CLIPPING EVENTO DO DIA 25/06 SOBRE VAZAMENTO DE ÓLEO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CLIPPING EVENTO DO DIA 25/06 SOBRE VAZAMENTO DE ÓLEO"

Transcrição

1 CLIPPING EVENTO DO DIA 25/06 SOBRE VAZAMENTO DE ÓLEO

2 23 de junho de 2012 CÂMARA DE COMÉRCIO AMERICANA VAI DEBATER ASPECTOS TÉCNICOS E LEGAIS DE ACIDENTES COM VAZAMENTO DE ÓLEO A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) vai realizar o seminário Acidentes com Vazamentos de Óleo Aspectos Técnicos e Legais, no dia 25 de junho, de 8h45 às 12h, em sua sede, na Candelária, no Centro do Rio de Janeiro. A intenção do seminário é discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo, explicar qual é o raio de atuação das autoridades competentes, além de ensinar sobre o futuro Plano Nacional de Contingência (PNC) e sobre as medidas previstas em casos de vazamento de óleo no mar. O curso será ministrado pelo Coordenador Geral de Petróleo e Gás do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Cristiano Vilardo, e será dividido em dois painéis, um técnico e outro jurídico. As inscrições podem ser feitas no site da própria Amcham.

3 23 de junho de 2012 Acidentes com vazamento de óleo na pauta da Amcham Rio Câmara de Comércio Americana promove seminário com participação do Ibama Rio de Janeiro (RJ) - A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) realiza o seminário Acidentes com Vazamento de Óleo Aspectos Técnicos e Legais nesta segunda-feira (25), a partir das 8h30. O evento contará com a palestra do coordenador geral de Petróleo e Gás do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Cristiano Vilardo. O objetivo do seminário é discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo e debater qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC) e as medidas previstas em casos de vazamento de óleo no mar.

4 23 de junho de 2012 CÂMARA DE COMÉRCIO AMERICANA VAI DEBATER ASPECTOS TÉCNICOS E LEGAIS DE ACIDENTES COM VAZAMENTO DE ÓLEO A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) vai realizar o seminário Acidentes com Vazamentos de Óleo Aspectos Técnicos e Legais, no dia 25 de junho, de 8h45 às 12h, em sua sede, na Candelária, no Centro do Rio de Janeiro. A intenção do seminário é discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo, explicar qual é o raio de atuação das autoridades competentes, além de ensinar sobre o futuro Plano Nacional de Contingência (PNC) e sobre as medidas previstas em casos de vazamento de óleo no mar. O curso será ministrado pelo Coordenador Geral de Petróleo e Gás do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Cristiano Vilardo, e será dividido em dois painéis, um técnico e outro jurídico. As inscrições podem ser feitas no site da própria Amcham.

5 23 de junho de 2012 Acidentes com Vazamento de Óleo Aspectos Técnicos e Legais pela Amcham Rio A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) convida para a cobertura do seminário Acidentes com Vazamento de Óleo Aspectos Técnicos e Legais. O evento contará com a palestra do coordenador geral de Petróleo e Gás do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Cristiano Vilardo. O objetivo do seminário é discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo e debater qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC) e as medidas previstas em casos de vazamento de óleo no mar.

6 23 de junho de Acidentes com Vazamento de Óleo - Aspectos Técnicos e Legais A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) convida para a cobertura do seminário Acidentes com Vazamento de Óleo Aspectos Técnicos e Legais. O evento contará com a palestra do Coordenador Geral de Petróleo e Gás do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Cristiano Vilardo. O objetivo do seminário é discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo e debater qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC) e as medidas previstas em casos de vazamento de óleo no mar. SERVIÇO DATA: 25/06 (segunda-feira) Horário: 8h45 às 12h Local: Amcham Rio Endereço: Praça Pio X, 15 Candelária Centro Rio de Janeiro

7 25 de junho de 2012 PILULAS ENERGÉTICAS São Paulo, 25/06/ Em debate hoje no Rio, a questão dos vazamentos de óleo no mar e a responsabilidade legal em casos destes acidentes. No debate vai se analisar qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC) e as medidas previstas em casos de vazamento de óleo no mar. Na Amcham Rio, Praça Pio X, 15 Candelária Centro Rio de Janeiro.

8 25 de junho de 2012 Matérias / Meio Ambiente Seminário no Rio discute o PNC e aspectos jurídicos sobre vazamentos de óleo O evento reuniu técnicos do IBAMA, do IBP e juristas 25/06/2012 Rio de Janeiro (RJ) - Ainda sem previsão para a sua entrada em vigor, o Plano Nacional de Contingência pode ser um dos pilares para a seguranç das operações em offshore. Em palestra proferida no prédio da Câmara de Comércio Americana, no Rio de Janeiro, o coordenador de Atendimento a Emergência Ambientais do Ibama, Marcelo de Amorim, disse que o PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos Ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar. Ele participou do Seminário Acidentes com Vazamento de Óleo, organizado pela Amcham Rio e que contou, ainda com a presença do coordenador geral de Petróleo e Gás do Ibama, Cristiano Vilardo, do gerente de Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Carlos Henrique Mendes, além de juristas e operadores do mercado de óleo e gás no Brasil. Fazendo um recorte histórico, o gerente do IBP ressaltou que mais da metade dos vazamentos no mar ocorrem durante a atividade de perfuração e que, apesar de acidentes recentes, desde a década de 70 do século passado o número de incidentes vem diminuindo de forma significativa, sobretudo no Brasil, país que, segundo ele, o volume de casos desse tipo é 18 vezes menor do que a média mundial. Os aspectos jurídicos envolvendo os acidentes também foram objeto de análise por parte dos palestrantes convidados. Vilardo destacou que o Brasil vive uma fase de boas perspectivas como os sistemas integrados de detecção e monitoramente de óleo no mar e os sistemas de contenção submarina de óleo. Acidentes como o que ocorreu no Golfo do México reavivou a percepção de risco e proporcionou evoluções no controle das operações. Já o advogado e professor da PUC Rio e da Fundação Getúlio Vargas, Oscar Graça Couto, apontou alguns avanços ocorridos recentemente nos tribunais. Hoje questões de danos ambientais são

9 profundamente observadas. Os juízes, por exemplo, reconhecem que reparações por parte das empresas devem incidir mesmo que a quantidade vazada tenha sido pequena e ocorrido em áreas já poluídas. Além disso, cabe à companhia provar se houve ou não prejuízos ao meio ambiente. A assessora Jurídica da Diretoria de Portos e Costas da Marinha do Brasil, Amanda Dobbin, destacou o cuidado que os agentes devem ter antes que divulgarem os acidentes, uma vez que eles devem estar sujeitos a análises precisas sobre o ocorrido. A Marinha apura minuciosamente o ocorrido antes de tornar o caso público. Isso evita distorções. Da mesma forma, para se chegar às sanções, a instituição observa vários fatores, como a substância derramada e sua quantidade e o ambiente em que aconteceu o acidente, declarou.

10 25 de junho de 2012 Plano Nacional de Contingência contra vazamento de petróleo é debatido em evento promovido pela Amch Seminário também abordou outros aspectos técnicos e legais sobre acidentes com vazamento de óleos A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) promoveu o seminário Acidentes com Vazamento de Óleo no Centro da capital fluminense. O encontro teve como objetivo discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo e debater qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC). O Plano Nacional de Contingência, que prevê as medidas a serem tomadas pelo governo diante de grandes vazamentos de petróleo no mar, já está finalizado, porém ainda não entrou em vigor. O que funciona hoje é só o Plano de Emergência Individual de cada unidade de exploração, que a empresa tem de seguir em casos de vazamentos menores, como os mais recentes ocorridos com a Petrobras. Durante o evento, o Coordenador de Atendimento a Emergências Ambientais do IBAMA, Marcelo de Amorim, declarou que não há uma data estabelecida para o Plano ser publicado e assim entrar em vigor. O PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos Ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar. Vale salientar, porém, que apesar da importância do texto e da necessidade da publicação, no Brasil desde 1998 não ocorreu nenhum acidente sobre o qual o PNC incidiria. Todos foram contornados pelos esforços das próprias empresas envolvidas. O Gerente de Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Carlos Henrique Mendes, fez um breve histórico de acidentes com vazamento de óleo no mundo e no Brasil e apresentou dados. Mais da metade de vazamentos no mar ocorrem durante a atividade de perfuração. Apesar de acidentes recentes, desde a década de 70 do século passado o número de incidentes vem diminuindo de forma significativa, sobretudo no Brasil, país onde o volume de casos desse tipo é 18 vezes menor do que a média mundial, salientou o Coordenador do IBP.

