ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES.. Prof. Francisco Tesifom Munhoz 1 VIRTUALIZAÇÃO PCS REAIS E VIRTUAIS 3 2 SOFTWARE DE VIRTUALIZAÇÃO 6

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES.. Prof. Francisco Tesifom Munhoz 1 VIRTUALIZAÇÃO PCS REAIS E VIRTUAIS 3 2 SOFTWARE DE VIRTUALIZAÇÃO 6"

Transcrição

1 FRANCISCO TESIFOM MUNHOZ 2007

2 Índice 1 VIRTUALIZAÇÃO PCS REAIS E VIRTUAIS PAPEL DO HOSPEDEIRO E DO CONVIDADO CONHECENDO AS LIMITAÇÕES FUNCIONAMENTO USO DA MÁQUINA VIRTUAL 5 2 SOFTWARE DE VIRTUALIZAÇÃO CLASSIFICAÇÃO DA VIRTUALIZAÇÃO NO PC SERVIDORES DE MÁQUINAS VIRTUAIS MÁQUINAS VIRTUAIS PARA WORKSTATIONS VIRTUAL PLAYERS EMULADORES E APIS NA PRÁTICA: MICROSOFT VIRTUAL PC Acessando a Web na máquina virtual Iniciando a instalação do S.O. 8 3 TUTORIAL DO VMWARE 10 4 REFERÊNCIAS 20 5 ATIVIDADES 21 2

3 1 Virtualização PCs reais e Virtuais Em uma definição livre, virtualização é o processo de executar vários sistemas operacionais em um único equipamento. Uma máquina virtual é um ambiente operacional completo que se comporta como se fosse um computador independente. Com a virtualização, um servidor pode manter vários sistemas operacionais em uso. Ampliando esse conceito, é importante aprofundar o entendimento de como os ambientes computacionais são independentes um dos outros. Além do hardware do servidor que hospeda os sistemas virtualizados, esses ambientes virtuais não têm nada mais em comum. Não existe interdependência entre os sistemas virtuais nem regras que ditem qual sistema você pode usar em um ambiente virtual, à parte a compatibilidade do software de máquinas virtuais. Normalmente, se você pode instalar um sistema operacional em um hardware "real", poderá instalá-lo em uma máquina virtual. Seu servidor pode hospedar vários sistemas operacionais, sejam eles iguais, similares ou completamente diferentes. Os sistemas operacionais virtualizados são independentes entre si. Capitalizar as vantagens da criação de ambientes computacionais virtuais não é difícil. Não é preciso que o administrador tenha um hardware particular pronto para virtualização, porque quase todo equipamento é capaz de hospedar uma máquina virtual. Para fazer isso, você precisa apenas de um software especial desenvolvido para igualar ou superar o ambiente físico. Essencialmente, o software simula o hardware, de forma que o sistema operacional é instalado sobre esse software. Existem diversos pacotes de software para máquinas virtuais, porém o mais popular é indiscutivelmente o VMware. Quando comentamos a relação entre os sistemas virtuais e o hardware físico, usamos os termos encontrados na documentação do VMware Papel do hospedeiro e do convidado Em um ambiente computacional virtual, existem dois componentes principais: o hospedeiro e o convidado. O hospedeiro é o sistema operacional executado diretamente sobre o hardware físico ou servidor. Esse hospedeiro é o sistema operacional que você instala inicialmente sobre o servidor. O sistema operacional convidado, no entanto, não é tão restrito. O sistema operacional convidado é o ambiente computacional virtual que é executado sobre o sistema operacional hospedeiro como uma máquina virtual. Ao contrário dos sistemas hospedeiros mais tradicionais, é possível manter simultaneamente vários sistemas convidados Conhecendo as limitações Apesar de você ver e tocar apenas um servidor físico, com a virtualização você não fica restrito a apenas um sistema operacional, um conjunto de aplicações ou um nome de servidor. Porém, existe um limite para o número de máquinas virtuais que podem ser instaladas em um servidor. Você pode compartilhar um conjunto de recursos apenas até que eles se esgotem ou que as partes não ofereçam capacidade suficiente. A única restrição para o número de máquinas virtuais é definida pelos limites de memória, espaço em disco e poder de processamento da CPU oferecidos a elas. Qualquer computador que espera hospedar uma ou mais máquinas virtuais deve possuir recursos não apenas para o hospedeiro como também para acomodar os sistemas convidados. Se seu servidor não tem grande volume de espaço em disco, você não poderá oferecer aos sistemas operacionais convidados recursos de armazenamento adequados. Se seu computador hospedeiro não apresenta memória ou poder de processamento suficientes, o sistema operacional convidada sofrerá baixo desempenho. 3

4 Com a afirmação no mercado dos processadores com dois ou mais núcleos, aumentam as possibilidades de explorar melhor este hardware tão poderoso antes presente só em servidores, afinal, para que ter um dual core se vamos apenas usar o Word ou acessar a Internet? Um recurso bastante interessante e que se beneficia das configurações de hardwares poderosas que temos disponíveis hoje é a virtualização, ou seja, a possibilidade de criar computadores virtuais dentro de um computador "real". A virtualização não é novidade no PC SOHO. Desde que o Linux começou a se popularizar, uma aplicação desde tipo acompanhou seu desenvolvimento: o VMware é o mais famoso software de máquinas virtuais da atualidade e por algum tempo foi praticamente o único nos PCs. Mas acompanhando a popularização do Linux vieram os processadores cada vez mais poderosos, começando com o Pentium 4 com tecnologia HT e chegando aos dual core como o Athlon 64 X2, Pentium D e os moderníssimos Core 2 Duo. Um melhor aproveitamento destas plataformas permitiu que outros softwares do gênero e até soluções de hardware surgissem não só nos servidores mas também para estações de trabalho. 1.2 Funcionamento O grande segredo de uma boa virtualização está na ligação entre o hardware real da máquina e o hardware virtual, e quando falamos de ligação entre hardware e software no PC, estamos falando de BIOS, "a alma do PC". É o BIOS que diferencia o hardware de um "IBM PC compatible" de outros computadores, isso porque à nível de hardware, todos os computadores seguem (mais ou menos) a mesma filosofia, seja ele um PC, um Macintosh, um Haldheld, um videogame e até mesmo um celular; tudo se baseia em um processador central e mais cinco sistemas de suporte à este: memória ROM, memória RAM, I/O, Clock e fonte de alimentação. Veja o diagrama: Diagrama genérico de um sistema micro processado. Em uma descrição rápida: CPU ou processador é quem processa os dados e realiza os cálculos digitais; ROM é onde está o boot, ou seja, o "pontapé" inicial do sistema e o firmware que dará as características fundamentas do sistema; RAM é onde os softwares, dados fixos e variáveis que o processador está usando no momento ficam armazenados e podem ser modificados; 4

