MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL O DESAFIO DAS CIDADES BRASILEIRAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL O DESAFIO DAS CIDADES BRASILEIRAS"

Transcrição

1 MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL O DESAFIO DAS CIDADES BRASILEIRAS Renato Boareto Diretor de Mobilidade Urbana SeMob Ministério das Cidades

2 INTRODUÇÃO 1- Crise de Mobilidade das Cidade desenvolvimento econômico está acompanhado de extrema precariedade urbana. Existe um mecanismo de criação de assentamentos precários no país A cidade é o palco das contradições, onde os conflitos se explicitam. A rua é um espaço em permanente disputa entre os diferentes tipos de veículos e as pessoas.

3 INTRODUÇÃO Externalidades dos Meios Motorizados : poluição, congestionamento, acidentes e influência no desenho urbano Visão de cidade que pode continuamente se expandir ( custos de infra, pressão sobre áreas de preservação) Destruição consentida, em nome do progresso. Visão de circulação de mercadorias se sobrepõe à qualidade de vida para moradia

4 INTRODUÇÃO 2- Crise nos transporte públicos Incompatibilidade entre custos e tarifa Perda de passageiros: menor renda viagens a pé renda média informal renda alta veículo particular Necessidade de adequação das redes Perda de qualidade Ausência do Governo Federal nos últimos 15 anos

5 MOBILIDADE URNBANA SUSTENTÁVEL Análise fragmentada entre transporte e trânsito ( cada um quer resolver seus problemas) Expansão do sistema viário consome grande parcela de recursos públicos / fim em si / feito por distintos órgãos / reforça atual modelo de pensar as cidades Acidentes e vítimas: visão de fatalidade, desconsiderando-se o mito da velocidade e o ambiente construído ( falta visão sociológica ) Tentativa de solução da fluidez reforça o modelo

6 MOBILIDADE URNBANA SUSTENTÁVEL Transporte e trânsito seriam assuntos técnicos Soluções seriam neutras Transporte coletivo como causa e conseqüência do modelo de ocupação atual. Realidade de degradação dos serviços de TC, maior tarifa, aumento dos tempos de viagem, Realidade do transporte individual : maior poluição,congestionamentos, acidentes e vítimas Cidades menores reproduzem modelo

7 MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL Mobilidade : Atributo associado às pessoas e aos bens; corresponde às diferentes respostas dadas por indivíduos e agentes econômicos às suas necessidades de deslocamento, considerando-se às dimensões do espaço urbano e a complexidade de atividades nele desenvolvidas Capacidade das pessoas se deslocarem no meio urbano para realizar suas atividades

8 MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL As pessoas exercem diferentes papéis: ciclistas, pedestres, usuários de tc, motoristas Mobilidade Mobilidade / apropriação do espaço urbano é reflexo da renda (população de baixa renda possui menor mobilidade) é afetada pela, idade, sexo e capacidade de atender às atribuições básicas para receber mensagens, utilizar veículos e equipamentos PRM Pessoas com restrição de Mobilidade PCD Pessoas Com Deficiência

9 MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL Acessibilidade: medida mais direta dos efeitos de um sistema de transporte = facilidade de se atingir os destinos desejados

10 O CONCEITO DA MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL Mobilidade Urbana Sustentável: é o resultado de um conjunto de políticas de transporte e circulação que visam proporcionar o acesso amplo e democrático ao espaço urbano, através da priorização dos modos de transporte coletivo e não motorizados, de forma efetiva, socialmente inclusiva e ecologicamente sustentável

11 O desafio da implementação é possível independente do porte da cidade, a partir de sua realidade, considerando-se a diversidade dos municípios brasileiros ( valores universais) 2 frentes de atuação: ações de correção e uso dos princípios para a expansão urbana

12 Desafio da Implementação Não gerar necessidade de viagens motorizadas: solução não está no atual modelo de produção de mais e mais transporte / Multicentralidade Reformulação do desenho urbano: mudança no conceito de sistema viário / acesso local / descontinuidade Nova abordagem da circulação de veículos: a circulação de automóveis tem custo, que é socializado / acidentes (traçado das ruas, impunidade, ausência de fiscalização) / não e fatalidade / carro não pode ser motivo para organizar a cidade, pois nem todos podem te-lo / cidade planejada para moradia com qualidade de vida / mudança da acessibilidade plena / consequência e não causa

13 Desafio da Implementação Desenvolvimento dos MNM : seu uso não pode ser só uma intervenção no atual desenho, mas como parte do novo desenho urbano ( ciclovia, qualidade das calçadas, paisagismo não só estético, mas como suporte dos deslocamentos a pé, calçada que atravessa a rua) / Proporcionar mobilidade às PCD Sensibilização da sociedade, elaboração de PP, adequação de ambientes, adequação dos STP, acesso às tecnologias, revisão e aplicação da legislação Priorização Efetiva do TC ( infraestrutura, novas energias, maior qualidade, investimentos contínuos)

14 Desafio da Implementação Barateamento das tarifas do TC : modelo perverso de financiamento / tarifa custeia operação e infraestrutura / gratuidades / instrumento de inclusão social Inserir o tema na pauta política : Revisão de conceitos e prioridades estabelecidas / tornar mobilidade urbana sustentável tema importante / amplo apoio social Novos olhares sobre a cidade ( transporte para propiciar o usufruto da cidade e o acesso às oportunidades

15 A avaliação da Mobilidade Urbana Sustentável Desafio: Avaliar a qualidade das cidades a partir do uso do conceito Mobilidade Urbana Sustentável Índice de qualidade da mobilidade (eficiência dos desenhos urbanos, índice de motorização, nº de acidentes, nº de feridos e mortes, divisão modal das viagens, gasto de energia, poluição, acessibilidade das PCD etc. Motivos de viagem, tempo gasto, tipos de veículos utilizados,seus efeitos negativos, a distribuição de seus custos diretos e indiretos na sociedade sobre a população de mais baixa renda, efeitos na qualidade de vida da população

