FIAM FAAM CENTRO UNIVERSITÁRIO ARQUITETURA E URBANISMO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FIAM FAAM CENTRO UNIVERSITÁRIO ARQUITETURA E URBANISMO"

Transcrição

1 FIAM FAAM CENTRO UNIVERSITÁRIO ARQUITETURA E URBANISMO PRAÇA MICHIE AKAMA DIAGNOSTICO DA ÁREA DE INTERVENÇÃO - ESCRITÓRIO MODELO JAQUELINE LEMOS PRINA RA.: SÃO PAULO 2011

2 LISTA DE IMAGENS IMAGEM 1 - SITUAÇÃO... 5 IMAGEM 2 - IDENTIFICAÇÃO DOS LIMITES DA PRAÇA... 6 IMAGEM 3 FOTO DAS GUIAS DE ACESSIBILIDADE ENTRE AS RUAS CARAMURU... 6 IMAGEM 4 - FOTO DAS GUIAS DE ACESSIBILIDADE INSTALADA NA RUA LUIS GOES. 6 IMAGEM 5 FOTO DA PRAÇA EM PÉSSIMO ESTADO DE CONSERVAÇÃO E O ACÚMULO DE LIXO... 7 IMAGEM 6 FOTO DO DETALHE DA MUTERA DE DELIMITAÇÃO DA PRAÇA... 7 IMAGEM 7 ACUMULO DE LIXOS NO LOCAL... 7 IMAGEM 8 DETALHE DOS POSTES NO MEIO DA CALÇADA... 8 IMAGEM 9 POSTES NO MEIO DA CALÇADA, ATRAPALHANDO A CIRCULAÇÃO IMAGEM 10 FOTO DE UMA DAS PRAÇAS DO ENCONTRO DAS VIAS AV. JABAQUARA E RUA LUIS GOES... 8 IMAGEM 11 - FOTO DE UMA DAS PRAÇAS DO ENCONTRO DAS VIAS AV. JABAQUARA E RUA LUIS GOES... 8 IMAGEM 12 VISTA DA AVENIDA JABAQUARA, ELA APRESENTA GRANDE FLUX... 9 IMAGEM 13 VISTA DA PRAÇA D RUA CARAMURU... 9 IMAGEM 14 FOTO DA PRAÇA DA RUA CARAMURU E A INSTALAÇÃO DO POSTE NA CALÇADA DE ACESSO... 9 IMAGEM 15 VISTA DA PRAÇA DE INTERVENÇÃO... 9 IMAGEM 16 VISTA DA PRAÇA DE INTERVENÇÃO... 9

3 SUMÁRIO INTRODUÇÃO: DIAGNÓSTICO DA ÁREA IDENTIFICAÇÃO DA ÁREA: INFRAESTRUTURA Identificação dos limites Identificação de pisos e elementos construídos Equipamentos e Mobiliários Iluminação e Postes Relatório Fotográfico VEGETAÇÃO E ILUMINAÇÃO NAS PRAÇAS CONCLUSÃO... 12

4 INTRODUÇÃO: O presente trabalho tem como objetivo identificar e diagnosticar potencialidades e fragilidades da Praça Michie Akama, localizada na Avenida Jabaquara com a Rua Luis Góes na Vila Mariana para enquadra-la no Programa Florir de São Paulo.

5 1. DIAGNÓSTICO DA ÁREA 1.2. INFRAESTRUTURA 1.1. IDENTIFICAÇÃO DA ÁREA: A. Praça: Praça Michie Akama Logradouro Público B. Endereço: Rua Luis Góis e Avenida Jabaquara, Vila Mariana. C. Subprefeitura: VILA MARIANA D. Área Total: 190,00 M² PRAÇA IDENTIFICAÇÃO DOS LIMITES A Praça Michie Akama está localizada no encontro da Rua Luís Góes com a Avenida Domingos de Moraes continuação da Avenida Jabaquara no bairro da Santa Cruz em São Paulo, estando a aproximadamente 600m de distancia do Metro Santa Cruz e 700m do Metro Praça da Árvore, tendo linhas de ônibus para diversos locais na Avenida Jabaquara / Domingos de Moraes. Localizada em uma avenida predominantemente de usos de serviços e comercial o entorno dessa área é totalmente residencial de médio a alto padrão com escolas, supermercados, padarias, resumindo com ótima infraestrutura urbana. Logo em frente a loja Alô Bebe, situada em uma via de comércios e serviços. Legenda: Área de Comércio e Serviços IMAGEM 1 - SITUAÇÃO FONTE: ELABORAÇÃO PRÓPRIA EM BASE GOOGLE Área Residencial

6 A acessibilidade é feita através das guias rebaixas, em todas as esquinas onde há a travessia de pedestre tem a guia rebaixada. A sua construção não foi muito bem executada e apresenta irregularidades como áreas sem a inclinação correta. Não há pisos podotátil na área. IMAGEM 2 - IDENTIFICAÇÃO DOS LIMITES DA PRAÇA FONTE: ELABORAÇÃO PROPRIA SOBRE BASE DO GOOGLE IDENTIFICAÇÃO DE PISOS E ELEMENTOS CONSTRUÍDOS A área de intervenção está localizada em uma das regiões IMAGEM 3 FOTO DAS GUIAS DE ACESSIBILIDADE ENTRE AS RUAS CARAMURU FONTE: FOTO DA AUTORA 12/11/2011 IMAGEM 4 - FOTO DAS GUIAS DE ACESSIBILIDADE INSTALADA NA RUA LUIS GOES FONTE: FOTO DA AUTORA 12/11/2011 mais alta de São Paulo, a mesma cota da Avenida Paulista. O local não apresenta desnível, toda a área está no mesmo nível, por isso não apresenta nenhuma escada ou rampa. As calçadas e as guias das praças se encontram em péssimo estado, não permitindo o fácil acesso para os pedestres.

7 EQUIPAMENTOS E MOBILIÁRIOS IMAGEM 5 FOTO DA PRAÇA EM PÉSSIMO ESTADO DE CONSERVAÇÃO E O ACÚMULO DE LIXO. IMAGEM 6 FOTO DO DETALHE DA MUTERA DE DELIMITAÇÃO DA PRAÇA. A Praça não apresenta nenhum equipamento ou mobiliário como bancos e mesas, quadras, brinquedos infantis, aparelhos de ginástica, pontos de ônibus, lixeiras, telefones públicos, quiosques ou bancas de jornal. As edificações próximas à praça são comércios ou residências, nenhum equipamento institucional como escolas ou creches ILUMINAÇÃO E POSTES IMAGEM 7 ACUMULO DE LIXOS NO LOCAL As muretas de delimitação as praças se encontram em péssimo estado e com acúmulo de lixos no seu entorno. A praça não apresenta iluminação direcionada para a área/praça, apenas para as vias de acesso a Avenida Jabaquara e a Rua Luis Góes.

