Configurar Ingressos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Configurar Ingressos"

Transcrição

1 1 Configurar Ingressos Para configurar ingressos no HTTicket o primeiro passo é o cadastramento dos nomes dos ingressos que poderão ser utilizados no sistema. A Lista tem como principal objetivo padronizar a nomenclatura dos ingressos, evitando erros de digitação. Acessar no menu do sistema: Arquivos Cadastros e Tabelas Listas Lista de Tipo de Ingresso Em cada linha deverá ser informado um tipo de ingresso (nome do ingresso) Os tipos de ingresso mais comuns são: INTEIRA MEIA CORTESIA IDOSO Não há limite para a quantidade para os nomes dos tipos de ingresso. Tipos de ingresso de sessões anteriores que não são mais utilizados podem ser removidos da lista sem que haja perda de qualquer informação anteriormente cadastrada. Existem diversas configurações para os ingressos. Serão apresentadas as mais significativas e comumente utilizadas, porem, existem ainda outras configurações para particularização do sistema. Abaixo os principais conceitos do HTTicket em relação à ingressos: 1) Todo ingresso possui um nome (Tipo de ingresso) 2) Sessões podem possuir diversos tipos de ingresso 3) Para cada tipo de ingresso em uma sessão deve haver um valor associado (e apenas um) 4) O valor de um ingresso pode ser zero (cortesias, entrada franca, etc) 5) No caso de marcação de lugar, um ingresso pode ou não ser aceito para um assento, de acordo com a definição (construção) do mapa de assentos. 6) Usuários ou caixas podem ser configurados para venda ou não de tipos ingressos 7) Canais de venda ( Desktop, WEB, etc ) podem ser configuradas para venda ou não de tipos de ingresso 8) Limites para tipos de ingresso podem ser configurados de diferentes formas, de forma independente, sem sobreposição, isto é, cada configuração é utilizada para validação. Qualquer excesso de limite causará bloqueio na venda. 9) Após a venda de um tipo de ingresso, o valor deste tipo de ingresso não pode ser alterado ou excluído para evitar perda de informação. 10) Novos tipos de ingresso pode ser acrescidos à sessão a qualquer momento.

2 2 Cadastrar ingressos para as sessões A criação ou alteração de sessõs do HTTicket (programação) é fetia acessando-se o menu principal, em MANUTENÇÕES ESPECIAIS ALTERAR SESSÕES. Data Inicial, Data Final, Dias, Filme (espetáculo) e sala apresentados na parte superior da tela, são filtros para consulta das sesões, com intuito de localizar as sessões já cadastradas. Após alterar um ou mais deste itens tecle em CONSULTA e serão apresentadas as sessões localizadas. O botão MANUTENÇÂO deve ser utilizado para Incluir, alterar ou excluir uma sessão. Mais detalhes sobre a operação de manutenção pode ser ser visto no documento Iniciando o HTTicket. Para cada sessão selecionada (já cadastrada) podem ser incluídos diversos tipos de ingresso. Ao incluir uma nova sessão, os ingressos da sessão previamente selecionados são incluídos na nova sessão, exceto se for utilizada a Política de preço de ingressos. Após teclar em INCLUIR, na grade de ingressos selecione o tipo de ingresso (de acordo com os tipos cadastrados na lista de ingressos), informe o valor do ingresso e a quantidade vendida (sempre informe 0. É permitido alterar esta quantidade para casos excepcionais, por exemplo, vendas que não foram feitas pelo sistema)

3 3 Para cada novo ingresso que se deseja incluir, basta repetir a operação. Pode-se copiar ingressos de uma sessão para outra. Para isto localize a sesão e tecle em COPIAR INGRESSOS. Em seguida localize a sessão que deve receber estes tipos de ingresso, com seus valores e tecle em COLAR INGRESSOS. Após efetuar as manutenções nas sessões deve-se reiniciar o sistema para que as novas configurações dos ingressos tornem-se ativas. Configurações avançadas para a sessão As configurações a seguir dependem da versão do sistema e da liberação ou não destas funcionalidades. Para mais informações entre em contato com O quadro abaixo exibe informações adicionais para os tipos de ingresso, válidas para cada sessão. São: Inicio Validade: Informa ao sistema quando pode ser iniciada a venda do tipo de ingresso. Não será permitida venda deste tipo antes da data/hora definida. É permitida alteração qualquer momento. Fim Validade: Informa ao sistema quando deve ser encerrada a venda do tipo de ingresso. Não será permitida venda deste tipo após da data/hora definida. É permitida alteração qualquer momento. Qtd. Maxima: Define para a sessão o máximo de ingressos do tipo podem ser vendidos. É permitida alteração qualquer momento. Qtd. Reserva: Reserva para a sessão a quantidade de ingressos para estetipo esclusivamente, isto é, a quantiade reservada para o tipo de ingresso é retirada do total de ingressos (capacidade) da sessão, ficando a venda reservada para este tipo de ingresso. Cada ingresso do tipo vendido é reduzido da reserva e acrescido na quantidade de ingressos vendidos, não alterando o total da sessão. Para liberar as reservas ainda existentes tecle no botão LIBERAR RESERVA.

