CENTRAL DE DETECÇÃO DE INTRUSÃO MANUAL DE OPERAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRAL DE DETECÇÃO DE INTRUSÃO MANUAL DE OPERAÇÃO"

Transcrição

1 CENTRAL DE DETECÇÃO DE INTRUSÃO 9651 MANUAL DE OPERAÇÃO

2 INDICE I Introdução O Sistema de Alarmes refª O Teclado refª II Armar e Desarmar o Sistema Como Armar o Sistema 4 Armar completamente o Sistema 5 Armar parcialmente o sistema Partições 6 Falha em armar o sistema 6 Desarmar o Sistema 7 Zonas Sempre Armadas 7 III Reconhecer Alarmes Reconhecer Alames de Fogo 8 Reconhecer Alames de Intrusão 8 Reconhecer Alarmes de Operação Ilícita (Tamper) 8 IV Gestão de Utilizadores Lista de Códigos de Acesso de Fábrica 9 Alterar o Código de Acesso de um Utilizador 9 Criar um Novo Utilizador 9 Apagar um Utilizador Existente 10 Alterar o Nome de um Utilizador Existente 10 V Menu de Operação Opção 4 Alterar o código de acesso 11 Opção 5 Listar Eventos 11 Opção 6 Acertar a Data e a Hora do Sistema Opção 7 Activar e Desactivar o Toque de Cigarra Opção 8 Ensaio de Sirenes e Besouros Opção 9 Ensaio dos Detectores Opção A Armar completamente o sistema Opção B Armar parcialmente o sistema Partição B Opção C Armar parcialmente o sistema Partição C Opção D Armar parcialmente o sistema Partição D 16 VI Anexos Anexo I Menu de Operação 17 Anexo II Lista de Códigos de Acesso de Fábrica 18 Anexo III Lista de Alarmes de Falha 19 Anexo IV Configuração do Sistema 20 Pág. 2

3 I INTRODUÇÃO O Sistema de Alarmes refª 9651 O sistema de alarmes 9651 compreende uma central de alarmes, um ou mais teclados, e vários detectores ou sensores. A central é uma caixa cega que contêm no seu interior a placa controladora, a fonte de alimentação do sistema, a bateria e possivelmente o comunicador telefónico. A unidade central é normalmente colocada num local fora da vista e num local seguro (por exemplo debaixo das escadas). Os detectores são instalados em vários locais, ou zonas, dentro das instalações. Se algo activar um detector então este envia um sinal eléctrico para a central. A reacção da central a esse sinal eléctrico depende do estado do sistema e se ele se encontra armado ou desarmado. Quando o sistema se encontra armado, a central emite um alarme sempre que um dos detectores for activado. O alarme pode ser uma sirene ou um flash luminoso no exterior da instalação, ou pode ser um sinal de alarme silencioso para o enviar esse alarme através da linha telefónica para um receptor. Quando o sistema se encontra no estado de desarmado não será emitido nenhum sinal de alarme quando os detectores são activados. A instalação pode ser configurada com zonas sempre activas, independentemente de o sistema estar armado ou desarmado, como é o caso de detectores de incêndio oubotões de pânico. Neste ultimo caso se o sistema for actuado por um alarme de pânico o sistema emitirá sempre um alarme independentemente de qual o nível que estiver armado. O sistema poderá ainda ser armado parcialmente (alguns detectores não funcionarão em caso de detectarem movimento), se para esse efeito o sistema assim tiver sido programado. O Utilizador não tem acesso a este tipo de configuração. O Teclado refª 9930 O seu sistema de alarme está equipado com um teclado em cristal liquido (LCD) de referência A partir deste teclado você pode armar e desarmar o sistema, ler a lista de eventos e fazer pequenas alterações ao funcionamento do sistema. Você deve introduzir um código de acesso no teclado antes de que o sistema possa aceitar comandos a partir do teclado. Caso se tenha enganado ao introduzir um dos caracteres do código de acesso pressione X para apagar o écran e começar novamente. O sistema tem capacidade para memorizar até 16 códigos de acesso diferentes correspondendo a 16 utilizadores. A Figura 1 na página seguinte mostra o teclado em mais detalhe. O teclado vem equipado com: - Écran em LCD com 1 linha de 16 caracteres; - Teclado numérico com 10 numeros; - 4 Teclas para selecção das partições; - 1 Tecla de Cancelamento; - 1 Tecla de Confirmação; - 3 LED s de sinalização de avaria; - Um besouro inetrno com volume configurável. Pág. 3

4 Figura.1 O Teclado 9930 O teclado 9930 vem com um mostrador de uma só linha com 16 caracteres em LCD que apresenta as primeiras informações de alarme, estado de nível, e comandos de programação. Além disso, existem três LEDs com as seguintes funções: Fica constantemente acesa quando há corrente. Fica intermitente quando o sistema funciona com a bateria auxiliar. Fica constantemente acesa se há uma falha na linha telefónica. Fica constantemente acesa se: a) Estiver activo um circuito alarme pânico (PA), Incêndio, 24 horas ou sabotagem estão activos enquanto o sistema está desarmado. b) O sistema precisar de ser reposto por um Modo Técnico, ou de uma reposição remota. II ARMANDO E DESARMADO O SISTEMA O seu sistema de alarme fornece diversos métodos diferentes para armar. Estes métodos são: Sistema Temporizado (com tempo de entrada e tempo de saída); Fecho de Porta; Armar com botão de termino (Instântaneo); Parcial. Peça ao seu instalador a indicação do método que foi escolhido para armar o sistema e use as seguintes páginas para instruções mais detalhadas sobre como proceder. Como Armar o Sistema Sistema Temporizado Com Sistema Temporizado o sistema arma-se depois que o tempo programado de saída expirou. Certifique-se que o tempo da saída é suficientemente longo para permitir que abandone as áreas protegidas e que fecha a porta final. 1. Feche todas as portas e janelas. 2. Digite o seu código de acesso. 3. Pressione a tecla de nivel A. 4. O tempo de saída começa. Pág. 4

5 Durante o tempo da saída os teclados dão um tom contínuo de saída para adverti-lo que o temporizador está em contagem decrescente. Se ouvir o som interrompido dos teclados ou do besouro interno então algum dos detectores está activado. 5. Saia através do caminho designado para a saída. 6. Feche a porta final. 7. Quando terminar o tempo de saída o sistema dá um "beep beep". 8. Os teclados indicam o Nivel A ligado. Fecho de Porta Com Fecho de Porta o sistema arma-se quando o utilizador fecha a porta de saída, pelo que não existe tempo fixo de saída. 1. Feche todas as portas e janelas. 2. Digite o seu código de acesso. 3. Pressione a tecla de nivel A. 4. Saia através do caminho designado para a saída. Durante o tempo da saída os teclados dão um tom contínuo de saída para adverti-lo que tem de sair. 5. Feche a porta final. 6. Quando terminar o tempo de saída o sistema dá um "beep beep". 7. Os teclados indicam o Nivel A ligado. Botão de Termino Com Botão de Termino o sistema arma-se quando o utilizador actua o botão de termino, pelo que não existe tempo fixo de saída. 1. Feche todas as portas e janelas. 2. Digite o seu código de acesso. 3. Pressione a tecla de nivel A. 4. O tempo de saída começa. Durante o tempo da saída os teclados dão um tom contínuo de saída para adverti-lo que tem de sair. 5. Saia através do caminho designado para a saída. 6. Feche a porta final. 7. Actue o Botão de Termino e o sistema dá um "beep beep". 8. Os teclados indicam o Nível A ligado. Parcialmente Ver neste capitulo a secção Armar parcialmente o sistema Partições. Armar Completamente o Sistema O instalador pode ter programado o seu sistema com diferentes configurações quanto ao modo de entrar e sair das áreas protegidas. Para armar completamente o sistema: 1. Feche todas as portas e janelas. 2. Digite o seu código de acesso. 3. Pressione a tecla de nível A. 4. O tempo de saída começa. Durante o tempo da saída os teclados dão um tom contínuo de saída para adverti-lo que o temporizador está em contagem decrescente. Se ouvir o som interrompido dos teclados ou do besouro interno então algum dos detectores está activado. 5. Saia através do caminho designado para a saída. 6. Feche a porta final. Pág. 5

