CATÁLOGO. Linha MEDITERRÂNEA TÉCNICO. Linha COLONIAL. Linha ROMANA TELHA TOP TEM NOME TELHA TOP É SÓ

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CATÁLOGO. Linha MEDITERRÂNEA TÉCNICO. Linha COLONIAL. Linha ROMANA TELHA TOP TEM NOME TELHA TOP É SÓ"

Transcrição

1 CATÁLOGO TÉCNICO Linha MEDITERRÂNEA Linha COLONIAL Linha ROMANA TELHA TOP TEM NOME TELHA TOP É SÓ

2 TELHA TOP TEM NOME A Top Telha tem o prazer de apresentar seus mais novos acabamentos para a telha cerâmica de cor natural: Plus, Max e Class. O acabamento Plus, disponível também nas telhas coloridas, agora é mais liso ao toque, mas com o mesmo encaixe perfeito de sempre, além de ser hidrofugadas com silicone. A Max, une a mesma beleza da Plus, mas com um toque a mais de brilho, pois é resinada 00% acrílica. Já a Class une todos os acabamentos da Max, com um adicional toque de cor. Conheça! TELHA TOP É SÓ

3 Características Mediterrânea Comprimento Médio,8 cm Galga de Montagem*, cm Plus Hidrofugada com silicone. Max Resinada 00% acrílica com toque de brilho! Class Resinada 00% acrílica com toque de brilho e cor mais viva! Largura Média Altura Média Telhas por Metro Quadrado Peso Médio por Telha, cm 7,0 cm, T/m²,9 kg Absorção de Água Resistência Inclinação Mínima Embalagem > 00 kgf 0%** 0 telhas * A galga de montagem deve ser conferida com a partida de telhas entregue na obra ** Inclinação mínima de m. Acima de m, consultar tabela de inclinação do telhado. Peças Especiais Marfim Engobadas As telhas claras promovem conforto térmico para o ambiente! Imagens meramente ilustrativas. Algumas cores podem diferenciar do produto original. Cumeeira Telha Mediterrânea de Ventilação Meia Telha Mediterrânea Passarinheira Mediterrânea Tamanco Mediterrâneo Meia Telha Romana Passarinheira Universal Vias Acabamento Lateral Esquerdo Final de Espigão Acabamento Lateral Direito Peças disponíveis em todas as cores de telhas. Telha disponível nas versões Plus, Max e Class.As peças especiais engobadas (coloridas) recebem uma aplicação de um composto (engobe) somente na face superior do telhado. Capuccino Damasco Grená Gris Ficha Técnica Peças Especiais Café Pérola Vigo Todas as telhas Top Telha são hidrofugadas com silicone, independente de modelo ou cor, com exceção da telha Max, que é resinada 00% acrílica; e a Class, que é resinada 00% acrílica com adição de pigmento. Marcas superficiais no engobe são inerentes ao processo de fabricação. As telhas engobadas (coloridas) recebem uma aplicação de um composto (engobe) somente na face superior do telhado. Temos opção de dupla face nas telhas, sendo que as mescladas são com o tom marfim na parte inferior. Peças Especiais Cumeeira Meia Telha Mediterrânea Passarinheira Mediterrânea Acabamento Lateral Esquerdo Acabamento Lateral Direito Comprimento Largura Altura Peso por Peça Consumo Absorção de Água,0 cm,9 cm 8 cm,6 kg, pç/m,0 cm, cm,6 cm, kg,8 pç/m Tamanco Mediterrâneo 8, cm,8 cm,7 cm 0,6 kg 9, pc/m Vias,0 cm 9, cm 7, cm, kg Final de Espigão 0, cm,0 cm 8 cm, kg Telha Mediterrânea de Ventilação,8 cm, cm, cm,0 kg pç/0 m², cm,8 cm 6, cm 0,7 kg pç/m Meia Telha Romana,0 cm,0 cm,6 cm,7 kg,7 pç/m,9 cm 8,0 cm, cm, kg,8 pç/m,9 cm 8,0 cm, cm, kg,8 pç/m

4 Cobertura Mediterrânea Telha de ventilação Mediterrânea A telha de ventilação TOPTELHA foi desenvolvida para neutralizar o efeito das variações diárias de temperatura. Quando instaladas, permitem a criação de uma corrente de ar sob a cobertura e a consequente retirada de ar quente, evitando a condensação do vapor de água embaixo das telhas e seus efeitos, como a deterioração do madeiramento. Para que o sistema funcione é necessário que haja, no mínimo, telhas de ventilação a cada 0 m² de cobertura. Após levantar o número certo de telhas para a instalação, deve-se considerar cada pano de telhado individualmente. Mesmo com área menor que 0 m², um pano de telhado deve ter, no mínimo, telhas de ventilação ( telhas próximas ao beiral e telha próximo a cumeeira). 7. Cumeeira. Meia Telha Mediterrânea. Final de Espigão. Tamanco. Passarinheira 6. Telha Mediterrânea de Ventilação 7. Acabamento Lateral Esquerdo 8. Acabamento Lateral Direito 9. Vias Cálculo de quantidade de telhas Mediterrânea Colocação e alinhamento Mediterrânea As telhas devem ser colocadas com um pequeno ângulo de inclinação. Para o correto alinhamento, verificar se os dois pinos da telha estão encaixados na ripa. O alinhamento deve ser executado com linha ou régua. A = Afastamento mínimo B = Afastamento máximo Galga Mediterrânea Galga média = L mín + L máx 0 Galga inicial = 8 cm Cálculo a = Largura de um vão b = Comprimento do telhado Fi = Fator de telhas incluindo a inclinação do telhado A área plana do telhado é obtida pela mutiplicação da dimensão a (largura de um vão), pela dimensão b (comprimento do telhado). O número de telhas do telhado é calculado multiplicando-se a área plana do telhado (incluindo a distância do beiral), pelo fator Fi. Exemplo para um telhado com inclinação de %: a = m b = m Fi =,86 a x b x Fi = Número de telhas do telhado x x,86 = 8 telhas Mediterrânea Inclinação (%) Fator de telhas incluindo a inclinação do telhado Fi Inclinação (%) Fi Inclinação (%) Fi Inclinação (%) 66,8 0 8, ,96 0 9, , 06 9, 7 6,7 08 9, 7 6, 0 9, ,8 9, ,7 0, ,90 6 0, 8 7,07 8 0, 8 7, 0 0, , 0, ,8, ,76 6, 6 9 7,9 8, 6 9 8, 0, ,0, ,8, ,67 6,8 7,78,86,9,0,,,,,,6,76,88,00,,6,9,,67 Fi,0,7,9,,6,8,80,0,,6,68,9,,,8,8 6,0 6,6 Inclinação do telhado Mediterrânea Para telhados com muitos recortes (clarabóias, águas furtadas e outros), acrescente a 0% na quantidade de telhas. A inclinação da cobertura deve ser definida durante a fase do projeto, pois possibilita que os panos sejam planejados de maneira a evitar grandes dimensões, o que previne o acúmulo excessivo da água da chuva sobre o telhado. As inclinações mínimas admitidas dependem do comprimento do telhado e estão indicadas na tabela ao lado. Para comprimentos de 0 a metros, a inclinação mínima é de 0%. A cada metro adicional, acrescentar % no valor da inclinação para perfeita estanqueidade da cobertura e para que não ocorra esverdeamento precoce das telhas. Para inclinações acima de 00%, todas as telhas devem ser amarradas. Para inclinação entre º e 00%, consultar a tabela específica acessando o site: ou consultar a assistência técnica. Inclinação máxima admitida: 7% (60º). Comprimento máximo do pano do telhado: 0 m. Acima de 0 m, consultar o departamento técnico da empresa. Para a execução de telhados flexionados, deverá ser respeitada a inclinação de 0% no primeiro metro, respeitando a tabela de caimento mínimo para o restante do comprimento do telhado. Beiral comprimento do telhado Telhados Flexionados metro 0 cm 0,90 m,8 m,70 m,6 m,66 m,0 m,78 m,0 m pé direito do telhado,0 m,0 m,0 m 6,0 m 7,0 m 8,0 m 9,0 m 0,0 m 0% % % 6% 8% 0% % % % correspondente ao comprimento (h). O corte e a furação das telhas cerâmicas devem ser realizados com as telhas úmidas. As telhas cortadas devem ser limpas antes de serem colocadas no telhado. Use sempre equipamentos de segurança.. * A galga deve ser sempre conferida com a partida de telhas entregue na obra.. Imagens meramente ilustrativas. Observações. A aparência superficial da telha pode sofrer alterações com o tempo, dependendo do clima da região, tais como: a. Superfície escurecida b. Esverdeamento superficial ou formação de musgo c. Mofo na parte interna do telhado por falta de ventilação ou umidade A garantia não cobre as alterações citadas no item ao lado, sub-itens A, B e C, bem como defeitos decorrentes de: Quebra dos produtos TOPTELHA na instalação de antenas, ligações elétricas ou hidráulicas Má aplicação do produto Utilização inadequada Garantia Transporte e armazenamento inadequados Inobservância às recomendações da instalação do produto

