LAUDO DE AVALIAÇÃO ELABORADO POR EMPRESA ESPECIALIZADA ABAIXO QUALIFICADA NA FORMA DO DISPOSTO NA LEI Nº 6.404/76, DE 15 DE DEZEMBRO DE 1976.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LAUDO DE AVALIAÇÃO ELABORADO POR EMPRESA ESPECIALIZADA ABAIXO QUALIFICADA NA FORMA DO DISPOSTO NA LEI Nº 6.404/76, DE 15 DE DEZEMBRO DE 1976."

Transcrição

1 LAUDO DE AVALIAÇÃO ELABORADO POR EMPRESA ESPECIALIZADA ABAIXO QUALIFICADA NA FORMA DO DISPOSTO NA LEI Nº 6.404/76, DE 15 DE DEZEMBRO DE Aos acionistas da CISA - CSN INDÚSTRIA DE AÇOS REVESTIDOS S.A. I - INTRODUÇÃO RIBEIRO E ASSOCIADOS CONSULTORIA E CONTABILIDADE S/C LTDA., sociedade civil de contadores, com sede em Curitiba, na Rua João Negrão, nº 731, Salas 502 e 503, inscrita no CNPJ/MF sob o nº / , registrada no CRC do Estado do Paraná sob o nº PR-04722/O-7, em atendimento ao disposto no artigo 8º da Lei nº 6.404/76, vem proceder à avaliação do Acervo Líquido da CISA - CSN INDÚSTRIA DE AÇOS REVESTIDOS S.A., sociedade por ações de capital fechado, com sede na Rodovia PR 423, nº 5.500, Bairro Estação, no Município de Araucária, Estado do Paraná, CNPJ/MF nº / , com seu Estatuto Social devidamente arquivado na Junta Comercial do Estado do Paraná, sob o NIRE nº , doravante denominada simplesmente CINDIDA, para efeito de suportar a cisão parcial com incorporação da parcela cindida pela COMPANHIA SIDERÚRGICA NACIONAL, sociedade por ações de capital aberto, com sede na Rua Lauro Müller, nº 116, 36º andar, Sala 3702, Bairro Botafogo, no Município do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, CNPJ/MF nº / , com seu Estatuto Social devidamente arquivado na Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro, sob o NIRE nº , doravante denominada simplesmente INCORPORADORA, dá ciência a seguir do "Laudo de Avaliação" do Acervo Líquido da CINDIDA, tal como se apresentava em 31 de Janeiro de II - DESCRIÇÃO E VERIFICAÇÃO DOS ATIVOS E PASSIVOS Os ativos constantes do balanço levantado em 31 de Janeiro de 2003 da CINDIDA foram avaliados segundo os princípios fundamentais de contabilidade em decorrência de lei ou de contrato. O imobilizado da companhia é o seu principal ativo basicamente representado por: 1

2 R$ Imobilizado em Operação ,72 Depreciação e Amortização ,11 Obras Correntes ,70 TOTAL IMOBILIZADO ,31 O imobilizado em operação compreende, basicamente, ativos vinculados ao centro de serviços cuja operação iniciou-se em Janeiro de As obras correntes compreendem gastos com construções, benfeitorias e adiantamentos contratuais vinculados à construção e instalação de estabelecimento industrial de decapagem, laminação, galvanização e pré-pintura para aços galvanizados comuns e galvalume. Esta construção vem sendo executada através de Contrato de Construção, Compras Engenharia, a Preço Global em Sistema Chaves na Mão, para um Complexo de Laminação a Frio. Os passivos estão consignados em decorrência de lei ou contrato e estão também avaliados pelos princípios fundamentais de contabilidade. III -AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO Todo o acervo líquido da CINDIDA está avaliado pelos princípios fundamentais de contabilidade e a parcela deste acervo a ser cindida monta em R$ ,67, estando representados por ativos líquidos de passivos, apurados com base no balanço especial levantado em 31 de Janeiro de 2003, anexo a este laudo. IV - DOS LIVROS E DA ESCRITURAÇÃO Os livros da CINDIDA acham-se revestidos das formalidades legais e fiscais e foram escriturados de acordo com os princípios fundamentais de contabilidade, uniforme e consistentemente aplicados. V - BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIAL Com base nos critérios anteriormente descritos, foi levantado o seguinte balanço: 2

3 BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIAL EM 31 DE JANEIRO DE 2003 (Valores expressos em Reais) Saldo em 31/01/03 Parcela a ser CINDIDA Parcela Remanescente ATIVO Disponível ,74 0, ,74 Contas a Receber ,74 0, ,74 Outras Contas a Receber , , ,73 Adiantamentos , , ,10 Outros Direitos Realizáveis , , ,29 Estoques ,40 0, ,40 Despesas Antecipadas ,01 0, ,01 CIRCULANTE , ,01 Adiantamentos , ,23 0,00 Cauções e Depósitos ,20 0, ,20 Outros Valores Realizáveis ,39 0, ,39 REALIZÁVEL A LP , , ,59 Investimentos ,56 0, ,56 Ágio e Deságio ,84 0, ,84 Amortização de Ágio ,92 0, ,92 Particip. Incentivos Fiscais 2.831,21 0, ,21 PERMANENTE ,69 0, ,69 Em Operação , , ,14 Depreciação e Amortização , , ,68 Em Obras Correntes , , ,01 IMOBILIZADO , , ,47 Desp. Diferidas a Amortizar , ,74 0,00 Desp. Diferidas em Amortiz ,87 0, ,87 Amortização Acumulada ,66 0, ,66 DIFERIDO , , ,21 TOTAL DO ATIVO , , ,97 3

