ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ITEM 1 SERVIDOR PARA VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES E NUVEM PRIVADA TIPO I

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ITEM 1 SERVIDOR PARA VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES E NUVEM PRIVADA TIPO I"

Transcrição

1 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 1 ITEM 1 SERVIDOR PARA VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES E NUVEM PRIVADA TIPO I PROCESSAMENTO: O equipamento deverá ser ofertado com pelo menos 4 (quatro) processadores; Cada processador deverá possuir pelo menos 15 (quinze) núcleos de processamento, operando a uma frequência mínima de 2.3GHz com memória cache L3 de pelo menos 30MB; Processador com suporte à tecnologia de virtualização (como Intel VT ou AMD-V); Processador com suporte à tecnologia de virtualização de I/O (Intel VT-d ou AMD-Vi) e suporte à Execute Disable Bit ou NX-Bit (Intel/AMD); A configuração proposta deverá atender ou superar um dos seguintes índices de desempenho publicados no site SPECint _rate2006 = 2000; SPECint_rate_base2006 = 1900; A empresa proponente deverá apresentar o relatório impresso, extraído do site comprovando o atendimento dos requisitos de performance especificados. O MPF poderá confirmar a informação entregue por meio de acesso ao mesmo site Será aceito índice de desempenho apenas com a mesma marca, modelo, CPU e geração do equipamento ofertado MEMÓRIA: Deverá ser fornecido com 1024GB (mil e vinte e quatro gigabytes/um terabyte) de memória RAM registrada padrão PC , PC ou PC com voltagem máxima de 1.5V (um ponto cinco volts) por módulo DIMM; Cada módulo de memória (DIMM) deverá possuir capacidade mínima de 16GB (dezesseis gigabytes) operando a uma frequência mínima de 1333MHz (hum mil, trezentos e trinta e três megahertz); A configuração de memória deverá suportar Advanced ECC ou Chipkill, espelhamento de memória e reserva memória online (online spare memory) ou tecnologia semelhante, a fim de garantir disponibilidade do equipamento em casos de erros ou falhas em memória; ESCALABILIDADE: O equipamento deverá permitir expansão da sua capacidade de memória RAM para pelo menos 3TB (três terabytes) distribuídos em no mínimo 96 slots DIMM; ARMAZENAMENTO: Deverá ser fornecido com pelo menos 4 (quatro) discos padrão SAS 6G cada um com capacidade mínima de 300GB (trezentos gigabytes) e velocidade rotacional de 10Krpm (dez mil rotações por minuto).

2 Deverá ser fornecido pelo menos 1 placa PCIe com memória FLASH de no mínimo 200GB ou 2 (duas) unidades SSD padrão SAS cada configuradas em RAID 1 com capacidade mínima de 200GB (duzentos gigabytes) cada e instaladas em slots de discos compatíveis com os mesmos discos especificados no item acima. Esta solução de memória de alta performance deve ser compatível com VMware vsphere Flash Read Cache Possuir controladora RAID integrada e totalmente compatível com as unidades especificadas nos ITENS e para suporte a, no mínimo, níveis RAID 0,1, 5 e 1+0 (ou 0+1). A controladora dos discos deverá ser fornecida com 512MB (quinhentos e doze megabytes) de memória cache protegida por bateria com autonomia mínima de 24h (vinte e quatro horas). No caso da memória cache ser do tipo flash dispensa-se o uso de bateria para proteção dos dados em cache. A controladora deve possuir processador próprio para executar as operações relacionadas ao RAID, liberando assim a CPU do servidor de executar tais operações. Não serão aceitas controladoras que implementam RAID via chipset da CPU do servidor, através dos seus drivers instalados no S.O, assim como as chamadas software-raid controllers ou dynamic controllers Os discos e a controladora deverão interagir com o software de gerenciamento centralizado para envio de alertas antes da ocorrência de possíveis falhas Deverá ser configurado volume de dados utilizando tecnologia para espelhamento dos discos (RAID-1) para proteção dos dados Os discos ofertados devem ter características físicas e de geometria de disco (disk geometry) idênticas (interface de conexão de mesma velocidade, RPM, cilindros, setores, trilhas, etc.).; COMUNICAÇÃO: Deverá ser fornecido com 4 (quatro) interfaces de comunicação convergente: Suporte a comunicação 10 Gigabit Ethernet (10GbE) full-duplex: Suporte a Enhanced Transmission Selection (802.1Qaz) e Data Center Bridging Exchange (DBCX) Suporte a Priority-based Flow Control (802.1Qbb) Suporte a Jumbo Frames Suporte a Aceleração Ethernet IPv4/IPv6, TCP e UDP checksum offload; IPv4 header checksum offload; TCP Segmentation Offload (TSO); Receive Side Scaling (RSS); VLAN insertion/stripping e filtering; Large Receive Offload (LRO); Suporte a offloading de Switches virtuais: VMware NetQueue (Tx e Rx) Microsoft VMQ (Rx) Edge Virtual Bridging (EVB) 802.1Qbg Virtual Ethernet Bridging (VEB) Virtual Ethernet Port Aggregator (VEPA) Suporte a Preboot execution Environment (PXE); Internet Small Computer System Interface (iscsi) Fibre Channel over Ethernet (FCoE) 10Gbps (dez Gigabits por segundo) Permitir a inicialização (boot) do sistema operacional utilizando um volume localizado na SAN; Implementar QoS; Permitir criar interfaces lógicas (Multiple physical PCI functions / vhbas /vnics) de forma que cada porta de 10Gbps possa aparecer para o sistema

3 operacional como até 4 HBAs (FC, iscsi ou FCoE) ou como até 4 NICs. Este recurso deve ser totalmente compatível com os Switches convergentes especificados nos ITENS 9,12,13,14 e 15 como também com o software/hypervisor de virtualização VMWare vsphere 5; Todos os requisitos técnicos especificados acima ( a ) devem funcionar quando estas interfaces de comunicação estiverem conectadas aos switches especificados nos ITENS 9,12,13,14 e 15; Será exigida comprovação de compatibilidade das interfaces convergentes acima com os Switches de 10GbE especificados nos ITENS 9, 12,13,14 e 15. Como forma de diminuir problemas de compatibilidade ou o não atendimento dos requisitos listados acima quando em funcionamento concomitante com o Switches citados, o LICITANTE deverá comprovar que as CNAs (adaptadores de rede convergente) são compatíveis com os servidores e os Switches através de lista de compatibilidades emitidas tanto pelo fabricante da CNA quanto dos Switches especificados nos ITENS 9, 12,13, 14 e As interfaces de comunicação convergente deverão ser instaladas em slots PCI-Express de segunda geração (2.0) ou superior, com barramento dedicado de, pelo menos, quatro vias (x4) respeitando o limite de 1 (uma) interface por slot, ou até 2 (duas) interfaces por slot PCI-Express de segunda geração (2.0) ou superior com barramento dedicado de, pelo menos, oito vias (x8) Deverá ser fornecido com 2 (duas) interfaces HBAs fibre channel dispostas em interfaces PCIe diferentes: Suporte a FC-Tape, FCP, FCP-2 e FC-SP; Permitir a inicialização (boot) do sistema operacional utilizando um volume localizado na SAN; Suporte a comunicação Fibre Channel (FC) 16/8/4 Gbps (dezesseis /oito / quatro Gigabits por segundo) full-duplex Deverá ser fornecido com 2 (duas) interfaces de rede TenGigabit Ethernet (10GbE) conforme as seguintes características: Portas compatíveis com transceivers SFP+ de curto alcance; Portas compatíveis com cabos de conexão direta ou Twinax; Poderão ser instaladas em slots PCI-Express 2.0 ou superior, e/ou integradas a placa principal; As interfaces de rede deverão estar em conformidade com os padrões IEEE: ae, 802.3ap, 802.1q, 802.1qau, 802.3x, 802.1p, 802.3ad/LACP; Suporte a aceleração de hardware para offloading de processamento TCP/IP, FCoE e iscsi; Suportar offloading de Switches virtuais VMWare NetQueue, Microsoft Virtual Machine Queue (VMQ) para Windows; Suportar SR-IOV; Suportar Receive-Side Scaling (RSS); Deverão ser fornecidos 6 (seis) cabos de conexão direta (Direct Attach) ou Twinax ativos, com pelo menos 3 metros de comprimento, compatíveis com as interfaces de comunicação LAN (item 1.5.4) e convergente (item 1.5.1) e com os Switches e módulos especificados nos ITENS 9, 12,13,14 e Após a instalação de todas as placas, o equipamento deverá possuir pelo menos 4 (quatro) slots PCI-Express 3.0 com barramento dedicado de, pelo menos, oito vias (x8) ou superior, para futuras expansões.

4 Possuir controladora de vídeo padrão VGA com suporte a, no mínimo, cores e com 2 conectores de vídeo (1 frontal e 1 traseiro); GERENCIAMENTO: Incluir interface de gerência remota. O objetivo desta solução é garantir que o administrador não precise acessar fisicamente o equipamento no interior do datacenter após a sua instalação e configuração, exceto em situações de reparos físicos e substituição de componentes de hardware. Esta interface deverá permitir as seguintes operações via web: Ligar, desligar e reiniciar o servidor; Console web remota KVM (teclado+vídeo+mouse) com resolução de, no mínimo, 1024x768 pontos, habilitado com recurso de presença remota, permitindo acesso mesmo na indisponibilidade do sistema operacional; Conexão remota de imagens de discos (ou disquetes) como também unidades físicas instaladas na estação/computador usado para gerenciar, para que funcionem como unidades de disco virtuais do próprio servidor; Monitoração remota via SNMP; Monitoração de informações ambientais como temperatura em graus Celsius; Configuração de usuários locais e em serviço de diretórios baseados em LDAP para logon na interface de gerência; Não serão aceitas soluções de KVM locais, instaladas no RACK, tais como Switches KVM e consoles para substituir esta funcionalidade da interface de gerência via WEB Deverão ser fornecidas licenças do software de gerenciamento centralizado do próprio fabricante para envio de alertas ao administrador conforme políticas preestabelecidas Software de Gerenciamento dos servidores físicos e/ou virtuais que proveja instalação de imagens automatizada, análise de desempenho, otimização do consumo de energia e suporte remoto: GERENCIAMENTO FÍSICO: Conjunto de ferramentas integradas para gerenciar proativamente servidores de arquitetura x86/x64, storage e máquinas virtuais de infraestrutura, sistemas operacionais (Linux, Windows e Unix) e sistemas de virtualização (Microsoft ou VMWARE), funcionando em conjunto com suas respectivas ferramentas de gerenciamento de máquinas virtuais; Disponibilização da tela gráfica remota de cada servidor sem a intervenção do sistema operacional; Criação de uma interface de mídia remota onde será possível dar boot por drivers (floppy disks, CD/DVD ou USB) remotos; Integração com serviço de diretório LDAP para criação de políticas de acesso a console de gerenciamento; Possibilidade de executar o inventário dos servidores físicos e virtuais, bem como oferecer um repositório de drivers para hardware, a fim de executar atualizações pré-agendadas dos mesmos; Monitoração de status de hardware, bem como a capacidade de gerar alertas de pré-falhas para processadores, memória e disco Permitir customização de alertas de servidores (componentes monitorados, os quais devem receber alertas com a severidade de eventos), bem como o formato de envio dos mesmos (traps, alertas via e- mail, e/ou mensagens via pager); Capacidade de agrupar componentes remotos de acordo com especificações (servidores, clients, clusters, etc);