5 Características Romana Comprimento Médio, cm Galga de Montagem* 7,7 cm Largura Média, cm Absorção de Água Altura Média 6,8 cm Resistência > 00 kgf Plus Hidrofugada com silicone. Telhas por Metro Quadrado Peso Médio por Telha, T/m²,9 kg Inclinação Mínima Embalagem * A galga de montagem deve ser conferida com a partida de telhas entregue na obra ** Inclinação mínima de m. Acima de m, consultar tabela de inclinação do telhado. 0%** 0 telhas Cálculo de quantidade de telhas Romana Max Resinada 00% acrílica com toque de brilho! Imagens meramente ilustrativas. Consulte prazos de entrega. Cálculo a = Largura de um vão b = Comprimento do telhado Fi = Fator de telhas incluindo a inclinação do telhado a = m A área plana do telhado é obtida pela mutiplicação da dimensão a (largura de um vão), pela dimensão b (comprimento do telhado). O número de telhas do telhado é calculado multiplicando-se a área plana do telhado (incluindo a distância do beiral), pelo fator Fi. Exemplo para um telhado com inclinação de %: a = m b = m Fi =,86 b = m a x b x Fi = Número de telhas do telhado x x,86 = 8 telhas Romanas Para telhados com muitos recortes (clarabóias, águas furtadas e outros), acrescente a 0% na quantidade de telhas. Inclinação (%) Fator de telhas incluindo a inclinação do telhado Fi Inclinação (%) Fi Inclinação (%) Fi Inclinação (%) 66,8 0 8, ,96 0 9, , 06 9, 7 6,7 08 9, 7 6, 0 9, ,8 9, ,7 0, ,90 6 0, 8 7,07 8 0, 8 7, 0 0, , 0, ,8, ,76 6, 6 9 7,9 8, 6 9 8, 0, ,0, ,8, ,67 6,8 7,78,86,9,0,,,,,,6,76,88,00,,6,9,,67 Fi,0,7,9,,6,8,80,0,,6,68,9,,,8,8 6,0 6,6 Class Resinada 00% acrílica com toque de brilho e cor mais viva! As inclinações mínimas admitidas dependem do comprimento do telhado e estão indicadas na tabela abaixo. Para comprimentos de 0 a metros, a inclinação mínima é de 0%. A cada metro adicional, acrescentar % no valor da inclinação para perfeita estanqueidade da cobertura e para que não ocorra esverdeamento precoce das telhas. Para inclinações acima de 00%, todas as telhas devem ser amarradas. Para inclinações entre % e 00%, consultar a tabela específica acessando o site ou consultar a assistência técnica. Inclinação máxima admitida 7% (60º). Comprimento máximo admitido do pano do telhado é de 0 m. Acima de 0 m, consultar o departamento técnico da empresa. Para a execução de telhados flexionados, deverá ser respeitado a inclinação de 0% no primeiro metro, respeitando a tabela de caimento mínimo para o restante do comprimento do telhado. Inclinação do telhado Romana Beiral comprimento do telhado Telhados Flexionados metro 0 cm 0,90 m,8 m,70 m,6 m,66 m,0 m,78 m,0 m,0 m,0 m,0 m 6,0 m 7,0 m 8,0 m 9,0 m 0,0 m 0% % % 6% 8% 0% % % % correspondente ao comprimento pé direito do telhado (h)

6 Cobertura Romana 6. Cumeeira. Meia Telha Romana. Final de Espigão Colocação e alinhamento Romana. Acabamento Lateral Esquerdo. Acabamento Lateral Direito 6. Vias Galga Romana As telhas devem ser colocadas com um pequeno ângulo de inclinação. Para o correto alinhamento, verificar se os dois pinos da telha estão encaixados na ripa. O alinhamento deve ser executado com linha ou régua A = Afastamento mínimo B = Afastamento máximo Galga média = L mín + L máx 0 Galga inicial = cm 90º Observações Garantia. O corte e a furação das telhas cerâmicas devem ser realizados com as telhas úmidas. As telhas cortadas devem ser limpas antes de serem colocadas no telhado. Use sempre equipamentos de segurança. A garantia não cobre as alterações citadas no item ao lado, sub-itens A, B e C, bem como defeitos decorrentes de:. * A galga deve ser sempre conferida com a partida de telhas entregue na obra. Quebra dos produtos TOPTELHA na instalação de antenas, ligações elétricas ou hidráulicas. Imagens meramente ilustrativas. Má aplicação do produto. A aparência superficial da telha pode sofrer alterações com o tempo, dependendo do clima da região, tais como: a. Superfície escurecida b. Esverdeamento superficial ou formação de musgo c. Mofo na parte interna do telhado por falta de ventilação ou umidade Utilização inadequada Transporte e armazenamento inadequados Inobservância às recomendações da instalação do produto Top Telha é garantia de proteção, conforto e qualidade. Na hora de escolher o seu telhado, escolha Top Telha. A única com garantia extendida de qualidade e tranquilidade.

