Brado Logística e Incorporação Standard. Atualização - 20 de dezembro de 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Brado Logística e Incorporação Standard. Atualização - 20 de dezembro de 2010"

Transcrição

1 Ressalvas Este Documento é destinado aos acionistas da ALL América Latina Logística S.A. e tem por objetivo apresentar os mesmos fatos e eventos descritos no Fato Relevante divulgado no dia 20 de dezembro de Nada que venha a ser apresentado no presente Documento constitui venda, promessa de venda, oferta de venda, convite para compra ou aceitação de pedido de compra de valores mobiliários (incluindo subscrição). Eventuais declarações que possam ser feitas neste Documento, relativas aos negócios da ALL, projeções e metas operacionais e financeiras, constituem estimativas e premissas da administração da companhia e são realizadas com base em informações atualmente disponíveis a todos. Considerações futuras não são garantias de desempenho e envolvem riscos e incertezas podendo, portanto, não ocorrer. 1

2 Brado Logística e Incorporação Standard Atualização - 20 de dezembro de 2010

3 Agenda Brado Logística Incorporação da Standard Logística A Companhia Consolidada

4 Agenda Brado Logística Incorporação da Standard Logística A Companhia Consolidada

5 Brado Logística A Brado atuará em um mercado não atendido pela ferrovia O mercado captável na região de atuação da ALL é superior a 2,6 milhões de contêineres cheios/ano, o equivalente a 65 milhões de toneladas/ano Em 2009, a ALL teve uma participação de mercado inferior a 2% A conteinerização de cargas é uma tendência no Brasil e no resto do mundo Transporte de cargas (%) - Global 78% 69% 63% 53% 43% 35% 25% 22% 31% 37% 47% 57% 65% 75% Transporte de contêineres Carga Geral

6 Brado Logística Empresa criada para atuar na logística de contêineres Foco nos fluxos de importação, exportação e carga refrigerada Consolidador intermodal de contêineres no Brasil Direcionamento comercial de varejo (mercado pulverizado) Serviços customizados para o cliente e complementares à intermodalidade Infra-estrutura especializada para o suporte dos serviços vs Concentração de clientes Grandes Volume por Cliente Homogeneidade de Cargas Foco no Atacado Pulverização de Clientes Baixo/Médio Volume por Cliente Variedade e unitização da Carga Foco no Varejo

7 Brado Logística Integra a flexibilidade da rodovia com o baixo custo da ferrovia Modelo logístico de maior eficiência, comprovado nos EUA e outros países Oferece competitividade relevante frente ao custo logístico atual Investimentos em terminais intermodais para captação de contêineres Armazenagem no interior mais competitiva em relação aos portos Regulariza a cadência da produção ao escoamento Ferrovia Fábrica Ponta Rodoviária Terminais Consolidadores Porto

8 Brado Logística Contrato com a ferrovia cria vantagem de custo sustentável Garantia de competitividade de custo e nível de serviço adequado para os clientes Investimentos em terminais localizados em pontos estratégicos no interior Expansão da capacidade ferroviária, com aquisição de vagões, locomotivas e adequações de infra-estrutura Investimento previstos em R$ 1 bilhão para os próximos 5 anos, modular; conforme visibilidade da demanda de volume Acordo com ALL Prestação dos serviços de transporte ferroviário com tarifas competitivas Investimentos em terminais intermodais e expansão da capacidade ferroviária

9 Agenda Brado Logística Incorporação da Standard Logística A Companhia Consolidada

10 Incorporação da Standard Logística Maior empresa de logística de contêineres de cargas frigorificadas com base intermodal Empresa reconhecida pelos clientes pela qualidade do serviço Alto Taquari Know-how em logística de alta complexidade e valor agregado 06 Complexos Logísticos Cambé Bauru 05 terminais intermodais estrategicamente localizados na Região Sul, MT e SP Cascavel Guarapuava Curitiba Colombo Cubatão Operações intermodais, com ativos integrados com a ALL desde 2006 Cruz Alta Itajaí Cultura meritocrática Esteio Aproximadamente colaboradores Porto de Rio Grande do Sul

