SIMULADO LICITAÇÕES (LEI 8.666/93)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SIMULADO LICITAÇÕES (LEI 8.666/93)"

Transcrição

1 SIMULADO LICITAÇÕES (LEI 8.666/93) 1. (CESPE / SEGER / 2013) De acordo com o princípio da impessoalidade, a conduta dos licitantes deve ser lícita e compatível com a moral, a ética e os bons costumes. 2. (CESPE / SEGER / 2013) O princípio da celeridade vincula os licitantes e a administração pública às regras estabelecidas nas normas e princípios em vigor. 3. (CESPE / SEGER / 2013) De acordo com o princípio da publicidade, qualquer interessado pode ter acesso às licitações públicas e ao respectivo controle, mediante divulgação dos atos praticados em todo o processo licitatório. 4. (CESPE / SEGER / 2013) De acordo com o princípio da legalidade, todos os interessados devem receber igual tratamento, condição que garante a competição em todas as licitações. 5. (CESPE / SEGER / 2013) De acordo com o princípio da isonomia, a administração deve tomar suas decisões com base em critérios objetivos previamente estabelecidos, o que afasta a discricionariedade e o subjetivismo na condução dos procedimentos de licitação. 6. (CESPE / SEGER / 2013) A licitação é dispensada nos casos em que não haja competição entre os licitantes, seja em razão da singularidade do objeto, seja em razão da existência de um único agente apto a fornecê-lo. 7. (CESPE / SEGER / 2013) A licitação é inexigível nos casos relacionados à alienação de bens móveis e imóveis pela administração pública. 8. (CESPE / SEGER / 2013) É dispensável a licitação nos casos em que o valor da contratação não compensar os custos com o procedimento licitatório. 1

2 9. (CESPE / SEGER / 2013) No caso de licitação dispensada, o gestor poderá optar entre realizar o procedimento normal de licitação e a contratação direta. 10. (CESPE / SEGER / 2013) É inexigível a licitação quando os licitantes apresentarem propostas com preços manifestamente superiores aos praticados pelo mercado. 11. (CESPE / SEGER / 2013) As compras realizadas pela administração pública obedecem a condições de aquisição e pagamento completamente distintas das realizadas pelo setor privado, que se caracterizam pela liberdade de mercado. 12. (CESPE / SEGER / 2013) Como medida de transparência, as compras realizadas pela administração direta ou indireta devem, sem exceção, ser divulgadas mensalmente em órgão de divulgação oficial ou em quadro de avisos de amplo acesso público. 13. (CESPE / SEGER / 2013) Em situações emergenciais, a compra poderá ser realizada sem a indicação dos recursos orçamentários para a efetivação do pagamento do objeto da licitação. 14. (CESPE / BACEN / 2013) Em licitação, modalidade e tipo são termos sinônimos e referem-se aos procedimentos mais utilizados para o julgamento das propostas. 15. (CESPE / BACEN / 2013) O sistema de registro de preços é um procedimento realizado por uma ou mais entidades públicas para futura contratação de bens e serviços por meio de licitação na modalidade de concorrência ou pregão, em que as empresas vencedoras se comprometem a fornecer bens e serviços a preços e prazos registrados em ata específica. 16. (CESGRANRIO / Petrobrás / 2011) A licitação se destina a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia e a selecionar a proposta mais vantajosa para a Administração. No entanto, a Lei nº 8.666/1993 contempla as hipóteses de licitação dispensada, dispensável e inexigível. 2

3 Tais hipóteses de contratação direta implicam que a licitação seja: a) inexigível para a contratação de instituição brasileira incumbida estatutariamente do desenvolvimento institucional, desde que a contratada detenha inquestionável reputação ético-profissional e não tenha fins lucrativos. b) dispensável para a contratação de assessorias ou consultorias técnicas e auditorias financeiras, de natureza singular, com profissionais ou empresas de notória especialização. c) dispensável, quando não acudirem interessados à licitação anterior, e esta, justificadamente, não puder ser repetida sem prejuízo para a Administração, mantidas, nesse caso, todas as condições preestabelecidas. d) dispensada pela autoridade administrativa sempre que houver inviabilidade fática ou jurídica de competição. e) dispensada para a contratação de profissional dos diferentes campos artísticos, diretamente ou por meio de empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública. 17. (CESGRANRIO / BNDES / 2010) Na modalidade de Licitações de Concorrência, o valor obrigatório para contratação de obras e serviços de engenharia, em reais, é o valor acima de: a) ,00 b) ,00 c) ,00 d) ,00 e) ,00 3

4 18. (CESGRANRIO / EPE / 2010) A licitação para o Sistema de Registro de Preços é realizada na modalidade de: a) convite, apenas. b) pregão, apenas. c) tomada de preços, apenas. d) concorrência ou convite. e) concorrência ou pregão. 19. (CESGRANRIO / FUNASA / 2009) A modalidade licitatória que se instaura entre interessados devidamente cadastrados ou que atendam a todas as condições exigidas para cadastramento até o terceiro dia anterior à data de recebimento das propostas, observada a necessária qualificação, é: a) concorrência. b) tomada de preços. c) carta-convite. d) consulta. e) pregão. 20. (CESPE / MDIC / 2014) Na aquisição pública de materiais mediante processo licitatório, o princípio da vinculação ao instrumento convocatório poderá, excepcionalmente, ser descumprido para se obter maior celeridade no recebimento dos materiais. 21. (CESPE / TJ SE / 2014) O princípio da vinculação ao instrumento convocatório faculta à administração pública e aos participantes do certame licitatório a observância das normas e das condições presentes no edital. 22. (CESPE / TJ CE / 2014) Assinale a opção em que se apresenta a ordem que caracteriza, respectivamente, as hipóteses de contratação direta quando 1) há 4