4 BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIAL EM 31 DE JANEIRO DE 2003 (Valores expressos em Reais) Saldo em 31/01/03 Parcela a ser CINDIDA Parcela Remanescente PASSIVO Emprést./Financ. Principal , ,77 0,00 Emprést./Financ. Encargos , ,70 0,00 Fornecedores , , ,73 Salários , , ,81 Tributos a Recolher , , ,82 Adiantamentos ,21 0, ,21 Outras Contas a Pagar , , ,87 Outras Obrigações , , ,37 Provisões ,32 0, ,32 CIRCULANTE , , ,13 Emprést./Financ. Principal , ,43 0,00 Emprést./Financ. Encargos , ,18 0,00 Contas a Pagar , , ,26 EXIGÍVEL A LONGO PRAZO , , ,26 PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital social , , ,00 Reservas de Capital , , ,07 Lucros/Prejuízos Acumulados ,20 0, ,20 Lucro do Exercício ,71 0, ,71 PATRIMÔNIO LÍQUIDO , , ,58 TOTAL DO PASSIVO , , ,97 4

5 VI - ANEXOS Constitui parte integrante e indissociável deste instrumento cópia do balancete de 31 de Janeiro de VII - CONCLUSÃO Em decorrência dos exames e das análises efetuadas, concluímos que o patrimônio líquido da CINDIDA, avaliado segundo os critérios anteriormente descritos, monta a R$ ,25 (duzentos e sessenta e nove milhões, novecentos e cinco mil, oitocentos e setenta e seis reais e vinte cinco centavos), conforme balanço especial de 31 de Janeiro de Como decorrência da Cisão Parcial, serão vertidos R$ ,67 (Cinco milhões, quatrocentos e oito mil, oitocentos e dezoito reais e sessenta e sete centavos) do patrimônio líquido da CINDIDA para o patrimônio da INCORPORADORA. VIII - ENCERRAMENTO Assim, concluímos este trabalho e assinamos o presente Laudo em 6 (seis) vias. Curitiba, 06 de Fevereiro de RIBEIRO E ASSOCIADOS CONSULTORIA CONTÁBIL S/C LTDA. Ranoel de Souza Ribeiro Técnico Responsável CRC nº PR015533/O-0 5

6 CISA-CSN INDÚSTRIA DE AÇOS REVESTIDOS S.A BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIAL EM 31 DE JANEIRO DE 2003 (Valores expressos em Reais) Saldo em 31/01/03 6 Parcela a ser CINDIDA Parcela Remanescente ATIVO Disponível ,74 0, ,74 Contas a Receber ,74 0, ,74 Outras Contas a Receber , , ,73 Adiantamentos , , ,10 Outros Direitos Realizáveis , , ,29 Estoques ,40 0, ,40 Despesas Antecipadas ,01 0, ,01 CIRCULANTE , ,01 Adiantamentos , ,23 0,00 Cauções e Depósitos ,20 0, ,20 Outros Valores Realizáveis ,39 0, ,39 REALIZÁVEL A LP , , ,59 Investimentos ,56 0, ,56 Ágio e Deságio ,84 0, ,84 Amortização de Ágio ,92 0, ,92 Particip. Incentivos Fiscais 2.831,21 0, ,21 PERMANENTE ,69 0, ,69 Em Operação , , ,14 Depreciação e Amortização , , ,68 Em Obras Correntes , , ,01 IMOBILIZADO , , ,47 Desp. Diferidas a Amortizar , ,74 0,00 Desp. Diferidas em Amortiz ,87 0, ,87 Amortização Acumulada ,66 0, ,66 DIFERIDO , , ,21 TOTAL DO ATIVO , , ,97

7 CISA-CSN INDÚSTRIA DE AÇOS REVESTIDOS S.A BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIAL EM 31 DE JANEIRO DE 2003 (Valores expressos em Reais) Saldo em 31/01/03 Parcela a ser CINDIDA Parcela Remanescente PASSIVO Emprést./Financ. Principal , ,77 0,00 Emprést./Financ. Encargos , ,70 0,00 Fornecedores , , ,73 Salários , , ,81 Tributos a Recolher , , ,82 Adiantamentos ,21 0, ,21 Outras Contas a Pagar , , ,87 Outras Obrigações , , ,37 Provisões ,32 0, ,32 CIRCULANTE , , ,13 Emprést./Financ. Principal , ,43 0,00 Emprést./Financ. Encargos , ,18 0,00 Contas a Pagar , , ,26 EXIGÍVEL A LONGO PRAZO , , ,26 PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital social , , ,00 Reservas de Capital , , ,07 Lucros/Prejuízos Acumulados ,20 0, ,20 Lucro do Exercício ,71 0, ,71 PATRIMÔNIO LÍQUIDO , , ,58 TOTAL DO PASSIVO , , ,97 Marcio F. Guimarães Lins Diretor Industrial Aguinaldo Luiz de Oliveira TCCRC/PR /O-0 7

8 * * * * * * * * * * * * 8

LMPG Auditores e Consultores

LMPG Auditores e Consultores LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO PARA FINS DE SUPORTAR PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GALVÃO ENGENHARIA S.A. Em 29 de maio de 2015 MAIO DE 2015 Rua México, nº 11 13º andar Rio de Janeiro RJ Brasil

Leia mais

LMPG Auditores e Consultores

LMPG Auditores e Consultores LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO PARA FINS DE SUPORTAR PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GALVÃO PARTICIPAÇÕES S.A. Em 29 de maio de 2015 MAIO DE 2015 Rua México, nº 11 13º andar Rio de Janeiro RJ Brasil

Leia mais

Hypermarcas S.A. Laudo de Avaliação Contábil de Acervo Patrimonial Líquido da Hypermarcas S.A. em 30 de setembro de 2013 para fins da Cisão Parcial

