ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA"

Transcrição

1 ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Contratação de Solução de Gerenciamento de Serviços de TI, alinhada as melhores práticas ITIL e com console unificada. Constituída de licenças de direito de uso definitivo de software, do direito à atualização, da manutenção e suporte técnico, dos serviços de instalação, customização, implantação, da transferência de tecnologia e do treinamento de acordo com as condições constantes neste Termo de Referência. 2. ESCOPO DO PROJETO A contratação visa atender as necessidades de Gerenciamento de serviços do parque computacional da PCRJ e gerenciamento dos serviços hospedados no Datacenter da PCRJ sob responsabilidade da Diretoria de Operações da IplanRio. 2.1 Responsabilidade Técnica A EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA - SA - IPLANRIO será a RESPONSÁVEL TÉCNICA desta contratação, no que se refere aos requisitos técnicos contidos neste Termo de Referência, a homologação, implantação e fiscalização do contrato da solução vencedora da licitação. 3. PRAZOS 3.1 O prazo do contrato será de 24 (vinte e quatro) meses, contados a partir da data da assinatura do contrato, podendo ser prorrogado nos termos do art. 57, inciso II da Lei 8.666/ O prazo de entrega das Licenças Perpétuas será de até 05 (cinco) dias, contados a partir da assinatura do Contrato. 1

2 3.3 A contratada deverá prestar suporte técnico e atualização tecnológica das licenças durante o prazo de vigência do contrato. 3.4 O prazo para os serviços de instalação, customização, implantação, da transferência de tecnologia e do treinamento será de 06 (seis) meses, contados a partir da entrega das Licenças, como previsto no item REQUERIMENTOS TÉCNICOS OBRIGATÓRIOS 4.1. CARACTERÍSTICAS GERAIS DA SOLUÇÃO A Solução deve ser executada em uma das seguintes plataformas: Windows Server 2008 ou superior; Linux Red Hat Enterprise 6 ou superior; Todos os componentes de software da solução oferecida, com exceção do sistema operacional e banco de dados, deverão ser fornecidos por um único fabricante, não sendo aceitos, portanto, qualquer tipo de consórcio ou subcontratação Todos os módulos que compõem a Solução de Gerenciamento se Serviços devem ser fornecidos e implementados com a possibilidade de alta disponibilidade A solução deverá ser instalada e licenciada de forma modular, sem dependência de um determinado módulo ou obrigatoriedade de instalar todos os módulos Deverá possuir integração automática das soluções, independentemente da ordem de sua implantação, oferecendo flexibilidade durante o processo de implantação; 2

3 Deverá possuir interface centralizada para um controle de todas as funcionalidades e opções de configuração das soluções; Arquitetura web baseada em padrões webservices, facilitando a manutenção e integrações futuras com outras soluções aderentes a webservices; Possuir ponto único de coleta de todas as informações originadas pelos clientes; Possuir suporte para os seguintes diferentes tipos de dispositivos: Desktops; Laptops; Servidores; Máquinas virtuais; Blades; Dispositivos handhels; Dispositivos de rede ; Thinclients; Para todos os repositórios de dados devem ser fornecidas as respectivas licenças de uso e garantia de upgrade por 24 (vinte e quatro) meses a contar do aceite de entrega dos softwares e licenças Caso a Solução necessite de um banco de dados externo, este deverá ser um dos seguintes SGBDs: MS SQL Server 2008 ou mais recente. Se o banco de dados puder ser hospedado no servidor corporativo da PCRJ, não será necessário fornecer as licenças dos SGBDs; Este banco de dados deverá possuir estrutura relacional; O banco de dados deve ser pré-configurado com a instalação da Solução. 3

4 Este banco de dados deverá possuir a estrutura dos dados obedecendo aos padrões para Banco de Dados de Gerência de Configuração do ITIL, com a capacidade de criar o relacionamento entre os itens de configuração para mapeamento das dependências entre eles; Prover uma arquitetura escalável, possibilitando o crescimento da Solução em conjunto com o aumento do número de Itens de Gerenciamento de Configuração e da complexidade dos Serviços de Negócio A arquitetura da solução deverá possuir suporte a modelo hierárquico (servidor central e sub-servidores para descentralizar distribuição de software) ou distribuído (servidores de gerenciamento distribuídos, com ou sem servidor central para relatórios) nas seguintes configurações possíveis: Servidor único centralizando administração e distribuição; Servidor único centralizando administração e servidores de distribuição adicionais; Vários servidores de gerenciamento descentralizados com autonomia para administração; Vários servidores de gerenciamento descentralizados com autonomia para administração e distribuição, porém um servidor central com dados e relatórios sobre todos os servidores; Ambiente misto com servidores descentralizados para administração, servidores de distribuição e servidor central para relatórios; Arquitetura flexível e expansível, suportando mudanças de arquitetura para maior escalabilidade; A Solução deverá ser fornecida, preferencialmente, no idioma português. Salvo os produtos complementares como Sistemas Operacionais e Banco de Dados, que não sofrem a mesma exigência. 4

5 A Solução, com todos seus componentes de software, deve possuir a capacidade de atribuição de níveis diferenciados de permissões de acesso e privilégios, conforme o perfil dos usuários (administradores, somente consulta, consulta e alteração) Deve ser possível a criação de grupos de usuários, de modo que seja possível atribuir permissões de acesso e privilégios a eles Caso o acesso a Solução necessite de licença, devem ser fornecidas, no mínimo, 10 (dez) licenças de acessos simultâneos para administração e 50 (cinqüenta) licenças de acesso simultâneo para operação da Solução Caso a Solução, ou algum de seus módulos, não suporte licenças concorrentes aceitarse-á fornecimento de licenças nomeadas na razão de 3:1 (ex: substituir o atendimento de 10 licenças concorrentes por 30 licenças nomeadas) A Solução que implementa mecanismo de licenças concorrentes deve permitir o cadastramento de usuários potenciais no mínimo dez vezes o número de acessos simultâneos para aquela funcionalidade, por exemplo: se para determinada funcionalidade têm-se 10 acessos concorrentes, então deve autorizar que no mínimo 100 usuários possam concorrer a este tipo de acesso A Solução deve utilizar o Microsoft Active Directory para a autenticação e autorização de usuários; A autenticação quando realizada via pedido de conta e senha deve utilizar um protocolo seguro A Solução deve permitir que aplicativos externos acessem o repositório de dados mantido por ela A solução proposta deverá conter a documentação completa sobre a estrutura do banco de dados e a mesma deverá ser fornecida junto com a Solução. 5

