FIDC MULTISETORIAL SILVERADO FORNECEDORES PETROBRAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FIDC MULTISETORIAL SILVERADO FORNECEDORES PETROBRAS"

Transcrição

1 FIDC MULTISETORIAL SILVERADO FORNECEDORES PETROBRAS Condomínio: Fechado Administrador: Citibank DTVM S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: Silverado Gestão e Investimentos Ltda. Data de Registro: 02/09/2010 Custodiante: Citibank DTVM S.A. Classes Sênior e Subordinada Mezanino e Júnior Auditor: KPMG Auditores Independentes Nr. Séries: 1 Mínimo de 50% do PL em Direitos Creditórios performados e a performar, em linha com critérios de elegibilidade e política de investimento definida no regulamento do FIDC. Política de Investimento: Concentração: Benchmark Subordinação Cotistas Classe / Série Restante: moeda corrente nacional; títulos de emissão do Tesouro Nacional; títulos de emissão do Banco Central do Brasil; títulos públicos de emissão de estados e municípios; operações compromissadas lastreadas nos títulos mencionados, anteriormente contratadas com Instituições Autorizadas; e CDB e RDB com liquidez diária e demais títulos, valores mobiliários e ativos financeiros de renda fixa de emissão das Instituições Autorizadas, exceto cotas do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS). A soma dos direitos creditórios performados e a performar relativos à Petrobras pode representar até 100% do PL do Fundo; A soma dos direitos creditórios performados e a performar relativos a determinada Empresa do Sistema Petrobras que não a própria Petrobras pode representar até 20% do PL do Fundo. A somatória do total de direitos creditórios a performar de determinado Cedente ou seu grupo econômico pode representar até 5% do PL do Fundo. A somatória do total de direitos creditórios performados e a perfomar de determinado Cedente ou seu grupo econômico pode representar até 8% do PL do Fundo. O total de emissão de uma mesma instituição financeira e de seu grupo econômico pode representar até 25% do PL do Fundo. Os limites poderão ser extrapolados excepcionalmente nos casos previstos no Regulamento. 130% (cento e vinte e cinco por cento) do CDI para a 1ª Série de Cotas Seniores 155% (cento e setenta por cento) do CDI para as Cotas Subordinadas Mezanino Cotas Seniores: 25% Cotas Mezanino: 5% 13 Cotistas Seniores e 4 Cotistas Subordinados (mai/11) 2T11 (atual) 1T11 4T10 Inicial Analistas Pablo Mantovani Cátia Mota Regulamento 08/09/10 Sênior / 1ª Série AA- AA AA AA Tel.: Tel.: Negativa Estável Estável (set/10) Mezanino BB+ Negativa BBB- Estável BBB- Estável BBB- (set/10) Validade do Rating: 31/jul/2012 FUNDAMENTOS DO RATING O Comitê de Classificação de Risco da Austin Rating, em reunião realizada no dia 15 de agosto de 2011, rebaixou, de AA ( duplo A ) para AA- ( duplo A menos ) e de BBB- ( triplo B menos ) para BB+ ( duplo B mais ), respectivamente, as classificações da 1ª Série de Cotas Seniores e das Cotas Subordinadas Mezanino emitidas pelo FIDC Multisetorial Silverado Fornecedores Petrobras (FIDC Silverado Petrobras). A perspectiva dos ratings foi alterada de estável para negativa. As classificações estarão permanentemente sujeitas a alterações, de acordo com a metodologia de análise da Austin Rating. Por esse motivo, essa agência recomenda verificar a classificação atualizada acessando o site A redução das classificações está ligada, entre outros fatores, ao desenquadramento dos critérios definidos em Regulamento, no que toca ao limite de concentração de direitos creditórios por cedente, que é de 8% do PL, mas que, entretanto, na posição de jun/11, tinha o maior cedente representando 27,9% do PL. De acordo com informações do Gestor, a elevação decorreu de operação aquisição de recebíveis performados sacados contra a Petrobras Petróleo Brasileiro S.A. sem a coobrigação do cedente. Além do desenquadramento em relação ao limite máximo no maior cedente, o volume de alocação em direitos de crédito esteve abaixo dos 50% do PL, até abr/11. Contudo, já nos meses subseqüentes houve o re-enquadramento, sendo que ao final de jul/11, o Fundo possuía 83,5% de seu PL aplicado em direitos de crédito. De todo modo, em função de haver se mantido, em determinados meses, aplicado preponderantemente em títulos públicos e CDBs de instituições autorizadas, que

