Gostaríamos de cumprimentá-lo (a) pela aprovação de sua solicitação para a realização do estágio pós-doutoral no exterior.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gostaríamos de cumprimentá-lo (a) pela aprovação de sua solicitação para a realização do estágio pós-doutoral no exterior."

Transcrição

1 Orientações Gerais Estágio Pós-Doutoral no Exterior CGCI/ CAPES C A P E S Caro(a) Professor(a)/ Pesquisador(a). Gostaríamos de cumprimentá-lo (a) pela aprovação de sua solicitação para a realização do estágio pós-doutoral no exterior. O financiamento concedido faz parte dos esforços despendidos pelo Governo Brasileiro, por intermédio da CAPES/MEC, com vistas ao incremento do intercâmbio técnico -científico e conseqüente internacionalização de docentes e pesquisadores brasileiros. Com esse objetivo, a CAPES, por meio da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional CGCI, apóia seu estágio no exterior em instituição reconhecida internacionalmente pela excelência acadêmica, e está certa do seu empenho no sentido de corresponder ao investimento realizado, no tempo previsto para o programa. O presente documento tem por finalidade, informá-lo (a) sobre seus direitos e deveres junto à CAPES e foi elaborado com base na longa experiência desta agência no atendimento à bolsistas no exterior, abrangendo as questões mais comumente suscitadas. Uma leitura cuidadosa do manual será importante para facilitar sua inserção no país de destino e também facilitará sua comunicação com a CAPES/CGCI ao longo de sua estada no exterior. Coordenação-Geral de Cooperação Internacional

2 Orientações Gerais para o Bolsista do Estágio Pós - Doutoral no Exterior CGCI/CAPES C A P E S 1. Apresentação Este documento busca orientar o(a) beneficiário(a) do estágio pós - doutoral no exterior, com relação aos aspectos práticos da concessão, tais como a comunicação com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a obtenção do visto para o país de destino, a implementação dos benefícios concedidos e o relatório final. 2. Comunicação com a CAPES A CAPES acusa o recebimento de toda a correspondência recebida e para esse procedimento adota tanto o correio simples quanto o eletrônico. Ao encaminhar qualquer documento para a CAPES, inclua na correspondência e no envelope, a referência à Coordenação Geral de Cooperação Internacional - CGCI, o seu nome completo, o nome do Programa do qual faz parte, o número do Projeto, o número do seu processo (BEX) e o seu endereço atualizado. O contato telefônico com a CAPES deve ser feito às suas expensas, uma vez que a Legislação Federal não permite ligações telefônicas a cobrar. Endereço para encaminhamento das correspondências para a CAPES: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Coordenação Geral de Cooperação Internacional CGCI Programa CAPES/COFECUB SBN, Quadra 2, lote 6, Bloco L, 2º andar CEP Brasília DF Telefones: (61) / 6671 Fax: (61) Técnicas do Programa CAPES/COFEUB Jussara Pereira Prado - Amanda Menezes - Site O (a) bolsista contará com o acompanhamento de um técnico responsável pelo seu processo, conforme informativo anexo à carta de concessão. Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 2

3 3. Visto A obtenção do visto é de inteira responsabilidade do (a) interessado (a). Nesse sentido, sugerimos que entre em contato com a Embaixada ou Consulado do país de destino, com a devida antecedência e solicite todas as informações pertinentes para a obtenção do visto na categoria correspondente às atividades que irá desenvolver. Os pós-doutorandos que vão para a França deverão obter o Protocole d Accueil para solicitar o visto scientifique, por isso, não precisam passar pelo CampusFrance. O visto deverá ser válido para a entrada e permanência no país, pelo período de realização das atividades propostas. Esse procedimento é indispensável, mesmo que em seu passaporte já conste outro tipo de visto. Não é possível alterar a condição do visto após ingresso no país de destino. 4. Implementação dos Benefícios O estágio pós - doutoral é financiado pela CAPES, exclusivamente nos itens:? Auxílio instalação, apenas no caso de estágio com mais de três meses de duração.? Seguro saúde.? Passagem aérea de ida e volta.? Mensalidade. A CAPES não cobre quaisquer outros custos além dos descritos acima, tais como: taxas escolares, taxas de bancada, participação em congressos, etc Passagem aérea ao exterior Para solicitar a passagem você terá que encaminhar a solicitação por para suas técnicas dentro do prazo de no MÁXIMO 30 DIAS e no MÍNIMO 25 DIAS antes da data do embarque. NÃO SERÃO ACEITAS RESERVAS FORA DESSE PRAZO, deve-se informar os seguintes dados: - Nome completo: - CPF: - Trecho da Passagem (local de origem e destino): - Data do embarque: Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 3

4 Sugerimos que, a passagem seja solicitada somente quando tiver o visto em mãos ou certeza da data de aquisição, pois qualquer alteração que gere qualquer tipo de ônus, a capes não se responsabilizará. Caso o período do estágio seja até seis meses, a passagem deverá ser solicitada de ida e volta. A passagem é emitida na rota mais curta entre sua cidade de residência e a de destino. Vencido o prazo para a retirada da passagem, a mesma fica cancelada e a CAPES não autoriza novo bilhete. A CAPES não interfere nas normas das Companhias Aéreas. Portanto, favor verificar, junto àquelas empresas, sobre os direitos e deveres do passageiro, tais como: excesso de bagagens, prazos, validades de bilhetes e outros itens relacionados ao assunto. Em nenhuma hipótese a CAPES reembolsa passagem aérea. Portanto, não antecipe a compra do bilhete. Ao chegar na França e também em seu retorno ao Brasil, o bolsista deverá prestar contas, no prazo máximo de cinco dias úteis após a realização da viagem (cada trecho), acompanhada de relatório circunstanciado sobre a viagem ) e seus objetivos (Anexo I deste documento) e dos canhotos dos cartões de embarque. O relatório assinado e os canhotos dos cartões de embarque devem ser escaneados e encaminhados por e, posteriormente, os originais enviados por correio. O relatório de viagem não é o relatório de atividades do estágio no exterior, conforme item 13 deste documento Pagamentos efetuados no Brasil: O pagamento dos benefícios dos itens ao 4.2.3, serão pagos no Brasil, antes do embarque para o exterior, em Reais, com base na taxa de câmbio adotada pela CAPES, que não acompanha a taxação do mercado. Para viabilizar o pagamento, é preciso que o bolsista informe à CAPES os dados bancários (preferencialmente do Banco do Brasil), de acordo com a solicitação em formulário anexo à carta de concessão. O Sistema Integrado de Administração Financeira SIAFI, utilizado pelo Governo para efetuar pagamentos aos nossos usuários, não permite a inserção de dados bancários de terceiros e de conta poupança Auxílio instalação Este beneficio destina-se a contribuir com as despesas iniciais de acomodação do(a) beneficiário(a) no exterior, para estágio superior a 3 (três) meses de duração Seguro saúde O auxílio seguro - saúde deverá contribuir com o custeio das despesas referentes ao plano de saúde, no exterior. A compra do seguro - saúde é obrigatória. Portanto, providencie Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 4

