JUNIOR BUSINESS CHALLENGE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JUNIOR BUSINESS CHALLENGE"

Transcrição

1 JUNIOR BUSINESS CHALLENGE 1

2 Regulamento do Jogo INTRODUÇÃO ARTIGO 1: DA INSCRIÇÃO ARTIGO 2: DA METODOLOGIA ARTIGO 3: DAS FASES E ETAPAS DO JOGO ARTIGO 4: DOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO ARTIGO 5: DOS REQUISITOS DE PARTICIPAÇÃO ARTIGO 6: DO CENTRO APOIO E TUTORIA ARTIGO 7: DOS PRÉMIOS ARTIGO 8: DAS NORMAS ARTIGO 9: DO CÓDIGO DE CONDUTA PARA OS PARTICIPANTES ARTIGO 10: DAS VIOLAÇÕES DO JOGO ARTIGO 11: DAS PENALIZAÇÕES ARTIGO 12: DAS ACÇÕES DISCIPLINARES ARTIGO 13: DO CALENDÁRIO ARTIGO 14: DA PUBLICAÇÃO DOS RESULTADOS ARTIGO 15: DA FINAL ARTIGO 16: DA ORGANIZAÇÃO NOTAS ADICIONAIS 2

3 INTRODUÇÃO O Junior Business Challenge é um jogo de simulação online na área de Gestão de Empresas, promovido pelo IPAM, com o intuito pedagógico de reforçar a aprendizagem dos conteúdos programáticos por parte dos alunos da área das Ciências Sócio- Económicas, no Ensino Secundário, a nível nacional. O jogo destina- se a jovens entre os 15 e os 18 anos, promovendo uma competição entre escolas, com o grande desafio de cada equipa gerir as vendas e operações de uma empresa fabricante de brinquedos. Todas as equipas começam a partir da mesma posição com quotas de mercado e lucros iguais. O jogo está disponível em xperience/junior- business- challenge/home.aspx ARTIGO 1: DA INSCRIÇÃO 1. Podem participar no jogo todos os alunos inscritos no ano lectivo de 2013/14 em qualquer tipo de Escola do Ensino Secundário ou equivalente, podendo os alunos de cursos profissionais também participar. 2. Os participantes para se inscreverem têm que se registar no jogo através do site do IPAM (http://www.ipam.pt/pt/ipam- xperience/junior- business- challenge/o- jogo.aspx). ARTIGO 2: DA METODOLOGIA 1. O Junior Business Challenge simula a realidade do mundo dos negócios, das empresas e dos mercados, o mais aproximadamente quanto possível, de forma a que as equipas participantes tomem decisões sobre as variáveis principais que incidem no êxito ou fracasso empresarial e especialmente no valor da ação e retorno acumulado dos acionistas, gerador de valor empresarial. 2. O modelo de simulação e a sua parametrização referem- se a produtos de consumo reais e identificados o que permite incorporar dados e parâmetros realistas; tal requer dos participantes um determinado número de decisões e, por se tratar de um exercício de simulação competitivo, os resultados a obter dependem não só das próprias decisões de cada equipa, mas também da estratégia e das decisões de gestão das outras equipas (efeito da concorrência). 3. Cada equipa de participantes denominar- se- á EMPRESA X (= nome de fantasia). Cada equipa participa nas diferentes fases da competição, num mercado composto por N equipas (empresas), incluindo a sua, que se denominará UNIVERSO X. Constituir- se- ão tantos Universos quantos necessários, em função do resultado da divisão do total de equipas (empresas) regularmente inscritas, pelo fator 8. Se a divisão não for perfeita o último universo conterá o número restante de equipas inscritas. 3

4 4. O chefe de cada equipa inscrita receberá, imediatamente antes do início do campeonato, as chaves informáticas (códigos) de acesso à área restrita do website. Em primeiro lugar deverá descarregar e consultar o Regulamento do Jogo. A organização disponibilizará inicialmente, através do referido website, toda a documentação necessária para que as equipas participantes possam compreender os objectivos, aceder ao simulador remoto e iniciar a sua actuação na competição. 5. Cada empresa (equipa) terá que elaborar um Programa de Gestão, sucessivamente em Decisões relativas a um Ano de actividade de cada vez, partindo de uma mesma simulação (parâmetros base do mercado) e com os mesmos dados (balanço de partida), fornecidos por igual a todos os participantes no respectivo Universo, no início da competição. 6. Os dados constantes das várias decisões tomadas pelas equipas (empresas) serão introduzidas pelas equipas via website do jogo, rigorosamente nas datas de Calendário definidas à partida. Os dados depois de processados no simulador remoto (computador central), serão enviados aos concorrentes em forma de resultados parametrizados do desempenho. 7. Na Etapa Inicial os participantes devem elaborar tendo em conta os resultados obtidos em cada decisão (Ano), um novo Ano de actividade, o qual dará origem a novos resultados que seguirão o mesmo processo dos anteriores e, assim, sucessivamente, durante todas as fases dos programas de Gestão do campeonato. Na Etapa Final, a realizar exclusivamente em regime presencial, em local a designar, com a presença das 12 melhores equipas (empresas) finalistas apuradas será exigido a tomada de decisões sucessivas num curto espaço de tempo. Daqui resultarão 3 (três) equipas vencedoras absolutas, segundo a Classificação ordenada pela pontuação, designada por retorno acumulado ao acionistas (resultado do simulador). 8. As classificações obtidas por Programas de Gestão e por Universo (grupos de equipas) serão comunicadas às equipas através do website da competição. ARTIGO 3: DAS FASES E ETAPAS DA COMPETIÇÃO 1. O jogo Junior Business Challenge online consiste num campeonato entre escolas nacionais, disponível em composto por 3 fases eliminatórias, entre Novembro e Fevereiro. 2. Na primeira fase jogam todas as equipas inscritas que cumpram os requisitos designados no artigo 1 deste regulamento. 3. Na segunda fase será introduzida maior dificuldade ao jogo, passando a ter dois mercados. Nesta fase jogarão apenas as equipas que nos resultados da 1ª fase tenham obtido o maior retorno acumulado para os acionistas (valor da ação).passam á final os dois primeiros classificados de cada UNIVERSO. 4. Na terceira fase haverá uma final nacional em que as melhores equipas irão jogar num só dia várias decisões, e numa simulação com três mercados em vez de um. Neste dia será seleccionado a equipa vencedora. ARTIGO 4: DOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO O sistema de classificação realiza- se em função da pontuação obtida por cada equipa (empresa) ao longo das decisões anuais simuladas para cada Programa de Gestão. 4

