FÓRUM RAC 2017 CAMINHOS DA RETOMADA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FÓRUM RAC 2017 CAMINHOS DA RETOMADA"

Transcrição

1 FÓRUM RAC 2017 CAMINHOS DA RETOMADA

2 REGIÕES METROPOLITANAS DO ESTADO DE SÃO PAULO RMRP 34 municípios 1,6 milhões hab. 168 municípios ,05 km2 31,0 milhões de habitantes PIB de R$ 1,136 trilhões 78,19% do PIB do Estado e 32,1% do Brasil RMC 20 municípios 3,0 milhões hab. RMS 27 municípios 1,8 milhões hab. RMVPLN 39 municípios 2,4 milhões hab. RMSP 39 municípios 20,4 milhões hab. RMBS 9 municípios 1,7 milhões hab.

3 ESTRUTURA DA SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS

4 DIRETRIZ DA SECRETARIA DE TRANSPORTE METROPOLITANO Dar acessibilidade e mobilidade sustentável entre às cidades nas Regiões Metropolitanas OBJETIVOS

5 RESPONSABILIDADES A STM desenvolve ações e planos de transportes junto aos municípios visando a integração e compatibilização dos planos locais com os planos de caráter metropolitano previstos ou em implantação.

6 REDE METROPOLITANA EXISTENTE

7 REDE METROFERROVIÁRIA EXISTENTE Pesquisa recente da ANPTrilhos (Balanço do Setor Metroferroviário /2015) informa que o número de usuários do setor de transporte de passageiros sobre trilhos no Brasil recebe 9,8 milhões de passageiros por dia. A Rede Metroferroviária de São Paulo contribuiu com 7,3 milhões/pass./dia representando 74% dos passageiros transportados no país , ,3 Milhões 22 Linhas km de extensão Estações Pass/Dia Útil Municípios 6 77,4 68 4, ,5 92 2,8 22

8 EVOLUÇÃO DA DEMANDA METRÔ ( ) Metrô Passageiros Transportados Média Dia/Útil

9 EVOLUÇÃO DA DEMANDA CPTM ( ) CPTM Passageiros Transportados Média Dia/Útil

10 ATUAÇÃO DA EMTU Serviço Regular Veículos Serviço Fretado Veículos Serviço Acessível Veículos 2,2 Milhões de Passageiros / dia 133 Municípios Atendidos 113,7 km de Corredores Total: RMSP, RMC, RMBS, RMVL, RMS

11 EVOLUÇÃO DA DEMANDA EMTU ( ) EMTU Passageiros Transportados Média Dia/Útil

12 REDE METROFERROVIÁRIA EXPANSÃO + 8 1, ,4 Km Linhas Novas Municípios Milhões de de extensão 5 novas estações Atendidos Passageiros 3 expansões Guarulhos (Novo) /dia útil

13 OBRAS PRIORITÁRIAS

14 Trecho Butantã - Vila Sônia 3,9 km 4 estações + túnel de Vila Sônia com 1,5 km Trecho Vila Prudente Iguatemi 13,04 km 11 estações (2 concluídas) Trecho Adolfo Pinheiro Chácara Klabin 10,9 km 10 estações Trecho Jd Aeroporto /Congonhas Morumbi(CPTM) 7,7 km 8 estações

15 LINHA 4 AMARELA (Metrô/Parceria Público Privado - PPP) Trecho 2- em implantação Trecho 1 - em complementação m m Em Complementação Operação DADOS DO PROJETO TRECHO I: Conclusão das estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire e São Paulo-Morumbi. TRECHO II: Estação Vila Sônia, Túnel NATM, Via Permanente para o prolongamento Vila Sônia e para o Pátio de trens, construção do Terminal de ônibus Vila Sônia. MATERIAL RODANTE: 15 Trens (todos entregues) m SITUAÇÃO ATUAL Em Obras: Estação Higienópolis Mackenzie, Oscar Freire, São Paulo Morumbi, Pátio Vila Sônia (Complementação) Terminal Vila Sônia e Estação Vila Sônia. Em Implantação META Estação Higienópolis-Mackenzie (Dez/2017), Oscar Freire (Mar/2018) e Estação São Paulo-Morumbi (Jul/2018), Complemento do Pátio Vila Sônia (Fev/2019), Estação Vila Sônia e Prolongamento (Nov/2020). Terminal Vila Sônia (Em consolidação). DEMANDA DE PASSAGEIROS Atual: 670 mil passageiros/dia (MDU 2014) Futura: 981 mil passageiros/dia TOTAL DE INVESTIMENTO DA LINHA R$ 1,97 bilhões

16 LINHA 4 AMARELA (Metrô/Parceria Público Privado - PPP) Pátio Vila Sônia Terminal de Ônibus Vila Sônia Estação Higienópolis - Mackenzie Estação Higienópolis - Mackenzie

17 LINHA 4 AMARELA (Metrô/Parceria Público Privado - PPP) Estação Vila Sônia Estação Oscar Freire Estação São Paulo - Morumbi Estação São Paulo - Morumbi

18 LINHA 5 - LILÁS Pátio Capão Redondo Pátio Guido Caloi Em Obras Operação m DADOS DO PROJETO Extensão da obra: 10,9 km Estações em obra: 10 Material Rodante: 26 trens (25 entregues) SITUAÇÃO ATUAL EM OBRAS: 10 Estações em obras. Fabricação e fornecimento de equipamentos, sistemas e material rodante. META TRECHO I: Estações Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin: (Ago/2017) TRECHO II: Estações Eucaliptos, Moema, AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin: (Dez/2017) Estação Campo Belo (Dez/2018). DEMANDA DE PASSAGEIROS Atual (Trecho Capão Redondo - Adolfo Pinheiro): 270 mil passageiro/dia Futura (Trecho Capão Redondo - Chácara Klabin): 781 mil passageiro/dia TOTAL DE INVESTIMENTO DA LINHA R$ 9,98 bilhões

19 LINHA 5 - LILÁS Estação Alto da Boa Vista Estação Brooklin Estação Eucaliptos Estação Moema

20 LINHA 5 - LILÁS Estação AACD Estação Santa Cruz Estação Chácara Klabin Pátio Guido Caloi

21 LINHA 6 LARANJA (Parceria Público Privado - PPP) Obras Paralisadas m DADOS DO PROJETO Extensão: 15,3 km Estações: 15 Material Rodante: 22 trens SITUAÇÃO ATUAL Obras paralisadas META Trecho Brasilândia - São Joaquim (2021) DEMANDA DE PASSAGEIROS Trecho Brasilândia São Joaquim 633 mil passageiros/dia TOTAL DE INVESTIMENTO DA LINHA R$ 10,3 bilhões R$4,85 bilhões (Iniciativa Privada)

22 LINHA 6 LARANJA (Parceria Público Privado - PPP) Estação Água Branca Estação João Paulo I Estação Santa Marina Estação Vila Cardoso

23 LINHA 6 LARANJA (Parceria Público Privado - PPP) Fábrica de Aduelas VSE Pacaembu VSE Tietê Pátio Morro Grande

24 LINHA 15 - PRATA 2 Trecho IA Trecho IB Trecho IIA m m m A Iniciar Em Obras Operação m DADOS DO PROJETO Extensão: 12,4 km (Trecho IB e IIA) Estações: 9 Material Rodante: 27 trens (Todos Entregues) SITUAÇÃO ATUAL TRECHO VILA PRUDENTE - ORATÓRIO: Em operação plena das 04:40 hrs às 00:00 hrs desde Out/16 8 Estações em obras e 1 estação com projeto em andamento META Trecho São Lucas - São Mateus (Mar/2018) Trecho São Mateus - Iguatemi (Mar/2021) DEMANDA DE PASSAGEIROS Trecho Vila Prudente Futura Iguatemi 348,8 mil passageiros/dia TOTAL DE INVESTIMENTO DA LINHA R$ 5,00 bilhões