5 discricionariedade da administração para que se decida realizar a contratação direta; 2) há hipóteses exemplificativas de contratação direta; e 3) a contratação direta decorre da inviabilidade de competição. a) licitação dispensável; inexigível; e inexigível b) licitação inexigível; inexigível; e dispensável c) licitação dispensável; inexigível; dispensável d) licitação inexigível; dispensável; e dispensável e) licitação dispensável; dispensável; e inexigível 23. (CESPE / TJ DF / 2014) A inexigibilidade de licitação pode ser adotada em caso de inviabilidade de competição, como ocorre na contratação de serviços técnicos de publicidade e divulgação, de natureza singular, com empresa de notória especialização. 24. (CESPE / SUFRAMA / 2014) Encerrada a sessão de julgamento e habilitação das empresas licitantes, a administração estará obrigada a realizar a contratação, sob pena de indenização à empresa classificada em primeiro lugar. 5

6 GABARITO GABARITO COMENTADO 1 E Trata-se do Princípio da Moralidade 2 E Trata-se do Princípio da Legalidade 3 C - 4 E Trata-se do Princípio da Isonomia COMENTÁRIO 5 E Trata-se do Princípio do Julgamento Objetivo 6 E Neste caso, a licitação é inexigível. 7 E Neste caso, a licitação é dispensada. 8 C São os casos de dispensa por valor (Incisos I e II do art. 24 da Lei 8.666/93) 9 E Licitação dispensada é obrigatória! É dispensável 10 E 11 E 12 E VII - quando as propostas apresentadas consignarem preços manifestamente superiores aos praticados no mercado nacional, ou forem incompatíveis com os fixados pelos órgãos oficiais competentes, casos em que, observado o parágrafo único do art. 48 desta Lei e, persistindo a situação, será admitida a adjudicação direta dos bens ou serviços, por valor não superior ao constante do registro de preços, ou dos serviços. Art. 15. As compras, sempre que possível, deverão: III - submeter-se às condições de aquisição e pagamento semelhantes às do setor privado; Art. 16. Será dada publicidade, mensalmente, em órgão de divulgação oficial ou em quadro de avisos de amplo acesso público, à relação de todas as compras feitas pela Administração Direta ou Indireta, de maneira a clarificar a identificação do bem comprado, seu preço unitário, a quantidade adquirida, o nome do vendedor e o valor total da operação, podendo ser aglutinadas por itens as compras feitas com dispensa e inexigibilidade de licitação. (Redação dada pela Lei nº 8.883, de 1994) Parágrafo único. O disposto neste artigo não se aplica aos casos de dispensa de licitação previstos no inciso IX do art. 24. Art. 24, IX - quando houver possibilidade de comprometimento da segurança 6

7 GABARITO 13 E 14 E COMENTÁRIO nacional, nos casos estabelecidos em decreto do Presidente da República, ouvido o Conselho de Defesa Nacional Não se pode proceder a uma aquisição / contratação sem a indicação prévia de recursos orçamentários. Modalidade: refere-se às regras gerais em termos de rito de licitação; Tipo: refere-se ao critério de julgamento. 15 C Ok! (de acordo com a teoria vista na aula) Vejamos os comentários às alternativas: 16 C a) neste caso, a licitação é dispensável (inciso XIII do art. 24 da Lei de Licitações e Contratos); b) neste caso, a licitação é inexigível; c) OK! (trata-se do inciso V do art. 24 da Lei de Licitações e Contratos); d) quando da inviabilidade de competição, a hipótese de contratação direta será a de inexigibilidade de licitação; e) neste caso, a licitação é inexigível (inciso III do art. 25 da Lei de Licitações e Contratos). 17 E Conforme art. 23 da Lei de Licitações e Contratos. Veja o art. 7º do Decreto nº 7.892/13: 18 E Art. 7º A licitação para registro de preços será realizada na modalidade de concorrência, do tipo menor preço, nos termos da Lei nº 8.666, de 1993, ou na modalidade de pregão, nos termos da Lei nº , de 2002, e será precedida de ampla pesquisa de mercado. 19 B Conforme teoria vista na aula. 20 E Não existe previsão de inobservância a princípios. A vinculação ao instrumento obrigatória é exigência a ser observada em todos os 21 E certames, não cabendo ponderação acerca da faculdade de seguila. As questões estão erradas. De acordo com a teoria vista em aula. Em especial, lembre-se: a 22 A licitação é dispensável (art. 24 da Lei nº 8.666/93) quando há discricionariedade conferida ao gestor público para efetuar a contratação direta (mas que caberia a licitação). 7

8 GABARITO 23 E 24 E COMENTÁRIO A inexigibilidade de licitação deve ser adotada em caso de inviabilidade de competição, sendo, contudo, vedada a inexigibilidade para a contratação de serviços técnicos de publicidade e divulgação. Não há obrigatoriedade, pela Administração, em realizar a contratação decorrente da licitação. Apenas no caso de a Administração decidir efetivamente realizar a contratação (após a licitação), deve-se obrigatoriamente procedê-la com o vencedor do certame (é o princípio da adjudicação compulsória). 8

ORIENTAÇÕES PARA PROCEDIMENTOS DE DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO

ORIENTAÇÕES PARA PROCEDIMENTOS DE DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA PROCEDIMENTOS DE DISPENSA E 1. DISPENSA DE LICITAÇÃO 1.1. Definição: INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO As situações excepcionais aplicáveis à compra ou à contratação de obras e serviços que

Leia mais

Exmo. Sr. Conselheiro Relator,

Exmo. Sr. Conselheiro Relator, PARECER Nº. : 021/CT/2008-1 - Exmo. Sr. Conselheiro Relator, Tratam os autos de consulta formulada pelo Sr. Prefeito Municipal em exercício, Sr. Manoel Machado, mediante a qual solicita deste Tribunal

Leia mais

O Processo de Contratação e Licitação da Eletrobras

O Processo de Contratação e Licitação da Eletrobras O Processo de Contratação e Licitação da Eletrobras A Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras (www.eletrobras.com) - Maior companhia do setor de energia elétrica da América Latina - A Eletrobras

Leia mais

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública Magno Subtil Registro de Preços Decreto Estadual 7.437/2011 Sistema de Registro de Preços é o conjunto de procedimentos para registro

Leia mais

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 6ªed.