5 Clock é uma referência de tempo, um relógio que dá ritmo e sincronismo às operações do sistema; I/O são as entradas e saídas de dados. É por onde o processador se comunica com o "resto do mundo"; Fonte de alimentação é quem fornece energia elétrica para os diversos blocos que compõem o sistema. Na máquina virtual, o hardware já está presente, já que usaremos o hardware real do PC e os recursos que ele disponibiliza. Porém, precisaremos de um BIOS capaz de interpretar o hardware que será acessível pelo S.O. virtualizado e interligá-lo ao hardware real. É isso que o software de virtualização faz, cria um ambiente isolado e com seu próprio BIOS nos formatos de um BIOS de PC, que vai permitir instalar outro sistema operacional. Veja o diagrama em camadas abaixo: Camadas de um sistema "simplificado" com virtualização. Claro que esta é só uma das formas de se fazer a coisa que pode variar muito dependendo da plataforma e até do criador do software. Já a algum tempo os fabricantes de processadores vem introduzindo recursos, subsistemas e comandos adicionais nestes componentes, de forma a melhorar a capacidade de virtualização nos computadores, tanto de uso geral quanto de aplicações específicas como servidores. 1.3 Uso da máquina Virtual Podemos imaginar o uso de máquinas virtuais em várias situações comuns: Programadores em JAVA, C++, desenvolvedores Web, ou qualquer outra arquitetura que exija testes em várias plataformas; Técnicos que precisam conhecer e estudar novos sistemas operacionais; Testes de softwares que podem ser potencialmente perigosos para nosso computador; Testar a eficácia de uma ferramenta de remoção, infectando previamente um sistema com um vírus; Testes de softwares de redes e de comunicação entre vários sistemas diferentes; 5

6 As possibilidades são muitas, imagine ter um PC que "roda" Windows 98, Windows XP, Windows Vista, diversas distribuições Linux, OpenBSD e outros S.O., sem que necessariamente você precise reiniciar o PC toda vez que quer trocar de S.O. 2 Software de Virtualização Existem várias versões de softwares de virtualização, para aplicações diferentes e para diferentes sistemas operacionais. Os mais conhecidos são os da família VMware, mas outros produtores estão investindo alto para competir neste mercado em expansão como por exemplo a Microsoft, a Sun e a Apple entre outros. 2.1 Classificação da virtualização no PC Servidores de máquinas virtuais Como exemplos temos o VMware Server e o Microsoft Virtual Server Ambos são sistemas para servidores onde podemos instalar servidores virtuais, capazes de atender a vários usuários. O VMware Server tem versões para Linux e Windows, além de outras plataformas e foi recentemente liberado para download gratuito devido a concorrência do servidor virtual da Microsoft, também gratuito. Mas estes sistemas são complicados de instalar e configurar e requerem hardwares muito poderosos além de softwares adicionais como é o caso do IIS, o servidor Web da Microsoft, que é requisito obrigatório tanto para o VMware quanto para o Microsoft Virtual Server 2005 quando instalados no Windows. Tem como ponto forte o desempenho nas aplicações, mas o desempenho gráfico é fraco, e chega a ser irritante mover o mouse na janela dos S.O. vitual Máquinas virtuais para workstations São mais fáceis de instalar e configurar que os Servers e apesar de mais limitados, permitem criar máquinas virtuais com várias configurações possíveis de memória, tamanho de HD, e alguns hardwares. Tem como pontos fortes o desempenho de aplicações de usuário, com isso tem um desempenho gráfico melhor que as versões Server, porém pode ser complicado testar sistemas servidores devido às limitações de configuração O VMware Virtual Desktop é sem dúvidas o melhor nessa categoria, tanto no Linux quanto no Windows, mas tem a desvantagem de ser pago e um tanto caro se for usado apenas para fazer testes. Outras soluções gratuitas e Open Source estão disponíveis, mas na maioria dos casos são para Linux como é o caso do Xen e o KVM. A Microsoft porém vem fazendo um bom trabalho no Windows com o Microsoft Virtual PC. A versão 2004 SP1 é bastante estável e muito fácil de instalar e configurar, além disso é gratuita e otimizada para instalações Windows, principalmente XP e Win9X, apesar de rodar Linux satisfatoriamente. Instalar o Windows Vista porém pode ser complicado, por isso a Microsoft vem disponibilizando a versão beta do Microsoft Virtual PC 2007 que dá suporte ao Vista e, apesar de não divulgado, permite rodar muito bem algumas distribuições Linux como o Ubuntu o SUSE e o Mandriva Virtual players São softwares de virtualização que praticamente não permitem configuração e também não é possível instalar o S.O. do zero. Temos então que conseguir uma máquina virtual já pronta e o player para usála. Bons exemplos são o VMware Player e o Cygwin, ambos gratuitos Emuladores e APIs Apesar da confusão de alguns, emuladores não são máquinas virtuais, e sim implementações das APIs de outros sistemas operacionais que permitem executar aplicativos deste. O melhor exemplo é o Wine que permite executar até aplicativos como o Office e alguns jogos para Windows no Linux. O Qemu é outro bom exemplo. 6

7 2.1.5 Na prática: Microsoft Virtual PC O Microsoft Virtual PC Ele é totalmente compatível com máquinas virtuais criadas do Microsoft Virtual PC 2004 SP1 e tem a mesma interface. A vantagem da versão 2007 é o suporte nativo ao Windows Vista e um melhor desempenho com o Linux. Pra começar, é necessário ter um hardware adequado ao que você quer fazer. No mínimo ele deve estar acima dos requisitos mínimos dos sistemas operacionais que você quer instalar. Claramente, o ideal é esses requisitos sejam a soma dos necessários para rodar todos os sistemas que você pretende acessar ao mesmo tempo, ou seja, nada de instalar o Windows Vista em uma máquina virtual hospedada em Windows XP, CPU Duron 950, 128 MBytes de RAM e HD de 10 GBytes! Pra começar, seria ideal um Windows XP Professional rodando em um processador Pentium 4 som suporte a HT, um de núcleo duplo seria melhor ainda, com pelo menos 512 MBytes de RAM e HD de 40 GBytes. Isso já e suficiente pra você rodar o Windows XP e o Ubuntu ou Kurumin em máquina virtual, mas não ao mesmo tempo! Já para testar o Windows Vista é recomendado ter pelo menos 1 GBytes de RAM e uma placa de vídeo 3D se pretende abrir o Vista em uma janela do XP. A instalação é um simples processo de "Avançar", "Aceitar a licença", "Avançar", "Avançar",... Tudo bem fácil e sem configurações. Depois de instalar, abra o console de configuração clicando em "Microsoft Virtual PC" dentro do menu "Iniciar" e você terá a tela conforme abaixo: Tela de configuração do MS Virtual PC 2004/2007. Como estamos começando, vamos criar nossa primeira máquina virtual: Clicamos em "New...". Um "Wizard" nos dá todos os passos, é só seguir clicando em "Next >"; Marque "Create a virtual machine" e clique em "Next >"; Dê um nome e uma localização para ela. Se você colocar somente um nome como "XP VM1" ela será salva na pasta "My Virtual Machines" dentro de "Meus documentos". Clique em "Next >"; Agora escolha o sistema operacional que será instalado. Temos na lista várias versões de Windows para estações e servidores além do OS/2. Escolha adequadamente. Se for instalar um Linux, escolha "Other"; Agora escolha a quantidade de RAM. Normalmente o software já escolhe a quantidade mínima ideal para o S.O. escolhido, mas você pode modificar se marcar a opção "Adjusting RAM" e deslizar o controle para o valor que achar adequado. Clique em "Next >"; Agora vamos criar um HD Virtual marcando a opção "A new virtual hard disk" e clicando em "Next >"; 7