6 Todos os dispositivos de software que compõem a solução proposta deverão estar hospedados no ambiente interno do Datacenter da PCRJ, não podendo ser fornecidas quaisquer informações coletadas a agentes externos e não podendo a Solução exigir, para seu pleno funcionamento, o uso de serviços externos ou endereçamento ip que não o privado Deve ter um web server integrado A Solução deve possuir interface web com acesso via protocolo HTTP e HTTPS para a console de operação A Solução deve permitir que múltiplas consoles sejam executadas simultaneamente O acesso a console, via interface web, deverá ser suportado pelo Internet Explorer versão 6 ou superior ou Firefox 5.0 ou superior Deve ser implementada com escalabilidade suficiente para receber e processar sem enfileiramento, no mínimo 20 (vinte) eventos por segundo e (dez mil) eventos por dia Todas as capacidades exigidas nesta especificação técnica devem ser compatíveis com a infraestrutura e aplicações existentes no Datacenter da PCRJ, não sendo necessária a aquisição de nenhum equipamento ou software adicional aos fornecidos com a Solução A Solução deve efetuar a coleta de no mínimo as seguintes métricas: Utilização de banda (total) e por classe de serviço Latência fim-a-fim Perda de pacotes Jitter 6

7 MOS As 4 medições de performance devem ser efetuadas utilizando como referência a feature IPSLA da Cisco A aquisição das informações deve ser efetuada com intervalos de no mínimo 5 minutos Viabilidade de análise de tendências dos dados coletados; Viabilidade de inclusão e atualização automática de elementos gerenciados, a partir da integração com base de dados corporativa, minimizando a necessidade de interação manual do usuário. Esta inclusão poderá ser feita através de planilhas.csv, arquivos texto ou integração entre bases Discovery automático em caso de atualização de elementos gerenciados (exemplo: mudança de velocidade de interface) Campos de textos livres dentro da ferramenta, cujo conteúdo poderá ser preenchido via importação; Viabilidade de inclusão dos campos adicionais nos relatórios analíticos e gráficos; Viabilidade de integração com outras plataformas para envio de dados coletados através de arquivos.csv ou interação entre bases de dados; Capacidade de retenção de histórico de coletas sem perda significativa de performance em base de dados Capacidade de auto diagnóstico da Solução e de problemas pontuais com coletas de elementos monitorados, com envio de avisos aos administradores / log de alertas; 7

8 Viabilidade de geração de relatórios (off line) com interação total do usuário e monitoração on line CARACTERÍSTICAS DE RELATÓRIOS Viabilidade de schedulling de relatórios; Extração de relatórios em modo gráfico (html, xml, pdf ou web) e analítico (csv); Permitir definição pelo usuário do lay out dos relatórios pdf e/ou web (quantidade e formatos dos gráficos que serão exibidos por página); Flexibilidade de seleção de períodos (hh/dd/mm/aa) para geração dos relatórios; Flexibilidade para selecionar o tipo de agregação de dados para os relatórios (valor médio, máximo,mínimo, valor as is das coletas a cada x minutos, ou 2 ou mais destas informações, de maneira combinada), para os relatórios gráficos e.csv Permitir a exibição de mais de uma métrica em um mesmo relatório, por exemplo: utilização de banda entrada e saída; Permitir o cruzamento de métricas diferentes em um mesmo relatório, por exemplo: utilização x latência Viabilidade de navegação através de estrutura de árvore ou similar entre os relatórios já estabelecidos e flexibilidade de alterações nesta estrutura pelo próprio usuário; Flexibilidade para mudança de nomenclatura dos elementos monitorados pelos usuários, caso necessário Permitir a criação de grupos de elementos monitorados de maneira dinâmica (exemplo: grupo da localidade "X" com uplinks de 10Mbps) 8

9 Permitir a configuração dinâmica de linhas de threshold para relatórios gráficos, tanto para um único elemento como para grupos. Os valores dos thresholds poderão ser importados via arquivos xml ou.csv, e diferem de acordo com cada ponto/grupo monitorado Permitir a geração relatórios massivos (pdf e csv) para os grupos criados. Facilidade de seleção de visualização de apenas uma interface ou outros parâmetros de um equipamento, podendo inclusive criar um grupo único com parâmetros vindos de diferentes equipamentos Viabilidade de efetuar configurações automáticas de IPSLA nos elementos de rede via interface gráfica (preferencialmente através de comunidades SNMP de escrita) Interpretação pela ferramenta de informações já configuradas de forma manual nos equipamentos de rede (exemplo: medição de latência, perda, jitter e MOS via IPSLA) 4.3. CONSOLE DE GERÊNCIA A console de administração da solução deverá ser totalmente baseado em web; A console deve servir tanto para administração do servidor de gerenciamento, como para a administração dos clientes gerenciados; A console deverá suportar diversos idiomas, e obrigatoriamente português e inglês Deverá suportar a Mudança automática do idioma da console através do idioma configurado no browser; Deverá permitir ao usuário alterar o idioma da console; Deverá permitir a opção para adicionar logotipo da contratante na console; Deverá permitir painéis que centralizam relatórios e resumos para cada área de gerenciamento Deverá permitir a inclusão de webparts externos (intranet, portais, outras ferramentas web) nos painéis da solução; Deverá permitir a visualização dos painéis através de endereço web individual fora da console; 9

10 Deverá suportar a administração pela console de forma gráfica e amigável e sem depender de programação, comandos, scripts ou importação de códigos como XML; Deverá suportar o agrupamento de todas as funcionalidades por tipo (ex: relatórios, console de gerenciamento, configurações do servidor e tarefas comuns do dia-a-dia); Deverá suportar o agrupamento de funcionalidades por área de gerenciamento, exibindo todas as funcionalidades pertinentes à área (ex: inventário, distribuição de software, controle remoto e gerenciamento de incidentes); Deverá suportar o grupamento de funções da console de acordo com a estrutura departamental da contratante, ou de forma personalizada; Suportar a personalização de menus e sub-menus; Endereçamento web individual para cada item da console (ex: política, relatório, configuração e grupo de objetos) de forma que possam ser utilizados dentro e fora da console, como por exemplo em portais ou intranets; Suportar a identificação por código interno único para cada item da console (política, relatório, configuração e grupo de objetos) evitando erros pela mudança de nomes dos itens; A solução deverá suportar a função de copiar dados exibidos na console para outros aplicativos de forma tabulada (ex: Microsoft Excel e arquivo.txt/.csv); Deverá confiar na autenticação do Active Directory Deverá ser capaz de configurar níveis de acesso baseado em grupos de usuários Deverá permitir a consolidação dos eventos e alertas provenientes das diversas ferramentas de monitoração do Datacenter da PCRJ, de forma a servir de console única de monitoração e repositório centralizado para análise de causa raiz Deverá ter a visualização de todos os alertas em uma única interface gráfica Em caso de falha da Console de Gerência, a mesma deve apresentar a causa raiz do problema e os alertas conseqüência permitindo a diferenciação de um e outro Para um alerta deve ser possível: abrir, resolver, reabrir e visualizar suas informações. Sendo que as opções de reabrir e resolver podem ser disparadas manualmente ou pela chegada e um novo evento Alertas resolvidos devem ser mantidos no banco de dados de acordo com um intervalo de tempo configurável. 10

