PRIMEIRO TERMO DE RETIFICAÇÃO

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRIMEIRO TERMO DE RETIFICAÇÃO"

Transcrição

1 PRIMEIRO TERMO DE RETIFICAÇÃO A Comissão do Processo Seletivo da Prefeitura Municipal de Planura comunica a seguinte alteração no Edital de seu Processo Seletivo nº 01/2014: ONDE SE LÊ: 3 - DAS CONDIÇÕES PARA A POSSE 3.1. Estar em dia com as obrigações eleitorais Estar em dia com as obrigações militares, se do sexo masculino Ter, na data da posse, 18 (dezoito) anos completos Estar em gozo dos direitos políticos Possuir a habilitação exigida para o cargo pretendido Gozar de boa saúde física e mental Para o cargo de Agente Comunitário de Saúde, residir na Micro região em que atuará, desde a publicação deste edital.

2 LEIA-SE: 3 - DAS CONDIÇÕES PARA A POSSE 3.1. Estar em dia com as obrigações eleitorais Estar em dia com as obrigações militares, se do sexo masculino Ter, na data da posse, 18 (dezoito) anos completos Estar em gozo dos direitos políticos Possuir a habilitação exigida para o cargo pretendido Gozar de boa saúde física e mental. ONDE SE LÊ: 5 - DAS PROVAS Para o cargo de MOTORISTA, constará de exame de direção em veículo compatível com a categoria da CNH B exigida, avaliado por examinador habilitado, resultando em Laudo de Avaliação Técnica, avaliando, desta forma, a capacidade prática do candidato no exercício e desempenho das tarefas da função conforme critérios preestabelecidos, separados por tipo de falta, a seguir: I FALTA GRAVE MENOS 15 PONTOS POR FALTA: - Não respeitar as placas de sinalização; - Não respeitar os limites de velocidade; - Uso incorreto do cinto de segurança; - Provocar movimentos irregulares durante o teste, sem motivo justificado ou interromper o funcionamento do motor sem justa razão, após o início do teste. II FALTA MÉDIA MENOS 7,5 PONTOS POR FALTA: - Uso de marcha desapropriada para a velocidade; - Apoio do pé no pedal da embreagem com o veículo engrenado e em movimento;

3 - Arrancar o veículo sem soltar o freio de mão; - Controle incorreto de embreagem. III FALTA LEVE MENOS 2,5 PONTOS POR FALTA: - Regulagem incorreta dos retrovisores; - Uso incorreto da seta; - Mudança incorreta de marchas; - Manobra incorreta de baliza (uma tentativa). LEIA-SE: 5 - DAS PROVAS Para o cargo de MOTORISTA, constará de exame de direção em veículo compatível com a categoria da CNH D exigida, avaliado por examinador habilitado, resultando em Laudo de Avaliação Técnica, avaliando, desta forma, a capacidade prática do candidato no exercício e desempenho das tarefas da função conforme critérios preestabelecidos, separados por tipo de falta, a seguir: I - FALTA GRAVE - MENOS 15 PONTOS POR FALTA: - Deixar de observar e respeitar as placas de sinalização; - Arrancar o veículo com a porta aberta; - Uso incorreto do cinto de segurança; - Interromper o funcionamento do motor sem justa razão após o início da prova. II - FALTA MÉDIA - MENOS 7,5 PONTOS POR FALTA: - Apoio do pé no pedal da embreagem com o veículo engrenado e em movimento; - Controle incorreto de embreagem; - Arrancar o veículo sem soltar o freio de mão; - Avanço sobre o balizamento demarcado quando da colocação do veículo na vaga e/ou na marcha-a-ré rente ao meio-fio. III - FALTA LEVE - MENOS 2,5 PONTOS POR FALTA: - Movimentos irregulares no veículo, sem motivo justificado; - Manuseio irregular do cambio; - Regulagem incorreta dos retrovisores; - Uso incorreto dos instrumentos do painel.

4 ONDE SE LÊ: ANEXO I CARGOS Nº DE VAGAS Nº DE VAGAS D.F. INSCRIÇÃO VENCIMENTO MENSAL (R$) VALOR INSCRIÇÃO (R$) CARGA HORÁRIA SEMANAL Escolaridade e Pré-requisitos TIPO DE PROVA E NUMERO DE QUESTÕES EDUCADOR DA SAÚDE ,11 25,00 40 h ENSINO MÉDIO/TEC EM ED. EM SAÚDE Matemática 10 C. Gerais 15 TECNICO EM ENFERMAGEM TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA PROFESSOR DE INGLÊS AUXILIAR DE CIRURGIÃO DENTISTA DO PSB ,88 30,00 30 h ,42 25,00 40 h ,38 40,00 20 h ,24 25,00 40 h CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM COM REGISTRO COREN 2º GRAU COMPLETO ENSINO SUPERIOR HABILITADO NA ÁREA CORRESPONDENTE 2º GRAU COMPLETO COM REGISTRO NO CRO

5 TÉCNICO DE ENFERMAGEM DO ESF ,14 30,00 40 h 2º GRAU COMPLETO COM REGISTRO NO COREN LEIA-SE: ANEXO I CARGOS Nº DE VAGAS Nº DE VAGAS D.F. INSCRIÇÃO VENCIMENTO MENSAL (R$) VALOR INSCRIÇÃO (R$) CARGA HORÁRIA SEMANAL Escolaridade e Pré-requisitos TIPO DE PROVA E NUMERO DE QUESTÕES EDUCADOR DA SAÚDE ,11 25,00 40 h ENSINO MÉDIO/TEC. Matemática 10 C. Gerais 15 TECNICO DE ENFERMAGEM TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA PROFESSOR DE INGLÊS ,88 30,00 30 h ,42 25,00 40 h ,38 40,00 20 h ENSINO MÉDIO / TÉC. COM REGISTRO COREN ENSINO MÉDIO / TÉC. EM NUTRIÇÃO ENSINO SUPERIOR COM LICENCIATURA ESPECÍFICA