4 4 Após cadastrados os tipos e criadas as sessões, com os valores atribuídos aos tipos de ingresso (MANUTENÇÕES ESPECIAIS ALTERAR SESSÕES), configurações adicionais para os ingresso podem ser efetuadas acessando o menu principal do sistema: Arquivos Configurações Ingressos Definir Ordem dos Ingressos Esta funcionalidade permite definir a forma ou ordem que aparecerão na tela de venda. As opções a escolher são: Por Nome: Os ingressos serão classificados por nome do tipo de ingresso. A Sequencia será ignorada neste caso Por Valor: Os ingressos serão classificados pelo valor do ingresso, do menor para o maior. A Sequencia será ignorada neste caso Ordem Pre-Definida: Os ingressos serão classificados de acordo com o atributo Sequencia O limite de sequencia é 99. A sequencia é relativa aos ingressos encontrados. O número de sequencia de um ingresso pode ser igual à outro número de sequencia. Porem, o que tiver menor nome (classificação alfabética) será apresentado primeiro na tela. Posição Fixa: Os ingressos serão classificados de acordo sua posição na tabela de ordem de ingressos, sempre ocupando o mesmo local. A posição é fixa. Caso um tipo de ingresso, por exemplo, esteja na quarta posição e não exista para a sessão, haverá uma lacuna no local na tela de vendas.

5 5 Ao teclar em TIPOS DE INGRESSO será apresentado um menu para selecionar: Todos os tipos disponíveis: Todos os tipos de ingresso da lista de ingresso que não estiverem cadastrados na tabela de ingressos serão adicionados no final da tabela. Digitar novo tipo de ingresso: Poderá ser digitado um tipo de ingresso que será adicionados no final da tabela. Na tela de compra ao selecionar uma sessão, os primeiros 8 ingressos estarão automaticamente associados às teclas de atalho F1 à F8, sendo que à cada toque nestas teclas de atalho adiciona um ingresso à lista de compras. Teclando em CTRL + F1 à F8, será reduzido um ingresso. No exemplo da tela acima, o ingresso Inteira corresponderá à F1, Meia à F2, e assim por diante. Veja o documento Teclas de Atalho.pdf para mais informações O atributo COR indica com que cor o nome do ingresso será apresentado na tela de venda. Caso não esteja definido, a cor padrão para o ingresso AZUL. Caso haja marcação de lugar, após a venda do lugar, o local ficará com a cor definida para o tipo de ingresso. CONVÊNIO Marcando o ingresso como CONVÊNIO, indica que à cada ingresso vendido para este tipo de ingresso, será solicitado um número de documento. Este documento após digitado fica armazenado no sistema, com as seguintes informações: Número do convênio Data da última utilização Hora da última utilização Quantidade de Utilizações OBS: Apenas 1 registro de cada número de convênio digitado fica armazenado.

6 6 Limitado (1 por dia por cliente): Ao marcar esta opção para o tipo de ingresso, ao efetuar uma compra e após digitar o número do convênio, é verificado se aquele convênio já foi utilizado no dia. Em caso afirmativo, será apresentada mensagem de alerta, informando que a compra não pode ser efetuada. Cliente deve ser Pre-Cadastrado Ao marcar esta opção para o tipo de ingresso, ao efetuar uma compra e após digitar o número do é verificado se aquele convênio está cadastrado no sistema. ( Arquivos Configurações Ingressos Cadastro de convênio ) Caso não haja pre-cadastramento a compra não pode ser efetuada. Tamanho mínimo e máximo: Indica qual o tamanho (em quantidade de caracteres) que o convênio deve possuir. Digitar apenas Números: Será aceito para código do convênio apenas números. Validação do Ingresso por Script: Em casos especiais, caso a Hypertech disponibilize, poderá haver validação ou outro processo de verificação e/ou armazenamento de informações para o tipo de ingresso. Esta funcionalidade depende de desenvolvimento específico, e, pode ser, por exemplo, validar o tipo de ingresso em um banco de dados de outro sistema. Cada caso deve ser avaliado. É um ingresso tipo RESERVA (opção válida apenas para marcação de lugar) Ao selecionar esta opção, o tipo de ingresso passa a ser um tipo de ingresso que apenas efetua reserva do lugar (seleciona o lugar com cor diferenciada e informação que é uma reserva). A reserva (com marcação) permitirá que o lugar ao ser selecionado fique com a cor definida para o tipo de ingresso, permitindo, por exemplo, que alguns lugares sejam efetuados vendas diferenciadas pelo operador do sistema. A Reserva não reduz ingressos da capacidade da sala, apenas marca o lugar com o tipo de ingresso que foi reservado. Ao selecionar um lugar com tipo de ingresso que for RESERVA, o local será bloqueado para venda na interface WEB.

7 7 Limitar Quantidade de Ingressos Esta configuração pode ser acessada em: Arquivos Configurações Ingressos Limitar Quantidade de Ingressos Esta funcionalidade permite que seja definido para uma sala/período a quantidade máxima para um tipo de ingresso. Ao atingir esta quantidade, não poderão ser mais vendidos ingressos para a sessão que estiver neste período para esta sala. Os tipos de ingresso podem ser agrupados em uma mesma condição, sendo separados por ; (ponto e vírgula) Para selecionar mais de um tipo para uma mesma condição, selecione no Combo da coluna Tipo Ingresso um tipo. Depois tecle novamente no combo e selecione outro tipo, e assim por diante. Quando mais de um tipo está selecionado indica que a quantidade (QTD) será verificada pela soma dos tipos de ingresso. Um mesmo tipo de ingresso não deve estar em mais de uma condição. Alternativamente a agrupar todos os tipos de ingresso em uma linha, é possível que a linha possua uma expressão (apenas uma) contendo o caracter CORINGA * Na terceira linha do exemplo acima existem os tipos de ingresso: [TODAS] MEIA;MEIA MAT; MEIA PROM 20 Esta linha poderia ser definida conforme abaixo caso a necessidade fosse agrupar todos os tipos de entrada que possuíssem a palavra MEIA [TODAS] *MEIA* 20 A opção [TODAS] indica que a verificação será feita para todas as salas. A verificação é efetuada sempre para cada sessão A Opção [GLOBAL] NÃO deve ser utilizada pois ainda está em desenvolvimento. A definição padrão para esta opção é BLOQUEIO da venda. A tela de aviso é enviada e a venda não pode prosseguir. O sistema pode ser configurado para a opção ALERTA. Nesta modalidade o sistema solicita do operador a confirmação ou não da venda, isto é, se a mesmo após atingir o LIMITE a venda poderá ser concluída ou não.

