Questão: Como advogado de Jonas, redija a peça cabível para defender seus interesses colocando na data o prazo final da apresentação de sua peça.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Questão: Como advogado de Jonas, redija a peça cabível para defender seus interesses colocando na data o prazo final da apresentação de sua peça."

Transcrição

1 Caso prático Manoel da Lagoa, residente e domiciliado na Rua Harmonia nº 51, apto 15, Vila Madalena, ingressou com Ação de Indenização por danos morais e materiais contra Jonas da Pedreira, brasileiro, cabeleireiro, solteiro, seu vizinho do andar de cima, e que mora no apto 25. Segundo alega Manoel às partes teriam se envolvido numa briga na assembleia de condomínio datada de , sendo certo que Jonas teria se exaltado e chamado Manoel de pessoa sem classe, desafortunado e ainda teria dito que a esposa se Manoel o traia com o vizinho do apto 24. Em sua inicial, que tramita perante a 1º Vara da Federal de São Paulo, sob o número 1690/12, Manoel pede para ser indenizado pela suposta afronta em sua moral, no valor de R$ ,00 (cinquenta mil reais), além de alegar que em virtude destas ofensas perdeu seu cargo de síndico que iria até 30/09/2014, tendo que arcar com as cotas condominiais deste período em que seria isento, sendo que a cota mensal seria de R$ 500,00 por mês. Jonas, porém, não estava nesta assembleia, pois na data alegada pelo autor participava de um congresso de Produtos de Beleza, na Espanha, tendo como comprovar que estava fora do país, e tem conhecimento de que de fato a briga aconteceu, mas não sabe dizer quem são os envolvidos. Segundo seu vizinho do apartamento 26, quem proferiu palavras de baixo calão e deu ensejo a briga, fora Manoel, que suspeitando estar sendo traído pela esposa com algum vizinho, passou a agredir verbalmente todos os presentes. Ademais, a cota condominial mensal é R$ 300,00, sendo que Jonas tem os comprovantes de pagamento, e Manoel nunca foi sindico. Jonas recebeu a citação na data de 21/09/2014 (domingo) sendo que o mandado foi juntado aos autos na data de 25/09/2014 (quinta feira ) Questão: Como advogado de Jonas, redija a peça cabível para defender seus interesses colocando na data o prazo final da apresentação de sua peça.

2 EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA 1ª VARA FEDERAL DE SÃO PAULO PROCESSO Nº 1690/2012 JONAS DA PEDREIRA, brasileiro, solteiro, cabeleireiro, portador da cédula de identidade RG nº..., inscrita no CPF/MF nº..., residente e domiciliado na Rua Harmonia, nº 51, apto. 25, bairro..., município..., Estado de..., vem, perante Vossa Excelência, por intermédio de seu advogado que ao final subscreve e que recebe intimações na..., nº..., município..., Estado..., apresentar CONTESTAÇÃO, com fulcro no artigo 300 e seguintes do CPC, na ação que lhe move MANOEL DA LAGOA, já qualificado nos autos em epígrafe, pelos fatos e fundamentos a seguir expostos: I SÍNTESE DA INICIAL Alega o autor ter se envolvido em briga com o réu, na assembleia de condomínio ocorrida em 25/04/14, momento em que supostamente teria sido ofendido em sua honra por, além de ter sido chamado de pessoa sem classe e desafortunada, também teria o réu dito que sua esposa o traía com o vizinho do apartamento 24. Aduz ainda, que, em razão dessa briga, teria perdido o seu cargo de síndico, com mandato até 30/09/14, precisando arcar com o pagamento das cotas condominiais mensais no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).

3 Ao final requereu indenização no valor de R$ ,00 (cinquenta mil reais) pela suposta afronta em sua moral, além dos danos materiais sofridos em face da perda do cargo de síndico do condomínio. Não obstante isso, como demonstrar-se-á, as alegações do autor não condizem com a realidade fática, motivo pelo qual não merecem prosperar seus pedidos. II DA VERDADE DOS FATOS E DO MÉRITO II. a - PRELIMINARES Em atenção ao princípio da concentração dos atos, compete ao réu, antes de apresentar sua defesa, alegar toda a matéria de vício processual que possa fulminar a ação, nos termos do art. 301 do CPC. Nesse sentido, a presente ação é carecedora de um dos pressupostos processuais de validade, isto é, o juízo competente, uma vez que para conhecer esta demanda, é competente o juízo civil, sendo a Vara Federal absolutamente incompetente para processar e julgar este caso, nos termos do art. 109 da CF e art. 100 do CPC. Não só, mas também está ausente uma das condições da ação, uma vez ser o réu parte ilegítima para figurar no polo passivo desta demanda, por não ter dado causa aos fatos alegados, tendo em vista estar, no dia em questão, em viagem na Espanha, devendo, assim ser o processo extinto sem resolução do mérito, nos termos do art. 267, VI, do CPC. II. b - DO MÉRITO Caso Vossa Excelência entenda superáveis as preliminares arguidas, no mérito melhor sorte não assiste ao autor, senão vejamos. Dispõe o art. 186 c/c art. 927 do CC que aquele que causar dano a alguém terá o dever de reparar.