Hypermarcas S.A. Laudo de Avaliação Contábil de Acervo Patrimonial Líquido da Hypermarcas S.A. em 30 de setembro de 2013 para fins da Cisão Parcial Hypermarcas S.A. Laudo de Avaliação Contábil de Acervo Patrimonial Líquido da Hypermarcas S.A. em 30 de setembro de 2013 para fins da Cisão Parcial e Laudo de Avaliação Pró-Forma Contábil do Patrimônio

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICATIVA DE CISÃO PARCIAL

PROTOCOLO E JUSTIFICATIVA DE CISÃO PARCIAL PROTOCOLO E JUSTIFICATIVA DE CISÃO PARCIAL Os abaixo-assinados, membros dos órgãos de administração da CISA CSN INDÚSTRIA DE AÇOS REVESTIDOS S.A., pessoa jurídica de direito privado, sociedade por ações

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO. Pelo presente instrumento particular,

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO. Pelo presente instrumento particular, PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOOK INFORMÁTICA S.A. PELA TOTVS S.A. Pelo presente instrumento particular, (A) TOTVS S.A., sociedade por ações de capital aberto, com sede na Cidade de São

Leia mais

NORTEV TRANSPORTE DE VEÍCULOS LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO

NORTEV TRANSPORTE DE VEÍCULOS LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO NORTEV TRANSPORTE DE VEÍCULOS LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO NORTEV TRANSPORTE DE VEÍCULOS LTDA. ELABORADO EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 BAKER TILLY BRASIL

Leia mais

Net Sorocaba Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 31 de outubro de 2010 para fins de incorporação

Net Sorocaba Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 31 de outubro de 2010 para fins de incorporação Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 31 de outubro de 2010 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo

Leia mais

Net São José do Rio Preto Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de incorporação

Net São José do Rio Preto Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de incorporação Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo

Leia mais

Laudo de Avaliação do Acervo Líquido da

Laudo de Avaliação do Acervo Líquido da Laudo de Avaliação do Acervo Líquido da Companhia Patrimonial de imóveis comerciais - CPIC a ser incorporado pela JHSF Participações S.A. Balanço Base: 31 de março de 2010 Laudo de avaliação do acervo

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL PATRIMÔNIO LÍQUIDO MULTIMODAL PARTICIPAÇÕES LTDA.

LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL PATRIMÔNIO LÍQUIDO MULTIMODAL PARTICIPAÇÕES LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL PATRIMÔNIO LÍQUIDO MULTIMODAL PARTICIPAÇÕES LTDA. 1 DATA BASE: Demonstrações Financeiras auditadas em 31 de dezembro de 2008, ajustadas com todos os eventos relevantes ocorridos

Leia mais

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE nº. 35.300.333.578

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE nº. 35.300.333.578 JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE nº. 35.300.333.578 ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 30 DE DEZEMBRO DE 2009 DATA, HORA E LOCAL: 30 (trinta)

Leia mais

ENERGIA AMÉRICA DO SUL LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL 30 DE NOVEMBRO DE 2010

ENERGIA AMÉRICA DO SUL LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL 30 DE NOVEMBRO DE 2010 ENERGIA AMÉRICA DO SUL LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL 30 DE NOVEMBRO DE 2010 BDO Auditores Independentes, uma empresa brasileira de sociedade simples, é membro da BDO International

Leia mais

ESTILO COMÉRCIO, TRANSPORTES E SERVIÇOS LTDA. NIRE 42.204.672.508 CNPJ/MF 13.591.644/0001-43 4ª ALTERAÇÃO DE CONTRATO SOCIAL

ESTILO COMÉRCIO, TRANSPORTES E SERVIÇOS LTDA. NIRE 42.204.672.508 CNPJ/MF 13.591.644/0001-43 4ª ALTERAÇÃO DE CONTRATO SOCIAL ESTILO COMÉRCIO, TRANSPORTES E SERVIÇOS LTDA. NIRE 42.204.672.508 CNPJ/MF 13.591.644/0001-43 4ª ALTERAÇÃO DE CONTRATO SOCIAL Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os abaixo

Leia mais

Cyrela Commercial Properties S/A Empreendimentos e Participações Laudo de avaliação contábil

Cyrela Commercial Properties S/A Empreendimentos e Participações Laudo de avaliação contábil Cyrela Commercial Properties S/A Empreendimentos e Participações Laudo de avaliação contábil Valor contábil do patrimônio líquido da Cyrela Comercial Properties Investimentos Imobiliários S/A, a ser incorporado

Leia mais

14/Março/2007 À Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações At.: Sr. Saulo de Tarso Alves de Lara

14/Março/2007 À Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações At.: Sr. Saulo de Tarso Alves de Lara 14/Março/2007 À Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações At.: Sr. Saulo de Tarso Alves de Lara Ref.: Laudo de Avaliação n٥ 965-2007-7 Prezado Senhor, Pela presente, estamos encaminhando

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA TOTVS BRASIL SALES LTDA. PELA TOTVS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA TOTVS BRASIL SALES LTDA. PELA TOTVS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA TOTVS BRASIL SALES LTDA. PELA TOTVS S.A. Pelo presente instrumento particular, (A) TOTVS S.A., sociedade por ações de capital aberto, com sede na Cidade de São

Leia mais

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DA PELÁGIO OLIVEIRA S/A PELA M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DA PELÁGIO OLIVEIRA S/A PELA M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DA PELÁGIO OLIVEIRA S/A PELA M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS, sociedade anônima constituída e existente

Leia mais

Gemini, Primus e Banco doravante também denominados, em conjunto, como Partes e, individualmente como Parte ;

