Inovação. Varejo de Belo Horizonte setembro de Área de Estudos Econômicos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Inovação. Varejo de Belo Horizonte setembro de Área de Estudos Econômicos"

Transcrição

1 Inovação Varejo de Belo Horizonte setembro de 2017 Área de Estudos Econômicos

2 Inovação Em um ambiente altamente competitivo como o setor do comércio, o diferencial de um estabelecimento pode garantir aos negócios a sobrevivência no mercado e o sucesso junto aos consumidores. As inovações são capazes de gerar vantagens competitivas em médio e longo prazos, permitindo que as empresas acessem novos mercados, aumentem suas receitas, realizem novas parcerias, adquiram novos conhecimentos e aumentem o valor de suas marcas. A área de Estudos Econômicos da Fecomércio MG realizou esta pesquisa com o objetivo de conhecer a adesão das empresas varejistas a ações inovadoras na cidade de Belo Horizonte. 67,9% dos empresários do comércio varejista da cidade realizaram alguma inovação nos últimos 12 meses. 64,5% pretendem promover alguma ação nos 12 meses subsequentes Entre as dificuldades em inovar, destacam-se o alto custo (40,2%) e a ausência de pessoal qualificado (11,5%). Entre as vantagens, os itens mais apontados foram a conquista de novos clientes (40,8%) e o atendimento às exigências do mercado (21,6%). As inovações realizadas melhoraram a satisfação dos clientes em 82,2% das empresas e a imagem dessas no mercado (73,3%). As ações inovadoras impactaram o faturamento de 55,0% dessas empresas. 2

3 Perfil das empresas Número de funcionários Segmento da empresa 39,6% Tecidos, vestuário e calçados 28,6% 25,8% Supermercados, hipermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo Veículos e motocicletas, partes e peças 10,8% 19,9% 4,8% 9,0% 15,7% 5,1% Material de construção Móveis e eletrodomésticos 9,7% 7,1% Até 2 anos Entre 2 e 5 anos Entre 6 e 10 anos Entre 11 e 20 anos Entre 21 e 50 anos Mais de 50 anos Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos Outros artigos de uso pessoal e doméstico 7,1% 6,8% Equipamentos e materiais para escritório, informática e de comunicação 4,7% Livros, jornais, revistas e papelaria 3,9% Combustíveis e lubrificantes 1,3% 63,4% das empresas de Belo Horizonte possuem até nove pessoas em seu quadro de funcionários, o que caracteriza microempresas 3

4 Mercado Sua empresa acompanha as tendências de mercado? A concorrência lançou, nos últimos 12 meses, algum produto ou serviço novo ou com alguma melhoria relevante? 11,0% 1,3% 12,4% 39,6% 87,7% Sim Não NR/NS 48,0% Sim Não NR/NS Entre os avaliados, a maioria (87,7%) afirmou que acompanha as tendências de mercado; 39,6% viram, nos últimos doze meses, as empresas concorrentes lançarem algum produto ou serviço novo. 4

5 Inovação Inovou nos últimos 12 meses... Lançando algum produto ou serviço novo ou com alguma melhoria relevante? Lançando algum processo novo ou com alguma melhoria relevante? ,4% 51,6% 16,1% 29,2% 42,1% 67,9% Introduzindo alguma mudança na estrutura organizacional ou de marketing? 26,1% 42,0% Pretende investir? 64,5% das empresas pretendem investir em inovação nos próximos 12 meses 67,9% das empresas avaliadas realizaram alguma inovação nos últimos 12 meses, número 25,8 p.p. superior ao obtido na avaliação realizada em A principal inovação feita foi a inclusão ou a melhoria de algum produto ou serviço oferecido pela empresa. 5

6 Motivações Motivos para investir em inovação (1) Motivos para NÃO investir em inovação (1) Conquistar novos clientes 40,8% É muito caro 40,2% Atender exigências do mercado 21,6% Ausência de pessoal qualificado 11,5% Aumento da qualidade 15,7% Situação política/econômica do país É muito arriscado 7,8% 7,0% Aumento da produtividade 15,3% Não preciso inovar 5,2% Tornar a empresa mais competitiva/acompanhar o mercado 12,2% Não tem dinheiro/vendas em baixa 4,4% Melhoria das condições de trabalho 3,1% Falta de informação 3,4% Entrada em novos mercados Redução de custos operacionais 2,7% 1,6% Concorrência desleal Falta de interesse dos funcionários e /ou empresários Falta de tempo 3,1% 1,6% 1,6% Fidelizar clientes 1,6% Dificuldade em conseguir crédito 1,3% Se diferenciar, chamar atenção 1,2% Ausência de parceiros 0,8% Melhoria de comunicação e integração interna e externa 0,4% (1) Percentual de empresas do grupo que citou cada item 6

7 Inovações realizadas Processo ou melhoria implementada (1) Mudança na estrutura organizacional ou de marketing (1) Inovação em equipamentos Inovação no sistema logístico Inovação no método de entrega Softwares e técnicas de apoio Relacionamento com o cliente Formação de funcionarios Passou a vender online Ampliação de formas de pagamento 4,0% 4,0% 4,0% 2,0% 31,3% 25,3% 20,2% 15,2% Mudanças significativas no layout da loja Mudanças nos conceitos e estratégias de marketing Mudanças na organização do trabalho Inclusão de outras mídias para divulgação e venda Aperfeiçoamento dos métodos de divulgação Parcerias com outras empresas ou terceirização Novas técnicas de gestão de processos 14,1% 12,2% 12,2% 5,1% 3,8% 33,3% 46,8% Programa de fidelidade 2,0% Mudança na vitrine da loja 1,3% Outros 7,1% Outros 0,6% Para as empresas que realizaram inovação em processos, 31,3% adquiriram ou melhoraram algum equipamento e 25,3% fizeram alterações no sistema logístico. Entre as mudanças estruturais, os itens mais mencionados foram a alteração no layout da loja (46,8%) e mudanças nos conceitos e estratégias de marketing (33,3%). 7