GUIA RÁPIDO. MDIForms. Sintel Informática Ltda. Rua Vergueiro, nº º andar Vila Mariana, São Paulo - SP CEP:

GUIA RÁPIDO. MDIForms. Sintel Informática Ltda. Rua Vergueiro, nº º andar Vila Mariana, São Paulo - SP CEP: GUIA RÁPIDO MDIForms Sintel Informática Ltda. Rua Vergueiro, nº 2016-4º andar Vila Mariana, São Paulo - SP CEP: 04102-000 www.sintel.com.br Índice 1. Objetivo...3 2. Exibição dos dados...3 2.1. Seleção

Leia mais

Movimento do Caixa

Movimento do Caixa Movimento do Caixa http://www.controlenanet.com.br Este manual é parte integrante do Software On-line Movimento do Caixa Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br

Leia mais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos C A R T I L H A - Recursos Humanos Cargos Elaborada por: DIRPD Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Maio/2009 Apresentação Esta cartilha foi elaborada para auxiliar os

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos Humanos

Sistema de Gestão de Recursos Humanos Sistema de Gestão de Recursos Humanos Manual de Procedimentos I Módulo de Usuários Revisão: 07 Versão: 7.9.109 JM Soft Informática Março, 2015 Sumário MÓDULO DE USUÁRIOS... 4 1 MENU CADASTROS... 4 1.1

Leia mais

OFIC1400 Requisição de Peças para Serviços. OFIC Requisição de Peças para Serviços 1 / 10

OFIC1400 Requisição de Peças para Serviços. OFIC Requisição de Peças para Serviços 1 / 10 OFIC1400 Requisição de Peças para Serviços 1 / 10 Este programa permite requisitar peças para uma determinada O.S. Como critério de filtro estarão disponíveis a seguintes opções Requisição, Estorno e Consulta

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo SIGA Versão 3.6A Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário Erro!

Leia mais

O usuário pode restringir dados a um determinado tipo, como números inteiros, números decimais ou texto, e definir limites para as entradas válidas.

O usuário pode restringir dados a um determinado tipo, como números inteiros, números decimais ou texto, e definir limites para as entradas válidas. , %&!', A Validação de Dados permite que você determine condições para restringir os dados a serem digitados numa ou mais células. Dessa forma, tornando sempre válidas as informações numa planilha. O usuário

Leia mais

Emissão de Recibos. Copyright ControleNaNet

Emissão de Recibos. Copyright ControleNaNet Este manual é parte integrante do Software On-line Recibos Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br Todos os direitos reservados. Copyright 2016 - ControleNaNet Conteúdo

Leia mais

Carnê de Pagamento. Copyright ControleNaNet

Carnê de Pagamento. Copyright ControleNaNet Este manual é parte integrante do Software On-line Carnê de Pagamento Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br Todos os direitos reservados. Copyright 2015-2017 ControleNaNet

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão do Manual: 2.4 Versão do Aplicativo: 2.17.2 Conteúdo 1. Instalação do AFV...03 2. Configurações...04 3. Recebendo as tabelas...05

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E107A9 Jéssica Pinheiro 20/01/2016 2/24 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Envio de cópia de e-mail.... 3 2. Bloqueio de emissão de cupom fiscal com

Leia mais

SAÚDE CONNECT FATURAMENTO ODONTOLOGIA

SAÚDE CONNECT FATURAMENTO ODONTOLOGIA SAÚDE CONNECT 3.010 FATURAMENTO ODONTOLOGIA FATURAMENTO ODONTOLOGIA... 3 1. DIGITAR GUIAS... 3 1.1 GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO... 4 1.2 CONSULTAR OU ALTERAR GUIA... 5 2. LOTE DE GUIAS... 7 2.1 ENVIAR

Leia mais

Busca XML - Cliente. *Observação* Se o certificado do cliente não for armazenado nessa tela a pesquisa da NFE para a empresa não será realizada.

Busca XML - Cliente. *Observação* Se o certificado do cliente não for armazenado nessa tela a pesquisa da NFE para a empresa não será realizada. BUSCA XML - CLIENTE Busca XML - Cliente Download Automático de NFE Para que o Download da Nfe seja automático é necessário efetuar as configurações abaixo: Acesse o Menu Preferências, clique sobre a Aba

Leia mais

Inventário Rotativo (Coletor de Dados)

Inventário Rotativo (Coletor de Dados) Inventário Rotativo (Coletor de Dados) Inventario Rotativo com coletor Conceito O conceito do inventário rotativo no WinThor, é atualizar as quantidades do estoque no sistema por filiais (estoque lógico)

Leia mais

COMO CRIAR PEDIDOS A PARTIR DA CESTA DE PRODUTOS

COMO CRIAR PEDIDOS A PARTIR DA CESTA DE PRODUTOS Esse guia considera que o catálogo já esteja atualizado, caso haja dúvidas de como atualizar o catálogo favor consultar o Guia de Atualização do Catálogo. Abra o programa e clique no botão Clique aqui

Leia mais

MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA 1º GRAU

MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA 1º GRAU MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA 1º GRAU PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA ATRIBUIÇÕES DO OFICIAL DE JUSTIÇA OFICIAL DE JUSTIÇA Sumário 1 Acesso ao Sistema...4 1.1 Configurações do Sistema...5