16 Atuação do Governo Federal Criação do Ministério das Cidades Secretaria com três eixos principais : gestão / regulação, inclusão e controle social e política de mobilidade sustentável Difusão do conceito Fomento de projetos Educação

17 PPA Governo Federal PROGRAMA DE MOBILIDADE URBANA Apoio a Projetos de Corredores Estruturais de Transporte Coletivo Urbano Apoio a Projetos de Sistemas de Circulação não Motorizada Apoio ao Tratamento de Conflitos Intermodais na Circulação Urbana Gestão e Administração do Programa Mobilidade Urbana Financiamento de Infra-estrutura de Transporte Coletivo Urbano (Pró-Transporte) FGTS Apoio a Projetos de Acessibilidade para Pessoas com Restrição de Mobilidade e Deficiência

Brasília - Brasil Maio de 2006

Brasília - Brasil Maio de 2006 Brasília - Brasil Maio de 2006 Diagnóstico Início Diagnóstico Objetivos do Programa Intervenções Propostas Avanço das Atividades Tratamento Viário Diagnóstico Início Diagnóstico Objetivos do Programa Intervenções

Leia mais

Transporte como Direito Social

Transporte como Direito Social Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Transporte como Direito Social Setembro 2013 Missão SeMOB Promover a Mobilidade Urbana para contribuir na construção

Leia mais

Gestão da Demanda. Parauapebas, Novembro de Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. Ministério das Cidades

Gestão da Demanda. Parauapebas, Novembro de Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. Ministério das Cidades Gestão da Demanda Parauapebas, Novembro de 2014. Apoio: Realização: Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades Introdução Atribuição Local Consonância com a PNMU Espaço

Leia mais

Curso de Gestão de Mobilidade Urbana Ensaio Crítico Turma 18 Transporte Público coletivo como prioridade

Curso de Gestão de Mobilidade Urbana Ensaio Crítico Turma 18 Transporte Público coletivo como prioridade 1 Curso de Gestão de Mobilidade Urbana Ensaio Crítico Turma 18 Transporte Público coletivo como prioridade Fernando Soares dos Santos (*) O planejamento das cidades para as próximas décadas passa, necessariamente,

Leia mais

COMUNICAÇÕES TÉCNICAS 21º CONGRESSO BRASILEIRO DE TRANSPORTE E TRÂNSITO SÃO PAULO 28, 29 E 30 DE JUNHO DE 2017

COMUNICAÇÕES TÉCNICAS 21º CONGRESSO BRASILEIRO DE TRANSPORTE E TRÂNSITO SÃO PAULO 28, 29 E 30 DE JUNHO DE 2017 COMUNICAÇÕES TÉCNICAS 21º CONGRESSO BRASILEIRO DE TRANSPORTE E TRÂNSITO SÃO PAULO 28, 29 E 30 DE JUNHO DE 2017 A ANTP convida a todos os integrantes das entidades associadas, seus membros individuais e

Leia mais

SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE

SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE Inicialmente, o que é BRT? O BRT (Bus Rapid Transit), ou Transporte Rápido por Ônibus, é um sistema de transporte coletivo de passageiros

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei /2012) e os Planos de Mobilidade

Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei /2012) e os Planos de Mobilidade Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012) e os Planos de Mobilidade Criação da Política Nacional de Mobilidade Urbana Durante o século XX, o automóvel passou a dominar as cidades brasileiras,

Leia mais

A importância da mudança modal para tirar São Paulo da contramão. Autora: Arqta. Melissa Belato Fortes Co-autora: Arqta. Denise H. S.

A importância da mudança modal para tirar São Paulo da contramão. Autora: Arqta. Melissa Belato Fortes Co-autora: Arqta. Denise H. S. A importância da mudança modal para tirar São Paulo da contramão Autora: Arqta. Melissa Belato Fortes Co-autora: Arqta. Denise H. S. Duarte Objeto da pesquisa Relação entre adensamento, multifuncionalidade

Leia mais

Companhia de Engenharia de Tráfego CET

Companhia de Engenharia de Tráfego CET Secretaria Municipal de Transporte SMT Sec e a a u cpa de a spo e S Companhia de Engenharia de Tráfego CET Anhanguera Bandeirantes Fernão Dias Presidente Dutra Ayrton Senna MAIRIPORÃ Castello Branco CAIEIRAS

Leia mais

MOBILIDADE NA CIDADE INTELIGENTE. ANGELA AMIN Doutoranda EGC/UFSC

MOBILIDADE NA CIDADE INTELIGENTE. ANGELA AMIN Doutoranda EGC/UFSC MOBILIDADE NA CIDADE INTELIGENTE ANGELA AMIN Doutoranda EGC/UFSC 3 Desde o fim de 2010, 50,5% da população mundial está nas Cidades No Brasil 85% dos domicílios estão em áreas urbanas Que Cidades queremos?

Leia mais

CARTA DE COMPROMISSO COM A MOBILIDADE POR BICICLETAS

CARTA DE COMPROMISSO COM A MOBILIDADE POR BICICLETAS CARTA DE COMPROMISSO COM A MOBILIDADE POR BICICLETAS Compreendendo que, Por todo o mundo, o uso da bicicleta vem sendo tratado como um importante indicador de qualidade de vida, havendo um consenso crescente

Leia mais

ENGENHARIA DE TRÁFEGO

ENGENHARIA DE TRÁFEGO ENGENHARIA DE TRÁFEGO Capítulo 1: A ENGENHARIA DE TRÁFEGO trata de atividades presentes no nosso dia a dia: a mobilidade das pessoas, o transporte de bens e sua relação com o ambiente tem importante função

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA DE VOTORANTIM / SP

PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA DE VOTORANTIM / SP PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA DE VOTORANTIM / SP 1ª Conferência - março de 2016 tema: lançamento do processo de elaboração do Plano O QUE É MOBILIDADE URBANA? Mobilidade é a forma de deslocamento

