Uma tradução inspirada?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma tradução inspirada?"

Transcrição

1 Septuaginta - Uma Tradução da Bíblia que Mudou o Mundo Quando o profeta de Deus, Moisés, começou a escrever a Bíblia há mais de anos, apenas uma nação pequena podia lê-la. (Deuteronômio 7:7) Era assim porque as Escrituras estavam disponíveis apenas na língua original, hebraica, daquela nação. No entanto, isso ia mudar com o tempo. A divulgação da mensagem da Bíblia e sua influência positiva no decorrer dos séculos se devem em grande parte à sua primeira tradução a Septuaginta. Por que foi ela produzida? E pode-se mesmo dizer que esta é uma Bíblia que mudou o mundo? Uma tradução inspirada? Depois do seu exílio em Babilônia, durante o sétimo e o sexto século AEC, muitos judeus continuaram fora da terra dos antigos Israel e Judá. Para os judeus nascidos no exílio, o hebraico tornou-se uma língua secundária. Por volta do terceiro século AEC, havia uma comunidade judaica em Alexandria, no Egito um grande centro cultural do Império Grego. Esses judeus achavam que era valioso traduzir as Escrituras Sagradas para o grego, que então era a sua língua materna. Até aquele tempo, a mensagem inspirada da Bíblia tinha sido registrada em hebraico, com pequenas partes no aramaico, que era bem parecido. Será que expressar a Palavra de Deus numa língua diferente diminuiria o efeito poderoso da inspiração divina, talvez resultando em interpretações erradas? Será que os judeus, a quem se confiou a Palavra inspirada,

2 podiam arriscar-se a deturpar esta mensagem por meio duma tradução? Salmo 147:19, 20; Romanos 3:1, 2. Estas questões delicadas causaram apreensões. No entanto, a preocupação de que os judeus não mais entenderiam a Palavra de Deus finalmente sobrepôs-se a todas as outras considerações. Tomou-se a decisão de preparar uma tradução grega da Tora os primeiros cinco livros da Bíblia, escritos por Moisés. O próprio processo de tradução ficou obscurecido por lendas. Segundo a Carta de Aristeu, o governante egípcio, Ptolomeu II ( AEC), queria uma cópia do Pentateuco (ou: Tora) traduzida para o grego, para a sua biblioteca real. Ele comissionou 72 eruditos judeus, que vieram de Israel para o Egito e terminaram a tradução em 72 dias. Esta tradução foi então lida para a comunidade judaica, que declarou que ela era tanto bela como exata. Posteriores embelezamentos desta história afirmaram que cada tradutor foi colocado numa sala separada, e ainda assim suas traduções eram idênticas, letra por letra. Em vista da tradição a respeito dos 72 tradutores, esta tradução grega da Bíblia passou a ser conhecida como a Septuaginta, baseado numa palavra latina que significa Setenta. A maioria dos atuais eruditos concorda que a Carta de Aristeu é um escrito apócrifo. Eles acreditam também que a iniciativa de se fazer a tradução não partiu de Ptolomeu II, mas dos líderes da comunidade judaica de Alexandria. Mas os escritos do filósofo judeu, alexandrino, Filo, e do historiador judeu Josefo, bem como o Talmude, mostram todos a crença geral entre os judeus do primeiro século, de que a Septuaginta foi inspirada no mesmo grau que as Escrituras originais. Essas tradições, sem dúvida, deviam-se a um esforço para tornar a Septuaginta aceitável para a comunidade judaica em todo o mundo.

3 Embora a tradução inicial envolvesse apenas os cinco livros de Moisés, o nome Septuaginta passou a ser aplicado às inteiras Escrituras Hebraicas traduzidas para o grego. Os livros restantes foram traduzidos aproximadamente nos cem anos que se seguiram. Em vez de ser um esforço coordenado, a produção da Septuaginta inteira foi uma realização fragmentada. Os tradutores diferiam nas suas habilidades e no seu conhecimento do hebraico. A maioria dos livros foi traduzida literalmente, às vezes de forma extrema, ao passo que outras traduções eram bastante liberais. Uns poucos deles existem tanto em versões longas como curtas. Por volta do fim do segundo século AEC, todos os livros das Escrituras Hebraicas podiam ser lidos em grego. Embora não houvesse uniformidade de resultados, o efeito da tradução das Escrituras Hebraicas para o grego foi muito além daquilo que os tradutores podiam esperar. Jafé nas tendas de Sem? Considerando a Septuaginta, o Talmude cita Gênesis 9:27: Jafé... habite nas tendas de Sem. (Megillah 9b, O Talmude Babilônio) O Talmude dá a entender figurativamente que, pela beleza da língua grega da Septuaginta, Jafé (pai de Javã, de quem descendiam os gregos) morava nas tendas de Sem (o antepassado da nação de Israel). No entanto, também se poderia dizer que, por meio da Septuaginta, Sem habitava nas tendas de Jafé. Como? Depois das conquistas de Alexandre, o Grande, na última parte do quarto século AEC, fez-se um esforço intenso para difundir a língua e a cultura gregas em todos os países conquistados. Esta política foi chamada de helenização. Os judeus sofriam um constante ataque cultural. Se a cultura e a filosofia gregas prevalecessem, a própria religião