11 Na segunda parte do seminário promovido pela Amcham Rio foram discutidos aspectos legais dos acidentes com vazamento de óleo. O Coordenador Geral de Petróleo e Gás do IBAMA, Cristiano Vilardo, destacou que o Brasil vive uma fase de boas perspectivas como os sistemas integrados de detecção e monitoramente de óleo no mar e os sistemas de contenção submarina de óleo. Acidentes como o que ocorreu no Golfo do México reavivou a percepção de risco e proporcionou evoluções no controle das operações. Já o advogado e professor da PUC Rio e da Fundação Getúlio Vargas, Oscar Graça Couto, apontou alguns avanços ocorridos recentemente nos tribunais. Hoje questões de danos ambientais são profundamente observadas. Os juízes, por exemplo, reconhecem que reparações por parte das empresas devem incidir mesmo que a quantidade vazada tenha sido pequena e ocorrido em áreas já poluídas. Além disso, cabe à companhia provar se houve ou não prejuízos ao meio ambiente. Por fim, Amanda Dobbin, da Assessoria Jurídica da Diretoria de Portos e Costas da Marinha do Brasil, destacou que análises precisas sobre incidentes envolvendo vazamento de óleo devem preceder qualquer publicidade ao caso. A Marinha apura minuciosamente o ocorrido antes de tornar o caso público. Isso evita distorções. Da mesma forma, para se chegar às sanções, a instituição observa vários fatores, como a substância derramada e sua quantidade e o ambiente em que aconteceu o acidente, declarou a Primeiro- Tenente.

12 25 de junho de 2012 Ibama propõe debate público sobre controle de vazamentos de óleo 25/06/12 - O uso de dispersantes químicos, como forma de controlar os vazamentos de petróleo, ainda precisa passar por um debate público no Brasil, afirmou nesta segunda-feira o coordenador geral de petróleo e gás do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Cristiano Vilardo. "É um tema que não é simples, mas está em pauta. Precisamos discutir mais a implantação desse sistema", disse Vilardo, que participou do seminário Acidentes com Vazamento de Óleo - Aspectos Técnicos e Legais, organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham). Durante apresentação, Vilardo disse que no Brasil as perspectivas sobre o tema são de "convergência" de opiniões entre o governo e as empresas quanto aos métodos e procedimentos de segurança. Ele também afirmou que nos próximos anos estão previstos avanços tecnológicos, pois o Brasil ainda tem "espaços para crescer" nesse quesito. Vilardo acrescentou que o governo e as empresas petrolíferas trabalham conjuntamente para desenvolver um sistema que detecte vazamento de óleo em alto mar. "Detectar vazamento de óleo em alto mar é uma dificuldade clássica e afeta a eficiência de todo o processo de contenção e recolhimento pra identificar a espessura da mancha e para onde ela está indo", disse ele, que defendeu ainda a adoção de soluções regionais em caso de vazamento de óleo, como o compartilhamento de recursos no caso de acidentes de grande porte entre os Estados.

13 25 de junho de 2012 Ibama: controle de vazamentos deve ter debate público Fonte: Redação/ Agência Durante participação no seminário "Acidentes com Vazamento de Óleo - Aspectos Técnicos e Legais", organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham), o coordenador geral de petróleo e gás do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Cristiano Vilardo, afirmou que o uso de dispersantes químicos, como forma de controlar os vazamentos de petróleo, ainda precisa passar por um debate público no país. É um tema que não é simples, mas está em pauta. Precisamos discutir mais a implantação desse sistema, disse Vilardo. Para o coordenador, as perspectivas sobre o tema são de convergência de opiniões entre o governo brasileiro e as empresas quanto aos métodos e procedimentos de segurança. Nos próximos anos, ainda segundo Vilardo, estão previstos avanços tecnológicos, pois o Brasil ainda tem espaços para crescer nesse quesito. Vilardo esclareceu ainda que governo e empresas petrolíferas trabalham conjuntamente para desenvolver um sistema que detecte vazamento de óleo em alto mar. Detectar vazamento de óleo em alto mar é uma dificuldade clássica e afeta a eficiência de todo o processo de contenção e recolhimento pra identificar a espessura da mancha e para onde ela está indo. Vilardo também defendeu a adoção de soluções regionais em caso de vazamento de óleo, como o compartilhamento de recursos, no caso de acidentes de grande porte, entre os estados. O Plano Nacional de Contingência (PNC), que prevê as medidas a serem tomadas pelo governo diante de grandes vazamentos de petróleo no mar, já está finalizado, porém ainda não entrou em vigor. O que funciona hoje é só o Plano de Emergência Individual de cada unidade de exploração, que a empresa tem de seguir em casos de vazamentos menores, como os mais recentes ocorridos com a Petrobras. Durante o evento, o Coordenador de Atendimento a Emergências Ambientais do Ibama, Marcelo de Amorim, declarou que não há uma data estabelecida para o plano ser publicado e assim entrar em vigor.

14 O PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar. Vale salientar, porém, que apesar da importância do texto e da necessidade da publicação, no Brasil desde 1998 não ocorreu nenhum acidente sobre o qual o PNC incidiria. Todos foram contornados pelos esforços das próprias empresas envolvidas.

15 25 de junho de 2012 Ibama propõe debate público sobre controle de vazamentos de óleo Por Diogo Martins Valor RIO - O uso de dispersantes químicos, como forma de controlar os vazamentos de petróleo, ainda precisa passar por um debate público no Brasil, afirmou nesta segunda-feira o coordenador geral de petróleo e gás do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Cristiano Vilardo. É um tema que não é simples, mas está em pauta. Precisamos discutir mais a implantação desse sistema, disse Vilardo, que participou do seminário Acidentes com Vazamento de Óleo Aspectos Técnicos e Legais, organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham). Durante apresentação, Vilardo disse que no Brasil as perspectivas sobre o tema são de convergência de opiniões entre o governo e as empresas quanto aos métodos e procedimentos de segurança. Ele também afirmou que nos próximos anos estão previstos avanços tecnológicos, pois o Brasil ainda tem espaços para crescer nesse quesito. Vilardo acrescentou que o governo e as empresas petrolíferas trabalham conjuntamente para desenvolver um sistema que detecte vazamento de óleo em alto mar. Detectar vazamento de óleo em alto mar é uma dificuldade clássica e afeta a eficiência de todo o processo de contenção e recolhimento pra identificar a espessura da mancha e para onde ela está indo, disse ele, que defendeu ainda a adoção de soluções regionais em caso de vazamento de óleo, como o compartilhamento de recursos no caso de acidentes de grande porte entre os Estados.

16 26 de junho de 2012 Plano de Contingência ainda no papel Segundo coordenador do Ibama, documento, que foi concluído em abril, ainda está em fase de aprovação por ministérios Por João Montenegro Concluído em abril, o Plano Nacional de Contingência (PNC) ainda não tem data para ser publicado, declarou ontem (25/6) o coordenador de Atendimento a Emergências Ambientais do Ibama, Marcelo de Amorim. O PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar, disse o dirigente. Amorim destacou, no entanto, que, desde 1998, quando a plataforma P-36 afundou, não houve nenhum acidente sobre o qual o PNC incidiria. Todos os acidentes ocorridos desde então foram contornados pelos esforços das próprias empresas envolvidas, assinalou. Nesses casos, as ações adotadas são aquelas previstas pelos Planos de Emergência Individual, os quais são pré-requisitos para que as petroleiras possam operar em campos offshore. Já o gerente de Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Carlos Henrique Mendes, lembrou que, desde a década de 70, o número de incidentes vem diminuindo de forma significativa no mundo, sobretudo no Brasil, onde o volume de casos desse tipo é 18 vezes menor do que a média mundial. Marcelo de Amorim e Carlos Henrique participaram ontem do seminário Acidentes com Vazamento de Óleo, organizado pela Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio), no Rio de Janeiro.

17 26 de junho de 2012 Plano Nacional de Contingência contra vazamento de petróleo é debatido na Amcham-Rio São Paulo, 26/06/ A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) promoveu o seminário Acidentes com Vazamento de Óleo no Centro da capital fluminense. O encontro teve como objetivo discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo e debater qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC) O Plano Nacional de Contingência, que prevê as medidas a serem tomadas pelo governo diante de grandes vazamentos de petróleo no mar, já está finalizado, porém ainda não entrou em vigor. O que funciona hoje é só o Plano de Emergência Individual de cada unidade de exploração, que a empresa tem de seguir em casos de vazamentos menores, como os mais recentes ocorridos com a Petrobras Durante o evento, o Coordenador de Atendimento a Emergências Ambientais do IBAMA, Marcelo de Amorim, declarou que não há uma data estabelecida para o Plano ser publicado e assim entrar em vigor. O PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos Ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar. Vale salientar, porém, que apesar da importância do texto e da necessidade da publicação, no Brasil desde 1998 não ocorreu nenhum acidente sobre o qual o PNC incidiria. Todos foram contornados pelos esforços das próprias empresas envolvidas. O Gerente de Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Carlos Henrique Mendes, fez um breve histórico de acidentes com vazamento de óleo no mundo e no Brasil e apresentou dados. Mais da metade de vazamentos no mar ocorrem durante a atividade de perfuração. Apesar de acidentes recentes, desde a década de 70 do século passado o número de incidentes vem diminuindo de forma significativa, sobretudo no Brasil, país onde o volume de casos desse tipo é 18 vezes menor do que a média mundial, salientou o Coordenador do IBP Na segunda parte do seminário promovido pela Amcham Rio foram discutidos aspectos legais dos acidentes com vazamento de óleo. O Coordenador Geral de Petróleo e Gás do IBAMA, Cristiano Vilardo, destacou que o Brasil vive uma fase de boas perspectivas como os sistemas integrados de detecção e monitoramente de óleo no mar e os sistemas de contenção submarina de óleo. Acidentes como o que ocorreu no Golfo do México reavivou a percepção de risco e proporcionou evoluções no controle das operações Já o advogado e professor da PUC Rio e da Fundação Getúlio Vargas, Oscar Graça Couto, apontou alguns avanços ocorridos recentemente nos tribunais. Hoje questões de danos ambientais são profundamente observadas. Os juízes, por exemplo, reconhecem que reparações por parte das empresas devem incidir mesmo que a quantidade vazada tenha sido pequena e ocorrido em áreas já poluídas. Além disso, cabe à companhia provar se houve ou não prejuízos ao meio ambiente Por fim, Amanda Dobbin, da Assessoria Jurídica da Diretoria de Portos e Costas da Marinha do Brasil, destacou que análises precisas sobre incidentes envolvendo vazamento de óleo devem preceder qualquer publicidade ao caso. A Marinha apura minuciosamente o ocorrido antes de tornar o caso público. Isso