4 Ocorre que o réu não se encontrava no país, quiçá na Assembleia de condomínio no dia do suposto fato, pois, conforme já alegado, estava em viagem para a Espanha, conforme se depreende dos inclusos comprovantes. De maneira que é impossível atribuir ao réu as ofensas alegadas. Ademais, há testemunhas que poderão afirmar que foi o próprio autor quem deu ensejo para o início da briga, razão pela qual não há dano indenizável por ausência de nexo causal entre a realidade e o suposto dano. Além disso, não há em que se falar em perdas e danos em razão de sua destituição do cargo de síndico e consequente pagamento das cotas condominiais, uma vez que o autor nunca ocupou esse cargo no condomínio, de maneira que não ocorreu nenhum prejuízo ao autor, conforme inteligência do art. 402 do CC a contrário senso. Salienta-se também que o valor da cota condominial é de R$ 300,00 (trezentos reais) e não de R$ 500,00, conforme afirmado pelo autor. Destacase ainda, ser exorbitante o valor da condenação requerido pelo autor, ensejando o seu enriquecimento sem causa, consoante art. 884 CC. Como se vê, nada socorre ao autor. Devendo sua pretensão ser rechaçada por esse Juízo. III DO PEDIDO Diante do exposto é a presente para requerer: -o acolhimento das preliminares arguidas para extinguir o processo sem resolução do mérito, nos termos do art. 267 do CPC; Não sendo este o Vosso entendimento, no mérito: - julgar totalmente improcedentes os pedidos do autor, afastando todas suas pretensões; - inverter o ônus da sucumbência, de maneira a condenar o autor ao pagamento das custas processuais, bem como de honorários advocatícios, nos termos do art. 20, 3º do CPC.

5 Provará o alegado por todos os meios de provas admitidos em direito, sem exclusão de qualquer deles. Nestes termos, pede deferimento. Local..., 10 de outubro de Advogado... OAB/UF..., nº...

Pratica Jurídica I Civil I 7 semestre. AULA 07 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO. Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento: autor e réu.

Pratica Jurídica I Civil I 7 semestre. AULA 07 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO. Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento: autor e réu. AULA 07 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO Competência Partes Hipóteses de cabimento Fundamento legal Fatos Fundamentação jurídica Pedido Provas Valor da causa Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento:

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO DA COMARCA DE EMBU GUAÇU ESTADO DE SÃO PAULO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO DA COMARCA DE EMBU GUAÇU ESTADO DE SÃO PAULO QUESTÃO Na data de 11 de agosto de 2013, Ana Isabel Figueira, residente e domiciliada na Rua Solavanco, 111, Vila Esmeralda, Embu Guaçu, recebeu uma correspondência de cobrança da Loja Borboleta Azul LTDA,

Leia mais

https://youtu.be/tjdwx0oqbrg Novo CPC Contestação Modelo

https://youtu.be/tjdwx0oqbrg Novo CPC Contestação Modelo Novo CPC Contestação Modelo https://youtu.be/tjdwx0oqbrg Novo CPC Contestação Modelo EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DA COMARCA.. / UF Pular 3 linhas Processo nº Pular 10 linhas (NOME

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO...... (nome completo),... (nacionalidade),... (profissão), portador da cédula de identidade RG nº..., inscrito no CPF/MF sob nº...,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA... VARA CÍVEL DO FORO...... (nome completo),... (nacionalidade),... (estado civil),... (profissão), portador da cédula de identidade RG nº..., inscrito no

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIACICA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARIACICA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO ESPELHO DE CORREÇÃO PROVA DISCURSIVA PROCURADOR MUNICIPAL DE CARIACICA 01) PEÇA JUDICIAL Nota 0,00 a 10,00 pontos. O enunciado exigia do candidato apresentação de uma contestação à ação proposta. O candidato

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO AÇÃO DE REPETIÇÃO DE INDÉBITO Prof. Thiago Gomes 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS A ação empregada para o contribuinte recuperar valor já pago indevidamente ou a maior.

Leia mais

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA Denis Domingues Hermida - Locadora Carro Bom Ltda. foi autuada pela Receita Federal por ter deixado de recolher a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS)

Leia mais

ALEGAÇÕES FINAIS POR MEMORIAIS

ALEGAÇÕES FINAIS POR MEMORIAIS ALEGAÇÕES FINAIS POR MEMORIAIS ALEGAÇÕES FINAIS POR MEMORIAIS EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA XX VARA CRIMINAL DA COMARCA DE CURITIBA / PR. Pular 3 linhas Processo n Pular 10 linhas JORGE,

Leia mais

Novo CPC Petição Inicial Modelo

Novo CPC Petição Inicial Modelo Novo CPC Petição Inicial Modelo Novo CPC Petição Inicial Modelo Novo CPC Petição Inicial Modelo EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA (Ex. CIVIL, ou DE FAMÍLIA, ETC) DA COMARCA.. / UF (Conforme

Leia mais

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de benefício assistencial do LOAS com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal.