6 AUXILIAR DE CIRURGIÃO DENTISTA DO PSB TÉCNICO DE ENFERMAGEM DO ESF ,24 25,00 40 h ENSINO MÉDIO ,14 30,00 40 h ENSINO MÉDIO / TÉC. COM REGISTRO COREN ONDE SE LÊ: ATRIBUIÇÕES RESUMIDAS DOS CARGOS CARGOS AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS CIRURGIÃO DENTISTA AUXILIAR DE CIRURGIÃO DENTISTA DO PSB TÉCNICO DE ENFERMAGEM DO ESF CIRURGIÃO DENTISTA DO PSB ATRIBUIÇÕES Coordenar os projetos de interesse social da área de saúde. Executar 0074 tarefas de controle de endemias. Executar outras tarefas afins que lhe forem atribuídas. Vigiar, prevenir o controle de doenças e promoção da saúde, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do Sistema Único de Saúde SUS, e sob a supervisão da Secretaria Municipal de Saúde; Executar outras atividades correlatas. Restaurar e obturar dentes, valendo-se de meios clínicos, para manter a vitalidade pulpar; Realizar procedimentos cirúrgicos, efetuando remoções parciais ou totais do tecido pulpar, para conservar o dente; Executar tratamento dos tecidos periapicais, fazendo cirurgia ou curetagem, para proteger a saúde bucal; Executar atividades profissionais da área de Saúde correspondente à sua especialidade, tais como tratamentos cirúrgicos e outros relativos às especializações odontológicas, bem como as de profilaxia e de higiene bucal, observadas as normas de segurança e higiene do trabalho; Executar outras tarefas correlatas, a critério do superior imediato. Auxiliar o cirurgião-dentista no atendimento a pacientes em consultórios, clínicas, ambulatórios odontológicos ou outras unidades da Prefeitura que possuam o serviço de odontologia, bem como executar tarefas administrativas de planejamento, acompanhamento e avaliação das ações de saúde bucal; Exercer outras atividades correlatas, e critério do superior imediato. Fazer curativos diversos, fazendo assepsia do ferimento e aplicando os medicamentos apropriados; aplicar injeções intramoleculares e intravenosas, entre outras, segundo prescrição médica; zelar pelas condições adequadas de armazenamento do estoque de vacinas, verificando e registrando diariamente a temperatura do refrigerador, bem como limpando-o periodicamente; executar outras atividades afins. Realizar procedimentos cirúrgicos, efetuando remoções parciais ou totais do tecido pulpar, para conservar o dente;

7 MÉDICO DO ESF Executar tratamento dos tecidos periapicais, fazendo cirurgia ou curetagem, para proteger a saúde bucal; Executar atividades profissionais da área de Saúde correspondente à sua especialidade, tais como tratamentos cirúrgicos e outros relativos às especializações odontológicas, bem como as de profilaxia e de higiene bucal, observadas as normas de segurança e higiene do trabalho; Executar outras tarefas correlatas, a critério do superior imediato. Realizar consultas clinicas aos usuários da sua adstrita; Executar as ações de assistência integral em todas as fases do ciclo de vida; criança, adolescente, mulher, adulto e idoso; Realizar consultas e procedimentos na USF e, quando necessários, no domicilio; Realizar as atividades clinicas correspondentes às áreas prioritárias na intervenção na Atenção Básica, definidas na Norma Operacional da Assistência à Saúde NOAS 2001; Aliar a atuação clinica à pratica da saúde coletiva; Fomentar a criação LEIA-SE: CARGOS AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS CIRURGIÃO DENTISTA ATRIBUIÇÕES RESUMIDAS DOS CARGOS ATRIBUIÇÕES Coordenar os projetos de interesse social da área de saúde. Executar tarefas de controle de endemias. Executar outras tarefas afins que lhe forem atribuídas. Realizar a pesquisa larvária em imóveis para o levantamento de índice e o descobrimento de focos e em armadilhas e pontos estratégicos do Município; Realizar a eliminação de criadouros, tendo como método de primeira escolha, o controle mecânico (remoção, destruição, vedação etc.); Executar o tratamento focal e perifocal como medida complementar ao controle mecânico, aplicando larvicidas autorizados conforme orientação técnica; Orientar a população com relação aos meios de evitar a proliferação dos vetores; Utilizar corretamente os equipamentos de proteção individual indicados para cada situação; Repassar ao supervisor da área os problemas de maior grau de complexidade não solucionados; Manter atualizado o cadastro de imóveis e pontos estratégicos da sua zona; Deixar seu itinerário diário de trabalho no posto de abastecimento; Encaminhar aos serviços de saúde todos os casos suspeitos; Exercitar relações interpessoais mobilizada no trabalho de orientação junto à comunidade, no que se refere à saúde e prevenção de doenças; Utilizar equipamentos de proteção individual e coletiva; Obedecer o Plano Municipal de Combate a Dengue. Executar outras atribuições afins. Prevenir, diagnosticar e tratar as enfermidades e afecções dos dentes e da boca da população do município. Realizar o tratamento cirúrgico, medicamentoso e de outra natureza para as doenças e afecções dos dentes e boca. Elaborar e aplicar medidas de caráter publico, para diagnosticar e melhorar as condições de higiene dentaria e bucal da população. Sugerir e promover programas de saúde bucal preventivo nas diferentes camadas sociais do município; Trabalhar em conjunto com a área da educação para o desenvolvimento de programas junto às crianças em idade

8 AUXILIAR DE CIRURGIÃO DENTISTA DO PSB TÉCNICO DE ENFERMAGEM DO ESF CIRURGIÃO DENTISTA DO PSB escolar do município, vinculados a saúde bucal. Preencher as fichas dos pacientes atendidos. Solicitar a reposição de material e equipamentos quando necessário. Executar outras tarefas correlatas, a critério do superior imediato. Proceder à desinfecção e esterilização de materiais e instrumentos utilizados. Realizar procedimentos educativos e preventivos nos usuários para o atendimento clinico, como evidenciação de placa bacteriana, orientações à escovação com o uso de fio dental. Preparar o instrumental e materiais para o uso (sugador, espelho, sona e demais materiais necessários para o trabalho do cirurgião dentista). Instrumentalizar o cirurgião dentista durante a realização de procedimentos clínicos. Cuidar da manutenção e conservação dos equipamentos odontológicos; Agendar e orientar o paciente quanto ao retorno para manutenção do tratamento. Acompanhar e apoiar o desenvolvimento dos trabalhos da equipe de saúde da família no tocante à saúde bucal. Realizar procedimentos coletivos como escovação supervisionada, evidenciação de placa bacteriana e bochechos fluorados na Unidade Básica de Saúde da Família e espaços sociais identificados. Registrar no Siab os procedimentos de sua competência realizados. Exercer outras atividades correlatas, e critério do superior imediato. Realizar procedimentos de enfermagem dentro das suas competências técnicas e legais; realizar procedimentos de enfermagem nos diferentes ambientes, USF e nos domicílios, dentro do planejamento de ações traçado pela equipe; preparar o usuário para consultas medicas e de enfermagem, exames e tratamentos na USF; zelar pela limpeza e ordem do material, de equipamentos e de dependências da USF, garantindo o controle de infecção; realizar busca ativa de casos, como tuberculose, hanseníase e demais doenças do cunho epidemiológico; no nível de suas competências, executar assistência básica e ações de vigilância epidemiológica e sanitária; realizar ações de educação em saúde aos grupos de patologias especificas e às famílias de risco, conforme planejamento da USF; executar outras atividades afins. Realizar exame clinico com a finalidade de conhecer a realidade epidemiológica de saúde bucal da comunidade. Realizar os procedimentos clínicos definidos na Norma Operacional da Assistência à Saúde (Noas). Assegurar a integralidade do tratamento no âmbito da atenção básica para a população adscrita. Encaminhar e orientar os usuários, que apresentarem problemas mais complexos, a outros níveis de especialização, assegurando o seu retorno e acompanhamento, inclusive para fins de complementação do tratamento. Realizar atendimentos de primeiros cuidados nas urgências; Realizar pequenas cirurgias ambulatoriais; Prescrever medicamentos e outras orientações na conformidade dos diagnósticos efetuados. Emitir laudos, pareceres e atestados sobre assuntos de sua competência; Executar as ações de assistência integral, aliando a atuação clinica à de saúde coletiva, assistindo as famílias, indivíduos ou grupos específicos, de acordo com plano de prioridades locais. Coordenar ações coletivas voltadas para à promoção e prevenção em saúde bucal. Programas e supervisionar o fornecimento de insumos para as ações coletivas. Supervisionar o trabalho desenvolvido pelo THD e o ACD. Capacitar as equipes de saúde da família no que se refere às ações educativas e preventivas em saúde bucal. Registrar na Ficha D Saúde Bucal, do Sistema de Informação da Atenção Básica Siab todos os procedimentos realizados. Executar outras tarefas correlatas, a critério do superior imediato.