18 evita distorções. Da mesma forma, para se chegar às sanções, a instituição observa vários fatores, como a substância derramada e sua quantidade e o ambiente em que aconteceu o acidente, declarou a Primeiro- Tenente.

19 26 de junho de 2012 Plano Nacional de Contingência contra vazamento de petróleo é debatido em evento O Plano Nacional de Contingência, que prevê as medidas a serem tomadas pelo governo diante de grandes vazamentos de petróleo no mar, já está finalizado, porém ainda não entrou em vigor. O que funciona hoje é só o Plano de Emergência Individual de cada unidade de exploração, que a empresa tem de seguir em casos de vazamentos menores, como os mais recentes ocorridos com a Petrobras. Durante o evento, o Coordenador de Atendimento a Emergências Ambientais do IBAMA, Marcelo de Amorim, declarou que não há uma data estabelecida para o Plano ser publicado e assim entrar em vigor. O PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos Ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar. Vale salientar, porém, que apesar da importância do texto e da necessidade da publicação, no Brasil desde 1998 não ocorreu nenhum acidente sobre o qual o PNC incidiria. Todos foram contornados pelos esforços das próprias empresas envolvidas. O Gerente de Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Carlos Henrique Mendes, fez um breve histórico de acidentes com vazamento de óleo no mundo e no Brasil e apresentou dados. Mais da metade de vazamentos no mar ocorrem durante a atividade de perfuração. Apesar de acidentes recentes, desde a década de 70 do século passado o número de incidentes vem diminuindo de forma significativa, sobretudo no Brasil, país onde o volume de casos desse tipo é 18 vezes menor do que a média mundial, salientou o Coordenador do IBP. Na segunda parte do seminário promovido pela Amcham Rio foram discutidos aspectos legais dos acidentes com vazamento de óleo. O Coordenador Geral de Petróleo e Gás do IBAMA, Cristiano Vilardo, destacou que o Brasil vive uma fase de boas perspectivas como os sistemas integrados de detecção e monitoramente de óleo no mar e os sistemas de contenção submarina de óleo. Acidentes como o que ocorreu no Golfo do México reavivou a percepção de risco e proporcionou evoluções no controle das operações. Já o advogado e professor da PUC Rio e da Fundação Getúlio Vargas, Oscar Graça Couto, apontou alguns avanços ocorridos recentemente nos tribunais. Hoje questões de danos ambientais são profundamente observadas. Os juízes, por exemplo, reconhecem que reparações por parte das empresas devem incidir mesmo que a quantidade vazada tenha sido pequena e ocorrido em áreas já poluídas. Além disso, cabe à companhia provar se houve ou não prejuízos ao meio ambiente. Por fim, Amanda Dobbin, da Assessoria Jurídica da Diretoria de Portos e Costas da Marinha do Brasil, destacou que análises precisas sobre incidentes

20 envolvendo vazamento de óleo devem preceder qualquer publicidade ao caso. A Marinha apura minuciosamente o ocorrido antes de tornar o caso público. Isso evita distorções. Da mesma forma, para se chegar às sanções, a instituição observa vários fatores, como a substância derramada e sua quantidade e o ambiente em que aconteceu o acidente, declarou a Primeiro- Tenente.

21 26 de junho de 2012 Plano Nacional de Contingência contra vazamento de petróleo é debatido em evento promovido pela Amcham Rio Seminário também abordou outros aspectos técnicos e legais sobre acidentes com vazamento de óleos A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) promoveu o seminário Acidentes com Vazamento de Óleo no Centro da capital fluminense. O encontro teve como objetivo discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo e debater qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC). O Plano Nacional de Contingência, que prevê as medidas a serem tomadas pelo governo diante de grandes vazamentos de petróleo no mar, já está finalizado, porém ainda não entrou em vigor. O que funciona hoje é só o Plano de Emergência Individual de cada unidade de exploração, que a empresa tem de seguir em casos de vazamentos menores, como os mais recentes ocorridos com a Petrobras. Durante o evento, o Coordenador de Atendimento a Emergências Ambientais do IBAMA, Marcelo de Amorim, declarou que não há uma data estabelecida para o Plano ser publicado e assim entrar em vigor. O PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos Ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar. Vale salientar, porém, que apesar da importância do texto e da necessidade da publicação, no Brasil desde 1998 não ocorreu nenhum acidente sobre o qual o PNC incidiria. Todos foram contornados pelos esforços das próprias empresas envolvidas. O Gerente de Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Carlos Henrique Mendes, fez um breve histórico de acidentes com vazamento de óleo no mundo e no Brasil e apresentou dados. Mais da metade de vazamentos no mar ocorrem durante a atividade de perfuração. Apesar de acidentes recentes, desde a década de 70 do século passado o número de incidentes vem diminuindo de forma significativa, sobretudo no Brasil, país onde o volume de casos desse tipo é 18 vezes menor do que a média mundial, salientou o Coordenador do IBP. Na segunda parte do seminário promovido pela Amcham Rio foram discutidos aspectos legais dos acidentes com vazamento de óleo. O Coordenador Geral de Petróleo e Gás do IBAMA, Cristiano Vilardo, destacou que o Brasil vive uma fase de boas perspectivas como os sistemas integrados de detecção e monitoramente de óleo no mar e os sistemas de contenção submarina de óleo. Acidentes como o que ocorreu no Golfo do México reavivou a percepção de risco e proporcionou evoluções no controle das operações.

22 Já o advogado e professor da PUC Rio e da Fundação Getúlio Vargas, Oscar Graça Couto, apontou alguns avanços ocorridos recentemente nos tribunais. Hoje questões de danos ambientais são profundamente observadas. Os juízes, por exemplo, reconhecem que reparações por parte das empresas devem incidir mesmo que a quantidade vazada tenha sido pequena e ocorrido em áreas já poluídas. Além disso, cabe à companhia provar se houve ou não prejuízos ao meio ambiente. Por fim, Amanda Dobbin, da Assessoria Jurídica da Diretoria de Portos e Costas da Marinha do Brasil, destacou que análises precisas sobre incidentes envolvendo vazamento de óleo devem preceder qualquer publicidade ao caso. A Marinha apura minuciosamente o ocorrido antes de tornar o caso público. Isso evita distorções. Da mesma forma, para se chegar às sanções, a instituição observa vários fatores, como a substância derramada e sua quantidade e o ambiente em que aconteceu o acidente, declarou a Primeiro-Tenente. Sobre a Amcham-Rio: A Câmara de Comércio Americana é uma das mais antigas entidades empresariais do país. Fundada em 1916, a Amcham-Rio é uma instituição sem fins lucrativos afiliada à U.S. Chamber of Commerce, e foi a primeira Câmara Americana da América Latina. Além do compromisso com o desenvolvimento do Brasil e com a melhoria constante de suas relações com os Estados Unidos, a Amcham tem trabalhado intensamente contra as barreiras ao livre comércio e a proteção de marcas e patentes.

23 27 de junho de 2012 Plano Nacional de Contingência contra vazamento de petróleo é debatido em evento promovido pela Amcham Rio Seminário também abordou outros aspectos técnicos e legais sobre acidentes com vazamento de óleos. A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) promoveu o seminário Acidentes com Vazamento de Óleo no Centro da capital fluminense. O encontro teve como objetivo discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo e debater qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC). O Plano Nacional de Contingência, que prevê as medidas a serem tomadas pelo governo diante de grandes vazamentos de petróleo no mar, já está finalizado, porém ainda não entrou em vigor. O que funciona hoje é só o Plano de Emergência Individual de cada unidade de exploração, que a empresa tem de seguir em casos de vazamentos menores, como os mais recentes ocorridos com a Petrobras. Durante o evento, o Coordenador de Atendimento a Emergências Ambientais do IBAMA, Marcelo de Amorim, declarou que não há uma data estabelecida para o Plano ser publicado e assim entrar em vigor. O PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos Ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar. Vale salientar, porém, que apesar da importância do texto e da necessidade da publicação, no Brasil desde 1998 não ocorreu nenhum acidente sobre o qual o PNC incidiria. Todos foram contornados pelos esforços das próprias empresas envolvidas. O Gerente de Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Carlos Henrique Mendes, fez um breve histórico de acidentes com vazamento de óleo no mundo e no Brasil e apresentou dados. Mais da metade de vazamentos no mar ocorrem durante a atividade de perfuração. Apesar de acidentes recentes, desde a década de 70 do século passado o número de incidentes vem diminuindo de forma significativa, sobretudo no Brasil, país onde o volume de casos desse tipo é 18 vezes menor do que a média mundial, salientou o Coordenador do IBP.

