Fique alerta: Sinais que podem apontar o Câncer infantojuvenil.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fique alerta: Sinais que podem apontar o Câncer infantojuvenil."

Transcrição

1 Fique alerta: Sinais que podem apontar o Câncer infantojuvenil.

2 Introdução O câncer infantojuvenil ainda é a doença que mais mata crianças no Brasil, você sabia? A boa notícia é que, sim, é possível mudar este quadro, e o caminho também passa por você; mãe, pai, família. Por quê? Uma das armas mais poderosas nesse combate é diagnóstico precoce. Ao cuidar da sua criança ou do seu adolescente bem de perto, observando-o com atenção diariamente, é possível suspeitar de sinais que podem indicar sintomas que devem ser verificados pelos médicos especialistas. E isso pode ser feito ainda que em uma rotina atarefada. Para ajudar você nesse desafio, preparamos este guia, com dicas que vão deixá-lo(a) alerta. A primeira delas é a mais importante: aproxime-se da sua família, ouça o que seus filhos e sobrinhos têm a dizer e seja sensível aos sinais que emitem. Neles, pode estar a possibilidade real de cura.

3 O que é o câncer Para cuidar bem das pessoas que amamos, é essencial ter a informação certa, na hora certa. Nesse sentido, sabemos que a palavra câncer assusta, mas o que está por trás dela? Câncer é um grupo de doenças diversas unidas por uma característica em comum: trata-se sempre de uma multiplicação celular atípica, que acontece de forma desordenada no organismo, sem que sejam respeitados os limites do próprio corpo. Essa reprodução pode se desencadear em locais distintos, por motivos diferentes, a exemplo, decorrente de uma exposição contínua a fatores externos e a hábitos prejudiciais, o que é mais comum em adultos. A predisposição genética, porém, é o que justifica a maioria dos casos de câncer, principalmente em crianças e adolescentes. Nos pequenos, a doença costuma ser mais agressiva e sistêmica. Contudo, o que compensa esse cabo de guerra é a maior capacidade de reação aos tratamentos, por conta da fisiologia diferenciada: o câncer infantojuvenil é biologicamente constituído de células mais primitivas, em formação, o que permite que as crianças e os jovens sejam mais sensíveis aos procedimentos, ou seja, respondam melhor em relação aos adultos.

4 Tipos de câncer mais comuns em crianças e adolescentes Quando falamos de câncer, sem dúvida, cada caso é um caso. Em cada pessoa, a tal multiplicação desordenada pode vir a ocorrer em células de diferentes tecidos do corpo; ou seja, dependendo do organismo em questão, o câncer pode assumir múltiplos formatos, composições, tamanhos e sintomas.

5 Tipos de câncer mais comuns em crianças e adolescentes Seja qual for o tipo, o diagnóstico precoce é fundamental para aumentar as chances de cura, que, atualmente, já pode chegar a 80% dos casos. Conheça, a seguir, os tipos mais comuns de câncer infantojuvenil: Linfoma Tumor de Wilms Atinge a linfa, componente do sangue que atua na nutrição celular (maior incidência entre anos) Ataca os rins (maior incidência entre 1-4 anos) Retinoblastoma Ataca os glóbulos brancos - leucócitos -, encarregados pela defesa do organismo (maior incidência entre 1-4 anos) Ataca a retina (olhos) (maior incidência entre 0-1 anos) Tumor do Sistema Nervoso Central (SNC) Acomete o encéfalo e medula espinhal, obstruindo o fluxo de líquidos cerebrais (maior incidência entre 5-9 anos) Neuroblastoma Impacta o Sistema Nervoso Periférico, ocasionando a formação de caroços (maior incidência entre 0-1 anos) Leucemia Osteossarcoma Agride os ossos, principalmente a área ao redor dos joelhos, e se propaga para os pulmões (maior incidência entre anos) Sarcomas de partes moles Atinge os músculos (maior incidência entre anos)

6 A que devemos ficar atentos? Ao perceber a queixa de uma criança ou adolescente, mantenha-se atento(a) a quanto tempo o incômodo persiste. Mais de 7 ou 10 dias? Cuidado! Essa é a principal diferença entre os sinais de uma doença comum e os sinais de um câncer. Abaixo, apontamos os indícios da doença.

7 Febre Prolongada, insistente, persistente, que não venha acompanhada de sintomas como os da gripe. Perda de peso Inexplicada, súbita, sem que haja alteração na dieta da criança ou do adolescente; contínua. Dores de cabeça Aumento de intensidade; pioram com o tempo. Por conta da dor, a criança fica irritada, o que atrapalha suas atividades. Geralmente acompanhadas de vômito, principalmente pela manhã. Mais de 7 ou 10 dias? Cuidado! Essa é a principal diferença entre os sintomas de uma doença comum e os sinais de um câncer. Abaixo, apontamos os indícios da doença. Cansaço constante Manchas roxas na pele Aparecimento de hematomas sem pancada local. Dores nos ossos e nas articulações A criança ou adolescente sente dificuldade ao andar, o que prejudica as brincadeiras e atividades. Sangramento Manifestam-se como manchas avermelhadas que indicam sangramento dos vasos sanguíneos, chamadas petéquias. Reflexo esbranquiçado nos olhos Sem que a criança ou adolescente tenha feito esforço físico significativo. Alteração ocular durante exposição à luz Inchaço Costumam aparecer no pescoço, axilas, virilhas, abdome ou nas saboneteiras. Para não confundí-los com ínguas, é válido observar se continuam aumentando de tamanho com o passar do tempo. Geralmente, não são associados a dores de garganta. Aumento do volume da barriga ou de outras partes do corpo. Palidez Anemia inexplicada. Caroços pelo corpo

8 Quem buscar? Diante de uma suspeita, o próximo passo é procurar um médico. Dica: Nesse primeiro momento, não é necessário ir direto a um oncologista, o especialista na doença. Os médicos que atendem em pronto-socorro, se bem preparados, podem fazer o encaminhamento para um centro de referência, caso também acredite se tratar de câncer. O ideal é buscar o pediatra que já acompanha a criança ou adolescente. Ele pode fazer uma avaliação mais criteriosa, uma vez que conhece o histórico do paciente. Infelizmente, os sintomas podem gerar confusão, ainda mais se o profissional não estiver devidamente instruído. Portanto, em algumas circunstâncias, é prudente continuar desconfiado(a). A alternativa é não ter receio de ser chato(a) e buscar a boa e velha segunda opinião.