5 Inicialmente, todos os inscritos por Equipas, de 4 elementos, são sorteados e organizados por Universos (grupos). Dentro de cada grupo decorrem as competições (Programas de Gestão) sendo que cada simulação só admite conjuntos (mercados) de 8 a 12 equipas cada, logo formam- se tantos grupos quantos necessários face aos inscritos. Cada Programa de Gestão decorre por Anos (Decisões). A competição disputa- se em duas Etapas e 3 Fases: A) Inicial, a distancia: Fase1: 1º Programa de Gestão- (Ano 0 a 4); Fase 2: 2º Programa de Gestão- (Anos 1 a 4) e (B) Final, presencial: Fase 3: 3º Programa de Gestão(Ano 1 a 5) de apuramento dos vencedores absolutos, com seguinte detalhe operacional: Etapas Fases Decisões Calendário Ano 0 Decisão 1 1 a 15 de Novembro Inicial à distancia (WEB) Fase 1 Fase 2 Ano 1 Decisão 2 18 a 22 de Novembro Ano 2 Decisão 3 25 a 29 de Novembro Ano 3 Decisão 4 02 a 06 de Dezembro Ano 4 Decisão 5 09 a 13 de Dezembro Ano 1 Decisão 1 06 a 10 de Janeiro Ano 2 Decisão 2 09 a 13 de Janeiro Ano 3 Decisão 3 13 a 17 de Janeiro Ano 4 Decisão 4 20 a 24 de Janeiro Final Presencial Fase 3 Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5 Decisão 1 Decisão 2 Decisão 3 Decisão 4 Decisão 5 21 de Fevereiro 2014 Os resultados de cada "Empresa" para cada Ano de atividade de cada Universo de cada Programa de Gestão serão determinados utilizando como critério a pontuação obtida de acordo com os resultados dos vários parâmetros de gestão e critérios técnicos do simulador, segundo uma classificação ordenada. No final da Fase 1 serão apuradas as equipas classificadas em 1º e 2º lugar de cada grupo (universo) que transitam para a Fase2 (2º Programa de Gestão). Passam à Etapa Final (Fase 3) as equipas com melhor pontuação na Fase2. Na Fase 3 os selecionados encontram- se presencialmente durante 1 dia para realizarem o 3º Programa de Gestão cujos resultados determinam as 3 equipas vencedoras absolutas. 5

6 Serão liminarmente eliminadas as equipas que não entregarem nas datas convencionadas as Decisões exigidas, tal como indicado no Calendário da Competição, até às 23,45m de cada data. Em caso de empate de duas ou mais equipas para a seleção das equipas finalistas de cada fase e dos vencedores absolutos da competição, tomar- se- á em consideração para efeitos de desempate: 1. A mais elevada pontuação na última decisão de cada Programa de Gestão, respetivamente na Fase 1, 2 e Se persistir o empate, a melhor posição da decisão anterior à mencionada em 1), e, assim, sucessivamente. 3. Se após todos os procedimentos anteriormente descritos, ainda assim não for possível apurar os vencedores, para qualquer das fases, o Júri da Competição reserva- se o direito de utilizar um outro método que julgue necessário e razoável, para efetuar o apuramento. ARTIGO 5: DOS REQUISITOS DE PARTICIPAÇÃO 1. A participação no Campeonato exige o integral cumprimento dos requisitos regulamentares de inscrição e recepção do comunicado confirmatório da inscrição definitiva. 2. As equipas terem à disposição os equipamentos informáticos necessários para que possam participar no Campeonato cujos requisitos mínimos são os seguintes: a) Computador com ligação à Internet; com ligação e acesso wireless na Fase Final Presencial; b) Endereço de correio eletrónico e numero de telemóvel válido, com um mínimo de 10MB de capacidade de transmissão; c) Ter a aplicação Java Script e Cookies activadas no navegador; e o leitor de documentos PDF (Acrobat Reader, XPDF, KPDF, etc ). ARTIGO 6: DO CENTRO APOIO E TUTORIA 1. O Centro de Apoio e Tutoria permanecerá activo durante todo o período em que decorre o campeonato. Estará disponível através de um endereço de correio eletrónico, acessível diretamente na plataforma do jogo e por um acesso de para esclarecimento (das 9h30 às 18h30) das solicitações de informação, apoio à participação e/ou esclarecimento de dúvidas. ARTIGO 7: DOS PRÉMIOS Os prémios serão anunciados no site do IPAM duas semanas antes do inicio do jogo. 6

7 ARTIGO 8: DAS NORMAS 1. Serão recusadas as fichas de inscrição ilegíveis, incompletas ou recebidas fora dos prazos estabelecidos. 2. Os participantes estão obrigados a comprovar a sua identidade quando a Organização assim o solicitar. 3. Em caso algum a mesma pessoa pode participar em mais de uma equipa; fazê- lo pressupõe a sua eliminação imediata da Competição. 4. Os organizadores reservam- se o direito de modificar os procedimentos e as datas previstas e a cancelar a competição por motivos de força maior. 5. Os organizadores não poderão ser responsabilizados por falhas, de acesso aos servidores centrais de processamento dos dados e/ou por quebras na rede ou aos routers de acesso informático, ou por qualquer outra razão de ordem técnica a que sejam alheios. 6. Cada mercado de simulação pode ter entre 3 a 12 equipas e cada equipa pode conter 4 elementos. 7. Todas as equipas começam a partir da mesma posição com quotas de mercado e lucros iguais. 8. As equipas enfrentam as mesmas condições de mercado durante a simulação. 9. As equipas competem entre si e não contra o computador. 10. As decisões de cada equipa influenciam os resultados das outras equipas e o desenvolvimento geral do mercado. 11. Cada equipa terá um tutor, elemento obrigatório na inscrição. O tutor é a figura de um professor experiente, de preferência da área de Ciências Económicas, que possa esclarecer a equipa, dar orientação do jogo e apoio em alguns dos conceitos necessários às decisões durante as etapas do jogo. Não poderá tomar as decisões pela equipa, nem faz parte da equipa. 12. A participação no Junior Business Challenge pressupõe a aceitação expressa dos participantes das normas regulamentares e código de conduta, bem como dos critérios técnicos de programação e processamento do Campeonato. Qualquer violação destes termos implica a eliminação do participante e/ou da equipa em questão, conforme decisão da Organização do Campeonato. 13. Os possíveis diferendos e reclamações sobre os resultados obtidos pelas equipas e as suas classificações, assim como qualquer outra questão relacionada com o desenvolvimento do Campeonato, serão decididos soberanamente, por decisão de maioria, pela Organização, ou em quem ela expressamente delegar poderes. ARTIGO 9: DO CÓDIGO DE CONDUTA PARA OS PARTICIPANTES Exige- se de todos os participantes a prévia e total aceitação de um conjunto de comportamentos designado por Código de Conduta, que a seguir se enumeram. O objectivo deste Código é o de identificar e clarificar os comportamentos dos participantes que poderão ser considerados impróprios. Estas normas aplicam- se a cada participante de cada equipa, sem excepção, os quais devem: 7