8 Deixe a pasta padrão e altere o tamanho conforme você quiser preenchendo em "Virtual hard disk size" com o tamanho em MBytes. Configure Mbytes, aproximadamente 10 GBytes para o XP-VM1 e "Next >"; Confira as configurações e clique em "Finish" para fechar o trabalho. Finalizando a criação da máquina virtual Acessando a Web na máquina virtual Já está tudo pronto para começar a instalação do sistema operacional na máquina virtual, mas caso queira fazer mais ajustes, selecione a máquina virtual no "Console" e clique em "Settings". São poucas opções e fáceis de entender. Se o seu micro tem acesso direto à Internet, seja discado ou banda larga, e você pretende acessar a Web pelo S.O. virtual, faça o seguinte: Vá até o ítem "Networking" e na parte direita selecione em "Adapter 1" a opção "Shared networking (NAT)"; Agora acesse "Conexões de rede" no seu "Painel de controle", clique com o botão direito na sua conexão com a Internet; Clique em "Propriedades" e na guia "Avançado"; Marque a opção "Permitir que outros usuários da rede se conectem pela conexão deste computador à Internet"; Agora clique em "Ok" para fechar as configurações da conexão. Se seu PC estiver em uma rede com acesso à Internet compartilhado, não precisa fazer isso. Deixe a configuração como ela está Iniciando a instalação do S.O. Tudo pronto, agora vamos iniciar a máquina virtual e instalar o novo S.O. coloque o CD-ROM ou DVD do novo S.O. no seu primeiro drive, selecione a nova máquina virtual no console e clique em "Start". Você verá uma tela preta com letrinhas brancas aparecendo da mesma forma que aparecem quando você liga/reinicia seu PC. Caso a instalação do S.O. não inicie, clique no menu "CD" da janela e de pois em "Use Physical Drive". Agora reinicie a máquina virtual clicando em "Action" e depois em "Reset". Também é possível iniciar a 8

9 instalação à partir de uma imagem ISO guardada no HD, para isso, clique em "CD" e em "Capture ISO Image"; localize a imagem ISO e clique em "Abrir". Começamos a instalar o Windows XP na máquina virtual. O restante é com você, não cabe aqui ensinar a instalar cada S.O. porque o procedimento é o mesmo que se usa no normalmente no PC e varia para cada S.O... Aproveito para, antes de fechar, passar alguns atalhos úteis: [Alt Gr] + [Enter] - Muda entre os modos "Janela" e "Full Screen"; [Alt Gr] + clique do mouse - Tira o ponteiro do mouse da janela da máquina virtual. Clique na janela para colocar o ponteiro nela novamente; [Alt Gr] + [Del] - Tem o mesmo efeito que [Ctrl] + [Alt] + [Del] na máquina virtual; [Alt Gr] + [R] - Reinicia a máquina virtual. O mesmo que o botão Reset do PC; [Alt Gr] + [F4] - Desliga a máquina virtual. O mesmo que o botão Power do PC; [Alt Gr] + [I] - Se a máquina virtual tem acesso à Web, baixa e instala complementos que melhoram a performance do S.O. virtual e a interação desde com o S.O. hospedeiro. Só serve para Windows e é altamente recomendado. E aí está! Windows XP (host e parasita), Windows Vista e Ubuntu Linux rodando no meu PC! 9

10 4 sistemas rodando ao mesmo tempo: haja hardware pra isso! Tem muito mais a se experimentar como por exemplo salvar a imagem do HD em um pedrive de forma que possamos transportá-la. A Microsoft também disponibiliza gratuitamente uma imagem do Windows XP (em inglês) já pronta para rodar no Virtual PC. 3 Tutorial do Vmware O programa que gerencia a máquina virtual cria uma camada de software entre o hardware real e o sistema operacional no PC virtual. O sistema operacional na máquina virtual solicita e recebe informações de e para o hardware, e a máquina virtual cuida disso tudo (assim como numa máquina real o conjunto hardware + software da BIOS faz com o sistema operacional "real"). Normalmente o sistema virtual nunca tem acesso real ao seu hardware. A máquina virtual simula um processador, um HD, uma unidade de CD/DVD... O acesso a alguns dispositivos pode ficar um pouco prejudicado, mas visto a grande variedade de recursos que a virtualização pode oferecer, vale a pena. O que fazer com as máquinas virtuais? Você pode rodar mais sistemas ao mesmo tempo, no mesmo computador. Empresas de hospedagem de sites podem se beneficiar disso com os servidores virtuais: dedicam um servidor real para três ou quatro clientes, ou mais até, cada um com um sistema operacional diferente, por exemplo. É possível rodar o Windows dentro do Linux, o Linux dentro do Windows, etc. Fuçadores e geeks podem testar novos sistemas diretamente do ISO, sem precisar nem mesmo gravar um CD. Usuários de Windows podem acessar a Internet apenas por uma máquina virtual, assim evita-se vírus e malwares em geral no PC real. Seus arquivos ficam 10

11 protegidos, pois a máquina virtual não tem acesso às suas pastas. Só ao HD virtual, que não passa de um arquivo no seu HD real. É como se ela ficasse numa "gaiola". No entanto, o VMware cria placas de rede virtuais, que permite que a máquina virtual faça parte da rede. Se você tem um computador só, não tem problema: o seu computador também recebe uma placa virtual, e é conectado a rede virtual com as máquinas virtuais. Expetacular! Você usa a rede normalmente, compartilhando pastas e recursos e acessando os computadores pelo "Meus locais de rede", tradicional "Ambiente de rede" no Windows 9x/NT4. Desenvolvedores de software - como eu - podem testar suas aplicações em diversas plataformas (por exemplo, no Windows XP e no 98), sem precisar manter máquinas separadas para isso, nem mesmo em dual-boot. Criadores de vírus e spywares (porque não?!) podem testar suas pragas em máquinas virtuais, em vez de gastar horas e mais horas em PCs cobaias até ter certeza de que funcionará como o esperado. Deu pau na máquina virtual? Apague o arquivo dela! Pronto. Seu sistema continua funcionando... E você não perde nada. Uma idéia mais prática... Copie a máquina virtual para um CD (geralmente compactada antes), ou para outra pasta do seu HD. Se a máquina virtual pegar vírus ou ficar muito danificada, apague-a, e restaure da cópia - com o sistema já instalado, para não perder tempo. Seria como obter o computador exatamente da forma como ele estava logo ao ser instalado, livre de qualquer problema. Uma verdadeira "restauração do sistema"! Existem diversos softwares que criam máquinas virtuais, emulando PCs, processadores baseados na arquitetura x86. Em outras palavras, simulam desktops, servidores, enfim, os populares "computadores pessoais", "IBM Compatível", etc. O VMware, um software comercial e carinho por sinal, é muito eficiente. E rápido. Na virtualização muitas tarefas são emuladas, e em muitos programas esse processo fica lento demais. Resultado: o sistema operacional na máquina virtual fica com um péssimo desempenho. Muitas vezes inaceitável. Com o VMware, muitas coisas são emuladas também, mas grande parte dos recursos (especialmente os de gerenciamento de memória e processador) são repassados ao hardware real, o que faz com que o sistema virtual não perca tanto o desempenho. Falando em desempenho... Dependendo do sistema que você quer ter no PC virtual, é bom preparar um computador potente em memória e processador, com uns 2 ou 3 GB livres para uso no HD. É recomendável ter 256 MB de memória para testar, 512 ou mais para usar com conforto (embora eu testo e fuço com 160 MB no meu bom, velho e único Pentium II, 266 MHz com Windows XP). Em termos de processador... Qualquer um de cerca de 1 GHz com um bom cache L2 (um Pentium III por exemplo) pode se dar bem. Mas mesmo assim sempre o desempenho da máquina virtual ficará um tanto menor do que seria se o sistema fosse rodado diretamente. É recomendável usar o Windows 2000/XP no computador para rodar o VMware, e na máquina virtual instalar uma versão mais leve, como o Windows 98 ou o próprio O XP roda bem, mas é mais pesado... Aí você deveria ter pelo menos 512 MB de RAM, para deixar 256 para a máquina virtual e 256 para seu PC real. A máquina virtual usa uma parte da memória, como se fosse toda a memória do PC virtual. Ao configurá-la, você determina essa quantidade, que seria basicamente a mesma para rodar o sistema operacional 11