6 7. Quando terminar o tempo de saída o sistema dá um "beep beep". 8. Os teclados indicam o Nível A ligado. O sistema encontra-se completamente armado com todas as zonas activas: Armar Parcialmente o Sistema Partições O instalador pode ter programado o seu sistema de modo que possa armar apenas alguns compartimentos não usados enquanto os restantes compartimentos estejam em uso. O sistema pode ser programado para ficar armado com três configurações de nível diferentes, os níveis B, C ou D. O nível A arma sempre o sistema completo. Pergunte ao seu instalador que zonas ficam cobertas pelos níveis B, de C e de D. Para armar parcialmente o sistema: 1. Feche todas as portas e janelas na área a proteger. 2. Digite o seu código de acesso. 3. Pressione a tecla de nivel B, C ou D. 4. O tempo de saída começa. Durante o tempo da saída os teclados dão um tom contínuo de saída para adverti-lo que tem de sair. Alguns níveis em seu sistema podem ser programados para armar em modo silencioso. 7. O som termina e o sistema dá um "beep beep". 8. Os teclados indicam qual o Nivel ligado. O sistema encontra-se parcialmente armado com algumas zonas activas e outras zonas desactivas por onde poderá circular sem fazer actuar o alarme. Falha em Armar o Sistema Com Detector Activo durante o armar o sistema Se tentar armar o sistema quando alguma coisa provocar a actuação de um dos detetores numa área protegida (por o exemplo uma porta ou uma janela ainda na posição de aberto ou movimento num dos detectores), então os teclados darão um tom de contagem interrompida e o écran indicará qual o número da zona activa. 1. Vá à zona indicada no écran e localize o que está provocando o alarme de intrusão. Tenter remediar a falha. 2. Retorne ao teclado e arme o sistema outra vez. Se nenhuma zona for activada o sistema arma. 3. Repita as etapas 1 a 2 até o écran não indicar nenhuma outra zona em alarme. 4. Caso ainda não consiga armar o sistema então chame o instalador. Com Detector Activo no fim de armar o sistema Se algo estiver a activar um detector no final do tempo da saída então o sistema entrará em alarme e não se arma. Pode cancelar este alarme falso em qualquer altura, dando a entrada imediata do seu código de acesso. No écran do teclado está indicado as zonas activas e que levarão à falha de armar o sistema. Outras Falhas (LED s no teclado a piscar) Se a unidade de controle detectar uma falha técnica então acenderá a lâmpada de no teclado para adverti-lo de que há um problema (se a falha desaparecer a unidade de controle desliga a lâmpada de ). O teclado tocará então um "beep intermitente macio" para chamar a sua atenção. Este tom de atenção continuará mesmo após a lâmpada de se apagar. Para indicar a natureza da falha a unidade de controle faz uma entrada no registo de eventos e indica Pág. 6

7 um aviso curto do texto no teclado quando der a próxima entrada do seu código de acesso para armar o sistema. Para reconhecer o aviso carregue na tecla. A unidade de controle então remove a mensagem do écran e silencia o tom de aviso. Então pode continuar a armar o sistema. Por exemplo, se a alimentação ao sistema (230Vac) for interrompida, então no teclado o led piscará e acenderá em permanência o led. 1. Introduza o seu código de acesso. 2. O écran indicará "FalhaAlim" 3. Reconheça o alarme com a actuação da tecla. 4. Continue e arme o sistema como é normal. Se ainda não conseguir armar o sistema após ter reconhecido o aviso então chame o instalador que lhe montou o sistema. Nota: Se a alimentação eléctrica falhar então ainda consegue armaro sistema. Digite o seu código de acesso e carregue em A, B, C ou em D seguido por. Desarmar o Sistema Se o sistema estiver armado então: 1. Vá ao teclado através do seu caminho de entrada. Durante o tempo da entrada os teclados dão um tom contínuo de entrada para adverti-lo que o temporizador está em contagem decrescente. 2. Digite o seu código de acesso. 3. O sistema dá um "beep beep" para indicar que o sistema está desarmado. Caso tivesse sido activado um detector durante o tempo de desarmar então o sistema de alarme foi activado e estará a ouvir a sinalização de alarme. Para reconhecer este alarme deverá seguir os seguintes passos: 1. Introduza o seu código de acesso. 2. Veja no écran do teclado o número da zona do primeiro detector a ser activado. 3. Estabeleça a causa do alarme. 4. Introduza novamente o seu código de acesso para restaurar o sistema. 5. Carregue em e o écran deixará de indicar a zona em alarme. 6. Pode agora usar o seu sistema no modo desarmado. Zonas sempre Armadas O instalador pode ter programado o seu sistema de modo que algumas zonas estejam sempre armadas independentemente de o seu sistema de alarmes estar armado ou desarmado. Estas zonas poderão ser entre outros casos detectores de incêndio ou botões de pânico. Nestes casos independentemente de o sistema estar ou não ligado qualquer actuação dessem elementos levará sempre à actuação do sistema de alarmes. De referir ainda que no caso dos botões de pânico o alarme poder estar configurado para alarme silencioso, ou seja as sirenes a ele ligadas não funcionarão. III RECONHECENDO ALARMES Quando o seu sistema detecta um alarme de intrusão ou de roubo, ou até mesmo de incêndio, deve primeiramente desarmá-lo a fim desligar as sirenes interiores e exteriores. O sistema possui um registo de eventos com as zonas que provocaram os alarmes, e indica essas zonas no écran do teclado. Uma vez que desarmou o sistema, deve então restaurar o sistema antes que o possa começar a usar outra vez. Pág. 7

8 Reconhecer Alames de Fogo O sistema dá um alarme de fogo soando um alarme sonoso nos tecaldos e nas sirenes de alarme. O écran indicará as letras Fogo". 1. Evacue o edificio e chame os bombeiros. Não tente desarmar o alarme. 2. Quando o edificio estiver seguro e poder voltar a entrar no edificio, siga as instruções seguintes. 3. Introduza o seu código de acesso. 4. As sirenes e os teclados deixarão de tocar. 5. Veja no écran do teclado o número da zona do primeiro detector a ser activado. 6. Estabeleça a causa do alarme. 7. Introduza novamente o seu código de acesso para restaurar o sistema. 8. Pode agora usar o seu sistema no modo desarmado. Reconhecer Alames de Intrusão O sistema dá um alarme quando qualquer zona for actuada no modo armado. Para reconhecer estes alarmes deverá seguir os seguintes passos: 1. Introduza o seu código de acesso. 2. As sirenes e os teclados deixarão de tocar. 3. Veja no écran do teclado o número da zona do primeiro detector a ser activado. 4. Estabeleça a causa do alarme. 5. Introduza novamente o seu código de acesso para restaurar o sistema. 6. Pode agora usar o seu sistema no modo desarmado. Reconhecer Alarmes de Operação Ilícita (Tamper) Um Alarme de Operação Ilícita é um alarme que o sistema emite quando pelo menos um dos seus componentes (central, teclado, sirene, detectores) foi mexido de local, aberto ou a sua integridade foi violada. Este é um tipo de alarme pouco comum. O sistema dará este tipo de alarme quer esteja no modo armado quer esteja no modo desarmado. Para reconhecer estes alarmes deverá seguir os seguintes passos: 1. Introduza o seu código de acesso. 2. As sirenes e os teclados deixarão de tocar. 3. Veja no écran do teclado o equipamento cuja integridade foi violada. 4. Indique a causa do alarme. 5. Contacte o seu instalador do sistema para restaurar o sistema. O sistema ficará desactivado até o instalador do sistema o restaurar. IV GESTÃO DE UTILIZADORES O sistema permite até 16 códigos de acesso diferentes para utilizadores. Para sua segurança deve dar um código de acesso diferente a cada pessoa que tem a responsabilidade para armar e desarmar o sistema. Não permita que os diversos utilizadores compartilhem de códigos de acesso. Cada vez que alguém introduz um código de acesso no tecaldo, o sistema grava essa informação no seu registo de eventos. Para distinguir todos os utilizadores e para manter os seus códigos de acesso escondidos, o registo de eventos mostra cada utilizador como um número ou um nome, por exemplo "User02", "User03" e assim por diante. Apenas o Utilizador Principal (User01) poderá permitir a criação ou apagar utilizadores do sistema, pelo que o seu código de acesso deverá ser o primeiro a alterar. Pág. 8

9 O código de acesso do utilizador principal é "1234". Deve mudar imediatamente este código de acesso para outro que somente você saiba. Lista de Códigos de Acesso de Fábrica É a seguinte a lista de códigos de acesso que vêm configurados de fábrica: Utilizador Indicação no Código de Écran Acesso Disponível Utilizador Principal User SIM Utilizador 02 User02 X002 Não Utilizador 03 User03 X003 Não Utilizador 04 User04 X004 Não Utilizador 05 User05 X005 Não Utilizador 06 User06 X006 Não Utilizador 07 User07 X007 Não Utilizador 08 User08 X008 Não Utilizador 09 User09 X009 Não Utilizador 10 User10 X010 Não Utilizador 11 User11 X011 Não Utilizador 12 User12 X012 Não Utilizador 13 User13 X013 Não Utilizador 14 User14 X014 Não Utilizador 15 User15 X015 Não Utilizador 16 User16 X016 Não Conforme se pode observar pela tabela da página anterior apenas o Utilizador Principal (User01) vem com um código de acesso disponível para poder usar o sistema. Alterar o Código de Acesso de um Utilizador Para alterar um código de acesso deve respeitar o seguinte procedimento: 1. Introduza o seu código de acesso. 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla O écran mostrará Codigo?. 5. Introduza o seu código de acesso que pretende alterar e carregue na tecla. 6. O écran mostrará, por exemplo, U01:User Carregue na tecla. 8. O écran mostrará, por exemplo, U Introduza o novo código de acesso. 10. Termine carregando na tecla. 11. O sistema dá um "beep beep" para confirmar que a operação foi bem sucedida. Nota: Apenas pode usar como primeiro digito da código de acesso os números 1(um) a 9(nove), enquanto nos restantes três digitos pode usar todos os numeros. Não pode usar códigos já em uso por outros utilizadores. Criar um Novo Utilizador O método para criar um novo utilizador tem como base a alteração de um dos códigos de acesso do seu valor de fábrica para um código utilizável. Apenas o Utilizador Principal pode executar o procedimento para criar um novo utilizador. Para criar um novo utilizador deve ser respeitado o seguinte procedimento: 1. Introduza o código de acesso do Utilizador Principal. Pág. 9