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de benefício assistencial do LOAS com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Bom dia, hoje trago um modelo de petição de benefício assistencial do LOAS com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA Recorrente: Rildo Jaime Recorrido: Soluções Empresariais Ltda. e Metalúrgica Cristina Ltda. Processo n. 644-44.2001.5.03.0015

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade).

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade). Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade). (Nome do autor), brasileiro, casado, engenheiro de minas, carteira de identidade

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM Aldair procurou assistência de profissional da advocacia, relatando que fora contratado, em 1º/10/2010, para trabalhar como frentista no Posto Régis e Irmãos, em Camboriú SC, e imotivadamente demitido,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 35ª. VARA DO TRABALHO DO PORTO ALEGRE RS

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 35ª. VARA DO TRABALHO DO PORTO ALEGRE RS EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 35ª. VARA DO TRABALHO DO PORTO ALEGRE RS RT n 0001524-15.2011.5.04.0035 PARQUE DOS BRINQUEDOS LTDA (completo, sem abreviaturas e em caixa alta), pessoa jurídica de direito

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA. ªVARA... DO FORO...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA. ªVARA... DO FORO... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA. ªVARA... DO FORO...... (nome completo),...(nacionalidade),...(estado civil),...(profissão), portador da cédula de identidade RG nº..., inscrito no CPF/MF

Leia mais

Peça 1 Faixa de Nota Quesitos Avaliados Valore 2 Fundamentação e Consistência

Peça 1 Faixa de Nota Quesitos Avaliados Valore 2 Fundamentação e Consistência Peça 1 Alberto foi contratado por uma empresa de prestação de serviços de informática, na função de técnico, para trabalhar em favor de um grande banco privado. Depois de dois anos, ao verificar que seu

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA...ª VARA DO TRABALHO DE...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA...ª VARA DO TRABALHO DE... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA...ª VARA DO TRABALHO DE... RECLAMAÇÃO TRABALHISTA AUTOS DE PROCESSO nº...... (razão social completa), pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF...,

Leia mais

Pratica Especial Civil 10 sem

Pratica Especial Civil 10 sem AULA 04 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO Competência Partes Hipóteses de cabimento Fundamento legal Fatos Fundamentação jurídica Pedido Provas Valor da causa Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento:

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO TRABALHO DA MM... ª VARA DO TRABALHO DE...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO TRABALHO DA MM... ª VARA DO TRABALHO DE... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO TRABALHO DA MM.... ª VARA DO TRABALHO DE...... (nome completo),... (nacionalidade),... (estado civil),... (profissão), nascido em... (dia, mês, ano), portador

Leia mais

Protocolo: Natureza: Exibição de documentos SENTENÇA

Protocolo: Natureza: Exibição de documentos SENTENÇA Protocolo:201302597218 Natureza: Exibição de documentos SENTENÇA JADSON MIRANDA DA SILVA JUNIOR, qualificada nos autos em epígrafe, ajuizou a presente AÇÃO DE EXIBIÇÃO DE DOCUMENTOS em desfavor de BANCO

Leia mais

* Exame Unificado IV. Espelho de correção oficial:

* Exame Unificado IV. Espelho de correção oficial: * Exame Unificado IV João Augusto estava participando de uma partida de futebol quando fraturou uma costela, vindo a necessitar de intervenção cirúrgica, realizada em hospital público federal localizado

Leia mais

Direito Empresarial OAB 2ª Fase Giovani Magalhães Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Direito Empresarial OAB 2ª Fase Giovani Magalhães Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Direito Empresarial OAB 2ª Fase Giovani Magalhães 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. B.O.P.E. Batalhão de Operações para Provas de Empresarial: S.O.S. 2ª Fase

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO Prof. Thiago Gomes 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS A ação declaratória visa a obtenção de certeza jurídica da existência ou inexistência de fato e das consequências

Leia mais

EMENTA CIVIL - DANOS MORAIS - NEGATIVA NA CONCESSÃO DE PASSE LIVRE EM VIAGEM INTERESTADUAL - INDENIZAÇÃO DEVIDA.

EMENTA CIVIL - DANOS MORAIS - NEGATIVA NA CONCESSÃO DE PASSE LIVRE EM VIAGEM INTERESTADUAL - INDENIZAÇÃO DEVIDA. Órgão : 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais Classe : ACJ Apelação Cível no Juizado Especial N. Processo : 2008.09.1.006324-6 Apelante : CLEUZA GONÇALVES DA SILVA Apelado : REAL

Leia mais

a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta As conhecidas como preliminares:

a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta As conhecidas como preliminares: A DEFESA DO RECLAMADO 1 a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta 2 a) A defesa contra o processo As conhecidas como preliminares: Dilatórias- apenas

Leia mais

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior Apelação Cível n. 2010.078282-8, de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE COBRANÇA SECURITÁRIA C/C COMPENSAÇÃO POR DANOS MORAIS. CONTRATO DE SEGURO DE VIDA EM GRUPO. PRESCRIÇÃO.