11 Deve ser possível a configuração do período de retenção (mínimo de 365 dias) dos dados A Console de Gerência deve permitir a visualização dos alertas históricos e dos recebidos em tempo real A Solução deve permitir efetuar consultas aos dados históricos utilizando SQL no padrão ANSI Deve possuir previsão de janelas de manutenção, que é a definição de datas e horários onde a aplicação estará indisponível para manutenção As janelas de manutenção podem ser agendadas como periódicas (diária, semanal ou mensal) ou eventuais A Console de Gerência deve disponibilizar, no mínimo, cinco níveis de severidade para os alertas, bem como diferenciá-los por cores Deve possuir interface gráfica para administração/operação com as seguintes características: Permitir a visualização dos alertas em forma de lista, com possibilidade de: Configuração de filtros utilizando expressões booleanas envolvendo quaisquer dos campos existentes nos alertas; Configurações de quais colunas serão exibidas; Ordenação por quaisquer dos campos existentes nos alertas, podendo ser feita por mais de uma característica, como por exemplo: data de recebimento e severidade; Permitir a seleção de um ou mais alertas da lista e disparar: Ações que atualizem os alertas selecionados; Ações que executem scripts e programas externos; Criação de um incidente no Service Desk ; As ações mencionadas no item anterior devem poder ser customizadas pelo administrador da ferramenta; deve ser possível criar novas ações para serem utilizadas na interface gráfica; Deve possuir uma detalhada trilha de auditoria que inclua informações sobre ações automáticas ou manuais que afetaram o alerta Deve ser possível associar alarmes sonoros e janelas pop-up à chegada de alertas. 11

12 A Console de Gerência deve armazenar e gerenciar visões de usuário, permitindo configurar quais alertas cada usuário visualizará em sua console A Console de Gerência deve possuir um utilitário, tipo linha de comando, ou Interface de programação (API) que permita a criação e atualização dos alertas e das janelas de manutenção na console de gerenciamento tanto de forma remota quanto local Deve incluir um componente de software que permita exportar os dados dos alertas para: Banco de dados relacional; Arquivos texto SOLUÇÃO DE MONITORAMENTO Possibilidade de adicionar monitoramento customizado por dispositivo de rede, plataforma ou software; Permitir a importação e exportação de regras de monitoramento em formato XML; Integração dentro de um CMDB único dos dados de inventário; Permitir correlacionar eventos e relatórios de monitoramento com inventário físico; Criação e mapeamento da topologia existente de forma automática; Detecção de equipamentos core e dispositivos cascateados; Console central com visualização completa da topologia de rede e alertas por dispositivos de forma integrada; Manter histórico de eventos; Possibilitar análise de tendência através de relatórios e capacity planning; Console centralizada de eventos que permita remediação instantânea; Console que permita visualizar mudanças recentes ou executar ações imediatas; Console centralizada para visualização, notificação e resolução de alertas de todo o sistema de monitoramento; Notificação automática por de eventos; Permitir a criação de tarefas básicas para a remediação automática de eventos e alertas comuns; 12

13 Permitir a visualização em tempo real de processos, eventos e performance de múltiplos recursos; Permitir monitoramento heterogêneo sem necessitar de soluções de terceiros; Suportar monitoramento de plataformas Windows, Unix e Linux; Possibilitar o monitoramento dos dispositivos, utilizando ou não agentes; 4.5. INTEGRAÇÕES COM AS FERRAMENTAS DE MONITORAÇÃO A Solução deve ser integrada às diversas ferramentas de monitoração da contratante, de forma a consolidar os diversos alertas e eventos em uma única console Deve permitir a aquisição de dados através dos seguintes métodos/protocolos: Suporte a SNMP v1, v2 e v3. O sistema deverá ainda detectar automaticamente qual versão de SNMP é suportada pelo dispositivo gerenciado; conexão a bases de dados através de ODBC ou scripts ; Aquisição de informações através de acesso TELNET e SSH; Aquisição de informações através de scripts e programas externos; A pedido da contratada, outras formas de integração diferentes das especificadas poderão ser implementadas, desde que a contratante aceite a proposta apresentada, sem custo adicional A integração via traps SNMP exigirá normalização, pois as ferramentas e os dispositivos não estão configurados de forma padronizada Todos os eventos que são monitorados atualmente pela contratante, devem ser migrados de forma a serem monitorados pela Solução DISCOVERY DE INFRAESTRUTURA Suportar qualquer dispositivo IP (computador, servidor, impressora, roteador, switch, hub e outros) independente de fabricante ou fornecedor; Deve suportar pelo menos os seguintes métodos de pesquisa: Consulta a tabelas ARP; Consulta a tabelas de Endereçamento IP; Consulta a tabelas de roteamento; 13

14 Suportar a criação de políticas de descobrimento diferenciadas para cada unidade e setor de forma que o administrador possa definir o método ideal: Por range de IP através de subnets e VLANs; Por domínio; Por dispositivo centralizador como roteador; Suportar a validação de equipamentos na rede através do fornecimento de uma lista de computadores em arquivo texto, permitindo a confirmação da conectividade de computadores que estejam cadastrados em sistemas ou planilhas; Suportar a pesquisa SNMP através de comunidade padrão 'public' ou personalizada conforme configuração dos dispositivos de rede; Suportar a verificação de portas críticas que estiverem habilitadas nos computadores, como: SMTP; SNMP; FTP; Terminal Services; HTTP; LDAP; Permitir o descobrimento executado esporadicamente pelo administrador ou também automaticamente através de políticas configuradas, sendo possível nos dois métodos as seguintes determinações: Range de IP alvo; Pesquisa por IP ou SNMP; Comunidade; Permitir a verificação de portas habilitadas (port scan); Suportar o descobrimento on-demand e agendado/automático; Permitir a identificação de computadores descobertos sem agente de gerenciamento; Deve descobrir equipamentos, interfaces e sua conectividade, abrangendo as camadas 2 e 3 da classificação OSI (nível de enlace e de rede). 14

