Metodologia e Amostra

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Metodologia e Amostra"

Transcrição

1

2 Metodologia e Amostra 1. Estimativa de Investidores Pessoas Físicas entrevistas telefônicas com população brasileira de 18 anos ou mais das classes ABC Margem de erro amostral máxima estimada para total da amostra é de mais ou menos 3pp, com mais de 95% de confiança 2. Radiografia de Investidores Pessoas Físicas 604 entrevistas telefônicas em domicílios das classes ABC Margem de erro amostral máxima estimada para o total da amostra éde mais ou menos 4pp, com 95% de confiança 2

3

4 Quantos são os brasileiros* que aplicam em fundos ESTIMATIVA milhões 134 milhões 54 milhões 2,4 milhões 4,5% 57,6 milhões 4,3 milhões 7,4% 1,6 milhões 3,0 milhões 3,5 milhões 5 milhões 3,2% 5,8% 6,1% 8,7% 4

5 Penetração de investidores em fundo cresceu sobretudo na classe A PENETRAÇÃO DE INVESTIDORES DE FUNDOS POR CLASSE (%) PENETRAÇÃO DE INVESTIDORES DE FUNDOS POR SEXO (%) 5

6 Cai a proporção da população que não possui investimento, sendo poupança, fundos e previdência os principais alvos. TIPOS DE INVESTIMENTO QUE POSSUI (%) Não estimulados em 2005 População 2005 População

7 PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO PERFIL DE INVESTIMENTOS CONHECIMENTO E ATITUDES SOBRE INVESTIMENTO

8 PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO

9 E quem são os investidores em fundos? Maior parte é casada, com idade entre anos e com renda acima de R$9.600,00 Idade (%) Estado Civil (%) Renda familiar (%) População brasileira 18+ (PNAD 2009) 30% 40% 30% 4% 2% 7% 47% 40%

10 E quem são os investidores em fundos? Maior parte destes investidores são homens, possuem filhos e pertencem a classe A. Sexo (%) Filhos (%) Classe (%) População brasileira % 52% 5% 75% (PNAD 2009 e LSE 2008)

11 PERFIL DE INVESTIMENTOS

12 Há maior diversificação dos investimentos deste público TIPOS DE INVESTIMENTO QUE POSSUI (%) Caderneta de poupança Fundo de previdência/ FAPI ou PGBL ou VGBL NET Fundo de investimento (do tipo DI ou renda fixa/ações/imobiliários*/multimercado* (Fundo DI ou renda fixa) (Fundo de ações) * Ações CDBs * Letras Hipot., Letras de Créd. Agríc. ou Letras de Créd. Imob. * Investimento em Tesouro Direto *Incluídos em 2011 QUANTO APLICA EM FUNDOS (%) 12

13 Maioria continua com 2 a 4 fundos, mas houve aumento no valor total das aplicações feitas. QUANTOS FUNDOS (%) FAIXA DE APLICAÇÃO ATUAL (%) P109/P110 13

14 O acompanhamento érealizado basicamente através da consulta do saldo e da rentabilidade. COMO ACOMPANHA SEUS FUNDOS (%) (RM) Vê o saldo do seu fundo no extrato mensal/ na internet Vê a rentabilidade do seu fundo no extrato mensal/ na internet Compara rendimento por período com outros tipos de investimento Compara rendimento por período com outros índices da economia Conversa com gerente / consultor / corretor regularmente Compara rendimento por período com fundos de outras instituições Não sabe / Não opinou P73 14

15 Maior parte ainda permanece mais de 2 anos em um fundo e o avalia mensalmente. QUANTO TEMPO PERMANECE EM UM FUNDO (%) PERIODICIDADE COM QUE AVALIA O DESEMPENHO DOS FUNDOS (%) P68/P74 15

16 CONHECIMENTO E ATITUDES SOBRE INVESTIMENTO

17 Maior conhecimento de fundos de previdência, multimercados, privatização e imobiliários maior familiaridade com a indústria JÁ OUVIU FALAR DE... DI/"referenciado DI" Renda fixa/ "pré fixado" Ações/ "Ibovespa"/ "IBX" Cambiais Previdência/ "PGBL"/ "FAPI"/ "VGBL" Multimercados/ "mistos" Curto prazo Privatização/ FGTS Imobiliários Referenciados Direitos creditórios/ "FDIC s" ESPONTÂNEA ESTIMULADA P24/P26 17

18 Maior familiaridade também confirmada pelo melhor conhecimento dos valores mínimos de aplicação... QUANTIA MÍNIMA PARA APLICAR EM FUNDO NO BRASIL DE HOJE (ESPONTÂNEA) (%) (RU) P29 (RU) 18

19 ...pelas rentabilidades mínima e máxima dos fundos... RENTABILIDADE DOS FUNDOS PRATICADA NO PAÍS POR MÊS (ESPONTÂNEA) (%) Mínima Máxima P30/P

20 ... E pelo maior acerto no valor das taxas de administração. TAXA DE ADMINISTRAÇÃO DOS FUNDOS COBRADA NO PAÍS POR ANO (ESPONTÂNEA) (%) Mínima Máxima P32/P

21 Também há maior conhecimento acerca dos impostos que incidem sobre os fundos... IMPOSTOS QUE INCIDEM SOBRE FUNDOS (ESPONTÂNEA) % (RM) Somente em 2005 P36 21

