SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005."

Transcrição

1 SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005.

2 Maria Lúcia Santaella Braga (Catanduva, 13 de agosto de 1944). Pesquisadora brasileira e professora titular da PUC-SP. Doutora em Teoria Literária na PUC-SP (1973) e livredocência em Ciências da Comunicação na ECA/USP, em É fundadora do "CS games", Grupo de Pesquisa em Games e Semiótica da PUC-SP, além de professora da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas EESP-FGV, nas áreas de Novas Tecnologias e Novas Gramáticas da Sonoridade, Relações entre o Verbal, Visual e Sonoro na Multimídia e Fundamentos Biocognitivos da Comunicação.

3 convergir Significado de Convergir v.t. Tender ou dirigir-se (para um ponto comum); Concorrer, afluir: o povo convergia para a igreja. Tender (para um mesmo fim). Tomar rumos que dirigem-se para a ocupação de territórios comuns, nos quais as diferenças se roçam sem perder seus contornos próprios (2007; 7).

4 O livro é dividido em 8 temas: Pontos de partida para a reflexão; As afinidades e atritos entre a fotografia e a arte; O cinema experimental e o cinema como arte; A arte e a industrialização da cultura; As mídias e as imagens artísticas; A pósmodernidade e a desterritorialização da cultura; O vídeo e as artes e A comunicação digital e as artes interativas Levando em conta o contexto econômicopolítico-social e as formas de comunicação relacionadas a cada um dos elementos do contexto.

5 Configuração das culturas humanas em 6 grandes eras civilizatórias: da comunicação oral; da comunicação escrita; da comunicação impressa; da comunicação propiciada pelos meios de comunicação de massa; da comunicação midiática ; da comunicação digital (2007; 9)

6 Mundo Antigo e Idade Média: artes visuais artesanato utilitário.

7 Renascimento: artistas levantam o status das artes ao colocar em destaque seu caráter intelectual e teórico.

8 Séc. XVIII e as belas artes: Pintura Escultura Arquitetura Poesia Música 3 principais artes visuais da Europa (mecenato) belas (fine, ing.) beleza, habilidade, superioridade, elegância, perfeição e ausência de finalidades utilitárias X artesanato mecânico

9 Revolução Industrial Capitalismo; Cultura urbana; Sociedade de consumo; Mudança no contexto social no qual as belas artes operavam; belas letras e belas artes X meios de comunicação

10 Meios de Massa e Cultura de Massa sistemas industriais de comunicação dominados pela proliferação de imagens. Produtos massivos, produzidos por poucos, para uma massa de consumidores.

11 Meios de Massa

12 Meios de Massa e o uso de máquinas capazes de gravar, editar, replicar e disseminar imagens e informação. Produtos gerados são baratos, seriados, disponíveis e de distribuição rápida. Produção de bens simbólicos (livros, fotos, filmes).

13 essas são máquinas habilitadas para produzir e reproduzir linguagens e que funcionam, por isso mesmo, como meios de comunicação (2007; 11). Ao fazerem uso das novas tecnologias midiáticas, os artistas expandiram o campo das artes para as interfaces com o desenho industrial, a publicidade, o cinema, a televisão, a moda, as subculturas jovens, o vídeo, a computação gráfica, etc. De outro lado, para a sua própria divulgação, a arte passou a necessitar de materiais publicitários, reproduções coloridas, catálogos, críticas jornalísticas, fotográficas e filmes de artistas, entrevistas com ele(a)s, programas de rádio e televisão sobre ele(a)s (2007; 14).

14 Aproximação entre cultura erudita e cultura popular

15 Os artistas e o mundo das artes passam a utilizar os meios de comunicação tanto para a atividade artística criativa como para a inserção de suas obras no circuito da arte e do grande público. RESULTADO: Aumento do acesso à arte, com novos espaços (museus e galerias), e o aumento do público interessado.

16 Hibridização das formas de comunicação e cultura mistura de meios ou multimeios. O cinema utiliza os conhecimentos da fotografia, da música, do teatro, da literatura, etc. O jornal usa a fotografia, as artes gráficas, a literatura, todos coexistindo no mesmo espaço. Essa hibridização, para Santaella, foi incrementada com o surgimento da cultura digital ou cibercultura

17 Fazendo uso da realidade virtual distribuída, o ciberespaço compartilhado da comunicação não local, dos ambientes multiusuários, dos sites colaborativos, da web TV, dos net games, as artes digitais, também chamadas de artes interativas desenvolvem-se nos mesmos ambientes, servem às comunicações, tornando porosas e movediças as fronteiras intercambiantes das comunicações e das artes (2007;16)

Por que as comunicações e as artes estão convergindo?

Por que as comunicações e as artes estão convergindo? Por que as comunicações e as artes estão convergindo? SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005. Mónica Santos Pereira Defreitas (a) (a) Mestre em Comunicação

Leia mais

RESENHA. SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005.

RESENHA. SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005. 1 RESENHA Mónica Santos Pereira Defreitas 1 SANTAELLA, L. Por que as comunicações e as artes estão convergindo? São Paulo: Paulus, 2005. O livro de Lúcia Santaella, Por que as comunicações e as artes estão

Leia mais

LAZER E CULTURA DIGITAL

LAZER E CULTURA DIGITAL GESTÃO DESPORTIVA E DO LAZER LAZER E CULTURA DIGITAL Prof. Carlos Café Dias Da cultura oral e escrita à cultura das mídias digitais EVOLUÇÃO DA CULTURA A era digital e as novas tecnologias revolucionaram

Leia mais

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO CURSO: JORNALISMO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: TEORIAS DA COMUNICAÇÃO Estudo do objeto da Comunicação Social e suas contribuições interdisciplinares para constituição de uma teoria da comunicação.

