MINAS GERAIS. Um pé no passado e a cabeça no futuro CONHEÇA O TJ-MG, SEUS JUÍZES E SUAS DECISÕES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINAS GERAIS. Um pé no passado e a cabeça no futuro CONHEÇA O TJ-MG, SEUS JUÍZES E SUAS DECISÕES"

Transcrição

1 MINAS R$ 40,00 GERAIS Um pé no passado e a cabeça no futuro Desembargadores valorizam tradição e jurisprudência Pioneiro na informática, tribunal é aberto para a modernidade CONHEÇA O TJ-MG, SEUS JUÍZES E SUAS DECISÕES CONJUR EDITORIAL

2 ÍNDICE l Anuário da Justiça MINAS GERAIS 2010 O TRIBUNAL 8 Com um pé no passado e a cabeça no futuro Os integrantes do Tribunal de Justiça de Minas Gerais têm grande apego a valores tradicionais, como a religião e a família, mas estão abertos a inovações tecnológicas e processuais, a fim de tornar mais eficiente o Judiciário e prestar melhor serviço à sociedade Direção 14 Corte Especial 20 PONTO DE VISTA 20 A segurança jurídica do cidadão é a razão do trabalho do juiz O presidente do TJ-MG, desembargador Cláudio Costa, espera que o Judiciário faça as reformas para melhor aproveitar o momento histórico vivido pelo país 24 Grupos e Câmaras Cíveis Veja quem são e como julgam os membros das 18 Câmaras Cíveis do TJ-MG 1ª Câmara 27 2ª Câmara 30 3ª Câmara 34 4ª Câmara 37 5ª Câmara 40 6 ª Câmara 43 7 ª Câmara 46 8 ª Câmara 49 9 ª Câmara ª Câmara ª Câmara ª Câmara ª Câmara ª Câmara ª Câmara ª Câmara ª Câmara ª Câmara Decisões das Câmaras Cíveis SEÇÕES Editorial 3 Metodologia 138 Expediente ANUÁRIO DA JUSTIÇA MINAS GERAIS 2010

3 92 Grupos e Câmaras Criminais Veja quem são e como julgam os membros das 7 Câmaras Criminais do TJ-MG 1ª Câmara 95 2ª Câmara 98 3ª Câmara 101 4ª Câmara 104 5ª Câmara ª Câmara ª Câmara Decisões das Câmaras Criminais 118 Justiça Estadual de Primeira Instância A Justiça ao alcance do cidadão 121 Tribunal Regional do Trabalho Pela integração física e virtual do Judiciário 124 Ministério Público do Estado O fiscal da lei e a defesa do interesse coletivo 126 Justiça Federal Seção Judiciária Seção Judiciária em Minas equivale a uma região 128 Procuradoria Regional da República Ações ultrapassam fronteiras mineiras 130 Tribunal Regional Eleitoral Leis e tecnologia a favor de eleições limpas 132 Ordem dos Advogados do Brasil Para OAB-MG, defesa das prerrogativas é prioridade 134 Defensoria Pública do Estado Sob nova direção, em defesa dos necessitados 136 Advocacia-Geral do Estado Procurador vesta a camisa em defesa do estado ANUÁRIO DA JUSTIÇA MINAS GERAIS

4 C Í V E L l 1o GRUPO l 1ª Câmara Cível SESSÕES: Terças-feiras, às 13h30, Rua Goiás, 229, Anexo I, Centro, Belo Horizonte U COMPOSIÇÃO POR ANTIGUIDADE E duardo Andrade PRESIDENTE Geraldo Augusto Vanessa Verdolim Hudson Andrade Armando Freire Alberto Vilas Boas m dos desembargadores mais antigos do tribunal, o presidente da 1ª Câmara Cível, Eduardo Andrade, ocupa hoje o mesmo cargo que seu bisavô, o desembargador Manoel Vieira de Oliveira Andrade, ocupava há quase 90 anos. Nomeado em 1996, advogou por 30 anos antes de se tornar desembargador pelo quinto constitucional. É atleticano e gosta de música clássica e de poesia. Armando Freire manifesta sua preocupação com o meio ambiente em suas decisões e como cidadão. Vanessa Verdolim Hudson Andrade tem vasta produção acadêmica. Juiz de carreira há mais de 30 anos, Geraldo Augusto é graduado, também, em Psicologia. Ele lamenta que não haja mais uniformização da jurisprudência do TJ-MG. Alberto Vilas Boas atuou como procurador de Justiça na Corte Superior antes de ingressar no Tribunal de Justiça pelo quinto constitucional. A N U Á R I O DA J U S T I Ç A M I NAS GERAIS _Cível 1-6_Helio-OK-ok_Jef.indd /09/10 16:39