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 6ªed. Destacam-se, assim, no presente livro, a ampla pesquisa de jurisprudência, o enfoque prático do texto e a linguagem utilizada, de fácil compreensão. LUCAS ROCHA FURTADO Autor CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS

Leia mais

CONTRATAÇÃO DIRETA: Dispensa e Inexigibilidade de Licitação. Marta Marques Avila Consultora Jurídica na Área de Licitações e Contratos

CONTRATAÇÃO DIRETA: Dispensa e Inexigibilidade de Licitação. Marta Marques Avila Consultora Jurídica na Área de Licitações e Contratos CONTRATAÇÃO DIRETA: Dispensa e Inexigibilidade de Licitação Marta Marques Avila Consultora Jurídica na Área de Licitações e Contratos PARA AS CONTRATAÇÕES: REGRA X EXCEÇÃO LICITAÇÃO X CONTRATAÇÃO DIRETA

Leia mais

Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família. (PROESF Fase 2) AQUISIÇÕES de BENS e CONTRATAÇÃO DE OBRAS

Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família. (PROESF Fase 2) AQUISIÇÕES de BENS e CONTRATAÇÃO DE OBRAS Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família (PROESF Fase 2) AQUISIÇÕES de BENS e CONTRATAÇÃO DE OBRAS Aquisições através das Regras do Banco Mundial O Artigo 42 5º da Lei 8.666 permite que os

Leia mais

Lei /16 e Licitações

Lei /16 e Licitações Lei 13.303/16 e Licitações Rafael Da Cás Maffini Mestre e Doutor em Direito pela UFRGS, Professor de Direito Administrativo na UFRGS, Advogado, Sócio Diretor do escritório Rossi, Maffini, Milman & Grando

Leia mais

Controle de preços em obras públicas:

Controle de preços em obras públicas: Controle de preços em obras públicas: Princípios gerais na utilização dos sistemas oficiais de preços Rafael Jardim Cavalcante Contextualização Decisão Lei para o caso concreto; Interpretação da Lei direito

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº 01/2016

DISPENSA DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº 01/2016 DISPENSA DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº 01/2016 1 - CARACTERIZAÇÃO DO OBJETO DA DISPENSA 1.1 - Objeto: Contratação do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial SENAC, através da sua Unidade Caxias do Sul RS

Leia mais

LICITAÇÃO Lei 8666/93 e Lei / CONCEITO E NATUREZA JURI DICA 2 - OBJETIVOS DA LICITAÇA O 3 - SUJEITOS A LICITAÇA O

LICITAÇÃO Lei 8666/93 e Lei / CONCEITO E NATUREZA JURI DICA 2 - OBJETIVOS DA LICITAÇA O 3 - SUJEITOS A LICITAÇA O 1 - CONCEITO E NATUREZA JURI DICA Conceito: Licitação é procedimento administrativo vinculado por meio do qual a Administração Pública e aqueles por ela controlados selecionam a proposta mais vantajosa

Leia mais

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO: 01.100.208/2016 MODALIDADE: CONVITE Nº 01.100.208/2016 OBJETO: Contratação de empresa para prestação de serviço de coquetel para a Câmara Municipal, pelo período

Leia mais

DEFINIÇÃO DE LICITAÇÃO BASE LEGAL

DEFINIÇÃO DE LICITAÇÃO BASE LEGAL DEFINIÇÃO DE LICITAÇÃO Licitação é o procedimento administrativo mediante o qual a Administração Pública seleciona a proposta mais vantajosa para o contrato de seu interesse. BASE LEGAL BASE LEGAL Art.

Leia mais

0c D-1 ILMA. SENHORA CORDENADORA DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO

0c D-1 ILMA. SENHORA CORDENADORA DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO 0c29.0.2.D-1 ILMA. SENHORA CORDENADORA DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS (CFN) CFN PROTOCOLOS- DATA5J..J25.JZI$ RESPONSAVEL REF.: CONCORRÊNCIA CFN N 1/2015 SANTA CLARA ENGENHARIA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO CAMPO ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO CAMPO ESTADO DA BAHIA ADJUDICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 035/2016 O Pregoeiro Municipal torna público, nos termos da Lei nº 10.520/2002 e Lei nº 8.666/93, a ADJUDICAÇÃO do Pregão Presencial nº 035/2016 realizado no dia 18/08/2016,

Leia mais

Licitações, Pregão e Contratos

Licitações, Pregão e Contratos Licitações, Pregão e Contratos Objetivo Destina-se Datas Carga horária Capacitar servidores municipais para a realização de licitações e gestão dos contratos da Administração Municipal. Aos profissionais

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ENCONTRO DE ENCERRAMENTO DO CURSO CICLO DE COMPRAS FUNDAP UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO CONTRATAÇÃO DIRETA HIPÓTESES MAIS FREQUENTES COMO E O QUE JUSTIFICAR NEGOCIAÇÃO DO CONTRATO

Leia mais

SUMÁRIO. Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC 2.1 RDC E OBJETOS TRANSITÓRIOS DOS OBJETOS PASSÍVEIS DE ADOÇÃO DO RDC...

SUMÁRIO. Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC 2.1 RDC E OBJETOS TRANSITÓRIOS DOS OBJETOS PASSÍVEIS DE ADOÇÃO DO RDC... SUMÁRIO Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC PREFÁCIO... 15 Nota dos autores... 17 CAPÍTULO 1 ASPECTOS GERAIS... 19 1.1 Introdução... 19 1.2 Objetivos... 22 1.3 Definições... 30 1.4 Diretrizes...

