Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia de Aeródromos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia de Aeródromos"

Transcrição

1 Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: Obrigatórios Mestrado Optativos Área científica Sigla Ciências Militares Aeronáuticas Ciências Militares CMIL 30 Comando e Liderança COMLID 21 Matemática Matemáticas Gerais MATGER 27 Probabilidades e Estatística PEST 6 Análise Numérica e Análise Aplicada ANAA 6 Física e Química Física FIS 12 Química-Física, Materiais e Nanociências QFMN 6 Gestão GES 15 Engenharia Civil Geociências GEOC 6 Geotecnia GEOTEC 16,5 21 Hidráulica HIDR 12 Ambiente e Recursos Hídricos ARH 13,5 Mecânica Estrutural e Estruturas MEE 46,5 36 Construção CONST 24 31,5 Aeródromos AERD 4,5 Urbanismo e Transportes UT 16,5 Arquitectura ARQ 4,5 Sistemas de Apoio ao Projecto SAP 13,5 Competências Transversais CT 3 Dissertações DISS 30 Computadores COMP 6 Língua Inglesa LIG 9 328,5 88,5 O aluno deve optar por 31,5 créditos dos 88,5 optativos, de modo a obter um total de 360 no final do Curso. 1

2 Plano de estudos: Unidades Curriculares Área Científica 1º Ano, 1º semestre Tipo (1) (2) (3) (4) (5) Álgebra Linear MATGER Semestral ,0 Cálculo Diferencial e Integral I MATGER Semestral ,0 História Militar e da Aviação Militar CMIL Semestral ,0 Legislação Militar CMIL Semestral ,5 Língua Inglesa (STANAG 6001; CEF) LIG Semestral ,5 Programação COMP Semestral ,0 Psicologia Militar COMLID Semestral ,0 1º Ano,2º semestre Cálculo Diferencial e Integral II MATGER Semestral ,5 Desenho Técnico SAP Semestral ,5 Ética e Deontologia Militar COMLID Semestral ,0 Língua Inglesa (STANAG 6001, ; CEF, B1-B1- LIG Semestral ,5 Metodologia da Comunicação COMLID Semestral ,0 Orientação Topografia e Cartas Militares CMIL Semestral ,5 Química QFMN Semestral ,0 2

3 2º Ano, 1º semestre Análise Complexa e Equações Diferenciais MATGER Semestral ,5 Direito Militar CMIL Semestral ,5 Gestão GES Semestral ,5 Língua Inglesa (STANAG 6001; CEF) LIG Semestral ,5 Matemática Computacional ANAA Semestral ,0 Termodinâmica e Estrutura da Matéria FIS Semestral ,0 2º Ano, 2º semestre Electromagnetismo e Óptica FIS Semestral ,0 Língua Inglesa (STANAG 6001, ; CEF, B2-B1- LIG Semestral ,5 Mecânica I MEE Semestral ,0 Operações Aéreas CMIL Semestral ,0 Operações Combinadas e Conjuntas CMIL Semestral ,5 Probabilidades e Estatística PEST Semestral ,0 Sociologia Militar COMLID Semestral ,0 3

4 3º Ano, 1º semestre Desenho Assistido por Computador SAP Semestral ,0 Introdução às Relações Internacionais CMIL Semestral ,5 Investigação Operacional GES Semestral ,5 Língua Inglesa (STANAG 6001; CEF) LIG Semestral ,5 Mecânica II MEE Semestral ,0 Mineralogia e Geologia GEOC Semestral ,0 Organização das Forças Armadas CMIL Semestral ,5 Segurança e Prevenção de Acidentes CMIL Semestral ,5 Topografia SAP Semestral ,5 3º Ano,2º semestre Arquitectura ARQ Semestral ,5 Comando e Liderança COMLID Semestral ,0 Engenharia Civil e Ambiente CT Semestral ,5 Hidráulica I HIDR Semestral ,0 Língua Inglesa (STANAG 6001, ; CEF, B2-B1- LIG Semestral ,5 Logística Militar CMIL Semestral ,0 Defesa Nuclear, Radiológica, Biológica e Química CMIL Semestral ,5 Resistência de Materiais I MEE Semestral ,0 4

5 4º Ano,1º semestre Física das Construções CONST Semestral ,0 Gestão e Teoria da Decisão GES Semestral ,0 Hidráulica II HIDR Semestral ,0 Planeamento Regional e Urbano UT Semestral ,0 Resistência de Materiais II MEE Semestral ,0 4º Ano,2º semestre Análise de Estruturas I MEE Semestral ,0 Hidrologia e Recursos Hídricos ARH Semestral ,0 Introdução aos Sistemas de Informação Geográfica SAP Semestral ,5 Materiais de Construção I CONST Semestral ,0 Mecânica dos Solos e das Rochas GEOTEC Semestral ,0 Transportes UT Semestral ,5 5