5 CÍVEL 1 a Câmara l 1 o GRUPO l Como julga O servidor público que falta frequentemente ao trabalho por comprovada patologia em seu histórico de alcoolismo não pode ser demitido por meio de inquérito administrativo. Com esse entendimento, a 1ª Câmara declarou a nulidade de ato administrativo, com a reintegração ao cargo e o pagamento de todas as verbas remuneratórias do período em que o servidor ficou afastado. A decisão ocorreu no julgamento de Recurso em Ação de Nulidade de Ato Administrativo. Para os desembargadores, o servidor deveria ter sido encaminhado para tratamento médico, e não demitido. A 1ª Câmara julgou Agravo de Instrumento em Mandado de Segurança em que o proprietário de uma fazenda alegava não ser obrigado a manter a reserva de área preservada determinada pelo Código Florestal porque não há floresta a ser preservada. Eduardo Andrade, relator do recurso, seguiu o entendimento do Superior Tribunal de Justiça no sentido de que a averbação da reserva de 20% da área da propriedade rural deve ser feita no Registro de Imóveis, mesmo quando não houver nenhuma vegetação nativa ou floresta, em caso de transferência ou de parcelamento do imóvel. Em ação popular sobre contrato de fornecimento de energia elétrica para iluminação pública, a 1ª Câmara entendeu que é aplicável o Código de Defesa do Consumidor. Para os desembargadores, o CDC equipara juridicamente a coletividade de usuários de energia elétrica a consumidores. A relatora para o acórdão sustentou que não seria jurídico, nem lógico, que não se Geraldo Augusto de Almeida NASCIMENTO: 30/8/1948, em Juiz de Fora (MG) pela UEG (1971) ESPECIALIDADE: Direito Civil ORIGEM: Magistratura (desde 1977) INGRESSO NO TRIBUNAL: 1994 (Alçada); 2002 (TJ) CONTATO: Rua Goiás, 253, 12º andar, Sala 1.206, Centro TELEFONE: PRESIDENTE Eduardo Guimarães Andrade NASCIMENTO: 5/3/1945, em Belo Horizonte pela UFMG (1969); bacharel em Psicologia pela UEG ESPECIALIDADE: Direito Comercial e Tributário ORIGEM: Advocacia ( ) INGRESSO NO TRIBUNAL: 1996 (Alçada); 2005 (TJ) CONTATO: Rua Goiás, 253, 12º andar, Sala 1.203, Centro TELEFONE: Vanessa Verdolim Hudson Andrade NASCIMENTO: Em Conselheiro Lafaiete (MG) FORMAÇÃO: Bacharel pela Faculdade de Direito de Conselheiro Lafaiete; pós-graduada em Direito pela UFMG (1998) ESPECIALIDADE: Direito Comercial e Direito do Consumidor ORIGEM: Magistratura (desde 1985) INGRESSO NO TRIBUNAL: 1998 (Alçada); 2004 (TJ) CONTATO: Rua Goiás, 253, 12º andar, Sala 1.205, Centro TELEFONE: ANUÁRIO DA JUSTIÇA MINAS GERAIS 2010

6 CRIMINAL l 1 o GRUPO l 1ª Câmara Criminal SESSÕES: Terças-feiras, às 13h30, Avenida Raja Gabaglia, 1.753, Luxemburgo, Belo Horizonte COMPOSIÇÃO POR ANTIGUIDADE Delmival de Almeida Campos Ediwal José de Morais PRESIDENTE Judimar Biber Alberto Deodato Neto Flávio Leite presidente da 1ª Câmara, desembargador Ediwal José de Morais, foi promotor de Justiça até 1977, quando ingressou na O magistratura. Como juiz, atuou, entre outros locais, em vara cível e no Tribunal do Júri da capital. É também juiz do Tribunal Eclesiástico da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil desde 1999, e ministro extraordinário da eucaristia, da Igreja Católica, em Belo Horizonte, desde Advogado com mais de 25 anos de militância, Delmival de Oliveira Campos ingressou no Tribunal de Alçada pelo quinto constitucional, indicado pela OAB. Em 2005, tornou-se desembargador do TJ. Antes de ser magistrado, o desembargador Judimar Biber trabalhou na área de processamento de dados, foi servidor do Tribunal de Alçada e advogou em Belo Horizonte. Publicou ensaio na Revista da Amagis sobre a responsabilidade objetiva do Estado. O desembargador Alberto Deodato Neto exerceu a advocacia por cinco anos, antes de ingressar na magistratura, em ANUÁRIO DA JUSTIÇA MINAS GERAIS

7 CRIMINAL 1 a Câmara l 1 o GRUPO l Tem especialização acadêmica em Direito Empresarial, mas em sua carreira de juiz usou mais o Direito Penal, tendo sido titular de vara criminal e membro de turma recursal criminal em Belo Horizonte. Formado em São Paulo (SP), o desembargador Flávio Leite ingressou na magistratura por concurso público, primeiro em Goiás e depois em Minas Gerais. Em sua carreira, foi titular, entre outras, de vara de família e de Fazenda Pública na capital. Como julga A 1ª Câmara Criminal é uma das mais duras do tribunal, principalmente nas questões relativas à liberdade. Cada integrante tem sua visão, mas na maioria das vezes os julgamentos seguem a estrita legalidade e, em casos mais conturbados, normalmente se baseiam na jurisprudência do Supremo Tribunal Federal. Em julgamento realizado em 2009, Judimar Biber relatou um recurso do Ministério Público que buscava a reforma da sentença para modificar o regime de cumprimento de pena do semiaberto para o fechado, além da incidência da causa de aumento de pena, prevista no artigo 9º da Lei Federal 8.072/90. Entendeu o relator que não há bis in idem no reconhecimento da causa de aumento de pena prevista no dispositivo legal citado. De acordo com seu voto, o critério eleito pelo legislador não exige nenhum resultado naturalístico, senão que o delito seja praticado com violência contra criança, contra alienado ou débil mental, ou contra vítima que não possa reagir a ação violenta. Basta que a vítima esteja enquadrada em quaisquer das hipóteses do artigo 224 do Código Penal e quaisquer dos crimes ali consignados conduzam à condenação para que a causa encontre Delmival de Almeida Campos NASCIMENTO: 22/12/1943, em Itinga (MG) pela PUC Minas ORIGEM: Advocacia INGRESSO NO TRIBUNAL: Alçada; 2005 (TJ) CONTATO: Avenida Raja Gabaglia, 1.753, 9º andar, Torre 2, Luxemburgo, Belo Horizonte TELEFONE: PRESIDENTE Ediwal José de Morais NASCIMENTO: 11/10/1941, em Frutal (MG) pela PUC Minas (1965) ORIGEM: Magistratura (desde 1971) INGRESSO NO TRIBUNAL: 2002 (Alçada); 2005 (TJ) CONTATO: Avenida Raja Gabaglia, 1.753, 9º andar, Torre 2, Luxemburgo, Belo Horizonte TELEFONE: Judimar Martins Biber Sampaio NASCIMENTO: 13/6/1963, em Curvelo (MG) pela PUC Minas (1988) ORIGEM: Magistratura (desde 1993) INGRESSO NO TRIBUNAL: 2006 CONTATO: Avenida Raja Gabaglia, 1.753, 9º andar, Torre 2, Luxemburgo, Belo Horizonte TELEFONE: ANUÁRIO DA JUSTIÇA MINAS GERAIS 2010