8 Existem dois pontos de iluminação uma para a Avenida Jabaquara com uma pétala em situação de pouca conservação e um para a Rua Luis Góes em péssimo estado de conservação. Os postes de energia se localizam no meio da calçada entre a praça e a loja Alo Bebe RELATÓRIO FOTOGRÁFICO A Praça Michie Akama se encontra no encontra de algumas vias de acesso importantes para o bairro a Avenida Jabaquara continuação da Avenida Domingos de Moraes com a Rua Luis Góes. O fluxo nessa área é bem intenso. Esse encontro de ruas originou algumas pequenas praças ao redor da praça de intervenção. FOTO 01. FOTO 02 IMAGEM 8 DETALHE DOS POSTES NO MEIO DA CALÇADA. IMAGEM 9 POSTES NO MEIO DA CALÇADA, ATRAPALHANDO A CIRCULAÇÃO.. IMAGEM 10 FOTO DE UMA DAS PRAÇAS DO ENCONTRO DAS VIAS AV. JABAQUARA E RUA LUIS GOES. IMAGEM 11 - FOTO DE UMA DAS PRAÇAS DO ENCONTRO DAS VIAS AV. JABAQUARA E RUA LUIS GOES.

9 FOTO 03 FOTO 04 FOTO 05 IMAGEM 12 VISTA DA AVENIDA JABAQUARA, ELA APRESENTA GRANDE FLUXO. IMAGEM 13 VISTA DA PRAÇA D RUA CARAMURU IMAGEM 14 FOTO DA PRAÇA DA RUA CARAMURU E A INSTALAÇÃO DO POSTE NA CALÇADA DE ACESSO. A praça de intervenção apresenta uma fácil acessibilidade, no cruzamento da Rua Caramuru está uma praça pequena que fica próxima a um supermercado e muito próxima a área de travessia dos pedestres, atrapalhando a visualização dos pedestres e veículos. Além de deixar mais estreita a calçada. A localização dos postes atrapalham os pedestres pois estão instalados no meio das calçadas, o acúmulo de lixo também é um problema sério na praça. FOTO 06 IMAGEM 15 VISTA DA PRAÇA DE INTERVENÇÃO FOTO 07 IMAGEM 16 VISTA DA PRAÇA DE INTERVENÇÃO

10 Locação das fotos em planta/mapa base google:

11 1.3. VEGETAÇÃO E ILUMINAÇÃO NAS PRAÇAS ÁREA 02 Maciço Arborico: Ypê Rosa Porte: 3 metros Quantidade: 1 Vegetação rasteira: grama esmeralda ÁREA 03 Maciço Arborico: Não reconhecido Porte: 5 metros Quantidade: 1 Vegetação rasteira: grama esmeralda ÁREA 04 Maciço Arborico: Não reconhecido Porte: 6 metros ÁREA 01 Maciço Arborico: Ypê Rosa Porte: 6 metros e 2 metros Quantidade: 2 Quantidade: 1 Vegetação rasteira: grama esmeralda Vegetação rasteira: grama esmeralda

12 1.4. CONCLUSÃO Toda a região ganhará novos pisos, no padrão de intertravados, permitindo assim a permeabilidade da cidade. A Praça Michie Akama apresenta uma potencialidade importante pela sua localização e a sua utilização como uma área de estar, a praça está localizada em uma área de comércios e serviços e sem áreas de repousos. Uma fragilidade encontrada é a de falta de manutenção e o acúmulo de lixo. As guias de delimitação estão sem acabamento e o calçamento está muito precário. A proposta de intervenção não é só para a praça rotulada Michie Akama, em frente Alô Bebe mais a intervenção irá acontecer em todas as praças desse encontro da Rua Luis Góes e Av. Jabaquara / Domingos de Moraes. Revitalizando-as e deixando-as com a mesma linguagem. A Praça Michie Akama terá uma área de estar e o seu desenho reformulado para facilitar a circulação dos pedestres. A área lateral utilizada como estacionamento será uma nova praça com áreas de estar também.

Praças Subprefeitura de Vila Mariana

Praças Subprefeitura de Vila Mariana Praças Subprefeitura de Vila Mariana Estes relatórios abordam levantamentos realizados durante o segundo semestre de 2011 nas praças Benjamin Reginato, Yolanda Poyares, Alfredo Ramos e Waldemar Marchetti,

Leia mais

ESPAÇO URBANO: vias de circulação (hierarquias)

ESPAÇO URBANO: vias de circulação (hierarquias) UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE URBANISMO - ENGENHARIA CIVIL ESPAÇO URBANO: vias de circulação (hierarquias)

Leia mais

DAS CALÇADAS DESENHO, ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE

DAS CALÇADAS DESENHO, ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE DAS CALÇADAS DESENHO, ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE NRM U-20001 15/06/2016 FINALIDADE: Regulamentar os arts. 18, 22, e o único do art. 30, da LC nº. 1.045/2016. ORIGEM: LC 1.045/2016; NBR Nº 9.050/2015;

Leia mais

6.2 ANEXO II MEMORIAL FOTOGRÁFICO

6.2 ANEXO II MEMORIAL FOTOGRÁFICO 6.2 ANEXO II MEMORIAL FOTOGRÁFICO I. BAIRRO AMÂNCIO PIMENTA Foto 1 Declividade acentuada acesso bairro Foto 2 Via em blocos sextavados em conjunto habitacional II. BAIRRO CAMPO VINTE Foto 3 Principal via

Leia mais

Guia de acessibilidade

Guia de acessibilidade Piso tátil Resumo do guia de calçadas de Campo Grande, para dar maior apoio e informação aos nossos clientes, sobre elaboração e execução das calçadas conforme a legislação da capital, atendendo as condições

Leia mais

PRAÇA DOS NAMORADOS AV NOSSA SNEHORA DOS NAVEGANTES, S/Nº PRAIA DO CANTO. Página 1

PRAÇA DOS NAMORADOS AV NOSSA SNEHORA DOS NAVEGANTES, S/Nº PRAIA DO CANTO. Página 1 DATA DA VISITA: 30/06/2014 PRAÇA DOS NAMORADOS DATA DA VISITA: AV NOSSA SNEHORA DOS NAVEGANTES, S/Nº PRAIA DO CANTO DADOS ANTERIORES DADOS ATUAIS 1. De quanto em quanto tempo é feita a manutenção da praça

Leia mais

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte

Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte I Seminário Nacional de Política Urbana e Ambiental Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil Brasília abril 2016 Mobilidade e Políticas Urbanas em Belo Horizonte Tiago Esteves Gonçalves da Costa ESTRUTURA

Leia mais

1. De quanto em quanto tempo é feita a manutenção da praça Sempre que necessário Sempre que necessário

1. De quanto em quanto tempo é feita a manutenção da praça Sempre que necessário Sempre que necessário DATA DA VISITA: 22/07/2014 DATA DA VISITA: 21/07/2015 PRAÇA DO PAPA (JOÃO PAULO II) Coordenador responsável: Leonardo Amorim Gonçalves Criação: Lei Nº 4.461/1997 Endereço: Av. Nossa Senhora dos Navegantes

Leia mais

DESENHO ARQUITETÔNICO I. O Projeto Arquitetônico

DESENHO ARQUITETÔNICO I. O Projeto Arquitetônico DESENHO ARQUITETÔNICO I O Projeto Arquitetônico O que é um projeto arquitetônico? É uma representação em um plano das projeções de uma edificação. Possui três fases: 1. Fase preliminar - Estudo da viabilidade

