Olá pessoal, meus cumprimentos!!! Vamos à segunda aula do curso, sobre Internet e tópicos relacionados. Espero que aproveitem!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Olá pessoal, meus cumprimentos!!! Vamos à segunda aula do curso, sobre Internet e tópicos relacionados. Espero que aproveitem!"

Transcrição

1 AULA 2 INTERNET, INTRANET E TÓPICOS RELACIONADOS Olá pessoal, meus cumprimentos!!! Vamos à segunda aula do curso, sobre Internet e tópicos relacionados. Espero que aproveitem! Um forte abraço Prof a Patrícia Lima Quintão Twitter: Criar meu web site Fazer minha home-page Com quantos gigabytes Se faz uma jangada Um barco que veleje... Pela Internet, Gilberto Gil Conceitos Relacionados à Internet Vamos aos principais conceitos sobre o conteúdo relativo à Internet, destacando os serviços e tecnologias relacionados à intranet, internet e a ambientes de correio eletrônico. Em resumo, a internet é um emaranhado de computadores que podem comunicar-se entre si. A ligação física entre eles é feita de várias formas, sendo que a principal forma é por meio de cabos. Por exemplo, há cabos de comunicação que atravessam o Oceano Atlântico! Com o meio físico disponível, resta aos computadores estabelecer algumas regras para que suas conversas sejam sempre entendidas. Eles precisam falar a mesma língua. Para isso servem os protocolos de comunicação. Protocolos Protocolo de comunicação é um conjunto de regras preestabelecidas para que os computadores possam comunicar-se entre si. A seguir destacamos os protocolos que, disparadamente, são os mais cobrados nas provas de concursos. Portanto, dediquem bastante atenção a eles!! 1

2 HTTP (Hypertext Transfer Protocol Protocolo de Transferência de Hipertexto) É o protocolo utilizado para realizar a transferência das páginas Web para nossos programas navegadores (browsers). Os dados transferidos por esse protocolo podem conter, por exemplo: texto, áudio ou imagens. Esse protocolo utiliza a porta 80. Existe uma variação do HTTP utilizada para transferência segura (criptografada) de conteúdo pela Internet chamada HTTPS. O HTTPS é utilizado em transações nas quais é necessário o sigilo das informações, como preenchimento de dados pessoais, transações bancárias, utilização de cartão de crédito etc. Todos os navegadores web, portanto, recebem as páginas web por meio do protocolo HTTP. Em verdade, o HTTP não transmite apenas arquivos HTML. Por meio dele transmitimos uma diversidade de arquivos, como documentos, imagens, sons, vídeos, etc. De qualquer forma, a organização e visualização dos diversos arquivos é sempre feita pelos arquivos HTML. SMTP (Simple Mail Transfer Protocol - Protocolo de Transferência Simples de Correio): é um protocolo de envio de apenas. Com ele, não é possível que um usuário descarregue suas mensagens de um servidor. Esse protocolo utiliza a porta 25 do protocolo TCP. POP3 (Post Office Protocol Version 3- Protocolo de Agência de Correio Versão 3 ): é usado para o recebimento de mensagens de . Através do POP, um usuário transfere, para seu computador, as mensagens armazenadas em sua caixa postal no servidor. Atualmente esse protocolo encontra-se em sua terceira versão, daí o termo POP3. Utiliza a porta 110 do protocolo TCP. IMAP (Internet Message Access Protocol - Protocolo de Acesso ao Correio da Internet): utilizado em substituição ao POP para permitir que uma mensagem seja lida em um cliente de sem que ela seja retirada do servidor de entrada. Nota Com a utilização do IMAP as mensagens ficam armazenadas no servidor e o usuário pode ter acesso a suas pastas e mensagens de qualquer computador, tanto por um WebMail como por um programa cliente de correio eletrônico, como o Outlook Express!! Portanto, se o servidor de entrada utilizado por um usuário utiliza o protocolo IMAP, ele poderá baixar as mensagens para o seu cliente de e, mesmo assim, ainda poderá acessá-las em um navegador web posteriormente. Na prática ele poderia ter lido seus s utilizando o Outlook em um dia e mais tarde, em uma viagem, voltar a acessar o mesmo 2

3 em um outro computador qualquer, em um hotel, em um cyber café, em um shopping etc. NNTP (Network News Transfer Protocol Protocolo de Transferência de Notícias) Protocolo utilizado para controle dos serviços de notícias (News), que são uma espécie de grupos de notícias, muito parecido aos fóruns que encontramos na web. IRC (Internet Relay Chat): trata-se de um protocolo de comunicação que é utilizado basicamente como bate-papo (chat) e troca de arquivos, permitindo a conversa em grupo ou privada, sendo o antecessor dos mensageiros instantâneos atuais, como o MSN. Telnet (Terminal Emulator - Emulador de Terminal): permite que uma estação na rede (um micro) realize um acesso interativo (controle remoto) a um servidor como se fosse um terminal deste servidor. Tudo o que for digitado no micro cliente será recebido e processado pelo servidor, que devolverá o resultado ao monitor do terminal. FTP (File Transfer protocol - Protocolo de Transferência de Arquivos): possibilita a transferência de arquivos entre dois computadores através da Internet. Também permite que pastas e arquivos sejam criados, renomeados, excluídos, movidos e copiados de/para servidores FTP. Desta forma, basicamente tudo aquilo que se pode fazer no seu equipamento por meio do Windows Explorer é possível de ser feito em um servidor remoto por meio do FTP. Para baixar arquivos de servidores de FTP, pode-se usar um programa cliente FTP, como o Cute FTP, WS_FTP, e tantos outros. É preciso ter uma conta no servidor e informar o seu nome de usuário (username ou apelido) e senha, a menos que se trate de um servidor de FTP anônimo (quando o usuário não precisa se identificar na hora de se conectar e o username ou apelido usado passa a ser anonymous). Como os navegadores na Web incorporaram o recurso do FTP, muitos sites especializados em distribuir software ganharam uma interface para a Web e hoje é possível fazer o download de arquivos sem nunca sair do Internet Explorer ou do Netscape, por exemplo. Mesmo os sites de FTP anônimo sem interface podem ser acessados com o uso do browser. Neste caso, ao invés de você iniciar o endereço por deve-se escrever ftp://. A figura seguinte ilustra um acesso ao site de FTP da Microsoft. 3