4 dos judeus ficaria minada. O que poderia impedir o aumento deste ataque? Referente a um possível motivo de os judeus fazerem a tradução da Septuaginta, o tradutor bíblico judeu Max Margolis comenta: Se pudermos mesmo atribuir o projeto à comunidade judaica, terá havido outro motivo para ele, a saber, abrir a Lei judaica para a inspeção pela população gentia e para convencer o mundo de que os judeus tinham uma cultura que rivalizava com a sabedoria da Hélade [Grécia]. Portanto, a colocação das Escrituras Hebraicas à disposição do mundo de língua grega pode ter sido tanto uma forma de autodefesa como de contra-ataque. A política de helenização, de Alexandre, fez do grego a língua internacional do mundo. Mesmo quando seu domínio foi tomado pelos romanos, o grego comum (ou: coiné) continuou a ser a língua do comércio e da comunicação entre as nações. Quer isso tenha resultado dum esforço deliberado, quer tenha sido um desenvolvimento natural, a versão Septuaginta das Escrituras Hebraicas começou logo a penetrar nas casas e nos corações de muitos não-judeus, que antes desconheciam a Deus e a Lei dos judeus. O resultado foi espantoso. Prosélitos e tementes a Deus: No primeiro século EC, Filo podia escrever que a beleza e a dignidade da legislação de Moisés não são honradas apenas pelos judeus, mas também por todas as outras nações. Referente aos judeus que no primeiro século moravam fora da Palestina, o historiador judeu Joseph Klausner diz: É difícil de acreditar que todos esses milhões de judeus se tenham ajuntado por emigrarem só da pequena Palestina. É necessário dizer que este grande aumento resultou

5 também da aceitação de grande número de prosélitos do sexo masculino e feminino. No entanto, esses pontos impressionantes não contam toda a história. O autor Shaye J. D. Cohen, professor de história judaica, declara: Muitos gentios, tanto homens como mulheres, converteram-se ao judaísmo nos últimos séculos AEC e nos primeiros dois séculos EC. Ainda mais numerosos, porém, foram os gentios que aceitaram certos aspectos do judaísmo, mas não se converteram a ele. Tanto Klausner como Cohen chamam esses não-convertidos de tementes a Deus, uma expressão que ocorre frequentemente na literatura grega daquele período. Qual é a diferença entre um prosélito e um temente a Deus? Prosélitos eram os que se converteram plenamente, sendo considerados judeus em todos os sentidos, porque aceitaram o Deus de Israel (rejeitando todos os outros deuses), submeteram-se à circuncisão e juntaram-se à nação de Israel. Em contraste, Cohen diz a respeito dos tementes a Deus: Embora esses gentios observassem muitas práticas judaicas e venerassem de uma ou de outra forma o Deus dos judeus, eles não se consideravam judeus e não eram encarados pelos outros como judeus. Klausner descreve-os como ocupando uma posição intermediária, pois aceitavam o judaísmo e observavam parte dos seus costumes, mas... não se tornaram judeus completos. Alguns talvez se interessassem em Deus por causa de conversas com judeus empenhados em atividades missionárias ou por observarem como eles diferiam em conduta, costumes e comportamento. No entanto, a Septuaginta foi o instrumento principal que ajudou esses tementes a Deus a aprender algo sobre Deus. Embora não haja modo de se saber o número exato dos tementes a Deus do primeiro século, a Septuaginta,

6 sem dúvida, divulgou algum conhecimento sobre Deus por todo o Império Romano. Por meio da Septuaginta lançou-se também uma base importante. A Septuaginta ajudou a preparar o caminho: A Septuaginta se destacou muito na divulgação da mensagem do cristianismo. Muitos judeus de língua grega estavam entre os presentes na fundação da congregação cristã no Pentecostes de 33 EC. Havia também prosélitos entre os que se tornaram discípulos de Cristo naquela fase inicial. (Atos 2:5-11; 6:1-6; 8:26-38) Visto que os escritos inspirados dos apóstolos e de outros dos primeiros discípulos de Jesus se destinavam à mais ampla assistência possível, eles foram registrados em grego. Por isso, muitas citações das Escrituras Hebraicas (AT) que aparecem nas Escrituras Gregas Cristãs (NT) se baseiam na Septuaginta. Outros, além dos judeus naturais e dos prosélitos, estavam dispostos a aceitar a mensagem do Reino Messiânico. O gentio Cornélio era homem devoto e que temia a Deus, junto com toda a sua família, e ele fazia muitas dádivas de misericórdia ao povo e fazia continuamente súplica a Deus. Em 36 EC, Cornélio, sua família, e outros que se haviam reunido na casa dele, foram os primeiros gentios batizados como seguidores de Cristo. (Atos 10:1, 2, 24, 44-48; note Lucas 7:2-10.) Quando o apóstolo Paulo viajou pela Ásia Menor e pela Grécia, ele pregou a muitos gentios que já temiam a Deus, bem como a gregos que adoravam a Deus. (Atos 13:16, 26; 17:4) Por que estavam Cornélio e esses outros gregos dispostos a aceitar as boas novas? A Septuaginta havia ajudado a preparar o caminho para isso. Um erudito presume que a Septuaginta é um livro de tanta importância, que sem ela tanto a cristandade como a cultura ocidental não seriam concebíveis.

7 A Septuaginta perde a sua suposta inspiração: O uso extenso da Septuaginta, por fim, provocou uma reação entre os judeus. Em conversas com cristãos, por exemplo, os judeus afirmavam que a Septuaginta era uma tradução errada. Por volta do segundo século EC, a comunidade judaica havia virado completamente as costas para a tradução que antes havia louvado como inspirada. Os rabinos rejeitaram a lenda dos 72 tradutores, declarando: Aconteceu certa vez que cinco anciãos escreveram a Tora em grego para o Rei Ptolomeu, e esse dia foi tão sinistro para Israel como o dia em que se fez o bezerro de ouro, visto que a Tora não podia ser traduzida com exatidão. Para garantir um acordo mais estrito com os conceitos rabínicos, os rabinos autorizaram uma nova tradução grega. Esta foi feita no segundo século EC por um prosélito judeu de nome Áquila, discípulo do rabino Akiba. A Septuaginta deixou de ser usada pelos judeus, mas tornou-se o Antigo Testamento padrão da emergente Igreja Católica, até ser substituída pela Vulgata latina de Jerônimo. Embora uma tradução nunca possa tomar o lugar do original, a Septuaginta desempenhou um papel importante na divulgação do conhecimento sobre Yehowah e seu Reino por Jesus Cristo. Deveras, a Septuaginta é uma tradução da Bíblia que mudou o mundo. Fonte: Biblioteca Bíblica

Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante

Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante Hugo Goes A Bíblia é formada por duas partes: o Antigo Testamento e o Novo Testamento. Em relação ao Novo Testamento, não há nenhuma diferença entre a

Leia mais

Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento

Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento A palavra Bíblia deriva do grego: ta biblía; plural de: ton biblíon. E significa "livros" Logo descobrimos que a Bíblia é uma coleção de livros! Nós, cristãos,

Leia mais

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO.