2 apresentam taxa de retorno inferior ao benchmark estabelecido para as Cotas Seniores e Mezanino, o mesmo foi garantido pela desvalorização das Cotas Subordinadas Juniores, que passaram a representar menos de 5% do PL, portanto, inferior à Razão de Garantia mínima estabelecida no Regulamento do Fundo. Com respeito à perspectiva, sua alteração de estável para negativa está ligada à incerteza dessa agência com relação à capacidade de geração contínua de créditos que se enquadrem nos critérios de elegibilidade e diversificação definidos em Regulamento, sendo que a atual concentração superior aos limites máximos de concentração denota dificuldade de geração de lastro que se enquadre nos critérios de elegibilidade definidos no Regulamento. O Fundo tem como objetivo a valorização de Cotas por meio da aquisição de direitos creditórios, performados ou a performar, originados de operações comerciais entre Empresas do Sistema Petrobras (Sacados) e seus Fornecedores (Cedentes), referentes à prestação de serviços, compra, venda, e/ ou fornecimento de bens, de acordo com o descrito no Regulamento. O Fundo é composto por Cotas Seniores e Subordinadas Mezanino, com objetivo de remuneração de 130% do CDI, 155% do CDI, respectivamente, e Cotas Subordinadas Juniores, sem objetivo de remuneração definido. De acordo com a metodologia da Austin Rating para classificação de risco de crédito de cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios, a classificação da 1ª Série de Cotas Seniores e das Cotas Subordinadas Mezanino se fundamenta, essencialmente, nas definições do Regulamento, principalmente no que toca aos critérios de elegibilidade, que contribuem para a definição do perfil de risco dos créditos que poderão dar lastro ao Fundo, na elevada capacidade de pagamento do único sacado elegível (Petrobras), e no procedimento de formalização das cessões. Além disso, ponderou-se presença de Cotas Subordinadas Mezanino e Juniores, proporcionando uma estrutura de proteção ao valor das Cotas Seniores e benchmark pretendido, bem como, considerou-se a presença de Cotas Subordinadas Juniores como fator de proteção às Cotas Subordinadas Mezanino. Por outro lado, a classificação também considerou a falta de limite de exposição a operações a performar, sendo que estas podem compor a totalidade do lastro do Fundo, como também ponderou os limites de concentração por Cedentes e a falta de histórico da performance das empresas fornecedoras da Petrobras. As classificações atribuídas às Cotas Seniores e às Cotas Subordinadas Mezanino se fundamentam, entre outros, nos seguintes fatores: (i) proteção proporcionada pela presença de Cotas Subordinadas. No caso das Cotas Seniores, contam com suporte de 25% relativo às Cotas Subordinadas Mezanino e Cotas Subordinadas Juniores. As Cotas Subordinadas Mezanino, por sua vez, contarão com proteção equivalente 5% do PL, relativo às Cotas Subordinadas Juniores; (ii) elevada qualidade de crédito do único Sacado elegível para o Fundo, a Petrobras; (iii) os critérios de elegibilidade previstos no Regulamento, que incluem boa classificação nos sistemas de avaliação de fornecedores da Petrobras (CRCC e BAD), além de análise econômico-financeira realizada pela Consultora e Gestora do Fundo; (iv) Contrato de Cessão padrão conta com ferramentas de proteção ao Fundo, em caso de inadimplência, bem como, pré-determina condições de renegociação de créditos, o que é visto como positivo pela Austin Rating; (v) aquisição de até 50% de cada parcela prevista no contrato e até 30% do total estimado em contrato, no sentindo de limitar a exposição do Fundo em eventuais medições a menor do que o cronograma previsto no contrato. A Petrobras, por sua vez, emite a anuência de autorização de cessão e realiza a trava em domicílio bancário do contrato cedido; (vii) limites de concentração por cedentes frente à subordinação. O volume mínimo de Cotas Subordinadas Mezanino e Juniores de 25% é suficiente para cobertura de até 5 cedentes, no caso de não performance; (viii) a amortização das Cotas Seniores e Subordinadas Mezanino obedece a cronograma previamente definido, com início em novembro de 2011, enquanto as Cotas Subordinadas Juniores podem ser amortizadas desde que a relação mínima seja mantida. O prazo médio máximo permitido dos ativos elegíveis (180 dias úteis) inferior ao cronograma de amortização é considerado positivo para o adequado casamento entre os prazos dos ativos e passivos; (ix) manutenção de reserva de amortização e resgate, a ser composta de acordo com prazos previstos no regulamento (50% do valor integral a ser pago até 30 dias antes de cada amortização e 100% em até 7 dias antes de cada amortização e 100% antes do resgate), favorece a gestão de liquidez; (x) política de crédito empregada pela consultora aplicada em outros fundos que, embora não sejam exclusivos, também apresentam a Petrobras como Sacado, e indicam a qualidade e eficiência da mesma na seleção dos créditos. Embora a qualidade da carteira selecionada pela consultora para outros fundos não possa ser extrapolada a este FIDC, constitui um indício da eficiência da metodologia e dos controles aplicados; (xi) embora a taxa mínima de cessão seja relativamente baixa, quando comparada à meta de rentabilidade das Cotas Subordinadas Mezanino, o 2

3 prazo médio máximo da carteira permite a remarcação dos ativos em prazo relativamente curto, reduzindo sua exposição a oscilações na taxa básica de juros. Por outro lado, também foram ponderados fatores que limitaram as classificações atribuídas: (i) falta de histórico de performance dos fornecedores Petrobras. Neste sentido, o BAD ou CRCC não são garantia de performance, embora sejam bons sinalizadores da capacidade dos mesmos; embora os critérios de elegibilidade sejam bastante específicos, não há conhecimento, por parte desta agência, da eficácia dos parâmetros ou da performance do setor como um todo; (ii) capacidade de geração de lastro que se enquadre nos critérios de elegibilidade; (iii) a performance dos fornecedores está exposta a fatores exógenos como clima, performance de seus próprios fornecedores, performance das demais empresas ligadas ao projeto em que faz parte (ex.: contratos de obras). Desta forma, mesmo que o fornecedor tenha se enquadrado nos rigorosos critérios de seleção do Fundo, este pode ser afetado por outros fatores que limitem sua capacidade de cumprimento dos contratos nos prazos e qualidade previamente acordado, sendo assim, o fluxo de pagamento esperado pode ser frustrado; (iv) caso haja quebra de contrato, pode não haver garantias reais que assegurem o retorno do principal; (v) a carteira do Fundo pode ser 100% composta por créditos a performar. Embora o Sacado apresente elevada qualidade de crédito, o desempenho dos direitos creditórios está fortemente ligado à capacidade de performance dos cedentes; (vi) taxa mínima de retorno - equivalente a 150% da taxa DI, que, embora seja superior ao benchmark estipulado para as Cotas Seniores, é inferior ao benchmark proposto para as Cotas Mezanino (155% taxa DI) - para os direitos creditórios a serem adquiridos pelo Fundo, a qual incorpora também os custos médios para a manutenção do Fundo, fator determinante para garantir a rentabilidade das Cotas do Fundo, Seniores, Mezanino e Subordinadas Juniores, e se constitui, ao mesmo tempo, em fator de proteção relevante para seu valor; (vii) a estrutura do Fundo incorpora um risco de mercado latente. Este se encontra associado ao descasamento de taxas entre os ativos que servem como lastro da maior parte do PL do Fundo (ex.: direitos creditórios), marcados a taxas de juros prefixadas e a taxas que incidem sobre seus passivos, ex.: a remuneração das Cotas Seniores e Mezanino, as quais se encontram indexadas a taxas pós-fixadas (ex.: CDI). No entanto, e como mencionamos nos fatores positivos, este risco é parcialmente mitigado pela possibilidade de remarcação, no curto prazo dos ativos que compõem o lastro, incorporando as novas taxas de referência; (viii) atrasos nas medições ou não enquadramento nas especificações técnicas dos serviços prestados ou materiais entregues podem comprometer a performance no prazo esperado pelo contrato e, consequentemente, no fluxo de pagamentos pela Petrobras. INFORMAÇÕES UTILIZADAS As classificações têm como fundamento a metodologia da Austin Rating para avaliação de Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios. Para este monitoramento, a Austin Rating recebeu do Gestor do Fundo as seguintes informações: Regulamento, relatório do custodiante com a composição da carteira nas datas solicitadas, planilha com evolução diária das cotas, relação dos maiores devedores, prazo médio, entre outras. Para este período, foi solicitado para o Gestor e não foi recebido o Relatório do Administrador e o Relatório de Verificação de Lastro. As informações apresentadas a Austin para a elaboração do rating foram levadas em consideração na decisão da classificação, e exceto quanto ao não recebimento do Relatório do Administrador e do Relatório de Verificação de Lastro, foram consideradas adequadas e permitiram uma análise aderente à metodologia de rating de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios. A presente análise de monitoramento teve por base informações consideradas fidedignas, encaminhadas pelas partes responsáveis pelo fundo (Gestor, Administrador, Custodiante, Auditores). Desse modo, a Austin Rating não utiliza mecanismos para verificação das informações recebidas pelas partes acima citadas. A análise considera a premissa que a cessão dos direitos creditórios para o fundo é válida, definitiva e verificada pelos responsáveis e, portanto, os recebíveis não estão sujeitos a vícios que poderiam sujeitar o FIDC a riscos de fungibilidade / formalização do lastro. 3