22 ... porém, mesmo sabendo que são proprietários dos investimentos do fundo, não entendem que isso lhes garante o patrimônio em caso de falência da administradora. INFORMAÇÃO SOBRE FUNDOS (% DE VERDADEIRO ) Para os fundos que não são só de ações, o IR diminui quanto mais tempo o investidor permanece naquele fundo Para os fundos que não são só de ações, o IR varia conforme o prazo médio da carteira de aplicações do fundo Títulos, ações ou outros investimentos da carteira são patrimônio dos cotistas e não da administradora IR sobre fundos só de ações é menor que sobre demais fundos Se seguir regulamentação, administradora pode falir e cotistas não perderão nada P37/P38/P39/P40/P41 22

23 O gerente do banco continua sendo importante fonte de informação sobre fundos, porém sites de bancos e especializados em finanças ganham importância. COMO SE INFORMA SOBRE FUNDOS E OUTRAS APLICAÇÕES (ESPONTÂNEA %) (RM) Gerente do banco Jornais/ cadernos de finanças Revistas de economia/ finanças Programas de TV/ Rádio sobre finanças Sites de bancos e instituições financeiras Publicações/ correspondência Conversas com amigos/ parentes/ colegas Consultor financeiro autônomo Central de atend. aos invest. da instit. onde tem o investimento Não sabe P65 23

24 Analogamente, gerentes e consultores são importantes na decisão de aplicar em fundos, mas crescem menções a informações vindas de internet bankings. A decisão de aplicar em fundos foi baseada na... (%) (RU) Principais Menções Base Investidor em fundos: 2011 (604) P65ab/P66/P66a 24

25 Melhora a qualidade da orientação, e 30% aplicam sozinhos usando o internet banking. ATENDIMENTO QUE RECEBE DAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS QUANDO VAI APLICAR EM FUNDOS (%) Questionam sobre objetivos/ riscos e orientam Não busca orientação e aplica sozinho utilizando o internet banking Não estimulada em 2005 Indicam fundo que + rende sem questionar Informam só fundos disponíveis, sem explicação, cliente decide sem ajuda Indicam fundo de interesse da instituição sem questionar Nenhuma dessas Não sabe/ Não opinou P69 25

26 Uma novidade: fundos aparecem em 2011 como uma opção para usar na velhice, o que não acontecia em PRINCIPAL OBJETIVO DO INVESTIMENTO (%) (RU) Ter dinheiro guardado para emergências / por segurança Manter valor do dinheiro e ir usando conforme precisa Realizar um projeto / comprar algo Deixar para os filhos Usar na sua velhice / aposentadoria P67 26

27 Segurança, Rentabilidade e Liquidez continuam sendo as maiores vantagens para se investir em fundos. VANTAGEM DE APLICAR EM FUNDOS (%) (RU) Segurança Rentabilidade Liquidez Não estimulada em 2005 Comodidade Adequação ao perfil do investidor Relacionamento com banco Nenhuma/Não sabe/opinou *Incluído em 2011 P43 27

28 Taxa de administração ganha peso como principal desvantagem dos fundos, mas risco de perdas segue como a maior menção. Aumento a menções em taxa de administração como desvantagem parece relacionar se com maior desenvoltura com investimentos de uma forma geral e com ações especificamente. DESVANTAGEM DE APLICAR EM FUNDOS (%) Risco de Perdas Prejuízo se precisa do R$ Rentabilidade pequena Taxa de administração Quantia mínima muito alta Nenhuma/Não sabe/opinou P44 28

29 Fundos são melhores ou iguais que... Comparativo de imagem entre os investimentos Risco Rentabilidade Liquidez Tributação Comodidade Poupança Bolsa CDB Imóveis P45 a P

30 Quase 70% dos investidores receberam indicação para investimento em fundos de ação. Quem não investe é porque considera muito arriscado. RECEBEU INDICAÇÃO DE ALGUM GERENTE, CONSULTOR OU CORRETOR PARA INVESTIR EM... (%) (RU) FUNDO DE AÇÕES FUNDO MULTIMERCADO RECEBEU INDICAÇÃO DE FUNDO DE AÇÃO, MAS NÃO INVESTE NELE: POR QUE NÃO? (%) (RM) PRINCIPAIS MENÇÕES P70/73/72a 30

31 Cresce a confiança nas instituições que atuam no mercado de fundos e quase 70% avaliam como ótima/boa a atuação destas instituições. CONFIANÇA NAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS (%) ATUAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES DO MERCADO DE FUNDOS NO BRASIL (%) P75/P76 31

32 Também avaliam bem as instituições no que diz respeito ao atendimento, esclarecimento de dúvidas e oferta de novos produtos. ATUAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES DO MERCADO DE FUNDOS NO BRASIL COM RELAÇÃO... (%) Base Investidor em fundos: 2011 (604) P76a 32

33 Satisfação geral com os fundos de investimento se mantém alta. SATISFAÇÃO GERAL COM INVESTIMENTO EM FUNDOS (%) 67% 73% P42 33

34 Nota se que o investidor não está familiarizado com a regulação do mercado de fundos, mas tende a perceber melhoras efeito estabilidade do setor financeiro na crise de 2009? REGULAÇÃO DO MERCADO DE FUNDOS NO BRASIL (%) "Está melhor agora e já se notam os efeitos" Está melhor agora, mas os efeitos virão depois Está igual ao que sempre foi Está pior agora Não sabe/opinou P85 34

35 Banco Central e CVM são os órgãos reguladores do mercado na opinião dos investidores. Anbima com baixo reconhecimento frente aos outros órgãos. ÓRGÃOS QUE ATUAM NA REGULAMENTAÇÃO/FISCALIZAÇÃO DO MERCADO DE FUNDOS (%) (RM) (ESTIMULADA) *Incluído em 2011 Banco Central CVM Receita Federal Ministério da Fazenda * ANBIMA Nenhum desses / Outros Não sabe / Não opinou P86 35