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO. Ao contrário do que parece à primeira vista, a Bíblia não é um livro único e independente, mas uma coleção de 73 livros, uma mini biblioteca que destaca o a aliança e plano de salvação de Deus para com

Leia mais

A SAGRADA ESCRITURA. Por Marcelo Rodolfo da Costa

A SAGRADA ESCRITURA. Por Marcelo Rodolfo da Costa A SAGRADA ESCRITURA Por Marcelo Rodolfo da Costa A palavra bíblia é de origem grega do termo "biblion" que no plural significa "livros". Logo a bíblia é uma coleção de livros. Ela surge no meio de um oriente,

Leia mais

Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas ENSINO RELIGIOSO

Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas 2 CONTEÚDO E HABILIDADES

Leia mais

Ciclo de Seminários Não Técnicos 2010

Ciclo de Seminários Não Técnicos 2010 Ciclo de Seminários Não Técnicos 2010 Introdução à Bíblia Segundo a Igreja Católica Márcio Saraiva (marcio@dsc.ufcg.edu.br) 1 AVISO!!! Deixe o celular com o bluetooth ligado! 2 Agenda Motivação Introdução

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento INTRODUÇÃO. Aula 1 IBCU

Panorama do Antigo Testamento INTRODUÇÃO. Aula 1 IBCU Panorama do Antigo Testamento INTRODUÇÃO Aula 1 IBCU Estrutura do Curso 1. Introdução (09.03) 2. O Pentateuco (16.03) 3. Livros Históricos Parte 1 (23.03) 4. Livros Históricos Parte 2 (30.03) 5. Livros

Leia mais

O Calendário Judaico. Cronologia. Cronologia HARMONIZAÇÃO CRONOLÓGICA O ANO DO NASCIMENTO DE JESUS. Mt 2:1-23 Época do Nascimento:

O Calendário Judaico. Cronologia. Cronologia HARMONIZAÇÃO CRONOLÓGICA O ANO DO NASCIMENTO DE JESUS. Mt 2:1-23 Época do Nascimento: Há Harmonia Entre os Evangelhos? Mar/Abr/2015 Vlademir Hernandes AULA 3 15/3/2015 Recapitulação A importância dos Evangelhos Por que 4 evangelhos Bibliografia A necessidade de harmonização Exercícios sobre

Leia mais

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP A! Uma grande biblioteca 66 livros Escritos por cerca de 40 homens Em um período de 1600 anos Livros agrupados

Leia mais

10.7 Pedro e a pedra; início das profecias sobre a Igreja

10.7 Pedro e a pedra; início das profecias sobre a Igreja 10.7 Pedro e a pedra; início das profecias sobre a Igreja Aula 53 A primeira vez que a Igreja é profetizada diretamente, está em Mateus: Mateus 16:13~18;... edificarei a minha igreja. V.18; no original

Leia mais

Aula 02 1.8 Divisão da Bíblia e livros a) Como os livros foram reconhecidos e aceitos? padrão regra de fé II Pedro 3:15~16

Aula 02 1.8 Divisão da Bíblia e livros a) Como os livros foram reconhecidos e aceitos? padrão regra de fé II Pedro 3:15~16 1.8 Divisão da Bíblia e livros Velho Testamento 39 livros Novo Testamento 27 livros 40 escritores diferentes Período de 1600 anos para ser escrita a Bíblia, (aprox. entre 1500 a.c. e 100 d.c.) a) Como

Leia mais

Apêndice 1 Ementário do CTER

Apêndice 1 Ementário do CTER Apêndice 1 Ementário do CTER Apresentamos abaixo a ementa de cada uma das 31 (trinta e uma) disciplinas obrigatórias do CTER. Este ementário está sujeito a alterações. O aluno deve permanecer atento, pois,

Leia mais

O povo judeu e sua religião

O povo judeu e sua religião A Vida de JESUS O povo judeu e sua religião O POVO JUDEU Religião Deus e o relacionamento com o homem O Tabernáculo A Arca da Aliança O Templo As Escrituras As Sinagogas Grupos religiosos O POVO JUDEU

Leia mais

PESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO

PESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO PESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati Paranavaí / / 6º ANO Sois meu refúgio e minha cidadela, meu Deus, em que eu confio (Sl 90,2) OS

Leia mais

PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO

PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO 1 MANUSCRITOLOGIA BÍBLICA 2 Quem escreveu a Bíblia? O 2 Pedro 1:20-21 sabendo, primeiramente, isto: que nenhuma profecia da Escritura provém de particular elucidação; porque

Leia mais

Nasce uma nova Igreja

Nasce uma nova Igreja Nasce uma nova Igreja O Livro dos Atos dos Apóstolos é a segunda parte do Evangelho de São Lucas. No Evangelho, Lucas apresenta a vida e a atividade terrena de Jesus como a grande viagem que vai da Galiléia

Leia mais

Como sugestão para o melhor aproveitamento do material, indica-se:

Como sugestão para o melhor aproveitamento do material, indica-se: INTRODUÇÃO O estudo do Antigo Testamento é essencial para a compreensão da revelação dos propósitos de Deus no decorrer da historia da humanidade, por isso, Síntese do Antigo Testamento é um material que

Leia mais

Apêndice 2. Instruções para Manejar Bem a Palavra da Verdade

Apêndice 2. Instruções para Manejar Bem a Palavra da Verdade APÊNDICE 2 259 Apêndice 2 Instruções para Manejar Bem a Palavra da Verdade Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade (2

Leia mais

Uma leitura apressada dos Atos dos Apóstolos poderia nos dar a impressão de que todos os seguidores de Jesus o acompanharam da Galileia a Jerusalém,

Uma leitura apressada dos Atos dos Apóstolos poderia nos dar a impressão de que todos os seguidores de Jesus o acompanharam da Galileia a Jerusalém, Uma leitura apressada dos Atos dos Apóstolos poderia nos dar a impressão de que todos os seguidores de Jesus o acompanharam da Galileia a Jerusalém, lá permanecendo até, pelo menos, pouco depois de Pentecostes.

