OBRAS PÚBLICAS LICITAÇÃO, CONTRATAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO CLÁUDIO SARIAN ALTOUNIAN. Autor. Formato: 17x24 cm CÓDIGO:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OBRAS PÚBLICAS LICITAÇÃO, CONTRATAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO CLÁUDIO SARIAN ALTOUNIAN. Autor. Formato: 17x24 cm CÓDIGO:"

Transcrição

1 problemas que prejudicam o andamento dos empreendimentos, incorporou alguns trabalhos do TCU desenvolvidos no último biênio. O texto busca apresentar de forma prática a técnicos envolvidos com licitação, contratação, fiscalização e utilização de obras públicas, as principais etapas do processo, desde a concepção até a operação do objeto, acompanhadas de sugestões a serem adotadas em cada uma delas para que seja possível gerenciar o empreendimento de forma segura, nos custos e prazos previstos. O autor, com ampla experiência profissional na área pública e privada, é dirigente do Tribunal de Contas da União há 18 anos, sete dos quais na condição de titular da Secretaria de Fiscalização de Obras e Patrimônio, e professor de cursos relativos a obras e meio ambiente Licitação e contratação, Gerenciamento de contratos, Avaliação e orçamento e Auditoria. Autor CLÁUDIO SARIAN ALTOUNIAN OBRAS PÚBLICAS O presente trabalho preenche lacuna há muito sentida no mercado de publicações relacionadas a licitações e contratos: o tratamento específico das questões afetas a obras públicas. A excelente acolhida das primeiras edições pelos leitores interessados na área demonstra o acerto do tema escolhido pelo autor. Esta quinta edição traz diversas novidades, como a atualização de toda a jurisprudência consolidada dos Tribunais até 2015, com destaque para os entendimentos do TCU, bem como tópicos sugeridos pelos leitores e alunos dos cursos ministrados pelo autor para o tratamento de temas que afligem cotidianamente os agentes que tratam com licitações das obras públicas: Orçamento, BDI, Desoneração da folha de pagamento, Regime de Execução, Medições, Aditivos, Prazos de Execução e Vigência dos contratos, Regras para Habilitação, Procedimentos da Comissão de Licitação, Sanções, Pregão, Sistema de Registro de Preços, Margem de preferência, Desenvolvimento Sustentável e boas práticas sugeridas. Os capítulos afetos aos temas Sustentabilidade e Regime Diferenciado de Contratações (RDC) foram ampliados com as novidades legislativas e diversos entendimentos jurisprudenciais, em especial no disciplinamento da contratação integrada. O capítulo sobre Governança e Gestão das Obras Públicas, que aborda questão fundamental para a solução dos LICITAÇÃO, CONTRATAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO 5ª EDIÇÃO REVISTA, ATUALIZADA E AMPLIADA. Prefácio Marcos Vinicios Vilaça Área específica Direito Administrativo. Áreas afins Direito. Engenharia. Licitações e contratos. Obras públicas. Gestão e Governança. Público-alvo Ordenadores de despesa. Membros de Comissões de Licitação. Gestores de Contrato. Membros de equipes designadas para fiscalização. Servidores de Auditoria e Controle Interno. Auditores e Servidores dos Tribunais de Contas. Assessores e Consultores Jurídicos. Engenheiros. Empresas prestadoras de serviço. Servidores públicos. Formato: 17x24 cm CÓDIGO:

2 A469o Altounian, Cláudio Sarian Obras públicas: licitação, contratação, fiscalização e utilização: (Legislação, decretos, jurisprudência e orientações normativas atualizados até 30 nov. 2015) / Cláudio Sarian Altounian; prefácio de Marcos Vinicios Vilaça. 5. ed. rev. atual. e ampl. Belo Horizonte: Fórum, p. ISBN Direito administrativo Brasil. 2. Obras públicas Contratação. 3. Licitação. 4. Contratação direta. 5. Controle. 6. Projeto básico. 7. Projeto executivo. 8. Orçamento. 9. Cronograma físico-financeiro. I. Vilaça, Marcos Vinicios. II. Título. CDD: CDU: Informação bibliográfica deste livro, conforme a NBR 6023:2002 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT): ALTOUNIAN, Cláudio Sarian. Obras públicas: licitação, contratação, fiscalização e utilização: (Legislação, decretos, jurisprudência e orientações normativas atualizados até 30 nov. 2015). 5. ed. rev. atual. e ampl. Belo Horizonte: Fórum, p. ISBN