5 Permitir acesso para localidades remotas a console do software de gerenciamento; Capacidade de configurar e controlar múltiplos servidores; Capacidade de monitoramento de dispositivos de terceiros (servidores), sem licenças adicionais, baseado no acesso aos agentes dos mesmos (comumente configurados durante a instalação dos mesmos); Homologação com os seguintes protocolos operacionais: SNMP, SSH, WBEM, WMI; Possuir capacidade de configuração e adaptação de MIBS GERENCIAMENTO DE ENERGIA E TEMPERATURA: Capacidade de monitorar o consumo de energia e temperatura dos servidores e gabinetes blades, de maneira gráfica, bem como acesso aos diferentes estados de processamento do servidor (static, high, etc), ANÁLISE DE DESEMPENHO: Monitorar a performance do hardware continuamente, comparando com uma base de capacidades de performance de cada componente e/ou limites pré-definidos e assim determinar, em tempo real, quais componentes estão passando por problemas de performance Criar eventos quando houver um servidor estiver próximo de seu limite de performance. Detectar essas mudanças disparando um alerta antes de gerar um gargalo de performance Analisar a configuração dos componentes do servidor e determinar se o servidor possui um potencial problema de configuração. Potenciais problemas como desequilíbrio de bus PCI, drives SCSI operando em velocidade reduzida, e portas de rede inativas são detectados e reportados Determinar limites de uso de CPU, memória, e uso de disco e receber alertas proativamente quando um dos limites for excedido, para tomada de ações de correção Oferecer um determinado nível de análise de desempenho dos componentes internos do servidor (processador, desempenho de rede, placas de rede, memória e disco), de maneira gráfica, permitindo análise remota dos componentes citados individualmente e em conjunto INTEGRAÇÃO COM AMBIENTE VIRTUALIZADO: Prover acesso aos controles das máquinas virtuais pelo menos das plataformas VMware, Microsoft Hyper-V e Xen ou KVM em RHEL ou SLES, através da console unificada Provisionar, iniciar, parar, pausar, reiniciar, mover, copiar, iniciar o backup, criar templates e restaurar funções para as máquinas virtuais remotamente através da console unificada; Possibilidade de restaurar uma máquina virtual de uma situação de falha no hardware através do reinício da mesma máquina virtual em um novo hardware; Informar através de relatórios e/ou gráficos, dados de desempenho de máquinas virtuais e máquinas físicas; Possibilidade de abrir os sistemas virtualizados através da ferramenta central de gerenciamento para executar quaisquer tarefas adicionais necessárias PROVISIONAMENTO:

6 Ferramenta para facilitar e automatizar a instalação, configuração e implementação de sistemas (Linux, Windows, VMware a Windows Hyper-V) através de comandos intuitivos e instalação dos drives dos servidores usando imagens e/ou scripts Suporte a SAN Boot e/ou SAN Attach para instalação automatizada de imagens de sistemas; Deverá ser fornecido com todas as fontes de alimentação e módulos de ventilação com capacidade para suportar a configuração máxima dos equipamentos com total redundância. Estes componentes deverão permitir substituição sem interrupção do funcionamento do equipamento (hot-plug ou hot-swap); DISPOSITIVOS ADICIONAIS: No mínimo 04 (quatro) interfaces USB 2.0 onboard com conectores externos; Deverá incluir dispositivo USB ou Flash interno de no mínimo 8 GBytes para uso de imagem de boot de hypervisor de virtualização; O modelo ofertado deverá ser homologado para executar o SUSE Linux Enterprise Server 11 SP3 e Windows Server 2012; A comprovação de conformidade do equipamento com o sistema operacional Suse Linux será efetuada mediante consulta ao site: https://www.suse.com/yessearch/search.jsp; A comprovação de conformidade do equipamento com o sistema operacional Windows Server 2012 será efetuada mediante consulta ao site: O servidor deverá ter compatibilidade comprovada com o VMWare vsphere/esxi 5.x ou superior; O servidor deverá incluir as licenças do Windows Server DataCenter Edition em sua mais recente versão e em quantidade necessária de forma a licenciar todas as máquinas virtuais Windows Server 2008 R2 e 2012 R2 que sejam executadas neste servidor (que tem 4 CPUs físicas); INSTALAÇÃO FÍSICA: Gabinete para acomodação em RACK 19 com altura máxima de 4U, acompanhados de todos os acessórios necessários para a instalação; Deverão ser fornecidos kits de trilhos deslizantes com guia de orientação interna para cabos de energia e dados; ITEM 2 SERVIDOR PARA VIRTUALIZAÇÃO DE SERVIDORES E NUVEM PRIVADA TIPO II 2.1. PROCESSAMENTO: O equipamento deverá ser ofertado com 2 (dois) processadores; Cada processador deverá possuir pelo menos 12(doze) núcleos de processamento, operando a uma frequência mínima de 2,70GHz com memória cache L3 de pelo menos 18MB;

7 Processador com suporte à tecnologia de virtualização (como Intel VT ou AMD-V); Processador com suporte à tecnologia de virtualização de I/O (Intel VT-d ou AMD-Vi) e suporte à Execute Disable Bit ou NX-Bit (Intel/AMD); A configuração proposta deverá atender ou superar um dos seguintes índices de desempenho publicados no site SPECint _rate2006 = 960; SPECint_rate_base2006 = 930; SPECfp _rate2006 = SPECfp_rate_base2006 = A empresa proponente deverá apresentar o relatório impresso, extraído do site comprovando o atendimento dos requisitos de performance especificados. O MPF poderá confirmar a informação entregue por meio de acesso ao mesmo site Será aceito índice de desempenho apenas com a mesma marca, modelo, CPU e geração do equipamento ofertado 2.2. MEMÓRIA: Deverá ser fornecido com 384GB (trezentos e oitenta e quatro gigabytes) de memória RAM registrada padrão PC , PC ou PC com voltagem máxima de 1.5V (um ponto cinco volts) por módulo DIMM; Cada módulo de memória (DIMM) deverá possuir capacidade mínima de 16GB (dezesseis gigabytes) operando a uma frequência mínima de 1333MHz (hum mil, trezentos e trinta e três Mega Hertz); A configuração de memória deverá suportar Advanced ECC ou Chipkill, espelhamento de memória ou reserva memória online (online spare memory) ou tecnologia semelhante, a fim de garantir disponibilidade do equipamento em casos de erros ou falhas em memória; 2.3. ESCALABILIDADE: O equipamento deverá permitir expansão da sua capacidade de memória RAM para pelo menos 768GB (setecentos e sessenta e oito gigabytes) distribuídos em no mínimo 24 slots DIMM; 2.4. ARMAZENAMENTO: Deverá ser fornecido com pelo menos 4 (quatro) discos padrão SAS 6G cada um com capacidade mínima de 300GB (trezentos gigabytes) e velocidade rotacional de 10Krpm (dez mil rotações por minuto) Deverá ser fornecido pelo menos 1 placa PCIe com memória FLASH de no mínimo 200GB ou 2 (duas) unidades SSD padrão SAS configuradas em RAID 1 com capacidade mínima de 200GB (duzentos gigabytes) cada e instaladas em slots de discos compatíveis com os mesmos discos especificados no subitem acima. Esta solução de armazenamento de alta performance deve ser compatível com VMware vsphere Flash Read Cache Possuir controladora RAID integrada e totalmente compatíveis com as unidades especificadas nos subitens e para suporte a, no mínimo, níveis RAID 0,1, 5 e 1+0 (ou 0+1). A controladora dos discos deverá ser fornecida com 512MB (quinhentos e doze megabytes) de memória cache protegida por bateria com autonomia mínima de 24h (vinte e quatro horas). No caso da memória cache ser do tipo flash dispensa-se o uso de bateria para proteção dos dados em cache. A controladora deve possuir processador próprio para executar as operações relacionadas ao RAID, liberando assim a CPU do servidor de executar tais operações. Não serão aceitas controladoras que implementam RAID via chipset da CPU do servidor, através

8 dos seus drivers instalados no S.O assim como também as chamadas software-raid controllers ou dynamic controllers Os discos e a controladora deverão interagir com o software de gerenciamento centralizado para envio de alertas antes da ocorrência de possíveis falhas Deverá ser configurado volume de dados utilizando tecnologia para espelhamento dos discos (RAID-1) para proteção dos dados Os discos ofertados devem ter características físicas e de geometria de disco (disk geometry) idênticas (interface de conexão de mesma velocidade, RPM, cilindros, setores, trilhas, etc.); 2.5. COMUNICAÇÃO: Deverá ser fornecido com 4 (quatro) interfaces de comunicação convergente: Suporte a comunicação 10 Gigabit Ethernet (10GbE) full-duplex: Suporte a Enhanced Transmission Selection (802.1Qaz) e Data Center Bridging Exchange (DBCX) Suporte a Priority-based Flow Control (802.1Qbb) Suporte a Jumbo Frames Suporte a Aceleração Ethernet IPv4/IPv6, TCP e UDP checksum offload; IPv4 header checksum offload; TCP Segmentation Offload (TSO); Receive Side Scaling (RSS); VLAN insertion/stripping e filtering; Large Receive Offload (LRO); Suporte a offloading de Switches virtuais: VMware NetQueue (Tx e Rx) Microsoft VMQ (Rx) Edge Virtual Bridging (EVB) 802.1Qbg Virtual Ethernet Bridging (VEB) Virtual Ethernet Port Aggregator (VEPA) Suporte a Preboot execution Environment (PXE); Internet Small Computer System Interface (iscsi) Fibre Channel over Ethernet (FCoE) 10Gbps (dez gigabits por segundo) Permitir a inicialização (boot) do sistema operacional utilizando um volume localizado na SAN; Implementar QoS; Permitir criar interfaces lógicas (Multiple physical PCI functions / vhbas /vnics) de forma que cada porta de 10Gbps possa aparecer para o sistema operacional como até 4 HBAs (FC, iscsi ou FCoE) ou como até 4 NICs. Este recurso deve ser totalmente compatível com os Switches convergentes especificados nos ITENS 9,12,13,14 e 15 como também com o software/hypervisor de virtualização VMWare vsphere 5; Todos os requisitos técnicos especificados acima ( a ) devem funcionar quando estas interfaces de comunicação estiverem conectadas aos switches especificados nos ITENS 9,12,13,14 e 15; Será exigida comprovação de compatibilidade das interfaces convergentes acima com os Switches de 10GbE especificados nos ITENS 9, 12,13,14 e 15. Como forma de diminuir problemas de compatibilidade ou o não atendimento dos requisitos listados acima quando em funcionamento concomitante com o Switches citados, o LICITANTE deverá comprovar que as CNAs (adaptadores de rede convergente) são compatíveis com os servidores e os Switches