6 Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia de Aeródromo 5º Ano,1º semestre Análise de Estruturas Geotécnicas GEOTEC Semestral ,0 Desafios Ambientais e da Sustentabilidade em ARH Semestral Engenharia ,5 Estruturas de Betão I MEE Semestral ,0 Estruturas Metálicas MEE Semestral ,5 Tecnologia da Construção de Edifícios CONST Semestral ,0 Vias de Comunicação UT Semestral ,0 5º Ano,2º semestre Competências Transversais CT Semestral ,5 Dimensionamento de Estruturas MEE Semestral ,0 Estruturas em Betão II MEE Semestral Opcional Especialização Estruturas e ,0 Geotecnia Obras Geotécnicas GEOTEC Semestral ,5 Organização e Gestão de Obras CONST Semestral ,0 Patologia e Reabilitação da Construção CONST Semestral ,0 Opcional Especialização Construção Saneamento ARH Semestral ,0 6

7 6º Ano,1º semestre (1) (2) -3 (4) (5) Análise de Estruturas II MEE Semestral ,5 Opcional Especialização Estruturas Dinâmica Estrutural e Engenharia Sísmica MEE Semestral ,5 Opcional Especialização Estruturas Dissertação de Mestrado ou Trabalho de Projecto DISS Anual ,0 Economia e Planeamento na Construção CONST Semestral ,5 Opcional Especialização Construção Engenharia Sísmica Geotécnica GEOTEC Semestral ,5 Opcional Especialização Geotecnia Escavações e Obras Subterrâneas GEOTEC Semestral ,0 Opcional Especialização Geotecnia Estruturas Metálicas e Mistas MEE Semestral ,0 Opcional Especialização Estruturas Fundações e Obras de Aterro GEOTEC Semestral ,0 Opcional Especialização Geotecnia Instalações Prediais CONST Semestral ,0 Opcional Especialização Construção Materiais de Construção II CONST Semestral ,0 Opcional Especialização Construção Modelação Avançada em Geotecnia GEOTEC Semestral ,5 Opcional Especialização Geotecnia Pontes MEE Semestral ,0 Opcional Especialização Estruturas Qualidade, Segurança e Ambiente na Construção CONST Semestral ,5 Opcional Especialização Construção 7

8 6º Ano,2º semestre Aeródromos AERD Semestral ,5 Conforto Ambiental em Edifícios CONST Semestral ,5 Opcional Geotecnia Dissertação de Mestrado ou Trabalho de Projecto DISS Anual ,0 Estruturas de Edifícios MEE Semestral ,5 Opcional Estruturas Estruturas de Betão II MEE Semestral ,5 Opcional Construção Legenda: T Ensino Teórico TP Ensino Teórico-Prático PL Ensino Prático e laboratorial TC Trabalho de Campo S Seminário E Estágio OT Orientação Tutorial STANAG 6001Standardization NATO Agreement Language Proficiency Levels 8

Engenharia de Aeródromos (ENGAED)

Engenharia de Aeródromos (ENGAED) Academia da Força Aérea Mestrado em Ciências Militares Aeronáuticas na especialidade Engenharia de Aeródromos (ENGAED) ENGAED 1º Ano, 1º Semestre Álgebra Linear MAT Semestral 168 48 32 0 0 0 0 0 6,0 Cálculo

Leia mais

Mestrado em Aeronáutica Militar, especialidade de Engenharia Electrotécnica

Mestrado em Aeronáutica Militar, especialidade de Engenharia Electrotécnica Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: () Mestrado Obrigatórios Optativos Área científica Sigla Ciências Militares Aeronáuticas Ciências Militares CMIL

Leia mais

Mestrado em Aeronáutica Militar, especialidade de Engenharia Electrotécnica

Mestrado em Aeronáutica Militar, especialidade de Engenharia Electrotécnica Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: (Ramo de Telecomunicações e Electrónica) Obrigatórios Mestrado Optativos Área científica Sigla Ciências Militares

Leia mais

Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia Aeronáutica

Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia Aeronáutica Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: Obrigatórios Mestrado Optativos Área científica Ciências Militares Aeronáuticas Ciências Militares CMIL 30 Comando

Leia mais

Administração Aeronáutica (ADMAER)

Administração Aeronáutica (ADMAER) Academia da Força Aérea Mestrado em Ciências Militares Aeronáuticas na especialidade Administração Aeronáutica (ADMAER) ADMAER 1º Ano, 1º Semestre Álgebra Linear MAT Semestral 168 48 32 0 0 0 0 0 6,0 Cálculo

Leia mais

Piloto Aviador (PILAV)

Piloto Aviador (PILAV) Academia da Força Aérea Mestrado em Ciências Militares Aeronáuticas na especialidade Piloto Aviador (PILAV) PILAV 1ºAno, 1ºSemestre Álgebra Linear MAT Semestral 168 48 32 0 0 0 0 0 6,0 Cálculo Diferencial

Leia mais

FACULDADE SANTA RITA

FACULDADE SANTA RITA FACULDADE SANTA RITA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO Matriz Curricular 1º SEMESTRE Introdução à Engenharia Geometria Analítica e Álgebra Linear 04 80 Cálculo I 04 80 Tópicos de Economia para Engenharia