4 ENQUADRAMENTO Parâmetro abr/11 mai/11 jun/11 Dir. Cred. / PL Mínimo 50% desenquadrado enquadrado enquadrado PL/ Cotas Sen. 125,0% enquadrado enquadrado enquadrado Benchmark 1ª Série Sênior Sub. Mezanino 130% CDI 155% CDI enquadrado enquadrado enquadrado Tabela Prazo Médio Prazo Médio (dias) 35,34 80,82 99,79 147,47 226,54 183,47 Tabela Pré-Pagamento no mês Pré-Pagamento Tabela Recompra no mês Recompra Concentração % do PL Cedente 1º 14,5% 5,4% 12,9% 26,4% 31,6% 27,9% 2º 2,6% 3,3% 3,3% 3,6% 21,5% 26,9% 3º - 2,2% 1,6% 3,3% 3,1% 14,7% 4º ,7% 2,8% 2,5% 5º ,2% 2,4% 2,2% 6º ,2% 2,4% 2,0% Posição da Carteira e % do PL Títulos/Datas 15/04/2011 % 29/04/2011 % 16/05/2011 % 31/05/2011 % 15/06/2011 % 30/06/2011 % Direitos , , , , , ,4 Creditórios Créditos vencidos 0,0 0,0 0, , , ,6 Total Dir. Creditórios , , , , , ,0 Títulos Públicos , , , , , ,5 CDBs , , , , , ,8 Caixa , , , , , ,0 Total Geral da Carteira , , , , , ,3 PDD 0,0 0,0 0,0 (70.589) -0,1 ( ) -0,2 ( ) -0,1 4

5 Composição da Carteira /04/ /04/ /05/ /05/ /06/ /06/2011 Direitos Creditórios Créditos vencidos Títulos Públicos CDBs Caixa Data Quant. Posição do PL Cota Sênior Cota Sub. Mezanino Cota Sub. Junior $ / Unid. $ Total Quant. $ / Unid. $ Total Quant. $ / Unid. $ Total % do PL $ Total do PL 30/06/ , , , , , , ,27 4,40% ,10 31/05/ , , , , , , ,69 4,56% ,81 29/04/ , , , , , , ,49 4,53% ,07 31/03/ , , , , , , ,59 4,79% ,06 28/02/ , , , , , , ,98 5,13% ,33 31/01/ , , , , , , ,91 5,57% ,17 31/12/ , , , , , , ,84 6,00% ,87 30/11/ , , , , , , ,35 7,40% ,65 29/10/ , , , , , , ,96 5,39% ,51 30/06/ , , , , , , ,27 4,40% ,10 31/05/ , , , , , , ,69 4,56% ,81 29/04/ , , , , , , ,49 4,53% ,07 31/03/ , , , , , , ,59 4,79% ,06 Evolução no Valor do PL Total (R$) Valor do PL out/10 nov/10 dez/10 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 Cota Sênior Cota Subordinada Mezanino Cota Subordinada Junior 5

6 Rentabilidade Mensal da Cota Data CDI (%) Cota Sênior Cota Sub. Mezanino Cota Sub. Junior Rent. (%) % CDI Rent. (%) % CDI Rent. (%) % CDI 30/06/2011 0,95 1,24 130,03 1,48 155,21 1,33 139,79 31/05/2011 0,99 1,28 130,21 1,53 155,43-0,98-99,21 29/04/2011 0,84 1,09 130,02 1,30 155,17-4,68-558,28 31/03/2011 0,92 1,19 129,91 1,42 155,06-5,72-622,44 28/02/2011 0,84 1,10 130,15 1,31 155,33-5,73-680,10 31/01/2011 0,86 1,12 129,89 1,33 155,02-3,55-412,33 31/12/2010 0,93 1,21 130,17 1,44 155,38-4,21-454,55 30/11/2010 0,81 1,05 130,15 1,25 155,32-2,36-293,06 Rentabilidade Rentabilidade (%) 2,00 1,00 0,00-1,00-2,00-3,00-4,00-5,00-6,00-7,00 nov/10 dez/10 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 CDI (%) Rentabilidade Cota Sub. Mezanino Rentabilidade Cota Sênior Rentabilidade Cota Sub. Junior Rentabilidade Acumulada Rentabilidade Acumulada (%) 15,00 10,00 5,00 0,00-5,00-10,00-15,00-20,00-25,00-30,00 nov/10 dez/10 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 Rent. CDI Acum (%) Rent. Acum Sênior (%) Rent. Acum Sub. Mezanino (%) Rent. Acum Sub. Junior (%) 6