7 Peças Especiais Hidrofugadas com silicone. Plus Marfim Rústica Cumeeira Rúbia Colonial Vias Final de Espigão Passarinheira Pode-se utilizar a própria telha colonial como Cumeeira F i c h a Té c n i c a P e ç a s E s p e c i a i s Flamenco Gris Mesclada Rúbia e Flamenco Características Colonial Comprimento Largura Altura Peso por Peça Consumo Absorção de Água Cumeeira,0 cm,9 cm 8 cm,6 kg, pç/m Colonial,8 cm, cm 6,8 cm, kg, pç/m Vias,0 cm 9, cm 7, cm, kg Final de Espigão 0, cm,0 cm 8 cm, kg Cálculo de quantidade de telhas Colonial Cálculo a = Largura de um vão b = Comprimento do telhado Comprimento Médio,8 cm Rendimento Médio 7 T/m² Largura Média, cm Absorção de Água Distância do Furo de Amarração, cm Resistência Altura Média 6,8 cm Inclinação Mínima** Peso Médio, kg Embalagem Galga de Montagem* 7,8 cm * A galga de montagem deve ser conferida a partir das telhas entregues na obra. ** Inclinação mínima até m. Acima de m, consultar tabela de inclinação do telhado. Marcas superficiais no engobe são inerentes ao processo de fabricação. A telhas engobadas (coloridas) recebem uma aplicação de um composto (engobe) somente na face superior do telhado. Imagens meramente ilustrativas. Consulte prazos de entrega Peças Especiais > 00 Kgf % 0 telhas Fi = Fator de telhas incluindo a inclinação do telhado a = m b = m A área plana do telhado é obtida pela mutiplicação da dimensão a (largura de um vão), pela dimensão b (comprimento do telhado). O número de telhas do telhado é calculado multiplicando-se a área plana do telhado (incluindo a distância do beiral), pelo fator Fi. Exemplo para um telhado com inclinação de 7%: a=m b = m Fi = 8, a x b x Fi = Número de telhas do telhado x x 8, = 088 telhas Colonial Para telhados com muitos recortes (clarabóias, águas furtadas e outros), acrescente a 0% na quantidade de telhas. Inclinação (%) Fator de telhas incluindo a inclinação do telhado Fi Inclinação (%) Fi Inclinação (%) Fi Inclinação (%), ,8 7 8,0, 09,0 7 8, 7,0, 7 8, 9,6,6 77 8,7,9, , 6,7 7,88 8 8,6 6, 9,09 8 8,78 7 6,69, 8 8,9 9 6,9, 87 9,08 6 7,, , 6 7,8 7,99 9 9,0 6 7,7 9, 9 9,7 67 8,0, 9 9,7 69 8,9, ,9 7 8,6,9 99 0,09 7 8,8 7,6 0 0,8 9, 9,0 0 0,6 9,9,6 0 0,6 Fi 9,66 9,9 0, 0, 0,79,07,6,6,9,,,80,09,8,68,97 -

8 Inclinação do telhado Colonial comprimento do telhado Telhados Flexionados pé direito do telhado metro,0 m,0 m,0 m 6,0 m 7,0 m 8,0 m (h),90 m, m,6 m,0 m,6 m,9 m 9,0 m 0,0 m % 7 % 9 % % % % 7 % 9 % Vão útil Inclinação Amarração da telha Colonial,8 m cm,0 m As inclinações mínimas admitidas dependem do comprimento do telhado e estão indicadas na tabela ao lado. Para comprimentos de 0 a metros, a inclinação mínima é de %. A cada metro adicional, acrescentar % no valor da inclinação para perfeita estanqueidade da cobertura e para que não ocorra esverdeamento precoce das telhas. Para inclinações acima de 00%, todas as telhas devem ser amarradas. Para inclinações entre % e 00%, consultar a tabela específica acessando o site ou consultar a assistência técnica. Inclinação máxima admitida 7% (60º). Comprimento máximo do pano do telhado de 0 m. Acima de 0 m, consultar o departamento técnico da empresa. Para a execução de telhados flexionados, deverá ser respeitada a inclinação de % no primeiro metro, respeitando a tabela de caimento mínimo para o restante do comprimento do telhado. Inclinação menor que a mínima admitida, causa dificultade de escoamento de água e pode alterar as condições do material. Colocação de Cumeeira Colonial É recomendável a amarração dos canais até a ª fiada instalada. Todas as capas devem ser amarradas na ripa superior da qual se encontra, ou seja, amarrando sempre na ripa acima onde a mesma foi assentada. CAPA FIO DE ARAME Deve-se fazer um planejamento prévio para a colocação da cumeeira a fim de evitar cortes e obter o melhor acabamento estético. É muito importante que a argamassa utilizada para o emboço fique protegida pela cumeeira, não ficando exposta aos agentes atmosféricos. CANAL CAIBRO RIPA A fixação das telhas pode ser feita com fios de cobre ou arame de aço galvanizado. Colocação e alinhamento Colonial Galga Colonial L Lmin A A 0 mm L B B Lmax Espaçamento Máximo:, cm A = Afastamento mínimo B = Afastamento máximo Galga média = L mín + L máx 0 Galga inicial = 9 cm Observações e Garantia As observações e itens cobertos pelo tempo de garantia da Linha Colonial, são as mesmas observações e itens cobertos da Linha Mediterrânea e Linha Romana.

9 Sediada em Leme, interior de São Paulo, a TOPTELHA emprega toda a tradição e tecnologia da Família Marchi, atuando no segmento cerâmico há mais de 0 anos. Produz telhas cerâmicas modelo Mediterrânea, Romana, Colonial e Acessórios, com capacidade de produção de telhas por mês. A empresa possui laboratório interno, onde todos os lotes produzidos são avaliados desde a caracterização da matéria-prima até o produto final. A linha de telhas Mediterrânea, possui alinhamento perfeito, cores homogêneas, com opções hidrofugada, resinada e engobada, menor absorção de água, design exclusivo e arrojado, diversas cores, anos de garantia, conforto térmico, qualidade e resistência incomparável, certificação nacional e internacional, com rendimento de, pçs/m². A linha de telhas Romana possui alinhamento perfeito, cores homogêneas, menor absorção de água, anos de garantia, com opções hidrofugada e resinada, conforto térmico, qualidade e resistência incomparável, com rendimento de, pçs/m². A linha de telhas Colonial permite um alinhamento perfeito, cores homogêneas, telhas hidrofugadas, menor absorção de água, design clássico com possibilidades de cores diferenciadas, conforto térmico, qualidade e resistência incomparável, possui anos de garantia, com rendimento de 7 pçs/m². A telha Mediterrânea é certificada pelo CCB, um organismo acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro, acesse: Atendemos aos principais mercados do país. Faça as contas e comprove. Os certificados de Garantia das Telhas Mediterrânea, Romana e Colonial estão devidamente registrados no cartório de títulos e documentos de Leme (SP), garantindo o rigoroso atendimento aos requisitos da norma ABNT-NBR 0. A mesma seriedade utilizada para garantir a qualidade na produção é aplicada para preservar a natureza. O compromisso da TOPTELHA com o meio ambiente está pautado no atendimento às legislações e normas ambientais em sua unidade fabril e áreas de lavra, as quais são recuperadas através do rigoroso atendimento do seu plano de recuperação ambiental. TELHA CERÂMICA GARANTIA QUALIDADE BELEZA CT-06/07

Cores sob encomenda. Cobertura Mediterrânea. Terracota Plus Mais lisa! Terracota Max Com toque de brilho! Galga Mediterrânea

Cores sob encomenda. Cobertura Mediterrânea. Terracota Plus Mais lisa! Terracota Max Com toque de brilho! Galga Mediterrânea Cobertura Mediterrânea Terracota Plus Mais lisa! Terracota Max Com toque de brilho! 1 4 8 4 9 6 2 5 7 3 1. 2. Meia Telha Mediterrânea 3. Final de Espigão 4. Tamanco 5. 6. Telha Mediterrânea de Ventilação

Leia mais

Cobertura Mediterrânea M14. Marfim. Pêssego. Flamenco. Mostaza. Avelã. Colocação e alinhamento Mediterrânea M14. Galga Mediterrânea M14.

Cobertura Mediterrânea M14. Marfim. Pêssego. Flamenco. Mostaza. Avelã. Colocação e alinhamento Mediterrânea M14. Galga Mediterrânea M14. Cobertura Mediterrânea M14 1 Impermeabilizada Marfim Pêssego 4 4 8 9 6 2 5 7 Mostaza Avelã Flamenco 3 1. Cumeeira 2. Meia Telha Mediterrânea 3. Final de Espigão 4. Tamanco M14 5. M14 6. Telha Mediterrânea

Leia mais

MUITO MAIS QUE UM TELHADO. É EUROTOP!