10 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla O écran mostrará Codigo?. 5. Introduza o código de acesso de fábrica do novo utilizador e carregue na tecla. 6. O écran mostrará, por exemplo, U02:User Carregue na tecla. 8. O écran mostrará, por exemplo, U Introduza o novo código de acesso para o utilizador que acabou de criar. 10. Termine carregando na tecla. 11. O sistema dá um "beep beep" para confirmar que a operação foi bem sucedida. Nota: Apenas pode usar como primeiro digito da código de acesso os números 1(um) a 9(nove), enquanto nos restantes três digitos pode usar todos os numeros. Não pode usar códigos já em uso por outros utilizadores. Apagar um Utilizador Existente Para apagar um utilizador existente deve ser respeitado o seguinte procedimento: 1. Introduza o código de acesso do utilizador a apagar. 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla O écran mostrará Codigo?. 5. Introduza o código de acesso de acesso do utilizador que pretende apagar e carregue na tecla. 6. O écran mostrará, por exemplo, U02:User Carregue na tecla. 8. O écran mostrará, por exemplo, U Introduza o código 0000 (quatro zeros). 10. Termine carregando na tecla. 11. O sistema dá um "beep beep" para confirmar que a operação foi bem sucedida. Alterar o Nome de um Utilizador Existente Apenas o Utilizador Principal pode executar o procedimento para o nome de um utilizador existente. Para alterar o nome de utilizador deve ser respeitado o seguinte procedimento: 1. Introduza o código de acesso do Utilizador Principal. 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla O écran mostrará Codigo?. 5. Introduza o código de acesso do novo utilizador a alterar o nome e carregue na tecla. 6. O écran mostrará, por exemplo, U02:User Carregue na tecla D. 8. O écran mostrará um cursor debaixo da primeira letra a alterar. Pode alterar as diversas letras do nome do utilizador através de premir repetidamente as teclas conforme figura abaixo. As teclas C e D movimentam o cursor para a direita e para a esquerda respectivamente. Pág. 10

11 Figura 2 9. Carregue na tecla. 10. Termine carregando na tecla. 11. O sistema dá um "beep beep" para confirmar que a operação foi bem sucedida. V MENU DE OPERAÇÃO Opção 4 Alterar o código de acesso Para alterar um código de acesso deve respeitar o seguinte procedimento: 1. Introduza o seu código de acesso. 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla O écran mostrará Codigo?. 5. Introduza o seu código de acesso que pretende alterar e carregue na tecla. 6. O écran mostrará, por exemplo, U01:User Carregue na tecla. 8. O écran mostrará, por exemplo, U Introduza o novo código de acesso. 10. Termine carregando na tecla. 11. O sistema dá um "beep beep" para confirmar que a operação foi bem sucedida. Nota: Apenas pode usar como primeiro digito da código de acesso os números 1(um) a 9(nove), enquanto nos restantes três digitos pode usar todos os numeros. Não pode usar códigos já em uso por outros utilizadores. Opção 5 Listar Eventos O sistema mantém um registo dos últimos 250 eventos que ocorreram no sistema. É possível consultar este registo de eventos nos teclados de operação. Para consultar o registro: 1. Introduza o seu código de acesso. 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla 5. O écran mostrará o evento mais recente as mostras da exposição uma mensagem curta para cada tipo de evento. Poderá consultar o significado destes códigos pela tabela seguinte. Carregue na tecla para poder ver a data e a hora em que ocorreu o evento. Pág. 11

12 Comandos para trabalhar com os eventos: - Alterna entre o evento e a sua data e hora em que ocorreu. 1 Para ver o evento mais antigo no registro. 3 Para ver eventos mais recentes. X Para parar de usar o registro. 4. Carregue na tecla X para sair do modo Listar Eventos. Neste registo de eventos os utilizadores ficam registados sempre que introduzem o seu código de acesso pessoal e são representados por números como segue: U00 Código de instalador (Acesso ao Modo Técnico) U01 Código de Acesso do Utilizador 1 U02 Código de Acesso do Utilizador 2 U03 Código de Acesso do Utilizador 3 U04 Código de Acesso do Utilizador 4 U05 Código de Acesso do Utilizador 5 U06 Código de Acesso do Utilizador 6 U07 Código de Acesso do Utilizador 7 U08 Código de Acesso do Utilizador 8 U09 Código de Acesso do Utilizador 9 U10 Código de Acesso do Utilizador 10 U11 Código de Acesso do Utilizador 11 U12 Código de Acesso do Utilizador 12 U13 Código de Acesso do Utilizador 13 U14 Código de Acesso do Utilizador 14 U15 Código de Acesso do Utilizador 15 U16 Código de Acesso do Utilizador 16 U21 Actuação de um Interruptor de Chave U22 Reset Remoto via Comunicador Telefónico Nota: Esta lista de eventos não pode ser apagada ou limpa nem pelo instalador nem pelos utilizadores. Códigos de Registo de Eventos Mensagem Significado EEProm Fail Internal error, contact Installer. Codes Defaulted The access codes have been reset to default values. Clear Log The system programming has been returned to default values. System Startup System was started (power applied). System Tamper Bell or bell wiring tamper. System Tamp Rst System tamper reset. Lid Tamper Control unit lid opened. Lid Tamper Rst Lid tamper reset Sounder Tamper Sounder lid opened. Sounder Tamp Rst Sounder tamper reset. Unn On-Site User nn (see next page) put system into programming mode. Unn Off-Site User nn (see next page) took system out of programming mode. Unn Change User nn (see next page) changed their user code. Unn Delete User nn (see next page) deleted their user code. Unn L# Set User nn (see next page) set Level #. Unn L# UnSet User nn (see next page) unset Level #. U21 L# Set Keyswitch set Level #. U21 L# UnSet Keyswitch unset Level #. Pág. 12

13 Mensagem Significado System Rearmed System auto rearmed. Unn Znn Omit User nn (see next page) omitted zone nn. Unn Znn Unomit User nn (see next page) re-instated zone nn. Fire Znn Alarm Fire alarm at zone nn. Fire Znn Rstr Fire alarm at zone nn restored. Fire Znn Reset Fire alarm at zone nn reset. PA Znn Alarm Panic alarm at zone nn. PA Znn Rstr Panic alarm at zone nn restored. Unn System Unset User nn (see next page) unset system. PA Knn Alarm Panic alarm started at keypad nn. Burg Znn Alarm Intruder alarm at zone nn. Set Fail Znn Setting failed because of zone nn. Burg Znn Rstr Intruder alarm at zone nn restored. Tamper Znn Tamper at zone nn. Knn Missing Keypad nn missing. Knn Restore Keypad nn restored. Knn Tamper Tamper at keypad nn. Knn Excess Keys Too many keys pressed at keypad nn (someone may be trying to guess the access code). Tel Line Fault Telephone line fault detected. Tel Line Rstr Telephone line restored. Comms Fail The communicator failed to report. AC Fail Mains failed. AC Restore Mains restored. Low Battery Standby battery is low. Low Batt Rstr Standby battery restored. Batt Missing 12V supply from standby battery not present. Batt Missing Rstr 12V supply from standby battery restored. Aux DC Fail Power supply to wired detectors has failed. Aux DC Fail Rstr Power supply to wired detectors restored. Opção 6 Acertar a Data e a Hora A unidade de controle contem um relógio/calendário interno que funciona desde que exista alimentação (ou por energia eléctrica da rede pública ou alimentada pela bateria colocada no seu interior). Se a fonte de alimentação falhar por qualquer razão, e a bateria de stand-by estiver fraca, então o sistema perde a hora e da data correctas. Também deverá de mudar a hora quando alterar o relógio para entre a hora de Inverno e a hora de verão. Apenas o Utilizador Principal pode executar o procedimento para acertar a hora e a data. Para tal siga o seguinte procedimento: 1. Introduza o código de acesso do Utilizador Principal. 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla O écran mostrará, por exemplo, D04 M11 Y Introduza dois dígitos para o dia seguiu por. 6. Introduza dois dígitos para o mês seguiu por. 7. Introduza dois dígitos para o ano seguiu por. 8. O écran mostrará, por exemplo, H17 M Introduza dois dígitos para a hora seguiu por. Pág. 13