15 Quando um novo elemento de rede for descoberto o sistema deverá ser capaz de incluílo automaticamente no repositório da Solução bem como seus relacionamentos com os demais componentes de infraestrutura A topologia descoberta deve refletir exatamente a topologia real, inclusive com os mesmos relacionamentos, sem duplicar ou omitir informações. A topologia descoberta deve ser dinâmica, de modo que a cada novo discovery o ambiente real seja refletido Deve possuir uma visualização completa da infraestrutura, incluindo equipamentos de rede e servidores, de forma que seja possível navegar em todos os equipamentos que estão conectados O discovery da infraestrutura deve possuir a capacidade de gerenciar, no mínimo, 2000 (dois mil) dispositivos, sendo eles dispositivos de rede ou servidores SOLUÇÃO DE GESTÃO DE INCIDENTES A solução deverá ser fundamentada nos conceitos de gestão de serviço do ITIL, e deverá ter suporte nativo para as seguintes disciplinas: Gerenciamento de incidente Gerenciamento de problema Gerenciamento de mudança Gerenciamento da liberação Gerenciamento do conhecimento A solução deverá possuir nativamente a interface com a base de configuração da solução de gerenciamento A solução deverá possuir nativamente um catálogo do serviço A solução deverá prover o registro, classificação, roteamento e controle de status dos serviços solicitados através deste catálogo; A solução deverá prover acesso a este catálogo 100% através de interface web, seja de usuário, atendente, gestor ou administrador, e deverá possuir consoles diferenciadas para administrador, gestor, atendente e usuário; A solução deverá ter a capacidade de abertura de incidentes, solicitações, mudanças ou problemas, recebendo esta informação a partir de qualquer evento crítico realizado nas soluções de gerenciamento, seguindo políticas padrão disponíveis na ferramenta e permitindo 15

16 também que o administrador adicione ou altere o ciclo de vida destes incidentes baseado nos itens listados no catálogo de serviços; A solução deverá possuir autenticação integrada com Active Directory da Microsoft de forma a identificar automaticamente o usuário logado no domínio quando este acessa a console, suprimindo a solicitação de usuário/senha; Console para usuários autenticados, com as seguintes funcionalidades: Abrir um chamado de incidente; Fazer uma solicitação; Fazer um pedido de mudança - caso conste no grupo de autorizados a realizar mudança; Registrar um problema; Abrir um incidente em nome de outro usuário (que, por exemplo, esteja com sua estação inoperante) Quando acessado pelo usuário final, a solução deverá prover a visualização de todos os incidentes, solicitações, mudanças e problemas registrados em seu nome, independente se foram registrados pelo usuário ou por um atendente, permitindo identificar o status, fila ou atendente responsável, data de modificação, categoria e outras informações publicadas pela equipe de atendentes; A solução deverá possuir modelo de autenticação alternativa para usuários não autenticados no AD ou usando outros computadores A solução deverá prover acesso a console para usuários sem nenhum tipo de registro no AD ou na aplicação, permitindo que possam abrir um chamado e identificar-se na própria tela de chamado; A solução deverá registrar todo o histórico de atendimento do incidente incluindo Data/horário em que o chamado passou por cada atendente ou fila; A solução deverá possuir pesquisa de satisfação; A solução deverá executar a associação de um ou vários incidentes com um registro de problema já existente; A solução deverá configurar filas de atendimento por nível e/ou função de acordo com as necessidades específicas; 16

17 A solução deverá emitir alertas automáticos para notificação de incidentes, inclusivo com a personalização destes alertas; A solução deverá criar regras de SLAs definidas a partir de qualquer informação do usuário, item afetado ou do próprio chamado; A solução deverá possuir base de conhecimento, com mecanismo de indexação das informações constantes nesta base, com a opção de inclusão de bases de conhecimento de terceiros, ou permitir a inclusão de soluções ou instruções de contorno, procedimentos oficiais, instruções passo-a-passo, e processos A solução deverá possuir caixa para pesquisa na base de conhecimento disponível para os usuários; A solução deverá possuir interface de programação com a aplicação ou API (Application Programming Interface), para promover integração com outras aplicações; A solução deverá possuir programação por webservices para promover integração com outras aplicações através deste tipo de componente; A solução deverá possuir nativamente integração com as seguintes aplicações: Sistema de diretório Active Directory da Microsoft Sistema de colaboração SharePoint da Microsoft Sistema de Banco de Dados SQL da Microsoft Sistema de Banco de Dados Oracle Sistemas desenvolvidos no padrão "webservices" Sistemas com interfaces no padrão "xml" A solução deverá ter a capacidade de integração com outros sistemas, e deverá ser instalado em um servidor apartado da solução de gerenciamento A solução deverá possuir interface gráfica para que seja executada a construção dos fluxos dos processos, com a inclusão e uso dos componentes disponíveis Os processos deverão ser páginas web que ainda poderão ser customizados com os padrões de cores e identificação visual da contratante para a formação do catálogo de serviços; A solução deverá ser capaz de garantir a integração entre os formulários criados a partir dos processos diagramados com o restante das soluções de gerenciamento com o objetivo de garantir a automação de tarefas de gerenciamento mediante as solicitações ou aprovações. 17

18 A solução deverá possuir sistema de fluxo de trabalho baseado em formulários (Workflow) parametrizável A solução deverá possuir a capacidade de emissão de relatórios com uso do conceito de "Cubos" com o relacionamento das seguintes informações contidas em sua base de dados: Usuário; Categoria; Contato; Data da abertura do incidente; Data do fechamento do incidente; Data da resolução; Impacto; Prioridade; Localização; Problema; Referencia; Origem; Status; Tempo de fechamento; Tempo de abertura; Tempo de resolução; Urgência; 4.8. SISTEMA DE FLUXO DE TRABALHO E FORMULÁRIOS Ferramenta para gerenciamento baseada em console web; Ferramenta para desenvolvimento dos fluxos e formulários em console totalmente gráfico; Interface programável via webservices; Capacidade de criação de novos componentes de Workflow, construídos através de programação externa ou da combinação de componentes existentes. 18

19 Interface para estruturação de fluxos de processos permitindo que profissionais de nãotécnicos possam criar, alterar, testar, automatizar e gerenciar processos internos (ex: catálogo de serviços para aquisição de hardware e pedidos de compras ); Interface para estruturação e desenvolvimento de formulários Web que devem servir como controladores do fluxo, oferecendo a criação de campos em vários formatos e alteração total de layout de forma a ficar personalizada com esquema de cores e logomarca da contratante; Publicação automática dos formulários via web e encaminhamento a usuários de acordo com o fluxo através de ; Gerenciamento e acompanhamento de todo o processo; Gerador de componentes que tornem possível integrar ao SQL, Oracle, e arquivos em geral; Criação de processos avançados com aprovações múltiplas; Lista de tarefas para usuário final, permitindo que visualizem quais atividades requerem ações e processem atividades como parte do workflow; Portal para gerenciamento de processos que tenha visibilidade de todo os processo para administradores; Extração de métricas dos processos; Componentes especializados para apresentar informações em dispositivos móveis; Balanceamento de carga entre servidores workflow para acomodar altas demandas de processamento; Criação de regras de negócio e exposição via webservices em servidor IIS; Campo para inclusão de anexos nos formulários; Script de código para adicionar ação aos componentes; Integração com servidor IIS; Integração com Active Directory e Serviços de Diretório através de LDAP; Integração com Ferramenta de Gerência de Configuração; Integração com a solução de proteção de estações de trabalho em uso atualmente para proteção contra vírus da contratada; Ferramenta para gerenciamento baseada em console web; 19