Leia mais

28/04/2011. Cláudia Sousa Leitão NO MUNDO

28/04/2011. Cláudia Sousa Leitão NO MUNDO POLÍTICAS PÚBLICAS E ECONOMIA CRIATIVA Cláudia Sousa Leitão O ESTADO DA ARTE DA ECONOMIA CRIATIVA NO MUNDO 1 PANORAMA INTERNACIONAL DA ECONOMIA CRIATIVA EUROPA Criatividade como insumo para sistemas de

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação GRADE DE HORÁRIOS 2017/1 08/12/ :04

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação GRADE DE HORÁRIOS 2017/1 08/12/ :04 Curso: 1 Ciências Sociais (Noturno) Licenciatura ADM.515..1-8 ADM.516..1-1 ADM.518..1-9 ADM.5..1- EDU.1..1-3 EDU.16..1-1 HIS.77.1.1-8 1 LET.135.1.3-1 1 SOC.3.1.1-6 1 SOC.35.1.1-1 SOC.16..1-1 SOC.18.1.1-6

Leia mais

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico.

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001639 - ARTES VISUAIS-BACHARELADO EM DESIGN GRAFICO Nivel: Superior Area Profissional: 0009 - DESIGN Area de Atuacao: 0240 - ARTE PROJ.DESENHO/DESIGN

Leia mais

ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE

ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE NOVOS CURSOS POESIA * PINTURA, LANTERNAGEM E MECÂNICA DO TEXTO ARTES GRÁFICAS LINHA IMAGINÁRIA ! i í 11 «X ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE PROFESSOR POESIA

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA PARA O USO PEDAGÓGICO E INTEGRADO DO TABLET EDUCACIONAL PROFESSOR:

FORMAÇÃO CONTINUADA PARA O USO PEDAGÓGICO E INTEGRADO DO TABLET EDUCACIONAL PROFESSOR: FORMAÇÃO CONTINUADA PARA O USO PEDAGÓGICO E INTEGRADO DO TABLET EDUCACIONAL PROFESSOR: Diana Domingues Donato NTE 12 PÚBLICO: Todas as séries do Ensino Médio Sequência Didática Título da Atividade: A CANA

Leia mais

Grupo de Estudos e Práticas Laboratoriais em Plataformas e Softwares Livres e Multimeios

Grupo de Estudos e Práticas Laboratoriais em Plataformas e Softwares Livres e Multimeios Grupo de Estudos e Práticas Laboratoriais em Plataformas e Softwares Livres e Multimeios Pesquisa e Extensão Abriga atividades de pesquisa e extensão que envolvem o papel da tecnologia na sociedade contemporânea,

Leia mais

QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO

QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO Some prática, profissionalismo, inovação e retorno. O resultado da equação é a mistura da Sorella Studio. O conceito de agência online amplia

Leia mais

PROPOSTA DE PREÇO COM APOSTILAMENTO (2015)

PROPOSTA DE PREÇO COM APOSTILAMENTO (2015) 1 PROPOSTA DE PREÇO COM APOSTILAMENTO (2015) REAJUSTE DOS SERVIÇOS PRESVISTO NO CONTRATO 41/2013, DE ACORDO COM O ACRESCIMO DE R$ 224.469,18, TOTALIZANDO NOVO VALOR DO CONTRATO DE R$ 4.412.326,99. Planilha

Leia mais

Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica

Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica Professora Andréia Freitas 2013 7 semestre Aula 06 MEMORIA, F. Design para a Internet. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Campus, 2005. ALVES, W. P. Crie, anime

Leia mais

O blog como ferramenta didática no ensino do jornalismo

O blog como ferramenta didática no ensino do jornalismo O blog como ferramenta didática no ensino do jornalismo Ariane Holzbach Gama Filho / UERJ Resumo: O trabalho vai narrar a experiência desenvolvida no curso de Comunicação Social da Universidade Gama Filho

Leia mais

Lei Rouanet: Tipos e segmentos de projetos aceitos

Lei Rouanet: Tipos e segmentos de projetos aceitos Lei Rouanet: Tipos e segmentos de projetos aceitos por Samir Selman Jr. De uma maneira geral, a Lei Rouanet foi criada para estimular a cultura nacional, como já detalhamos em outros artigos, como em "A

Leia mais

Quem faz arte? O homem criou objetos para satisfazer as suas necessidades práticas, como as ferramentas para cavar a terra e os utensílios de

Quem faz arte? O homem criou objetos para satisfazer as suas necessidades práticas, como as ferramentas para cavar a terra e os utensílios de ROTULAÇÃO Rotulação na arte A arte é uma criação humana com valores estéticos (beleza, equilíbrio, harmonia, revolta) que sintetizam as suas emoções, sua história, seus sentimentos e a sua cultura. É um

Leia mais

Cauda de cometa. Oficina de light painting com celulares - fotografia e animação Orientação: Denise Agassi e Eduardo Salvino

Cauda de cometa. Oficina de light painting com celulares - fotografia e animação Orientação: Denise Agassi e Eduardo Salvino Cauda de cometa Oficina de light painting com celulares - fotografia e animação Orientação: Denise Agassi e Eduardo Salvino Light Painting ou Pintura de luz é uma técnica fotográfica que permite captar

Leia mais

PORTUGUÊS: Assid. Mín [h] INGLÊS: Assid. Mín [h]