8 Perfil das empresas inovadoras Entre as empresas com mais de nove funcionários é maior a frequência de inovação (90,6%), assim como no grupo de empresas no mercado a menos de dois anos (77,8%). Entre os segmentos destacam-se: livros, jornais, revistas e papelaria (93,3%); equipamentos e materiais para escritório, informática e de comunicação (77,8%) e tecidos, vestuário e calçados (77,1%). Inovação por segmento do comércio Livros, jornais, revistas e papelaria Equipamentos e materiais para escritório, informática e de comunicação Tecidos, vestuário e calçados Móveis e eletrodomésticos 93,3% 77,8% 77,1% 74,1% Até 9 funcionários 65,9% Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos 74,1% Acima de 9 funcionários 90,6% Supermercados, hipermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo 67,1% Inovação por tempo de mercado Outros artigos de uso pessoal e doméstico 65,4% Até 2 anos 77,8% Veículos e motocicletas, partes e peças 53,7% Entre 2 e 5 anos Entre 6 e 10 anos Entre 11 e 20 anos 76,5% 71,2% 63,9% Material de construção Combustíveis e lubrificantes 20,0% 45,9% Entre 21 e 50 anos 65,8% Mais de 50 anos 73,7% 8

9 Impactos da inovação Impacto da inovação na... Satisfação dos clientes 82,2% 16,9% 0,8% Imagem da empresa no mercado 73,3% 25,1% 1,6% Participação da empresa no mercado 63,3% 31,6% 5,1% Produtividade dos funcionários 61,0% 33,9% 5,1% Qualidade de vida no trabalho 49,0% 44,0% 7,1% Responsabilidade ambiental 44,3% 53,9% 1,8% Melhorou Ficou igual Piorou Impacto das inovações no faturamento da loja 6,5% 38,5% 21,6% 13,0% 10,0% 3,9% 6,5% 38,5% dos empresários alegaram que as inovações não impactaram o faturamento da loja, embora alguns fatores positivos tenham sido observados: satisfação dos clientes (82,2%), imagem da empresa no mercado (73,3%), participação da empresa no mercado (63,3%) e produtividade dos funcionários (61,0%). Negativo Não houve impacto Até 5% Entre 6% e 10% Entre 11% e 20% Entre 21% e 30% Superior a 30% 9

10 Frequência de inovações Frequência com que ocorre processos de inovação na empresa: Percentual médio do faturamento mensal da loja gasto em inovação: 44,4% 27,8% 48,6% 51,4% 14,4% 11,1% Rotineiramente 2,2% Eventos isolados Não há gastos Até 5% Entre 6% e 10% Entre 10% e 30% Acima de 30% As inovações fazem parte da rotina da maioria das empresas (51,4%). Nos casos em que os processos de inovação são rotineiros, em 14,1% não há gastos e em 44,4% as ações representam um investimento de, em média, até 5% do faturamento mensal do empreendimento. 10

11 Inovação de pessoal Incentivo à inovação dos profissionais por parte das lideranças da empresa: 8,0% 5,8% Treinamentos De que forma? (1) 67,9% Premiações 25,5% Grupos de discussão 13,7% Participação em eventos 8,5% Visitas à feiras 2,8% 86,2% Sim, todos os funcionários Sim, apenas cargos de gerência Pesquisa e desenvolvimento 1,9% Não Em 86,2% das empresas há incentivo, por parte das lideranças, para a inovação dos funcionários da loja. Esse incentivo se dá, principalmente, por meio de treinamentos (67,9%) e premiações (25,5%). 11

12 Metodologia Pesquisa quantitativa do tipo survey telefônico, baseada em amostra proporcional aos segmentos do comércio varejista e das regiões de Belo Horizonte. O universo pesquisado consiste em empresas do comércio varejista da capital mineira. O método utilizado para a seleção das lojas foi definido com base no cadastro da área de Estudos Econômicos do Sistema Fecomércio MG. A pesquisa foi realizada entre os dias 22 e 29 de agosto. Foram avaliadas 380 empresas, perfazendo uma margem de erro da ordem de 5,0% para a amostra a um intervalo de confiança de 95%. Equipe Técnica Responsável Analista de pesquisa Assistente administrativo Pesquisadores Jovem aprendiz Estudos Econômicos Guilherme Lucas Moreira Dias Almeida Elisa Castro da Mata Ferreira Dayanne Jéssica da Silva Mendes Bruno Alisson Batista Gomes Filipe do Nascimento Souza Joyce do Nascimento Silva Sara Angela dos Santos Lara Oliveira Lopes Este material está liberado para reprodução, responsabilizando-se o usuário integralmente e a qualquer tempo pela adequada utilização das informações, estando ciente de que pode vir a ser responsabilizado por danos morais e materiais decorrentes do uso, reprodução ou divulgação indevida, isentando a Fecomércio MG de qualquer responsabilidade a esse respeito. Por fim, fica o usuário ciente da obrigatoriedade de, por ocasião da eventual divulgação das referidas informações, mencionar a Fecomércio MG como fonte de informação. Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais. Rua Curitiba, 561, Centro, Belo Horizonte, MG. CEP TEL