Leia mais

Mobilidade Urbana Sustentável

Mobilidade Urbana Sustentável Mobilidade Urbana Sustentável Fundação Getulio Vargas 7 novembro 2014 1 www.unhabitat.org UN-Habitat : Visão de urbanização UN-Habitat O Programa das Nações Unidas sobre Assentamentos Humanos foi mandatado

Leia mais

ITUIUTABA MONTE ALEGRE DE MINAS MONTE CARMELO PRATA SANTA VITÓRIA MINAS GERAIS

ITUIUTABA MONTE ALEGRE DE MINAS MONTE CARMELO PRATA SANTA VITÓRIA MINAS GERAIS ITUIUTABA MONTE ALEGRE DE MINAS MONTE CARMELO PRATA SANTA VITÓRIA MINAS GERAIS A Mobilidade Urbana A Mobilidade Urbana é um tema amplo, abrange questões de desenvolvimento urbano, a saúde e a qualidade

Leia mais

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte I Seminário Nacional de Política Urbana e Ambiental Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil Brasília abril 2016 Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte Tiago Esteves Gonçalves da Costa ESTRUTURA

Leia mais

Elaboração do Plano de Mobilidade Urbana Segurança de Trânsito

Elaboração do Plano de Mobilidade Urbana Segurança de Trânsito Elaboração do Plano de Mobilidade Urbana Segurança de Trânsito Parauapebas, 11 de novembro de 2014 Apoio: Realização: Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades Caracterização

Leia mais

O TRANSPORTE RODOVIÁRIO TENDÊNCIAS ANTÓNIO MOUSINHO

O TRANSPORTE RODOVIÁRIO TENDÊNCIAS ANTÓNIO MOUSINHO O TRANSPORTE RODOVIÁRIO TENDÊNCIAS ANTÓNIO MOUSINHO O TRANSPORTE RODOVIÁRIO NA UE 1. INTRODUÇÃO 2. SITUAÇÃO ACTUAL 3. MOBILIDADE SUSTENTÁVEL 4. TRANSPORTES ENERGIA E AMBIENTE 5. INFRAESTRUTURAS 6. CONCLUSÕES

Leia mais

SMART CAMPUS: UM NOVO PARADIGMA DE MOBILIDADE PARA O CAMPUS II DA UFG

SMART CAMPUS: UM NOVO PARADIGMA DE MOBILIDADE PARA O CAMPUS II DA UFG SMART CAMPUS: UM NOVO PARADIGMA DE MOBILIDADE PARA O CAMPUS II DA UFG A mobilidade urbana é um desafio crescente nas cidades brasileiras. Na metrópole goiana observa-se uma alta taxa de motorização individual.

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº /2015

PROJETO DE LEI Nº /2015 Sumário PROJETO DE LEI Nº /2015 TÍTULO I DOS FUNDAMENTOS, ABRANGÊNCIA E FINALIDADES...7 CAPÍTULO I DOS FUNDAMENTOS E ABRANGÊNCIA... 7 CAPÍTULO II DA FINALIDADE E PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO... 7 TÍTULO

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPALDE GUAÍRA APROVA:

A CÂMARA MUNICIPALDE GUAÍRA APROVA: Projeto de Lei 36 de 17 de Novembro de 2016. Aprova o Plano de Mobilidade Urbana de Guaíra, estabelece normas, diretrizes e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPALDE GUAÍRA APROVA: CAPÍTULO I DO CONCEITO

Leia mais

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO E LEGISLAÇÃO DE TRANSPORTES URBANOS (PARA O CARGO DE AUXILIAR DE FISCAL DE

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO E LEGISLAÇÃO DE TRANSPORTES URBANOS (PARA O CARGO DE AUXILIAR DE FISCAL DE LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO E LEGISLAÇÃO DE TRANSPORTES URBANOS (PARA O CARGO DE AUXILIAR DE FISCAL DE TRANSPORTES URBANOS de acordo com o Edital do concurso da Secretaria Municipal de Transporte do Rio de

Leia mais

15º. Encontro da Empresas de Fretamento e Turismo Eduardo A. Vasconcellos. Transporte por fretamento e mobilidade

15º. Encontro da Empresas de Fretamento e Turismo Eduardo A. Vasconcellos. Transporte por fretamento e mobilidade O fretamento hoje nas grandes cidades Participação do fretamento nas viagens, cidades selecionadas do Brasil 25,0 Participação do fretamento nas viagens 20,0 15,0 10,0 5,0 0,0 1,0 2,3 0,2 0,5 5,8 2,2 2,0

Leia mais

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo As Cidades mudaram População mudou A Economia mudou Os Meios de Transportes mudaram E nós? Ainda pensamos igual ao passado? Em TRANSPORTE COLETIVO chega-se ao

Leia mais

Foto: Por gelinh. Flickr Creative Commons. Programa Cidades Sustentáveis

Foto: Por gelinh. Flickr Creative Commons. Programa Cidades Sustentáveis Foto: Por gelinh. Flickr Creative Commons Programa Cidades Sustentáveis Realização O Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social é uma organização sem fins lucrativos, caracterizada como Oscip

Leia mais

Carta de compromisso com a mobilidade por bicicletas - candidatos a prefeito

Carta de compromisso com a mobilidade por bicicletas - candidatos a prefeito Em abril de 2012 a Ciclocidade e o CicloBR iniciaram o projeto Eleições 2012 e a bicicleta em São Paulo, com objetivo de promover a discussão sobre o tema durante as eleições e garantir o compromisso dos

Leia mais

Como estaremos daqui a 25 anos? Estudo de Mobilidade Urbana Plano Diretor Regional de Mobilidade. Seminário SINAENCO / SC

Como estaremos daqui a 25 anos? Estudo de Mobilidade Urbana Plano Diretor Regional de Mobilidade. Seminário SINAENCO / SC Como estaremos daqui a 25 anos? Estudo de Mobilidade Urbana Plano Diretor Regional de Mobilidade Seminário SINAENCO / SC Guilherme Medeiros Engenheiro Coordenador Técnico SC Participações e Parcerias S.A.