12 escolhido numa máquina real. Para rodar o Windows NT 4.0, por exemplo, 32 MB são aceitáveis (64 é melhor para poder abrir mais programas na máquina virtual). Já para o 98/Me/2000, considere no mínimo 128, e 256 para o XP. Para rodar alguma distribuição de Linux já é bem mais variável, sistemas mais antigos, até 1999, por exemplo, normalmente se dão bem com 64 MB de RAM. Muitos de hoje até agüentam com 128 MB, mas os Linux estão cada vez mais pesados, pense em 256 MB para eles. O nome do programa é VMware (de Virtual Machine Ware). Mas... Muita gente o chama de WMware (com "W"), por uma simples confusão. Não tem problema, os produtores do VMware sacaram logo isso e então eles mantém os dois domínios: e Se você quiser baixar, procure pela versão "Workstation" (a menos que entenda da versão Server). É um programa grandinho, tem pra lá de 60 MB, e pode ser usado sem registro por 30 dias. Ele possui o VMware Player, que é gratuito e serve para executar as máquinas virtuais, mas não permite criá-las nem modificá-las. Você pode instalar a versão de 30 dias, criar sua máquina virtual e guardar uma cópia dela, e então usar o player para rodá-la depois dos 30 dias, pelo tempo que quiser :) Não vamos nos deter muito com as diversas configurações do VMware. Explorando você aprenderá. Irei mostrar os passos iniciais e básicos: como criar a máquina virtual, gerenciá-la, instalar o sistema e darei algumas dicas. Vamos lá... Com o VMware instalado, abra-o. Vá em "Iniciar > Programas > VMware" e escolha "VMware Workstation". Ele demora um pouquinho mesmo... Veja a entrada dele (estou usando a versão 5.0): Na primeira vez, deve-se criar uma máquina virtual e instalar um sistema operacional nela. Assim como você faria num computador real: dê boot pelo CD (ou disquete), configure, formate o HD e instale... Todas as ações de formatação estarão sendo realizadas no HD virtual, que não passa de um arquivo como qualquer outro - não se assuste, portanto, você não irá perder nada. Depois de instalado, basta abrir o arquivo da máquina virtual (de extensão ".vmx"), ou abrir o VMware, escolher 12

13 "Abrir uma máquina virtual existente", e você terá seu sistema virtual dentro de uma janela. Pode, é claro, exibi-lo em tela cheia: a impressão é de que você está diante de um computador real! Enquanto isso os outros programas no seu computador "real" podem ficar abertos, desde que haja memória suficiente. Vamos criar uma máquina virtual. Clique em "New Virtual Machine", na tela de entrada do VMware. Surgirá um assistente, você deve selecionar as opções desejadas (tipo de computador, dispositivos, etc)... E no final sua máquina virtual estará pronta. Ele armazena diversos arquivos numa pasta, então você deve criar uma pasta para cada máquina virtual desejada. Iniciado o Assistente, clique em Next, e então escolha o modo típico: 13

14 Avançando, escolha o sistema que você pretende instalar na máquina virtual, o mais próximo possível. Isso não impõe limites, você pode escolher Linux aqui e instalar qualquer versão de Windows, por exemplo. Escolher o sistema mais próximo do que será instalado faz com que o VMware otimize algumas coisas com base em características especiais desse sistema. Avance e dê um nome para a máquina virtual. Se você pretende criar mais de uma, pode dar o nome do sistema que será instalado, para identificá-la facilmente. Digite ou selecione a pasta para armazenar os arquivos da máquina virtual. Vários arquivos serão criados, então é bom escolher uma pasta vazia ou criar uma nova pasta só para isso. Por exemplo, crie uma em "C:\MeuPCVirtual". 14

15 Ao avançar, vamos aqui usar a opção NAT para a rede. Essa opção trabalha com uma rede virtual, e funciona até mesmo em computadores SEM placa de rede! Você poderá compartilhar arquivos, Internet, impressoras... Como se estivesse numa rede de verdade. Escolha então a opção NAT e avance: Escolha agora o tamanho do disco rígido. Virtual também :). É bom criar algo de 10 GB, 20 ou até mesmo 40. O tamanho da pasta da máquina virtual não ficará prejudicado pelo tamanho que você escolher aqui: é apenas um limite, a capacidade do disco virtual. O VMware vai salvando os dados conforme forem sendo adicionados, então um disco virtual de 40 GB ocupará poucos MB quando vazio. Ao instalar o sistema, copiar arquivos, etc. ele vai "crescendo" até a capacidade máxima. Como 15

16 não será possível aumentar esse tamanho depois, escolha algo agradável ao que você pretende fazer. Depois você poderá adicionar mais discos... Se quiser pode colocar 160 GB, 300 GB, não se preocupe (desde que o sistema que você pretende instalar suporte discos desse tamanho, é claro). E se você escolhesse a opção "Custom" (personalizada) em vez da típica, no início do assistente, poderia optar por simular um HD IDE (ATA/ATAPI) ou SCSI (MESMO se seu computador NÃO possuir controladora SCSI!). Clique então em "Concluir". A máquina virtual estará criada, e poderá ser usada. A partir desse momento, é como se você estivesse diante de um computador novo, com o HD não particionado nem formatado. Você precisa instalar o sistema operacional e então "ligar" a máquina virtual quando quiser! Por padrão, o VMware exibe a máquina virtual dentro de uma janela. Você poderá, quando quiser, exibi-la em tela cheia. A resolução de vídeo da máquina virtual será limitada pela resolução do seu sistema real. Dentro da janela, no entanto, após instalar os drivers da placa de vídeo virtual do VMware, você poderá usar resoluções maiores (aparecerão barras de rolagem na tela). Dica: para alternar entre tela cheia e janela, tecle CTRL + ALT + ENTER. Antes de começar, recomendo alterar uma opção do VMware. O padrão é ele redimensionar a sua resolução para acomodar a da máquina virtual. O melhor normalmente é fazer o contrário, então vá ao menu "Edit > Preferences", e na guia "Display", marque a opção "Resize guest". Só para entender, "host" é o seu PC real, o que roda o VMware, e "guest" é o sistema virtual. Dê OK. E agora vamos instalar o sistema. Insira o CD bootável (ou o disquete) do sistema que você pretende instalar. Ele tentará dar boot pelo disquete, CD e depois pelo HD. Se seu sistema host exibir o conteúdo do CD, cancele ou feche, mas 16

17 deixe o CD na bandeja. Para ligar o computador virtual clique no botão "Power On", ele tem o intuitivo ícone de um botão do tipo "Play". A partir daí, é com você: instale e formate como preferir! A formatação será no HD virtual, não se preocupe com isso. Você não vai perder NADA, nem mesmo alterar o setor de boot do seu HD de verdade. Após instalar, retire o CD ou o disquete de boot, para que o sistema não inicialize pelo disco novamente :) IMPORTANTE: para que o teclado seja usado na máquina virtual, você deve clicar com o mouse uma vez dentro dela. Aí, o que você digitar será enviado para o sistema virtual, e o mouse ficará "preso" na janela da máquina virtual. Para soltar o mouse e retornar o teclado ao seu computador real, tecle CTRL + ALT (CTRL junto com ALT). Toda vez que você for usar o teclado na máquina virtual faça isso, clique dentro da tela do sistema virtual. É bom saber que, ao teclar CTRL + ALT + DEL na máquina virtual, o sistema host poderá responder, pois o Windows sempre interfere ao receber esse comando (e abre o Gerenciador de tarefas ou a janela Segurança do Windows). Por isso, o VMware recomenda teclar CTRL + ALT + INSERT, e ele enviará o CTRL + ALT + DEL para a máquina virtual. Isso pode ser importante para se logar no Windows NT ou nas versões de servidor, onde deve-se teclar essa combinação para poder digitar a senha. Veja o Windows NT 4.0 inicializando, na máquina virtual rodando sob o host Windows XP: Agora olhe ele já iniciado e funcionando plenamente: 17