25 LINHA 15 - PRATA Estação São Lucas Estação Camilo Haddad Estação Vila Tolstói Estação Vila União

26 LINHA 15 - PRATA Estação Jardim Planalto Estação Sapopemba Estação Fazenda da Juta Estação São Mateus

27 LINHA 17 - OURO 9 5 A Iniciar Em Obras m DADOS DO PROJETO Extensão em obras: 7,7 km Estações: 8 Material Rodante: 14 trens SITUAÇÃO ATUAL 7 Estações em obra e 1 a iniciar META Trecho Jd. Aeroporto/Congonhas - Morumbi CPTM (Dez/2019) DEMANDA DE PASSAGEIROS Trecho Jd. Aeroporto - Morumbi CPTM: 184,7 mil passageiros/dia TOTAL DE INVESTIMENTO DA LINHA R$ 3,59 bilhões

28 LINHA 17 - OURO Estação Jardim Aeroporto Estação Congonhas Estação Brookin Paulista Estação Vereador José Diniz

29 LINHA 17 - OURO Estação Campo Belo Estação Vila Cordeiro Estação Chucri Zaidan Trecho Elevado

30 LINHA 18 BRONZE (Parceria Público Privado - PPP) 2 10 Pátio Tamanduateí II A Iniciar m DADOS DO PROJETO Extensão em obras: 15,4 km Estações: 13 Material Rodante: 32 trens SITUAÇÃO ATUAL Contratação de PPP assinado em 2014 A Iniciar META Trecho Tamanduateí - Djalma Dutra (2021) Obra Não Iniciada DEMANDA DE PASSAGEIROS Trecho Tamanduateí - Djalma Dutra 342,3 mil passageiros/dia TOTAL DE INVESTIMENTO DA LINHA R$ 4,83 bilhões (R$2,33 bilhões - Iniciativa Privada)

31 Trecho Extensão Grajaú Varginha 4,5 km 2 estações Trecho Engº Goulart Aeroporto de Guarulhos 12,2 km 3 estações

32 LINHA 9 - ESMERALDA Em Obras Operação m m DADOS DO PROJETO 2 Estações (novas) 1 Pátio 4,5 km de extensão SITUAÇÃO ATUAL OBRA: Estações Mendes e Varginha paralisadas, em processo de contratação. SISTEMAS: Energia, Sinalização, CCO (Contratação) e Rede Aérea (Contratado) META Dez/2018 MATERIAL RODANTE Serão utilizados trens que já operam na Linha 9 DEMANDA ADICIONAL 110 mil passageiros/dia útil TOTAL DE INVESTIMENTO DA LINHA R$ 945,6 Milhões

33 LINHA 9 - ESMERALDA Lote 1 Estação Mendes (Lateral) Lote 1 Estação Mendes Lote 1 Passarela Pinheiro Chagas Lote 1 Pass. Inferior (Lagoa da Tocha)

34 LINHA 9 - ESMERALDA Lote 2 Inicio do Trecho Lote 2 - Retaludamento Lote 2 Sala Técnica Varginha Lote 2 Viaduto Ferroviário

35 LINHA 13 - JADE 12 Em Obras m DADOS DO PROJETO 3 Estações (1 reconstruída e 2 novas) 12,2 km de extensão (4,3 km em superfície + 7,9 km em elevado) SITUAÇÃO ATUAL Estação Eng. Goulart Operação Linha 12 (Entregue) OBRA: Cecap e Aeroporto em obras. Trecho em superfície em obras. Trecho em elevado: Execução de Via Permanente e Fechamento Lateral. SISTEMAS: Energia, Sinalização, STO,SMV e CCO (Execução) META Mar/2018 MATERIAL RODANTE 8 Trens (Contratação) DEMANDA 130 mil passageiros/dia útil TOTAL DE INVESTIMENTO DA LINHA R$ 2,3 bilhões

36 LINHA 13 - JADE Lote 1 Vista Lateral Lote 1 Mezanino Lote 2 Via Elevada Lote 2 Mobilização Solda Trilhos

37 LINHA 13 - JADE Lote 3 - Vista Geral do corpo da Estação CECAP Lote 3 Plataforma Lote 4 Vista Geral da plataforma da Estação Aeroporto Lote 4 Passarela

38 Corredor Guarulhos - RMSP Trecho Vila Galvão/Taboão 16 km 29 estações Veículo Leve sobre Trilho Baixada Santista 11,2 km 15 estações Corredor Itapevi - RMSP Trecho Osasco/Itapevi 16 km 25 estações Corredor Noroeste - RMC Trecho Nova Odessa/Santa Bárbara 24,3 km 35 estações

39 CORREDOR ITAPEVI - RMSP EM OBRAS 16 km Em Obras DESCRIÇÃO FASE I Itapevi Jandira FASE II/TRECHO 1 Jandira Carapicuíba FASE II/TRECHO 2 Carapicuíba Osasco FASE III Osasco Vila Yara TOTAL Extensão (m) Estações (un) Obras de Arte Viaduto sobre a rua Ameríndia 0 Viaduto em Carapicuíba 0 2 Demanda CUSTO TOTAL/OPERAÇÃO Itapevi/Jandira: 184,69 milhões Dez/18 Jandira/Carapicuiba: 140,02 milhões Dez/18 Carapicuiba/Osasco Km 21: 162,52 milhões Dez/18 Osasco Km 21/Vila Yara: 65,38 milhões s/ previsão SITUAÇÃO DA OBRA Trecho Osasco km 21/Vila Yara EM PROJETO Trecho Jandira/Carapicuíba/Osasco - (Aguardando nova licitação)

40 CORREDOR ITAPEVI - RMSP Terminal Osasco Km 21 Terminal Osasco Km 21 Terminal Osasco Km 21 Terminal Osasco Km 21

41 CORREDOR ITAPEVI - RMSP Viaduto Ameríndia Viaduto Ameríndia Muro de arrimo Muro de arrimo

42 CORREDOR NOROESTE - RMC DESCRIÇÃO TRECHO I Nova Odessa Santa Barbara TRECHO II Campinas Sumaré TOTAL Extensão (m) Estações (un) Demanda Força de Trabalho CUSTO TOTAL/OPERAÇÃO Trecho I: 232,42 milhões Dez/18 Trecho II : 160,39 milhões Dez/18 SITUAÇÃO DA OBRA Terminal Santa Barbara (ENTREGUE)

43 CORREDOR NOROESTE - RMC

44 CORREDOR NOROESTE - RMC ET km 110 Maria Antônia ET km 110 Maria Antônia ET km 110 Maria Antônia ET km 110 Maria Antônia

45 CORREDOR NOROESTE - RMC Santa Bárbara do Oeste Santa Bárbara do Oeste Santa Bárbara do Oeste Santa Bárbara do Oeste

46 VLT DA BAIXADA SANTISTA SÃO VICENTE SANTOS 11,2 km Operação DADOS DO PROJETO Trecho 1: Term. Barreiros/Term. Porto 11,2 Km 15 Estações 1 Pátio (Pátio Porto) SITUAÇÃO ATUAL OBRA CIVIL: (Concluída) SISTEMAS : Portas de Plataforma (Implantação) MATERIAL RODANTE 18 VLTs (Entregues) META OPERACIONAL/DEMANDA 2017/ 40 mil passageiros/dia útil TOTAL DE INVESTIMENTO DA LINHA R$ 1,7 bilhões

