Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir- se. Gn 3.7

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir- se. Gn 3.7"

Transcrição

1

2

3 Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu- o e o deu a seu marido, que comeu também. Gn 3.6

4 Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir- se. Gn 3.7

5 Ouvindo o homem e sua mulher os passos do Senhor Deus que andava pelo jardim quando soprava a brisa do dia, esconderam- se da presença do Senhor Deus entre as árvores do jardim. Gn 3.8

6 Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: Onde está você? E ele respondeu: Ouvi teus passos no jardim e fiquei com medo, porque estava nu; por isso me escondi. Gn

7 Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma. 1 Pe 2.11

8 Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo, a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens, não provém do Pai, mas do mundo. 1 Jo 2.15,16

9 Pelo contrário, revistam- se do Senhor Jesus Cristo, e não fiquem premeditando como sansfazer os desejos da carne. Rm 13.14

10 Comportemo- nos com decência, como quem age à luz do dia, não em orgias e bebedeiras, não em imoralidade sexual e depravação, não em desavença e inveja. Rm 13.13

11 Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente, Tt

12 enquanto aguardamos a bendita esperança: a gloriosa manifestação de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo. Ele se entregou por nós a fim de nos remir de toda a maldade e purificar para si mesmo um povo parncularmente seu, dedicado à pránca de boas obras. Tt

13 A Origem da Cobiça

14 Pois do interior do coração dos homens vêm os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os roubos, os homicídios, os adultérios, Mc 7:21

15 Não cobice em seu coração a sua beleza nem se deixe seduzir por seus olhares, Dt 6.25

16 Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem seus servos ou servas, nem seu boi ou jumento, nem coisa alguma que lhe pertença. Ex 20.17

17 Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças. Dt 6. 5

18 Por isso digo: vivam pelo Espírito, e de modo nenhum sansfarão os desejos da carne. Gl 5.16

19 Quanto à annga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir- se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, Ef 4.22

20 As Consequências da Cobiça

21 Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Tg 1.14

22 Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter- se consumado, gera a morte. Tg 1.15

23 Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter- se consumado, gera a morte. Tg 1.15

24 A Purificação do Coração

25 A visão bíblica sobre o coração Centro do Homem Interior Cognitivo Afetivo Volitivo Lc 6:45 - nossas ações têm origem no coração; Rm 10:10 crer acontece no coração, a fé está centrada nele; Ef 6:6 a vontade é exercida no coração; Mt 5:8 somos chamados para ter coração puro;

26 A visão bíblica sobre o coração Cognitivo Afetivo Volitivo A batalha da vida do cristão acontece no coração; O coração determina o que dizemos e pensamos; Pecado em uma vida é sempre expressão do coração.

27 A visão bíblica sobre o coração Ações Adoração Emoções Trabalho, Lazer Centro de Controle Pensamentos Comunicação, Palavras Desejos Finanças Fonte: Intr. ao Aconselhamento Bíblico Dr. Wayne Mack Motivações Anseios Uso do Tempo Família, Amigos

28 Confissão e Arrependimento

29 Receio que, ao visitá- los outra vez, o meu Deus me humilhe diante de vocês e eu lamente por causa de muitos que pecaram anteriormente e não se arrependeram da impureza, da imoralidade sexual e da libernnagem que prancaram. 2 Co 12.21

30 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injusnça. 1 Jo 1.9

31 SanYficação

32 Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem. 1Pe 1:15

33 Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria. É por causa dessas coisas que vem a ira de Deus sobre os que vivem na desobediência, Cl 3.5,6

34 Mas agora, abandonem todas estas coisas: ira, indignação, maldade, maledicência e linguagem indecente no falar. Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práncas Cl 3.8,9

35 e se revesnram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador. Cl 3.10

36 Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente, Tt 2.11,12

37 Conclusão:

38

Mateus 5: 8 Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus.

Mateus 5: 8 Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus. O Sermão do Monte Mateus 5: 8 Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus. O que Jesus quis dizer com estas palavras? 1. Coração Sl 24. 3 Quem poderá subir o monte do Senhor? Quem poderá entrar

Leia mais

No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio.

No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio. o amor se fez carne No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe

Leia mais

Todos nós queremos. vencer na vida. mas o que isso significa?