3 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS...15 LISTA DE TABELAS...17 PREFÁCIO DA 1ª EDIÇÃO Marcos Vinicios Vilaça...21 APRESENTAÇÃO DA 5ª EDIÇÃO...23 APRESENTAÇÃO DA 4ª EDIÇÃO...25 APRESENTAÇÃO DA 3ª EDIÇÃO...27 APRESENTAÇÃO DA 2ª EDIÇÃO...29 APRESENTAÇÃO DA 1ª EDIÇÃO...31 CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO Considerações iniciais Histórico Características importantes de obras Definições Leitura e consulta complementares...37 CAPÍTULO 2 LEIS E NORMATIVOS APLICÁVEIS Considerações iniciais Constituição Federal Lei de licitações (Lei nº 8.666/93) Aplicabilidade e objetivo Exceções Pontos positivos e necessidade de aprimoramento Plano Plurianual (PPA) Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) Lei Orçamentária Anual (LOA) Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) Lei do Pregão Leis e resoluções relativas à profissão de engenheiro e arquiteto Lei das micro e pequenas empresas Regime Diferenciado de Contratações Públicas (Lei nº /2011 e Decretos nº 7.581/2011 e nº 8.080/2013) Decreto nº 7.983/ Decreto nº 6.170/2007 e Instrução Normativa (IN) nº 01/97 STN Instrução Normativa nº 2/2008 SLTI/MPOG e Instrução Normativa nº 1/2010 SLTI/MPOG Resoluções Conama Súmulas e decisões dos tribunais superiores...55

4 CAPÍTULO 3 ETAPAS DE CONTRATAÇÃO DO EMPREENDIMENTO VISÃO GERAL Considerações iniciais Fase preliminar à licitação Fase interna da licitação Projeto básico Licenciamento ambiental Preparação do edital ou convite Projeto executivo Fase externa da licitação Fase contratual Assinatura do contrato e ordem de serviço Fiscalização da execução da obra Recebimento da obra Fase posterior à contratação Considerações finais...65 CAPÍTULO 4 AVALIAÇÃO DE VALORES PARA CONTRATAÇÃO DE OBRAS Importância da avaliação de custos nos estudos iniciais Avaliação expedita Avaliação expedita em edificações Utilização da NBR ABNT Definições importantes da norma Custo Unitário Básico (CUB) Estudo de caso Considerações finais...73 CAPÍTULO 5 ORÇAMENTO Principais conceitos Custos Custo direto (CD) Custo indireto (CI) Preço Insumos Serviços BDI (Benefício/Bonificação e Despesas Indiretas) Planilha orçamentária Cronograma físico-financeiro Curva ABC Conceitos do Decreto nº 7.983/ Custos Custos de insumos Material Mão de obra...80 ClaudioSarian_ObrasPublicas_5ed_MIOLO.indd 8 10/12/ :56:59

5 Desoneração da folha de pagamentos Equipamentos Sinapi Custo de serviços Considerações Exemplo simplificado Cálculo de custo de serviços Obtenção dos custos de insumos ou serviços Preços Introdução BDI (Benefício/Bonificação e Despesas Indiretas) Reajustamento Estudos de casos Caso 1 Cálculo de custos e quantidade de insumos Caso 2 Cálculo de quantidade de equipamentos para a realização de serviços Caso 3 Avaliação da pertinência de serviços executados CAPÍTULO 6 FASE PRELIMINAR À LICITAÇÃO Considerações iniciais Programa de necessidades Estudos preliminares Anteprojeto de engenharia Considerações finais CAPÍTULO 7 LICITAÇÃO FASE INTERNA Considerações iniciais Caracterização da obra Projeto básico Conceitos Requisitos Responsabilidade pela elaboração e acompanhamento Contratação do projeto básico Nível de precisão Definição de marca Validação e atualização do projeto Licenciamento ambiental Procedimento Licenças ambientais Orçamento detalhado Preços Referência de preços Detalhamento das composições de serviços BDI Confrontação das novas informações com os estudos de viabilidade Projeto executivo...189