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 4/2007 ANEXO III

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA DAA Nº 4/2007 ANEXO III 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS CONCORRÊNCIA Nº 4/2007 ANEXO III CRITÉRIOS DE ELABORAÇÃO E JULGAMENTO DA PROPOSTA TÉCNICA - CONTENCIOSO JUDICIAL CÍVEL 2

Leia mais

JAILSOM LEANDRO DE SOUSA CURRICULUM VITAE. Natal - RN

JAILSOM LEANDRO DE SOUSA CURRICULUM VITAE. Natal - RN JAILSOM LEANDRO DE SOUSA CURRICULUM VITAE Natal - RN OUTUBRO DE 2010 Jailsom Leandro de Sousa Juiz Federal titular da 6ª Vara da Seção Judiciária do Rio Grande do Norte. Graduado em Direito pela Faculdade

Leia mais

CONTEÚDO / ATIVIDADES Data CH

CONTEÚDO / ATIVIDADES Data CH 1 SOPECE-FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE PERNAMBUCO-PINTO FERREIRA CURSO DE DIREITO-Ética Geral e Profissional-2º Ano-Manhã-2016 Professora: Sueli Gonçalves de Almeida Site: www.loveira.adv.br/material

Leia mais

CURRICULUM VITAE DR. ALBERTO MAGNO RIBEIRO VARGAS DRA. ALESSANDRA ARAÚJO DE SOUZA ABRÃO DR. APARECIDO PASSOS JUNIOR

CURRICULUM VITAE DR. ALBERTO MAGNO RIBEIRO VARGAS DRA. ALESSANDRA ARAÚJO DE SOUZA ABRÃO DR. APARECIDO PASSOS JUNIOR CURRICULUM VITAE DR. ALBERTO MAGNO RIBEIRO VARGAS DRA. ALESSANDRA ARAÚJO DE SOUZA ABRÃO DR. APARECIDO PASSOS JUNIOR - Bacharel em ciências jurídicas pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Dom

Leia mais

EGREGIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

EGREGIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL MINISTERIO PUBLIC() FEDERAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERMS EGREGIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL PRE/PA/2013 RC RECURSO CRIMINAL N 384-41.2012.6.13.0302 RECORRENTE: Ministerio Public Eleitoral

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE 1 Teoria Geral da Constituição / Separação de Poderes 2 Direitos e deveres individuais e coletivos 3 Nacionalidade 4 Direitos políticos/ Partidos Políticos 5 Organização Político-Administrativa 6 Poder

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República no Estado do Rio de Janeiro

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República no Estado do Rio de Janeiro EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA 4ª VARA CRIMINAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO. Ref. Processo nº 2011.51.01.802117-3 A Egrégia Ordem dos Advogados do Brasil, seção Rio de Janeiro OAB/RJ,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DESEMBARGADORA TEREZA CRISTINA SOBRAL BITTENCOURT SAMPAIO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DESEMBARGADORA TEREZA CRISTINA SOBRAL BITTENCOURT SAMPAIO VIGÉSIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR CONFLITO DE COMPETÊNCIA N 0001707-13.2014.8.19.0000 SUSCITANTE: JUÍZO DE DIREITO DA 1ª VARA CÍVEL DA REGIONAL DA BARRA DA TIJUCA SUSCITADO: JUÍZO DE DIREITO DA 7ª

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. São Paulo, 27 de abril de 2011. REBOUÇAS DE CARVALHO RELATOR

PODER JUDICIÁRIO. São Paulo, 27 de abril de 2011. REBOUÇAS DE CARVALHO RELATOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACORDAO/DECISÃO MONOCRÁTICA ntcalstrado(a) SOB N líl HIIU Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 0024524-98.2009.8.26.0114,

Leia mais

Prática de uma advocacia que atende os mais altos padrões de qualidade visando a fidelização de seus clientes.

Prática de uma advocacia que atende os mais altos padrões de qualidade visando a fidelização de seus clientes. Todo o processo é julgado pelos advogados antes de sê-lo pelos Juízes, assim como a morte do doente é pressentida pelos médicos, antes da luta que estes sustentarão com a natureza e aqueles com a justiça.

Leia mais

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL n.º 0029389-71.2013.8.19.0001-E Obrigação de Fazer 14ª Vara de Fazenda Pública da Comarca da Capital APELANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES AUTÔNOMOS,

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO N 193 (15.09.98)

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO N 193 (15.09.98) PUBLICADO EM SESSÃO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO N 193 (15.09.98) RECURSO ORDINÁRIO N 193 - CLASSE 27 a - TOCANTINS (Palmas). Relator: Ministro Edson Vidigal. Recorrente: Coligação "Tocantins para

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Pará

Tribunal de Contas do Estado do Pará RESOLUÇÃO Nº 17.181 (Processo nº 2006/51558-6) Assunto: Consulta formulada pelo Exmº Sr. FRANCISCO BARBOSA DE OLIVEIRA, Procurador Geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Pará. EMENTA: I- Permite-se

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA NONA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA NONA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0003763-53.2013.8.19.0000 1º CARTÓRIO UNIFICADO CÍVEL DA COMARCA DE NITERÓI AGRAVANTE: ESTADO DO RIO DE JANEIRO AGRAVADO: ESPÓLIO DE FRANKLIN CLARO JÚNIOR REP/P/S INVENTARIANTE

Leia mais

T., acima identificados. ACÓRDÃO. AGRAVO DE INSTRUMENTO N 018.2012.001.881-9/001 Comarca de Guarabira

T., acima identificados. ACÓRDÃO. AGRAVO DE INSTRUMENTO N 018.2012.001.881-9/001 Comarca de Guarabira ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 018.2012.001.881-9/001 Comarca de Guarabira RELATOR: Des. Genésio Gomes P. Filho

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000638904 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 4010718-83.2013.8.26.0114, da Comarca de Campinas, em que é apelante ALVARO JACO KICE (JUSTIÇA GRATUITA), é apelado

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0313.11.032435-4/001 Númeração 0324354- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Eduardo Andrade Des.(a) Eduardo Andrade 28/10/2014 10/11/2014 EMENTA: ADMINISTRATIVO

Leia mais

Analisado por: Aprovado por: Equipe da Secretaria do Conselho da Magistratura (SECCM)