9 MÉDICO DO ESF Realizar consultas clinicas aos usuários da sua adstrita; Executar as ações de assistência integral em todas as fases do ciclo de vida; criança, adolescente, mulher, adulto e idoso; Realizar consultas e procedimentos na USF e, quando necessários, no domicilio; Realizar as atividades clinicas correspondentes às áreas prioritárias na intervenção na Atenção Básica, definidas na Norma Operacional da Assistência à Saúde NOAS 2001; Aliar a atuação clinica à pratica da saúde coletiva; Fomentar a criação de grupos de patologias especificas, como de hipertensos, de diabéticos, de saúde mental, etc; Realizar o pronto atendimento médico nas urgências e emergências; Encaminhar aos serviços de maior complexidade, quando necessário, garantindo a continuidade do tratamento na USF, por meio de um sistema de acompanhamento e de referencia e contra-referencia; Realizar pequenas cirurgias ambulatoriais; Indicar internação hospitalar; Solicitar exames complementares; Verificar e atestar óbito. Exercer outras atividades correlatas, e critério do superior imediato. Planura, 04 de julho de 2014.

ANEXO I EDITAL Nº 20/2010-SEADM DESCRIÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DA FUNÇÃO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA PSF - LEI Nº 6.938/2005

ANEXO I EDITAL Nº 20/2010-SEADM DESCRIÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DA FUNÇÃO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA PSF - LEI Nº 6.938/2005 ANEXO I EDITAL Nº 20/2010-SEADM DESCRIÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DA FUNÇÃO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA PSF - LEI Nº 6.938/2005 FUNÇÃO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Realizar mapeamento de sua área; Cadastrar as famílias

Leia mais

ADITIVO 01 AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 001/2015

ADITIVO 01 AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 001/2015 ADITIVO AO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 1/25 O Prefeito Municipal de São João Nepomuceno MG, faz saber que fica alterado o Edital de Processo Seletivo Público da seguinte forma: O quadro de vagas

Leia mais

Processo Seletivo: Cirurgião Dentista. Para atuar no PSF Para Vagas em Aberto e Formação de Cadastro Reserva

Processo Seletivo: Cirurgião Dentista. Para atuar no PSF Para Vagas em Aberto e Formação de Cadastro Reserva Processo Seletivo: Cirurgião Dentista Para atuar no PSF Para Vagas em Aberto e Formação de Cadastro Reserva Pré-requisitos: 1. Ter Superior Completo; 3. Registro Profissional no Conselho Regional de Odontologia;

Leia mais

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ATRIBUIÇÕES DO MÉDICO I- Realizar consultas clínicas aos usuários de sua área adstrita; II- Participar das atividades de grupos de controle

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002.

LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002. LEI MUNICIPAL Nº 1559/02, DE 16 DE JULHO DE 2002. Cria e extingue cargos na estrutura do Quadro Permanente de Cargos, lei Municipal 1338/98, e dá outras providências. WOLMIR ÂNGELO DALL`AGNOL, Prefeito

Leia mais

RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014/01

RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014/01 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014/01 A Associação Beneficente de Saúde ASBESAAN, entidade de direito privado e sem fins lucrativos, qualificado como Organização Social, através do Decreto

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL ANEXOII ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS PARA CONCURSO PÚBLICO PARA EMPREGO PÚBLICO Nº. 001/2010 JUNDIAÍ DO SUL PARANÁ 1. Para os cargos do grupo PSF Programa da Saúde da Família, conveniados com o Governo Federal:

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPONGAS Estado do Paraná

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPONGAS Estado do Paraná SECRETARIA EXECUTIVA LEI Nº 3.336, DE 30 DE AGOSTO DE 2006 Dispõe sobre a criação de empregos públicos para a execução dos Programas de Saúde da Família e Agentes Comunitários de Saúde. A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

LEI Nº 088/2007. O PREFEITO MUNICIPAL DE SANTIAGO, RS no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Art.68,III de Lei Orgânica do Município,

LEI Nº 088/2007. O PREFEITO MUNICIPAL DE SANTIAGO, RS no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Art.68,III de Lei Orgânica do Município, LEI Nº 088/2007 ALTERA REGIME DE TRABALHO DAS FUNÇOES DE ENFERMEIRO, MÉDICO E ODONTÓLOGO, AUTORIZA O MUNICÍPIO DE SANTIAGO A CONTRATAR POR PRAZO DETERMINADO MÉDICO (A) E ODONTÓLOGO (A), CRIA GRATIFICAÇÃO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO RETIFICAÇÃO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 01/2014

CONCURSO PÚBLICO RETIFICAÇÃO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 01/2014 CONCURSO PÚBLICO RETIFICAÇÃO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 01/2014 Dispõe sobre a retificação do edital de abertura de inscrições para o provimento de cargo público do Quadro Permanente de Pessoal do

Leia mais

ANEXO I Descrição dos Cargos

ANEXO I Descrição dos Cargos ANEXO I Descrição dos Cargos DESCRIÇÃO: 1. - Auxiliar de Enfermagem: Prestar cuidados diretos de enfermagem ao paciente, por delegação e sob a supervisão do enfermeiro e do médico. Administrar medicação

Leia mais

LEI N.º 1.212/2011 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a

LEI N.º 1.212/2011 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a LEI N.º 1.212/2011 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. Cria e modifica quantitativos de cargos que menciona. O PREFEITO MUNICIPAL: seguinte lei: Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a Art. 1º