Leia mais

Processo originário da 4ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.

Processo originário da 4ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. ACÓRDÃO 8ª TURMA CONTRATO DE EXPERIÊNCIA. PRORROGAÇÃO. AUSÊNCIA DE NULIDADE. É lícita a prorrogação do contrato de experiência inicialmente firmado por trinta dias, para mais sessenta. Recorrente: DAIANA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0001290-15.2010.8.19.0028 APELANTE: AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. APELADOS: R.S.R. DE MACAÉ EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS

Leia mais

ANTONIO FULCO JUNIOR ADVOGADO

ANTONIO FULCO JUNIOR ADVOGADO ANTONIO FULCO JUNIOR ADVOGADO EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 8ª VARA CÍVEL DO FORO DA COMARCA DE SÃO BERNARDO DO CAMPO SP. Processo n.º 1013014-06.2014.8.26.0564 CONDOMÍNIO EDIFÍCIO AMÁLIA, por seu advogado,

Leia mais

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE Processo número José, já qualificado, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, interpor, com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA A PROVA

Leia mais

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso sétimo módulo. Falaremos da petição inicial, da(s) resposta(s) do réu e do fenômeno da revelia.

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso sétimo módulo. Falaremos da petição inicial, da(s) resposta(s) do réu e do fenômeno da revelia. CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 7 PETIÇÃO INICIAL. RESPOSTA DO RÉU. REVELIA. Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá, pessoal! Chegamos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 8a Turma RECURSO ORDINÁRIO. VIGILANTE. JUSTA CAUSA. FALTAS SUCESSIVAS. NÃO JUSTIFICADAS. A desídia, em regra, não se caracteriza por um único ato e sim por um conjunto de atos faltosos de menor

Leia mais

M S ADVOGADOS. Av. Visconde de Jequi nhonha, 2466 Sala 101 Boa Viagem - Recife/PE, CEP

M S ADVOGADOS. Av. Visconde de Jequi nhonha, 2466 Sala 101 Boa Viagem - Recife/PE, CEP 1 de 7 18/07/2014 11:03 M S ADVOGADOS Av. Visconde de Jequi nhonha, 2466 Sala 101 Boa Viagem - Recife/PE, CEP 51030-020. Fones/Fax: (81) 3204.4039 (81) 9431.9566 (81) 9543.4554 (81) 9267.4370 EXCELENTÍSSIMO(A)

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. 17ª Vara Cível da Comarca de Natal

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. 17ª Vara Cível da Comarca de Natal PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE 17ª Vara Cível da Comarca de Natal Rua Doutor Lauro Pinto, 315, Candelária, NATAL - RN - CEP: 59064-250 Processo nº 0803749-69.2014.8.20.0001 Ação: Busca

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.511.655 - MG (2014/0298242-0) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL RECORRIDO : BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO ADVOGADO : SEM REPRESENTAÇÃO

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR Obs: os espaços deste exercício tem a função de facilitar a visualização do aluno. Não é aconselhável pular linhas na prova. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR CACILDA

Leia mais

APELANTE: FAZENDA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CASCAVEL APELADO: FARMÁCIA VIDAS VIVE LTDA RELATOR: DES. DIMAS ORTÊNCIO DE MELO

APELANTE: FAZENDA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CASCAVEL APELADO: FARMÁCIA VIDAS VIVE LTDA RELATOR: DES. DIMAS ORTÊNCIO DE MELO APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.010.190-3, DA 1ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE CASCAVEL APELANTE: FAZENDA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CASCAVEL APELADO: FARMÁCIA VIDAS VIVE LTDA RELATOR: DES. DIMAS ORTÊNCIO DE MELO APELAÇÃO

Leia mais

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ Posição legal Momento processual Necessidade, finalidade, objeto e limites Natureza jurídica Liquidação na pendência de recurso Liquidação concomitante com execução Modalidades Liquidação de sentença Sumário

Leia mais

EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE xxxxxxxxxxxxxx/rs.

EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE xxxxxxxxxxxxxx/rs. EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE xxxxxxxxxxxxxx/rs. XXXXXXXXXXXXXXXXX, empresário, inscrito no CNPJ sob o n XXXXXXXXXXXXX, com estabelecimento-sede

Leia mais

SOCIEDADE E DIREITO EM REVISTA

SOCIEDADE E DIREITO EM REVISTA PRÁTICA JURÍDICA: EXCEÇÃO DE PRÉ-EXECUTIVIDADE Antonio Guilherme de Almeida Portugal * Osmar Vieira da Silva EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA VARA FEDERAL DE EXECUÇÕES FISCAIS DE LONDRINA SEÇÃO JUDICIÁRIA

Leia mais

RESPOSTA DO RÉU CONTESTAÇÃO

RESPOSTA DO RÉU CONTESTAÇÃO RESPOSTA DO RÉU CONTESTAÇÃO ESQUELETO MEMORIZE: ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR PREJUDICIAL MÉRITO REQUERIMENTOS FINAIS - art. 847 da CLT fala em defesa - apresentada em audiência reclamado tem 20

