DIREITO EMPRESARIAL PROF. ROBERTA MAROPO AULA 02

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIREITO EMPRESARIAL PROF. ROBERTA MAROPO AULA 02"

Transcrição

1 REFORÇO ACADÊMICO DIREITO EMPRESARIAL PROF. ROBERTA MAROPO AULA 02

2 ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL CONCEITO - Art Considera-se estabelecimento todo complexo de bens organizado, para exercício da empresa, por empresário, ou por sociedade empresária

3 PATRIMÔNIO X ESTABELECIMENTO PATRIMÔNIO - Complexo formado por todos os direitos e obrigações dotados de valor econômico de uma pessoa - É uma universalidade de direito - Cada pessoa só tem um patrimônio

4 PATRIMÔNIO X ESTABELECIMENTO ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL - Complexo de bens organizados para uma finalidade: o exercício da empresa - É uma universalidade de fato - É possível um empresário ter vários estabelecimentos empresariais

5 CESSÃO DO ESTABELECIMENTO Art O contrato que tenha por objeto a alienação, o usufruto ou arrendamento do estabelecimento, só produzirá efeitos quanto a terceiros depois de averbado à margem da inscrição do empresário, ou da sociedade empresária, no Registro Público de Empresas Mercantis, e de publicado na imprensa oficial.

6 CESSÃO DO ESTABELECIMENTO Na ausência do registro, o interessado pode: 1. exigir a sua obrigação tanto do sucessor quanto do sucedido 2. responsabilizar os bens contidos no estabelecimento como um todo, antes de sua alienação

7 RESTABELECIMENTO Art Não havendo autorização expressa, o alienante do estabelecimento não pode fazer concorrência ao adquirente, nos cinco anos subseqüentes à transferência.

8 ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL AVIAMENTO - Conceito de Fábio Ulhôa Coelho: sobrevalor, agregado aos bens do estabelecimento empresarial em razão da sua racional organização pelo empresário

9 ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL AVIAMENTO - Conceito de Ricardo Negrão: atributo do estabelecimento empresarial, resultado do conjunto de vários fatores de ordem material ou imaterial que lhe conferem capacidade ou aptidão de gerar lucros.

10 ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL PONTO EMPRESARIAL Requisitos da Renovação Compulsória: 1. Locatário empresário ou sociedade com finalidade lucrativa 2. Contrato escrito com prazo mínimo de 5 anos 3. Atividade empresarial explorada por, ao menos, 3 anos ininterruptos

11 NOME EMPRESARIAL Exemplo: Cil empresa de Informática Ltda. Título ou nome fantasia - NAGEM Marca

12 NOME EMPRESARIAL - Firmas: FIRMA X DENOMINAÇÃO Nome completo ou abreviado dos sócios, diretores ou titulares da sociedade Em regra, empresas de responsabilidade ilimitada

13 NOME EMPRESARIAL - Denominação: FIRMA X DENOMINAÇÃO qualquer expressão lingüística associada ao seu objeto social Empresas de responsabilidade limitada

14 NOME EMPRESARIAL - EXCEÇÃO! FIRMA X DENOMINAÇÃO As sociedades limitadas e as sociedades em comandita por ações podem utilizar tanto de firma como denominação

- Crédito trabalhista: obrigação solidária do adquirente e alienante;

- Crédito trabalhista: obrigação solidária do adquirente e alienante; Aula de 02/03/15 5. ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL - Conceito: corresponde ao conjunto de bens reunidos pelo empresário (individual ou sociedade empresária) para a realização de sua atividade econômica; -

Leia mais

Estabelecimento Empresarial

Estabelecimento Empresarial Estabelecimento Empresarial É a base física da empresa, que consagra um conjunto de bens corpóreos e incorpóreos, constituindo uma universalidade que pode ser objeto de negócios jurídicos. É todo o complexo

Leia mais

Direito Empresarial Elisabete Vido

Direito Empresarial Elisabete Vido Direito Empresarial Elisabete Vido 1.Na transferência do estabelecimento empresarial, é correto afirmar que: a)desde que determinado no contrato, as partes poderão acordar que a transferência não importará

Leia mais

Conceito de Empresário

Conceito de Empresário Conceito de Empresário Requisitos (Art. 966,caput,CC): a) Profissionalismo; b) Atividade Econômica; c) Organização; d) Produção/Circulação de bens/serviços; Não Empresário Requisitos (Art. 966, único,

Leia mais

Leonardo de Medeiros Garcia. Coordenador da Coleção. Estefânia Rossignoli

Leonardo de Medeiros Garcia. Coordenador da Coleção. Estefânia Rossignoli Leonardo de Medeiros Garcia Coordenador da Coleção Estefânia Rossignoli Formada em Direito pela UFJF Pós graduada em Direito Empresarial e Econômico pela UFJF Mestre em Direito Civil pela UERJ Professora

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL EVOLUÇÃO HISTÓRICA. Fases:

DIREITO EMPRESARIAL EVOLUÇÃO HISTÓRICA. Fases: 1 DIREITO EMPRESARIAL Fases: EVOLUÇÃO HISTÓRICA 1. Conceito Subjetivo (Id. Média): mercadores somente os associados estavam sujeitos às normas das corporações; 2. Conceito Objetivo (Sistema Francês 1807-1808):

Leia mais

ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL

ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL Art. 1142, CC Considera-se estabelecimento todo complexo de bens organizados, para exercicio da empresa, por empresário ou por sociedade empresária. - Trata-se de ELEMENTO ESSENCIAL

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL I EMPRESÁRIO E ATIVIDADE EMPRESÁRIA. Foed Saliba Smaka Jr. 22/10/2014.