11 Incorporação da Standard Logística Oferece diversos serviços logísticos de alto valor agregado Armazenagem multi-temperatura Transporte e Distribuição Fracionada Handling de contêineres Alfadegamento (Expo e Impo) Serviços Customizados: Separação e controle de estoques Rastreamento específico por produto Compartilhamento de cargas Interface para habilitação para exportação Robusta base de clientes

12 Incorporação da Standard Logística Robusta base de clientes

13 Incorporação da Standard Logística Unidades Standard Integra clientes e fornecedores através de seus terminais e complexos logísticos Bauru - SP Com m², a estação de Bauru-SP é também um Porto Seco, oferecendo produtos de alto valor agregado Esteio - RS Esteio-RS possui posições paletes, túnel de congelamento com capacidade para 50 ton, 34 docas e 20 tomadas para contêineres reefer

14 Incorporação da Standard Logística Unidades Standard Colombo - PR Com m², Colombo-PR possui posições paletes, túnel de congelamento com capacidade para 50 ton e 25 docas Cubatão - SP A unidade de Cubatão-SP possui m², posições pallets, 2 túneis de congelamento (capacidade para 100 ton) e 300 tomadas para contêineres reefer

15 Incorporação da Standard Logística Unidades Standard Cambé - PR Com m², possui posições paletes e 9 docas, além de 60 tomadas para contêineres reefer Com m², a unidade de Itajaí-SC possui posições paletes, túnel de congelamento com capacidade para 100 ton, 28 docas e 300 tomadas para contêineres reefer Itajaí - SC

16 Incorporação da Standard Logística Destaques financeiros: Track record de alta performance desde 2001, com crescimento médio anual de 31% em Receita Líquida e 60% em EBITDA Em 2009 a BRZ Investimentos adquiriu 38% da empresa por R$ 80 milhões, avaliando a empresa em R$ 210 milhões R$(milhões) Receita Líquida 87,0 96,6 EBITDA 12,2 18,5 Margem EBITDA 14,0% 19,2% Dívida Líquida 42,5 (37,1) Caixa 0,2 73,6 Dívida Bruta 42,7 36,5 Total de Ativos 63,3 172,8 Patrimônio Líquido 12,8 107,8

17 Incorporação da Standard Logística Razões para a incorporação: Sinergia de Ativos: ambas estão na mesma área de atuação e diversos terminais já se encontram integrados à ferrovia, reduzindo o CAPEX necessário e acelerando o ramp up Know-how no setor: a Standard possui experiência no varejo. A incorporação alia forte vantagem de custos com alta qualidade de serviço Estrutura Operacional e Administrativa: a Standard traz uma estrutura em operação, com mais de mil colaboradores, que será utilizada pela Brado Foco de gestão fragmentado: atuação em clientes de diversos portes e necessidades, prestando serviços customizados e de alto valor agregado Cultura Alinhada à ALL: cultura com meritocracia e administração profissional

18 Incorporação da Standard Logística Estrutura do deal Acionistas Standard aportam companhia em troca de 20% da Brado Brado incorpora a Standard Não há pagamento em dinheiro 80% 20% Acionistas Standard Mantém acionistas estratégicos na Companhia José Luis Demeterco, fundador e atual CEO da Standard será CEO da Brado 100% Operação condicionada às autorizações governamentais

19 Agenda Brado Logística Incorporação da Standard Logística A Companhia Consolidada

20 A Companhia Consolidada Modelo de negócio assegura vantagem competitiva sustentável Replica no Brasil modelo que em países desenvolvidos resulta em um market share de contêiner na ferrovia superior a 50% Forte know-how no setor de varejo de contêiner Estrutura operacional com mais de colaboradores Administração profissional com foco em resultados Investimentos em terminais e capacidade ferroviária seguindo o aumento de escala da Brado A empresa buscará recursos por meio de financiamentos (BNDES), parcerias estratégicos e mercado de capitais * As operações estão sujeitas as condições usuais deste tipo de transação, incluindo as autorizações governamentais necessárias. Os acordos operacionais vigerão até o término da concessão de cada uma das concessionárias da ALL e, caso sejam renovadas, os acordos operacionais serão renovados por igual período.