14 10. Introduza dois dígitos para os minutos seguiu por. 11. O sistema dá um "beep beep" para confirmar que a operação foi bem sucedida e mostrará no écran a nova date e hora Opção 7 Activar e Desactivar o Toque de Cigarra Seu sistema pode ser programado de modo a funcionar que o Toque de Cigarra soe sempre que determinados zonas são activadas, por exemplo com movimento, quando o sistema estiver desarmado. Deste modo poderá ficar a saber se existe movimento dentro do edifício. Apenas o Utilizador Principal pode executar este procedimento para activar ou desactivar o Toque da Cigarra.: 1. Introduza o código de acesso do Utilizador Principal. 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla O écran mostrará, por exemplo, Cigarra=Lig. 5. Carregue na tecla 7 para alternar entre Ligado e Desligado. 6. O écran mostrará, por exemplo, Cigarra=Deslig. 7. Carregue em para terminar a acção. 8. O sistema dá um "beep beep" para confirmar que a operação foi bem sucedida. Opção 8 Ensaio de Sirenes e Besouros As sirenes e os besouros devem ser regularmente ensaiados de modo a garantir o seu correcto funcionamento em caso de alarme. Pode testar que todas as sirenes e besouros estão a trabalhar correctamente, seguindo o procedimento como se segue: 1. Introduza o seu código de acesso. 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla 8. O sistema actuará sequencialmente a sirene exterior (e as sirenes interiores se estiverem ligadas ao mesmo ponto), o flash da sirene exterior (se estiver ligado em separado), o besouro interno da central (se existir) e os besouros dos teclados por períodos de três segundos cada um com a excepção do flash da sirene exterior que piscará por seis segundos. Opção 9 Ensaio dos Detectores Os detectores devem ser regularmente ensaiados de modo a garantir o seu correcto funcionamento em caso de alarme. Para tal existe um modo de ensaio em que as sirenes exteriores e interiores não são actuadas, ouvindo simplesmente um pequeno Toque de Cigarra nos teclados. Para tal após iniciar o teste deverá actuar todos os detectores (por exemplo no caso dos detectores de movimento basta caminhar na frente deles) e após ter actuado todos eles, poderá observar a listagem dos sensores actuados no écran do teclado. Se notar que um dos detectores não funcionou e recomendável chamar o instalador do seu sistema de alarmes de modo a que ele possa corrigir o problema. Nota: Se no seu sistema existir equipamentos sempre activos como detectores de incêndio, botões de pânico ou outros configurados para estarem sempre activos, não os conseguirá ensaiar através deste modo especial de teste. O mesmo se passa com os alarmes de operação ilícita que nunca os poderá testar individualmente. Pode testar que todos os detectores estão a trabalhar correctamente, seguindo o procedimento como se segue: Pág. 14

15 1. Introduza o código de acesso do Utilizador Principal. 2. O écran mostrará Escolha?. 3. Carregue na tecla O écran mostrará, por exemplo, Walk Test. 5. Caminhe pela sua instalação e actue um detector de cada vez (excepto os equipamentos de detecção que estão sempre activos). Sempre que activar um detector o besouro emitirá um pequeno toque de modo a sinalizar a actuação desse detector. 6. Quando terminar a sua caminhada de teste, poderá observar que no écran está a correr uma lista das zonas por onde passou ordenadas por ordem de ligação na central e não por ordem da sua caminhada. 7. Carregue em para terminar a acção. Nota: Caso deseje ensaiar os botões de pânico, os detectores de incêndio ou os alarmes de operação ilícita, chame o seu instalador do sistema de modo a poder verificar que estes tipos de alarmes funcionam correctamente. Opção A Armar completamente o sistema O instalador pode ter programado o seu sistema com diferentes configurações quanto ao modo de entrar e sair das áreas protegidas. Para armar completamente o sistema: 1. Feche todas as portas e janelas. 2. Digite o seu código de acesso. 3. Pressione a tecla de nível A. 4. O tempo de saída começa. Durante o tempo da saída os teclados dão um tom contínuo de saída para adverti-lo que o temporizador está em contagem decrescente. Se ouvir o som interrompido dos teclados ou do besouro interno então algum dos detectores está activado. 5. Saia através do caminho designado para a saída. 6. Feche a porta final. 7. Quando terminar o tempo de saída o sistema dá um "beep beep". 8. Os teclados indicam Nivel A Lig. O sistema encontra-se completamente armado com todas as zonas activas: Opção B Armar parcialmente o sistema Partição B O instalador pode ter programado o seu sistema de modo que possa armar apenas alguns compartimentos não usados enquanto os restantes compartimentos estejam em uso. Pergunte ao seu instalador que zonas ficam cobertas pelo nível B. Para armar parcialmente o sistema: 1. Feche todas as portas e janelas na área a proteger. 2. Digite o seu código de acesso. 3. Pressione a tecla de nível B. 4. O tempo de saída começa. Durante o tempo da saída os teclados dão um tom contínuo de saída para adverti-lo que tem de sair. Alguns níveis em seu sistema podem ser programados para armar em modo silencioso. 7. O som termina e o sistema dá um "beep beep". 8. Os teclados indicam Nivel B Lig. Pág. 15

16 O sistema encontra-se parcialmente armado com algumas zonas activas e outras zonas desactivas por onde poderá circular sem fazer actuar o alarme. Opção C Armar parcialmente o sistema Partição C O instalador pode ter programado o seu sistema de modo que possa armar apenas alguns compartimentos não usados enquanto os restantes compartimentos estejam em uso. Pergunte ao seu instalador que zonas ficam cobertas pelo nível C. Para armar parcialmente o sistema: 1. Feche todas as portas e janelas na área a proteger. 2. Digite o seu código de acesso. 3. Pressione a tecla de nível C. 4. O tempo de saída começa. Durante o tempo da saída os teclados dão um tom contínuo de saída para adverti-lo que tem de sair. Alguns níveis em seu sistema podem ser programados para armar em modo silencioso. 7. O som termina e o sistema dá um "beep beep". 8. Os teclados indicam Nivel C Lig. O sistema encontra-se parcialmente armado com algumas zonas activas e outras zonas desactivas por onde poderá circular sem fazer actuar o alarme. Opção D Armar parcialmente o sistema Partição D O instalador pode ter programado o seu sistema de modo que possa armar apenas alguns compartimentos não usados enquanto os restantes compartimentos estejam em uso. Pergunte ao seu instalador que zonas ficam cobertas pelo nível D. Para armar parcialmente o sistema: 1. Feche todas as portas e janelas na área a proteger. 2. Digite o seu código de acesso. 3. Pressione a tecla de nivel D. 4. O tempo de saída começa. Durante o tempo da saída os teclados dão um tom contínuo de saída para adverti-lo que tem de sair. Alguns níveis em seu sistema podem ser programados para armar em modo silencioso. 7. O som termina e o sistema dá um "beep beep". 8. Os teclados indicam Nivel D Lig. O sistema encontra-se parcialmente armado com algumas zonas activas e outras zonas desactivas por onde poderá circular sem fazer actuar o alarme. VI ANEXOS Nas páginas seguintes pode encontrar diversos anexos que não são mais do que resumos das operações e configurações que ficaram instaladas no seu sistema de alarmes. Os anexos são: Anexo I Menu de Operação Anexo II Lista de Códigos de Acesso de Fábrica Anexo III Lista de Alarmes de Falha Anexo IV Configuração do Sistema Pág. 16

17 ANEXO I MENU DE OPERAÇÃO MANUAL DE OPERAÇÃO Sistema Desarmado 4 Alterar Código de Acesso 5 Listar Eventos de Alarme 6 Acertar a Data e a Hora do Sistema 7 Activar/Desactivar Toque da Cigarra 8 Ensaio de Sirenes e Besouros 9 Ensaio de Detectores Walk Test A Armar Completamente o Sistema B Armar Parcialmente o Sistema Partição B C Armar Parcialmente o Sistema Partição C D Armar Parcialmente o Sistema Partição D Listar Eventos de Alarme 1 Mostrar o Evento anterior 3 Mostrar o Evento posterior Alterna entre o Evento e a sua Data e Hora X Cancela o mostrar a Lista de Eventos Pág. 17

18 ANEXO II LISTA DE CÓDIGOS DE ACESSO DE FÁBRICA Utilizador Indicação no Código de Écran Acesso Disponível Utilizador Principal User SIM Utilizador 02 User02 X002 Não Utilizador 03 User03 X003 Não Utilizador 04 User04 X004 Não Utilizador 05 User05 X005 Não Utilizador 06 User06 X006 Não Utilizador 07 User07 X007 Não Utilizador 08 User08 X008 Não Utilizador 09 User09 X009 Não Utilizador 10 User10 X010 Não Utilizador 11 User11 X011 Não Utilizador 12 User12 X012 Não Utilizador 13 User13 X013 Não Utilizador 14 User14 X014 Não Utilizador 15 User15 X015 Não Utilizador 16 User16 X016 Não Nota: Os Utilizadores 02 a 16 apenas ficarão disponíveis para poderem armar e desarmar o sistema após o Utilizador Principal criar o acesso destes à central de alarmes. Nota: Seguidamente indicamos as teclas que permitem alterar o nome de utilizador. figura 3 Pág. 18