DIREITO EMPRESARIAL I EMPRESÁRIO E ATIVIDADE EMPRESÁRIA. Foed Saliba Smaka Jr. 22/10/2014. DIREITO EMPRESARIAL I EMPRESÁRIO E ATIVIDADE EMPRESÁRIA. Foed Saliba Smaka Jr. 22/10/2014. Sociedade Empresária Conceito: Sociedade empresária é um tipo de aglutinação de esforços de diversos agentes,

Leia mais

Estabelecimento Empresarial. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Estabelecimento Empresarial. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Estabelecimento Empresarial Estabelecimento Considera-se estabelecimento todo complexo de bens organizado, para o exercício da empresa, por empresário, ou sociedade empresária. Artigo 1.142 CC Estabelecimento

Leia mais

DIREITO DE EMPRESA SOCIEDADES

DIREITO DE EMPRESA SOCIEDADES DIREITO DE EMPRESA SOCIEDADES Prof. Cristiano Erse www.erse.com.br CONCEITO GERAL Sociedade, de acordo com CC em seu art. 981, é o contrato em que pessoas reciprocamente se obrigam a contribuir com bens

Leia mais

TEORIA. Como Tudo Começou... EMPRESA TEORIA DA EMPRESA EXPANSÃO MARÍTIMA E AS FASES DO DIREITO EMPRESARIAL ATOS DE COMERCIO : COMERCIANTE

TEORIA. Como Tudo Começou... EMPRESA TEORIA DA EMPRESA EXPANSÃO MARÍTIMA E AS FASES DO DIREITO EMPRESARIAL ATOS DE COMERCIO : COMERCIANTE TEORIA DA EMPRESA TEORIA DA EMPRESA Como Tudo Começou... EXPANSÃO MARÍTIMA E AS FASES DO DIREITO EMPRESARIAL ATOS DE COMERCIO : COMERCIANTE FASE SUBJETIVA Matrícula PRODUTOR CONSUMIDOR FASE OBJETIVA Atos

Leia mais

Profa. Joseane Cauduro. Unidade I DIREITO SOCIETÁRIO

Profa. Joseane Cauduro. Unidade I DIREITO SOCIETÁRIO Profa. Joseane Cauduro Unidade I DIREITO SOCIETÁRIO Introdução A unidade I aborda: empresa e empresário; formação das sociedades; tipos de sociedades. Objetivos da disciplina: apresentar aos estudantes

Leia mais

Registro de Empresa. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Registro de Empresa. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Registro de Empresa Obrigações aos Empresários São obrigações dos empresários: a) Seguir um sistema de contabilidade, mecanizado ou não, com base na escrituração uniforme de seus livros, em correspondência

Leia mais

RETA FINAL - MG Disciplina: Direito Empresarial Aula nº 01 DIREITO EMPRESARIAL

RETA FINAL - MG Disciplina: Direito Empresarial Aula nº 01 DIREITO EMPRESARIAL DIREITO EMPRESARIAL 1. Atividade Empresarial ( art. 966 e ss do CC) Art. 966. Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens

Leia mais

Direito Comercial. Estabelecimento Comercial

Direito Comercial. Estabelecimento Comercial Direito Comercial Estabelecimento Comercial 1. Noção Geral 2. Conceito 3. Natureza Jurídica 4. Estabelecimento x Patrimônio 5. Estabelecimento Principal e Filiais 6. Elementos Componentes do Estabelecimento

Leia mais

Elementos e Obrigações Empresariais

Elementos e Obrigações Empresariais Elementos e Obrigações Empresariais Capítulo 2 Elementos e Obrigações Empresariais Sumário 1. Estabelecimento empresarial: 1.1. Conceito e natureza; 1.2. Aviamento; 1.3. Contrato de trespasse; 1.4. Penhora

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Direito empresarial: nome empresarial no novo Código Civil Joseph Robert Terrell* RESUMO Com o Novo Código Civil em vigor, ocorreram algumas modificações quanto ao nome empresarial.

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO DEPARTAMENTO NACIONAL DE REGISTRO DO COMÉRCIO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO DEPARTAMENTO NACIONAL DE REGISTRO DO COMÉRCIO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO DEPARTAMENTO NACIONAL DE REGISTRO DO COMÉRCIO PARECER JURÍDICO DNRC/COJUR/Nº 205/03 REFERÊNCIA: Processos

Leia mais

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.2. Direito Empresarial ADM 065. 36h 5º

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.2. Direito Empresarial ADM 065. 36h 5º Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL - NOME EMPRESARIAL. Olá, pessoal. Sejam bem-vindos ao Estratégia Concursos.

DIREITO EMPRESARIAL - NOME EMPRESARIAL. Olá, pessoal. Sejam bem-vindos ao Estratégia Concursos. DIREITO EMPRESARIAL - NOME EMPRESARIAL Olá, pessoal. Sejam bem-vindos ao Estratégia Concursos. Hoje, vamos conversar um pouco sobre um aspecto interessantíssimo concernente ao direito empresarial, qual

Leia mais

1. REGISTRO RESTRIÇÕES PARA ATUAR COMO EMPRESÁRIO INDIVIDUAL. Falido:... Estrangeiro:... Médico:... Advogado:... Membros do legislativo:...