MUITO MAIS QUE UM TELHADO. É EUROTOP! MUITO MAIS QUE UM TELHADO. É EUROTOP! CATÁLOGO DE PRODUTOS A Empresa EUROTOP - Uma empresa do Grupo Estrutural. Localizada em Itu - SP, possui duas unidades de produção, contando com a mais alta tecnologia

Leia mais

Coleções. manual de montagem. Kit com 3 Nichos. ou... tempo 20 minutos. montagem 2 pessoas. ferramenta martelo de borracha. ferramenta chave philips

Coleções. manual de montagem. Kit com 3 Nichos. ou... tempo 20 minutos. montagem 2 pessoas. ferramenta martelo de borracha. ferramenta chave philips manual de montagem montagem 2 pessoas Coleções ferramenta martelo de borracha Kit com 3 Nichos ferramenta chave philips tempo 30 minutos ou... ferramenta parafusadeira tempo 20 minutos DICAS DE CONSERVAÇÃO

Leia mais

Além de fazer uma ótima escolha, você ainda está ajudando a natureza e garantindo a preservação do meio ambiente.

Além de fazer uma ótima escolha, você ainda está ajudando a natureza e garantindo a preservação do meio ambiente. Obrigado por adquirir um produto Meu Móvel de Madeira. Agora, você tem em suas mãos um produto de alta qualidade, produzido com matérias-primas derivadas de floresta plantada. Além de fazer uma ótima escolha,

Leia mais

GTMMI, Lda. Condições Gerais de Venda

GTMMI, Lda. Condições Gerais de Venda GTMMI, Lda. Condições Gerais de Venda Estas Condições Gerais de Venda anulam automaticamente todas as anteriores. EXCEPTO QUANDO EXPRESSAMENTE ACORDADO EM CONTRÁRIO POR ESCRITO, TODAS AS VENDAS ESTÃO SUJEITAS

Leia mais

Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA. Revisão: 2

Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA. Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Forros Minerais OWA Cuidados Iniciais Cuidados iniciais: SEMPRE manter as mãos limpas para manusear os forros

Leia mais

Comprimento...420 mm. Largura...330 mm. Telhas por m²...10,4 pçs. Peso médio por telha... 4,7 Kg. Distância máx entre ripas...

Comprimento...420 mm. Largura...330 mm. Telhas por m²...10,4 pçs. Peso médio por telha... 4,7 Kg. Distância máx entre ripas... Infomações Técnicas TELHAS As telhas de concreto CASA FORTE são do tipo Coppo Vêneto e são fabricadas em conformidade com a NBR 13.858-1 e atendem as especificações da NBR 13.858-2. Possuem encaixes perfeitos

Leia mais

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS FOLHETO TÉCNICO As TELHAS PERKUS são produzidas com argila microgranulada conformada em prensas de grande capacidade de compactação, num processo de monoqueima em fornos a rolo, em temperaturas acima de

Leia mais

Catálogo de Produtos Informações Técnicas

Catálogo de Produtos Informações Técnicas Catálogo de Produtos Informações Técnicas Telhas de concreto Vantagens: Impermeabilidade Devido ao moderno processo de fabricação das telhas de concreto, as telhas pouco absorvem água de chuva, com isso

Leia mais

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Manual de Instalação e Manutenção Torniquete Hexa revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Índice 1 - Apresentação pg.03 2 - Dimensões principais e vão livre para manutenção pg.04 3.1. Identificação dos

Leia mais

29/04/2014. Professor

29/04/2014. Professor UniSALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Disciplina: Introdução a Engenharia Civil Elementos de Vedações Área de Construção Civil Prof. Dr. André Luís Gamino

Leia mais

Manual de Operação 1

Manual de Operação 1 1 Índice Ambiente operacional...03 Instalação...03 Precauções na instalação...04 Utilizando o controle da Cortina de Ar...05 Dados técnicos...06 Manutenção...06 Termo de garantia...07 2 As cortinas de

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE ADEQUAÇÃO

Leia mais

Nailsondas Perfurações de Solo Ltda

Nailsondas Perfurações de Solo Ltda APRESENTAÇÃO A Nailsondas Perfurações de Solo Ltda. é uma empresa que vem atuando no mercado desde 2002, prestando serviços em todo território nacional. Executando com excelência vários projetos por ano,

Leia mais

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL GG 0 O vergalhão que está por dentro das melhores obras. VERGALHÃO GERDAU GG 0 Para o seu projeto sair do papel com segurança e qualidade, use o Vergalhão Gerdau GG 0. Produzido

Leia mais

Caixa de passagem Ex e / Ex tb

Caixa de passagem Ex e / Ex tb Tomadas/Plugs Painéis Caixa de passagem Ex e / Ex tb Segurança aumentada, tempo e jatos potentes d água. Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper

Leia mais

Telhas Térmicas Dânica.

Telhas Térmicas Dânica. Telhas Térmicas Dânica. Economizar se aprende em casa. As Telhas Térmicas Dânica são produzidas com núcleo de poliuretano isolante que bloqueia 95% do calor, contribuindo para um ambiente mais confortável

Leia mais

RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA

RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA Telhas de Concreto Características técnicas e dimensionais Especificações Comprimento...420mm Largura...330mm Telhas por m2...10,5pçs Peso nominal...4,7kg Peso por m2...49,35kg

Leia mais

N este manual você encontra todas as informações necessárias a

N este manual você encontra todas as informações necessárias a N este manual você encontra todas as informações necessárias a cada expositor para sua participação no evento. Por favor, leia todos os itens com cuidado. Caso depois da leitura, ainda houver dúvidas,

Leia mais

Configuração da Telha Desenvolvimento do Projeto Inclinação do Telhado Fixação das Telhas Estrutura (Madeiramento) Cálculo do Consumo de Telhas

Configuração da Telha Desenvolvimento do Projeto Inclinação do Telhado Fixação das Telhas Estrutura (Madeiramento) Cálculo do Consumo de Telhas Configuração da Telha Desenvolvimento do Projeto Inclinação do Telhado Fixação das Telhas Estrutura (Madeiramento) Cálculo do Consumo de Telhas Cálculo de Peças Transporte e Manuseio Acondicionamento das

Leia mais

2-10. Espelho Banheiro. Iluminação e Desembaçador automáticos e indicadores de umidade do ar e temperatura. Criação:

2-10. Espelho Banheiro. Iluminação e Desembaçador automáticos e indicadores de umidade do ar e temperatura. Criação: Apresenta Espelho Banheiro 2-10 Iluminação e Desembaçador automáticos e indicadores de umidade do ar e temperatura Criação: Artesão/Engenheiro: Carlos Mury 3-10 Construção totalmente, tornando a peça única,

Leia mais

Memorial Descritivo BUEIROS CELULARES DE CONCRETO. 01 BUEIRO triplo na RS715 com 3,00m X 2,50m X 16m, cada célula, no km 0 + 188,5m.