20 Base de dados central como repositório de todos os itens de configuração devidamente associados entre si e também com os serviços de TI e negócios da contratada; Modelagem de dados de configuração, baseada nas informações coletadas das várias fontes do ambiente e modelo de negócio; Integração com todas as bases da solução de gerenciamento para formar banco de dados único de configuração de forma a permitir uma fácil identificação de todos os componentes, relacionamentos e visualização de mudanças; Suporte aos padrões da lei de responsabilidade fiscal Sarbanes-Oxley ; Tipos pré-definidos de itens de configuração eliminando necessidades de customização para os itens que já são recomendados pelo ITIL: Servidor; Dispositivos de rede; Sistema; Serviço; Itens organizacionais pré-definidos eliminando necessidades de customização para os itens que já são recomendados pelo ITIL: Empresa; Localidade; Departamento; Centro de custo; Usuário; Inclusão de novos tipos de itens de configuração, bem como seus campos e relacionamentos a partir de configurações visuais na console, sem a necessidade de programar ou alterar diretamente banco de dados, tornando a atividade possível a gestores de configuração; Configuração de acesso flexível, permitindo que os usuários visualizem apenas os tipos de itens, itens e campos relacionados ao seu perfil; Integração automática de computadores e servidores inventariados ao CMDB como itens de configuração e seu inventario como respectivos atributos, evitando dados duplicados ou necessidade de recadastramento; 20

CSI IT Solutions. WebReport2.5. Relatórios abertos. Acesso controlado Extensibilidade de módulos IMPACTO AMBIENTAL

CSI IT Solutions. WebReport2.5. Relatórios abertos. Acesso controlado Extensibilidade de módulos IMPACTO AMBIENTAL CSI IT Solutions 2.5 solução CSI PrintManager G e s t ã o d e A m b i e n t e d e I m p r e s s ã o O CSI dá aos gestores de TI o poder de uma gestão integral através do acesso fácil às informações gerenciais

Leia mais

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14

Revisão para a prova B2. Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Revisão para a prova B2 Conteúdo das Aulas: 10, 11 e 14 Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor:

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Especificação Técnica Última atualização em 31 de março de 2010 Plataformas Suportadas Agente: Windows XP e superiores. Customização de pacotes de instalação (endereços de rede e dados de autenticação).

Leia mais

Symantec Discovery. Controle seu software e hardware e monitore a conformidade com as licenças em toda a infra-estrutura de TI de várias plataformas

Symantec Discovery. Controle seu software e hardware e monitore a conformidade com as licenças em toda a infra-estrutura de TI de várias plataformas Symantec Discovery Controle seu software e hardware e monitore a conformidade com as licenças em toda a infra-estrutura de TI de várias plataformas VISÃO GERAL O Symantec Discovery ajuda a garantir a resiliência

Leia mais

Positivo Network Manager 4

Positivo Network Manager 4 Positivo Network Manager 4 O gerenciamento eficiente de informações e de tecnologia da informação (TI) é um fator reconhecidamente crítico na maioria das organizações. As informações e as tecnologias que

Leia mais

Descritivo Técnico. SLAView - Descritivo Técnico Build 5.0 release 4 16/02/2011 Página 1

Descritivo Técnico. SLAView - Descritivo Técnico Build 5.0 release 4 16/02/2011 Página 1 Descritivo Técnico 16/02/2011 Página 1 1. OBJETIVO O SLAview é um sistema de análise de desempenho de redes IP por meio da monitoração de parâmetros de SLA (Service Level Agreement, ou Acordo de Nível

Leia mais

Automidia Service Management Provisionamento para o AD integrado ao Service Desk

Automidia Service Management Provisionamento para o AD integrado ao Service Desk Automidia Service Management Provisionamento para o AD integrado ao Service Desk Agenda Objetivos Agenda Histórico e Motivação 05 mins Características da Aplicação 20 mins Apresentação Software 15 mins

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

CSI IT Solutions. Facilidade de uso

CSI IT Solutions. Facilidade de uso CSI IT Solutions WebReport2 Gestão de Ambiente de Impressão O CSI WebReport dá aos gestores de TI o poder de uma gestão integral através do acesso fácil às informações gerenciais de impressões. O sistema

Leia mais

XDR. Solução para Big Data.

XDR. Solução para Big Data. XDR Solução para Big Data. ObJetivo Principal O volume de informações com os quais as empresas de telecomunicações/internet têm que lidar é muito grande, e está em constante crescimento devido à franca

Leia mais

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação Diretoria Técnica-Operacional Gerência de Tecnologia da Informação Termo de Referência Anexo II Especificação Técnica 1 - INTRODUÇÃO Página 2 de 9 do TR-007-3700 de Este anexo tem por objetivo detalhar

Leia mais

Automidia Service Management Desbloqueio de Contas e Provisionamento via Autoatendimento

Automidia Service Management Desbloqueio de Contas e Provisionamento via Autoatendimento Automidia Service Management Desbloqueio de Contas e Provisionamento via Autoatendimento Automidia Quem Somos Empresa Brasileira, fundada em 1992 Desenvolvimento de Softwares Centrais de Serviços, Service

Leia mais

CA Nimsoft Monitor para servidores

CA Nimsoft Monitor para servidores DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 CA Nimsoft Monitor para servidores agility made possible CA Nimsoft para monitoramento de servidores sumário CA Nimsoft Monitor para servidores 3 visão geral da solução

Leia mais

SolarWinds Kiwi Syslog Server

SolarWinds Kiwi Syslog Server SolarWinds Kiwi Syslog Server Monitoramento de syslog fácil de usar e econômico O Kiwi Syslog Server oferece aos administradores de TI o software de gerenciamento mais econômico do setor. Fácil de instalar

Leia mais

Funcionalidades do Citsmart Apresenta as principais funcionalidades do Citsmart.

Funcionalidades do Citsmart Apresenta as principais funcionalidades do Citsmart. Apresenta as principais funcionalidades do Citsmart. Versão 1.0 20/01/2014 Visão Resumida Data Criação 20/01/2014 Versão Documento 1.0 Projeto Responsáveis Revisores Aprovador Citsmart - Plataforma Inteligente

Leia mais

ESCOLHA A VERSÃO MAIS ADEQUADA PARA O SEU CENÁRIO. A plataforma MonitoraIT possui três versões: Standard (STD), Professional (PRO) e PREMIUM.

ESCOLHA A VERSÃO MAIS ADEQUADA PARA O SEU CENÁRIO. A plataforma MonitoraIT possui três versões: Standard (STD), Professional (PRO) e PREMIUM. ESCOLHA A VERSÃO MAIS ADEQUADA PARA O SEU CENÁRIO A plataforma MonitoraIT possui três versões: Standard (STD), Professional (PRO) e PREMIUM. A versão STD integra as funcionalidades essenciais de monitoramento.