36 Apesar do baixo reconhecimento da Anbima, entre os que conhecem existe valorização das iniciativas. JÁ OUVIU FALAR DA ANBIMA? (%) (RU) Para os 30% que ouviram falar da Anbima, foi perguntado o conhecimento sobre: O código de auto regulação para a indústria de fundos Site como investir Certificação de Gerentes CÓDIGO SITE CERTIFICAÇÃO BASE RESPONDENTES % % % Ouviu Falar Muito Importante Não Ouviu P87 36

37 Maior familiaridade com a indústria de investimentos leva a opiniões menos categóricas. Mercado de ações visto como menos arriscado e menos distante desse público que também se vê menos ponderado. CONCORDAM TOTALMENTE OU EM PARTE (%) (RU) Quem investe em fundos é alguém ponderado, que tem responsabilidade Quem investe na bolsa éalguém corajoso, que gosta de arriscar Os fundos que oferecem maior rentabilidade são também os de maior risco Atualmente os fundos ainda são a melhor opção de investimento É difícil entender bem como funcionam os fundos e tirar o melhor proveito deles A maior parte dos fundos serve mais p/ não perdermos dinheiro, do que p/ ganharmos O que importa éa confiança e o atendimento, porque a rentabilidade éigual no mercado todo A rentabilidade só é boa em fundos que exigem aplicação inicial muito alta, só p/ quem tem muito dinheiro P97 a P104 37

38 Não investidores 38

39 Quem são os NÃO investidores? Principalmente: Mulheres em idade economicamente ativa anos Pertencentes à classe C Com baixa escolaridade 50% até ensino fundamental Razão para não investir: A principal razão para não realizar nenhum tipo de investimento éo fato de não terem sobras no final do mês para guardar. 39

40 Percepção que os não investidores tem sobre os investimentos em fundos Para quase 50% os fundos de investimento são para quem tem muito dinheiro para guardar e eu tenho pouco ; Quase 60% dos entrevistados não tem conhecimento sobre o valor mínimo necessário para se investidor em fundos; Para este público as vantagens de se investir em fundos seriam: segurança e liquidez (mesma percepção dos investidores); E a principal desvantagem seria o risco de perdas 40

RADIOGRAFIA DO INVESTIDOR DE FUNDOS NO BRASIL. IBOPE Opinião

RADIOGRAFIA DO INVESTIDOR DE FUNDOS NO BRASIL. IBOPE Opinião RADIOGRAFIA DO INVESTIDOR DE FUNDOS NO BRASIL METODOLOGIA 1. Estimativa de Investidores Pessoas Físicas 1.000 entrevistas telefônicas com população brasileira de 18 anos ou mais das classes ABC. Margem

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Analistas indicam quais cuidados tomar no mercado financeiro em 2012 e quais investimentos oferecem menor probabilidade

Leia mais

Assunto Investimentos femininos

Assunto Investimentos femininos Assunto Investimentos femininos SOPHIA MIND A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado.

Leia mais

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar.

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. FUNDO REFERENCIADO DI Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. Para tal, investem no mínimo 80% em títulos públicos federais

Leia mais

Para quem tem até R$ 30 mil para investir, poupança se mantém mais rentável que fundos DI

Para quem tem até R$ 30 mil para investir, poupança se mantém mais rentável que fundos DI Para quem tem até R$ 30 mil para investir, poupança se mantém mais rentável que fundos DI Vinicius Neder Publicado: 6/05/12-22h42 RIO - Acabou a vida fácil para o pequeno investidor. O governo mudou a

Leia mais

E-book de Fundos de Investimento

E-book de Fundos de Investimento E-book de Fundos de Investimento O QUE SÃO FUNDOS DE INVESTIMENTO? Fundo de investimento é uma aplicação financeira que funciona como se fosse um condomínio, onde as pessoas somam recursos para investir

Leia mais

Aplicação de recursos

Aplicação de recursos Aplicação de recursos São 3 os pilares de qualquer investimento Segurança Liquidez Rentabilidade Volatilidade - mede o risco que um fundo ou um título apresenta - maior a volatilidade, maior o risco; Aplicação

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Tema Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Apresentação JOCELI DA SILVA SILVA Analista Administrativo/Gestão Pública Lotado na Assessoria de Coordenação 3ª CCR Especialização UNB Clube

Leia mais

INVESTIMENTOS CONSERVADORES

INVESTIMENTOS CONSERVADORES OS 4 INVESTIMENTOS CONSERVADORES QUE RENDEM MAIS QUE A POUPANÇA 2 Edição Olá, Investidor. Esse projeto foi criado por Bruno Lacerda e Rafael Cabral para te ajudar a alcançar mais rapidamente seus objetivos

Leia mais

Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos

Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos BRASIL Guia de Declaração IR 2014- Investimentos O dia 30/04/2014 é último dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2014 e com o objetivo de

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013 1 AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO Temas 2 Objetivo e metodologia Utilização dos serviços do plano de saúde e ocorrência de problemas Reclamação ou recurso contra o plano de

Leia mais

Guia de Declaração IR 2014. Investimentos. Março de 2014. Brasil

Guia de Declaração IR 2014. Investimentos. Março de 2014. Brasil Guia de Declaração IR 2014 Investimentos Março de 2014 Brasil Guia de Declaração IR 2014 - Investimentos O prazo de entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2014 tem início no dia 6 de março e o