21 A Companhia Consolidada Crescimento no mercado de pequenas e médias empresas, unindo eficiência e cultura da ALL ao expertise de serviços da Standard Investimentos visando oferecer ao clientes excelência no transporte multimodal de contêineres Primeiro passo para criação da maior empresa de logística de contêineres do Brasil

22

ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF 02.387.241/0001-60 NIRE 41.3.00019886 Companhia Aberta FATO RELEVANTE

ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF 02.387.241/0001-60 NIRE 41.3.00019886 Companhia Aberta FATO RELEVANTE ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF 02.387.241/0001-60 NIRE 41.3.00019886 Companhia Aberta FATO RELEVANTE A ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. ( ALL ) vem a público informar que: (i) criou uma controlada

Leia mais

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Índice 1. Qual é a participação de mercado da ALL no mercado de contêineres? Quantos contêineres ela transporta por ano?... 4 2. Transportar por ferrovia não é mais barato do que

Leia mais

Agora gostaríamos de passar a palavra para a Companhia. Por favor, podem prosseguir.

Agora gostaríamos de passar a palavra para a Companhia. Por favor, podem prosseguir. Operadora: Bom dia, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da ALL América Latina Logística, sobre a criação da Brado Logística. Estão presentes hoje conosco os senhores: Paulo Basílio,

Leia mais

COSAN DAY 2012. Julio Fontana

COSAN DAY 2012. Julio Fontana COSAN DAY 2012 Julio Fontana Disclaimer Esta apresentação contém estimativas e declarações sobre operações futuras a respeito de nossa estratégia e oportunidades de crescimento futuro. Essas informações

Leia mais

23 DE NOVEMBRO DE 2010

23 DE NOVEMBRO DE 2010 Reunião APIMEC - MG 23 DE NOVEMBRO DE 2010 ECORODOVIAS ESTRUTURA SOCIETÁRIA A EcoRodovias é uma das maiores empresas de infraestrutura logística integrada do Brasil, cujo foco é operar ativos de logística

Leia mais

Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279

Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279 Reunião APIMEC - 3T15 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3279-3279 Ressalvas sobre considerações futuras As afirmações contidas neste documento quanto a perspectivas de negócios para a Santos Brasil Participações

Leia mais

Commodities Agrícolas - Market Share por Porto

Commodities Agrícolas - Market Share por Porto 1 Destaques 2009 OvolumedaALLnoBrasilcresceu5,8%em2009para35.631bilhõesdeTKU,apesardo difícil cenário de mercado, com forte queda na produção industrial e redução de 12% na produção de produtos agrícolas

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Apresentação a Investidores. 4 de Dezembro de 2009

Apresentação a Investidores. 4 de Dezembro de 2009 Associação com Casa Bahia Apresentação a Investidores 4 de Dezembro de 2009 1 Considerações Iniciais Esta apresentação foi preparada para permitir uma melhor compreensão dos detalhes da operação pelo mercado.

Leia mais

Caroline Rodrigues Gerente de Atendimento

Caroline Rodrigues Gerente de Atendimento Caroline Rodrigues Gerente de Atendimento Agenda do Evento 09h00 às 09:30h 09h30 às 09:35h Welcome Coffe Hino Nacional 09h35 às 10:10h Abertura: Nosso Negócio - Paulo Basílio 10h10 às 10:30h Nossa Gente

Leia mais

Localiza Day Agosto / 2011

Localiza Day Agosto / 2011 Localiza Day Agosto / 2011 1 1. A Companhia 2. Drivers e oportunidades 3. Geração de valor 4. Conclusão 2 A Companhia: destaques Maior locadora da América do Sul com mais de 460 agências em 7 países Frota

Leia mais

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Estar Mais Próximo do Cliente B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

REUNIÃO PÚBLICA APIMEC-NE FORTALEZA/CE. Vida e desenvolvimento em equilíbrio

REUNIÃO PÚBLICA APIMEC-NE FORTALEZA/CE. Vida e desenvolvimento em equilíbrio REUNIÃO PÚBLICA APIMEC-NE FORTALEZA/CE Vida e desenvolvimento em equilíbrio 03/04/2012 Vida e desenvolvimento em equilíbrio A Companhia Oportunidades Concessões Rodoviárias Logística Desempenho Financeiro