Leia mais

A partir do XMon é possível:

A partir do XMon é possível: Monitoramento XMon É uma ferramenta para gerenciar o seu ambiente de TI de forma centralizada e constante, obtendo informações precisas da performance de todos os seus ativos e previna possíveis problemas

Leia mais

Symantec Backup Exec.cloud

Symantec Backup Exec.cloud Proteção automática, contínua e segura que faz o backup dos dados na nuvem ou usando uma abordagem híbrida, combinando backups na nuvem e no local. Data Sheet: Symantec.cloud Somente 2% das PMEs têm confiança

Leia mais

Plataforma de Business Intelligence

Plataforma de Business Intelligence Plataforma de Business Intelligence ASTEN TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO A Asten é uma empresa do ramo da tecnologia da informação (TI) que tem seu foco na busca por soluções inovadoras. Nosso slogan criando

Leia mais

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Requisito Descrição 6.1 - Produtos de Hardware 6.1.1. GRUPO 1 - IMPRESSORA TIPO I (MONOCROMÁTICA 20PPM - A4) 6.1.1.1. TECNOLOGIA DE IMPRESSÃO 6.1.1.1.1.

Leia mais

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907 Uma ferramenta de inventario que automatiza o cadastro de ativos informáticos em detalhe e reporta qualquer troca de hardware ou software mediante a geração de alarmes. Beneficios Informação atualizada

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Sobre a OpServices Fabricante de software focada no gerenciamento de ambientes de TI e Telecom e processos de negócios. Mais de 12 anos de experiência no monitoramento de indicadores de infraestrutura;

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS ERRATA E REABERTURA PROCESSO LICITATÓRIO N 097/2011 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL RP N 061/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS CENTRALIZADOS (STORAGE) E DE SISTEMA DE CÓPIA DE SEGURANÇA

Leia mais

Benefícios INFORMAÇÕES DO PRODUTO: SOFTWARE DELIVERY O CA. IT Client Manager fornece recursos de distribuição de software. plataformas.

Benefícios INFORMAÇÕES DO PRODUTO: SOFTWARE DELIVERY O CA. IT Client Manager fornece recursos de distribuição de software. plataformas. INFORMAÇÕES DO PRODUTO: SOFTWARE DELIVERY CA IT Client Manager Software Delivery O CA IT CLIENT MANAGER FORNECE RECURSOS AUTOMATIZADOS DE DISTRIBUIÇÃO DE SOFTWARE PARA GARANTIR QUE LAPTOPS, DESKTOPS, SERVIDORES

Leia mais

Software de gerenciamento de impressoras

Software de gerenciamento de impressoras Software de gerenciamento de impressoras Este tópico inclui: "Usando o software CentreWare" na página 3-10 "Usando os recursos de gerenciamento da impressora" na página 3-12 Usando o software CentreWare

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.com Serviços DHCP Server: O DHCP ("Dynamic Host Configuration Protocol" ou "protocolo de configuração

Leia mais

1 Introdução. O sistema permite:

1 Introdução. O sistema permite: A intenção deste documento é demonstrar as possibilidades de aplicação da solução INCA Insite Controle de Acesso - para controle de conexões dia-up ou banda larga à Internet e redes corporativas de forma

Leia mais

CA Configuration Automation

CA Configuration Automation FOLHA DE PRODUTOS: CA Configuration Automation CA Configuration Automation agility made possible O CA Configuration Automation foi desenvolvido para ajudar a reduzir os custos e melhorar a eficiência da

Leia mais

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva.

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva. Não há dúvida de que o ambiente de rede está cada vez mais complexo e que sua gestão é um grande desafio. Nesse cenário, saber o que está passando por essa importante infraestrutura é um ponto crítico

Leia mais

DeltaV Logbooks. Benefícios. Introdução. Minimize riscos associados às mudanças de turnos. Documente eletrônicamente eventos, observações e notas.

DeltaV Logbooks. Benefícios. Introdução. Minimize riscos associados às mudanças de turnos. Documente eletrônicamente eventos, observações e notas. Sistema Digital de Controle Distribuido DeltaV Especificação do produto DeltaV Logbooks Minimize riscos associados às mudanças de turnos. Documente eletrônicamente eventos, observações e notas. Melhore

Leia mais

Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código)

Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código) Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código) Roteiro Processos Threads Virtualização Migração de Código O que é um processo?! Processos são programas em execução. Processo Processo Processo tem

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul 1 ANEXO VII QUADRO DE QUANTITATIVOS E ESPECIFICAÇÕES DOS ITENS Item Produto Quantidade 1 Aparelhos IP, com 2 canais Sip, visor e teclas avançadas, 2 70 portas LAN 10/100 2 Servidor com HD 500G 4 GB memória

Leia mais

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 Sumário Prefácio: Prefácio...vii Capítulo 1: Apresentação do MozyPro...9 Capítulo 2: Noções básicas sobre os Conceitos do MozyPro...11 Noções básicas

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET COTAÇÃO ELETRÔNICA: 133/2012 COMPRASNET AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE ANTIVÍRUS MCAFEE PARA PLATAFORMA DE SERVIDORES VIRTUALIZADOS VMWARE DA REDE CORPORATIVA PRODAM Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia-

Leia mais

CA Automation Suite for Data Centers

CA Automation Suite for Data Centers FOLHA DE PRODUTOS: CA Automation Suite for Data Centers CA Automation Suite for Data Centers agility made possible "A tecnologia ultrapassou a capacidade de gerenciamento manual em todas as grandes empresas

Leia mais

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões Symantec 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões O 7 permite a padronização das operações de backup e recuperação em ambientes físicos e virtuais com menos recursos e menos riscos, pois oferece

Leia mais

Especificações da oferta Remote Infrastructure Monitoring

Especificações da oferta Remote Infrastructure Monitoring Visão geral do Serviço Especificações da oferta Remote Infrastructure Monitoring Este serviço oferece o Dell Remote Infrastructure Monitoring ("Serviço" ou "Serviços" RIM), como apresentado mais especificamente

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Microsoft Corporation Publicação: 14 de março de 2005 Autor: Tim Elhajj Editor: Sean Bentley Resumo Este documento fornece instruções

Leia mais

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 02 IMPLANTAÇÃO DE 1 (UM)

Leia mais

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012

Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Portfólio de Serviços e Produtos Julho / 2012 Apresentação Portfólio de Serviços e Produtos da WebMaster Soluções. Com ele colocamos à sua disposição a Tecnologia que podemos implementar em sua empresa.