Leia mais

Longo Prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento

Longo Prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento Longo Prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento Longo prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de

Leia mais

Guia Declaração Imposto de Renda 2013. Investimentos. Março de 2013. Brasil

Guia Declaração Imposto de Renda 2013. Investimentos. Março de 2013. Brasil Guia Declaração Imposto de Renda 2013 Investimentos Março de 2013 Brasil Guia de Declaração IR 2013 -Investimentos 2 O dia 30/04/2013 é último dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2013

Leia mais

Fundos de Investimento

Fundos de Investimento Gestão Financeira Prof. Marcelo Cruz Fundos de Investimento 3 Uma modalide de aplicação financeira Decisão de Investimento 1 Vídeo: CVM Um fundo de investimento é um condomínio que reúne recursos de um

Leia mais

Banco do Brasil - Cartilha de Fundos de Investimento Fundos de Investimento

Banco do Brasil - Cartilha de Fundos de Investimento Fundos de Investimento Fundos de Investimento O que é?...2 Tipos de Fundos...2 Fundos de curto prazo...2 Fundos renda fixa...2 Fundos referenciados DI...2 Fundos multimercado...3 Fundos de ações...3 Fundos da dívida externa...3

Leia mais

Riscos nas aplicações financeiras e os Fundos de Investimentos

Riscos nas aplicações financeiras e os Fundos de Investimentos Riscos nas aplicações financeiras e os Fundos de Investimentos A premissa básica em investimentos afirma que não há retorno sem risco. A busca por um ganho em rentabilidade é sempre acompanhada por uma

Leia mais

Decisão de Investimento: Risco. Retorno

Decisão de Investimento: Risco. Retorno Decisão de Investimento: Risco versus Retorno Um conceito simples Dinheiro Tempo = RETORNO 1 Rentabilidade absoluta versus Rentabilidade Relativa (benchmark) O que há de errado? Meu gestor é bom! Ganhou

Leia mais

Guia Declaração. Investimentos. Março de 2012. Brasil

Guia Declaração. Investimentos. Março de 2012. Brasil 1 Guia Declaração Imposto de Renda 2012 Investimentos Março de 2012 Brasil Guia de Declaração IR 2012 - Investimentos 2 O dia 30/04/2012 é ultimo dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda

Leia mais

FUTURO FINANCEIRO: VOCÊ PODE PLANEJAR O SEU. Lilian Massena Gallagher

FUTURO FINANCEIRO: VOCÊ PODE PLANEJAR O SEU. Lilian Massena Gallagher FUTURO FINANCEIRO: VOCÊ PODE PLANEJAR O SEU Lilian Massena Gallagher APRESENTAÇÃO Livros: Minutos de Riqueza, Planeje seu Futuro Financeiro, Como Aumentar seu Patrimônio, Exame de Certificação CPA-10 (teoria

Leia mais

Revista EXAME: As 10 armadilhas da Previdência Complementar

Revista EXAME: As 10 armadilhas da Previdência Complementar Revista EXAME: As 10 armadilhas da Previdência Complementar Os fundos de previdência privada, sejam fechados ou abertos, têm características próprias e vantagens tributárias em relação aos investimentos

Leia mais

Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde. Apresentação em Agosto de 2012

Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde. Apresentação em Agosto de 2012 1 Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde Apresentação em Agosto de 2012 Índice 2 Objetivo Metodologia Perfil do médico associado Avaliação das operadoras de planos de saúde

Leia mais

CLUBE DE INVESTIMENTO. Mais uma maneira de investir no mercado de ações

CLUBE DE INVESTIMENTO. Mais uma maneira de investir no mercado de ações CLUBE DE INVESTIMENTO Mais uma maneira de investir no mercado de ações Clube de Investimento Clube de Investimento É uma associação de pessoas físicas, mínimo de 3 e máximo de 150, com objetivo em comum

Leia mais

Metodologia para envio de Estatísticas de Private

Metodologia para envio de Estatísticas de Private Metodologia para envio de Estatísticas de Private Metodologia Definição A atividade de Private Banking exerce um importante papel na distribuição de valores mobiliários, especialmente fundos de investimento,

Leia mais

Planejamento Financeiro Pessoal

Planejamento Financeiro Pessoal Planejamento Financeiro Pessoal 1 Porque pensar no assunto? Você é uma pessoa livre? Tem certeza? De acordo com o dicionário, a palavra liberdade significa: Possibilidade que tem o indivíduo de exprimir-se

Leia mais

PERFIS DE INVESTIMENTOS

PERFIS DE INVESTIMENTOS PERFIS DE INVESTIMENTOS MARCÃO, RITA! - SENTEM AQUI! ESTE É O CARLOS, NOSSO NOVO COLEGA BEMVINDO! TUDO BEM? ESTOU FALANDO PRO CARLOS DA IMPORTÂNCIA DE UMA APOSENTADORIA PROGRAMADA. É CARLOS, VOCÊ ESTÁ

Leia mais

Transferência da administração de recursos e alocação de ativos para profissionais especializados;

Transferência da administração de recursos e alocação de ativos para profissionais especializados; Guia de Fundos de Investimento A CMA desenvolveu o Guia de Fundos de Investimento para você que quer se familiarizar com os princípios básicos do mercado financeiro, ou que tem interesse em aprofundar

Leia mais

FUNDOS DE INVESTIMENTO

FUNDOS DE INVESTIMENTO FUNDOS DE INVESTIMENTO O QUE É FUNDO DE INVESTIMENTO? O Fundo de Investimento é um mecanismo organizado e tem a finalidade de captar e investir recursos no mercado financeiro, transformando-se numa forma