Leia mais

Como a Bíblia foi composta? Escrito por Felipe de Aquino

Como a Bíblia foi composta? Escrito por Felipe de Aquino Os textos da Bíblia começaram a ser escritos desde os tempos anteriores a Moisés (1200 ac). Escrever era uma arte rara e cara, pois se escrevia em tábuas de madeira, papiro, pergaminho (couro de carneiro).

Leia mais

Pérola de Grande Valor é um volume de escrituras

Pérola de Grande Valor é um volume de escrituras C A P Í T U L O 3 8 Pérola de Grande Valor Pérola de Grande Valor é um volume de escrituras escrito por profetas. Há cinco partes em Pérola de Grande Valor: o livro de Moisés, o livro de Abraão, Joseph

Leia mais

LIÇÃO 2 Informação Básica Sobre a Bíblia

LIÇÃO 2 Informação Básica Sobre a Bíblia LIÇÃO 2 Informação Básica Sobre a Bíblia A Bíblia é um livro para todo a espécie de pessoas novos e idosos, cultos e ignorantes, ricos e pobres. É um guia espiritual para ensinar as pessoas como ser-se

Leia mais

O ANTIGO TESTAMENTO ENTRE PASSADO E ATUALIDADE

O ANTIGO TESTAMENTO ENTRE PASSADO E ATUALIDADE Jörg Garbres Ms. De Teologia O ANTIGO TESTAMENTO ENTRE PASSADO E ATUALIDADE Introdução ao AT e sua importância Introdução O AT faz parte do Cânon da cristandade! O AT abrange 4/5 da Bíblia! O AT é testemunho

Leia mais

www.linkchurch.net É o que vamos fazer rapidamente sem nos atermos muito a datas e nomes de pessoas.

www.linkchurch.net É o que vamos fazer rapidamente sem nos atermos muito a datas e nomes de pessoas. www.linkchurch.net Todo estudo deste Periodo tem e será fundamentado em fatos históricos. Não ha registro na Biblia deste periodo, muitas literaturas sacras surgiram neste periodo mas foram consideradas

Leia mais

Uma biblioteca composta de 66 livros. 1.1 O significado da Palavra Bíblia

Uma biblioteca composta de 66 livros. 1.1 O significado da Palavra Bíblia Aula 1 10/09/2014 Uma biblioteca composta de 66 livros 39 antigo testamento 27 novo testamento 1.1 O significado da Palavra Bíblia Grego = Livros ou coleção de pequenos livros João Crisostomos disseminação

Leia mais

Porque Deus mandou construir o tabernáculo?

Porque Deus mandou construir o tabernáculo? Aula 39 Área da Adoração Êxodo 19:5~6 Qual o significado de: vós me sereis reino sacerdotal? Significa que toda a nação, não parte, me sereis reino sacerdotal, povo santo, nação santa. Israel era uma nação

Leia mais

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição. São Mateus Ano litúrgico A

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição. São Mateus Ano litúrgico A Evangelho de São Mateus Ano litúrgico A O Segundo Envangelho O TEMPO DE JESUS E O TEMPO DA IGREJA Este Evangelho, transmitido em grego pela Igreja, deve ter sido escrito originariamente em aramaico, a

Leia mais

Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO

Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO A Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão 2 A Habilidades: Identificas as diferenças e semelhanças entre as religiões

Leia mais

LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49

LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49 Reinos Vindouros LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49 II. Daniel Interpreta o Sonho de Nabucodonosor sobre os Reinos Vindouros, 2:1-49 A. O sonho e o decreto de Nabucodonosor, 2:1-16 1. Nabucodonosor pede aos sábios

Leia mais

CONHECENDO A BÍBLIA APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS. Volume 01 de 07

CONHECENDO A BÍBLIA APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS. Volume 01 de 07 CONHECENDO A BÍBLIA APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 01 de 07 2 A Bíblia é a Palavra de Deus. É através dela que Deus fala aos nossos corações. A Bíblia também é conhecida como As Escrituras

Leia mais

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 Apostila Fundamentos Batismo nas Águas batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 B a t i s m o n a s Á g u a s P á g i n a 2 Batismo nas Águas Este é outro passo que está

Leia mais

(3ª AULAS) - A BÍBLIA COMO UM LIVRO II - As divisões das Escrituras E S T U D A N D O A L I Ç Ã O!!!

(3ª AULAS) - A BÍBLIA COMO UM LIVRO II - As divisões das Escrituras E S T U D A N D O A L I Ç Ã O!!! (3ª AULAS) - A BÍBLIA COMO UM LIVRO II - As divisões das Escrituras TEMA: OBJETIVO: MEMORIZAR: REFLEXÃO: ABORDAGEM DO ALUNO A ORGANIZAÇÃO DOS LIVROS DA BÍBLIA Que o aluno se familiarize com as divisões

Leia mais

Liderança e ministérios de mulheres em Atos dos Apóstolos *

Liderança e ministérios de mulheres em Atos dos Apóstolos * 1 Liderança e ministérios de mulheres em Atos dos Apóstolos * Ivoni Richter Reimer Atos dos Apóstolos faz parte da obra de Lucas e foi escrito por volta do ano 90 (século I). Este livro testemunha sobre

Leia mais

O texto nomeia os 11, mais algumas mulheres, das quais só menciona Maria, com os irmãos de Jesus. Aqui aparece um fato curioso e edificante.