PORTUGUÊS: Assid. Mín [h] INGLÊS: Assid. Mín [h] PORTUGUÊS: Módulo 1.1.: Textos de Carácter Autobiográfico 30 27,0 Módulo 1.2.: Textos Expressivos e Criativos e Textos Poéticos 24 22,0 Módulo 1.3.: Textos dos Media I 24 22,0 Módulo 1.4.: Textos Narrativos

Leia mais

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015 COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015 PERFIL 3 INDICADORES CHAVE 4 VANTAGENS 5 COMPETITIVAS SETORES 6 PATRIMÓNIO CULTURAL 7 AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA 8 ARTES VISUAIS 9 ARTES

Leia mais

Filosofia da Arte. Unidade II O Universo das artes

Filosofia da Arte. Unidade II O Universo das artes Filosofia da Arte Unidade II O Universo das artes FILOSOFIA DA ARTE Campo da Filosofia que reflete e permite a compreensão do mundo pelo seu aspecto sensível. Possibilita compreender a apreensão da realidade

Leia mais

O Designer. Alexandre Salgado

O Designer. Alexandre Salgado O Designer Alexandre Salgado O designer [dizáiner][1] é um profissional que desempenha atividade especializada de caráter técnico-científico, criativo e artístico para elaboração de projetos de design

Leia mais

Calendário exames Finalistas 2015/2016 (versão ) Design de Jogos Digitais

Calendário exames Finalistas 2015/2016 (versão ) Design de Jogos Digitais Design de Jogos Digitais Desenho Matemática para Jogos /09 09:0 Narrativa Não-Linear Programação I 9/09 09:0 Semiótica Animação D Design D 4/09 09:0 Imagem Programação II /09 09:0 Teoria dos Jogos 0/09

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 24 DE OUTUBRO DE 2012

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 24 DE OUTUBRO DE 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.337, DE 24 DE OUTUBRO DE 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

REDE DE PONTOS DE CULTURA DE GOVERNADOR VALADARES - MG

REDE DE PONTOS DE CULTURA DE GOVERNADOR VALADARES - MG TÍTULO DO PROJETO Área Predominante: (Marque um x nas áreas que seu projeto mais se identifica) CULTURAS POPULARES ( ) Tradição Oral ( ) Artesanato ( ) Manifestações culturais ( ) Contador de Histórias

Leia mais

ARTES 4ª FASE PROF.ª ARLENE AZULAY PROF.ª LÚCIA REGINA

ARTES 4ª FASE PROF.ª ARLENE AZULAY PROF.ª LÚCIA REGINA ARTES 4ª FASE PROF.ª ARLENE AZULAY PROF.ª LÚCIA REGINA CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia- Corpo, movimento e linguagem na era da informação 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 2.2 Conteúdos Cores

Leia mais

PROGRAMAÇÃO REGIONAL

PROGRAMAÇÃO REGIONAL PROGRAMAÇÃO REGIONAL Quem é a televisão aberta no Brasil? A televisão é o segundo item mais importante na casa do brasileiro(*): Fogão 98,6% Televisão 96,9% Geladeira 95,8% Rádio 83,4% Computador 42,9%

Leia mais

Aplicação de mapas conceituais e storyboard como metodologia no desenvolvimento de aplicativo gamificado para o ensino de ciências

Aplicação de mapas conceituais e storyboard como metodologia no desenvolvimento de aplicativo gamificado para o ensino de ciências Aplicação de mapas conceituais e storyboard como metodologia no desenvolvimento de aplicativo gamificado para o ensino de ciências Fernando Chade De Grande e-mail: tiensdesenhos@hotmail.com João Fernando

Leia mais

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia Prof. Daniel Hasse Multimídia e Hipermídia AULA 01 O que é multimídia? Prof. Daniel Hasse Livro - Multimídia: conceitos e aplicações Os principais conceitos da tecnologia da multimídia serão abordados

Leia mais

OFICINAS. Módulos: 3 Dias: 09, 10 e 11/11 (de manhã) Local: Laboratório 1A do Campus Liberdade Vagas: 30

OFICINAS. Módulos: 3 Dias: 09, 10 e 11/11 (de manhã) Local: Laboratório 1A do Campus Liberdade Vagas: 30 OFICINAS Título: Arte-composição para o audiovisual Turma 1 Descrição: Em aulas externas, exercícios para a diversificação do olhar compositivo ao utilizar qualquer tipo de câmera. Ao fim da oficina, cada

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Prof. Dr. Paulo de Tarso Mendes Luna

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Prof. Dr. Paulo de Tarso Mendes Luna Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Resolução 12/CGRAD/2015 de 09/09/2015 Fornecer meios para formação de profissionais capazes para atuar em ambientes dinâmicos plurais, atendendo necessidades

Leia mais

Unidade I Tecnologia Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Tecnologia Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 2 Aula 3.1 Conteúdo: Luz e sombra. 3 Habilidade: Reconhecer, diferenciar e saber utilizar diversas técnicas de arte, com procedimentos

Leia mais

LIVRO FOTOGRAFIA FINE ART

LIVRO FOTOGRAFIA FINE ART Release LIVRO FOTOGRAFIA FINE ART Brasil ganha o primeiro livro de Fotografia Fine Art A obra Fotografia Fine Art, da fotógrafa Danny Bittencourt, ensina como desenvolver a fotografia artística através

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA CULTURA

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA CULTURA ATENÇÃO ARTISTAS, GRUPOS, PRODUTORES CULTURAIS E DEMAIS REALIZADORES! FORAM LANÇADOS OS EDITAIS PROAC 2014. ACOMPANHE AS NOVIDADES DESTA EDIÇÃO! Ficha de inscrição online: disponível no site da Secretaria