24 Na segunda parte do seminário promovido pela Amcham Rio foram discutidos aspectos legais dos acidentes com vazamento de óleo. O Coordenador Geral de Petróleo e Gás do IBAMA, Cristiano Vilardo, destacou que o Brasil vive uma fase de boas perspectivas como os sistemas integrados de detecção e monitoramente de óleo no mar e os sistemas de contenção submarina de óleo. Acidentes como o que ocorreu no Golfo do México reavivou a percepção de risco e proporcionou evoluções no controle das operações. Já o advogado e professor da PUC Rio e da Fundação Getúlio Vargas, Oscar Graça Couto, apontou alguns avanços ocorridos recentemente nos tribunais. Hoje questões de danos ambientais são profundamente observadas. Os juízes, por exemplo, reconhecem que reparações por parte das empresas devem incidir mesmo que a quantidade vazada tenha sido pequena e ocorrido em áreas já poluídas. Além disso, cabe à companhia provar se houve ou não prejuízos ao meio ambiente.

25 27 de junho de 2012 Plano Nacional de Contingência contra vazamento de petróleo é debatido em evento promovido pela Amcham Rio A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) promoveu o seminário Acidentes com Vazamento de Óleo no Centro da capital fluminense. O encontro teve como objetivo discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo e debater qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC). O Plano Nacional de Contingência, que prevê as medidas a serem tomadas pelo governo diante de grandes vazamentos de petróleo no mar, já está finalizado, porém ainda não entrou em vigor. O que funciona hoje é só o Plano de Emergência Individual de cada unidade de exploração, que a empresa tem de seguir em casos de vazamentos menores, como os mais recentes ocorridos com a Petrobras. Durante o evento, o Coordenador de Atendimento a Emergências Ambientais do IBAMA, Marcelo de Amorim, declarou que não há uma data estabelecida para o Plano ser publicado e assim entrar em vigor. O PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos Ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar. Vale salientar, porém, que apesar da importância do texto e da necessidade da publicação, no Brasil desde 1998 não ocorreu nenhum acidente sobre o qual o PNC incidiria. Todos foram contornados pelos esforços das próprias empresas envolvidas. O Gerente de Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Carlos Henrique Mendes, fez um breve histórico de acidentes com vazamento de óleo no mundo e no Brasil e apresentou dados. Mais da metade de vazamentos no mar ocorrem durante a atividade de perfuração. Apesar de acidentes recentes, desde a década de 70 do século passado o número de incidentes vem diminuindo de forma significativa, sobretudo no Brasil, país onde o volume de casos desse tipo é 18 vezes menor do que a média mundial, salientou o Coordenador do IBP.

26 Na segunda parte do seminário promovido pela Amcham Rio foram discutidos aspectos legais dos acidentes com vazamento de óleo. O Coordenador Geral de Petróleo e Gás do IBAMA, Cristiano Vilardo, destacou que o Brasil vive uma fase de boas perspectivas como os sistemas integrados de detecção e monitoramente de óleo no mar e os sistemas de contenção submarina de óleo. Acidentes como o que ocorreu no Golfo do México reavivou a percepção de risco e proporcionou evoluções no controle das operações. Já o advogado e professor da PUC Rio e da Fundação Getúlio Vargas, Oscar Graça Couto, apontou alguns avanços ocorridos recentemente nos tribunais. Hoje questões de danos ambientais são profundamente observadas. Os juízes, por exemplo, reconhecem que reparações por parte das empresas devem incidir mesmo que a quantidade vazada tenha sido pequena e ocorrido em áreas já poluídas. Além disso, cabe à companhia provar se houve ou não prejuízos ao meio ambiente. Por fim, Amanda Dobbin, da Assessoria Jurídica da Diretoria de Portos e Costas da Marinha do Brasil, destacou que análises precisas sobre incidentes envolvendo vazamento de óleo devem preceder qualquer publicidade ao caso. A Marinha apura minuciosamente o ocorrido antes de tornar o caso público. Isso evita distorções. Da mesma forma, para se chegar às sanções, a instituição observa vários fatores, como a substância derramada e sua quantidade e o ambiente em que aconteceu o acidente, declarou a Primeiro-Tenente.

27 27 de junho de 2012 Plano Nacional de Contingência contra vazamento de petróleo é debatido em evento promovido pela Amcham Rio A Câmara de Comércio Americana (Amcham Rio) promoveu o seminário Acidentes com Vazamento de Óleo no Centro da capital fluminense. O encontro teve como objetivo discutir a responsabilidade legal em casos de acidentes com vazamento de óleo e debater qual é o raio de atuação das autoridades competentes. Também em pauta o futuro do Plano Nacional de Contingência (PNC). O Plano Nacional de Contingência, que prevê as medidas a serem tomadas pelo governo diante de grandes vazamentos de petróleo no mar, já está finalizado, porém ainda não entrou em vigor. O que funciona hoje é só o Plano de Emergência Individual de cada unidade de exploração, que a empresa tem de seguir em casos de vazamentos menores, como os mais recentes ocorridos com a Petrobras. Durante o evento, o Coordenador de Atendimento a Emergências Ambientais do IBAMA, Marcelo de Amorim, declarou que não há uma data estabelecida para o Plano ser publicado e assim entrar em vigor. O PNC está em fase de recolhimento de assinaturas nos Ministérios devidos e a publicação pode ser breve ou demorar. Vale salientar, porém, que apesar da importância do texto e da necessidade da publicação, no Brasil desde 1998 não ocorreu nenhum acidente sobre o qual o PNC incidiria. Todos foram contornados pelos esforços das próprias empresas envolvidas. O Gerente de Meio Ambiente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Carlos Henrique Mendes, fez um breve histórico de acidentes com vazamento de óleo no mundo e no Brasil e apresentou dados. Mais da metade de vazamentos no mar ocorrem durante a atividade de perfuração. Apesar de acidentes recentes, desde a década de 70 do século

28 passado o número de incidentes vem diminuindo de forma significativa, sobretudo no Brasil, país onde o volume de casos desse tipo é 18 vezes menor do que a média mundial, salientou o Coordenador do IBP. Na segunda parte do seminário promovido pela Amcham Rio foram discutidos aspectos legais dos acidentes com vazamento de óleo. O Coordenador Geral de Petróleo e Gás do IBAMA, Cristiano Vilardo, destacou que o Brasil vive uma fase de boas perspectivas como os sistemas integrados de detecção e monitoramente de óleo no mar e os sistemas de contenção submarina de óleo. Acidentes como o que ocorreu no Golfo do México reavivou a percepção de risco e proporcionou evoluções no controle das operações. Já o advogado e professor da PUC Rio e da Fundação Getúlio Vargas, Oscar Graça Couto, apontou alguns avanços ocorridos recentemente nos tribunais. Hoje questões de danos ambientais são profundamente observadas. Os juízes, por exemplo, reconhecem que reparações por parte das empresas devem incidir mesmo que a quantidade vazada tenha sido pequena e ocorrido em áreas já poluídas. Além disso, cabe à companhia provar se houve ou não prejuízos ao meio ambiente.

CLIPPING. Prêmio Brasil Ambiental (9ª edição)

CLIPPING. Prêmio Brasil Ambiental (9ª edição) CLIPPING Prêmio Brasil Ambiental (9ª edição) Prêmio Brasil Ambiental abre inscrições para 9ª. Edição Paula Bezerra - Planeta Sustentável - 03/04/2013 Empresas interessadas em práticas de sustentabilidadee

Leia mais

CLIPPING EVENTO DO DIA 04/09 SOBRE MARKETING JURÍDICO

CLIPPING EVENTO DO DIA 04/09 SOBRE MARKETING JURÍDICO CLIPPING EVENTO DO DIA 04/09 SOBRE MARKETING JURÍDICO 03 de setembro de 2012 04 de setembro de 2012 Marketing Jurídico A Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro fará, nesta terça-feira, das 9h às

Leia mais

CLIPPING FINAL DAS INSCRIÇÕES DO PRÊMIO BRASIL AMBIENTAL

CLIPPING FINAL DAS INSCRIÇÕES DO PRÊMIO BRASIL AMBIENTAL CLIPPING FINAL DAS INSCRIÇÕES DO PRÊMIO BRASIL AMBIENTAL 29 de junho de 2012 Empresas têm até o dia 6 de julho para inscrever projetos na 8ª edição do Prêmio Brasil Ambiental da Amcham Rio Termina no próximo

Leia mais

CLIPPING. Curso sobre Análise Financeira em Óleo e Gás

CLIPPING. Curso sobre Análise Financeira em Óleo e Gás CLIPPING Curso sobre Análise Financeira em Óleo e Gás 17/02/2013 compartilhar Calendário Analise Financeira em Oleo e Gas 26.02 e 28.02 Amcham Rio De 26 a 28 de fevereiro de 2013-09h00 às 18h00 Câmara

Leia mais

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea.