9 através de lista de compatibilidades emitidas tanto pelo fabricante da CNA quanto dos Switches especificados nos ITENS 9, 12,13, 14 e As interfaces de comunicação convergente deverão ser instaladas em slots PCI-Express de segunda geração (2.0) ou superior, com barramento dedicado de, pelo menos, quatro vias (x4) respeitando o limite de 1 (uma) interface por slot, ou até 2 (duas) interfaces por slot PCI-Express de segunda geração (2.0) ou superior com barramento dedicado de, pelo menos, oito vias (x8) Deverá ser fornecido com 2 (duas) interfaces HBAs fibre channel dispostas em interfaces PCIe diferentes: Suporte a FC-Tape, FCP, FCP-2 e FC-SP; Permitir a inicialização (boot) do sistema operacional utilizando um volume localizado na SAN; Suporte a comunicação Fibre Channel (FC) 16/8/4 Gbps (dezesseis /oito/quatro gigabits por segundo) full-duplex Deverá ser fornecido com 2 (duas) interfaces de rede TenGigabit Ethernet (10GbE) conforme as seguintes características: Portas compatíveis com transceivers SFP+ de curto alcance; Portas compatíveis com cabos de conexão direta ou Twinax; Poderão ser instaladas em slots PCI-Express 2.0 ou superior, e/ou integradas a placa principal; As interfaces de rede deverão estar em conformidade com os padrões IEEE: ae, 802.1q, 802.3x, 802.1p, 802.3ad/LACP; Suporte a aceleração de hardware para offloading de processamento TCP/IP, FCoE e iscsi; Suportar offloading de Switches virtuais VMWare NetQueue; Suportar SR-IOV; Suportar Receive-Side Scaling (RSS); Deverão ser fornecidos 6 (seis) cabos de conexão direta (Direct Attach) ou Twinax ativos, com pelo menos 3 metros de comprimento, compatíveis com: as interfaces de comunicação convergente (subitem 1.5.1); interfaces de comunicação LAN (subitem 1.5.4); e com os Switches e módulos especificados nos ITENS 9, 12,13,14 e Após a instalação de todas as placas, o equipamento deverá possuir pelo menos 1 (um) slot PCI-Express 2.0 com barramento dedicado de, pelo menos, quatro vias (x4) ou superior, para futuras expansões Possuir controladora de vídeo padrão VGA com suporte a, no mínimo, cores e com 2 conectores de vídeo (1 frontal e 1 traseiro); 2.7. GERENCIAMENTO: Incluir interface de gerência remota. O objetivo desta solução é garantir que o administrador não precise acessar fisicamente o equipamento no interior do Data Center após a sua instalação e configuração, exceto em situações de reparos físicos e substituição de componentes de hardware. Esta interface deverá permitir as seguintes operações via web: Ligar, desligar e reiniciar o servidor;

10 Console web remota KVM (teclado+vídeo+mouse) com resolução de, no mínimo, 1024x768 pontos, habilitado com recurso de presença remota, permitindo acesso mesmo na indisponibilidade do sistema operacional; Conexão remota de imagens de discos (ou disquetes) como também unidades físicas instaladas na estação/computador usado para gerenciar, para que funcionem como unidades de disco virtuais do próprio servidor; Monitoração remota via SNMP; Monitoração de informações ambientais como temperatura em graus Celsius; Configuração de usuários locais e em serviço de diretórios baseados em LDAP para logon na interface de gerência; Não serão aceitas soluções de KVM locais, instaladas no RACK, tais como Switches KVM e consoles para substituir esta funcionalidade da interface de gerência via WEB Deverão ser fornecidas licenças do software de gerenciamento centralizado do próprio fabricante para envio de alertas ao administrador conforme políticas preestabelecidas Software de Gerenciamento dos servidores físicos e/ou virtuais que proveja instalação de imagens automatizada, análise de desempenho, otimização do consumo de energia e suporte remoto: GERENCIAMENTO FÍSICO: Conjunto de ferramentas integradas para gerenciar proativamente servidores de arquitetura x86/x64, storage e máquinas virtuais de infraestrutura, sistemas operacionais (Linux, Windows e Unix) e sistemas de virtualização (Microsoft ou VMWARE), funcionando em conjunto com suas respectivas ferramentas de gerenciamento de máquinas virtuais; Disponibilização da tela gráfica remota de cada servidor sem a intervenção do sistema operacional; Criação de uma interface de mídia remota onde será possível dar boot por drivers (floppy disks, CD/DVD ou USB) remotos; Integração com serviço de diretório LDAP para criação de políticas de acesso a console de gerenciamento; Possibilidade de executar o inventário dos servidores físicos e virtuais, bem como oferecer um repositório de drivers para hardware, a fim de executar atualizações pré-agendadas dos mesmos; Monitoração de status de hardware, bem como a capacidade de gerar alertas de pré-falhas para processadores, memória e disco Permitir customização de alertas de servidores (componentes monitorados, os quais devem receber alertas com a severidade de eventos), bem como o formato de envio dos mesmos (traps, alertas via e- mail, e/ou mensagens via pager); Capacidade de agrupar componentes remotos de acordo com especificações (servidores, clients, clusters, etc); Permitir acesso para localidades remotas a console do software de gerenciamento; Capacidade de configurar e controlar múltiplos servidores; Capacidade de monitoramento de dispositivos de terceiros (servidores), sem licenças adicionais, baseado no acesso aos agentes dos mesmos (comumente configurados durante a instalação dos mesmos); Homologação com os seguintes protocolos operacionais: SNMP, SSH, WBEM, WMI;

11 Possuir capacidade de configuração e adaptação de MIBS GERENCIAMENTO DE ENERGIA E TEMPERATURA: Capacidade de monitorar o consumo de energia e temperatura dos servidores, de maneira gráfica, bem como acesso aos diferentes estados de processamento do servidor (static, high, etc), ANÁLISE DE DESEMPENHO: Monitorar a performance do hardware continuamente, comparando com uma base de capacidades de performance de cada componente e/ou limites pré-definidos e assim determinar, em tempo real, quais componentes estão passando por problemas de performance Criar eventos quando houver um servidor estiver próximo de seu limite de performance. Detectar essas mudanças disparando um alerta antes de gerar um gargalo de performance Analisar a configuração dos componentes do servidor e determinar se o servidor possui um potencial problema de configuração. Potenciais problemas como desequilíbrio de bus PCI, drives SCSI operando em velocidade reduzida, e portas de rede inativas são detectados e reportados Determinar limites de uso de CPU, memória, e uso de disco e receber alertas proativamente quando um dos limites for excedido, para tomada de ações de correção Oferecer um determinado nível de análise de desempenho dos componentes internos do servidor (processador, desempenho de rede, placas de rede, memória e disco), de maneira gráfica, permitindo análise remota dos componentes citados individualmente e em conjunto INTEGRAÇÃO COM AMBIENTE VIRTUALIZADO: Prover acesso aos controles das máquinas virtuais pelo menos das plataformas VMware, Microsoft Hyper-V e Xen ou KVM em RHEL ou SLES, através da console unificada Provisionar, iniciar, parar, pausar, reiniciar, mover, copiar, iniciar o backup, criar templates e restaurar funções para as máquinas virtuais remotamente através da console unificada; Possibilidade de restaurar uma máquina virtual de uma situação de falha no hardware através do reinício da mesma máquina virtual em um novo hardware; Informar através de relatórios e/ou gráficos, dados de desempenho de máquinas virtuais e máquinas físicas; Possibilidade de abrir os sistemas virtualizados através da ferramenta central de gerenciamento para executar quaisquer tarefas adicionais necessárias PROVISIONAMENTO: Ferramenta para facilitar e automatizar a instalação, configuração e implementação de sistemas (Linux, Windows, VMware a Windows Hyper-V) através de comandos intuitivos e instalação dos drives dos servidores usando imagens e/ou scripts.

12 Suporte a SAN Boot e/ou SAN Attach para instalação automatizada de imagens de sistemas; 2.8. Deverá ser fornecido com todas as fontes de alimentação e módulos de ventilação com capacidade para suportar a configuração máxima dos equipamentos com total redundância. Estes componentes deverão permitir substituição sem interrupção do funcionamento do equipamento (hot-plug ou hot-swap); 2.9. DISPOSITIVOS ADICIONAIS: No mínimo 03 (três) interfaces USB 2.0 onboard com conectores externos; Deverá incluir dispositivo USB ou Flash interno de no mínimo 8 GBytes para uso de imagem de boot de hypervisor de virtualização; O modelo ofertado deverá ser homologado para executar o SUSE Linux Enterprise Server 11 SP3 e Windows Server 2012; A comprovação de conformidade do equipamento com o sistema operacional Suse Linux será efetuada mediante consulta ao site: https://www.suse.com/yessearch/search.jsp; A comprovação de conformidade do equipamento com o sistema operacional Windows Server 2012 será efetuada mediante consulta ao site: O servidor deverá ter compatibilidade comprovada com o VMWare vsphere/esxi 5.x ou superior; O servidor deverá incluir as licenças do Windows Server DataCenter Edition em sua mais recente versão e em quantidade necessária de forma a licenciar todas as máquinas virtuais Windows Server 2008 R2 e 2012 R2 que sejam executadas neste servidor (que tem 2 CPUs físicas); INSTALAÇÃO FÍSICA: Gabinete para acomodação em RACK 19 com altura máxima de 2U, acompanhados de todos os acessórios necessários para a instalação; Deverão ser fornecidos kits de trilhos deslizantes com guia de orientação interna para cabos de energia e dados; ITEM 3 SERVIDOR DE RACK PARA SUPORTAR SOLUÇÕES DE GERÊNCIA DOS SERVIDORES, SWITCHES FIBRE-CHANNEL E CONVERGENTES E VIRTUALIZAÇÃO 3.1. PROCESSAMENTO: O equipamento deverá ser ofertado com 2 (dois) processadores;