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de contestação ou defesa, que deve trazer em seu bojo tópico próprio relativamente à prescrição quinquenal de que trata o art. 7.º, XXIX, da Constituição Federal, por meio do

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 8ª T U R M A Cinto de segurança é EPI que deve proteger o empregado, proteção esta que deve ocorrer, inclusive, quando realiza movimentos inesperados, já que se utiliza cinto quando o equilíbrio

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DE (nome da cidade/uf)

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DE (nome da cidade/uf) Modelos Âmbito Jurídico - Contratos 00001 - Inicial de restabelecimento de auxílio-doença e conversão em aposentadoria por invalidez com pedido de antecipação de tutela EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A)

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 90425-67.2011.8.09.0000 (201190904250) DE ANÁPOLIS AGRAVANTE AGRAVADO CÂMARA VILMAR FERREIRA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS ORLÂNDIA S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A.

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELADO: STELA MARIS SCHUTZ Número do Protocolo : 8785/2004 Data de Julgamento : 29-6-2004 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TELEFÔNICO COMBINADA

Leia mais

DPRCIV3 Direito Processual Civil III. Questões para Fixação da Aula

DPRCIV3 Direito Processual Civil III. Questões para Fixação da Aula DPRCIV3 Direito Processual Civil III Plano de Ensino - 5. Da Resposta do Réu. Disposições Gerais. - 6. Contestação. Conteúdo e forma da contestação. Defesas processuais e de mérito. Defesas direta e indireta.

Leia mais

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A APELAÇÃO CÍVEL. DIREITO PROCESSUAL CIVIL. SENTENÇA SEM RELATÓRIO E DISPOSITIVO, COM MERA REMISSÃO AO PARECER DO MINISTÉRIO PÚBLICO. NULIDADE. SENTENÇA DESCONSTITUÍDA. É nula a sentença fundamentada pela

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores HERALDO DE OLIVEIRA (Presidente), JACOB VALENTE E TASSO DUARTE DE MELO.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores HERALDO DE OLIVEIRA (Presidente), JACOB VALENTE E TASSO DUARTE DE MELO. fls. 2 Registro: 2016.0000901596 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0001438-05.2014.8.26.0541, da Comarca de Santa Fé do Sul, em que é apelante EXPRESSO ITAMARATI S/A, é

Leia mais

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso décimo primeiro módulo. No módulo 10, tratamos dos recursos. Agora veremos algumas questões sobre a fase executiva.

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso décimo primeiro módulo. No módulo 10, tratamos dos recursos. Agora veremos algumas questões sobre a fase executiva. CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 11 EXECUÇÃO Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá, pessoal! Chegamos ao nosso décimo primeiro módulo.

Leia mais

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO Eneida Cornel * A Emenda Constitucional nº 45/2004 trouxe mudanças profundas de competência dos órgãos do Poder Judiciário, especificamente

Leia mais

PARECER TÉCNICO JURÍDICO e PROCESSUAL

PARECER TÉCNICO JURÍDICO e PROCESSUAL PARECER TÉCNICO JURÍDICO e PROCESSUAL 1 - PROCESSOS JUDICIAIS 1.1 Esfera Cível EMPRESA: Pareceres Ltda NATUREZA: Cível AUTOR: José dos Santos Silva RÉU: Pareceres PROCESSO: 0004861-33.2010.805.0141 TIPO

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0001049-15.2011.5.01.0042 - RTOrd COISA JULGADA. Inexiste o fenômeno da coisa julgada, uma vez que, nada obstante os pedidos e a causa de pedir sejam idênticos, as partes são

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE AGRAVO DE INSTRUMENTO COM PEDIDO DE EFEITO SUSPENSIVO FULANA DE TAL, brasileira, casada, assistente contábil,

Leia mais

CONTESTAÇÃO ARBITRAMENTO DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Comarca de...

CONTESTAÇÃO ARBITRAMENTO DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Comarca de... CONTESTAÇÃO ARBITRAMENTO DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Comarca de... Proc. nº... (nome, qualificação, endereço e n.º do CPF), por seu advogado infraassinado, com escritório

Leia mais

UNIP Universidade Paulista Campus Anchieta Direitos Fundamentais Turma DR2P39 (Sexta-feira às 21:00 horas) Prova dia 27/09/2013

UNIP Universidade Paulista Campus Anchieta Direitos Fundamentais Turma DR2P39 (Sexta-feira às 21:00 horas) Prova dia 27/09/2013 UNIP Universidade Paulista Campus Anchieta Direitos Fundamentais Turma DR2P39 (Sexta-feira às 21:00 horas) Prova dia 27/09/2013 A prova consistirá na escrita de MANDADO DE SEGURANÇA COLETIVO. O modelo

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0000.15.033552-9/000 Númeração 0335529- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Audebert Delage Des.(a) Audebert Delage 18/08/2015 28/08/2015 EMENTA: CONFLITO

Leia mais

É o recurso cabível das decisões proferidas pelo Juiz no processo de execução que prejudique direito das partes envolvidas no processo.

