela Federação Paranaense de

Leia mais

APOIO VEREADOR SENIVAL MOURA DR JORGE DO CARMO REALIZAÇÃO: ACOCESP: Promoções de Eventos e Coordenação de Esporte

APOIO VEREADOR SENIVAL MOURA DR JORGE DO CARMO REALIZAÇÃO: ACOCESP: Promoções de Eventos e Coordenação de Esporte 7ª COPA MASTER CODÓ DE FUTEBOL AMADOR 2014 APOIO VEREADOR SENIVAL MOURA DR JORGE DO CARMO REALIZAÇÃO: ACOCESP: Promoções de Eventos e Coordenação de Esporte 1 REGULAMENTO DA 7ª COPA MASTER CODÓ FUTEBOL

Leia mais

REGULAMENTO DO 1º TORNEIO DE FUTSAL MOSAICO DE PAISAGENS 2013

REGULAMENTO DO 1º TORNEIO DE FUTSAL MOSAICO DE PAISAGENS 2013 REGULAMENTO DO 1º TORNEIO DE FUTSAL MOSAICO DE PAISAGENS 2013 1. INTRODUÇÃO O 1º Torneio de Futsal Mosaico de Paisagens 2013, organizado pelo Município de Caminha, será disputado por um total máximo de

Leia mais

REGULAMENTO. Os representantes das equipes ficarão responsáveis pela disciplina de seus atletas.

REGULAMENTO. Os representantes das equipes ficarão responsáveis pela disciplina de seus atletas. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: REGULAMENTO Artigo 1 Artigo 2 Artigo 3 Artigo 4 Artigo 5 Fica instituído pela Delegacia Sindical de Brasília o IV Campeonato de Futebol Soçaite. Este regulamento é o conjunto

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DO BANCO DO BRASIL VICE-PRESIDÊNCIA DE ESPORTES TORNEIO INTERNO I COPA MUNDO A.A.B.B. DE FUTEBOL DE CAMPO

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DO BANCO DO BRASIL VICE-PRESIDÊNCIA DE ESPORTES TORNEIO INTERNO I COPA MUNDO A.A.B.B. DE FUTEBOL DE CAMPO TORNEIO INTERNO I COPA MUNDO A.A.B.B. DE FUTEBOL DE CAMPO REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO O Vice-Presidente de Esportes da Associação Atlética do Banco do Brasil de Belo Horizonte, usando de suas atribuições,

Leia mais

REGRAS DAS PROVAS RELÂMPAGO

REGRAS DAS PROVAS RELÂMPAGO REGRAS DAS PROVAS RELÂMPAGO BALÃO Cada equipe apresentará um componente para esta prova. Os participantes deverão soprar o balão até estourar. Será estabelecida a ordem de classificação pelo tempo de estouro

Leia mais

Torneio de Futsal 2014 Troféu Rafael Afonso Leite

Torneio de Futsal 2014 Troféu Rafael Afonso Leite Torneio de Futsal 2014 Troféu Rafael Afonso Leite DOS OBJETIVOS: O Einstein Gol é um evento que visa aumentar sociabilizarão e integração entre todos os nossos alunos, funcionários, Corpo Docente e Direção.

Leia mais

REGULAMENTO da TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 SELETIVA FASE ESTADUAL TITULO I DAS FINALIDADES

REGULAMENTO da TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 SELETIVA FASE ESTADUAL TITULO I DAS FINALIDADES REGULAMENTO da TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 SELETIVA FASE ESTADUAL TITULO I DAS FINALIDADES Artigo 1 - A TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 é promovida, organizada e dirigida pela FEDERAÇÃO UNIVERSITÁRIA

Leia mais

REGULAMENTO DA III COPA TV PICOS DE FUTSAL EDIÇÃO 2013

REGULAMENTO DA III COPA TV PICOS DE FUTSAL EDIÇÃO 2013 REGULAMENTO DA III COPA TV PICOS DE FUTSAL EDIÇÃO 2013 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - A III Copa TV Picos de Futsal Categoria Principal iniciará dia 14(Domingo) de Abril de 2013 às 10h da

Leia mais

VI TAÇA CIDADE DE SÃO PAULO DE FUTEBOL FEMININO - 2013

VI TAÇA CIDADE DE SÃO PAULO DE FUTEBOL FEMININO - 2013 VI TAÇA CIDADE DE SÃO PAULO DE FUTEBOL FEMININO - 2013 DAS FINALIDADES Artigo 1º - Visando divulgar, incentivar e revelar novos talentos da prática da modalidade de futebol feminino, a Secretaria de Esportes,

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO FUTSAL. (Revisto em setembro 2015)

REGULAMENTO ESPECÍFICO FUTSAL. (Revisto em setembro 2015) REGULAMENTO ESPECÍFICO FUTSAL 2013 2017 (Revisto em setembro 2015) Índice 1. Introdução 2 2. Escalões Etários, tempo de jogo e variantes da modalidade 3 2.1. Escalões Etários 3 2.2. Tempo de Jogo e variantes