Leia mais

Apresentação para Investidores. Março, 2009

Apresentação para Investidores. Março, 2009 Apresentação para Investidores Março, 2009 1 Filosofia Gerdau VISÃO Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que

Leia mais

O maior portfólio de serviços logísticos do Brasil. Aquisição da Rodoviário Schio Ltda. Apresentação a Investidores 22 de Novembro de 2011

O maior portfólio de serviços logísticos do Brasil. Aquisição da Rodoviário Schio Ltda. Apresentação a Investidores 22 de Novembro de 2011 O maior portfólio de serviços logísticos do Brasil Aquisição da Rodoviário Schio Ltda. Apresentação a Investidores 22 de Novembro de 2011 Agenda 1 Descrição e Estrutura da Transação 2 Racional da Aquisição

Leia mais

Reunião Pública APIMEC-SP NOVEMBRO DE 2011

Reunião Pública APIMEC-SP NOVEMBRO DE 2011 Reunião Pública APIMEC-SP NOVEMBRO DE 2011 Maringá Armazéns Gerais Ltda. e Maringá Serviços Auxiliares de Transporte Aéreo Ltda. Porto Seco Maringá -67.000 m² de área total -7.000 m² de armazéns -760m³

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T14

Apresentação de Resultados 4T14 Apresentação de Resultados 4T14 0 Aviso Geral Algumas afirmações nesta apresentação podem ser projeções ou afirmações sobre expectativas futuras. Tais afirmações estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

PLANO DE INVESTIMENTOS. Abril 2015

PLANO DE INVESTIMENTOS. Abril 2015 PLANO DE INVESTIMENTOS Abril 2015 Disclaimer 2 Esta apresentação contém estimativas e declarações sobre operações futuras a respeito de nossa estratégia e oportunidades de crescimento futuro. Essas informações

Leia mais

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representam expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago A. Deiro Gerente Financeiro &

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

AVISO LEGAL. A VALID isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas.

AVISO LEGAL. A VALID isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas. APIMEC VALID 2013 AVISO LEGAL Esta apresentação pode conter declarações e informações que constituem previsões para o futuro. Tais declarações e informações prospectivas são unicamente previsões e não

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam

Leia mais

Agenda. Maior Empresa de Logística da América Latina. Agronegocio no Brasil. Histórico ALL. ALL e Brasil Ferrovias 2005. Estrutura da Transação

Agenda. Maior Empresa de Logística da América Latina. Agronegocio no Brasil. Histórico ALL. ALL e Brasil Ferrovias 2005. Estrutura da Transação 1 Agenda Maior Empresa de Logística da América Latina Agronegocio no Brasil Histórico ALL ALL e Brasil Ferrovias 2005 Estrutura da Transação Valuation 2 A junção de Brasil Ferrovias e ALL cria a maior

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago Deiro Gerente Financeiro & de

Leia mais

Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. Profª Caroline Pauletto Spanhol

Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. Profª Caroline Pauletto Spanhol Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos Profª Caroline Pauletto Spanhol Cadeia de Abastecimento Conceitos e Definições Elementos Principais Entendendo a Cadeia de Abastecimento Integrada Importância

Leia mais

JBS S.A. CNPJ nº 02.916.265/0001-60 NIRE 35.300.330.587 Companhia Aberta de Capital Autorizado FATO RELEVANTE

JBS S.A. CNPJ nº 02.916.265/0001-60 NIRE 35.300.330.587 Companhia Aberta de Capital Autorizado FATO RELEVANTE JBS S.A. CNPJ nº 02.916.265/0001-60 NIRE 35.300.330.587 Companhia Aberta de Capital Autorizado FATO RELEVANTE A JBS S.A. ( JBS ), em atendimento ao disposto na Instrução CVM 358/02, comunica aos seus acionistas

Leia mais

Novos Contratos de Assistência: Novos contratos de Assistência com Minas Brasil (Grupo Zurich) e Banco do Brasil.