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 01/2012-AUDIN Assunto: Formalização legal dos processos de dispensa de licitação

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 01/2012-AUDIN Assunto: Formalização legal dos processos de dispensa de licitação ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 01/2012-AUDIN Assunto: Formalização legal dos processos de dispensa de licitação Belém, 05 de dezembro de 2012. Conforme disposto no art. 2º da Lei nº 8.666/93 as obras, serviços,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Birigui Estado de São Paulo CNPJ /

Prefeitura Municipal de Birigui Estado de São Paulo CNPJ / MANIFESTAÇÃO À RECURSO PREGÃO PRESENCIAL Nº 44/2013 De Acordo: Pedro Felício Estrada Bernabé Prefeito Municipal Birigui, 04 de julho de 2.013. OBJETO: Registro de preços para aquisição de baterias automotivas

Leia mais

O Conselho de Administração da Federação Nacional das Apaes, reunido em 01 de abril de 2015, aprova o seguinte regulamento:

O Conselho de Administração da Federação Nacional das Apaes, reunido em 01 de abril de 2015, aprova o seguinte regulamento: REGULAMENTO DE COMPRAS, ALIENAÇÕES E CONTRATAC O ES DE BENS, OBRAS E SERVIC OS PARA OS GESTORES DAS ASSOCIAÇÕES DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS, FEDERAÇÕES ESTADUAIS DAS APAES E FEDERAÇÃO NACIONAL DAS

Leia mais

AS FRAGILIDADES DA CARTA CONVITE.

AS FRAGILIDADES DA CARTA CONVITE. www.apd.adv.br +55 (27) 3019-3993 AS FRAGILIDADES DA CARTA CONVITE. RESUMO: O texto trata das modalidades de licitação presentes no ordenamento jurídico brasileiro, dando uma ênfase à modalidade chamada

Leia mais

DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO

DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO é um procedimento administrativo vinculado, cujo objetivo é garantir a observância do princípio constitucional da isonomia e selecionar a proposta mais

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Ref.: Pedido de Recurso pela inabilitação técnica no Pregão Eletrônico n o 70/2012 Autor: 3A Marques e Nunes Comércio e Serviço de Instalações e Projetos Ltda. Em: 19/12/2012 Do Recurso ao Pregão: 1. Amparada

Leia mais

REGULAMENTO DE CONTRATAÇÕES DE COMPRAS, SERVIÇOS, OBRAS, ALIENAÇÕES E LOCAÇÕES DA FUNDAÇÃO HOSPITALAR SÃO SEBASTIÃO. Capítulo I Das Disposições Gerais

REGULAMENTO DE CONTRATAÇÕES DE COMPRAS, SERVIÇOS, OBRAS, ALIENAÇÕES E LOCAÇÕES DA FUNDAÇÃO HOSPITALAR SÃO SEBASTIÃO. Capítulo I Das Disposições Gerais REGULAMENTO DE CONTRATAÇÕES DE COMPRAS, SERVIÇOS, OBRAS, ALIENAÇÕES E LOCAÇÕES DA FUNDAÇÃO HOSPITALAR SÃO SEBASTIÃO Capítulo I Das Disposições Gerais Seção I Dos Princípios Art. 1º - Este Regulamento estabelece

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Contratação direta para o remanescente de licitação realizada sob a modalidade de pregão eletrônico

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Contratação direta para o remanescente de licitação realizada sob a modalidade de pregão eletrônico Parecer Consultoria Tributária Segmentos sob a modalidade de pregão eletrônico 07/06/2016 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 2.1. Lei 10.520/2002... 3

Leia mais

LICITAÇÃO: PRINCÍPIOS E MODALIDADES

LICITAÇÃO: PRINCÍPIOS E MODALIDADES LICITAÇÃO: PRINCÍPIOS E MODALIDADES Lilian Marina Dornellas FARIA 1 RESUMO: O presente artigo busca explicar e demonstrar a importância da aplicação dos princípios que norteiam a licitação no direito administrativo,

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS O MOVIMENTO DAS DONAS DE CASA E CONSUMIDORES DE MINAS GERAIS - MDC, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, inscrita sob o CNPJ n. 20966842/0001-00, com sede à Rua Guajajaras, n. 40, 24º

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARMO DA CACHOEIRA ESTADO DE MINAS GERAIS GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARMO DA CACHOEIRA ESTADO DE MINAS GERAIS GABINETE DO PREFEITO 1 LEI Nº. 2.232, de 20 de outubro de 2011 Dispõe sobre a criação da Imprensa Oficial do Município de Carmo da Cachoeira-MG, e dá outras providências. A Câmara Municipal de Carmo da Cachoeira, por seus

Leia mais

JUSTIFICATIVA. O artigo 37, inciso XXI da Constituição Federal, impôs como regra a obrigatoriedade de licitar.

JUSTIFICATIVA. O artigo 37, inciso XXI da Constituição Federal, impôs como regra a obrigatoriedade de licitar. PROCESSO: 093/2013. INEXIGIBILIDADE: 006/2013. Ao Senhor Prefeito Municipal. Referência: Contratação da empresa Associação Matogrossense de Prevenção, Assistência e Reabilitação dos Usuários de Drogas

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 015/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS

RESOLUÇÃO nº 015/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS RESOLUÇÃO nº 015/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS A Congregação da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em vista o

Leia mais

REGULAMENTO PARA A CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E COMPRAS DA ASSOCIAÇÃO CIVIL CIDADANIA BRASIL - ACCB

REGULAMENTO PARA A CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E COMPRAS DA ASSOCIAÇÃO CIVIL CIDADANIA BRASIL - ACCB REGULAMENTO PARA A CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E COMPRAS DA ASSOCIAÇÃO CIVIL CIDADANIA BRASIL - ACCB A Associação Civil Cidadania Brasil ACCB, pessoa jurídica de direito privado, sem fins econômicos,

Leia mais

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO Parecer CGM nº 006/2016 Solicitante: Departamento de Licitação Expediente: Processo Licitatório nº TP010/2015 Modalidade: Tomada de Preço Tratam os autos de

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE Prof. João Eudes 1. (CESPE/2009) A administração pública é regida pelo princípio da autotutela, segundo o qual o administrador público está obrigado a denunciar

Leia mais

Audiência Pública Lei 8.666/93

Audiência Pública Lei 8.666/93 Audiência Pública Lei 8.666/93 Art. 39. Sempre que o valor estimado para uma licitação ou para um conjunto de licitações simultâneas ou sucessivas for superior a 100 (cem) vezes o limite previsto no art.