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea. ÍNDICE Sumário Apoios Media Partners Dados Gerais Conferência Expositores Visitantes Campanha de Marketing Mídia Espontânea Imagens 2 Sumário O Evento A 7ª Edição da BRASIL OFFSHORE - Feira e Conferência

Leia mais

REQUERIMENTO nº, de de março 2013. (Do Sr. SARNEY FILHO)

REQUERIMENTO nº, de de março 2013. (Do Sr. SARNEY FILHO) REQUERIMENTO nº, de de março 2013 (Do Sr. SARNEY FILHO) Requerimento de Informação a Senhora Ministra do Meio Ambiente quanto 1) a conclusão da regulamentação do art. 8º da Lei 9.966/2000, que institui

Leia mais

A autossuficiência brasileira

A autossuficiência brasileira Fonte: Estadão Online 09/11/07, 18h25 Por Daniel Lima Transcrito por RH para o Site do GDPAPE Grupo em Defesa dos Participantes da Petros História: A Exploração do Petróleo no Brasil Das primeiras perfurações

Leia mais

CLIPPING EVENTO DO DIA 30/03 POSSE AMCHAM RIO

CLIPPING EVENTO DO DIA 30/03 POSSE AMCHAM RIO CLIPPING EVENTO DO DIA 30/03 POSSE AMCHAM RIO 29 de março de 2012 Executivo da SulAmérica fará parte da nova diretoria da Amcham Rio O diretor regional de Vendas da SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos,

Leia mais

Andrea Gallo Xavier Coordenadora do Grupo de Acompanhamento de Questões Ambientais da ANP

Andrea Gallo Xavier Coordenadora do Grupo de Acompanhamento de Questões Ambientais da ANP AÇÕES E PROJETOS DA ANP RELACIONADOS AO MEIO AMBIENTE NA ÁREA DE E&P Andrea Gallo Xavier Coordenadora do Grupo de Acompanhamento de Questões Ambientais da ANP ARCABOUÇO LEGAL Art. 8, inciso IX da Lei do

Leia mais

CLIPPING PRORROGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES PARA O PRÊMIO BRASIL AMBIENTAL

CLIPPING PRORROGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES PARA O PRÊMIO BRASIL AMBIENTAL CLIPPING PRORROGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES PARA O PRÊMIO BRASIL AMBIENTAL 03 de julho de 2012 Empresas têm até 6 de julho para inscrever projetos no prêmio da Amcham Rio Termina no próximo dia 6/7 (sexta-feira)

Leia mais

COM. 02 - PUBLICAÇÕES

COM. 02 - PUBLICAÇÕES 1 de 9 PUBLICAÇÕES MACROPROCESSO MARKETING E PROCESSO PUBLICAÇÕES - PUBLICAÇÕES 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 4.1 DEFINIÇÃO DO SERVIÇO E SUA

Leia mais

Atividades de Exploração e. Produção - E&P. Contingências

Atividades de Exploração e. Produção - E&P. Contingências Atividades de Exploração e Produção - E&P Contingências Maio/2012 Atividades de E&P Sísmica Produção Perfuração Sísmica Perfuração Plataforma fixa Sonda autoelevatória Sonda semisubmersíve l Navio Sonda

Leia mais

Apresentar casos reais de acidentes envolvendo o GLP com uma análise dos fatores desencadeantes dos eventos e das consequências.

Apresentar casos reais de acidentes envolvendo o GLP com uma análise dos fatores desencadeantes dos eventos e das consequências. Relatório do Evento: SEMINÁRIO SOBRE SEGURANÇA COM GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO DATA: 29 E 30 DE SETEMBRO DE 2011. LOCAL: AUDITÓRIO DO CLUBE MILITAR AV. RIO BRANCO, 251 7º ANDAR RIO DE JANEIRO/RJ HORÁRIO:

Leia mais

PROJETO OCEANOP INFORMAÇÕES METEOROLÓGICAS PARA REGIÃO OCEÂNICA DO BRASIL

PROJETO OCEANOP INFORMAÇÕES METEOROLÓGICAS PARA REGIÃO OCEÂNICA DO BRASIL PROJETO OCEANOP INFORMAÇÕES METEOROLÓGICAS PARA REGIÃO OCEÂNICA DO BRASIL Angelo Barcelos BARBARIOLI 1, César Henrique de Assis RIBEIRO 1 & Luiz Silva do COUTO 1 RESUMO O monitoramento permanente de parâmetros

Leia mais

Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público

Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público nº 345 novembro 2014 Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público Odebrecht 70 anos: histórico e perspectivas em Óleo e Gás Foz Saneatins passa a se chamar Odebrecht Ambiental Saneatins

Leia mais

Direito do Petróleo e Gás

Direito do Petróleo e Gás Workshop Direito do Petróleo e Gás Contexto As atividades de Exploração e Produção de petróleo são relevantes para o desenvolvimento de qualquer economia. No cenário brasileiro atual, essas atividades

Leia mais

Exploração. Operadoras traçam estratégias para licenciar os blocos adquiridos na 11ª rodada da ANP. Ricardo Vigliano Um consórcio de 15 petroleiras

Exploração. Operadoras traçam estratégias para licenciar os blocos adquiridos na 11ª rodada da ANP. Ricardo Vigliano Um consórcio de 15 petroleiras Exploração Operadoras traçam estratégias para licenciar os blocos adquiridos na 11ª rodada da ANP Ricardo Vigliano Um consórcio de 15 petroleiras coordenado pelo IBP concluiu, em dezembro passado, um extenso

Leia mais

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental

Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Alunos de 6º ao 9 anos do Ensino Fundamental Resumo Este projeto propõe a discussão da Década de Ações para a Segurança no Trânsito e a relação dessa com o cotidiano dos alunos, considerando como a prática

Leia mais

PORTARIA CAU/SP Nº 063, DE 31 DE AGOSTO DE 2015.

PORTARIA CAU/SP Nº 063, DE 31 DE AGOSTO DE 2015. PORTARIA CAU/SP Nº 063, DE 31 DE AGOSTO DE 2015. Aprova a Instrução Normativa nº 06, de 31 de agosto de 2015, que regulamenta os trâmites administrativos dos Contratos no âmbito do Conselho de Arquitetura

Leia mais

1. Informações Institucionais

1. Informações Institucionais 1. Informações Institucionais Nossa Empresa Líder mundial em eventos de negócios e consumo, a Reed Exhibitions atua na criação de contatos, conteúdo e comunidades com o poder de transformar negócios Números

Leia mais

Edital 06/2012. Projeto Litoral Sustentável. convênio 6000.0064846.11.4 MELHOR PROPOSTA DE PLANO DE MÍDIA COTAÇÃO PRÉVIA DE ASSESSORIA DE IMPRENSA.

Edital 06/2012. Projeto Litoral Sustentável. convênio 6000.0064846.11.4 MELHOR PROPOSTA DE PLANO DE MÍDIA COTAÇÃO PRÉVIA DE ASSESSORIA DE IMPRENSA. Edital 06/2012 Projeto Litoral Sustentável convênio 6000.0064846.11.4 MELHOR PROPOSTA DE PLANO DE MÍDIA COTAÇÃO PRÉVIA DE ASSESSORIA DE IMPRENSA. O Pólis Instituto de Estudos, Formação e Assessoria em

Leia mais

CURSO TECNOLÓGICO EM GESTÃO HOSPITALAR 2013.1

CURSO TECNOLÓGICO EM GESTÃO HOSPITALAR 2013.1 UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP 5. Santos: Oportunidades e Riscos do Desenvolvimento CAMPUS- SANTOS A cidade de Santos, na região metropolitana da Baixada Santista, com mais de 430 mil habitantes é na atualidade

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO VEÍCULO: NATAL NOTÍCIAS DATA: 02.12.15 01 Dez 2015 Presidente Marcelo Queiroz participa da 17ª Convenção do Comércio e Serviços

Leia mais

Geopolítica do Petróleo:

Geopolítica do Petróleo: Seminário Energia e Geopolítica: Os impactos da segurança energética nas relações internacionais Geopolítica do Petróleo: uma Década de Transformações Helder Queiroz Pinto Junior Diretor ANP CEBRI Rio

Leia mais

Ata de Audiência Pública

Ata de Audiência Pública Ata de Audiência Pública Assunto: Audiência Pública referente à Quinta Rodada de Licitações para contratação de atividades de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural Data: 26 de

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 8 - Política de segurança da informação 8.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COOPERFEMSA, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção

Leia mais

Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia

Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia A Coppe Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia nasceu disposta a ser um sopro de renovação na

Leia mais

AÇÃO ANTIDUMPING NOS EUA VISA AÇO BRASILEIRO

AÇÃO ANTIDUMPING NOS EUA VISA AÇO BRASILEIRO Página 1 de 7 tualizado às 06:08, 3-08-2015 Pesquisar... h cib ENTRR Destaques Notícias Geral ÇÃO NTIDUMPING NOS EU VIS ÇO BRSILEIRO 03-08-2015 02:08 Escrito por CLIPPING Publicado em Geral 0 Tweetar 0

Leia mais

REGULAMENTO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL

REGULAMENTO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL REGULAMENTO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - 2010 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 1 DOS OBJETIVOS GERAIS... 1 CAPÍTULO II... 1 DOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 1 CAPÍTULO III...