Novos Contratos de Assistência: Novos contratos de Assistência com Minas Brasil (Grupo Zurich) e Banco do Brasil. Divulgação dos Resultados 1T09 1 Disclaimer: Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e

Leia mais

A Nova Realidade do Transporte Intermodal Ferroviário no Brasil e Mercosul

A Nova Realidade do Transporte Intermodal Ferroviário no Brasil e Mercosul A Nova Realidade do Transporte Intermodal Ferroviário no Brasil e Mercosul José Luis Demeterco Neto São Paulo, 22 de maio de 2012 O INÍCIO Duas empresas pioneiras que por seis anos operaram através de

Leia mais

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011 Contax Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação 2 A Líder no Mercado de Contact Center no Brasil A Contax Líder no mercado com ampla base de clientes Fundada

Leia mais

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up Fevereiro de 2013 Aquisição da Wise Up Agenda SEÇÃO 1 Sumário da Transação SEÇÃO 2 Visão Geral da Wise Up 2 Seção 1: Sumário da Transação Sumário da Transação A Transação Aquisição de 100% do Grupo Ometz

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

O volume em TKU aumentou 2,1% no 1T07 para 6.932 milhões de TKU, enquanto a receita caiu 0,7% para R$488,1 milhões no 1T07

O volume em TKU aumentou 2,1% no 1T07 para 6.932 milhões de TKU, enquanto a receita caiu 0,7% para R$488,1 milhões no 1T07 1 estaques do 1T07 O EBITDAR consolidado aumentou 60,9% no 1T07, atingindo R$195,3 milhões e a margem de EBITDAR cresceu 17,4 pontos, de 28,2% para 45,6%. O resultado líquido aumentou R$64 milhões no 1T07

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Teleconferência Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Aviso Legal Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Março de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia

Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia Conference Call 221 de dezembro de 2009 Aviso importante Este material pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados

Leia mais

APIMEC-MG Belo Horizonte 26 de agosto de 2009

APIMEC-MG Belo Horizonte 26 de agosto de 2009 APIMEC-MG Belo Horizonte 26 de agosto de 2009 1 1 Ressalvas As informações e declarações sobre eventos futuros estão sujeitas a riscos e incertezas, as quais têm como base estimativas e suposições da Administração

Leia mais

Destaques do Trimestre

Destaques do Trimestre Resultados do 1T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 0 1. Visão Geral Setor de Ensino Superior no Brasil Visão Geral Estratégia Empresarial Destaques Financeiros

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014. São Paulo, 12 de fevereiro de 2015

Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014. São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014 São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos

Leia mais

na Light S.A. Janeiro/2010

na Light S.A. Janeiro/2010 Aumento de participação na Light S.A. Janeiro/2010 Termo de Renúncia Algumas declarações constantes nesta apresentação são projeções contidas no conceito da Lei de Valores Mobiliários Americanos e estão

Leia mais

Apresentação de Resultados da Lopes 2008. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI

Apresentação de Resultados da Lopes 2008. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Apresentação de Resultados da Lopes 2008 Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Aviso importante Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer

Leia mais

PROGRAMA PRÓ CABOTAGEM POTENCIAL DA CABOTAGEM PARA O AGRONEGÓCIO

PROGRAMA PRÓ CABOTAGEM POTENCIAL DA CABOTAGEM PARA O AGRONEGÓCIO AGENDA PROGRAMA PRÓ CABOTAGEM POTENCIAL DA CABOTAGEM PARA O AGRONEGÓCIO O PROGRAMA PROGRAMA PARA DESENVOLVIMENTO DA CABOTAGEMNO BRASIL, COM A PARTICIPAÇÃO DOS ORGÃOS INTERVENIENTES, ATRAVÉS DE UM GRUPO

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

ALL. UMA MULTINACIONAL BRASILEIRA

ALL. UMA MULTINACIONAL BRASILEIRA ALL. UMA MULTINACIONAL BRASILEIRA 13 ANOS DE ALL Março de 1997 Início das atividades Privatização Malha Sul Julho de 2001 Aquisição da Delara Consolidação Logística Maio de 2006 Aquisição da Brasil Ferrovias