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Guia de Referência

Leia mais

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS Origem: ProUrbano Data de Criação: 22/03/2010 Ultima alteração: Versão: 1.3 Tipo de documento: PRO-V1. 0 Autor: Adriano

Leia mais

Guia do Administrador Gestor Web TIM

Guia do Administrador Gestor Web TIM Gestor Web TIM Página 1 de 44 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 3 2 FUNCIONALIDADES 4 2.1 Login 4 2.2 Menu Gestor Web TIM 6 2.3 Configuração de Grupo 8 2.3.1 Criação de um novo Grupo 8 2.3.2 Exclusão de Grupo 10 2.4

Leia mais

Manual Gestão Garantias

Manual Gestão Garantias Manual Gestão Garantias OUTUBRO/2013 Sumário Sumário... 2 1. Introdução... 3 2. Funcionalidade... 3 3. Navegação no Sistema... 3 4. Configuração... 6 4.1. Garantias... 6 4.1.1. Cadastrar... 7 4.1.2. Validar...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE TRAMITAÇÃO DE DOCUMENTOS Versão 3.0

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Guia de Referência

Leia mais

D igitação de Eventos

D igitação de Eventos Digitação de Eventos Índice 1. PLATAFORMA SAGE... 3 1.1. 1.2. 1.3. 1.4. 1.5. Primeiro Acesso... 4 Conhecendo a Plataforma... 5 Seleção da Empresa de Trabalho... 6 Sair do Sistema/ Minhas configurações...

Leia mais

OS - Cadastrar Ordem de Serviço

OS - Cadastrar Ordem de Serviço OS - Cadastrar Ordem de Serviço Objetivo Cadastrar ordem de serviço para clientes sem que seja necessário efetuar uma venda (semelhante ao orçamento, a diferença é que a ordem de serviço nos permite informar

Leia mais

Q-Acadêmico. Módulo CIEE - Convênio Empresas. Revisão 01

Q-Acadêmico. Módulo CIEE - Convênio Empresas. Revisão 01 Q-Acadêmico Módulo CIEE - Convênio Empresas Revisão 01 SUMÁRIO 1. MÓDULO DESKTOP (SISTEMA INSTALADO NO CIEE)... 2 1.1 CADASTROS GERAIS... 2 1.1.1 CADASTRO DE OFERTAS DE EMPREGOS... 2 1.1.2 CADASTRO DE

Leia mais

BitNota Eletrônica Gerenciador para Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Manual Versão 1.0

BitNota Eletrônica Gerenciador para Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Manual Versão 1.0 BitNota Eletrônica Gerenciador para Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Manual Versão 1.0 Conteúdo 1. A Quem se Destina o BitNota Eletrônica 2. Requisitos Mínimos para o funcionamento do programa 3. Como Funciona

Leia mais

TransactionCentre - Módulo Client Web Pré-Autorização

TransactionCentre - Módulo Client Web Pré-Autorização . Introdução A finalidade deste documento é apresentar, passo-a-passo, o processo de Pré- Autorização de produtos para portadores de cartões benefício. No caso de dúvidas ou sugestões, entre em contato

Leia mais

Sistema PCMalotes Developed by: Bruno Lacerda All copyrights reserveds for Prado Chaves

Sistema PCMalotes Developed by: Bruno Lacerda All copyrights reserveds for Prado Chaves Sistema PCMalotes Developed by: Bruno Lacerda All copyrights reserveds for Prado Chaves Índice Manual PCMalote...1 Índice...2 Acesso ao Sistema...3 Cadastros...4 Empresa...4 Assessoria...5 Malotes...7

Leia mais

MANUAL TOTALBUS. Sistema de Venda de Passagem. Pág. 1 de 31

MANUAL TOTALBUS. Sistema de Venda de Passagem. Pág. 1 de 31 MANUAL TOTALBUS Sistema de Venda de Passagem Pág. 1 de 31 Sumário 1. Acessando o Sistema... 3 2. Vendendo Passagens... 3 2.1. Venda Impressão Posterior... 7 2.2. Impressão da Passagem... 8 2.3. Venda de

Leia mais

MANUAL DE RESTAURAÇÃO DE DADOS DO MOODLE ANTIGO PARA A NOVA VERSÃO.

MANUAL DE RESTAURAÇÃO DE DADOS DO MOODLE ANTIGO PARA A NOVA VERSÃO. MANUAL DE RESTAURAÇÃO DE DADOS DO MOODLE ANTIGO PARA A NOVA VERSÃO. Este manual explica como fazer a reutilização dos arquivos/documentos de uma disciplina já configurada na versão antiga do Moodle e importar

Leia mais

Centro de Suporte. (Sistema Android) RCAMail Manual de Utilização Página 1

Centro de Suporte. (Sistema Android) RCAMail Manual de Utilização Página 1 (Sistema Android) Manual de Utilização Página 1 Sumário 1. Acesso ao no Android (aplicativo E-mail )... 4 2. Tela inicial do aplicativo E-mail e suas pastas... 5 2.1 Pasta Entrada... 5 2.2 Pasta Rascunhos...