6 7.2.6 Documentação as built Previsão de recursos orçamentários Plano Plurianual (PPA) e Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) Lei Orçamentária Anual (LOA) Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) Recursos internacionais Convênios Etapas de implantação Regras para estruturação da licitação Modalidades de licitação previstas na Lei nº 8.666/93 e na Lei nº /02 (Pregão) Parcelamento e fracionamento Tipos de licitação Sistema de Registro de Preços (SRP) Regras para a contratação Forma de execução Regime de execução Forma e limite para pagamento Prazos de execução e vigência dos contratos Garantias Possibilidade de subcontratação Minuta do contrato Regras para habilitação dos interessados Considerações iniciais Vedações Habilitações Qualificação técnica operacional e profissional Qualificação econômico-financeira Atestado de visita às obras Consórcios Regras para o julgamento Requisitos legais e critérios objetivos Avaliação e critério de aceitabilidade de preços unitário, por etapa e global Procedimentos especiais Audiência pública Pré-qualificação Metodologia de execução Análise comparativa Avaliação por assessoria jurídica da administração Responsabilidade dos agentes públicos A normatização de procedimentos internos na busca da eficiência Cuidados recomendáveis ao final da fase interna CAPÍTULO 8 LICITAÇÃO FASE EXTERNA Considerações iniciais Publicação e prazos...289

7 8.3 Criação e atuação de comissão de licitação Procedimento e julgamento Análise da habilitação Análise das propostas de preços Avaliação da fronteira de aceitabilidade de preços máximos Avaliação da fronteira da exequibilidade relativa a preços mínimos Recursos Estudo de caso Cuidados recomendáveis Final da fase externa CAPÍTULO 9 CONTRATAÇÃO DIRETA Considerações iniciais Licitação dispensável Obras e serviços de engenharia de pequeno valor Casos de emergência ou calamidade pública Licitação deserta Licitação fracassada Contratação de remanescente de obra Contratação de instituição incumbida de pesquisa, ensino ou desenvolvimento Compra ou locação de imóvel Inexigibilidade de licitação Contratação de fornecedor exclusivo Contratação de serviços técnicos por notória especialização Considerações finais CAPÍTULO 10 FASE CONTRATUAL Considerações iniciais Contratos administrativos Formalização Cadastramento dos contratos Início dos serviços Fiscalização Responsáveis Pela Administração Pela empresa Documentos Atividades Prorrogação de prazos Subcontratação e sub-rogação Fusão, incorporação ou cisão Escopo do contrato Medições e regime de execução Pagamentos Responsabilidade previdenciária e trabalhista Alterações contratuais...375

8 Alteração unilateral Alteração por acordo Limites para alteração Problemas em relação a preços Problemas em relação a prazos de execução Alterações do valor do pagamento Reajustamento e repactuação Atualização Compensação e penalização Descontos Recomposição Extinção do contrato Conclusão e recebimento do objeto Inexecução, rescisão e sanção Limitação do valor de aditivos Cuidados na fase de contratação Assinatura do contrato Emissão da ordem de serviço Acompanhamento e fiscalização Extinção CAPÍTULO 11 FASE POSTERIOR À CONTRATAÇÃO Caderno de especificações e documentação as built Operação Garantia dos serviços Intervenções Licitação, contratação e prioridade de recursos CAPÍTULO 12 CONTROLE E FISCALIZAÇÃO Considerações iniciais Controle administrativo Controle externo Obras irregulares Obras inacabadas e obras paralisadas Controle social CAPÍTULO 13 PLANILHAS ORÇAMENTÁRIAS VISÃO PRÁTICA Considerações iniciais Elaboração da planilha base do orçamento Relação dos insumos que serão utilizados e a pesquisa de preços Orçamento sintético de custos diretos Orçamento sintético de preços Relação das composições de serviço e orçamento analítico Curva ABC Cronograma físico e financeiro...449

9 CAPÍTULO 14 SUSTENTABILIDADE DAS OBRAS PÚBLICAS Considerações iniciais A sustentabilidade e o desenvolvimento econômico nacional nas compras e investimentos públicos Mudanças comportamentais A cultura dos 5 Rs A evolução legislativa e regulamentar Critérios legais afetos à sustentabilidade e ao desenvolvimento nacional para a análise de propostas e fixação de margem de preferência O processo de planejamento, execução e utilização das obras públicas e a sustentabilidade Considerações finais CAPÍTULO 15 REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (RDC) Considerações iniciais Regimes de execução e matriz de riscos Contratação integrada utilização e critério de julgamento As novidades da Lei nº / Elaboração, publicação, sigilo do orçamento base e remuneração variável Critérios de julgamento Modalidades de licitação, prazos para apresentação de propostas e publicidade do instrumento convocatório Sistema de Registro de Preços e Catálogo Eletrônico de Padronização Habilitação, pré-qualificação e cadastramento Procedimento Análise das propostas previamente à avaliação da habilitação Modo e forma de disputa Análise das propostas e negociação Contrato e execução Considerações finais CAPÍTULO 16 GOVERNANÇA E GESTÃO DAS OBRAS PÚBLICAS Considerações iniciais Governança e gestão Princípios e ferramentas para a governança Prestação de contas Planejamento estratégico institucional Conselhos ou comitês estratégicos de acompanhamento Ferramentas para execução da estratégia Gestão de riscos Sistema de controles Gestão e gerenciamento de projetos Governança e gestão nas obras públicas rodoviárias Análise de projetos Aplicação de penalidades a empresas...566