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL NOVA SANTA BÁRBARA

PREFEITURA MUNICIPAL NOVA SANTA BÁRBARA PREFEITURA MUNICIPAL NOVA SANTA BÁRBARA EDITAL N.º 002/ 2010. ANEXO III DESCRIÇÃO DOS CARGOS CARGO: 012- Ajudante Geral Requisitos: Conhecimentos gerais na área Atribuições do cargo: Proceder a limpeza

Leia mais

A N E X O I - E D I T A L 01/2015 A T R I B U I Ç Õ E S E R E Q U I S I T O S D O S C A R G O S C O N C U R S O P Ú B L I C O Nº 002/2015

A N E X O I - E D I T A L 01/2015 A T R I B U I Ç Õ E S E R E Q U I S I T O S D O S C A R G O S C O N C U R S O P Ú B L I C O Nº 002/2015 A N E X O I - E D I T A L 01/2015 A T R I B U I Ç Õ E S E R E Q U I S I T O S D O S C A R G O S C O N C U R S O P Ú B L I C O Nº 002/2015 NÍVEL SUPERIOR CIRURGIÃO DENTISTA BUCO MAXILO FACIAL - CEOCAM Realizar

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE CAXAMBU DO SUL ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE CAXAMBU DO SUL ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS OPERADOR DE MÁQUINAS Providenciar a lavação, o abastecimento e a lubrificação da máquina; efetuar pequenos reparos na máquina sob sua responsabilidade; dirigir máquinas

Leia mais

Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB

Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB 6º SINPLO Simpósio Internacional de Planos Odontológicos Fabiana Car Pernomiam 2011 Ergonomia racionalizar o trabalho, possibilitar

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SERAFINA CORRÊA ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS E EMPREGOS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SERAFINA CORRÊA ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS E EMPREGOS ANEXO I - ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS E EMPREGOS CARGO: ALMOXARIFE a) Descrição Sintética: Zelar pelo Patrimônio Público. b) Descrição Analítica: Controlar as mercadorias de uso da administração municipal;

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PAR A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA Nº 006/2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PAR A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA Nº 006/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PAR A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA Nº 006/2015 O Município de CAMARGO - RS, torna público a abertura das inscrições, no período de 12/11/2015 a 19/11/2015, no horário

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE POMERODE

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE POMERODE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO N.º 002/2013 ANEXO VII DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS E DOS S ATENDENTE EM CONSULTÓRIO DENTÁRIO (ACD) Orientar os pacientes sobre higiene bucal; Marcar consultas; Preencher e anotar

Leia mais

1 SADS- Serviço de Atendimento Domiciliar em Saúde. 1 Projeto Dengue. 1 Consultório na Rua. 1 Central de Ambulâncias

1 SADS- Serviço de Atendimento Domiciliar em Saúde. 1 Projeto Dengue. 1 Consultório na Rua. 1 Central de Ambulâncias Equipamentos de Saúde Gerenciados pelo CEJAM em Embu das Artes 11 Unidades Básicas de Saúde com 25 equipes de Estratégia Saúde da Família 1 SADS- Serviço de Atendimento Domiciliar em Saúde 1 Projeto Dengue

Leia mais

Estado de Goiás Prefeitura Municipal de Alto Paraíso de Goiás. Processo Seletivo Público nº. 001/2013 ANEXO I

Estado de Goiás Prefeitura Municipal de Alto Paraíso de Goiás. Processo Seletivo Público nº. 001/2013 ANEXO I Processo Seletivo Público nº. 001/2013 ANEXO I Edital nº. 001/2013 CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Numero de vagas: Micro área 05 da área Novo Horizonte 01 (uma) vaga Micro área Fraternidade da área

Leia mais

LEI Nº 3.518/2011, DE 06 DE SETEMBRO DE 2011.

LEI Nº 3.518/2011, DE 06 DE SETEMBRO DE 2011. 1 LEI Nº 3.518/2011, DE 06 DE SETEMBRO DE 2011. Autoriza contratação temporária de excepcional interesse público, em função da adesão do Município aos Programas de Saúde da Família ESF e da Saúde Bucal

Leia mais

ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO

ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO FUNÇÃO / REMUNERAÇÃO Médico Infectologista REQUISITO Medicina e Título de Especialista concedido pela Respectiva Sociedade de Classe ou Residência

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

ANEXO I DO EDITAL Nº 001/2009 DE 30 DE SETEMBRO DE 2009

ANEXO I DO EDITAL Nº 001/2009 DE 30 DE SETEMBRO DE 2009 ANEXO I DO EDITAL Nº 001/2009 DE 30 DE SETEMBRO DE 2009 COMPETÊNCIAS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DOS CARGOS: PROFESSOR COM HABILITAÇÃO LEGAL PARA O EXERCÍCIO DO MAGISTERIO COM FORMAÇÃO EM : CIÊNCIAS; LÍNGUA PORTUGUESA;

Leia mais

PORTARIA Nº 267, DE 06 DE MARÇO DE 2001

PORTARIA Nº 267, DE 06 DE MARÇO DE 2001 PORTARIA Nº 267, DE 06 DE MARÇO DE 2001 Publicada no DOU de 07/03/2001, seção 1, pg. 67 O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições, considerando a necessidade de: - regulamentação da Portaria

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM SAÚDE BUCAL (TSB)

CURSO TÉCNICO EM SAÚDE BUCAL (TSB) CURSO TÉCNICO EM SAÚDE BUCAL (TSB) INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO CARGA HORÁRIA: 1.200 HORAS COM ESTÁGIO DURAÇÃO : 2 ANOS PERIODICIDADE: SEMANAL (2ª, 3ª E 4ª) HORÁRIO DAS AULAS: 19H AS 21H INFORMAÇÕES SOBRE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO OESTE ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO OESTE ESTADO DE MINAS GERAIS O MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO OESTE MG, torna público a retificação do Anexo I e Anexo II do Edital do Processo Seletivo Simplificado para formação de quadro de reserva para contratação futura de pessoal

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N 0 908/2010, DE 05 DE ABRIL DE 2010.

LEI COMPLEMENTAR N 0 908/2010, DE 05 DE ABRIL DE 2010. LEI COMPLEMENTAR N 0 908/2010, DE 05 DE ABRIL DE 2010. Cria funções públicas para atender ao Programa Saúde da Família - PSF e Centro de Referência à Assistência Social - CRAS, e dá outras providências.

Leia mais

Prof. Carolina Borges e prof. Márcia Redendeiro

Prof. Carolina Borges e prof. Márcia Redendeiro Prof. Carolina Borges e prof. Márcia Redendeiro PRÁTICA ODONTOLÓGICA= FATORES EXTERNOS + FATORES INTERNOS CONHECIMENTO CIENTÍFICO TECNOLOGIAS PRÁTICA ODONTOLÓGICA RECURSOS HUMANOS AMBIENTES RECURSOS HUMANOS

Leia mais

Regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá outras providências

Regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá outras providências Decreto Nº 94.406 / 1987 (Regulamentação da Lei nº 7.498 / 1986) Regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá outras providências O Presidente da

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº. 009, DE 16 DE JANEIRO DE 2014.