5 imediatamente a sua adesão a um plano e, para prestação de contas, envie à CAPES a cópia do comprovante de quitação da apólice, em até 30 (trinta) dias após sua chegada no exterior. Caso o comprovante não seja enviado no prazo, a Capes se reserva o direito de descontar o valor do auxílio seguro-saúde das mensalidades de manutenção. O valor do auxílio seguro-saúde é fixo e de Euro 70 (setenta Euros) por mês de estágio. A CAPES se exime do pagamento de qualquer tipo de despesas médicas não cobertas pela seguradora contratada, razão pela qual é imprescindível que sejam examinadas, previamente e com bastante atenção, todas as cláusulas da apólice. Se o valor da adesão ao plano for superior ao auxílio concedido por esta agência, a CAPES não cobrirá a diferença. No entanto, não será exigida a restituição do saldo resultante da aquisição desse benefício Pagamento efetuado no exterior Mensalidades. ATENÇÃO! Pagamento no exterior O pagamento das mensalidades só será liberado, após o cadastramento dos dados, link abaixo, e envio dos documentos discriminados na tabela. Para os bolsistas residentes na União Européia: Códigos BIC/SWIFT do banco beneficiário e IBAN Os dados acima devem ser obtidos na agência do seu Banco e atualizados, no formulário on line, na página da CAPES, no aplicativo Sistema de Acompanhamento de Bolsas no Exterior SAC-Exterior, no campo Endereços residencial e bancário no exterior, clicando em enviar. Para sua melhor orientação, estão listados abaixo endereços de sites nos quais contêm explicações sobre a formatação dos códigos BIC/SWIFT e IBAN, com a indicação do número de campos que devem ser obrigatoriamente preenchidos. BIC/SWIFT: IBAN: A CAPES cientifica que, na falta dessas informações ou sua prestação incorreta, os bancos efetuarão a devolução da ordem de crédito, assim como a cobrança de tarifas adicionais pelo tratamento manual da ordem, a qual ficará a cargo dos bolsistas. Informa ainda que, a fim de aprimorar os mecanismos de segurança de seus sistemas de informação, somente o bolsista poderá incluir ou alterar dados no aplicativo SAC - Exterior. Para tanto, no seu primeiro acesso, o bolsista deverá utilizar como senha geral CAPES e, no campo correspondente, alterar essa senha geral para uma senha pessoal, com no máximo 6 caracteres (números e/ou letras). Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 5

6 Bolsista, após o cadastramento, favor avisar imediatamente via à técnica responsável pelos bolsistas para que a mesma possa solicitar o pagamento das mensalidades. Os técnicos da CAPES estão empenhados em minimizar quaisquer transtornos, que, por ventura, possam ocorrer em virtude dessas alterações. No entanto, torna-se imprescindível a sua ativa participação, presteza quanto ao fornecimento das informações e constante atualização dos dados pessoais no SAC - Exterior, para que não haja problemas no processamento dos pagamentos das mensalidades de sua bolsa. A CAPES se coloca à disposição para dirimir suas dúvidas, por intermédio do seguinte contato: Informática Existe uma demora aproximada de 25 dias úteis (a partir da data em que o número do ofício for inserido no SAC-EXTERIOR) para que o recurso seja creditado. Documentos a serem enviados * Original do bilhete e canhotos de embarque (estes documentos deverão ser enviados via e em seguida por correio) Cópia da página do seu passaporte onde conste a data de chegada no exterior ou outro comprovante da data de entrada na França. (estes documentos poderão ser enviados via e em seguida por correio) O valor da primeira mensalidade será proporcional ao dia de sua chegada no país de destino. Esse tempo não utilizado pelo (a) beneficiário não será compensado após o término do estágio. O calendário da CAPES para pagamento das mensalidades no exterior prevê remessas trimestrais. Eventualmente, o valor poderá referir-se a um único mês, ou bimestre. Caso ocorram problemas na remessa das mensalidades, eles deverão ser resolvidos com o Banco do Brasil, agência de Nova Iorque, EUA, independentemente do país onde esteja. Essa agência é responsável por todas as operações de pagamentos da CAPES no exterior. Para tanto, forneça ao referido banco, o número do ofício do pagamento em questão, que consta do nosso site conforme orientação do item 6, a seguir ( SAC - Exterior ) Segue-se o endereço do Banco do Brasil em Nova Iorque: Banco do Brasil S/A New York Branch 550, Fifth Avenue New York, NY USA Telefone: + 1(212) e, para os residentes nos EUA, +1(800) (ligação gratuita) Fax: +1(212) SAC - Exterior Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 6