O texto nomeia os 11, mais algumas mulheres, das quais só menciona Maria, com os irmãos de Jesus. Aqui aparece um fato curioso e edificante. Aula 25 Creio na Igreja Católica.1 Frei Hipólito Martendal, OFM. 1. Leitura de At 2, 1-15. Ler e explicar... Dia de Pentecostes (=Quinquagésima) é o 50º dia depois da Páscoa. Os judeus celebravam a Aliança

Leia mais

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo 10.14 O batismo do Espírito Santo #61 Estudamos o novo nascimento e vimos como o Espírito Santo realiza essa obra juntamente com a Palavra de Deus. Tínhamos que entender o novo nascimento e como alguém

Leia mais

A filha da mulher cananeia (Mateus 15:21-28). PREPARANDO MISSIONÁRIOS. O endemoniado gadareno (Marcos 5:1-20).

A filha da mulher cananeia (Mateus 15:21-28). PREPARANDO MISSIONÁRIOS. O endemoniado gadareno (Marcos 5:1-20). Lição 8-22 de agosto de 2015 O plano de Jesus era preparar primeiro o povo judeu como base para as missões para outras culturas. Não obstante, não disperdiçou as oportunidades que se apresentaram para

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 5

Ajuntai tesouros no céu - 5 "Ajuntai tesouros no céu" - 5 Mt 6:19-21 Temos procurado entender melhor através das escrituras, o que Jesus desejou ensinar aos seus discípulos nesta sequência de palavras, e pra isso, estudamos algumas

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b)

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b) Evangelho A palavra Evangelho significa: Boas Novas. Portando, não temos quatro evangelhos, mas quatro evangelistas que escreveram, cada um, conforme sua visão, as boas-novas de salvação, acerca do Senhor

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula IV - Introdução ao Novo Testamento e o caráter Literário dos evangelhos A ORIGEM DO NOME A expressão traduzida

Leia mais

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz?

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? A Unidade de Deus Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? Vejamos a seguir alguns tópicos: Jesus Cristo é o Único Deus Pai Filho Espírito Santo ILUSTRAÇÃO Pai, Filho e Espírito

Leia mais

Introdução. à Bíblia

Introdução. à Bíblia Introdução à Bíblia Pr. Kenneth Eagleton Escola Teológica Batista Livre (ETBL) Campinas, SP 2012 1 Quarta Lição Estrutura da Bíblia A Bíblia é, na verdade, mais que um só livro: é uma coleção de 66 livros

Leia mais

Introdução à Bíblia lição 7. VII. compilação

Introdução à Bíblia lição 7. VII. compilação Introdução à Bíblia lição 7 VII. compilação Esta é uma "Introdução à Bíblia," por favor, saibam que estamos apenas brevemente mencionando várias áreas de estudo que poderiam ser desenvolvidas e investigadas.

Leia mais

PERSPECTIVA BÍBLICA SOBRE O DIVÓRCIO

PERSPECTIVA BÍBLICA SOBRE O DIVÓRCIO PERSPECTIVA BÍBLICA SOBRE O DIVÓRCIO (Texto original de Julio Severo rearanjos de Paulo Aleixo) O estudo presente foi preparado para enriquecer nosso conhecimento sobre o assunto com uma visão breve da

Leia mais

Estudos na Palavra de Deus. Jovens

Estudos na Palavra de Deus. Jovens Estudos na Palavra de Deus Jovens Grandes Santos de Deus Jovens programação Jovens Sirvo a um Deus preciso Richard Roger (1550-1618) Jovens Família Igreja Sociedade Jovens CTB Os Puritanos Juliano Heyse

Leia mais

PANORAMAS DE MATEUS, MARCOS, LUCAS E JOÃO

PANORAMAS DE MATEUS, MARCOS, LUCAS E JOÃO 1 PANORAMAS DE MATEUS, MARCOS, LUCAS E JOÃO Os evangelistas, conforme afirmo, não escreveram para igrejas específicas que eles conheciam pessoalmente ou apenas de ouvir falar, nem mesmo para um número

Leia mais

LIÇÃO 2 O Ensino Cristão É Importante

LIÇÃO 2 O Ensino Cristão É Importante LIÇÃO 2 O Ensino Cristão É Importante Na Lição 1, estudámos sobre o ensino cristão como ministério, assinalando a diferença entre ensinar, pregar e testemunhar. Aprendemos também que Jesus Cristo nos mandou

Leia mais

Bibliologia A Doutrina das Escrituras Sessão 2/3 - A Credibilidade da BíbliaB. Jacinto Mendes. www.jacinto-mendes.eti.br

Bibliologia A Doutrina das Escrituras Sessão 2/3 - A Credibilidade da BíbliaB. Jacinto Mendes. www.jacinto-mendes.eti.br Bibliologia A Doutrina das Escrituras Sessão 2/3 - A Credibilidade da BíbliaB Jacinto Mendes www.jacinto-mendes.eti.br O Teste Bibliográfico Exame da transmissão textual pela qual os documentos chegam

Leia mais

TRADIÇÃO JUDAICO-CRISTÃ ESCRITA: UM ENSAIO CRÍTICO SOBRE A CANONIZAÇÃO VETERO E NEOTESTAMENTÁRIA

TRADIÇÃO JUDAICO-CRISTÃ ESCRITA: UM ENSAIO CRÍTICO SOBRE A CANONIZAÇÃO VETERO E NEOTESTAMENTÁRIA TRADIÇÃO JUDAICO-CRISTÃ ESCRITA: UM ENSAIO CRÍTICO SOBRE A CANONIZAÇÃO VETERO E NEOTESTAMENTÁRIA Ismael Ferreira 1 RESUMO O artigo apresenta uma discussão bastante atual na teologia, filosofia, filologia,

Leia mais

Lição 4. Usando a Bíblia. A importância da Bíblia na sua vida: É muito importante que um novo cristão estabeleça o

