Temas positivos observados: Temas negativos observados: Atende aos requisitos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Temas positivos observados: 1 2 3 4 5. Temas negativos observados: 1 2 3 4 5. Atende aos requisitos"

Transcrição

1 Observações da entrevista Korn Ferry Interview Architect Pontos principais/situação: Perguntas estruturadas: Ações: Como você abordou isso? Como você fez isso? (Preste atenção nas etapas de ação específicas.) Pensamento: Por que você escolheu fazer desta maneira? (Preste atenção no raciocínio e na consideração de alternativas.) Resultado: Qual foi o resultado? Qual foi o impacto? Aprendizados: O que você aprendeu com isso? Qual é a relevância? (Preste atenção em princípios ou regras básicas.) Aplicação: Descreva um caso em que você usou essas lições em uma situação diferente. Referência do Korn Ferry Interview Architect Temas positivos observados: Temas negativos observados: Classificação geral da competência: Como você qualificaria esta pessoa nesta competência? Claramente não tem os Faltam Excede muito os Usa em excesso

2 Avaliação de agilidade de aprendizagem Korn Ferry Interview Architect Use esta avaliação resumida para avaliar a orientação geral de aprendizado na conclusão da entrevista baseada na competência. Considere todas as respostas do candidato a todas as perguntas ao completar o resumo. Os itens no lado direito da página descrevem características de quem é mais ágil para aprender. Os itens no lado esquerdo da página descrevem melhor pessoas que aprendem de forma passiva, aleatória ou que não aprendem. (Marque tudo que escutar.) Passivos/Não aprendem Segue o caminho de menor resistência. Fechado/processa internamente. Geral. Interesses/fontes limitados. Evita riscos, espera, prefere continuar igual. Cauteloso. Fechado; pouco interesse em feedback. Concentra-se em respostas e soluções diretas. (O quê?) Segue planos; etapas e processos. Vive no presente. Não reconhece padrões ocultos. Não sabe explicar bem ideias/conceitos. Gosta de suas soluções pessoais. Ativos/Aprendem rápido Gosta de desafios. Aberto às ideias de outras pessoas. Específico/detalhado. Muitos interesses/fontes. Aceita riscos pessoais; assume a liderança em situações novas. Energético; gosta de experimentar, muito motivado. Pede feedback; busca se aprimorar. Concentra-se em abordagens novas mais elaboradas. (Por quê? Como?) Engenhoso; obtém resultados de alguma maneira. Sente-se confortável projetando para o futuro. Detecta a essência. Consegue fazer ideias complexas serem compreensíveis. Ajuda os outros a pensar. Avaliação de agilidade de aprendizagem: Como você qualificaria a agilidade de aprendizado geral desta pessoa? Muito passivo/ não aprende Comentários Mais passivo/ não aprende Misto Mais ágil ao aprender Muito ágil ao aprender

3 Avaliação resumida do candidato Korn Ferry Interview Architect 1. Experiência, desempenho passado e histórico (relacionados ao trabalho). tem os Faltam 2. Habilidades profissionais/funcionais/técnicas. tem os Faltam 3a. Competências sobre as quais você entrevistou (inclua comentários sobre competências muito altas, muito baixas ou usadas em excesso). tem os Faltam 3b. Outras características relacionadas aos do trabalho (sobre as quais você aprendeu na entrevista). tem os 4. Agilidade de aprendizagem. Faltam tem os Faltam 5. Organização/adequação cultural. tem os Faltam continua no verso

4 Avaliação resumida do candidato Korn Ferry Interview Architect 6. Como você classifica esta pessoa em relação ao padrão para esta posição? tem os Faltam 7. Este indivíduo pode crescer para alcançar o padrão desta competência em período razoável de tempo? tem os Faltam

5 Observações da entrevista (Obstruções e obstáculos) Korn Ferry Interview Architect Pontos principais/situação: Perguntas estruturadas: Ações: Como você abordou isso? Como você fez isso? (Preste atenção nas etapas de ação específicas.) Pensamento: Por que você escolheu fazer desta maneira? (Preste atenção no raciocínio e na consideração de alternativas.) Resultado: Qual foi o resultado? Qual foi o impacto? Aprendizados: O que você aprendeu com isso? Qual é a relevância? (Preste atenção em princípios ou regras básicas.) Aplicação: Descreva um caso em que você usou essas lições em uma situação diferente. Referência do Korn Ferry Interview Architect Um : Não é um : Classificação geral de obstruções e obstáculos: Como você qualificaria esta pessoa nesta obstrução e obstáculo? Não é um Provavelmente não é um Não tenho certeza Provavelmente é um Com certeza é um

judgment EM PERSPECTIVA:

judgment EM PERSPECTIVA: EM PERSPECTIVA: judgment As teorias de liderança geralmente estão baseadas em características individuais, como o carisma, influência, ética, entre outras, mas um determinante central da performance de