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº, DE 30 DE AGOSTO DE 26 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS RETIFICAÇÃO Nº 02 ITEM 2 102 Artes 03 102 Artes 03 110

Leia mais

Processo Seletivo 2015 (Sisu 1º/2015) LISTA DE ESPERA Sisu - Quantitativo de Vagas Disponíveis. Crateús

Processo Seletivo 2015 (Sisu 1º/2015) LISTA DE ESPERA Sisu - Quantitativo de Vagas Disponíveis. Crateús Crateús 1272079 Ciência da Computação Bacharelado Integral 19 1 5 1 4 30 1300426 Engenharia Ambiental Bacharelado Integral 19 2 6 2 3 32 1300427 Engenharia Civil Bacharelado Integral 21 3 2 2 4 32 1300429

Leia mais

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO Programa da Disciplina Multimídia conceitos, comunicação homemmáquina. Autoria produção de diversos tipos de aplicativos multimídia, examinando-se as alternativas

Leia mais

Normas Gramaticais da Língua Portuguesa AULA 1. Temas: Tipos de Textos Níveis de Linguagens

Normas Gramaticais da Língua Portuguesa AULA 1. Temas: Tipos de Textos Níveis de Linguagens Normas Gramaticais da Língua Portuguesa AULA 1 Temas: Tipos de Textos Níveis de Linguagens Como você deve recordar, iniciamos o módulo de Redação Oficial comentando sobre o que é o texto, isto é, uma unidade,

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares. Faculdade Paulus de Comunicação

Regulamento das Atividades Complementares. Faculdade Paulus de Comunicação Faculdade Paulus de Comunicação CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1 O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades Complementares, práticas acadêmicas obrigatórias cujo cumprimento

Leia mais

Curso PROEJA FIC ENSINO FUNDAMENTAL BILÍNGUE LIBRAS/PORTUGUÊS COM PROFISSIONALIZAÇÃO EM FOTOGRAFIA DIGITAL: EDIÇÃO DE IMAGENS

Curso PROEJA FIC ENSINO FUNDAMENTAL BILÍNGUE LIBRAS/PORTUGUÊS COM PROFISSIONALIZAÇÃO EM FOTOGRAFIA DIGITAL: EDIÇÃO DE IMAGENS Curso PROEJA FIC ENSINO FUNDAMENTAL BILÍNGUE LIBRAS/PORTUGUÊS COM PROFISSIONALIZAÇÃO EM FOTOGRAFIA DIGITAL: EDIÇÃO DE IMAGENS CÂMPUS PALHOÇA BILÍNGUE MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total:

Leia mais

Curso Técnico Subsequente em Materiais Didáticos Bilíngue (Libras/Português) MATRIZ CURRICULAR. Móduloe 1 Carga horária total: 400h

Curso Técnico Subsequente em Materiais Didáticos Bilíngue (Libras/Português) MATRIZ CURRICULAR. Móduloe 1 Carga horária total: 400h Curso Técnico Subsequente em Materiais Didáticos Bilíngue (Libras/Português) CÂMPUS PALHOÇA BILÍNGUE MATRIZ CURRICULAR Móduloe 1 Carga horária total: 400h Projeto Integrador I 40 Não tem Aprendizagem Infantil

Leia mais

Câmpus Francisco Beltrão REGULAMENTO MOSTRA DE FOTOGRAFIA O CÂMPUS EM UM CLICK

Câmpus Francisco Beltrão REGULAMENTO MOSTRA DE FOTOGRAFIA O CÂMPUS EM UM CLICK REGULAMENTO MOSTRA DE FOTOGRAFIA O CÂMPUS EM UM CLICK DO OBJETO 1. A UTFPR,, promove O Câmpus em um Click. A Mostra de Fotografia tem como objetivo retratar o dia a dia, espaço e pessoas que fazem parte

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DE ELEMENTOS MULTIMÍDIA NO JO. a cobertura do G1 sobre o Tsunami no Japão. Liana Vidigal Rocha Universidade Federal do Tocantins

A UTILIZAÇÃO DE ELEMENTOS MULTIMÍDIA NO JO. a cobertura do G1 sobre o Tsunami no Japão. Liana Vidigal Rocha Universidade Federal do Tocantins A UTILIZAÇÃO DE ELEMENTOS MULTIMÍDIA NO JO Comunicação Social Jornalismo a cobertura do G1 sobre o Tsunami no Japão Liana Vidigal Rocha Universidade Federal do Tocantins Objetivo do artigo Identificar

Leia mais

Apresentação. Justificativa

Apresentação. Justificativa Museu Oscar Niemeyer (MON). Curitiba. 2012. Apresentação Múltiplo Leminski é a maior exposição já realizada sobre o escritor Paulo Leminski. A mostra apresenta a trajetória completa da vida e da obra do

Leia mais

Processo Seletivo 2016 (Sisu 1º/2016) LISTA DE ESPERA Sisu - Quantitativo de Vagas Disponíveis. Crateús

Processo Seletivo 2016 (Sisu 1º/2016) LISTA DE ESPERA Sisu - Quantitativo de Vagas Disponíveis. Crateús Crateús 1272079 Ciência da Computação Bacharelado Integral 16 1 3 2 4 26 1300426 Engenharia Ambiental Bacharelado Integral 19 0 2 1 1 23 1300427 Engenharia Civil Bacharelado Integral 19 0 5 1 4 29 1300428

Leia mais

1ª Série. 6NIC088 FOTOGRAFIA Conceitos de fotografia analógica e digital e sua aplicação nos meios de comunicação de massa e na comunicação dirigida.