Leia mais

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos USO DO CARTÃO DE CRÉDITO Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos Mais da metade dos brasileiros (53%) faz uso do cartão

Leia mais

$ $ ETF EXCHANGE TRADED FUND $ $

$ $ ETF EXCHANGE TRADED FUND $ $ ETF EXCHANGE TRADED FUND Investimento para quem busca a possibilidade de melhores retornos, através de uma carteira diversificada e com menor custo. Confira porque os fundos de índices são a nova opção

Leia mais

Private Banking. Segmento private cresce 9,5% e atinge R$ 577,2 bilhões. Destaque do Mês. Evolução das aplicações em Títulos Privados (R$ Bilhões)

Private Banking. Segmento private cresce 9,5% e atinge R$ 577,2 bilhões. Destaque do Mês. Evolução das aplicações em Títulos Privados (R$ Bilhões) Private Banking Ano IV Nº 5 Fevereiro/214 Segmento private cresce 9,5% e atinge R$ 577,2 bilhões Em 213, o patrimônio do segmento de Private Banking atingiu R$ 577,2 bilhões, volume 9,5% superior ao de

Leia mais

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças Escola

Leia mais

Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria

Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças

Leia mais

O SANTANDER QUER AJUDAR VOCÊ NA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2016.

O SANTANDER QUER AJUDAR VOCÊ NA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2016. Pág. 1 O SANTANDER QUER AJUDAR VOCÊ NA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 26. O prazo para entrega da Declaração Anual do Imposto de Renda 26 vai até o dia 29 de abril. E, para orientá-lo nesta tarefa, preparamos

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.4- Fundos de Investimentos 2ª parte:

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.4- Fundos de Investimentos 2ª parte: Conhecimentos Bancários Item 2.1.4- Fundos de Investimentos 2ª parte: Conhecimentos Bancários Item 2.1.4- Fundos de Investimentos: São condomínios, que reúnem aplicações de vários indivíduos para investimento

Leia mais

Finanças O Cristão e o Dinheiro

Finanças O Cristão e o Dinheiro ! " ### 2 4 8 8 # # Poupança Renda Fixa Risco e potencial de ganho/perda DI Previdência Imóveis CDB Fundos multimercados Ouro Fundos alavancados Fundos cambiais Fiex Derivativos (Ações) # 9 & 8 : :!, )

Leia mais

SONHOS AÇÕES. Planejando suas conquistas passo a passo

SONHOS AÇÕES. Planejando suas conquistas passo a passo SONHOS AÇÕES Planejando suas conquistas passo a passo Todo mundo tem um sonho, que pode ser uma viagem, a compra do primeiro imóvel, tranquilidade na aposentadoria ou garantir os estudos dos filhos, por

Leia mais

Com tendência de alta do juro, renda fixa volta a brilhar nas carteiras

Com tendência de alta do juro, renda fixa volta a brilhar nas carteiras Veículo: Estadão Data: 26.11.13 Com tendência de alta do juro, renda fixa volta a brilhar nas carteiras Veja qual produto é mais adequado ao seu bolso: até R$ 10 mil, de R$ 10 mil a R$ 100 mil e acima

Leia mais

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable Previdência Privada no Mercado Brasileiro Nobody s Unpredictable Objetivos e Características 2 Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado

Leia mais

Simulado CPA 10 Completo

Simulado CPA 10 Completo Simulado CPA 10 Completo Question 1. O SELIC é um sistema informatizado que cuida da liquidação e custódia de: ( ) Certificado de Depósito Bancário ( ) Contratos de derivativos ( ) Ações negociadas em

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS CAGEPREV - FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA Vigência: 01/01/2013 a 31/12/2017 1. OBJETIVOS A Politica de Investimentos tem como objetivo

Leia mais

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice Objetivo, metodologia e amostra... 03 Perfil dos Respondentes... 04 Principais constatações sobre os hábitos de consumo

Leia mais

guia prático volume I finanças

guia prático volume I finanças guia prático volume I finanças Manter-se bem informado para gerenciar seu consultório ou clínica da melhor maneira possível é fundamental para o sucesso. Dessa forma, além de obter um resultado final mais

Leia mais

Marcos Puglisi de Assumpção 10. PLANOS DE PREVIDÊNCIA

Marcos Puglisi de Assumpção 10. PLANOS DE PREVIDÊNCIA Marcos Puglisi de Assumpção 10. 2010 Uma das maiores preocupações de um indivíduo é como ele vai passar o final de sua vida quando a fase de acumulação de capital cessar. É preciso fazer, o quanto antes,

Leia mais

Aprenda a fazer uma pequena quantia de sua renda crescer

Aprenda a fazer uma pequena quantia de sua renda crescer Veículo: Diário do Comércio Data: 24/10/15 Aprenda a fazer uma pequena quantia de sua renda crescer Para obter um retorno próximo (ou superior) aos 14,25% da Selic, o investidor deve descobrir o prazo

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 PASSOS PARA INVESTIR EM AÇÕES SEM SER UM ESPECIALISTA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados,

Leia mais

AS EMPRESAS SEGURADORAS E RESSEGURADORAS COMO INVESTIDORAS DO MERCADO DE CAPITAIS

AS EMPRESAS SEGURADORAS E RESSEGURADORAS COMO INVESTIDORAS DO MERCADO DE CAPITAIS AS EMPRESAS SEGURADORAS E RESSEGURADORAS COMO INVESTIDORAS DO MERCADO DE CAPITAIS HSM EXPO MANAGEMENT 2014 4 de novembro de 2014 Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação CNseg Agenda Representação