4 IP (Internet Protocol): responsável pelo endereçamento dos dados que são transmitidos pelos computadores. Chamamos de endereço IP o número que é utilizado por este protocolo para o endereçamento. IPV4 Um endereço IP (padrão IPV4) é um código formado por quatro números que vão de 0 a 255, separados por pontos, como Este número não pode se repetir em uma mesma rede. Portanto, na Internet NÃO há dois computadores com o MESMO endereço IP!! A figura seguinte ilustra um exemplo de endereço IP, o Os octetos, quando representados, são separados por pontos. Veja abaixo dois exemplos de endereço IP:

5 Na verdade, a forma mais usual de representação do endereço IP é em números decimais. Esta notação divide o endereço IP em quatro grupos de 8 bits (octeto) e representa o valor decimal de cada octeto binário, separando-os por um ponto. Dessa forma, podemos transformar os endereços acima nos endereços seguintes, respectivamente: Disso tudo, concluímos que o menor octeto possível é o , que é igual a 0 em decimal, e que o maior octeto possível é , que é igual a 255 em decimal. Ou seja, cada octeto pode ir de 0 a 255. Endereços IP podem ser atribuídos dinâmica ou estaticamente. Um IP estático é configurado manualmente nas propriedades de cada host (computador). No Windows XP, por exemplo, podemos configurar a partir do Painel de controle -> Conexões de rede -> Botão direito do mouse em uma conexão de rede local -> Propriedades -> TCP/IP -> Propriedades -> Guia geral. Quando configurado dessa forma, um computador tem sempre o mesmo endereço IP. A outra forma de atribuir um endereço IP a um host é fazê-lo de forma dinâmica. Para isso é necessário que haja um servidor DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol Protocolo de Configuração Dinâmica de Host) na rede. Esse servidor é o responsável por distribuir endereços IP (dentro de uma margem de endereços previamente configurada) cada vez que um host solicita. Isso é o que acontece quando conectamos nosso PC à internet. Quando a conexão ocorre, o provedor de acesso disponibiliza um endereço dinâmico (dentro da margem de endereços que possui) para que possamos navegar pela internet, enviando e recebendo pacotes de dados. Ao nos desconectarmos, o endereço é liberado para outros usuários. IPV6 Uma nova versão de sistema de endereçamento IP surge como alternativa ao IPv4. O IPv6 utiliza endereços de 128 bits disponibilizando endereços possíveis O endereço IP (padrão IPV6) possui 128 bits. O endereço IP (padrão IPV4) possui 32 bits. 5

6 Domínio Domínio é um endereço único e exclusivo que é utilizado para identificar sites (também conhecidos como sítios) na Internet. Uma vez que uma organização tenha sido designada com um domínio, este será atribuído somente para ela. No exemplo <http://www.concursosfcc.com.br>, tem-se o domínio concursosfcc.com.br. Domínios que não estão registrados, não podem ser encontrados na Internet. No Brasil os nomes de domínios são registrados e gerenciados pelo CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil, no site <http://registro.br> ou <http://www.registro.br>. Internet/Intranet e Extranet Intranet é uma rede restrita que utiliza os protocolos e tecnologias utilizados pela Internet para a troca e o processamento de dados internos. Ou seja, uma intranet disponibiliza serviços típicos da Internet, mas em uma rede restrita. Contém informações restritas aos funcionários de uma instituição. Em outras palavras, A Intranet pode ser definida como uma miniatura da Internet dentro da empresa, ou seja, uma rede corporativa interna, baseada nos protocolos e serviços da Internet, de acesso restrito dos funcionários. Outra definição: é uma rede de comunicação interna que se assemelha ao serviço da Web ou, em outras palavras, um site, com páginas e tudo mais, que contém informações restritas aos funcionários de uma instituição! A gama de serviços disponibilizados em uma intranet não é rígida, mas normalmente o que se tem é a utilização intensa de navegadores web como principal interface de trabalho. Serviços de também são comuns em uma intranet. A Extranet nada mais é do que a parte de uma Intranet que pode ser acessada pela Internet. A Extranet é uma extensão das redes privadas de uma empresa, que permite a seus clientes, parceiros ou fornecedores se comunicarem e fazer negócios por meio do acesso à Intranet corporativa. Extranet: contém informações restritas aos parceiros (fornecedores, franquias, distribuidores, etc) de uma instituição. Duas intranets de duas empresas interligadas para manter a comunicação da cadeia de negócios (entre parceiros de negócios, por exemplo). 6

7 Provedor de Acesso Provedor de acesso (ou ISP Internet Service Provider) é a empresa que provê uma conexão de nosso computador à rede da internet. É o provedor de acesso que nos empresta um endereço IP dinâmico enquanto estamos conectados à internet. Existem algumas confusões a respeito dessas terminologias, como veremos em certas questões mais adiante. Mas, a rigor, o que caracteriza um provedor de acesso é unicamente o fato de ele conectar nossos computadores à internet. São exemplos de provedores de acesso: Uol, Globo, Terra, etc. Hipertexto e HTML Hipertexto ou hypertext é um conceito simples, trata-se de um texto que permite leitura não-linear, viabilizada pela utilização dos hiperlinks. Ou seja, se estamos visualizando um hipertexto na janela de um navegador e clicamos em um hiperlink, somos remetidos a outro conteúdo, geralmente associado ao anterior. Essa possibilidade sucede-se ao longo de toda a navegação possibilitando que façamos uma leitura não-linear. Existe um tipo de arquivo que sintetiza esse conceito, o HTML. Os arquivos criados em HTML (Hyper Text Markup Language Linguagem de Marcação de Hipertexto) são a base de navegação da internet. Por isso, todos os navegadores web são capazes de interpretar um arquivo HTML. Navegadores web ou browsers são, portanto, softwares capazes de ler arquivos HTML. Download/Upload O que é, para que serve, como fazer Download é o processo de transferir arquivos de um computador remoto (que pode estar próximo ou do outro lado do mundo) para o computador do usuário, através da rede. Você deverá informar o local onde os arquivos serão armazenados no seu computador. Cuidado ao baixar arquivos desconhecidos: i. sempre executar o antivírus; ii. nunca executar programas ou arquivos baixados de de remetentes desconhecidos. O upload é justamente o contrário, pois permite a transferência de arquivos do seu computador para um computador remoto na rede, utilizando qualquer protocolo de comunicações. HomePage x Site Site (também chamado de sítio da Web): é um conjunto de páginas web, acessíveis geralmente pelo protocolo HTTP na Internet. HomePage: é um termo utilizado para designar a página inicial de um site a primeira página que é exibida quando acessamos o diretório raiz de um site, como Nesse caso, a página inicial é definida no servidor web. 7