PESQUISA DE OPINIÃO DO COMÉRCIO VAREJISTA: INOVAÇÃO

PESQUISA DE OPINIÃO DO COMÉRCIO VAREJISTA: INOVAÇÃO PESQUISA DE OPINIÃO DO COMÉRCIO VAREJISTA: INOVAÇÃO Inovação Em um ambiente altamente competitivo como o setor do comércio, o diferencial de um estabelecimento pode garantir aos negócios sobrevivência

Leia mais

Área de Estudos Econômicos. Contratação de Temporários

Área de Estudos Econômicos. Contratação de Temporários Área de Estudos Econômicos Contratação de Temporários - 2016 Contratação de temporários para o fim de ano O fim de ano aquece o comércio varejista. É período de confraternizações e ainda abrange a melhor

Leia mais

Expectativas do Comércio Varejista Dia das Crianças 2016

Expectativas do Comércio Varejista Dia das Crianças 2016 Expectativas do Comércio Varejista Dia das Crianças 2016 http://www.istockphoto.com/br/foto/m%c3%a3e-e-duas-filhas-het-embalagem-de-presente-gm506826628-84402067 Área de Estudos Econômicos Expectativa

Leia mais

Área de Estudos Econômicos. Expectativas do Comércio Varejista Natal 2016

Área de Estudos Econômicos. Expectativas do Comércio Varejista Natal 2016 Área de Estudos Econômicos Expectativas do Comércio Varejista Natal 2016 Expectativa de vendas O Natal é a melhor data de vendas para o comércio varejista. É período de confraternizações, mundialmente

Leia mais

Expectativa de Vendas 1 Sem/2016

Expectativa de Vendas 1 Sem/2016 Observar e entender como foram às vendas no segundo semestre do ano são fundamentais para auxiliar no planejamento o próximo semestre, que contempla uma das mais importantes datas comemorativas para o

Leia mais

Expectativa de Vendas 2 Sem/2016

Expectativa de Vendas 2 Sem/2016 Observar e entender como foram as vendas no início do ano são fundamentais para auxiliar no planejamento para o 2 semestre, que terá três datas comemorativas importantes, o Dia dos Pais, o Dia das Crianças

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Consumidor - Maio 2016 Abertura dos Supermercados aos Domingos

Pesquisa de Opinião do Consumidor - Maio 2016 Abertura dos Supermercados aos Domingos Pesquisa de Opinião do Consumidor - Maio 2016 Abertura dos Supermercados aos Domingos Tramita na Câmara de Belo Horizonte um projeto de lei que visa proibir a abertura dos supermercados aos domingos. Com

Leia mais

Análise do Comércio Varejista Materiais de Construção 2 Sem/2016

Análise do Comércio Varejista Materiais de Construção 2 Sem/2016 Análise do Comércio Varejista Materiais de Construção 2 Sem/2016 O Sindicato do Comércio Varejista de Materiais de Construção, Tintas, Ferragens e Maquinismos - Sindimaco, em parceria com a área de Estudos

Leia mais

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE Pesquisa mensal de comércio Junho de 212 IBGE PMC Varejo restrito e ampliado Sumário Varejo Restrito - Receita nominal - Volume de vendas (Deflação da receita bruta com o IPCA e SINAPI) Varejo Ampliado

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte Concorrência de Produtos Importados. Metodologia. Perfil das empresas

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte Concorrência de Produtos Importados. Metodologia. Perfil das empresas É perceptível o grande crescimento de lojas que comercializam produtos importados (bijuterias, bolsas, cintos, etc.) nas ruas da área central de Belo Horizonte, muitas vezes os proprietários são estrangeiros

Leia mais

Intenção de Consumo Dia dos Pais

Intenção de Consumo Dia dos Pais Intenção de Consumo O Dia dos Pais marca a abertura do calendário de datas comemorativas do segundo semestre. O apelo emocional estimula a demanda por artigos masculinos de vários segmentos do comércio

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO DO CONSUMIDOR: PIRATARIA BELO HORIZONTE - AGOSTO/2016

PESQUISA DE OPINIÃO DO CONSUMIDOR: PIRATARIA BELO HORIZONTE - AGOSTO/2016 PESQUISA DE OPINIÃO DO CONSUMIDOR: PIRATARIA BELO HORIZONTE - AGOSTO/2016 Pirataria O crime de falsificação e violação de propriedade intelectual e de direitos autoriais, popularmente conhecido como pirataria,

Leia mais

E-commerce. Consumidores de Belo Horizonte. Área de Estudos Econômicos. Novembro

E-commerce. Consumidores de Belo Horizonte. Área de Estudos Econômicos. Novembro E-commerce Consumidores de Belo Horizonte Novembro - 2016 Área de Estudos Econômicos E-commerce O comércio eletrônico (e-commerce) é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Vendas no 1º semestre e expectativa para o 2º

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Vendas no 1º semestre e expectativa para o 2º 76,1% das empresas de Belo Horizonte possuem até 9 pessoas em seu quadro de funcionários, o que caracteriza microempresas. Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Observar e entender como foram às vendas

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista A Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte, realizada pela área de do Sistema Fecomércio MG mostra o desempenho dos negócios do comércio varejista no mês anterior e identifica a percepção