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter

Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter Valia Fix, Valia Mix 20, Valia Mix 35 e Valia Ativo Mix 40 Quatro perfis de investimento. Um futuro cheio de escolhas. Para que seu plano de

Leia mais

Poupança, CDB ou Tesouro Direto? Veja vantagens de cada investimento

Poupança, CDB ou Tesouro Direto? Veja vantagens de cada investimento Poupança, CDB ou Tesouro Direto? Veja vantagens de cada investimento A poupança é mais popular, mas rendimento perde da inflação. Saiba como funciona cada uma dos três formas de guardar seu dinheiro. Karina

Leia mais

DESTAQUES DO DIA. Sua opção de Renda Fixa na Bolsa. Belo Horizonte, 05 de Janeiro de 2011 INFLAÇÃO

DESTAQUES DO DIA. Sua opção de Renda Fixa na Bolsa. Belo Horizonte, 05 de Janeiro de 2011 INFLAÇÃO Belo Horizonte, 05 de Janeiro de 2011 DESTAQUES DO DIA INFLAÇÃO A inflação de janeiro, medida pelo IPC- Fipe fechou com alta de 0,54%, acumulando 6,4% em 2010. Outros índices de inflação, o IGP- DI e o

Leia mais

Metodologia para envio de Estatísticas de Private

Metodologia para envio de Estatísticas de Private Metodologia para envio de Estatísticas de Private Metodologia Definição A atividade de Private Banking exerce um importante papel na distribuição de valores mobiliários, especialmente fundos de investimento,

Leia mais

Curso Preparatório CPA20

Curso Preparatório CPA20 Página 1 de 8 Você acessou como Flávio Pereira Lemos - (Sair) Curso Preparatório CPA20 Início Ambiente ) CPA20_130111_1_1 ) Questionários ) Passo 2: Simulado Módulo IV ) Revisão da tentativa 3 Iniciado

Leia mais

Veja na tabela a seguir as performances de cada aplicação em setembro e no acumulado do ano. Desempenho em setembro. Ibovespa 4,84% -17,96% 30/09/2013

Veja na tabela a seguir as performances de cada aplicação em setembro e no acumulado do ano. Desempenho em setembro. Ibovespa 4,84% -17,96% 30/09/2013 Veículo: Exame.com Os melhores e os piores investimentos de setembro Ibovespa fecha o mês com a maior alta, seguido pelos fundos de ações small caps; na renda fixa, a LTN, título do Tesouro prefixado,

Leia mais

APRENDA A INVESTIR O SEU DINHEIRO

APRENDA A INVESTIR O SEU DINHEIRO APRENDA A INVESTIR O SEU DINHEIRO Programa 2013 OBJETIVOS: O mercado financeiro sofreu grandes modificações nos últimos anos e temos a necessidade de conhecer profundamente os produtos financeiros para

Leia mais

Perfis de Investimento

Perfis de Investimento Perfis de Investimento Manual Perfis de Investimento Manual Perfis de Investimento Índice Objetivo... 3 Introdução... 3 Falando sobre sua escolha e seu plano... 3 Perfis de Investimento... 5 Principais

Leia mais

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: 02.269.

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: 02.269. Lâmina de Informações Essenciais do Informações referentes à Dezembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o TÍTULO FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO - LONGO PRAZO (Título

Leia mais

A seguir demonstraremos os passos a serem seguidos para uma seleção adequada e que atenda as expectativas dos investidores:

A seguir demonstraremos os passos a serem seguidos para uma seleção adequada e que atenda as expectativas dos investidores: Como escolher um Fundo de Investimento (Suitability) Tão importante quanto conhecer os Fundos de Investimento oferecidos é conhecer o seu perfil de investimento. Feito isso, você poderá selecionar corretamente

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

O que as mulheres querem saber sobre finanças pessoais

O que as mulheres querem saber sobre finanças pessoais O que as mulheres querem saber sobre finanças pessoais Humberto Veiga O que as mulheres querem saber sobre finanças pessoais 5 Copyright by Humberto Veiga - 2007 Programação Visual Janaína Alves Arte da

Leia mais

Manual de perguntas e respostas Previdência Privada Zurich Seven IT

Manual de perguntas e respostas Previdência Privada Zurich Seven IT Manual de perguntas e respostas Previdência Privada Zurich Seven IT 1º. Quais são os fundos de investimentos na Previdência Privada Zurich? Você pode escolher Renda Fixa para investidores mais conservadores

Leia mais

Dúvida do internauta: Investir até 250 mil reais em CDBs de bancos médios, como o Sofisa ou o Ficsa, é seguro? Resposta de Fabiano Pessanha*:

Dúvida do internauta: Investir até 250 mil reais em CDBs de bancos médios, como o Sofisa ou o Ficsa, é seguro? Resposta de Fabiano Pessanha*: Dúvida do internauta: Investir até 250 mil reais em CDBs de bancos médios, como o Sofisa ou o Ficsa, é seguro? Link: http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/investir-ate-250-mil-reais-em-cdb-de-banco-medio-e-seguro

Leia mais

Universidade Federal de Campina Grande Curso de Ciência da Computação Ciclo de Seminários Não Técnicos Aprenda a organizar suas finanças pessoais