47 VLT DA BAIXADA SANTISTA Rodovia dos Imigrantes - SP 160 Estação Bernardino de Campos com Portas de Plataforma Oficina de Manutenção Estação Bernardino com Portas de Plataforma

48 VLT DA BAIXADA SANTISTA Região de Barreiros Região de Barreiros Estação Conselheiro Nébias Estação Conselheiro Nébias

49 EMPREGOS GERADOS EMPRESA EMPREENDIMENTO FORÇA DE TRABALHO LINHA 4 - AMARELA LINHA 5 - LILÁS METRÔ LINHA 15 - PRATA LINHA 17 - OURO 954 TOTAL CMCP LINHA 6 - LARANJA 209 LINHA 8 - DIAMANTE 122 LINHA 9 - EXTENSÃO 0 CPTM LINHA 11 - CORAL 0 LINHA 13 - JADE TOTAL CORR. ITAPEVI 110 EMTU CORR. NOROESTE 72 VLT 250 TOTAL 432 TOTAL Atualizado: 04/08/2017

50 R$ milhões INVESTIMENTOS Total de Investimento (R$ milhões) Valores Nominais Investimentos por Empresa STM EMTU CPTM METRÔ EFCJ Realizado Previsão (LOA 2017 e PPA 2018)

51 BENEFÍCIOS SOCIAIS - REDE METROFERROVIÁRIA Emissão de Poluentes Custo Operacional (Ônibus/Carro) Tempo de Viagem Consumo de Combustível Nº de Acidentes TOTAL Economia dos Custos Sociais (R$ Milhões) REDUÇÃO CPTM METRÔ TOTAL Emissão de poluentes Consumo de combustível Custo operacional (ônibus/carro) Número de acidentes Tempo de Viagens Total

52 Macrometrópole Paulista 173 municípios 30,5 milhões de habitantes 70% Estado de SP R$ 900 bilhões PIB 83% Estado de SP km² (0,6% do Brasil) 20% Estado de SP

53 Sistema de Trens Intercidades Nova Odessa VCP Americana Sumaré Campinas Valinhos Vinhedo Louveira Jundiaí São José dos Campos Taubaté Pindamonhangaba Sorocaba B. Tobias São Roque Barueri GRU Água Branca Estação da Luz Tamanduateí São Caetano Sto. André Mauá Cubatão Santos 477 km Eixo Prioritário: São Paulo Campinas maior VDM do Brasil

54 PROPOSTA PPP TRENS INTERCIDADES Concessão patrocinada para a prestação dos serviços públicos de transporte de passageiros da linha ferroviária São Paulo Americana, contemplando implantação, operação e manutenção. Americana Características Nova Odessa Sumaré Campinas Valinhos Vinhedo Louveira Jundiaí Extensão 135 km Estações 9 Demanda pass./dia Água Branca CAPEX Implantação R$ 5 bilhões* 5 anos São Roque *Estimativa data base

55 PROPOSTA PPP TRENS INTERCIDADES A Faixa de Domínio entre São Paulo e Americana é organizada da seguinte forma: Entre São Paulo (Água Branca ) e Jundiaí: compartilhada entre GESP (CPTM) e o Governo Federal (concessionária de carga MRS Logística) Entre Jundiaí e Americana: Governo Federal (concessionária de carga Rumo Logística) Americana Campinas Seção RFFSA TRF 415 Jundiaí Água Branca Estadual/CPTM Federal/MRS

56 PROPOSTA PPP TRENS INTERCIDADES Trecho São Paulo (Água Branca) Jundiaí (54 km): Situação atual: 2 vias compartilhadas para passageiro metropolitano (empresa estadual CPTM Linha 7) e carga (concessionário federal MRS que não possui via própria). Situação desejada: via exclusiva para carga (MRS) vias exclusivas para passageiro metropolitano (CPTM) vias exclusivas para passageiro intercidades (PPP) Trecho Jundiaí Campinas (53 km): Situação atual: 2 vias para carga (concessionário federal RUMO que não opera o trecho) das quais apenas 1 operacional (operada pela MRS) Situação desejada: via para carga (RUMO) vias para passageiro intercidades (PPP) Trecho Campinas - Americana (28 km): Situação atual: 2 vias para carga (concessionário federal ALL ) das quais apenas 1 operacional Situação desejada: vias operacionais para carga (RUMO) Vias operacionais para passageiro intercidades (PPP)

57 Reformulação PPP Proposta de Inclusão da L7 Rubi da CPTM na PPP do Trem Intercidades - São Paulo > Americana Aumento de Receitas / Diminuição de Aportes: Incorporação de Receitas da Linha 7 Rubi Potencial redução dos aportes do GESP Melhoria do Fluxo de Caixa Legenda Traçado TIC / CPTM L7 Estações Parada TIC/CPTM Estações Parada CPTM Operação Única Facilitação do Processo de Implantação das linhas do TIC paralelas à CPTM L7 Possível compartilhamento de Ativos TIC/ CPTM L7 Sinergias de equipes operacionais e de manutenção TIC/CPTM L7

58

59 OBRIGADO

Regiões Metropolitanas do Estado de São Paulo

Regiões Metropolitanas do Estado de São Paulo 0 Regiões Metropolitanas do Estado de São Paulo RMRP 34 municípios 1,6 milhões hab. 167 municípios 40.174,05 km 2 31,0 milhões de habitantes PIB de R$ 1,136 trilhões 78,19% do PIB do Estado e 32,1% do

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização da CPTM

Projetos de Expansão e Modernização da CPTM Projetos de Expansão e Modernização da CPTM Jun/2012 Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro Diretor de Planejamento e Projetos Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco da Rocha Caieiras

Leia mais

METRÔ DE SÃO PAULO EXPANSÃO ALBERTO EPIFANI Gerente de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos - METRÔ

METRÔ DE SÃO PAULO EXPANSÃO ALBERTO EPIFANI Gerente de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos - METRÔ METRÔ DE SÃO PAULO EXPANSÃO 2012-2030 ALBERTO EPIFANI Gerente de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos - METRÔ SÃO PAULO 13//06/2012 Expansão 2012-2030 2 REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

Leia mais

FIESP WORKSHOP DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES

FIESP WORKSHOP DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES FIESP WORKSHOP DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES Expansão das ferrovias: modelagem e projetos em São Paulo São Paulo, 28 de Julho de 2016 Índice 1. EDLP 2. Contrail Logística 3. Trens Intercidades (TIC) 4. Faixa

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Como Acelerar a Implantação dos Empreendimentos Metroferroviários Vicente Abate Diretor Comercial ANPTrilhos Brasília,

Leia mais

EMPREENDIMENTO DO VLT

EMPREENDIMENTO DO VLT SIM da RMBS Sistema Integrado Metropolitano Voltado à prestação do serviço de transporte público coletivo na Região Metropolitana da Baixada Santista RMBS Comitê técnico II - Desenvolvimento Socioeconômico,

Leia mais

7º Encontro de Logística e Transportes

7º Encontro de Logística e Transportes 7º Encontro de Logística e Transportes Transportes Metropolitanos na RMSP Roberto Arantes Filho Coordenador de Relações Institucionais da STM Fiesp-SP,21/05/2012 Módulo 1 Contexto de Atuação Regiões metropolitanas

Leia mais

CORREDOR METROPOLITANO ITAPEVI SÃO PAULO

CORREDOR METROPOLITANO ITAPEVI SÃO PAULO CORREDOR METROPOLITANO ITAPEVI SÃO PAULO Autor: Engº Roberto Carlos Fazilari Chefe do Departamento de Implantação de Obras da EMTU/SP, Gestor de Projeto do Plano de Expansão do Governo do Estado de São