7 Classificação da Austin Rating Investimento Prudente AAA AA A BBB As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência próxima a zero, a qual garante excepcional margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. Adicionalmente, o fundo apresenta uma elevadíssima relação entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é quase nulo. As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência baixíssima, a qual garante ótima margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. Adicionalmente, o fundo apresenta uma relação muito elevada entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é irrisório. As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência muito baixa, a qual garante margem de cobertura muito boa para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. Adicionalmente, o fundo apresenta uma relação elevada entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é muito baixo. As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência baixa, a qual garante boa margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. Adicionalmente, o fundo apresenta uma relação adequada entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é baixo. Investimento Especulativo BB B CCC CC C As cotas do FIDC encontram-se lastreadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência em nível médio, podendo afetar a margem de cobertura para o pagamento do principal acrescido do rendimento proposto. O fundo apresenta uma relação apenas razoável entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é moderado. As cotas do FIDC encontram-se lastreadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência em nível acima da média do segmento, a qual pode afetar fortemente a margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. O fundo apresenta uma relação menos do que razoável entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira. O risco é médio. As cotas do FIDC encontram-se lastreadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência elevada, a qual afetou a margem de cobertura para o pagamento do principal acrescido do rendimento proposto. O fundo apresenta uma baixa relação entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira, condicionando a desvalorização de suas cotas. O risco é alto. As cotas do FIDC encontram-se lastreadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência muito elevada, a qual afetou fortemente a margem de cobertura para o pagamento do principal, acrescido do rendimento proposto. O fundo apresenta uma relação muito baixa entre os mecanismos de proteção e a inadimplência da carteira, condicionando forte desvalorização de suas cotas. O risco é muito alto. A elevadíssima inadimplência da carteira levou o FIDC à situação de default. Não mais existe qualquer tipo de proteção adicional. O risco é altíssimo. Sinais de (+) mais e (-) menos são utilizados para identificar uma melhor ou pior posição dentro de uma mesma escala de rating. Rating é uma classificação de risco, por nota ou símbolo. Esta expressa a capacidade do emitente de título de dívida negociável ou inegociável em honrar seus compromissos de juros e amortização do principal até o vencimento final. O rating pode ser do emitente, refletindo sua capacidade em honrar qualquer compromisso de uma maneira geral, ou de uma emissão específica, onde é considerada apenas a capacidade do emitente em honrar aquela obrigação financeira determinada. As informações obtidas pela Austin Rating foram consideradas como adequadas e confiáveis. As opiniões e simulações realizadas neste relatório constituem-se no julgamento da Austin Rating acerca do emitente, não se configurando, no entanto, em recomendação de investimento para todos os efeitos. Para conhecer nossas escalas de rating e metodologias, acesse: Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida de qualquer modo ou por outro meio, eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia, gravação ou qualquer outro tipo de sistema de armazenamento e transmissão de informação, sem prévia autorização, por escrito, da Austin Rating Serviços Financeiros Ltda. 7

CAIXA FIDC MASTER CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO

CAIXA FIDC MASTER CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO CAIXA FIDC MASTER CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO Condomínio: Aberto Administrador: Caixa Econômica Federal Prazo: Indeterminado Custodiante: Banco Itaú S.A. Data de Registro: 10/10/2003 Auditor: Ernest

Leia mais

FIDC MULTISETORIAL SILVERADO - FORNECEDORES DO SISTEMA PETROBRAS

FIDC MULTISETORIAL SILVERADO - FORNECEDORES DO SISTEMA PETROBRAS FIDC MULTISETORIAL SILVERADO - FORNECEDORES DO SISTEMA PETROBRAS Condomínio: Fechado Administrador: Citibank DTVM S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: Silverado Gestão e Investimentos Ltda. Data de Registro:

Leia mais

FIDC MULTISETORIAL SILVERADO - FORNECEDORES DO SISTEMA PETROBRAS

FIDC MULTISETORIAL SILVERADO - FORNECEDORES DO SISTEMA PETROBRAS FIDC MULTISETORIAL SILVERADO - FORNECEDORES DO SISTEMA PETROBRAS Condomínio: Fechado Administrador: Citibank DTVM S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: Silverado Gestão e Investimentos Ltda. Data de Registro:

Leia mais

INSTRUÇÃO CVM Nº 576, DE 16 DE JUNHO DE 2016.

INSTRUÇÃO CVM Nº 576, DE 16 DE JUNHO DE 2016. . Altera o Informe Mensal de FIDC, Anexo A da Instrução CVM nº 489, de 14 de janeiro de 2011. O PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS torna público que o Colegiado, em reunião realizada

Leia mais

FIDC LAVORO III Fundo Aberto

FIDC LAVORO III Fundo Aberto Relatório Mensal REF.: AGOSTO/2016 Rio de Janeiro: Avenida das Américas, 500/Bloco 21, Salas 242 e 243 CEP - 22640-100 - Barra de Tijuca - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3501-0051 São Paulo: Rua Iaiá 150

Leia mais

FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II

FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II www.srrating.com.br Relatório monitoramento Vigência: Janeiro 2015 Classificação inicial em 07/2005 última atualização: 10/2014 monitoramento:trimestral FIDC Caterpillar do Segmento Industrial II Cotas

Leia mais

FIDC MULTISETORIAL SILVERADO FORNECEDORES PETROBRAS

FIDC MULTISETORIAL SILVERADO FORNECEDORES PETROBRAS FIDC MULTISETORIAL SILVERADO FORNECEDORES PETROBRAS Condomínio: Fechado Administrador: Citibank DTVM S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: Silverado Gestão e Investimentos Ltda. Data de Registro: 02/09/2010

Leia mais

A+ A+ A+ AA+ Tel.: 55 11 3377 0708 Tel.: 55 11 3377 0703

A+ A+ A+ AA+ Tel.: 55 11 3377 0708 Tel.: 55 11 3377 0703 Condomínio: CAIXA FIDC CDC VEÍCULOS DO BANCO PANAMERICANO Aberto Administrador: Caixa Econômica Federal Prazo: Indeterminado Custodiante: Banco Itaú S.A. Data de Registro: 25/09/2003 Auditor: Ernest &

Leia mais

Relatório Mensal. Rio Bravo Crédito Imobiliário II - FII

Relatório Mensal. Rio Bravo Crédito Imobiliário II - FII Relatório Mensal Rio Bravo Crédito Imobiliário II - FII Dezembro 2015 Rio Bravo Crédito Imobiliário II Fundo de Investimento Imobiliário FII O fundo Rio Bravo Crédito Imobiliário II FII iniciou suas atividades

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS (SELEÇÃO E ALOCAÇÃO DE ATIVOS)