Leia mais

A L T O P O T E N C I A L

A L T O P O T E N C I A L S E L E C I O N A R D E S E N V O L V E R L I D E R A R H O G A NR E L A T Ó R I O S A L T O P O T E N C I A L RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DE CANDIDATO Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 Data: 12, Novembro,

Leia mais

Como contratar staff de Projetos...

Como contratar staff de Projetos... Como contratar staff de Projetos... Que qualidades estou buscando no profissional de Projetos, e como identificá-las...? Alguns exemplos do que podemos buscar..! 1. Visão 2. Orientação estratégica 3. Inovação

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 S E L E C I O N A R D E S E N V O L V E R L I D E R A R H O G A N D E S E N V O L V E R C A R R E I R A DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 Data: 12,

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Mario Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Leia mais

José Modelo Empresa ABC 16 de dezembro de 2008

José Modelo Empresa ABC 16 de dezembro de 2008 Avaliação Caliper de Empresa ABC 16 de dezembro de 2008 Fornecido por Caliper Estratégias Humanas do Brasil Ltda. Copyright 2008 Caliper Corporation. Todos os direitos reservados. Este Guia de Desenvolvimento

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

Avaliação Confidencial

Avaliação Confidencial Avaliação Confidencial AVALIAÇÃO 360 2 ÍNDICE Introdução 3 A Roda da Liderança 4 Indicadores das Maiores e Menores Notas 7 GAPs 8 Pilares da Estratégia 9 Pilares do Comprometimento 11 Pilares do Coaching

Leia mais

> Relatório de Vendas. Nome: Exemplo

> Relatório de Vendas. Nome: Exemplo > Relatório de Vendas Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 INTRODUÇÃO O Relatório de Vendas da SHL ajuda a compreender a adequação do potencial do Exemplo na função de vendas. Este relatório é baseado nos resultados

Leia mais

Competências avaliadas pela ICF

Competências avaliadas pela ICF Competências avaliadas pela ICF ð Estabelecendo a Base: 1. Atendendo as Orientações Éticas e aos Padrões Profissionais Compreensão da ética e dos padrões do Coaching e capacidade de aplicá- los adequadamente

Leia mais

COMO AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE OS TEÓRICOS DIZEM ESTILOS DE APRENDIZAGEM

COMO AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE OS TEÓRICOS DIZEM ESTILOS DE APRENDIZAGEM COMO AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE OS TEÓRICOS DIZEM ESTILOS DE APRENDIZAGEM CONCRETO DISPERSO SEQUENCIAL ABSTRATO 1 CONCRETO SEQÜENCIAL Habilidades naturais do Concreto Seqüencial Passo a Passo Planeja Segue

Leia mais

Quem Contratar como Coach?

Quem Contratar como Coach? Quem Contratar como Coach? por Rodrigo Aranha, PCC & CMC Por diversas razões, você tomou a decisão de buscar auxílio, através de um Coach profissional, para tratar uma ou mais questões, sejam elas de caráter

Leia mais

Formulário de Avaliação de Desempenho

Formulário de Avaliação de Desempenho Formulário de Avaliação de Desempenho Objetivos da Avaliação de Desempenho: A avaliação de desempenho será um processo anual e sistemático que, enquanto processo de aferição individual do mérito do funcionário

Leia mais

Como Recrutar no Service Desk

Como Recrutar no Service Desk WORKSHOP Como Recrutar no Service Desk Eduardo 2013 Objetivos do Workshop A retenção começa no processo de seleção Determine o correto nível de profissional que sua operação necessita Fatores que dificultam

Leia mais

Aula 9. Liderança e Gestão de Equipes

Aula 9. Liderança e Gestão de Equipes Aula 9 Liderança e Gestão de Equipes Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela.cartoni@veris.edu.br Trabalho em Equipe Nenhum homem é uma ilha, sozinho em si mesmo; Cada homem é parte do continente, parte do

Leia mais

AGT (Avaliação de Gerenciamento de Tempo)