Todos nós queremos. vencer na vida. mas o que isso significa? Todos nós queremos vencer na vida mas o que isso significa? Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Romanos 8.37 Nada poderános separar do amor de Deus Quais

Leia mais

ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR

ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR A ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR #4 A ARTE DE AMAR COMO DEUS NOS AMA Henri Nouwen A volta do filho pródigo Esta é a filiação divina. E é a esta filiação que sou chamado.

Leia mais

Cultivando O Fruto do. Gálatas 5.22

Cultivando O Fruto do. Gálatas 5.22 Cultivando O Fruto do Espírito Santo Gálatas 5.22 Fé / Fidelidade Parte VIII Recapitulando Mansidão Domínio próprio Amor Alegria / Gozo Paz Fidelidade Longanimidade Bondade Benignidade 1 Introdução Fidelidade

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM TEOLOGIA SISTEMÁTICA. Uma Visão Panorâmica da Hamartiologia

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM TEOLOGIA SISTEMÁTICA. Uma Visão Panorâmica da Hamartiologia CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM TEOLOGIA SISTEMÁTICA Uma Visão Panorâmica da Hamartiologia 1) Etimologia Hamartia = pecado; logia (logos) = palavra, estudo, tratado 2) Conceito de Hamartiologia Hamartiologia é

Leia mais

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 7º ENCONTRO

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 7º ENCONTRO 7º ENCONTRO Como amar sua esposa Amor é fundamentalmente um verbo I Co 13:4-7 Paciente e bondoso, no original grego, são particípios, relacionados ao verbo ser. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha,

Leia mais

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS DE MOSSORÓ RN

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS DE MOSSORÓ RN IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS DE MOSSORÓ RN CURSO SOBRE O CREMOS DA ASSEMBLEIA DE DEUS Primeiro Artigo de Fé: Cremos em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas distintas: o Pai, o Filho

Leia mais

ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR

ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR EM BUSC DO PERFEITO MOR #3 DIZER, CONHECER, OBEDECER E NDR Sabemos que o conhecemos, se obedecemos aos seus mandamentos. quele que diz: Eu o conheço, mas não obedece aos seus mandamentos, é mentiroso,

Leia mais

Romanos 8: Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, e dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.

Romanos 8: Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, e dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Romanos 8:28-29 28 Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, e dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. 29 Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Recapitulando Nas aulas passadas vimos que muitas vezes a fé tem horário e local específico, na Igreja, no domingo, e no horário

Leia mais

Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição.

Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição. Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição. 1º Expectativa de Vida (estamos vivendo mais) 2º Apoio social (significa ter com quem contar em situações problemáticas).

Leia mais

Índice. Apresentação... 3

Índice. Apresentação... 3 Índice Apresentação... 3 Tempo do Advento 1. O Ano Litúrgico... 9 2. Origem do Ano Litúrgico... 10 3. O que quer dizer Advento?... 11 4. O que fazer no Advento?... 12 Primeiro Domingo do Advento... 14

Leia mais

Lição 11 Mordomia do trabalho Honestidade acima de tudo

Lição 11 Mordomia do trabalho Honestidade acima de tudo Lição 11 Mordomia do trabalho Honestidade acima de tudo Texto Bíblico: Gênesis 2.4-19 INTRODUÇÃO Na mente de muitos crentes ainda permanecem algumas sobras do pensamento que predominava na Idade Média,

Leia mais

ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR

ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR A ARTE DE AMAR EM BUSCA DO PERFEITO AMOR O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam isto proclamamos a respeito da Palavra

Leia mais

O Pecado. O Pecado é o oposto de Santidade - O Pecado separa o Homem de Deus

O Pecado. O Pecado é o oposto de Santidade - O Pecado separa o Homem de Deus O Pecado O Pecado é o oposto de Santidade - O Pecado separa o Homem de Deus Hebreus 10:26-27 Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais

Leia mais

Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira

Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira Introdução Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente,

Leia mais

Tudo se resolve com uma boa conversa? Protesto!

Tudo se resolve com uma boa conversa? Protesto! Tudo se resolve com uma boa conversa? Protesto! A Difícil Arte de Comunicar-se... Palavras Fundo de Experiência Fundo de Experiência A Difícil Arte de Comunicar-se... Palavras Fundo de Experiência Fundo

Leia mais

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João 3.16-17 INTRODUÇÃO Do texto lido, faço à igreja duas perguntas: Por quejesus morreu na cruz? Para que Jesus morreu na cruz? O por que e o para

Leia mais

SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer.

SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer. SOMOS VENCEDORES EM CRISTO JESUS Quero usar a figura de um atleta - é alguém que sabe que tem um potencial pra vencer. Você sabia que no Reino de Deus todos nós somos atletas de Cristo? Paulo usa essa

Leia mais

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA NASCIMENTO Pb. Márcio Tarcísio Mendonça Ferreira 5º) NA NECESSIDADE ABSOLUTA DO PELA GRAÇA DE

Leia mais

FUJA DO PECADO! Diego Fernandes

FUJA DO PECADO! Diego Fernandes FUJA DO PECADO! Diego Fernandes 1 Tessalonicenses 5:22 Afastem-se de toda forma de mal. Genesis 4:7 Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja

Leia mais

Uma pergunta frequente? Como posso crer em um Deus que se afirma totalmente bom e poderoso diante de tanto sofrimento na história e no mundo?

Uma pergunta frequente? Como posso crer em um Deus que se afirma totalmente bom e poderoso diante de tanto sofrimento na história e no mundo? Uma pergunta frequente? Como posso crer em um Deus que se afirma totalmente bom e poderoso diante de tanto sofrimento na história e no mundo? Onde estava Deus, quando tudo isso aconteceu? Uma pergunta

Leia mais

O AMIGÃO do Pastor. Um Periódico em Prol da Pregação do Evangelho de Jesus Cristo - VOL. 4 - Nº 34 ABR/94

O AMIGÃO do Pastor. Um Periódico em Prol da Pregação do Evangelho de Jesus Cristo - VOL. 4 - Nº 34 ABR/94 O AMIGÃO do Pastor Um Periódico em Prol da Pregação do Evangelho de Jesus Cristo - VOL. 4 - Nº 34 ABR/94 CARACTERÍSTICAS DA NOVA VIDA EM CRISTO Pr. Manoel F. Cano. Texto: 2 Co. 5:17 Introdução: 1. A vida

Leia mais

Por que. devo me batizar?

Por que. devo me batizar? Por que devo me batizar? A bíblia ensina sobre a importância do batismo nas àguas para todos os que entregam sua vida a Jesus Cristo. Não se trata de uma opção ao cristão convertido, ou algo facultativo,

Leia mais

Não tenho maior alegria que esta, a de ouvir que os filhos amam a verdade. 3 João 4

Não tenho maior alegria que esta, a de ouvir que os filhos amam a verdade. 3 João 4 Não tenho maior alegria que esta, a de ouvir que os filhos amam a verdade. 3 João 4 Ser motivado na vida de um dos discípulos de Jesus, que como nós, possuía defeitos, mas que, como é possível a nós, foi

Leia mais

Leitura do Livro do Êxodo

Leitura do Livro do Êxodo 339 DOMINGO XXX LEITURA I Ex 22, 20-26 Leitura do Livro do Êxodo «Se fizerdes algum mal à viúva e ao órfão, inflamar-se-á a minha ira contra vós» Eis o que diz o Senhor: «Não prejudicarás o estrangeiro,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da

21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da 21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que

Leia mais

O amor O faz diferente!

O amor O faz diferente! O amor O faz diferente! Quem eu deveria ser? Que as escrituras apresentam o homem como criatura de Deus Criado diretamente por Deus Colocado em posição exaltada Que o homem foi feito a imagem e semelhança

Leia mais

O que Deus pode efetuar com o casamento unindo um homem e uma mulher formando um lar?

O que Deus pode efetuar com o casamento unindo um homem e uma mulher formando um lar? O que Deus pode efetuar com o casamento unindo um homem e uma mulher formando um lar? 1 Como obter transformação em nossa vida e em nosso casamento e família de forma prática com a Bíblia? Utilizando a

Leia mais

Israel Mazzacorati Ibaviva 2016

Israel Mazzacorati Ibaviva 2016 Israel Mazzacorati Ibaviva 2016 A Igreja é o Corpo de Cristo; o plano eterno e cósmico de Deus, realizado em Cristo Jesus, no poder e no testemunho do Espírito Santo, que se concretiza na história através

Leia mais

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério terreno do Nosso Senhor

Leia mais

Chegar ao culto na igreja, sentar-se no seu lugar de costume e não cumprimentar quem está próximo.