PROJETO DE LEI Nº. 009, DE 16 DE JANEIRO DE 2014. PROJETO DE LEI Nº. 009, DE 16 DE JANEIRO DE 2014. Autoriza o Poder Executivo Municipal a efetuar contratações temporárias por excepcional interesse público para suprir necessidades da Secretaria Municipal

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10.

LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10. LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10. DISPÕE SOBRE A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EMERGENCIAL DE PROFISSIONAIS PARA ÁREA MÉDICA ESPECIALIZADA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. IRANI LEONARDO CHERINI PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 Estado de Santa Catarina PREFEITURA MUNICIPAL DE HERVAL D OESTE RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E/OU PROVAS E TÍTULOS, PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO

Leia mais

Profª Márcia Rendeiro

Profª Márcia Rendeiro Profª Márcia Rendeiro CONHECIMENTO CIENTÍFICO TECNOLOGIAS PRÁTICA ODONTOLÓGICA AMBIENTES INSTRUMENTOS MATERIAIS RECURSOS HUMANOS O PROCESSO DE TRABALHO ODONTOLÓGICO VEM SOFRENDO TRANSFORMAÇÕES AO LONGO

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARBALHA EDITAL Nº. 02/2014 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2014

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARBALHA EDITAL Nº. 02/2014 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2014 EDITAL Nº. 02/2014 RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2014 O MUNICÍPIO DE BARBALHA, Estado de Ceará, através da COMISSÃO EXECUTIVA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO, designada

Leia mais

Estado de Mato Grosso Município de Tangará da Serra Assessoria Jurídica www.tangaradaserra.mt.gov.br. - Fone (0xx65) 3311 4801

Estado de Mato Grosso Município de Tangará da Serra Assessoria Jurídica www.tangaradaserra.mt.gov.br. - Fone (0xx65) 3311 4801 LEI N.º 3808, DE 04 DE MAIO DE 2012. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DE CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO, ABERTURA DE VAGAS E ALTERAÇÃO NO ANEXO I D, DAS LEIS MUNICIPAIS Nº 2.099/2003 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 E 2875,

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2012

EDITAL DE RETIFICAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2012 EDITAL DE RETIFICAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 002/2012 A FUNDAÇÃO HOSPITAL MUNICIPAL GETÚLIO VARGAS, divulga a retificação do Edital de Abertura do Processo Seletivo Simplificado n 002/2012 destinado

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO QUADRO DE PESSOAL DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BIGUAÇU

PROCESSO SELETIVO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO QUADRO DE PESSOAL DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BIGUAÇU PROCESSO SELETIVO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO QUADRO DE PESSOAL DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BIGUAÇU TERCEIRO TERMO DE RETIFICAÇÃO DO EDITAL N 01/2010 O PREFEITO E A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DO MUNICÍPIO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sales

Prefeitura Municipal de Sales FUNDAMENTAL Prefeitura Municipal de Sales Av. Ramillo Salles, 717 Fone/Fax (17) 3557-90 CEP 14980-000 Estado de São Paulo CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2015 RETIFICAÇÃO Nº 01 O Prefeito do Município de Sales,

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - ª REGIÃO PROMOÇÃO A SAÚDE [ ] ASSISTÊNCIA A SAÚDE [ ]

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - ª REGIÃO PROMOÇÃO A SAÚDE [ ] ASSISTÊNCIA A SAÚDE [ ] CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - ª REGIÃO UF ROTEIRO DE VISITA TÉCNICA DATA DA VISITA SAÚDE COLETIVA - ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE PROMOÇÃO A SAÚDE [ ] ASSISTÊNCIA A

Leia mais

CONCURSO PMO 2008 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

CONCURSO PMO 2008 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS CONCURSO PMO 2008 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS NÍVEL SUPERIOR ADMINISTRADOR - Realiza diagnóstico e emite parecer a respeito da evolução financeira da Prefeitura; Promove o desenvolvimento de metodologias e

Leia mais

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009.

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE, CRIAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL, DA DIVISÃO DE MEIO-AMBIENTE E

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE PARELHAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município.

O PREFEITO MUNICIPAL DE PARELHAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município. DECRETO Nº 011/2014, DE 09 DE ABRIL DE 2014. Altera o Anexo I do Decreto n 007/2014, que dispõe sobre as atribuições, escolaridade e salários dos cargos destinados ao Concurso Público do Município de Parelhas/RN.

Leia mais

RELATÓRIO DE SUPERVISÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE

RELATÓRIO DE SUPERVISÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE RELATÓRIO DE SUPERVISÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE AMBULATÓRIO DE ESPECIALIDADES MUNICÍPIO: DATA: / / IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE: Nome: CGC: Endereço: Bairro: Telefone: Responsável pela unidade (formação): TURNO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Cargo: ENFERMEIRO/ÁREA 1. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Prestar assistência ao paciente e/ou usuário em clínicas, hospitais, ambulatórios, navios, postos de saúde e em domicílio, realizar consultas e procedimentos

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº. 2.967, DE 12 DE SETEMBRO DE 2011.

LEI MUNICIPAL Nº. 2.967, DE 12 DE SETEMBRO DE 2011. LEI MUNICIPAL Nº. 2.967, DE 12 DE SETEMBRO DE 2011. Autoriza o Executivo Municipal a efetuar contratação temporária por excepcional interesse público e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE CONSTANTINA,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ENFERMAGEM Qualificação:

Leia mais

Locais de trabalho: UBS da região de Capela do Socorro e Parelheiros

Locais de trabalho: UBS da região de Capela do Socorro e Parelheiros Edital do Processo Seletivo de Auxiliar de Consultório Dentário ACD e Técnico em Higiene Dental THD para compor a Equipe de Saúde Bucal do Programa Saúde da Família 2009 Obedecendo à Portaria nº 892/04,

Leia mais

PARECER COREN-SP CT 055/2013. PRCI nº 099.494 Tickets nº 282.274, 286.996, 290.861, 291.178, 293.283, 293.332, 293.370, 300.038, 307.