Leia mais

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS AGENDA DE S E EVENTOS 2015 AGENDA DE S E EVENTOS 2015 CATEGORIAS DE S Introdução à Governança Primeiro passo dentro da Governança Corporativa, os cursos de Introdução à Governança fornecem uma visão de

Leia mais

Amcham Brasil Projeto Escola Legal 2008. Projeto Piloto

Amcham Brasil Projeto Escola Legal 2008. Projeto Piloto Amcham Brasil Projeto Escola Legal 2008 Projeto Piloto Apresentação Amcham Fundada em 1919, na capital paulista, a Câmara Americana de Comércio é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos,

Leia mais

Prevenção e resposta a acidentes ambientais e suas repercussões jurídicas

Prevenção e resposta a acidentes ambientais e suas repercussões jurídicas Prevenção e resposta a acidentes ambientais e suas repercussões jurídicas JURIDICO JURIDICO DE SERVIÇOS COORDENADORIA DE DIREITO AMBIENTAL Consultora 31/05/2012 Prevenção X Resposta na esfera jurídica

Leia mais

Iniciativas de Produção Mais Limpa na Indústria de Petróleo e Gás. Daniela Machado Zampollo Lucia de Toledo Camara Neder

Iniciativas de Produção Mais Limpa na Indústria de Petróleo e Gás. Daniela Machado Zampollo Lucia de Toledo Camara Neder Iniciativas de Produção Mais Limpa na Indústria de Petróleo e Gás Daniela Machado Zampollo Lucia de Toledo Camara Neder Sumário A Empresa - Petrobras A Exploração e Produção de Óleo e Gás Gestão Ambiental

Leia mais

Curso Avançado de Marcas

Curso Avançado de Marcas A proteção às marcas e aos demais sinais distintivos na legislação brasileira, na legislação comparada e nos tratados internacionais Nível Avançado 1º Semestre de 2009 Coordenação: Advs. Ricardo Fonseca

Leia mais

Mão de obra especializada: Produtividade Qualidade Conhecimento dos Processos de Soldagem Como solucionar este gargalo?

Mão de obra especializada: Produtividade Qualidade Conhecimento dos Processos de Soldagem Como solucionar este gargalo? Apresentação SOLDA BRASIL 2014 Mão de obra especializada: Produtividade Qualidade Conhecimento dos Processos de Soldagem Como solucionar este gargalo? A escassez de mão de obra qualificada no Brasil, em

Leia mais

Regulamentação e Licenciamento Ambiental. Oscar Graça Couto Lobo & Ibeas

Regulamentação e Licenciamento Ambiental. Oscar Graça Couto Lobo & Ibeas Regulamentação e Licenciamento Ambiental Oscar Graça Couto Lobo & Ibeas Matriz Constitucional "Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia

Leia mais

LIC - LEVANTAMENTO DE INDÍCIOS DE CONTAMINAÇÃO EM IMÓVEIS URBANOS (para esclarecimentos consultar Anexo III) DATA DA VISITA: / /

LIC - LEVANTAMENTO DE INDÍCIOS DE CONTAMINAÇÃO EM IMÓVEIS URBANOS (para esclarecimentos consultar Anexo III) DATA DA VISITA: / / LIC - LEVANTAMENTO DE INDÍCIOS DE CONTAMINAÇÃO EM IMÓVEIS URBANOS (para esclarecimentos consultar Anexo III) 1. DADOS GERAIS DO IMÓVEL DATA DA VISITA: / / 1.1. Identificação do Imóvel: 1.2. Endereço: Cidade:

Leia mais

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Em 2013, a Duratex lançou sua Plataforma 2016, marco zero do planejamento estratégico de sustentabilidade da Companhia. A estratégia baseia-se em três

Leia mais

Áreas de atuação. Tavolaro Advogados. Direito Administrativo. Direito Imobiliario. Direito Civil e Processual Civil.

Áreas de atuação. Tavolaro Advogados. Direito Administrativo. Direito Imobiliario. Direito Civil e Processual Civil. O Escritório Tavolaro Sociedade de Advogados é uma banca de advogados fundada há quase 40 anos, por Luiz Antonio Tavolaro, e atuante em todo o Estado de São Paulo em diversas áreas do direito. O escritório

Leia mais

Prova de Informática Petróleo e Gás PROVA DE INFORMÁTICA BÁSICA PETRÓLEO & GÁS

Prova de Informática Petróleo e Gás PROVA DE INFORMÁTICA BÁSICA PETRÓLEO & GÁS PROVA DE INFORMÁTICA BÁSICA PETRÓLEO & GÁS 1 Sumário 1.0 - Curso de Petróleo e Gás...3 1.1 O Profissional...3 1.2 Mercado De Trabalho...3 1.3 O Curso...4 2.0 Informações sobre Petróleo e Gás...5 2.1 Dados

Leia mais

APÊNDICE D TREINAMENTOS E SIMULADOS

APÊNDICE D TREINAMENTOS E SIMULADOS TREINAMENTOS E SIMULADOS Rev.00 Março/2015 i SUMÁRIO 1. PROGRAMA DE TREINAMENTO E EXERCÍCIOS SIMULADOS... 1 1.1. TREINAMENTOS... 2 1.2. EXERCÍCIOS... 2 1.3. CAPTURA DE CORREÇÕES E OPORTUNIDADES DE MELHORIA...

Leia mais

Congresso de Empreendedorismo do Seridó abre inscrições Positiva Em www.fiern.org.br, 17 de Agosto de 2015

Congresso de Empreendedorismo do Seridó abre inscrições Positiva Em www.fiern.org.br, 17 de Agosto de 2015 VEÍCULO: SITE DA FIERN DATA: 17.08.15 EDITORIA: ECONOMIA Congresso de Empreendedorismo do Seridó abre inscrições Positiva Em www.fiern.org.br, 17 de Agosto de 2015 Estão abertas as inscrições para o 3

Leia mais

RELAÇÕES COM INVESTIDORES

RELAÇÕES COM INVESTIDORES PAULO HENRIQUE PRAES, sócio-diretor e DORIS POMPEU, sócia-fundadora da GlobalRI 60 GLOBALRI PIONEIRISMO NAS RELAÇÕES COM INVESTIDORES Uma das precursoras nas Relações com Investidores no Brasil, numa época

Leia mais

SISEB Informa. 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias. Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas

SISEB Informa. 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias. Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas Ano I Número 6 setembro 2014 3 Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias página 4 6 Encontro Prêmio São Paulo

Leia mais

NAGI PG. As Oportunidades do Pré-sal: Como minha indústria pode participar deste mercado. Eng. Virgilio Calças Filho Sorocaba 27/02/2014

NAGI PG. As Oportunidades do Pré-sal: Como minha indústria pode participar deste mercado. Eng. Virgilio Calças Filho Sorocaba 27/02/2014 NAGI PG NÚCLEO DE APOIO À GESTÃO DA INOVAÇÃO NA CADEIA DE PETRÓLEO E GÁS As Oportunidades do Pré-sal: Como minha indústria pode participar deste mercado Eng. Virgilio Calças Filho Sorocaba 27/02/2014 Em

Leia mais

Marcas do profissionalismo e eficiência

Marcas do profissionalismo e eficiência Marcas do profissionalismo e eficiência Advogados gaúchos possuem expertise em serviços prestados às seguradoras Escritório Müller & Moreira, que agora completa 20 O anos de fundação, iniciou suas atividades

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE MQ SGQ 01-10

MANUAL DA QUALIDADE MQ SGQ 01-10 SUMÁRIO: Apresentação da ACEP 2 Missão da Empresa 3 Escopo e Justificativas de Exclusão 4 Comprometimento da Direção 5 Política da Qualidade 7 Objetivos de Qualidade 7 Fluxo de Processos 8 Organograma

Leia mais

EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ

EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ O presente edital regulamenta o processo de recrutamento, seleção e ingresso de projetos empresariais na Incubadora

Leia mais

APÊNDICE E TREINAMENTOS E SIMULADOS

APÊNDICE E TREINAMENTOS E SIMULADOS TREINAMENTOS E SIMULADOS Rev.00 Março/2015 i SUMÁRIO 1. PROGRAMA DE TREINAMENTO E EXERCÍCIOS SIMULADOS... 1 Treinamentos... 2 Exercícios simulados... 2 ÍNDICE DE FIGURAS Figura 1: Relação entre os tipos

Leia mais

Gerenciamento de Riscos

Gerenciamento de Riscos Gerenciamento de Riscos Introdução Crescimento industrial das últimas décadas Industrias maiores e mais complexas Acidentes industriais Investir na prevenção Histórico Engenharia de Confiabilidade - Análise

Leia mais

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional A união faz a força O dito popular encaixa-se como uma luva quando o assunto é associativismo o assunto em pauta no meio sindical. As principais confederações patronais do País estão investindo nessa bandeira

Leia mais

O MERCOSUL E A REGULAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO: UMA BREVE INTRODUÇÃO

O MERCOSUL E A REGULAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO: UMA BREVE INTRODUÇÃO O MERCOSUL E A REGULAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO: UMA BREVE INTRODUÇÃO Ricardo Barretto Ferreira da Silva Camila Ramos Montagna Barretto Ferreira, Kujawski, Brancher e Gonçalves Sociedade de Advogados São

Leia mais

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB TERMO ADITIVO AO EDITAL nº 02/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS ALTERAÇÃO DE DATAS E FORMA DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Apoio: Brasília, 28 de agosto de 2013.