Chegar ao culto na igreja, sentar-se no seu lugar de costume e não cumprimentar quem está próximo. Chegar ao culto na igreja, sentar-se no seu lugar de costume e não cumprimentar quem está próximo. Cumprir os horários nos compromissos da escola, trabalho, consultas médicas, viagens, etc, mas sempre

Leia mais

O papel central da Igreja: A Glória de Deus. Um breve estudo em João 15

O papel central da Igreja: A Glória de Deus. Um breve estudo em João 15 O papel central da Igreja: A Glória de Deus Um breve estudo em João 15 Entendendo o texto Jesus estava em seus últimos momentos como homem, na terra. Jesus estava advertindo seus discípulos a não imitarem

Leia mais

5. Domínio Próprio e Emoções

5. Domínio Próprio e Emoções 1 5. Domínio Próprio e Emoções Conceito chave Domínio Próprio Leia e marque com? se você não entendeu algo, e com! se compreendeu bem. No Novo Testamento, domínio próprio é a tradução da palavra grega

Leia mais

A PÁSCOA 2016 = 7-10/04. UM SÓ POVO Efésios 2: 16-18

A PÁSCOA 2016 = 7-10/04. UM SÓ POVO Efésios 2: 16-18 A PÁSCOA 2016 = 7-10/04 UM SÓ POVO Efésios 2: 16-18 A Páscoa A Festa do Pão Ázimo 1 Coríntios 5:6-8 Não é boa a vossa jactância (orgulho). Não sabeis que um pouco de fermento faz levedar toda a massa?

Leia mais

Importância da Ressurreição de Cristo

Importância da Ressurreição de Cristo Introdução à 22/08/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Importância da Ressurreição de Cristo O que as escrituras afirmam sobre a ressurreição de Cristo? 1. Doutrina fundamental do Cristianismo:

Leia mais

O Evangelho é prático Parte 1. Romanos 12:9-21

O Evangelho é prático Parte 1. Romanos 12:9-21 O Evangelho é prático Parte 1 Romanos 12:9-21 O amor deve ser sincero. Odeiem o que é mau; apeguem-se ao que é bom. Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do

Leia mais

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO I - A ORIGEM DO PECADO 1. Em relação a Deus. Em Seu plano permitiu que suas criaturas (anjos e homens) tivessem a liberdade (livre arbítrio) de viver em amor e obediência

Leia mais

O Cristão Carnal Aula 10 Texto Básico Rm 7 ; 1 co 3.1-4

O Cristão Carnal Aula 10 Texto Básico Rm 7 ; 1 co 3.1-4 O Cristão Carnal Aula 10 Texto Básico Rm 7 ; 1 co 3.1-4 Nosso estudo lida com a realidade de nossa natureza regenerada. Não temos mais a natureza caída de quando nascemos, fomos regenerados. Também não

Leia mais

9 Princípios Bíblicos

9 Princípios Bíblicos 9 Princípios Bíblicos...E promessas em áreas básicas no aconselhamento de jovens por Ken Collins ABUSO FÍSICO E PESSOAL APARÊNCIA Deus pode consolar e fortalecer Sl 86 Deus dá maior valor à beleza interior

Leia mais

Pequenos Estudos Comunitários

Pequenos Estudos Comunitários Pequenos Estudos Comunitários O Perdão MCR Agosto de 2010 O perdão Perdão : remissão de pena ou de ofensa ou de dívida; desculpa; indulto. Forma de civilidade com que se pede desculpa. A sensação de liberdade

Leia mais

O QUE DEUS PODE FAZER COM OSSOS SECOS. Ezequiel 37:1-14

O QUE DEUS PODE FAZER COM OSSOS SECOS. Ezequiel 37:1-14 O QUE DEUS PODE FAZER COM OSSOS SECOS Ezequiel 37:1-14 A mão do Senhor estava sobre mim, e por seu Espírito ele me levou a um vale cheio de ossos. Ele me levou de um lado para outro, e pude ver que era

Leia mais

Uma temática que desperta interesse. 44 profecias sobre o fim do mundo

Uma temática que desperta interesse. 44 profecias sobre o fim do mundo Uma temática que desperta interesse 44 profecias sobre o fim do mundo O Perfil dos Profetas do Apocalipse Líderes religiosos Místicos orientais Ufologistas Astrônomos Geólogos Climatologistas Produtores

Leia mais

DISCIPULADO DE BATISMO I.P. A MENSAGEM DA ULTIMA HORA

DISCIPULADO DE BATISMO I.P. A MENSAGEM DA ULTIMA HORA DISCIPULADO DE BATISMO I.P. A MENSAGEM DA ULTIMA HORA LIÇÃO N 01 Batismo nas Águas O batismo nas águas não é opcional: é um mandamento deixado por Jesus. Aquele que aceita Jesus como Senhor e Salvador

Leia mais

O que te motiva a viver?