9 Diagnóstico Precoce Para além da preocupação em conscientizar as famílias quanto aos sinais e sintomas do câncer infantojuvenil, é necessário preparar todos os agentes de saúde para que possam suspeitar da doença desde o primeiro atendimento, e fazer o encaminhamento correto para os centros especializados. Isso vai permitir que, em caso de confirmação no diagnóstico, a criança ou adolescente dê início ao tratamento o mais rápido possível, aumentando as chances de cura. Nesse sentido, já existem projetos que buscam sensibilizar toda uma cadeia de profissionais quanto à ocorrência da doença, facilitando e otimizando a tomada de decisão. O Programa Diagnóstico Precoce, criado em 2008 pelo Instituto Ronald McDonald, por exemplo, aproxima diversas instituições para que, em parceria, médicos e não médicos do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Estratégia Saúde da Família (ESF) sejam capacitados para a luta contra o câncer infantojuvenil. Segundo dados do próprio Instituto, a implantação do programa gerou um aumento de 23% dos encaminhamentos de crianças e adolescentes com suspeita da doença para um serviço especializado nos bairros de atuação, em 14 estados do País.

10 Conclusão Descobrir a doença quando ela ainda está no início representa a possibilidade de qualidade de vida após a cura. Por isso, vale a pena envolver toda a família e a sociedade nesse movimento pela divulgação das informações, afinal, todos podem observar com cuidado o desenvolvimento das nossas crianças e adolescentes, seja na hora de dar um banho, ou quando estão brincando, comendo, estudando. A informação e a atenção são nossos maiores aliados na luta contra o câncer. Com uma atitude cuidadosa dia a dia, podemos salvar vidas. Portanto, se desconfiar de algo, não poupe energia para investigar. Vai dar tudo certo.

CENÁRIO DO CÂNCER DE MAMA

CENÁRIO DO CÂNCER DE MAMA OUTUBRO ROSA Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Leia mais

NOVEMBRO DOURADO VIVA ESTA IDEIA! VENHA PARTICIPAR!

NOVEMBRO DOURADO VIVA ESTA IDEIA! VENHA PARTICIPAR! NOVEMBRO DOURADO VIVA ESTA IDEIA! VENHA PARTICIPAR! Serviço de OncoHematologia do HIJG DIA NACIONAL DE COMBATE AO CÂNCER NA CRIANÇA E NO ADOLESCENTE O Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil (lei

Leia mais

Fatores de risco: O histórico familiar é um importante fator de risco não modificável para o câncer de mama. Mulheres com parentes de primeiro grau

Fatores de risco: O histórico familiar é um importante fator de risco não modificável para o câncer de mama. Mulheres com parentes de primeiro grau Câncer O que é câncer? Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se (metástase)

Leia mais

VIVER BEM ÂNGELA HELENA E A PREVENÇÃO DO CÂNCER NEOPLASIAS

VIVER BEM ÂNGELA HELENA E A PREVENÇÃO DO CÂNCER NEOPLASIAS 1 VIVER BEM ÂNGELA HELENA E A PREVENÇÃO DO CÂNCER NEOPLASIAS 2 3 Como muitas mulheres, Ângela Helena tem uma vida corrida. Ela trabalha, cuida da família, faz cursos e também reserva um tempo para cuidar

Leia mais

SINAIS DE ALERTA DO CÂNCER INFANTIL

SINAIS DE ALERTA DO CÂNCER INFANTIL SINAIS DE ALERTA DO CÂNCER INFANTIL Cecília Fernandes Lorea Julho/2009 EPIDEMIOLOGIA 9000 casos novos/ ano no Brasil Probabilidade de 0,3% de uma criança desenvolver câncer antes dos 20 anos 1/300 indivíduos

Leia mais

O que é câncer? Grupo de doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo.

O que é câncer? Grupo de doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. CÂNCER EM CRIANÇAS O que é câncer? Grupo de doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. O câncer é comum em crianças? Nos

Leia mais

número 25- julho/2016 RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS

número 25- julho/2016 RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS número 25- julho/2016 RELATÓRIO PARA A SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS RADIOTERAPIA INTRAOPERATÓRIA PARA O TRATAMENTO DE ESTÁDIOS INICIAIS

Leia mais

Com o apoio científico da Secção Regional do Norte da ORDEM DOS MÉDICOS. Compreender a Enxaqueca. e outras Cefaleias. Anne MacGregor.

Com o apoio científico da Secção Regional do Norte da ORDEM DOS MÉDICOS. Compreender a Enxaqueca. e outras Cefaleias. Anne MacGregor. Com o apoio científico da Secção Regional do Norte da ORDEM DOS MÉDICOS Compreender a Enxaqueca e outras Cefaleias Anne MacGregor Oo Guia de Saúde Introdução às cefaleias comuns Apercentagem da população

Leia mais

Dicas Importantes para a sua

Dicas Importantes para a sua SAÚDE É VIDA Dicas Importantes para a sua Saúde É do conhecimento de todos que uma alimentação saudável aliada a exercícios cios físicos são atitudes importantes para uma qualidade de vida melhor. Além

Leia mais

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Dores na mandíbula e na face.