Leia mais

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado COMENTÁRIOS Em junho de 2015, o comércio varejista nacional registrou variação de -0,4% no volume de vendas frente ao mês imediatamente anterior, na série livre de influências sazonais, quinta taxa negativa

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 O COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL CONTINUA EM QUEDA A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

Resultado Agregado. ASSESSORIA ECONÔMICA DO SISTEMA FECOMÉRCIO-RS - Fone: (51) de Junho de 2015

Resultado Agregado. ASSESSORIA ECONÔMICA DO SISTEMA FECOMÉRCIO-RS - Fone: (51) de Junho de 2015 01 de Junho de 2015 Resultado Agregado Índice de Vendas do Comércio Abril 2015 IVC IVA IVV Real Nominal Real Nominal Real Nominal Mensal -7,2-3,0-7,4-5,0-7,0-0,8 Acumulado no Ano -5,8-0,8-5,3-1,7-6,3 0,1

Leia mais

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Diretoria Adjunta de Análise e Disseminação de Informações Gerência de Indicadores Econômicos Em fevereiro de 2016, no acumulado de 12 meses,

Leia mais

Análise Mensal - PMC

Análise Mensal - PMC Análise Mensal - PMC Julho / 2016 Varejo tem pior julho da série histórica Segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE, o volume das vendas do Varejo brasileiro voltou a ficar no negativo no mês

Leia mais

A Pesquisa Mensal do Comércio, realizada pelo IBGE, apresenta dois blocos de atividades relacionadas ao comércio.

A Pesquisa Mensal do Comércio, realizada pelo IBGE, apresenta dois blocos de atividades relacionadas ao comércio. Comércio Varejista Características A Pesquisa Mensal do Comércio, realizada pelo IBGE, apresenta dois blocos de atividades relacionadas ao comércio. O primeiro bloco é chamado, simplesmente, de Comércio

Leia mais

Alexsandre Lira Cavalcante *

Alexsandre Lira Cavalcante * 1. Volume de vendas do comércio varejista Alexsandre Lira Cavalcante * De acordo com dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), realizada pelo IBGE, o volume de vendas do comércio varejista comum cearense

Leia mais

Ceará: Resultados do PIB Trimestral 3 0 Trimestre/2007

Ceará: Resultados do PIB Trimestral 3 0 Trimestre/2007 Ceará: Resultados do PIB Trimestral 2003-2007 eloisa@ipece.ce.gov.br rogerio.soares@ipece.ce.gov.br Fortaleza 2009 CEARÁ: COMPOSIÇÃO Ceará: DO Resultados PRODUTO INTERNO do PIB BRUTO Trimestral A PREÇOS

Leia mais

Indicadores selecionados do RS*

Indicadores selecionados do RS* 67 Indicadores selecionados do RS* Tabela 1 Taxas de crescimento da produção, da área colhida e da produtividade dos principais produtos da lavoura no Rio Grande do Sul /06 PRODUTOS / 2006/ (1) Produção

Leia mais

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Relatório de Resultado de vendas de Natal 2010

Relatório de Resultado de vendas de Natal 2010 Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas de Natal 2010 Resultado das vendas referente ao Natal 2010 no município de Lages. Divisão de Planejamento Núcleo de Pesquisas

Leia mais

Relatório de Resultado de Vendas do Natal 2015

Relatório de Resultado de Vendas do Natal 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Relatório de Resultado de Vendas do Natal 2015 O perfil do empresário e resultado de vendas para o período de Natal em Santa Catarina

Leia mais

Desempenho da Indústria Catarinense

Desempenho da Indústria Catarinense FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Desempenho da Indústria Catarinense Florianópolis, 20 de março de 2015 SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2015 INDICADOR SANTA CATARINA

Leia mais

Pesquisa de Opinião Fecomércio MG e Sindicatos Copa do Mundo Janeiro 2013

Pesquisa de Opinião Fecomércio MG e Sindicatos Copa do Mundo Janeiro 2013 e Sindicatos Copa do Mundo 2014 Janeiro 2013 Apresentação A Pesquisa de Opinião Fecomércio MG, desenvolvida pelo Sistema Fecomércio MG, Sesc, Senac e Sindicatos, visa conhecer um pouco mais a opinião dos

Leia mais

Relatório Resultado de vendas Páscoa

Relatório Resultado de vendas Páscoa Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório Resultado de vendas Páscoa Panorama do movimento na economia durante a Páscoa 2010 Divisão de Planejamento Núcleo de Pesquisa FECOMÉRCIO SC PESQUISA

Leia mais

Análise de Endividamento do Consumidor Junho

Análise de Endividamento do Consumidor Junho Análise de Endividamento do Consumidor A Análise de Endividamento do Consumidor traça o quadro de endividamento e inadimplência dos consumidores da capital. Essas informações são importantes, pois englobam

Leia mais

Desempenho das Vendas e o Impacto na geração de emprego na RMSP

Desempenho das Vendas e o Impacto na geração de emprego na RMSP Desempenho das Vendas e o Impacto na geração de emprego na RMSP Varejo Estado de SP- 1 Semestre Em junho, o comércio varejista do estado de São Paulo registrou expressiva queda de 7,2% em comparação ao

Leia mais

Pesquisa de Resultado de Vendas do Natal 2016

Pesquisa de Resultado de Vendas do Natal 2016 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Pesquisa de Resultado de Vendas do Natal 2016 O perfil do empresário e