Leia mais

5356 Diário da República, 2.ª série N.º 44 4 de março de 2015

5356 Diário da República, 2.ª série N.º 44 4 de março de 2015 5356 Diário da República, 2.ª série N.º 44 4 de março de 2015 Posto Arma/Serviço NIM Nome Data Reforma TCor SGE 03373079 Domingos Alberto Preto Neto...................................... 21-12-2014 Maj

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Civil

Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Civil Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Civil 1º Semestre 1. Cálculo Diferencial e Integral I 2. Desenho Básico 3. Física I 4. Laboratório de Física I 1º Básica 5. Química Geral 6. Introdução a Engenharia

Leia mais

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA Despacho n.º 9220/2011 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º a 80.º do Decreto -Lei n.º 74/2006, de 24 de

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR - 2012/1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 01 CONSEPE, de 09/02/2012). 1º PERÍODO 2º PERÍODO

ESTRUTURA CURRICULAR - 2012/1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 01 CONSEPE, de 09/02/2012). 1º PERÍODO 2º PERÍODO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI INSTITUTO DE CIÊNCIA, ENGENHARIA E TECNOLOGIA - TEÓFILO OTONI CURSO DE GRADUAÇÃO - ENGENHARIA CIVIL ESTRUTURA CURRICULAR

Leia mais

1º período. 2º período

1º período. 2º período 1º período Eixo Disciplina CH Pré-requisito Correquisito (C) 1 Cálculo I 90 9 Contexto Social e Profissional do Engenheiro Civil 30 7 Desenho Técnico 30 1 Geometria Analítica e Álgebra Vetorial 90 2 Laboratório

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR ESTRUTURA CURRICULAR O currículo proposto busca atender além do perfil do formando, também competências e habilidades necessárias ao profissional para garantir uma boa formação tanto teórica quanto prática

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL PRIMEIRO PERÍODO Calculo I 4 72 60 - Geometria Analítica 4 72 60 - Introdução a Engenharia Civil 4 72 60 - Metodologia Cientifica 4 72 60 - Filosofia Geral

Leia mais

3784 Diário da República, 2.ª série N.º 17 26 de Janeiro de 2010

3784 Diário da República, 2.ª série N.º 17 26 de Janeiro de 2010 3784 Diário da República, 2.ª série N.º 17 26 de Janeiro de 2010 Regulamento n.º 59/2010 A Universidade Nova de Lisboa (UNL), através da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT-UNL), ao abrigo dos artigos

Leia mais

Curso: ENGENHARIA CIVIL Semestre: Turma: Ano: Período: 1º 2016s1-A 2016 Noturno

Curso: ENGENHARIA CIVIL Semestre: Turma: Ano: Período: 1º 2016s1-A 2016 Noturno 1º 2016s1-A 2016 Noturno Comunicação e Expressão Fundamentos de Cálculo Informática Aplicada à Engenharia Desenho Técnico Aux. por Computador Física Geral Introdução à Engenharia Civil Fundamentos de Cálculo

Leia mais

2º SEMESTRE. Cálculo I 04 00 60 Introdução ao Cálculo Álgebra Linear e Geometria Analítica

2º SEMESTRE. Cálculo I 04 00 60 Introdução ao Cálculo Álgebra Linear e Geometria Analítica Resolução CONSUN Nº 34/2014 de 29/10/2014 COD. NOME DA DISCIPLINA T P CH Pré-Requisito 1º SEMESTRE Introdução à 04 00 60 Introdução ao Cálculo 04 00 60 Química Geral Antropologia 02 00 30 Desenho Técnico

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 092/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 092/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 092/2015 Altera a Deliberação CONSEP Nº 275/2014, que altera o Currículo do Curso de Engenharia Civil para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br ENGENHARIA CIVIL COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 187 Engenheiro Civil ATUAÇÃO Ao Engenheiro Civil compete o desempenho das atividades profissionais previstas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 006/2013 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 08/2011 Altera a Resolução n. 15/2006 do CONSEPE, que aprova a Projeto Pedagógico do

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DA ENGENHARIA CIVIL

ESTRUTURA CURRICULAR DA ENGENHARIA CIVIL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENADORIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR DA ENGENHARIA

Leia mais

FÍSICA EXPERIMENTAL II 30 CÁLCULO II 60 CÁLCULO I FÍSICA GERAL I 60 GEOMETRIA ANALÍTICA CÁLCULO I INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO 60

FÍSICA EXPERIMENTAL II 30 CÁLCULO II 60 CÁLCULO I FÍSICA GERAL I 60 GEOMETRIA ANALÍTICA CÁLCULO I INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO 60 Matriz curricular Engenharia Civil 1º PERIODO CÁLCULO I 90 FÍSICA EXPERIMENTAL I 30 QUIMICA 60 GEOMETRIA DESCRITIVA 60 INTRODUÇÃO A ENGENHARIA 30 GEOMETRIA ANALÍTICA 60 SOCIOLOGIA 60 Carga Horária Total

Leia mais

C:\Documents and Settings\Usuario\Desktop\Júlio\Arquivos finais_esa\grade-eng.sanitária-v.final_17.02.12.doc