8 O termo também pode ser utilizado para se referir à primeira página exibida pelo navegador web quando ele é iniciado. Nesse caso, essa é uma propriedade configurável pelo usuário, no cliente web, conforme visto no exemplo seguinte. Tela do Mozilla Firefox Pode-se até configurar para que o seu browser (navegador Web) exiba mais de uma página ao mesmo tempo (em abas distintas, é claro!!), como configurado na tela seguinte retirada do Internet Explorer: 8

9 Páginas estáticas X páginas dinâmicas Chamamos de estática uma página web (arquivo.html) cujo conteúdo NÃO varia em função dos dados fornecidos pelo visitante. Ou seja, qualquer pessoa que acesse uma página estática visualiza o mesmo conteúdo. Para que o conteúdo de uma página estática mude, um novo arquivo deve ser carregado (upload) para o servidor web. Uma página dinâmica, por outro lado, é sensível à interação com o visitante, como por exemplo, as páginas de transações bancárias. Quando recebem uma requisição, as páginas dinâmicas normalmente consultam dados armazenados em bancos de dados e enviam ao usuário um conteúdo de acordo com os dados consultados. Assim, uma página de uma loja virtual que exibe as promoções da hora, de acordo com o relógio do sistema, sem que tenha sido necessário alterar a página web armazenada no servidor, é uma página dinâmica. Web 2.0 Mas o que significa Web 2.0? Bem, pessoal, este conceito é novo, e interessante para as provas, já que vem sendo cobrado bastante nos últimos certames. A Web 2.0 pode ser entendida como sendo um conjunto de tecnologias associadas aos termos: Blog, Wiki, Podcast, RSS, Feeds, Twitter etc que facilita uma conexão mais social da Web permitindo a seus usuários ter acesso a um conjunto de ferramentas dinâmicas que permitem grande interatividade, aproveitando a inteligência coletiva. 9

10 Este novo conceito é contextualizado numa nova geração de aplicações Web, em que tudo está acessível: as pessoas não mais precisam ter o software instalado em seu computador porque ele está disponível on-line, facilitando a edição e publicação imediatas. Na Web 2.0, surge um conceito que quase a define, o conteúdo colaborativo!!!! Guardem isso! O termo Web 2.0 refere-se a uma segunda geração de serviços disponíveis na Web que permite a colaboração e o compartilhamento de informações on-line entre as pessoas. Algumas formas de comunicação Com o uso e crescimento vertiginoso da Internet surgem, a cada dia, novas formas de comunicação que possibilitam às pessoas criarem informações que podem ser acessadas por um público global. Alguns exemplos: Envio de mensagem instantânea (IM) Trata-se de uma forma de comunicação em tempo real entre duas ou mais pessoas com base em um texto escrito. O texto é transmitido via computadores conectados em uma rede interna privada ou pública, como a Internet. Também possibilita a transferência de arquivos e comunicação por voz e vídeo. Obs.: Assim como o , o envio de mensagem instantânea encaminha um registro escrito da comunicação. Entretanto, enquanto o envio de s às vezes demora, as mensagens instantâneas são recebidas imediatamente. A forma de comunicação usada pelo envio de mensagem instantânea chama-se comunicação em tempo real. Grupo de Discussão Trata-se de um serviço disponibilizado na Internet que permite aos usuários participantes do grupo discutirem assuntos de interesse em comum. Na Internet, podemos utilizar esses serviços pelos ambientes: Grupos.com.br, Yahoo Groups, Meu Grupo, etc. 10

11 Figura. Tela do Yahoo Grupos, ilustrando interface do grupo de discussão que criei na pós graduação em Segurança da Informação Os grupos criados podem ser utilizados para as mais diversas finalidades, como: -discutir assuntos profissionais com colegas de trabalho; -como facilitador da comunicação, encurtando a distância entre as pessoas, etc. Esses grupos podem ser classificados em: Moderados: quando as mensagens passam por um moderador antes de serem enviadas aos membros da lista; Não moderados: as mensagens são enviadas automaticamente a todos os membros do grupo; Aberto: nesse caso, qualquer pessoa pode participar, desde que solicite a inscrição por intermédio do envio de um ao responsável pelo grupo. Fechado: constituído por pessoas que atendam determinadas características. 11

12 Blogs Blogs são páginas fáceis de atualizar e editar, cujas atualizações (chamadas posts) são organizadas cronologicamente de forma inversa (como um diário). Estes posts podem ou não pertencer ao mesmo gênero de escrita, referirse ao mesmo assunto ou ter sido escritos pela mesma pessoa. A palavra blog vem de Web e Log. O blog é um diário na web, um registro na web!! Diferentemente das páginas comerciais, criadas por profissionais especializados em comunicação, os blogs oferecem a qualquer pessoa uma maneira de comunicar suas ideias a um público global sem conhecimento técnico de web design. Existem blogs sobre praticamente qualquer assunto que se possa pensar e, freqüentemente, comunidades de pessoas se formam em torno de autores de blogs populares. Fotologs Fotologs são blogs de fotos, ou seja, sites que permitem que você coloque fotos na Internet com facilidade e rapidez. Wikis São páginas comunitárias que podem ser alteradas por todos os usuários que têm direitos de acesso. o o o o Usadas na internet pública, essas páginas comunitárias geraram fenômenos como a Wikipédia, que é uma enciclopédia on-line escrita por leitores. Usadas em empresas, Wikis estão se tornando uma maneira fácil de trocar ideias para um grupo de trabalhadores envolvido em um projeto. O que mais diferencia os Wikis de outros fóruns na Web é a sua capacidade para múltiplos autores. Ao contrário de um blog, por exemplo, que tem um autor principal, uma página Wiki pode ter vários autores e ser editada por várias pessoas. É possível editar seu próprio texto ou o texto escrito por outros, desde que se tenha as permissões apropriadas! Pode-se dizer que uma página Wiki nunca está pronta, está sempre sendo editada, revista e expandida. 12