É o recurso cabível das decisões proferidas pelo Juiz no processo de execução que prejudique direito das partes envolvidas no processo. AGRAVO EM EXECUÇÃO É o recurso cabível das decisões proferidas pelo Juiz no processo de execução que prejudique direito das partes envolvidas no processo. Uma vez que a Lei de Execução Penal não faz nenhuma

Leia mais

Mestre Anderson Nogueira Oliveira Prática Jurídica I PETIÇÃO INICIAL

Mestre Anderson Nogueira Oliveira Prática Jurídica I PETIÇÃO INICIAL PETIÇÃO INICIAL 1. ENDEREÇAMENTO a) Fundamentação I Art. 42 a 53 do Novo CPC II Art. 108 e 109 da Constituição Federal de 1988 2. EXEMPLOS DE ENDEREÇAMENTOS VARA CÍVEL ESTADUAL Excelentíssimo Senhor Doutor

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal do Trabalho, da Vara Trabalhista de Fortaleza Estado do Ceará.

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal do Trabalho, da Vara Trabalhista de Fortaleza Estado do Ceará. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal do Trabalho, da Vara Trabalhista de Fortaleza Estado do Ceará. Reclamante: F A O L Reclamada: I C E T XXXXXXXXXXXXX, brasileiro, casado, administrador, portador

Leia mais

PROVA DISCURSIVA II PROVA DISCURSIVA II

PROVA DISCURSIVA II PROVA DISCURSIVA II Escola de Administração Fazendária Concurso Público PROCURADOR DA FAZENDA NACIONAL - 2007/2008 PROVA DISCURSIVA II Nota Identi que-se apenas nos campos próprios, abaixo da linha pontilhada. Escola de Administração

Leia mais

Caso prático V exame de ordem unificado

Caso prático V exame de ordem unificado Caso prático V exame de ordem unificado Em 19 de março de 2005, Agenor da Silva Gomes, brasileiro, natural do Rio de Janeiro, bibliotecário, viúvo, aposentado, residente na Rua São João Batista, n. 24,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO RELATOR DA TURMA DO COLENDO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECURSO ESPECIAL N.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO RELATOR DA TURMA DO COLENDO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECURSO ESPECIAL N. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO RELATOR DA TURMA DO COLENDO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECURSO ESPECIAL N. A, devidamente qualificado, por seu advogado infra-assinado, nos autos do Recurso Especial

Leia mais

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL Em virtude do novo Código de Processo Civil (Lei 13.105, de 16.3.15, que entrará em vigor em 17.3.16, passará a vigorar as novas disposições sobre a Competência Internacional, conforme os artigos abaixo

Leia mais

CONSTRUTORA TENDA S/A SEBASTIÃO JORGE GOMES. Giselle Bondim Lopes Ribeiro

CONSTRUTORA TENDA S/A SEBASTIÃO JORGE GOMES. Giselle Bondim Lopes Ribeiro ACÓRDÃO 7ª Turma VÍNCULO DE EMPREGO. TERCEIRIZAÇÃO ILÍCITA. CONSTRUÇÃO CIVIL. É inegável que a terceirização na construção civil é lícita, expressamente prevista no art. 455 da CLT para as hipóteses de

Leia mais

COMARCA DE SANANDUVA VARA JUDICIAL Av. Salzano da Cunha, 300, 2º piso

COMARCA DE SANANDUVA VARA JUDICIAL Av. Salzano da Cunha, 300, 2º piso COMARCA DE SANANDUVA VARA JUDICIAL Av. Salzano da Cunha, 300, 2º piso Processo nº: 120/1.11.0000054-2 (CNJ:.0000155-89.2011.8.21.0120) Natureza: Ordinária - Outros Autor: Paulo Henrique Baggio Réu: GOL

Leia mais

LEGALE FORMAÇÃO DO ADVOGADO ATÉ 2 ANOS DE OAB

LEGALE FORMAÇÃO DO ADVOGADO ATÉ 2 ANOS DE OAB LEGALE FORMAÇÃO DO ADVOGADO ATÉ 2 ANOS DE OAB Petição Inicial de Reclamação Trabalhista Professor: Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais, Advogado militante e especializado em Direito

Leia mais

DA RESPOSTA DO RÉU. ESPÉCIES Contestação (Art. 300 a 303 do CPC); Reconvenção (Art. 315 a 318 do CPC); Exceção (Art. 304 a 314 do CPC).