AGT (Avaliação de Gerenciamento de Tempo) AGT (Avaliação de Gerenciamento de Tempo) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 11:14:46 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/9 Índice analítico Índice

Leia mais

NÚCLEO. Coaching com PNL. A Paixão de Fazer Acontecer. Coaching com PNL. Coaching com PNL. Programação Neurolinguística: PNL no Coaching

NÚCLEO. Coaching com PNL. A Paixão de Fazer Acontecer. Coaching com PNL. Coaching com PNL. Programação Neurolinguística: PNL no Coaching 1 Coaching com PNL Pensamento & Ação Programação Neurolingüística Coaching A Paixão de Fazer Acontecer O processo de apoiar uma pessoa na identificação e criação de estados desejados, desenvolvendo e acessando

Leia mais

Como se tornar um líder de Sucesso!

Como se tornar um líder de Sucesso! Como se tornar um líder de Sucesso! Os 10 mandamentos do Como se tornar um líder de Sucesso! O líder é responsável pelo sucesso ou fracasso de uma organização. A liderança exige de qualquer pessoa, paciência,

Leia mais

O que é um Analista Profiler?

O que é um Analista Profiler? O que é um Analista Profiler? Profissional Preparado e Capacitado que tem em mãos um vasto conhecimento sobre os perfis comportamentais. Apaixonado pelo Desenvolvimento Humano e preocupado com o Desenvolvimento

Leia mais

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO Apesar de as empresas brasileiras estarem despertando para o valor das ações de educação corporativa em prol dos seus negócios, muitos gestores ainda

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

PAP (Perfil de Avanço Profissional)

PAP (Perfil de Avanço Profissional) PAP (Perfil de Avanço Profissional) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 14:03:23 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/10 Índice analítico Índice

Leia mais

Relatório de Competências

Relatório de Competências ANÁLISE CALIPER DO POTENCIAL DE DESEMPENHO PROFISSIONAL Relatório de Competências LOGO CLIENTE CALIPER Avaliação de: Sr. Márcio Modelo Preparada por: Consultora Especializada Caliper e-mail: nome@caliper.com.br

Leia mais

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Copyright 2012 Caliper & Tekoare. Todos os direitos

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DA COLA OFICIAL DURANTE AS AVALIAÇÕES DE MATEMÁTICA

A UTILIZAÇÃO DA COLA OFICIAL DURANTE AS AVALIAÇÕES DE MATEMÁTICA A UTILIZAÇÃO DA COLA OFICIAL DURANTE AS AVALIAÇÕES DE MATEMÁTICA Camila Nicola Boeri Universidade de Aveiro Portugal camilaboeri@hotmail.com Márcio Tadeu Vione IFMT - Campus Parecis - MT mtvione@gmail.com

Leia mais

O Coaching Como Ferramenta Para Desenvolvimento Do Processo De Aprendizado

O Coaching Como Ferramenta Para Desenvolvimento Do Processo De Aprendizado 15 O Coaching Como Ferramenta Para Desenvolvimento Do Processo De Aprendizado 119 Vivendo e aprendendo... Essa máxima popular representa a importância do aprendizado em nossas vidas. O ato de aprender

Leia mais

O ABC da gestão do desempenho

O ABC da gestão do desempenho Por Peter Barth O ABC da gestão do desempenho Uma ferramenta útil e prática para aprimorar o desempenho de pessoas e organizações 32 T&D INTELIGÊNCIA CORPORATIVA ED. 170 / 2011 Peter Barth é psicólogo

Leia mais

COMO CONTRATAR MELHOR DICAS PARA ENTREVISTA COM O CANDIDATO

COMO CONTRATAR MELHOR DICAS PARA ENTREVISTA COM O CANDIDATO COMO CONTRATAR MELHOR Empresas: Como Contratar Melhor DICAS PARA ENTREVISTAS Para você Empresa Hora de começar a entrevista Entrevistas Cargos Variados Entrevistas Cargo Nível de Gestão Perguntas Extras

Leia mais

Passo 3 Como se cadastrar no Elancers. Dicas valiosas para preencher um currículo via site

Passo 3 Como se cadastrar no Elancers. Dicas valiosas para preencher um currículo via site Passo 3 Como se cadastrar no Elancers Este Passo é fundamental para que você seja encontrado dentre tantos outros curriculuns, e existem detalhes simples que podem fazer a diferença. Espero poder contribuir