7 Com a finalidade de proporcionar aos nossos usuários, um acompanhamento dos pagamentos efetuados a seu favor durante o período do estágio e para que possam fazer uma conferência sistemática dos seus dados cadastrais, a CAPES criou em seu site, o SAC- Exterior, que poderá ser consultado no seguinte endereço: (basta digitar o CPF e o número do seu processo na CAPES). 6. Duração do estágio O apoio da CAPES ao estágio pós - doutoral varia de dois a doze meses, não sendo permitida prorrogação da concessão inicialmente autorizada. 7. Viagens relacionadas ao Plano de Trabalho A CAPES espera que o (a) beneficiário (a) dedique-se integralmente à execução do plano de trabalho proposto. O afastamento das atividades será permitido, por um período máximo de 30(trinta) dias, sem ônus para a CAPES e mediante a sua devida e prévia anuência. 8. Mudança de Instituição/Professor Colaborador As bolsas da CAPES são concedidas para a realização de um determinado plano de pesquisa, em uma dada instituição, com a colaboração de um professor orientador estrangeiro previamente acordado. Alterações em qualquer um desses itens deverão ser devidamente justificadas e submetidas a CAPES para avaliação e anuência. 9. Complementação /acúmulo de Bolsa A CAPES não complementa bolsa de outras agências e não permite o acúmulo de benefícios. Portanto, é sua incumbência solicitar a suspensão de qualquer outro benefício, além daquele recebido para a realização do estágio pós - doutoral no exterior. 10. Devolução de recursos financeiros Quando, por alguma razão, constatar que o valor recebido da CAPES, em qualquer remessa, é superior ao que lhe é devido, comunique-se com esta Agência para averiguação. Comprovado o pagamento indevido, por determinação do TCU - Tribunal de Contas da União, cabe-lhe providenciar imediatamente a devolução do montante apurado. Caso conclua seu estágio antes do prazo determinado, a(s) parcela(s) restante(s) também terá (ão) de ser devolvida (s), conforme determinação do TCU. Toda e qualquer devolução, deverá ser feita exclusivamente mediante depósito bancário à CAPES, encaminhando a esta agência uma cópia do respectivo comprovante, para fins de prestação de contas. Os depósitos poderão ser efetuados em uma das seguintes contas correntes:? Conta da CAPES no exterior, em Nova Iorque - EUA (para depósitos no exterior): Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 7

8 Banco do Brasil S/A Nº da agência: 0686 BIB: ? Conta da CAPES no Brasil: Banco do Brasil S/A No. do banco: 001 No. da agência: No. da conta corrente: Depositante: Nome do bolsista Código Identificador 1: código* Código Identificador 2: CPF do depositante *código: Devolução de Bolsas pagas em outros exercícios Devolução de Bolsas pagas no exercício. Para demais códigos, consulte página da CAPES na internet ou consulte a Divisão de Contabilidade através dos telefones: ou * Este código deve constar obrigatoriamente no documento de depósito se este for efetuado em favor da conta da CAPES no Brasil. Para depósito no Brasil, o valor devolvido precisa ser convertido em reais, no câmbio do dia da devolução. Os dados acima também poderão ser encontrados em nosso site: 11. Desistência, suspensão e cancelamento do estágio É seu compromisso, cumprir integralmente as atividades para as quais o apoio lhe foi concedido, retornando ao Brasil após o seu término. A CAPES somente avaliará pedidos de desistência das atividades quando justificados, fundamentados e comprovados. Caso esta Agência não considere pertinentes as alegações apresentadas, será exigida a devolução de todo o investimento feito em seu favor, conforme Legislação Federal em vigor. Como consta no Termo de Compromisso que integra a documentação de concessão, a CAPES se reserva o direito de suspender ou cancelar o apoio a qualquer momento, em função do seu desempenho ou decorrente de qualquer situação considerada desabonadora. Neste último caso, também será exigida a devolução de todo investimento realizado em seu favor. 12. Patentes O (a) beneficiário(a) não poderá publicar ou divulgar, sob qualquer forma, descoberta, invenção, inovação tecnológica ou outra produção, passível de privilégio decorrente da produção de direitos de propriedade intelectual, obtida durante os estudos realizados com recursos do Governo Brasileiro, antes de comunicar à CAPES, e obter resposta sobre a partilha das vantagens e orientação quanto aos registros assecuratórios dos aludidos direitos, os quais deverão ser efetuados em nome do(a) beneficiário(a) e da CAPES, ressalvado prévio ajuste em contrário. Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 8

9 13. Relatório final e prestação de contas O (a) beneficiário (a) deverá enviar à CAPES, para fins de avaliação e de prestação de contas, até 90 (sessenta) dias após o retorno ao Brasil, os seguintes documentos: Relatório final - (máximo 15 laudas), em duas vias. Relatar e avaliar o contexto no qual esteve inserido (a) durante os estudos no exterior, tais como: a sua adaptação à cultura estrangeira, qualidade do laboratório, dos profissionais envolvidos na sua pesquisa, da infraestrutura da Universidade (biblioteca, computador, fax, telefone e outros itens que considerar relevantes), ajustes ao cronograma e as atividades realizadas. Apresentar também, suas críticas e sugestões;? Bilhete aéreo utilizado,? Relatório final (no máximo 15 laudas) com críticas e sugestões em duas vias,? Atualização do endereço residencial e endereço eletrônico.? Parecer de avaliação do professor/pesquisador colaborador da instituição no exterior e do coordenador do projeto CAPES/COFECUB, sobre o trabalho desenvolvido. O não atendimento destas exigências implica em pendência que impede o completo encerramento do seu processo. 14. Componentes e valores da concessão para o Estágio Pós Doutoral no Exterior Benefício Auxílio Instalação (Estágios superiores a 03 meses). Mensalidade: Seguro Saúde. Valor Euro 110,00 (cem e dez euros) por mês. Euro (dois mil e cem euros) por mês. Euro (setenta euros) por mês. Observação: A CAPES não cobre despesas de taxas acadêmicas do estágio pós doutoral no exterior. A CAPES deseja pleno êxito em seu pós-doutoramento e espera que os investimentos feitos contribuam para a continuidade da sua participação no desenvolvimento acadêmicocientífico brasileiro, mediante sua atuação como profissional altamente qualificado. Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 9

10 ANEXO I MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO RELATÓRIO DE VIAGEM INTERNACIONAL 1. Órgão: 2. Identificação do Usuário: Nome: Programa: Missão de estudos/modalidade Telefone: 3. Período de Afastamento: Data de Saída: Data de Chegada: Trecho ida: Trecho volta: 4. Destino do Afastamento: Cidade(s): País(es): 5.Finalidade do Afastamento / Objetivos do Evento: Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 10

11 6.Atividades / Fatos Transcorridos / Pessoas Contatadas: 7.Sugestões dos benefícios que podem ser auferidos em relação aos objetivos da viagem: 8. Conclusões/Resultados Alcançados: Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 11