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Dores na mandíbula e na face. ODONTOLOGIA PREVENTIVA Saúde Bucal Dores na mandíbula e na face. O que é ATM? ATM significa articulação temporomandibular, que é a articulação entre a mandíbula e o crânio. Portanto, temos duas ATM, cada

Leia mais

O Cancro - Aspectos gerais O termo Cancro é aplicado e utilizado genericamente para identificar um vasto conjunto de doenças que são os tumores malign

O Cancro - Aspectos gerais O termo Cancro é aplicado e utilizado genericamente para identificar um vasto conjunto de doenças que são os tumores malign presentes na Leucemia Daniela Bessa O Cancro - Aspectos gerais O termo Cancro é aplicado e utilizado genericamente para identificar um vasto conjunto de doenças que são os tumores malignos, também designamos

Leia mais

OS TECIDOS PROF LUIS BRUNO

OS TECIDOS PROF LUIS BRUNO OS TECIDOS PROF.: LUIS BRUNO HISTOLOGIA E TECIDOS Histologia (do grego hystos = tecido + logos = estudo) é o estudo dos tecidos biológicos, sua formação, estrutura e função. Tecidos, é um conjunto de células

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2009 Altera a Lei nº 11.664, de 29 de abril de 2008, para incluir a pesquisa de biomarcadores entre as ações destinadas à detecção precoce das neoplasias malignas de mama

Leia mais

SAUDE.BA.GOV.BR Inimigo N 1 AGORA E TODO MUNDO CONTRA O MOSQUITO

SAUDE.BA.GOV.BR Inimigo N 1 AGORA E TODO MUNDO CONTRA O MOSQUITO SAUDE.BA.GOV.BR Inimigo N 1 o AGORA E TODO MUNDO CONTRA O MOSQUITO 7Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva. 8 Limpe as calhas com

Leia mais

Vertigens, desmaios e crises convulsivas. Prof. Sabrina Cunha da Fonseca Site:

Vertigens, desmaios e crises convulsivas. Prof. Sabrina Cunha da Fonseca   Site: Vertigens, desmaios e crises convulsivas Prof. Sabrina Cunha da Fonseca E-mail: sabrina.cfonseca@hotmail.com Site: www.profsabrina.comunidades.net Vertigens: Vertigem refere-se a diminuição da força, visão

Leia mais

De forma geral, a visão é o sentido mais valorizado pelas pessoas. Em uma sociedade

De forma geral, a visão é o sentido mais valorizado pelas pessoas. Em uma sociedade A importância da consulta oftalmológica De forma geral, a visão é o sentido mais valorizado pelas pessoas. Em uma sociedade cheia de apelos visuais, em que o contato com o mundo se faz inicialmente por

Leia mais

O impacto da tecnologia no mercado de trabalho

O impacto da tecnologia no mercado de trabalho O impacto da tecnologia no mercado de trabalho Tecnologia no mercado de trabalho Vivemos em uma era digital onde a sociedade atual passa por uma grande evolução tecnológica, sendo o computador uma das

Leia mais

Hipertensão arterial, uma inimiga silenciosa e muito perigosa

Hipertensão arterial, uma inimiga silenciosa e muito perigosa Hipertensão arterial, uma inimiga silenciosa e muito perigosa A famosa pressão alta está associada a uma série de outras doenças, como o infarto do miocárdio, a insuficiência cardíaca e morte súbita, entre

Leia mais

Todos estão propensos a ter hipertensão?

Todos estão propensos a ter hipertensão? Hipertensão O que é hipertensão? Ela é silenciosa e democrática. Atinge jovens, adultos e idosos ao redor do mundo, de ambos os sexos, todas as raças e classes sociais. A pressão arterial alta, ou hipertensão,

Leia mais

Histologia. Professora Deborah

Histologia. Professora Deborah Histologia Professora Deborah Histologia Histologia (do grego hystos = tecido + logos = estudo) é o estudo dos tecidos biológicos, sua formação, estrutura e função. Tecidos É um conjunto de células que

Leia mais

Saúde do Homem. Medidas de prevenção que devem fazer parte da rotina.

Saúde do Homem. Medidas de prevenção que devem fazer parte da rotina. Saúde do Homem Medidas de prevenção que devem fazer parte da rotina. saúde do Homem O Ministério da Saúde assinala que muitos agravos poderiam ser evitados caso os homens realizassem, com regularidade,

Leia mais

9º ano em AÇÃO. Assunção contra o mosquito!

9º ano em AÇÃO. Assunção contra o mosquito! Paz e Bem 9º ano em AÇÃO Assunção contra o mosquito! Informações sobre o mosquito Mosquito doméstico Hábitos Reprodução Transmissão vertical DENGUE Transmissão: principalmente pela picada do mosquito

Leia mais

As anfetaminas são drogas estimulantes da atividade do sistema nervoso central, isto é, fazem o cérebro trabalhar mais depressa, deixando as pessoas

As anfetaminas são drogas estimulantes da atividade do sistema nervoso central, isto é, fazem o cérebro trabalhar mais depressa, deixando as pessoas Anfetaminas As anfetaminas são drogas estimulantes da atividade do sistema nervoso central, isto é, fazem o cérebro trabalhar mais depressa, deixando as pessoas mais acesas, ligadas, com menos sono, elétricas

Leia mais

A fase inicial do câncer de próstata apresenta uma evolução silenciosa e não causa sintomas, mas alguns sinais merecem atenção:

A fase inicial do câncer de próstata apresenta uma evolução silenciosa e não causa sintomas, mas alguns sinais merecem atenção: Novembro Azul O movimento mundialmente conhecido como Novembro Azul ou Movember visa conscientizar os homens sobre a importância da prevenção do câncer de próstata e tem o bigode como símbolo adotado para

Leia mais

[ERLICHIOSE CANINA]

[ERLICHIOSE CANINA] [ERLICHIOSE CANINA] 2 Erlichiose Canina A Erlichiose Canina é uma hemoparasitose causada pela bactéria Erlichia sp. Essa bactéria parasita, geralmente, os glóbulos brancos (neste caso, Erlichia canis)

Leia mais

www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro

www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro Esclerodermia Versão de 2016 2. DIFERENTES TIPOS DE ESCLERODERMIA 2.1 Esclerodermia localizada 2.1.1 Como é diagnosticada a esclerodermia localizada? O aspeto

Leia mais

Fraturas, luxações e contusões

Fraturas, luxações e contusões Fraturas, luxações e contusões 1. Fratura É toda solução de continuidade súbita e violenta de um osso. A fratura pode ser fechada quando não houver rompimento da pele, ou aberta (fratura exposta) quando

Leia mais

Como fazer uma drenagem linfática em você mesma sem sair de casa

Como fazer uma drenagem linfática em você mesma sem sair de casa Como fazer uma drenagem linfática em você mesma sem sair de casa Dica: Para que a massagem seja eficaz tudo vai depender da pressão dos dedos e dos movimentos feitos de forma correta. Primeiro vamos falar

Leia mais

GRUPO BRASILEIRO DE CLASSIFICAÇÃO DE RISCO

GRUPO BRASILEIRO DE CLASSIFICAÇÃO DE RISCO NOTA TÉCNICA 02/2016 Belo Horizonte, 26 de Janeiro de 2016 GRUPO BRASILEIRO DE CLASSIFICAÇÃO DE RISCO Diretor-Presidente Welfane Cordeiro Júnior Diretora Maria do Carmo Paixão Rausch Equipe técnica: Cíntia

Leia mais

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE HEPATITE É uma inflamação do fígado provocada, na maioria das vezes, por um vírus. Diferentes tipos de vírus podem provocar a doença, que se caracteriza por febre, icterícia

Leia mais

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Orientação para pacientes com Cálculo (pedra) da vesícula. Quem pode ter pedra (cálculo) na vesícula? Pedra ou calculo da vesícula e uma doença bastante comum.

Leia mais

SABER MAIS SOBRE DEGENERESCÊNCIA MACULAR RELACIONADA COM A IDADE

SABER MAIS SOBRE DEGENERESCÊNCIA MACULAR RELACIONADA COM A IDADE SABER MAIS SOBRE DEGENERESCÊNCIA MACULAR RELACIONADA COM A IDADE FICHA TÉCNICA EDIÇÃO Clínicas Leite, Lda Ver. 01 / Jan 2016 REDAÇÃO/DOCUMENTAÇÃO Mariana Coimbra (Marketing e Comunicação) 1 DEGENERESCÊNCIA

Leia mais

TREINAMENTO TEÓRICO CURSO: PRIMEIROS SOCORROS - BÁSICO (40 HORAS)

TREINAMENTO TEÓRICO CURSO: PRIMEIROS SOCORROS - BÁSICO (40 HORAS) UNIDADE: 13 CONTUSÃO TREINAMENTO TEÓRICO CURSO: PRIMEIROS SOCORROS - BÁSICO (40 HORAS) MODALIDADE: ONLINE 13.01 CONTUSÃO A contusão é uma lesão sem o rompimento da pele, tratando-se de uma forte compressão

Leia mais

Orientar sobre o combate ao mosquito da Dengue? Conta Comigo!

Orientar sobre o combate ao mosquito da Dengue? Conta Comigo! Orientar sobre o combate ao mosquito da Dengue? Conta Comigo! DENGUE: O PERIGO REAL A Dengue é uma doença infecciosa, de gravidade variável, causada por um vírus e transmitida pela picada do mosquito Aedes

Leia mais

Hipertensão Arterial Sistêmica

Hipertensão Arterial Sistêmica Hipertensão Arterial Sistêmica Pressão alta merece atenção. o que É HiPerteNsão ArteriAL sistêmica (HAs)? É uma doença crônica caracterizada por níveis elevados e sustentados de Pressão Arterial (PA),

Leia mais

22 - Como se diagnostica um câncer? nódulos Nódulos: Endoscopia digestiva alta e colonoscopia

22 - Como se diagnostica um câncer? nódulos Nódulos: Endoscopia digestiva alta e colonoscopia 22 - Como se diagnostica um câncer? Antes de responder tecnicamente sobre métodos usados para o diagnóstico do câncer, é importante destacar como se suspeita de sua presença. As situações mais comuns que

Leia mais

Aluna: Laise Souza Mestranda em Alimentos e Nutrição

Aluna: Laise Souza Mestranda em Alimentos e Nutrição PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Aluna: Laise Souza Mestranda em Alimentos e Nutrição glicose

Leia mais

Exercite-se com seu diabetes

Exercite-se com seu diabetes Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Exercite-se com seu diabetes Benefícios da atividade física Se você é diabético não tenha medo de

Leia mais

é a vez dos homens câncer.