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

P-08 - Criando o Líder de Líderes. Qual é o Papel do RH? Daniel Castello

P-08 - Criando o Líder de Líderes. Qual é o Papel do RH? Daniel Castello P-08 - Criando o Líder de Líderes. Qual é o Papel do RH? Daniel Castello Contexto Aprendizados Formar Líderes de alto nível é muito diferente de formar simples líderes operacionais. A âncora do processo

Leia mais

PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2015

PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2015 PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2015 O programa Talentos da Educação é uma iniciativa da Fundação Lemann para apoiar pessoas talentosas e comprometidas com a melhoria da educação no Brasil. A proposta é

Leia mais

Gestão da Mudança nas Organizações. Leila Oliva

Gestão da Mudança nas Organizações. Leila Oliva Gestão da Mudança nas Organizações Leila Oliva O roteiro Conduzir a mudança e o papel da liderança: Os papeis que vivemos; Jornada emocional da mudança. Conduzir a mudança organizacional: Os 8 passos do

Leia mais

Trabalho Finanças Estudos Lazeres Amigos Romance Família Espiritual Saúde

Trabalho Finanças Estudos Lazeres Amigos Romance Família Espiritual Saúde 1) A nossa Vida é composta por diversas vivências, nas quais avaliamos a nossa percepção de Felicidade. De zero a dez, que nota você dá para a sua SATISFAÇÃO ATUAL em cada uma das vivências da tabela abaixo?

Leia mais

XP extreme Programming, uma metodologia ágil para desenvolvimento de software. Equipe WEB Cercomp web@cercomp.ufg.br

XP extreme Programming, uma metodologia ágil para desenvolvimento de software. Equipe WEB Cercomp web@cercomp.ufg.br XP extreme Programming, uma metodologia ágil para desenvolvimento de software. Equipe WEB Cercomp web@cercomp.ufg.br Introdução Criada por Kent Baeck em 1996 durante o projeto Daimler Chrysler. O sucesso

Leia mais

Gerenciamento de Stakeholders 8h

Gerenciamento de Stakeholders 8h Gerenciamento de Stakeholders 8h www. projectlab.com.br info@projectlab.com.br 21 2212.3300 11 2505.5888 Gerenciamento de Stakeholders 8h * *Curso somente in company. ÍNDICE interativo Os itens do Índice

Leia mais

Avaliação de Desempenho

Avaliação de Desempenho Queremos que nossos relatórios tenham impacto em você, mas não no meio ambiente. Por favor, imprima somente as páginas que precisar. Avaliação de Desempenho Relatório Individual John Smith Example RELACIONAMENTO

Leia mais

Judgment Você toma milhares de decisões todos os dias, das mais simples às mais importantes. Quais serão as certas?

Judgment Você toma milhares de decisões todos os dias, das mais simples às mais importantes. Quais serão as certas? Judgment Você toma milhares de decisões todos os dias, das mais simples às mais importantes. Quais serão as certas? hoganjudgement.com www.hoganbrasil.com.br/hoganjudgement 2014 Hogan Assessment Systems

Leia mais

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Avaliação desenvolvida por Mónica Galiano e Kenn Allen, publicado originalmente no livro The Big Tent: Corporate Volunteering in the Global Age. Texto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 06 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 06 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 06 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 27 de Setembro de 2013. Revisão aula anterior Desenvolvimento Ágil de Software Desenvolvimento e entrega

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Por que se importar 3 O melhor representante de atendimento 4 SUMÁRIO Escrevendo um anúncio de vaga de emprego Carta de apresentação

Leia mais

Ana Claudia M. dos SANTOS 1 Edson Leite Lopes GIMENEZ 2

Ana Claudia M. dos SANTOS 1 Edson Leite Lopes GIMENEZ 2 O desempenho do processo de recrutamento e seleção e o papel da empresa neste acompanhamento: Um estudo de caso na Empresa Ober S/A Indústria E Comercio Ana Claudia M. dos SANTOS 1 Edson Leite Lopes GIMENEZ

Leia mais

SELECT para Centrais de Atendimento - Conjunto (v2)

SELECT para Centrais de Atendimento - Conjunto (v2) Página 1 de 10 StaffingCallCenterCombo v2 r i cpb_att n SELECT para Centrais de Atendimento - Conjunto (v2) Copyright 1995-2005, 2006 Bigby, Havis & Associates, Inc. Todos os direitos reservados. PRINT