Gemini, Primus e Banco doravante também denominados, em conjunto, como Partes e, individualmente como Parte ; PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DE GEMINI HOLDING S.A. E PRIMUS HOLDING S.A. PELO BANCO INDUSTRIAL E COMERCIAL S.A. Pelo presente instrumento particular: (A) GEMINI HOLDING S.A., sociedade por

Leia mais

CNPJ 47.902.648/0001-17. CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2015 (Em R$ Mil)

CNPJ 47.902.648/0001-17. CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2015 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2015 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 1.829 Fornecedores 58.422 Contas a Receber 238.880

Leia mais

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes:

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes: PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE CISÃO PARCIAL DESPROPORCIONAL DA LF TEL S.A., E INCORPORAÇÃO DO ACERVO CINDIDO PELA DRONTEN RJ PARTICIPAÇÕES S.A. CELEBRADO EM 5 DE MAIO DE 2014 Pelo presente instrumento particular

Leia mais

INEPAR S.A. INDÚSTRIA E CONSTRUÇÕES LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL

INEPAR S.A. INDÚSTRIA E CONSTRUÇÕES LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL INEPAR S.A. INDÚSTRIA E CONSTRUÇÕES LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL Data base 30/06/2011 Resumo Joinville (SC), 05 de setembro de 2011. Aos Diretores e Acionistas INEPAR S.A. INDÚSTRIA

Leia mais

SALÁRIOS 5.316,00 ENCARGOS SOCIAIS 4.477,37 OBRIGAÇÕES FISCAIS 1.866,12 IMPOSTOS 1.368,44 CONTRIBUIÇÕES 497,68

SALÁRIOS 5.316,00 ENCARGOS SOCIAIS 4.477,37 OBRIGAÇÕES FISCAIS 1.866,12 IMPOSTOS 1.368,44 CONTRIBUIÇÕES 497,68 Balanço Financeiro 1º semestre 2008 Balanço Patrimonial Demonstrações Contábeis Balanço Exercício encerrado em 31 de Julho de 2008 (Em Reais) ATIVO ATIVO 358.372,70 ATIVO CIRCULANTE 337.721,17 DISPONÍVEL

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOGISPAR LOGÍSTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOGISPAR LOGÍSTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOGISPAR LOGÍSTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. Que celebram: ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A., companhia aberta, com sede na

Leia mais

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E JUSTIFICAÇÃO

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E JUSTIFICAÇÃO 1 PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E JUSTIFICAÇÃO O presente protocolo firmado entre: - COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO, sociedade com sede na Capital do Estado de São Paulo, na Av. Brigadeiro Luiz Antonio

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO. b) Com base no Protocolo e no Balanço Geral encerrado em 12/12/2006, AVALIAMOS:

LAUDO DE AVALIAÇÃO. b) Com base no Protocolo e no Balanço Geral encerrado em 12/12/2006, AVALIAMOS: 1 CONSULT CONSULTORIA EMPRESARIAL, pessoa jurídica de direito privado, com sede e foro em Curitiba, PR, na Rua Mateus Leme, 2004, 1º andar, inscrita no CNPJ (MF) sob nº. 77.371.854/0001-09 e no CRC/PR

Leia mais

DR - Empresa de Distribuição e Recepção de TV Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de

DR - Empresa de Distribuição e Recepção de TV Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo

Leia mais

Que entre si celebram

Que entre si celebram PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO PARA CISÃO PARCIAL DA ODEBRECHT TRANSPORT PARTICIPAÇÕES S.A. SEGUIDA DE INCORPORAÇÕES REVERSAS DAS PARCELAS CINDIDAS PELA EMBRAPORT EMPRESA BRASILEIRA DE TERMINAIS PORTUÁRIOS S.A.,

Leia mais

4 Fatos Contábeis que Afetam a Situação Líquida: Receitas, Custos, Despesas, Encargos, Perdas e Provisões, 66

4 Fatos Contábeis que Afetam a Situação Líquida: Receitas, Custos, Despesas, Encargos, Perdas e Provisões, 66 Apresentação Parte I - CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE CONTABILIDADE, 1 1 Introdução ao Estudo da Ciência Contábil, 3 1 Conceito, 3 2 Objeto, 3 3 Finalidade, 4 4 Técnicas contábeis, 4 5 Campo de aplicação, 5

Leia mais

DATA BASE: 31 de janeiro de 2004

DATA BASE: 31 de janeiro de 2004 LAUDO: RJ-036/04 DATA BASE: 31 de janeiro de 2004 SOLICITANTE: ALL - AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A., sociedade anônima, com sede à Rua Emílio Bertolini, nº 100, Cajuru, Curitiba, Paraná, inscrita no CNPJ

Leia mais

Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada IMPA-OS

Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada IMPA-OS Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada IMPA-OS Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2003 e Parecer dos Auditores Independentes Parecer dos Auditores Independentes 29 de janeiro

Leia mais

1. a. Preencha os balancetes: 1.01.x1: Formação do Capital, com $ 400 em dinheiro e uma perua no valor de $ 200

1. a. Preencha os balancetes: 1.01.x1: Formação do Capital, com $ 400 em dinheiro e uma perua no valor de $ 200 EXERCÍCIOS EXTRAS 1. a. Preencha os balancetes: 1.01.x1: Formação do Capital, com $ 400 em dinheiro e uma perua no valor de $ 200 S.DEVEDORES (APLICAÇÕES)............ S.CREDORES (ORIGENS)...... t o t a

Leia mais

ANEXO 16 Protocolo de Justificação da Incorporação da Localiza Cuiabá

ANEXO 16 Protocolo de Justificação da Incorporação da Localiza Cuiabá ANEXO 16 Protocolo de Justificação da Incorporação da Localiza Cuiabá PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOCALIZA CUIABÁ ALUGUEL DE CARROS LTDA. PELA LOCALIZA RENT A CAR S.A. (a) LOCALIZA RENT