1. REGISTRO RESTRIÇÕES PARA ATUAR COMO EMPRESÁRIO INDIVIDUAL. Falido:... Estrangeiro:... Médico:... Advogado:... Membros do legislativo:... 1 DIREITO EMPRESARIAL PONTO 1: Registro PONTO 2: Incapacidade Superveniente PONTO 3: Sociedade Empresária 1. REGISTRO Para fazer o registro, a pessoa deve estar livre de qualquer impedimento ou proibição.

Leia mais

1. Sociedade Limitada:

1. Sociedade Limitada: 1 DIREITO EMPRESARIAL PONTO 1: Sociedade Limitada PONTO 2: Sociedade Anônima PONTO 3: Operações Societárias PONTO 4: Estabelecimento empresarial ou fundo de comércio PONTO 5: Locação Empresarial PONTO

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL APRESENTAÇÃO EMENTA

DIREITO EMPRESARIAL APRESENTAÇÃO EMENTA EMPRESARIAL NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSORES-AUTORES: Telder Andrade Lage Ana Luisa Coelho Perim Fabiano Eustáquio Zica Silva APRESENTAÇÃO O direito empresarial, ramo do direito

Leia mais

Direito Societário. Centro de Informática UFPE Disciplina: Gestão de Negócios Bruno Suassuna Carvalho Monteiro

Direito Societário. Centro de Informática UFPE Disciplina: Gestão de Negócios Bruno Suassuna Carvalho Monteiro Direito Societário Centro de Informática UFPE Disciplina: Gestão de Negócios Bruno Suassuna Carvalho Monteiro Importância do Direito Societário Conhecimento Jurídico como ferramenta para a gestão de negócios

Leia mais

Lição 7. Estabelecimento Empresarial e Institutos Afins

Lição 7. Estabelecimento Empresarial e Institutos Afins Lição 7. Estabelecimento Empresarial e Institutos Afins 7.1 ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL - NOÇÕES PRELIMINARES É o instrumento de que se utiliza o empresário para exercer suas atividades. Pode ser, dependendo

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ UNIDADE III CIÊNCIAS CONTÁBEIS TEMA: ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL PROFª: PAOLA SANTOS ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ UNIDADE III CIÊNCIAS CONTÁBEIS TEMA: ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL PROFª: PAOLA SANTOS ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL UNIDADE III CIÊNCIAS CONTÁBEIS TEMA: ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL PROFª: PAOLA SANTOS ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL 1. CONCEITO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ O estabelecimento empresarial também pode

Leia mais

ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL. Unidade 7

ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL. Unidade 7 ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL Unidade 7 Definição Expressões sinônimas: Estabelecimento empresarial ou comércio ou azienda (do Italiano) fundo de Conceito: Reunião dos bens, materiais ou imateriais, necessários

Leia mais

Individualiza e assinala a espécie de responsabilidade patrimonial do empresário ou da sociedade empresária;

Individualiza e assinala a espécie de responsabilidade patrimonial do empresário ou da sociedade empresária; NOME EMPRESARIAL NOÇÕES GERAIS O nome empresarial significa o próprio empresário. É aquele com que o empresário se apresenta nas relações empresariais, como é conhecido. Individualiza e assinala a espécie

Leia mais

SOCIEDADE EMPRESÁRIA

SOCIEDADE EMPRESÁRIA SOCIEDADE EMPRESÁRIA I-CONCEITO Na construção do conceito de sociedade empresária dois institutos jurídicos servem de alicerce: a pessoa jurídica e a atividade empresarial. Um ponto de partida, assim para

Leia mais

A fim de determinar o nome empresarial torna-se necessário entender as seguintes conceituações:

A fim de determinar o nome empresarial torna-se necessário entender as seguintes conceituações: FORMAÇÃO DO NOME EMPRESARIAL - Regras Aplicáveis A matéria foi elaborada com base na legislação vigente em: 18/07/2011. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - CONCEITUAÇÕES DE NOME, FIRMA E DENOMINAÇÃO 3 - PRINCÍPIOS

Leia mais

EMENTA: DIREITO EMPRESARIAL: empresa, espécies, divisão. Empresário. Atos de empresário. Sociedades empresariais.

EMENTA: DIREITO EMPRESARIAL: empresa, espécies, divisão. Empresário. Atos de empresário. Sociedades empresariais. AULA XI CIÊNCIAS CONTÁBEIS TEMA: DIREITO PRIVADO: EMPRESARIAL PROFª: PAOLA JULIEN O. SANTOS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ EMENTA: DIREITO EMPRESARIAL: empresa, espécies, divisão. Empresário. Atos

Leia mais

Manuel Fonseca. constituição jurídica das sociedades

Manuel Fonseca. constituição jurídica das sociedades Manuel Fonseca constituição jurídica das sociedades José Serrano constituição jurídica das sociedades Antes de iniciar um projecto, qualquer potencial empresário deve ponderar sobre o tipo de empresa que

Leia mais

Aula Nº 2 Empresa - O Empresário

Aula Nº 2 Empresa - O Empresário Aula Nº 2 Empresa - O Empresário Objetivos da aula: Nesta aula, vamos definir Empresa, considerando a orientação da legislação. Também vamos conhecer e definir o empresário e os requisitos legais para

Leia mais

AULA 5 SOCIEDADE LIMITADA

AULA 5 SOCIEDADE LIMITADA AULA 5 SOCIEDADE LIMITADA Introdução A sociedade decorre de um contrato entre pessoas que contribuem com bens e serviços para o exercício de determinada atividade visando a partilha de resultados. A Sociedade