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS (SELEÇÃO E ALOCAÇÃO DE ATIVOS) LITUS GESTAO DE RECURSOS LTDA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS (SELEÇÃO E ALOCAÇÃO DE ATIVOS) 2014 1 1. OBJETIVOS ESTRATEGICOS DA INSTITUIÇÃO O objetivo da LITUS GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( LITUS ) é a gestão

Leia mais

Manual de Gerenciamento de Risco de Liquidez

Manual de Gerenciamento de Risco de Liquidez Manual de Gerenciamento de Risco de Liquidez Novembro 2015 1. Introdução Este manual de gerenciamento de risco de liquidez foi criado pela equipe da Spectra Investimentos e visa atender os requerimentos

Leia mais

REGULAMENTO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS MULTISETORIAL SILVERADO FORNECEDORES DO SISTEMA PETROBRAS

REGULAMENTO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS MULTISETORIAL SILVERADO FORNECEDORES DO SISTEMA PETROBRAS REGULAMENTO DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS MULTISETORIAL SILVERADO FORNECEDORES DO SISTEMA PETROBRAS Datado de 05 de janeiro de 2012 1 ÍNDICE CAPÍTULO I - FORMA DE CONSTITUIÇÃO DO FUNDO

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO /

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO / LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO 12.440.825/0001-06 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

JANEIRO de

JANEIRO de JANEIRO de 2015 1 ÍNDICE 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 4 2 RESUMO DO REGULAMENTO DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO... 5 2.1 FUNDOS DE INVESTIMENTO DO BANCO DO BRASIL... 5 2.1.1 BB PREVIDENCIÁRIO RENDA FIXA IMA

Leia mais

SUPLEMENTO DA 1ª(PRIMEIRA) SÉRIE DE COTAS DO BB RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO BANCO DO BRASIL FIDC NP

SUPLEMENTO DA 1ª(PRIMEIRA) SÉRIE DE COTAS DO BB RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO BANCO DO BRASIL FIDC NP SUPLEMENTO DA 1ª(PRIMEIRA) SÉRIE DE COTAS DO BB RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO BANCO DO BRASIL FIDC NP Suplemento nº 01 referente à 1ª (primeira) Série emitida nos termos do Regulamento do BB RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO

Leia mais

EMPÍRICA PÉROLA FIDC. Sumário executivo. Página 1 de 10. 1ª, 2ª Série de Cotas Seniores, Mezanino A e Mezanino B O RATING

EMPÍRICA PÉROLA FIDC. Sumário executivo. Página 1 de 10. 1ª, 2ª Série de Cotas Seniores, Mezanino A e Mezanino B O RATING FE0013-2014 / FE0074-2015 / FE0075-2015 / FE0076-2015 16, set, 2015 1ª Série de Cotas Seniores FE0013-2014 BB(fe) de Longo Prazo CP4(fe) de Curto Prazo 2ª Série de Cotas Seniores FE0074-2015 BB(fe) de

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA V - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES VALE DO RIO DOCE CNPJ: /

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA V - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES VALE DO RIO DOCE CNPJ: / LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA V - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES VALE DO RIO DOCE Informações referentes à Agosto de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BBM SMID CAPS VALOR FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BBM SMID CAPS VALOR FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BBM SMID CAPS VALOR FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES 08.892.340/0001-86 Informações referentes a Agosto de 2016 Esta lâmina contém

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI INTERNACIONAL FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FI MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI INTERNACIONAL FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FI MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI INTERNACIONAL FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FI MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO 19.587.174/0001-20 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém

Leia mais

IPCA atinge maior nível desde out Previsão é de Selic estável.

IPCA atinge maior nível desde out Previsão é de Selic estável. EXODUS Institucional - Setembro/14 IPCA atinge maior nível desde out 211. Previsão é de Selic estável. O quadro eleitoral trouxe instabilidade ao mercado financeiro com as pesquisas na semana do pleito.

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DIRECIONAL ENGENHARIA S.A.

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DIRECIONAL ENGENHARIA S.A. DIRECIONAL ENGENHARIA S.A. VERSÃO 3.0 APROVADA NA RCA DE 04 / JUL / 2016 Índice OBJETIVO... 3 A) Política para Contratação de Financiamentos... 3 B) Política de Aplicações Financeiras... 4 VERSÃO 3.0 APROVADA

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ABSOLUTO TOP RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ABSOLUTO TOP RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ABSOLUTO TOP RENDA FIXA 10.618.964/0001-51 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo Informações referentes a Agosto de 2016. Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SUMITOMO MITSUI PLATINUM PLUS FIC DE FI RENDA FIXA

Leia mais

VERAX RPW MICROFINANÇAS FIDC ABERTO. Rating. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING

VERAX RPW MICROFINANÇAS FIDC ABERTO. Rating. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING Relatório Analítico Rating A- As cotas do FIDC encontram-se suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência muito baixa, a qual garante margem de cobertura muito boa para o pagamento do principal,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI TOP BRASIL MULTIMERCADO / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI TOP BRASIL MULTIMERCADO / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI TOP BRASIL MULTIMERCADO 16.607.894/0001-12 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI INTELIGENTE RENDA FIXA CURTO PRAZO 02.908.347/0001-62 Informações referentes a Agosto de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

PRODUTOS BANCÁRIOS FUNDOS DE INVESTIMENTO: Taxas: - Administração: Calculada dia útil e deduzida da cota; - Performance: Quando supera um indicador

PRODUTOS BANCÁRIOS FUNDOS DE INVESTIMENTO: Taxas: - Administração: Calculada dia útil e deduzida da cota; - Performance: Quando supera um indicador PRODUTOS BANCÁRIOS FUNDOS DE INVESTIMENTO: Taxas: - Administração: Calculada dia útil e deduzida da cota; - Performance: Quando supera um indicador de referência (BENCH); DESPESAS (encargos do fundo):

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Petrobras (C.N.P.J. nº 03.910.929/0001-46) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Petrobras (C.N.P.J. nº 03.910.929/0001-46) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Petrobras (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 30 de setembro de 2015 e relatório dos auditores independentes Relatório dos auditores

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O L2 EXCLUSIVE FUNDO DE INVESTIMENTOS MULTIMERCADO CNPJ: 13.659.375/0001-00 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FUNDAÇÕES RENDA FIXA / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FUNDAÇÕES RENDA FIXA / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FUNDAÇÕES RENDA FIXA 00.832.696/0001-12 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

Uma Corretora que tenha firmado um Contrato de Agente Autorizado com a Administradora.