13 Feeds Os feeds são listas de atualização de conteúdo publicadas por determinados Websites que podem ser recebidas por você diretamente. O serviço de feeds permite a distribuição de conteúdo na Internet. Iremos tratar os feeds como um termo genérico!! Podemos receber atualizações de conteúdo através de tecnologias como RSS, Atom ou Podcast. Uma das formas de se receber as atualizações de conteúdo mais conhecida faz uso do RSS (Really Simple Syndication), em que o usuário cria uma página XML com atualizações de texto e a disponibiliza em um servidor da Web, os usuários com programas agregadores como Internet Explorer 7, Outlook 2007, Mozilla Firefox ou Mozilla Thunderbird se inscrevem em tais páginas e passam a receber os feeds contendo as novidades do site. O Atom é uma espécie de feed, também baseado em XML como o RSS. RSS e Atom são tecnologias concorrentes, mas RSS se popularizou!! Um podcast é uma gravação de áudio que pode ser disponibilizada na Web tanto para download quanto para streaming (isto é, para reprodução via Web, como no caso das rádios on line). Assim como as publicações de texto e imagem, o podcast também pode ser assinado via RSS (que são arquivos que utilizam uma tecnologia/linguagem especial que eliminam a necessidade do usuário acessar o website para obter seu conteúdo). 13

14 Os feeds incluem links, manchetes, e resumos de novas informações disponibilizadas no site. O usuário solicita as informações que deseja, e, após assinar o feed, sempre que o site for atualizado o usuário receberá a informação (as atualizações lhe serão enviadas automaticamente!!). Sobre os leitores de RSS!! Fique ligado!! Ícone do RSS O RSS está aí para facilitar nossa vida e permitir que possamos ler mais sobre as coisas que gostamos Os leitores de RSS (também chamados de Agregadores de Notícia) são programas que reúnem os textos de seus sites preferidos em uma única tela, como num programa de , e te avisam quando novidades são publicadas na Internet. Você escolhe os sites, os cadastra num agregador de notícia e acessa os textos de todos os sites em um mesmo lugar, ao invés de precisar conferir site por site se algum publicou coisa nova Existem dois tipos de leitores RSS, os programas que você instala no computador e aqueles que funcionam on-line. O primeiro caso é mais indicado para quem sempre vai ler os RSSs no mesmo computador, e o segundo caso, para quem usa Internet em vários locais diferentes, viaja muito ou tem Internet de banda larga Como exemplo de um leitor de RSS on-line (que dispensa instalação) podemos citar o Google Reader. Para usar esse leitor, basta acessar o site, se registrar e começar a usar cadastrando seus sites preferidos. A figura seguinte ilustra a sua interface: 14

15 Entre os que você instala no computador, há algumas opções em software livre, como: RSS Owl, FeedReader. Você também pode usar o Mozilla Firefox ou o Mozilla Thuderbird para ler RSS. O Internet Explorer 7.0 também já disponibiliza recurso para acessar o leitor de RSS on-line. Caso você queira fazer um teste, a seguir darei algumas dicas na prática: -Acesse o site Na tela que irá aparecer, clique em. -Na tela seguinte, clique em, por exemplo, para que você receba informações sobre os novos concursos da Fundação Carlos Chagas, SEM necessidade de ter que acessar o site da FCC para se informar sobre este assunto! -Na tela seguinte, clique em. 15

16 -Nesse momento, irá aparecer a seguinte tela: Na tela à esquerda, clique em. Na tela acima, clique em para ter acesso aos feeds, e pronto!!! Agora ficou fácil, não é mesmo, e não tem mais como esquecer o conceito de feeds!! Pelo botão Favoritos do Internet Explorer 7.0, você também pode clicar em para ter acesso diretamente aos Feeds por esse browser. 16

17 Nesse momento, basta clicar em para que receba as informações diretamente no seu browser. Bom proveito!! Tecnologias para Acesso à Internet Os métodos mais comuns de conexão à Internet são: O acesso discado (dial-up) dá-se por intermédio de uma linha telefônica convencional com o uso de um equipamento conhecido como modem. Algumas desvantagens do dial up: baixa taxa de transmissão (a taxa máxima de transferência nesse sistema é de 56 Kbps 56 Kilobits por segundo, que é o limite do modem); linha telefônica fica ocupada durante o acesso; linha sem qualidade de transmissão, projetada para transmitir voz; etc. Preste atenção! Todas as taxas de velocidade de comunicação são expressas em bps (bits por segundo). Eventualmente alguma questão pode alterar a unidade para bytes, obrigando-nos a fazer alguma conversão. Nesse caso, basta dividir a taxa em bits por oito, para obter a taxa em bytes. Caso você utilize qualquer conexão acima da velocidade padrão dos modems para conexões discadas (56 Kbps), tem-se uma conexão à Internet em alta velocidade (banda larga). Dentre os principais tipos de acesso banda larga merecem destaque: ADSL (Assymetric Digital Subscriber Line - Linha Digital Assimétrica para Assinante): trata-se de uma tecnologia que permite a transferência digital de dados em alta velocidade por meio de linhas telefônicas comuns. Esse sistema não deixa o telefone ocupado e, permite, portanto, a transmissão simultânea de voz e dados em alta velocidade. Nessa tecnologia, a velocidade (taxa de transferência) de download (que envolve o recebimento de dados ou como chamamos: downstream) é diferente da velocidade de envio de dados (upload ou upstream). A velocidade de download é sempre maior. A transmissão de voz utiliza uma faixa de freqüência, enquanto upload e download utilizam outras faixas de freqüência da linha telefônica. A tecnologia ADSL permite velocidades de 64 Kbps a 8 Mbps, em média. ISDN/RDSI - Rede Digital de Serviços Integrados Integrated Services Digital Network): utiliza a linha telefônica convencional para tráfego de voz e dados ao mesmo tempo. Ela divide o par de fios em dois canais, um para voz e outro para dados. Cada um com