Lição 4. Usando a Bíblia. A importância da Bíblia na sua vida: É muito importante que um novo cristão estabeleça o Livro 1 página 28 Lição 4 Usando a Bíblia A importância da Bíblia na sua vida: É muito importante que um novo cristão estabeleça o hábito de ler regularmente a Bíblia. É uma fonte de bênção, inspiração,

Leia mais

Ev. Jacson Austragésilo 10/05/2015

Ev. Jacson Austragésilo 10/05/2015 1 2 3 4 OBJETIVO GERAL Mostrar a importância das mulheres no ministério do Senhor Jesus Cristo e na expansão do Reino de Deus. 5 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Analisar a participação das mulheres no judaísmo e

Leia mais

Considerações sobre o Evangelho de João

Considerações sobre o Evangelho de João 1 Considerações sobre o Evangelho de João. O Evangelho de João nasceu do anúncio vivo, da memória de homens e mulheres que guardavam e transmitiam os ensinamentos transmitidos por Jesus.. O chão = vida

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

ESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO

ESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO ESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati Paranavaí / / MEU SENHOR E MEU DEUS, EU CONFIO EM TI! OS TEXTOS SAGRADOS NAS TRADIÇÕES RELIGIOSAS

Leia mais

4ª. Apostila de Filosofia História da Filosofia: Filosofia Grega: Período Helenístico Filosofia Medieval. Introdução

4ª. Apostila de Filosofia História da Filosofia: Filosofia Grega: Período Helenístico Filosofia Medieval. Introdução 1 4ª. Apostila de Filosofia História da Filosofia: Filosofia Grega: Período Helenístico Filosofia Medieval Introdução O último período da Filosofia Grega é o Helenístico (Sec. III a.c.-vi d.c.). É um período

Leia mais

Aprender para ir sempre mais alto Curso de formação TLC Avaré - 2007/2008 1 SAGRADA ESCRITURA. 46 no Antigo Testamento

Aprender para ir sempre mais alto Curso de formação TLC Avaré - 2007/2008 1 SAGRADA ESCRITURA. 46 no Antigo Testamento Aprender para ir sempre mais alto Curso de formação TLC Avaré - 2007/2008 1 SAGRADA ESCRITURA Ta Bíblia = Os livros (em grego τ α β ι β λ ι α ) Cristo Palavra única da Sagrada Escritura. São 73 livros

Leia mais

Jesus, o Cordeiro de Deus

Jesus, o Cordeiro de Deus Jesus, o Cordeiro de Deus "Sacrifícios e ofertas tu não quiseste, mas um corpo tu tens preparado para mim; em todos os holocaustos e sacrifícios pelo pecado tu não tens tido prazer. Então eu disse: Eis

Leia mais

Liderança Cristã SEFO 2013

Liderança Cristã SEFO 2013 Liderança Cristã SEFO 2013 1ª Aula Fabio Codo Fábio Codo - http://teologiaaservicoevangelho.wordpress.com Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes Conteúdo Programático

Leia mais

EVANGELHOS DE MATEUS E MARCOS

EVANGELHOS DE MATEUS E MARCOS Lição 3 EVANGELHOS DE MATEUS E MARCOS 1. Mateus O Evangelho de Mateus recebe o nome do seu autor, que significa presente do Senhor. Mateus foi um judeu, coletor de impostos para o governo romano, ou seja,

Leia mais

Enquadramento Histórico

Enquadramento Histórico Enquadramento Histórico Aquilo que os cristãos conhecem de Paulo resume-se a dois ou três momentos da sua vida: a conversão na estrada de Damasco, o discurso no areópago de Atenas, o martírio na cidade

Leia mais

LIÇÃO 5 INTERPRETAÇÃO 2ª PARTE INTRODUÇÃO

LIÇÃO 5 INTERPRETAÇÃO 2ª PARTE INTRODUÇÃO 29 LIÇÃO 5 INTERPRETAÇÃO 2ª PARTE INTRODUÇÃO No capítulo anterior falamos sobre as regras de interpretação e a necessidade de conhecermos o contexto de uma passagem e também da importância das palavras.

Leia mais

Deus está implantando o Seu Reino aqui na Terra e Ele tem deixado bem claro qual é a visão dele para nós:

Deus está implantando o Seu Reino aqui na Terra e Ele tem deixado bem claro qual é a visão dele para nós: Visão do MDa Na visão do MDA, é possível à Igreja Local ganhar multidões para Jesus sem deixar de cuidar bem de cada cristão é o modelo de discipulado um a um em ação. O MDA abrange diversos fatores desenvolvidos

Leia mais

FILOSOFIA DE VIDA Atos 13.36

FILOSOFIA DE VIDA Atos 13.36 FILOSOFIA DE VIDA Atos 13.36 Tendo, pois, Davi servido ao propósito de Deus em sua geração, adormeceu, foi sepultado com os seus antepassados e seu corpo se decompôs. Não são todos que têm o privilégio

Leia mais

Palavra Viva, Escritura Poderosa

Palavra Viva, Escritura Poderosa Armindo dos Santos Vaz Palavra Viva, Escritura Poderosa A Bíblia e as Suas Linguagens Universidade Católica Editora Lisboa, 2013 Aos meus pais, irmãos e amigos A alma e a Escritura, graças à referência

Leia mais

Plano de salvação e História de salvação

Plano de salvação e História de salvação Igreja Nova Apostólica Internacional Plano de salvação e História de salvação O artigo que se segue aborda a questão de como a salvação de Deus se evidencia na realidade histórica. A origem do pensamento

Leia mais

Catequese sobre José O pai adoptivo de Jesus

Catequese sobre José O pai adoptivo de Jesus Catequese sobre José O pai adoptivo de Jesus S. José modelo e protector de todos os pais materialdecatequese.webnode.pt 1 A terra de José (Mapa) O seu país era a Palestina e a aldeia onde morava chamava-se

Leia mais

Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus?

Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus? Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus? 2 Coríntios 5:18-20 Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber,

Leia mais

Todos Batizados em um Espírito

Todos Batizados em um Espírito 1 Todos Batizados em um Espírito Leandro Antonio de Lima Podemos ver os ensinos normativos a respeito do batismo com o Espírito Santo nos escritos do apóstolo Paulo, pois em muitas passagens ele trata

Leia mais

João Batista: Preparando o caminho para Jesus

João Batista: Preparando o caminho para Jesus Lição 3 12 a 19 de julho João Batista: Preparando o caminho para Jesus Sábado à tarde Ano Bíblico: Pv 8 11 VERSO PARA MEMORIZAR: Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior

Leia mais

CURSO DE INTRODUÇÃO À LEITURA DA BÍBLIA Autor: Padre Antônio das Mercês Gomes

CURSO DE INTRODUÇÃO À LEITURA DA BÍBLIA Autor: Padre Antônio das Mercês Gomes BÍBLIA CURSO DE INTRODUÇÃO À LEITURA DA BÍBLIA Autor: Padre Antônio das Mercês Gomes Esta palavra vem do grego. A forma Bíblia, em grego, está no plural e significa livros, pois a Bíblia é um conjunto

Leia mais

Implantar o Seu Reino na Terra

Implantar o Seu Reino na Terra CHAMADOS PARA RESPLANDECER A LUZ DO SENHOR ENTRE TODOS OS POVOS Disse Jesus: Venham a mim todos que estão cansados e oprimidos e eu darei alivio para vocês Mat. 11.28 VISÃO DO MDA MÉTODO DE DISCIPULADO

Leia mais

COMO SE TORNAR UM CRISTÃO FIEL. Apêndice 5. A Igreja de Jesus: Organização

COMO SE TORNAR UM CRISTÃO FIEL. Apêndice 5. A Igreja de Jesus: Organização 274 Apêndice 5 A Igreja de Jesus: Organização A maneira exata como a igreja se organiza é de pouco interesse para muitos. No entanto, organização é um assunto de importância vital. A organização da igreja

Leia mais

Visão MDA. Sidnei Souza Hewlett-Packard 01/01/2014

Visão MDA. Sidnei Souza Hewlett-Packard 01/01/2014 2014 Visão MDA [Digite o subtítulo do documento] VI [Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um resumo é um apanhado geral do conteúdo do documento. Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONSELHEIROS BÍBLICOS (ABCB)

DECLARAÇÃO DE FÉ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONSELHEIROS BÍBLICOS (ABCB) DECLARAÇÃO DE FÉ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONSELHEIROS BÍBLICOS (ABCB) A Igreja de Jesus Cristo está comprometida somente com o Antigo e Novo Testamentos como a única autoridade escrita de fé e conduta.

Leia mais

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO SERIEDADE NA PALAVRA CURSO BÁSICO DE TEOLOGIA MÓDULO I 1º SEMESTRE DE 2015 INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO PR. ROGÉRIO DE ANDRADE CHAGAS Introdução ao Novo Testamento. A nossa aula introduzirá a parte histórica

Leia mais

O povo da Bíblia HEBREUS

O povo da Bíblia HEBREUS O povo da Bíblia HEBREUS A FORMAÇÃO HEBRAICA Os hebreus eram pastores nômades que se organizavam em tribos lideradas por chefes de família denominado patriarca. Principais patriarcas: Abraão, Jacó e Isaac.

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

CURSO DE BÍBLIA ANTIGO TESTAMENTO CHAMADO POR DEUS. Paróquia de São Benedito Santa Cruz do Rio Pardo SP

CURSO DE BÍBLIA ANTIGO TESTAMENTO CHAMADO POR DEUS. Paróquia de São Benedito Santa Cruz do Rio Pardo SP CURSO DE BÍBLIA ANTIGO TESTAMENTO A HISTÓRIA DE UM POVO CHAMADO POR DEUS Paróquia de São Benedito Santa Cruz do Rio Pardo SP APRESENTAÇÃO Vocês têm em suas mãos o Curso de Bíblia. Este curso já tem sua

Leia mais

No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS. Pr. Cristiano Nickel Junior

No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS. Pr. Cristiano Nickel Junior No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS Pr. Cristiano Nickel Junior O propósito é que a Igreja seja um exército com bandeiras Martyn Lloyd-Jones No princípio era aquele

Leia mais

Israel: A testemunha de Deus

Israel: A testemunha de Deus Israel: A testemunha de Deus Há aproximadamente 700 anos antes de Cristo, Deus fez uma declaração curiosa acerca de Israel. Usando o profeta Isaías, o SENHOR falou: Israel é cenário do cumprimento de muitas

Leia mais

História Geral. 3ª Edição - 2007

História Geral. 3ª Edição - 2007 História Geral 3ª Edição - 2007 Os Hebreus Localizado a leste da Mesopotâmia, constituía de um vasto planalto desértico rodeado de montanhas, entre a Mesopotâmia e a Índia. O Império Persa constituiu um

Leia mais

I - A NATUREZA DA IGREJA

I - A NATUREZA DA IGREJA I - A NATUREZA DA IGREJA Que é a igreja? A questão pode ser solucionada considerando:1) As palavras que descrevem essa instituição. 2) As palavras que descrevem os cristãos. 3) As ilustrações que descrevem

Leia mais

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Introdução Almejamos uma nova compreensão da espiritualidade, que nos impulsione a realizar o projeto integral de Deus, expressando assim genuína adoração (Jo 4.23-24).