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS VIAGENS COM UTILIZAÇÃO DE METRÔ E TREM METROPOLITANO RESULTADOS DA PESQUISA DE MOBILIDADE 2012

EVOLUÇÃO DAS VIAGENS COM UTILIZAÇÃO DE METRÔ E TREM METROPOLITANO RESULTADOS DA PESQUISA DE MOBILIDADE 2012 EVOLUÇÃO DAS VIAGENS COM UTILIZAÇÃO DE METRÔ E TREM METROPOLITANO RESULTADOS DA PESQUISA DE MOBILIDADE 2012 Maria Cecilia Masagão Andreoli de Oliveira 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA CATEGORIA

Leia mais

TARIFA DO METRÔ DE SÃO PAULO

TARIFA DO METRÔ DE SÃO PAULO TARIFA DO METRÔ DE SÃO PAULO A COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ A Companhia do Metropolitano de São Paulo - Metrô foi constituída no dia 24 de abril de 1968; Hoje, o Metrô de São Paulo possui

Leia mais

Programa Paulista de Concessões. Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP

Programa Paulista de Concessões. Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP Programa Paulista de Concessões Dr. Rodrigo José Oliveira Pinto de Campos Diretor de Assuntos Institucionais da ARTESP Foz do Iguaçu, 13 de Maio de 2016 Sobre a ARTESP Criada pela Lei Complementar nº 914,

Leia mais

Trens Regionais e Turísticos. João Paulo de Jesus Lopes Secretaria dos Transportes Metropolitanos

Trens Regionais e Turísticos. João Paulo de Jesus Lopes Secretaria dos Transportes Metropolitanos Trens Regionais e Turísticos João Paulo de Jesus Lopes Secretaria dos Transportes Metropolitanos O início Decreto nº 55.564, de 15 de março de 2010 amplia as atribuições da STM e permite que atue no transporte

Leia mais

20ª Semana de Tecnologia Metroferroviária. O BNDES e a Mobilidade Urbana. Setembro/2014

20ª Semana de Tecnologia Metroferroviária. O BNDES e a Mobilidade Urbana. Setembro/2014 20ª Semana de Tecnologia Metroferroviária O BNDES e a Mobilidade Urbana Setembro/2014 Contextualização A taxa de motorização no Brasil cresceu de 14 carros / 100 habitantes em 2001 para 26 carros / 100

Leia mais

estruturando a mobilidade da metrópole COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS Sérgio Avelleda Diretor Presidente - CPTM

estruturando a mobilidade da metrópole COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS Sérgio Avelleda Diretor Presidente - CPTM estruturando a mobilidade da metrópole COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS Sérgio Avelleda Diretor Presidente - CPTM novembro/2008 Região Metropolitana da Grande São Paulo 39 municípios 19,7 milhões

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização

Projetos de Expansão e Modernização Projetos de Expansão e Modernização Março/2012 Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco da Rocha Caieiras REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Itaquaquecetuba Osasco Barueri São

Leia mais

Uma Visão METROPOLITANA. Luiz Augusto Baggio Diretor Executivo Agência Metropolitana de Cam pinas AGEMCAMP

Uma Visão METROPOLITANA. Luiz Augusto Baggio Diretor Executivo Agência Metropolitana de Cam pinas AGEMCAMP Uma Visão METROPOLITANA Luiz Augusto Baggio Diretor Executivo Agência Metropolitana de Cam pinas AGEMCAMP Estado de São Paulo RMC Região Metropolitana de Campinas Lei Complementar 870 de 19 de junho de

Leia mais

O METRÔ DE SÃO PAULO. Seminário: Negócio nos Trilhos 2010

O METRÔ DE SÃO PAULO. Seminário: Negócio nos Trilhos 2010 O METRÔ DE SÃO PAULO Seminário: Negócio nos Trilhos 2010 Rede de Metrô - Fase final de implantação Rede de Metrô - Médio Prazo Linha 1 - Azul Linha 1 - Azul Atualização Tecnológica Objetivo: Melhorar o

Leia mais

São Paulo e Brasil. São Paulo. do Brasil. 3% da área 22% da população 31% do PIB 33% das exportações 41% das importações. América do Sul.

São Paulo e Brasil. São Paulo. do Brasil. 3% da área 22% da população 31% do PIB 33% das exportações 41% das importações. América do Sul. São Paulo e Brasil América do Sul Brasil São Paulo São Paulo 3% da área 22% da população 31% do PIB 33% das exportações 41% das importações do Brasil Fontes: IBGE, Seade e Ministério do Desenvolvimento,

Leia mais

SIM Sistema Integrado Metropolitano da Baixada Santista maio/2014

SIM Sistema Integrado Metropolitano da Baixada Santista maio/2014 SIM Sistema Integrado Metropolitano da Baixada Santista maio/2014 1 Região Metropolitana da Baixada Santista RMBS 9 Municípios População fixa: 1,8 milhão de habitantes 1 População nas férias: cerca de

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC MOBILIDADE URBANA Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC O QUE O GOVERNO FEDERAL JÁ FEZ Sanção da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012) Desoneração das tarifas do transporte

Leia mais

Sistemas de alta capacidade estruturando a macrometrópole

Sistemas de alta capacidade estruturando a macrometrópole Sistemas de alta capacidade estruturando a macrometrópole REGIÕES METROPOLITANAS Decreto 55.564/2010 amplia campo de atuação da Secretaria de Transportes Metropolitanos Região Metropolitana de Campinas

Leia mais

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS

DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS DIRETRIZES DA POLÍTICA DE TRANSPORTE COLETIVO SOBRE PNEUS DEZEMBRO 2013 DENSIDADE DE EMPREGOS ÁREA CENTRAL Plano Diretor 2013 Referências Trata da política de transporte e mobilidade urbana integrada com

Leia mais

MOBILIDADE METROPOLITANA E PROJETO URBANO

MOBILIDADE METROPOLITANA E PROJETO URBANO MOBILIDADE METROPOLITANA E PROJETO URBANO SEMINÁRIO RIO METROPOLITANO: DESAFIOS COMPARTILHADOS O FUTURO DA MOBILIDADE NA METRÓPOLE VERTICALIDADES Aspectos metropolitanos HORIZONTALIDADES Interações entre

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 TM GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 SOLUÇÕES ENCAMINHADAS Constituição do COMITÊ PAULISTA (Grupo Executivo

Leia mais

Companhia do Metropolitano do Distrito Federal. Audiência Pública

Companhia do Metropolitano do Distrito Federal. Audiência Pública Companhia do Metropolitano do Distrito Federal Audiência Pública Expansão da Linha I do Metrô-DF (Samambaia, Ceilândia e Asa Norte) e modernização do sistema Objetivo da Audiência Pública Dar início aos

Leia mais

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo

Transporte Coletivo: Chegando mais rápido ao futuro. Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo Repensar Mobilidade em Transporte Coletivo As Cidades mudaram População mudou A Economia mudou Os Meios de Transportes mudaram E nós? Ainda pensamos igual ao passado? Em TRANSPORTE COLETIVO chega-se ao

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização

Projetos de Expansão e Modernização Projetos de Expansão e Modernização Mário Manuel Seabra Rodrigues Bandeira Diretor Presidente maio/2013 REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco

Leia mais

NEGÓCIOS NOS TRILHOS 2010

NEGÓCIOS NOS TRILHOS 2010 COMPANHIA CEARENSE DE TRANSPORTES METROPOLITANOS NEGÓCIOS NOS TRILHOS 2010 O PROJETO METROFOR O PROJETO METROFOR Linha Sul 24,1 km - 3,9 km Subterrâneo - 2,2 km Elevado - 18,0 km Superfície Linha de Carga

Leia mais

AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS

AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS AVENIDA DONA BELMIRA MARIN MELHORAMENTOS E ALARGAMENTO IMPLANTAÇÃO DE CORREDOR DE ÔNIBUS OPORTUNIDADES PROMOVER ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO E ALÍVIO DOS VOLUMES DE TRÁFEGO IMPORTANTE VIA ESTRUTURAL.