1ª Série. 6NIC088 FOTOGRAFIA Conceitos de fotografia analógica e digital e sua aplicação nos meios de comunicação de massa e na comunicação dirigida. 1ª Série 6NIC091 ADMINISTRAÇÃO EM RELAÇÕES PÚBLICAS Conceitos básicos de administração geral. Organizações e grupos formais e informais. Estrutura organizacional. Funções organizacionais da administração.

Leia mais

PROGRAMA DE COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃO - PCCT SELEÇÃO DE BOLSISTAS

PROGRAMA DE COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃO - PCCT SELEÇÃO DE BOLSISTAS PROGRAMA DE COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃO - PCCT SELEÇÃO DE BOLSISTAS A Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais - FAPEMIG torna público que está aberto o processo de seleção de

Leia mais

SABE O QUE O MERCADO? Ideias movimentam o mercado. Ou vai falar que a luz que você teve não fez sua empresa nascer ou sua companhia crescer?

SABE O QUE O MERCADO? Ideias movimentam o mercado. Ou vai falar que a luz que você teve não fez sua empresa nascer ou sua companhia crescer? SABE O QUE O MERCADO? Ideias movimentam o mercado. Ou vai falar que a luz que você teve não fez sua empresa nascer ou sua companhia crescer? Você já teve uma grande ideia, agora pode contar conosco para

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina COM260 Fotojornalismo

Programa Analítico de Disciplina COM260 Fotojornalismo 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Comunicação Social - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

Projeto do trabalho A Música Erudita nos Dias de Hoje Visões, Críticas, Divulgação

Projeto do trabalho A Música Erudita nos Dias de Hoje Visões, Críticas, Divulgação Universidade do Algarve Escola Superior de Educação e Comunicação Projeto Multimédia Música na Comunicação Docentes: Fernando Carrapiço, Raquel Correia Ano letivo 2011/2012 Projeto do trabalho A Música

Leia mais

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico.

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. PROJETO ARARIBÁ Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. Araribá Ciências Organização do Conteúdo: Por que estudar

Leia mais

1 - Aplicativos de Design (Informática para Internet Integrado ao Ensino Médio);

1 - Aplicativos de Design (Informática para Internet Integrado ao Ensino Médio); 1 - Aplicativos de Design (Informática para Internet Integrado ao Ensino Médio); Análise de e Tecnologia da Informação e Tecnologia da Informação - Bacharel com habilitação em e Tecnologias e Tecnologia

Leia mais

ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES / USP SERVIÇO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO SEÇÃO DE MONOGRAFIAS E OUTROS MATERIAIS NÃO PERIÓDICOS

ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES / USP SERVIÇO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO SEÇÃO DE MONOGRAFIAS E OUTROS MATERIAIS NÃO PERIÓDICOS ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES / USP SERVIÇO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO SEÇÃO DE MONOGRAFIAS E OUTROS MATERIAIS NÃO PERIÓDICOS Orientações simplificadas para a elaboração de fichas catalográficas : Teses,

Leia mais

III Congresso Internacional sobre Culturas - Interfaces da Lusofonia

III Congresso Internacional sobre Culturas - Interfaces da Lusofonia III Congresso Internacional sobre Culturas - Interfaces da Lusofonia Discussion published by Carla Alferes Pinto on Monday, January 16, 2017 III Congresso Internacional sobre Culturas - Interfaces da Lusofonia

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Ensino Medio - BNC / PD

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Ensino Medio - BNC / PD Habilitação: Ensino Medio - BNC / PD Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Ensino Medio -

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES

INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES ANEXO II- EDITAL Nº 02/2013 PERÍODO: 2013/01 INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES MONITORIA REMUNERADA CURSOS ICHLA DISCIPLINA VAGAS HORÁRIO Estúdio I Iluminação e produto 01 6M CARGA HORÁRIA

Leia mais

Interprograma vivendo a arte 1. Sofia Frazão Suplicy 2 Suyanne Tolentino de Souza 3. Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, PR

Interprograma vivendo a arte 1. Sofia Frazão Suplicy 2 Suyanne Tolentino de Souza 3. Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, PR Interprograma vivendo a arte 1 Sofia Frazão Suplicy 2 Suyanne Tolentino de Souza 3 Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, PR 1 Trabalho submetido ao XIX Expocom, na categoria A Audiovisual,

Leia mais

GEOGRAFIA UNIVERSOS. Por que escolher a coleção Universos Geografia

GEOGRAFIA UNIVERSOS. Por que escolher a coleção Universos Geografia UNIVERSOS GEOGRAFIA Por que escolher a coleção Universos Geografia 1 Pensada a partir do conceito SM Educação Integrada, oferece ao professor e ao aluno recursos integrados que contribuem para um processo

Leia mais

OFICINAS CULTURAIS (Aula 2) Prof: André Aparecido da Silva / Profa. Milca Augusto da Silva Costa Disponível em:

OFICINAS CULTURAIS (Aula 2) Prof: André Aparecido da Silva / Profa. Milca Augusto da Silva Costa Disponível em: OFICINAS CULTURAIS (Aula 2) Prof: André Aparecido da Silva / Profa. Milca Augusto da Silva Costa Disponível em: www.oxnar.com.br/2015/profuncionario 1 Como as pessoas enxergam o Brasil? E como notam a