18 O sistema "host" aqui é o Windows XP, que estou usando, e o NT na máquina virtual é o "guest". Para desligar, use os meios normais, clique em "Iniciar, Desligar" (no caso do Windows, claro). Para forçar um desligamento, clique no botão "Power off", o quadradinho vermelho, na barra de ferramentas do VMware - equivale mais ou menos a meter o dedo no botão rs. Ele deverá ser usado também ao desligar os sistemas que não detectarem a fonte ATX (he he como o DOS, o Windows 3.11, etc). O VMware cria uma máquina virtual com peças "próprias", o que garante um alto desempenho, visto a grande ligação dos mecanismos do VMware com o sistema operacional, seja ele qual for, no computador virtual. Para que estes dispositivos sejam usados com todos os seus recursos, no entanto, os drivers para eles deverão estar instalados, assim como num sistema real. Isso inclui as placas de rede, a placa de vídeo, e um driver "bobo", mas muito inteligente: o mouse. Após instalar os drivers do VMware no sistema virtual, você poderá usar o mouse no computador virtual sem precisar clicar, bastará passar o mouse por cima da tela, e automaticamente, o mouse virtual será usado. E não precisará mais teclar CTRL + ALT para soltá-lo também, será só mover o mouse para fora. Para digitar, no entanto, ainda será necessário clicar na máquina virtual. Sem instalar os drivers, o desempenho gráfico será desastroso, e a resolução de vídeo será o padrão VGA (640 x 480 pixels x 16 cores, no Windows). Portanto se você achou a instalação do sistema, o mouse, ou a movimentação das janelas na máquina virtual lentos demais, não se preocupe, ao instalar os drivers isso tudo passa. Como instalar esses drivers? O VMware possui o pacote "VMware Tools", com algumas ferramentas para isso. Ao rodar o Windows na máquina virtual, não há problema, a instalação é muito fácil. Com o sistema virtual iniciado e pronto para uso, clique no menu "VM > Install VMware Tools", da janela do VMware. Ele simulará a inserção de um CD com os drivers na máquina virtual. O auto-run do Windows exibirá o instalador, basta instalar e depois reiniciar o PC virtual. Se o auto-run não iniciar (o que volta e meia acontece no Windows), abra o "Meu computador", a unidade de CD e então execute 18

19 o instalador. Isso deve ser feito apenas na primeira vez, depois é só iniciar o sistema normalmente... E você perceberá a mudança, com e sem o VMware Tools. Note que alguns sistemas mais antigos não suportarão isso, como o Windows 3.11 ou o Windows NT 4.0 sem os Service Packs mais recentes. Nestes casos o desempenho ficará um pouco prejudicado. Dica ++: no Windows NT eu instalei os drivers da placa de vídeo e do mouse virtuais... Extraindo os arquivos do VMware Tools, e então indicando a localização dos arquivos ".inf" na máquina virtual. O mouse e o vídeo funcionaram sem problemas :), apesar de não ser possível instalar o VMware Tools no "Windows NT 4.0 Service Pack 0". O básico é isso. Depois de instalar o sistema virtual, é bom fazer backup da pasta da máquina virtual, caso precise recuperá-la depois sem precisar reinstalar o sistema. É sempre recomendável fazer de tudo para melhorar o desempenho no sistema virtual. Limpe os temporários, o cache das DLLs do Windows na máquina virtual, desative efeitos visuais... Se usar o Windows XP, prefira deixar o tema clássico do Windows, o autologon ativado, etc. Não vou abordar a configuração da rede aqui, por ser um tutorial para iniciantes no VMware. Se você usou o NAT, muito provavelmente o Windows 2000, XP ou superior irá detectar a placa de rede e fazer a configuração automaticamente. Bastará compartilhar pastas ou arquivos, ou até mesmo a conexão com a Internet, em qualquer uma das máquinas que a outra detectará - como se fossem mesmo computadores reais! Se o Windows pedir senha ao tentar acessar a rede, forneça um nome de usuário e senha com direitos de acesso ao recurso compartilhado no computador. Com o NAT o VMware cria uma rede virtual entre seu computador e a máquina virtual. Basta você configurar a máquina virtual para obter as configurações via DHCP, que o VMware cuida de tudo. Na listagem das placas de rede do sistema real você pode ver que seu computador "ganhou" pelo menos duas placas de rede, após a instalação do VMware. Elas aparecem também na guia "Rede" do gerenciador de tarefas do Windows XP. USE O VMWARE PLAYER, GRATUITO, SEM PRECISAR COMPRAR O VMWARE O VMware player pode ser baixado em:http://www.vmware.com/download/player. É um programa que permite rodar as máquinas virtuais criadas com o VMware, sem alterá-las, e não permite criar novas máquinas. Entenda esse "alterá-las" como mexer no hardware: você não poderá adicionar HDs virtuais, nem configurar algumas coisas da máquina virtual. É mais ou menos como se você pudesse usar um computador, instalar qualquer coisa nele, inclusive formatar o HD, mas sem mexer dentro do mesmo, fisicamente. As máquinas virtuais do VMware têm até SETUP! Você poderá configurá-lo, alterar a ordem do boot, essas configurações de software, tudo funcionará, não se preocupe. Ao gravar arquivos no HD virtual eles não serão perdidos, ao ligar a máquina virtual, estarão lá. O VMware Player não chega a ser "tão" limitante assim. Baixe o VMware e o VMware player, e nos primeiros 30 dias de uso, crie quantas máquinas virtuais você quiser, de preferência já instale o VMware Tools. Depois basta iniciar o player e rodar a máquina 19

20 virtual, para sempre, sem se preocupar com licenciamento ou com os 30 dias. Você só não poderá alterar os componentes da máquina, como adicionar discos rígidos, por exemplo. Recomendo instalar o Windows 2000 na máquina virtual, por ser tão estável quanto e mais leve que o XP, e ainda roda diversos programas recentes. Mas lembre-se que você pode instalar qualquer outro. IMPORTANTE: Dependendo da quantidade de memória do seu computador, o VMware pode reclamar que não há memória para rodar a máquina. A versão "Player" não edita os arquivos, mas você pode facilmente alterar a quantidade de memória editando o arquivo de extensão ".vmx" num editor de textos puro qualquer, como o Mep Texto ou o próprio Bloco de notas. Abra o arquivo da máquina virtual, de extensão ".vmx" num editor de textos puro, e altere a quarta linha, onde está: memsize = "128" Basta deixar com o valor desejado entre aspas e salvar o arquivo. Com menos de 256 MB no PC real, dificilmente ele deixará rodar a máquina virtual com 128; ele evita ao máximo usar o arquivo de paginação para não prejudicar o desempenho. Se seu computador tem menos de 256 MB, experimente deixar apenas 32 MB de memória para o PC virtual e rode nele então o Windows 95, NT 4.0 ou melhor ainda, o Windows Dica ++: ao rodar a máquina virtual, você pode clicar com o botão direito na barra de ítulo do VMware e escolher "Hide controls", para ocultar a barra de ferramentas e de menus do VMware, e assim obter mais espaço. Clicando novamente você terá a opção "Show controls", que exibe as barras. 4 Referências Marcos Elias Picão, - julho/2007 André Ataíde, PCs reais e virtuais, 20/01/2007 às 16:29. 20

Criando um PC virtual

Criando um PC virtual Criando um PC virtual Microsoft Virtual PC Introdução Se você não sabe o que é virtualização de PCs, ou nem tem idéia dos inúmeros benefícios trazidos por essa técnica, recomendo ler esta introdução feita

Leia mais

Máquinas Virtuais com o VirtualBox

Máquinas Virtuais com o VirtualBox Máquinas Virtuais com o VirtualBox Marcos Elias Picão www.explorando.com.br No exemplo: Windows XP dentro do Windows 7 Você pode compartilhar livremente sem interesses comerciais, desde que não modifique.