8 1. Acatar as normas e bases regulamentares do campeonato e aceitar as decisões tomadas pela Organização. 2. Respeitar os outros participantes das várias equipas e todos os elementos da Organização. 3. Serão consideradas violações a este código: tentativas e fraudes processuais de manipulação e obtenção de informação e dados, linguagem abusiva, falta de respeito para com os outros participantes, pessoal, voluntários e demais elementos da Organização, e quaisquer outras condutas que se considerem lesar os interesses e o bom funcionamento do Campeonato. 4. Não utilizar telefones móveis ou qualquer outro meio de comunicação com o exterior durante a fase presencial do Campeonato, excepto os regulamentarmente definidos. 5. Aceitar com dignidade a eliminação justificada, em qualquer uma das fases do campeonato. 6. Se durante a Fase Final, ocorrer qualquer violação a este código, os participantes deverão corrigir de imediato o seu comportamento, em conformidade com as regras e bases processuais estabelecidas. A primeira violação do presente código poderá ser sancionada por uma chamada de atenção ou por eliminação conforme decisão da Organização do Campeonato, ou em quem ela delegar poderes para tal; a segunda violação do código provocará a eliminação imediata, sem possibilidade de recurso dos participantes. 7. A Organização do Campeonato será a autoridade final em todas as questões regulamentares, processuais e disciplinares. ARTIGO 10: DAS VIOLAÇÕES DO JOGO Na eventualidade de uma violação durante o Campeonato, o participante deve corrigir essa situação cumprindo de imediato com o Regulamento do Jogo. ARTIGO 11: DAS PENALIZAÇÕES A primeira infracção às regras do Regulamento do Campeonato poderá resultar numa advertência ou numa eliminação; uma segunda infracção terá como resultado a eliminação imediata da equipa participante. ARTIGO 12: DAS ACÇÕES DISCIPLINARES O júri da Competição será a autoridade final em matéria disciplinar. 8

9 ARTIGO 13: DO CALENDÁRIO 1. O Calendário do Campeonato indica as datas de início e termo de cada Fase e de acesso aos resultados obtidos. 2. O Calendário do Jogo é um guia de base das datas e prazos do Campeonato. O calendário final será entregue pela organização, via website do simulador. O jogo tem início no dia 1 de Novembro de 2013 e termina no dia 21 de Fevereiro de O campeonato é composto por 3 fases: A 1ª fase decorre entre 1 de Novembro e 13 de Dezembro de A 2ª fase decorre entre 6 e 24 de Janeiro de A final ( Fase 3) decorre no dia 21 Fevereiro de 2014 em local a definir. ARTIGO 14: DA PUBLICAÇÃO DOS RESULTADOS Para todas as fases e momentos do jogo as equipas serão informadas pelos organizadores dos horários previstos para divulgação dos resultados, nos meios de comunicação a anunciar. ARTIGO 15: DA FINAL A Fase Final presencial realiza- se no dia 21 de Fevereiro, no IPAM The Marketing School (Escola do Porto ou Lisboa, ainda a definir). Todos os elementos das equipas deverão estar presentes nesse momento de forma a participarem nesta fase do jogo. ARTIGO 16: DA ORGANIZAÇÃO A equipa organizadora é composta por um Diretor de Competição, Coordenador de Competição, Gestora de Comunicação e Tutor Global de Competição. A participação no Junior Business Challenge pressupõe dos participantes a aceitação expressa deste Regulamento e do seu articulado normativo, assim como dos critérios técnicos e metodológicos subjacentes. Sobre os eventuais casos de dúvida e de situações omissas, assim como sobre qualquer outra questão relacionada com o decorrer do jogo, serão apreciadas e decididas, de modo inapelável, pela organização. NOTAS ADICIONAIS: Os dados pessoais serão tratados com respeito pela legislação de protecção dos dados pessoais, nomeadamente pela lei nº67/98, de 26 de Outubro. 9

10 O IPAM - The Marketing School, reserva- se ao direito de utilizar as imagens dos participantes para fins publicitários em todos os canais de comunicação do mesmo, no âmbito do projeto Junior Business Challenge. 10

JOGO ONLINE DE GESTÃO PARA ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO

JOGO ONLINE DE GESTÃO PARA ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO JOGO ONLINE DE GESTÃO PARA ALUNOS DO ENSINO SECUNDÁRIO Junior Business Challenge by IPAM O IPAM The Marketing School é uma Instituição de Ensino Superior, especializada e líder, na formação de profissionais

Leia mais

Regulamento e datas importantes da Categoria JÚNIOR 9º ano

Regulamento e datas importantes da Categoria JÚNIOR 9º ano Regulamento e datas importantes da Categoria JÚNIOR 9º ano Datas Importantes JÚNIOR 1º ELIMINATÓRIA (9º ano) 04-Fev-15 Envio testes e Folhas de Resposta por EMAIL ao Diretor do Agrupamento ou Director

Leia mais

REGULAMENTO JOGO DA BOLSA 2014

REGULAMENTO JOGO DA BOLSA 2014 REGULAMENTO JOGO DA BOLSA 2014 1. INTRODUÇÃO 1.1 O Jogo da Bolsa 2014 é um passatempo organizado pelo Jornal de Negócios Online em parceria com a GoBulling - Banco Carregosa Online, com o Alto Patrocínio

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTO E ACESSO AO SIMULADOR

INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTO E ACESSO AO SIMULADOR INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTO E ACESSO AO SIMULADOR 1 A tua equipa foi escolhida para dirigir uma companhia de produtos de cuidado da pele, cujos acionistas estão localizados na Europa. A tua empresa tem

Leia mais

Regulamento do Global Management Challenge 2015

Regulamento do Global Management Challenge 2015 Regulamento do Global Management Challenge 2015 1. O Global Management Challenge é uma Competição de Estratégia e Gestão organizada em Portugal pela SDG Simuladores e Modelos de Gestão, S.A. em parceria

Leia mais

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto B O C C I A REGULAMENTAÇÃO GERAL NACIONAL 2008/2009 1 INTRODUÇÃO Todos os intervenientes em competições de zona e nacionais, acções de formação e classificação médico - desportiva, deverão reger-se pelos

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO UMA ILUSTRAÇÃO SOBRE LISBOA

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO UMA ILUSTRAÇÃO SOBRE LISBOA REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO UMA ILUSTRAÇÃO SOBRE LISBOA Artigo 1.º (Objecto) 1.O concurso Uma Ilustração sobre Lisboa é uma iniciativa da MArt Espaço de projecto, aprendizagem e experimentação

Leia mais

REGULAMENTO INTRODUÇÃO OBJETIVOS PÚBLICO-ALVO

REGULAMENTO INTRODUÇÃO OBJETIVOS PÚBLICO-ALVO REGULAMENTO INTRODUÇÃO O DNS.PT e a DECO promovem a 3ª edição do Concurso Sitestar.pt, uma iniciativa nacional que convida a comunidade educativa a desenvolver sites em português e sob domínio.pt durante

Leia mais

1ª Liga de Futsal 2014/2015

1ª Liga de Futsal 2014/2015 1ª Liga de Futsal 2014/2015 Patrono RICARDINHO 1 I Liga Futsal 2014/2015 Regulamento Equipas Artigo 1º Esta liga de futsal encontra-se aberta a equipas de empresas devidamente certificadas, podendo ser

Leia mais

Iniciativa igeo Mentes Criativas. Concurso de ideias para o desenvolvimento de uma aplicação para sistemas móveis (App)

Iniciativa igeo Mentes Criativas. Concurso de ideias para o desenvolvimento de uma aplicação para sistemas móveis (App) Iniciativa igeo Mentes Criativas Concurso de ideias para o desenvolvimento de uma aplicação para sistemas móveis (App) Coordenação: Equipa: Apoio: 1/8 REGULAMENTO Concurso de ideias para divulgação de