12 9.Observações: Este relatório deverá ser encaminhado ao Setor de Afastamento do País Capes/CGCI Cooperação Internacional (cinco) dias úteis, contados da chegada (de acordo com o Parágrafo Único do Art. 5º da Portaria de 07 de julho de 2004). Data: / / Assinatura do bolsista Orientações Gerais Bolsista Pós-Doutorado no Exterior 12

Manual de orientação para bolsistas do Programa de Licenciaturas Internacionais PLI FRANÇA

Manual de orientação para bolsistas do Programa de Licenciaturas Internacionais PLI FRANÇA Manual de orientação para bolsistas do Programa de Licenciaturas Internacionais PLI FRANÇA 1. INTRODUÇÃO Prezado (a) bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela sua aprovação na seleção do Programa

Leia mais

Programa BRAFITEC Orientações para Bolsistas de Graduação Sanduíche

Programa BRAFITEC Orientações para Bolsistas de Graduação Sanduíche Programa BRAFITEC Orientações para Bolsistas de Graduação Sanduíche Prezado(a) Bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela aprovação de sua solicitação para Graduação Sanduíche pelo Programa BRAF ITEC.

Leia mais

C A P E S. Manual do bolsista de doutorado sanduíche no exterior do Programa CAPES/COFECUB. 1. Apresentação

C A P E S. Manual do bolsista de doutorado sanduíche no exterior do Programa CAPES/COFECUB. 1. Apresentação C A P E S Manual do bolsista de doutorado sanduíche no exterior do Programa CAPES/COFECUB 1. Apresentação Este documento busca orientar o (a) beneficiário (a) do doutorado sanduíche no exterior com relação

Leia mais

Orientações para Bolsistas em Estágio Pós-Doutoral no Exterior

Orientações para Bolsistas em Estágio Pós-Doutoral no Exterior Orientações para Bolsistas em Estágio Pós-Doutoral no Exterior Caro(a) Professor(a), Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela aprovação de sua solicitação para Estágio Pós-Doutoral no exterior. O financiamento

Leia mais

Orientações para Bolsistas em Estágio Sênior no Exterior

Orientações para Bolsistas em Estágio Sênior no Exterior Orientações para Bolsistas em Estágio Sênior no Exterior Caro(a) Professor(a), Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela aprovação de sua solicitação para Estágio Sênior no exterior. O financiamento concedido

Leia mais

Orientações para Bolsistas no Programa BRAFITEC Graduação Sanduíche FRANÇA 2013

Orientações para Bolsistas no Programa BRAFITEC Graduação Sanduíche FRANÇA 2013 Orientações para Bolsistas no Programa BRAFITEC Graduação Sanduíche FRANÇA 2013 Prezado (a) bolsista, A Capes tem o prazer de cumprimentá-lo (a) pela sua aprovação no Programa BRAFITEC Graduação Sanduíche

Leia mais

Orientações para Bolsistas no Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche - EUA

Orientações para Bolsistas no Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche - EUA Orientações para Bolsistas no Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche - EUA Prezado(a) bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo (a) pela aprovação no Programa Ciência sem Fronteiras Graduaç

Leia mais

Orientações para Bolsistas no Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche Alemanha

Orientações para Bolsistas no Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche Alemanha Orientações para Bolsistas no Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche Alemanha Prezado (a) bolsista, A Capes tem o prazer de cumprimentá-lo (a) pela sua aprovação no Programa Ciência sem Fronteiras

Leia mais

Instruções para Candidatos a Bolsa de Mestrado Sanduíche vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional

Instruções para Candidatos a Bolsa de Mestrado Sanduíche vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional Instruções para Candidatos a Bolsa de Mestrado Sanduíche vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional 1. APRESENTAÇÃO Este documento orienta a apresentação de candidaturas

Leia mais

Orientações para Bolsistas Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior PDSE

Orientações para Bolsistas Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior PDSE Orientações para Bolsistas Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior PDSE Prezado bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo pela sua aprovação nas etapas que compuseram o processo de seleção

Leia mais

C A P E S. 1. Apresentação. 2. Objetivo do programa. 3. Quem pode se candidatar

C A P E S. 1. Apresentação. 2. Objetivo do programa. 3. Quem pode se candidatar C A P E S Instruções para Candidatos a Bolsa de Doutorado Sanduíche Vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional da CAPES/CGCI. 1. Apresentação Este documento busca

Leia mais

EDITAL 003/2014 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE

EDITAL 003/2014 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE EDITAL 003/2014 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências

Leia mais

Manual de Orientações para Bolsistas

Manual de Orientações para Bolsistas Manual de Orientações para Bolsistas Programa Pró-Haiti Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas em consonância com as normas e limitações legais brasileiras. I CONTATOS E CORRESPONDÊNCIAS

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Ciência Sem Fronteiras e Programas Tradicionais

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Ciência Sem Fronteiras e Programas Tradicionais Programa de Bolsa de Estudos para Doutorado Pleno no Exterior ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Ciência Sem Fronteiras e Programas Tradicionais Prezado(a) bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela sua aprovação

Leia mais

EDITAL 004/2015 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE

EDITAL 004/2015 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE EDITAL 004/2015 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências

Leia mais

Programa CAPES-PVE CAPES. Processo Seletivo 2010 Edital nº 049/2010/CAPES/DRI

Programa CAPES-PVE CAPES. Processo Seletivo 2010 Edital nº 049/2010/CAPES/DRI Programa CAPES- Processo Seletivo 2010 Edital nº 049/2010/CAPES/DRI A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-CAPES, Fundação Pública, criada pela Lei nº. 8.405, de 09 de janeiro de

Leia mais

O apoio da CAPES obedece ao interstício entre estágios dessa natureza, que varia com a duração da estada no exterior, conforme tabela abaixo:

O apoio da CAPES obedece ao interstício entre estágios dessa natureza, que varia com a duração da estada no exterior, conforme tabela abaixo: C A P E S Instruções para Candidatos a Estágio Pós-Doutoral no Exterior Vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional da CAPES - CGCI. 1. Apresentação Este documento