Uma Corretora que tenha firmado um Contrato de Agente Autorizado com a Administradora. GLOSSÁRIO Administradora Citibank Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. Agente Autorizado Uma Corretora que tenha firmado um Contrato de Agente Autorizado com a Administradora. Ativos do

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL FATOR VERITÀ FII

RELATÓRIO MENSAL FATOR VERITÀ FII FATOR VERITÀ FII Outubro de 2016 FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PERFIL DO FUNDO O Fator Verità FII (Fundo) é um fundo de investimento imobiliário, constituído sob a forma de condomínio

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS MATCH DI FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA REFERENCIADO - CRÉDITO PRIVADO CNPJ/MF: Informações referentes a Setembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SL RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SL RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SL RENDA FIXA REFERENCIADO DI 03.102.081/0001-29 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ/MF: Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BNP PARIBAS RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA,

Leia mais

MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL. Rating Preliminar. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING

MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL. Rating Preliminar. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL Relatório Analítico Rating Preliminar A- As cotas do FIDC encontramse suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência muito baixa, a qual garante cobertura

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER LIQUIDEZ SIMPLES RENDA FIXA CURTO PRAZO 05.211.884/0001-47 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DE RISCOS

MANUAL DE GESTÃO DE RISCOS MANUAL DE GESTÃO DE RISCOS DA JUNHO 2016 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo... 3 2. POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS... 3 2.1. Diretrizes... 3 3. RISCO DE MERCADO... 4 4. RISCO DE LIQUIDEZ... 5 4.1. Introdução...

Leia mais

FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: / Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ:

FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: / Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ: FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: 11.664.201/0001-00 Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ: 33.644.196/0001-06 RELATÓRIO ANUAL 1º. e 2º. SEM. 2011 1. OBJETIVO E DESCRIÇÃO DO FUNDO

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI TITULOS PUBLICOS RENDA FIXA REFERENCIADO DI 04.682.022/0001-30 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE ALTA FLORESTA MT IPREAF

REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE ALTA FLORESTA MT IPREAF REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE ALTA FLORESTA MT IPREAF 29 janeiro, 2016 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 2 2 RESUMO DO REGULAMENTO DOS INVESTIMENTOS... 3 3 MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA DOS INVESTIMENTOS...

Leia mais

1. INTRODUÇÃO DA VERIFICAÇÃO DO CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO DE VALIDAR AS CONDIÇÕES DE CESSÃO... 3

1. INTRODUÇÃO DA VERIFICAÇÃO DO CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO DE VALIDAR AS CONDIÇÕES DE CESSÃO... 3 Manual de Regras e Procedimentos de verificação do cumprimento da obrigação de Validar as Condições de Cessão e verificação das obrigações de Cobrança dos créditos Inadimplidos nos termos da Instrução

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo. Sumitomo Mitsui Platinum Plus FIC de FI Ref. DI Crédito Privado Longo Prazo CNPJ:

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo. Sumitomo Mitsui Platinum Plus FIC de FI Ref. DI Crédito Privado Longo Prazo CNPJ: Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo Informações referentes a abril de 2016. Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SUMITOMO MITSUI PLATINUM PLUS FIC DE FI REF DI CREDITO

Leia mais

IX Contratos de Assunção de Obrigações

IX Contratos de Assunção de Obrigações CIRCULAR 3.427 Dispõe sobre o recolhimento compulsório e o encaixe obrigatório sobre recursos a prazo de que trata a Circular nº 3.091, de 1º de março de 2002. A Diretoria Colegiada do Banco Central do

Leia mais

Rating FIDC EXODUS INSTITUCIONAL. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING

Rating FIDC EXODUS INSTITUCIONAL. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING Relatório Analítico Rating brbbb(sf) As cotas do FIDC encontramse suportadas por uma carteira de recebíveis com inadimplência baixa, a qual garante boa margem de cobertura para o pagamento do principal,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF 23.682.485/0001-46 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS DO FUNDO FRANKLIN CNPJ: / Informações referentes a setembro de 2016.

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS DO FUNDO FRANKLIN CNPJ: / Informações referentes a setembro de 2016. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS DO FUNDO FRANKLIN CNPJ: 00.089.915/0001-15 Informações referentes a setembro de 2016. Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Amaril Franklin Fundo

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL JULHO 2015 CAPITÂNIA SECURITIES II FII CPTS11B

RELATÓRIO MENSAL JULHO 2015 CAPITÂNIA SECURITIES II FII CPTS11B 1 Aug-14 Sep-14 Oct-14 Nov-14 Dec-14 Jan-15 Feb-15 Mar-15 Apr-15 May-15 Jun-15 Jul-15 RELATÓRIO MENSAL JULHO 2015 Fundo Capitânia Securities II Fundo de Investimento Imobiliário - FII Código de Negociação

Leia mais

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FIDC

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FIDC Renda Fixa Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FIDC Fundo de Investimento em Direitos Creditórios O produto O Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) é uma comunhão de recursos que

Leia mais

REGULAMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV

REGULAMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV REGULAMENTO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV 1) Do Objeto Este documento estabelece as normas gerais aplicáveis ao Programa de Perfil de Investimentos (Multiportfólio) da CargillPrev. O programa constitui-se

Leia mais

BONSUCESSO ASSET ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA

BONSUCESSO ASSET ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA ELABORAÇÃO: APROVAÇÃO: GERÊNCIA DE RISCOS JULIANA PENTAGNA GUIMARÃES Diretoria da Sociedade LEANDRO SALIBA Diretoria da Sociedade INDICE 1. OBJETIVO... 2 2. REFERÊNCIAS... 2 3. CONCEITO... 2 4. ABRANGÊNCIA...