Leia mais

REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO

REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO 1 ÍNDICE: NOTA INTRODUTÓRIA 2 ARTIGO 1: DA INSCRIÇÃO 2 ARTIGO 2: DAS ETAPAS DA COMPETIÇÃO 3 ARTIGO 3: DO CRONOGRAMA E HORÁRIOS 3 ARTIGO 4: METODOLOGIA 4 ARTIGO 5: DOS PRÉMIOS

Leia mais

Blue. Campanha SMS. - Condições de participação -

Blue. Campanha SMS. - Condições de participação - Campanha SMS Blue - Condições de participação - A Luanday - Comércio e Serviços, Lda contribuinte nº 5417010871, com sede na Rainha Ginga, nº 212, R/C, Bairro Ingombota, Município da Ingombota, Luanda,

Leia mais

Regulamento do Concurso de Ilustração. Mascote Infantil ANA

Regulamento do Concurso de Ilustração. Mascote Infantil ANA Regulamento do Concurso de Ilustração Mascote Infantil ANA 1 1 ENQUADRAMENTO O presente concurso visa fomentar a colaboração entre a ANA e a comunidade envolvente, possibilitando a alunos do ensino superior

Leia mais

REGULAMENTO. Objetivos Estratégicos do Concurso SITESTAR.PT:

REGULAMENTO. Objetivos Estratégicos do Concurso SITESTAR.PT: REGULAMENTO O Concurso SITESTAR.PT desafia os jovens portugueses, empreendedores e criativos a desenvolver websites e blogs originais com conteúdos em português e sob o domínio.pt. Os espaços digitais

Leia mais

escolas parceiras do Sistema Anglo de Ensino que aderiram ao evento.

escolas parceiras do Sistema Anglo de Ensino que aderiram ao evento. CAPÍTULO I - OBJETIVO ART 1º O Desafio Anglo do Ensino Médio é um desafio nacional, exclusivo para estudantes da 1ª e 2ª série do Ensino Médio das escolas parceiras do Sistema Anglo de Ensino que aderiram

Leia mais

POR PORTUGAL vamos dar toques até ao Brasil

POR PORTUGAL vamos dar toques até ao Brasil Regulamento de Ação Promocional POR PORTUGAL vamos dar toques até ao Brasil O presente Regulamento visa estabelecer os termos e condições aplicáveis à Ação Promocional POR PORTUGAL Vamos dar toques até

Leia mais

REGULAMENTO MAXI DESAFIO 2015 CATEGORIA ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS CAPÍTULO I OBJETIVOS

REGULAMENTO MAXI DESAFIO 2015 CATEGORIA ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS CAPÍTULO I OBJETIVOS REGULAMENTO MAXI DESAFIO 2015 CATEGORIA ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS CAPÍTULO I OBJETIVOS ART 1º O Maxi Desafio do Ensino Fundamental anos iniciais é uma gincana multidisciplinar exclusiva para estudantes

Leia mais

Regulamento do Concurso VIP Vamos Investigar as Plantas Ano Lectivo 2012/2013

Regulamento do Concurso VIP Vamos Investigar as Plantas Ano Lectivo 2012/2013 Regulamento do Concurso VIP Vamos Investigar as Plantas Ano Lectivo 2012/2013 1 - Introdução A Sociedade Portuguesa de Fisiologia Vegetal irá organizar o Congresso Ibérico de Fisiologia Vegetal em Julho

Leia mais

1. ENTIDADE PROMOTORA

1. ENTIDADE PROMOTORA 1. ENTIDADE PROMOTORA VIAGENS ABREU, SA com sede na Avenida dos Aliados, 207, Porto, Pessoa Coletiva número 500297177, com o RNAVT n.º 1702, adiante designada por Agência Abreu é a promotora do presente

Leia mais

REGULAMENTO. Ideias de Pedra. Concurso de Ideias Criativas (de negócios, de produto ou serviço) em Pedra Natural

REGULAMENTO. Ideias de Pedra. Concurso de Ideias Criativas (de negócios, de produto ou serviço) em Pedra Natural REGULAMENTO Ideias de Pedra Concurso de Ideias Criativas (de negócios, de produto ou serviço) em Pedra Natural 1. Âmbito O presente regulamento estabelece um conjunto de normas para a realização do Concurso

Leia mais

VOLTE À CAÇA AO TESOURO COM AS BARRINHAS PESCANOVA

VOLTE À CAÇA AO TESOURO COM AS BARRINHAS PESCANOVA REGULAMENTO DO PASSATEMPO VOLTE À CAÇA AO TESOURO COM AS BARRINHAS PESCANOVA 1. DESCRIÇÃO 1.1 - O Passatempo Volte à Caça ao Tesouro com as Barrinhas Pescanova, adiante designado por "Passatempo", é promovido

Leia mais

II EDIÇÃO DO CONCURSO GESTÃO DE IDEIAS PARA ECONOMIZAR

II EDIÇÃO DO CONCURSO GESTÃO DE IDEIAS PARA ECONOMIZAR II EDIÇÃO DO CONCURSO GESTÃO DE IDEIAS PARA ECONOMIZAR APRESENTAÇÃO DO CONCURSO: O concurso Gestão de Ideias para Economizar representa uma oportunidade para os estudantes se prepararem, em pequenos grupos,

Leia mais

OBJETIVO PARTICIPANTES

OBJETIVO PARTICIPANTES OBJETIVO O Desafio Anglo do Ensino Fundamental é um desafio nacional, exclusivo para estudantes do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental das escolas parceiras do Sistema Anglo de Ensino que aderiram ao evento.

Leia mais

Envie-nos os seus trabalhos jornalísticos sobre o sector rodoviário, publicados em 2011. Participe entre 1 de Novembro de 2011 e 31 de Janeiro de

Envie-nos os seus trabalhos jornalísticos sobre o sector rodoviário, publicados em 2011. Participe entre 1 de Novembro de 2011 e 31 de Janeiro de Envie-nos os seus trabalhos jornalísticos sobre o sector rodoviário, publicados em 2011. Participe entre 1 de Novembro de 2011 e 31 de Janeiro de 2012. ENQUADRAMENTO 2ºs PRÉMIOS DE JORNALISMO CEPSA ESTRADAS

Leia mais

REGULAMENTO TORNEIO INTER-ESCOLAR ISMAI LEGENDS

REGULAMENTO TORNEIO INTER-ESCOLAR ISMAI LEGENDS REGULAMENTO TORNEIO INTER-ESCOLAR ISMAI LEGENDS O ISMAI LEGENDS, promovido pelo ISMAI - Instituto Universitário da Maia, é um torneio do jogo de computador League of Legends (www.leagueoflegends.com) para

Leia mais

Termos e condições de utilização da Plataforma e Política de Protecção de Dados Pessoais

Termos e condições de utilização da Plataforma e Política de Protecção de Dados Pessoais Termos e condições de utilização da Plataforma e Política de Protecção de Dados Pessoais Os presentes Termos e Condições e Política de Protecção de Dados Pessoais (adiante abreviadamente designados Termos

Leia mais

Regulamento do Concurso «Criação de um logótipo para a Linha da Criança»

Regulamento do Concurso «Criação de um logótipo para a Linha da Criança» Regulamento do Concurso «Criação de um logótipo para a Linha da Criança» 1. APRESENTAÇÃO O concurso «Criação de um logótipo para a Linha da Criança» (adiante, concurso) visa divulgar a existência da Linha

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA E INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE SELECÇÃO

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA E INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE SELECÇÃO 4.ª EDIÇÃO DO PEPAL INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA E INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE SELECÇÃO 1 Índice 1. DESTINATÁRIOS DO PEPAL...3 2. CANDIDATURAS DOS ESTAGIÁRIOS...4 2.1.