Leia mais

CRESCIMENTO DE VOLUME

CRESCIMENTO DE VOLUME CRESCIMENTO DE VOLUME 12% EM 2009 42 A Oxiteno iniciou 2009 com uma escala significativamente maior, como resultado do programa de investimentos em ampliação de sua capacidade produtiva conduzido nos últimos

Leia mais

P.A.M. PLANO DE AUXÍLIO MÚTUO BETIM- IBIRITÉ - MG

P.A.M. PLANO DE AUXÍLIO MÚTUO BETIM- IBIRITÉ - MG P.A.M. PLANO DE AUXÍLIO MÚTUO BETIM- IBIRITÉ - MG 2º SIBRADEN - Simpósio Brasileiro de Desastres Naturais e Tecnológicos 09 a 13 de Dezembro de 2007 Santos - SP Viver é negócio muito perigoso... Guimarães

Leia mais

Cenário Atual BACIA AMAZÔNICA

Cenário Atual BACIA AMAZÔNICA Cenário Atual BACIA AMAZÔNICA A Bacia Amazônica representa hoje uma das mais importantes áreas do planeta considerando questões ligadas à biodiversidade, sustentabilidade e mudanças climáticas. Geograficamente,

Leia mais

Palavras-chave: Projeto de ensino; reprovação em Matemática; monitoria.

Palavras-chave: Projeto de ensino; reprovação em Matemática; monitoria. REPROVAÇÃO EM MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR: UMA TENTATIVA DE REDUZIR OS ALTOS ÍNDICES Profa. Dra. Camila Pinto da Costa Universidade Federal de Pelotas camila.ufpel@gmail.com Profa. Dra. Rejane Pergher

Leia mais

Abrasca elege OdontoPrev como destaque do setor de serviços médicos

Abrasca elege OdontoPrev como destaque do setor de serviços médicos Data: segunda-feira, 14 de junho de 2010 Site: FENASEG Seção: Viver Seguro OnLine Abrasca elege OdontoPrev como destaque do setor de serviços médicos A Associação Brasileira de Companhias Abertas (abrasca)

Leia mais

Edital nº 05 / 2015. ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania

Edital nº 05 / 2015. ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania Edital nº 05 / 2015 ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania O Programa Polos de Cidadania da Faculdade de Direito da UFMG faz saber que até 16 de junho de 2015 receberá inscrições

Leia mais

A OceanPact é uma empresa brasileira especializada no gerenciamento e resposta a emergências nos ambientes marinho e costeiro.

A OceanPact é uma empresa brasileira especializada no gerenciamento e resposta a emergências nos ambientes marinho e costeiro. comprometimento A OceanPact é uma empresa brasileira especializada no gerenciamento e resposta a emergências nos ambientes marinho e costeiro. Oferecemos todo tipo de serviços e soluções associados à preparação

Leia mais

Norma Regulamentadora - NR 12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos. Histórico e Momento Atual

Norma Regulamentadora - NR 12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos. Histórico e Momento Atual Norma Regulamentadora - NR 12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos Histórico e Momento Atual A NR 12 teve sua redação substancialmente alterada pela Portaria MTE nº 197/2010 e encontra-se em

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS PARTE II POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS PARTE II POLÍTICAS CORPORATIVAS 1 Política de segurança da informação 1.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COGEM, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção de políticas

Leia mais

4. Acidentes Recentes em Dutos da Petrobras

4. Acidentes Recentes em Dutos da Petrobras 51 4. Acidentes Recentes em Dutos da Petrobras Neste capítulo serão apresentados os acidentes que ocorreram recentemente nos dutos da Petrobras e abalaram a imagem da empresa, o cenário nacional no momento

Leia mais

O direito humano ao envelhecimento e o impacto nas políticas públicas

O direito humano ao envelhecimento e o impacto nas políticas públicas Seminário Nacional Envelhecimento e Subjetividade: Desafios para uma cultura de compromisso social O direito humano ao envelhecimento e o impacto nas políticas públicas Comunicação: instrumento de formação

Leia mais

I Seminário Saúde Sem Mercúrio em Brasília

I Seminário Saúde Sem Mercúrio em Brasília I Seminário Saúde Sem Mercúrio em Brasília Brasília, 16 de abril de 2013 Verónica Odriozola Coordenadora Regional Saúde sem Dano América Latina info@saudesemdano.org www.saudesemdano.org O que é Saúde

Leia mais

Prepare sua empresa para ingressar no maior e mais importante mercado mundial!

Prepare sua empresa para ingressar no maior e mais importante mercado mundial! 10 Seminário Como Ingressar no Mercado Norte Americano Prepare sua empresa para ingressar no maior e mais importante mercado mundial! Início dia 22 de setembro de 2014 Seminário em Português Miami - USA

Leia mais

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DATA: 06.06.13

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DATA: 06.06.13 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DATA: 06.06.13 VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE EDITORIA: CAPA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DATA: 06.06.13 VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE EDITORIA: NEGOCIOS E FINANÇAS ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

Economia Digital e Privacidade. Laura Fragomeni

Economia Digital e Privacidade. Laura Fragomeni Economia Digital e Privacidade Laura Fragomeni Roteiro Economia Digital Cenário Mundial O MercadoLivre Privacidade Propostas Legislativas Considerações Finais Economia Digital Cenário Mundial Usuários

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Nº 01/2012

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Nº 01/2012 EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Nº 01/2012 PROCEDIMENTOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PROJETOS EMPRESARIAIS INOVADORES PARA INGRESSO E PARTICIPAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ IESJ. A INCUBADORA

Leia mais

PLANO DE RESPOSTAS PARA EMERGÊNCIAS DUKE ENERGY GERAÇÃO PARANAPANEMA

PLANO DE RESPOSTAS PARA EMERGÊNCIAS DUKE ENERGY GERAÇÃO PARANAPANEMA PLANO DE RESPOSTAS PARA EMERGÊNCIAS DUKE ENERGY GERAÇÃO PARANAPANEMA LIANE DILDA GERENTE DE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO HISTÓRICO Privatização - 28.07.1999 (DEI-EUA) EUA) Geração e Comercialização de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente Superintendência Estadual do Meio Ambiente SEMACE

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente Superintendência Estadual do Meio Ambiente SEMACE 1. OBJETIVO: Este Termo de Referência têm como objetivo estabelecer diretrizes para elaboração do Plano de Emergência para Transporte de Produtos Perigosos. O plano deverá garantir de imediato, no ato

Leia mais

ADVOGADOS E CONSULTORES

ADVOGADOS E CONSULTORES ADVOGADOS E CONSULTORES QUEM SOMOS Com mais de 25 anos de experiência nas áreas jurídica e ambiental, o escritório DIAS LOPES ADVOGADOS E CONSULTORES está focado em atender as necessidades do mercado em

Leia mais

Treinamento de Crise: simulações para lidar com situações reais

Treinamento de Crise: simulações para lidar com situações reais POP 2008 Relações Públicas na Gestão de Crise Resumo Treinamento de Crise: simulações para lidar com situações reais Bayer CropScience Desafio Preparar executivos para agir de forma organizada, ágil e

Leia mais

Sindifisco Nacional - Delegacia Sindical de São Paulo Clipping de 14 de janeiro de 2010

Sindifisco Nacional - Delegacia Sindical de São Paulo Clipping de 14 de janeiro de 2010 Sindifisco Nacional - Delegacia Sindical de São Paulo Clipping de 14 de janeiro de 2010 Notícias na íntegra FOLHA DE S.PAULO Governo faz ajuste para ter superavit em dezembro Para atingir meta de 2009,

Leia mais

Com o trânsito cada vez mais caótico, profissionais a procura de qualidade de vida e as

Com o trânsito cada vez mais caótico, profissionais a procura de qualidade de vida e as Programação e Conteúdo Com o trânsito cada vez mais caótico, profissionais a procura de qualidade de vida e as empresas tentando reduzir custos, o trabalho Home Office/Teletrabalho parece uma alternativa