Leia mais

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip Se, assim como a maioria, você possui um único PC ou notebook, uma opção para testar as distribuições Linux sem precisar mexer no particionamento do HD e instalar o sistema em dualboot, é simplesmente

Leia mais

AULA 10 TUTORIAL VIRTUALBOX

AULA 10 TUTORIAL VIRTUALBOX AULA 10 TUTORIAL VIRTUALBOX 1 Sumário Tutorial VirtualBox - Configurações e Utilização... 3 Requisitos Mínimos... 3 Compatibilidade... 3 Download... 3 Instalação do VirtualBox... 4 Criando a Máquina Virtual

Leia mais

TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8. Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial

TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8. Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8 Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial INTRODUÇÃO O uso de máquinas virtuais pode ser adequado tanto

Leia mais

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/conteudo/modelos/vmware-workstation-8_a42915_z397.aspx

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/conteudo/modelos/vmware-workstation-8_a42915_z397.aspx Todos os meses mais de 5,1 milhões de internautas visitam o Fórum do BABOO. Lá todas as suas dúvidas e problemas de informática são solucionados gratuitamente pela nossa comunidade. Participe você também:

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO NComputing Brasil - #110502 Instalando o Oracle Virtualbox 4.0.2 e Criando uma VM Windows Server 2008 no Virtualbox O que é virtualbox? O virtualbox é um aplicativo de virtualização multi-plataforma

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O conteúdo deste documento tem como objetivos geral introduzir conceitos mínimos sobre sistemas operacionais e máquinas virtuais para posteriormente utilizar

Leia mais

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS 7 OBJETIVO Conhecer as funcionalidades do software VMware Player implantando o sistema operacional Windows 7 e trabalhando em algumas ferramentas nativas

Leia mais

ETEC RAPOSO TAVARES GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS I. Máquina Virtual. Instalação de S.O. em dual boot. 1º Semestre 2010 PROF.

ETEC RAPOSO TAVARES GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS I. Máquina Virtual. Instalação de S.O. em dual boot. 1º Semestre 2010 PROF. ETEC RAPOSO TAVARES GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS I Máquina Virtual Instalação de S.O. em dual boot 1º Semestre 2010 PROF. AMARAL Na ciência da computação, máquina virtual é o nome dado a uma máquina,

Leia mais

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes 3 MÁQUINAS VIRTUAIS Em nossa aula anterior, fizemos uma breve introdução com uso de máquinas virtuais para emularmos um computador novo

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Este artigo demonstra como configurar uma rede virtual para ser usada em testes e estudos. Será usado o VirtualBox

Leia mais

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Um guia para pequenas empresas Conteúdo Seção 1: Introdução ao Modo Windows XP para Windows 7 2 Seção 2: Introdução ao Modo Windows XP 4 Seção 3: Usando

Leia mais

Como criar máquinas virtuais no VMware ESXi

Como criar máquinas virtuais no VMware ESXi Como criar máquinas virtuais no VMware ESXi A virtualização de desktops pode ser trabalhada sobre servidores virtuais e esta técnica torna nossa tecnologia ainda mais atraente. Certifique-se que o seu

Leia mais

Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox

Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox System Technology Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox Weslley Barboza Tutorial para instalação de uma maquina virtual com dual boot utilizando Windows XP Professional

Leia mais

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/conteudo/modelos/?a=40917&z=327

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/conteudo/modelos/?a=40917&z=327 Todos os meses mais de 5,1 milhões de internautas visitam o Fórum do BABOO. Lá todas as suas dúvidas e problemas de informática são solucionados gratuitamente pela nossa comunidade. Participe você também:

Leia mais

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Sistemas Operacionais Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Conteúdo Programático Virtual Box Instalação do Virtual Box Instalação do Extension Pack Criando uma Máquina Virtual Instalando o Windows

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do

Leia mais

CURSO DE VIRTUALIZAÇÃO

CURSO DE VIRTUALIZAÇÃO Agenda Virtualização CURSO DE VIRTUALIZAÇÃO SONDA - PROCWORK O que é Virtualização o Um segundo Sistema Operacional dentro de outro, utiliza uma máquina com bons hardwares. Principais Ferramentas de Virtualização

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

TUTORIAL DE INSTALAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL VIRTUALBOX COM INSTALAÇÃO DA VERSÃO DO SISTEMA OPERACIONAL UBUNTU

TUTORIAL DE INSTALAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL VIRTUALBOX COM INSTALAÇÃO DA VERSÃO DO SISTEMA OPERACIONAL UBUNTU GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA SECITEC ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA UNIDADE DE LUCAS DO RIO VERDE CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

Leia mais

Conhecendo o Sistema Operacional

Conhecendo o Sistema Operacional Prefeitura de Volta Redonda Secretaria Municipal de Educação NTM Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal Projeto de Informática Aplicada à Educação de Volta Redonda - VRlivre Conhecendo o Sistema Operacional

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep Secure em um

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep

Leia mais

Solicitação de Manutenção de Veículo. Manual SRM

Solicitação de Manutenção de Veículo. Manual SRM Manual SRM 1 Índice 1. Requerimentos Técnicos para Utilização do Sistema... 4 1.1 Hardware... 4 1.2 Software... 5 1.3 Conexão à Internet... 9 2. Desabilitação do Bloqueio Automático de Pop-ups...10 3.

Leia mais

Introdução. O Windows Server 2003 está dividido em quatro versões:

Introdução. O Windows Server 2003 está dividido em quatro versões: Introdução Este é um tutorial de como Instalar o Windows Server 2003, este é o primeiro de alguns tutoriais que farei para ambientes de servidores Windows. A instalação do Windows Server 2003 segue o mesmo

Leia mais

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Autor: Eder S. G. - edersg@vm.uff.br Versão: 1.2 Data: 21/11/2012 Última atualização: 07/03/2013 Observação: Máquina real: Sistema operacional

Leia mais

TABELA 3.1 Requisitos do Windows Server 2008 Standard

TABELA 3.1 Requisitos do Windows Server 2008 Standard 3 3INSTALAÇÃO DE UM SERVIDOR 2008 Feita a apresentação das funcionalidades do Windows Server 2008, eis que chega a hora mais desejada: a da implementação do nosso servidor. No entanto não é de todo recomendável

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

Como instalar Windows XP

Como instalar Windows XP Como instalar Windows XP 1 Como instalar Windows XP Existem 2 opções para instalar XP: Opção A: para micro novo sem Sistema Operacional instalado (Exemplo de sistema operacional:windows 98, Windows 2000,

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SISTEMA

INTRODUÇÃO AO SISTEMA MANUAL DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Nome do Software: Guarux Versão do Software: Guarux Educacional 4.0 INTRODUÇÃO AO SISTEMA O Guarux Educacional 4.0 é uma distribuição idealizada pela