C:\Documents and Settings\Usuario\Desktop\Júlio\Arquivos finais_esa\grade-eng.sanitária-v.final_17.02.12.doc 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Curso de Graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental Grade Curricular válida a partir de 29/11/2011 Natureza Créditos Horas-aula Disciplinas Obrigatórias 210 3.150

Leia mais

TURMA 2015-1 -2º PERÍODO 2º SEMESTRE 2015 # TURNO NOTURNO GN

TURMA 2015-1 -2º PERÍODO 2º SEMESTRE 2015 # TURNO NOTURNO GN TURMA 2015-2 -1º PERÍODO 2º SEMESTRE 2015 # TURNO NOTURNO FN Leitura e Introdução ao Leitura e Produção Introdução à Química Produção de de Texto Texto às Introdução ao Analítica e Álgebra Linear Analítica

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 11. Plano de estudos: 1º semestre curricular (1º ano/1º semestre) QUADRO N.º 2 CRÉD ITOS Álgebra Linear A CB semestral 140 T:30, TP: 30 5 Cálculo I CB semestral 140 T:30, TP:30 5 Tópicos de Matemática

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA CIVIL MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Civil do CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTACIO RADIAL DE SÃO PAULO tem por missão graduar Engenheiros Civis

Leia mais

16050 Diário da República, 2.ª série N.º 77 21 de Abril de 2009

16050 Diário da República, 2.ª série N.º 77 21 de Abril de 2009 16050 Diário da República, 2.ª série N.º 77 21 de Abril de 2009 Unidades curriculares Área Tipo científica Obs Diagnóstico Molecular.................. BT Semestral 140 T: 15 TP: 5 PL: 5 S: 5 OT: 5 O: 5

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR B ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.):. Curso: Engenharia e Tecnologia de Materiais 4. Grau ou diploma: Licenciatura

Leia mais

1.2. Ramo de especialização: Automação Industrial Créditos (ECTS)

1.2. Ramo de especialização: Automação Industrial Créditos (ECTS) 1. Áreas científicas e créditos para a obtenção do grau: 1.1. Ramo de especialização: Eletrónica e Instrumentação Área Científica Sigla (ECTS) Obrigatórios Optativos (1) Matemática Mat 36 0 Física Fis

Leia mais

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal)

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Curso: Engenharia Agrícola e Ambiental Matriz Curricular 1 Período IB 157 Introdução à Biologia 4 (2-2) IT 103 Técnicas Computacionais em Engenharia 4 (2-2)

Leia mais

EXAMES DA ÉPOCA DE RECURSO

EXAMES DA ÉPOCA DE RECURSO Engenharia Informática Último Dia para Álegebra Linear e Geometris Analítica Interacção com o Utilizador Engenharia de Software Arquitectura de Computadores Bases de Dados Introdução à Inteligência Artificial

Leia mais

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção 1º SEMESTRE Carga Horária PRÉ-REQUISITO 1. Álgebra e Geometria Analítica 60-60 04-2. Antropologia Teológica 45-30 02-3. Cálculo Diferencial

Leia mais

COORDENAÇÃO DE CURSO DE ENGENHARIA CIVIL - 1º PERÍODO 2015.1. Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira. 09901-5 A / B Física 1

COORDENAÇÃO DE CURSO DE ENGENHARIA CIVIL - 1º PERÍODO 2015.1. Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira. 09901-5 A / B Física 1 COORDENAÇÃO DE CURSO DE ENGENHARIA CIVIL - 1º PERÍODO 2015.1 08910-9 C / D Cálculo 1 06216-2 A / B Leitura e Produção de Textos para Civil 09901-5 A / B 1 08111-6 C / D Geometria Analítica 08910-9 C /

Leia mais

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Tecnologia e Gestão Listagem de UC por curso Semestre * 2013-14 Escola Superior de Tecnologia e Gestão Administração Pública Direito Administrativo Contabilidade Financeira Introdução aos Estudos das Organizações Fundamentos

Leia mais

FACULDADE DO SUL DA BAHIA 1º SEMESTRE DE 2014. PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO 07/07 segunda-feira 09/07 quarta-feira 10/07 quinta-feira

FACULDADE DO SUL DA BAHIA 1º SEMESTRE DE 2014. PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO 07/07 segunda-feira 09/07 quarta-feira 10/07 quinta-feira FACULDADE DO SUL DA BAHIA SEMESTRE DE 2014 PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO segunda-feira quarta-feira quinta-feira Horário 1ª AULA 18:50 às 20:30 2ª AULA 20:50 às 22:30 OBS.: NÃO HÁ SEGUNDA CHAMADA DE

Leia mais

Mestrado em Ensino da Física e da Química

Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química - Faculdade de Ciências da Universidade do Porto 1 5. Estrutura curricular e plano de estudos FORMULÁRIO 1. Estabelecimento

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO N.º 08/2014 Altera a estrutura curricular do Curso de Engenharia Civil, modalidade

Leia mais

21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014

21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014 21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014 Despacho n.º 10553/2014 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º e 76.º do Decreto -Lei pelo Decreto -Lei n.º 107/2008, de 25 de junho, pelo