PARECER COREN-SP CT 055/2013. PRCI nº 099.494 Tickets nº 282.274, 286.996, 290.861, 291.178, 293.283, 293.332, 293.370, 300.038, 307. PARECER COREN-SP CT 055/2013 PRCI nº 099.494 Tickets nº 282.274, 286.996, 290.861, 291.178, 293.283, 293.332, 293.370, 300.038, 307.669 Ementa: Limpeza, desinfecção e esterilização de material odontológico:

Leia mais

ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA ATRIBUIÇÕES DOS MEMBROS DAS EQUIPES DE AB I - Participar do processo de territorialização e mapeamento da área de atuação da equipe, identificando grupos, famílias e indivíduos

Leia mais

PORTARIA CRN-3 nº 0112/2000

PORTARIA CRN-3 nº 0112/2000 PORTARIA CRN-3 nº 0112/2000 A Presidente do Conselho Regional de Nutricionistas 3ª Região, no uso de suas atribuições legais, que lhe conferem a Lei Federal nº 6583/78 e o Decreto Federal nº 84444/80 e,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DO JACUÍPE PREFEITURA MUNICIPAL. Secretaria de Administração e Finanças

MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DO JACUÍPE PREFEITURA MUNICIPAL. Secretaria de Administração e Finanças ESTADO DA BAHIA MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DO JACUÍPE PREFEITURA MUNICIPAL Secretaria de Administração e Finanças EDITAL DE RETIFICAÇÃO- III A Prefeita do Município de Conceição do Jacuípe, Estado da Bahia,

Leia mais

Sumário: 1. Saúde 1.1. Estratégia da Saúde da Família no território 2.1 (Rio de Janeiro);

Sumário: 1. Saúde 1.1. Estratégia da Saúde da Família no território 2.1 (Rio de Janeiro); PLANO DE TRABALHO 2014 Sumário: 1. Saúde 1.1. Estratégia da Saúde da Família no território 2.1 (Rio de Janeiro); 1.2. Estratégia da Saúde da Família no território 3.1 (Rio de Janeiro); 1.3. Estratégia

Leia mais

CARGO: PROFESSOR Síntese de Deveres: Exemplo de Atribuições: Condições de Trabalho: Requisitos para preenchimento do cargo: b.1) -

CARGO: PROFESSOR Síntese de Deveres: Exemplo de Atribuições: Condições de Trabalho: Requisitos para preenchimento do cargo: b.1) - CARGO: PROFESSOR Síntese de Deveres: Participar do processo de planejamento e elaboração da proposta pedagógica da escola; orientar a aprendizagem dos alunos; organizar as atividades inerentes ao processo

Leia mais

LEI Nº 4.254 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010

LEI Nº 4.254 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010 LEI Nº 4.254 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010 Cria cargos de provimento efetivo de Agente de Combate a Endemias, Auxiliar de Tesouraria, Farmacêutico e Fiscal Ambiental. Bel. PEDRO PAULO PREZZOTTO, Prefeito Municipal

Leia mais

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE SAÚDE

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE SAÚDE ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE SAÚDE 1 ATENÇÃO PRIMÁRIA 1.1 MÉDICO CLINICO GERAL Medicina. ATRIBUIÇÕES: Atendimento aos pacientes em área

Leia mais

ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO

ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO ANEXO III REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES POR CARGO/FUNÇÃO ANALISTA EM SAÚDE/ ASSISTENTE SOCIAL PLANTONISTA REQUISITOS: Certificado ou Declaração de conclusão do Curso de Serviço Social, registrado no MEC; E

Leia mais

Prefeitura Municipal de Serra Azul - SP Rua: Dona Maria das Dores, 248 CEP: 14.230-000. Fone: (016) 3982-1222 - Fax: (016) 3982-1302.

Prefeitura Municipal de Serra Azul - SP Rua: Dona Maria das Dores, 248 CEP: 14.230-000. Fone: (016) 3982-1222 - Fax: (016) 3982-1302. Cargo: Médico Pediatra Código do Cargo: MP Vencimentos: R$ 1.287,22 Carga Horária Semanal: 20 horas Curso Superior Completo em Medicina e Especialização em Pediatria com Registro no CRM. do Cargo: Executar

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 6 ª REGIÃO UF ROTEIRO DE VISITA TÉCNICA DATA DA VISITA NUTRIÇÃO CLÍNICA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS Nº DA VISITA

Leia mais

QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS

QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS NDF IN PROFISSIONAIS Entrevistador (a): Supervisor(a): Data da entrevista: Nome da Instituição (fantasia):

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM JESUS DA SERRA GABINETE DO PREFEITO CNPJ: 16.418.709/0001-41 LEI COMPLEMENTAR Nº 002/2014

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM JESUS DA SERRA GABINETE DO PREFEITO CNPJ: 16.418.709/0001-41 LEI COMPLEMENTAR Nº 002/2014 5 LEI COMPLEMENTAR Nº 002/2014 Dispõe sobre a criação de cargos na estrutura administrativa do Município e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Bom Jesus da Serra, Bahia, USANDO das atribuições

Leia mais

Ensino Fundamental Completo e 03 (três) anos de experiência em mecânica Diesel. 20 Merendeira 4 40 horas 689,99 Ensino Fundamental Completo.

Ensino Fundamental Completo e 03 (três) anos de experiência em mecânica Diesel. 20 Merendeira 4 40 horas 689,99 Ensino Fundamental Completo. CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011 EDITAL DE RETIFICAÇÃO A Prefeita do Município de Registro, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e em consonância com a Legislação Municipal, Estadual e Federal,

Leia mais

Lei Complementar nº. 010/2007 de 01 de novembro de 2007.

Lei Complementar nº. 010/2007 de 01 de novembro de 2007. Lei Complementar nº. 010/2007 de 01 de novembro de 2007. Cria empregos destinados a atender ao Programa de Agentes Comunitários de Saúde PACS; ao Programa da Dengue; ao Programa Primeira Infância Melhor

Leia mais

NUTRIÇÃO CLÍNICA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS. Nutricionista Entrevistado(a)

NUTRIÇÃO CLÍNICA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS. Nutricionista Entrevistado(a) CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - ª REGIÃO UF ROTEIRO DE VISITA TÉCNICA DATA DA VISITA ITA NUTRIÇÃO CLÍNICA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS Nº DA VISITA

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - ª REGIÃO ALIMENTAÇÃO ESCOLAR (GESTOR PÚBLICO) Nutricionista Entrevistado(a)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - ª REGIÃO ALIMENTAÇÃO ESCOLAR (GESTOR PÚBLICO) Nutricionista Entrevistado(a) CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - ª REGIÃO UF ROTEIRO DE VISITA TÉCNICA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR (GESTOR PÚBLICO) DATA DA VISITA Nº DA VISITA VISITA AGENDADA Sim [ ] Não

Leia mais

ANEXO III - EDITAL N o 001/2015 CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR ATRIBUIÇÕES DO CARGO

ANEXO III - EDITAL N o 001/2015 CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR ATRIBUIÇÕES DO CARGO ANEXO III - EDITAL N o 001/2015 CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR ATRIBUIÇÕES DO CARGO ATRIBUIÇÕES DO CARGO - CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR - PREFEITURA E CASA DE SAÚDE Assistente Social - prestar serviços sociais orientando

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LUZ Edital de Concurso Público nº 01/2014 Organização: Reis & Reis Auditores Associados

PREFEITURA MUNICIPAL DE LUZ Edital de Concurso Público nº 01/2014 Organização: Reis & Reis Auditores Associados 3ª Retificação Concurso Público - Edital nº 01/2014 A Prefeitura Municipal de Luz- MG no uso de suas atribuições legais torna público a 3ª retificação do Concurso Público nº 01/2014, que objetiva alterar

Leia mais

ANEXO I-G. (Art. 4º, 1º da LC. Nº 661/07, com a redação dada pelo art. 3º da LC. Nº 1047/2016.)