Memorial Descritivo BUEIROS CELULARES DE CONCRETO. 01 BUEIRO triplo na RS715 com 3,00m X 2,50m X 16m, cada célula, no km 0 + 188,5m. Memorial Descritivo BUEIROS CELULARES DE CONCRETO OBRAS / LOCALIZAÇÃO 01 BUEIRO triplo na RS715 com 3,00m X 2,50m X 16m, cada célula, no km 0 + 188,5m. 01 BUEIRO triplo na RS 715 com 3,00m X 2,00m X 19m,

Leia mais

Nota Técnica sobre centrais de GLP, com operação de sistema Pit Stop

Nota Técnica sobre centrais de GLP, com operação de sistema Pit Stop Nota Técnica sobre centrais de GLP, com operação de sistema Pit Stop Sumário Executivo Esta Nota Técnica tem por finalidade comprovar a existência de sustentação técnica e motivação econômica para estabelecer

Leia mais

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS FOLHETO TÉCNICO As TELHAS PERKUS são produzidas com argila microgranulada conformada em prensas de grande capacidade de compactação, num processo de monoqueima em fornos a rolo, em temperaturas acima de

Leia mais

Simples, resistente e fácil de montar.

Simples, resistente e fácil de montar. Simples, resistente e fácil de montar. Economia e resistência são as principais qualidades da telha Vogatex. Possui peso reduzido e simplicidade estrutural, exigindo o mínimo de mão-de-obra e madeiramento

Leia mais

BIT 374 LAÇAMENTO PEUGEOT 3008

BIT 374 LAÇAMENTO PEUGEOT 3008 CIRCULAR REDE De : DIREÇÃO PEÇAS E SERVIÇOS Para : Rede de Concessionárias Data : 03/11/2010 Código Circular: 374 Depto 11/10 Página (s) : 07 Cc: Gerentes regionais Peças e Serviços Peugeot Direção PBRA

Leia mais

Plataformas Montele Pioneira em Acessibilidade No Brasil

Plataformas Montele Pioneira em Acessibilidade No Brasil Plataformas Montele Pioneira em Acessibilidade No Brasil Plataformas Montele PL 220 e PL 240 PIONEIRA EM ACESSIBILIDADE NO BRASIL Fundada em 1982, a Montele é pioneira na fabricacão de elevadores e plataformas

Leia mais

Inovação: arquitetura, decoração e design. A mais moderna tecnologia em aços pré-pintados. CSNSteelcolors

Inovação: arquitetura, decoração e design. A mais moderna tecnologia em aços pré-pintados. CSNSteelcolors Inovação: arquitetura, decoração e design. A mais moderna tecnologia em aços pré-pintados. folhetocsn.indd 1 2/29/08 6:47:58 PM Brasilata - Fornecedor Sulmetais Fotos meramente ilustrativas - aplicação

Leia mais

Balança Digital BEL - 00237

Balança Digital BEL - 00237 Balança Digital BEL - 00237 l l! Instrumento não submetido a aprovação de modelo/verifi cação. Não legal para uso no comércio. Não legal para prática médica. Conforme portaria INMETRO 236/94 Plebal Plenna

Leia mais

INBI INOVADOR ROLO FLEXIVEL PARA A SUA TELA TRANSPORTADORA

INBI INOVADOR ROLO FLEXIVEL PARA A SUA TELA TRANSPORTADORA INBI INOVADOR ROLO FLEXIVEL PARA A SUA TELA TRANSPORTADORA Sede Porto Rua Antonio Silva Marinho, 66 100-063 Porto Portugal Email: vendasporto@juncor.pt Telefone: +31 6 197 360 Fax: +31 6 197 361 (Abertos

Leia mais

COBERTURA DE TELHADO COBERTURA DE TELHADO COBERTURA DE TELHADO COBERTURA EM TELHADO. Telhamento: vedação. Trama : sustentação das telhas

COBERTURA DE TELHADO COBERTURA DE TELHADO COBERTURA DE TELHADO COBERTURA EM TELHADO. Telhamento: vedação. Trama : sustentação das telhas Telhamento: vedação Telhamento: vedação TELHAS DE POLIPROPILENO a) francesa Meneguetti (2001) c) romana b) capa e canal Telhamento: vedação COBERTURA EM TELHADO ardósia concreto cerâmica concreto PARTES

Leia mais

PROCEDIMENTO DE FISCALIZAÇÃO PARA TELHAS CERÃMICAS E TELHAS DE CONCRETO Portaria Inmetro nº 005/2013

PROCEDIMENTO DE FISCALIZAÇÃO PARA TELHAS CERÃMICAS E TELHAS DE CONCRETO Portaria Inmetro nº 005/2013 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria de Avaliação da Conformidade- Dconf Divisão de Fiscalização

Leia mais

Sofá Cama. manual de montagem. Flora. ou... 2 pessoas. montagem. ferramenta martelo de borracha. ferramenta martelo. chave philips.

Sofá Cama. manual de montagem. Flora. ou... 2 pessoas. montagem. ferramenta martelo de borracha. ferramenta martelo. chave philips. manual de montagem montagem 2 pessoas ferramenta martelo de borracha ferramenta martelo Sofá Cama lora ferramenta chave philips tempo 1:30 horas ou... ferramenta parafusadeira tempo 1 hora ICS E CONSERVÇÃO

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO

ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO BUEIROS CELULARES DE CONCRETO Grupo de Serviço DRENAGEM Código DERBA-ES-D-010/01 1. OBJETIVO Esta especificação de serviço tem por objetivo definir e orientar a execução de bueiros

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico Projeto Básico Reforma no fechamento e construção de cobertura de proteção na Escola Municipal Maria do Carmo Balestero Gutierre 1.0 Objeto Trata-se da obra de pintura do muro de fechamento (em alvenaria),

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [M03 11052010] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA É muito importante que você leia atentamente todas as instruções contidas neste manual antes de utilizar o produto, pois elas garantirão sua segurança.

Leia mais

Especi cação Técnica Cabo OPGW

Especi cação Técnica Cabo OPGW Especi cação Técnica Cabo OPGW No Especificação.: ZTT 15-48656 Revisão: DS_V.00-15/02/2016 Escrito por: Fabricante: ZTT Cable - Jiangsu Zhongtian Technology Co.,td. Gerencia Técnica Escritório Comercial

Leia mais

NR 35 SEMINÁRIO Um Ano de Vigência da Norma de Trabalho em Altura

NR 35 SEMINÁRIO Um Ano de Vigência da Norma de Trabalho em Altura NR 35 SEMINÁRIO Um Ano de Vigência da Norma de Trabalho em Altura 26 de setembro do 2013 Projeto de norma Dispositivos de ancoragem Objetivo da apresentação: Apresentar o projeto de norma de dispositivos

Leia mais

Guia de Instalação Onduline

Guia de Instalação Onduline Guia de Instalação Onduline Para instalar corretamente Onduline, siga as instruções deste Guia. Só assim a garantia é válida. Lembre-se de preencher e guardar o Certificado de Garantia que está no final

Leia mais

Critério de Desenvolvimento da Embalagem de Transporte. Magda Cercan Junho/2013 São Paulo

Critério de Desenvolvimento da Embalagem de Transporte. Magda Cercan Junho/2013 São Paulo Critério de Desenvolvimento da Embalagem de Transporte Magda Cercan Junho/2013 São Paulo Magda Cercan Garcia Tecnôloga Mecânica em Processos de Produção e Projetos de Máquinas pela Faculdade de Tecnologia

Leia mais

Apresentação dos Requisitos Do Edital Inmetro nº 01/2011

Apresentação dos Requisitos Do Edital Inmetro nº 01/2011 Apresentação dos Requisitos Do Edital Inmetro nº 01/2011 Anexo B Especificações do simulador Eduardo Lopes Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade Objetivos Apresentar o simulador de pista com