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL XIRA 2016

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL XIRA 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL XIRA 2016 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 ESCALÕES ETÁRIOS, TEMPO DE JOGO E BOLA... 4 2.1. ESCALÕES ETÁRIOS... 4 2.2. DURAÇÃO DOS JOGOS... 4 2.3. A BOLA... 4 REGULAMENTO DO ESCALÃO

Leia mais

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL * Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL 1. DOS JOGOS: Os jogos de Futsal serão regidos pelas Regras Oficiais vigentes da Confederação Brasileira de Futsal, observadas as exceções previstas neste Regulamento

Leia mais

REGULAMENTO CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY 2.010 COPA DO MUNDO

REGULAMENTO CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY 2.010 COPA DO MUNDO REGULAMENTO CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY 2.010 COPA DO MUNDO A CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY 2010 COPA DO MUNDO, tem por finalidade congregar e ampliar o Futebol Society, meio de confraternização e lazer,

Leia mais

3ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2014

3ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2014 3ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2014 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados a CBTM,

Leia mais

COPA DISTRITAL DE FUTEBOL TAUAENSE

COPA DISTRITAL DE FUTEBOL TAUAENSE COPA DISTRITAL DE FUTEBOL TAUAENSE LIGA TAUAENSE DE DESPORTO REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZAÇÃO ART. 1º - A Copa Distrital de Futebol Tauaense será dirigida e organizada pela Secretaria de Juventude

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO. Confederação Brasileira de Desportos de Surdos www.cbds.org.br

REGULAMENTO TÉCNICO. Confederação Brasileira de Desportos de Surdos www.cbds.org.br REGULAMENTO TÉCNICO REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º. A competição do Campeonato Brasileiro de Futsal dos Surdos 2015 será realizado de acordo com as regras oficiais, previstas

Leia mais

Coordenação: Professor Carlos Henrique Alvarez Nicolás e Departamento de Educação Física.

Coordenação: Professor Carlos Henrique Alvarez Nicolás e Departamento de Educação Física. Dante Alighieri - 1 Dante Alighieri - 2 COMO SE INSCREVER Junto com o manual de instruções, você está recebendo fichas para inscrição nas modalidades coletivas. Depois de ler atentamente o regulamento

Leia mais

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal Regulamento da Copa UniBH de Futsal FINALIDADE O presente regulamento contêm as normas que regem na 9ª Copa UniBH de Futsal, sendo conhecedores de seu conteúdo todos os inscritos que se submetem sem ressalvas

Leia mais

Regulamento do Torneio A Copa do Guadiana

Regulamento do Torneio A Copa do Guadiana Regulamento do Torneio A Copa do Guadiana 1. - APRESENTAÇÃO A IIIª Edição de A Copa do Guadiana realiza-se nas instalações do Complexo Desportivo de Vila Real Santo António (Algarve), nas instalações do

Leia mais

JOGOS RECREATIVOS ESPECIAIS DE MATO GROSSO DO SUL JORES 2015

JOGOS RECREATIVOS ESPECIAIS DE MATO GROSSO DO SUL JORES 2015 GOVERNADO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE GOVERNO FUNDAÇÃO DE DESPORTO E LAZER DE MATO GROSSO DO SUL GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE ATIV. DESPORTIVAS JOGOS RECREATIVOS ESPECIAIS

Leia mais

REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I I MACEIÓ-AL, 2015 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE DO EVENTO Art. 1º - O esporte é considerado um fenômeno cultural da humanidade capaz de propiciar inúmeros benefícios aos seus praticantes.

Leia mais

I TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY DO IFRN.

I TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY DO IFRN. I TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY DO IFRN. APRESENTAÇÃO O Torneio de Futebol Society tem por finalidade a congregação, socialização e promoção da qualidade de vida para os servidores do IFRN, buscando fortalecer

Leia mais

CÂMARA MUNICPAL DO NORDESTE GABINETE DO DESPORTO TORNEIO DE FUTSAL INTER-FREGUESIAS DO NORDESTE 2015

CÂMARA MUNICPAL DO NORDESTE GABINETE DO DESPORTO TORNEIO DE FUTSAL INTER-FREGUESIAS DO NORDESTE 2015 CÂMARA MUNICPAL DO NORDESTE I.INTRODUÇÃO Com a organização do Torneio de Futsal Inter-Freguesias do Nordeste 2015, o gabinete do Desporto pretende proporcionar à população concelhia um espaço privilegiado

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASQUETEBOL Índice 1. Introdução 3 2. Escalões Etários/Bola de Jogo/Duração de Jogo 3 3. Constituição da Equipa 4 4. Classificação/Pontuação 4 5. Arbitragem 5 6. Mesa de Secretariado 6 7. Regulamento Técnico-Pedagógico

Leia mais

Seletiva Estadual Universitária de RUGBY SEVEN

Seletiva Estadual Universitária de RUGBY SEVEN Seletiva Estadual Universitária de RUGBY SEVEN LOCAL/ DATA/ HORÁRIO Local: Campo Federação Paulista de Rugby Parque Esportivo do Trabalhador (Antigo CERET) Rua Canuto de Abreu, s/número - Tatuapé Data:

Leia mais