Leia mais

O Processo de Bolonha na ESTBarreiro/IPS

O Processo de Bolonha na ESTBarreiro/IPS O Processo de Bolonha na ESTBarreiro/IPS João Vinagre Santos A ESTBarreiro/IPS Criação em Julho de 1999, pelo Ministro da Educação Prof. Marçal Grilo 4ª Escola do IPS, 2ª Escola de Tecnologia, 1ª Escola

Leia mais

1º SEMESTRE. 1. Análise e Percepção da Forma da Arquitetura 05 75h - 2. Desenho I 05 75h - 4. Geometria Descritiva 05 75h -

1º SEMESTRE. 1. Análise e Percepção da Forma da Arquitetura 05 75h - 2. Desenho I 05 75h - 4. Geometria Descritiva 05 75h - V- MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ARQUITETURA E URBANISMO 1º SEMESTRE 1. Análise e Percepção da Forma da Arquitetura 05 75h - 2. Desenho I 05 75h - 3. Estética e História das Artes 05 75h

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - ESCOLA DE ENGENHARIA ENGENHARIA CIVIL - 1º. SEMESTRE LETIVO DE 2013. 1º período

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - ESCOLA DE ENGENHARIA ENGENHARIA CIVIL - 1º. SEMESTRE LETIVO DE 2013. 1º período 1º período EMC013 Desenho Projetivo para Engenharia A 6ª 09:25 11:55 1162 - BL 4 B 5ª 07:30 10:00 1162 - BL 4 C 5ª 10:15 12:45 1162 - BL 4 ENG011 Introdução à Engenharia Civil A 4ª 09:25 11:05 1165 - BL

Leia mais

Programa dos cursos em Química

Programa dos cursos em Química Programa dos cursos em Química Primeiro ciclo Licenciatura em Química 1º ano /1º semestre QUADRO N.º 4 Química Geral I QUI S 162 T: 45; TP: 30 6 Matemática I MAT S 162 T: 45; TP: 30 6 Física Geral I FIS

Leia mais

Regulamento do Curso de. Mestrado Integrado em Engenharia Informática

Regulamento do Curso de. Mestrado Integrado em Engenharia Informática Regulamento do Curso de Mestrado Integrado em Engenharia Informática (Ciclo integrado de estudos superiores) (Registado na DGES através do n.º R/A-Cr 21/2013) Artigo 1.º Regulamento geral aplicável O Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS ENGENHARIA CIVIL HORÁRIOS 2014-1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS ENGENHARIA CIVIL HORÁRIOS 2014-1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS ENGENHARIA CIVIL HORÁRIOS 2014-1 1º PERÍODO Química Geral Prof. Adão Química Geral Prof. Adão () Prof. Regiani Turma B Prof. Marielle (Turma B) Prof. Adão () Prof. Christian

Leia mais

BCT001 Inserção na Vida Universitária 40 0 40. BCT002 Leitura e Produção de Texto 1 40 0 40

BCT001 Inserção na Vida Universitária 40 0 40. BCT002 Leitura e Produção de Texto 1 40 0 40 ESTRUTURA CURRICULAR DOS CURSOS O desenho curricular do curso de Engenharia de Energias segue as Diretrizes Gerais da UNILAB, as quais preveem os seguintes Núcleos de Formação nos cursos de graduação:

Leia mais

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA A SEGURANÇA 第 四 章 最 後 規 定 保 安 司 司 長 辦 公 室 第 36/2004 號 保 安 司 司 長 批 示. Artigo 13.º 第 十 三 條. (Resposta)

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA A SEGURANÇA 第 四 章 最 後 規 定 保 安 司 司 長 辦 公 室 第 36/2004 號 保 安 司 司 長 批 示. Artigo 13.º 第 十 三 條. (Resposta) 1444 澳 門 特 別 行 政 區 公 報 第 一 組 第 32 期 2004 年 8 月 9 日 第 十 三 條 ( 答 覆 ) 政 府 應 在 行 政 長 官 收 到 書 面 質 詢 之 日 起 三 十 日 內 作 出 書 面 答 覆 Artigo 13.º (Resposta) O Governo deve responder, por escrito, no prazo de trinta

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso: Engenharia Civil SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da UNESA tem por missão formar Engenheiros Civis com sólida formação básica e profissional, alinhada com as diretrizes

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio Habilitação: Comércio Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Comércio de Compras (EII) - Habilitação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Matriz curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Produção da UFERSA a partir de 2011.2. (Adequada à Matriz curricular do Curso de Bacharelado em Ciência e Tecnologia) Período Disciplinas Obrigatórias

Leia mais

ÁREA CIENTÍFICA CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CE 30 - METODOLOGIA E DIDÁTICA DO INSTRUMENTO MDEM 30 - SUPERVISÃO PEDAGÓGICA EM INSTRUMENTO SP 48 -