Leia mais

1 ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMANDO 1.1 INTRODUÇÃO

1 ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMANDO 1.1 INTRODUÇÃO 1 ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMANDO 1.1 INTRODUÇÃO Estrutura de concreto armado é a denominação de estruturas compostas de concreto, cimento + água + agregados (e às vezes + aditivos) com barras de aço no

Leia mais

DESIDRATADOR E DEFUMADOR

DESIDRATADOR E DEFUMADOR DESIDRATADOR E DEFUMADOR Rodovia BR 116 km 153,2 Nª 22.581 Fone: (54) 3213-8000/3213-3122 Fax: (54) 3213-8021 Bairro São Leopoldo - Caxias do Sul -RS BRASIL http;//www.tomasi.com.br max@tomasiequipamentos.com.br

Leia mais

Plano de Segurança da Informação. Política de Segurança

Plano de Segurança da Informação. Política de Segurança Plano de Segurança da Informação Inicialmente, deve se possuir a percepção de que a segurança da informação deve respeitar os seguintes critérios: autenticidade, não repúdio, privacidade e auditoria. Também

Leia mais

LINHA DE PRODUTOS AS MELHORES MARCAS

LINHA DE PRODUTOS AS MELHORES MARCAS A MR SERVICE é uma empresa comprometida com a satisfação no atendimento do seu cliente, agregando produtos de qualidade com agilidade e eficiência na execução dos serviços. LINHA DE PRODUTOS Elevadores

Leia mais

Certificado de Garantia

Certificado de Garantia MANUAL DE INSTRUÇÕES BANHO-MARIA A GÁS Leia atentamente este manual antes de utilizar o produto ALFATEC EQUIPAMENTO E SERVIÇOS LTDA Rua Gerson Ferreira, 31-A - Ramos - CEP: 21030-151 - RJ Tel/Fax: (0xx21)

Leia mais

PORTARIA DAAE Nº 0031/10 ANEXO I MANUAL DE INSTALAÇÃO: PADRONIZAÇÃO DAS LIGAÇÕES DE ÁGUA

PORTARIA DAAE Nº 0031/10 ANEXO I MANUAL DE INSTALAÇÃO: PADRONIZAÇÃO DAS LIGAÇÕES DE ÁGUA PORTARIA DAAE Nº 0031/10 ANEXO I MANUAL DE INSTALAÇÃO: PADRONIZAÇÃO DAS LIGAÇÕES DE ÁGUA O Novo Padrão de Ligações Residenciais do DAAE facilita muito sua vida. Algumas vantagens que o Novo Padrão traz

Leia mais

OBJETIVO REGULAMENTO. 1. Da Participação

OBJETIVO REGULAMENTO. 1. Da Participação OBJETIVO O Prêmio mantra Brasil Design de Interiores tem por objetivo oferecer aos participantes o reconhecimento aos seus trabalhos e destaque no mercado. Com esta iniciativa queremos divulgar a diversidade

Leia mais

ART SHINGLE - TELHA DE MADEIRA

ART SHINGLE - TELHA DE MADEIRA ART SHINGLE - TELHA DE MADEIRA As Telhas de Madeira Art Shingle, além da resistência mecânica e durabilidade, tem como principais características, proporcionar beleza e excelente conforto térmico e acústico

Leia mais

Estruturas de Madeira. Telhados. É a parte superior das construções, destina-se a dar-lhes proteção.

Estruturas de Madeira. Telhados. É a parte superior das construções, destina-se a dar-lhes proteção. Estruturas de Madeira Telhados É a parte superior das construções, destina-se a dar-lhes proteção. Funções básicas: Proteção das partes internas da instalação, contra o sol excessivo, chuva, neve, etc.

Leia mais

Tecnologia da Construção Civil - I Fundações. Roberto dos Santos Monteiro

Tecnologia da Construção Civil - I Fundações. Roberto dos Santos Monteiro Tecnologia da Construção Civil - I Fundações Após a execução da sondagem, iremos definir qual o tipo de fundação mais adequada a ser utilizado no nosso empreendimento. As Fundações são elementos estruturais

Leia mais

I MOSTRA ARTE E SUSTENTABILIDADE

I MOSTRA ARTE E SUSTENTABILIDADE EDITAL nº 01/2015 1. ORGANIZAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO I MOSTRA ARTE E SUSTENTABILIDADE A I Mostra Arte e Sustentabilidade é uma exposição de trabalhos artísticos, sem fins lucrativos, produzida e dirigida

Leia mais

Manual do Usuário BALANÇA DIGITAL & ANALISADOR CORPORAL W905

Manual do Usuário BALANÇA DIGITAL & ANALISADOR CORPORAL W905 Manual do Usuário BALANÇA DIGITAL & ANALISADOR CORPORAL W905 Obrigado por escolher esta balança eletrônica de medição de gordura corporal e porcentagem de água, dentre os nossos produtos. Para garantir

Leia mais

Manual das Biseladoras Externas ISD/ ISF/ SKD/ HYD

Manual das Biseladoras Externas ISD/ ISF/ SKD/ HYD Manual das Biseladoras Externas ISD/ ISF/ SKD/ HYD Antes de iniciar qualquer manutenção ou operação mantenha o equipamento desligado das fontes de energia, retire os bits da máquina, em seguida meça o

Leia mais

GUIA TÉCNICO DE MONTAGEM

GUIA TÉCNICO DE MONTAGEM TELHAS DE FIBROCIMENTO FIBROTEX - ONDINA - ONDINA PLUS - ONDULADA - COLONIAL ONDA 50 - MAXIPLAC - KALHETA - KALHETA 49 - KALHETÃO 90 GUIA TÉCNICO DE MONTAGEM Indispensável para a montagem correta do telhado.

Leia mais

SETIN CSUP - STEL Manual de Instruções Básicas - Siemens. euroset 3005. Manual de Instruções

SETIN CSUP - STEL Manual de Instruções Básicas - Siemens. euroset 3005. Manual de Instruções SETIN CSUP - STEL s euroset 3005 Manual de Instruções Conhecendo o seu aparelho 9 10 3 4 5 1 6 7 8 A outra ponta do cordão liso deve ser conectada na linha telefônica (RJ11). Pode ser necessária a utilização

Leia mais

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE TRABALHOS NO III CURSO DE EXTENSÃO SOBRE O TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL NA EDUCAÇÃO DO IFMG

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE TRABALHOS NO III CURSO DE EXTENSÃO SOBRE O TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL NA EDUCAÇÃO DO IFMG EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE TRABALHOS NO III CURSO DE EXTENSÃO SOBRE O TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL NA EDUCAÇÃO DO IFMG 1. DO OBJETIVO Promover concurso de trabalhos a serem apresentados nas formas de pôster

Leia mais

Fichas Técnicas de Produto. Linha Slit

Fichas Técnicas de Produto. Linha Slit Fichas Técnicas de Produto Estante Face Dupla 2M Imagem de Referência Descritivo Técnico Completo Estante face dupla totalmente confeccionada em chapa de aço de baixo teor de carbono, sem arestas cortantes

Leia mais

3/19/2013 EQUIPAMENTOS. Trator de lâmina D9T. Caminhão basculante. Escavadeira hidráulica

3/19/2013 EQUIPAMENTOS. Trator de lâmina D9T. Caminhão basculante. Escavadeira hidráulica Universidade Federal da Paraíba Centro de Tecnologia Departamento de Engenharia Civil e Ambiental Laboratório de Geotecnia e Pavimentação Disciplina: Estradas e Transportes II TERRAPLENAGEM DE RODOVIAS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 469 DE 11 DE DEZEMBRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 469 DE 11 DE DEZEMBRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 469 DE 11 DE DEZEMBRO DE 2013. Altera dispositivos e os Anexos da Resolução CONTRAN nº 402, de 26 de abril de 2012, com redação dada pelas Deliberações nº 104 de 24 de dezembro de 2010 e nº

Leia mais

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva PREFEITURA MUNICIPAL DE ILICÍNEA Estado de Minas Gerais CNPJ: 18.239.608/0001-39 Praça. Padre João Lourenço Leite, 53 Centro Ilicínea Tel (fax).: (35) 3854 1319 CEP: 37175-000 Memorial Descritivo Escola

Leia mais

Qualidade e robustez aparente. Desde 1956 Movimentando Qualidade.