Leia mais

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação EDITAL 06/2012 Universidade de Brasília APOIO À PESQUISA DE CAMPO DE PÓS-GRADUANDOS NO PAÍS 1. Finalidade Apoiar os discentes de pós-graduação bolsistas CAPES, CNPq ou REUNI, regularmente matriculados

Leia mais

Orientações para Inscrição dos Candidatos à Bolsa de Estágio Pós-Doutoral do Programa CAPES/ NUFFIC

Orientações para Inscrição dos Candidatos à Bolsa de Estágio Pós-Doutoral do Programa CAPES/ NUFFIC Orientações para Inscrição dos Candidatos à Bolsa de Estágio Pós-Doutoral do Programa CAPES/ NUFFIC 1. APRESENTAÇÃO As orientações, a seguir, buscam esclarecê-lo(a) com relação aos aspectos práticos do

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS. Bolsa de Estudos para Mestrado Sanduíche, Doutorado Sanduíche E Pós-Doutorado Probitec

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS. Bolsa de Estudos para Mestrado Sanduíche, Doutorado Sanduíche E Pós-Doutorado Probitec ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Bolsa de Estudos para Mestrado Sanduíche, Doutorado Sanduíche E Pós-Doutorado Probitec Prezado bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo pela sua aprovação nas etapas que compuseram

Leia mais

Programa de Bolsa de Estudos para Doutorado Pleno no Exterior ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS

Programa de Bolsa de Estudos para Doutorado Pleno no Exterior ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Programa de Bolsa de Estudos para Doutorado Pleno no Exterior ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Prezado(a) bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela sua aprovação nas etapas que compuseram o processo de

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS PROGRAMA CAPES/MES - CUBA BRASIL-CUBA PROGRAMA CAPES/MES CUBA PROJETOS Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas em consonância com as normas

Leia mais

PEC-PG CNPq e CAPES. 8. Recomendações

PEC-PG CNPq e CAPES. 8. Recomendações PEC-PG CNPq e CAPES 8. Recomendações a) O Estudante-Convênio deverá matricular-se no primeiro semestre letivo do ano imediatamente subseqüente ao que se candidatou ao PEC-PG. Poderá, no entanto, ser concedida

Leia mais

Informações de Apoio ao Estudante no Exterior com bolsa do CNPq

Informações de Apoio ao Estudante no Exterior com bolsa do CNPq Informações de Apoio ao Estudante no Exterior com bolsa do CNPq Informações de apoio aos bolsistas no exterior CNPq 2012 1/13 Índice Informações de Apoio ao Estudante no Exterior Concessão da bolsa...3

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Programa de Doutorado Pleno no Exterior ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Prezado(a) bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela sua aprovação nas etapas que compuseram o processo de seleção do Programa de

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Pesquisa Pós Doutoral e Estágio Sênior no Exterior Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS (PFRH) MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO Versão 04/02/2011 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO 2 INTRODUÇÃO 3 MODALIDADES DE

Leia mais

Manual de Orientações Técnico-Financeiras

Manual de Orientações Técnico-Financeiras Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Manual de Orientações Técnico-Financeiras Programa /COLCIÊNCIAS BRASIL-COLÔMBIA 2013 Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES

MANUAL DE ORIENTAÇÕES Coordenação Geral de Programas- CGPR MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS BRASILEIROS Programa CAPES/CAFP-BA BRASIL-ARGENTINA PROGRAMA CAPES/CAFP-BA Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA BOLSISTAS. Programa PLI FRANÇA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA BOLSISTAS. Programa PLI FRANÇA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA BOLSISTAS Programa PLI FRANÇA 1. APRESENTAÇÃO Prezado(a) Bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela aprovação de sua solicitação para Graduação Sanduíche pelo Programa PLI

Leia mais

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT Perguntas Frequentes Atração de Jovens Talentos BJT Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília,

Leia mais

Programa CAPES/FULBRIGHT de Bolsas para Doutorado nos Estados Unidos da América ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS

Programa CAPES/FULBRIGHT de Bolsas para Doutorado nos Estados Unidos da América ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS C A P E S Programa CAPES/FULBRIGHT de Bolsas para Doutorado nos Estados Unidos da América ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Prezado (a) bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela sua aprovação nas etapas

Leia mais

Manual de orientação para participantes do Programa Professor Visitante do Exterior (PVE)

Manual de orientação para participantes do Programa Professor Visitante do Exterior (PVE) Manual de orientação para participantes do Programa Professor Visitante do Exterior (PVE) I APRESENTAÇÃO Este manual tem o objetivo de esclarecer aspectos práticos da bolsa, tais como: a obtenção do visto

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS. Bolsa de Estudos para Doutorado Sanduíche e Estágio Pós-Doutoral no Exterior

ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS. Bolsa de Estudos para Doutorado Sanduíche e Estágio Pós-Doutoral no Exterior ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Bolsa de Estudos para Doutorado Sanduíche e Estágio Pós-Doutoral no Exterior Prezado bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo pela sua aprovação nas etapas que compuseram o processo

Leia mais

Programa Estágio de Curta Duração. CAPES/Fundação Carolina

Programa Estágio de Curta Duração. CAPES/Fundação Carolina Programa Estágio de Curta Duração CAPES/Fundação Carolina Edital DRI/CAPES nº. 007/2010 A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), por meio de sua Diretoria de Relações

Leia mais

A solicitação destes recursos deve ser encaminhada para a CAPES, com 60 dias de antecedência, por intermédio do envio dos seguintes documentos:

A solicitação destes recursos deve ser encaminhada para a CAPES, com 60 dias de antecedência, por intermédio do envio dos seguintes documentos: MANUAL DE ORIENTAÇÕES PROJETOS CAPES/COFECUB Prezado(a) Coordenador(a), O objetivo deste conjunto de informações é facilitar o gerenciamento do projeto CAPES/COFECUB sob sua coordenação, tanto no que diz

Leia mais

Informações de Apoio aos Estudantes no Exterior com bolsas do CNPq

Informações de Apoio aos Estudantes no Exterior com bolsas do CNPq Informações de Apoio aos Estudantes no Exterior com bolsas do CNPq Informações de Apoio aos Estudantes no Exterior com bolsas do CNPq versão janeiro 2013 1/18 Índice Informações de Apoio aos Estudantes