Leia mais

DATA DA VISITA:18/06/2014 DATA DA VISITA:05/02/2015. De quanto em quanto tempo é feita a manutenção da praça Mensalmente Mensalmente

DATA DA VISITA:18/06/2014 DATA DA VISITA:05/02/2015. De quanto em quanto tempo é feita a manutenção da praça Mensalmente Mensalmente 1 DATA DA VISITA:18/06/2014 PRAÇA "JOÃO CLÍMACO" Responsável: Leonardo Amorim Gonçalves Endereço: Entre as Ruas Nestor Gomes e Pedro Palácios, Centro Bairro:Centro Referência: Ao lado do Palácio do Governo

Leia mais

2 ESTUDO DO LUGAR. 2.1 O Objeto

2 ESTUDO DO LUGAR. 2.1 O Objeto 2 ESTUDO DO LUGAR 2.1 O Objeto O Mercado Municipal de Campinas foi construído, em 1954 para atender seus moradores e os bairros adjacentes com o fornecimento de gêneros alimentícios. Funcionava como um

Leia mais

Diagnóstico do Parque Augusta

Diagnóstico do Parque Augusta Diagnóstico do Parque Augusta Bruno Massao Carolina Camargo Daniela Gomes Giuliana Takahashi Luciana Santiago ESCRITÓRIO MODELO 2013 Localização Próximo ao local há comércios, universidades (Mackenzie,

Leia mais

ELEMENTOS DE ARQUITETURA E URBANISMO

ELEMENTOS DE ARQUITETURA E URBANISMO ELEMENTOS DE ARQUITETURA E URBANISMO REPRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ARQUITETURA Faculdade de Tecnologia e Ciências - FTC Unidade Vitória da Conquista BA Colegiado de Engenharia Civil Prof. Philipe do Prado

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE IDENTIFICAÇÃO

QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE IDENTIFICAÇÃO QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE - ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO RECADOS AO PESQUISADOR Caro colega: 1. Este instrumento será preenchido por

Leia mais

Fotografia 1 Vista frontal da escola de Aparecida, detalhe da fachada em desnível em relação a rua principal.

Fotografia 1 Vista frontal da escola de Aparecida, detalhe da fachada em desnível em relação a rua principal. RELATÓRIO TÉCNICO Nº 006-DINFRA/PRODIN/IFAM/2016 DA: A (O): PRODIN Manaus/AM, 05 de abril de 2015 I - DAS INFORMAÇÕES 1. OBJETO: Obra de reforma e ampliação do prédio anexo do Instituto Federal do Amazonas

Leia mais

UNI FIAM FAAM INTRODUÇÃO AO PROJETO DE URBANISMO

UNI FIAM FAAM INTRODUÇÃO AO PROJETO DE URBANISMO UNI FIAM FAAM INTRODUÇÃO AO PROJETO DE URBANISMO INTRODUÇÃO AO PROJETO DE URBANISMO Professores: Helena e Ana Cecília 2 semestre 2010 turma: 018 102 A08 Daniele Tavares RA: 4221679 Renata Pereira RA: 5386069

Leia mais

MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - PARQUE MOSCOSO

MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - PARQUE MOSCOSO DATA DA VISITA: 12/02/2014 DATA DA VISITA: 30/04/2015 MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - PARQUE MOSCOSO Coordenador: Leinardo Araujo Vieira Téc. Esportiva: Julie Alessandra Marchette Endereço:

Leia mais

Acompanhamento realizado no primeiro dia de atividades e semestralmente 13.1 Se detectada necessidade, há encaminhamento para atendimento médico

Acompanhamento realizado no primeiro dia de atividades e semestralmente 13.1 Se detectada necessidade, há encaminhamento para atendimento médico MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - JARDIM CAMBURI Coordenador: Robson Ribeiro Email: soe@correio1.vitoria.es.gov.br Telefone: (27) 3132-5070 Logradouro: Av Dante Michelini Bairro: Jardim

Leia mais

LEGISLAÇÃO URBANA DE JUIZ DE FORA

LEGISLAÇÃO URBANA DE JUIZ DE FORA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE URBANISMO - ENGENHARIA CIVIL LEGISLAÇÃO URBANA DE JUIZ DE FORA Prof. Ms.

Leia mais

DATA DA VISITA:05/02/2014. OBS.: No local da praça foi construída uma quadra de esportes.

DATA DA VISITA:05/02/2014. OBS.: No local da praça foi construída uma quadra de esportes. DATA DA VISITA:07/07/2014 DATA DA VISITA:05/02/2014 PRAÇA "CAPITÃO MANOEL ROBERTO VASCONCELOS" Responsável: Leonardo Amorim Gonçalves Endereço: Rua Filomeno Ribeiro e Rua Frei Antônio dos Mártires Bairro:

Leia mais

ATIVIDADES DO CIA/ GTAA

ATIVIDADES DO CIA/ GTAA ATIVIDADES DO CIA/ GTAA - 2014 MEMBROS DO GRUPO DE TRABALHO ACESSIBILIDADE ARQUITETÔNICA Coordenação: Prof.ª Dra. Angelina Dias Leão Costa Representante do Laboratório de Acessibilidade/ Departamento de

Leia mais

Ginástica, Alongamento, Yoga, Hidromar e Voleibol adaptado para 3ª idade QUADRO DE FUNCIONÁRIOS. 4 professores efetivos 1 estagiário Vigilantes 0 0

Ginástica, Alongamento, Yoga, Hidromar e Voleibol adaptado para 3ª idade QUADRO DE FUNCIONÁRIOS. 4 professores efetivos 1 estagiário Vigilantes 0 0 DATA DA VISITA: 07/04/2014 DATA DA VISITA: 21/11/2014 MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - PRAIA DE CAMBURI Coordenador (a): Regina Célia Gasparini Firme E-mail: rcgfirma@hotmail.com Endereço:

Leia mais

ORIGEM H048-FTP03- R DATA: 17/02/ FICHA TECNICA DE MEETING - HELBOR OFFICES IMPERATRIZ LEOPOLDINA (HESA 48)

ORIGEM H048-FTP03- R DATA: 17/02/ FICHA TECNICA DE MEETING - HELBOR OFFICES IMPERATRIZ LEOPOLDINA (HESA 48) CADERNO TÉCNICO DE LANÇAMENTO 28/02/2012 PAPICU 2- Ficha tecnica de Meeting ORIGEM H048-FTP03- R00-100713 DATA: 17/02/2012 REVISÃO: 00 1 - FICHA TECNICA DE MEETING - HELBOR OFFICES IMPERATRIZ LEOPOLDINA

Leia mais

INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL

INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL ESPAÇO VIVACIDADE ARTE, CULTURA E EDUCAÇÃO Autora: Cristiane Lavall O que é Trata-se de um complexo de arte, cultura e educação, denominado Espaço VivAcidade, no município de Arroio do Meio. O objetivo