19 ANEXO III LISTA DE ALARMES DE FALHA Message Meaning EEProm Fail Internal error, contact Installer. Codes Defaulted The access codes have been reset to default values. Clear Log The system programming has been returned to default values. System Startup System was started (power applied). System Tamper Bell or bell wiring tamper. System Tamp Rst System tamper reset. Lid Tamper Control unit lid opened. Lid Tamper Rst Lid tamper reset Sounder Tamper Sounder lid opened. Sounder Tamp Rst Sounder tamper reset. Unn On-Site User nn (see next page) put system into programming mode. Unn Off-Site User nn (see next page) took system out of programming mode. Unn Change User nn (see next page) changed their user code. Unn Delete User nn (see next page) deleted their user code. Unn L# Set User nn (see next page) set Level #. Unn L# UnSet User nn (see next page) unset Level #. U21 L# Set Keyswitch set Level #. U21 L# UnSet Keyswitch unset Level #. System Rearmed System auto rearmed. Unn Znn Omit User nn (see next page) omitted zone nn. Unn Znn Unomit User nn (see next page) re-instated zone nn. Fire Znn Alarm Fire alarm at zone nn. Fire Znn Rstr Fire alarm at zone nn restored. Fire Znn Reset Fire alarm at zone nn reset. PA Znn Alarm Panic alarm at zone nn. PA Znn Rstr Panic alarm at zone nn restored. Unn System Unset User nn (see next page) unset system. PA Knn Alarm Panic alarm started at keypad nn. Burg Znn Alarm Intruder alarm at zone nn. Set Fail Znn Setting failed because of zone nn. Burg Znn Rstr Intruder alarm at zone nn restored. Tamper Znn Tamper at zone nn. Knn Missing Keypad nn missing. Knn Restore Keypad nn restored. Knn Tamper Tamper at keypad nn. Knn Excess Keys Too many keys pressed at keypad nn (someone may be trying to guess the access code). Tel Line Fault Telephone line fault detected. Tel Line Rstr Telephone line restored. Comms Fail The communicator failed to report. AC Fail Mains failed. AC Restore Mains restored. Low Battery Standby battery is low. Low Batt Rstr Standby battery restored. Batt Missing 12V supply from standby battery not present. Batt Missing Rstr 12V supply from standby battery restored. Aux DC Fail Power supply to wired detectors has failed. Aux DC Fail Rstr Power supply to wired detectors restored. Pág. 19

20 ANEXO IV CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA MANUAL DE OPERAÇÃO Zona Descrição Todo o Sistema Partição B Partição C Partição D Omitir Zona Cigarra Activa Botão de Pânico Silencioso Audível Teclas de Pânico no Teclado Activadas Desactivadas Duração do Toque da Sirene 1, min Atraso do Alarme de Sirene 0 1, min Tempo de Entrada A seg Tempo de Saída A seg Tempo de Entrada B seg Tempo de Saída B seg Tempo de Entrada C seg Tempo de Saída C seg Tempo de Entrada D Seg Tempo de Saída D Seg (assinalar o tempo configurado Instalador do Sistema: Telefone Dia Telefone Noite Pág. 20

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES www.esxxi.pt Departamento Técnico Instruções de Utilização Avançadas A seguir é apresentado a descrição e significado das luzes do teclado: ALARM: Sempre que o sistema tenha gerado

Leia mais

www.mundialsecurity.com.br - Rua André de almeida, 1961 São Mateus - São Paulo SP - CEP. 03950-000 + 55 11 5641-1618

www.mundialsecurity.com.br - Rua André de almeida, 1961 São Mateus - São Paulo SP - CEP. 03950-000 + 55 11 5641-1618 Manual de Instalação ÍNDICE...... 3 GLOSSÁRIO DE TERMOS...... 4 Entendendo as luzes... 5 Luz Armado...... 5 BYPASS LUZ...... 5 CANCELAR LUZ...... 5 SINAL DE LUZ...... 5 De saída da luz...... 5 LUZ DE INCÊNDIO......

Leia mais

JA-63 Profi Manual do Utilizador

JA-63 Profi Manual do Utilizador JA-63 Profi Manual do Utilizador Índice: 1 Indicadores... 3 2 Controlo do sistema... 4 2.1 Armar... 4 2.2 Desarmar... 5 2.3 Alarme de Pânico... 5 2.4 Para cancelar ALARME... 5 2.5 Armar em modo Home...

Leia mais

Global Security Network GSN Brasil. 1

Global Security Network GSN Brasil. 1 Global Security Network GSN Brasil. 1 Operação Básica O teclado Spectra 1689 e o Teclado 1641 (cristal liquido) funcionam da mesma maneira, Mas não oferecem a mesma visualização. Nesta seção veremos suas

Leia mais

Easy Series. Guia do utilizador. Painel de Controlo de Intrusão

Easy Series. Guia do utilizador. Painel de Controlo de Intrusão Easy Series PT Guia do utilizador Painel de Controlo de Intrusão Easy Series Guia do utilizador Utilizar o teclado de comando Utilizar o teclado de comando Estados do Dispositivo de Visualização Dispositivo

Leia mais

Manual Utilização. Central Detecção Incêndio. JUNIOR-NET CSA v.4. Sistema Analógico Endereçável

Manual Utilização. Central Detecção Incêndio. JUNIOR-NET CSA v.4. Sistema Analógico Endereçável Manual Utilização Central Detecção Incêndio JUNIOR-NET CSA v.4 Sistema Analógico Endereçável Modelo com aprovação das normas EN54PT2 e PT4 1999 GFE 1/5 Legenda da Central: 1 33 32 2 3 31 30 4 10 5 29 28

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. STK 728U, STK 738U e STK 748. Apostila elaborada pelo. Eng. Sergio Americano Mendes CREA-MG 29.539/D

MANUAL DO USUÁRIO. STK 728U, STK 738U e STK 748. Apostila elaborada pelo. Eng. Sergio Americano Mendes CREA-MG 29.539/D MANUAL DO USUÁRIO STK 728U, STK 738U e STK 748 Apostila elaborada pelo Eng. Sergio Americano Mendes CREA-MG 29.539/D Proibida a reprodução não autorizada 2014 1 OPERANDO O SISTEMA COMO USUÁRIO Teclado

Leia mais

Sistema de Alarme Sem Fios por GSM

Sistema de Alarme Sem Fios por GSM Sistema de Alarme Sem Fios por GSM MANUAL DE INSTRUÇÕES v1.1 Sistema de Alarme Sem Fios por GSM - MANUAL DE INSTRUÇÕES 1 ÍNDICE 1. Introdução e Descrição 3 2. Características 5 3. Especificações Técnicas

Leia mais

Manual de programação da central VERITAS

Manual de programação da central VERITAS Manual de programação da central VERITAS A programação não é normalmente necessária dado a programação de fábrica ter sido seleccionada para satisfazer a grande parte das instalações. Todavia todas as

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO

MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO SISTEMA DE SEGURANÇA TERMINAL DSC INSTRUÇÕES DE USO: PARA INIBIR ZONAS (#), (*), (1), (Senha de acesso), (nº da zona: 01 a 16), a zona selecionada acende no teclado. (#) para

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR PRINCIPAL

MANUAL DO UTILIZADOR PRINCIPAL OBRIGADO PELA PREFERÊNCIA NA TEXECOM MANUAL DO UTILIZADOR PRINCIPAL Painéis de Controlo de Segurança com Comunicador Integrado 6ª Edição Índice 1. Sobre o Sistema de Alarme... 3 Introdução... 3 Acerca

Leia mais

PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO

PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO Active 20 GPRS Rev00 23/04/2009 1- CARACTERÍSTICAS GERAIS 8 Zonas duplas programáveis, mais 1 zona por teclado; 4 Teclados endereçáveis com programações independentes;

Leia mais

Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação

Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação Características Quatro zonas com capacidade de teste/isolamento. Dois circuitos de alarme com possibilidade de isolamento. Fonte de alimentação

Leia mais

TKVAP404 - instruções programação

TKVAP404 - instruções programação TKVAP44 - instruções programação 1 s de programação 1 1 1 2 1 3 2 1 2 2 2 3 2 4 3 1 3 2 3 3 3 4 4 1 4 2 5 1 5 2 5 3 5 4 6 1 6 2 6 3 6 4 6 5 6 6 7 1 7 2 7 3 7 4 7 5 7 6 7 7 7 8 1 1 1 2 1 3 1 4 1 6 1 7 1

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PARADOX 728EX

MANUAL DO USUÁRIO PARADOX 728EX MANUAL DO USUÁRIO PARADOX 728EX 1 Principais Características: Visual 2 partições. Na prática, duas centrais em uma; Memória dos 120 últimos eventos, com data e hora; Relógio Real Time com auto arma; 48

Leia mais

Teclados 624 e 640 Manual do Usuário

Teclados 624 e 640 Manual do Usuário Teclados 624 e 640 624 640 Manual do Usuário Sumário 1. Operação Básica... 2 2. Códigos de Acesso... 4 3. Armando e Desarmando...5 4. Zonas de Pânico... 10 5. Programação com Tecla de Acesso...11 6. Características

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728 MANUAL DE Nossos produtos possuem o certificado norte americano FCC, e são projetados de modo a não emitir ondas que possam prejudicar a sua saúde se instalados e operados conforme estas instruções. Graças

Leia mais

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT Sua central de alarme SL AX4 - MT, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), com opções monitoráveis