Leia mais

Eixo de integração Centro-Oeste - Logística ABDE

Eixo de integração Centro-Oeste - Logística ABDE Eixo de integração Centro-Oeste - Logística ABDE AIE/DELOG/GESET Novembro/2011 Agenda Vetores Estratégicos e Metas a Alcançar Centro-Oeste: Desafios e Oportunidades Conclusão Atuação do BNDES 2 Vetores

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

REUNIÃO PÚBLICA COM ANALISTAS E INVESTIDORES 06 DE NOVEMBRO 2014

REUNIÃO PÚBLICA COM ANALISTAS E INVESTIDORES 06 DE NOVEMBRO 2014 REUNIÃO PÚBLICA COM ANALISTAS E INVESTIDORES 06 DE NOVEMBRO 2014 AVISO Esta apresentação contém informações gerais sobre as atividades da TOTVS, baseadas em setembro de 2014, com dados apresentados de

Leia mais

PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL

PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor de Relações com Investidores João Mallet Gerente de Relações com Investidores Telefone: (21) 3804 3800

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A.

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. BRF RESULTADOS 2T14 Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa,

Leia mais

Distribuição Urbana de Food Service. Francisco Moura, ABIAF

Distribuição Urbana de Food Service. Francisco Moura, ABIAF Distribuição Urbana de Food Service Francisco Moura, ABIAF Agenda O Mercado de Food Service e segmentos Como as cadeias de suprimentos estão organizadas EUA e Brasil O Operador Logístico de FS dificuldades,

Leia mais

GERAÇÃO DE VALOR ATRAVÉS DO PLANEJAMENTO DE LONGO PRAZO

GERAÇÃO DE VALOR ATRAVÉS DO PLANEJAMENTO DE LONGO PRAZO GERAÇÃO DE VALOR ATRAVÉS DO PLANEJAMENTO DE LONGO PRAZO APRESENTAÇÃO Malha ferroviária Ativos Informações Operacionais Informações Financeiras A MRS Logística é uma operadora ferroviária de carga que administra

Leia mais

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008 Resultados do 1T08 14 de maio de 2008 Destaques do Trimestre Desenvolvimento dos Negócios Início dos desembolsos das operações de FINAME e BNDES Automático Bim Promotora de Vendas fase piloto das operações

Leia mais

KROTON Educacional S/A Divulgação de Resultados 1T08. 07 de Maio de 2008

KROTON Educacional S/A Divulgação de Resultados 1T08. 07 de Maio de 2008 KROTON Educacional S/A Divulgação de Resultados 1T08 07 de Maio de 2008 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS O material que se segue é uma apresentação de informações gerais da Kroton Educacional S.A ( Kroton ). Esta

Leia mais

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010 Apresentação Corporativa Novembro de 2010 Estácio: Breve Histórico Crescimento orgânico Consolidação para liderança nacional IPO Companhia listada Turn around e preparação para o crescimento futuro # de

Leia mais

KROTON EDUCACIONAL S/A

KROTON EDUCACIONAL S/A Semana de Relações com Investidores de MG ALÍCIA PINHEIRO Vice-Presidente Executiva e Diretora de RI Organização: Apoio: KROTON EDUCACIONAL S/A 2 CONSIDERAÇÕES INICIAIS O material que se segue é uma apresentação

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Estar Mais Próximo do Cliente B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

ESTUDO DA CRIAÇÃO DE UMA PLATAFORMA MULTIMODAL Prof. Ph.D. Cláudio Farias Rossoni Área delimitada onde em um mesmo local se encontram disponibilizados: DUTOVIAS HIDROVIAS RODOVIAS AEROVIAS FERROVIAS Área

Leia mais

PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos

PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos José Newton Barbosa Gama Assessor Especial Dezembro de 2011 SUMÁRIO Problemática

Leia mais

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio.

Perfil do Franqueado. Procuramos empreendedores com o seguinte perfil: Experiência em varejo ou rede de negócio. F R A N Q U I A Benefícios do Modelo Uma das marcas mais fortes e reconhecidas do país. A marca faz parte de um conglomerado que se consolida como um dos maiores do país (Alpargatas - Grupo Camargo Corrêa).