Leia mais

Comércio registra bom desempenho em agosto

Comércio registra bom desempenho em agosto Pesquisa Conjuntural do COMÉRCIO Nº 149 ANO 13 SETEMBRO - mês base AGOSTO 2013 CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA, LONDRINA, MARINGÁ, REGIÃO OESTE, FOZ DO IGUAÇU, PONTA GROSSA, REGIÃO SUDOESTE, PARANAGUÁ

Leia mais

FECHAMENTO DE ESTABELECIMENTOS DO VAREJO DE ALIMENTOS SE ACENTUA EM 2016

FECHAMENTO DE ESTABELECIMENTOS DO VAREJO DE ALIMENTOS SE ACENTUA EM 2016 FECHAMENTO DE ESTABELECIMENTOS DO VAREJO DE ALIMENTOS SE ACENTUA EM 2016 Redução no número de lojas no maior empregador do varejo ganhou força com a crise. De janeiro a abril, foram fechados 14,3 mil estabelecimentos

Leia mais

COMÉRCIO REDUZ INTENÇÃO DE INVESTIMENTOS EM ESTOQUES EM JANEIRO DE 2017

COMÉRCIO REDUZ INTENÇÃO DE INVESTIMENTOS EM ESTOQUES EM JANEIRO DE 2017 Divisão Econômica COMÉRCIO REDUZ INTENÇÃO DE INVESTIMENTOS EM ESTOQUES EM JANEIRO DE 2017 Parcela significativa dos varejistas de produtos semiduráveis (25%) e pequenos comerciantes (29,8%) consideram

Leia mais

introdução ao marketing - gestão do design

introdução ao marketing - gestão do design introdução ao marketing - gestão do design Universidade Presbiteriana Mackenzie curso desenho industrial 3 pp e pv profa. dra. teresa riccetti Fevereiro 2009 A gestão de design, o management design, é

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são palestras

Leia mais

Promoções para alavancar as vendas de Natal

Promoções para alavancar as vendas de Natal Promoções para alavancar as vendas de Natal OBJETIVOS DO ESTUDO Compreender a opinião dos micro e pequenos empresários no que diz respeito à intenção de oferecer promoções em seu negócio para alavancar

Leia mais

Tendências em Sistemas de Informação

Tendências em Sistemas de Informação Prof. Glauco Ruiz Tendências em Sistemas de Informação Os papéis atribuídos à função dos SI têm sido significativamente ampliados no curso dos anos. De 1950 a 1960 Processamento de Dados Sistemas de processamento

Leia mais

Economia brasileira: situação atual e desafios ao crescimento da indústria

Economia brasileira: situação atual e desafios ao crescimento da indústria Rede Setorial da Indústria Os desafios setoriais à competitividade da indústria brasileira Economia brasileira: situação atual e desafios ao crescimento da indústria São Paulo, 10 de setembro de 2013 ROTEIRO

Leia mais

Eficiência e Eficácia

Eficiência e Eficácia Eficiência e Eficácia Desempenho das Organizações A eficiência é determinante da eficácia: caso haja recursos disponíveis, e estes forem utilizados corretamente, a probabilidade de atingir os objetivos

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA LB% ATIVIDADE ECONÔMICA Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários novos

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA LB% ATIVIDADE ECONÔMICA Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários novos GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA ANEXO ÚNICO À PORTARIA SEFAZ N o 1799, de 30 de dezembro de 2002. (Redação dada pela Portaria nº 011 de 11.01.07). CÓDIGO CÓDIGO 1.0 2.0 LB% ATIVIDADE

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO 2013 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO O objetivo principal deste estudo é investigar a utilização dos Meios Eletrônicos de pagamento e as percepções

Leia mais

Pesquisa de. Temporários ASSESSORIA ECONÔMICA

Pesquisa de. Temporários ASSESSORIA ECONÔMICA ASSESSORIA ECONÔMICA Pesquisa de Temporários 2013 Pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisa - IFEP Relatório elaborado pela Assessoria Econômica Fecomércio-RS PESQUISA TEMPORÁRIOS 2013

Leia mais

62 ESPECIAL SONDAGEM

62 ESPECIAL SONDAGEM Indicadores CNI SONDAGEM 6 ESPECIAL China Perda de mercado doméstico em razão da concorrência com importados da China atinge 16% da indústria A concorrência com a China no mercado doméstico é sentida por

Leia mais

Introdução à Qualidade

Introdução à Qualidade Introdução à Qualidade Professor: Leandro Zvirtes UDESC/CCT 1 Introdução A Gerência da Qualidade quando focada na busca pela Qualidade Total possibilita a empresa dirigir seus esforços para: Melhorar de

Leia mais

Visão do Varejo Conhecimento do Universo

Visão do Varejo Conhecimento do Universo Marketing, Retail and Distribution Visão do Varejo Conhecimento do Universo Novembro, 2011 Visão do cenário O mercado brasileiro 100% PIB: R$ 3.674 bi (7 ª maioreconomia) 60,6% Consumo das Famílias R$

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte - ICC Outubro de 2016 Desenvolvido pela Fundação IPEAD, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) de Belo Horizonte é o único indicador, calculado mensalmente,

Leia mais

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões...

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões... SETEMBRO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 9 3.1. Melhores e Piores Regiões... 10 4. Conclusão... 13 5. Nota Metodológica... 14 1.