18 Kbps. São duas linhas telefônicas no mesmo fio de antigamente, mas agora oferecendo até 128 Kbps de conexão à Internet, via rede dial-up. Nesse caso, o usuário gasta impulsos durante a conexão: a operadora cobrará os pulsos de cada canal em separado, mais a segunda linha. Requer a compra da placa ISDN. Internet a Cabo: este sistema é oferecido pelas operadoras de TV por assinatura (TV a cabo, mais precisamente, não as TVs via satélite). Essas empresas aproveitam sua infra-estrutura para oferecer conexão à Internet de boa qualidade. Pode ser de dois tipos: unidirecional (os dados chegam em alta velocidade, mas saem pela linha telefônica comum) ou bidirecional (os dados chegam e saem em alta velocidade, pelo cabo). Em ambos os casos é preciso assinar um provedor de banda larga, instalar uma placa de rede e alugar ou comprar um cable modem (modem a cabo). A desvantagem deste tipo de acesso é só estar disponível em localidades que já contam com serviços de TV a Cabo. Um exemplo de serviço desse tipo é o Virtua, fornecido pela empresa NET. Satélite Nesse meio, o custo do serviço é muito maior que o de ADSL e cabo, o que acaba tornando essa tecnologia restrita a quem não tenha outra opção de conexão. Ainda, cabe destacar que nas conexões via satélite ocorre um atraso (delay) significativo entre o envio e a recepção dos dados, o que influencia diretamente o uso de aplicações como jogos eletrônicos on-line (podemos ter levado um gol em um jogo de futebol e ainda nem sabermos disso!). A qualidade da conexão também pode ser afetada pelas condições climáticas. Normalmente utilizados em locais como zonas rurais, que não dispõem de outras formas de conexão, como ADSL ou cabo. Vamos às questões!!! 18

19 -LISTA DAS QUESTÕES COMENTADAS- 1. (FCC/2010/TRE-RS/ANALISTA JUDICIÁRIO- Área administrativa /Q. 17- Adaptada) A WEB permite que cada documento na rede tenha um endereço único, indicando os nomes do arquivos, diretório e servidor, bem como o método pelo qual ele deve ser requisitado. Esse endereço é chamado de: URL URL (Uniform Resource Locator) é um endereço de um determinado recurso na Internet. São utilizados pelos navegadores para localizar recursos. Um recurso pode ser uma página web, uma imagem, um arquivo de áudio etc. Um URL é formado pelo protocolo de aplicação seguido do nome do domínio e, se for o caso, de informações de localização do recurso (nome de pastas e arquivos). Como exemplo de URL, podemos destacar GABARITO: item CERTO. 2. (FCC/2010/BAHIA GÁS) A Internet usa um modelo de rede, baseado em requisições e respostas, denominado cliente-servidor. A chamada arquitetura cliente-servidor é a base para os serviços disponibilizados na Internet, e consiste na utilização de dois softwares em pólos opostos da comunicação: um software cliente e um software servidor. O software cliente envia requisições ao software servidor, que, por sua vez, processa a requisição e devolve uma resposta. Por exemplo, quando utilizamos o Internet Explorer para acessar a página do Ponto dos Concursos, o navegador, que faz o papel de cliente, requisita as páginas ao servidor web que as hospeda. Essa requisição é processada pelo servidor. Após o processamento, o servidor envia a página requisitada ao nosso navegador. Esse mesmo raciocínio é válido para outros serviços na Internet como , FTP, etc. GABARITO: item CERTO. 3. (FCC/2009/MPSED-Téc.Min.Púb/Administrativa) Uma página Web é obtida na Internet por meio do endereço URL que basicamente indica o (A) protocolo, o nome do computador hospedeiro, o caminho e o nome da página. (B) caminho e o nome da página, apenas. (C) protocolo, o caminho e o nome da página, apenas. (D) protocolo, o nome do computador hospedeiro e o nome da página, apenas. 19

20 (E) nome do computador hospedeiro, o caminho e o nome da página, apenas. Todos os recursos presentes na Internet (páginas, arquivos, impressoras, s, etc) são localizados por meio de um endereço único conhecido como URL (Localizador Uniforme de Recursos), que é assim representado: Protocolo://site/recurso Como exemplo de URL cita-se: Nesse contexto, o http significa o protocolo usado para transferir o arquivo; é o site (local) onde o arquivo está; curso é a pasta (diretório) onde o arquivo está localizado. Finalmente, informatica.pdf é o arquivo a ser copiado. GABARITO: letra A. 4. (FCC/2009/TJ-PI/Analista Judiciário/Adaptada) Instrução: Para responder à questão seguinte, considere os dados abaixo. Item Tarefa I Estimular o trabalho colaborativo, tanto na Internet quanto na Intranet, por meio de instrumentos do tipo diário profissional (ou corporativo) eletrônico, onde conteúdos mais recentes aparecem no topo da página e os mais antigos no final. No item I é estimulado o uso de um instrumento do tipo: a) e-book; b) blog; c) banco de dados; d) corporativo; e) e-zine. O blog (ou blogue, em português) é uma página, que pode estar tanto na Internet quanto na Intranet de uma empresa, em que as pessoas escrevem sobre assuntos de seu interesse. Os conteúdos são apresentados de forma cronológica, sendo as mensagens mais recentes normalmente apresentadas em primeiro lugar. Trata-se de uma ferramenta colaborativa, por meio da qual as pessoas podem trocar informações, experiências e conhecimentos cooperativamente, por meio da interação dos diversos participantes. GABARITO: letra B. 20

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET Prof. Marcondes Ribeiro Lima Fundamentos de Internet O que é internet? Nome dado a rede mundial de computadores, na verdade a reunião de milhares de redes conectadas

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que tem

Leia mais

// Questões para estudo

// Questões para estudo // Questões para estudo 2 // Ferramentas Básicas de Internet e Web 2.0 1. Sobre a internet, marque a opção correta: A) A internet poder ser definida como uma rede mundial, composta por mihões e milhões

Leia mais

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará :

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará : 1ª PARTE CAPÍTULO 2 Este capítulo tratará : 1. O que é necessário para se criar páginas para a Web. 2. A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web 3. Navegadores 4. O que é site, Host,

Leia mais

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web;

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; CONCEITOS INICIAIS Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; O que é necessário para se criar páginas para a Web; Navegadores; O que é site, Host, Provedor e Servidor Web; Protocolos.