Leia mais

Gerenciador de sistemas Gerenciamento de dispositivo móvel com base em nuvem

Gerenciador de sistemas Gerenciamento de dispositivo móvel com base em nuvem Gerenciador de sistemas Gerenciamento de dispositivo móvel com base em nuvem Resumo O Gerenciador de sistemas da Meraki fornece gerenciamento centralizado em nuvem e pelo ar, diagnósticos e monitoramento

Leia mais

Kaspersky Administration Kit 8.0 GUIA DE REFERÊNCIA

Kaspersky Administration Kit 8.0 GUIA DE REFERÊNCIA Kaspersky Administration Kit 8.0 GUIA DE REFERÊNCIA V E R S Ã O D O A P L I C A T I V O : 8. 0 Caro usuário. Obrigado por escolher nosso produto. Esperamos que esta documentação lhe ajude em seu trabalho

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES 1 Conteúdo 1. LogWeb... 3 2. Instalação... 4 3. Início... 6 3.1 Painel Geral... 6 3.2 Salvar e Restaurar... 7 3.3 Manuais... 8 3.4 Sobre... 8 4. Monitoração... 9 4.1 Painel Sinóptico...

Leia mais

INVGATE IT MANAGEMENT

INVGATE IT MANAGEMENT INVGATE IT MANAGEMENT Liderando la vanguardia IT Falar da origem da InvGate é falar das necessidades do mercado IT. Porque uma organização especializada em desenvolver IT Management Software é uma organização

Leia mais

Mandriva Pulse - Especificações e recursos

Mandriva Pulse - Especificações e recursos Mandriva Pulse - Especificações e recursos Mandriva Brasil 2 de abril de 2015 Lista de Tabelas 1 Tabela resumo dos diferenciais do Pulse....................... 9 Lista de Figuras 1 Interface web do Mandriva

Leia mais

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES tassiogoncalvesg@gmail.com MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 TÁSSIO GONÇALVES - TASSIOGONCALVESG@GMAIL.COM 1 CONTEÚDO Arquitetura

Leia mais

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com.

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com. Tactium Tactium CRManager CRManager TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades 1 O TACTIUM CRManager é a base para implementar a estratégia de CRM de sua empresa. Oferece todo o suporte para personalização

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers Guia de Instalação Rápida 13897290 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes de instalar Sobre a conta

Leia mais

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10 Treinamentos pfsense Página 1 de 10 Definições, Acrônimos e Abreviações Abreviação / Sigla WAN LAN UTM pfsense BGP Descrição Wide Area Network - Rede de longa distância (interface de rede para links de

Leia mais

Foglight A solução ideal para o gerenciamento de aplicações e serviços SAP

Foglight A solução ideal para o gerenciamento de aplicações e serviços SAP Parceria: Foglight A solução ideal para o gerenciamento de aplicações e serviços SAP Uma nova visão no Gerenciamento da Aplicação INDICE 1. Parceria Union e Quest Software... 3 2. Foglight Gerenciando

Leia mais

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Possuir capacidade instalada, livre para uso, de pelo menos 5.2 (cinco ponto dois) TB líquidos em discos SAS/FC de no máximo 600GB 15.000RPM utilizando RAID 5 (com no

Leia mais

Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais

Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais Será utilizado o seguinte critério: Atende / Não atende (Atende em parte será considerado Não atende) Item Itens a serem avaliados conforme

Leia mais

GUIA DE IMPLEMENTAÇÃO

GUIA DE IMPLEMENTAÇÃO Kaspersky Administration Kit 8.0 GUIA DE IMPLEMENTAÇÃO V E R S Ã O D O A P L I C A T I V O : 8. 0 C F 1 Caro usuário. Obrigado por escolher nosso produto. Esperamos que esta documentação lhe ajude em seu

Leia mais

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Belo Horizonte, 06 de Maio de 2010 A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Referente: CONSULTA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO DE GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE

Leia mais

Manual de Transferência de Arquivos

Manual de Transferência de Arquivos O Manual de Transferência de Arquivos apresenta a ferramenta WebEDI que será utilizada entre FGC/IMS e as Instituições Financeiras para troca de arquivos. Manual de Transferência de Arquivos WebEDI Versão

Leia mais

Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia

Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia UNISUL 2013 / 1 Universidade do Sul de Santa Catarina Engenharia Elétrica - Telemática 1 Gerência de Redes e Serviços de Comunicação Multimídia Aula 3 Gerenciamento de Redes Cenário exemplo Detecção de

Leia mais

Benefícios estratégicos para sua organização. Características especiais. Benefícios. Gestão organizada e controle sobre as solicitações de suporte.

Benefícios estratégicos para sua organização. Características especiais. Benefícios. Gestão organizada e controle sobre as solicitações de suporte. Otimize a gestão de suporte e serviço e administre eficientemente estes procedimentos dentro e fora da sua organização, aumentando seu nível de produtividade. Benefícios Gestão organizada e controle sobre

Leia mais

Novell ZENworks 10 Asset Management SP2

Novell ZENworks 10 Asset Management SP2 Guia de Introdução do Novell ZENworks 10 Asset Management SP2 10.2 27 de maio de 2009 www.novell.com Guia de Introdução do ZENworks 10 Asset Management Informações Legais A Novell, Inc. não faz representações

Leia mais

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013 Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5 Guia de gerenciamento de ativos Julho de 2013 2004-2013 Dell, Inc. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reprodução deste material

Leia mais

Shavlik Protect. Guia de Atualização

Shavlik Protect. Guia de Atualização Shavlik Protect Guia de Atualização Copyright e Marcas comerciais Copyright Copyright 2009 2014 LANDESK Software, Inc. Todos os direitos reservados. Este produto está protegido por copyright e leis de

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

Secullum Acesso.Net ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Secullum Acesso.Net. Ficha Técnica. Serviço de Comunicação. Módulo. Estacionamento.

Secullum Acesso.Net ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Secullum Acesso.Net. Ficha Técnica. Serviço de Comunicação. Módulo. Estacionamento. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Serviço de Comunicação Secullum Acesso.Net Estacionamento Gerencial Integração CFTV Pessoal Recepção Refeitório Automação Sistema Operacional: compatível com Windows XP ou superior

Leia mais

SPEKX Platform Service Process Engineering and Knowledge exchange. Visão Inicial. Release 01

SPEKX Platform Service Process Engineering and Knowledge exchange. Visão Inicial. Release 01 SPEKX Platform Service Process Engineering and Knowledge exchange Visão Inicial Release 01 ÍNDICE ANALITÍCO 1. O que é?...3 2. Que tipo de aplicações WEB podem ser geradas pelo SPEKX Platform?...4 3. Que

Leia mais

Administration Kit. Parte de Kaspersky Business Space Security Kaspersky Enterprise Space Security Kaspersky Total Space Security

Administration Kit. Parte de Kaspersky Business Space Security Kaspersky Enterprise Space Security Kaspersky Total Space Security Administration Kit Parte de Kaspersky Business Space Security Kaspersky Enterprise Space Security Kaspersky Total Space Security O Kaspersky Administration Kit é uma ferramenta de administração centralizada

Leia mais

CA Nimsoft para monitoramento de redes

CA Nimsoft para monitoramento de redes DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA CA Nimsoft para monitoramento de redes agility made possible sumário resumo executivo 3 Visão geral da solução 3 CA Nimsoft Monitor sondas especializadas 3 Sonda de conectividade de

Leia mais

Instruções para Instalação dos Utilitários Intel

Instruções para Instalação dos Utilitários Intel Instruções para Instalação dos Utilitários Intel Estas instruções ensinam como instalar os Utilitários Intel a partir do CD nº 1 do Intel System Management Software (liberação somente para os dois CDs

Leia mais

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation.