Leia mais

EDITAL PROPPG 14/2014 PDSE CAPES (Bolsas de doutorado sanduíche no exterior)

EDITAL PROPPG 14/2014 PDSE CAPES (Bolsas de doutorado sanduíche no exterior) EDITAL PROPPG 14/2014 PDSE CAPES (Bolsas de doutorado sanduíche no exterior) A Pró-reitora de Pesquisa e Pós Graduação PROPPG, em conjunto com a Coordenação do Programa de Pós-graduação em Fitotecnia PPGF,

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Doutorado Pleno no Exterior Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília, Junho

Leia mais

Manual de orientação para participantes do Programa Professor Visitante do Exterior Programa CAPES/PVE

Manual de orientação para participantes do Programa Professor Visitante do Exterior Programa CAPES/PVE Manual de orientação para participantes do Programa Professor Visitante do Exterior Programa CAPES/PVE I APRESENTAÇÃO Este manual tem o objetivo de esclarecer aspectos práticos da bolsa, tais como: a obtenção

Leia mais

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Objetivo: A presente norma tem por objetivo formalizar e agilizar os pedidos de diária e passagem a serviço da entidade bem como

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 01/2008 O Presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico FUNCAP, Prof. Tarcísio

Leia mais

EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq

EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq SELEÇÃO DE ALUNOS AO PROGRAMA INSTITUCIONAL CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS BOLSAS SANDUÍCHE NA GRADUAÇÃO CsF-SWG /CNPq 1. OBJETO A Pró-Reitora de Pesquisa

Leia mais

Serviço Público Federal. Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da UFRGS

Serviço Público Federal. Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da UFRGS Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da UFRGS EDITAL 001/2012: Missão científica de curta duração no exterior para estudantes dos Programas de Pós-Graduação da UFRGS PROGRAMA DE ESTÍMULO À INSERÇÃO INTERNACIONAL

Leia mais

Manual para Bolsistas

Manual para Bolsistas Manual para Bolsistas Graduação Sanduíche Versão 1.1 (Março de 2014) Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche Orientações para Bolsistas Prezado (a) bolsista, A Capes tem o prazer de cumprimentá-lo

Leia mais

Manual para Bolsistas

Manual para Bolsistas Ciência sem Fronteiras Manual para Bolsistas Graduação Sanduíche Versão 1.2 (Julho de 2014) Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche Orientações para Bolsistas Prezado bolsista, A Capes tem

Leia mais

Programa CAPES/FULBRIGHT de Bolsa de Estudos para Doutorado Pleno nos Estados Unidos da América ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS

Programa CAPES/FULBRIGHT de Bolsa de Estudos para Doutorado Pleno nos Estados Unidos da América ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS C A P E S Programa CAPES/FULBRIGHT de Bolsa de Estudos para Doutorado Pleno nos Estados Unidos da América ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS Prezado (a) bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela sua aprovação

Leia mais

BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR Program a de Pós-Graduação em Enfermagem SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

Leia mais

Manual para Bolsistas

Manual para Bolsistas Manual para Bolsistas Graduação Sanduíche Versão 1.0 (Outubro de 2013) Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche Orientações para Bolsistas Prezado (a) bolsista, A Capes tem o prazer de cumprimentá-lo

Leia mais

Programa CAPES/ MES CUBA

Programa CAPES/ MES CUBA Programa CAPES/ MES CUBA Processo Seletivo 2013 Edital nº 046/2013 A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, Fundação Pública, instituída como Fundação Pública pela Lei nº. 8.405,

Leia mais

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2010/2011 DAAD - CAPES CNPq

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2010/2011 DAAD - CAPES CNPq Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2010/2011 DAAD - CAPES CNPq I. DEFINIÇÃO E OBJETIVO As bolsas do Programa conjunto de doutorado na Alemanha são concedidas em cooperação

Leia mais

Manual de orientação para bolsistas do Programa CAPES/AULP

Manual de orientação para bolsistas do Programa CAPES/AULP Manual de orientação para bolsistas do Programa CAPES/AULP APRESENTAÇÃO Este manual tem o objetivo de facilitar a implementação das bolsas das missões de estudo no exterior e no Brasil no âmbito do Programa

Leia mais

Programa de Apoio à Participação em Eventos no Exterior - PAEX Edital CAPES nº 073/2010/DRI/CGBE

Programa de Apoio à Participação em Eventos no Exterior - PAEX Edital CAPES nº 073/2010/DRI/CGBE Programa de Apoio à Participação em Eventos no Exterior - PAEX Edital CAPES nº 073/2010/DRI/CGBE A Diretoria de Relações Internacionais da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Leia mais

Manual de Orientações para bolsistas uruguaios

Manual de Orientações para bolsistas uruguaios Coordenação Geral de Programas- CGPR Manual de Orientações para bolsistas uruguaios Programa CAPES/UDELAR BRASIL-URUGUAI Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas em consonância com as

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES SANTANDER UNIVERSIDADES 2015

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES SANTANDER UNIVERSIDADES 2015 EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES SANTANDER UNIVERSIDADES 2015 A Universidade Anhembi Morumbi, integrante da Rede Internacional de Universidades Laureate,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 08/2009

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 08/2009 INSTRUÇÃO NORMATIVA N 08/2009 O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico FUNCAP, na pessoa de seu Presidente, no uso de suas atribuições conferidas

Leia mais

Programa de Apoio à Participação em Eventos no Exterior - PAEX. Regulamento

Programa de Apoio à Participação em Eventos no Exterior - PAEX. Regulamento Programa de Apoio à Participação em Eventos no Exterior - PAEX Regulamento CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO 2 DA CANDIDATURA CAPÍTULO 3 DO CALENDÁRIO CAPÍTULO 4 DA IMPLEMENTAÇÃO CAPÍTULO 5 DAS

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior PDSE Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 O Diretor Geral da Faculdade de Medicina de Marília (Famema), Professor Doutor Paulo Roberto Michelone, no uso de suas atribuições, torna público este Edital de seleção de estudantes

Leia mais

PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL

PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL Manual de Acompanhamento de Bolsas de Estudo Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) Diretoria de Programas e Bolsas no País (DPB) Coordenação-Geral

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTAS

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTAS PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS (PFRH) MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTAS Versão 06/maio/2010 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO 2 INTRODUÇÃO 3 MODALIDADES DE AUXÍLIO

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA PNPD/CAPES 2013

EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA PNPD/CAPES 2013 EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA PNPD/CAPES 2013 A ESPM, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação stricto sensu e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo (PPGCOM),

Leia mais

Art. 1º Aprovar o Regulamento do Programa de Estágio Pós-Doutoral (anexo).