Leia mais

FATOR AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DE AÇÕES - CNPJ: /

FATOR AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DE AÇÕES - CNPJ: / LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FUNDO FATOR AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DE AÇÕES CNPJ: 11.186.674/0001-49 Informações referentes a Dezembro/2016 Esta lâmina

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER RECOMPENSA PREMIUM RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER RECOMPENSA PREMIUM RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER RECOMPENSA PREMIUM RENDA FIXA 09.300.166/0001-06 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial Silverado Maximum

Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial Silverado Maximum 1 Data de Publicação: 5 de julho de 2012 Relatório de Monitoramento Fundo de Investimento em Direitos Creditórios Multisetorial Silverado Maximum Perfil FIDC: Fundo de Investimento em Direitos Creditórios

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI FAFEM RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Outubro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI FAFEM RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Outubro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI FAFEM RENDA FIXA REFERENCIADO DI 67.150.417/0001-01 Informações referentes a Outubro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFAMAIS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ:

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFAMAIS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFAMAIS - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES Informações referentes à Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

MANUAL DE LIQUIDEZ FUNDOS DE INVESTIMENTO. Brainvest Consultoria Financeira LTDA

MANUAL DE LIQUIDEZ FUNDOS DE INVESTIMENTO. Brainvest Consultoria Financeira LTDA MANUAL DE LIQUIDEZ FUNDOS DE INVESTIMENTO Brainvest Consultoria Financeira LTDA ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 3 2. POLÍTICAS DO GERENCIAMENTO DO RISCO DE LIQUIDEZ 3 3. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 6 4. RESPONSABILIDADE

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SELECT YIELD PREMIUM REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 20.977.663/0001-78 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

CSHG EQUITY HEDGE LEVANTE FIC FIM

CSHG EQUITY HEDGE LEVANTE FIC FIM A presente Instituição aderiu ao Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para os Fundos de Investimento. CSHG EQUITY HEDGE LEVANTE FIC FIM Relatório Gerencial: 31/10/2011 CARACTERÍSTICAS FUNDO DE

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI PETROBRAS AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI PETROBRAS AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI PETROBRAS AÇÕES 03.917.096/0001-45 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

PRINCIPAIS FATORES DE ANÁLISES. INVESTIMENTOS e RISCOS

PRINCIPAIS FATORES DE ANÁLISES. INVESTIMENTOS e RISCOS PRINCIPAIS FATORES DE ANÁLISES INVESTIMENTOS e RISCOS RENTABILIDADE A rentabilidade é a variação entre um preço inicial e um preço final em determinado período. É o objetivo máximo de qualquer investidor,

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS SOBERANO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA - SIMPLES CNPJ/MF: Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém

Leia mais

Banco de Tokyo-Mitsubishi UFJ Brasil S/A

Banco de Tokyo-Mitsubishi UFJ Brasil S/A Lâmina de informações essenciais sobre o Tokyo-Mitsubishi UFJ Leader FI Referenciado DI CNPJ Nº 00.875.318/0001-16 Informações referentes à Janeiro de 2014 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

CONGLOMERADO FINANCEIRO PETRA

CONGLOMERADO FINANCEIRO PETRA 1. CONGLOMERADO FINANCEIRO PETRA Manual de Provisionamento sobre os direitos creditórios integrantes de FIDC - Data de Início de Vigência: 29/09/2014 SUMÁRIO 1. BASE NORMATIVA / MELHORES PRÁTICAS...2 2.

Leia mais

Restrições de Investimento:.

Restrições de Investimento:. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ÓRAMA BOLSA MID LARGE - SMALL CAP FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES 13.966.586/0001-95 Informações referentes a 06/2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS DINÂMICO RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS DINÂMICO RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ/MF: Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BNP PARIBAS DINÂMICO RF FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL

MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL MOKA FUND I - FIDC MULTISSETORIAL Condomínio: Fechado Administrador: SOCOPA Sociedade Corretora Paulista S/A Prazo: Indeterminado Gestor: Moka Gestora de Recursos de Terceiros Ltda. Data de Registro: 15/10/2010

Leia mais

Política de Investimentos PGA

Política de Investimentos PGA Política de Investimentos PGA Aprovada na 135ª Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo em 23/12/2015 VIGÊNCIA: 01/01/2016 a 31/12/2016 (Horizonte: 2016 a 2020) SUMÁRIO 1. O PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI PRIORITY REFERENCIADO DI / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI PRIORITY REFERENCIADO DI / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI PRIORITY REFERENCIADO DI 00.856.755/0001-92 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

Rating GBX PRIME I FIDC. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING

Rating GBX PRIME I FIDC. Fundo de Investimento em Direitos Creditórios FUNDAMENTOS DO RATING Relatório Analítico Rating bra(sf) O Fundo apresenta uma relação elevada entre os mecanismos de proteção para as Cotas e perda estimada para a carteira. O risco é baixo. Data: 05/mar/2015 Validade: 30/jun//2015

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI DIVIDENDOS TOP ACOES / Informações referentes a Agosto de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI DIVIDENDOS TOP ACOES / Informações referentes a Agosto de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI DIVIDENDOS TOP ACOES 13.455.136/0001-38 Informações referentes a Agosto de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL FATOR VERITÀ FII

RELATÓRIO MENSAL FATOR VERITÀ FII FATOR VERITÀ FII Maio de 2016 FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PERFIL DO FUNDO O Fator Verità FII (Fundo) é um fundo de investimento imobiliário, constituído sob a forma de condomínio fechado,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.278, DE 31 DE OUTUBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 4.278, DE 31 DE OUTUBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 4.278, DE 31 DE OUTUBRO DE 2013 Altera e revoga disposições da Resolução nº 4.192, de 1º de março de 2013, que dispõe sobre a metodologia para apuração do Patrimônio de Referência (PR). O

Leia mais

Restrições de Investimento:.

Restrições de Investimento:. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPARTA CICLICO FIM 07.552.643/0001-97 Informações referentes a 06/2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SPARTA CÍCLICO FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDENCIA SOCIAL DE ALVINÓPOLIS

INSTITUTO DE PREVIDENCIA SOCIAL DE ALVINÓPOLIS INSTITUTO DE PREVIDENCIA SOCIAL DE ALVINÓPOLIS MÊS REFERENCIA: OUTUBRO 2014 VISAO GERAL GRAFICO RENTABILIDADE CAPITAL PROTEGIDO ENQUADRAMENTO COMENTÁRIO RATING BALANCEAMENTO POLITICA INVESTIMENTO DAIR

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI EMPRESAS RENDA FIXA REFERENCIADO DI 23.964.465/0001-68 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

LIVRE FIDC MULTISSETORIAL

LIVRE FIDC MULTISSETORIAL LIVRE FIDC MULTISSETORIAL Relatório de Monitoramento Condomínio: Fechado Administrador: SOCOPA, Sociedade Corretora Paulista S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: J&M Investimentos Ltda. Data de Registro:

Leia mais

Safra Fundo de Investimento em Ações Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30