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web

Desenvolvimento de Aplicações Web Desenvolvimento de Aplicações Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Método de Avaliação Serão realizadas duas provas teóricas e dois trabalhos práticos. MF = 0,1*E + 0,2*P 1 + 0,2*T 1 + 0,2*P

Leia mais

milenaresende@fimes.edu.br

milenaresende@fimes.edu.br Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior Sistemas de Informação A Internet, Intranets e Extranets milenaresende@fimes.edu.br Uso e funcionamento da Internet Os dados da pesquisa de TIC reforçam

Leia mais

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir Prof. Valdir Informática Informática Valdir Prof. Valdir Informática Informática PROVA DPF 2009 Julgue os itens subseqüentes, a respeito de Internet e intranet. Questão 36 36 - As intranets, por serem

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Principais Protocolos na Internet Aula 2. Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB. Principais Protocolos na Internet Aula 2. Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Principais Protocolos na Internet Aula 2 Profa. Rosemary Melo Tópicos abordados Compreender os conceitos básicos de protocolo. Definir as funcionalidades dos principais protocolos de Internet.

Leia mais

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II INTERNET Protocolos de Aplicação Intranet Prof: Ricardo Luís R. Peres As aplicações na arquitetura Internet, são implementadas de forma independente, ou seja, não existe um padrão

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Prof. BRUNO GUILHEN Vídeo Aula VESTCON MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. A CONEXÃO USUÁRIO PROVEDOR EMPRESA DE TELECOM On-Line A conexão pode ser

Leia mais

Agente Administrativo do MTE

Agente Administrativo do MTE O QUE É INTERNET? CONCEITOS DE INTERNET Nome dado à rede mundial de computadores, na verdade a reunião de milhares de redes conectadas entre si. Nascida como um projeto militar, a Internet evoluiu para

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA conceito inicial Amplo sistema de comunicação Conecta muitas redes de computadores Apresenta-se de várias formas Provê

Leia mais

O Que é Internet? Internet - é a maior interconexão de redes de computadores que permite a estes conexão e comunicação direta;

O Que é Internet? Internet - é a maior interconexão de redes de computadores que permite a estes conexão e comunicação direta; Internet O Que é Internet? Uma rede de computadores consiste de dois ou mais computadores ligados entre si e compartilhando dados, impressoras, trocando mensagens (e-mails), etc; Internet - é a maior interconexão

Leia mais

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET Objectivos História da Internet Definição de Internet Definição dos protocolos de comunicação Entender o que é o ISP (Internet Service Providers) Enumerar os equipamentos

Leia mais

1 ACESSO AO PORTAL UNIVERSITÁRIO 3 3 PLANO DE ENSINO 6 4 AULAS 7 5 AVALIAÇÃO E EXERCÍCIO 9 6 ENQUETES 12 7 QUADRO DE AVISOS 14

1 ACESSO AO PORTAL UNIVERSITÁRIO 3 3 PLANO DE ENSINO 6 4 AULAS 7 5 AVALIAÇÃO E EXERCÍCIO 9 6 ENQUETES 12 7 QUADRO DE AVISOS 14 portal@up.com.br Apresentação Este manual contém informações básicas, e tem como objetivo mostrar a você, aluno, como utilizar as ferramentas do Portal Universitário e, portanto, não trata de todos os

Leia mais

COMENTÁRIOS DA PROVA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - SP

COMENTÁRIOS DA PROVA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - SP Olá pessoal, Tivemos neste último domingo (09/05/2010) a aplicação da prova da CEF para a região de SP e RJ, uma prova que todo resto Pais aguarda ansiosamente os comentários, já que servirá de base para

Leia mais

www.leitejunior.com.br 17/03/2011 15:04 Leite Júnior QUESTÕES FCC 2010 REDES (INTERNET/INTRANET)

www.leitejunior.com.br 17/03/2011 15:04 Leite Júnior QUESTÕES FCC 2010 REDES (INTERNET/INTRANET) QUESTÕES FCC 2010 REDES (INTERNET/INTRANET) CONCURSO: TRE AMAZONAS DATA: 31/01/2010 QUESTÃO 01 - O transporte de páginas Web entre um servidor e um cliente da Internet é realizado pelo protocolo (A) TCP.

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET Profª Danielle Casillo SUMÁRIO O que é Internet Conceitos básicos de internet

Leia mais

Prova dos Correios - Comentada

Prova dos Correios - Comentada Unidade Zona Sul - (84) 3234-9923 Unidade Zona Norte (84) 3214-4595 www.premiumconcursos.com 1 Texto para as questões de 1 a 3 A figura abaixo ilustra uma janela do Microsoft Office Excel 2007 com uma

Leia mais

Cliente / Servidor. Servidor. Cliente. Cliente. Cliente. Cliente

Cliente / Servidor. Servidor. Cliente. Cliente. Cliente. Cliente Internet e Intranet Cliente / Servidor Cliente Servidor Cliente Cliente Cliente Cliente / Servidor SERVIDOR Computador ou equipamento que fornece algum tipo de serviço em redes (Armazenamento e compartilhamento

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E ANALISTA (EXCETO PARA O CARGO 4 e 8) GABARITO 1. (CESPE/2013/MPU/Conhecimentos Básicos para os cargos 34 e 35) Com a cloud computing,

Leia mais

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO 2 Camadas NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística e Informática Aplicação Transporte

Leia mais

INTERNET. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

INTERNET. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 INTERNET Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 Internet Origem: Guerra Fria DARPA (Departamento de Defesa de Pesquisas Avançadas)

Leia mais

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet Princípios de Internet e Termos mais Utilizados Internet A Comunicação é a melhor palavra para descrever a Internet. São serviços e facilidades que, para algumas pessoas, é o lugar onde elas encontram

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 Acessando endereços simultaneamente Parte 2 Um recurso interessante e extremamente útil é o de abrir várias janelas ao mesmo tempo. Em cada janela você poderá acessar um endereço diferente na

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS 1 Conteúdo O que Rede? Conceito; Como Surgiu? Objetivo; Evolução Tipos de

Leia mais

INTERNET CONCEITOS. Internet é a "grande rede mundial de computadores"

INTERNET CONCEITOS. Internet é a grande rede mundial de computadores INTERNET CONCEITOS O que é Internet Estamos acostumados a ouvir que Internet é a "grande rede mundial de computadores" Entretanto, essa definição não é muito simplista. Na realidade, Ela é uma coleção

Leia mais

Desenvolvendo para WEB

Desenvolvendo para WEB Nível - Básico Desenvolvendo para WEB Por: Evandro Silva Neste nosso primeiro artigo vamos revisar alguns conceitos que envolvem a programação de aplicativos WEB. A ideia aqui é explicarmos a arquitetura

Leia mais

02. A extensão padrão para arquivos de áudio digital no ambiente Windows é:

02. A extensão padrão para arquivos de áudio digital no ambiente Windows é: Prova sobre informática para concursos. 01 A definição de Microcomputador é: a) Equipamento com grade capacidade de memória principal (256 Megabytes), vários processadores, alta velocidade de processamento.