Leia mais

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André Objetivos Gerais: Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André # Promover as competências necessárias para as práticas de leitura e escrita autônomas

Leia mais

Arquitetura de sistemas distribuídos

Arquitetura de sistemas distribuídos Arquitetura de sistemas distribuídos 1. Evolução da computação 1.1 Computação centralizada mainframe 1.2 Microcomputadores e redes de computadores 1.3 Sistemas distribuidos 1 Visão geral Na década de 1950:

Leia mais

COLÉGIO CENECISTA DR. JOSÉ FERREIRA LUZ, CÂMERA, REFLEXÃO

COLÉGIO CENECISTA DR. JOSÉ FERREIRA LUZ, CÂMERA, REFLEXÃO COLÉGIO CENECISTA DR. JOSÉ FERREIRA LUZ, CÂMERA, REFLEXÃO UBERABA - 2015 PROJETO DE FILOSOFIA Professor coordenador: Danilo Borges Medeiros Tema: Luz, câmera, reflexão! Público alvo: Alunos do 9º ano do

Leia mais

MOSTRA DE ARTE, CULTURA E DESIGN Regulamento para submissão de trabalhos

MOSTRA DE ARTE, CULTURA E DESIGN Regulamento para submissão de trabalhos MOSTRA DE ARTE, CULTURA E DESIGN Regulamento para submissão de trabalhos A Mostra de Arte, Cultura e Design, propõe o debate e a reflexão sobre a democratização da Arte, da Cultura e do Design em nossa

Leia mais

RESENHA CRÍTICA O ÓBVIO E O OBTUSO

RESENHA CRÍTICA O ÓBVIO E O OBTUSO FACULDADE DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO ISRAEL ANTONIO MANOEL PEREIRA O ÓBVIO E O OBTUSO Resenha Crítica apresentada como atividade parcial avaliativa da disciplina

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Festival Internacional de Cultura Livre Local: Casa de Cultura Mário Quintana e Anfiteatro Pôr do

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Curso 42501 - COMUNICAÇÃO SOCIAL HAB: JORNALISMO Disciplina TEORIAS DA MÍDIA I Departamento

Leia mais

TECNOLOGIA, MEIOS E MÍDIAS

TECNOLOGIA, MEIOS E MÍDIAS TECNOLOGIA, MEIOS E MÍDIAS Direção de Arte para Meios e Mídias Contemporânes Prof. Me. Augusto Gottsfritz Universidade Anhembi Morumbi / 2016 Uma cidade é construída por diferentes tipos de homens; pessoas

Leia mais

branding, marca, comunicação corporativa, evento comercial figurino (fantasia, indumentária, máscara) teatral, circense, cinematográfica, televisiva

branding, marca, comunicação corporativa, evento comercial figurino (fantasia, indumentária, máscara) teatral, circense, cinematográfica, televisiva 09:08:00 / PÁG. 1 DE 8 ÁREA SUB-ÁREAS 1 E 2 desenho GRAU DE INTERESSE PARA ORIENTAR NA ÁREA INDICADA ALTO INTERESSE SECUNDÁRIO arte e design escultura fotografia gravura pintura branding, marca, comunicação

Leia mais

CURSO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. AULA 1 Busca de materiais pedagógicos na Internet e sua aplicação em sala de aula

CURSO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. AULA 1 Busca de materiais pedagógicos na Internet e sua aplicação em sala de aula CURSO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM Lisiane Cristina Amplatz CRTE Toledo AULA 1 Busca de materiais pedagógicos na Internet e sua aplicação em sala de aula Navegando pelo Portal Dia a dia Educação www.diaadia.pr.gov.br

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS ARTES CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade I Tecnologia - Corpo, movimento e linguagem na

Leia mais

inglês Material de divulgação Comparativos Curriculares SM língua estrangeira moderna ensino médio

inglês Material de divulgação Comparativos Curriculares SM língua estrangeira moderna ensino médio Material de divulgação de Edições SM língua estrangeira moderna Comparativos Curriculares SM ensino médio A coleção Alive High Língua Estrangeira Moderna Inglês e o currículo do Estado de São Paulo Apresentação

Leia mais

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico.

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. PROJETO ARARIBÁ Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. ABERTURA DE UNIDADE As páginas de abertura levantam

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE RADIALISMO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO BACHARELADO EM

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE RADIALISMO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO BACHARELADO EM UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE RADIALISMO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO BACHARELADO EM RADIALISMO EMENTAS 1 EMENTAS 1 REDAÇÃO E EXPRESSÃO ORAL I Disciplina

Leia mais

Conceitos gerais de design e composição gráfica. Daniel Barata nº 7 11º 12

Conceitos gerais de design e composição gráfica. Daniel Barata nº 7 11º 12 Conceitos gerais de design e composição gráfica. Daniel Barata nº 7 11º 12 Introdução ao Design Gráfico: Quais os suportes físicos para as primeiras formas comunicativas Os primeiros suportes físicos para

Leia mais

Comunicação no Banco Central

Comunicação no Banco Central Comunicação no Banco Central Nossa pauta Por que se comunicar Comunicação corporativa como campo de trabalho Produtos e veículos de comunicação no Banco Central Bons produtos e bons resultados Dificuldades

Leia mais

Linha de Pesquisa 2: FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUAS

Linha de Pesquisa 2: FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUAS Linha de Pesquisa 2: FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUAS Esta linha de pesquisa objetiva o exame dos processos de construção do conhecimento docente do professor de línguas, com ênfase no papel da linguagem