13 Cada processador deverá possuir pelo menos 4 (quatro) núcleos de processamento, operando a uma frequência mínima de 2,5 GHz com memória cache L3 de pelo menos 10MB; Processador com suporte à tecnologia de virtualização (como Intel VT ou AMD-V); Processador com suporte à tecnologia de virtualização de I/O (Intel VT-d ou AMD-Vi) e suporte à Execute Disable Bit ou NX-Bit (Intel/AMD); A configuração proposta deverá atender ou superar um dos seguintes índices de desempenho publicados no site SPECint _2006 = 39; SPECint_base2006 = A empresa proponente deverá apresentar o relatório impresso, extraído do site comprovando o atendimento dos requisitos de performance especificados. O MPF poderá confirmar a informação entregue por meio de acesso ao mesmo site. A empresa proponente poderá apresentar relatório de índice referente a outro equipamento do mesmo fabricante, desde que tal equipamento utilize processadores em quantidade e com especificação idêntica ao do equipamento ofertado MEMÓRIA: Deverá ser fornecido com 192GB (cento e noventa e dois gigabytes) de memória RAM registrada padrão PC , PC ou PC com voltagem máxima de 1.5V (um ponto cinco volts) por módulo DIMM e ocupando no máximo 12 slots de memória; Cada módulo de memória (DIMM) deverá possuir capacidade mínima de 16GB (dezesseis gigabytes) operando a uma frequência mínima de 1333MHz (hum mil, trezentos e trinta e três megahertz); A configuração de memória deverá suportar Advanced ECC ou Chipkill, espelhamento de memória ou reserva memória online (online spare memory) ou tecnologia semelhante, a fim de garantir disponibilidade do equipamento em casos de erros ou falhas em memória; 3.3. ESCALABILIDADE: O equipamento deverá permitir expansão da sua capacidade de memória RAM para pelo menos 384GB (trezentos e oitenta e quatro gigabytes) distribuídos em 24 slots DIMM, adicionando somente mais pentes de memória ARMAZENAMENTO: Deverá ser fornecido com pelo menos 2 (dois) discos padrão SAS 6G cada um com capacidade mínima de 500GB (quinhentos gigabytes) e velocidade rotacional de 10Krpm (dez mil rotações por minuto) Possuir controladora RAID integrada para suporte a, no mínimo, níveis RAID 0, 1 e 1+0 (ou 0+1). A controladora dos discos deverá ser fornecida com 512MB (quinhentos e doze megabytes) de memória cache protegida por bateria com autonomia mínima de 24h (vinte e quatro horas). No caso da memória ser do tipo flash dispensa-se o uso de bateria para proteção dos dados em cache. A controladora deve possuir processador próprio para executar as operações relacionadas ao RAID, liberando assim a CPU do servidor de executar tais operações. Não serão aceitas controladoras que implementam RAID via chipset da CPU do servidor, através dos seus drivers instalados no S.O assim como também as chamadas software-raid controllers ou dynamic controllers Os discos e a controladora deverão interagir com o software de gerenciamento centralizado para envio de alertas antes da ocorrência de possíveis falhas.

14 Deverá ser configurado volume de dados utilizando tecnologia para espelhamento dos discos (RAID-1) para proteção dos dados Os discos ofertados devem ter características físicas e de geometria de disco (disk geometry) idênticas (interface de conexão de mesma velocidade, RPM, cilindros, setores, trilhas, etc.); 3.5. COMUNICAÇÃO: Deverá ser fornecido com 4 (quatro) interfaces HBAs fibre channel dispostas em interfaces PCIe diferentes: Suporte a FC-Tape, FCP, FCP-2 e FC-SP; Permitir a inicialização (boot) do sistema operacional utilizando um volume localizado na SAN; Suporte a comunicação Fibre Channel (FC) 16/8/4 Gbps (dezesseis/oito/quatro gigabits por segundo) full-duplex Deverão ser fornecidos 4 (quatro) cordões óticos (um para cada porta) com pelo menos 10 metros de comprimento, compatíveis com estas interfaces Deverá ser fornecido com 2 (duas) interfaces de rede TenGigabit Ethernet (10GbE) conforme as seguintes características: Portas compatíveis com transceivers SFP+ de curto alcance; Portas compatíveis com cabos de conexão direta ou Twinax; Poderão ser instaladas em slots PCI-Express 2.0 ou superior, e/ou integradas a placa principal; As interfaces de rede deverão estar em conformidade com os padrões IEEE: ae, 802.1q, 802.3x, 802.1p, 802.3ad/LACP; Suporte a aceleração de hardware para offloading de processamento TCP/IP e iscsi; Suportar offloading de Switches virtuais VMWare NetQueue; Suportar SR-IOV; Suportar Receive-Side Scaling (RSS) Após a instalação de todas as placas, o equipamento deverá possuir pelo menos 1 (um) slot PCI-Express 2.0 com barramento dedicado de, pelo menos, quatro vias (x4) ou superior, para futuras expansões Deverão ser fornecidos 2 (dois) cabos de conexão direta (Direct Attach) ou Twinax ativos, com pelo menos 3 metros de comprimento, compatíveis com as interfaces de comunicação LAN (subitem 3.5.2) e com os switches topo de RACK especificados nos ITENS 9, 11 e Possuir controladora de vídeo padrão VGA com suporte a, no mínimo, cores e com 2 conectores de vídeo (1 frontal e 1 traseiro); 3.7. GERENCIAMENTO: Incluir interface de gerência remota. O objetivo desta solução é garantir que o administrador não precise acessar fisicamente o equipamento no interior do Data Center após a sua instalação e configuração, exceto em situações de reparos físicos e substituição de componentes de hardware. Esta interface deverá permitir as seguintes operações via web: Ligar, desligar e reiniciar o servidor; Console web remota KVM (teclado+vídeo+mouse) com resolução de, no mínimo, 1024x768 pontos, habilitado com recurso de presença remota, permitindo acesso mesmo na indisponibilidade do sistema operacional;

15 Conexão remota de imagens de discos (ou disquetes) como também unidades físicas instaladas na estação/computador usado para gerenciar, para que funcionem como unidades de disco virtuais do próprio servidor; Monitoração remota via SNMP; Monitoração de informações ambientais como temperatura em graus Celsius; Configuração de usuários locais e em serviço de diretórios baseados em LDAP para logon na interface de gerência; A interface de gerência não pode dedicar exclusivamente uma das 4 portas Gigabit Ethernet especificada no subitem Não serão aceitas soluções de KVM locais, instaladas no RACK, tais como Switches KVM e consoles para substituir esta funcionalidade da interface de gerência via WEB Deverão ser fornecidas licenças do software de gerenciamento centralizado do próprio fabricante para envio de alertas ao administrador conforme políticas preestabelecidas Software de Gerenciamento dos servidores físicos e/ou virtuais que proveja instalação de imagens automatizada, análise de desempenho, otimização do consumo de energia e suporte remoto: GERENCIAMENTO FÍSICO: Conjunto de ferramentas integradas para gerenciar proativamente servidores de arquitetura x86/x64, storage e máquinas virtuais de infraestrutura, sistemas operacionais (Linux, Windows e Unix) e sistemas de virtualização (Microsoft ou VMWARE), funcionando em conjunto com suas respectivas ferramentas de gerenciamento de máquinas virtuais; Disponibilização da tela gráfica remota de cada servidor sem a intervenção do sistema operacional; Criação de uma interface de mídia remota onde será possível dar boot por drivers (floppy disks, CD/DVD ou USB) remotos; Integração com serviço de diretório LDAP para criação de políticas de acesso a console de gerenciamento; Possibilidade de executar o inventário dos servidores físicos e virtuais, bem como oferecer um repositório de drivers para hardware, a fim de executar atualizações pré-agendadas dos mesmos; Monitoração de status de hardware, bem como a capacidade de gerar alertas de pré-falhas para processadores, memória e disco Permitir customização de alertas de servidores (componentes monitorados, os quais devem receber alertas com a severidade de eventos), bem como o formato de envio dos mesmos (traps, alertas via e- mail, e/ou mensagens via pager); Capacidade de agrupar componentes remotos de acordo com especificações (servidores, clients, clusters, etc); Permitir acesso para localidades remotas a console do software de gerenciamento; Capacidade de configurar e controlar múltiplos servidores; Capacidade de monitoramento de dispositivos de terceiros (servidores), sem licenças adicionais, baseado no acesso aos agentes dos mesmos (comumente configurados durante a instalação dos mesmos); Homologação com os seguintes protocolos operacionais: SNMP, SSH, WBEM, WMI; Possuir capacidade de configuração e adaptação de MIBS.

16 GERENCIAMENTO DE ENERGIA E TEMPERATURA: Capacidade de monitorar o consumo de energia e temperatura dos servidores, de maneira gráfica, bem como acesso aos diferentes estados de processamento do servidor (static, high, etc), ANÁLISE DE DESEMPENHO: Monitorar a performance do hardware continuamente, comparando com uma base de capacidades de performance de cada componente e/ou limites pré-definidos e assim determinar, em tempo real, quais componentes estão passando por problemas de performance Criar eventos quando houver um servidor estiver próximo de seu limite de performance. Detectar essas mudanças disparando um alerta antes de gerar um gargalo de performance Analisar a configuração dos componentes do servidor e determinar se o servidor possui um potencial problema de configuração. Potenciais problemas como desequilíbrio de BUS PCI, drives SCSI operando em velocidade reduzida, e portas de rede inativas são detectados e reportados Determinar limites de uso de CPU, memória, e uso de disco e receber alertas proativamente quando um dos limites for excedido, para tomada de ações de correção Oferecer um determinado nível de análise de desempenho dos componentes internos do servidor (processador, desempenho de rede, placas de rede, memória e disco), de maneira gráfica, permitindo análise remota dos componentes citados individualmente e em conjunto INTEGRAÇÃO COM AMBIENTE VIRTUALIZADO: Prover acesso aos controles das máquinas virtuais pelo menos das plataformas VMware, Microsoft Hyper-V e Xen ou KVM em RHEL ou SLES, através da console unificada Provisionar, iniciar, parar, pausar, reiniciar, mover, copiar, iniciar o backup, criar templates e restaurar funções para as máquinas virtuais remotamente através da console unificada; Possibilidade de restaurar uma máquina virtual de uma situação de falha no hardware através do reinício da mesma máquina virtual em um novo hardware; Informar através de relatórios e/ou gráficos, dados de desempenho de máquinas virtuais e máquinas físicas; Possibilidade de abrir os sistemas virtualizados através da ferramenta central de gerenciamento para executar quaisquer tarefas adicionais necessárias PROVISIONAMENTO: Ferramenta para facilitar e automatizar a instalação, configuração e implementação de sistemas (Linux, Windows,) através de comandos intuitivos e instalação dos drives dos servidores usando imagens e/ou scripts Suporte a SAN Boot e/ou SAN Attach para instalação automatizada de imagens de sistemas; 3.8. Deverá ser fornecido com todas as fontes de alimentação e módulos de ventilação com capacidade para suportar a configuração máxima dos equipamentos com total redundância. Estes componentes deverão permitir substituição sem interrupção do funcionamento do equipamento (hot-plug ou hot-swap);