Leia mais

Buscamos compreender como ocorrem os processos de desenvolvimento humano, organizacional e social

Buscamos compreender como ocorrem os processos de desenvolvimento humano, organizacional e social instituto fonte... Buscamos compreender como ocorrem os processos de desenvolvimento humano, organizacional e social e a arte de neles intervir. Buscamos potencializar a atuação de iniciativas sociais,

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA DE PROJETOS

CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA DE PROJETOS www.tecnologiadeprojetos.com.br Diretoria de Acompanhamento e Avaliação de Projetos da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais DAPE/SEE-MG RELATÓRIO DE PESQUISA 1 : CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO DEFINIÇÕES OPERACIONAIS E INDICADORES COMPORTAMENTAIS Pag. 1 Elaborada por Central Business Abril 2006 para o ABRIL/2006 2 COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

Leia mais

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa.

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa. DIREITO DOS CLIENTES O que esperar de sua empresa de Executive Search Uma pesquisa de executivos envolve um processo complexo que requer um investimento substancial do seu tempo e recursos. Quando você

Leia mais

Perfil de estilos de personalidade

Perfil de estilos de personalidade Relatório confidencial de Maria D. Apresentando Estilos de venda Administrador: Juan P., (Sample) de conclusão do teste: 2014 Versão do teste: Perfil de estilos de personalidade caracterizando estilos

Leia mais

A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015.

A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015. A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015. Isso nos permite afirmar que todas as pessoas nascidas após 1995 são consideradas NATIVAS DIGITAIS, ou seja, quando chegaram ao mundo, a internet já existia.

Leia mais

AVALIAÇÃO UNIFICADA PRODUÇÃO TEXTUAL 2º Semestre - 2015/2

AVALIAÇÃO UNIFICADA PRODUÇÃO TEXTUAL 2º Semestre - 2015/2 AVALIAÇÃO UNIFICADA PRODUÇÃO TEXTUAL 2º Semestre - 2015/2 Você está recebendo um caderno de produção textual com uma coletânea de textos e com uma proposta de redação ao final. Seu texto deve ser escrito

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Administração 5ª Série Administração de Recursos Humanos I A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto

Leia mais

Pedagogia. Objetivos deste tema. 3 Sub-temas compõem a aula. Tecnologias da informação e mídias digitais na educação. Prof. Marcos Munhoz da Costa

Pedagogia. Objetivos deste tema. 3 Sub-temas compõem a aula. Tecnologias da informação e mídias digitais na educação. Prof. Marcos Munhoz da Costa Pedagogia Prof. Marcos Munhoz da Costa Tecnologias da informação e mídias digitais na educação Objetivos deste tema Refletir sobre as mudanças de experiências do corpo com o advento das novas tecnologias;

Leia mais

Pesquisa sobre: Panorama da Gestão de Estoques

Pesquisa sobre: Panorama da Gestão de Estoques Pesquisa sobre: Panorama da Gestão de Estoques Uma boa gestão de estoques comprova sua importância independente do segmento em questão. Seja ele comércio, indústria ou serviços, o profissional que gerencia

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

AULA 4 MODELOS DE GESTÃO E ORGANIZAÇÃO

AULA 4 MODELOS DE GESTÃO E ORGANIZAÇÃO AULA 4 MODELOS DE GESTÃO E ORGANIZAÇÃO OBJETIVOS Compreender a estratégia de produção dentro da organização; Diferenciar requisitos de mercado e recursos de produção Reconhecer as prioridades diferentes

Leia mais

Como facilitar sua Gestão Empresarial

Como facilitar sua Gestão Empresarial Divulgação Portal METROCAMP Como facilitar sua Gestão Empresarial Aplique o CANVAS - montando o seu(!) Modelo de Gestão Empresarial de Werner Kugelmeier WWW.wkprisma.com.br Por que empresas precisam de

Leia mais

Inspirados pelo Autismo

Inspirados pelo Autismo INSPIRADOS PELO AUTISMO Inspirados pelo Autismo Folheto Informativo Recrutando Voluntários no Programa Son-Rise As seguintes informações foram retiradas de um resumo do manual do Start-Up, o curso de introdução

Leia mais

O ENSINO DE FÍSICA NA VISÃO DOS ALUNOS DE UMA TURMA DE 2º ANO DO ENSINO MÉDIO: ESTUDO DE CASO EM UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE ABAETETUBA PARÁ.