Safra Fundo de Investimento em Ações Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 Safra Fundo de Investimento em Ações Vale do Rio Doce Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de setembro de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER DIVIDENDOS AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER DIVIDENDOS AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER DIVIDENDOS AÇÕES 03.396.639/0001-26 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE CRÉDITO 2ª REVISÃO INÍCIO DA VIGÊNCIA. 15/junho/2016

POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE CRÉDITO 2ª REVISÃO INÍCIO DA VIGÊNCIA. 15/junho/2016 POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE CRÉDITO 2ª REVISÃO INÍCIO DA VIGÊNCIA 15/junho/2016 Pg 1 de 6 I. OBJETIVO E ESCOPO 1. O objetivo desta Política é dar as diretrizes do gerenciamento do risco de crédito

Leia mais

MAUÁ CAPITAL INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS ( POLÍTICA DE VOTO )

MAUÁ CAPITAL INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS ( POLÍTICA DE VOTO ) MAUÁ CAPITAL INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIAS ( POLÍTICA DE VOTO ) MAIO 2016 OBJETO O presente documento tem por objetivo estabelecer os princípios,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B 5 TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B 5 TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B 5 TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA 13.455.117/0001-01 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Lamina de Informações Essenciais

Lamina de Informações Essenciais Lamina de Informações Essenciais SUL AMÉRICA EXCELLENCE FI RENDA FIXA CP CNPJ nº 04.899.128/0001-90 Informações referentes a Julho de 2014 Rating : bra+f * Standard&Poor's Esta lâmina contém um resumo

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD PREMIUM DI CRÉDITO PRIVADO / Informações referentes a Junho de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD PREMIUM DI CRÉDITO PRIVADO / Informações referentes a Junho de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD PREMIUM DI CRÉDITO PRIVADO 09.300.207/0001-56 Informações referentes a Junho de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SUPER GESTÃO MULTIMERCADO / Informações referentes a Novembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SUPER GESTÃO MULTIMERCADO / Informações referentes a Novembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SUPER GESTÃO MULTIMERCADO 00.993.996/0001-83 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER PIBB AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER PIBB AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER PIBB AÇÕES 07.184.920/0001-56 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER MACRO MULTIMERCADO / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER MACRO MULTIMERCADO / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER MACRO MULTIMERCADO 11.714.716/0001-77 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

SUPLEMENTO AO REGULAMENTO DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS BANCO GMAC - FINANCIAMENTO A CONCESSIONÁRIAS

SUPLEMENTO AO REGULAMENTO DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS BANCO GMAC - FINANCIAMENTO A CONCESSIONÁRIAS SUPLEMENTO AO REGULAMENTO DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS BANCO GMAC - FINANCIAMENTO A CONCESSIONÁRIAS Os termos e expressões estabelecidos abaixo terão os mesmos significados a eles atribuídos

Leia mais

FIDC EMPÍRICA GOAL ONE FIDC EMPÍRICA. Goal One

FIDC EMPÍRICA GOAL ONE FIDC EMPÍRICA. Goal One FIDC EMPÍRICA Goal One Relatório Mensal de Gestão - Dezembro/ 2015 Comentários do Gestor > No mês de dezembro observamos uma pequena variação na margem nos indicadores de liquidez e risco. Os indicadores

Leia mais

Visão Mais Perto 2015 Perfil Investimentos 2015

Visão Mais Perto 2015 Perfil Investimentos 2015 Visão Mais Perto 2015 Perfil Investimentos 2015 Gestão Visão Prev Bradesco Custódia e Administração VP Finanças Telefonica-Vivo Conselho Deliberativo Comitê Investimentos Conselho Fiscal Diretoria Executiva

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ÔNIX AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ÔNIX AÇÕES / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ÔNIX AÇÕES 88.002.696/0001-36 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FIC FI ONIX

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Outubro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem ser

Leia mais

RNX FIDC MULTISSETORIAL LP

RNX FIDC MULTISSETORIAL LP RNX FIDC MULTISSETORIAL LP Relatório de Monitoramento Condomínio: Fechado Administrador: SOCOPA, Sociedade Corretora Paulista S.A. Prazo: Indeterminado Gestor: Ouro Preto Gestão de Recursos Ltda. Data

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE GESTÃO DE RISCO

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE GESTÃO DE RISCO POLÍTICA INSTITUCIONAL DE GESTÃO DE RISCO ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 2 I. ÁREAS DE CONTROLE E SUAS ATRIBUIÇÕES... 4 II. RISCO DE MERCADO... 4 III. RISCO DE CRÉDITO... 5 IV.RISCO DE CONTRAPARTE... 6 V. RISCO

Leia mais

FIDC NP PRECATÓRIOS FEDERAIS DB II

FIDC NP PRECATÓRIOS FEDERAIS DB II 23/nov /2012 FIDC NP PRECATÓRIOS FEDERAIS DB II Condomínio: Fechado Administrador: Oliveira Trust DTVM S.A. Prazo: Até 18 de março de 2020 Gestor: Oliveira Trust DTVM S.A. Data de Registro: 31/10/2008

Leia mais

CARTA DO GESTOR AGOSTO 2016

CARTA DO GESTOR AGOSTO 2016 CARTA DO GESTOR AGOSTO 2016 AZ Quest Luce No mês de agosto o fundo AZ Quest Luce obteve um rendimento de 109% do CDI, novamente bem acima da rentabilidade alvo de longo prazo pensada para o fundo e por

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SMALL CAP AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SMALL CAP AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SMALL CAP AÇÕES 08.537.792/0001-40 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

Restrições de Investimento:.

Restrições de Investimento:. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ÓRAMA OURO FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO 09.601.190/0001-77 Informações referentes a 06/2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

Política Anual de Investimentos (PAI)

Política Anual de Investimentos (PAI) Política Anual de Investimentos (PAI) 2011 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVOS... 3 2.1 OBJETIVO GERAL... 3 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 3 3 VIGÊNCIA... 3 4 MODELO DE GESTÃO... 4 5 PROCESSO DE SELEÇÃO

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%)

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%) Carteira: CARTEIRA MODELO - MODERADA Patrimônio: R$300.000,00 Índice de comparação: Extrato Carteira CDI Data Início: 31/10/2013 (melhor data) Data Referência: 11/11/2016 SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR

Leia mais