ANEXO I-G. (Art. 4º, 1º da LC. Nº 661/07, com a redação dada pelo art. 3º da LC. Nº 1047/2016.) ANEXO I-G (Art. 4º, 1º da LC. Nº 661/07, com a redação dada pelo art. 3º da LC. Nº 1047/2016.) MANUAL DE OCUPAÇÕES DO QUADRO PERMANENTE DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE PODER EXECUTIVO AGENTE COMUNITÁRIO DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MENDES PIMENTEL/MG Edital de Abertura de Concurso Público nº 01/2008

PREFEITURA MUNICIPAL DE MENDES PIMENTEL/MG Edital de Abertura de Concurso Público nº 01/2008 A PREFEITURA MUNICIPAL DE MENDES PIMENTEL faz saber que realizará, através da empresa Magnus Auditores e Consultores Associados, Concurso Público de Prova e Títulos para provimento de cargos de seu quadro

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO GRANDE DO SUL Autarquia Federal - Lei nº 5.905/73

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO GRANDE DO SUL Autarquia Federal - Lei nº 5.905/73 CÂMARA TÉCNICA DE LEIS E NORMAS CÂMARA TÉCNICA DE PESQUISA E EDUCAÇÃO PARECER TÉCNICO Nº 01/2015 Porto Alegre, 06 de novembro de 2015. Atividade do Técnico de Enfermagem como auxiliar de operador de máquina,

Leia mais

PARECER COREN-SP 006/2014 CT PRCI n 103.887/2013 Tickets nº 313.574 e 318.785

PARECER COREN-SP 006/2014 CT PRCI n 103.887/2013 Tickets nº 313.574 e 318.785 PARECER COREN-SP 006/2014 CT PRCI n 103.887/2013 Tickets nº 313.574 e 318.785 Ementa: Acesso ao prontuário e anotação pelo Agente Comunitário de Saúde. 1. Do fato Enfermeira que atua em Estratégia Saúde

Leia mais

ANEXO II ATRIBUIÇÕES E EXIGÊNCIAS DE ESCOLARIDADE PARA OS CARGOS

ANEXO II ATRIBUIÇÕES E EXIGÊNCIAS DE ESCOLARIDADE PARA OS CARGOS ANEXO II ATRIBUIÇÕES E EXIGÊNCIAS DE ESCOLARIDADE PARA OS CARGOS 01 MÉDICO (A) PLANTONISTA (CLINICO GERAL) Exigências: Curso de Graduação em Medicina + Registro no Conselho. Atribuições: : Realizar consultas

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA-PA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA - PA CONCURSO PÚBLICO EDITAL 001/2016

MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA-PA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA - PA CONCURSO PÚBLICO EDITAL 001/2016 RETIFICAÇÃO 01 DO A INAZ do Pará Serviços de Concursos Públicos Ltda-EPP, organizadora do Concurso Público de São Sebastião da Boa Vista, torna pública a Retificação nº 01 conforme edital de Nº001/2016,

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE (MS) - 2004

MINISTÉRIO DA SAÚDE (MS) - 2004 MINISTÉRIO DA SAÚDE (MS) - 2004 INTRODUÇÃO Última edição do Manual (revista e atualizada): 2006 Objetivo: Implantação do Serviço de Atendimento Móvel às Urgências Atende aos princípios e diretrizes do

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DIPLOMA CONFERIDO: BACHAREL NÚMERO DE VAGAS: 100 VAGAS ANUAIS NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: 50 ALUNOS TURNOS

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PAINEL Gabinete do Prefeito LEI COMPLEMENTAR Nº 27/2011 LEI COMPLEMENTAR

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PAINEL Gabinete do Prefeito LEI COMPLEMENTAR Nº 27/2011 LEI COMPLEMENTAR LEI COMPLEMENTAR Nº 27/2011 DÁ NOVA REDAÇÃO À LEI COMPLEMENTAR N 20/2010, DE JULHO DE 2010. O Prefeito do Município de Painel, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais, faz saber a todos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO NOVO DO PARECIS ESTADO DE MATO GROSSO CONCURSO PÚBLICO 001/2012 EDITAL COMPLEMENTAR 01

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO NOVO DO PARECIS ESTADO DE MATO GROSSO CONCURSO PÚBLICO 001/2012 EDITAL COMPLEMENTAR 01 Estado Mato Grosso PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO NOVO DO PARECIS ESTADO DE MATO GROSSO CONCURSO PÚBLICO 001/2012 EDITAL COMPLEMENTAR 01 O Prefeito Municipal e o Presinte da Comissão Especial do Concurso(CEC)

Leia mais

ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA NO SUS Claudia Witzel

ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA NO SUS Claudia Witzel ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA NO SUS Claudia Witzel CICLO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA O Ciclo da Assistência Farmacêutica compreende um sistema integrado de técnicas, científicas e operacionais SELEÇÃO DE MEDICAMENTOS

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 16/3/2009, Seção 1, Pág. 21. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 16/3/2009, Seção 1, Pág. 21. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 16/3/2009, Seção 1, Pág. 21. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Ministério da Educação/Secretaria de Educação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITARANTIM ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITARANTIM ESTADO DA BAHIA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NIVEL ELEMENTAR, NÍVEL FUNDAMENTAL, NÍVEL MÉDIO E NÍVEL SUPERIOR. COMPLEMENTAR DO ANEXOIII, DESCRIÇÃO E ATRIBUIÇÕES DE CARGOS, DO EDITAL DE ABERTURA

Leia mais

QUESTIONÁRIO DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

QUESTIONÁRIO DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA Este questionário tem por objetivo fazer com que a sociedade participe da gestão pública, exercendo controle sobre as despesas efetuadas e orientando aos órgãos do governo para que adotem medidas que realmente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IMBITUBA CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N o 01/2014 ANEXO I

PREFEITURA MUNICIPAL DE IMBITUBA CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N o 01/2014 ANEXO I RELAÇÃO S VINCULADA ÀS LEIS MUNICIPAIS N 3.135/07; 3.330/08 PROGRAMAS FERAIS NÍVEL SUPERIOR 001 MÉDICO CLÍNICO GERAL - ESF 002 MÉDICO GINECOLOGISTA - NASF 003 MÉDICO PEDIATRA - NASF 004 MÉDICO PSIQUIATRA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA SEGUNDO TEMPO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LUZ Edital de Concurso Público nº 01/2014 Organização: Reis & Reis Auditores Associados