Leia mais

Convocatória Nova Fotografia 2017

Convocatória Nova Fotografia 2017 Convocatória Nova Fotografia 2017 O projeto anual Nova Fotografia tem por objetivo criar um espaço permanente para exposição de projetos fotográficos de artistas promissores e ainda pouco conhecidos que

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Pró-Reitoria de Pesquisa Núcleo de Inovação Tecnológica DIREITO AUTORAL

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Pró-Reitoria de Pesquisa Núcleo de Inovação Tecnológica DIREITO AUTORAL DIREITO AUTORAL O direito autoral é um conjunto de prerrogativas conferidas pela lei nº. 9610/98 à pessoa física ou jurídica criadora da obra intelectual, para que ela possa gozar dos benefícios morais

Leia mais

Foto Carga Horária: 15h presenciais. Facilitador: Sandro Barros. Objetivo:

Foto Carga Horária: 15h presenciais. Facilitador: Sandro Barros. Objetivo: Foto Calabor@tiva Carga Horária: 15h presenciais Facilitador: Sandro Barros Objetivo: O objetivo é estimular crianças e jovens a utilizar a linguagem fotográfica como elemento alternativo e visual, despertando

Leia mais

X FESTMAR DE VERÃO Festival Internacional de Teatro de Rua do Aracati- CE

X FESTMAR DE VERÃO Festival Internacional de Teatro de Rua do Aracati- CE X FESTMAR DE VERÃO Festival Internacional de Teatro de Rua do Aracati- CE PROPOSTA O X FESTMAR DE VERÃO - Festival Internacional de Teatro de Rua do Aracati é um evento cultural de caráter Internacional

Leia mais

EM TODOS OS SERVIÇOS DE DIVULGAÇÃO CONTRATADOS HÁ EMISSÃO DE NOTA FISCAL.

EM TODOS OS SERVIÇOS DE DIVULGAÇÃO CONTRATADOS HÁ EMISSÃO DE NOTA FISCAL. Luciana Avelino [31] 99978 9990 / 7400-7340 luciana@lucianaavelinocombr @sitelucianaavelino sitelucianaavelino caixa postal 8207 belo horizonte [mg] cep 31330-970 O SITE TEM UMA ABORDAGEM JORNALÍSTICA

Leia mais

A propaganda eleitoral no rádio e na televisão restringe-se ao horário gratuito definido na Lei 9.504/97, vedada a veiculação de propaganda paga.

A propaganda eleitoral no rádio e na televisão restringe-se ao horário gratuito definido na Lei 9.504/97, vedada a veiculação de propaganda paga. A propaganda eleitoral no rádio e na televisão restringe-se ao horário gratuito definido na Lei 9.504/97, vedada a veiculação de propaganda paga. Ocorrerá a veiculação apenas nos Municípios em que houver

Leia mais

ATENÇÃO: A partir da amostra da aula, terá uma idéia de onde o treinamento de eletroeletrônica poderá lhe levar.

ATENÇÃO: A partir da amostra da aula, terá uma idéia de onde o treinamento de eletroeletrônica poderá lhe levar. ATENÇÃO: O material a seguir é parte de uma das aulas da apostila de MÓDULO 3 que por sua vez, faz parte do CURSO de ELETRO ANALÓGICA -DIGITAL que vai do MÓDULO 1 ao 4. A partir da amostra da aula, terá

Leia mais

Portal Moderna.Compartilha Guia de Funcionalidades para Alunos

Portal Moderna.Compartilha Guia de Funcionalidades para Alunos Portal Moderna.Compartilha Guia de Funcionalidades para Alunos 1 1. Acesso ao Portal Moderna.Compartilha... 3 2. LMS - Sistema de Gestão de Aprendizagem... 5 3. Rede Compartilha... 6 3.1 Xmile Learning...

Leia mais

Media Kit - Publicidade

Media Kit - Publicidade Media Kit - Publicidade ANO Portal Mecânica Online http://www.mecanicaonline.com.br Principal referência quando o assunto é mecânica na internet, o Portal Mecânica Online oferece informações relacionadas

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2016

PLANEJAMENTO ANUAL 2016 PLANEJAMENTO ANUAL 2016 Professor Joabe Bernardo dos Santos Língua Portuguesa 9º ano Colégio Nossa Senhora da Piedade Referências: -SAE, 9º ano: Língua Portuguesa. Livro do professor: livro 1 / IESDE BRASIL

Leia mais

Atividades no COINES 2016 O INES de Portas Abertas

Atividades no COINES 2016 O INES de Portas Abertas Atividades no COINES 2016 O INES de Portas Abertas TURNO TÍTULO Vagas para sorteio externo OFICINA: O INTÉRPRETE DE LIBRAS NO TEATRO. 12 MINICURSO: LITERATURA SURDA: ESTRATÉGIAS TRADUTÓRIAS DE INCORPORAÇÃO

Leia mais

UNIDADE 2 - Comunicações

UNIDADE 2 - Comunicações ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VELAS Física e Química A 11º ano UNIDADE 2 - Comunicações 1 Comunicações de Informação a curtas distâncias Introdução Comunicar foi desde sempre importante para todos os seres

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 GABARITO PARA AVALIAÇÃO DE PROVA DE TÍTULOS CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSORES NÃO TITULARES NOME DO(A) CANDIDATO(A): DEPARTAMENTO: SETOR: Unidade Universitária: ÁREA OU MATÉRIA: GRUPO I Títulos universitários

Leia mais

Impressionismo e Pós Impressionismo

Impressionismo e Pós Impressionismo Escola Estadual Dr.Martinho Marques Edna Terezinha Perigo Barreto Pigari Baptista Impressionismo e Pós Impressionismo Taquarussu - Agosto de 2009. Escola Estadual Dr.Martinho Marques Edna Terezinha Perigo