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO SISTEMA DE INCÊNDIO MENVIER MF9300 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO PRETRÓNICA 1 CONTEÚDO Painel de Controlo e Indicadores Pag. 3 Operação do Painel Pag. 4 Geral Modo Normal Modo Programação Ligação

Leia mais

DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE RTTE

DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE RTTE Aviso Importante Este manual é entregue sujeito às seguintes condições e restrições: Este manual contém informação que pertence a Rokonet Electronics Ltd. Esta informação é fornecida com o único propósito

Leia mais

DIGIPLEX-NE MANUAL EXPLICATIVO CARACTERÍTICAS E FUNÇÕES

DIGIPLEX-NE MANUAL EXPLICATIVO CARACTERÍTICAS E FUNÇÕES DIGIPLEX-NE MANUAL EXPLICATIVO CARACTERÍTICAS E FUNÇÕES INTRODUÇÃO A integridade de um sistema de segurança não esta somente na central, teclados, detectores e outros acessórios, mas na habilidade de comunicar

Leia mais

Carta de Programação Logix LOG-10 V 3.53

Carta de Programação Logix LOG-10 V 3.53 Carta de Programação Logix LOG-10 V 3.53 rev 3.00 22/04/10 ALARM A EQUIPAM ENTOS DE SEGURANÇA Site: w w w.a la rm a.c om.br E-mail: te c nic a @a la rm a.c om.br CARTA DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL LOGIX LOG

Leia mais

Apostila de Programação POSONIC

Apostila de Programação POSONIC Apostila de Programação POSONIC Programação de Usuário Senha Usuário Mestre: 474747 Cadastro de usuário [ENTER] + cod.mestre + Nº de alocação [01] + senha nova + [ENTER] Alteração de senha de usuário [ENTER]

Leia mais

2 Zonas com capacidade de teste e inibição. 2 Circuitos de sirenes com capacidade de inibição. Fonte de alimentação de 24V/400mA com bateria de

2 Zonas com capacidade de teste e inibição. 2 Circuitos de sirenes com capacidade de inibição. Fonte de alimentação de 24V/400mA com bateria de Central de Detecção de Incêndio de 2 Zonas Características 2 Zonas com capacidade de teste e inibição. 2 Circuitos de sirenes com capacidade de inibição. Fonte de alimentação de 24V/400mA com bateria de

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR. www.only-pt.pt

MANUAL DO UTILIZADOR. www.only-pt.pt SISTEMA AUTOMAÇÃO DE SEGURANÇA SOM MANUAL DO UTILIZADOR www.only-pt.pt INTRODUÇÃO... 4 INTRUSÃO zonas periféricas e interiores... 4 SEGURANÇA zonas 24 horas... 5 UNIDADES DO SISTEMA DE SEGURANÇA ONLY...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D 12 Manual do Usuário Intrusos podem entrar em zonas sem proteção, ou ter sofisticação para isolar um sensor ou desconectar dispositivos de aviso de alarme; Central, detectores, sensores só funcionam quando

Leia mais

Manual de Utilizador

Manual de Utilizador Manual de Utilizador Revisão 1.0 Tabela de Símbolos: Zonas 1-24 OFF Zona está fechada Central Desarmada ON Zona está aberta Central Armada Mostra estado da Zona Mostra Alarme Individual de Tamper Mostra

Leia mais

Conteúdo. Contactos para quando necessitar de ajuda: O Instalador: Fabricante: Manual utilizador JA-80K 1 MKE52400

Conteúdo. Contactos para quando necessitar de ajuda: O Instalador: Fabricante: Manual utilizador JA-80K 1 MKE52400 Conteúdo Para o utilizador OASiS... 2 O que é um sistema de segurança?... Erro! Marcador não definido. Códigos de acesso ao sistema alarme... 2 1. Armar sistema... 3 2. Durante o processo de armar do sistema...

Leia mais

GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10

GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10 GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10 RESET DA CENTRAL O Código do instalador deve estar destrancado (endereço 058: qualquer valor diferente de 147) Para Resetar Remova a bateria e desligue

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 4 setores expansível para 8 ou 12 setores; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Acionamento

Leia mais

ELECTRONIC ENGINEERING LTD. Teclado OLED. Guia do Utilizador. Fevereiro 2011 Ver 1.0

ELECTRONIC ENGINEERING LTD. Teclado OLED. Guia do Utilizador. Fevereiro 2011 Ver 1.0 ELECTRONIC ENGINEERING LTD. Teclado OLED Guia do Utilizador Fevereiro 2011 Ver 1.0 Indice TECLAS DE FUNÇÃO...2 TECLAS ALFANUMÉRICAS...3 SINAIS AUDÍVEIS...3 INDICADORES...3 SUMÁRIO DE FUNÇÕES...3 COMO ARMAR

Leia mais

PAINEL DE ALARME VERSÃO 01

PAINEL DE ALARME VERSÃO 01 PAINEL DE ALARME VERSÃO 01 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 8 Zonas duplas programáveis, mais 1 zona por teclado; 4 Teclados endereçáveis com programações independentes; 95 usuários, 3 usuários temporários, além

Leia mais

G5 Security Alarm System. GSM/SMS/RFID Touch Alarm system. Especificações:

G5 Security Alarm System. GSM/SMS/RFID Touch Alarm system. Especificações: G5 Security Alarm System GSM/SMS/RFID Touch Alarm system Especificações: - ARM + Auror CPU - Suporta 10 controlos remotos - Suporta 50 sensores sem fios - Suporta 50 Tags RFID - 1 Milhão de combinações

Leia mais

Intruções de instalação e programação: Antes de instalar e programar esta unidade por favor leia atentamente este manual e retenha-o para futura

Intruções de instalação e programação: Antes de instalar e programar esta unidade por favor leia atentamente este manual e retenha-o para futura MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Painel de alarme 10 zonas 2 PARTIÇÕES E10 Intruções de instalação e programação: Antes de instalar e programar esta unidade por favor leia atentamente este manual e retenha-o

Leia mais

JA 80K e JA 82K OASiS. Manual de Utilização da Central de Alarmes

JA 80K e JA 82K OASiS. Manual de Utilização da Central de Alarmes JA 80K e JA 82K OASiS Manual de Utilização da Central de Alarmes CONTEÚDO Para o utilizador OASiS... 3 O que é um sistema de segurança?... 3 Códigos (cartões) de acesso ao Sistema... 3 Activar o Sistema

Leia mais

VISTA-120. Manual do Utilizador. ADEMCO International SISTEMA DE SEGURANÇA COM PARTIÇÕES E HORÁRIOS

VISTA-120. Manual do Utilizador. ADEMCO International SISTEMA DE SEGURANÇA COM PARTIÇÕES E HORÁRIOS VISTA-120 SISTEMA DE SEGURANÇA COM PARTIÇÕES E HORÁRIOS Manual do Utilizador ADEMCO International 2 INDÍCE DESCRIÇÃO GERAL DO SISTEMA... 4 Descrição Geral... 4 Um sistema com partições... 4 Zonas... 5

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

Locação 348 Área A Tempo de saída...16 Locação 349 Área B Tempo de saída...16 Locações 350 351 Área A & B Tempo de entrada...16 Locações 352 353 Área

Locação 348 Área A Tempo de saída...16 Locação 349 Área B Tempo de saída...16 Locações 350 351 Área A & B Tempo de entrada...16 Locações 352 353 Área Z6020C and Z8020C Z6020C and Z8020C... 1 Z6020 and Z8020... 4 Características do Produto... 4 Teclado... 4 Comando do teclado & funções... 5 Armar rápido. 1 #... 5 Reiniciar o detetor de fumaça. 7 #...

Leia mais

Manual de Operação da série 2X

Manual de Operação da série 2X Manual de Operação da série 2X P/N 00-3250-505-0021-04 ISS 04MAY15 Copyright Marcas comerciais e patentes Fabricante Versão Certificação 2015 UTC Fire & Security. Todos os direitos reservados. A série

Leia mais

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FP4-4 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FP4-4 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC Modelo FP4-4 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Introdução A FP4 é uma Central de Detecção de Incêndio Convencional, equipada com 4 zonas de detecção,

Leia mais

Compacta e de fácil programação possuindo:

Compacta e de fácil programação possuindo: '(6&5,d (6*(5$,66/$; Sua central de alarme 6/ ± $;, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), controle remoto e discador telefônico,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CÓDIGOS CONTACT ID

PROGRAMAÇÃO CÓDIGOS CONTACT ID POSONIC 710U ÍNDICE CARACTERÍSTICAS 2 Numero de Zonas 2 Numero de usuários 2 CÓDIGOS DE OPERAÇÃO 2 Código Máster 2 Código do Instalador 2 OPERANDO O SISTEMA 2 Armando 2 Armando Stay 2 Armar Rápido Total

Leia mais

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FAP2 2 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO

CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC. Modelo FAP2 2 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CENTRAL DETECÇÃO INCÊNDIO YAZIC Modelo FAP2 2 Zonas Programáveis MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Introdução A FAP2 é uma Central de Detecção de Incêndio Convencional, equipada com 2 zonas de detecção,

Leia mais

Teclado de Alarme STK 636 TECLADO DE ALARME STK 636. www.samtek.com.br SAMTEK

Teclado de Alarme STK 636 TECLADO DE ALARME STK 636. www.samtek.com.br SAMTEK TECLADO DE ALARME STK 636 www.samtek.com.br Agradecemos a sua preferência por nossos produtos. Nossos produtos possuem vários certificados nacionais e internacionais sendo projetados de modo a oferecer

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

www.a-touch.in.th MANUAL DE INSTALAÇÃO SISTEMA DE SEGURANÇA

www.a-touch.in.th MANUAL DE INSTALAÇÃO SISTEMA DE SEGURANÇA www.a-touch.in.th MANUAL DE INSTALAÇÃO SISTEMA DE SEGURANÇA Bem-vindo à A-TOUCH! Agradecemos a preferência pelas nossas soluções. Este documento guiá-lo-á na instalação correcta das unidades de segurança

Leia mais

Central Monitorada CAM 816

Central Monitorada CAM 816 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central Monitorada CAM 816 www.compatec.com.br Índice 1.Apresentação... 2.Características Gerais....Características Técnicas... 4 4.Status de Bips... 4 5.Status de Bips

Leia mais

SEÇÃO 06 TESTES E SUPERVISÃO...29 [ 013 ] - Modo de Teste...29 [ 028 ] - Primeiro Teste do Dia...29 [ 029 ] - Intervalo de Teste...