O ENSINO DE FÍSICA NA VISÃO DOS ALUNOS DE UMA TURMA DE 2º ANO DO ENSINO MÉDIO: ESTUDO DE CASO EM UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE ABAETETUBA PARÁ. O ENSINO DE FÍSICA NA VISÃO DOS ALUNOS DE UMA TURMA DE 2º ANO DO ENSINO MÉDIO: ESTUDO DE CASO EM UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE ABAETETUBA PARÁ. Alessandra da Costa Marques; Najara Siva; Lúcia Maria Assunção

Leia mais

Motivação e Desempenho no Trabalho (Cap. 5)

Motivação e Desempenho no Trabalho (Cap. 5) UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL (UFMS) CAMPUS DE BONITO/MS, CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Motivação e Desempenho no Trabalho (Cap. 5) Prof. Ana Cristina Trevelin Motivação 1. Teoria da expectativa

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Questões sobre o tópico Desenvolvimento e treinamento de pessoal: levantamento de necessidades, programação, execução e avaliação. Olá Pessoal, hoje veremos outro

Leia mais

Desenho de Cursos: introdução ao modelo ADDIE. Módulo6 Avaliação

Desenho de Cursos: introdução ao modelo ADDIE. Módulo6 Avaliação Desenho de Cursos: introdução ao modelo ADDIE Módulo6 Avaliação Atualizado em: abril de 2015 Fundação Escola Nacional de Administração Pública Presidente Gleisson Rubin Diretor de Desenvolvimento Gerencial

Leia mais

https://www.bigby.com/systems/selectport/samplereports/salescombo.htm

https://www.bigby.com/systems/selectport/samplereports/salescombo.htm Página 1 de 11 CCsalescombo v2 r i cpb cpb_att n SELECT para Centrais de Atendimentos - Conjunto de Vendas (v2) Copyright 1995-2005, 2006 Bigby, Havis & Associates, Inc. Todos os direitos reservados. PRINT

Leia mais

Ficha de Avaliação Periódica para Estágio Probatório

Ficha de Avaliação Periódica para Estágio Probatório 1 Ficha de Avaliação Periódica para Estágio Probatório Avaliação I Período de / / a / / Cargo / Emprego: Nº de Matrícula: Nome do Servidor: Secretaria / Setor: Nome do(s) avaliador (es): Avaliador(es)

Leia mais

Princípios de Liderança

Princípios de Liderança Princípios de Liderança LIDERANÇA E COACH www.liderancaecoach.com.br / liderancaecoach ÍNDICE Liderança Chefe x Líder O que um líder não deve fazer Dicas para ser um líder de sucesso Para liderar uma equipe

Leia mais

APL (Avaliação de Potencial para Liderança)

APL (Avaliação de Potencial para Liderança) APL (Avaliação de Potencial para Liderança) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 14:41:14 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/13 Índice analítico

Leia mais

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE COACHING EDUCATION By José Roberto Marques Diretor Presidente - Instituto Brasileiro de Coaching Denominamos de Coaching Education a explicação, orientação e aproximação

Leia mais

Otimização de máquinas de papel da SKF

Otimização de máquinas de papel da SKF Otimização de máquinas de papel da SKF Aumentando a eficiência e a produtividade global das máquinas O Poder do Conhecimento em Engenharia Operação mais rápida e eficiente Nunca foi tão difícil operar

Leia mais

COUTO COACHING. Liberando potencial, maximizando resultados.

COUTO COACHING. Liberando potencial, maximizando resultados. COUTO COACHING Liberando potencial, maximizando resultados. O que é Coaching? Coaching é uma poderosa ferramenta de desenvolvimento e gerenciamento do comportamento humano e tem como objetivo levar o indivíduo

Leia mais

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos

Leia mais

Fazendo a mudança dar certo

Fazendo a mudança dar certo Fazendo a mudança dar certo A importância das pessoas 12 de março de 2015 Carlos Siqueira e Daniela Segre Apresentações Carlos Siqueira Hay Group Brasil Diretor Daniela Segre Hay Group Brasil Gerente 2

Leia mais

Resultados da Pesquisa: Nove Melhores Práticas na Avaliação de Desempenho

Resultados da Pesquisa: Nove Melhores Práticas na Avaliação de Desempenho Resultados da Pesquisa: Nove Melhores Práticas na Avaliação de Desempenho Realizada em junho/2011 Abordagem da pesquisa Foram apresentadas aos participantes as nove melhores práticas de Avaliação de Desempenho