Analisado por: Aprovado por: Equipe da Secretaria do Conselho da Magistratura (SECCM) Proposto por: Analisado por: Aprovado por: Equipe da Secretaria do Conselho da Magistratura (SECCM) Representante da Administração Superior (RAS/SECCM) Secretária da Secretaria do Conselho da Magistratura

Leia mais

CURRICULUM VITAE EROS PICELI

CURRICULUM VITAE EROS PICELI CURRICULUM VITAE DESEMBARGADOR EROS PICELI Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo DGJUD 1.2 - Serviço de Publicações e Divulgação Dados Pessoais Desembargador EROS PICELI Filiação: José Piceli Maria

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 556.570 - SP (2003/0102798-3) RELATOR : MINISTRO PAULO MEDINA RECORRENTE : PASCHOAL SORRENTINO FILHO ADVOGADO : PASCHOAL SORRENTINO FILHO (EM CAUSA PRÓPRIA) RECORRIDO : MÁRCIO TIDEMANN

Leia mais

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Formulário Padronizado Vagas no CNJ e no CNMP

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Formulário Padronizado Vagas no CNJ e no CNMP Nome Tribunal de origem JOSÉ CARLOS ZEBULUM TRF2 - Tribunal Regional Federal da 2ª Região Data de posse 27/06/2002 Vaga a que deseja concorrer Membro do CNMP Juiz (Art. 130-A, caput, IV, da CF) Atuação

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 7.412, DE 2010 COMPLEMENTAÇÃO DE VOTO

PROJETO DE LEI Nº 7.412, DE 2010 COMPLEMENTAÇÃO DE VOTO COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 7.412, DE 2010 (Do Sr. José Otávio Germano e Outros) Dispõe sobre procedimentos do Poder Judiciário dos Estados e do Distrito Federal

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL EMBARGOS INFRINGENTES E DE NULIDADE EM AGRAVO DE EXECUCÇÃO N.º 0018055-77.2012.8.19.0000 EMBARGANTE: TIAGO PEREIRA VIEIRA AGRAVADO:

Leia mais

UM TRISTE E LAMENTÁVEL EXEMPLO DA ADVOCACIA DE GOVERNO QUE ENTRAVA A ADVOCACIA PÚBLICA

UM TRISTE E LAMENTÁVEL EXEMPLO DA ADVOCACIA DE GOVERNO QUE ENTRAVA A ADVOCACIA PÚBLICA UM TRISTE E LAMENTÁVEL EXEMPLO DA ADVOCACIA DE GOVERNO QUE ENTRAVA A ADVOCACIA PÚBLICA Aldemario Araujo Castro Mestre em Direito Procurador da Fazenda Nacional Professor da Universidade Católica de Brasília

Leia mais

Segurança e Preservação de Dados

Segurança e Preservação de Dados Segurança e Preservação de Dados Computação Forense Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Turma: TEC.SIS.6T Segurança e Preservação de Dados Conteúdo Programático :: 1a Unidade Conceitos

Leia mais

REGULAMENTO CAMPANHA DE 35% DE DESCONTO ISOLADAS 2016 CERS CURSOS ONLINE

REGULAMENTO CAMPANHA DE 35% DE DESCONTO ISOLADAS 2016 CERS CURSOS ONLINE 1. ENTIDADE REALIZADORA REGULAMENTO CAMPANHA DE 35% DE DESCONTO ISOLADAS 2016 CERS CURSOS ONLINE A Campanha é uma iniciativa do Complexo de Ensino Renato Saraiva Ltda ( CERS CURSOS ONLINE ), sociedade

Leia mais

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21 TÍTULO I Dos Princípios Fundamentais... 21 TÍTULO II Dos Direitos e Garantias

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO Identificação PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO PROCESSO nº 0001876-26.2014.5.11.0015 (AIRO) AGRAVANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS URBANAS

Leia mais

Instituto Bíblico Batista de Fortaleza ASSUNTO

Instituto Bíblico Batista de Fortaleza ASSUNTO INTERESSADO/MANTENEDORA Instituto Bíblico Batista de Fortaleza ASSUNTO CE UF Consulta sobre curso de Teologia RELATOR: SR. CONS. Ernani Bayer I - RELATÓRIO A presente consulta originou-se da aprovação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL MINUTA DE JULGAMENTO FLS. *** PRIMEIRA TURMA ***

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL MINUTA DE JULGAMENTO FLS. *** PRIMEIRA TURMA *** TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL MINUTA DE JULGAMENTO FLS. *** PRIMEIRA TURMA *** 2000.61.02.002931-8 745866 AC-SP PAUTA: 13/04/2004 JULGADO: 13/04/2004 NUM. PAUTA: 00158 RELATOR: JUIZ CONV. FERREIRA DA ROCHA

Leia mais

VOTO EM SEPARADO. AUTORIA: Senador RANDOLFE RODRIGUES I RELATÓRIO

VOTO EM SEPARADO. AUTORIA: Senador RANDOLFE RODRIGUES I RELATÓRIO VOTO EM SEPARADO Perante a COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Proposta de Emenda à Constituição nº 43, de 2013 (nº 349, de 2001, na Câmara dos Deputados), primeiro signatário o Deputado

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque (W STADO DA PARAÍBA PODR JUDICIÁRIO TRIBUNAL D JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque á _.":": =~,s g ACÓRDÃO ; AGRAVO INTRNo INI. N. 004.2009.000.9822/002 RLATOR : Desembargador

Leia mais

TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL

TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL ELIMI JUIZADOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE 547 Seção Cível 1385 Cartas 1450 Carta de ordem 1451 Carta Precatória 1455 Incidentes 10969

Leia mais

Desembargador Federal Francisco Barros Dias Curriculum Vitae

Desembargador Federal Francisco Barros Dias Curriculum Vitae Desembargador Federal Francisco Barros Dias Curriculum Vitae Novembro/2006 Francisco Barros Dias Curriculum Vitae Dados Pessoais Nome Francisco Barros Dias Nome em citações bibliográficas DIAS, F. B. Sexo