Leia mais

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL II Período: 4 Período. Carga Horária: 72H/a: EMENTA

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL II Período: 4 Período. Carga Horária: 72H/a: EMENTA EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL II Período: 4 Período Carga Horária: 72H/a: EMENTA A disciplina busca introduzir o aluno no âmbito do direito societário: abordando a sua evolução

Leia mais

QUESTÕES DIREITO EMPRESARIAL 2014

QUESTÕES DIREITO EMPRESARIAL 2014 Olá, meus amigos. Como estão?! Estou comentando algumas questões de direito empresarial e resolvi postar 10 questões de concursos recentes aqui para vocês treinarem. Espero que gostem! Forte abraço. QUESTÕES

Leia mais

A teoria do direito empresarial se subdivide em três:

A teoria do direito empresarial se subdivide em três: TEORIAS DO DIREITO EMPRESARIAL A teoria do direito empresarial se subdivide em três: TEORIA SUBJETIVA o direito comercial se caracterizava por dois fatores: RAMO ASSECURATÓRIO DE PRIVILÉGIOS À CLASSE BURGUESA,

Leia mais

FERRAMENTAS PARA O EMPRESÁRIO SUPERAR A SITUAÇÃO DE CRISE ECONÔMICO-FINANCEIRA COM A NOVA LEI DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS

FERRAMENTAS PARA O EMPRESÁRIO SUPERAR A SITUAÇÃO DE CRISE ECONÔMICO-FINANCEIRA COM A NOVA LEI DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS FERRAMENTAS PARA O EMPRESÁRIO SUPERAR A SITUAÇÃO DE CRISE ECONÔMICO-FINANCEIRA COM A NOVA LEI DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS Alexandre Cezar Florio. Líbia Cristiane Corrêa de Andrade e Florio.

Leia mais

Direito Empresarial A figura do empresário

Direito Empresarial A figura do empresário Direito Empresarial A figura do empresário Olá. Como estão?! Hoje trataremos sobre um tema interessantíssimo (e básico) no direito empresarial. Falaremos sobre a figura do empresário. Vamos brincar? Boa

Leia mais

Aulas de 08 a 18/03/13

Aulas de 08 a 18/03/13 Aulas de 08 a 18/03/13 6. Nome Empresarial 6.1. Alteração do nome empresarial O nome empresarial pode ser alterado a qualquer momento, respeitados os requisitos citados acima. Assim, o nome empresarial

Leia mais

DAS SOCIEDADES: (A) A PERSONALIZAÇÃO DAS SOCIEDADES EMPRESARIAIS (PRINCÍPIOS DO DIREITO SOCIETÁRIO) GERA TRÊS CONSEQÜÊNCIAS:

DAS SOCIEDADES: (A) A PERSONALIZAÇÃO DAS SOCIEDADES EMPRESARIAIS (PRINCÍPIOS DO DIREITO SOCIETÁRIO) GERA TRÊS CONSEQÜÊNCIAS: DAS SOCIEDADES: CONCEITO: A sociedade empresária pode ser conceituada como a pessoa jurídica de direito privado não estatal, que explora empresarialmente seu objeto social ou a forma de sociedade por ações.

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL 7º Período 2014-02

DIREITO EMPRESARIAL 7º Período 2014-02 TEORIAS DO RESUMO I Ao longo da história do Direito Empresarial, este ramo só foi orientado por três teorias: a subjetiva, a objetiva e a subjetiva moderna. A teoria subjetiva é a primeira que introduz

Leia mais

Se gostar, deixe um comentário, marque os amigos, compartilhe! Sigam o nosso Periscope para aulas diárias: @gabrielrabelo87 RESUMO DIREITO SOCIETÁRIO

Se gostar, deixe um comentário, marque os amigos, compartilhe! Sigam o nosso Periscope para aulas diárias: @gabrielrabelo87 RESUMO DIREITO SOCIETÁRIO Olá, pessoal! Tudo bem? A seguir, um pequeno resumo da parte de direito societário! Servirá para aqueles que estão estudando para Exame da OAB, concurso da área jurídica, fiscal, policial, etc. Se gostar,

Leia mais

O sócio que ceder suas quotas continua responsável pelas obrigações sociais até dois anos depois de modificado o contrato social:

O sócio que ceder suas quotas continua responsável pelas obrigações sociais até dois anos depois de modificado o contrato social: AULA 2 4. Tipos societários 4.1 Sociedade Simples Se a sociedade simples não optar por outra forma essa é a forma que será a ela aplicada. Esse tipo é também subsidiário aos outros tipos sociais, ou seja,

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES SOCIEDADE LIMITADA

DÚVIDAS FREQUENTES SOCIEDADE LIMITADA DÚVIDAS FREQUENTES SOCIEDADE LIMITADA Quais os documentos necessários para a participação de sociedade estrangeira em sociedades brasileiras e quais os documentos necessários para participação de pessoa

Leia mais

SOCIEDADES COMERCIAIS

SOCIEDADES COMERCIAIS Legislação Societária / Direito Comercial Profª Mestre Ideli Raimundo Di Tizio p 11 SOCIEDADES COMERCIAIS Sociedade comercial é a pessoa jurídica de direito privado, nãoestatal, que tem por objeto social