Leia mais

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO Fábio Ibanhez Bertuchi 1 Por quê? O currículo é seu passaporte para o mercado de trabalho e para o sucesso profissional. É por isso que você precisa aprender a prepará-lo de forma

Leia mais

Avaliação da aprendizagem... mais uma vez

Avaliação da aprendizagem... mais uma vez Avaliação da aprendizagem... mais uma vez Cipriano Carlos Luckesi 1 Artigo publicado na Revista ABC EDUCATIO nº 46, junho de 2005, páginas 28 e 29. Recentemente, tenho acompanhado crianças que saíram de

Leia mais

Os estágios como ferramenta e exigências da formação do farmacêutico generalista

Os estágios como ferramenta e exigências da formação do farmacêutico generalista Os estágios como ferramenta e exigências da formação do farmacêutico generalista Prof.ª Danyelle Cristine Marini Coordenadora da Comissão Assessora de Educação Farmacêutica do CRF-SP Estágio Supervisionado

Leia mais

Mudança Organizacional

Mudança Organizacional Gestão de Mudança Mudança Organizacional Qualquer alteração, planejada ou não, ocorrida na organização, decorrente de fatores internos e/ou externos que traz algum impacto nos resultados e/ou nas relações

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 3 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL Disciplina: Estatística II LISTA DE EXERCÍCIOS 3 1. Testes de resistência à tensão foram feitas em duas estruturas

Leia mais

Como superar o medo e a vergonha de vender

Como superar o medo e a vergonha de vender Como superar o medo e a vergonha de vender Mizuji Kajii http://mizuji.com Parte 2 Os significados Fatos, coisas e comportamentos não têm significado por si só Nós atribuímos os significados Agimos de acordo

Leia mais

Guia do Facilitador. Aprendizagem Baseada em Projetos. http://www.intel.com/educacao. Série Elementos Intel Educar Aprendizagem Baseada em Projetos

Guia do Facilitador. Aprendizagem Baseada em Projetos. http://www.intel.com/educacao. Série Elementos Intel Educar Aprendizagem Baseada em Projetos Série Elementos Intel Educar Guia do Facilitador http://www.intel.com/educacao Copyright 2010 Intel Corporation. Página 1 de 19 Termos de Uso para o Guia do Facilitador da Série Elementos Intel Educar

Leia mais

Módulo IV. Delegação e Liderança

Módulo IV. Delegação e Liderança Módulo IV Delegação e Liderança "As pessoas perguntam qual é a diferença entre um líder e um chefe. O líder trabalha a descoberto, o chefe trabalha encapotado. O líder lidera, o chefe guia. Franklin Roosevelt

Leia mais

O que é um consultor?

O que é um consultor? O que é um consultor? Prof. Oswaldo Junior Oswaldjr@ufpa.br Cel.: 9941-8627 Com adpatações do material produzido pelo profº Herbert Cutrin O que é um consultor? É o profissional que oferece conselhos e

Leia mais

Guia para elaboração de lições aprendidas

Guia para elaboração de lições aprendidas Guia para elaboração de lições aprendidas Versão: 2.0 Elaborado por: Caio Ruegg Data: 19 de Novembro 2009 Conteúdo Pág. # Objetivo 3 Alcance 3 Definições básicas 3 Por que realizá-las 3 Como preparar-las

Leia mais

O PROCESSO DE COACHING EXECUTIVO E EMPRESARIAL: PERCEPÇÕES DE GESTORES DE RECURSOS HUMANOS PSICÓLOGOS E DE OUTRAS FORMAÇÕES

O PROCESSO DE COACHING EXECUTIVO E EMPRESARIAL: PERCEPÇÕES DE GESTORES DE RECURSOS HUMANOS PSICÓLOGOS E DE OUTRAS FORMAÇÕES 26 a 29 de outubro de 2010 ISBN 978-85-61091-69-9 O PROCESSO DE COACHING EXECUTIVO E EMPRESARIAL: PERCEPÇÕES DE GESTORES DE RECURSOS HUMANOS PSICÓLOGOS E DE OUTRAS FORMAÇÕES Dione Nunes Franciscato 1 ;

Leia mais

Aprendizagem Motora. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

Aprendizagem Motora. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Aprendizagem Motora Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior O que é aprendizagem motora? Busca compreender como as pessoas adquirem habilidades motoras, como elas desenvolvem e usam tais habilidades em