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

CLIPPING DE NOTÍCIAS DO PODERJUDICIÁRIO GESTÃO ESTRATÉGICA CONSELHOS TRIBUNAIS SUPERIORES

CLIPPING DE NOTÍCIAS DO PODERJUDICIÁRIO GESTÃO ESTRATÉGICA CONSELHOS TRIBUNAIS SUPERIORES CLIPPING DE NOTÍCIAS DO PODERJUDICIÁRIO GESTÃO ESTRATÉGICA CNJ CONSELHOS http://www.cnj.jus.br/ 12/08/2014 II Encontro Nacional debate formação de servidores do Judiciário (http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/29333-ii-encontronacional-debate-formacao-de-servidores-do-judiciario)

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA

CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA Período de Execução: 2012 www.reedalcantara.com.br BRIEFING Reed Exhibitions PERFIL A Reed Exhibitions A Reed Exhibitions é a principal organizadora

Leia mais

Questionário Linha de Base: Educadores Estado: Cidade: Nome Pesquisador: Sala N : Professor N : [Estes dados devem ser preenchidos pelo pesquisador] Boas vindas Caro(a) Educador(a): O objetivo deste questionário

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS. INTERNET pesquisa em direito e tecnologia E SUAS POSSIBILIDADES NA CIDADE 24 E 25 DE SETEMBRO

NOVAS TECNOLOGIAS. INTERNET pesquisa em direito e tecnologia E SUAS POSSIBILIDADES NA CIDADE 24 E 25 DE SETEMBRO NOVAS TECNOLOGIAS INTERNET pesquisa em direito e tecnologia E SUAS POSSIBILIDADES NA CIDADE 24 E 25 DE SETEMBRO 2015 TEXTO DE APRESENTAÇÃO SOBRE O SEMINÁRIO SOBRE O INTERNETLAB POR QUE FAZER ESSE EVENTO?

Leia mais

R E G U L A M E N T O 2016

R E G U L A M E N T O 2016 R E G U L A M E N T O 2016 www.asmaiseticasdobrasil.org.br Iniciativa e Realização www.eticanosnegocios.org.br R E G U L A M E N T O INICIATIVA E REALIZAÇÃO A iniciativa e realização desta iniciativa é

Leia mais

RESOLUÇÃO PGE Nº 3743 18 DE MARÇO DE 2015.

RESOLUÇÃO PGE Nº 3743 18 DE MARÇO DE 2015. RESOLUÇÃO PGE Nº 3743 18 DE MARÇO DE 2015. ESTABELECE NORMAS SOBRE OS RELATÓRIOS DOS ÓRGÃOS LOCAIS E SETORIAIS DO SISTEMA JURÍDICO E REVOGA A RESOLUÇÃO PGE Nº 2.928, DE 16 DE FEVEREIRO DE 2011. A PROCURADORA-GERAL

Leia mais

EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO

EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO Objetivo Maximizar a participação da indústria nacional de bens e serviços, em bases competitivas e sustentáveis, na implantação de projetos de óleo e gás no Brasil e no exterior. 1 Desafios Históricos:

Leia mais

CLIPPING. Indústria Audiovisual

CLIPPING. Indústria Audiovisual CLIPPING Indústria Audiovisual 27 de maio de 2013 27/5-19h30 Investimento em cinema é tema de seminário O Comitê de Entretenimento, Esportes e Cultura, dirigido porsteve Solot, e o Subcomitê de Propriedade

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

O PAPEL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO DA UEPG NO FOMENTO À PRODUÇÃO DE NOTÍCIAS INSTITUCIONAIS NA WEB

O PAPEL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO DA UEPG NO FOMENTO À PRODUÇÃO DE NOTÍCIAS INSTITUCIONAIS NA WEB 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA O PAPEL DA

Leia mais

ASSOCIATIVISMO. Fonte: Educação Sebrae

ASSOCIATIVISMO. Fonte: Educação Sebrae ASSOCIATIVISMO Fonte: Educação Sebrae O IMPORTANTE É COOPERAR A cooperação entre as pessoas pode gerar trabalho, dinheiro e desenvolvimento para toda uma comunidade COOPERAR OU COMPETIR? Cooperar e competir

Leia mais

Instituto do Meio Ambiente ESTADO DE ALAGOAS DOCUMENTAÇÃO PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NOVOS

Instituto do Meio Ambiente ESTADO DE ALAGOAS DOCUMENTAÇÃO PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NOVOS DOCUMENTAÇÃO PARA POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NOVOS LICENÇA PRÉVIA - Documentação necessária 1. Requerimento Padrão definido pelo IMA, devidamente preenchido e assinado; 2. Cadastro do empreendimento, definido

Leia mais

6 Considerações Finais

6 Considerações Finais 6 Considerações Finais Este capítulo apresenta as conclusões deste estudo, as recomendações gerenciais e as recomendações para futuras pesquisas, buscadas a partir da análise dos casos das empresas A e

Leia mais

Insegurança em alto-mar

Insegurança em alto-mar Insegurança em alto-mar Falha em plataforma da Petrobras na Bacia de Campos expõe problemas de manutenção nos equipamentos da empresa A Agência Nacional de Petróleo (ANP) e a Marinha interditaram ontem

Leia mais

M&A: Alguns Pontos relevantes para Contratos de Aquisição ou Venda de Negócios

M&A: Alguns Pontos relevantes para Contratos de Aquisição ou Venda de Negócios M&A: Alguns Pontos relevantes para Contratos de Aquisição ou Venda de Negócios Apresentação para a Comissão Jurídica da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil Alberto Mori Sócio do Grupo de

Leia mais

SEIS EMPRESAS DO SETOR DE PETRÓLEO OBTÊM LIMINAR CONTRA ALTA DE TRIBUTAÇÃO NO RIO

SEIS EMPRESAS DO SETOR DE PETRÓLEO OBTÊM LIMINAR CONTRA ALTA DE TRIBUTAÇÃO NO RIO Página 1 de 6 Atualizado às 21:03, 22-03-2016 Pesquisar... h cib ENTRAR Destaques Notícias Indústria naval e offshore SEIS EMPRESAS DO SETOR DE PETRÓLEO OBTÊM LIMINAR CONTRA ALTA DE TRIBUTAÇÃO NO RIO 22-03-2016

Leia mais

Alunos e Professor do curso de Engenharia da Computação participaram no último dia 05/04/2011 do 13º Encontro Locaweb de Profissionais de Internet.

Alunos e Professor do curso de Engenharia da Computação participaram no último dia 05/04/2011 do 13º Encontro Locaweb de Profissionais de Internet. Alunos e Professor do curso de Engenharia da Computação participaram no último dia 05/04/2011 do 13º Encontro Locaweb de Profissionais de Internet. O evento que é referência nacional para profissionais

Leia mais

Clipping de Notícias Educacionais. Fontes: Agência Brasil, MEC, O Globo e UOL.

Clipping de Notícias Educacionais. Fontes: Agência Brasil, MEC, O Globo e UOL. Clipping 01/06/2012 SEMERJ www.semerj.org.br semerj@semerj.org.br Caso sua instituição ainda não seja associada ao SEMERJ, visite nosso site e descubra as vantagens em associar-se ao Sindicato das Entidades

Leia mais

SOUZA CESCON FAZ APRESENTAÇÃO NO PRINCIPAL EVENTO DE PETRÓLEO E GÁS DA AMÉRICA LATINA: A RIO OIL & GAS EXPO AND CONFERENCE.

SOUZA CESCON FAZ APRESENTAÇÃO NO PRINCIPAL EVENTO DE PETRÓLEO E GÁS DA AMÉRICA LATINA: A RIO OIL & GAS EXPO AND CONFERENCE. Setembro, 2014 Caso ocorra erro de visualização, acesse nossa Versão Web ou Versão PDF NEWS 1. OS SÓCIOS LUIS SOUZA E MARIA CRISTINA ENTRE OS 50 ADVOGADOS MAIS DESTACADOS DA AMÉRICA LATINA SOUZA CESCON

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº07 UNOESC-R/2011

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº07 UNOESC-R/2011 UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº07 UNOESC-R/2011 O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Instituição Educacional, com sede na Rua Getúlio Vargas, 2125, na cidade

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Davidson Magalhães) Dispõe sobre alienação de ativos por empresas estatais de que trata o art. 177, 1º, da Constituição Federal. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º

Leia mais

OFÍCIO/CVM/SEP/GEA-1/Nº 142/2011 Rio de Janeiro, 30 de março de 2011.

OFÍCIO/CVM/SEP/GEA-1/Nº 142/2011 Rio de Janeiro, 30 de março de 2011. OFÍCIO/CVM/SEP/GEA-1/Nº 142/2011 Rio de Janeiro, 30 de março de 2011. Ao Senhor Fernando Martins Vaz Chabert Diretor de Relações com Investidores da Hotéis Othon S/A Rua Teófilo Otoni, 15, sala 1201, Centro

Leia mais

MANUAL DO ALUNO PARA O CURSO INTENSIVO DE QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 1

MANUAL DO ALUNO PARA O CURSO INTENSIVO DE QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 1 INDUSTRIAL NÍVEL Pág.: /7 Elaborado/Data: dezembro/204. OBJETIVO O Manual do aluno é um importante guia para a realização do curso INTENSIVO de Inspetor de Pintura Industrial Nível. Aqui contém informações

Leia mais