Leia mais

Comércio brasileiro 2016

Comércio brasileiro 2016 Comércio brasileiro 2016 Breve análise do comércio brasileiro no ano de 2016 e uma perspectiva para 2017 Sumário 1. Desempenho 2015... 2 2. O que mudou em 2016... 3 3. Perspectivas para 2017... 5 4. Players...

Leia mais

*A 30.453 38.654 (RAIS

*A 30.453 38.654 (RAIS Nota: *A população considerada é composta por 30.453 empresas dos 38.654 (RAIS 2014) estabelecimentos do comércio varejista de Belo Horizonte. Foram entrevistados 380 empresários do Comércio Varejista

Leia mais

PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PESQUISA E DESENVOLVIMENTO A RSoft Pesquisa e Desenvolvimento é uma empresa inovadora, sólida e referência em elaborar alternativas inovadoras e criativas que gerem eficiência (sistemas), mobilidade (apps)

Leia mais

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte Março/15 A mostra o desempenho dos negócios do comércio no mês de Fevereiro/2015 e identifica a percepção dos empresários para o mês de Março/2015. Neste mês, 20,8% dos empresários conseguiram aumentar

Leia mais

LUCRATIVIDADE : CRESCER, SOBREVIVER OU MORRER

LUCRATIVIDADE : CRESCER, SOBREVIVER OU MORRER LUCRATIVIDADE : CRESCER, SOBREVIVER OU MORRER SALVADOR SERRATO salvadors@sebraesp.com.br O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Orientar na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de

Leia mais

OLHO D' AGUA DOS BORGES

OLHO D' AGUA DOS BORGES 1 DADOS GERAIS - Data de emancipação: 31/10/1938 - Distância da capital: 321 km - Área: 141 Km 2 - Localização Mesorregião: Oeste Potiguar Microrregião: Umarizal - População: 4.442 (IBGE/2007) - Número

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Janeiro de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Mercado de Cartões Faturamento anual: R$ bilhões

Leia mais

Relatório de Resultado de vendas para o Natal 2010

Relatório de Resultado de vendas para o Natal 2010 Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas para o Natal 2010 O perfil do consumidor e sua expectativa de compra na data comemorativa mais rentável do ano em Blumenau.

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE JANEIRO DE 2013 PONTA GROSSA Este relatório, referente ao mês de JANEIRO de 2013, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

RETRATO DO EMPREENDEDOR DO VAREJO

RETRATO DO EMPREENDEDOR DO VAREJO RETRATO DO EMPREENDEDOR DO VAREJO Estudo encomendado pelo SPC Brasil e realizado pela Universiade Federal de Minas Gerais (UFMG) O estudo levou em conta dados coletados em junho de 2012 junto a comerciantes

Leia mais

Resultado de Vendas do Dia das Crianças 2016

Resultado de Vendas do Dia das Crianças 2016 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Resultado de Vendas do Dia das Crianças 2016 O perfil do empresário e

Leia mais

GESTÃO DO CAPITAL INTELECTUAL

GESTÃO DO CAPITAL INTELECTUAL GESTÃO DO CAPITAL INTELECTUAL CAPITAL INTELECTUAL Valor agregado aos produtos da organização por meio de informação e conhecimento. Composto: Habilidades e conhecimentos das pessoas Tecnologia Processos

Leia mais

Trabalho. Mercado BOLETIM. Ribeirão Preto/SP. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Gabriel Tamancoldi Couto e Jenifer Barbosa

Trabalho. Mercado BOLETIM. Ribeirão Preto/SP. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Gabriel Tamancoldi Couto e Jenifer Barbosa Ano III Mai/ Criação líquida empregos é positiva em março, mas mercado trabalho segue frágil Os dados março do Cadastro Geral Empregados e Desempregados (CAGED) mostram um mercado trabalho ainda com sinais

Leia mais

MOTIVAÇÃO PARA A QUALIDADE

MOTIVAÇÃO PARA A QUALIDADE MOTIVAÇÃO PARA A QUALIDADE Irene Szyszka 07/11/2002 Lucem Sistemas Integrados de Gestão - Direitos Reservados 1 O QUE É MOTIVAÇÃO? MOTIVOS PARA AÇÃO??? Segundo Michaelis: Ato de motivar. Espécie de energia

Leia mais

PESQUISA EXPECTATIVA DE VENDAS DIA DOS PAIS 2013

PESQUISA EXPECTATIVA DE VENDAS DIA DOS PAIS 2013 PESQUISA EXPECTATIVA DE VENDAS DIA DOS PAIS 2013 Pesquisa realizada junto às empresas associadas, do comércio varejista, com o objetivo de conhecer as expectativas dos empresários em relação ao Dia dos

Leia mais

Pesquisa de Vitimização dos Supermercados Belo Horizonte - Agosto de 2015

Pesquisa de Vitimização dos Supermercados Belo Horizonte - Agosto de 2015 Nos últimos anos, com o aumento das taxas de criminalidade no país, e devido aos impactos diretos e indiretos que ela provoca na sociedade, as políticas de segurança têm, cada vez mais, lugar de destaque

Leia mais

REGULAMENTO.