Leia mais

: Triângulo Alimentos Ltda. ADVOGADO

: Triângulo Alimentos Ltda. ADVOGADO Toder Judiciário Tribunal" cle Justiça á Estado da Paraíba gabinete da Oesentdargadora gilaria de Tátinut nloraes Bezerra Cavalcanti APELAÇÃO CÍVEL N 200.2009.043295-2/001 - Capital RELATORA : Des.a Maria

Leia mais

PORTE ILEGAL DE ARMA ( ABOLITIO CRIMINIS )

PORTE ILEGAL DE ARMA ( ABOLITIO CRIMINIS ) PORTE ILEGAL DE ARMA ( ABOLITIO CRIMINIS ) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS APELAÇÃO CRIMINAL Nº 3296-6/213 (200701591964) LUZIÂNIA Apelante: OLEOCLIDES ANTÔNIO BONI APELADO : MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL COLEÇÃO PREPARANDO PARA CONCURSOS QUESTÕES DISCURSIVAS COMENTADAS MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL PROMOTOR DE JUSTIÇA ESTADUAL 140 questões discursivas comentadas. Extraídas exclusivamente de concursos para

Leia mais

Programa de Pós-Graduação FAPAM

Programa de Pós-Graduação FAPAM Confraria Nossa Senhora da Piedade da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade Faculdade de Pará de Minas - FAPAM Reconhecida pelo Decreto 79090, de 04/01/77 Rua Ricardo Marinho, 110 - São Geraldo - Pará de

Leia mais

PARECER Nº, DE 2015. Relator ad hoc: Senador WALTER PINHEIRO

PARECER Nº, DE 2015. Relator ad hoc: Senador WALTER PINHEIRO PARECER Nº, DE 2015 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS, sobre o Projeto de Resolução do Senado (PRS) nº 26, de 2015, da Senadora Regina Sousa e da Senadora Fátima Bezerra, que altera a Resolução nº 43,

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 789.497 DISTRITO FEDERAL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :GILBERTO MARQUES DOS SANTOS JUNIOR ADV.(A/S) : JOÃO PAULO TODDE NOGUEIRA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :AGEFIS

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA

CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA O Tribunal de Relação de Lisboa, remeteu a este Conselho uma cópia do ofício n.º 48486, de 20-04-04, da ADSE, referente à deliberação da Junta Médica, a que tinha sido submetido o DR. (...). É do seguinte

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível EMBARGOS DE DECLARAÇÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO 0046297-12.2013.8.19.0000 PARTE EMBARGANTE: CONMEDH CONVÊNIOS MÉDICOS HOSPITALARES LTDA. PARTE EMBARGADA: CLÁUDIA COUTINHO GUIMARÃES MANES RELATOR: DES. MARCO

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 15.672/02/1ª Impugnação: 40.10106969.03 Impugnante: Camargo Corrêa Cimentos S/A Proc. S. Passivo: Aloísio Augusto Mazeu Martins/Outro(s) PTA/AI: 01.000138181.29 Inscrição Estadual: 758.014206.0358

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça SENTENÇA ESTRANGEIRA CONTESTADA Nº 9.390 - EX (2014/0316102-8) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN REQUERENTE : PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA REQUERIDO : H DE G ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Representação nº 140/98 RECOMENDAÇÃO Nº 23/99 Trata o procedimento de representação formulada por Paulo Murilo Castilho Barone em face da recusa da Polícia Federal em São Paulo em lhe conceder passaporte

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 14, DE 2014 (Senador Alfredo Nascimento - PR/AM)

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 14, DE 2014 (Senador Alfredo Nascimento - PR/AM) PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 14, DE 2014 (Senador Alfredo Nascimento - PR/AM) Altera o art. 5º da Lei nº 8.906, de 4 de julho de 1994, que dispõe sobre o Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do

Leia mais

ESCOLA DO DIREITO. CARGA HORÁRIA: - 40(quarenta) horas. - Reconhecidas integralmente, como atividade complementar, para aluno UnP.

ESCOLA DO DIREITO. CARGA HORÁRIA: - 40(quarenta) horas. - Reconhecidas integralmente, como atividade complementar, para aluno UnP. CURSO PRÁTICO DE LICITAÇÕES - FILIPE GUSTAVO BARBOSA MAUX Advogado militante e Consultor Jurídico na área de Licitações e Contratos. Professor de Direito Administrativo da graduação e da pós-graduação

Leia mais

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA Regras Básicas para as Atividades de Prática Jurídica a partir do ano letivo de 2013 Visitas Orientadas 72 Horas Obrigatórias Visitas Justiça

Leia mais

Alves Queiroz Longo & Filippo

Alves Queiroz Longo & Filippo Alves Queiroz Longo & Filippo Em 2010, após anos atuando junto às maiores bancas de advocacia do país, os sócios do Alves & Queiroz se uniram com a finalidade de prestar serviços jurídicos especializados

Leia mais

TRABALHOS PUBLICADOS

TRABALHOS PUBLICADOS TRABALHOS PUBLICADOS LIVROS DO AUTOR NA ÁREA JURÍDICA 1. O promotor de Justiça e o atendimento ao público. São Paulo, Saraiva, 1985, 176 p. 2. Manual do promotor de Justiça. 1. ed. 1987, 408 p.; 2. ed.

Leia mais

DECISÃO. proferida em demanda de cobrança do seguro DPVAT, em virtude de atropelamento

DECISÃO. proferida em demanda de cobrança do seguro DPVAT, em virtude de atropelamento AGRAVO DE INSTRUMENTO N.º 0012142-46.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: SEGURADORA LIDER DOS CONSORCIOS DO SEGURO DPVAT AGRAVADA: RAIMUNDA ALVES MENDONÇA BRITO RELATOR: DESEMBARGADOR ALEXANDRE FREITAS CÂMARA Processual

Leia mais

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Turma: DID101-20152 DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS ÉTICA PROFISSIONAL DIREITO EMPRESARIAL III DIREITO PROCESSUAL CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO DIREITO PROCESSUAL CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO DIREITO

Leia mais

FERTILIZANTES HERINGER S.A. Companhia Aberta CNPJ: 22.266.175/0001-88 NIRE 32.3.0002794-6

FERTILIZANTES HERINGER S.A. Companhia Aberta CNPJ: 22.266.175/0001-88 NIRE 32.3.0002794-6 FERTILIZANTES HERINGER S.A. Companhia Aberta CNPJ: 22.266.175/0001-88 NIRE 32.3.0002794-6 Conforme estabelece a Instrução CVM 480, de 07 de dezembro de 2009, artigo 24, parágrafo 3º inciso I, atualizamos

Leia mais

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do Distrito Federal Processo N. Apelação Cível do Juizado Especial 20120111781267ACJ

Leia mais

Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, por unanimidade, em DAR PROVIMENTO AO RECURSO.

Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, por unanimidade, em DAR PROVIMENTO AO RECURSO. Processo d. 001.2010.020128-2/001,.4k 4k ausnne - - -, Acórdão ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Agravo de Instrumento -

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI :DUILIO BERTTI JUNIOR

: MIN. DIAS TOFFOLI :DUILIO BERTTI JUNIOR HABEAS CORPUS 117.934 SÃO PAULO RELATOR PACTE.(S) : MIN. DIAS TOFFOLI :DUILIO BERTTI JUNIOR IMPTE.(S) :EDUARDO VON ATZINGEN DE ALMEIDA SAMPAIO E OUTRO(A/S) COATOR(A/S)(ES) :RELATOR DO HC Nº 269.477 DO

Leia mais

Á'Os. Poder yudiciário 'Tribunal de :Justiça do Estado da 'Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes BeJerra Cavalcanti

Á'Os. Poder yudiciário 'Tribunal de :Justiça do Estado da 'Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes BeJerra Cavalcanti IB Á'Os. Poder yudiciário 'Tribunal de :Justiça do Estado da 'Paraíba Gabinete da Desembargadora Maria de Fátima Moraes BeJerra Cavalcanti DECISÃO MONOCRÁTICA AGRAVO DE INSTRUMENTO 200.2006.018796-6/ 002

Leia mais

PORTARIA N.º 1.900, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2013.

PORTARIA N.º 1.900, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2013. REVOGADA PELA PORTARIA N.º 465, DE 03 DE MARÇO DE 2016 PUBLICADA NO DJE DE 03.03.2016 EDIÇÃO 5694 PÁG. 76. http://diario.tjrr.jus.br/dpj/dpj-20160303.pdf PORTARIA N.º 1.900, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2013.

Leia mais

RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL CONVOCADO RUBENS DE MENDONÇA CANUTO - 1º TURMA RELATÓRIO

RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL CONVOCADO RUBENS DE MENDONÇA CANUTO - 1º TURMA RELATÓRIO RELATÓRIO Cuida-se de remessa oficial e de apelação interposta em face de sentença da lavra do MM. Juízo Federal da 2ª Vara de Pernambuco, que concedeu a segurança postulada, determinando a atualização

Leia mais

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de EMENTA RECURSO ORDINÁRIO, provenientes da UMUARAMA - PR, sendo Recorrente CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL/NEGOCIAL - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS - Nas ações de cobrança de contribuição sindical, figurando nos pólos

Leia mais

Pós Graduação com ênfase na Prática da Advocacia Presencial. Corpo Docente Disciplinas Segundo semestre de 2015

Pós Graduação com ênfase na Prática da Advocacia Presencial. Corpo Docente Disciplinas Segundo semestre de 2015 Pós Graduação com ênfase na Prática da Advocacia Presencial Corpo Docente Disciplinas Segundo semestre de 2015 Processo Penal Professor Rodrigo Damasceno Advogado criminal. Especializado em Direito penal

Leia mais

DO RIO DE JANEIRO 2ª CÂMARA CRIMINAL

DO RIO DE JANEIRO 2ª CÂMARA CRIMINAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO 2ª CÂMARA CRIMINAL AGRAVO Nº 0040224-87.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO AGRAVADO: MAURO MONTELLO VIANA OUTRO NOME: MAURO MONTELLO VIANNA RELATORA: DES.

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL Coordenadoria de Taquigrafia e Acórdãos

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL Coordenadoria de Taquigrafia e Acórdãos PROCESSO N o 15008300 PROCEDÊNCIA: CAMAQUÃ RECORRENTE: JOSÉ NAPOLEÃO KASPRZAK CANDIDATO A VEREADOR PELO PPB RECORRIDO: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL DA 12ª ZONA --------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO...

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...19 DEDICATÓRIA...21 CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 23 1. Antecedentes históricos da função de advogado...23 2. O advogado na Constituição Federal...24 3. Lei de

Leia mais

O STF e a Voz das Ruas: como a Corte vê as manifestações populares?

O STF e a Voz das Ruas: como a Corte vê as manifestações populares? O STF e a Voz das Ruas: como a Corte vê as manifestações populares? Sociedade Brasileira de Direito Público - SBDP Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP Julgados sobre as movimentações das

Leia mais

1.0035.08.127333-2/001 <CABBCBBCCACADBADAACBACABDDDAAACDAABAADDADAAAD>

1.0035.08.127333-2/001 <CABBCBBCCACADBADAACBACABDDDAAACDAABAADDADAAAD> Acórdãos na Íntegra 146000101958 Tribunal: Tribunal De Justiça Do Estado De Minas Gerais Órgão Julgador: 7ª C.Crim. Tipo do Recurso: RSE Nº Processo: 1.0035.08.127333-2/001 Relator(a): Rel. Duarte de Paula

Leia mais

SAÍDA LEGAL R A F A E L V O N H E L D B O E C H A T D E F E N S O R P Ú B L I C O D O E S T A D O D E M I N A S G E R A I S

SAÍDA LEGAL R A F A E L V O N H E L D B O E C H A T D E F E N S O R P Ú B L I C O D O E S T A D O D E M I N A S G E R A I S SAÍDA LEGAL Conscientização pela Ressocialização CONCURSO DE PRÁTICAS EXITOSAS X C O N G R E S S O N A C I O N A L D E D E F E N S O R E S P Ú B L I C O S R A F A E L V O N H E L D B O E C H A T D E F

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL

CONSTITUIÇÃO FEDERAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Núcleo de Apoio Profissional de Serviço Social e Psicologia Corregedoria Geral da Justiça