Leia mais

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. Fernanda Nunes

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. Fernanda Nunes SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Fernanda Nunes Base Legal Lei Federal nº 8.666/1993 art. 15, inciso II, e parágrafos 1º ao 6º Decreto Federal nº 3.931/2001 (aplicável no âmbito da União). Decreto Estadual

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS Art. 1º Este Regulamento estabelece normas para as compras e contratações para a undação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio

Leia mais

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL Ementa aula 12 de novembro de 2013. 18 de novembro de 2013. ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO EMPRESARIAL E CIVIL Professora: Ana Claudia Finger Mestre em Direito do

Leia mais

CONTRATAÇÃO DIRETA NO ÂMBITO DO RDC

CONTRATAÇÃO DIRETA NO ÂMBITO DO RDC CONTRATAÇÃO DIRETA NO ÂMBITO DO RDC Marçal Justen Neto LL.M em Direito Público pela London School of Economics - LSE Advogado de Justen, Pereira, Oliveira e Talamini 1. Introdução A legislação do Regime

Leia mais

Requerente: ASSISTENTE FINANCEIRO DO CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DA 16ª REGIÃO CRP16/ES.

Requerente: ASSISTENTE FINANCEIRO DO CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DA 16ª REGIÃO CRP16/ES. Parecer nº 004/2016 Requerente: ASSISTENTE FINANCEIRO DO CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DA 16ª REGIÃO CRP16/ES. Assunto: Pregão Eletrônico Hotel para realização de Congresso Fase interna. 1. Consulta.

Leia mais

SÚMULAS TCU EM LICITAÇÕES

SÚMULAS TCU EM LICITAÇÕES Núm Área Tema Título Entendimento 39 Contratação de serviços com profissionais ou firmas de notória especialização A inexigibilidade de para a contratação de serviços técnicos com pessoas físicas ou jurídicas

Leia mais

REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES

REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES Susana Filgueiras Brasília, 10 de setembro de 2012 LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Lei nº12.462, de 5 de agosto de 2011. Decreto nº 7.581, de 11 de outubro de 2011. Lei nº 12.688,

Leia mais

DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO A FORMALIZAÇÃO DO PROCEDIMENTO E A GESTÃO DOS CONTRATOS DECORRENTES DE CONTRATAÇÃO DIRETA

DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO A FORMALIZAÇÃO DO PROCEDIMENTO E A GESTÃO DOS CONTRATOS DECORRENTES DE CONTRATAÇÃO DIRETA SEMINÁRIO NACIONAL DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO A FORMALIZAÇÃO DO PROCEDIMENTO E A GESTÃO DOS CONTRATOS DECORRENTES DE CONTRATAÇÃO DIRETA Aspectos polêmicos e controvertidos e melhores práticas

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA PSDB e o DEMOCRATAS - DEM, agremiações partidárias com representação no Congresso Nacional e com sede nesta Capital,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto Vigência no art. 15 da

Leia mais

Regulamento de Compras e Contratações de Serviços

Regulamento de Compras e Contratações de Serviços Regulamento de Compras e Contratações de Serviços Capítulo I INTRODUÇÃO Dos Princípios Art.1º- Este regulamento estabelece normas para a aquisição e alienação de bens e para a contratação de obras e serviços

Leia mais

DECRETO N DECRETA:

DECRETO N DECRETA: O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelos incisos V e VI do art. 87 da Constituição Estadual, e considerando o disposto na Lei Complementar Federal n.º 123,

Leia mais

ELABORAÇÃO DE EDITAIS Prof. Alessandro Dantas 16 de março de 2016

ELABORAÇÃO DE EDITAIS Prof. Alessandro Dantas 16 de março de 2016 ELABORAÇÃO DE EDITAIS Prof. Alessandro Dantas 16 de março de 2016 CONTRATAÇÃO E GESTÃO PÚBLICA QUAL É O PRINCIPAL MEIO QUE A ADMINISTRAÇÃO UTILIZA PARA CONTRATAR? LICITAÇÃO CONCEITO DE LICITAÇÃO O QUE

Leia mais

PARECER DO CONTROLE INTERNO PROCESSO FRACASSADO

PARECER DO CONTROLE INTERNO PROCESSO FRACASSADO PARECER DO CONTROLE INTERNO PROCESSO FRACASSADO Processo nº SAAE-9/2015-010 Pregão nº 010/2015/SRP Objeto: Registro de preços para futura eventual aquisição de grupos geradores para uso nas unidades operacionais

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DE DEFESA CONTAS ANUAIS DE GESTÃO FUNDO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE JACIARA EXERCÍCIO 2012

RELATÓRIO TÉCNICO DE DEFESA CONTAS ANUAIS DE GESTÃO FUNDO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE JACIARA EXERCÍCIO 2012 RELATÓRIO TÉCNICO DE DEFESA CONTAS ANUAIS DE GESTÃO FUNDO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE JACIARA EXERCÍCIO 2012 PROCESSO N.º : 12386-2/2012 PRINCIPAL : Fundo Municipal de Previdência Social

Leia mais

PAULO ROBERTO BAUER SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ASSUNTO

PAULO ROBERTO BAUER SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ASSUNTO Fls. 62 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES INSPETORA 2 DIVISÃO 5 PROCESSO Nº. REP 08/00479807 UNIDADE GESTORA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

Art. 48, LC 123/06: como licitar objetos de natureza divisível? Ronny Charles L. de Torres Março de 2016

Art. 48, LC 123/06: como licitar objetos de natureza divisível? Ronny Charles L. de Torres Março de 2016 Art. 48, LC 123/06: como licitar objetos de natureza divisível? Ronny Charles L. de Torres Março de 2016 DIVISÃO DE OBJETO Pretensão contratual x objeto da licitação Aglu@nação x Adjudicação por itens

Leia mais

AC.1.PGP.EVENTOS PÁGINA: 1 / 7

AC.1.PGP.EVENTOS PÁGINA: 1 / 7 TÍTULO: PADRÃO GERENCIAL DE PROCESSO Nº: 1 / 7 PGP REALIZAÇÃO E APROVAÇÃO DE EVENTOS DATA DE APROVAÇÃO: 30.03.2016 1. INTRODUÇÃO Algumas atividades da Companhia envolvem o estabelecimento de atos, contratos,

Leia mais

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO Nº 014/ PROCESSO Nº 086/2015.