Leia mais

Plano de Ensino. Objetivos. Ementa

Plano de Ensino. Objetivos. Ementa Plano de Ensino Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL I Código: Série: 2ª Obrigatória (X ) Optativa ( ) CHTeórica: 68 CH Prática: CH Total: 68 Horas Obs: Objetivos Geral: Apresentar aos alunos os pontos principais

Leia mais

TEORIA DO ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL

TEORIA DO ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL TEORIA DO ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL Prof. MSc. Wilson Alberto Zappa Hoog i Resumo: Apresentamos uma breve análise sobre a teoria do estabelecimento empresarial, considerando o seu teorema e axiomas,

Leia mais

SETOR PÚBLICO, SETOR PRIVADO E TERCEIRO SETOR

SETOR PÚBLICO, SETOR PRIVADO E TERCEIRO SETOR SETOR PÚBLICO, SETOR PRIVADO E TERCEIRO SETOR Consiste na forma como as diferentes Pessoas Jurídicas atuam no desenvolvimento de atividades econômicas e sociais no âmbito da sociedade. De acordo com o

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO CFC N.º 1.390/12 Dispõe sobre o Registro Cadastral das Organizações Contábeis. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE: CAPÍTULO I

Leia mais

Os livros empresariais devem atender a requisitos intrínsecos e extrínsecos.

Os livros empresariais devem atender a requisitos intrínsecos e extrínsecos. 4. LIVROS COMERCIAIS - Dever de todos os empresários: registrar-se na Junta Comercial; escriturar regularmente os livros obrigatórios; levantar balanço patrimonial e de resultado econômico a cada ano.

Leia mais

Pessoa Jurídica de Direito Privado como Sujeito de Direitos e Obrigações

Pessoa Jurídica de Direito Privado como Sujeito de Direitos e Obrigações 1 Pessoa Jurídica de Direito Privado como Sujeito de Direitos e Obrigações Maria Bernadete Miranda Mestre em Direito das Relações Sociais, sub-área Direito Empresarial, pela Pontifícia Universidade Católica

Leia mais

EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA

EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA 174 EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA KATYLENE COLLYER PIRES DE FIGUEIREDO¹ Inspirada na Palestra dos Professores Leonardo Marques e Monica Gusmão. Está em vigor desde janeiro a Lei nº 12.441,

Leia mais

SOCIEDADE ENTRE CÔNJUGES

SOCIEDADE ENTRE CÔNJUGES DIREITO SOCIETÁRIO DIREITO SOCIETÁRIO Sociedade empresária/ Empresário individual Distinção entre a sociedade simples e a sociedade empresária objeto social art.982 CC/02 Duas exceções p.único do art.982

Leia mais

Nota do autor, xv. 6 Nome Empresarial, 48 6.1 Conceito e função do nome empresarial, 48 6.2 O nome do empresário individual, 49

Nota do autor, xv. 6 Nome Empresarial, 48 6.1 Conceito e função do nome empresarial, 48 6.2 O nome do empresário individual, 49 Nota do autor, xv Parte I - Teoria Geral da Empresa, 1 1 Introdução ao Direito de Empresa, 3 1.1 Considerações gerais, 3 1.2 Escorço histórico: do direito comercial ao direito de empresa, 4 1.3 Fontes

Leia mais

CURSO ONLINE - DIREITO COMERCIAL AFRFB/AFT 2012 PROFESSOR LUCIANO OLIVEIRA - AULA 00

CURSO ONLINE - DIREITO COMERCIAL AFRFB/AFT 2012 PROFESSOR LUCIANO OLIVEIRA - AULA 00 Olá, concurseiro(a)! Meu nome é Luciano Oliveira. Sou Consultor Legislativo do Senado Federal e professor de cursos preparatórios em todo o Brasil. Sou também o Presidente da Associação Nacional dos Concurseiros

Leia mais

TIPOS DE EMPRESAS. Se a opção for a de Empresário Individual, o patrimônio particular se confunde com o da empresa.

TIPOS DE EMPRESAS. Se a opção for a de Empresário Individual, o patrimônio particular se confunde com o da empresa. 1 TIPOS DE EMPRESAS A atividade econômica organizada produtiva pode ser exercida individualmente ou de forma coletiva, objetivando a partilha do resultado. Se a opção for a de Empresário Individual, o

Leia mais

3 Micro e pequenos empresários, 167

3 Micro e pequenos empresários, 167 Nota do autor, xix 1 HISTÓRICO, 1 1 A invenção do comércio e do mercado, 1 2 Antiguidade, 5 3 Idade média e moderna, 16 3.1 Direito comercial no Brasil, 19 4 Unificação do direito privado, 20 5 A valorização

Leia mais

TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL

TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL Direito Societário É subárea do direito empresarial que disciplina a forma de exercício coletivo de atividade econômica empresária; Importante observação sobre as questões da primeira fase da OAB: 25%

Leia mais

A Alienação do Estabelecimento no Novo Código Civil: Aspectos Práticos e J urídicos

A Alienação do Estabelecimento no Novo Código Civil: Aspectos Práticos e J urídicos DOUTRINA NACIONAL A Alienação do Estabelecimento no Novo Código Civil: Aspectos Práticos e J urídicos Antonio Affonso Leite de Castro Graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de

Leia mais

Capa: Danilo Oliveira. Produção Digital: Geethik. CIP Brasil. Catalogação-na-fonte. Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ.