Leia mais

Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. - ENERSUL Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil 31 de dezembro de 2004

Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. - ENERSUL Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil 31 de dezembro de 2004 Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. - ENERSUL Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil 31 de dezembro de 2004 Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil Empresa Energética de

Leia mais

5 Análise do Balanço Patrimonial

5 Análise do Balanço Patrimonial 5 Análise do Balanço Patrimonial Essa análise tem por finalidade confrontar os dados e valores que constituem o Balanço Patrimonial correspondente ao exercício de 2002, com os do mesmo período de 2001,

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

SIDERÚRGICA J. L. ALIPERTI S/A. INSTRUÇÃO CVM Nº 481 Anexo 9-1-II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO

SIDERÚRGICA J. L. ALIPERTI S/A. INSTRUÇÃO CVM Nº 481 Anexo 9-1-II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO SIDERÚRGICA J. L. ALIPERTI S/A INSTRUÇÃO CVM Nº 481 Anexo 9-1-II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO 1 Informar o lucro líquido do exercício - O montante do lucro líquido do exercício é de R$ 8.511.185,59 (oito

Leia mais

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas,

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas, INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DO BANCO ABN AMRO REAL S.A. PELO BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. (NOVA DENOMINAÇÃO SOCIAL DO BANCO SANTANDER S.A., EM FASE DE HOMOLOGAÇÃO

Leia mais

Graficamente, o Balanço Patrimonial se apresenta assim: ATIVO. - Realizável a Longo prazo - Investimento - Imobilizado - Intangível

Graficamente, o Balanço Patrimonial se apresenta assim: ATIVO. - Realizável a Longo prazo - Investimento - Imobilizado - Intangível CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL AULA 03: ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS TÓPICO 02: BALANÇO PATRIMONIAL. É a apresentação padronizada dos saldos de todas as contas patrimoniais, ou seja, as que representam

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO CYRELA COMERCIAL PROPERTIES INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.,

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO CYRELA COMERCIAL PROPERTIES INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A., PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA CYRELA COMERCIAL PROPERTIES INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. PELA CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES Pelo presente instrumento

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 12.1. Introdução O artigo 176 da Lei nº 6.404/1976 estabelece que, ao fim de cada exercício social, a diretoria da empresa deve elaborar, com base na escrituração mercantil, as

Leia mais

Conta Descrição (em R$ mil) 31/03/2011 31/12/2010. 1 Ativo Total 13.623.774 13.422.948. 1.01 Ativo Circulante 1.403.533 1.180.328

Conta Descrição (em R$ mil) 31/03/2011 31/12/2010. 1 Ativo Total 13.623.774 13.422.948. 1.01 Ativo Circulante 1.403.533 1.180.328 Conta Descrição (em R$ mil) /0/0 //00 Ativo Total.6.77..98.0 Ativo Circulante.0.5.80.8.0.0 Caixa e Equivalentes de Caixa 69.7 8.657.0.0.0 Bens Numerários.0 05.0.0.0 Depósitos Bancários.07.57.0.0.0 Aplicações

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA DIREÇÃO PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA. PELA LINX SISTEMAS E CONSULTORIA LTDA.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA DIREÇÃO PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA. PELA LINX SISTEMAS E CONSULTORIA LTDA. LINX S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ: 06.948.969/0001-75 NIRE: 35.300.316.584 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA DIREÇÃO PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA. PELA LINX SISTEMAS E CONSULTORIA

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO DE PATRIMÔNIO LÍQUIDO A MERCADO

LAUDO DE AVALIAÇÃO DE PATRIMÔNIO LÍQUIDO A MERCADO LAUDO DE AVALIAÇÃO DE PATRIMÔNIO LÍQUIDO A MERCADO A ACAL CONSULTORIA E AUDITORIA S/S, empresa especializada em avaliações, com escritório na Avenida Paulista 2300, andar Pilotis conj. 60, São Paulo SP,

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 1 CONTEXTO OPERACIONAL A Companhia de Integração Portuária do Ceará CEARAPORTOS, Sociedade de Economia Mista do Estado do Ceará, criada por meio do Decreto

Leia mais

1-DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS BÁSICOS 1.1 OBJETIVO E CONTEÚDO

1-DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS BÁSICOS 1.1 OBJETIVO E CONTEÚDO 2 -DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS BÁSICOS. OBJETIVO E CONTEÚDO Os objetivos da Análise das Demonstrações Contábeis podem ser variados. Cada grupo de usuários pode ter objetivos específicos para analisar as Demonstrações

Leia mais

Balanço Patrimonial. Art. 105. O Balanço Patrimonial demonstrará: I o Ativo Financeiro

Balanço Patrimonial. Art. 105. O Balanço Patrimonial demonstrará: I o Ativo Financeiro Segundo o MCASP, o é a demonstração contábil que evidencia, qualitativa e quantitativamente, a situação patrimonial da entidade pública, por meio de contas representativas do patrimônio público, além das

Leia mais

Embratel Participações S.A.

Embratel Participações S.A. Embratel Participações S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido e acervos líquidos formados por determinados ativos e passivos apurados por meio dos livros contábeis Em 30 de setembro de 2014 Índice

Leia mais

ABCD. Banco Nossa Caixa S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil

ABCD. Banco Nossa Caixa S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil ABCD Banco Nossa Caixa S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil ABCD KPMG Auditores Independentes R. Dr. Renato Paes de Barros, 33 04530-904 - São Paulo, SP - Brasil Caixa Postal 2467 01060-970

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96 SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. ( Lojas Americanas ) e SUBMARINO

Leia mais

Esc 90 Telecomunicações Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Junho de 2010 para fins de incorporação

Esc 90 Telecomunicações Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Junho de 2010 para fins de incorporação Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Junho de 2010 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo sob

Leia mais

Cemig Geração e Transmissão S.A. CNPJ 06.981.176/0001-58 NIRE 31300020550

Cemig Geração e Transmissão S.A. CNPJ 06.981.176/0001-58 NIRE 31300020550 Cemig Geração e Transmissão S.A. CNPJ 06.981.176/0001-58 NIRE 31300020550 ASSEMBLEIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA TERCEIRA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA,

Leia mais

DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A.

DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DE CYTOLAB LABORATÓRIO DE ANATOMIA PATOLÓGICA, CITOLOGIA DIAGNÓSTICA E ANÁLISES CLÍNICAS LTDA POR DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A. Pelo presente instrumento particular,

Leia mais

A companhia permanece com o objetivo de investir seus recursos na participação do capital de outras sociedades.

A companhia permanece com o objetivo de investir seus recursos na participação do capital de outras sociedades. RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Apresentamos as Demonstrações Financeiras da Mehir Holdings S.A. referente ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2004 e as respectivas Notas

Leia mais

BRASKEM S.A. POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. FATO RELEVANTE

BRASKEM S.A. POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. FATO RELEVANTE BRASKEM S.A. POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. FATO RELEVANTE BRASKEM S.A. ( Braskem ) e POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. ( Polialden ), em atendimento ao disposto nas Instruções CVM nºs 319/99 e 358/02, vêm informar

Leia mais

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PÁGINA: 1 BALANÇO PATRIMONIAL CONSOLIDADO - 2005 ANEXO 14 ATIVO ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL 450.323.096,72 CAIXA 47.294,31 BANCOS CONTA MOVIMENTO 210.194.091,20

Leia mais

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS.

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. I. BALANÇO ATIVO 111 Clientes: duplicatas a receber provenientes das vendas a prazo da empresa no curso de suas operações

Leia mais

Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, os administradores das sociedades abaixo nomeadas e qualificadas:

Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, os administradores das sociedades abaixo nomeadas e qualificadas: PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA ANDRADINA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. PELA CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES Pelo presente instrumento particular, e na

Leia mais

O presente instrumento particular é firmado pelos Diretores das sociedades abaixo:

O presente instrumento particular é firmado pelos Diretores das sociedades abaixo: PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA S.R.J.S.P.E. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA.; CARE PLUS DENTAL LTDA.; e BIODENT ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA S.A. PELA ODONTOPREV S.A. O presente instrumento

Leia mais

ODONTOPREV S.A. Companhia Aberta. N.I.R.E.: 35.300.339.436 C.N.P.J./M.F. n. : 04.821.041/0001-08 FATO RELEVANTE

ODONTOPREV S.A. Companhia Aberta. N.I.R.E.: 35.300.339.436 C.N.P.J./M.F. n. : 04.821.041/0001-08 FATO RELEVANTE ODONTOPREV S.A. Companhia Aberta N.I.R.E.: 35.300.339.436 C.N.P.J./M.F. n. : 04.821.041/0001-08 FATO RELEVANTE A Odontoprev S.A. ( Companhia ), em cumprimento ao disposto nas Instruções CVM n os. 319/99

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. FIBRIA CELULOSE S.A. (nova denominação social de Votorantim Celulose

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO. Aracaju - SE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO A T I V O CIRCULANTE 160.805.445 138.417.

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO. Aracaju - SE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO A T I V O CIRCULANTE 160.805.445 138.417. BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO A T I V O 2008 2007 CIRCULANTE 160.805.445 138.417.550 DISPONIBILIDADES 19.838.758 6.355.931 Caixa e bancos 2.931.388 3.021.874 Aplicações de liquidez imediata 16.907.370

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 2. APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 2. APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 1. CONTEXTO OPERACIONAL O, criado pelo Decreto-Lei nº 9.295/46 publicado no Diário Oficial da União em 28/05/1946, com alterações

Leia mais

Light Serviços de Eletricidade S.A. Demonstrações contábeis regulatórias referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2013

Light Serviços de Eletricidade S.A. Demonstrações contábeis regulatórias referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2013 Light Serviços de Eletricidade S.A. Demonstrações contábeis regulatórias referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2013 Balanços Patrimoniais Regulatório e Societário Nota Societário Ajustes CPCs

Leia mais

CETIP - Câmara de Custódia e Liquidação. Laudo de avaliação. Em 31 de março de 2008

CETIP - Câmara de Custódia e Liquidação. Laudo de avaliação. Em 31 de março de 2008 CETIP - Câmara de Custódia e Liquidação Laudo de avaliação Em 31 de março de 2008 KPMG Auditores Independentes Av. Almirante Barroso, 52-4º 20031-000 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil Caixa Postal 2888 20001-970

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL SIMPLIFICADA PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL SIMPLIFICADA PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL SIMPLIFICADA PARA MICROEMPRESA E EMPRESA DE PEQUENO PORTE ORIENTAÇÕES RECEBIDAS DO FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE,

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

GP Andaimes Sul Locadora Ltda.