Leia mais

conheça Bíblia Santifica-os na verdade; a Tua palavra é a verdade. Jesus, livro de João 17:17

conheça Bíblia Santifica-os na verdade; a Tua palavra é a verdade. Jesus, livro de João 17:17 conheça a Bíblia conheça a Bíblia Santifica-os na verdade; a Tua palavra é a verdade. Jesus, livro de João 17:17 Factos Acerca da Bíblia Bíblia é um livro que nos surpreende, pela antiguidade, pela posição

Leia mais

1. LEI 5 livros. 2. HISTÓRIA 12 livros. 3. POESIA 5 livros. 4. PROFETAS MAIORES 5 livros. 5. PROFETAS MENORES 12 livros

1. LEI 5 livros. 2. HISTÓRIA 12 livros. 3. POESIA 5 livros. 4. PROFETAS MAIORES 5 livros. 5. PROFETAS MENORES 12 livros LIÇÃO 4 Os Livros do Velho Testamento Ler o Velho Testamento é o mesmo que ler qualquer outro livro antigo, comentou um jovem que se juntara recentemente ao nosso grupo de estudo da Bíblia. No entanto,

Leia mais

As Três Grandes Religiões Cristianismo, Islamismo e Judaísmo

As Três Grandes Religiões Cristianismo, Islamismo e Judaísmo TRABALHO SOBRE As Três Grandes Religiões Cristianismo, Islamismo e Judaísmo Matéria: Cultura Religiosa Professor: Drº Aluno: Sérgio Moreira dos Santos, RA: 304395781. º do Curso de Direito, período noturno.

Leia mais

Perguntas para Testar a Compreensão de Gálatas

Perguntas para Testar a Compreensão de Gálatas 1:1-5 Perguntas para Testar a Compreensão de Gálatas 1:6-10 1:11-24 P1: Qual é a coisa principal que Paulo diz aqui? R: Ele saúda os cristãos de Galácia. P2: O que Paulo diz sobre a sua obra como apóstolo?

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula III - O Judaísmo

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula III - O Judaísmo IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula III - O Judaísmo CARACTERÍSTICAS GERAIS O judaísmo é essencial ao entendimento do Novo Testamento: Todos os livros

Leia mais

1- INTRODUÇÃO. A história da vida de Jesus Cristo encontra-se em toda Bíblia. VT Jesus em profecia NT Jesus histórico

1- INTRODUÇÃO. A história da vida de Jesus Cristo encontra-se em toda Bíblia. VT Jesus em profecia NT Jesus histórico Vida de Cristo 1- INTRODUÇÃO A história da vida de Jesus Cristo encontra-se em toda Bíblia. VT Jesus em profecia NT Jesus histórico Entre o VT e o NT 400 anos de silêncio. No tempo de Jesus a Judéia estava

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 2

Ajuntai tesouros no céu - 2 "Ajuntai tesouros no céu" - 2 Jesus nos ensinou a "alinharmos" os nossos valores aos valores de seu Reino, comparando em sua mensagem aquilo que é terreno e passageiro com aquilo que é espiritual e eterno.

Leia mais

Igreja Batista Renovada de Boituva www.igrejabatista.boituvasp.com.br

Igreja Batista Renovada de Boituva www.igrejabatista.boituvasp.com.br 34 Lição 5 A Quem deve ser batizado? Antes de subir ao céu, o Senhor Jesus Cristo ordenou aos seus discípulos: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda a criatura. Quem crê e for batizado

Leia mais

INTRODUÇÃO À BÍBLIA Revisão aula 1

INTRODUÇÃO À BÍBLIA Revisão aula 1 I NTRODUÇÃO À BÍ BLI A Revisão aula 1 INTRODUÇÃO À BÍBLIA Revisão aula 1 A BÍBLIA... UM CONJUNTO DE 66 LIVROS, COMEÇOU A SER ESCRITO HÁ MAIS OU MENOS 3500 ANOS, DEMOROU QUASE 1600 ANOS PARA SER CONCLUÍDO,

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

São Paulo ganha dos companheiros. São atribuías a S.Paulo 14 cartas. Umas são dele mesmo: Romanos, 1 e 2 aos Corintios, a Filemom, aos Gálatas, aos

São Paulo ganha dos companheiros. São atribuías a S.Paulo 14 cartas. Umas são dele mesmo: Romanos, 1 e 2 aos Corintios, a Filemom, aos Gálatas, aos No Antigo Testamento são citadas algumas cartas, como no 2ºMacabeus, capi.1º. Mas é no Novo Testamento que muitas cartas foram conservadas como parte integrante da revelação de Deus. No Novo Testamento

Leia mais

2.0 - ALGUMAS DIRETRIZES PARA O ESTUDO

2.0 - ALGUMAS DIRETRIZES PARA O ESTUDO 2.0 - ALGUMAS DIRETRIZES PARA O ESTUDO Antes de começarmos a preparar a moldura do nosso quebra-cabeças apocalíptico, há alguns princípios que devemos estabelecer para a interpretação dos textos proféticos

Leia mais

Roteiro 8. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas

Roteiro 8. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas Roteiro 8 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa Filosofia e Ciência Espíritas 1 Objetivos Realizar estudo sobre Jesus, com base nos critérios históricos. Analisar

Leia mais

PREFÁCIO DA SÉRIE. estar centrado na Bíblia; glorificar a Cristo; ter aplicação relevante; ser lido com facilidade.

PREFÁCIO DA SÉRIE. estar centrado na Bíblia; glorificar a Cristo; ter aplicação relevante; ser lido com facilidade. PREFÁCIO DA SÉRIE Cada volume da série A Palavra de Deus para Você o transporta ao âmago de um livro da Bíblia e aplica as verdades nele contidas ao seu coração. Os objetivos principais de cada título

Leia mais

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano A Bíblia, na parte denominada Antigo Testamento (Torá), é o principal documento da história dos hebreus. Foi escrita ao longo

Leia mais

Judaismo. História do povo Judeu

Judaismo. História do povo Judeu 1 Judaismo Ser judeu é uma mistura de religião, identidade étnica e cultura. Em sua origem, os judeus eram um povo homogêneo, pois o casamento com pessoas de outros povos não lhes era permitido. A religião

Leia mais

Antonio Manzatto J. Décio Passos José Flávio Monnerat. a força dos pequenos. teologia do Espírito Santo

Antonio Manzatto J. Décio Passos José Flávio Monnerat. a força dos pequenos. teologia do Espírito Santo Antonio Manzatto J. Décio Passos José Flávio Monnerat a força dos pequenos teologia do Espírito Santo Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline Mendes Fontes Revisão:

Leia mais