Capa: Danilo Oliveira. Produção Digital: Geethik. CIP Brasil. Catalogação-na-fonte. Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ. A EDITORA MÉTODO se responsabiliza pelos vícios do produto no que concerne à sua edição (impressão e apresentação a fim de possibilitar ao consumidor bem manuseá-lo e lê-lo). Os vícios relacionados à atualização

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL JOSÉ RODRIGO D. VIEIRA PONTO 1: ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL PONTO 2: REGISTRO PÚBLICO PONTO 3: ---

DIREITO EMPRESARIAL JOSÉ RODRIGO D. VIEIRA PONTO 1: ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL PONTO 2: REGISTRO PÚBLICO PONTO 3: --- DIREITO EMPRESARIAL PONTO 1: ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL PONTO 2: REGISTRO PÚBLICO PONTO 3: --- ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL: ART. 1142-49 1 CC e ART. 51 2 E SS lei 8245/91 complexo de bens. Integram a

Leia mais

contrato é uma declaração unilateral de vontade, cabendo tão somente ao administrador judicial.

contrato é uma declaração unilateral de vontade, cabendo tão somente ao administrador judicial. Turma e Ano: Flex B (2013) Matéria / Aula: Empresarial / Aula 14 Professor: Thiago Carapetcov Conteúdo: - Falência: Efeitos da sentença em relação aos contratos. Falido e bens. Sentença Positiva - Decretação

Leia mais

Sociedades. Feedback aula anterior: 26/10/2010

Sociedades. Feedback aula anterior: 26/10/2010 Prof. Thiago Gomes Sociedades Feedback aula anterior: Quais são os tipos societários que uma sociedade pode adotar? Adoção de tipo societário na sociedade simples/empresária Sociedade em nome coletivo

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEAcc-SP 2/2005

RESOLUÇÃO CONSEAcc-SP 2/2005 RESOLUÇÃO CONSEAcc-SP 2/2005 ALTERA AS EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DAS DISCIPLINAS CH1301 - COMERCIAL I, CH1306 - COMERCIAL II E CH1308 - COMERCIAL III, DO CURSO DE, DO CÂMPUS DE SÃO PAULO, DA UNIVERSIDADE

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N.º 1.371/11 Dispõe sobre o Registro das Entidades Empresariais de Contabilidade. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE: CAPÍTULO

Leia mais

Nota do autor, xix. 5 Dissolução e liquidação, 77 1 Resolução da sociedade em relação a um sócio, 77

Nota do autor, xix. 5 Dissolução e liquidação, 77 1 Resolução da sociedade em relação a um sócio, 77 Nota do autor, xix 1 Empresa, 1 1 Empreender, 1 2 Noções históricas, 2 3 Teoria da empresa, 3 4 Registro, 8 4.1 Redesim, 10 4.2 Usos e práticas mercantis, 14 4.3 Empresário rural, 15 5 Firma individual,

Leia mais

AULA 03 SOCIEDADE EFEITOS DA PERSONIFICAÇÃO PERSONALIDADE JURÍDICA PRÓPRIA SOCIEDADE X SÓCIO B SÓCIO A EMPREGADO C.CORRENTE EFEITOS LEASING CREDORES

AULA 03 SOCIEDADE EFEITOS DA PERSONIFICAÇÃO PERSONALIDADE JURÍDICA PRÓPRIA SOCIEDADE X SÓCIO B SÓCIO A EMPREGADO C.CORRENTE EFEITOS LEASING CREDORES PERSONALIDADE JURÍDICA PRÓPRIA AULA 03 3.1 S X SÓCIO A SÓCIO B EFEITOS DA PERSONIFICAÇÃO SÓCIO A EMPREGADO C.CORRENTE LEASING NACIONALIDADE NOME EMPRESARIAL EFEITOS LEGITIMIDADE PROCESSUAL TITULARIDADE

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DREI Nº 15, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2013

INSTRUÇÃO NORMATIVA DREI Nº 15, DE 5 DE DEZEMBRO DE 2013 Presidência da República Secretaria da Micro e Pequena Empresa Secretaria de Racionalização e Simplificação Departamento de Registro Empresarial e Integração INSTRUÇÃO NORMATIVA DREI Nº 15, DE 5 DE DEZEMBRO

Leia mais

Direito de empresa. Prof. Cristiano Erse. www.erse.com.br

Direito de empresa. Prof. Cristiano Erse. www.erse.com.br Direito de empresa Prof. Cristiano Erse www.erse.com.br Do direito comercial ao direito de empresa Direito comercial: foco nos atos de comércio e no comerciante. Direito empresarial: foco na empresa e

Leia mais

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 96, de 2012

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 96, de 2012 Quadro comparativo do 1 Art. 980-A. A empresa individual de responsabilidade limitada será constituída por uma única pessoa titular da totalidade do capital social, devidamente integralizado, que não será

Leia mais

MEGA RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PROF.: ELISABETE VIDO DIREITO EMPRESARIAL

MEGA RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PROF.: ELISABETE VIDO DIREITO EMPRESARIAL DIREITO EMPRESARIAL 1. (OAB-MG 2006.3) Assinale a alternativa CORRETA: (A) não é empresário quem exerce com profissionalismo e organização atividade econômica no segmento de fabricação e comércio de roupas.