17 3.9. DISPOSITIVOS ADICIONAIS: No mínimo 04 (quatro) interfaces USB 2.0 onboard com conectores externos; Deverá incluir dispositivo USB ou Flash interno de no mínimo 8 GBytes para uso de imagem de boot de hypervisor de virtualização; O modelo ofertado deverá ser homologado para executar o SUSE Linux Enteprise Server 11 SP3 e Windows Server 2012; A comprovação de conformidade do equipamento com o sistema operacional Suse Linux será efetuada mediante consulta ao site: https://www.suse.com/yessearch/search.jsp; A comprovação de conformidade do equipamento com o sistema operacional Windows Server 2012 será efetuada mediante consulta ao site: O servidor deverá incluir licenças da versão mais atual do Windows Server 64 bits em quantidade suficiente e na edição que permita criar failover clusters; INSTALAÇÃO FÍSICA: Gabinete para acomodação em RACK 19 com altura máxima de 2U, acompanhados de todos os acessórios necessários para a instalação; Deverão ser fornecidos kits de trilhos deslizantes com guia de orientação interna para cabos de energia e dados; ITEM 4 CHASSI PARA SERVIDORES BLADES (ou NODES ): 4.1. O chassi deverá ser compatível com RACK padrão de 19 polegadas com no máximo 10U (dez unidades de RACK) de altura, cuja finalidade exclusiva é a instalação de 14 (quatorze) servidores do tipo blade ou node suportando, no mínimo 4 (quatro) módulos de interconexão por gabinete, possuindo suporte a módulos Ethernet Gigabit e 10GbE, Fibre Channel de 8 e 16Gbps, módulos de switches de LAN, SAN e dispositivos de interconexão convergentes FCoE, com capacidade de virtualização de MAC address e WWN, mantendo esses sempre fixos O chassi deve possuir também um rigoroso sistema de controle térmico monitorado utilizando arquitetura específica, combinando controle de consumo e regulação energia aliado a ventilação forçada ativa proporcionando um conjunto dinâmico determinando menor impacto do ambiente de centro de dados no subsistema pretendido e vice-versa Possuir, no mínimo, 14 (quatorze) slots para servidores conhecidos como blades (lâminas) ou nós (nodes), comportando equipamentos do tipo servidores corporativos de dados Para cada uma unidade deste ITEM serão aceitas também soluções compostas por dois chassis de no mínimo 7 slots para servidores. Neste caso cada um dos chassis deve atender aos demais requisitos exigidos neste ITEM 4 (como fontes redundantes (n+n), ventiladores redundantes (n+n), módulos de comunicação convergentes redundantes (n+n), módulo de gerenciamento, etc.).

18 4.4. A solução ofertada neste ITEM deve incluir todas unidades de alimentação/regulação de energia e ventilação O chassi deve possuir arquitetura de forma que todos os módulos, que venham a ser acrescentados, possam ser redundantes e hot-pluggables (fontes, ventiladores, módulos de interconexão, módulos de gerenciamento) As fontes devem ser redundantes de forma (N+N) onde N é a quantidade mínima de fontes chaveadas necessária para suportar o consumo de energia da solução pretendida, sem a obrigatoriedade que as fontes estejam em uma posição ou sequência lógica. Oferece o recurso de hot-swap ou hot-plug. Essas, por sua vez, estão integradas ao gabinete (chassis) fornecendo toda a energia necessária para a operação (da totalidade do gabinete) sem nenhum tipo de adaptação ou conversão externa. As fontes devem incluir cabos de alimentação no padrão IEC320-C20/C19 e compatíveis com as PDUs especificadas no item ; 4.7. Tensão de operação da solução deve ser de 200~240 Volts CA 60 Hz Os ventiladores, instalados no gabinete devem ser capazes de manter o nível de circulação de ar nos equipamentos (rotação variável), mesmo em caso de falha de alguma unidade. Devem prover nível de redundância N+1 ou N+N, onde N é o número de ventiladores necessários para refrigeração do chassi com todos os servidores possíveis instalados e característica hot-swap ou hot-plug, não sendo necessária parada do sistema para a troca de um ventilador defeituoso Os espaços (slots) não utilizados no gabinete deverão ser vedados (utilizando fillers) objetivando o isolamento de fluxo de ar para a manutenção do sistema de ventilação da solução pretendida Deve ser possível utilizar unidade do DVD-ROM em todas as lâminas, seja via porta USB ou remotamente via console de gerenciamento, através de virtual mídia Módulo de gerenciamento remoto redundante e interno ao chassi; Deverá permitir acesso a todos módulos de gerenciamento integrado das lâminas através de uma única conexão física Como alternativa serão aceitos módulos que acumulam a função de gerência e interconexão. Esses módulos devem ser fornecidos em configurações redundantes e com todos os acessórios para serem instalados em rack 19 e em quantidade suficiente para a gerência redundante de 8 (oito) chassis distribuídos em 2 sites (até 4 chassis por site). Sendo assim serão aceitas soluções de gerência formadas por, no mínimo, 4 módulos de interconexão/gerência (2 por site) para atender a quantidade total de unidades registradas para este item 4. Em cada site, cada um dos módulos de gerência/interconexão deverá ser capaz de expandir para no mínimo 64 portas de comunicação 10GbE/FcoE ativas para suportar conexão de todas as portas externas dos módulos de conexão convergente (item 4.23 abaixo) dos 4 (quatro) chassis do local além de fazer uplink com a mesma quantidade de portas com os switches convergentes concentradores (itens 14 e 15). Cada unidade deste item 4 (CHASSIS PARA SERVIDORES

19 BLADES/NODES) deve vir acompanhada de no mínimo 16 transceivers SFP+ 10GBaseSR e 16 cordões óticos OM3/OM4 de 5 metros com conectores LC além da ativação de 16 portas dos módulos de interconexão (8 em cada módulo de interconexão/gerência). Estes módulos não dispensam a necessidade do fornecimento do item 4.23 abaixo pois serão uados por eles para conectarem o chassi de servidores aos switches concentradores (ITENS 14 e 15). Estes módulos também devem ser compatíveis com todos os recursos e requisitos exigidos para o item 4.23 abaixo de forma que possam implementar a virtualização de interfaces de rede e HBAs (vnics/flexnics e vhbas/flexhbas) conforme descrito no item Suportar o gerenciamento dos múltiplos chassis distribuídos nos dois sites Deverá ser compatível com o software de gerenciamento ofertado Capacidade de monitorar e gerenciar os componentes internos ao chassi Capacidade para prover informações sobre o consumo de energia do chassi em tempo real Suportar o protocolo HTTP Suportar acesso através de conexão segura SSL Capacidade de gerenciamento sobre o sistema de ventilação Possibilitar definição de acesso do usuário, através de nível de privilégio e senha Permitir a inclusão de usuários locais com senhas próprias Demonstrar de forma gráfica a disposição dos equipamentos presentes no chassi, facilitado o gerenciamento Permitir a autenticação de usuários via LDAP MÓDULO DE INTERCONEXÃO CONVERGENTE: Cada chassi de servidores deverá incluir no mínimo 2 módulos de interconexão convergente provendo o nível de redundância N+N. Desta forma serão aceitos as seguintes configurações possíveis: O chassi com 2 (dois) módulos de conexão convergente de 10Gbps (FCoE). Nesta configuração, cada servidor instalado no chassi deverá ter 2 das suas 4 portas conectadas em cada um dos módulos de conexão convergente. Desta forma, dois módulos de conexão convergente serão suficientes para prover a redundância de todas as 4 portas de 10Gbps de cada um dos servidores O chassi com 4 (quatro) módulos de conexão convergente de 10Gbps (FCoE). Nesta configuração, o servidor instalado no chassi deverá ter cada uma das suas 4 portas conectadas separadamente em cada um dos módulos de conexão convergente. Desta forma, quatro módulos de conexão convergente serão necessários para prover a redundância de todas as 4 portas de 10Gbps de cada um dos servidores.

20 Possuir capacidade de operar em 10 Gigabit Ethernet ( Mbps), sendo que cada módulo deverá possuir no mínimo 08 (oito) portas externas com conectores SFP+ 10GBASE-SR instalados (suportando plugs Ethernet de 10 GbE de fibra) para LAN e FCoE Ser instalado em quantidade suficiente para disponibilizar 4 portas internas para conexão de 10Gigabit Ethernet com suporte a FCoE de cada um dos servidores do chassi Permitir a configuração das interfaces dos servidores e a conexão de downlinks através de software de gerenciamento ou linha de comando (CLI) e/ou via WEB; Capacidade para virtualizar o MAC address e o WWN das portas convergentes dos servidores, ou seja, de manter o MAC e WWN que referenciam um servidor na LAN e na SAN, caso se troque a placa convergente ou o servidor todo. Os módulos deverão suportar os protocolos 802.1Qbb, 802.1Qaz, 802.1AB, 802.1Q, 802.3ad, 802.3ae, FC-BB5; FcoE Capacidade de atribuição de perfil de conexões à baia do chassi de modo a pré-provisionar os atributos de rede e SAN de forma atrelada a baia do chassi Permitir a consolidação de interfaces externas (uplinks), através de criação de VLAN s ou recursos específicos, que permitam redução de cabos necessários à adaptação de infraestrutura existente para operação em rede Permitir acesso à console de gerência do sistema com segurança, por meio de no mínimo usuário e senha Deve permitir a conexão física entre diferentes módulos, dentro do mesmo chassi, visando proteção contra falhas de hardware, com uma banda mínima de 10 Gb/s Deverá ser totalmente compatível com os switches 10GbE especificados nos ITENS 9, 11, 12, 13 e 14: Para garantir o pleno funcionamento com os switches 10GbE, deverá, no mínimo, ser capaz de fazer agregação de porta IEEE802.3ad (LACP); implementar os protocolos 802.1Qbb, 802.1Qaz, 802.1AB, FcoE; e ser compatível com os recursos de 4 (quatro) vnic/flexnic ou de 3 (três) vnic/flexnic + 1 (uma) vhba/flexhba FcoE, em uso em cada uma das portas 10GbE conectadas aos servidores BLADE/NODEs; ITEM 5 SERVIDOR DO TIPO BLADE ou NÓ/NODE TIPO I 5.1. O modelo ofertado está em linha de produção, sem previsão de encerramento Servidor de arquitetura x86 com 02 processadores físicos 12-Core ou superior Compatível com o Chassi ofertado PROCESSAMENTO: O servidor deve possuir 02 processadores com tecnologia 12-Core ou superior, originalmente desenvolvido para servidores O servidor possui chipset desenvolvido para arquitetura de servidores, sendo ele do fabricante do processador Padrão de arquitetura do processador x86 de 32 bits com suporte à extensão 64 bits, com tecnologia de fabricação de 22 nanômetros e memória cache L3 integrada ao processador de no mínimo 20MB A velocidade do barramento de comunicação do processador com o restante do sistema deverá ser de no mínimo 8GT/s (Gigatransfers por segundo).