O que te motiva a viver? O que te motiva a viver? Texto Bíblico: Efésios 5.1-17 Observem o bem que Deus faz, e façam o mesmo! E o que Deus faz é, principalmente amar vocês. Aprendam com ele a vida de amor. Observem como Cristo

Leia mais

A Sedução da Auto-Estima

A Sedução da Auto-Estima A Sedução da Auto-Estima Aula 1: Criados para adorar Aula 2: A sedução da auto-estima Aula 3: Uma perspectiva bíblica sobre nós mesmos Aula 4: Verdade Bíblica X Perspectivas atuais 1 Aula 1 - Criados para

Leia mais

Vida de Qualidade. Gálatas

Vida de Qualidade. Gálatas Vida de Qualidade Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez,

Leia mais

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes SANTIFICAÇÃO Devocional Céus Abertos Pastor Carlito Paes 2 ROTEIRO Santificação Parte 1 Introdução O significado de santidade As duas ênfases da Santificação As duas naturezas do cristão Santificação Parte

Leia mais

NOSSO DESTINO: A RESSURREIÇÃO DO CORPO.

NOSSO DESTINO: A RESSURREIÇÃO DO CORPO. NOSSO DESTINO: A RESSURREIÇÃO DO CORPO. O CÉU É UMA EXPERIÊNCIA CORPÓREA Mt 22, 23-32 I COR 2, 9-10 É como está escrito: Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou

Leia mais

erbreberbebebrbeabe ebetbet

erbreberbebebrbeabe ebetbet erbreberbebebrbeabe ebetbet Mensagem 01 Piedade na Palavra Pregador: Davi Merkh Data: 2 08 2009 INTRODUÇÃO: PIEDADE NA PALAVRA (pelo Espírito) 2 Últimas Palavras * Como foram as entradas hoje em Nova Iorque?

Leia mais

INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização.

INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização. INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização. - O trabalho de ganhar almas é de iniciativa divina e somente quem tem comunhão com o Senhor

Leia mais

Tentação: Mau Desejo a ser Vencido

Tentação: Mau Desejo a ser Vencido Tentação: Mau Desejo a ser Vencido 1. Competência a ser construída: Vencer as tentações para fortalecer a fé Encontro 29 Os primeiros capítulos do livro de Jó revelam da história de como um servo fiel

Leia mais

Bases Para Terapia Bíblica

Bases Para Terapia Bíblica Bases Para Terapia Bíblica Aula 3 A Igreja e o Aconselhamento Bíblico INTRODUÇÃO - Desenhe a igreja : Defina igreja : IGREJA ( EKKLESIA ) : Chamado para fora...com um propósito. A quem ela pertence? Mateus

Leia mais

INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo.

INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. - O primeiro a pregar o evangelho ao homem foi o próprio Deus no Éden. I O PROTOEVANGELHO

Leia mais

O Caminho da Vontade de Deus NO TEMPO EM QUE OS REIS SAEM A GUERRA

O Caminho da Vontade de Deus NO TEMPO EM QUE OS REIS SAEM A GUERRA O Caminho da Vontade de Deus NO TEMPO EM QUE OS REIS SAEM A GUERRA Um campo de batalha Meu casamento Efésios 6: 10-18 Efésios 6: 10-18 No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu

Leia mais

Os 5 Pontos do Calvinismo. Aula 13/07/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os 5 Pontos do Calvinismo. Aula 13/07/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os 5 Pontos do Calvinismo Aula 13/07/2014 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Origem Foi uma reação de discípulos de João Calvino (1509-1564) a um protesto dos seguidores de James Arminus (Jacob Hermann

Leia mais

OS VERDADEIROS ADORADORES

OS VERDADEIROS ADORADORES - Aula 3 OS VERDADEIROS ADORADORES Objetivo: ao final da aula, o aluno deverá buscar se identificar como um adorador dentro dos padrões bíblicos, empenhando-se por cultuar a Deus do modo que O agrada e

Leia mais

OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo.

OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. OO primeiro a pregar o evangelho ao homem foi o próprio Deus no Éden. www.portalebd.org.br

Leia mais

Escrito por Presb. Taciano Cassimiro Seg, 02 de Fevereiro de :25 - Última atualização Ter, 03 de Fevereiro de :07

Escrito por Presb. Taciano Cassimiro Seg, 02 de Fevereiro de :25 - Última atualização Ter, 03 de Fevereiro de :07 Falar sobre oração é fácil, difícil é pratica-la, é torna-la real em nosso dia a dia. Contudo somos ensinados nas Escrituras a orar sem cessar, 1 Ts 5.17. Cristo Jesus é nosso exemplo maior, é nosso modelo

Leia mais

Época de vigor e alegria

Época de vigor e alegria Época de vigor e alegria Eclesiastes 11:9 Alegra-te, na tua mocidade, e anime-te o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos; sabe, porém,

Leia mais

Um Problema Emergente!

Um Problema Emergente! Um Problema Emergente! I. O crescente número de divórcios. Se não der certo.... Individualismo Hedonista Jesus respondeu: Moisés permitiu que vocês se divorciassem de suas mulheres por causa da dureza

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO Sumário Introdução 1. A compreensão do dízimo 1.1 Os fundamentos do dízimo 1.2 O que é o dízimo? 1.3 As dimensões do dízimo 1.4 As finalidades do dízimo 2. Orientações

Leia mais

Gloria in excelsis Deo - O Cântico dos Anjos

Gloria in excelsis Deo - O Cântico dos Anjos Gloria in excelsis Deo - O Cântico dos Anjos Lucas 2.14 Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens aos quais ele concede o seu favor. O coral dos anjos É pena que não nos impressiona, mas o que

Leia mais

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1 1 O caminho da harmonia. Colossenses 3 e 4 Col 3:1-3 Introdução: Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham

Leia mais

NO PERDÃO DOS PECADOS

NO PERDÃO DOS PECADOS CREMOS IEADEM NO PERDÃO DOS PECADOS, NA SALVAÇÃO PRESENTE E PERFEITA E NA ETERNA JUSTIFICAÇÃO DA ALMA RECEBIDOS GRATUITAMENTE DE DEUS PELA FÉ NO SACRIFÍCIO EFETUADO POR JESUS CRISTO EM NOSSO FAVOR (AT

Leia mais

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Modelo Dep-01 Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Ano 5º Ano letivo 2013 / 2014 Disciplina EMRC Turmas A, B, C, D, E, F, G, H, I, J Professores:

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DECLARAÇÃO DE FÉ CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DAI-AMTB Departamento de Assuntos Indígenas, Associação de Missões Transculturais Brasileiras Campo Grande, MS: 2016

Leia mais

A esperança segundo a Bíblia. Devocional. Russell Shedd

A esperança segundo a Bíblia. Devocional. Russell Shedd Devocional A esperança segundo a Bíblia A Bíblia inspira esperança. De Gênesis a Apocalipse, há uma corrente animadora de antecipação. A catástrofe no Jardim do Éden provocou a ira de Deus contra os culpados

Leia mais

HUMANIDADE SEM PECADO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. G. H. Hayhoe

HUMANIDADE SEM PECADO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. G. H. Hayhoe A HUMANIDADE SEM PECADO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO G. H. Hayhoe Tradução Mario Persona * * * * * COMENTÁRIOS SOBRE A HUMANIDADE SEM PECADO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO "Porque nele habita corporalmente

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quarta-feira da 5ª Semana da Quaresma Ó Deus de

Leia mais

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos NOVENA À NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO 1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos Vós que consolastes a pobre Joaneta em meio à sua aflição familiar, concedei a graça que tanto necessito, intercedendo junto a Jesus

Leia mais

A ALIANÇA MATRIMONIAL

A ALIANÇA MATRIMONIAL A ALIANÇA MATRIMONIAL Introdução Mc 10.2-9 - A pergunta sobre divórcio recebe como resposta uma referência ao princípio. Jesus apontou o correto entendimento de Gênesis 2.23-24 como resposta à questão

Leia mais

Quando a calamidade assalta as nossas vidas... Deus nos dá uma viva esperança!