Leia mais

Curitiba, 2015 REALIZAÇÃO: APOIO:

Curitiba, 2015 REALIZAÇÃO: APOIO: Curitiba, 2015 Daniela Facchini, Diretora de Mobilidade Urbana Cristina Albuquerque, Coordenadora de Mobilidade Urbana Mariana Barcelos, Analista de Mobilidade Urbana Desenvolvido pelo WRI Brasil Cidades

Leia mais

Custos dos Deslocamentos (Custos para usar ônibus, moto e automóvel)

Custos dos Deslocamentos (Custos para usar ônibus, moto e automóvel) Custos dos Deslocamentos (Custos para usar ônibus, moto e automóvel) Dados de março de 2010 Sumário 1 Avaliação Geral...3 1.1 Consumo de espaço, tempo e energia por auto, ônibus e moto...3 1.2 Custos para

Leia mais

SALVANDO VIDAS. A importância de reduzir limites de velocidade em áreas urbanas

SALVANDO VIDAS. A importância de reduzir limites de velocidade em áreas urbanas SALVANDO VIDAS A importância de reduzir limites de velocidade em áreas urbanas MARTA OBELHEIRO COORDENADORA DE PROJETOS DE SAÚDE E SEGURANÇA VIÁRIA DO WRI BRASIL CIDADES SUSTENTÁVEIS Um produto do WRI

Leia mais

TÍTULO: Campus da UFMG - Reflexões para uma política de estacionamento. AUTOR: Tomás Alexandre Ahouagi

TÍTULO: Campus da UFMG - Reflexões para uma política de estacionamento. AUTOR: Tomás Alexandre Ahouagi TÍTULO: Campus da UFMG - Reflexões para uma política de estacionamento. AUTOR: Tomás Alexandre Ahouagi ENDEREÇO: BHTRANS, Rua Engenheiro Carlos Goulart, 900 Buritis, Belo Horizonte/MG, CEP 30.455-902,

Leia mais

Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR

Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR MUNICÍPIO DE LONDRINA CARACTERIZAÇÃO DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Situado ao norte do estado do Paraná Município foi criado em dezembro de 1934 e acaba de

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Identidade, Competitividade, Responsabilidade

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Identidade, Competitividade, Responsabilidade Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo Central Alentejo Litoral Baixo Alentejo Planeamento Estratégico Regional

Leia mais

Demonstração Internacional da Plataforma de informações de tráfego e de trânsito

Demonstração Internacional da Plataforma de informações de tráfego e de trânsito Demonstração Internacional da Plataforma de informações de tráfego e de trânsito As grandes cidades e áreas metropolitanas encaram o aumento da demanda nos sistemas de transportes, especialmente nas regiões

Leia mais

PROJETO VIDA NO TRÂNSITO PARANÁ

PROJETO VIDA NO TRÂNSITO PARANÁ PROJETO VIDA NO TRÂNSITO PARANÁ PACTO NACIONAL PELA REDUÇÃO DE ACIDENTES NO TRÂNSITO Ação do Governo Federal, lançada em 11/05/2011 pelos Ministérios da Saúde e das Cidades; Resposta brasileira à demanda

Leia mais

Seminário Internacional de Certificação Profissional. Brasília novembro 2005 Contribuição dos CEFET s

Seminário Internacional de Certificação Profissional. Brasília novembro 2005 Contribuição dos CEFET s Seminário Internacional de Certificação Profissional Brasília novembro 2005 Contribuição dos CEFET s Certificação Profissional - Definição Usual Reconhecimento formal dos conhecimentos, habilidades, atitudes

Leia mais

AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS

AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS OPORTUNIDADES PROMOVER ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO E ALÍVIO DOS VOLUMES DE TRÁFEGO IMPORTANTE VIA ESTRUTURAL.

Leia mais

A história das cidades e os desastres a percepção de perigo ou ameaça

A história das cidades e os desastres a percepção de perigo ou ameaça A história das cidades e os desastres a percepção de perigo ou ameaça A história das cidades e os desastres a percepção de risco A história das cidades e os desastres - passado remoto: os grandes desastres

Leia mais

COMO AS EMPRESAS DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS PODEM CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA VERDE.

COMO AS EMPRESAS DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS PODEM CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA VERDE. COMO AS EMPRESAS DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS PODEM CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA VERDE. Segundo a Estratégia Nacional para o Desenvolvimento Sustentável (ENDS) a Sustentabilidade pressupõe

Leia mais

Plano Metropolitano de Habitação. Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas

Plano Metropolitano de Habitação. Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas Apresentado pelo representante do Ministério das Cidades Histórico Aprovado pelo Conselho de Desenvolvimento

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana

Política Nacional de Mobilidade Urbana Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Política Nacional de Mobilidade Urbana Setembro 2013 A Presidência da República sancionou a Lei nº 12.587, em 3

Leia mais

1.º SEMINÁRIO DE ACOMPANHAMENTO Apresentação das operações em curso

1.º SEMINÁRIO DE ACOMPANHAMENTO Apresentação das operações em curso Política de Cidades Polis XXI Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano QREN/ POVT/ Eixo IX Desenvolvimento do Sistema Urbano Nacional 1.º SEMINÁRIO DE ACOMPANHAMENTO Apresentação das operações em

Leia mais

Inconsistência na estrutura de transporte público das cidades brasileiras

Inconsistência na estrutura de transporte público das cidades brasileiras Inconsistência na estrutura de transporte público das cidades brasileiras Por Mateus Araújo Maia A expansão do meio urbano tem sido um fator desafiador para que a mobilidade seja desenvolvida afim de que

Leia mais

Mobilidade Humana por Bicicleta em Fortaleza

Mobilidade Humana por Bicicleta em Fortaleza Mobilidade Humana por Bicicleta em Fortaleza 03 de Dezembro de 2013 Tópicos Apresentação da Ciclovida Sistema Cicloviário Estrutura Cicloviária de Fortaleza Situação Atual Fortaleza e Outras Cidades Benefícios