Leia mais

CLUB INTERNACIONAL DE FOOT-BALL

CLUB INTERNACIONAL DE FOOT-BALL REGULAMENTO GERAL DE PROVAS de Futebol 11 (categoria sénior) Capítulo I - Da realização dos torneios e jogos Capítulo II - Das inscrições Capítulo III - Da disciplina Capítulo IV - Da representação das

Leia mais

Regulamento Prêmio SINCOMÉRCIO de Jornalismo- 2a Edição

Regulamento Prêmio SINCOMÉRCIO de Jornalismo- 2a Edição Regulamento Prêmio SINCOMÉRCIO de Jornalismo- 2a Edição 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO 1.1 O PRÊMIO SINCOMÉRCIO DE JORNALISMO (2ª edição) possui como objetivo premiar as melhores reportagens inscritas referentes

Leia mais

3 CLICKS E GANHE UM SCIROCCO

3 CLICKS E GANHE UM SCIROCCO REGULAMENTO DO CONCURSO PUBLICITÁRIO N. 15/2009 AUTORIZADO PELO GOVERNO CIVIL DE LISBOA 3 CLICKS E GANHE UM SCIROCCO 1. ÂMBITO DO CONCURSO 1.1. O Concurso 3 Clicks e ganhe um Scirocco (doravante Concurso

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE DESIGN PRODUTOS DE MERCHANDISING

REGULAMENTO CONCURSO DE DESIGN PRODUTOS DE MERCHANDISING REGULAMENTO CONCURSO DE DESIGN PRODUTOS DE MERCHANDISING Promotor: Organização: // 1. PREÂMBULO O Chapitô é um projecto em que a Formação, a Criação, a Animação e a Intervenção promovem, dia a dia, cruzamentos

Leia mais

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Regulamento 1. Introdução O presente concurso destina-se à criação da Mascote da Eficiência Energética, que estará associada à COGEN Portugal, e que será

Leia mais

Regulamento. Prémio Desafio OUSAR: Criar a minha Empresa

Regulamento. Prémio Desafio OUSAR: Criar a minha Empresa Regulamento Prémio Desafio OUSAR: Criar a minha Empresa 2011/2012 Artigo 1º Organização e objetivo A AIMinho Associação Empresarial (AIMinho) leva a efeito o Prémio Desafio OUSAR: Criar a minha Empresa

Leia mais

Aniversário Cartoon Network

Aniversário Cartoon Network REGULAMENTO DO PASSATEMPO Aniversário Cartoon Network TURNER BROADCASTING SYSTEM ESPAÑA, S.L. com sede na Calle Serrano 38, 3º Piso, 28001, Madrid, Espanha (doravante, TURNER), lança o passatempo Aniversário

Leia mais

NORMAS REGULAMENTARES DOS MESTRADOS DO ISEG

NORMAS REGULAMENTARES DOS MESTRADOS DO ISEG NORMAS REGULAMENTARES DOS MESTRADOS DO ISEG Nos termos do artigo 26.º do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março e do Regulamento de Mestrados da Universidade Técnica de Lisboa (Deliberação do Senado da

Leia mais

Regulamento Passatempo de Desenho TOYOTA Carro de Sonho

Regulamento Passatempo de Desenho TOYOTA Carro de Sonho Regulamento Passatempo de Desenho TOYOTA Carro de Sonho Termos e condições de participação REQUISITOS DE ELIGIBILIDADE - A participação não exige a compra de qualquer produto ou o pagamento duma taxa de

Leia mais

Concurso. Regulamento

Concurso. Regulamento Concurso Regulamento Depois do sucesso da 1ª edição, o Concurso SITESTAR.PT está de regresso para lançar um novo desafio. A DECO e a DNS juntam-se para distinguir os jovens que desenvolvam websites originais

Leia mais

PASSATEMPO DE FOTOGRAFIA. Algarve, Segredos Patrimoniais - ruelas, becos e travessas com história REGULAMENTO GERAL

PASSATEMPO DE FOTOGRAFIA. Algarve, Segredos Patrimoniais - ruelas, becos e travessas com história REGULAMENTO GERAL PASSATEMPO DE FOTOGRAFIA Algarve, Segredos Patrimoniais - ruelas, becos e travessas com história REGULAMENTO GERAL Artigo 1º - Objectivos O passatempo de fotografia Algarve, Segredos Patrimoniais ruelas,

Leia mais

PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO

PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO ETAPAS DO PROCESSO DE CANDIDATURA 1ª Etapa Candidaturas: 1 Out 2014 28 Fev 2015. O prémio Consumus Dixit é aberto a todos trabalhos profissionais, académicos, personalidades

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO Big Brother Vip (Prémio Semanal)

REGULAMENTO CONCURSO Big Brother Vip (Prémio Semanal) REGULAMENTO CONCURSO Big Brother Vip (Prémio Semanal) Concurso publicitário nº 81/2013, autorizado pela Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna. 1. OBJECTIVOS. 1.1. O Big Brother - Vip

Leia mais

Regulamento do Passatempo Fula- Sonae Ganhe por dia 1 Máquina Fotográfica Canon

Regulamento do Passatempo Fula- Sonae Ganhe por dia 1 Máquina Fotográfica Canon Regulamento do Passatempo Fula- Sonae Ganhe por dia 1 Máquina Fotográfica Canon A Sovena Portugal - Consumer Goods, S.A., com sede na Rua General Ferreira Martins, 6 8º andar, Miraflores, 1495-137 Algés,

Leia mais

1. PRÊMIO MEU BLOG É UM SUCESSO 2014/2015 REGULAMENTO - 01 (11/02/2015) - PRAZOS DE INSCRIÇÕES E VOTAÇÃO.

1. PRÊMIO MEU BLOG É UM SUCESSO 2014/2015 REGULAMENTO - 01 (11/02/2015) - PRAZOS DE INSCRIÇÕES E VOTAÇÃO. 1. PRÊMIO MEU BLOG É UM SUCESSO 2014/2015 REGULAMENTO - 01 (11/02/2015) - PRAZOS DE INSCRIÇÕES E VOTAÇÃO. 1.1. Prêmio "Meu Blog é um Sucesso" - 1ª Edição ano 2014/2015 1.2. Categorias 1.3. Os Eleitos (Vencedores)

Leia mais

Autor Equipe do moodlebrasil.net Copyright Creative Commons Edição Setembro 2008. Guia do Aluno Online. Abril 2008 2

Autor Equipe do moodlebrasil.net Copyright Creative Commons Edição Setembro 2008. Guia do Aluno Online. Abril 2008 2 Guia do aluno Título Autor Equipe do moodlebrasil.net Copyright Creative Commons Edição Setembro 2008 Abril 2008 2 Índice 1. Introdução... 4 2. Metodologia... 4 3. Aulas online... 5 4. A avaliação... 5