REGULAMENTO. www.firjan.com.br REGULAMENTO Regulamento Prêmio Melhores Práticas Sindicais - 2016 APRESENTAÇÃO Art. 1º A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), por meio da Diretoria Executiva

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte. Polo de Moda

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte. Polo de Moda Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte 2013 Apresentação Belo Horizonte também é conhecida por abrigar, entre suas montanhas, tradicionais polos da moda. Os bairros de Lourdes, Prado,

Leia mais

1 Introdução. Figura 1 - Faturamento anual do comércio eletrônico no Brasil (em R$ bilhões) (E-Commerce, Set/2009) 10,0 8,2 6,3 4,4

1 Introdução. Figura 1 - Faturamento anual do comércio eletrônico no Brasil (em R$ bilhões) (E-Commerce, Set/2009) 10,0 8,2 6,3 4,4 1 Introdução A Internet nos últimos anos vem apresentando crescimento inquestionável, transformando a sociedade como um todo, influenciando comportamentos e transformando a economia. Para diversos setores

Leia mais

GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO

GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO 1 DADOS GERAIS - Data de emancipação: 04/04/1963 - Distância da capital: 320 km - Área: 1.129 Km 2 - Localização Mesorregião: Oeste Potiguar Microrregião: Chapada do Apodi - População: 12.374 (IBGE/2007)

Leia mais

VAREJO PERDE 68 MIL ESTABELECIMENTOS NO PRIMEIRO SEMESTRE

VAREJO PERDE 68 MIL ESTABELECIMENTOS NO PRIMEIRO SEMESTRE VAREJO PERDE 68 MIL ESTABELECIMENTOS NO PRIMEIRO SEMESTRE Apesar do fechamento menor nos seis últimos meses, a crise no setor vitimou 168 mil estabelecimentos comerciais em um ano e meio. Entre aberturas

Leia mais

O Brasil é um dos países que mais crescem nesse mercado, ocupando a liderança do mercado de comércio eletrônico na América Latina.

O Brasil é um dos países que mais crescem nesse mercado, ocupando a liderança do mercado de comércio eletrônico na América Latina. Comércio Eletrônico Você é adepto do comércio eletrônico? Se não, pense melhor. O comércio eletrônico está criando novos hábitos de consumo entre os brasileiros, apresentando crescimento superior ao do

Leia mais

SEBRAE CARTÕES DE PAGAMENTO. Como as vendas por cartão de crédito e de débito. podem melhorar os negócios de sua empresa

SEBRAE CARTÕES DE PAGAMENTO. Como as vendas por cartão de crédito e de débito. podem melhorar os negócios de sua empresa CARTÕES DE PAGAMENTO Como as vendas por cartão de crédito e de débito podem melhorar os negócios de sua empresa O mundo mudou Nos hábitos: de consumo tecnologias formas de pagar Do ponto de vista do consumidor:

Leia mais

A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul

A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul O Sebrae/MS realizou um estudo sobre a Mulher e o Mercado de trabalho no MS, utilizando as seguintes fontes: Ministério do Trabalho

Leia mais

Junho Divulgado em 15 de julho de 2015.

Junho Divulgado em 15 de julho de 2015. Junho - 2015 Divulgado em 15 de julho de 2015. ICVA REGISTRA CRESCIMENTO DE 1,9% PARA O VAREJO EM JUNHO O indicador é calculado a partir da receita de vendas do comércio varejista deflacionada pelo IPCA

Leia mais

Resultado de Vendas do período de volta às aulas 2016

Resultado de Vendas do período de volta às aulas 2016 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Resultado de Vendas do período de volta às aulas 2016 O perfil do empresário

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte A Copa do Mundo FIFA terá como anfitrião o Brasil e Belo Horizonte foi eleita uma das doze cidades-sedes dos jogos. Este será um importante evento para a capital mineira. Espera-se a chegada de aproximadamente

Leia mais

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Desenvolvimento de Negócios Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Gestão Estratégica Para quê? Por Quê? Para fazer acontecer e trazer

Leia mais

VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA Percentual é calculado a partir da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com

Leia mais

Administração e Organização II

Administração e Organização II Administração e Organização II Agregar Pessoas Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br Agregar Pessoas Recrutamento / Seleção Imagem: http://blog.acelerato.com/gestao/recrutamento-e-selecao-otimizando-o-processo-nas-organizacoes/

Leia mais

A relação das MPEs com as médias e grandes empresas

A relação das MPEs com as médias e grandes empresas A relação das MPEs com as médias e grandes empresas SONDAGEM DE OPINIÃO Dezembro 2009 1 Introdução Objetivos: - Identificar a opinião dos proprietários das micro e pequenas empresas (MPEs) paulistas sobre

Leia mais

Empresários da construção mostram-se cautelosos

Empresários da construção mostram-se cautelosos Sondagem Indústria da Construção PB Informativo da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba Ano 4 Número 1 Janeiro 2014 www.fiepb.org.br Empresários da construção mostram-se cautelosos 100% O indicador

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA Coordenadoria de Economia Mineral Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Premissas do Desenvolvimento Sustentável Economicamente

Leia mais

PORTFÓLIO EMPRESARIAL

PORTFÓLIO EMPRESARIAL PORTFÓLIO EMPRESARIAL CONHEÇA A DESA A DESA ENGENHARIA E REFRATÁRIOS, empresa brasileira, sediada no estado da Minas Gerais. Com muito empenho e profissionalismo adquiridos ao longo de sua existência,

Leia mais

Objetivos desta aula. Noções de Marketing 21/10/09

Objetivos desta aula. Noções de Marketing 21/10/09 Noções de Marketing 21/10/09 Atendimento. Marketing em empresas de serviços. Marketing de relacionamento. Segmentação de mercado e segmentação do setor bancário. Propaganda e Promoção. Satisfação, Valor

Leia mais

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO 2014 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico Coordenação de Campo: Roberto Guerra SUMÁRIO

Leia mais

Dia dos Pais Expectativa de Vendas do Comércio Varejista do Distrito Federal

Dia dos Pais Expectativa de Vendas do Comércio Varejista do Distrito Federal Dia dos Pais 2013 Expectativa de Vendas do Comércio Varejista do Distrito Federal Brasília Julho de 2013 SUMÁRIO Expediente... 3 1.Apresentação... 4 2. Expectativa de Vendas... 5 3. Variação nos Estoques...