Leia mais

Acessibilidade na gestão da cidade Arq. Adriana Romeiro de Almeida Prado

Acessibilidade na gestão da cidade Arq. Adriana Romeiro de Almeida Prado Acessibilidade na gestão da cidade Arq. Adriana Romeiro de Almeida Prado Porto Alegre, 1º de junho de 2015 Construção de um Plano Municipal de Acessibilidade Acessibilidade Desenho Universal Rota Acessível

Leia mais

DISCIPLINAMENTO DA CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS DE CARGA CENTRO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE

DISCIPLINAMENTO DA CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS DE CARGA CENTRO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE DISCIPLINAMENTO DA CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS DE CARGA CENTRO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE Diagnóstico Perturbações na fluidez Grandes dimensões Manobras lentas Raio de giro restrito Remoção difícil em caso de

Leia mais

MOBILIDADE URBANA NO BRASIL: DESAFIOS E SOLUÇÕES DEPUTADO FEDERAL JORGE CÔRTE REAL NOVEMBRO/2013

MOBILIDADE URBANA NO BRASIL: DESAFIOS E SOLUÇÕES DEPUTADO FEDERAL JORGE CÔRTE REAL NOVEMBRO/2013 MOBILIDADE URBANA NO BRASIL: DESAFIOS E SOLUÇÕES DEPUTADO FEDERAL JORGE CÔRTE REAL NOVEMBRO/2013 O problema da mobilidade é comum a todos os grandes centros urbanos. Afeta o desenvolvimento do País ao

Leia mais

O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP. Lucas Alonso 21ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA

O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP. Lucas Alonso 21ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP Lucas Alonso 21ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA AEAMESP O impacto da integração tarifária na mobilidade urbana da RMSP 2 Análise da

Leia mais

PAINEL 1 GERENCIAMENTO DA DEMANDA NO TRANSPORTE. Jilmar Tatto. Secretário municipal de transportes

PAINEL 1 GERENCIAMENTO DA DEMANDA NO TRANSPORTE. Jilmar Tatto. Secretário municipal de transportes PAINEL 1 GERENCIAMENTO DA DEMANDA NO TRANSPORTE Jilmar Tatto Secretário municipal de transportes GERENCIAMENTO DA DEMANDA DIRETRIZES DA POLÍTICA DE MOBILIDADE URBANA E TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO SÃO PAULO

Leia mais

Revisão do Plano Diretor de Belém. 3ª Audiência Pública Temática Tema: INFRA-ESTRUTURA, MOBILIDADE E ACESSIBILIDADE

Revisão do Plano Diretor de Belém. 3ª Audiência Pública Temática Tema: INFRA-ESTRUTURA, MOBILIDADE E ACESSIBILIDADE Prefeitura Municipal de Belém Secretaria Municipal de Coordenação Geral do Planejamento e Gestão Revisão do Plano Diretor de Belém (Lei nº 7.603/93) 3ª Audiência Pública Temática Tema: INFRA-ESTRUTURA,

Leia mais

O TRÂNSITO É TÃO IMPORTANTE PARA A VIDA NACIONAL QUE COSTITUI UM NOVO DIREITO, FUNDAMENTAIS, QUE DIZEM COM A PRÓPRIA

O TRÂNSITO É TÃO IMPORTANTE PARA A VIDA NACIONAL QUE COSTITUI UM NOVO DIREITO, FUNDAMENTAIS, QUE DIZEM COM A PRÓPRIA A RESPONSABILIDADE DOS PREFEITOS NA MUNICIPALIZAÇÃO DO TRÂNSITO Prof. Dr. José Leles de Souza Cetran/SC 1 O TRÂNSITO É TÃO IMPORTANTE PARA A VIDA NACIONAL QUE COSTITUI UM NOVO DIREITO, CITADO DENTRE OS

Leia mais

A MOBILIDADE INTELIGENTE e INCLUSIVA

A MOBILIDADE INTELIGENTE e INCLUSIVA A MOBILIDADE INTELIGENTE e INCLUSIVA Os Projetos de Lisboa para 2020 Teresa Almeida A MOBILIDADE INTELIGENTE e INCLUSIVA Os Projetos de Lisboa para 2020 1. O Quadro Europeu 2. O Quadro Municipal 3. As

Leia mais

Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico Turma 16 Transporte, Lei da Mobilidade Urbana e Cidadania Tomoko Saeki (*) Transporte

Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico Turma 16 Transporte, Lei da Mobilidade Urbana e Cidadania Tomoko Saeki (*) Transporte Transporte Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico Turma 16 Transporte, Lei da Mobilidade Urbana e Cidadania Tomoko Saeki (*) Está cada vez mais difícil nos locomovermos na cidade de São Paulo

Leia mais

Mobilidade e Meio Ambiente. 3ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte

Mobilidade e Meio Ambiente. 3ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte Mobilidade e Meio Ambiente 3ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte DESAFIO FOMENTAR O DEBATE SOBRE A TEMÁTICA MOBILIDADE E MEIO AMBIENTE A PARTIR DE ALGUMAS PERGUNTAS Plano Diretor

Leia mais

Movendo-se na cidade: Bicicleta Elétrica Híbrida.