Leia mais

Nos trilhos do progresso

Nos trilhos do progresso Nos trilhos do progresso brasil: polo internacional de investimentos e negócios. Um gigante. O quinto maior país do mundo em extensão e população e o maior da América Latina, onde se destaca como a economia

Leia mais

OPERADORES LOGÍSTICOS. Realidade, Perspectivas e Expectativas no Brasil!

OPERADORES LOGÍSTICOS. Realidade, Perspectivas e Expectativas no Brasil! OPERADORES LOGÍSTICOS Realidade, Perspectivas e Expectativas no Brasil! OPERADOR LOGÍSTICO PROVEDOR DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS TERCEIRIZADOS QUE, COM BASE EM CONTRATO, ATENDE A VÁRIAS OU TODAS AS NECESSIDADES

Leia mais

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14 Estar Mais Próximo do Cliente Divulgação dos Resultados 4T14 CONQUISTAS DO ANO DE 2014 Anúncio Aumento de Capital R$ 2,38 Bi Divulgação 1T14 +30% RB Lançamento Marketplace Americanas.com Conclusão Aumento

Leia mais

LOPES Adquire a PATRIMÓVEL, Maior Imobiliária do Mercado do Rio de Janeiro*

LOPES Adquire a PATRIMÓVEL, Maior Imobiliária do Mercado do Rio de Janeiro* LOPES Adquire a PATRIMÓVEL, Maior Imobiliária do Mercado do Rio de Janeiro* * Em volume de vendas e unidades lançadas ri@lopes.com.br www.lopes.com.br/ri Aviso Importante Esta apresentação não constitui

Leia mais

REUNIÃO PÚBLICA APIMEC-SP. Vida e desenvolvimento em equilíbrio

REUNIÃO PÚBLICA APIMEC-SP. Vida e desenvolvimento em equilíbrio REUNIÃO PÚBLICA APIMEC-SP Vida e desenvolvimento em equilíbrio 12/06/2012 Vida e desenvolvimento em equilíbrio ECORODOVIAS ESTRUTURA SOCIETÁRIA A EcoRodovias é uma das maiores empresas de infraestrutura

Leia mais

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Agenda Perfil da Empresa Investimentos Estratégicos Ações Desenvolvidas no Período Desempenho das Áreas Informações Financeiras Consolidadas Governança

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015 Resultados 1T15 08 de maio de 2015 2 Principais destaques do 1T15 Crescimento da receita líquida de 23%, sendo de 2 dígitos em todas unidades de negócio no comparativo ano vs. ano, favorecidas por 83%

Leia mais

Resultados do 1T14 09 de Maio de 2014

Resultados do 1T14 09 de Maio de 2014 Resultados do T4 09 de Maio de 204 Destaques do T4 x T3 FINANCEIROS Receita Bruta: R$ 287,6 milhões 7,6% Lucro Líquido Ajustado (cash earnings): R$ 33,3 milhões 4,7% Unidade de Títulos e Valores Mobiliários:

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 2009 Brasil 2009 Brokers Brasil Todos Brokers os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO Teleconferência e Webcast de Resultados Sexta-feira, 5 de novembro de 2010 Horário: 12:00 p.m. (Brasil) 10:00 a.m. (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688.6361 Código:

Leia mais

Destaques do Trimestre

Destaques do Trimestre Resultados do 2T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA Por meio de um investimento estratégico de até R$314,7 milhões, a BNDESPAR ingressa no capital social da Renova Energia. Parceria de Longo Prazo A

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC. Março de 2015. Copyright Cielo Todos os direitos reservados

APRESENTAÇÃO APIMEC. Março de 2015. Copyright Cielo Todos os direitos reservados APRESENTAÇÃO APIMEC Março de 2015 Copyright Cielo Todos os direitos reservados A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS Tais declarações têm como base

Leia mais

Reunião Pública 2013 Safra 13/14

Reunião Pública 2013 Safra 13/14 Reunião Pública 2013 Safra 13/14 Grupo São Martinho 300.000 ha Área agrícola de colheita 4 usinas São Martinho, Iracema, Santa Cruz e Boa Vista 21 milhões de tons Capacidade de processamento de cana de

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007. 11 de março de 2007

Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007. 11 de março de 2007 Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007 11 de março de 2007 Aviso Reorganização Societária e Apresentação das Demonstrações Financeiras As informações financeiras do ano de 2006 aqui apresentadas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T11. 16 de fevereiro de 2012

Teleconferência de Resultados 4T11. 16 de fevereiro de 2012 Teleconferência de Resultados 4T11 Exoneração de Responsabilidade Teleconferência de Resultados 4T11 Página 2 As eventuais declarações que possam ser feitas durante essa teleconferência relativas à perspectiva

Leia mais

Então, é difícil para a gente afirmar um número ainda, mas vai estar nesse intervalo entre estabilidade e alguma coisa perto de 2% ou 3%.