Quando a calamidade assalta as nossas vidas... Deus nos dá uma viva esperança! Quando a calamidade assalta as nossas vidas... 11 Amados, exorto-vos, como peregrinos e forasteiros que sois, a vos absterdes das paixões carnais, que fazem guerra contra a alma, 12 mantendo exemplar o

Leia mais

QUAL O TEMPLO QUE DEUS HABITA AGORA?

QUAL O TEMPLO QUE DEUS HABITA AGORA? SÉRIE Por que precisamos ser cheios do Espírito Santo mais do que tudo? QUAL O TEMPLO QUE DEUS HABITA AGORA? Espírito Santo grego: parakletos CONSOLADOR CONSELHEIRO AUXILIADOR AMIGO Aquele que está ao

Leia mais

Era o homem mais rico de todo o Oriente

Era o homem mais rico de todo o Oriente JÓ Homem Íntegro Reto Temente a Deus Se desvia do mal 7 filhos 3 filhas 7.000 ovelhas 3.000 camelos 500 juntas de bois 500 jumentas Era o homem mais rico de todo o Oriente E iam seus filhos à casa uns

Leia mais

ENGAJAMENTO Unidos pela causa do Evangelho

ENGAJAMENTO Unidos pela causa do Evangelho Nossa Visão Uma cidade transformada por Cristo por meio de uma igreja acolhedora que desenvolve cura social e renovação cultural, formando autênticos discípulos de Cristo transformados por meio do Evangelho.

Leia mais

HISTÓRIA DA IGREJA. Prof. GUILHERME WOOD. APOSTILA NO SITE: http://www.ibcu.org.br/apostilas/historiaigreja.pdf

HISTÓRIA DA IGREJA. Prof. GUILHERME WOOD. APOSTILA NO SITE: http://www.ibcu.org.br/apostilas/historiaigreja.pdf HISTÓRIA DA IGREJA Prof. GUILHERME WOOD APOSTILA NO SITE: http://www.ibcu.org.br/apostilas/historiaigreja.pdf Reforma Protestante - Antinomismo Acusação contra Lutero Lutero x Johann Schneider (João (

Leia mais

Vivendo a Vida Santa

Vivendo a Vida Santa Livrinho 2 Pàgina 35 Lição Cinco Vivendo a Vida Santa Pode você descrever numa só palavra a qualidade de vida que procura levar? Muitas e variadas respostas são dadas a essa pergunta. Mas, da perspectiva

Leia mais

DOMINGO VI DA PÁSCOA

DOMINGO VI DA PÁSCOA 237 DOMINGO VI DA PÁSCOA LEITURA I Actos 10, 25-26.34-35.44-48 «O Espírito Santo difundia-se também sobre os pagãos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro chegou a casa de Cornélio. Este

Leia mais

A Batalha Contra a Carne. Aula - 05

A Batalha Contra a Carne. Aula - 05 A Batalha Contra a Carne Aula - 05 A Batalha Contra a Carne Textos Básicos: Gl 5.16-23; Mt 26.41 A vida cristã é uma peregrinação. Usando a linguagem das Escrituras, é uma viagem que se faz à pé. O ato

Leia mais

Namoro Cristão. Este é o mandamento deixando por Deus a todos, sejam jovens ou anciãos!

Namoro Cristão. Este é o mandamento deixando por Deus a todos, sejam jovens ou anciãos! Namoro Cristão Como ser puros em dias nos quais a sexualidade é tão explorada? Não é muito fácil! Hora após horas nos deparamos com o diabo oferecendo um cardápio "convidativo", mexendo com nossos sentidos.

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Segunda-feira da 12ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Senhor,

Leia mais

O OBREIRO E O RELACIONAMENTO FAMILIAR Ef 5:22-23 Ef 6:1-4 I Pe 3:1-7 I Cor 7:3-5 I Cor 7:33-34

O OBREIRO E O RELACIONAMENTO FAMILIAR Ef 5:22-23 Ef 6:1-4 I Pe 3:1-7 I Cor 7:3-5 I Cor 7:33-34 O OBREIRO E O RELACIONAMENTO FAMILIAR Ef 5:22-23 Ef 6:1-4 I Pe 3:1-7 I Cor 7:3-5 I Cor 7:33-34 INTRODUÇÃO: De conformidade com a palavra de Deus, o obreiro deve ter um bom, correto e eficaz relacionamento