GP Andaimes Sul Locadora Ltda. GP Andaimes Sul Locadora Ltda. Laudo de avaliação Patrimônio Líquido Contábil na data base de 31 de maio de 2011 para fins de incorporação de seu acervo líquido pela Mills Estruturas e Serviços de Engenharia

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MOENA PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. Que entre si celebram

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MOENA PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. Que entre si celebram PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MOENA PARTICIPAÇÕES S.A. PELA ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. Que entre si celebram ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A., sociedade anônima com sede na Cidade do

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL CINAL PELA BRASKEM S.A. Que entre si celebram

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL CINAL PELA BRASKEM S.A. Que entre si celebram PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL CINAL PELA BRASKEM S.A. Que entre si celebram COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL - CINAL, sociedade por ações de capital fechado,

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

TEORIA DA CONTABILIDADE 2010

TEORIA DA CONTABILIDADE 2010 DFC DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA ( Exercícios ) 1. INTRODUÇÃO A Demonstração de Fluxos de Caixa, de acordo com a lei 11.638/2007, passou a ser obrigatória para as companhias abertas, companhias de

Leia mais

AGENTE E ESCRIVÃO DA POLÍCIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Data: 07/12/2008

AGENTE E ESCRIVÃO DA POLÍCIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Data: 07/12/2008 Alterações da Lei 6404/76 Lei 11638 de 28 de dezembro de 2007 Lei 11638/07 que altera a Lei 6404/76 Art. 1o Os arts. 176 a 179, 181 a 184, 187, 188, 197, 199, 226 e 248 da Lei no 6.404, de 15 de dezembro

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA INCORPORAÇÃO DA UNIPAR RESINAS S.A. PELA UNIPAR UNIÃO DE INDÚSTRIAS PETROQUÍMICAS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA INCORPORAÇÃO DA UNIPAR RESINAS S.A. PELA UNIPAR UNIÃO DE INDÚSTRIAS PETROQUÍMICAS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA INCORPORAÇÃO DA UNIPAR RESINAS S.A. PELA UNIPAR UNIÃO DE INDÚSTRIAS PETROQUÍMICAS S.A. Reunidos, neste ato, os representantes da administração das seguintes sociedades: UNIPAR

Leia mais

Embratel Participações S.A.

Embratel Participações S.A. Embratel Participações S.A. Laudo de avaliação de acervo líquido formado por determinados ativos e passivos apurados por meio dos livros contábeis para efeito de cisão Em 30 de setembro de 2014 Índice

Leia mais

CURSO DE CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA

CURSO DE CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA www.editoraferreira.com.br CURSO DE CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA Professor Humberto Fernandes de Lucena 6.1. Balanço Patrimonial Desde o início de nosso curso, vimos tratando sobre Balanço Patrimonial apenas

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2004 E DE 2003

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2004 E DE 2003 1 - CONTEXTO OPERACIONAL A Sociedade tem como objetivo principal a prestação de serviços de segurança e vigilância de estabelecimentos industriais, comerciais, bancários e residenciais, tecnologia de segurança,

Leia mais

e) 50.000.000,00. a) 66.000.000,00. c) 0,00 (zero).

e) 50.000.000,00. a) 66.000.000,00. c) 0,00 (zero). 1. (SEFAZ-PI-2015) Uma empresa, sociedade de capital aberto, apurou lucro líquido de R$ 80.000.000,00 referente ao ano de 2013 e a seguinte distribuição foi realizada no final daquele ano: valor correspondente

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SECIONAL DE SÃO PAULO DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SECIONAL DE SÃO PAULO DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SECIONAL DE SÃO PAULO DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008 E DE 2007 ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - SECIONAL DE SÃO PAULO DEMONSTRAÇÕES

Leia mais

UNISERCON. Contabilidade UNIÃO DE SERVIÇOS CONTABEIS

UNISERCON. Contabilidade UNIÃO DE SERVIÇOS CONTABEIS UNISERCON UNIÃO DE SERVIÇOS CONTABEIS CRC/RS3101 BALANÇO PATRIMONIAL ANALÍTICO EXERCÍCIO DE 2011 ooo - xxxxxxx- xxxxxx xx xxxxx xxxx (oo.ooo.oo/oooi-oo) CONTA Folha 1 SALDO 1 1. 1 1. 1. 01 1. 1. 01. 01

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA OHL BRASIL PARTICIPAÇÕES EM INFRA-ESTRUTURA LTDA. POR OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA OHL BRASIL PARTICIPAÇÕES EM INFRA-ESTRUTURA LTDA. POR OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA OHL BRASIL PARTICIPAÇÕES EM INFRA-ESTRUTURA LTDA. POR OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. Por este instrumento, OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A., companhia aberta

Leia mais

Data-Base - 31/03/1999 01763-9 TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. 02.558.115/0001-21

Data-Base - 31/03/1999 01763-9 TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. 02.558.115/0001-21 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/3/1999 Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA,

Leia mais

DILLON S.A. DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS. CNPJ -33.851.064/0001-55

DILLON S.A. DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS. CNPJ -33.851.064/0001-55 DILLON S.A. DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS. BALANÇO PATRIMONIAL FINDO EM 31/12/2011 E 2010 EM R$ Mil A T I V O 31/12/2011 31/12/2010 ATIVO CIRCULANTE 2.888 3.606 DISPONIBILIDADE 1.105 1.213

Leia mais

ABCD. Espírito Santo Centrais Elétricas - Escelsa. Laudo de avaliação

ABCD. Espírito Santo Centrais Elétricas - Escelsa. Laudo de avaliação ABCD Espírito Santo Centrais Elétricas - Escelsa Laudo de avaliação LAUDO DE AVALIAÇÃO KPMG Auditores Independentes, empresa especializada com escritório à Av. Almirante Barroso, 52-4º andar, Rio de Janeiro,

Leia mais

COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta

COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta COSAN LOGISTICA S.A. CNPJ/MF 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 Companhia Aberta FATO RELEVANTE A COSAN

Leia mais

Banrisul Armazéns Gerais S.A.