Movendo-se na cidade: Bicicleta Elétrica Híbrida. Movendo-se na cidade: Bicicleta Elétrica Híbrida. Acadêmico: Guilherme Boff Orientador: Walter Strobel Neto Justificativa: O trânsito nas grandes cidades torna-se mais caótico cada dia. Engarrafamentos,

Leia mais

Mapa dos Corredores Estruturais

Mapa dos Corredores Estruturais Mapa dos es Estruturais Industrial Umuarama Norte Oeste Dona Zulmira Central Leste Novo Mundo Planalto Sudoeste Jardins Sul Sudeste Santa Luzia Universitário Anéis Oeste Planalto Norte Dona Zulmira Sudoeste

Leia mais

São Paulo 2030 Painel Mobilidade Urbana. Março/2016

São Paulo 2030 Painel Mobilidade Urbana. Março/2016 São Paulo 2030 Painel Mobilidade Urbana Março/2016 OBJETIVO Mapear as opiniões e as percepções dos moradores da cidade da São Paulo em relação a temas do cotidiano e à prestação de políticas públicas,

Leia mais

A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL RESULTADO DA PESQUISA REALIZADA PELO GT INTEGRAÇÃO DA COMISSÃO METROFERROVIÁRIA DA ANTP

A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL RESULTADO DA PESQUISA REALIZADA PELO GT INTEGRAÇÃO DA COMISSÃO METROFERROVIÁRIA DA ANTP A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS DE TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL RESULTADO DA PESQUISA REALIZADA PELO GT INTEGRAÇÃO DA COMISSÃO METROFERROVIÁRIA DA ANTP 1ª ETAPA A INTEGRAÇÃO NOS SISTEMAS METROFERROVIÁRIOS OPERADORAS

Leia mais

Fabio Villas Bôas. Jardim das Perdizes, São Paulo

Fabio Villas Bôas. Jardim das Perdizes, São Paulo Fabio Villas Bôas Jardim das Perdizes, São Paulo O que é um bairro sustentável? Sustentabilidade a partir dos bairros Conceito: escala ideal para acelerar a implantação Portland: algumas iniciativas Anos

Leia mais

MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

MOBILIDADE SUSTENTÁVEL MOBILIDADE SUSTENTÁVEL Workshop Regional U.M. BRAGA 10 ABRIL 2012 SUMÁRIO Compromissos Estudos e avaliação Intervenções Financiamento e Cooperação Institucional Desafios para Municípios COMPROMISSOS A

Leia mais

SP 23/07/82 NT 083/82. Os Conflitos na Circulação Urbana: Uma Abordagem Política da Engenharia de Tráfego. Eduardo Alcântara Vasconcelos.

SP 23/07/82 NT 083/82. Os Conflitos na Circulação Urbana: Uma Abordagem Política da Engenharia de Tráfego. Eduardo Alcântara Vasconcelos. SP 23/07/82 NT 083/82 Os Conflitos na Circulação Urbana: Uma Abordagem Política da Engenharia de Tráfego. Eduardo Alcântara Vasconcelos Introdução O objetivo deste artigo é tentar uma abordagem da engenharia

Leia mais

TRÂNSITO E MOBILIDADE TRÂNSITO E MOBILIDADE. Os desafios da mobilidade urbana

TRÂNSITO E MOBILIDADE TRÂNSITO E MOBILIDADE. Os desafios da mobilidade urbana TRÂNSITO E MOBILIDADE TRÂNSITO E MOBILIDADE Os desafios da mobilidade urbana Os desafios da mobilidade urbana Primeira parte Primeira parte TRÂNSITO MUNICIPALIZAÇÃO DO TRÂNSITO Antecedentes Históricos

Leia mais

Cicloativismo: uma experiência de participação. Melina Rombach Santiago, 01 de abril de 2016

Cicloativismo: uma experiência de participação. Melina Rombach Santiago, 01 de abril de 2016 Cicloativismo: uma experiência de participação Melina Rombach Santiago, 01 de abril de 2016 Plano de Mobilidade de Osasco e o cicloativismo: uma experiência de participação Introdução Leis e instituições

Leia mais

Companhia do Metropolitano do Distrito Federal. Audiência Pública

Companhia do Metropolitano do Distrito Federal. Audiência Pública Companhia do Metropolitano do Distrito Federal Audiência Pública Expansão da Linha I do Metrô-DF (Samambaia, Ceilândia e Asa Norte) e modernização do sistema Objetivo da Audiência Pública Dar início aos

Leia mais

O transporte urbano no Brasil

O transporte urbano no Brasil 1 de 5 23-07-2012 10:29 Imprimir página «Voltar MEIO AMBIENTE O transporte urbano no Brasil Uma política diferente de mobilidade deveria reduzir os benefícios e subsídios ao transporte individual, garantir

Leia mais

Infraestrutura Logística para otimização da cadeia farmacêutica. Frederico Bussinger

Infraestrutura Logística para otimização da cadeia farmacêutica. Frederico Bussinger Infraestrutura Logística para otimização da cadeia farmacêutica Frederico Bussinger BRASIL NO MUNDO LOGÍSTICA: FATOR CRÍTICO DE SUCESSO Área > 4 mi Km 2 População > 100 mi Paquistão USA Bangladesh China

Leia mais

Atuação CAIXA no Financiamento de Energia, Saneamento Ambiental e MDL

Atuação CAIXA no Financiamento de Energia, Saneamento Ambiental e MDL Atuação CAIXA no Financiamento de Energia, Saneamento Ambiental e MDL Nome: Denise Maria Lara de Souza Seabra Formação: Enga. Civil e Sanitarista Instituição: Caixa Econômica Federal Agenda Contextualização

Leia mais

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE 1 IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE AUDIÊNCIA PÚBLICA OUTRAS INFORMAÇÕES 2266-0369 SMTR www.rio.rj.gov.br 2589-0557 SMO Rio de Janeiro

Leia mais

POLÍTICA AMBIENTAL. Conceito Instrumentos

POLÍTICA AMBIENTAL. Conceito Instrumentos POLÍTICA AMBIENTAL Conceito Instrumentos Legislação Ambiental 1934 Código das águas, da Mineração e Primeiro Código Florestal 1937 Proteção ao Patrimônio Histórico 1938 Código da Pesca 1965 promulgação

Leia mais

Mobilidade urbana: tendências e desafios Apresentador: Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Pesquisador do IPEA.