Leia mais

Recrutamento e seleção

Recrutamento e seleção Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem Recrutamento e seleção Fernanda Maria Togeiro Fugulin RECRUTAMENTO Fase que antecede a seleção, de divulgação, em que se deverá atrair candidatos potencialmente

Leia mais

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil P e s q u i s a d a F u n d a ç ã o G e t u l i o V a r g a s I n s t i t u t o d e D e s e n v o l v i m e n t o E d u c a c i o n a l Conteúdo 1. Propósito

Leia mais

Empreendedorismo, Identidade e Educaçao SEBRAE, Sao Paulo, 11 de novembro de 2014

Empreendedorismo, Identidade e Educaçao SEBRAE, Sao Paulo, 11 de novembro de 2014 Empreendedorismo, Identidade e Educaçao SEBRAE, Sao Paulo, 11 de novembro de 2014 L. J. Filion Rogers - J. A. Bombardier Chair of Entrepreneurship HEC Montreal Parte 1 Uma breve introdução ao empreendedorismo

Leia mais

LIDERAR UMA FORÇA DE TRABALHO MULTIGERACIONAL:UM GUIA PARA O COACHING & O ENGAJAMENTO DO COLABORADOR

LIDERAR UMA FORÇA DE TRABALHO MULTIGERACIONAL:UM GUIA PARA O COACHING & O ENGAJAMENTO DO COLABORADOR LIDERAR UMA FORÇA DE TRABALHO MULTIGERACIONAL:UM GUIA PARA O COACHING & O ENGAJAMENTO DO COLABORADOR LIDERAR UMA FORÇA DE TRABALHO MULTIGERACIONAL:UM GUIA PARA O COACHING & O ENGAJAMENTO DO COLABORADOR

Leia mais

Prática no Laboratório de Informática: Jogos no Programa Mais Educação

Prática no Laboratório de Informática: Jogos no Programa Mais Educação Prática no Laboratório de Informática: Jogos no Programa Mais Educação Escola Municipal de Ensino Fundamental Madre Teresa Laboratório com 18 máquinas com sistema operacional Linux Educacional Turma Mista

Leia mais

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS

O DESAFIO DOS EXECUTIVOS COACHING EXECUTIVO O DESAFIO DOS EXECUTIVOS Os executivos das empresas estão sujeitos a pressões crescentes para entregarem mais e melhores resultados, liderando as suas organizações através de mudanças

Leia mais

Você deseja ter habilidade para dar entrevistas a jornalistas?

Você deseja ter habilidade para dar entrevistas a jornalistas? Você deseja ter habilidade para dar entrevistas a jornalistas? Aprimore sua capacidade de dar entrevistas para a imprensa Garanta a imagem pessoal/profissional positiva e a boa reputação O Treinamento

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Construint ponts de convivència i camins alternatius per a la gestió de conflictes. Trabalho de Equipa em Sala de Aula Inclusiva

Construint ponts de convivència i camins alternatius per a la gestió de conflictes. Trabalho de Equipa em Sala de Aula Inclusiva Construint ponts de convivència i camins alternatius per a la gestió de conflictes Trabalho de Equipa em Sala de Aula Inclusiva CONTEÚDO Porque é o trabalho de equipa importante em salas de aula inclusivas?

Leia mais

Feedback 360 Graus. Relatório Individual John Smith Example

Feedback 360 Graus. Relatório Individual John Smith Example Queremos que nossos relatórios tenham impacto em você, mas não no meio ambiente. Por favor, imprima somente as páginas que precisar. Feedback 360 Graus Relatório Individual John Smith Example RELACIONAMENTO

Leia mais

Resumo para Identificação das Necessidades dos Clientes

Resumo para Identificação das Necessidades dos Clientes Resumo para Identificação das Necessidades dos Clientes O processo de decisão de compra é feito através da percepção de que os consumidores têm um problema. Então, se movem em direção à resolução. Disto

Leia mais

Empreendedores em Informática

Empreendedores em Informática Empreendedores em Informática Introdução Existem riscos e custos para um programa de ação. Mas eles são bem menores que os riscos e custos de longo alcance de uma acomodação confortável. John F. Kennedy

Leia mais

Liderança Estratégica

Liderança Estratégica Liderança Estratégica A título de preparação individual e antecipada para a palestra sobre o tema de Liderança Estratégica, sugere-se a leitura dos textos indicados a seguir. O PAPEL DE COACHING NA AUTO-RENOVAÇÃO

Leia mais