Qualidade e robustez aparente. Desde 1956 Movimentando Qualidade. Qualidade e robustez aparente. Desde 1956 Movimentando Qualidade. Fundada em 1956, a ZELOSO acompanhou o aumento da industrialização do país, com equipamentos hidráulicos para movimentação e força, desenvolvendo

Leia mais

Bagagem. Voos Nacionais. Dicas Importantes: Bagagem despachada

Bagagem. Voos Nacionais. Dicas Importantes: Bagagem despachada Bagagem Dicas ANAC Bagagem Voos Nacionais Bagagem despachada Nas aeronaves com mais de 31 assentos, cada passageiro (adulto ou criança) tem direito a 23 Kg de bagagem (franquia de bagagem). Pode-se despachar

Leia mais

PAPÉIS PARA IMPRESSÃO GRÁFICA

PAPÉIS PARA IMPRESSÃO GRÁFICA PAPÉIS PARA IMPRESSÃO GRÁFICA Processo de fabricação, características e principais tipos. PAPEL/História O processo de fabricação de papel, que conhecemos hoje, é baseado em um processo chinês, desenvolvido

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE MONTAGEM

ORIENTAÇÃO DE MONTAGEM Cozinhas Linha de Interesse Geral do Consumidor Ligação gratuita de qualquer ponto do país 0800 032 6 GABINETE PORTA, 2 GAVETAS E GAVETÃO IG2G3-20 TL 4333043200-30/06/20 900 / 2008 ORIENTAÇÃO DE MONTAGEM

Leia mais

Índice. Caderno de Exercícios. Modelo GCVC Gestão do Ciclo de Vida dos Contratos Caderno de Exercícios 3ª Edição 2016

Índice. Caderno de Exercícios. Modelo GCVC Gestão do Ciclo de Vida dos Contratos Caderno de Exercícios 3ª Edição 2016 Índice Página Tópico 3 Casos para Exercícios 6 Exercícios Capítulo 1 Introdução à GCVC 9 Exercícios Capítulo 2 Atores 10 Exercícios Capítulo 3a Etapa Pré Contratação 11 Exercícios Capítulo 3b Etapa Contratação

Leia mais

Vantagens das Telhas Spot

Vantagens das Telhas Spot Vantagens das Telhas Spot Resistência e Longevidade A alta qualidade dos materiais e a tecnologia do processo produtivo da Spot, possibilitam uma resistência superior a 250 kgf, garantindo assim a longevidade

Leia mais

Manual Groasis Waterboxx para legumes

Manual Groasis Waterboxx para legumes Manual Groasis Waterboxx para legumes 1. Use uma estufa de acordo com o desenho como se mostra na figura abaixo, com a possibilidade de ventilar os lados e com uma tela/sombra dupla de cor branca no topo

Leia mais

Manual de preenchimento da planilha de cálculo do índice de nacionalização

Manual de preenchimento da planilha de cálculo do índice de nacionalização Manual de preenchimento da planilha de cálculo do índice de nacionalização Atualizado em 02/07/15 Pág.: 1/9 SUMÁRIO Introdução... 3 1. Índice de nacionalização... 3 2. Objetivo da planilha... 4 3. O preenchimento

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04 PREGÃO AMPLO 009/2003 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANATEL ER04 MINAS GERAIS CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE

Leia mais

MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3

MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3 MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3 MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3 Periodicidade Tipos de manutenção Equipamentos MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS CONFORME ABNT NBR 15594-3

Leia mais

MANUAL DO USÚARIO MOTORES PARA PORTA DE ENROLAR Modelos : Zatek-RD2000 Modelos : Zatek-RD3000 Modelos : Zatek-RD5000

MANUAL DO USÚARIO MOTORES PARA PORTA DE ENROLAR Modelos : Zatek-RD2000 Modelos : Zatek-RD3000 Modelos : Zatek-RD5000 MANUAL DO USÚARIO MOTORES PARA PORTA DE ENROLAR Modelos : Zatek-RD2000 Modelos : Zatek-RD3000 Modelos : Zatek-RD5000 Imagem Meramente Ilustrativo SAC: (11) 3333-6690 CARACTERISTICAS DOS ES PARA PORTA DE

Leia mais

Treinamento IMPERGEL PU

Treinamento IMPERGEL PU Treinamento IMPERGEL PU Posicionamento do Produto (Versões) Os Produtos do sistema IMPERGEL O que é tinta??? O que é um substrato??? Sistemas de pintura Tratamento de superfície ou substrato Principais

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA Obrigado por adquirir o Ventilador, modelos VTR500 503 505, um produto de alta tecnologia, seguro, eficiente, barato e econômico. É muito importante ler atentamente este manual de instruções, as informações

Leia mais

Projetos na construção civil. Projetos na construção civil. Projeto Arquitetônico. Projeto Arquitetônico Planta Baixa. Projeto Arquitetônico

Projetos na construção civil. Projetos na construção civil. Projeto Arquitetônico. Projeto Arquitetônico Planta Baixa. Projeto Arquitetônico Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Engenharia Civil Tecnologia da Construção Civil I Elementos constitutivos de um projeto interpretação, exame e análise Projeto

Leia mais

Comissão Permanente de Licitação. Prezados Senhores, bom dia!

Comissão Permanente de Licitação. Prezados Senhores, bom dia! Comissão Permanente de Licitação De: Licitação Espectro 3D [licitacao@espectro3d.com.br] Enviado em: terça-feira, 27 de janeiro de 2015 10:24 Para: Comissão Permanente de Licitação Assunto: Esclarecimentos

Leia mais

Manutenção volante. A DDS SERVIÇOS possui muita experiência com este modelo de manutenção com resultados altamente satisfatórios.

Manutenção volante. A DDS SERVIÇOS possui muita experiência com este modelo de manutenção com resultados altamente satisfatórios. Manutenção volante O que é a Manutenção Volante? A Manutenção Volante é uma modalidade de manutenção móvel que visa atender clientes que possuam várias unidades prediais distribuídas por uma determinada

Leia mais

MODELO SUGERIDO PARA PROJETO DE PESQUISA

MODELO SUGERIDO PARA PROJETO DE PESQUISA MODELO SUGERIDO PARA PROJETO DE PESQUISA MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (Hospital Regional do Mato Grosso do Sul- HRMS) Campo Grande MS MÊS /ANO TÍTULO/SUBTÍTULO DO PROJETO NOME DO (s) ALUNO

Leia mais

Calle Dali 2, E-18690 Almuñecar / Spain Web: www.rbm-baumat.es Mail: info@rbm-baumat.es TELHAS SOLARES: GERAR E POUPAR ENERGIA NUM SÓ SISTEMA

Calle Dali 2, E-18690 Almuñecar / Spain Web: www.rbm-baumat.es Mail: info@rbm-baumat.es TELHAS SOLARES: GERAR E POUPAR ENERGIA NUM SÓ SISTEMA Calle Dali 2, E-18690 Almuñecar / Spain Web: www.rbm-baumat.es Mail: info@rbm-baumat.es TELHAS SOLARES: GERAR E POUPAR ENERGIA NUM SÓ SISTEMA GERAR ENERGIA COM A energia solar é infinita e gratuita. FOTOVOLTAICO