Leia mais

Rampas. Fabrícia Mitiko Ikuta e Verônica de Freitas

Rampas. Fabrícia Mitiko Ikuta e Verônica de Freitas Rampas Fabrícia Mitiko Ikuta e Verônica de Freitas RAMPAS: CONCEITO De acordo com a Pontifícia Universidade Católica (2009), as rampas, diferentemente das escadas, podem se constituir meios de circulação

Leia mais

PURP 63 PLANILHA DE PARÂMETROS URBANÍSTICOS E DE PRESERVAÇÃO ESCALA PREDOMINANTE: BUCÓLICA. AP 10 UP 8 INSTITUTO DE METEOROLOGIA (INMET), CEB e CAESB

PURP 63 PLANILHA DE PARÂMETROS URBANÍSTICOS E DE PRESERVAÇÃO ESCALA PREDOMINANTE: BUCÓLICA. AP 10 UP 8 INSTITUTO DE METEOROLOGIA (INMET), CEB e CAESB AP 10 UP 8 Folha 1 / 6 AP 10 UP 8 Folha 2 / 6 DISPOSITIVOS DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO VALOR PATRIMONIAL PLANILHA DE PARÂMETROS URBANÍSTICOS E DE PRESERVAÇÃO A ATRIBUTOS DE CONFIGURAÇÃO URBANA: TECIDO (MALHA

Leia mais

- A sinalização com piso tátil não seguia o Projeto de Padronização de Calçadas da Prefeitura de Belo Horizonte, o que deve ser regularizado;

- A sinalização com piso tátil não seguia o Projeto de Padronização de Calçadas da Prefeitura de Belo Horizonte, o que deve ser regularizado; LAUDO DE 3 DE JULHO DE 2013 1. CALÇADAS Não havia sinalização com piso tátil de alerta junto às entradas de alguns dos estacionamentos, em desacordo com a NBR 9050, bem como não havia sinalização sonora

Leia mais

3. Que esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação;

3. Que esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação; RESOLUÇÃO CPA/SMPED-G/015/2008 A Comissão Permanente de Acessibilidade CPA, em sua 43ª Reunião Ordinária do corrente ano, realizada em 14 de novembro de 2008, Considerando as disposições do Decreto Municipal

Leia mais

Formulário de Coleta de Dados Estrutura Física e Gestão Empresarial

Formulário de Coleta de Dados Estrutura Física e Gestão Empresarial 8,0-10 6,0-7,9 3,0-5,9 0-2,9 Formulário de Coleta de Dados Estrutura Física e Gestão Empresarial EMPRESA: DATA: / / 2. Estrutura física * Para itens que não se, NÃO colocar nota, deixar em branco. 2.1

Leia mais

Shopping Mercadorama Colégio Estadual Escola Municipal

Shopping Mercadorama Colégio Estadual Escola Municipal LOCALIZAÇÃO N Hospital Erasto Gaertner Wall Mart UFPR Shopping Jardim das Américas Mercadorama Colégio Estadual Escola Municipal Terminal de ônibus Politécnic o UFPR Jardim das Américas FICHA TÉCNICA TERRENO:

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 2.967, DE 2 DE MARÇO DE 2010.

LEI MUNICIPAL Nº 2.967, DE 2 DE MARÇO DE 2010. LEI MUNICIPAL Nº 2.967, DE 2 DE MARÇO DE 2010. Dispõe sobre a execução e manutenção de calçadas, o rebaixamento de meio-fio sinalização dos acessos de veículos, em lotes e em edificações residenciais,

Leia mais

Situação dos Projetos/Atividades PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

Situação dos Projetos/Atividades PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Situação dos Projetos/Atividades Orgão: Unidade: 67 10 Subprefeitura Itaquera Administração da Subprefeitura Dotação: 67.10.04.122.3012.2803 - Operação e Manutenção dos Conselhos e Espaços Participativos

Leia mais

FACHADA DO CONDOMÍNIO (JUL/2016) VISTA AÉREA. Imagens meramente ilustrativas. Página 2

FACHADA DO CONDOMÍNIO (JUL/2016) VISTA AÉREA. Imagens meramente ilustrativas. Página 2 FACHADA DO CONDOMÍNIO (JUL/2016) VISTA AÉREA Imagens meramente ilustrativas Página 2 DADOS DO PROJETO - NOME COMERCIAL: DESCRIÇÃO: ENDEREÇO: Recanto do Outeiro Condomínio Residencial de 16 casas sobradas

Leia mais

Arquiteta Silvana Cambiaghi

Arquiteta Silvana Cambiaghi Novo ambiente regulatório nos projetos de arquitetura Revisão da NBR 9050:2015 Lei Brasileira da Inclusão nº. 13.146/2015 Arquiteta Silvana Cambiaghi ACESSIBILIDADE Possibilidade e condição de alcance,

Leia mais

CÓDIGO DE OBRAS E EDIFICAÇÕES ANEXO II FATOR DE SUSTENTABILIDADE

CÓDIGO DE OBRAS E EDIFICAÇÕES ANEXO II FATOR DE SUSTENTABILIDADE CÓDIGO DE OBRAS E EDIFICAÇÕES ANEXO II FATOR DE SUSTENTABILIDADE ITEM PONTOS I IMPLANTAÇÃO DO EDIFÍCIO MAX. 10 A) MOVIMENTAÇÃO DO SOLO Implantação do projeto adequada ao perfil natural do terreno, com

Leia mais

Instruções para Uso dos Guias e Especificações Técnicas

Instruções para Uso dos Guias e Especificações Técnicas Instruções para Uso dos Guias e Especificações Técnicas 1. Introdução As orientações aqui contidas têm o objetivo de auxiliar a FRANQUEADA na instalação da AGF. Seguindo todas as orientações e tirando

Leia mais

Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas FATECS - Curso de Arquitetura e Urbanismo Professora Arquiteta Dra. Eliete de Pinho Araujo

Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas FATECS - Curso de Arquitetura e Urbanismo Professora Arquiteta Dra. Eliete de Pinho Araujo Reitor: Getúlio Lopes Diretor da FATECS: José Pereira da Luz Filho Coordenador: José Galbinski Curso: Arquitetura e Disciplina: Instalações Professora: Eliete de Pinho Araujo Reportagens Urbanas 2005 1

Leia mais

Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR

Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR Calçada Para Todos Mobilidade Urbana LONDRINA, PR MUNICÍPIO DE LONDRINA CARACTERIZAÇÃO DO MUNICÍPIO DE LONDRINA Situado ao norte do estado do Paraná Município foi criado em dezembro de 1934 e acaba de

Leia mais

SHOPPING METRÔ TUCURUVI

SHOPPING METRÔ TUCURUVI MÍDIA KIT SHOPPING METRÔ TUCURUVI SHOPPING METRÔ TUCURUVI SHOPPING METRÔ TUCURUVI 5 pavimentos de lojas 9 âncoras 6 salas cinema 53 operações de alimentação 223 lojas 32 mil m² de ABL 60 mil veículos por