Leia mais

O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A CIDADE DE SÃO PAULO

O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A CIDADE DE SÃO PAULO O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A CIDADE DE SÃO PAULO APRESENTAÇÃO SMT NOVEMBRO / 2010 RT DT/SPT 085/10 Laurindo Junqueira 11 3396.7820 laurindojunqueira@sptrans.com.br TREM DE ALTA VELOCIDADE 41 CIDADES ATENDIDAS

Leia mais

2. La success story Citadis. as soluções da Alstom para transporte de média capacidade nas cidades brasileiras

2. La success story Citadis. as soluções da Alstom para transporte de média capacidade nas cidades brasileiras 2. La success story Citadis as soluções da Alstom para transporte de média capacidade nas cidades brasileiras era uma vez uma cidade... Onibus Pphpd > 5000 Onibus Pphpd < 5000 Periferia 1 Onibus Pphpd

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA RECURSO DISPONÍVEL 143 bilhões ANTES DO PACTO R$ 93 bilhões 62% das obras concluídas ou em execução

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. O Brasil vai continuar crescendo

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana. O Brasil vai continuar crescendo MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana O Brasil vai continuar crescendo O Brasil vai continuar crescendo PAVIMENTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE VIAS URBANAS MINISTÉRIO

Leia mais

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV PROJETO TAV BRASIL RIO SÃO PAULO - CAMPINAS

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV PROJETO TAV BRASIL RIO SÃO PAULO - CAMPINAS 18ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Painel 7 - Trens Regionais e de Longo Percurso com Média e Alta Velocidade PROJETO TAV BRASIL RIO SÃO PAULO - CAMPINAS HÉLIO MAURO FRANÇA Superintendente Executivo

Leia mais

Mobilidade Urbana Planos e Estratégias do GESP

Mobilidade Urbana Planos e Estratégias do GESP Mobilidade Urbana Planos e Estratégias do GESP Mancha Urbana da MMP e Sistema Viário PIB da MMP 2009/2010 (em milhões correntes) PIB 2009 PIB 2010 29.758 55.595 27.886 39.993 34.178 6.303 4.790 RMSP RMC

Leia mais

Fórum Regional de Campinas. Desafios e Oportunidades em Logística e Infraestrutura Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos

Fórum Regional de Campinas. Desafios e Oportunidades em Logística e Infraestrutura Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos Fórum Regional de Campinas Desafios e Oportunidades em Logística e Infraestrutura Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos Hotel Royal Palm Plaza,Campinas, 11/08/2012 Transporte Metropolitano

Leia mais

Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro. Rio Metropolitano. Jorge Arraes. 09 de julho 2015

Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro. Rio Metropolitano. Jorge Arraes. 09 de julho 2015 Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro Rio Metropolitano Jorge Arraes 09 de julho 2015 Prefeitura do Rio de Janeiro Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas Em 2009, institucionalizou-se

Leia mais

Atuação SH/CDHU Projeto ZL Vórtice. setembro/2014

Atuação SH/CDHU Projeto ZL Vórtice. setembro/2014 Atuação SH/CDHU Projeto ZL Vórtice setembro/2014 PLANO ESTADUAL DE HABITAÇÃO 2011-2023 www.cdhu.sp.gov.br/peh-new/peh.asp NECESSIDADES HABITACIONAIS - PROJEÇÃO 2011 ESTADO DE SÃO PAULO TOTAL DE DOMICÍLIOS

Leia mais

X SEMINÁRIO NACIONAL METROFERROVIÁRIO - ANTP TECNOLOGIAS DE TRANSPORTE SOBRE TRILHOS MONOTRILHO

X SEMINÁRIO NACIONAL METROFERROVIÁRIO - ANTP TECNOLOGIAS DE TRANSPORTE SOBRE TRILHOS MONOTRILHO X SEMINÁRIO NACIONAL METROFERROVIÁRIO - ANTP TECNOLOGIAS DE TRANSPORTE SOBRE TRILHOS MONOTRILHO Paulo Sérgio Amalfi Meca Companhia do Metropolitano de São Paulo Metrô Rio 13/03/2014 O QUE É O MONOTRILHO

Leia mais

MOBILIDADE REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO

MOBILIDADE REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO MOBILIDADE REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO METRÔ LINHA 4 BARRA DA TIJUCA-IPANEMA A Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro é a maior obra de infraestrutura urbana em execução na América Latina. METRÔ

Leia mais

SÃO PAULO TRANSPORTE S.A.

SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. Transporte Público: Origens, Evolução e Benefícios Sociais do Bilhete Único 05/04/2005 Antecedentes Bilhetagem Automática 1974: Metrô de São Paulo bilhete magnético Edmonson Seguem-se:

Leia mais

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO POTENCIAL DE PPPs NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RILEY RODRIGUES Conselho Empresarial de Infraestrutura Sistema FIRJAN Principais desafios Os programas precisam ser estruturados, dentro de seus setores, como

Leia mais

Os Desafios da Expansão ferroviária na RMSP Obra Segregação Leste. Caio de Vilhena Petroni 21ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA

Os Desafios da Expansão ferroviária na RMSP Obra Segregação Leste. Caio de Vilhena Petroni 21ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Os Desafios da Expansão ferroviária na RMSP Obra Segregação Leste Caio de Vilhena Petroni 21ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA AEAMESP 2 Introdução Construção de linha para transporte de carga eliminando

Leia mais

PARA MUDAR DE VERDADE

PARA MUDAR DE VERDADE PARA MUDAR DE VERDADE os transportes Nos 20 anos de sucessivos governos, o PSDB foi incapaz de enfrentar o colapso da mobilidade urbana com políticas compatíveis com a gravidade do problema, sobretudo

Leia mais

ÍNDICE. PITMUrb & MetrôPOA. Expansão da Linha 1. Aeromóvel. Aquisição de Frota. Modernização Estações. Expansão Sapiranga

ÍNDICE. PITMUrb & MetrôPOA. Expansão da Linha 1. Aeromóvel. Aquisição de Frota. Modernização Estações. Expansão Sapiranga INVESTIMENTOS 2011 1 2 3 4 PITMUrb & MetrôPOA Expansão da Linha 1 Aeromóvel Aquisição de Frota ÍNDICE 5 6 7 8 Modernização Estações Expansão Sapiranga Passagem Subterrânea do Trem em Canoas Expansão Comercial

Leia mais

SECRETARIA DE TRANSPORTES

SECRETARIA DE TRANSPORTES SECRETARIA DE TRANSPORTES Major Events Grandes Eventos 2013 Copa das Confederações 2013 Jornada Mundial da Juventude Católica 2014 Copa do Mundo de Futebol 2016 Jogos Olímpicos Soluções de Mobilidade para

Leia mais

VLT: oportunidades de implantação

VLT: oportunidades de implantação b VLT: oportunidades de implantação 12 de novembro de 2009 Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro Coordenador de Planejamento e Gestão Secretaria dos Transportes Metropolitanos PITU: Regiões Metropolitanas Região