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Portal da Secretaria

2015 GVDASA Sistemas Portal da Secretaria 2015 GVDASA Sistemas Portal da Secretaria Treinamento GVcollege Portal da Secretaria AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE Versão 2.0 01/2006 ÍNDICE 1. Objetivo...3 2. Como acessar o Sistema...3 3. Cadastro de Notas...4 3.1. A digitação da Nota Fiscal

Leia mais

Orientações ao Administrador Regional

Orientações ao Administrador Regional Orientações ao Administrador Regional Antes de iniciarmos a Formação do Administrador Regional é importante lembrarmos que o mesmo deverá ser cadastrado por um Administrador Geral (SEDUC). Para realizar

Leia mais

CRA-CE. Manual Sistema de DISTRIBUIÇÃO. Versão 2.0

CRA-CE. Manual Sistema de DISTRIBUIÇÃO. Versão 2.0 CRA-CE Manual Sistema de DISTRIBUIÇÃO Versão 2.0 Última atualização em: 21/03/2016 Conteúdo Conteúdo... 2 Introdução... 3 Acessando o sistema de Distribuição... 4 Sistema de Distribuição... 5 Cadastros...

Leia mais

Manual Autorizador Web

Manual Autorizador Web A U T O R I Z A D O R - Manual Autorizador Web W E B Versão: 1.01 Julho/2006 Versão: AU 4.604.00 ACESSANDO O SISTEMA Para acessar o Autorizador Web, clicar no ícone/atalho que acessará o Browser... Em

Leia mais

Guia do Administrador. Gestor Web TIM PRATICIDADE E ECONOMIA NA MEDIDA CERTA PARA SUA EMPRESA. Você, sem fronteiras.

Guia do Administrador. Gestor Web TIM PRATICIDADE E ECONOMIA NA MEDIDA CERTA PARA SUA EMPRESA. Você, sem fronteiras. Guia do Administrador Gestor Web TIM Você, sem fronteiras. PRATICIDADE E ECONOMIA NA MEDIDA CERTA PARA SUA EMPRESA. Prezado Cliente A TIM oferece um conjunto de serviços inteligentes que proporciona maior

Leia mais

Manual Pessoa Jurídica DATAPROM DATAPROM. Sistema de Bilhetagem Eletrônica. Revisão 01 / Março Manual de Pessoa Jurídica. Pág.

Manual Pessoa Jurídica DATAPROM DATAPROM. Sistema de Bilhetagem Eletrônica. Revisão 01 / Março Manual de Pessoa Jurídica. Pág. Manual de Pessoa Jurídica Sistema de Bilhetagem Eletrônica DATAPROM Manual Pessoa Jurídica DATAPROM Revisão 01 / Março 2015 www.dataprom.com Pág. 1 Índice Introdução... 3 1. Login, Senha e Cadastro...

Leia mais

Configurações de Metas. Como cadastrar a Meta:

Configurações de Metas. Como cadastrar a Meta: Comissões Avançadas O módulo Comissões Avançadas permite o cálculo de comissões diferenciadas com várias possibilidades de filtros e configurações sobre os valores das vendas ou dos recebimentos de contas

Leia mais

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR. Versão

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR. Versão MANUAL Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR Versão 2.2.15 Sumário 1. Inicializando no sistema... 3 2. Acessando o sistema... 4 3. Mensagem encaminhada pelo sistema.... 4 4. Emitindo um novo

Leia mais

Suprimento >> Pedido >> Compra automática (Robô) >> Configurações >> Parâmetros de compra), representada pela Figura 1.

Suprimento >> Pedido >> Compra automática (Robô) >> Configurações >> Parâmetros de compra), representada pela Figura 1. Como configurar os parâmetros de compra? Número do documento: 165 Classificação: 5/5 de 1 votos Última atualização: Thu, Dec 15, 2016 4:30 PM O que é? A configuração dos Parâmetros de Compra tem o intuito

Leia mais

Manual PDV AgoraOS Milenial Multimedia

Manual PDV AgoraOS Milenial Multimedia Manual PDV AgoraOS Versão 31/05/2017 Contents Introdução 3 4 Conhecendo... a Tela do PDV 4 Configurações do PDV na Retaguarda 5 Lista... de PDV 5 Configuração... de Modelo Fiscal 10 Financeiro... 11 Iniciando

Leia mais

Academia - Gestão de permissões. Manual do Usuário DT / APC

Academia - Gestão de permissões. Manual do Usuário DT / APC Manual do Usuário DT / APC Histórico da Revisão DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 17/03/2010 01.01 Criação do manual do usuário Wellington Sampaio Martins 26/08/2010 01.02 Revisão Rosilene Fernandes Confidencial

Leia mais

ÍNDICE. 1) O que é o serviço Vivo Gestão? 2) Identificação das linhas. 3) Criação de grupos. 4) Cadastro de Administradores / Gestores de conta

ÍNDICE. 1) O que é o serviço Vivo Gestão? 2) Identificação das linhas. 3) Criação de grupos. 4) Cadastro de Administradores / Gestores de conta ÍNDICE 1) O que é o serviço Vivo Gestão? 2) Identificação das linhas 3) Criação de grupos 4) Cadastro de Administradores / Gestores de conta 5) Cadastro de Administradores / Gestores de grupo 6) Limites

Leia mais

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

TABELA FIXA CÁLCULO DE FOLHA PARA PROFESSORES

TABELA FIXA CÁLCULO DE FOLHA PARA PROFESSORES TABELA FIXA CÁLCULO DE FOLHA PARA PROFESSORES Procedimento para Cálculo de Folha de Professores Através de Tabela Fixa 1º Passo: Em Cadastros\ Genéricos Eventos, devem ser criados todos os eventos de hora

Leia mais

Universidade Federal do Vale do São Francisco Sistema de Concursos

Universidade Federal do Vale do São Francisco Sistema de Concursos 1 - Introdução O sistema de concursos da UNIVASF é uma ferramenta desenvolvida pela Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) que permite a inscrição de candidatos às vagas ofertadas pela UNIVASF. O

Leia mais

Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica

Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica Sumá rio 1. Acesso aos Serviços Exclusivos...3 2. Acesso à Agenda...4 3. Inclusão de Horários de Atendimento...6 4. Informação de Ausência...10 5.