Leia mais

ANÁLISE CARTOGRÁFICA DO PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE POUSO ALEGRE/MG

ANÁLISE CARTOGRÁFICA DO PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE POUSO ALEGRE/MG ANÁLISE CARTOGRÁFICA DO PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE POUSO ALEGRE/MG Maria Itaiana Ferreira de Moraes 1 ; Thiago César Frediani Sant Ana 2 RESUMO: A vida social do homem está vinculada a ação de interação

Leia mais

Funcionários Terceirizados

Funcionários Terceirizados 1. Faixa etária de pessoas atendidas: Todas as idades 2. Bairros Atendidos TODOS 3. Existem critérios para que o espaço seja usado: Sim 3.1 No caso de sim, quais esses critérios: PRÁTICA ESPORTIVA 4. São

Leia mais

Alternativas de Merchandising

Alternativas de Merchandising Alternativas de Merchandising Office Shopping Office Shopping Merchandising é especializada na locação de espaços temporários, comercialização de mídia, merchandising, projetos especiais e ações promocionais

Leia mais

Como NÃO construir uma calçada acessível Ter, 13 de Outubro de :54

Como NÃO construir uma calçada acessível Ter, 13 de Outubro de :54 Basta darmos uma voltinha pela cidade para sentirmos uma certa dificuldade em passarmos livremente pelas calçadas. Se você estiver com um carrinho de bebê então já começa a ficar complicado: desvia daqui

Leia mais

São Paulo: Com gestão eficaz, dá para mudar. Os desafios na administração de uma cidade como São Paulo

São Paulo: Com gestão eficaz, dá para mudar. Os desafios na administração de uma cidade como São Paulo São Paulo: Com gestão eficaz, dá para mudar Os desafios na administração de uma cidade como São Paulo Secretaria das Subprefeituras São Paulo, 2009 MANUTENÇÃO DA CIDADE LIMPEZA EM BOCAS DE LOBO 2.752.421

Leia mais

Aula 9. Prof. Regis de Castro Ferreira. Prof. Dr. Regis de Castro Ferreira

Aula 9. Prof. Regis de Castro Ferreira. Prof. Dr. Regis de Castro Ferreira Prof. Dr. Regis de Castro Ferreira rcastro@agro.ufg.br NOÇÕES DE DESENHO ARQUITETÔNICO 1. CONCEITO: (...) a representação de um projeto. Desenho arquitetônico consiste na representação geométrica das diferentes

Leia mais

Propostas referentes ao incentivo do rio como caminho:

Propostas referentes ao incentivo do rio como caminho: Propostas referentes ao incentivo do rio como caminho: Remodelação das calçadas e ruas lindeiras. Propostas referentes à conservação da paisagem: Remoção das palafitas, melhoria das vias de pedestres incluindo

Leia mais

FOTOGRAFIAS. FOTO N o 1 FOTO N o 2. FOTO N o 3 FOTO N o 4. ENGENHARIA DE PERÍCIAS E AVALIAÇÕES Eng. Ricardo Henrique de Araujo Imamura

FOTOGRAFIAS. FOTO N o 1 FOTO N o 2. FOTO N o 3 FOTO N o 4. ENGENHARIA DE PERÍCIAS E AVALIAÇÕES Eng. Ricardo Henrique de Araujo Imamura FOTOGRAFIAS FOTO N o 1 FOTO N o 2 Vista do Edifício Araqua, situado à Rua Aurora N o 544 Saúde, Capital, sem Garagem, na Diligência de 02/02/2012. Vista do Edifício Araqua na Rua Aurora. FOTO N o 3 FOTO

Leia mais

Cidades, urbanismo e lazer

Cidades, urbanismo e lazer Curso: Tecnologia em Gestão Desportiva e do Lazer Disciplina: Planejamento de equipamentos e espaços de lazer Professora: Andréa Costa Cidades, urbanismo e lazer Como são as nossas cidades hoje? Elas sempre

Leia mais

Representação Desenho Arquitetônico. Prof. Dr Rossano Silva CEG012 - Agronomia

Representação Desenho Arquitetônico. Prof. Dr Rossano Silva CEG012 - Agronomia Representação Desenho Arquitetônico Prof. Dr Rossano Silva CEG012 - Agronomia OS ELEMENTOS DO DESENHO ARQUITETÔNICO Os desenhos básicos que compõem um projeto de arquitetura, a partir de projeções ortogonais,

Leia mais

Regramento para a instalação e o uso de extensão temporária de passeio público (parklet)

Regramento para a instalação e o uso de extensão temporária de passeio público (parklet) Regramento para a instalação e o uso de extensão temporária de passeio público (parklet) Art. 1º. A instalação e o uso de extensão temporária de passeio público, denominada parklet, ficam regulamentados

Leia mais

CADERNO DE LANÇAMENTO

CADERNO DE LANÇAMENTO CADERNO DE LANÇAMENTO 21.07.2014 HELBOR TREND SP - Ficha do produto ORIGEM: H093-FTP3-R02-140114 DATA: 21/07/2014 FICHA TÉCNICA DE LANÇAMENTO - HELBOR TREND SP (HESA 93) IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDIMENTO

Leia mais

Sumário DOCUMENTO 2 DO ANEXO 1 - PARTE I - ANEXO Arquitetura - Urbanismo

Sumário DOCUMENTO 2 DO ANEXO 1 - PARTE I - ANEXO Arquitetura - Urbanismo http://www.bancodobrasil.com.br 1 DOCUMENTO 2 DO ANEXO 1 - PARTE I - ANEXO 15.1.6 Arquitetura - Urbanismo Sumário 1. OBJETIVO... 2 2. CONDIÇÕES GERAIS... 2 3. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS... 2 3.1 Lado Terra...

Leia mais

PASSEIOS PÚBLICOS: O ESTUDO DA ACESSIBILIDADE EM ÁREA URBANA DE HORIZONTINA 1

PASSEIOS PÚBLICOS: O ESTUDO DA ACESSIBILIDADE EM ÁREA URBANA DE HORIZONTINA 1 PASSEIOS PÚBLICOS: O ESTUDO DA ACESSIBILIDADE EM ÁREA URBANA DE HORIZONTINA 1 Lúcio Zorzan 2, Djiovani Dalben 3, Lucas Gustavo Freiberger 4. 1 Pesquisa desenvolvida no Curso de Engenharia Civil da UNIJUI

Leia mais

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PROJETO: INCÊNDIO Modelo: 3.000 m2 MAIO 2011 SUMÁRIO 1. Apresentação... 03 2. Extintores... 04 3. Iluminação de Emergência...