Leia mais

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 ÍNDICE 1. Considerações...3 2. Introdução...3 3. Arquitetura...3 3.1. Topologia Básica...4 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 3.3. Sistemas Operacionais...5 4. Configurações Necessárias...6 4.1. Nas

Leia mais

MANUAL CFTV DIGITAL - LINHA LIGHT 16 CANAIS 120 FPS / VID 120-LI CONFIGURAÇÃO DO COMPUTADOR 16 Canais - 120 FPS Processador Dual Core 2.0GHZ ou superior; Placa Mãe Intel ou Gigabyte com chipset Intel;

Leia mais

Virtual Box. Guia. Instalação E Utilização. Criado por Wancleber Vieira wancleber.vieira@ibest.com.br

Virtual Box. Guia. Instalação E Utilização. Criado por Wancleber Vieira wancleber.vieira@ibest.com.br Virtual Box Guia De Instalação E Utilização 1 Sumário Instalação do Linux Ubuntu através de um gerenciador de Máquinas Virtuais 1.1 Introdução, 3 1.2 Instalação do Virtual Box, 3 1.3 Configuração do Virtual

Leia mais

Requisitos do Sistema

Requisitos do Sistema PJ8D - 017 ProJuris 8 Desktop Requisitos do Sistema PJ8D - 017 P á g i n a 1 Sumario Sumario... 1 Capítulo I - Introdução... 2 1.1 - Objetivo... 2 1.2 - Quem deve ler esse documento... 2 Capítulo II -

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução Autor Público Alvo Rodrigo Cristiano dos Santos Suporte Técnico, Consultoria e Desenvolvimento. Histórico Data 13/06/2012 Autor Rodrigo Cristiano Descrição

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Prof. Arthur Salgado

Prof. Arthur Salgado Prof. Arthur Salgado O que é um sistema operacional? Conjunto de programas de sistemas situados entre os softwares aplicativos e o hardware Estabelece uma interface com o usuário Executa e oferece recursos

Leia mais

Leia antes de instalar Mac OS X

Leia antes de instalar Mac OS X Leia antes de instalar Mac OS X Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações sobre os computadores compatíveis, requisitos do sistema e como instalar o Mac OS X. Para obter

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Documento Gerado por: Amir Bavar Criado em: 18/10/2006 Última modificação: 27/09/2008 Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação

Leia mais

Na tela dele, clique no sinal de + ao lado do nome do seu computador, para expandi-lo. A seguir, expanda também o item "Sites da web".

Na tela dele, clique no sinal de + ao lado do nome do seu computador, para expandi-lo. A seguir, expanda também o item Sites da web. Servidor WEB Desenvolvedores de sites que querem aprender ou testar ASP, ou mesmo profissionais que precisam desenvolver páginas ASP ou ASP.Net, não precisam necessariamente ter um servidor na web com

Leia mais

Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 1/20

Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 1/20 Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 1/20 Tutorial para particionamento, instalação do Kurumin GNU/Linux 6.0 e configuração de boot loader. Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 2/20 Introdução... 3 Requisitos... 4

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO.

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. 1 - Qual arquitetura devo usar para instalar no meu computador, 32bits ou 64bits? a) Simplificando bastante para ter uma opção viável,

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

Manual de Instalação do GRAVADOR DE DVD USB2.0

Manual de Instalação do GRAVADOR DE DVD USB2.0 Manual de Instalação do GRAVADOR DE DVD USB2.0 Conteúdo Versão2.1 Capítulo1 : Instalação do GRAVADOR DE 2 1.1 Conteúdo da Embalagem...2 1.2 Exigências do Sistema...2 1.3 Instalação do Hardware...2 Capítulo

Leia mais

O que um Servidor Samba faz?

O que um Servidor Samba faz? O que é o Samba? O Samba é um "software servidor" para Linux (e outros sistemas baseados em Unix) que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows

Leia mais

Windows 7. Sistema Operacional

Windows 7. Sistema Operacional Windows 7 Sistema Operacional FCC - 2012 - TRE-SP - Técnico Judiciário O sistema operacional de um computador consiste em um a) conjunto de procedimentos programados, armazenados na CMOS, que é ativado

Leia mais

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre 22:59:36 Introdução à Informática com Software Livre 1 22:59:36 O Debian é uma distribuição GNU/Linux desenvolvida abertamente por um grupo mundial de voluntários, no esforço de se produzir um sistema

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software. Uma

Leia mais

Como instalar uma impressora?

Como instalar uma impressora? Como instalar uma impressora? Antes de utilizar uma impressora para imprimir seus documentos, arquivos, fotos, etc. é necessário instalá-la e configurá-la no computador. Na instalação o computador se prepara

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

Guia de Introdução ao Parallels Desktop 10

Guia de Introdução ao Parallels Desktop 10 Guia de Introdução ao Parallels Desktop 10 Copyright 1999-2014 Parallels IP Holdings GmbH and its affiliates. All rights reserved. Parallels IP Holdings GmbH Vordergasse, 59 8200 Schaffhausen Suíça Tel:

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Montando Redes Ponto-a-Ponto... 3 1.2.1 Parte lógica... 3 1.2.2 Escolhendo o sistema operacional... 3 1.2.3 Instalação

Leia mais

Manual de Instalação Digital Signage Versão 5.39.445

Manual de Instalação Digital Signage Versão 5.39.445 Manual de Instalação Digital Signage Versão 5.39.445 Versão 3.5 11 de Abril de 2013 Copyright 2008 BroadNeeds Rev. 20130411 Pagina 1 de 25 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 3 3. INSTALAÇÃO

Leia mais

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes.

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes. ACESSO REMOTO Através do Acesso Remoto o aluno ou professor poderá utilizar em qualquer computador que tenha acesso a internet todos os programas, recursos de rede e arquivos acadêmicos utilizados nos

Leia mais

Guia de Atualização Passo a Passo do Windows 8.1

Guia de Atualização Passo a Passo do Windows 8.1 Guia de Atualização Passo a Passo do Windows 8.1 Instalação e atualização do Windows 8.1 Atualize o BIOS, aplicativos e drivers e execute o Windows Update Selecione o tipo de instalação Instale o Windows

Leia mais

Guia de Introdução ao Parallels Desktop 9

Guia de Introdução ao Parallels Desktop 9 Guia de Introdução ao Parallels Desktop 9 Copyright 1999--2013 Parallels IP Holdings GmbH e suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Parallels IP Holdings GmbH Vordergasse, 59 8200 Schaffhausen Suíça

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE MS-WINDOWS Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA SISTEMA OPERACIONAL DA EMPRESA MICROSOFT Interface gráfica WIMP GUI Windows, Icons, Menus, Pointer, Graphical User

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

Como formatar e reinstalar o Windows 7

Como formatar e reinstalar o Windows 7 Como formatar e reinstalar o Windows 7 Windows 7 é muito melhor que as versões anteriores do Windows (XP e Vista). O processo de instalação é "simples e fáceis de seguir. Big Bravo! para a Microsoft por

Leia mais

Dicas Satux. Adicionando uma Impressora. Configurando o Primeiro acesso. Adicionar/Remover Programas. Como fazer gravações de CD/DVD

Dicas Satux. Adicionando uma Impressora. Configurando o Primeiro acesso. Adicionar/Remover Programas. Como fazer gravações de CD/DVD Dicas Satux Configurando o Primeiro acesso Adicionando uma Impressora Adicionar/Remover Programas Criando atalhos na área de trabalho Como fazer gravações de CD/DVD Como configurar minha Rede Local Como

Leia mais

Como criar uma máquina virtual para instalar o Windows XP ou outro?