Mobilidade urbana: tendências e desafios Apresentador: Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Pesquisador do IPEA. São Paulo, Novembro/2013 Mobilidade urbana: tendências e desafios Apresentador: Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Pesquisador do IPEA. Deslocamentos urbanos no Brasil: tendências recentes Fonte: Ipea

Leia mais

F 5 2 90 0 100 73.762.862 F 3 2 90 0 100 11.148.628 TOTAL - FISCAL 84.911.490 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 84.911.490

F 5 2 90 0 100 73.762.862 F 3 2 90 0 100 11.148.628 TOTAL - FISCAL 84.911.490 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 84.911.490 UNIDADE : 47101 - MINISTERIO DO PLANEJAMENTO, ORCAMENTO E GESTAO ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 0913 OPERACOES ESPECIAIS - PARTICIPACAO DO BRASIL EM

Leia mais

O acesso à água e saneamento como direito humano. O papel das entidades gestoras

O acesso à água e saneamento como direito humano. O papel das entidades gestoras O acesso à água e saneamento como direito humano O papel das entidades gestoras Álvaro Carvalho, David Alves Departamento de Estudos e Projetos da ERSAR ENEG 2013 Coimbra, 4 de dezembro de 2013 O acesso

Leia mais

Gestão Ambiental 21 de Outubro de 2010

Gestão Ambiental 21 de Outubro de 2010 Gestão Ambiental 21 de Outubro de 2010 Ponte NovaDutra ViaLagos RodoNorte AutoBAn ViaOeste RodoAnel Renovias SPVias ViaQuatro CCR Actua CCR Engelog CCR EngelogTec STP Controlar Sustentabilidade - oportunidade

Leia mais

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO PRIORIDADE DE INVESTIMENTO: INVESTIMENTO NA SAÚDE E NAS INFRAESTRUTURAS SOCIAIS QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO NACIONAL, REGIONAL E LOCAL, PARA A REDUÇÃO

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE ESTUDO CONCEITUAL. de implantação de Empreendimento Urbano em Itapoá

DIVULGAÇÃO DE ESTUDO CONCEITUAL. de implantação de Empreendimento Urbano em Itapoá DIVULGAÇÃO DE ESTUDO CONCEITUAL de implantação de Empreendimento Urbano em Itapoá 03.05.2013 ÁREA DO PROJETO TENDÊNCIA NATURAL DE OCUPAÇÃO O ESTUDO CONCEITUAL que será apresentado é resultado de uma CONJUNÇÃO

Leia mais

USUÁRIO DO FUTURO. Ivan Carlos Regina

USUÁRIO DO FUTURO. Ivan Carlos Regina 15ª Semana de Tecnologia Metroferroviária USUÁRIO DO FUTURO Ivan Carlos Regina 27 de Agosto de 2009 Século XIX Administração racional dos recursos de produção Século XX Necessidade da administração racional

Leia mais

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA Secretaria Nacional de Economia Solidária Ministério do Trabalho e Emprego Seu tamanho no Brasil 21.859 EES 1,7 Milhão de Pessoas 2.934 municípios (52%)

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA

ELABORAÇÃO DE PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA PROGRAMA MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA ELABORAÇÃO DE PLANO MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA PREFEITURA DE CAÇAPAVA DO SUL-RS JULHO DE 2013 Pág. 1 : 5 SRCRETARIA DE MUNICÍPIO DO PLANEJAMENTO E MEIO AMBIENTE

Leia mais

SÃO PAULO TRANSPORTE S.A.

SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. Transporte Público: Origens, Evolução e Benefícios Sociais do Bilhete Único 05/04/2005 Antecedentes Bilhetagem Automática 1974: Metrô de São Paulo bilhete magnético Edmonson Seguem-se:

Leia mais

Mobilidade Sustentável. Introdução à temática da Eco-Condução

Mobilidade Sustentável. Introdução à temática da Eco-Condução Mobilidade Sustentável Introdução à temática da Eco-Condução 1 Conceito de Mobilidade Sustentável Definição sumária: é a capacidade de dar resposta às necessidades da sociedade em deslocar-se livremente,

Leia mais

ANEXO III REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO

ANEXO III REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO ANEXO III REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO PLANOS ESTRATÉGICOS DE DESENVOLVIMENTO URBANO AVISO DE CONCURSO Nº ALT20 06 2016 18 ALT20 16 2016 19 ALT20 43 2016 20 DOMÍNIO DA SUSTENTABILIDADE E EFICIÊNCIA

Leia mais

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB O QUE É O Plano Diretor de Transporte e da Mobilidade é um instrumento da política de desenvolvimento urbano, integrado ao Plano Diretor do município,

Leia mais

Medidas de Apoio ao Uso da Bicicleta

Medidas de Apoio ao Uso da Bicicleta Estoril, 5 a 7 de Abril 2006 Medidas de Apoio ao Uso da Bicicleta Ana Bastos Silva, Dep. Engª Civil da FCTUC da Universidade de Coimbra João Pedro Silva, Dep. Engª Civil da ESTG, Instituto Politécnico

Leia mais

Os Transportes: privatização, financiamento e sustentabilidade

Os Transportes: privatização, financiamento e sustentabilidade Os Transportes: privatização, financiamento e sustentabilidade Seminário organizado pela Câmara de Comércio Luso-Belga-Luxemburguesa Modernização dos Sistemas de Transportes: Desafios de Futuro Rosário

Leia mais

Apresentação Transversal - MPT

Apresentação Transversal - MPT Apresentação Transversal - MPT Acessibilidade de peões/ ciclistas e espaço público Predominância do TI; As deslocações pedonais no território algarvio nem sempre têm posição de destaque; Quota modal das

Leia mais

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS DEZEMBRO 2013 DENSIDADE DE EMPREGOS ÁREA CENTRAL Plano Diretor 2013 Referências Trata da política de transporte e mobilidade urbana integrada com

Leia mais

Comunidades Planejadas e Propostas em Mobilidade Urbana X A Política de Desenvolvimento Urbano

Comunidades Planejadas e Propostas em Mobilidade Urbana X A Política de Desenvolvimento Urbano Comunidades Planejadas e Propostas em Mobilidade Urbana X A Política de Desenvolvimento Urbano Brasília, 07 de maio de 2015 Roteiro 1. A Política Nacional de Desenvolvimento Urbano 2. Avanços institucionais

Leia mais

Atropelamentos no concelho do Seixal Que factores urbanísticos os influenciam?