é a vez dos homens câncer. Agora é a vez dos homens falarem sobre câncer. Agora é a vez dos homens falarem sobre câncer Uma publicação do SIEMACO Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação

Leia mais

Doença de Addison DOENÇA DE ADDISON

Doença de Addison DOENÇA DE ADDISON Enfermagem em Clínica Médica Doença de Addison Enfermeiro: Elton Chaves email: eltonchaves76@hotmail.com DOENÇA DE ADDISON A insuficiência adrenal (IA) primária, também denominada doença de Addison, geralmente

Leia mais

Brochura de informação para o doente sobre KEYTRUDA. (pembrolizumab)

Brochura de informação para o doente sobre KEYTRUDA. (pembrolizumab) Brochura de informação para o doente sobre KEYTRUDA (pembrolizumab) Este medicamento está sujeito a monitorização adicional. Isto irá permitir a rápida identificação de nova informação de segurança. Poderá

Leia mais

Sumário. Agradecimentos... 5. Prefácio... 7. Apresentação... 9. Introdução... 19

Sumário. Agradecimentos... 5. Prefácio... 7. Apresentação... 9. Introdução... 19 Sumário Agradecimentos............................ 5 Prefácio............................... 7 Apresentação............................. 9 Introdução............................. 19 Incidência...............................................................

Leia mais

Doença inflamatória da coluna vertebral podendo ou não causar artrite em articulações periféricas e inflamação em outros órgãos como o olho.

Doença inflamatória da coluna vertebral podendo ou não causar artrite em articulações periféricas e inflamação em outros órgãos como o olho. O termo reumatismo, embora consagrado, não é um termo adequado para denominar um grande número de diferentes doenças que tem em comum o comprometimento do sistema músculo-esquelético, ou seja, ossos, cartilagem,

Leia mais

CLORIDRATO DE BROMEXINA

CLORIDRATO DE BROMEXINA CLORIDRATO DE BROMEXINA Geolab Indústria Farmacêutica S/A Xarope infantil 4mg/5mL Xarope adulto 8mg/5mL Você não deve usar o cloridrato de bromexina se tiver alergia a bromexina (substância ativa) ou

Leia mais

- termo utilizado para designar uma Dilatação Permanente de um. - Considerado aneurisma dilatação de mais de 50% num segmento vascular

- termo utilizado para designar uma Dilatação Permanente de um. - Considerado aneurisma dilatação de mais de 50% num segmento vascular Doenças Vasculares Aneurisma A palavra aneurisma é de origem grega e significa Alargamento. - termo utilizado para designar uma Dilatação Permanente de um segmento vascular. - Considerado aneurisma dilatação

Leia mais

Guia de Orientações ao Cliente Unimed Pleno Espaço de Atenção Integral à Saúde (AIS)

Guia de Orientações ao Cliente Unimed Pleno Espaço de Atenção Integral à Saúde (AIS) Guia de Orientações ao Cliente Unimed Pleno Espaço de Atenção Integral à Saúde (AIS) Vales do Taquari e Rio Pardo/RS da sua saúde? E como você se sentiria se fosse cuidado não só por um profissional, mas

Leia mais

O que é e para que serve a Próstata

O que é e para que serve a Próstata O que é e para que serve a Próstata A próstata é uma glândula que faz parte do aparelho genital masculino. Está localizada abaixo da bexiga, atravessada pela uretra. Seu tamanho e forma correspondem a

Leia mais

Dicas de prevenção para Hérnia de Disco

Dicas de prevenção para Hérnia de Disco Dicas de prevenção para Hérnia de Disco Apresentação Olá, esse conteúdo é a realização de uma parceria entre a Cefig e a Fisioterapia Integrativa. Nesse E-book vamos abordar algumas dicas para prevenção

Leia mais

5 Observe a figura abaixo e responda.

5 Observe a figura abaixo e responda. 5 Nome: Data: UniDaDE 7 1 As artérias e veias apresentam morfologias e funções distintas. As artérias transportam o sangue do coração para os tecidos. Já as veias transportam o sangue dos tecidos até o

Leia mais

A pesquisa que chegou a essa conclusão tem o objetivo de explicar a razão de alguns. tecidos do corpo serem mais vulneráveis ao câncer do que outros.

A pesquisa que chegou a essa conclusão tem o objetivo de explicar a razão de alguns. tecidos do corpo serem mais vulneráveis ao câncer do que outros. Pesquisa diz que \'má sorte\' é causa da maioria dos tipos de câncer A ocorrência da maior parte dos tipos de câncer pode ser atribuída mais à \"má sorte\" do que a fatores de risco conhecidos, como o

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 11/06/2011 Nota: Professora: Karina Valor da Prova: 40 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES

CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES CIÊNCIAS EJA 5ª FASE PROF.ª SARAH DOS SANTOS PROF. SILONE GUIMARÃES REVISÃO DOS CONTEÚDOS Unidade II Ser Humano e Saúde 2 REVISÃO DOS CONTEÚDOS Aula 13 Revisão e Avaliação 3 REVISÃO 1 O sistema reprodutor

Leia mais

Fonte: Anatomia Humana 5 edição: Johannes W. Rohen

Fonte: Anatomia Humana 5 edição: Johannes W. Rohen Prof. Bruno Pires MORFOLOGIA Divisões: Sistema Nervoso Central: formado por encéfalo e medula espinhal Encéfalo: Massa de tecido nervoso presente na região do crânio. Composta por tronco encefálico, cérebro

Leia mais

Observe a imagem, faça a leitura do texto escrito e responda.