Leia mais

INAUGURAÇÃO 20 DE NOVEMBRO 21h30 APRESENTAÇÃO À IMPRENSA 20 DE NOVEMBRO - 12h00 O Prémio Sonae Media Art integra uma parceria entre a Sonae e o MNAC-

INAUGURAÇÃO 20 DE NOVEMBRO 21h30 APRESENTAÇÃO À IMPRENSA 20 DE NOVEMBRO - 12h00 O Prémio Sonae Media Art integra uma parceria entre a Sonae e o MNAC- NOTA DE IMPRENSA EXPOSIÇÃO DAS OBRAS FINALISTAS 1ª Edição do Prémio 21.11.15-31.01.16 + info em www.museuartecontemporanea.pt/informações/imprensa INAUGURAÇÃO 20 DE NOVEMBRO 21h30 APRESENTAÇÃO À IMPRENSA

Leia mais

HISTÓRIAS DA CLÉO. Proposta de projeto literário em dois atos

HISTÓRIAS DA CLÉO. Proposta de projeto literário em dois atos HISTÓRIAS DA CLÉO Proposta de projeto literário em dois atos 1. Intervenção artística literária Histórias da Cléo 2. Palestra Leitura literária, promoção e formação do mediador Aspectos Gerais 1 - Apresentação:

Leia mais

E D I T A L. Itatiba, 10 de setembro de 2013.

E D I T A L. Itatiba, 10 de setembro de 2013. EDITAL DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO 2013 ABRE PERÍODO DE INSCRIÇÕES E ESTABELECE CRITÉRIOS PARA O CONCURSO DE FOTOGRAFIAS CIDADES E ARQUITETURA. A Coordenadora do Curso de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

Vamos discutir que temas, histórias e atores gostaríamos de ver nesse filme.

Vamos discutir que temas, histórias e atores gostaríamos de ver nesse filme. O mundo digital promoveu significativa redução das fronteiras entre os povos e uma aproximação entre as pessoas nas grandes metrópoles. Na cidade do Rio de Janeiro as fronteiras sociais, principalmente

Leia mais

BEM-VINDO AO ESPAÇO DO PROFESSOR. interação e inter-relação que esperamos potencializar.

BEM-VINDO AO ESPAÇO DO PROFESSOR. interação e inter-relação que esperamos potencializar. BEM-VINDO AO ESPAÇO DO PROFESSOR interação e inter-relação que esperamos potencializar. Tendo como ponto de partida algumas obras expostas na 29ª Bienal, pretendemos tecer uma rede de ideias enquanto refletimos

Leia mais

NÚMEROS DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL 2011 / 2012

NÚMEROS DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL 2011 / 2012 NÚMEROS DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL 2011 / 2012 1 O IBGE MEDE A IMPORTÂNCIA DE TODAS AS EMPRESAS LIGADAS À COMUNICAÇÃO DENTRO DO CENÁRIO ECONÔMICO NACIONAL. 2 3 O IBGE SOMA AS RECEITAS REGISTRADAS EM BALANÇOS

Leia mais

Gestão de Eventos AULA 1. Temas: Gestão de Eventos Conceito de Evento Perfil Profissional do Promotor de Eventos

Gestão de Eventos AULA 1. Temas: Gestão de Eventos Conceito de Evento Perfil Profissional do Promotor de Eventos Gestão de Eventos AULA 1 Temas: Gestão de Eventos Conceito de Evento Perfil Profissional do Promotor de Eventos Gestão de Eventos A Gestão de Eventosestá relacionada a diversas áreas de trabalho, como

Leia mais

ANEXO B INFORMAÇÕES PESSOAIS

ANEXO B INFORMAÇÕES PESSOAIS ANEXO B INFORMAÇÕES PESSOAIS Nome: Telefone: e-mail: 1. Sexo: a.( ) Masculino b. ( ) Feminino 2. Idade: a. ( ) 21 30 anos b. ( ) 31 40 anos c. ( ) 41 50 anos d. ( ) Mais de 50 anos FORMAÇÃO. Obs.: Caso

Leia mais

OBTENDO ENGAJAMENTO COM

OBTENDO ENGAJAMENTO COM OBTENDO ENGAJAMENTO COM RONALDO GAZEL MEATBALLS - 2013 COM A PUBLICIDADE É essa proximidade que faz com que haja o mercado de games que não seja AAA, e nem edutainment. Surgem estúdios multidisciplinares

Leia mais

2.1.2 Artes Plásticas/ Artes Visuais / Design

2.1.2 Artes Plásticas/ Artes Visuais / Design 2.Espaço de Formação Cultural 2.1 Conservatório 2.1.1 Artes Cênicas 2.1.1.1 Teatro 2.1.1.2 Ópera 2.1.1.3 Dança 2.1.1.4 Circo 2.1.2 Artes Plásticas/ Artes Visuais / Design 2.1.2.1 Pintura 2.1.2.2 Desenho

Leia mais

O ontem e o hoje no ensino de artes, suas diretrizes curriculares e as competências atuais do professor desta disciplina.

O ontem e o hoje no ensino de artes, suas diretrizes curriculares e as competências atuais do professor desta disciplina. O ontem e o hoje no ensino de artes, suas diretrizes curriculares e as competências atuais do professor desta disciplina. Daniela Pedroso Secretaria Municipal da Educação de Curitiba EQUIPE CLEONICE DOS

Leia mais