DA RESPOSTA DO RÉU. ESPÉCIES Contestação (Art. 300 a 303 do CPC); Reconvenção (Art. 315 a 318 do CPC); Exceção (Art. 304 a 314 do CPC). DA RESPOSTA DO RÉU DISPOSIÇÕES GERAIS Uma vez efetuada a citação válida, a relação jurídica processual está completa, surgindo o ônus do réu de oferecer a defesa contra fatos e direitos sustentados pelo

Leia mais

MARCIA CRISTINA BORGES CARDOSO ADVOCACIA OAB/SC OAB/PR OAB/SP

MARCIA CRISTINA BORGES CARDOSO ADVOCACIA OAB/SC OAB/PR OAB/SP EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE LAGUNA/SC AUTOS Nº 0001918-56.2012.8.24.0040 (040.12.001918-3) ONEGOCIADOR.NET EIRELI ME, já qualificado nos

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 588 Registro: 2016.0000710496 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1037992-18.2013.8.26.0100, da Comarca de, em que é apelante TAMEM BECHARA CHEBIB (TEMEME BECHARA CHEBIB),

Leia mais

Estado de Mato Grosso do Sul Poder Judiciário Aquidauana 1ª Vara Cível

Estado de Mato Grosso do Sul Poder Judiciário Aquidauana 1ª Vara Cível fls. 1 Termo de conclusão Nesta data, faço estes autos conclusos ao MM Juiz de Direito da da Comarca de, Dr. Fernando Chemin Cury. Eu, Diego Lemes Madruga da Silva, estagiário, digitei. Autos: 0801836-96.2013.8.12.0005

Leia mais

XV Exame de Ordem. 2ª Fase OAB Redação Jurídica. Prof. Darlan Barroso

XV Exame de Ordem. 2ª Fase OAB Redação Jurídica. Prof. Darlan Barroso XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Redação Jurídica Prof. Darlan Barroso Pra começo de conversa... Técnica e estilo são coisas diferentes! Regras básicas de redação jurídica Clareza Objetividade Lógica Importante

Leia mais

2ª VARA DO TRABALHO DE SANTOS. Processo:

2ª VARA DO TRABALHO DE SANTOS. Processo: 2ª VARA DO TRABALHO DE SANTOS Processo:0000527-17.2014.5.02.0442 Autor: SINDICATO DOS TRABALHADORES NA MOVIMENTAÇÃO DE MERCADORIAS EM GERAL E DOS ARRUMADORES DE SANTOS, SÃO VICENTE, GUARUJÁ, CUBATÃO E

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DO 2º JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE LONDRINA - PARANÁ

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DO 2º JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE LONDRINA - PARANÁ EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DO 2º JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE LONDRINA - PARANÁ Autos nº 0054426-11.2014.8.16.0014 Prioridade de Tramitação (Estatuto do Idoso) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx,

Leia mais

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS 1 Jurisdição 1.1 Introdução 1.2 Conceito e características 1.3 Divisão da jurisdição 1.4 Organização judiciária 2 Direito Processual Civil 2.1 Conceito e delimitação

Leia mais

EXMO DR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE

EXMO DR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE EXMO DR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE Processo número: Concreto Duro, já qualificada, vem, respeitosamente, perante Vossa Excelência, por meio de seu advogado, com endereço profissional na, com fundamento

Leia mais

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS AÇÃO MONITÓRIA DA AÇÃO MONITÓRIA Art. 700. A ação monitória pode ser proposta por aquele que afirmar, com base em prova escrita sem eficácia de título executivo, ter direito de

Leia mais

NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A CLT (DA CONTESTAÇÃO)

NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A CLT (DA CONTESTAÇÃO) NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A CLT (DA CONTESTAÇÃO) I DA CONTESTAÇÃO OS DISPOSITIVOS CLASSICOS DA CLT: O artigo 769 da CLT (SUBSIDIÁRIA), será aplicada no processo de fase conhecimento observando todas

Leia mais

Petição Inicial - Conceito

Petição Inicial - Conceito Petição Inicial - Conceito A Petição Inicial é um documento escrito (ou digital) elaborado pelo advogado para defender e reivindicar os direitos de um cidadão ou instituição perante o Poder Judiciário,

Leia mais

Direito Processual Civil III

Direito Processual Civil III Direito Processual Civil III»Aula 19 Providências preliminares: Providências Preliminares Ação Declaratória Incidental X Providências Preliminares 1 Conceito - art. 323 do CPC - providências preliminares

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma AGRAVO DE PETIÇÃO. CUSTAS. BASE DE CÁLCULO. TOTAL ATUALIZADO DA LIQUIDAÇÃO. Inteligência do art. 789, inciso I, da CLT, as custas são fixadas sobre o valor da condenação, na sentença,

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Espera-se que o(a) examinando(a) elabore recurso de apelação, dirigido ao próprio juízo que prolatou a decisão (art. 475-M, 3.º, do CPC, art. 496, inciso I, c/c os arts. 513-521 do CPC),

Leia mais

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO.