Leia mais

ROTEIRO PARA OBTENÇÃO DE IMAGENS RELATIVAS À VERIFICAÇÃO DE ACESSIBILIDADE

ROTEIRO PARA OBTENÇÃO DE IMAGENS RELATIVAS À VERIFICAÇÃO DE ACESSIBILIDADE ROTEIRO PARA OBTENÇÃO DE IMAGENS RELATIVAS À VERIFICAÇÃO DE ACESSIBILIDADE Este roteiro tem por objetivo apresentar ao responsável pela vistoria remota os detalhes e ângulos básicos a serem obtidos por

Leia mais

LOTEAMENTO CA URBANISMO BAURU

LOTEAMENTO CA URBANISMO BAURU LOTEAMENTO CA URBANISMO BAURU RELATÓRIO DE IMPACTO VIÁRIO CA URBANISMO SPE LTDA. JUNHO / 2015 1 INDICE INTRODUÇÃO...2 1. EMPREENDIMENTO...3 1.1 ATIVIDADES E DIMENSÕES...3 1.2 TOPOGRAFIA...6 2. CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

Recomendações sobre Acessibilidade em Instalações Portuárias

Recomendações sobre Acessibilidade em Instalações Portuárias Recomendações sobre Acessibilidade em Instalações Portuárias Agência Nacional de Transportes Aquaviários ANTAQ GTT Náutico, 12 de novembro de 2014 Marco Legal de Acessibilidade Lei 10.048 Lei 10.098 Decreto

Leia mais

Universidade Federal do Oeste da Bahia UFOB CENTRO DAS CIÊNCIAS EXATAS E DAS TECNOLOGIAS CET Desenho Arquitetônico Prof. Dennis Coelho Cruz

Universidade Federal do Oeste da Bahia UFOB CENTRO DAS CIÊNCIAS EXATAS E DAS TECNOLOGIAS CET Desenho Arquitetônico Prof. Dennis Coelho Cruz Universidade Federal do Oeste da Bahia UFOB CENTRO DAS CIÊNCIAS EXATAS E DAS TECNOLOGIAS CET0043 - Desenho Arquitetônico Prof. Dennis Coelho Cruz Aula 4 : Planta Baixa Planta Baixa: A planta baixa é a

Leia mais

SÃO SILVESTRE DE LISBOA

SÃO SILVESTRE DE LISBOA PRESSUPOSTOS A medição da São Silvestre de Lisboa teve por base os seguintes pressupostos: Durante a competição os atletas não podem utilizar os passeios e/ou zonas para estacionamento de viaturas, se

Leia mais

4 Acessibilidade a Edificações

4 Acessibilidade a Edificações 4 Acessibilidade a Edificações 4.1 Introdução A norma brasileira NBR 9050 (2004) fixa critérios exigíveis para o projeto e detalhamento de espaços físicos destinados a portadores de necessidades especiais.

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia em Valongo, Porto

Dossier Promocional. Moradia em Valongo, Porto Dossier Promocional Moradia em Valongo, Porto 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

Condições gerais da Biblioteca de Dianópolis

Condições gerais da Biblioteca de Dianópolis CÂMPUS DIANÓPOLIS UNITINS SUDESTE A avaliação interna da Unitins destacou como principais problemas identificados pelos discentes, docentes e técnicos administrativos, nas instalações físicas da universidade:

Leia mais

O Manual de Acessibilidade Urbana é resultado do Seminário de Acessibilidade e Desenho Universal realizado em julho de 2012.

O Manual de Acessibilidade Urbana é resultado do Seminário de Acessibilidade e Desenho Universal realizado em julho de 2012. O Manual de Acessibilidade Urbana é resultado do Seminário de Acessibilidade e Desenho Universal realizado em julho de 2012. Está sendo elaborado a pedido da Secretária da SMPD, Georgette Vidor, e da presidente

Leia mais

DECRETO RIO Nº DE 21 DE MARÇO DE O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e

DECRETO RIO Nº DE 21 DE MARÇO DE O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e DECRETO RIO Nº 41.417 DE 21 DE MARÇO DE 2016. Dispõe sobre a autorização de mesas e cadeiras em Polos Gastronômicos da Praça da Bandeira, Praça Saens Pena, Grajaú, Vila Isabel, Mariz e Barros e Baixo Uruguai

Leia mais

Equipamentos /Obras com Recursos do Governo Federal e Estadual

Equipamentos /Obras com Recursos do Governo Federal e Estadual Secretaria Municipal de Planejamento Equipe: Giovana Graciano de Sá Secretária Municipal de Planejamento Glaúcia Maria da Costa Diretora Municipal de Planejamento José Welinton Moreira Engenheiro Caio

Leia mais

MODELO DE LAUDO DE AVALIAÇÃO ATENÇÃO!!!

MODELO DE LAUDO DE AVALIAÇÃO ATENÇÃO!!! MODELO DE LAUDO DE AVALIAÇÃO ATENÇÃO!!! O Laudo de Avaliação aqui elaborado tem por finalidade prover um modelo compatível com as exigências técnicas da NBR 14.653, Parte 1 Procedimentos Gerais e Parte

Leia mais

Análise Territorial do Conjunto Habitacional do Monte Verde Florianópolis - SC

Análise Territorial do Conjunto Habitacional do Monte Verde Florianópolis - SC Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Arquitetura e Urbanismo Disciplina : Teoria Urbana Acadêmicas: Ana Luiza Tomasi, Natália Moneró, Greice Merin Moresco, Thiele Londero. Análise Territorial

Leia mais

1º TRABALHO CURRICULAR PROJECTO DE UMA MORADIA UNIFAMILIAR CASA HORIZONTAL -ESTUDO PRELIMINAR- ESTUDO DA ÁREA ENVOLVENTE DO TERRENO PROPOSTO

1º TRABALHO CURRICULAR PROJECTO DE UMA MORADIA UNIFAMILIAR CASA HORIZONTAL -ESTUDO PRELIMINAR- ESTUDO DA ÁREA ENVOLVENTE DO TERRENO PROPOSTO 1º TRABALHO CURRICULAR PROJECTO DE UMA MORADIA UNIFAMILIAR CASA HORIZONTAL -ESTUDO PRELIMINAR- ESTUDO DA ÁREA ENVOLVENTE DO TERRENO PROPOSTO COQUEIROS LUANDA - ANGOLA LOCALIZAÇÃO LOCALIZAÇÃO LUANDA LOCALIZAÇÃO

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO REDES DE DISTRIBUIÇÃO CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA CONDOMÍNIOS E LOTEAMENTOS FECHADOS

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO REDES DE DISTRIBUIÇÃO CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA CONDOMÍNIOS E LOTEAMENTOS FECHADOS SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.05.021 PARA CONDOMÍNIOS E LOTEAMENTOS FECHADOS 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA ENGENHARIA - SP SUMÁRIO 1. OBJETIVO...

Leia mais

ELEVADORES VERSATILIDADE, TECNOLOGIA E BELEZA PARA PERCURSOS DE ATÉ 12 METROS

ELEVADORES VERSATILIDADE, TECNOLOGIA E BELEZA PARA PERCURSOS DE ATÉ 12 METROS ELEVADORES VERSATILIDADE, TECNOLOGIA E BELEZA PARA PERCURSOS DE ATÉ 12 METROS EL2000 Disponível para aplicação residencial unifamiliar ou exclusivo para acessibilidade em locais públicos Capacidade: 3

Leia mais

CALÇAdA cidada. Conheça as regras para pavimentar sua calçada.