ÁREA CIENTÍFICA CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CE 30 - METODOLOGIA E DIDÁTICA DO INSTRUMENTO MDEM 30 - SUPERVISÃO PEDAGÓGICA EM INSTRUMENTO SP 48 - Mestrado em Ensino de Música Ramo Instrumento ÁREA CIENTÍFICA SIGLA OBRIGATÓRIOS OPTATIVOS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CE 30 - METODOLOGIA E DIDÁTICA DO INSTRUMENTO MDEM 30 - SUPERVISÃO PEDAGÓGICA EM INSTRUMENTO

Leia mais

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ Código/Área de Estudo. Desenho Técnico, Desenho Assistido por Computador (CAD), Informática 02. Materiais para Construção Mecânica, Corrosão e Tribologia 03. Termodinâmica, Refrigeração, Transferência

Leia mais

B Descrição da estrutura curricular e do plano de estudos

B Descrição da estrutura curricular e do plano de estudos B Descrição da estrutura curricular e do plano de estudos 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc,): 3. Curso: Construção Metálica e Mista 4. Grau ou diploma:

Leia mais

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Tecnologia e Gestão Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16 Escola Superior de Tecnologia e Gestão Administração Pública Introdução à Administração Pública Noções Fundamentais de Direito Ciência

Leia mais

Universidade Lusófona

Universidade Lusófona Universidade Lusófona Licenciatura (1º Ciclo) em Ciências da Engenharia - Engenharia do Ambiente: Duração: 3 anos Grau: Licenciatura Director: Prof. Doutor José d'assunção Teixeira Trigo Objectivos: Formação

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS - ENGENHARIA CIVIL / 1 PERÍODO 2016/1 MATUTINO HORÁRIO 2ª FEIRA 3ª FEIRA 4ª FEIRA 5ª FEIRA 6ª FEIRA SÁBADO INTERVALO VESPERTINO

HORÁRIO DE AULAS - ENGENHARIA CIVIL / 1 PERÍODO 2016/1 MATUTINO HORÁRIO 2ª FEIRA 3ª FEIRA 4ª FEIRA 5ª FEIRA 6ª FEIRA SÁBADO INTERVALO VESPERTINO HORÁRIO DE AULAS - ENGENHARIA CIVIL / 1 PERÍODO 2016/1 08:00-08:50 Integral I (TB) Engenharia Civil (TA) 08:50-09:40 10:00-10:50 Integral I (TB) Engenharia Civil (TA) Integral I (TB) Engenharia Civil (TA)

Leia mais

CÓD. 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01

CÓD. 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01 Aprovado no CONGRAD 25.08.2015 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/2 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01 I NÚCLEO DE CONTEÚDOS BÁSICOS Matemática

Leia mais

REGULAMENTO DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DE CRÉDITOS CURRICULARES (ECTS)

REGULAMENTO DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DE CRÉDITOS CURRICULARES (ECTS) REGULAMENTO DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DE CRÉDITOS CURRICULARES (ECTS) (Ratificado pelo Conselho Científico em 20 de Abril de 2006) CAPÍTULO I Objecto, âmbito e conceitos Artigo 1.º Objecto Em conformidade

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL- 2015/02

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL- 2015/02 Horário das Disciplinas 1º Período A Introdução à Civil Fernanda Rangel Geometria Analítica Fernando José Geometria Descritiva Português Instrumental Renato Resgala Introdução à Civil Fernanda Rangel Química

Leia mais

Curso de Licenciatura em Ciências Naturais e Matemática. Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Licenciatura em Ciências Naturais e Matemática. Formação Geral 1º e 2º anos Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Semestre Cultura Brasileira História da Educação Inglês I Leitura e Produção de Textos Letramento Digital Matemática Sociedade, Tecnologia e Inovação 2º Semestre

Leia mais

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA A - CURSOS DE GRADUAÇÃO (PRESENCIAL E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA) Curso

Leia mais

Mestrado em Engenharia Civil Apresentação do novo Plano de Estudos

Mestrado em Engenharia Civil Apresentação do novo Plano de Estudos Mestrado em Engenharia Civil Apresentação do novo Plano de Estudos CCMEC, 8 de Junho de 2015 1 Sumário 1 Introdução 2 Estrutura curricular do novo plano Tronco comum Perfil de Edificações Perfil de Estruturas

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Administração

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Administração Habilitação: Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt da Produção / (qualquer modalidade) Engenharia

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR FORMULÁRIO

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR FORMULÁRIO FORMULÁRIO 1. Estabelecimento de ensino: INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): 3. Curso: SAÚDE AMBIENTAL 4. Grau ou diploma: Licenciado 5. Área científica

Leia mais

MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL (MEC) Parceria: ESTBarreiro/IPS- ISE/UAlg

MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL (MEC) Parceria: ESTBarreiro/IPS- ISE/UAlg MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL (MEC) Parceria: ESTBarreiro/IPS- ISE/UAlg OBJETIVO O objectivo do curso consiste na atribuição de uma especialização de natureza profissional, decorrente da continuação dos

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR B Estrutura curricular e plano de estudos ESTRUTURA CURRICULAR 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): 3. Curso: 4. Grau ou diploma: 5. Área científica predominante

Leia mais

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Aprovado no CONGRAD de: 24.09.2013 Retificado no CONGRAD de: 13.05.2014 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/1 CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 CÓD.