Atropelamentos no concelho do Seixal Que factores urbanísticos os influenciam? Atropelamentos no concelho do Seixal Que factores urbanísticos os influenciam? Hugo Leandro Instituto de Geografia e Ordenamento do Território UL CEG-IGOT Plano da apresentação 1. Metodologia 2. Saúde

Leia mais

Conselho Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT)

Conselho Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT) A, que aconteceu nos dias 9 e 10 de julho nas dependências da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), encerrou sua primeira edição com a participação de 180 participantes, representando 79 grupos,

Leia mais

Carta do Rio de Janeiro. Políticas Públicas Culturais para Inclusão de Pessoas com Deficiência

Carta do Rio de Janeiro. Políticas Públicas Culturais para Inclusão de Pessoas com Deficiência Carta do Rio de Janeiro Políticas Públicas Culturais para Inclusão de Pessoas com Deficiência "Sob o olhar do outro estamos expostos à idéia de que o reconhecimento é baseado na diferença e semelhança.

Leia mais

DTEA - Transportes, Energia e Ambiente Grupo de Investigação em Energia e Desenvolvimento Sustentável Instituto Superior Técnico

DTEA - Transportes, Energia e Ambiente Grupo de Investigação em Energia e Desenvolvimento Sustentável Instituto Superior Técnico DTEA - Transportes, Energia e Ambiente Grupo de Investigação em Energia e Desenvolvimento Sustentável Instituto Superior Técnico Projecto Mobilidade Sustentável Tiago Farias 20 de Junho de 2007 DTEA Transportes,

Leia mais

NOTA TÉCNICA. Tarifação e financiamento do transporte público urbano. Evento: Apresentador: Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Pesquisador do IPEA.

NOTA TÉCNICA. Tarifação e financiamento do transporte público urbano. Evento: Apresentador: Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Pesquisador do IPEA. Guarulhos, 08/08/2013 NOTA TÉCNICA Tarifação e financiamento do transporte público urbano Apresentador: Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho Pesquisador do IPEA. Evento: Sumário Introdução Evolução do preço

Leia mais

Sistema de Informações da Mobilidade Urbana. Relatório Geral 2014

Sistema de Informações da Mobilidade Urbana. Relatório Geral 2014 Sistema de Informações da Mobilidade Urbana Relatório Geral 2014 Julho/2016 Relatório Geral 2014 1 Sumário executivo... 3 2 Mobilidade... 26 2.1 Valores para Brasil (municípios acima de 60 mil habitantes)...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Mestrado em Planejamento e Gestão do Território

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Mestrado em Planejamento e Gestão do Território UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Mestrado em Planejamento e Gestão do Território Título: Análise da intervenção do Estado nas dinâmicas de mobilidade urbana: a aplicação do instrumento do Pólo Gerador de Tráfego

Leia mais

LEI Nº /2013 CAPÍTULO I DO PLANEJAMENTO GOVERNAMENTAL E DO PLANO PLURIANUAL

LEI Nº /2013 CAPÍTULO I DO PLANEJAMENTO GOVERNAMENTAL E DO PLANO PLURIANUAL LEI Nº. 1.282/2013 Ementa: Institui o Plano Plurianual do Município de Ouricuri para o período de 2014 a 2017. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE OURICURI/PE, no uso de suas atribuições legais, faz saber que A

Leia mais

R. C. Magagnin, C. C. R. Ribeiro e I. B. Pires RESUMO

R. C. Magagnin, C. C. R. Ribeiro e I. B. Pires RESUMO AS DIFERENTES PERCEPÇÕES SOBRE OS PROBLEMAS DE MOBILIDADE URBANA EM UMA CIDADE BRASILEIRA DE MÉDIO PORTE: A VISÃO DOS ESPECIALISTAS E DA POPULAÇÃO DE JUNDIAÍ (SP BRASIL) R. C. Magagnin, C. C. R. Ribeiro

Leia mais

Diretrizes da Mobilidade a Pé PlanMob- SP. Frente de Debates Temá/cos para a construção do Plan Mob SP 11 de abril de 2015

Diretrizes da Mobilidade a Pé PlanMob- SP. Frente de Debates Temá/cos para a construção do Plan Mob SP 11 de abril de 2015 Diretrizes da Mobilidade a Pé PlanMob- SP Frente de Debates Temá/cos para a construção do Plan Mob SP 11 de abril de 2015 Obje/vo Construir e fortalecer juntos as diretrizes ESSENCIAIS para garan/r o

Leia mais

Mobilidade Sustentável para um Brasil Competitivo. Otávio Vieira Cunha Filho Brasília, 28 de Agosto de 2013

Mobilidade Sustentável para um Brasil Competitivo. Otávio Vieira Cunha Filho Brasília, 28 de Agosto de 2013 Mobilidade Sustentável para um Brasil Competitivo Otávio Vieira Cunha Filho Brasília, 28 de Agosto de 2013 Estrutura da Apresentação 1. Contexto 1.1. Situação atual da Mobilidade Urbana; 1.2. Manifestações:

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 44/09

PROJETO DE LEI N.º 44/09 PROJETO DE LEI N.º 44/09 Dispõe sobre a Política Municipal de Esporte e Lazer de Santa Bárbara d Oeste". A Câmara Municipal Santa Bárbara d Oeste decreta: CAPÍTULO I Da Finalidade Art. 1º. - A Política

Leia mais

Sistema de Informações da Mobilidade Urbana. Relatório Geral 2013

Sistema de Informações da Mobilidade Urbana. Relatório Geral 2013 Sistema de Informações da Mobilidade Urbana Relatório Geral 2013 Junho/2015 Relatório Geral 2013 1 Sumário executivo... 3 2 Mobilidade... 26 2.1 Valores para Brasil (municípios acima de 60 mil habitantes)...

Leia mais