Leia mais

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 Considerando a janela do Word 2003 ilustrada acima, que contém um documento em processo de edição no qual o título está selecionado, assinale a opção correta. A O parágrafo

Leia mais

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns.

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Internet Internet ou Net É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Como Comunicam os computadores Os computadores comunicam entre si utilizando uma linguagem

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. O processo de Navegação na Internet A CONEXÃO USUÁRIO

Leia mais

www.leitejunior.com.br 05/12/2011 12:30 Leite Júnior

www.leitejunior.com.br 05/12/2011 12:30 Leite Júnior INTERNET EXPLORER 8 Também conhecidos como BROWSERS (navegadores). Usados para visualizar página na Web. Entende a linguagem HTML e permite visualiza conteúdos de discos, funcionando como se fosse um Windows

Leia mais

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br Correio Eletrônico Outlook Express Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br O Microsoft Outlook é o principal cliente de mensagens e colaboração para ajudá-lo a obter os melhores

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

Internet. A Grande Rede Mundial. Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha

Internet. A Grande Rede Mundial. Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha Internet A Grande Rede Mundial Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha O que é a Internet? InterNet International Network A Internet é uma rede mundial de

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Introdução a Microinformática Turma H Redes e Internet Giordane Lima Porque ligar computadores em Rede? Compartilhamento de arquivos; Compartilhamento de periféricos; Mensagens

Leia mais

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem 1 de 20 Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem Resolvi documentar uma solução que encontrei para fazer minhas cópias de segurança. Utilizo um software gratuito chamado Cobian Backup

Leia mais

Manual do Usuário Janeiro de 2016

Manual do Usuário Janeiro de 2016 Manual do Usuário Janeiro de 2016 SOBRE CMX CMX é uma interface que dá acesso aos estudantes a milhares de atividades, exercícios e recursos todos posicionados com os padrões e conceitos curriculares.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Guia do usuário Publicado: 09/01/2014 SWD-20140109134951622 Conteúdo 1 Primeiros passos... 7 Sobre os planos de serviço de mensagens oferecidos para o BlackBerry

Leia mais

A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação

A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços de telecomunicação. Hardware

Leia mais

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S.

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Tomaz IT.002 02 2/14 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 01 -Existem vários tipos de vírus de computadores, dentre

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES O QUE É PROTOCOLO? Na comunicação de dados e na interligação em rede, protocolo é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas. Sem protocolos, uma rede

Leia mais

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação 1 Introdução à Camada de Transporte Camada de Transporte: transporta e regula o fluxo de informações da origem até o destino, de forma confiável.

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB AULA 2 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD

TECNOLOGIAS WEB AULA 2 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD TECNOLOGIAS WEB AULA 2 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD Objetivos: Definir as funcionalidades dos principais protocolos de Internet. Compreender os conceitos básicos de protocolo. Conhecer mais a respeito

Leia mais

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO 1 OBJETIVOS 1. O que é a nova infra-estrutura informação (TI) para empresas? Por que a conectividade é tão importante nessa infra-estrutura

Leia mais

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha!

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha! 1 ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.1.1 SENHA 4 1.1.2 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS DO LYNC 5 1.1.3 REDEFINIR SENHA 7 1.1.4 COMPRAR COMPLEMENTOS 9 1.1.5 UPGRADE E DOWNGRADE 10 1.1.5.1 UPGRADE

Leia mais

www.leitejunior.com.br 05/07/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESPE REDES (INTERNET/INTRANET)

www.leitejunior.com.br 05/07/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESPE REDES (INTERNET/INTRANET) QUESTÕES ESPE REES (INTERNET/INTRANET) ONURSO: IBAMA ARGO: ANALISTA AMBIENTAL Julgue os itens a seguir acerca de conceitos de informática. 21 Existem sítios na Internet que disponibilizam a opção para

Leia mais

LW1. Como a internet funciona? PROF. ANDREZA S. AREÃO

LW1. Como a internet funciona? PROF. ANDREZA S. AREÃO LW1 Como a internet funciona? PROF. ANDREZA S. AREÃO O que é a Internet? Rede de Computadores: Consiste de dois ou mais computadores ligados entre si e compartilhando dados, impressoras, trocando mensagens

Leia mais

INTERNET. Surgimento da Internet. Cenário antes do Projeto Arpanet. Aula 04 Prof. André Cardia andre@andrecardia.pro.br. Surgimento da ARPANET

INTERNET. Surgimento da Internet. Cenário antes do Projeto Arpanet. Aula 04 Prof. André Cardia andre@andrecardia.pro.br. Surgimento da ARPANET INTERNET Aula 04 Prof. André Cardia andre@andrecardia.pro.br Surgimento da Internet Projeto militar dos Estados Unidos, em 1969 o departamento de defesa norte americano (DoD), por meio da ARPA (Advanced

Leia mais

Manual do Aluno Moodle

Manual do Aluno Moodle Manual do Aluno Moodle Site: Moodle PUCRS Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Curso: Moodle PUCRS Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Livro: Manual do Aluno Moodle Impresso

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

BANCO DE DADOS CONTEÚDO INFORMÁTICA. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br BANCO DE DADOS SGBD TABELA CONCEITOS BÁSICOS