Leia mais

EXPECTATIVAS PARA AS OLIMPÍADAS RIO 2016

EXPECTATIVAS PARA AS OLIMPÍADAS RIO 2016 EXPECTATIVAS PARA AS OLIMPÍADAS RIO 2016 A realização das Olimpíadas 2016 promete movimentar o comércio de bens, serviços e turismo não apenas no Rio de Janeiro. O Estado de Minas Gerais receberá delegações

Leia mais

Aprendizagem em Comércio de Bens e Serviços. Senac Jundiaí

Aprendizagem em Comércio de Bens e Serviços. Senac Jundiaí Aprendizagem em Comércio de Bens e Serviços Senac Jundiaí Aprendizagem em Comércio de Bens e Serviços Senac Jundiaí 1997 Início do Programa de Aprendizagem em Jundiaí (1 turma) 2000 Parceria com Secretaria

Leia mais

TERMÔMETRO DE VENDAS Março/2016

TERMÔMETRO DE VENDAS Março/2016 TERMÔMETRO DE VENDAS Março/2016 Elaborado: Economia - Pesquisa & Mercado Equipe Técnica: Economista Ana Pala Bastos Estatística - Sarah Ribeiro Analista André Fernandes Técnico em Pesquisa - Amanda Santos

Leia mais

3ª Pesquisa Nacional de Varejo Online

3ª Pesquisa Nacional de Varejo Online 3ª Pesquisa Nacional de Varejo Online pesquisa quantitativa junho - 2016 índice a empresa e-commerce operação logística mercado metodologia gestão loja física tendências Sebrae mortalidade metodologia

Leia mais

12ª Semana de Desenvolvimento Econômico será realizada em Itabirito.

12ª Semana de Desenvolvimento Econômico será realizada em Itabirito. 12ª Semana de Desenvolvimento Econômico será realizada em Itabirito. A 12ª Semana de Desenvolvimento Econômico será realizada em Itabirito entre os dias 30 de Agosto e 02 de Setembro de 2016. O evento

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Copa das Confederações

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Copa das Confederações Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista 2013 Apresentação A de 2013 teve sua nona edição realizada no Brasil entre os dias 15 e 30 de junho e serviu como base para a Copa do Mundo de 2014. Belo Horizonte

Leia mais

Inteligência de mercado

Inteligência de mercado Inteligência de mercado práticas e resultados Zilma Santos Gestora de Vendas, Mercado e Produtos 28 de junho de 2013 Unimed-BH em números 1,18 milhão de clientes em carteira, sendo 79% coletivos 5,3 mil

Leia mais

Conheça os cursos e qualificação disponíveis

Conheça os cursos e qualificação disponíveis Conheça os cursos e qualificação disponíveis Projetos operacionalizados pela entidade Cursos operacionalizados pela entidade no Programa de Inclusão Digital Curso de Introdução à Informática, comporto

Leia mais

15 à 17 AGO São Paulo Expo

15 à 17 AGO São Paulo Expo 15 à 17 AGO São Paulo Expo EXPOSTOS & CONVENIÊNCIA O evento oficial dos setores de distribuição e revenda de derivados de petróleo, equipamentos, lojas de conveniência e food service do Brasil. É o grande

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Vendas no 2 Semestre de 2013 e Expectativa de vendas para o 1 Semestre de 2014

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Vendas no 2 Semestre de 2013 e Expectativa de vendas para o 1 Semestre de 2014 Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Vendas no 2 Semestre de 2013 e Expectativa de vendas para o 1 Semestre de 2014 2014 Apresentação Observar e entender como foram às vendas no início do ano são

Leia mais

Fundamentos Estratégicos

Fundamentos Estratégicos 1 Fundamentos Estratégicos MISSÃO Fornecer soluções e serviços em sistemas de suspensões, eixos e componentes para veículos comerciais com inovação, qualidade, segurança e sustentabilidade. VISÃO Ser reconhecida,

Leia mais

POR QUE FEIRAS EM TEMPOS DE CRISE?

POR QUE FEIRAS EM TEMPOS DE CRISE? POR QUE FEIRAS EM TEMPOS DE CRISE? Ligia Amorim Diretora geral da NürnbergMesse Brasil 1ª vice-presidente do capítulo América Latina da UFIthe Global Association of the Exhibition Industry. Vice-presidente

Leia mais

Relatório sobre a Pesquisa de Expectativas de Vendas janeiro e carnaval 2016

Relatório sobre a Pesquisa de Expectativas de Vendas janeiro e carnaval 2016 FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DE ALAGOAS INSTITUTO FECOMÉRCIO DE ESTUDOS, PESQUISAS E DESENVOLVIMENTO DE ALAGOAS Relatório sobre a Pesquisa de Expectativas de Vendas janeiro e carnaval 2016 IFEPD/AL Maceió, janeiro

Leia mais