SERVIÇOS DE LICITAÇÕES EDITAL PREGÃO PRESENCIAL N.º 001/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 9/2012 ERRATA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ITEM I ITEM 1 COMPUTADORES SERVIDORES PARA RACK COM 2 PROCESSADORES Quantidade:

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA DA AQUISIÇÃO: para atender as necessidades da Câmara Municipal de Canoas/RS. 2. OBJETO: O objeto da presente licitação, na modalidade

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 004/2012 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PÁGINA 1 DE 6 ITEM 01 SERVIDOR DE RACK COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS MÍNIMAS: INFORMAR OBRIGATORIAMENTE O FABRICANTE

Leia mais

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS GABINETE ALTURA - Rack Chassis Próprio - Ventiladores Internos Hot Plug Redundantes - Ventilação Adequada para a Refrigeração do Sistema Interno do Equipamento na sua Configuração

Leia mais

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 07/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DOS SEGUINTES EQUIPAMENTOS: ITEM I SERVIDORES DE MISSÃO CRÍTICA, ITEM II

Leia mais

Especificação Técnica PROJETO X86 2011 SERVIDOR EM RACK TIPO 2 DATAPREV

Especificação Técnica PROJETO X86 2011 SERVIDOR EM RACK TIPO 2 DATAPREV 1. REQUISITOS 1.1. Esta especificação destina-se exclusivamente a um único servidor. Todos os equipamentos fornecidos deverão atender a todos os itens constantes desta especificação técnica. 2. ESTRUTURA

Leia mais

PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DATA DE ABERTURA: 11 de dezembro 2014 HORÁRIO: 11h00 PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA PREGÃO ELETRÔNICO N 160/2014 REGISTRO DE PREÇOS ENDEREÇO ELETRÔNICO: WWW.COMPRASNET.GOV.BR CÓDIGO UASG: 200100 A PROCURADORIA

Leia mais

O servidor VRILLX 4000 é o estado da arte em tecnologia de processamento computacional

O servidor VRILLX 4000 é o estado da arte em tecnologia de processamento computacional GABINETE MODULAR O servidor VRILLX 4000 é o estado da arte em tecnologia de processamento computacional ALTURA * - Ventiladores Internos Hot Plug Redundantes - Exclusivamente para Rack Padrão 19 - Indicadores

Leia mais

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

O servidor VRILLX 6000 é o estado da arte em tecnologia de processamento Intel

O servidor VRILLX 6000 é o estado da arte em tecnologia de processamento Intel O servidor VRILLX 6000 é o estado da arte em tecnologia de processamento Intel GABINETE - Rack Mount 19 - Único - Original - Conectores de Entrada/Saída Identificados Por Símbolos - Trilhos Deslizantes

Leia mais

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Possuir capacidade instalada, livre para uso, de pelo menos 5.2 (cinco ponto dois) TB líquidos em discos SAS/FC de no máximo 600GB 15.000RPM utilizando RAID 5 (com no

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Storage O subsistema de armazenamento de dados deverá ser do tipo bloco, disponibilizando nativamente componentes de hardware para armazenamento baseado em bloco, com

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Especificação Técnica do servidor tipo 1 - Servidor com, no máximo, 4 (quatro) processadores físicos em arquitetura X86

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Especificação Técnica do servidor tipo 1 - Servidor com, no máximo, 4 (quatro) processadores físicos em arquitetura X86 ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Especificação Técnica do servidor tipo 1 - Servidor com, no máximo, 4 (quatro) processadores físicos em arquitetura X86 1. REQUISITOS Esta especificação destina-se exclusivamente

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO Folha: 1/6 1 2,000 UN MÓDULO BATERIAS PARA NOBREAK 3000VA --- 5.590,0000 11.180,0000 ------------------------------------ Descrição --------- Módulo fechado de baterias estacionárias, que comporte no mínimo

Leia mais

Aquisição de Equipamentos Servidores de Rede via Sistema de Registro de Preços

Aquisição de Equipamentos Servidores de Rede via Sistema de Registro de Preços via Sistema de Registro de Preços Para atendimento aos órgãos e entidades vinculadas ao MEC e demais órgãos da Administração Pública Federal Planejamento da Contratação Termo de Referência Nº 74/2013 Versão

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LAGES ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO EXECUTIVO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS RERRATIFICAÇÃO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LAGES ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO EXECUTIVO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS RERRATIFICAÇÃO 1 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LAGES ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO EXECUTIVO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS RERRATIFICAÇÃO Lages, 06 de maio de 2014. ASSUNTO: OBJETO: EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. AMPLIAÇÃO e MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO E RECUPERAÇÃO DE DADOS DA JFES NAS LOCALIDADES REMOTAS.

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. AMPLIAÇÃO e MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO E RECUPERAÇÃO DE DADOS DA JFES NAS LOCALIDADES REMOTAS. ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO e MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO E RECUPERAÇÃO DE DADOS DA JFES NAS LOCALIDADES REMOTAS. LOTE 01 ITEM 1 Servidor arquivos (modelo referencia

Leia mais

Sub-item 1.1. : 5(63267$

Sub-item 1.1. : 5(63267$ &,5&8/$51ž 35(* 2(/(75Ð1,&21ž 2%-(72 )251(&,0(172 '( (48,3$0(1726 '(,1)250È7,&$ 62/8d 2,17(*5$'$'(6725$*( Sub-item 1.1. : 6$2648(67,21$0(1726 Está sendo solicitado equipamento com Sistema de refrigeração

Leia mais

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 No Anexo I Termo de Referência Item 03 (Três) Da Especificação. Os respectivos itens estão sublinhados. ONDE SE LÊ: 1) DA ESPECIFICAÇÃO 1 Processador

Leia mais

Catálogo. DELL Computadores do Brasil Ltda 90 R$ 7.348,98 1 31207-0 2 31208-8. DELL Computadores do Brasil Ltda 90 R$ 7.400,75

Catálogo. DELL Computadores do Brasil Ltda 90 R$ 7.348,98 1 31207-0 2 31208-8. DELL Computadores do Brasil Ltda 90 R$ 7.400,75 ITEM 1 31207-0 2 31208-8 LOTE 01 DESCRIÇÃO EMPRESA Qtd. VALOR UNITÁRIO SERVIDOR - SEM SISTEMA OPERACIONAL TIPO 1,, POWER EDGE R710, PROCESSADOR NÚCLEO QUÁDRUPLO DE 2.13 GHZ SUPORTA APLICAÇÕES DE 32 E 64

Leia mais

ANEXO I - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO DE INFORMÁTICA, CONFORME ESPECIFICAÇÕES E QUANTIDADE RELACIONADAS ABAIXO.

ANEXO I - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO DE INFORMÁTICA, CONFORME ESPECIFICAÇÕES E QUANTIDADE RELACIONADAS ABAIXO. ANEXO I - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) LICITAÇÃO MOD.:PREGÃO PRESENCIAL Nº 107/2011 TIPO: MENOR PREÇO Data e Hora da Entrega das Propostas: 16/11/2011 Horas: 15h Órgão/Entidade: 4.40 MINISTÉRIO PUBLICO DO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA EDITAL N.º 096/2015 - LICITAÇÃO N.º063/2015 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2015 LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA; EXCLUSIVO PARA ME S E EPP

Leia mais

Sistema De Armazenamento De Dados Storage

Sistema De Armazenamento De Dados Storage Sistema De Armazenamento De Dados Storage SUBITEM ESPECIFICAÇÕES 1.0 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 DESCRIÇÃO O Sistema de Armazenamento deverá possuir no mínimo 60 TB (Sessenta Terabytes) líquidos livres para uso

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL 1 OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1.1 A presente licitação objetiva a aquisição de Servidor tipo Blade conforme especificações abaixo. 1.2 Os produtos deverão ser novos, não sendo de forma nenhuma resultado

Leia mais

SERVIDOR DE REDE - TIPO: EM LAMINA (BLADE)

SERVIDOR DE REDE - TIPO: EM LAMINA (BLADE) SERVIDOR DE REDE - TIPO: EM LAMINA (BLADE) PROCESSADOR: 4 (QUATRO) X86 AUDITADOS JUNTO Á (SPEC); ARQUITETURA: 64 BITS; TIPO DE MEMORIA: DDR3; CAPACIDADE MEMORIA: 96GB; FREQUENCIA DA MEMORIA: 1600MHZ; DISCO

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO COMUNICADO 01

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO COMUNICADO 01 COMUNICADO 01 Tendo em vista questionamento recebido: 1-1.4.3. No mínimo do tipo DDR3 ECC 1066 MHz padrão FBDIMM.1.17 Fonte de alimentação da CPU Não atendemos, nossas memórias são padrão RDIMM 2-1.8.1.

Leia mais

Arquitetura de Computadores - Kelly Alves Martins de Lima. Engenharia de Software e Programação Orientada a Objeto

Arquitetura de Computadores - Kelly Alves Martins de Lima. Engenharia de Software e Programação Orientada a Objeto Arquitetura de Computadores - Kelly Alves Martins de Lima Engenharia de Software e Programação Orientada a Objeto Novo XPS 8700 Desktop Dentre as arquiteturas de trabalho mais poderosas no mercado este

Leia mais

Prazo de Garantia dos produtos: 5 anos.

Prazo de Garantia dos produtos: 5 anos. MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA Edital de Licitação n.º 051/2014 - PREGÃO ELETRÔNICO -SRP ATA de Registro de Preços 046/2014 ATA válida até 25/11/2015 Item

Leia mais

JOF - JOINT OPERATIONS FACILITY

JOF - JOINT OPERATIONS FACILITY Anexo 1 Especificações Técnicas (com alterações) 1. OBJETO DA CONTRATAÇÃO Aquisição de equipamentos de informática. 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 01 Item DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO QTD 1 Servidor

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO E INTEGRAÇÃO DO SYSTEM STORAGE IBM DS4700.