Como criar uma máquina virtual para instalar o Windows XP ou outro? Como criar uma máquina virtual para instalar o Windows XP ou outro? Existem vários programas para isso, entre eles o Parallels que é pago, o VMWare, o Virtual Box e outros. Hoje vamos abordar o Virtual

Leia mais

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado.

O computador organiza os programas, documentos, músicas, fotos, imagens em Pastas com nomes, tudo separado. 1 Área de trabalho O Windows XP é um software da Microsoft (programa principal que faz o Computador funcionar), classificado como Sistema Operacional. Abra o Bloco de Notas para digitar e participar da

Leia mais

Jackson Barbosa de Azevedo

Jackson Barbosa de Azevedo <jacksonbazevedo@hotmail.com> Autor: Jackson Barbosa de Azevedo Revisores: Aecio Pires 1 Conteúdo Sobre o OpenSUSE... 3 Procedimento de Instalação... 3 Preparando a Instalação do

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Índice 3 Introdução 4 Requisitos Necessários 5 Visão Geral da Instalação 5 Passo 1: Buscar atualizações 5 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 5 Passo 3: Instalar

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Windows XP. Backup Formatação Instalação Configuração. ronynfo.wordpress.com

Windows XP. Backup Formatação Instalação Configuração. ronynfo.wordpress.com Windows XP Backup Formatação Instalação Configuração ronynfo.wordpress.com Índice 1.1 Fazendo o Backup 1.2 Fazendo com que seja dado o Boot à partir do CD 2.1 Configurando as Partições e instalando o Windows

Leia mais

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3 Cesar Kállas - cesarkallas@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP Puc Campinas 2004 Capítulo 3 Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3 O HD tem espaço livre não particionado...3

Leia mais

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP MANUAL DE FTP Instalando, Configurando e Utilizando FTP Este manual destina-se auxiliar os clientes e fornecedores da Log&Print na instalação, configuração e utilização de FTP O que é FTP? E o que é um

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 6.0 Instalando o Software Call Rec 7.0 Configuração do Software Call

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 6.0 Instalando o Software Rec-All mono 7.0 Configuração do Software

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 4 Visão geral da instalação 4 Passo 1: Buscar atualizações 4 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 4 Passo 3: Instalar o Windows no seu

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

Guia de atualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53

Guia de atualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Guia de passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Índice 1. 1. Processo de configuração do Windows 8 2. Requisitos do sistema 3. Preparações 2. 3. usando 4. usando o DVD de 5. usando o DVD de 6. 1.

Leia mais

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX Apresentação O departamento de varejo da PC Sistemas inovou seu produto de frente de caixa, permitindo seu funcionamento no sistema operacional do Linux com a distribuição Ubuntu. O cliente poderá usar

Leia mais

VMware workstation 10.0.2 e Windows 7. Instalação de máquina virtual e sistema operacional

VMware workstation 10.0.2 e Windows 7. Instalação de máquina virtual e sistema operacional VMware workstation 10.0.2 e Windows 7 Instalação de máquina virtual e sistema operacional Desenvolvido por: Jessica Letícia Ney Fonseca Natacha Sant'Ana Castro Índice 1.Objetivos do manual...3 2.Requisitos...3

Leia mais

Como criar máquinas virtuais no Virtual Box

Como criar máquinas virtuais no Virtual Box Como criar máquinas virtuais no Virtual Box A virtualização de desktops pode ser trabalhada sobre servidores virtuais e esta técnica torna nossa tecnologia ainda mais atraente. Certifique-se que o seu

Leia mais

Adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10.1

Adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10.1 Adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10.1 Esta adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10 abrange novas funcionalidades e outras alterações específicas ao ZoomText 10.1. Para obter instruções

Leia mais

Apostila de Windows XP

Apostila de Windows XP Table of Contents Introdução...1 Area de trabalho...5 Ícones...7 Barra de tarefas...8 O Botão Iniciar...10 Todos os programas...14 Logon e Logoff...16 Desligando o Windows XP...18 Acessórios do Windows...20

Leia mais

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Inicialização Tela de Logon Área de Trabalho Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Área de Trabalho Atalhos de Teclados Win + D = Mostrar Área de trabalho Win + M = Minimizar Tudo Win + R

Leia mais

CONFIGURAÇÃO MINIMA EXIGIDA:

CONFIGURAÇÃO MINIMA EXIGIDA: Este tutorial parte do princípio que seu usuário já possua conhecimentos básicos sobre hardware, sistema operacional Windows XP ou superior, firewall, protocolo de rede TCP/IP e instalação de software.

Leia mais

Informática. Rodrigo Schaeffer

Informática. Rodrigo Schaeffer Informática Rodrigo Schaeffer PREFEITURA DE PORTO ALEGRE- INFORMÁTICA Conceitos básicos de Word 2007; formatar, salvar e visualizar arquivos e documentos; alinhar, configurar página e abrir arquivos; copiar,

Leia mais

CURSO FORMATAÇÃO DE PCS E NOTEBOOKS E INSTALAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL FORMATAÇÃO VIA DISQUETE E INSTALAÇÃO DO WINDOWS 98

CURSO FORMATAÇÃO DE PCS E NOTEBOOKS E INSTALAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL FORMATAÇÃO VIA DISQUETE E INSTALAÇÃO DO WINDOWS 98 DATATEK LABS CURSO FORMATAÇÃO DE PCS E NOTEBOOKS E INSTALAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL FORMATAÇÃO VIA DISQUETE E INSTALAÇÃO DO WINDOWS 98 AGRADECIMENTOS Nós da DATATEK LABS gostaríamos de agradecer a você,

Leia mais

FAT32 ou NTFS, qual o melhor?

FAT32 ou NTFS, qual o melhor? FAT32 ou NTFS, qual o melhor? Entenda quais as principais diferenças entre eles e qual a melhor escolha O que é um sistema de arquivos? O conceito mais importante sobre este assunto, sem sombra de dúvidas,

Leia mais

Operador de Computador. Informática Básica

Operador de Computador. Informática Básica Operador de Computador Informática Básica Instalação de Software e Periféricos Podemos ter diversos tipos de software que nos auxiliam no desenvolvimento das nossas tarefas diárias, seja ela em casa, no

Leia mais

Como instalar os recursos adicionais para convidados e acesso aos aplicativos

Como instalar os recursos adicionais para convidados e acesso aos aplicativos Como instalar os recursos adicionais para convidados e acesso aos aplicativos Maria Augusta Sakis Sempre que instalamos um sistema operacional em uma VM do VirtualBox temos que instalar os Adicionais para

Leia mais

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz P á g i n a 1 Estado de Santa Catarina Secretaria de Estado da Educação Diretoria de Organização, Controle e Avaliação Gerência de Recursos Humanos Tecnologia Administrativa Rua Antônio Luz, 111 Centro

Leia mais

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL LINUX. Introdução: FERRAMENTAS. Abaixo segue relação de aplicativos utilizados para realizar este roteiro:

ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL LINUX. Introdução: FERRAMENTAS. Abaixo segue relação de aplicativos utilizados para realizar este roteiro: ROTEIRO: IMPLANTANDO O SISTEMA OPERACIONAL LINUX Introdução: Vimos nas aulas passadas um dos sistemas operacionais atualmente utilizados no mundo, o Windows, mas existem outros sistemas operacionais também,

Leia mais

mobile PhoneTools Guia do Usuário

mobile PhoneTools Guia do Usuário mobile PhoneTools Guia do Usuário Conteúdo Requisitos...2 Antes da instalação...3 Instalar mobile PhoneTools...4 Instalação e configuração do telefone celular...5 Registro on-line...7 Desinstalar mobile

Leia mais