BANCO DE DADOS CONTEÚDO INFORMÁTICA. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br BANCO DE DADOS SGBD TABELA CONCEITOS BÁSICOS CONTEÚDO HARDWARE - 2 AULAS SISTEMA OPERACIONAL - 2 AULAS INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br APLICATIVOS OFFICE - 3 AULAS INTERNET - 1 AULA REDE - 2 AULA SEGURANÇA - 1 AULA BANCO DE

Leia mais

MÓDULO I - INTERNET APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. Prof. BRUNO GUILHEN. O processo de Navegação na Internet. Aula 01

MÓDULO I - INTERNET APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. Prof. BRUNO GUILHEN. O processo de Navegação na Internet. Aula 01 APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET O processo de Navegação na Internet Aula 01 O processo de Navegação na Internet. USUÁRIO A CONEXÃO PROVEDOR On-Line EMPRESA

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer. www.brunoguilhen.com.br 1 INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

1 - Q82232 ( FCC - 2010 - MPE-RS - Agente Administrativo / Noções de Informática / Internet e intranet; )

1 - Q82232 ( FCC - 2010 - MPE-RS - Agente Administrativo / Noções de Informática / Internet e intranet; ) 1 - Q82232 ( FCC - 2010 - MPE-RS - Agente Administrativo / Noções de Informática / Internet e intranet; ) Para responder às questões de números 6 a 10, considere as funções originais dos produtos, versões

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Internet Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br O que é Internet? Uma rede de computadores consiste de dois ou mais computadores ligados entre si e compartilhando

Leia mais

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 3.4 1º de julho de 2013 Novell Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; )

11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; ) 11 - Q34826 ( FCC - 2010 - DPE - SP - Oficial de Defensoria Pública / Noções de Informática / Internet e intranet; ) Algumas Regras Gerais de Uso do Computador I. Sempre feche todas as aplicações abertas

Leia mais

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz 15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL GETEC 01 2/13 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para utilizar o Webmail da Secretaria de

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS Se todos os computadores da sua rede doméstica estiverem executando o Windows 7, crie um grupo doméstico Definitivamente, a forma mais

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES URI CAMPUS SANTO ÂNGELO NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET Disciplina: Informática Instrumental Profa: M. Sc. Regiane Klidzio CONTEÚDO Março, 2010

Leia mais

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Índice Introdução ao Serviço de E-mail O que é um servidor de E-mail 3 Porque estamos migrando nosso serviço de correio eletrônico? 3 Vantagens de utilização

Leia mais

Configurações de Campanha

Configurações de Campanha Guia rápido sobre... Configurações de Campanha Neste guia... Aprenda a criar campanhas e a ajustar as configurações para otimizar os resultados. Índice 1. Criar Nova Campanha! 4 1.1 Dar um nome à campanha!

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

Manual Internet. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt

Manual Internet. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Manual Internet Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Fevereiro de 2006 Índice Internet... 2 Correio electrónico... 2 Os endereços... 2 Lista de correio... 2 Grupos

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Tutorial Hotmail Sobre o MSN Hotmail Acessando o Hotmail Como criar uma conta Efetuando o login Verificar mensagens Redigir

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

Valor Comercial das Telecomunicações. Telecomunicações nas Empresas. Superar barreiras geográficas. Superar barreiras do tempo

Valor Comercial das Telecomunicações. Telecomunicações nas Empresas. Superar barreiras geográficas. Superar barreiras do tempo Valor Comercial das Telecomunicações Superar barreiras geográficas Atendimento ao cliente/preenchimento de pedidos Superar barreiras do tempo Consultas de crédito (POS) Superar barreiras de custo Videoconferência

Leia mais

Material Complementar. 50 questões gabaritadas

Material Complementar. 50 questões gabaritadas Material Complementar 50 questões gabaritadas Considerando os conceitos de Internet, intranet e correio eletrônico, julgue os itens a seguir. 1. (Pol. Civil ES/2009) As redes wireless possuem a vantagem

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01 EDITORA FERREIRA MP/RJ NCE EXERCÍCIOS 01 GABARITO COMENTADO 01 Ao se arrastar um arquivo da pasta C:\DADOS para a pasta D:\TEXTOS utilizando se o botão esquerdo do mouse no Windows Explorer: (A) o arquivo

Leia mais

Sérgio Cabrera Professor Informática 1

Sérgio Cabrera Professor Informática 1 1. A tecnologia que utiliza uma rede pública, como a Internet, em substituição às linhas privadas para implementar redes corporativas é denominada. (A) VPN. (B) LAN. (C) 1OBaseT. (D) 1OBase2. (E) 100BaseT.

Leia mais

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz Como criar e editar Blogs Manual Básico do Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz São Carlos Setembro / 2008 Sumário Introdução...3 Criando um Blog no Edublogs...4

Leia mais

GABARITO - B. manuel@carioca.br

GABARITO - B. manuel@carioca.br NOÇÕES DE INFORMÁTICA EDITORA FERREIRA PROVA MPRJ -TÉCNICO ADMINISTRATIVO - TADM NCE-UFRJ CORREÇÃO - GABARITO COMENTADO Considere que as questões a seguir referem-se a computadores com uma instalação padrão

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

Silvana Lopes Profª de Informática ETEC São Paulo

Silvana Lopes Profª de Informática ETEC São Paulo Profª de Informática ETEC São Paulo Navegador = Browser Navegador Mozilla Firefox Navegador = Browser Navegador Internet Explorer Navegador = Browser Navegador Chrome Rede local LAN Definição de Rede Local

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais

Glossário de Internet

Glossário de Internet Acesso por cabo Tipo de acesso à Internet que apresenta uma largura de banda muito superior à da linha analógica. A ligação é feita com recurso a um modem (de cabo), que se liga à ficha de sinal de TV

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

FACULDADE DOS GUARARAPES. A Internet... Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

FACULDADE DOS GUARARAPES. A Internet... Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br FACULDADE DOS GUARARAPES A Internet... Prof. Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br O que é a Internet Rede de Computadores: Consiste de dois ou mais computadores ligados entre si

Leia mais

PRnet/2013. Linguagem de Programação Web

PRnet/2013. Linguagem de Programação Web Linguagem de Programação Web Linguagem de Programação Web Prnet/2013 Linguagem de Programação Web» Programas navegadores» Tipos de URL» Protocolos: HTTP, TCP/IP» Hipertextos (páginas WEB)» HTML, XHTML»

Leia mais