Leia mais

1.3 Duração: O Passatempo decorrerá entre o dia 8 e as 23h59 do dia 21 de Setembro de 2014.

1.3 Duração: O Passatempo decorrerá entre o dia 8 e as 23h59 do dia 21 de Setembro de 2014. REGULAMENTO PASSATEMPO: A vida são 2 dias Acção promocional Garnier Narta Deocare 1. DEFINIÇÕES 1.1 Passatempo: Este passatempo visa premiar a melhor resposta à pergunta Porque é que mereces ganhar 48h

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE SETAS DE LISBOA REGULAMENTO 2012-2013 DARDOS ELECTRÓNICOS

ASSOCIAÇÃO DE SETAS DE LISBOA REGULAMENTO 2012-2013 DARDOS ELECTRÓNICOS ASSOCIAÇÃO DE SETAS DE LISBOA REGULAMENTO 2012-2013 DARDOS ELECTRÓNICOS REGULAMENTO 2012-2013 Ponto 1. Máquinas e distância de jogo Nas competições de dardos eletrónicos da Associação de Setas de Lisboa

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE. Site http://www.areastore.com/

POLÍTICA DE PRIVACIDADE. Site http://www.areastore.com/ a POLÍTICA DE PRIVACIDADE Site http://www.areastore.com/ A AREA Infinitas - Design de Interiores, S.A. ( AREA ) garante aos visitantes deste site ( Utilizador ou Utilizadores ) o respeito pela sua privacidade.

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros

REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros Página1 REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros 1. Apresentação O presente concurso é uma iniciativa promovida pela, no âmbito do Ano Europeu das Actividades Voluntárias que promovam uma Cidadania Activa

Leia mais

Viajante pelo Mundo - Continente

Viajante pelo Mundo - Continente Regulamento da Campanha Viajante pelo Mundo - Continente A The Walt Disney Company Portugal, Lda.., com sede em Rua Fonte da Caspolima, nº 6, 2º - Quinta da Fonte, Edifício Álvares Cabral, 2770-190 Paço

Leia mais

REGULAMENTO PASSATEMPO "CONHEÇA LISBOA COM CELINA TOURS"

REGULAMENTO PASSATEMPO CONHEÇA LISBOA COM CELINA TOURS REGULAMENTO PASSATEMPO "CONHEÇA LISBOA COM CELINA TOURS" A Celina Tours, Animação Turistica Lda, sociedade comercial por quotas com sede na Rua Carlos Reis, 25-4, com identificação de pessoa coletiva 509

Leia mais

FUTEBOL. www.inatel.pt

FUTEBOL. www.inatel.pt NORMAS ESPECIFICAS FUTEBOL www.inatel.pt FUTEBOL NORMAS ESPECIFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direção Desportiva, em complemento do Código Desportivo, para as provas organizadas

Leia mais

NORMAS DE PARTICIPAÇÃO. Concurso de Fotografia Castanheira de Pera Pelo Olhar do Futuro

NORMAS DE PARTICIPAÇÃO. Concurso de Fotografia Castanheira de Pera Pelo Olhar do Futuro NORMAS DE PARTICIPAÇÃO Concurso de Fotografia Castanheira de Pera Pelo Olhar do Futuro I PARTE APRESENTAÇÃO Artigo 1. o Organização No âmbito das comemorações do centenário da elevação de Castanheira de

Leia mais

Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferências e Reingressos do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferências e Reingressos do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferências e Reingressos do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Artigo 1.º Objecto e âmbito 1 - O presente regulamento disciplina, no cumprimento

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO Dança com as Estrelas 3ª Edição

REGULAMENTO CONCURSO Dança com as Estrelas 3ª Edição REGULAMENTO CONCURSO Dança com as Estrelas 3ª Edição Concurso Publicitário nº 36 / 2015, autorizado pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna 1. OBJECTIVOS. 1.1. O Dança com Estrelas

Leia mais

iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto

iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto REGULAMENTO Preâmbulo A Universidade do Porto tem vindo a desenvolver esforços para fomentar o empreendedorismo, criando para tal estruturas

Leia mais

REGULAMENTO. Atletas do Cabelo

REGULAMENTO. Atletas do Cabelo REGULAMENTO Atletas do Cabelo 1. DEFINIÇÕES 1.1 Passatempo: Iniciativa que visa premiar os 5 participantes mais votados na terceira fase do passatempo que partilhem as fotos mais criativas representativas

Leia mais

Regulamento de Gestão e Utilização da Plataforma elearning estudo. RReee

Regulamento de Gestão e Utilização da Plataforma elearning estudo. RReee Regulamento de Gestão e Utilização da Plataforma elearning estudo RReee Artigo 1º Objeto e âmbito 1. O presente regulamento define as normas de gestão, administração, acessos e utilização da Plataforma

Leia mais

Regulamento 2010/2011. Cursos de Treinadores de Futebol. Distrital (Nível I)

Regulamento 2010/2011. Cursos de Treinadores de Futebol. Distrital (Nível I) Regulamento 2010/2011 Cursos de Treinadores de Futebol (Nível I) 1.- ORGANIZAÇÃO A responsabilidade dos Cursos de Treinadores é da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), através do seu (SF), a quem compete

Leia mais

REGULAMENTO Passatempo: Há um tesouro à espera de ser descoberto. 1. Acção promocional Garnier Ultra Suave Tesouros de Mel

REGULAMENTO Passatempo: Há um tesouro à espera de ser descoberto. 1. Acção promocional Garnier Ultra Suave Tesouros de Mel REGULAMENTO Passatempo: Há um tesouro à espera de ser descoberto 1. Acção promocional Garnier Ultra Suave Tesouros de Mel A acção promocional Há um tesouro à espera de ser descoberto é uma acção promocional

Leia mais

FUTSAL. www.inatel.pt

FUTSAL. www.inatel.pt NORMAS ESPECIFICAS FUTSAL www.inatel.pt FUTSAL NORMAS ESPECIFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direção Desportiva, em complemento do Código Desportivo, para as provas organizadas

Leia mais

Termos de Utilização

Termos de Utilização Termos de Utilização INTRODUÇÃO Os presentes Termos de Utilização, regulam as relações entre o cliente utilizador dos serviços e Nuno da Costa Ferro (doravante DotPTweb ). A utilização de serviços fornecidos

Leia mais

Regulamento Campanha Promocional Páscoa - Oferta de 15 mediante compras de 40 Dolce Vita Douro

Regulamento Campanha Promocional Páscoa - Oferta de 15 mediante compras de 40 Dolce Vita Douro Regulamento Campanha Promocional Páscoa - Oferta de 15 mediante compras de 40 Dolce Vita Douro APLICAÇÃO VII INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, S.A., pessoa colectiva e matrícula nº504 840 266, vai levar a cabo,

Leia mais

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento 2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS Normas de Funcionamento Normas de Funcionamento Considerando a importância que a promoção da dinâmica desportiva assume no concelho, a Câmara Municipal da Lourinhã,

Leia mais

Regulamento do Provedor do Cliente da UNICRE, Instituição Financeira de Crédito, S.A.