Art. 1º Aprovar o Regulamento do Programa de Estágio Pós-Doutoral (anexo). Resolução nº 286/CONSEA, de 30 de abril de 2013. Regulamento do Programa de Estágio Pós-Doutoral. O Conselho Superior Acadêmico (CONSEA), da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), no uso de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 011 /IFB DE 08 DE SETEMBRO DE 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 011 /IFB DE 08 DE SETEMBRO DE 2015 EDITAL Nº 011 /IFB DE 08 DE SETEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO O Diretor Geral do Campus Riacho Fundo, nomeado pela Portaria 597, publicada no Diário Oficial da União

Leia mais

Manual para Bolsistas Pesquisa Pós-Doutoral e Estágio Sênior no Exterior

Manual para Bolsistas Pesquisa Pós-Doutoral e Estágio Sênior no Exterior Manual para Bolsistas Pesquisa Pós-Doutoral e Estágio Sênior no Exterior Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior

Leia mais

Orientações para solicitação de financiamento de projetos Dinter aprovados no Edital Capes nº 13/2012

Orientações para solicitação de financiamento de projetos Dinter aprovados no Edital Capes nº 13/2012 1. Introdução Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes Diretoria de Programas e Bolsas no País - DPB Coordenação-Geral de Desenvolvimento Setorial e Institucional - CGSI Coordenação

Leia mais

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior

Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior Este regulamento está em vigor a partir do 11/07/2007 (inclusive) substituindo e cancelando o anterior REGULAMENTO DE ACÚMULO DE PONTOS NO PROGRAMA BRADESCO COM TRANSFERÊNCIA PARA O PROGRAMA FIDELIDADE

Leia mais

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS MANUAL DO BOLSISTA Núcleo de Atenção Solidária NAS Sumário 1 - Bolsa de Estudo... 2 2 - Tipos de Bolsas de Estudo... 2 - ProUni... 2 Eventuais Programas de Bolsas de Estudo:... 2 - Vestibular Social....

Leia mais

Ministério da Educação MEC Instituto Federal de Brasília - IFB Campus Samambaia

Ministério da Educação MEC Instituto Federal de Brasília - IFB Campus Samambaia EDITAL Nº 006 DGSA/CDAE/CSAM/IFB, DE 17 DE SETEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO O Diretor-Geral do campus Samambaia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Programa Binacional Centros Associados de Pós-graduação Brasil/Argentina - (CAPG/BA) Edital CGCI n. /2008

Programa Binacional Centros Associados de Pós-graduação Brasil/Argentina - (CAPG/BA) Edital CGCI n. /2008 Programa Binacional Centros Associados de Pós-graduação Brasil/Argentina - (CAPG/BA) Edital CGCI n. /2008 1 Do programa e objetivo 1.1 O Programa CAPG/BA (Programa de Centros Associados de Pós-Graduação),

Leia mais

Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Saúde Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde Escola Superior de Ciências da Saúde

Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Saúde Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde Escola Superior de Ciências da Saúde A Escola Superior em Ciências da Saúde ESCS, mantida pela Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde FEPECS e vinculada à Secretaria de Saúde do Distrito Federal torna público a chamada de inscrição

Leia mais

ROTEIRO PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS CAPES-PROAP CONVÊNIO Nº 80.3875/2014 e-convênios nº 35183

ROTEIRO PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS CAPES-PROAP CONVÊNIO Nº 80.3875/2014 e-convênios nº 35183 ROTEIRO PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS CAPES-PROAP CONVÊNIO Nº 80.3875/2014 e-convênios nº 35183 1) Da legislação aplicável - Portaria CAPES nº 156 de 28 de Novembro de 2014 a. Decreto nº 7.692 de 02 de Março

Leia mais

Programa Centros Associados para o Fortalecimento da Pós-Graduação Brasil/Argentina - (CAFP/BA) Edital CGCI n. 028 /2007

Programa Centros Associados para o Fortalecimento da Pós-Graduação Brasil/Argentina - (CAFP/BA) Edital CGCI n. 028 /2007 Programa Centros Associados para o Fortalecimento da Pós-Graduação Brasil/Argentina - (CAFP/BA) Edital CGCI n. 028 /2007 1 Do programa e objetivo 1.1 O Programa CAFP/BA (Centros Associados para o Fortalecimento

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA OS BOLSISTAS

ORIENTAÇÕES PARA OS BOLSISTAS PROGRAMA DE BOLSA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA OS ALUNOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO http://www.reitoria.usp.br/intercambio/ ORIENTAÇÕES PARA OS BOLSISTAS Sistema de Apoio ao Programa:

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 545, DE 22 DE JANEIRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 545, DE 22 DE JANEIRO DE 2015 Publicada no Diário da Justiça Eletrônico, nº 17, em 27/1/2015. RESOLUÇÃO Nº 545, DE 22 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre a concessão de diárias e passagens no âmbito do Supremo Tribunal Federal. O PRESIDENTE

Leia mais

Nova York USA - 2015

Nova York USA - 2015 FICHA DE ADESÃO VIAGEM PEDAGÓGICA INTERNACIONAL ARTE E TECNOLOGIA PARA ESCOLAS DO SEC. XXI Nova York USA - 2015 Todas as páginas devem ser preenchidas e rubricadas. Este documento original deve ser enviado

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas UFAL Instituto de Computação IC Programa de Pós-Graduação em Informática PPGI

Universidade Federal de Alagoas UFAL Instituto de Computação IC Programa de Pós-Graduação em Informática PPGI EDITAL 01/2015-PPGI/UFAL EDITAL DE SELEÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES 2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA PPGI O Programa de Pós-Graduação em Informática da Universidade Federal

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n.