Banrisul Armazéns Gerais S.A. Balanços patrimoniais 1 de dezembro de 2012 e 2011 Nota Nota explicativa 1/12/12 1/12/11 explicativa 1/12/12 1/12/11 Ativo Passivo Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 4 17.891 18.884 Contas

Leia mais

Logística Prof. Kleber dos Santos Ribeiro. Contabilidade. História. Contabilidade e Balanço Patrimonial

Logística Prof. Kleber dos Santos Ribeiro. Contabilidade. História. Contabilidade e Balanço Patrimonial Logística Prof. Kleber dos Santos Ribeiro Contabilidade e Balanço Patrimonial Contabilidade É a ciência teórica e prática que estuda os métodos de cálculo e registro da movimentação financeira e patrimônio

Leia mais

Celebrado em [---] de junho de 2008

Celebrado em [---] de junho de 2008 Instrumento de Justificação e Protocolo de Incorporação da Softway Contact Center Serviços de Teleatendimento a Clientes S.A. pela Tivit Atendimentos Telefônicos S.A. Celebrado em [---] de junho de 2008

Leia mais

GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006 e de 2005 e parecer dos auditores independentes

GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006 e de 2005 e parecer dos auditores independentes GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006 e de 2005 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes Aos Administradores

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

BREVE INTRODUÇÃO AOS CONCEITOS CONTÁBEIS E DE ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES

BREVE INTRODUÇÃO AOS CONCEITOS CONTÁBEIS E DE ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES BREVE INTRODUÇÃO AOS CONCEITOS CONTÁBEIS E DE ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES BALANÇO PATRIMONIAL: é a representação quantitativa do patrimônio de uma entidade. REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DO BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO

Leia mais

MODELO DE PLANO DE CONTAS

MODELO DE PLANO DE CONTAS 26 MODELO DE PLANO DE CONTAS SINTÉTICA ANALÍTICA TÍTULO 1 ATIVO 1.1 CIRCULANTE 1.1.1 DISPONÍVEL 1.1.1.1 Caixa 1.1.1.2 Bancos Conta Movimento 1.1.1.3 Aplicações de Liquidez Imediata 1.1.2 CRÉDITOS DE VENDAS

Leia mais

Conta Descrição 30/06/2012 31/12/2011. 1 Ativo Total 13.041.716 13.025.168. 1.01 Ativo Circulante 955.080 893.603

Conta Descrição 30/06/2012 31/12/2011. 1 Ativo Total 13.041.716 13.025.168. 1.01 Ativo Circulante 955.080 893.603 Conta Descrição 0/06/0 //0 Ativo Total.0.76.05.68.0 Ativo Circulante 955.080 89.60.0.0 Caixa e Equivalentes de Caixa 5.8 7.9.0.0.0 Bens Numerários.0.0.0 Depósitos Bancários.69 6..0.0.0 Aplicações Financeiras.9.5.0.0

Leia mais

Anexo 14 - BALANÇO PATRIMONIAL

Anexo 14 - BALANÇO PATRIMONIAL Página 1 de 3 CIRCULANTE 17.957.906,23 13.781.064,25 CIRCULANTE 2.918.670,71 3.459.718,41 Caixa e Equivalentes de Caixa 11.326.508,18 CRÉDITOS A CURTO PRAZO Clientes Crédito Tributário a Receber Dívida

Leia mais

Prova de Conhecimentos Específicos

Prova de Conhecimentos Específicos Prova de Conhecimentos Específicos Saldos para o Balancete de Verificação em 30/11/98 CONTA SALDO ($) Capital Social 10.000 Financiamentos imobiliários (curto prazo) 2.700 Caixa 250 Fornecedores (curto

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL REGIONAL JARAGUAENSE - FERJ BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE Valores expressos em Reais. ATIVO Notas 2010 2009

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL REGIONAL JARAGUAENSE - FERJ BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE Valores expressos em Reais. ATIVO Notas 2010 2009 BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE ATIVO Notas 2010 2009 CIRCULANTE Caixa e bancos 422.947 20.723 Contas a receber 4 698.224 903.098 Outras contas a receber 5 3.304.465 121.908 Estoques 14.070

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01991-7 IGARATINGA PARTICIPAÇÕES S.A. 06.977.739/0001-34 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01991-7 IGARATINGA PARTICIPAÇÕES S.A. 06.977.739/0001-34 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/6/25 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

DATA BASE: 30 de novembro de 2004

DATA BASE: 30 de novembro de 2004 LAUDO RJ-258/04 DATA BASE: 30 de novembro de 2004 SOLICITANTE: TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S/A, com sede a Rua Humberto de Campos, 425 / 7º andar, Cidade do Rio de Janeiro, Estado de RJ, inscrito no

Leia mais

Raízen Combustíveis S.A.

Raízen Combustíveis S.A. Balanço patrimonial consolidado e condensado (Em milhares de reais, exceto quando indicado de outra forma) Ativo 30.06.2014 31.03.2014 Passivo 30.06.2014 31.03.2014 Circulante Circulante Caixa e equivalentes

Leia mais

ANEND AUDITORES INDEPENDENTES S/C

ANEND AUDITORES INDEPENDENTES S/C A DD. DIRETORIA DO SOLIDÁRIA - CRESOL BASER Rua Nossa Senhora da Glória, 52ª - Cango Francisco Beltão - PR CNPJ: 01.401.771/0001-53 Balanço Patrimonial e Demonstração de Sobras ou Perdas consolidadas do

Leia mais

HOLDCO PARTICIPAÇÕES LTDA. Laudo de Avaliação de Patrimônio Líquido Valor Contábil

HOLDCO PARTICIPAÇÕES LTDA. Laudo de Avaliação de Patrimônio Líquido Valor Contábil Laudo de Avaliação de Patrimônio Líquido Valor Contábil Data de Emissão: 10 de Dezembro de 2009 2 LAUDO DE AVALIAÇÃO DE PATRIMÔNIO LÍQUIDO A ACAL CONSULTORIA E AUDITORIA S/S, empresa especializada em avaliações,

Leia mais