Regulamento do Provedor do Cliente da UNICRE, Instituição Financeira de Crédito, S.A. Regulamento do Provedor do Cliente da UNICRE, Instituição Financeira de Crédito, S.A. Artigo 1º Funções O Provedor do Cliente é uma entidade independente das estruturas hierárquicas da UNICRE, que funciona

Leia mais

REGULAMENTO SKYDRIVE STUDIO. participação na campanha SkyDrive Studio. Caso persistam dúvidas após a leitura,

REGULAMENTO SKYDRIVE STUDIO. participação na campanha SkyDrive Studio. Caso persistam dúvidas após a leitura, REGULAMENTO SKYDRIVE STUDIO A consulta e compreensão deste regulamento é de extrema importância para a participação na campanha SkyDrive Studio. Caso persistam dúvidas após a leitura, poderás submetê-las

Leia mais

2º TORNEIO KICK-OFF / WORTEN

2º TORNEIO KICK-OFF / WORTEN 2º TORNEIO KICK-OFF / WORTEN DOSSIER DO TORNEIO 1. Introdução A nossa empresa conta com alguns anos de experiência na organização de eventos desportivos, surgindo este no seguimento de outros por nós realizados.

Leia mais

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO. Artigo 1º Âmbito

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO. Artigo 1º Âmbito ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO Artigo 1º Âmbito A Ordem dos Farmacêuticos (OF) tem vindo a estabelecer diversas parcerias, com o objectivo de facilitar o acesso à

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO CIENTISTAS E ARTISTAS II

REGULAMENTO DO CONCURSO CIENTISTAS E ARTISTAS II REGULAMENTO DO CONCURSO CIENTISTAS E ARTISTAS II 1. CONCURSO O Concurso Cientistas e Artistas II ( Concurso ) é uma iniciativa da TEXAS INSTRUMENTS PORTUGAL ( TI ) e tem como objectivo incentivar os alunos

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO Os Descendentes. Concurso publicitário nº 136/2015 autorizado pela Sec. Geral do MAI

REGULAMENTO DO CONCURSO Os Descendentes. Concurso publicitário nº 136/2015 autorizado pela Sec. Geral do MAI REGULAMENTO DO CONCURSO Os Descendentes Concurso publicitário nº 136/2015 autorizado pela Sec. Geral do MAI The Walt Disney Company Portugal, Lda., com sede em Rua Fonte de Caspolima, nº 6, 2º - Quinta

Leia mais

Concurso de Ideias e Planos de Negócio «Start-Up Universitário!»

Concurso de Ideias e Planos de Negócio «Start-Up Universitário!» Concurso de Ideias e Planos de Negócio «Start-Up Universitário!» REGULAMENTO Preâmbulo A capacitação da força laboral com formação avançada e a criação de um sector privado forte, adequando-os aos desafios

Leia mais

Campanha Skip Procuram-se Avós REGULAMENTO

Campanha Skip Procuram-se Avós REGULAMENTO Campanha Skip Procuram-se Avós REGULAMENTO 1.Campanha Procuram-se Avós A Unilever Jerónimo Martins, Lda., com sede no Largo Monterroio Mascarenhas n.º 1, Lisboa, pessoa colectiva nº503933139, matriculada

Leia mais

Concurso de desenho. Organizado entre dia 7 de Abril e 29 de Maio de 2015. Data limite de envio dos desenhos: 22 de Maio de 2015.

Concurso de desenho. Organizado entre dia 7 de Abril e 29 de Maio de 2015. Data limite de envio dos desenhos: 22 de Maio de 2015. Artigo 1 Apresentação 25 º Aniversário do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa Concurso de desenho Organizado entre dia 7 de Abril e 29 de Maio de 2015 Data limite de envio dos desenhos: 22 de Maio de

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE CRIAÇÃO DE MASCOTE DO CLUBE DESPORTIVO E RECREATIVO OS VINHAIS

REGULAMENTO DO CONCURSO DE CRIAÇÃO DE MASCOTE DO CLUBE DESPORTIVO E RECREATIVO OS VINHAIS REGULAMENTO DO CONCURSO DE CRIAÇÃO DE MASCOTE DO CLUBE DESPORTIVO E RECREATIVO OS VINHAIS Artigo 1º ÂMBITO O presente Regulamento estabelece os termos e condições de candidatura ao concurso lançado pelo

Leia mais

PASSATEMPO CUTTY SARK O Mundo é Nosso, o Design é Teu

PASSATEMPO CUTTY SARK O Mundo é Nosso, o Design é Teu PASSATEMPO CUTTY SARK O Mundo é Nosso, o Design é Teu Objectivos O Passatempo O Mundo é Nosso, o Design é Teu!, a seguir referido como Passatempo, é promovido pela SOGRAPE DISTRIBUIÇÃO, S.A., DISTRIBUIDOR

Leia mais

ESCOLA DE VERÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO

ESCOLA DE VERÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO ESCOLA DE VERÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO 1) Objectivos a) A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC) realiza a 1ª Edição da Escola de Verão com uma semana de ocupação para jovens

Leia mais

a) Os valores dos prémios serão em valor material, não sendo possível a atribuição do mesmo em valor monetário;

a) Os valores dos prémios serão em valor material, não sendo possível a atribuição do mesmo em valor monetário; REGULAMENTO 1. PRÉMIOS O torneio promovido pela CASA BENFICA, é um torneio do jogo de computador League of Legends (www.leagueoflegends.com) para participantes que jogam no servidor oficial Riot EU West.

Leia mais

A EVSolutions é uma entidade comercial sobre a colecta de Jorge Bruno registado na 1ª Rep. Finanças de Setúbal com o NIF PT205 100 198.

A EVSolutions é uma entidade comercial sobre a colecta de Jorge Bruno registado na 1ª Rep. Finanças de Setúbal com o NIF PT205 100 198. Termos de Utilização INTRODUÇÃO Os presentes Termos de Utilização, regulam as relações entre o cliente utilizador dos serviços e a entidade que fornece o serviço EVSolutions. A utilização de serviços fornecidos

Leia mais

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO Enquadramento geral Um dos principais desafios que se colocam à sociedade portuguesa é o do desenvolvimento de uma Sociedade de Informação, voltada para o uso

Leia mais

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ATENDIMENTO AO LEITOR SEMANÁRIO SOL Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ou ligue 210 434 000 Horário de Atendimento

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO CULTURAL DA COPA COPA PREMIADA TORCIDA ALFA

REGULAMENTO CONCURSO CULTURAL DA COPA COPA PREMIADA TORCIDA ALFA REGULAMENTO CONCURSO CULTURAL DA COPA COPA PREMIADA TORCIDA ALFA Leia este Regulamento com atenção, ele informa como participar do CONCURSO CULTURAL DA COPA - COPA PREMIADA - TORCIDA ALFA, promovido pela

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO Secret Story: Desafio Final 3

REGULAMENTO CONCURSO Secret Story: Desafio Final 3 REGULAMENTO CONCURSO Secret Story: Desafio Final 3 Concurso Publicitário nº 1/ 2015, autorizado pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna 1. OBJECTIVOS. 1.1. O Secret Story: Desafio

Leia mais

Regulamento das Condições de Ingresso dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais

Regulamento das Condições de Ingresso dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais Regulamento das Condições de Ingresso dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais Artigo 1.º Objeto e âmbito de aplicação O Presente Regulamento, nos termos dos artigos 11º, Condições de Ingresso, e 24º,

Leia mais

Regulamento Circuito Paulista de Natação (Filiados) 2015

Regulamento Circuito Paulista de Natação (Filiados) 2015 FEDERAÇÃO PAULISTA DE DESPORTOS PARA CEGOS Regulamento Circuito Paulista de Natação (Filiados) 2015 Circuito Paulista de Natação para Deficientes Visuais NATAÇÃO SEÇÃO I - DA COMPETIÇÃO I DOS OBJETIVOS

Leia mais

Regime de Frequência e Avaliação da Pós Graduação em Inteligência Competitiva e Comunicação no Desporto

Regime de Frequência e Avaliação da Pós Graduação em Inteligência Competitiva e Comunicação no Desporto Regime de Frequência e Avaliação da Pós Graduação em Inteligência Competitiva e Comunicação no Desporto Artigo 1.º Criação 1.1. A Escola Superior de Comunicação Social inclui na sua oferta educativa, uma

Leia mais

3º TORNEIO PATRICIUS GRANDE ESCOLHA 2015

3º TORNEIO PATRICIUS GRANDE ESCOLHA 2015 3º TORNEIO PATRICIUS GRANDE ESCOLHA 2015 - ARTIGO 1 O 3º Torneio PATRICIUS GRANDE ESCOLHA realiza-se no Campo de 5 situado no Parque da Cidade do Porto. - ARTIGO 2 Estrutura - 1ª Fase: Um Grupo de oito

Leia mais

Concurso de Ideias. Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros

Concurso de Ideias. Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros Braga, Maio 2012 REGULAMENTO O Prémio rege-se pelo presente regulamento, sendo o Júri soberano na sua interpretação, aplicação, e resolução de eventuais lacunas.

Leia mais

2.2.1 O prazo final de inscrição é 25 (vinte e cinco) de Setembro de 2014.

2.2.1 O prazo final de inscrição é 25 (vinte e cinco) de Setembro de 2014. 1. R E G U L A M E N T O O 1º PRÊMIO ABP DE JORNALISMO é uma iniciativa da Associação Brasileia de Psiquiatria ABP, que é uma associação científica sem fins lucrativos. O evento visa premiar e reconhecer

Leia mais

Designação Profissional CERSIM Corretor Especialista da Rede Secovi de Imóveis REGULAMENTO

Designação Profissional CERSIM Corretor Especialista da Rede Secovi de Imóveis REGULAMENTO Designação Profissional CERSIM Corretor Especialista da Rede Secovi de Imóveis REGULAMENTO As Diretorias do SECOVI SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais

Leia mais

Regras, Termos e Condições do sorteio SMS Ganhe uma das 10 contas VIP REGRAS, TERMOS E CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO NO SORTEIO

Regras, Termos e Condições do sorteio SMS Ganhe uma das 10 contas VIP REGRAS, TERMOS E CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO NO SORTEIO Regras, Termos e Condições do sorteio SMS Ganhe uma das 10 contas VIP O site www.swpt.org (abreviadamente SwPt) declara em conformidade com a legislação vigente, informar que os dados de carácter pessoal

Leia mais

Regulamento do. Programa de Estágios Curriculares. no Ministério dos Negócios Estrangeiros

Regulamento do. Programa de Estágios Curriculares. no Ministério dos Negócios Estrangeiros Regulamento do Programa de Estágios Curriculares no Ministério dos Negócios Estrangeiros Preâmbulo Na sequência do acordo tripartido celebrado entre o Governo e os parceiros sociais em junho de 2008 e

Leia mais

3 DAS INSCRIÇÕES PARA O PLANO DE NEGÓCIOS

3 DAS INSCRIÇÕES PARA O PLANO DE NEGÓCIOS REGULAMENTO 1 DOS OBJETIVOS 1.1. O Perfil Empreendedor é um concurso instituído pelo Grupo RBS com apoio do SEBRAE -RS, Comitê do Empreendedorismo e do Pavilhão de Inovação e tem como objetivo principal

Leia mais

REGULAMENTO. Prémio EDP University Challenge 2014. 8.ª Edição 2014. Com o apoio de:

REGULAMENTO. Prémio EDP University Challenge 2014. 8.ª Edição 2014. Com o apoio de: REGULAMENTO Prémio EDP University Challenge 2014 8.ª Edição 2014 Com o apoio de: 1 Artigo 1º Objectivo do Concurso 1. O Prémio EDP University Challenge 2014 (Prémio) é uma iniciativa da EDP Energias de

Leia mais

PRÊMIO CREA-RS DE JORNALISMO ESPECIAL 80 ANOS

PRÊMIO CREA-RS DE JORNALISMO ESPECIAL 80 ANOS REGULAMENTO PRÊMIO CREA-RS DE JORNALISMO ESPECIAL 80 ANOS DISPOSIÇÕES GERAIS 1º. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul, sob coordenação da Gerência de Comunicação e Marketing

Leia mais

Regulamento do Núcleo de Formação

Regulamento do Núcleo de Formação Regulamento do Núcleo de Formação 2013 1.Nota Introdutória Qualquer processo de formação com qualidade exige medidas e instrumentos de normalização e controlo, que permitam garantir desempenhos de excelência

Leia mais

REGULAMENTO DO IV CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS

REGULAMENTO DO IV CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS IV CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS Preâmbulo O CINC CASCAIS - IV Concurso de Ideias de Negócio do Concelho de Cascais é uma iniciativa de captação de ideias

Leia mais

A QUEM PODE DAR ORDENS PARA INVESTIMENTO COMO E ONDE SÃO EXECUTADAS

A QUEM PODE DAR ORDENS PARA INVESTIMENTO COMO E ONDE SÃO EXECUTADAS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS A QUEM PODE DAR ORDENS PARA INVESTIMENTO COMO E ONDE SÃO EXECUTADAS NOVEMBRO DE 2007 CMVM A 1 de Novembro de 2007 o

Leia mais

Regulamento Geral de Avaliação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Regulamento Geral de Avaliação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Regulamento Geral de Avaliação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa PREÂMBULO O actual Regulamento Geral de Avaliação (RGA) foi formulado, no essencial, em 2009 e reformulado em 2010. Teve

Leia mais

Termos & Condições www.grey.com (o website ) é de propriedade do Grupo Grey e operado por ele ( nosso, nós e nos ).

Termos & Condições www.grey.com (o website ) é de propriedade do Grupo Grey e operado por ele ( nosso, nós e nos ). Condições de Uso do Website Termos & Condições www.grey.com (o website ) é de propriedade do Grupo Grey e operado por ele ( nosso, nós e nos ). Ao acessar este site, você concorda em ficar vinculado a

Leia mais

MAYBELLINE NEW YORK PORTUGAL. Regulamento

MAYBELLINE NEW YORK PORTUGAL. Regulamento Regulamento Passatempo denominado 100% TU! by Maybelline New York 1. Passatempo 100% TU! by Maybelline New York O passatempo 100% TU! By Maybelline new York é uma ação promocional promovida pela L Oréal

Leia mais