Leia mais

Forma de Pagamento. Bematech Unidade de Software Jundiaí Fone/Fax: (11) R. Pedro Alexandrino, 95 Anhangabaú Jundiaí SP CEP:

Forma de Pagamento. Bematech Unidade de Software Jundiaí Fone/Fax: (11) R. Pedro Alexandrino, 95 Anhangabaú Jundiaí SP CEP: Forma de Pagamento O objetivo principal é cadastrar as diversas movimentações de retirada e recebimento existentes no caixa. É através da parametrização informada nessa tela, que o sistema identificará

Leia mais

versão /10/14

versão /10/14 versão 11.82-16/10/14 ACESSANDO O PORTAL ACADÊMICO Manual do Professor Para acessar o Portal Acadêmico da PUC-SP, digite em seu browser o endereço Será necessário utilizar as informações de login e senha

Leia mais

Como simular cálculo de rescisão e férias?

Como simular cálculo de rescisão e férias? Como simular cálculo de rescisão e férias? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar a rotina para simular cálculos de rescisão e férias. Essa opção é válida para empregados e estagiários, exceto

Leia mais

ITQ InForm Recebimentos

ITQ InForm Recebimentos 7 ITQ InForm Recebimentos Manual do Usuário Atualizado em: 27/02/2012 http://www.itquality.com.br Sumário Introdução...2 O ITQ InForm Recebimentos...3 Características do Sistema...3 Antes de Instalar...3

Leia mais

Confirmação de Cadastro 2010

Confirmação de Cadastro 2010 Confirmação de Cadastro 2010 Passo a Passo simplificado para acesso e utilização Introdução: Este passo a passo tem por objetivo informar objetivamente como acessar o site do Programa de Volta para Casa

Leia mais

Manual do Usuário. Requisição de Veículos

Manual do Usuário. Requisição de Veículos Manual do Usuário Requisição de Veículos Índice de capítulos Parte I - Visão geral dos requisitos.................................. 01 1 - Cadastro de usuários........................ 01 2 - Definição

Leia mais

Atualização de Preços ABC Farma / Guia da Farmácia

Atualização de Preços ABC Farma / Guia da Farmácia Atualização de Preços ABC Farma / Guia da Farmácia Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário ABC Farma... 3 Verificação de Arquivo Novo e Informações...

Leia mais

Manual do Usuário Detalhar Tipo de Evento - Aba Regra de Acionamento

Manual do Usuário Detalhar Tipo de Evento - Aba Regra de Acionamento Manual do Usuário Detalhar Tipo de Evento - Aba Regra de Acionamento Data e hora de geração: 08/01/2017 07:08 1 - Detalhar Tipo de Evento - Aba Regra de Acionamento 3 1.1 - Alterar Tipo de Evento - Aba

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO Gerenciar CND

GUIA DO USUÁRIO Gerenciar CND GUIA DO USUÁRIO Gerenciar CND 1 Índice Introdução... 3 Gerenciar CND... 4 Agendar CND...5 Relação de CND...6 Download...7 Publicar...7 Excluir...8 Visualizar...8 Inclusão Manual...8 Emissão Rápida...9

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA Cartório 24 Horas

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA Cartório 24 Horas MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA Cartório 24 Horas INTRODUÇÃO A Extranet Cartório 24 Horas permite a solicitação de qualquer tipo de Certidão junto aos Cartórios e outros órgãos de todos os estados Brasileiros.

Leia mais

Guia Rápido E-PONTO. Guia Rápido e-ponto Versão 1.0. ClearTech LTDA. São Paulo SP Brasil 28/02/2011 Especificação. Sistema e-ponto - Página:1 de 69

Guia Rápido E-PONTO. Guia Rápido e-ponto Versão 1.0. ClearTech LTDA. São Paulo SP Brasil 28/02/2011 Especificação. Sistema e-ponto - Página:1 de 69 São Paulo SP Brasil 28/02/2011 Especificação Não é permitida a reprodução total ou parcial desta publicação por qualquer meio, seja mecânico ou eletrônico, incluindo esta proibição a tradução, uso de ilustrações

Leia mais

Portal Educacional Professor On line

Portal Educacional Professor On line 1. ACESSO AO SISTEMA O acesso ao sistema pode ser realizado pelos seguintes sites: http://www.iplc.g12.br/ http://www.franciscanasalcantarinas.org.br/ INFORME NOME DO USUÁRIO. INFORME A SUA SENHA DE ACESSO.

Leia mais

guia rápido para cadastro de biometria

guia rápido para cadastro de biometria guia rápido para cadastro de biometria Versão 2.0 Fevereiro / 2012. Nenhuma parte deste documento pode ser reproduzida ou transmitida em qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, incluindo

Leia mais

Manual Telemetria - Horímetro

Manual Telemetria - Horímetro Sumário Apresentação... 2 Home... 2 Definição do Idioma... 3 Telemetria Horímetro... 4 Sensores... 5 Faixas Horímetro... 5 Configura Faixa Sensor... 14 Detalhado Período... 21 Consolidado Dia... 26 Consolidado

Leia mais

Telemedicina InCor Sistema de Agendamento Eletrônico ÍNDICE

Telemedicina InCor Sistema de Agendamento Eletrônico ÍNDICE 1 Telemedicina InCor Sistema de Agendamento Eletrônico ÍNDICE Conhecendo o sistema 03 Cadastrando uma nova solicitação de reserva 07 Adicionando equipamentos à sua solicitação 10 Adicionando serviços à

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Veículos ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3 2.