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO E INTEGRAÇÃO DO SYSTEM STORAGE IBM DS4700. ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO E INTEGRAÇÃO DO SYSTEM STORAGE IBM DS4700. LOTE 1 (Único) 1 8 Disco FC de 300 GBytes, 4 Gbps, 15 Krpm E-DDM. Tecnologia Fibre Channel Enhanced Disk Drive Modules;

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR:

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: 1.0 PROCESSADOR 1.1 Um processador Intel com arquitetura 64 Bits compatível com o equipamento ofertado e tecnologia de 65nm e núcleo duplo E4500; 1.2

Leia mais

Especificação técnica para aquisição. Servidor Banco de Dados com tecnologia RISC CONFIGURADOS EM CLUSTER HA (HIGH AVAILABILITY)

Especificação técnica para aquisição. Servidor Banco de Dados com tecnologia RISC CONFIGURADOS EM CLUSTER HA (HIGH AVAILABILITY) Descrição / Especificação Técnica 1 MICROPROCESSADOR 1.01 Servidores com, no máximo, 4 (quatro) processadores físicos (quatro sockets), baseados em processador de última geração (na versão mais atual =

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL PERGUNTAS E RESPOSTAS - CONSULTA PÚBLICA REGISTRO DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI PARA SUPORTAR OS PROJETOS: MASP, BIC, UAI MOBILE E CZRM PERGUNTAS 1) Lote 6 Tipo de Contrato:

Leia mais

SISTEMA CONSOLIDADO DE PROCESSAMENTO DE DADOS ABRANGENDO SERVIDORES, REDE E DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO. Página 1 de 5

SISTEMA CONSOLIDADO DE PROCESSAMENTO DE DADOS ABRANGENDO SERVIDORES, REDE E DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO. Página 1 de 5 SISTEMA CONSOLIDADO DE PROCESSAMENTO DE DADOS ABRANGENDO SERVIDORES, REDE E DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO SUBITEM SERVIDORES DE APLICAÇÃO DESCRIÇÃO 1 PROCESSADORES 8 (oito) processadores com clock mínimo

Leia mais

2012 Itautec S.A. Especificações Técnicas - Servidor Itautec MP225 2

2012 Itautec S.A. Especificações Técnicas - Servidor Itautec MP225 2 MP225 O Servidor Itautec MP225 é o modelo ultra denso otimizado para montagem em rack que oferece uma ampla variedade de configuração e boa capacidade de expansão. Possui alto desempenho e excelente escalabilidade,

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. OBJETO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Aquisição de servidores e estações de trabalho para implantação dos Núcleos de Atendimento ao Profissional de Enfermagem (NAPE) e Subseções do Coren/SP. Item 01 Servidor

Leia mais

ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3

ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3 ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3 Especificação dos Objetos a serem Contratados Contratação de empresa para fornecimento de Subsistemas de Discos Midrange (Storages), conforme requisitos mínimos

Leia mais

Servidor de Rede Tipo Blade

Servidor de Rede Tipo Blade 1.ENCLOSURE (CHASSI) DE LÂMINAS BLADE Servidor de Rede Tipo Blade Característica Subcaracterística Especificação Exigência 1.1 Enclosuse Chassi para abrigar servidores blade, com até 10U de altura, preparado

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES N

PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES N PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES N 009/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Servidor Torre 1. Processador a. Deve possuir 2 (dois) processadores Intel Xeon; b. Memória cache L3 de no mínimo 15MB (Megabytes); c. No

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. EXPANSÃO DE TAPE LIBRARY IBM TS3310 - EXPANSÃO DE SYSTEM STORAGE IBM DS5020 e DS4700 - EXPANSÃO DE REDE SAN

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. EXPANSÃO DE TAPE LIBRARY IBM TS3310 - EXPANSÃO DE SYSTEM STORAGE IBM DS5020 e DS4700 - EXPANSÃO DE REDE SAN ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO DE TAPE LIBRARY IBM TS3310 - EXPANSÃO DE SYSTEM STORAGE IBM DS5020 e DS4700 - EXPANSÃO DE REDE SAN LOTE 01 DESCRIÇÃO ITEM 1 Gabinete expansão 3576E9U para Tape

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Especificação Técnica do servidor tipo 1

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Especificação Técnica do servidor tipo 1 ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Especificação Técnica do servidor tipo 1 1. REQUISITOS Esta especificação destina-se exclusivamente a um único servidor. Todos os produtos ofertados deverão ser novos e constar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. DIT/GIE TR _SERVIDORES_ 2014_V16_ Página 1 de 34

TERMO DE REFERÊNCIA. DIT/GIE TR _SERVIDORES_ 2014_V16_ Página 1 de 34 TERMO DE REFERÊNCIA DIT/GIE TR _SERVIDORES_ 2014_V16_ Página 1 de 34 TABELA DE COMPOSIÇÃO DOS ITENS Item Subitem Características Quant. 1.1 Servidor com processadores x86_64, configurado com 80 núcleos

Leia mais

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A PREGÃO PRESENCIAL N. 2010/169 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ARMAZENAMENTO EXTERNO - STORAGE E TAPE LIBRARY. Ref.: Esclarecimentos A unidade de Tape Library será instalada em servidor dedicado a

Leia mais

PE123/2013 - PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO QUESTIONAMENTO 01

PE123/2013 - PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO QUESTIONAMENTO 01 PE123/2013 - PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO QUESTIONAMENTO 01 1. As especificações do Edital descrevem a configuração do equipamento assim como as condições de garantia, prestação dos serviços de instalação

Leia mais

MIDIACENTER Educacional FNDE Descrição Técnica

MIDIACENTER Educacional FNDE Descrição Técnica MIDIACENTER Educacional FNDE Descrição Técnica Visão Geral A solução do MIDIACENTER Educacional é composta por 4 módulos: Módulo Central de Armazenamento e Distribuição de Conteúdo Educacional NUVEM CENTRAL

Leia mais

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL Empresa: Vixplus Informática Ltda ME Ao PREGÃO nº 008/2013. Prezados Senhores: Pela presente formulamos Proposta Comercial para fornecimento de equipamentos e softwares

Leia mais

Fundação Universidade Estadual de Maringá

Fundação Universidade Estadual de Maringá Fundação Universidade Estadual de Maringá PAD/DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL 473/2007-DMP DO PREGÃO ELETRÔNICO PROC. N 13812/2007 OBJETO: AQUISIÇÃO DE MICROCOMPUTADOR. LOTE

Leia mais

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011 Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora Planejamento de Despesas 2011 Equipamentos Item 1: Desktop de trabalho - Quantidade 03

Leia mais

LX203. Aplicações. Servidor de Agência Servidor de Loja Servidor de Impressão e Arquivos Servidor de E-mail e Web Server de médio porte

LX203. Aplicações. Servidor de Agência Servidor de Loja Servidor de Impressão e Arquivos Servidor de E-mail e Web Server de médio porte LX203 Aplicações Servidor de Agência Servidor de Loja Servidor de Impressão e Arquivos Servidor de E-mail e Web Server de médio porte É a melhor relação custo-benefício para empresas que necessitam de

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 001 118399 MICROCOMPUTADOR com processador clock mínimo 2.6 GHz, com mínimo de 4 Threads, 4GB DDR3-1333 de memória operando em modo dual channel, Placa Mãe com no mínimo 01 interface PCI, 02

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO SA - ELETROCAR RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/12

CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO SA - ELETROCAR RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/12 CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO SA - ELETROCAR RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/12 1. Objeto : Aquisição de Equipamentos e Acessórios de Informática 2. Os itens 1.1, 1.2 e 1.3 do Termo de Referência

Leia mais

Fundação Universidade Estadual de Maringá

Fundação Universidade Estadual de Maringá Fundação Universidade Estadual de Maringá PAD/DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL N 251/2007 PREGÃO PRESENCIAL PROC.: N 7231/2007 OBJETO: AQUISIÇÃO DE SERVIDORES DE REDE. LOTE

Leia mais

Servidor em rack PowerEdge R630. Especificações técnicas. Processador. Processadores Intel Xeon E5 2600 v3

Servidor em rack PowerEdge R630. Especificações técnicas. Processador. Processadores Intel Xeon E5 2600 v3 Servidor em rack PowerEdge R630 Especificações técnicas Processador Processadores Intel Xeon E5 2600 v3 Sistema operacional Microsoft Windows Server 2008 R2 SP1 (inclui Hyper-V ) Microsoft Windows Server

Leia mais

Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4

Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4 Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4 Relatório elaborado sob contrato com a EMC Corporation Introdução A EMC Corporation contratou a Demartek para realizar uma avaliação prática do novo

Leia mais

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 08_2: Data Center Hardware Servidores. Prof. Charles Christian Miers. e-mail: charles.miers@udesc.

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 08_2: Data Center Hardware Servidores. Prof. Charles Christian Miers. e-mail: charles.miers@udesc. OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 08_2: Data Center Hardware Servidores Prof. Charles Christian Miers e-mail: charles.miers@udesc.br Hardware para servidores Existem hardwares específicos para servidores

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2013 A Secretaria de Estado da Fazenda - SEFAZ realizará oportunamente processo de licitação visando à aquisição de Servidores, no âmbito do Plano de Desenvolvimento da Administração

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS DA JFES.

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS DA JFES. ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS DA JFES. LOTE 01 ITEM 1 Biblioteca automatizada de armazenamento em fita IBM (Modelo ref.: IBM TS3500

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 012/2011

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 012/2011 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 012/2011 1 - DO OBJETO 1.1 - Fornecimento de máquinas servidor de banco de dados, servidor de aplicação, fitoteca, storage, equipamentos de comunicação,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12 TERMO DE REFERÊNCIA I DEFINIÇÃO DO OBJETO O presente Projeto Básico tem por objeto a aquisição de equipamentos para implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE 1 Switch

Leia mais

Missão Oferecer soluções corporativas de TI que agreguem valor gerando um relacionamento de confiança e satisfação de longo prazo.