Universidade Federal de Campina Grande Curso de Ciência da Computação Ciclo de Seminários Não Técnicos Aprenda a organizar suas finanças pessoais Universidade Federal de Campina Grande Curso de Ciência da Computação Ciclo de Seminários Não Técnicos Aprenda a organizar suas finanças pessoais Por Maria Isabel (isabel@dsc.ufcg.edu.br) 1 Sumário Objetivo

Leia mais

Educação Financeira. Introdução. Riqueza. Ativos x Passivos. Ativos. Regra Número 1 26/4/2007

Educação Financeira. Introdução. Riqueza. Ativos x Passivos. Ativos. Regra Número 1 26/4/2007 Introdução Educação Financeira Trabalhe para aprender - Não trabalhe pelo dinheiro Roberto Pina Jr. Verônica Wildberger Lisbôa Vinícius Botelho de Oliveira Qual a melhor definição de riqueza? O que você

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS CAGEPREV - FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PLANO DE BENEFÍCIO DE CONTRIBUIÇÃO VARIÁVEL Vigência: 01/01/2013 a 31/12/2017 1. OBJETIVOS A Política de Investimentos tem

Leia mais

Perfis de Investimento. GEBSA Prev

Perfis de Investimento. GEBSA Prev Perfis de Investimento GEBSA Prev 2 GEBSA-PREV INTRODUÇÃO Esta cartilha reúne as principais informações relacionadas aos Perfis de Investimento da GEBSA PREV e vai lhe ajudar a identificar alguns aspectos

Leia mais

Cotas de Fundos de Investimento Imobiliário - FII

Cotas de Fundos de Investimento Imobiliário - FII Renda Variável Cotas de Fundos de Investimento Imobiliário - FII Fundo de Investimento Imobiliário Aplicação no mercado imobiliário sem investir diretamente em imóveis O produto O Fundo de Investimento

Leia mais

Fundos de Investimento

Fundos de Investimento Fundos de Investimento Difusão de Fundos de Investimento BB DTVM e FGV 17/05/2013 Programa. A ANBIMA. O que são Fundos de Investimento. Como se constituem. Governança. Operação. A indústria Brasileira

Leia mais

R isk O ffice PGBL E VGBL RANKING DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO

R isk O ffice PGBL E VGBL RANKING DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO PGBL E VGBL RANKING DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO ELABORADO PELO RISK OFFICE EM JULHO DE 2005 Este relatório apresenta os resultados do trabalho realizado pelo Risk Office ("Relatório Risk Office"), em consonância

Leia mais

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro Seguros de Vida no Mercado Brasileiro São Paulo, /06/0 Job -034743 Nobody s Unpredictable Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado a

Leia mais

Proposta da CVM pode reduzir acesso a investimentos isentos de IR; mercado questiona

Proposta da CVM pode reduzir acesso a investimentos isentos de IR; mercado questiona Página 1 de 5 Proposta da CVM pode reduzir acesso a investimentos isentos de IR; mercado questiona Associações pedem à CVM que seja menos rigorosa em norma que deve aumentar limite para que investidores

Leia mais

FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES E FUNDOS MULTIMERCADO

FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES E FUNDOS MULTIMERCADO I Curso de Férias do Grupo de Estudos de Direito Empresarial - Direito UFMG EM AÇÕES E FUNDOS MULTIMERCADO Fernanda Valle Versiani Mestranda em Direito Empresarial pela Universidade Federal de Minas Gerais,

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Maio de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear atitudes e comportamentos das pessoas que não possuem conta corrente em banco com relação

Leia mais

Como funcionam os fundos de investimentos

Como funcionam os fundos de investimentos Como funcionam os fundos de investimentos Fundos de Investimentos: são como condomínios, que reúnem recursos financeiros de um grupo de investidores, chamados de cotistas, e realizam operações no mercado

Leia mais

[CONFIDENCIAL] Tesouro Direto. Títulos Públicos

[CONFIDENCIAL] Tesouro Direto. Títulos Públicos 1 Tesouro Direto Títulos Públicos Títulos Públicos Os títulos públicos possuem a finalidade primordial de captar recursos para o financiamento da dívida pública. Comprando títulos públicos, você emprestará

Leia mais

Versão atualizada em março de 2011

Versão atualizada em março de 2011 Versão atualizada em março de 2011 Apresentação Ativo, rentabilidade, renda fixa, perfil de investimento... Se você tem o hábito de se informar sobre como anda o dinheiro investido no seu plano previdenciário,

Leia mais

HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS. Fevereiro de 2016

HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS. Fevereiro de 2016 HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS Fevereiro de 2016 OBJETIVOS DO ESTUDO Compreender o grau de conhecimento e a habilidade dos brasileiros em lidar com o dinheiro e suas finanças. METODOLOGIA Público

Leia mais

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007 População brasileira Música - Internet Propaganda Outubro/ 00 Objetivo Este estudo têm como objetivo identificar entre a população brasileira os seguintes aspectos: Música estilo musical mais ouvido; Internet

Leia mais

Fundos de Investimento

Fundos de Investimento Fundo de Investimento é uma comunhão de recursos, constituída sob a forma de condomínio que reúne recursos de vários investidores para aplicar em uma carteira diversificada de ativos financeiros. Ao aplicarem

Leia mais

Art. 2º Fica alterado o art. 1º da Resolução 3.042, de 28 de novembro de 2002, que passa a vigorar com a seguinte redação:

Art. 2º Fica alterado o art. 1º da Resolução 3.042, de 28 de novembro de 2002, que passa a vigorar com a seguinte redação: RESOLUCAO 3.308 --------------- Altera as normas que disciplinam a aplicação dos recursos das reservas, das provisões e dos fundos das sociedades seguradoras, das sociedades de capitalização e das entidades