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 118/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos de

Leia mais

Normas e Procedimentos para os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA, Especialização e Aperfeiçoamento)

Normas e Procedimentos para os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA, Especialização e Aperfeiçoamento) Normas e Procedimentos para os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA, Especialização e Aperfeiçoamento) 1 Contato com alunos O contato com o aluno de Pós-Graduação da UCS acontece, de forma preferencial,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL Nº 003/2014 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermediário da Diretoria de

Leia mais

Programa CAPES/BRAFITEC. Brasil/França Ingénieur Technologie. Edital CGCI n. 022/2007

Programa CAPES/BRAFITEC. Brasil/França Ingénieur Technologie. Edital CGCI n. 022/2007 Programa CAPES/ Brasil/França Ingénieur Technologie Edital CGCI n. 022/2007 1 Do programa O Programa (Brasil/França Ingénieur Technologie) é uma iniciativa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PROJETOS CAPES/COFECUB

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PROJETOS CAPES/COFECUB MANUAL DE ORIENTAÇÕES PROJETOS CAPES/COFECUB Prezado(a) Coordenador(a), O objetivo deste conjunto de informações é facilitar o gerenciamento do projeto CAPES/COFECUB sob sua coordenação, tanto no que diz

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG) Edital N o 01 SWG/UNICENTRO/CNPq A Universidade Estadual do Centro-Oeste, por meio da Coordenação Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras, com base no Termo de Concessão 800773/2011-0 do Programa

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermédio da Diretoria Acadêmica

Leia mais

Edital 01/2015 SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2013/CAPES)

Edital 01/2015 SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2013/CAPES) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE ARTES VISUAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE E CULTURA VISUAL Edital 01/2015

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS 1 CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES O(a)Sr(a)., RG n.º, CPF, telefone(s),e-mail, endereço, Bairro,Cidade, Cep, de ora em diante denominado(a) simplesmente

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra estão disponíveis em Meus pedidos.

Leia mais

Programa Nota CAPES COTA

Programa Nota CAPES COTA PROGRAMA DE BOLSAS FAPESB - COTAS INSTITUCIONAIS MESTRADO PROFISSIONAL, MESTRADO E DOUTORADO 1. INTRODUÇÃO A FAPESB tem como um de seus principais objetivos apoiar a formação científica através da concessão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

Programa CAPES-MINCYT

Programa CAPES-MINCYT Programa CAPES- Processo Seletivo 2014 Edital nº 22/2014 A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, instituída como Fundação Pública, por meio da Lei nº. 8.405, de 09 de janeiro

Leia mais

As cotas institucionais do ano de 2015 serão distribuídas conforme os critérios a seguir: Capes. Mestrado 3 e 4 03 (três) Bolsas

As cotas institucionais do ano de 2015 serão distribuídas conforme os critérios a seguir: Capes. Mestrado 3 e 4 03 (três) Bolsas PROGRAMA DE BOLSAS FAPESB - COTAS INSTITUCIONAIS MESTRADO PROFISSIONAL, MESTRADO E DOUTORADO 1. INTRODUÇÃO Com o objetivo de apoiar a formação científica através da concessão de bolsas de Doutorado, Mestrado

Leia mais

4. Pós-Graduação - Bolsas de Mestrado e Doutorado no País 4.1 - Finalidade

4. Pós-Graduação - Bolsas de Mestrado e Doutorado no País 4.1 - Finalidade 4. Pós-Graduação - Bolsas de Mestrado e Doutorado no País 4.1 - Finalidade Anexo IV da RN-017/2006 - Bolsas por Quota no País Apoiar a formação de recursos humanos em nível de pós-graduação. 4.2 - Requisitos

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS UNIVESP BOLSAS DE APOIO ACADÊMICO E TECNOLÓGICO

PROGRAMA DE BOLSAS UNIVESP BOLSAS DE APOIO ACADÊMICO E TECNOLÓGICO BOLSAS DE APOIO ACADÊMICO E TECNOLÓGICO Normas e Procedimentos 1. DISPOSIÇÕES GERAIS A UNIVESP instituiu, por deliberação de seu Conselho de Curadores, o PROGRAMA DE BOLSAS UNIVESP, com as características

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS FAVOR LER COM ATENÇÃO ESTAS CONDIÇÕES POIS NELAS CONSTAM INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA VIAGEM

CONDIÇÕES GERAIS FAVOR LER COM ATENÇÃO ESTAS CONDIÇÕES POIS NELAS CONSTAM INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA VIAGEM CONDIÇÕES GERAIS FAVOR LER COM ATENÇÃO ESTAS CONDIÇÕES POIS NELAS CONSTAM INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA VIAGEM 1 1. RESPONSABILIDADE A Bon Voyage Operadora, registrada na Embratur nr 07921-00-41-5,

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO À PUBLICAÇÃO QUALIFICADA - PAPQ

PROGRAMA DE APOIO À PUBLICAÇÃO QUALIFICADA - PAPQ EDITAL 01/2016 PROPESP PROGRAMA DE APOIO À PUBLICAÇÃO QUALIFICADA - PAPQ A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) torna pública a seleção de propostas no âmbito do Programa de Apoio à Publicação

Leia mais

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO - CONSU DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, RESOLVE:

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO - CONSU DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, RESOLVE: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Uberaba-MG RESOLUÇÃO N 4 DE 29 DE JUNHO DE 2015, DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UFTM Estabelece normas para realização de Estágio Pós- Doutoral

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche nos EUA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública UNICENTRO/CAPES nº 01/2011 Em atendimento a chamada CAPES 01/211 do Programa Ciência sem Fronteiras, a UNICENTRO torna pública a seleção de estudantes de graduação em áreas e temas de estudo

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA Tendo em vista a oportunidade propiciada pelo Programa Ciência sem Fronteiras, a Assessoria

Leia mais

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual. PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.pdf INFORMAÇÕES GERAIS Duração do projeto O prazo de vigência do projeto

Leia mais

Programa CAPES-MINCYT

Programa CAPES-MINCYT Programa CAPES- Processo Seletivo 2013 Edital nº 37/2013 A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, instituída como Fundação Pública, por meio da Lei nº. 8.405, de 09 de janeiro

Leia mais