SEÇÃO 06 TESTES E SUPERVISÃO...29 [ 013 ] - Modo de Teste...29 [ 028 ] - Primeiro Teste do Dia...29 [ 029 ] - Intervalo de Teste... V3.5 R3.4 2 Índice INDICAÇÕES DO TECLADO...5 Escolha do local para fixação...6 Alimentação...6 Saídas programáveis (pgm e pgm2)...7 Teclado...8 Instalação das zonas...9 Linha telefônica... Modo de Programação...3

Leia mais

Manual de Operação dos Painéis de Alarme de Incêndio da Série 2X-F

Manual de Operação dos Painéis de Alarme de Incêndio da Série 2X-F Manual de Operação dos Painéis de Alarme de Incêndio da Série 2X-F P/N 501-405021-2-20 REV 2.0 ISS 04MAY11 Copyright Marcas comerciais e patentes Fabricante Versão Certificação Directivas da União Europeia

Leia mais

Tipos de Blocos de Programação

Tipos de Blocos de Programação Tecla 'Gravar' [#] Pressionar essa tecla antes de digitar o N do Bloco de Programação MANUAL DE PROGRAMAÇÃO DA CENTRAL P-800 Tecla 'Avançar' Nota Essas Instruções de Programação estão previstas para uso

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF

GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF DESCRIÇÃO E APLICAÇÕES Parabéns, você acaba de adquirir um produto concebido com a tecnologia e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 1004

Leia mais

Sistema de Alarme De Intrusão

Sistema de Alarme De Intrusão Sistema de Alarme De Intrusão Linha Fixa Sem fio Modelo Key 2013-01 V1.0 Declaração Este equipamento deve ser instalado e utilizado em estrita conformidade com as instruções dadas neste documento. A Virtualtrónica

Leia mais

POWERMAX. Manual de Utilizador. Sistema de Alarme Via-Rádio Supervisionado ÍNDICE DE5450U 1

POWERMAX. Manual de Utilizador. Sistema de Alarme Via-Rádio Supervisionado ÍNDICE DE5450U 1 POWERMAX Sistema de Alarme Via-Rádio Supervisionado Manual de Utilizador ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1 Generalidades... 4 1.2 Características do Sistema... 5 1.3 Termos Técnicos... 5 1.4 Símbolos usados

Leia mais

TECLADO STK 636 TECLADO STK 636

TECLADO STK 636 TECLADO STK 636 TECLADO STK 636 1.0 OPERAÇÃO BASICA 1.1 Visual Os números, símbolos, leds e chaves no teclado informam o status do sistema como descrito abaixo. Figure 1: Figura do teclado STK 636 1- Led verde aceso :

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções Especificações técnicas Voltagem de funcionamento: 12V Voltagem de reserva (Backup): 12V Frequência de funcionamento: 433MHz Sonoridade do alarme: 85dB Características de função Podem

Leia mais

. 0 ev P15977 - R 12 1

. 0 ev P15977 - R 12 1 12 1 P15977 - Rev. 0 Parabéns! Você acaba de adquirir o seu sistema de alarme INFINIT! ÍNDICE Ele será uma excelente ferramenta de apoio para você garantir a segurança do seu estabelecimento industrial,

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804 CENTRAL DE ALARME - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela rede AC. Led BATERIA: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela bateria. Led ARMADO: Aceso indica que

Leia mais

Manual de Instruções Instalação Operação e Manutenção

Manual de Instruções Instalação Operação e Manutenção STATUS ZONAS COMANDOS FOGO AVARIA ISOLADO FOGO 1 2 3 4 5 6 7 8 TESTE AVARIA ISOLAMENTOS 1 5 SILENCIAR BESOURO REPOSIÇÃO DO SISTEMA 1 2 TESTE 2 6 TESTE DE LEDS 3 AC 3 7 AVARIA SISTEMA 4 8 SIRENES ACTIVAR/

Leia mais

Vigilance V8. Manual do Instalador 1/48

Vigilance V8. Manual do Instalador 1/48 Vigilance V8 Manual do Instalador 1/48 ÍNDICE 1 Introdução... 3 2 Características técnicas... 3 3 Instalação esquema de ligação... 4 3.1 Alimentação... 5 3.2 Instalação do teclado... 5 3.3 Instalação dos

Leia mais

Índice. 1. Características técnicas

Índice. 1. Características técnicas Termo de garantia A ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na rua Carlos Ferrari nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

INFORMATIVO MONITUS REV. 1 20/01/03. 8 Setores Programáveis. Os setores podem ser: Entrada para receptores de RF ou chave com mola:

INFORMATIVO MONITUS REV. 1 20/01/03. 8 Setores Programáveis. Os setores podem ser: Entrada para receptores de RF ou chave com mola: INTRODUÇÃO A MONITUS 8 A Monitus 8 é um painel de alarme monitorado projetado para atender às necessidades de residências, comercio, indústria, etc. Pode ser programado localmente através de teclados,

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Comprador: Endereço: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da Venda: Identificação do Produto: P26856 - Rev. 1

TERMO DE GARANTIA. Comprador: Endereço: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da Venda: Identificação do Produto: P26856 - Rev. 1 TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., Localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL XP-400

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL XP-400 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL XP-400 Como gravar senhas de usuários 1) 8 + (1234). 2) Digitar nº do usuário (1,2,3,4,5 ou 6). 3) Digitar a nova senha de 4 dígitos. 4) Para finalizar #.

Leia mais

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ CENTRAL DE ALARME ASD-6 SINAL E VOZ Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo ASD-6 produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 1 2 MANUAL DO INSTALADOR CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 Parabéns, você adquiriu um sistema de alarme da CS Eletrônica. Os nossos equipamentos foram projetados para lhe oferecer anos

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DSC - Manual Prático de Operação

CENTRAL DE ALARME DSC - Manual Prático de Operação MANUAL DO USUÁRIO INDICE 1.0 - Descrição Geral do Sistema............ 3 2.0 - Teclado............... 4 3.0 - Código Principal............... 4 4.0 - Ligando o Sistema............ 5 4.1 - LED Inibição............

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Ver 1.5

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Ver 1.5 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Ver 1.5 CENTRAL DE ALARME MONITORADA EX-10 Índice Características... 4 Instalação... 5 Rede AC... 5 Bateria... 5 Terminais Auxiliares... 6 Linha telefônica... 6 Sirene...

Leia mais

CARACTERISTICAS PRINCIPAIS - VW16Z

CARACTERISTICAS PRINCIPAIS - VW16Z Empresa: Grupo Setec. Data: 19/04/2013 Autor: Márcio Gomes da Silva. Prezados (as); Resumo de programação dos equipamentos da Viaweb V 3.0 Cada módulo possui a sua programação distinta, logo, deve-se programar

Leia mais

Manual de Referência e Instalação T-700. Manual de Referência e Instalação

Manual de Referência e Instalação T-700. Manual de Referência e Instalação Manual de Referência e Instalação T-700 Manual de Referência e Instalação Índice 1. Introdução...3 1.1 Prefácio...3 1.2 Lista de Peças...3 1.3 Aparência...4 2 Preparativos Para Antes do Uso...5 2.1 Alimentação...5

Leia mais

Sumário. www.compatec.com.br

Sumário. www.compatec.com.br Sumário Apresentação... 4 Características... 4 Características Técnicas... 5 Status de Bips... 5 Status de Bips programação... 5 Status de Bips Acesso Remoto... 5 Conhecendo o Teclado... 6 Leds Teclado...