Leia mais

MRS Logística. Negócios nos Trilhos. Nov

MRS Logística. Negócios nos Trilhos. Nov MRS Logística Negócios nos Trilhos Nov - 2011 Quem somos Concessionária Pública de Transporte Ferroviário, que interliga os três principais centros industriais do país: São Paulo, Rio de Janeiro e Minas

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Brasília. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Brasília. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Brasília Setembro/2013 Brasília: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Programa de Investimentos da EMTU e Atendimento à Copa do Mundo 2014

Programa de Investimentos da EMTU e Atendimento à Copa do Mundo 2014 Programa de Investimentos da EMTU e Atendimento à Copa do Mundo 214 Mapa do Transporte Metropolitano Rede 214 Fonte: STM EMTU PROGRAMA DE INVESTIMENTOS PROGRAMA DE INVESTIMENTOS 211-214 - EMTU Corredor

Leia mais

Tratamento de esgotos na Região Metropolitana de São Paulo. Seminário Saneamento na Rede Rio de Janeiro 19/05/2010

Tratamento de esgotos na Região Metropolitana de São Paulo. Seminário Saneamento na Rede Rio de Janeiro 19/05/2010 Tratamento de esgotos na Região Metropolitana de São Paulo Seminário Saneamento na Rede Rio de Janeiro 19/05/2010 Índice de Atendimento Sabesp Abastecimento de Água 1994 95% 2001 100% 2010 Final de 2010

Leia mais

IV SIMT Pensando as cidades do futuro. Cidades inteligentes e inovação tecnológica 25 de Outubro de 2016

IV SIMT Pensando as cidades do futuro. Cidades inteligentes e inovação tecnológica 25 de Outubro de 2016 IV SIMT Pensando as cidades do futuro Cidades inteligentes e inovação tecnológica 25 de Outubro de 2016 Prefeitura do Rio de Janeiro Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas AGENDA

Leia mais

TRENS DE ALTA VELOCIDADE

TRENS DE ALTA VELOCIDADE TRENS DE ALTA VELOCIDADE LINHA RIO SÃO PAULO OS PROJETOS AVALIADOS TRANSCORR RSC, desenvolvido sob a coordenação do GEIPOT (empresa vinculada ao MT, atualmente em processo de liquidação), com recursos

Leia mais

Parcerias do Estado de São Paulo. Isadora Chansky Cohen Responsável pela UPPP-SP

Parcerias do Estado de São Paulo. Isadora Chansky Cohen Responsável pela UPPP-SP Parcerias do Estado de São Paulo Isadora Chansky Cohen Responsável pela UPPP-SP Agenda Parcerias do Estado de São Paulo Programa Estadual de PPP Programa Estadual de Concessões Desafios para as parcerias

Leia mais

TEMA: SOLUÇÕES DE TRANSPORTE MAIS ADEQUADAS PARA AS CIDADES

TEMA: SOLUÇÕES DE TRANSPORTE MAIS ADEQUADAS PARA AS CIDADES TEMA: SOLUÇÕES DE TRANSPORTE MAIS ADEQUADAS PARA AS CIDADES CIDADES SUSTENTÁVEIS: COMO O TRANSPORTE URBANO PODE SER INSTRUMENTO DO DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES E DE FORMA SUSTENTÁVEL? SUSTENTABILIDADE SUSTAINABILITY

Leia mais

Objetivo Geral. 1. Ordenar o tráfego de passagem na Região Metropolitana de São Paulo

Objetivo Geral. 1. Ordenar o tráfego de passagem na Região Metropolitana de São Paulo PREFEITURA DA CIDADE DE Programa de Desenvolvimento do Sistema Viário Estratégico Metropolitano de SÃO PAULO Objetivo Geral 1. Ordenar o tráfego de passagem na Região Metropolitana de São Paulo 2. Hierarquizar

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos PANORAMA DO SISTEMA METROFERROVIÁRIO NACIONAL E OS PRINCIPAIS INVESTIMENTOS PREVISTOS Brasília, 30/07/13 Fernando Sollero

Leia mais

GERALDO ALCKMIN 18/10/2011

GERALDO ALCKMIN 18/10/2011 GERALDO ALCKMIN 18/10/2011 AÇÕES E PROJETOS HABITAÇÃO - 150 mil novas moradias nos próximos quatro anos, para atender a famílias que ganham até 5 salários mínimos, triplicando a produção de moradias no

Leia mais

CORREDOR METROPOLITANO VEREADOR BILÉO SOARES NOROESTE - RMC

CORREDOR METROPOLITANO VEREADOR BILÉO SOARES NOROESTE - RMC ESTRUTURA ORGANIZACIONAL ÁREA DE ATUAÇÃO: ESTADO DE SÃO PAULO REGIÕES METROPOLITANAS A EMTU é Responsável pelo gerenciamento do transporte coletivo intermunicipal metropolitano RMC RMVP RMBS - 1,8 milhão

Leia mais

GOVERNANÇA METROPOLITANA. As cidades e os desafios da Mobilidade Urbana

GOVERNANÇA METROPOLITANA. As cidades e os desafios da Mobilidade Urbana As cidades e os desafios da Mobilidade Urbana Março / 2012 Mobilidade é o deslocamento de pessoas e bens nas cidades. É sustentável quando: Valoriza o deslocamento do pedestre. Proporciona mobilidade às

Leia mais

O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A CIDADE DE SÃO PAULO

O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A CIDADE DE SÃO PAULO O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A CIDADE DE SÃO PAULO APRESENTAÇÃO SMT NOVEMBRO / 2010 RT DT/SPT 085/10 Laurindo Junqueira 11 3396.7820 laurindojunqueira@sptrans.com.br TREM DE ALTA VELOCIDADE 41 CIDADES ATENDIDAS

Leia mais

PLANOS DE NEGÓCIO DAS OPERADORAS METROPOLITANAS. NEGÓCIOS NOS TRILHOS 2008 04 a 06 de Novembro Expo Center Norte Pavilhão Vermelho São Paulo - SP

PLANOS DE NEGÓCIO DAS OPERADORAS METROPOLITANAS. NEGÓCIOS NOS TRILHOS 2008 04 a 06 de Novembro Expo Center Norte Pavilhão Vermelho São Paulo - SP 1 PLANOS DE NEGÓCIO DAS OPERADORAS METROPOLITANAS NEGÓCIOS NOS TRILHOS 2008 04 a 06 de Novembro Expo Center Norte Pavilhão Vermelho São Paulo - SP Rede Atual de Metrô 2 Rede Atual 3 Atual Extensão 61,3

Leia mais

Santos 23/09/09. Sistema Integrado Metropolitano SIM. Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve)

Santos 23/09/09. Sistema Integrado Metropolitano SIM. Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) Santos 23/09/09 Sistema Integrado Metropolitano SIM Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) 1 1 2 Secretaria dos Transportes Metropolitanos - STM Três regiões metropolitanas do Estado de São Paulo:

Leia mais

Localização Estratégica

Localização Estratégica Porto Maravilha Localização Estratégica Aeroporto Internacional Tom Jobim 11 km Aeroporto Santos Dumont Oceano Atlântico 2 km Maracanã 5 km Pão de Açúcar Corcovado 7 km 6 km Copacabana 8 km Perímetro Porto

Leia mais

EVOLUÇÃO DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO DE CARGAS

EVOLUÇÃO DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO DE CARGAS EVOLUÇÃO DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO DE CARGAS CONCESSIONÁRIAS 1- NOVOESTE Ferrovia Novoeste S.A. 2- FCA Ferrovia Centro-Atlântica S.A. 3- MRS MRS Logística S.A. 4- FTC Ferrovia Tereza Cristina S.A. 5- ALL