Leia mais

OAB 1ª FASE- EXTENSIVO VESPERTINO Disciplina: Direito Empresarial Prof. Elisabete Vido Data: 20.08.2009 Aula nº 01

OAB 1ª FASE- EXTENSIVO VESPERTINO Disciplina: Direito Empresarial Prof. Elisabete Vido Data: 20.08.2009 Aula nº 01 OAB 1ª FASE- EXTENSIVO VESPERTINO Disciplina: Direito Empresarial Prof. Elisabete Vido Data: 20.08.2009 Aula nº 01 TEMAS TRATADOS EM AULA 1. ATIVIDADE EMPRESARIAL X ATIVIDADE NÃO EMPRESARIAL O CC/02 adota

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ UNIDADE V CIÊNCIAS CONTÁBEIS TEMA: TEORIA GERAL DAS SOCIEDADES COMERCIAIS PROFª: PAOLA JULIEN O.

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ UNIDADE V CIÊNCIAS CONTÁBEIS TEMA: TEORIA GERAL DAS SOCIEDADES COMERCIAIS PROFª: PAOLA JULIEN O. UNIDADE V CIÊNCIAS CONTÁBEIS TEMA: TEORIA GERAL DAS SOCIEDADES COMERCIAIS PROFª: PAOLA JULIEN O. SANTOS TEORIA GERAL DAS SOCIEDADES COMERCIAIS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ 1. CONCEITO DE SOCIEDADE

Leia mais

Efeitos da sucessão no Direito Tributário. Os efeitos da sucessão estão regulados no art. 133 do CTN nos seguintes termos:

Efeitos da sucessão no Direito Tributário. Os efeitos da sucessão estão regulados no art. 133 do CTN nos seguintes termos: Efeitos da sucessão no Direito Tributário Kiyoshi Harada Os efeitos da sucessão estão regulados no art. 133 do CTN nos seguintes termos: Art. 133. A pessoa natural ou jurídica de direito privado que adquirir

Leia mais

Coordenação Geral de Tributação

Coordenação Geral de Tributação Fl. 10 Fls. 1 Coordenação Geral de Tributação Solução de Consulta Interna nº 19 Data 13 de agosto de 2013 Origem COFIS ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA DE PESSOA JURÍDICA IRPJ A EIRELI não se confunde com

Leia mais

índice GERAL Capítulo IV A UNIFICAÇÃO PARCIAL DO DIREITO PRIVADO

índice GERAL Capítulo IV A UNIFICAÇÃO PARCIAL DO DIREITO PRIVADO índice GERAL Capítulo I A UNIFICAÇÃO PARCIAL DO DIREITO PRIVADO I. A unificação na Itália: Cesare Vivante (1892) e sua retratação em ]919; a posição contrária de Alfredo Rocco; a malograda experiência

Leia mais

TABELA DE NATUREZA JURÍDICA 2014

TABELA DE NATUREZA JURÍDICA 2014 TABELA DE NATUREZA JURÍDICA 2014 NOTAS EXPLICATIVAS 1. Administração Pública A categoria Administração Pública compreende os órgãos públicos, as autarquias e as fundações públicas da União, dos Estados,

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 27 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL I NOME DO CURSO:DIREITO 2.

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 27 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL I NOME DO CURSO:DIREITO 2. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 27 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL I NOME DO CURSO:DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Direito

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA Visão teórica, e tanto quanto possível prática, dos principais temas relacionados à introdução ao estudo do Direito Comercial.

PLANO DE ENSINO EMENTA Visão teórica, e tanto quanto possível prática, dos principais temas relacionados à introdução ao estudo do Direito Comercial. Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Empresarial I Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Empresarial Área: Privado PLANO DE ENSINO EMENTA Visão teórica, e tanto quanto

Leia mais

Questões selecionadas por Fernanda Almeida Fernandes de Oliveira.

Questões selecionadas por Fernanda Almeida Fernandes de Oliveira. Questões selecionadas por Fernanda Almeida Fernandes de Oliveira. Email: fernandaafoliveira@gmail.com Disciplina: Direito Empresarial I Data: 05/05/13 Gabarito: 1) E 2) B 3) E 4) D 5) A 1- (FGV - 2010

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL PROF. ROBERTA MAROPO AULA 04

DIREITO EMPRESARIAL PROF. ROBERTA MAROPO AULA 04 CURSO ONLINE REFORÇO ACADÊMICO DIREITO EMPRESARIAL PROF. ROBERTA MAROPO AULA 04 CONCEITO DE MARCA Art. 123. Para os efeitos desta Lei, considerase: I - marca de produto ou serviço: aquela usada para distinguir

Leia mais

TRESPASSE: A TRANSMISSÃO DAS OBRIGAÇÕES NA ALIENAÇÃO DO ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL

TRESPASSE: A TRANSMISSÃO DAS OBRIGAÇÕES NA ALIENAÇÃO DO ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL TRESPASSE: A TRANSMISSÃO DAS OBRIGAÇÕES NA ALIENAÇÃO DO ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL AMILCAR DE MARCO Advogado. Bacharel em Direito na FUNOESC Campus de Joaçaba-SC; Pós graduado em Direito Processual Civil

Leia mais

- CPF: AULA INAUGURAL ... 1 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 2 2. TEORIA GERAL: EMPRESA / EMPRESÁRIO / ESTABELECIMENTO... 3

- CPF: AULA INAUGURAL ... 1 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 2 2. TEORIA GERAL: EMPRESA / EMPRESÁRIO / ESTABELECIMENTO... 3 AULA INAUGURAL... 1 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 2 2. TEORIA GERAL: EMPRESA / EMPRESÁRIO / ESTABELECIMENTO... 3 a. DO CONCEITO:... 3 b. DA EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA EIRELI... 5 c.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO Unidade Acadêmica: CAMPUS JATAÍ Curso: Direito Disciplina: Direito Empresarial I Carga horária semestral: 64 h Teórica Prática: 4 Semestre/ano: 1º semestre de 2015 Turma/turno:

Leia mais

Concessão Mercantil Lei nº 6.729 de 28 de novembro de 1979. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Concessão Mercantil Lei nº 6.729 de 28 de novembro de 1979. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Concessão Mercantil Lei nº 6.729 de 28 de novembro de 1979 Concessão Contrato de concessão mercantil é aquele pelo qual o concessionário tem o direito de comprar, durante o prazo de sua vigência, os produtos

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina DIREITO EMPRESARIAL I Código

Leia mais

Inovação Legislativa Empresa Individual de Responsabilidade Limitada

Inovação Legislativa Empresa Individual de Responsabilidade Limitada Inovação Legislativa Empresa Individual de Responsabilidade Limitada Prof. Nelton T. Pellizzoni : Mestrando em Direitos Difusos, Universidade Metropolitana de Santos; Especialista em Direito Civil, Comercial

Leia mais

NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento

NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento NATUREZA JURÍDICA Documentação exigida para cada nível de cadastramento 1- Pessoa Física 2- Pessoas Jurídicas: 2.1- Órgão Público 2.2- Autarquias e Fundações Públicas 2.3- Sociedade de Economia Mista 2.4-

Leia mais

OAB EMPRESÁRIO # EMPRESA. atividade poderá dar continuidade devidamente representado.

OAB EMPRESÁRIO # EMPRESA. atividade poderá dar continuidade devidamente representado. EMPRESÁRIO # EMPRESA * EMPRESARIO É O SUJEITO QUE PODE SER A PESSOA NATURAL OU PESSOA JURÍDICA - é quem realiza a empresa * EMPRESA É A ATIVIDADE Então é muito comum no dia a dia nos falarmos hoje vou

Leia mais

www.uniestudos.com.br Direito Empresarial

www.uniestudos.com.br Direito Empresarial www.uniestudos.com.br Direito Empresarial Helder Goes Professor de Direito Empresarial do Universo de Estudos Advogado e Consultor Jurídico Graduado em Direito pela Universidade Tiradentes Especialista

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE ALAGOAS

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE ALAGOAS SERVIÇOS PRESTADOS PELA 1. EMPRESÁRIO (213-5) DO F 1.1. Inscrição (registro inicial) 080 080 02 dias úteis R$ 85,00 R$ 10,00 1.2 Alteração (exceto para filiais) Alteração de nome empresarial (código de

Leia mais

Principais artigos do Código Civil, Livro II, Direito de Empresa, para concursos.

Principais artigos do Código Civil, Livro II, Direito de Empresa, para concursos. Principais artigos do Código Civil, Livro II, Direito de Empresa, para concursos. Olá, amigos. Como vão? Espero que tudo bem. Traremos hoje os principais artigos do Código Civil a serem estudados para

Leia mais

ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL. 8. Conceito e características

ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL. 8. Conceito e características ESTABELECIMENTO EMPRESARIAL 8. Conceito e características Azienda, negócio empresarial, fundo de empresa e estabelecimento empresarial são expressões sinônimas. Significam o conjunto de bens corpóreos

Leia mais

Parágrafo único. O nome empresarial compreende a firma e a denominação.

Parágrafo único. O nome empresarial compreende a firma e a denominação. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO E SERVIÇOS DEPARTAMENTO NACIONAL DE REGISTRO DO COMÉRCIO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 116, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011. Dispõe

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO CFC N.º 1.166/09 Dispõe sobre o Registro Cadastral das Organizações Contábeis. regimentais, O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e RESOLVE: CAPÍTULO I

Leia mais

IUS RESUMOS. Empresário. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Empresário. Organizado por: Samille Lima Alves Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. EMPRESÁRIO... 3 1. Caracterizando o empresário... 3 1.1 Conceito... 3 1.2 Elementos essenciais de caracterização do empresário... 4 1.3 Classificação do empresário...

Leia mais

SUGESTÃO PARA O DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE ENSINO DE DIREITO COMERCIAL. Da especificação dos temas do programa proposto para o Semestre (único)

SUGESTÃO PARA O DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE ENSINO DE DIREITO COMERCIAL. Da especificação dos temas do programa proposto para o Semestre (único) Carga Horária Período Semestre (único) SUGESTÃO PARA O DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE ENSINO DE DIREITO COMERCIAL Da especificação dos temas do programa proposto para o Semestre (único) A dicotomia do Direito

Leia mais

Elaboração e Modalidades de contratos

Elaboração e Modalidades de contratos Elaboração e Modalidades de contratos Dra. Sabrina Moreira Batista Advogada especialista em Direito Tributário, sócia do escritório Batista Silva Freire Advogados, Assessora Jurídica do CRN/5 e do Corecon/Ba.

Leia mais

Universidade Estadual de Ponta Grossa Pró-Reitoria de Recursos Humanos Diretoria de Provimento, Capacitação e Qualidade de Vida no Trabalho

Universidade Estadual de Ponta Grossa Pró-Reitoria de Recursos Humanos Diretoria de Provimento, Capacitação e Qualidade de Vida no Trabalho DEPARTAMENTO DE DIREITO DO ESTADO DIREITO INTERNACIONAL 1- Tratado Internacional 2- Mercosul 3- União Europeia 4- Estados como sujeitos do Direito Internacional 5- Órgãos das Relações entre os Estados

Leia mais