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO. EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO...., brasileiro, casado, médico, portador da Cédula de Identidade RG nº... - SSP/SP, inscrito no CPF/MF sob nº... com

Leia mais

Impetrado: Juizado Especial Cível da comarca de São José dos Quatro Marcos-MT

Impetrado: Juizado Especial Cível da comarca de São José dos Quatro Marcos-MT Mandado de Segurança n. 0010002-12.2014.811.9005 Impetrante: SIMONE CIBELE POLTRONIERI SILVA Impetrado: Juizado Especial Cível da comarca de São José dos Quatro Marcos-MT Litisconsorte: BANCO BRADESCO

Leia mais

8) Gratuidade da Justiça e Honorários Advocatícios

8) Gratuidade da Justiça e Honorários Advocatícios PETIÇÃO INICIAL 8) Gratuidade da Justiça e Honorários Advocatícios Nas bancas anteriores à FGV, o item gratuidade da justiça somente veio pontuado em gabarito quando era necessário requerer o pagamento

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO RECURSO DE REVISTA

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO RECURSO DE REVISTA FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO RECURSO DE REVISTA ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI :RAUL CESAR CARRILLO ROMERO :JOSUÉ ALVES OLIVEIRA :PRESIDENTE DA REPÚBLICA :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO

: MIN. DIAS TOFFOLI :RAUL CESAR CARRILLO ROMERO :JOSUÉ ALVES OLIVEIRA :PRESIDENTE DA REPÚBLICA :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO MANDADO DE SEGURANÇA 32.669 DISTRITO FEDERAL RELATOR IMPTE.(S) ADV.(A/S) IMPDO.(A/S) IMPDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. DIAS TOFFOLI :RAUL CESAR CARRILLO ROMERO :JOSUÉ ALVES OLIVEIRA :PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd DIVISOR DO SALÁRIO-HORA. JORNADA DE TRABALHO DE 30 HORAS. DIVISOR 150. Para as jornadas de 30 horas semanais de trabalho aplica-se o divisor 150 sobre o valor do salário-hora do empregado. Entendimento

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de reclamação trabalhista sob o rito ordinário visto que a empresa foi fechada e seus representantes se encontram em local incerto e não sabido, à medida que o art. 825-B, II,

Leia mais

Contestação às folhas 70/80. Atas de audiência às folhas 541 e 555.

Contestação às folhas 70/80. Atas de audiência às folhas 541 e 555. Acórdão 6a Turma FALTAS. ACOMPANHAMENTO DE IDOSO. DIREITO. ABONO. A Lei nº 10.741/2003, Estatuto do Idoso, dispõe em seu artigo 16 que o idoso internado para tratamento médico e hospitalar tem direito

Leia mais

Número do processo: /001(1) Númeração Única: Processos associados: clique para pesquisar Relator:

Número do processo: /001(1) Númeração Única: Processos associados: clique para pesquisar Relator: Número do processo: 1.0145.09.551119-5/001(1) Númeração Única: 5511195-38.2009.8.13.0145 Processos associados: clique para pesquisar Relator: Des.(a) VERSIANI PENNA Relator do Acórdão: Des.(a) VERSIANI

Leia mais

MEDIDA CAUTELAR INOMINADA Nº

MEDIDA CAUTELAR INOMINADA Nº MEDIDA CAUTELAR INOMINADA Nº 0003432-37.2014.8.19.0000 Requerente: AVON INDUSTRIAL LTDA. Requerido: COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO D E C I S Ã O

Leia mais

Foi instituída no ordenamento jurídico brasileiro a partir da Lei. 9079/95, que incluiu os arts A, 1102-B e 1102-C no CPC/73.

Foi instituída no ordenamento jurídico brasileiro a partir da Lei. 9079/95, que incluiu os arts A, 1102-B e 1102-C no CPC/73. AÇÃO MONITÓRIA Observações iniciais Foi instituída no ordenamento jurídico brasileiro a partir da Lei. 9079/95, que incluiu os arts. 1102-A, 1102-B e 1102-C no CPC/73. No NCPC tal matéria é tratada nos

Leia mais

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 5 COMUNICAÇÃO DOS ATOS PROCESSUAIS. CONTAGEM DOS PRAZOS.

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 5 COMUNICAÇÃO DOS ATOS PROCESSUAIS. CONTAGEM DOS PRAZOS. CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 5 COMUNICAÇÃO DOS ATOS PROCESSUAIS. CONTAGEM DOS PRAZOS. Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá, pessoal!

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial 1 PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial Data de distribuição : 12/12/2008 Data de julgamento : 20/05/2009 100.001.2008.016120-0 Apelação Origem : 00120080161200

Leia mais

Acórdão 6a Turma RELAÇÃO DE EMPREGO. VENDEDOR AUTÔNOMO. A diferenciação central entre o vendedorempregado

Acórdão 6a Turma RELAÇÃO DE EMPREGO. VENDEDOR AUTÔNOMO. A diferenciação central entre o vendedorempregado Acórdão 6a Turma RELAÇÃO DE EMPREGO. VENDEDOR AUTÔNOMO. A diferenciação central entre o vendedorempregado e o vendedor autônomo situa-se na subordinação. Não demonstrada a subordinação, não pode ser reconhecido

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 5ª Turma RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA JUNTO AO INSS NEXO TÉCNICO EPIDEMIOLÓGICO O efeito suspensivo dado ao recurso administrativo contra a aplicação do nexo técnico epidemiológico, de que

Leia mais