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES MÓDULO CONTABIL I

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES MÓDULO CONTABIL I MANUAL DE CONFIGURAÇÕES MÓDULO CONTABIL I SUMÁRIO COMO CADASTRAR UM PLANO DE CONTAS... 3 COMO CADASTRAR CENTROS DE CUSTO... 7 CADASTRO DE HISTÓRICOS PADRÕES... 9 COMO CADASTRAR LANÇAMENTOS PADRÕES... 12

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS

GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS Bem vindo ao CDL-CARD, este guia tem como finalidade básica auxiliar o usuário na instalação e operação do software AVPos, Terminal Virtual de

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0 SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário Versão 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 05/08/2016 1.0 Criação do Artefato Eliene Carvalho MAPA/SE/SPOA/CGTI. Página 2 de

Leia mais

Identificação da Empresa

Identificação da Empresa Identificação da Empresa MT-611-00001-14 Última Atualização 15/07/2016 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Preencher em Identificação os dados básicos, itens e as localidades

Leia mais

Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça

Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça 2016 Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GERENCIAMENTO DOS AUXILIARES DA JUSTIÇA PÚBLICO EXTERNO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO STI

Leia mais

Especificação de Caso de Uso

Especificação de Caso de Uso Versão: 1.1 Especificação de Caso de Uso UCCITES01 Versão: 1.1 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 29/10/2008 0.1 Criação do documento. Helane Cristina 30/10/2008 1.0 Revisão do documento

Leia mais

Apresentação Procedimentos iniciais Baixas de Títulos... 2

Apresentação Procedimentos iniciais Baixas de Títulos... 2 Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Baixas de Títulos... 2 Apresentação Esta rotina tem como objetivo realizar a baixa de títulos em aberto, de forma manual individualmente ou vários

Leia mais

Controle de imobilizado

Controle de imobilizado Controle de imobilizado São apresentadas as regras de validação e controle de acesso do controle de imobilizado, nas telas que são as 1160, 1162, 1163 e 1165. 1. Devem ser cadastradas as permissões de

Leia mais

Sumário 1 Primeiros Passos Acessando o Sistema Conhecendo a tela Inicial... 4

Sumário 1 Primeiros Passos Acessando o Sistema Conhecendo a tela Inicial... 4 Este manual tem como objetivo auxiliar os correspondentes na digitação e acompanhamento de propostas do produto Consignado, digitadas junto ao Banco Daycoval. A seguir, veremos o passo a passo para a digitação

Leia mais

Plataforma Sage Resumo da Escrituração

Plataforma Sage Resumo da Escrituração Plataforma Sage Resumo da Escrituração Objetivo Disponibilizado na Plataforma Sage um painel de controle e acompanhamento sobre o status das importações das notas fiscais de saída e entrada, de forma a

Leia mais

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Abril/2014 Versão 1.1

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Abril/2014 Versão 1.1 Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Abril/2014 Versão 1.1 SUMÁRIO Manual do SISC... 3 1. Finalidade do SISC... 3 2. Requisitos para utilização do

Leia mais

MANUAL INTEGRAÇÃO SAT X PagBem Criado em: 08/09/2016 Atualizado em: 08/09/2016

MANUAL INTEGRAÇÃO SAT X PagBem Criado em: 08/09/2016 Atualizado em: 08/09/2016 O Objetivo deste manual é auxiliar o usuário a fazer uso da ferramenta de integração com o sistema PagBem para programar pagamentos como Adiantamentos, Pedágio e Saldo. 1 - Cadastrando a Operadora de Cartão

Leia mais

Na seqüência, será aberta uma página de login de acesso ao ambiente de gerenciamento do portal, conforme ilustrado na figura 01, abaixo: Figura 01

Na seqüência, será aberta uma página de login de acesso ao ambiente de gerenciamento do portal, conforme ilustrado na figura 01, abaixo: Figura 01 Tutorial Versão1.0 O Manual Tutorial do Apae em Rede pretende orientá-los no gerenciamento de conteúdos do portal. Para darmos início a essa orientação, é preciso acessá-lo. Para tanto, basta digitar intranet.apaebrasil.org.br

Leia mais

Foi incluído no PDV o novo atalho Ctrl+W para alterar a quantidade de um item já lançado na venda.

Foi incluído no PDV o novo atalho Ctrl+W para alterar a quantidade de um item já lançado na venda. PDV 1 Novo Atalho: Alterar Quantidade Foi incluído no PDV o novo atalho Ctrl+W para alterar a quantidade de um item já lançado na venda. Futura Server 1 Novas colunas em Cadastro de ICMS Foram criadas

Leia mais

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário 70040-020 Brasília - DF SAC Manual do Usuário Sumário Assunto PÁGINA 1. Objetivos do Manual 3 2. Perfil do Usuário 3 2.1 Coordenador Institucional 3 3. Acesso ao Sistema SAC 3 3.1 Endereço de acesso 3

Leia mais

Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo?

Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo? Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo? 1- PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 - Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 - Na guia GERAL, clique em DEFINIÇÕES; 1.2.1 - No quadro GERAL, selecione

Leia mais

SUMARIO. - Página 1 / 11

SUMARIO.  - Página 1 / 11 SUMARIO 1 Introdução... 2 2- Benefícios e Vantagens... 2 3 Como utilizar o Banco de Resultados... 2 3.1 Requisitos... 2 3.2 Recursos do Banco de Resultados... 3 3. 2.1 Superior... 3 3.2.1.1 - Opções...