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.5- LCI Letra de Crédito Imobiliário

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.5- LCI Letra de Crédito Imobiliário Conhecimentos Bancários Item 2.1.5- LCI Letra de Crédito Imobiliário Conhecimentos Bancários Item 2.1.5- LCI Letra de Crédito Imobiliário Letra de Crédito Imobiliário (LCI) é um título de renda fixa emitido

Leia mais

Resultados 2005. Leitura e escrita

Resultados 2005. Leitura e escrita Resultados 2005 Leitura e escrita A evolução do conceito Analfabetismo absoluto X analfabetismo funcional. Alfabetismo capacidade de utilizar a linguagem escrita para diversos fins, para o próprio desenvolvimento

Leia mais

A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil. Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID

A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil. Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID A ANBID A ANBID Associação Nacional dos Bancos de Investimentos Criada em 1967, é a maior representante das

Leia mais

MERCADO DE AÇÕES MULHERES

MERCADO DE AÇÕES MULHERES MULHERES NA BOLSA 32 REVISTA RI Março 2011 Está ficando para trás o tempo em que a Bolsa de Valores era um reduto identificado com o gênero masculino. Hoje esse espaço também já é ocupado pelas mulheres

Leia mais

REALIZAÇÃO: PARCERIA:

REALIZAÇÃO: PARCERIA: REALIZAÇÃO: PARCERIA: Com esta palestra, você descobrirá como a educação financeira pode ajudar você na melhoria de sua qualidade de vida e dicas sobre planejamento financeiro e previdência privada. Somos

Leia mais

NOSSA HISTÓRIA UM INVESTIMENTOS S/A

NOSSA HISTÓRIA UM INVESTIMENTOS S/A NOSSA HISTÓRIA A UM INVESTIMENTOS S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários é uma instituição financeira independente e atua no mercado financeiro há 40 anos. Em 2008 iniciou um processo de reestruturação,

Leia mais

Política de Suitability

Política de Suitability Política de Suitability Outubro 2015 1. OBJETIVO O objetivo da Política de Suitability ( Política ) é estabelecer procedimentos formais que possibilitem verificar a adequação do investimento realizado

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil 2ª Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Julho de 2015 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação

Leia mais

Curso Preparatório CPA20

Curso Preparatório CPA20 Página 1 de 9 Você acessou como Flávio Pereira Lemos - (Sair) Curso Preparatório CPA20 Início Ambiente ) CPA20_130111_1_1 ) Questionários ) Passo 2: Simulado Módulo II ) Revisão da tentativa 1 Iniciado

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Previdência 20 Maioria dos brasileiros apoia mudanças na previdência Sete em cada dez brasileiros reconhecem que o sistema previdenciário brasileiro apresenta

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário - FII

Fundo de Investimento Imobiliário - FII Renda Variável Fundo de Investimento Imobiliário - FII Fundo de Investimento Imobiliário O produto O Fundo de Investimento Imobiliário (FII) é uma comunhão de recursos destinados à aplicação em ativos

Leia mais

CENÁRIO BRASILEIRO DO MARKETING RELACIONADO A CAUSAS Atitudes e comportamento do consumidor

CENÁRIO BRASILEIRO DO MARKETING RELACIONADO A CAUSAS Atitudes e comportamento do consumidor CENÁRIO BRASILEIRO DO MARKETING RELACIONADO A CAUSAS Atitudes e comportamento do consumidor 2º Seminário Internacional de Marketing Relacionado a Causas 27 de setembro de 2005 1 O que pensa consumidor

Leia mais

Entenda a tributação dos fundos de previdência privada O Pequeno Investidor 04/11/2013

Entenda a tributação dos fundos de previdência privada O Pequeno Investidor 04/11/2013 Entenda a tributação dos fundos de previdência privada O Pequeno Investidor 04/11/2013 Antes de decidir aplicar seu dinheiro em fundos de previdência privada, é preciso entender que é uma aplicação que

Leia mais

TRADER BRASIL ESCOLA DE INVESTIDORES LUGAR DE TRADER É AQUI

TRADER BRASIL ESCOLA DE INVESTIDORES LUGAR DE TRADER É AQUI TRADER BRASIL O Clube de Investimentos Ficus Brasil foi concebido com esse nome devido ao fato da ser uma árvore frutífera, de crescimento enérgico e presente em todos os continentes, devido a sua longa

Leia mais

Perguntas realizadas na apresentação do Fundo Garantidor de Crédito

Perguntas realizadas na apresentação do Fundo Garantidor de Crédito Perguntas realizadas na apresentação do Fundo Garantidor de Crédito - O que significa DPEG? - O que é DPGE 1 e 2? Quais suas finalidades? Qual a diferença para o FGC? DPGEs são títulos de renda fixa representativos

Leia mais

Política Anual de Investimentos. Período : 01/2010 a 12/2010

Política Anual de Investimentos. Período : 01/2010 a 12/2010 Regime Próprio de Previdência Social de Varginha(MG) Política Anual de Investimentos Período : 01/2010 a 12/2010 Política de Investimentos do RPPS do Município de Varginha(MG), aprovada em30/12/2009. 1.

Leia mais

POLITICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO 2.011 SUMÁRIO

POLITICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO 2.011 SUMÁRIO SERVIÇO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL Rua Monsenhor Soares nº. 65 Centro Itapetininga SP Fones (015)3271-0728 e 3271-7389(telefax) E-mail: seprem@uol.com.br POLITICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO 2.011 SUMÁRIO

Leia mais