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

MANUAL DE UTILIZADOR

MANUAL DE UTILIZADOR NOTA PARA O INSTALADOR: Manuais para a instalação do painel de controle podem ser descarregados a partir do site: www.bentelsecurity.com. MANUAL DE UTILIZADOR MADE IN ITALY OHSAS 18001 OHSAS 18001 9192.BSEC

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA-4

CENTRAL DE ALARME BRISA-4 CENTRAL DE ALARME BRISA-4 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS -4 zonas mistas programáveis -disca para até 4 telefones -pânico pelo controle remoto -dupla tecnologia hopping code e rolling code em 4,9mhz -indica

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central de Alarme Particionada AP/AP D Índice 1.Apresentação... 2.Características... 3.Características Técnicas... 5.Status de Bips... 5 5.Status dos Led s... 5 6.Conhecendo

Leia mais

MG5000 V2.4 MG5050 V2.4 SP5500 V2.4 SP6000 V2.4 SP7000 V2.4. Guia de Programação. Sempre Armado, Nunca Desarmado

MG5000 V2.4 MG5050 V2.4 SP5500 V2.4 SP6000 V2.4 SP7000 V2.4. Guia de Programação. Sempre Armado, Nunca Desarmado , MG5000 V2.4 MG5050 V2.4 SP5500 V2.4 SP6000 V2.4 SP7000 V2.4 Sempre Armado, Nunca Desarmado Guia de Programação Tabela de Conteúdos Entrando no Modo de Programação... 2 Códigos e Reset do Painel... 2

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

alarme ronda controle de acesso emergência

alarme ronda controle de acesso emergência MANUAL DO USUÁRIO alarme ronda controle de acesso emergência PROFESSIONAL SECURITY DEVICES CENTRAL DE ALARME MONITORADA 12 ZONAS 02 PARTICIPAÇÕES Armando / Desarmando / Coação 1 Introduzindo dígitos especiais

Leia mais

APÊNDICE A. GLOSSÁRIO...35 5. 16 APÊNDICE B. PLANEAMENTO PARA

APÊNDICE A. GLOSSÁRIO...35 5. 16 APÊNDICE B. PLANEAMENTO PARA ÍNDICE Guia de Consulta Rápida das Funções Básicas de Funcionamento...2 Formulário de Contacto...2 Indicadores Luminosos...2 Sinais da Sirene Interna...3 Instruções úteis para os Utilizadores da POWERMAX

Leia mais

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme ANM 2004/2008 MF é compacta e de fácil programação, possui

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. DEFINIÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS

1. INTRODUÇÃO 2. DEFINIÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO 1.1 Obrigado pela sua confiança na central PS-9192. Esta central de alarmes oferece funções de alta confiabilidade, melhor proteção contra raios e um circuito comunicador novo e inovador.

Leia mais

O sistema de Alarme deve ser instalado como na figura:

O sistema de Alarme deve ser instalado como na figura: !" #$ % Alarme Selm Características: Sistema de Alarme por detecção de Infravermelhos: Sirene Interior 100 db Até 6 Controlos Remotos e 7 detectores, nomeadamente incêndio, gás, intrusão e contacto magnético.

Leia mais

i16 ALARME MONITORADO

i16 ALARME MONITORADO Manual de instruções i16 ALARME MONITORADO F: 0800 550 250 Posicione o leitor de código QR do seu smartphone e obtenha mais informações no site PPA 50 1 Por favor, leia este manual com atenção para uma

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO TECLADOS MODELOS 616/626/633 COM PAINÉIS DE CONTROLE 728/738/728EX/738EX/748*/748EX/748EX*

MANUAL DO USUÁRIO TECLADOS MODELOS 616/626/633 COM PAINÉIS DE CONTROLE 728/738/728EX/738EX/748*/748EX/748EX* MANUAL DO USUÁRIO TECLADOS MODELOS 616/626/633 COM PAINÉIS DE CONTROLE 728/738/728EX/738EX/748*/748EX/748EX* Parabéns! Você escolheu o mais moderno e confiável equipamento de alarme do mercado internacional.

Leia mais

1. Características de utilização do módulo GSM

1. Características de utilização do módulo GSM 1. Características de utilização do módulo GSM O módulo JA60GSM disponibiliza várias características descritas detalhadamente em seguida. O instalador deverá demonstrar a utilização do sistema ao utilizador

Leia mais

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006 SOLUTION Painel Convencional de Alarme de Incêndio TABELA DE CONTEÚDO Capitulo 1: Descrição do Produto... 2 1.1: Características...2 1.2: Especificações...2 Capitulo 2: Lógica de Detecção e Alarme de Incêndios...

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101. Versão 1.03, Agosto 2006 ERP:30303964

CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101. Versão 1.03, Agosto 2006 ERP:30303964 1 CENTRALNGSG101.DOC CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101 Manual de Instalação e de Operação INDICE 1. Generalidades 2. Especificações técnicas 3. Estrutura e configuração 3.1 Aspecto exterior

Leia mais

REFERÊNCIA RÁPIDA AOS COMANDOS BÁSICOS DA CENTRAL. Armar Forçado TOTAL (sistema não pronto)... + [Código]* + (para silenciar o Besouro)

REFERÊNCIA RÁPIDA AOS COMANDOS BÁSICOS DA CENTRAL. Armar Forçado TOTAL (sistema não pronto)... + [Código]* + (para silenciar o Besouro) POWERMAX Sistema de Alarme Via-Rádio Supervisionado Manual de Utilizador ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...4 1.1 Generalidades...4 1.2 Características do Sistema...5 1.3 Termos Técnicos...5 1.4 Símbolos usados no

Leia mais

A senha 001 de fábrica é 151515.

A senha 001 de fábrica é 151515. 1 2 Índice PROGRAMANDO USUÁRIOS...4 MODO DE PROGRAMAÇÃO DE SENHAS:...4 COMO CADASTRAR NOVOS USUÁRIOS:... 4 COMO DESABILITAR USUÁRIOS:... 4 ATIVANDO A CENTRAL...5 ATIVAR GERAL... 5 ATIVAÇÃO RÁPIDA...5 ATIVAR

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO COMPATEC ALARMES PARA SUA SEGURANÇA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Impresso Fevereiro 2009 suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda

Leia mais

Central de alarme Ventura GSM

Central de alarme Ventura GSM Central de alarme Ventura GSM Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte externa... 4 4.2 Parte

Leia mais

Documento Nº 996-202-007-2. manual de utilizador

Documento Nº 996-202-007-2. manual de utilizador Documento Nº 996-202-007-2 manual de utilizador Indice 1 Introdução... 1 1.1 Avisos... 1 1.2 Modelos... 1 2 Níveis de acesso de utilizador... 2 2.1 Definição de nível... 2 2.2 Códigos de acesso... 2 3

Leia mais

www.proter.com.br revisão 1. (17.11.06) Form 150 - Rev 1

www.proter.com.br revisão 1. (17.11.06) Form 150 - Rev 1 www.proter.com.br revisão 1. (17.11.06) Form 150 - Rev 1 Indice GARD 4 / GARD 10 TERMO DE GARANTIA Armando e desarmando o painel Gard... 03 Anulando setores... 03 Alterando senha de usuário... 03 Verificando

Leia mais

Teclado 642 LCD Manual Usuário

Teclado 642 LCD Manual Usuário Teclado 642 LCD Manual Usuário TABLE OF CONTENTS INDICE..... 1 INTRODUÇÃO... 4 Convenções Usadas neste Manual... 4 Operação Básica... 5 Luzes indicadoras do teclado... 5 Retorno Visual... 6 Retorno Sonoro...

Leia mais

GUIA DO UTILIZADOR DA POWERMAXPRO

GUIA DO UTILIZADOR DA POWERMAXPRO GUIA DO UTILIZADOR DA POWERMAXPRO Índice Guia de Consulta Rápida das Funções Básicas de Funcionamento... 2 Formulário de Contacto... 2 Indicadores Luminosos... 2 Sinais da Sirene Interna... 3 Instruções

Leia mais

TECLADO VIAWEB TOUCH

TECLADO VIAWEB TOUCH TECLADO VIAWEB TOUCH GUIA DE USUÁRIO V1.0 R1.00 Julho 2013 Teclado Touch - 1 2 - Guia do Usuário Teclado VIAWEB TOUCH Sumário INDICAÇÕES DO TECLADO...3 MENU DE PROGRAMAÇÃO...4 ACESSAR MENU...5 OPÇÕES PARA

Leia mais

BeemPRO. Manual de Operação. Manual Beem PRO 0

BeemPRO. Manual de Operação. Manual Beem PRO 0 BeemPRO Manual de Operação Manual Beem PRO 0 Características Suporta até 10 controlos remotos, 50 sensores sem fios e 50 tags RFID Possui 1.000.000 combinações de códigos RF Comunicação GSM e de simples

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES PRD 3L MANUAL DE INSTRUÇÕES LOCALIZAÇÃO DOS COMANDOS Antena telescópica Ligar/Desligar Botões de Memórias Indicador led de alarme Display (visor) Selector de banda e botão do relógio Botão de iluminação

Leia mais

MANUAL ALARME DIGITAL INTELBRAS AMT-2010/AMT-2018

MANUAL ALARME DIGITAL INTELBRAS AMT-2010/AMT-2018 MANUAL ALARME DIGITAL INTELBRAS AMT-2010/AMT-2018 PARABÉNS! Você acaba de adquirir um equipamento ímpar em qualidade, tecnologia, precisão e segurança! Mas para que você tenha o máximo aproveitamento de

Leia mais