Leia mais

EDITAL Nº 00012-2013 SELEÇÃO DE DOCENTES 2014/1

EDITAL Nº 00012-2013 SELEÇÃO DE DOCENTES 2014/1 EDITAL Nº 00012-2013 SELEÇÃO DE DOCENTES 2014/1 O Diretor da Faculdade Capixaba da Serra, torna pública a abertura de inscrições, no período de 25 de setembro a 30 de outubro do corrente ano, nas áreas

Leia mais

Departamento de Informática..:Engenharia Informática:. revisão para adequação ao processo de Bolonha

Departamento de Informática..:Engenharia Informática:. revisão para adequação ao processo de Bolonha Departamento de Informática.:Engenharia Informática:. revisão para adequação ao processo de Bolonha 1 Cursos 1 ciclo em Engenharia Informática 2 perfis 2 ciclo em Engenharia Informática 1 perfil 1 ciclo

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2013 163. FÍSICA Licenciatura. COORDENADOR Orlando Pinheiro da Fonseca Rodrigues ofonseca@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2013 163. FÍSICA Licenciatura. COORDENADOR Orlando Pinheiro da Fonseca Rodrigues ofonseca@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 163 FÍSICA Licenciatura COORDENADOR Orlando Pinheiro da Fonseca Rodrigues ofonseca@ufv.br 164 Currículos dos Cursos UFV Licenciatura (Integral) ATUAÇÃO O curso de graduação

Leia mais

COMPONENTES CURRICULARES POR TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 7591/2013

COMPONENTES CURRICULARES POR TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 7591/2013 COMPONENTES CURRICULARES POR TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 7591/2013 1. Gestão Empresarial (EII) / Ciências Administrativas (qualquer modalidade) Geral Ciências Administrativas Ciências Contábeis Ciências

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 07/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 101-Área de

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO. Primeiro Semestre (Manhã) Carga Horária Total: 450 Horas. Segundo Semestre (Manhã)

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO. Primeiro Semestre (Manhã) Carga Horária Total: 450 Horas. Segundo Semestre (Manhã) MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO Primeiro Semestre (Manhã) Cálculo I 90 h Básico - Experimental I 90 h Básico - Geometria Analítica 36 h Básico - Introdução à Engenharia de Controle

Leia mais

Grade Curricular - Arquitetura e Urbanismo

Grade Curricular - Arquitetura e Urbanismo Grade Curricular - Arquitetura e Urbanismo SEMESTRE 1 - Obrigatórias SAP0615 Projeto I 12 4 16 SAP0620 Desenho de Arquitetura 6 2 8 SAP0623 Plástica 6 2 8 SAP0645 Informática na Arquitetura 8 2 10 SAP0646

Leia mais

1º PERÍODO 1º SEMESTRE 2014 # TURNO NOTURNO GN # SALA # Nº DE ALUNOS

1º PERÍODO 1º SEMESTRE 2014 # TURNO NOTURNO GN # SALA # Nº DE ALUNOS ALTERADO EM: 15/1/013 1º PERÍODO 1º SEMESTRE 014 # TURNO NOTURNO FN # SALA # Nº DE ALUNOS METODOLOGIA CIENTÍFICA METODOLOGIA CIENTÍFICA Leitura e Produção de Texto Introdução à Programação de Computadores

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ADMINISTRAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 176 Optativos: 24. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ADMINISTRAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 176 Optativos: 24. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:12:25 Curso : ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Agrárias e Ambientais Unidade Universitária de Irati CURRÍCULO PLENO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Agrárias e Ambientais Unidade Universitária de Irati CURRÍCULO PLENO CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL (540/I Integral 02 e SEM_02) (Para alunos ingressos entre 2006 a 2008) CÓD. D. DEPTOS. DISCIPLINAS 1º 2º 3º 4º 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª 8ª C/H 0872/I DEMAT/I Cálculo I 3 51 0873/I

Leia mais

Missão. Objetivos Específicos

Missão. Objetivos Específicos CURSO: Engenharia Ambiental e Sanitária Missão O Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnico científica nas áreas

Leia mais

Universidade de Aveiro

Universidade de Aveiro Universidade de Aveiro Licenciatura (1º Ciclo) em Engenharia do Ambiente: Duração: 3 anos Grau: Licenciatura Director de Curso: Prof.ª Doutora Ana Isabel Couto Miranda Objectivos: A Licenciatura em Engenharia

Leia mais

SERIAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL CRÉDITOS DEPARTAMENTO PRÉ REQUISITO

SERIAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL CRÉDITOS DEPARTAMENTO PRÉ REQUISITO SERIAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL PRIMEIRO ANO Fundamentos de Química Geral Física I Física II Cálculo Diferencial e Integral I Desenho Básico Geometria Analítica e Vetores Introdução à Ciência

Leia mais

ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 180 Currículos dos Cursos do CCE UFV Currículo do Curso de Engenharia Engenheiro ATUAÇÃO O curso de Engenharia da UFV habilita o futuro profissional