Missão Oferecer soluções corporativas de TI que agreguem valor gerando um relacionamento de confiança e satisfação de longo prazo. Atuando desde 1992, a Chip & Cia é uma empresa que se mantém sempre moderna e capacitada a fornecer consultoria, projetos e implementação de soluções completas em Infraestrutura de TI. A Chip & Cia destaca-se

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPINAS Estado de São Paulo www.campinas.sp.gov.br

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPINAS Estado de São Paulo www.campinas.sp.gov.br ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL N 06/2014 PROCESSO Nº 1. DESCRIÇÃO DO OBJETO Item Descrição Und Qtd 1 Microcomputador tipo Servidor Und 7 2 Storage Und 1 3 Rack Und 2 4 Scanner 600 dpi

Leia mais

Manual Técnico do Usuário Manual Técnico de Referência. SuperServer 5036I-IF

Manual Técnico do Usuário Manual Técnico de Referência. SuperServer 5036I-IF Manual Técnico do Usuário Manual Técnico de Referência SuperServer 5036I-IF SuperServer 5036I-IF : Visão Geral (Overview) O Servidor SuperServer 5036I-IF, é um equipamento de alta qualidade, composto de

Leia mais

Série de Appliances Symantec NetBackup 5000

Série de Appliances Symantec NetBackup 5000 Uma solução rápida, completa e global de desduplicação para empresas. Data Sheet: Proteção de Dados Visão geral A série de appliances Symantec NetBackup 000 oferece à sua empresa uma solução de eliminação

Leia mais

Através deste aditamento, estamos anexando as Especificações Técnicas dos itens 06 e 07, da licitação acima referenciada.

Através deste aditamento, estamos anexando as Especificações Técnicas dos itens 06 e 07, da licitação acima referenciada. Aditamento nº 1 Tomada de Preços nº 00385/2004 Objeto: Aquisição de material de informática (comutador, disco, interface ethernet, console switch, servidor e licença de uso de software de beackup) Data:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS ERRATA E REABERTURA PROCESSO LICITATÓRIO N 097/2011 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL RP N 061/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS CENTRALIZADOS (STORAGE) E DE SISTEMA DE CÓPIA DE SEGURANÇA

Leia mais

Não. Ver item 12.1.1 do edital que se refere a instalação apenas dos lotes H

Não. Ver item 12.1.1 do edital que se refere a instalação apenas dos lotes H &,5&8/$5Qž 35(* 2(/(75Ð1,&2683$71ž 2%-(72 PREGÃO ELETRÔNICO WLSR MENOR LANCE POR LOTE, destinado à contratação de empresa para fornecer(48,3$0(1726'(5('(/ï*,&$ 3(5*817$ (6&/$5(&,0(1726 Para os lotes 2,

Leia mais

Razão Social: CNPJ Nº. Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Telefone: Fax: Pessoa para contato:

Razão Social: CNPJ Nº. Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Telefone: Fax: Pessoa para contato: 1 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº. 27/11 Razão Social: CNPJ Nº. Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Telefone: Fax: Pessoa para contato: Recebemos através do acesso à página www.fapex.org.br

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE MATERIAL E PATRIMÔNIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE MATERIAL E PATRIMÔNIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE MATERIAL E PATRIMÔNIO PREGÃO ELETRÔNICO Nº152/2010 ATA DO REGISTRO DE PREÇOS Norte, através

Leia mais

SOFTWARE DE AUTOMAÇÃO EM NUVEM

SOFTWARE DE AUTOMAÇÃO EM NUVEM Descrição: Aquisição de solução de gestão de ambiente em nuvem. A solução deverá ser composta pelos seguintes itens descritos abaixo, podendo ou não ser do mesmo fabricante, desde que haja integração plena

Leia mais

Dell DL4000 Guia de Interoperabilidade

Dell DL4000 Guia de Interoperabilidade Dell DL4000 Guia de Interoperabilidade Notas, avisos e advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes que ajudam você a usar melhor os recursos do computador. CUIDADO: Um AVISO indica possíveis

Leia mais

Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização

Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 07/2011 Sumário 3 1 Configuração padrão Marca e modelo do equipamento deverão constar da HCL - Lista

Leia mais

MX205. Processador. 2012 - Itautec S.A. Especificações Técnicas - Servidor Itautec MX205 1

MX205. Processador. 2012 - Itautec S.A. Especificações Técnicas - Servidor Itautec MX205 1 a MX205 Processador Série: Intel Xeon Série E5-2600 Quick Path Interconnect(QPI): Dois links de até 8.0 GT/s Cache L3: 10MB / 15MB / 20MB Quantidade: Até 2 processadores de quatro, seis ou oito núcleos

Leia mais

7. Todos os discos da Solução de Storage deverão possuir as funcionalidades hot-plug e hotswap.

7. Todos os discos da Solução de Storage deverão possuir as funcionalidades hot-plug e hotswap. SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB Características Técnicas: 1. Deverá ser ofertada Solução de Storage com no mínimo 1 (um) subsistema de armazenamento High-End Enterprise para cada um dos 3

Leia mais

SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB

SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB 1 Características Técnicas 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Armazenamento com 1 (um) subsistema de discos. A capacidade mínima do subsistema deverá ser de

Leia mais

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 03/2015

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 03/2015 RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 03/2015 Trata-se de resposta ao pedido de esclarecimento ao Edital de Licitação do Pregão Eletrônico nº 03/2015- que tem por objeto AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS, SISTEMAS

Leia mais

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital Filtrado por ( : = '' ) E ( em haver: >= 1 ) E (Imprimir quantidades por setor de consumo = Sim) 06/05/2014:17:06 Página 1 de 1 Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. 23 7023 Backup - Agente Aplicação Exchange

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA KIT DE COMPONENTES DE MICROINFORMÁTICA P/ MONTAGEM DE TERMINAL DE AUTOATENDIMENTO PARA O SISTEMA GEST Controle de Revisões Elaborador: Adriano José Cunha de Aguiar Validador: Luiz

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOTE Qt ITEM 01 Especificação detalhada 02 Estação de Trabalho - Workstation Processador Processador de no mínimo quatro núcleos com desempenho mínimo de 10000 pontos no Performance

Leia mais

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS)

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Hoje é fundamental para as empresas poder contar com recursos de comunicação, mobilidade, flexibilidade

Leia mais

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD Armazenamento modular A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD A escolha acessível A família Dell PowerVault MD é uma escolha de armazenamento acessível

Leia mais

Brochura sobre a família IBM System x

Brochura sobre a família IBM System x IBM Systems and Technology System x Brochura sobre a família IBM System x Servidores em rack, BladeCenter e torre IBM System x 2 Brochura sobre a família IBM System x Servidores IBM System x Destaques

Leia mais

Descrição Computador Desktop

Descrição Computador Desktop Descrição Computador Desktop Processador 4 núcleos, mínimo de 3,4 GHz, 8 MB de cache, Memória RAM de, no mínimo, 4 GB padrão DDR3 1333MHz, Disco rígido 500GB 7200rpm, Gravador de DVD-RW, Monitor LCD 19

Leia mais

PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET

PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET OBS.: o preenchimento e envio do protocolo abaixo é OBRIGATÓRIO para que os interessados possam receber o Edital Completo e também serem informados de qualquer

Leia mais

FUJITSU PRIMEQUEST 1800E

FUJITSU PRIMEQUEST 1800E FUJITSU PRIMEQUEST 1800E COM BASE EM TECNOLOGIAS FUJITSU DESENVOLVIDAS DESDE OS MAINFRAMES E APERFEIÇOADAS PELAS DIVERSAS GERAÇÕES DE SERVIDORES, O SERVIDOR DE MISSÃO CRÍTICA FUJITSU PRIMEQUEST PROVÊ FUNCIONALIDADE

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

Quantidade: 16 (dezesseis) unidades

Quantidade: 16 (dezesseis) unidades Anexo II TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2009 1 DO OBJETO 1.1 Contratação de empresa para expansão de plataforma computacional, com fornecimento, sob demanda, de servidores Blade, sistema

Leia mais

COMPUTADOR SEM MONITOR

COMPUTADOR SEM MONITOR CPU (PLACA MÃE E PROCESSADOR) COMPUTADOR SEM MONITOR CP1 Motherboard (placa mãe) para computador compatível com a arquitetura x86, desenvolvida para processadores das linhas AMD ou INTEL, com suporte a

Leia mais

ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS SERVIDORES DE REDE, no DataCenter do Ministério de Minas e Energia - MME, localizado na Esplanada dos Ministérios em Brasília-DF,

Leia mais

Microcomputadores. Documento de Padronizac a o GRUPO TE CNICO DE INFORMA TICA

Microcomputadores. Documento de Padronizac a o GRUPO TE CNICO DE INFORMA TICA Configurac a o de Microcomputadores Documento de Padronizac a o GRUPO TE CNICO DE INFORMA TICA Atualizado em 08/2010 Sumário 1 Configuração padrão p. 3 1.1 Processador............................. p. 3

Leia mais

AVISO DE HOMOLOGAÇÃO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 05/2015

AVISO DE HOMOLOGAÇÃO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 05/2015 AVISO DE HOMOLOGAÇÃO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇO Nº 05/2015 O Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, conferidas através

Leia mais

RESULTADO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 16/2013. Item Descrição Unid. Quant Valor Unit. Valor Total. Vencedor

RESULTADO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 16/2013. Item Descrição Unid. Quant Valor Unit. Valor Total. Vencedor RESULTADO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 16/2013 Objeto: O PRESENTE PREGÃO PRESENCIAL TEM POR OBJETO A SELEÇÃO DAS MELHORES PROPOSTAS PARA A CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PARA O FORNECIMENTO DE DE MATERIAIS DE CONSUMO

Leia mais

Hub: chipset Intel 5520 (Tylersburg IOH 36D) Quick Path Interconnect (QPI): 4,8GT/s a 6,4GT/s South Bridge: Intel ICH10R

Hub: chipset Intel 5520 (Tylersburg IOH 36D) Quick Path Interconnect (QPI): 4,8GT/s a 6,4GT/s South Bridge: Intel ICH10R MX223 O Servidor Itautec MX223 é o modelo para rack no segmento mid-range, de alta performance e excelente escalabilidade, permitindo a configuração de até dois processadores Intel Xeon Quad-Core ou Six-Core,

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE: SOLUÇÃO DE VIRTUALIZAÇÃO DE STORAGES E REPLICAÇÃO REMOTA

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE: SOLUÇÃO DE VIRTUALIZAÇÃO DE STORAGES E REPLICAÇÃO REMOTA ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE: SOLUÇÃO DE VIRTUALIZAÇÃO DE STORAGES E REPLICAÇÃO REMOTA LOTE 01 DESCRIÇÃO ITEM 1 Sistema de armazenamento Storage IBM StorWize

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

EMC SYMMETRIX VMAX 10K

EMC SYMMETRIX VMAX 10K EMC SYMMETRIX VMAX 10K O EMC Symmetrix VMAX 10K com o ambiente operacional Enginuity oferece uma arquitetura de scale-out de várias controladoras com consolidação e eficiência para a empresa. O VMAX 10K

Leia mais

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Sumário Introdução... 3 Windows Server 2008 R2 Hyper-V... 3 Live Migration... 3 Volumes compartilhados do Cluster... 3 Modo de Compatibilidade de Processador...

Leia mais