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Núcleo de Apoio Profissional de Serviço Social e Psicologia Corregedoria Geral da Justiça Exmo Sr. Dr. Juiz de Direito Auxiliar da. Assunto: Estudo Social e Psicológico nos Juizados Informais de Conciliação, Juizados Especiais Cíveis e Criminais e Curadoria do Idoso. O tem recebido consultas

Leia mais

TÍTULOS DE CRÉDITO CAPÍTULO 3

TÍTULOS DE CRÉDITO CAPÍTULO 3 CAPÍTULO 3 TÍTULOS DE CRÉDITO 91 GUSTAVO FARIA PEREIRA 5. (DEFENSORIA PÚBLICA- DPE/RJ ANO 2012 BANCA FUNDEPERJ) Qual o alcance da responsabilidade civil do endossatário do título de crédito nas hipóteses

Leia mais

Agentes Públicos. Acerca das disposições gerais dos agentes públicos, assinale aopção correta.

Agentes Públicos. Acerca das disposições gerais dos agentes públicos, assinale aopção correta. Agentes Públicos Analista MDIC/CESPE 2014 94 Os particulares, ao colaborarem com o poder público, aindaque em caráter episódico, como os jurados do tribunal do júrie os mesários durante as eleições, são

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2013.0000216806 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 0196471-72.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante SOCIORTHO COMERCIO

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA VARA ÚNICA DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE ANÁPOLIS/GO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA VARA ÚNICA DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE ANÁPOLIS/GO PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM GOIÁS EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA VARA ÚNICA DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE ANÁPOLIS/GO P.A. n 1.18.000.001478/2005-80 Denunciante TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Denunciado

Leia mais

Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco

Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco 2016 Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco O Focus Concursos Online oferece aos que desejam se preparar, um curso teórico, atualizado, com todas

Leia mais

Sumário. Nota do autor para a terceira edição... 31

Sumário. Nota do autor para a terceira edição... 31 Nota do autor para a terceira edição... 31 APRESENTAÇÃO... 33 ABREVIATURAS E SIGLAS... 35 Capítulo I Introdução ao direito eleitoral... 37 1. Introdução ao Direito Eleitoral... 37 1.1. Conceito de Direito

Leia mais

CAPÍTULO II DA ESTRUTURA DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

CAPÍTULO II DA ESTRUTURA DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA E DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES, que dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Núcleo de Prática Jurídica - NUPRAJUR

Leia mais

O Advogado-Geral do Estado, Dr. José Bonifácio Borges de Andrada, proferiu no Parecer abaixo o seguinte Despacho: De acordo.

O Advogado-Geral do Estado, Dr. José Bonifácio Borges de Andrada, proferiu no Parecer abaixo o seguinte Despacho: De acordo. O Advogado-Geral do Estado, Dr. José Bonifácio Borges de Andrada, proferiu no Parecer abaixo o seguinte Despacho: De acordo. Em 16/9/2009 Procedência: Instituto Estadual de Florestas - IEF Interessado:

Leia mais

RECURSO EXTRAORDINÁRIO Nº 270.379-6 MATO GROSSO DO SUL

RECURSO EXTRAORDINÁRIO Nº 270.379-6 MATO GROSSO DO SUL RELATOR: MIN. MAURÍCIO CORRÊA RECORRENTES: EDINA DA SILVA SOUZA OU EDNA DA SILVA SOUZA E OUTRO ADVOGADOS: LUZ EDUARDO GREENHALGH E OUTROS RECORRIDO: LIBERO MONTEIRO DE LIMA ADVOGADO: RENÊ SIUFI RECORRIDA:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº RJ-PGD-2010/00080 de 13 de setembro de 2010

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº RJ-PGD-2010/00080 de 13 de setembro de 2010 PORTARIA Nº RJ-PGD-2010/00080 de 13 de setembro de 2010 O JUIZ FEDERAL - DIRETOR DO FORO E CORREGEDOR PERMANENTE DOS SERVIÇOS AUXILIARES DA - SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA DE INCENTIVO À CONTRATAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO PROMOÇÃO BMG CARD CASH BACK

REGULAMENTO DA CAMPANHA DE INCENTIVO À CONTRATAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO PROMOÇÃO BMG CARD CASH BACK REGULAMENTO DA CAMPANHA DE INCENTIVO À CONTRATAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO PROMOÇÃO BMG CARD CASH BACK É instituída a campanha Promoção BMG Card Cash Back como forma de incentivar os servidores efetivos

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 64/2010

RESOLUÇÃO N.º 64/2010 CONSELHO SUPERIOR DA RESOLUÇÃO N.º 64/2010 Dispõe sobre o uso da Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS e a capacitação de servidores no âmbito da Justiça do Trabalho de primeiro e segundo graus para atendimento

Leia mais

Curso de. Direito. Núcleo de Prática Jurídica. Direito de Família. www.faesa.br

Curso de. Direito. Núcleo de Prática Jurídica. Direito de Família. www.faesa.br Curso de Direito Núcleo de Prática Jurídica Direito de Família www.faesa.br mportante: Contatos de Cartórios em Vitória Cartório Sarlo: Av. Nossa Senhora da Penha, 549, Ed. Wilma, Santa Lúcia, Vitória-ES.

Leia mais

3.01 - Aprovado em concurso público para ingresso na carreira inicial do Ministério Público no Estado de Alagoas, em 1977.

3.01 - Aprovado em concurso público para ingresso na carreira inicial do Ministério Público no Estado de Alagoas, em 1977. 1. IDENTIFICAÇÃO 1.01 - Nome: Paulo Roberto de Oliveira Lima 1.02 Filiação: Edvaldo Santos Lima Maria Aparecida de Oliveira Lima 1.03 Nacionalidade: Brasileira 1.04 Naturalidade: Alagoana 1.05 Nascimento:

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO AUDITORIA GERAL DO ESTADO ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010

ESTADO DE MATO GROSSO AUDITORIA GERAL DO ESTADO ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010 ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010 UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS: NÚCLEO SISTÊMICO: TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS TODOS OS NÚCLEOS SISTÊMICOS FINANCEIRO. PROCESSO DE PAGAMENTO. ASSUNTO: CONSÓRCIO. EXIGÊNCIA DE

Leia mais

AUTOS N. : 2003. 61.00. 025646-0

AUTOS N. : 2003. 61.00. 025646-0 3a VARA CIVEL FEDERAL DA CAPITAL AUTOS N. : 2003. 61.00. 025646-0 ACAO CIVIL PUBLICA AUTOR: MINISTERIO PUBLICO FEDERAL REU: UNIAO FEDERAL JUIZA FEDERAL : MARIA LUCIA LENCASTRE URSAIA SENTENCA TIPO A (

Leia mais

ÍNDICE VOLUME 1. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português...