Leia mais

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 1. Antes de entregar a lei, Deus já havia feito uma aliança com o povo. Em Êxodo 19.1-4, Deus lembra o povo do seu pacto, confirmado demonstrado em um fato. Qual é o

Leia mais

- Um compromisso de oração que vai mudar a sua vida -

- Um compromisso de oração que vai mudar a sua vida - 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 - Um compromisso de oração que vai mudar a sua vida - Dia 0 - Tempo de adoração e gratidão Leitura Bíblica: Ap. Motivos de Oração: Agradeça pela salvação, família,

Leia mais

HINOS DO HINÁRIO LUTERANO RELACIONADOS COM A SÉRIE TRIENAL

HINOS DO HINÁRIO LUTERANO RELACIONADOS COM A SÉRIE TRIENAL HINOS DO HINÁRIO LUTERANO RELACIONADOS COM A SÉRIE TRIENAL Raul Blum Este trabalho foi elaborado por três classes de alunos da Escola Superior de Teologia do Instituto Concórdia de São Paulo no final da

Leia mais

«Vai, profeta, ao meu povo»

«Vai, profeta, ao meu povo» Perdão, Senhor. «Vai, profeta, ao meu povo» Leitura da Profecia de Amós Amós 7, 12-15 Naqueles dias, Amasias, sacerdote de Betel, disse a Amós: «Vai-te daqui, vidente. Foge para a terra de Judá. Aí ganharás

Leia mais

21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da

21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da 21. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo. 22. Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23. pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que

Leia mais

A Narração da História.

A Narração da História. 1 Amor e Perdão Lc 7.36-50 Jesus estava em Betânia, na casa de Simão, o leproso que fora curado por Ele; fora convidado por Simão para um jantar. A gratidão e o reconhecimento de Jesus como o Messias fez

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

IGREJA. Sua Natureza

IGREJA. Sua Natureza IGREJA Sua Natureza A igreja é a comunidade de todos os cristãos de todos os tempos. Wayne Grudem A igreja é o novo Israel de Deus que revela nesse tempo Sua glória Thiessen A igreja é a a assembléia dos

Leia mais

Guia orientador de meditação bíblica diária Epístola aos Romanos (2)

Guia orientador de meditação bíblica diária Epístola aos Romanos (2) Pág. 1 Pessoal, ainda lembram o meu nome? Sou o Rômulo, membro da igreja em Roma e estou contando sobre uma carta que recebemos de um Sr. Paulo. Já mencionei que a recepção desta carta gerou o maior alvoroço

Leia mais

LIÇÃO 02: SÓ A GRAÇA O PREÇO DE DEUS. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi,

LIÇÃO 02: SÓ A GRAÇA O PREÇO DE DEUS. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, LIÇÃO 02: SÓ A GRAÇA O PREÇO DE DEUS TEXTO BÁSICO: Marcos 10:48 E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim! INTRODUÇÃO Graça quer

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo O problema do mal O problema do mal Precisamos, minimamente, pincelar sobre o Problema do Mal (ou pelo menos

Leia mais

DISCÍPULO MIRIM O PROPÓSITO ETERNO DE DEUS. (Princípios Elementares) IGREJA EM JI-PARANÁ - RO

DISCÍPULO MIRIM O PROPÓSITO ETERNO DE DEUS. (Princípios Elementares) IGREJA EM JI-PARANÁ - RO DISCÍPULO MIRIM O PROPÓSITO ETERNO DE DEUS (Princípios Elementares) IGREJA EM JI-PARANÁ - RO ÍNDICE INTRODUÇÃO...02 LIÇÃO 1 - Por que eu existo?...04 LIÇÃO 2 - Qual é o propósito eterno de Deus?...06 ATIVIDADES

Leia mais

Estudo Biblico da Mocidade - Volume 1, Lição 2: Adão e Eva

Estudo Biblico da Mocidade - Volume 1, Lição 2: Adão e Eva Estudo Biblico da Mocidade - Volume 1, Lição 2: Adão e Eva blico da Mocidade Lição 2 Estudo Bíb 2003 Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional Adão e Eva Página 1 Deus sabia que Adão se sentiria

Leia mais

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Rebelião Redenção e Predo por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Vitória no deserto 6 LIÇÃO Predo por: Pr. Wellington Almeida O Conflito continua esboço LIÇÃO - I TRI 2016 6 INTRODUÇÃO DOM O EMANUEL SEG

Leia mais