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO Gerenciar CND

GUIA DO USUÁRIO Gerenciar CND GUIA DO USUÁRIO Gerenciar CND 1 Índice Introdução... 3 Gerenciar CND... 4 Agendar CND...5 Relação de CND...6 Download...6 Publicar...7 Excluir...8 Visualizar...8 Inclusão Manual...8 Emissão Rápida...9

Leia mais

Manual de utilização do sistema EditorWeb

Manual de utilização do sistema EditorWeb Manual de utilização do sistema EditorWeb Login Ao acessar o link http://editorweb.circulacao.org.br, aparecerá a tela de autenticação, conforme a fig. 1, abaixo. O filiado irá efetuar o acesso ao sistema

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher - QWCFP. Manual para realização de Download de Arquivos

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher - QWCFP. Manual para realização de Download de Arquivos Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher - QWCFP Manual para realização de Download de Arquivos Copyright 2000-2013 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste

Leia mais

Conheça a Sala de Negociação

Conheça a Sala de Negociação Como coordenar a licitação Conheça a Sala de Negociação Entenda a Sala Virtual de Negociação do BBMNET! O usuário deve acessar o site da Bolsa (www.bbmnet.com.br) e, em seguida, o portal BBMNET (Licitações

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.018 NOVID AD ES E MELHORIAS E112A9 Jessica Pinheiro 16/05/2016 2/18 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.018 1. Configuração de situação cadastral padrão para novos clientes.... 3 2.

Leia mais

Integração com o Mercado Livre Passo a Passo

Integração com o Mercado Livre Passo a Passo Integração com o Mercado Livre Passo a Passo Desenvolvido por: Bruno Geronimo da Silva Sumário Resumo Templates para o Mercado Livre Tags Para Preenchimento Automático do Template Anunciando Produto no

Leia mais

1. Definição de Carga Horária de Atividades Complementares

1. Definição de Carga Horária de Atividades Complementares Registro de Atividades Complementares Cadastro pelo aluno ANTES DE COMEÇAR... O registro de Atividades Complementares Cadastro pelo aluno consiste em que o próprio aluno faça o cadastro, pelo Q-Acadêmico

Leia mais

Fixo (41) Vivo (41) Tim (41) Claro (41) OI (41) Sistema Descomplicado CNPJ

Fixo (41) Vivo (41) Tim (41) Claro (41) OI (41) Sistema Descomplicado CNPJ INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

ACESSO AO PORTAL. Para acessar o Portal entre no site Área Restrita Portal de Pedidos

ACESSO AO PORTAL. Para acessar o Portal entre no site  Área Restrita Portal de Pedidos Manual Portal 1 ACESSO AO PORTAL 2 Para acessar o Portal entre no site www.latinex.com.br Área Restrita Portal de Pedidos Insira Usuário e Senha, selecione LATINEX no quadro abaixo e clique em ACESSAR

Leia mais

Gestão do Depósito Público GDP

Gestão do Depósito Público GDP Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro - PRODERJ Gestão do Depósito Público GDP Índice Seja Bem-Vindo 3 Sobre o Sistema 4 1. Calendário 5 1.1.Descrição... 5 1.2.Procedimentos

Leia mais

Requisitos Mínimos. 1GB de espaço em disco 2GB de memória (recomendável 4GB) Versão mais recente do Java Acesso a Internet

Requisitos Mínimos. 1GB de espaço em disco 2GB de memória (recomendável 4GB) Versão mais recente do Java Acesso a Internet MANUAL DO USUÁRIO Requisitos Mínimos 1GB de espaço em disco 2GB de memória (recomendável 4GB) Versão mais recente do Java Acesso a Internet 2 Sumário Introdução: 1.0 Instalação 2.0 Login 3.0 Criação de

Leia mais

Orçamento de Venda. Manual de consulta e criação de Orçamento de Venda.

Orçamento de Venda. Manual de consulta e criação de Orçamento de Venda. Manual de consulta e criação de Orçamento de Venda. Copyright 2010 flexlife todos diretos reservados www. flexlife.com.br Versão 1.1-19/08/15 1. Para Consultar um Orçamento de Venda 1.1 Selecione o menu

Leia mais

Manual do Usuário ATUSIGALF - Atualizar Signatários da ALF

Manual do Usuário ATUSIGALF - Atualizar Signatários da ALF Manual do Usuário ATUSIGALF - Atualizar Signatários da ALF Data e hora de geração: 08/01/2017 10:43 1 - ATUSIGALF - Atualizar Signatários da ALF 3 1.1 - Histórico 6 1.2 - Justificar Alteração 8 1.3 - Justificar

Leia mais

Como realizar rotina do vale alimentação

Como realizar rotina do vale alimentação Como realizar rotina do vale alimentação Os dados a seguir foram elaborados para a configuração sobre as informações do vale alimentação. Lembramos que o cadastro deverá ser realizado por empresa. 1 CADASTRAR

Leia mais

Tutorial. Serviços e Serviços Operadoras

Tutorial. Serviços e Serviços Operadoras Tutorial Serviços e Serviços Operadoras Serviços e Serviços Operadora 1 Tutorial Serviço e Serviços Operadora O cadastro de Serviços serve para informar todos os itens que estão na loja. Para que seja

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: ADMINISTRADOR

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: ADMINISTRADOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: ADMINISTRADOR Manaus, 2009 Sumário Figura 1 - Tela de Login... 1 Figura 2 - Tela Principal... 1 Figura 3 - Tela de Integração Empresa... 2 Figura 4 - Tela

Leia mais

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos)

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Manual do Usuário Versão 1.0 Fevereiro, 2014 Índice

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07 ÍNDICE PORTAL DE CLIENTES Selecione o tópico desejado para obter ajuda Esqueci minha senha Alterar idioma Alterar senha Acessar portal Como

Leia mais