CALÇAdA cidada. Conheça as regras para pavimentar sua calçada. CALÇAdA cidada Essa publicação tem por objetivo divulgar o regramento de construção e manutenção das calçadas da cidade de Canoas. Apresentação Cuidar de sua calçada é um sinal de amor à cidade e de respeito

Leia mais

I ENCONTRO NACIONAL DO PROINFÂNCIA DOCUMENTAÇÃO DE ENGENHARIA PROJETO DE IMPLANTAÇÃO

I ENCONTRO NACIONAL DO PROINFÂNCIA DOCUMENTAÇÃO DE ENGENHARIA PROJETO DE IMPLANTAÇÃO I ENCONTRO NACIONAL DO PROINFÂNCIA DOCUMENTAÇÃO DE ENGENHARIA PROJETO DE IMPLANTAÇÃO Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação MEC SEB SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PROINFÂNCIA DADOS DO PROGAMA : Criado

Leia mais

CADERNO DE LANÇAMENTO

CADERNO DE LANÇAMENTO CADERNO DE LANÇAMENTO 12/03/2014 SPAZIO HELBOR - Ficha do produto ORIGEM H051 FTP3 R01-26/02/14 DATA: 12/03/2014 FICHA TECNICA DE LANÇAMENTO - SPAZIO HELBOR (HESA 51) IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDIMENTO Endereço

Leia mais

Moradia moderna com 4 quartos +2 num condomínio seguro

Moradia moderna com 4 quartos +2 num condomínio seguro VENDIDO Moradia moderna com 4 quartos +2 num condomínio seguro em Boliqueime MORADIA GEMINADA EM BOLIQUEIME ref. S5154 369.000 6 4 180 m2 393 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes

Leia mais

YAZ - Engenharia e Serviços Ltda.

YAZ - Engenharia e Serviços Ltda. AGÊNCIA SOLICITANTE UNICRED - DEPARTAMENTO DE CRÉDITO DE CUIABÁ INTERESSADO ARAY CARLOS DA FONSECA FILHO ENDEREÇO DO IMÓVEL ENDEREÇO AVENIDA VEREADOR MÁRIO PALMA, 172 78040-640 BAIRRO JARDIM MARIANA CIDADE

Leia mais

COLETA DE LIXO SUMÁRIO ESPECIFICAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ESCOPO CRITÉRIOS DE PROJETOS ANEXO 1.1 PROCEDIMENTOS FORMAIS

COLETA DE LIXO SUMÁRIO ESPECIFICAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ESCOPO CRITÉRIOS DE PROJETOS ANEXO 1.1 PROCEDIMENTOS FORMAIS ESPECIFICAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE COLETA DE LIXO SUMÁRIO 1.0 - ESCOPO 1.1 PROCEDIMENTOS FORMAIS 1.2 - ELEMENTOS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO 1.3 COMPONENTES ESPECÍFICOS 2.0 - CRITÉRIOS DE PROJETOS

Leia mais

Saneamento Urbano I TH052

Saneamento Urbano I TH052 Universidade Federal do Paraná Arquitetura e Urbanismo Saneamento Urbano I TH052 Aula 07 Declividade e estruturação viária aplicados ao saneamento urbano Profª Heloise G. Knapik 1 Traçado de vias e Curvas

Leia mais

Tratamento da sociedade com as questões das pessoas com deficiência: Extermínio

Tratamento da sociedade com as questões das pessoas com deficiência: Extermínio INTRODUÇÃO HISTÓRICA Tratamento da sociedade com as questões das pessoas com deficiência: Exclusão Social Assistencialismo Integração Inclusão Social Extermínio Segregação / Paternalismo Adaptação ao meio

Leia mais

LOTEAMENTO GRAN FLORATTA RESIDENCIAL BAURU

LOTEAMENTO GRAN FLORATTA RESIDENCIAL BAURU LOTEAMENTO GRAN FLORATTA RESIDENCIAL BAURU ESTUDO DE IMPACTO NO TRÁFEGO Loteamento Fazenda Flores SPE Ltda ABRIL / 2015 1 INDICE INTRODUÇÃO...2 1. EMPREENDIMENTO...3 1.1 ATIVIDADES E DIMENSÕES...3 1.2

Leia mais

ANÁLISE DE EMPREENDIMENTO PÓLO GERADOR DE TRÁFEGO (PGT) A análise pela SETTRANS dos PGT utiliza-se da seguinte metodologia:

ANÁLISE DE EMPREENDIMENTO PÓLO GERADOR DE TRÁFEGO (PGT) A análise pela SETTRANS dos PGT utiliza-se da seguinte metodologia: ANÁLISE DE EMPREENDIMENTO PÓLO GERADOR DE TRÁFEGO (PGT) A análise pela SETTRANS dos PGT utiliza-se da seguinte metodologia: Projeto arquitetônico da edificação: além de observar, no que cabe, as leis de

Leia mais

APLICANDO O CÓDIGO DE OBRAS E EDIFICAÇÕES DO MUNICÍPIO DE SÃO CARLOS Arq. Fernando Mazzeo Grande

APLICANDO O CÓDIGO DE OBRAS E EDIFICAÇÕES DO MUNICÍPIO DE SÃO CARLOS Arq. Fernando Mazzeo Grande APLICANDO O CÓDIGO DE OBRAS E EDIFICAÇÕES DO MUNICÍPIO DE SÃO CARLOS Arq. Fernando Mazzeo Grande Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Urbano 2012 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO I. PRINCIPAIS DISPOSITIVOS

Leia mais

A Freire Mello tem o orgulho de lançar o Ilha de Murano, seu primeiro residencial no bairro Cidade Cristal, um dos maiores empreendimentos

A Freire Mello tem o orgulho de lançar o Ilha de Murano, seu primeiro residencial no bairro Cidade Cristal, um dos maiores empreendimentos A Freire Mello tem o orgulho de lançar o Ilha de Murano, seu primeiro residencial no bairro Cidade Cristal, um dos maiores empreendimentos urbanístico do Brasil dentro de uma região metropolitana de uma

Leia mais

ANEXO I AO DECRETO Nº CRITÉRIOS GERAIS DE IMPLANTAÇÃO DE ELEMENTOS DO MOBILIÁRIO URBANO

ANEXO I AO DECRETO Nº CRITÉRIOS GERAIS DE IMPLANTAÇÃO DE ELEMENTOS DO MOBILIÁRIO URBANO ANEXO I AO DECRETO Nº 14.612 1. CRITÉRIOS GERAIS DE IMPLANTAÇÃO DE ELEMENTOS DO MOBILIÁRIO URBANO 1.1. Qualquer elemento do mobiliário urbano deverá estar em harmonia com a paisagem do local, não podendo

Leia mais

GLOSSÁRIO DEFINIÇÕES E CONVENÇÕES DO SETOR DE SHOPING CENTERS

GLOSSÁRIO DEFINIÇÕES E CONVENÇÕES DO SETOR DE SHOPING CENTERS Pág. 01 GLOSSÁRIO DEFINIÇÕES E CONVENÇÕES DO SETOR DE SHOPING CENTERS Neste material estão listados por ordem alfabética termos e definições mais comuns da indústria de shoppings. Pág. 02 A ABL Área Bruta

Leia mais

Moradia geminada com 2 quartos em localização tranquila perto do Carvoeiro MORADIA GEMINADA EM CARVOEIRO