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS DATA DA APLICAÇÃO: 12.12.2015 GABARITOS MULTIDISCIPLINAR 2015.2 HUMANAS E EXATAS ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO A E D D E C A E A B ADMINISTRAÇÃO DE CUSTOS E PREÇOS ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

MESTRADO EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES

MESTRADO EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES PROCESSO REFERENTE À CRIAÇÃO E ENTRADA EM FUNCIONAMENTO DO MESTRADO EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES (De acordo com o Artigo 8.º do Decreto-Lei n.º 74/200, de 24 de Março) DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013 ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013 Curso de Bacharelado em Engenharia Elétrica Vagas no Vestibular: 40 (quarenta) regime semestral

Leia mais

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS POLICIAIS E SEGURANÇA INTERNA DELIBERAÇÃO

MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS POLICIAIS E SEGURANÇA INTERNA DELIBERAÇÃO MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS POLICIAIS E SEGURANÇA INTERNA DELIBERAÇÃO Ao abrigo do artigo 45.º, n.º 1, alíneas a) e c), do Regime dos

Leia mais

Departamento de Engenharia Mecânica Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade de Coimbra

Departamento de Engenharia Mecânica Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Mecânica Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade de Coimbra Plano de transição da Licenciatura em Engenharia Mecânica para o Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica

Leia mais

Despacho/SP/116/2014 Publicação das alterações ao plano de estudos do ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado em Turismo

Despacho/SP/116/2014 Publicação das alterações ao plano de estudos do ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado em Turismo Página 1 de 5 Despacho/SP/116/2014 Publicação das alterações ao plano de estudos do ciclo de estudos conducente ao grau de Licenciado em Turismo De acordo com o disposto nos artigos 75.º e seguintes do

Leia mais

Cálculo II (Leandro Teles Antunes dos Santos) Álgebra Linear (José Roberto Lima) Cálculo II (Leandro Teles Antunes dos Santos)

Cálculo II (Leandro Teles Antunes dos Santos) Álgebra Linear (José Roberto Lima) Cálculo II (Leandro Teles Antunes dos Santos) - 2º PERÍODO Química II (PB) Álgebra Linear (José Roberto Lima) Topografia I (A) Desenho Técnico (B) Química II Álgebra Linear (José Roberto Lima) Topografia I (A) Desenho Técnico (B) Sociologia (Mirian

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/09/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

CEFET-MG Concurso Público EBTT 2013 AGENDAMENTO DE DATAS DA ETAPA DA PROVA ESCRITA EPE

CEFET-MG Concurso Público EBTT 2013 AGENDAMENTO DE DATAS DA ETAPA DA PROVA ESCRITA EPE CEFET-MG Concurso Público EBTT 23 AGENDAMENTO DE DATAS DA ETAPA DA PROVA ESCRITA EPE De acordo com o item 3.3.1.2 do de Normas Gerais 077/13 de 21 de junho de 23, havendo compatibilidade de cronograma

Leia mais

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em Engenharia Mecânica - Niterói O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 198 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro Ambiental ATUAÇÃO O curso de Engenharia Ambiental da UFV

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE PALMAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE PALMAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE PALMAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL Assunto: equivalência de disciplinas Esta coordenação, visando uma otimização do tempo e da disponibilidade

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 11. Plano de estudos: «1º Ano / 1º semestre» QUADRO N.º 2 Arquitecturas e Sistemas de Computadores CE Semestral 160 TP: 40 PL: 40 6 Algoritmos e Estruturas de Dados CE Semestral 186 TP: 46 PL: 46 7 Análise

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012)

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012) EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS (edição 2010-2012) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações introduzidas

Leia mais

1º PERÍODO TURMA A DIA/SEMANA HORÁRIO DISCIPLINAS. 07:00h Introdução à Engenharia Civil (Demarcus) Quinta-Feira. Química 10:40h (Sandra Martins)

1º PERÍODO TURMA A DIA/SEMANA HORÁRIO DISCIPLINAS. 07:00h Introdução à Engenharia Civil (Demarcus) Quinta-Feira. Química 10:40h (Sandra Martins) 1º PERÍODO TURMA A Introdução à Engenharia Civil (Demarcus) Quinta-Feira Química (Sandra Martins) Sexta-Feira Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Cálculo Diferencial e Integral I (Maysa) Geometria Analítica

Leia mais

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO Administração/Logística Psicologia das Relações Humanas; Liderança e Gestão de Equipes; Professor de Psicologia Doutorado em Psicologia Enfermagem Segurança

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS)

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA POR PERÍODO LETIVO (A APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) PRIMEIRO SEMESTRE / 1 O ANO Leitura e Interpretação de Textos 2-40 Matemática

Leia mais

Universidade do Algarve. Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente

Universidade do Algarve. Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente Universidade do Algarve Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente Licenciatura (1º Ciclo) em Engenharia do Ambiente: Duração: 3 anos Grau: Licenciatura Directores de Curso: Prof.ª Doutora Maria João Bebianno

Leia mais