Leia mais

E-book Curso de Airless

E-book Curso de Airless E-book Curso de Airless www.azevedotintas.com (19) 3802-1723 Desenvolvido por Izabel Bordotti Pintura Airless Assim a pintura Airless é um método de pintura, em que a tinta é pulverizada através de um

Leia mais

Grua-pórtico de alumínio, versão fixa, com viga dupla, capacidades de carga de 1000 kg e 1500 kg

Grua-pórtico de alumínio, versão fixa, com viga dupla, capacidades de carga de 1000 kg e 1500 kg Comprimento da viga (total) Comprimento da viga (vão livre) Grua-pórtico de alumínio, versão fixa, com viga dupla, capacidades de carga de 0 kg e 10 kg Suporte da viga Largura do montante lateral Altura

Leia mais

EM8032 EM8033 Adaptador Powerline de 500Mbps com tomada elétrica

EM8032 EM8033 Adaptador Powerline de 500Mbps com tomada elétrica EM8032 EM8033 Adaptador Powerline de 500Mbps com tomada elétrica 2 PORTUGUÊS EM8032 EM8033 - Adaptador Powerline de 500Mbps com tomada elétrica Índice 1.0 Introdução... 2 1.1 Conteúdo da embalagem... 2

Leia mais

SAC 0800-VEDACIT 0800-833-2248 DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) 2902-5522 DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45

SAC 0800-VEDACIT 0800-833-2248 DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) 2902-5522 DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45 Produto CIMENTOL é uma tinta impermeável de grande durabilidade, que mantém a boa aparência por mais tempo. Apresenta ótima aderência sobre alvenaria, concreto e fibrocimento. Características Aparência:

Leia mais

Terminal de Operação Cimrex 69

Terminal de Operação Cimrex 69 Descrição do Produto O Cimrex 69 agrega as mais novas tecnologias e a mais completa funcionalidade de terminais de operação. Possui visor de cristal líquido gráfico colorido de 5,7 sensível ao toque (

Leia mais

ENERGIA EM SUA CASA CONHEÇA AS NORMAS E FAÇA UMA INSTALAÇÃO CORRETA E 100% SEGURA.

ENERGIA EM SUA CASA CONHEÇA AS NORMAS E FAÇA UMA INSTALAÇÃO CORRETA E 100% SEGURA. ENERGIA EM SUA CASA Recon BT/2013 Regulamentação para o Fornecimento de Energia Elétrica a Consumidores em Baixa Tensão CONHEÇA AS NORMAS E FAÇA UMA INSTALAÇÃO CORRETA E 100% SEGURA. Regulamentação para

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil Subsecretaria de Gestão Coordenadoria de Gestão de Pessoas Coordenação de Desenvolvimento Pessoal Gerência de Desenvolvimento

Leia mais

Guia de Instalação e Manutenção Onduline

Guia de Instalação e Manutenção Onduline Guia de Instalação e Manutenção Onduline Para instalar corretamente Onduline, siga as instruções deste Guia. Só assim a garantia é válida. Telhas Ecológicas 15 anos de garantia de impermeabilização. 0800

Leia mais

Manual de Instruções Lavadora Tanquinho Premium 3.0

Manual de Instruções Lavadora Tanquinho Premium 3.0 Manual de Instruções Lavadora Tanquinho Premium 3.0 Imagem meramente ilustrativa. Peso Liquido: 9,6 Kg Peso Bruto: 10 Kg Lavadora Tanquinho Premium 3.0 LIBELL 1 MANUAL DE USUÁRIO Parabéns por ter escolhido

Leia mais

COBERTURAS COBERTURAS COBERTURAS COBERTURAS

COBERTURAS COBERTURAS COBERTURAS COBERTURAS R R R 1 Coberturas de telhado Tesoura de Pratt Tesoura de Howe Tesoura de Howe Tesoura de Pratt Tesoura Fink 2 Tesoura Fink Vigas treliçadas ou traves Viga Warren Viga Warren completa Viga de Town (Lattice)

Leia mais

Fundo de Investimento em Ações - FIA

Fundo de Investimento em Ações - FIA Renda Variável Fundo de Investimento em Ações - FIA Fundo de Investimento em Ações O produto O Fundo de Investimento em Ações (FIA) é um investimento em renda variável que tem como principal fator de risco

Leia mais

Leia e veja como sua postura conta muito. Ergonomia

Leia e veja como sua postura conta muito. Ergonomia Leia e veja como sua postura conta muito. Ergonomia ERGONOMIA A ergonomia é a busca da relação ideal entre indivíduo e ambiente de trabalho. Ela visa proporcionar um ambiente de trabalho perfeitamente

Leia mais

Professora: Engª Civil Silvia Romfim

Professora: Engª Civil Silvia Romfim Professora: Engª Civil Silvia Romfim PARTES CONSTITUINTES DE UMA COBERTURA Pode-se dizer que a cobertura é subdividida em cinco principais partes: 1. Pelo telhado, composto por vários tipos de telhas;

Leia mais

MANUAL DE CESTAS COLETORAS (PAPELEIRAS) Índice

MANUAL DE CESTAS COLETORAS (PAPELEIRAS) Índice MANUAL DE CESTAS COLETORAS (PAPELEIRAS) Índice 01- Especificações das Cestas Coletoras de Papeis (papeleiras) 02- Especificações das Cestas Coletoras de Pilhas e Baterias 03- Finalidade da Utilização das

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A CAPA LIFEPROOF FRÉ PARA IPHONE

INSTRUÇÕES PARA A CAPA LIFEPROOF FRÉ PARA IPHONE INSTRUÇÕES PARA A CAPA LIFEPROOF FRÉ PARA IPHONE A capa LifeProof é à prova d'água, à prova de queda e própria para quaisquer condições climáticas, permitindo utilizar o seu iphone dentro e debaixo d'água.

Leia mais

1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ.

1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ. Código de Classificação: 13.02.01.15 TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ. 2. DA

Leia mais

Laje de concreto com esferas plásticas

Laje de concreto com esferas plásticas Laje de concreto com esferas plásticas Augusto Freire, engenheiro civil, diretor técnico da BubbleDeck Brasil BubbleDeck é um sistema construtivo formado por esferas plásticas contidas entre uma pré-laje

Leia mais

Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Itapira (ISO 9001 Em Processo de Implantação) ANEXO II TERMO DE REFERÊCIA E LAUDO DE INSPEÇÃO

Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Itapira (ISO 9001 Em Processo de Implantação) ANEXO II TERMO DE REFERÊCIA E LAUDO DE INSPEÇÃO (ISO Em Processo de Implantação) ANEXO II TERMO DE REFERÊCIA E LAUDO DE INSPEÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO DE CAIXAS DE ABRIGO PARA HIDRÔMETRO E KIT CAVALETE REFERÊNCIA NORMATIVA: NBR5688/

Leia mais

1 Circuitos Pneumáticos

1 Circuitos Pneumáticos 1 Circuitos Pneumáticos Os circuitos pneumáticos são divididos em várias partes distintas e, em cada uma destas divisões, elementos pneumáticos específicos estão posicionados. Estes elementos estão agrupados

Leia mais

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS DATASUS Gerenciador de Ambiente Laboratorial GAL Manual do Usuário Módulo Laboratório Manual de Operação_Módulo Laboratório_Controle

Leia mais