RESPOSTA À SOLICITAÇÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO Nº 014/ PROCESSO Nº 086/2015. RESPOSTA À SOLICITAÇÃO DE IMPUGNAÇÃO AO EDITAL DO PREGÃO Nº 014/2015 - PROCESSO Nº 086/2015. 1. Trata-se de pedido de impugnação ao Edital do Pregão Presencial nº 014/2015, que tem por objeto a contratação

Leia mais

Regimes de execução dos contratos e contratação integrada

Regimes de execução dos contratos e contratação integrada Regime Diferenciado de Contratações - RDC Lei Federal nº 12.462/11 Regimes de execução dos contratos e contratação integrada Augusto Dal Pozzo Artigo 8º Regimes de contratação de obras e serviços de engenharia

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL. Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL. Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL Ano PARA CONSELHO DELIBERATIVO CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º - Em observância ao que determina o Estatuto Social da ONG Moradia e Cidadania, o Conselho Deliberativo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LADAINHA CGC: / PRAÇA FREI PEDRO, 02 CENTRO - LADAINHA/MG. TELEFAX:

PREFEITURA MUNICIPAL DE LADAINHA CGC: / PRAÇA FREI PEDRO, 02 CENTRO - LADAINHA/MG. TELEFAX: PREFEITURA MUNICIPAL DE LADAINHA CGC: 18.404.863/0001-90 PRAÇA FREI PEDRO, 02 CENTRO - LADAINHA/MG. TELEFAX: 33-3524-1277 DECRETO Nº 073/2011, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2011 Regulamenta o tratamento favorecido,

Leia mais

Direito Administrativo ESAF RECEITA FEDERAL. Prof. Thamiris Felizardo

Direito Administrativo ESAF RECEITA FEDERAL. Prof. Thamiris Felizardo Direito Administrativo ESAF RECEITA FEDERAL Prof. Thamiris Felizardo AFRB 2014 AFRB 2012 Analista 2012 Atos Adm. 1 2 Licitação e Cont. 3 2 4 Agentes e 8112 1 3 2 Serviços Pub. Organ. Adm. 2 2 Bens Publ.

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS, COMPRAS E ALIENAÇÕES DO INSTITUTO DE PESQUISAS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO IPTI

REGULAMENTO PARA CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS, COMPRAS E ALIENAÇÕES DO INSTITUTO DE PESQUISAS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO IPTI REGULAMENTO PARA CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS, COMPRAS E ALIENAÇÕES DO INSTITUTO DE PESQUISAS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO IPTI CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Seção I DOS PRINCÍPIOS E CONCEITUAÇÕES Art.

Leia mais

Apresentação e Treinamento do Portal dos Jurisdicionados

Apresentação e Treinamento do Portal dos Jurisdicionados Apresentação e Treinamento do Portal dos Jurisdicionados Portal dos Jurisdicionados Projeto de prestação de Contas Eletrônica via INTERNET. Processo Digital Fases do Projeto 1ª ) Licitações e Contratos

Leia mais

Sumário. Serviço Público e Administração Pública

Sumário. Serviço Público e Administração Pública Sumário Capítulo 1 Contabilidade Pública 1.1 Conceito 1.2 Objeto 1.3 Objetivo 1.4 Campo de Aplicação 1.5 Exercício Financeiro 1.6 Regime Orçamentário e Regime Contábil 1.6.1 Regime de Caixa 1.6.2 Regime

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Serra-BA Praça Vitorino José Alves, nº 112-B, Centro, Bom Jesus da Serra-Ba

Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Serra-BA Praça Vitorino José Alves, nº 112-B, Centro, Bom Jesus da Serra-Ba PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 035/2016 REGISTRO DE PREÇOS Nº 031/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 030/2016 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 032/2016 Aos oito dias do mês de junho do ano de dois mil e dezesseis, de um

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA CARGILL Nº 001/2009 CARGILL AGRÍCOLA S.A

EDITAL DE LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA CARGILL Nº 001/2009 CARGILL AGRÍCOLA S.A EDITAL DE LEILÃO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA CARGILL Nº 001/2009 CARGILL AGRÍCOLA S.A A Cargill Agrícola S.A., inscrita no CNPJ sob o número 60.498.706/0001-57, com sede na Av. Morumbi, 8234 Brooklin

Leia mais

CAPÍTULO II Fornecedores SEÇÃO I Qualificação de fornecedores de produtos e insumos

CAPÍTULO II Fornecedores SEÇÃO I Qualificação de fornecedores de produtos e insumos REGULAMENTO PRÓPRIO PARA CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E COMPRAS COM RECURSOS PROVENIENTES DO PODER PÚBLICO. CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer normas de padronização para aquisição de materiais,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 06/2016

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 06/2016 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 06/2016 Dispõe sobre os prazos e demais regras técnicas relativas à alimentação do Sistema de Licitações e Contratos LicitaCon pelos órgãos e entidades jurisdicionados do Tribunal

Leia mais

PROJETO DE LEI N o, DE 2013 (Do Sr. Major Fábio) O Congresso Nacional decreta:

PROJETO DE LEI N o, DE 2013 (Do Sr. Major Fábio) O Congresso Nacional decreta: PROJETO DE LEI N o, DE 2013 (Do Sr. Major Fábio) Altera a Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, que institui normas gerais para licitações e contratos da Administração Pública. O Congresso Nacional decreta:

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Dispensa e inexigibilidade de licitação Cesar Kaissar Nasr* Introdução O tema escolhido para este trabalho e que será discutido ao longo dos tópicos a seguir versa sobre a dispensa