Observe a imagem, faça a leitura do texto escrito e responda. UNIDADE: Que gripe chata / Brasil SITUAÇÃO DE USO Interação entre médico e paciente. MARCADORES Saúde; Rotinas; Pessoas. EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM - Ampliar o vocabulário referente a doenças. - Compreender

Leia mais

OBESIDADE AUMENTA EM ATÉ 40% RISCO DE SETE TIPOS DE CÂNCER EM MULHERES

OBESIDADE AUMENTA EM ATÉ 40% RISCO DE SETE TIPOS DE CÂNCER EM MULHERES OBESIDADE AUMENTA EM ATÉ 40% RISCO DE SETE TIPOS DE CÂNCER EM MULHERES Enviado por LINK COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL 14-Mai-2015 PQN - O Portal da Comunicação LINK COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL - 14/05/2015 Estudo

Leia mais

Gripe H1N1, o que os Pais precisam saber!

Gripe H1N1, o que os Pais precisam saber! 1 Gripe H1N1, o que os Pais precisam saber! O que é a gripe H1N1? A gripe H1N1, também conhecida como gripe A, é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito,

Leia mais

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome: 1- OBSERVE o desenho abaixo e FAÇA o que se pede.

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome: 1- OBSERVE o desenho abaixo e FAÇA o que se pede. Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: 1- OBSERVE o desenho abaixo e FAÇA o que se pede. a) ESCREVA em cima de cada seta qual a parte do corpo está indicada (tórax ou abdome). b) INDIQUE dois órgãos

Leia mais

Encéfalo. Aula 3-Fisiologia Fisiologia do Sistema Nervoso Central. Recebe informações da periferia e gera respostas motoras e comportamentais.

Encéfalo. Aula 3-Fisiologia Fisiologia do Sistema Nervoso Central. Recebe informações da periferia e gera respostas motoras e comportamentais. Aula 3-Fisiologia Fisiologia do Sistema Nervoso Central Sidney Sato, MSC Encéfalo Recebe informações da periferia e gera respostas motoras e comportamentais. 1 Áreas de Brodmann Obs: Áreas 1,2,3 : área

Leia mais

Zika vírus. Confira todos os sintomas para saber se está com Zika vírus

Zika vírus. Confira todos os sintomas para saber se está com Zika vírus Zika vírus Os sintomas da Zika incluem febre baixa, dor nos músculos e articulações, além de vermelhidão nos olhos e manchas vermelhas na pele. A doença é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, e os

Leia mais

METODOLOGIA DO EXAME CLÍNICO

METODOLOGIA DO EXAME CLÍNICO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA 3 o e 4 o Períodos Disciplina: SEMIOLOGIA METODOLOGIA DO EXAME CLÍNICO Parte I Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2014 Levantamentos Epidemiológicos

Leia mais

Mini ebook CUIDADOS COM A VISÃO ALERTAS E

Mini ebook CUIDADOS COM A VISÃO ALERTAS E Mini ebook CUIDADOS COM A VISÃO ALERTAS E Conheça lesões e doenças que podem comprometer o sistema visual. São informações rápidas para melhor entendimento do que pode ser feito para preservar a sua visão.

Leia mais

Artrite Idiopática Juvenil

Artrite Idiopática Juvenil www.printo.it/pediatric-rheumatology/br/intro Artrite Idiopática Juvenil Versão de 2016 2. DIFERENTES TIPOS DE AIJ 2.1 Existem tipos diferentes da doença? Existem várias formas de AIJ. Distinguem-se principalmente

Leia mais

FEBRE AMARELA - INFORMATIVO À POPULAÇÃO

FEBRE AMARELA - INFORMATIVO À POPULAÇÃO FEBRE AMARELA - INFORMATIVO À POPULAÇÃO A febre amarela é uma doença causada por um vírus, sendo transmitida por mosquitos. A doença pode ocorrer nas regiões de matas e nos ambientes silvestres, por esta

Leia mais

O que é câncer de pele? Incidência. Fatores de Risco

O que é câncer de pele? Incidência. Fatores de Risco Câncer de Pele O que é câncer de pele? Como a pele é um órgão heterogêneo, esse tipo de câncer pode apresentar neoplasias de diferentes linhagens. As mais frequentes são o carcinoma basocelular, o carcinoma

Leia mais

UNILAB no Outubro Rosa Essa luta também é nossa. CUIDAR DA SAÚDE É UM GESTO DE AMOR À VIDA. cosbem COORDENAÇÃO DE SAÚDE E BEM-ESTAR www.unilab.edu.

UNILAB no Outubro Rosa Essa luta também é nossa. CUIDAR DA SAÚDE É UM GESTO DE AMOR À VIDA. cosbem COORDENAÇÃO DE SAÚDE E BEM-ESTAR www.unilab.edu. UNILAB no Outubro Rosa Essa luta também é nossa. CUIDAR DA SAÚDE É UM GESTO DE AMOR À VIDA. cosbem COORDENAÇÃO DE SAÚDE E BEM-ESTAR www.unilab.edu.br CUIDAR DA SUA SAÚDE É UM GESTO DE AMOR À VIDA. As mamas

Leia mais

Microdermoabrasão

Microdermoabrasão Microdermoabrasão A microdermoabrasão é um dos procedimentos cosméticos mais populares e não invasivos realizados atualmente. Com o tempo, fatores como envelhecimento, fatores genéticos, danos causados

Leia mais

Recomendações para a detecção precoce do câncer de mama no Brasil

Recomendações para a detecção precoce do câncer de mama no Brasil Recomendações para a detecção precoce do câncer de mama no Brasil www.capital.ms.gov.br/.../10616 QuadroKatia.jpg Mônica de Assis Divisão de Detecção Precoce e Apoio à Organização de Rede/ Conprev/INCA/MS

Leia mais

Visão Subnormal. Exergue bem durante toda a sua vida

Visão Subnormal. Exergue bem durante toda a sua vida Visão Subnormal Exergue bem durante toda a sua vida A perda da visão acontece em decorrência do envelhecimento? A visão de todos nós pode mudar com a idade. A perda da visão e a cegueira não são uma consequência