PREFEITURA MUNICIPAL DE LUZ Edital de Concurso Público nº 01/2014 Organização: Reis & Reis Auditores Associados 3ª Retificação Concurso Público - Edital nº 01/2014 A Prefeitura Municipal de Luz- MG no uso de suas atribuições legais torna público a 3ª retificação do Concurso Público nº 01/2014, que objetiva alterar

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE Proponente: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATIBA DO SUL Localização: BAIRRO FUNDEC Área da construção: 232,93 m² Resp. Técnica: Marlei Salete Ogrodowski

Leia mais

AÇÕES DE EXTENSÃO E CUTURA 2010 UNIDADE: FOP ÁREA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO REPRESENTANTE: CLEIDE RODRIGUES

AÇÕES DE EXTENSÃO E CUTURA 2010 UNIDADE: FOP ÁREA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO REPRESENTANTE: CLEIDE RODRIGUES AÇÕES DE EXTENSÃO E CUTURA 2010 UNIDADE: FOP ÁREA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO REPRESENTANTE: CLEIDE RODRIGUES PROJETO SALA DE ESPERA Equipe de trabalho: SERVIÇO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL DA FOP Cleide Rodrigues e

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N. 86

LEI COMPLEMENTAR N. 86 LEI COMPLEMENTAR N. 86 Dispõe sobre a criação do Emprego Público de Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias, sobre o respectivo processo seletivo público e dá outras providências. Faço

Leia mais

2. FUNCIONÁRIOS - CONTRATADOS POR TEMPO DETERMINADO

2. FUNCIONÁRIOS - CONTRATADOS POR TEMPO DETERMINADO 1. FUNCIONÁRIOS - EFETIVOS Médico Clínico 0 Médico Pediatra 1 Médico de Estratégia PSF 3 Psicólogo Clínico 30 horas 0 Psicólogo Clínico 40 horas 1 Cirurgião Dentista 2 Auxiliar de Saúde Bucal 2 Fonoaudiólogo

Leia mais

043765 S/SUBVISA/SVFSZ/UJV Unidade de Diagnóstico, Vigilância, Fiscalização Sanitária e Medicina Veterinária Jorge Vaitsman

043765 S/SUBVISA/SVFSZ/UJV Unidade de Diagnóstico, Vigilância, Fiscalização Sanitária e Medicina Veterinária Jorge Vaitsman DO de 08/08/13 NOVA ESTRUTURA 043765 S/SUBVISA/SVFSZ/UJV Unidade de Diagnóstico, Vigilância, Fiscalização Sanitária e Medicina Veterinária Jorge Vaitsman Cumprir e fazer cumprir no Município do Rio de

Leia mais

Edital do Processo Seletivo de Cirurgião Dentista para o Programa Saúde da Família 2008

Edital do Processo Seletivo de Cirurgião Dentista para o Programa Saúde da Família 2008 Edital do Processo Seletivo de Cirurgião Dentista para o Programa Saúde da Família 2008 Obedecendo à Portaria nº 892/04, SMS-G, publicada no D.O.M. de 29/12/2004, que aprova o Documento Norteador de Recursos

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000082 - SERVICO SOCIAL Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000082 - SERVICO SOCIAL Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000082 - SERVICO SOCIAL Nivel: Superior Area Profissional: 0035 - SOCIAL Area de Atuacao: 0044 - RECURSOS HUMANOS/SOCIAL Atuar na area de

Leia mais

Portaria nº 339 de 08 de Maio de 2002.

Portaria nº 339 de 08 de Maio de 2002. Portaria nº 339 de 08 de Maio de 2002. O Secretário de Assistência à Saúde, no uso de suas atribuições legais, Considerando a Portaria GM/MS nº 866, de 09 de maio de 2002, que cria os mecanismos para organização

Leia mais

MUNICÍPIO DE ICARAÍ DE MINAS MG

MUNICÍPIO DE ICARAÍ DE MINAS MG Advogado Prestar assistência jurídica às questões de Direito Administrativo, Trabalhista, Civil, Tributário e Constitucional. Agente Administrativo Executar, sob orientação imediata, trabalhos administrativos

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado o Regulamento para Atividades Práticas do Curso de Enfermagem, bacharelado, da Faculdade do Maranhão FACAM.

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado o Regulamento para Atividades Práticas do Curso de Enfermagem, bacharelado, da Faculdade do Maranhão FACAM. RESOLUÇÃO CSA N 10/2010 APROVA O REGULAMENTO PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DO CURSO DE ENFERMAGEM, BACHARELADO, DA FACULDADE DO MARANHÃO FACAM. O Presidente do Conselho Superior de Administração CSA, no uso

Leia mais

Título: PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL NA EMEB JOÃO MARIA GONZAGA DE LACERDA

Título: PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL NA EMEB JOÃO MARIA GONZAGA DE LACERDA Título: PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL NA EMEB JOÃO MARIA GONZAGA DE LACERDA Autores: Ana Cláudia Morandini Sanchez, CD Serviço de saúde: Unidade de Saúde da Família VILA ANA Palavras-chaves: cárie dentária,

Leia mais

Indicador 24. Cobertura de primeira consulta odontológica programática

Indicador 24. Cobertura de primeira consulta odontológica programática Indicador 24 Cobertura de primeira consulta odontológica programática É o percentual de pessoas que receberam uma primeira consulta odontológica programática no Sistema Único de Saúde (SUS), A primeira

Leia mais

DATA DA VISITA: 26/11/2013 DATA DA VISITA: 28/04/2015 UNIDADE DE SAÚDE DR MANOEL DA ROCHA COUTINHO

DATA DA VISITA: 26/11/2013 DATA DA VISITA: 28/04/2015 UNIDADE DE SAÚDE DR MANOEL DA ROCHA COUTINHO DATA DA VISITA: 26/11/2013 DATA DA VISITA: 28/04/2015 UNIDADE DE SAÚDE DR MANOEL DA ROCHA COUTINHO Responsável: Adriana dos Santos Leandro Endereço: Rua Fenelon Gomes, 112 Bairro: Ilha do Principe CEP:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EDITAL N. 009/2014 O Município de Itabira torna público que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado Edital n. 009/2014,

Leia mais

Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais Diretor Geral: Damião Mendonça Vieira

Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais Diretor Geral: Damião Mendonça Vieira Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais Diretor Geral: Damião Mendonça Vieira CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP-MG Nº 066/2013 CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM COMPLEMENTAÇÃO Objetivo do Curso: Complementação

Leia mais