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL)

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL) REFERÊNCIA Pedido de Impugnação ao edital do Pregão Eletrônico nº. 018/2016, processo administrativo nº 2015/20602, cujo objeto é a contratação de empresa especializada para o fornecimento e instalação

Leia mais

CURSO DE LICITAÇOES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

CURSO DE LICITAÇOES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS LUCAS ROCHA FURTADO - CURSO DE LICITAÇOES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 5ª edição revista, atualizada e ampliada Belo Horizonte 1!Il!!!" EDITORA.-orum 2013 2007 Editora Fórum Ltda. 2009 2' edição 2010 3'

Leia mais

PARECER Nº 002/2015 ALTAPREV PARECER

PARECER Nº 002/2015 ALTAPREV PARECER PARECER Nº 002/2015 ALTAPREV PROCESSO Nº INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO N.º 0515001/2015 INTERESADA: INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE ALTAMIRA ASSUNTO: CONTRATAÇÃO DIRETA DE SERVIÇOS

Leia mais

Prefeitura Municipal de Ipecaeta-BA

Prefeitura Municipal de Ipecaeta-BA ANO. 2016 DO MUNICÍPIO DE IPECAETA- BAHIA PODER EXECUTIVO ANO. VI - EDIÇÃO Nº 00782 DE SETEMBRO DE 2016 1 A Prefeitura Municipal de Ipecaeta, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO

CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO CONTRATAÇÃO DIRETA SEM LICITAÇÃO Dispensa e Inexigibilidade de Licitação: hipóteses de contratação direta, formação e Gestão dos contratos e a visão dos órgãos de

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Princípios da Licitação de acordo com a Lei n.º 8.666/93 Ane Carolina Novaes* Dispõem o artigo 3º da Lei 8.666 de 21/06/93, que as licitações serão processadas e julgadas na conformidade

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DE CONTRATAÇÕES DE COMPRAS, SERVIÇOS, OBRAS, ALIENAÇÕES E LOCAÇÕES DA FUNDAÇÃO DO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DE BOTUCATU FUNDIBIO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SEÇÃO I Dos Princípios Art.

Leia mais

LEI N.º , DE 5 DE OUTUBRO DE 2006

LEI N.º , DE 5 DE OUTUBRO DE 2006 LEI N.º 11.350, DE 5 DE OUTUBRO DE 2006 Regulamenta o 5o do art. 198 da Constituição Federal, dispõe sobre o aproveitamento de pessoal amparado pelo parágrafo único do art. 2o da Emenda Constitucional

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO. PARECER nº Senhora Procuradora-Geral:

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO. PARECER nº Senhora Procuradora-Geral: PARECER nº 14.261 PREGÃO. AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS Os procedimentos licitatórios para aquisição de medicamentos, assemelhados, produtos hospitalares e similares, exceto os medicamentos importados, serão

Leia mais

Oficina nº 36 SIDEC Sistema de Divulgação de Compras

Oficina nº 36 SIDEC Sistema de Divulgação de Compras Oficina nº 36 SIDEC Sistema de Divulgação de Compras ABOP Slide 1 Ementa da Oficina Nº 36 / Área: Contratações Públicas / Prática SIDEC SISTEMA DE DIVULGAÇÃO DE COMPRAS Carga Horária: 4 horas Conteúdo

Leia mais

Experiência com o RDC

Experiência com o RDC UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES - DPL Av. Desembargador Vitor Lima nº 222, 5º andar Florianópolis SC CEP 88040-400 Telefones: (48)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS Coordenação Geral de Compras e Contratos

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS Coordenação Geral de Compras e Contratos Projeto - Compra Compartilhada Aquisição de Microcomputadores, Notebooks e Workstation Institutos e Universidades vinculadas à rede Federal de educação do Ministério da Educação Sistema de Registro de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO FRANCISCO DO GUAPORE ATA DE SESSÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO FRANCISCO DO GUAPORE ATA DE SESSÃO PÚBLICA ATA DE SESSÃO PÚBLICA (Página: 1 / 5) Pregão Nº : 87/2016 Processo : 970/2016 Objeto : MATERIAIS PARA INSTALAÇÃO DE INTERNET PREÂMBULO No dia 29 de Julho de 2016, às 07:30 horas, reuniram-se no(a) CPL,

Leia mais

O TCU e a contratação de empregados nos Serviços Sociais Autônomos

O TCU e a contratação de empregados nos Serviços Sociais Autônomos O TCU e a contratação de empregados nos Serviços Sociais Autônomos Da natureza das Unidades do Sistema S São entidades paraestatais, sem finalidade lucrativa, criadas por lei que: trabalham ao lado do

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO Nº 68/2016 CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CVB/RS

ATO CONVOCATÓRIO Nº 68/2016 CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CVB/RS ATO CONVOCATÓRIO Nº 68/2016 FILIAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CVB/RS FILIAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE MENCIONA ABAIXO, POR PREÇO GLOBAL

Leia mais

PRINCÍPIOS DA LICITAÇÃO

PRINCÍPIOS DA LICITAÇÃO UniCEUB Centro Universitário de Brasília FAJS Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais Curso de Direito Turno: Vespertino Disciplina: Direito Administrativo I Professor: Hédel Torres PRINCÍPIOS DA LICITAÇÃO

Leia mais

Considerando que a tramitação dos processos administrativos deve ser dada a maior celeridade possível, para, sempre, alcançar os seus objetivos;

Considerando que a tramitação dos processos administrativos deve ser dada a maior celeridade possível, para, sempre, alcançar os seus objetivos; Decreto nº 018/2013 Dispõe sobre o fluxograma processual no âmbito da Administração Pública Municipal. O Prefeito Municipal no uso das suas atribuições constitucionais e legais, c/c os incisos IV e VI

Leia mais

DECRETO Nº 8.184, DE 17 DE JANEIRO DE 2014

DECRETO Nº 8.184, DE 17 DE JANEIRO DE 2014 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação DECRETO Nº 8.184, DE 17 DE JANEIRO DE 2014 Estabelece a aplicação de margem de preferência em licitações realizadas no âmbito da administração pública