Leia mais

Cenário da Saúde da Criança e da Oncologia Pediátrica: avanços e desafios para a organização da rede assistencial

Cenário da Saúde da Criança e da Oncologia Pediátrica: avanços e desafios para a organização da rede assistencial Cenário da Saúde da Criança e da Oncologia Pediátrica: avanços e desafios para a organização da rede assistencial José Eduardo Castro jose.castro@cancer.org.br Alguns conceitos no estudo da rede assitêncial

Leia mais

Hematologia Clínica : bases fisiopatológicas

Hematologia Clínica : bases fisiopatológicas Para entender Hematologia: compartimento 1 = medula óssea ( MO), onde são produzidas as células sanguíneas compartimento 2 = sangue periférico (SP), onde circulam as células compartimento 3 = órgãos linfóides

Leia mais

Principais sintomas: - Poliúria (urinar muitas vezes ao dia e em grandes quantidades); - Polidipsia (sede exagerada); - Polifagia (comer muito);

Principais sintomas: - Poliúria (urinar muitas vezes ao dia e em grandes quantidades); - Polidipsia (sede exagerada); - Polifagia (comer muito); O diabetes mellitus é uma doença crônica que se caracteriza por uma elevada taxa de glicose (açúcar) no sangue. Essa elevação ocorre, na maioria das vezes, por uma deficiência do organismo em produzir

Leia mais

AULA: 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana.

AULA: 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana. : 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana. Conteúdo: Doenças relacionadas ao sedentarismo Diabetes. Doenças relacionadas ao sedentarismo Hipertensão arterial e dislipidemias. Habilidades:

Leia mais

Conheça os seus seios. Procurar alterações

Conheça os seus seios. Procurar alterações Conheça os seus seios Procurar alterações Conheça os seus seios: procurar alterações O cancro da mama é o cancro mais comum nas mulheres da Irlanda do Norte 1 em cada 12 irá desenvolver cancro da mama

Leia mais

EXAME HEMATOLÓGICO Hemograma

EXAME HEMATOLÓGICO Hemograma EXAME HEMATOLÓGICO Hemograma Profa Dra Sandra Zeitoun Aula 2 Na coleta de sangue para exames são usados anticoagulantes específicos, indicados pela cor da tampa dos frascos. Cor da Tampa Anticoagulante

Leia mais

Componente Curricular: Patologia e Profilaxia Módulo I Profª Mônica I. Wingert Turma 101E TUMORES

Componente Curricular: Patologia e Profilaxia Módulo I Profª Mônica I. Wingert Turma 101E TUMORES TUMORES Tumores, também chamados de neoplasmas, ou neoplasias, são alterações celulares que provocam o aumento anormal dos tecidos corporais envolvidos. BENIGNO: são considerados benignos quando são bem

Leia mais

Qual é a função do Sistema Nervoso Central?

Qual é a função do Sistema Nervoso Central? Câncer de SNC Qual é a função do Sistema Nervoso Central? O Sistema Nervoso Central (SNC) é constituído pelo cérebro, cerebelo e tronco cerebral. O cérebro é dividido em quatro lobos que controlam funções

Leia mais

www.drapriscilaalves.com.br [CINOMOSE]

www.drapriscilaalves.com.br [CINOMOSE] www.drapriscilaalves.com.br [CINOMOSE] 2 cinomose A cinomose é uma doença viral altamente contagiosa que afeta os cães e todos os animais da família Canidae (Dingo, raposa, coiote, lobo), da família Mustelidae

Leia mais

Ainda que os tratamentos e a vasta quantidade de informação tenham sido facilitados de

Ainda que os tratamentos e a vasta quantidade de informação tenham sido facilitados de 10 verdades sobre a AIDs que ninguém vai te contar Mesmo com os avanços da ciência, da tecnologia, da medicina e da indústria de remédios, o mundo ainda não conseguiu se livrar da Aids. Matéria publicada

Leia mais

CLÍNICA ADVENTISTAVIDA NATURAL

CLÍNICA ADVENTISTAVIDA NATURAL CLÍNICA ADVENTISTAVIDA NATURAL Maio, 2011 Saúde, Paz e Bem-Estar em um ambiente cercado pela natureza Saúde e você Como encarar a pressão alta? por Dr. Manfred Krusche 1 Quando vamos ao consultório médico

Leia mais

Alexandra Paúl Oncologia Pediátrica, Hospital Pediátrico de Coimbra

Alexandra Paúl Oncologia Pediátrica, Hospital Pediátrico de Coimbra Alexandra Paúl Oncologia Pediátrica, Hospital Pediátrico de Coimbra Quando o diagnóstico de cancro surge numa criança ou num adolescente, todas as suas rotinas diárias se alteram e este e sua família irão

Leia mais

A consequência da modernidade

A consequência da modernidade A consequência da modernidade A sociedade pós-moderna tem como uma das suas principais características a pressa generalizada, esteja ela presente nas respostas eletrônicas, na expectativa das respostas

Leia mais

Código Inquérito sobre efeitos adversos de medicamentos usados na enxaqueca

Código Inquérito sobre efeitos adversos de medicamentos usados na enxaqueca ANEXO Código Inquérito sobre efeitos adversos de medicamentos usados na enxaqueca Laboratório de Farmacologia Consultas externas de Cefaleias Faculdade de Farmácia de Coimbra Hospitais da Universidade

Leia mais

Pare. na primeira. primeira fratura seja a sua última. Faça acom que a sua.