Então, é difícil para a gente afirmar um número ainda, mas vai estar nesse intervalo entre estabilidade e alguma coisa perto de 2% ou 3%. Q&A de Teleconferência Resultado 3T08 ALL América Latina Logística 13 de novembro de 2008 Na redução de guidance de vocês, essa expressão interessante, um crescimento marginal de yield. Em um crescimento

Leia mais

APIMEC SP. Mauro Dias Diretor Presidente e de Relações com Investidores. 8 de Agosto de 2007

APIMEC SP. Mauro Dias Diretor Presidente e de Relações com Investidores. 8 de Agosto de 2007 APIMEC SP Mauro Dias Diretor Presidente e de Relações com Investidores 8 de Agosto de 2007 1 Agenda A Log-In Logística Intermodal A Indústria Performance Estratégia 2 A Log-In Logística Intermodal 3 Único

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA Resultados 3T15 GMV Receita Líquida Crescimento SSS GMV alcançou R$ 4,9 bilhões Crescimento de 11,2% na Receita Líquida Receita Líquida mesmas lojas de 9% no Trimestre Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado

Leia mais

Div i u v lg l a g çã ç o o d os o s R e R s e u s lt l a t dos o s do o 3º Trimestre de 2009

Div i u v lg l a g çã ç o o d os o s R e R s e u s lt l a t dos o s do o 3º Trimestre de 2009 Divulgação dos Resultados do 3º Trimestre de 2009 Aviso Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócio da Companhia, projeções e metas operacionais

Leia mais

Teleconferência e Webcast de Resultados 2T12

Teleconferência e Webcast de Resultados 2T12 Teleconferência e Webcast de Resultados 2T12 Quarta-feira, 15 de agosto de 2012 Horário: 12:00 p.m. (Brasil) - 11:00 a.m. (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688.6361 - Código: B2W Webcast: www.b2winc.com/webcast2t12

Leia mais

. 3. Indicadores de Execução do Plano de Negócios

. 3. Indicadores de Execução do Plano de Negócios APIMEC MPX 2011 Aviso Legal Esta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativas da Companhia e de sua administração

Leia mais

Venda da Unidade Guaíba. 08 de outubro de 2009

Venda da Unidade Guaíba. 08 de outubro de 2009 Venda da Unidade Guaíba 08 de outubro de 2009 Aviso legal As informações contidas nesta apresentação poderão incluir afirmações que representem "forward looking statements" nos termos do disposto no Securities

Leia mais

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011 RESULTADOS 3T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 4 de novembro de 2011 ELETRO GPA ALIMENTAR AGENDA RESULTADOS Supermercados Proximidade Atacarejo Postos e Drogarias Hipermercado Lojas Especializadas

Leia mais

Como a ferrovia pode contribuir com as operações no Porto de Santos

Como a ferrovia pode contribuir com as operações no Porto de Santos Como a ferrovia pode contribuir com as operações no Porto de Santos Câmara de Comércio Brasil-Argentina Julho de 2015 Guilherme Alvisi Gerente Geral de Negócios Carga Geral GUILHERME ALVISI Gerente Geral

Leia mais

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados Resultados do 2T09 Teleconferência de Resultados Destaques do 2T09 2 Destaques do 2T09 em linha com a estratégia geral da Companhia Nossas conquistas do 2T09 são refletidas nos resultados da Companhia

Leia mais

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Reunião Pública Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Receita Bruta (R$ Milhões) e Margem EBITDA (%) ¹ Visão Geral da Companhia - Trajetória História Fundação Fortalecimento DNA Liderança 1.557

Leia mais