Moradia geminada com 2 quartos em localização tranquila perto do Carvoeiro MORADIA GEMINADA EM CARVOEIRO Moradia geminada com 2 quartos em localização tranquila perto do Carvoeiro MORADIA GEMINADA EM CARVOEIRO ref. ST1894 190.000 2 2 64 m2 108 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Carvoeiro Lagoa

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO DE PROTEÇÃO DE GEOMEMBRANA DE PVC NA PASSAGEM SUBTERRÂNEA CONEXÃO RIO SUL, BOTAFOGO RJ

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO DE PROTEÇÃO DE GEOMEMBRANA DE PVC NA PASSAGEM SUBTERRÂNEA CONEXÃO RIO SUL, BOTAFOGO RJ UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO DE PROTEÇÃO DE GEOMEMBRANA DE PVC NA PASSAGEM SUBTERRÂNEA CONEXÃO RIO SUL, BOTAFOGO RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Gerson

Leia mais

Currículo. Jéssica Passarini Angeleli INFORMÁTICA OBJETIVO QUALIFICAÇÕES CURSO TÉCNICO CURSO COMPLEMENTAR FORMAÇÃO ACADÊMICA

Currículo. Jéssica Passarini Angeleli INFORMÁTICA OBJETIVO QUALIFICAÇÕES CURSO TÉCNICO CURSO COMPLEMENTAR FORMAÇÃO ACADÊMICA portfólio Currículo Jéssica Passarini Angeleli Jéssica Passarini Angeleli CAU: 156599-0 Brasileira, 23 anos, solteira. Avenida Barão de Serra Negra, 702. Piracicaba - SP Fones: (19) 98141-0327 E-mail:

Leia mais

Canal de Drenagem em CONCRETO POLÍMERO COM GRELHA

Canal de Drenagem em CONCRETO POLÍMERO COM GRELHA Canal de Drenagem em CONCRETO POLÍMERO COM GRELHA DISTRIBUIDOR AUTORIZADO Os Canais de Concreto Polímero proporcionam maior durabilidade e resistência. Oferecendo um melhor custo benefício e ótimo acabamento

Leia mais

EXEMPLO DE QUIOSQUE ENCOSTADO, INADEQUADAMENTE, NO GUARDA-CORPO.

EXEMPLO DE QUIOSQUE ENCOSTADO, INADEQUADAMENTE, NO GUARDA-CORPO. e) Para a implantação de quiosques próximos aos guarda-corpos ou superfícies envidraçadas, deve-se manter um afastamento de no mínimo 1,50 m (um metro e cinqüenta centímetros) destes elementos. Fechamentos

Leia mais

VEÍCULO: PORTAL G1 SEÇÃO: ECONOMIA DATA:

VEÍCULO: PORTAL G1 SEÇÃO: ECONOMIA DATA: VEÍCULO: PORTAL G1 DATA: 18.02.2011 VEÍCULO: O ESTADO DO MARANHÃO O Estado do Maranhão - MA 20/02/2011-09:12 Grupo maranhense Sá Cavalcante investe R$ 1,8 bi em sete projetos Um deles é o Shopping da Ilha

Leia mais

A criança é o tesouro. Nós, somos o mapa.

A criança é o tesouro. Nós, somos o mapa. O Portal Sem Choro é um GUIA que reúne várias informações do universo infantil para os pais, tios, avós ou irmãos que tem crianças por perto e precisam estar atualizados com conteúdos e informações úteis

Leia mais

Verticalização 'cerca' casas em bairros de São Paulo

Verticalização 'cerca' casas em bairros de São Paulo Verticalização 'cerca' casas em bairros de São Paulo Onda de empreendimentos imobiliários deixa moradores ilhados. Entre 2001 e 2010 foram lançados 3.420 edifícios residenciais na capital. Maria Aparecida

Leia mais

Padrões para. instalação de. quadro de água. Residências Unifamiliares. Manual para Construção de NICHOS

Padrões para. instalação de. quadro de água. Residências Unifamiliares. Manual para Construção de NICHOS Padrões para instalação de quadro de água Residências Unifamiliares Manual para Construção de NICHOS 2010 2 COMUSA Departamento de Projetos e Obras Equipe: Téc. Des. Cristine Berger Téc. Des. Paola Caroline

Leia mais

CASA LP. Implantação e Partido Formal. Local: São Paulo Ano: 2012 Escritório: METRO Arquitetos Associados Autoria: Mariana Samurio

CASA LP. Implantação e Partido Formal. Local: São Paulo Ano: 2012 Escritório: METRO Arquitetos Associados Autoria: Mariana Samurio CASA LP Local: São Paulo Ano: 2012 Escritório: METRO Arquitetos Associados Autoria: Mariana Samurio Implantação e Partido Formal A casa LP está localizada na cidade de São Paulo e possui um caráter urbano,

Leia mais

DECRETO Nº , DE 9 DE JANEIRO DE 2015.

DECRETO Nº , DE 9 DE JANEIRO DE 2015. DECRETO Nº 18.912, DE 9 DE JANEIRO DE 2015. Altera as als. e, f e g do inc. VII do art. 2º, o 1º do art. 4º, os incs VI e XIV do art. 8º, o art. 18, o 1º do art. 25, 7º do art. 27, o art. 28 e o caput

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares data da visita Centro

Leia mais

São Paulo, 06 de Novembro de Ao: Departamento de Planejamento Cicloviário - CET/SMT-SP Ref: Projeto Cicloviário de Moema

São Paulo, 06 de Novembro de Ao: Departamento de Planejamento Cicloviário - CET/SMT-SP Ref: Projeto Cicloviário de Moema São Paulo, 06 de Novembro de 2011 Ao: Departamento de Planejamento Cicloviário - CET/SMT-SP Ref: Projeto Cicloviário de Moema A Ciclocidade - Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo, entidade fundada

Leia mais

Anexo Procedimento de Instalação de Alojamento

Anexo Procedimento de Instalação de Alojamento Anexo 1.4-8 - Procedimento de Instalação de Alojamento Revisão 00 Data 02/02/2015 1 de 15 Elaborado por: Verificado por: Aprovado por: Eng. Segurança do Trabalho Gestão de QSMS Direção Indústria e Energia

Leia mais

DECRETO N 11295/2012. O Prefeito Municipal de Niterói, no uso de suas atribuições legais e,

DECRETO N 11295/2012. O Prefeito Municipal de Niterói, no uso de suas atribuições legais e, Publicado em 29 de dezembro de 2012 DECRETO N 11295/2012 Regulamenta a Lei nº 2.624, de 29 de dezembro de 2008, no que trata dos passeios públicos do Município de Niterói, instituindo a obrigatoriedade

Leia mais

Acessibilidade na gestão da cidade Arq. Adriana Romeiro de Almeida Prado

Acessibilidade na gestão da cidade Arq. Adriana Romeiro de Almeida Prado Acessibilidade na gestão da cidade Arq. Adriana Romeiro de Almeida Prado Porto Alegre, 1º de junho de 2015 Construção de um Plano Municipal de Acessibilidade Acessibilidade Desenho Universal Rota Acessível

Leia mais