Leia mais

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE 1 IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE AUDIÊNCIA PÚBLICA OUTRAS INFORMAÇÕES 2266-0369 SMTR www.rio.rj.gov.br 2589-0557 SMO Rio de Janeiro

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO TRANSPORTE METROPOLITANO EM SÃO PAULO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO TRANSPORTE METROPOLITANO EM SÃO PAULO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO TRANSPORTE METROPOLITANO EM SÃO PAULO Secretaria dos Transportes Metropolitanos Coordenadoria de Planejamento e Gestão CPG Rio de Janeiro - nov/14 Estrutura da Apresentação:

Leia mais

PAINEL 1 GERENCIAMENTO DA DEMANDA NO TRANSPORTE. Jilmar Tatto. Secretário municipal de transportes

PAINEL 1 GERENCIAMENTO DA DEMANDA NO TRANSPORTE. Jilmar Tatto. Secretário municipal de transportes PAINEL 1 GERENCIAMENTO DA DEMANDA NO TRANSPORTE Jilmar Tatto Secretário municipal de transportes GERENCIAMENTO DA DEMANDA DIRETRIZES DA POLÍTICA DE MOBILIDADE URBANA E TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO SÃO PAULO

Leia mais

PENSAR BRASÍLIA. TRANSPORTE COLETIVO DO DF Ações do Governo. Brasília/DF, 30 de agosto de 2012. Secretaria de Transportes - DF

PENSAR BRASÍLIA. TRANSPORTE COLETIVO DO DF Ações do Governo. Brasília/DF, 30 de agosto de 2012. Secretaria de Transportes - DF PENSAR BRASÍLIA TRANSPORTE COLETIVO DO DF Ações do Governo Brasília/DF, 30 de agosto de 2012 GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL GOVERNO PARA O DISTRITO FEDERAL Postura de Estado. Visão > Eixo de Desenvolvimento

Leia mais

SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE

SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE SISTEMA BRT AV. JOÃO NAVES DE ÁVILA CORREDOR ESTRUTURAL SUDESTE Inicialmente, o que é BRT? O BRT (Bus Rapid Transit), ou Transporte Rápido por Ônibus, é um sistema de transporte coletivo de passageiros

Leia mais

A experiência da EMTU no emprego do pavimento de concreto

A experiência da EMTU no emprego do pavimento de concreto Seminário Pavimentos Urbanos Pavimentos de Concreto nas Cidades: A solução para as vias de tráfego intenso, em especial os corredores de ônibus A experiência da EMTU no emprego do pavimento de concreto

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, ENERGIA, INDÚSTRIA E SERVIÇOS P P P. Parcerias Público-Privadas Governo do Estado do Rio de Janeiro

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, ENERGIA, INDÚSTRIA E SERVIÇOS P P P. Parcerias Público-Privadas Governo do Estado do Rio de Janeiro SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, ENERGIA, INDÚSTRIA E SERVIÇOS P P P Parcerias Público-Privadas Governo do Estado do Rio de Janeiro MODALIDADE DE PPP s Característica Contratos de Concessão Lei

Leia mais

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO 2 Municípios Habitantes PIB (Regional) Comércio e Serviços 39 18,6 milhões 10,5% população Brasileira R$ 244 Bilhões 15,7% PIB Brasileiro

Leia mais

SISTEMAS METROPOLITANOS DE TRANSPORTE PÚBLICO. Abril - 2012

SISTEMAS METROPOLITANOS DE TRANSPORTE PÚBLICO. Abril - 2012 SISTEMAS METROPOLITANOS DE TRANSPORTE PÚBLICO Abril - 2012 ESTADO DE SÃO PAULO REGIÕES METROPOLITANAS Responsável pelo gerenciamento do transporte coletivo intermunicipal metropolitano RMSP - 19,6 milhões

Leia mais

de Belo Horizonte Projeto BRT Do sistema tronco alimentado convencional aos corredores de BRT

de Belo Horizonte Projeto BRT Do sistema tronco alimentado convencional aos corredores de BRT Sistema IntegradodeTransporte de porônibus de Belo Horizonte Projeto BRT Do sistema tronco alimentado convencional aos corredores de BRT Sumário Premissas e condicionantes do Projeto Conceito e características

Leia mais

CAOS LOGÍSTICO REGIONAL

CAOS LOGÍSTICO REGIONAL CAOS LOGÍSTICO REGIONAL O POLO, O PORTO E AS CIDADES NÃO PODEM PARAR Carolina Lembo Gerente do Departamento de Infraestrutura ÍNDICE 1. Contextualização 2. Vantagens do Polo de Cubatão 3. Entraves Logísticos

Leia mais

RELATÓRIO TARIFÁRIO - RMSP

RELATÓRIO TARIFÁRIO - RMSP EXTENSÃO ABC COMUM 195 - - SAO BERNARDO DO CAMPO (TERMINAL METROPOLITANO FERRAZOPOLIS)- DIADEMA (TERMINAL METRO 13,096 3,90 - - 3,90 - - ABC COMUM 195 201 - Integração com 1 AZUL DO METRO - SAO BERNARDO

Leia mais

Companhia de Engenharia de Tráfego CET

Companhia de Engenharia de Tráfego CET Secretaria Municipal de Transporte SMT Sec e a a u cpa de a spo e S Companhia de Engenharia de Tráfego CET Anhanguera Bandeirantes Fernão Dias Presidente Dutra Ayrton Senna MAIRIPORÃ Castello Branco CAIEIRAS

Leia mais

CORREDOR GUARULHOS-SÃO PAULO CORREDOR METROPOLITANO GUARULHOS - SÃO PAULO

CORREDOR GUARULHOS-SÃO PAULO CORREDOR METROPOLITANO GUARULHOS - SÃO PAULO CORREDOR METROPOLITANO GUARULHOS - SÃO PAULO ACE Associação Comercial Empresarial de Guarulhos 25/Outubro/2013 MISSÃO: Promover e gerir o transporte intermunicipal de baixa e média capacidades para passageiros

Leia mais

2.) INTRODUÇÃO. 2.1) Objeto do Licenciamento. O Aeroporto de Congonhas

2.) INTRODUÇÃO. 2.1) Objeto do Licenciamento. O Aeroporto de Congonhas 2.) INTRODUÇÃO 2.1) Objeto do Licenciamento O presente documento apresenta o projeto de implantação da Linha 17 - Ouro que contempla o Trecho Aeroporto de Congonhas Estação Morumbi da Linha 9 - Esmeralda,

Leia mais

PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS

PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS Carteira de Projetos 2013 Pedro Pereira Benvenuto. Secretário Executivo. secretariaexecutiva@sp.gov.br Setembro 2013 Projetos Contratados Linha 4 Amarela (STM/Metrô) Sistema

Leia mais

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO. As cidades e os. Mobilidade Urbana

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO. As cidades e os. Mobilidade Urbana As cidades e os desafios da Mobilidade Urbana Mobilidade é o deslocamento de pessoas e bens nas cidades. É sustentável quando: Valoriza o deslocamento do pedestre. Proporciona mobilidade às pessoas com

Leia mais

APEOP Associação Paulista de Empresários de Obras Públicas Programa de investimentos

APEOP Associação Paulista de Empresários de Obras Públicas Programa de investimentos APEOP Associação Paulista de Empresários de Obras Públicas Programa de investimentos 2012 ESTADO DE SÃO PAULO REGIÕES METROPOLITANAS Responsável pelo gerenciamento do transporte coletivo intermunicipal