ÍNDICE VOLUME 1. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português... Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia TJ/RO Técnico Judiciário ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS BÁSICOS LÍNGUA PORTUGUESA Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (literário e não

Leia mais

PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE 1 Gerência de Fiscalização e Controle Ambiental A Gerência de Fiscalização e Controle Ambiental GEFA coordena as ações de Fiscalização

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO fls. 2 Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0102423-13.2004.8.26.0547, da Comarca de Santa Rita do Passa Quatro, em que são apelantes RENILSON AUGUSTO

Leia mais

2.000.000 DE MATERIAIS DA CAMARA DOS DEPUTADOS, NO SETOR DE INDUSTRIA E ABASTECIMENTO - SIA F 3 2 80 0 100 1.500 TOTAL - FISCAL 2.001.

2.000.000 DE MATERIAIS DA CAMARA DOS DEPUTADOS, NO SETOR DE INDUSTRIA E ABASTECIMENTO - SIA F 3 2 80 0 100 1.500 TOTAL - FISCAL 2.001. ORGAO : 01000 - CAMARA DOS DEPUTADOS UNIDADE : 01101 - CAMARA DOS DEPUTADOS ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 0553 ATUACAO LEGISLATIVA DA CAMARA DOS DEPUTADOS 2.000.000

Leia mais

Dados Básicos. Ementa. Íntegra

Dados Básicos. Ementa. Íntegra Dados Básicos Fonte: 1.0016.12.004769-7/001 Tipo: Acórdão TJMG Data de Julgamento: 03/09/2013 Data de Aprovação Data não disponível Data de Publicação:12/09/2013 Estado: Minas Gerais Cidade: Alfenas Relator:

Leia mais

DATA DE POSSE: 15 de outubro de 2012, com nomeação pela Presidenta Dilma Rousseff, publicada no D.O.U do dia 09.10.2012

DATA DE POSSE: 15 de outubro de 2012, com nomeação pela Presidenta Dilma Rousseff, publicada no D.O.U do dia 09.10.2012 TÂNIA REGINA SILVA RECKZIEGEL DESEMBARGADORA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO DATA DE POSSE: 15 de outubro de 2012, com nomeação pela Presidenta Dilma Rousseff, publicada no D.O.U

Leia mais

IX SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DOCUMENTAL Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte POLÍTICA DE ARQUIVOS E GESTÃO DOCUMENTAL NO ESTADO DE SÃO PAULO

IX SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DOCUMENTAL Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte POLÍTICA DE ARQUIVOS E GESTÃO DOCUMENTAL NO ESTADO DE SÃO PAULO IX SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DOCUMENTAL Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte POLÍTICA DE ARQUIVOS E GESTÃO DOCUMENTAL NO ESTADO DE SÃO PAULO Ieda Pimenta Bernardes Diretora técnica do Departamento

Leia mais

Processo n. 126.677/09 Acordo de Cooperação n.º 2011/051.0

Processo n. 126.677/09 Acordo de Cooperação n.º 2011/051.0 Processo n. 126.677/09 Acordo de Cooperação n.º 2011/051.0 ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM A CÂMARA DOS DEPUTADOS, A CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA (CNI), O SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA

Leia mais

RESOLUÇÃO N 41/2009/CONEPE. O CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE no uso de suas atribuições legais e;

RESOLUÇÃO N 41/2009/CONEPE. O CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE no uso de suas atribuições legais e; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 41/2009/CONEPE Aprova alteração na Departamentalização do Núcleo

Leia mais

ok PACIENTE: Antônio Carlos da Silva Felipe

ok PACIENTE: Antônio Carlos da Silva Felipe PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAIBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR ACÓRDÃO HABEAS CORPUS (Processo n 999.2012.001461-11001) RELATOR: Marcos William de Oliveira,

Leia mais

PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados. PROGRAMA: 0551 - Atuação Legislativa do Senado Federal

PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados. PROGRAMA: 0551 - Atuação Legislativa do Senado Federal PROGRAMA: 21 - Aprimoramento do Ministério Público Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social 82.71 268.863 Despesas Correntes 81.19 261.885 Despesas de Capital 1.511 6.977 Orçamento de Investimentos das

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO RELATÓRIO O DESEMBARGADOR FEDERAL GERALDO APOLIANO (RELATOR): Apelação interposta em face da sentença que julgou procedente o pleito autoral, por considerar ilícita a majoração da taxa de ocupação dos

Leia mais

MATÉRIA: LEI Nº 8.429/92 PROFESSOR: EDGARD ANTONIO NÍVEL SUPERIOR

MATÉRIA: LEI Nº 8.429/92 PROFESSOR: EDGARD ANTONIO NÍVEL SUPERIOR MATÉRIA: LEI Nº 8.429/92 PROFESSOR: EDGARD ANTONIO NÍVEL SUPERIOR FCC/2008/TRF 5ª REGIÃO - ANALISTA JUDICIÁRIO: EXECUÇÃO DE MANDADOS 28) Segundo a Lei nº 8.429/92, permitir, facilitar ou concorrer para

Leia mais

I Simpósio de Direitos Fundamentais

I Simpósio de Direitos Fundamentais FRENTE I Simpósio de Direitos Fundamentais DIA 28 DE OUTUBRO/2014 MANHÃ E NOITE PROGRAMAÇÃO DO EVENTO MANHÃ 08h00 CREDENCIAMENTO 08h30 ABERTURA (Composição da mesa) 09h00 às 09h40 PRIMEIRA EXPOSIÇÃO O

Leia mais