Leia mais

COMPANHIA DOCAS DO PARÁ - CDP AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA CDP N. 01/2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO CDP N. 2115/2011

COMPANHIA DOCAS DO PARÁ - CDP AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA CDP N. 01/2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO CDP N. 2115/2011 1 - CDP AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA CDP N. 01/2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO CDP N. 2115/2011 A - CDP, sociedade de economia mista vinculada à SECRETARIA DE PORTOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, com sede

Leia mais

DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO COMO FORMALIZAR O PROCEDIMENTO E GERIR OS CONTRATOS DECORRENTES DE CONTRATAÇÃO DIRETA

DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO COMO FORMALIZAR O PROCEDIMENTO E GERIR OS CONTRATOS DECORRENTES DE CONTRATAÇÃO DIRETA SEMINÁRIO NACIONAL DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO COMO FORMALIZAR O PROCEDIMENTO E GERIR OS CONTRATOS DECORRENTES DE CONTRATAÇÃO DIRETA Aspectos polêmicos e controvertidos, entendimentos do TCU

Leia mais

PORTARIA N.º 018/2010. Promotora de Justiça signatária, no uso das suas atribuições

PORTARIA N.º 018/2010. Promotora de Justiça signatária, no uso das suas atribuições PORTARIA N.º 018/2010 O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, pela Promotora de Justiça signatária, no uso das suas atribuições institucionais que lhe são conferidas pelo art. 129, III, da Constituição

Leia mais

EDITAL LEILÃO N.º 001/2.014

EDITAL LEILÃO N.º 001/2.014 EDITAL LEILÃO N.º 001/2.014 A Associação de Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande - AMVALE fará realizar licitação, sob a modalidade de LEILÃO, regida pela Lei Federal n.º 8.666/93, pelo maior

Leia mais

ANEXO I MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO

ANEXO I MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO ANEXO I MINUTA DE CONTRATO ADMINISTRATIVO O MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA URTIGA-RS, pessoa jurídica de direito público, inscrito no CNPJ sob nº 90.483.082/0001-65, com sede na Avenida Professor Zeferino, n.

Leia mais

MARCO REGULATÓRIO DAS SOCIEDADES CIVIS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

MARCO REGULATÓRIO DAS SOCIEDADES CIVIS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MARCO REGULATÓRIO DAS SOCIEDADES CIVIS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Airton Roberto Rehbein Auditor Público MARCO REGULATÓRIO DAS SOCIEDADES CIVIS A Lei Federal 3.204/2015 alterou a

Leia mais

I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE DIREITO UNICERP RESOLUÇÃO N 01/2014 Institui a monitoria acadêmica do Curso de Direito e dá outras providências. I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - A monitoria acadêmica do

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE - INEA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE - INEA GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DO AMBIENTE - SEA INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE - INEA RESOLUÇÃO INEA Nº 13 DE 05 DE JULHO DE 2010 ESTABELECE OS PROCEDIMENTOS A SEREM ADOTADOS

Leia mais

A POSSIBILIDADE DE EMPRESAS DO MESMO GRUPO ECONÔMICO PARTICIPAREM NA MESMA LICITAÇÃO

A POSSIBILIDADE DE EMPRESAS DO MESMO GRUPO ECONÔMICO PARTICIPAREM NA MESMA LICITAÇÃO 1 A POSSIBILIDADE DE EMPRESAS DO MESMO GRUPO ECONÔMICO PARTICIPAREM NA MESMA LICITAÇÃO STELA QUEIROZ DOS SANTOS Aluna do 4º ano do Curso de Direito do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos

Leia mais

SUMÁRIO. 4 Modalidades de seleção de fornecedores para compras e prestadores de serviços

SUMÁRIO. 4 Modalidades de seleção de fornecedores para compras e prestadores de serviços Resolução da Diretoria nº 02/2012 Anexo I Regimento Interno Específico destinado a regular o procedimento de contratação de serviços e aquisição de produtos, doravante denominado Manual de Compras e Contratação

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 01/2014

COLETA DE PREÇOS nº 01/2014 COLETA DE PREÇOS nº 01/2014 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério de menor preço, objetivando

Leia mais

DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA BOLETIM 093/2014

DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA BOLETIM 093/2014 DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA ADM 207/2014-14/11/2014 BOLETIM 093/2014 Trabalho temporário tem novas normas de fiscalização definidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Por meio da norma em

Leia mais

AO ILUSTRÍSSIMO SENHOR JOSÉ MARIA BARBOSA FERREIRA PREGOEIRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA LUZIA DO OESTE - RO

AO ILUSTRÍSSIMO SENHOR JOSÉ MARIA BARBOSA FERREIRA PREGOEIRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA LUZIA DO OESTE - RO AO ILUSTRÍSSIMO SENHOR JOSÉ MARIA BARBOSA FERREIRA PREGOEIRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA LUZIA DO OESTE - RO PROCESSO Nº 909/2014 EDITAL Nº 12 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 06 DATA DO PREGÃO: 02/03/2015 ÁS

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. 05/2008 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 018/2008 PROCESSO N /08 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. 05/2008 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 018/2008 PROCESSO N /08 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. 05/2008 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 018/2008 PROCESSO N. 08145-0456/08 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos vinte e dois do mês de outubro de 2008, na PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA

Leia mais

APOSTILA CONCURSO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Por Adam Schmitz (Concurseiro-ES) Aos amigos do Fórum Correioweb ANALISTA PROCESSUAL.

APOSTILA CONCURSO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Por Adam Schmitz (Concurseiro-ES) Aos amigos do Fórum Correioweb ANALISTA PROCESSUAL. APOSTILA CONCURSO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO 2004 Por Adam Schmitz (Concurseiro-ES) Aos amigos do Fórum Correioweb ANALISTA PROCESSUAL Volume 2 Dedico este trabalho à minha querida esposa Elviane e a

Leia mais