Leia mais

A Sinergia entre o Hidroanel Metropolitano e a expansão da Rede de Trilhos Paulistana Murilo Macedo Gabarra AEAMESP

A Sinergia entre o Hidroanel Metropolitano e a expansão da Rede de Trilhos Paulistana Murilo Macedo Gabarra AEAMESP A Sinergia entre o Hidroanel Metropolitano e a expansão da Rede de Trilhos Paulistana Murilo Macedo Gabarra 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA AEAMESP TRABALHO ESTE TRABALHO FOI SELECIONADO COMO

Leia mais

Seminário Mobilidade Urbana IBRE- FGV 9 de novembro de 2014 Região Metropolitana de Salvador

Seminário Mobilidade Urbana IBRE- FGV 9 de novembro de 2014 Região Metropolitana de Salvador Seminário Mobilidade Urbana IBRE- FGV 9 de novembro de 2014 Região Metropolitana de Salvador Sandro Cabral Professor da Escola de Administração Universidade Federal da Bahia (UFBA) Francisco Ulisses Rocha

Leia mais

O MTUR e a Copa 2014 Copa do Mundo da FIFA 2014 Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro

O MTUR e a Copa 2014 Copa do Mundo da FIFA 2014 Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro Copa do Mundo da FIFA Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 2014 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro O MTUR e a Ponto de partida : garantias oferecidas pelo governo federal, estados e

Leia mais

Montagem de Mezaninos Metálicos em Estações da Fase II da Linha 4 Amarela do Metrô/SP, em Convivência com a Operação Comercial AEAMESP

Montagem de Mezaninos Metálicos em Estações da Fase II da Linha 4 Amarela do Metrô/SP, em Convivência com a Operação Comercial AEAMESP Montagem de Mezaninos Metálicos em Estações da Fase II da Linha 4 Amarela do Metrô/SP, em Convivência com a Operação Comercial Jean José de Lima Vanessa Alessandra Salvador 21ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA

Leia mais

O METRÔ DE SÃO PAULO. Apresentação para a Cámara Colombiana de la Infraestructura Bogotá Colômbia 28/10/2010. Engº Epaminondas Duarte Junior

O METRÔ DE SÃO PAULO. Apresentação para a Cámara Colombiana de la Infraestructura Bogotá Colômbia 28/10/2010. Engº Epaminondas Duarte Junior O METRÔ DE SÃO PAULO Apresentação para a Cámara Colombiana de la Infraestructura Bogotá Colômbia 28/10/2010 Engº Epaminondas Duarte Junior REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO MERCADO CENTRAL - SÃO PAULO

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos 7º Encontro de Logística e Transporte FIESP maio/2012 Conrado Grava de Souza Conselheiro ANPTrilhos Apoio: ANPTrilhos Objetivo

Leia mais

Sistema de Custos Operacionais Ferroviários S I C O F

Sistema de Custos Operacionais Ferroviários S I C O F Sistema de Custos Operacionais Ferroviários S I C O F Superintendência de Infraestrutura e Serviços de Transporte Ferroviário de Cargas - SUFER Roteiro 1. Investimentos em Infraestrutura Ferroviária 2.

Leia mais

Portfólio. Elaboração do projeto básico para implantação de esteiras rolantes para o túnel deligação entre as Estações Consolação e Paulista.

Portfólio. Elaboração do projeto básico para implantação de esteiras rolantes para o túnel deligação entre as Estações Consolação e Paulista. 44 Elaboração de projeto básico de sistemas auxiliares da Linha 5 Lilás. Descrição dos Serviços: Elaboração de projeto básico de sistemas auxiliares do trecho Campo Belo-Chácara Klabin da Linha 5 Lilás,

Leia mais

Expansão do Modal Ferroviário Vetores de Investimento e Projeto da Malha Paulista. Julio Fontana São Paulo, 28 de julho de 2016

Expansão do Modal Ferroviário Vetores de Investimento e Projeto da Malha Paulista. Julio Fontana São Paulo, 28 de julho de 2016 Expansão do Modal Ferroviário Vetores de Investimento e Projeto da Malha Paulista 1 Julio Fontana São Paulo, 28 de julho de 2016 AGENDA 1 EXPANSÃO DO MODAL FERROVIÁRIO vetores de investimento 2 PROJETO

Leia mais

Cidadãos Inteligentes

Cidadãos Inteligentes Cidadãos Inteligentes Senador Walter Pinheiro Março/2015 Agenda O panorama brasileiro Oportunidades Smart People 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Panorama 8.00 6.00 4.00

Leia mais

ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA INICIATIVAS E INVESTIMENTOS NO ESTADO DE SÃO PAULO

ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA INICIATIVAS E INVESTIMENTOS NO ESTADO DE SÃO PAULO Projeto Trainee ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA INICIATIVAS E INVESTIMENTOS NO ESTADO DE SÃO PAULO 1 AGENDA PARTICIPAÇÃO DO MODAL FERROVIÁRIO PORTO DE SANTOS PROJETOS DE EXPANSÃO DO MODAL MALHA NORTE DUPLICAÇÃO

Leia mais

SECRETARIA DE TRANSPORTES

SECRETARIA DE TRANSPORTES XIII CONFERÊNCIA DAS CIDADES CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO TRANSPORTE E INTEGRAÇÃO SOCIAL TELEFÉRICO DO COMPLEXO DO ALEMÃO Julio Lopes Secretário de Transportes do Estado do Rio

Leia mais

Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro

Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro Code-P0 Copa 204 Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 7 de Junho de 20 Code-P O que o Brasil quer com a Copa do Mundo FIFA Mobilizar o país Promover o país no mundo Constituir

Leia mais

Como Superar o Desafio do Financiamento dos Projetos de Infraestrutura? Thomaz Assumpção

Como Superar o Desafio do Financiamento dos Projetos de Infraestrutura? Thomaz Assumpção Como Superar o Desafio do Financiamento dos Projetos de Infraestrutura? Thomaz Assumpção A Urban Systems é uma empresa de Inteligência de Mercado e Soluções há 17 anos no mercado. Realizou mais de 700

Leia mais

- Metrovias - Buenos Aires (gabarito estreito) - CMSP Linha 5 e Santiago Linha 4 (gabarito médio) - CMSP e CMRJ - Carros Novos (gabarito largo)

- Metrovias - Buenos Aires (gabarito estreito) - CMSP Linha 5 e Santiago Linha 4 (gabarito médio) - CMSP e CMRJ - Carros Novos (gabarito largo) CUSTOS COMPARATIVOS ENTRE SISTEMAS DE TRANSPORTE Nestor S. Tupinambá set/2004 1 COMPARAÇÃO DOS DIFERENTES MODOS Vamos usar dados dos seguintes Metrôs - Metrovias - Buenos Aires (gabarito estreito) - CMSP

Leia mais

Perspectivas para a Economia e as Finanças de São Paulo

Perspectivas para a Economia e as Finanças de São Paulo Perspectivas para a Economia e as Finanças de São Paulo Apresentação para SINICESP Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo Andrea Calabi Secretário da Fazenda do Estado de São

Leia mais

A importância da mudança modal para tirar São Paulo da contramão. Autora: Arqta. Melissa Belato Fortes Co-autora: Arqta. Denise H. S.

A importância da mudança modal para tirar São Paulo da contramão. Autora: Arqta. Melissa Belato Fortes Co-autora: Arqta. Denise H. S. A importância da mudança modal para tirar São Paulo da contramão Autora: Arqta. Melissa Belato Fortes Co-autora: Arqta. Denise H. S. Duarte Objeto da pesquisa Relação entre adensamento, multifuncionalidade

Leia mais