Leia mais

Kaspersky Endpoint Security e o gerenciamento. Migração e novidades

Kaspersky Endpoint Security e o gerenciamento. Migração e novidades Kaspersky Endpoint Security e o gerenciamento. Migração e novidades Treinamento técnico KL 202.10 Treinamento técnico KL 202.10 Kaspersky Endpoint Security e o gerenciamento. Migração e novidades Migração

Leia mais

Ficha de Produto. Características gerais. Descrição do produto. Disponível em Licencia ou SaaS (software como um serviço).

Ficha de Produto. Características gerais. Descrição do produto. Disponível em Licencia ou SaaS (software como um serviço). Ficha de Producto Produto Descrição do produto ServiceTonic é um Software 100% web para gestão de serviços que sob as premissas de usabilidade e flexibilidade torna sua ampla funcionalidade em plataforma

Leia mais

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Um guia para pequenas empresas Conteúdo Seção 1: Introdução ao Modo Windows XP para Windows 7 2 Seção 2: Introdução ao Modo Windows XP 4 Seção 3: Usando

Leia mais

Requisitos do Sistema

Requisitos do Sistema PJ8D - 017 ProJuris 8 Desktop Requisitos do Sistema PJ8D - 017 P á g i n a 1 Sumario Sumario... 1 Capítulo I - Introdução... 2 1.1 - Objetivo... 2 1.2 - Quem deve ler esse documento... 2 Capítulo II -

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

OptiView. Total integração Total controle Total Network SuperVision. Solução de Análise de Rede. Ninguém melhor que os. Engenheiros de Rede e a Fluke

OptiView. Total integração Total controle Total Network SuperVision. Solução de Análise de Rede. Ninguém melhor que os. Engenheiros de Rede e a Fluke Ninguém melhor que os OptiView Solução de Análise de Rede Total integração Total controle Total Network SuperVision Engenheiros de Rede e a Fluke Networks para saber o valor de uma solução integrada. Nossa

Leia mais

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 2010 Guia de Instalação Rápida 20047221 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes da instalação Sobre a conta de serviço do

Leia mais

Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura

Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura Raphael Celuppi Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, Setembro 2009 Sumário

Leia mais

Monitoramento Inteligente:

Monitoramento Inteligente: Ebook Exclusivo Monitoramento Inteligente: Melhore a eficiência operacional, automatize processos e aumente a produtividade. E s pec i a li s ta em S e rv i ços G e r e n c i a do s Segurança de de Perímetro

Leia mais

TeamViewer 9 Manual Management Console

TeamViewer 9 Manual Management Console TeamViewer 9 Manual Management Console Rev 9.2-07/2014 TeamViewer GmbH Jahnstraße 30 D-73037 Göppingen www.teamviewer.com Sumário 1 Sobre o TeamViewer Management Console... 4 1.1 Sobre o Management Console...

Leia mais

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança.

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda Managed Office Protection É fato, tanto pequenas e médias e grandes empresas enfrentam os mesmos riscos

Leia mais

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS)

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Hoje é fundamental para as empresas poder contar com recursos de comunicação, mobilidade, flexibilidade

Leia mais

Notas de versão do Servidor

Notas de versão do Servidor Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5 Notas de versão do Servidor Sobre estas notas de versão Estas notas de versão fornecem informações sobre o servidor Dell KACE K1000, versão

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 22 - ( ESAF - 2004 - MPU - Técnico Administrativo ) O

Leia mais

gladiador INTERNET CONTROLADA

gladiador INTERNET CONTROLADA gladiador INTERNET CONTROLADA funcionalidades do sistema gladiador sistema Gerenciamento de usuários, gerenciamento de discos, data e hora do sistema, backup gladiador. Estações de Trabalho Mapeamento

Leia mais

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS Sumário 1. Finalidade... 2 2. Justificativa para contratação... 2 3. Premissas para fornecimento e operação

Leia mais

[Manual de Instalación]

[Manual de Instalación] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] INTRODUÇÃO Bem-vindo no novo sistema de apoio de controle total de impressões dentro da sua empresa, desenvolvido pelo equipo de trabalho

Leia mais

Gerenciador de portas de Switch (es)

Gerenciador de portas de Switch (es) Benefícios para os Negócios Controle Automatizado de Acesso a Portas de Switch(es) de Rede e Hosts Finais A capacidade de planejamento ao acompanhar portas livres, em uso e definidas por usuário. Encontre

Leia mais

EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015

EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015 Londrina, 07 de outubro de 2015. EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015 OBJETO: Art.1º. Constitui objeto desta licitação a aquisição de 01 (uma) Plataforma de Solução

Leia mais

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Índice ANTES DE VOCÊ COMEÇAR... 4 PRÉ-REQUISITOS... 4 SCREEN SHOTS... 4 A QUEM SE DESTINA ESTE MANUAL... 4 COMO UTILIZAR ESTE MANUAL... 4 Introdução... 5 INSTALANDO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9 TÍTULO: ASSUNTO: GESTOR: TERMO DE REFERÊNCIA Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD DITEC/GECOQ Gerência de Controle e Qualidade ELABORAÇÃO: PERÍODO: GECOQ Gerência de Controle e

Leia mais

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14:

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Senhores, A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Questionamento 1: 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMCAS No que diz respeito ao subitem 2.1.2, temos a seguinte

Leia mais

Veritas Storage Foundation da Symantec

Veritas Storage Foundation da Symantec Veritas Storage Foundation da Symantec Gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line O Veritas Storage Foundation oferece uma solução completa para o gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line.

Leia mais

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning www.pwi.com.br 1 Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado,

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012 Florianópolis, 05 de dezembro de 2012. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.10.1.8-05-12-2012 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

Implantação de Auditoria para o Ambiente Microsoft nos Serviços de AD, File Server e Exchange Server do FNDE

Implantação de Auditoria para o Ambiente Microsoft nos Serviços de AD, File Server e Exchange Server do FNDE Implantação de Auditoria para o Ambiente Microsoft nos Serviços de AD, File Server e Exchange Server do FNDE Planejamento da Contratação Especificações Técnicas Versão 3.0 Página 1 de 18 Planejamento Termo

Leia mais

Cisco Intelligent Automation for Cloud

Cisco Intelligent Automation for Cloud Dados técnicos do produto Cisco Intelligent Automation for Cloud Os primeiros a adotarem serviços com base em nuvem buscavam uma economia de custo maior que a virtualização e abstração de servidores podiam

Leia mais