Pare. na primeira. primeira fratura seja a sua última. Faça acom que a sua. Pare na primeira Faça acom que a sua primeira fratura seja a sua última www.iofbonehealth.org O QUE É A OSTEOPOROSE? A osteoporose é uma doença na qual os ossos ficam mais frágeis e fracos, levando a um

Leia mais

O MAIOR RISCO É... ACHARMOS QUE NÃO CORREMOS RISCOS! Tiemi Arakawa

O MAIOR RISCO É... ACHARMOS QUE NÃO CORREMOS RISCOS! Tiemi Arakawa O MAIOR RISCO É... ACHARMOS QUE NÃO CORREMOS RISCOS! Tiemi Arakawa Enfermeira, Doutora em Ciências Membro do GEOTB e do GEO-HIV/aids Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Quais imagens temos do HIV? O

Leia mais

Cartão de alerta do paciente em uso de tocilizumabe 1

Cartão de alerta do paciente em uso de tocilizumabe 1 Cartão de alerta do paciente em uso de tocilizumabe 1 Este cartão de alerta do paciente contém informações de segurança importantes das quais pacientes e seus cuidadores precisam estar cientes antes, durante

Leia mais

Sumário Detalhado. PARTE I Gerenciamento de riscos 21. PARTE II Patologia da lesão esportiva 177. Capítulo 4 Equipamento de proteção 116

Sumário Detalhado. PARTE I Gerenciamento de riscos 21. PARTE II Patologia da lesão esportiva 177. Capítulo 4 Equipamento de proteção 116 Sumário Detalhado PARTE I Gerenciamento de riscos 21 Capítulo 1 Técnicas de condicionamento 22 A relação entre os fisioterapeutas esportivos e os preparadores físicos 23 Princípios do condicionamento 23

Leia mais

TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS?

TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? TECIDO NERVOSO TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? Alto grau de comunicação: células nervosas são capazes de transmitir informações entre células distantes no corpo; Forma o sistema nervoso,

Leia mais

1. Benefícios da atividade física

1. Benefícios da atividade física 1. Benefícios da atividade física "ATIVIDADE FÍSICA É UM DIREITO DE TODOS E UMA NECESSIDADE BÁSICA" (UNESCO). O ser humano, na sua preocupação com o corpo, tem de estar alerta para o fato de que saúde

Leia mais

Capítulo 13 Nutrição: Leitura de rótulos de alimentos

Capítulo 13 Nutrição: Leitura de rótulos de alimentos Capítulo 13 Nutrição: Leitura de rótulos de alimentos Ao final deste capítulo, você poderá Ø Explicar rótulos de alimentos Ø Decidir quais alimentos são melhores com base em três fatores Capítulo 13 Nutrição:

Leia mais

TECIDO NERVOSO. Prof a Cristiane Oliveira

TECIDO NERVOSO. Prof a Cristiane Oliveira TECIDO NERVOSO Prof a Cristiane Oliveira TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? Alto grau de comunicação: células nervosas são capazes de transmitir informações entre células distantes no

Leia mais

A temperatura, calor ou frio, e os contatos com gases, eletricidade, radiação e produtos químicos, podem causar lesões diferenciadas nocorpo humano.

A temperatura, calor ou frio, e os contatos com gases, eletricidade, radiação e produtos químicos, podem causar lesões diferenciadas nocorpo humano. UNIDADE: 08 PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA - PCR TREINAMENTO TEÓRICO CURSO: PRIMEIROS SOCORROS - BÁSICO (40 HORAS) MODALIDADE: ONLINE 8. DISTÚRBIOS CAUSADOS PELA TEMPERATURA: 8.0 INTRODUÇÃO A temperatura,

Leia mais

Peeling Químico - Superficial

Peeling Químico - Superficial Peeling Químico - Superficial Os peelings químicos são um dos procedimentos cosméticos não invasivos mais populares realizados para rejuvenescer a aparência da pele. Com o tempo, fatores como danos causados

Leia mais

R3 HAC Thaís Helena Gonçalves Dr Vinícius Ribas Fonseca

R3 HAC Thaís Helena Gonçalves Dr Vinícius Ribas Fonseca R3 HAC Thaís Helena Gonçalves Dr Vinícius Ribas Fonseca Câncer infanto-juvenil (

Leia mais

Saiba se injeções antigordura para secar a barriga valem a pena

Saiba se injeções antigordura para secar a barriga valem a pena Terra - SP 19/08/2014-12:34 Saiba se injeções antigordura para secar a barriga valem a pena Agência Hélice FXQuadro / Shutterstock As injeções antigordura (ou queima gordura) são opção para quem não consegue

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Julho de 2010

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Julho de 2010 Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Julho de 2010 Memória A memória é uma faculdade cognitiva extremamente importante porque ela forma a base para a aprendizagem. Se não houvesse uma forma de

Leia mais

Jimboê. Ciências. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 1 o bimestre

Jimboê. Ciências. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 1 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao primeiro bimestre escolar ou às unidades 1 e 2 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê 4 o ano Avaliação 1 o bimestre 1 Avaliação NOME: ESCOLA: PROFESSOR:

Leia mais

Deficiência de mevalonato quinase (MKD) (ou síndrome Hiper-IgD)

Deficiência de mevalonato quinase (MKD) (ou síndrome Hiper-IgD) www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro Deficiência de mevalonato quinase (MKD) (ou síndrome Hiper-IgD) Versão de 2016 1. O QUE É A MKD 1.1 O que é? A deficiência de mevalonato quinase é uma doença

Leia mais

As funções das proteínas no organismo :

As funções das proteínas no organismo : PROTEINAS As funções das proteínas no organismo : As principais funções das proteínas - Construção de novos tecidos do corpo humano. - Atuam no transporte de substâncias como, por exemplo, o oxigênio.

Leia mais