10 Fiscalização e medição de obras rodoviárias Pouca integração entre os setores Deficiências nos sistemas de informações gerenciais Governança em convênio de obras públicas Caminhos para a boa gestão e governança nas obras públicas REFERÊNCIAS...575

LICITAÇÃO, CONTRATAÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE OBRAS PÚBLICAS

LICITAÇÃO, CONTRATAÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE OBRAS PÚBLICAS SEMINÁRIO NACIONAL LICITAÇÃO, CONTRATAÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE OBRAS PÚBLICAS Principais providências e cuidados para assegurar a conclusão dos empreendimentos, de acordo com as recentes alterações legislativas

Leia mais

SUMÁRIO. Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC 2.1 RDC E OBJETOS TRANSITÓRIOS DOS OBJETOS PASSÍVEIS DE ADOÇÃO DO RDC...

SUMÁRIO. Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC 2.1 RDC E OBJETOS TRANSITÓRIOS DOS OBJETOS PASSÍVEIS DE ADOÇÃO DO RDC... SUMÁRIO Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC PREFÁCIO... 15 Nota dos autores... 17 CAPÍTULO 1 ASPECTOS GERAIS... 19 1.1 Introdução... 19 1.2 Objetivos... 22 1.3 Definições... 30 1.4 Diretrizes...

Leia mais

Licitações, Pregão e Contratos

Licitações, Pregão e Contratos Licitações, Pregão e Contratos Objetivo Destina-se Datas Carga horária Capacitar servidores municipais para a realização de licitações e gestão dos contratos da Administração Municipal. Aos profissionais

Leia mais

PROJETO VII COMO FISCALIZAR E GERENCIAR OS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS COMPRAS, SERVIÇOS CONTÍNUOS E OBRAS DE ENGENHARIA

PROJETO VII COMO FISCALIZAR E GERENCIAR OS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS COMPRAS, SERVIÇOS CONTÍNUOS E OBRAS DE ENGENHARIA PROJETO VII COMO FISCALIZAR E GERENCIAR OS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS COMPRAS, SERVIÇOS CONTÍNUOS E OBRAS DE ENGENHARIA Curso 1: ALTERAÇÕES E ADITIVOS AOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Curso 2: RESCISÃO DO

Leia mais

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 6ªed.

CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 6ªed. Destacam-se, assim, no presente livro, a ampla pesquisa de jurisprudência, o enfoque prático do texto e a linguagem utilizada, de fácil compreensão. LUCAS ROCHA FURTADO Autor CURSO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS

Leia mais

DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PÚBLICA

DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PÚBLICA Autor Joel de Menezes Niebuhr DISPENSA E INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PÚBLICA 4ª EDIÇÃO REVISTA E AMPLIADA Prefácio Adilson Abreu Dallari. Área específica Licitação Pública. O presente volume enfrenta

Leia mais

LICITAÇÕES E CONTRATOS DE OBRAS PÚBLICAS A aplicação do RDC e os entendimentos do TCU

LICITAÇÕES E CONTRATOS DE OBRAS PÚBLICAS A aplicação do RDC e os entendimentos do TCU Conteúdo Programático do curso de : LICITAÇÕES E CONTRATOS DE OBRAS PÚBLICAS A aplicação do RDC e os entendimentos do TCU 1) INTRODUÇÃO 2) NOÇÕES DE ORÇAMENTAÇÃO 2.1) Composições de custos unitários 2.2)

Leia mais

BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER

BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER SÃO PAULO (11) 5081-7950 SAOPAULO@ELOCONSULTORIA.COM RUA CUBATÃO, 929 CONJ. 116 VILA MARIANA HOME

Leia mais

Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos de Obras e Serviços de Engenharia

Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos de Obras e Serviços de Engenharia Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos de Obras e Serviços de Engenharia Introdução Oferecer um conjunto de conhecimentos e informações atualizadas em modernas tendências doutrinárias que visam

Leia mais

Regimes de execução dos contratos e contratação integrada

Regimes de execução dos contratos e contratação integrada Regime Diferenciado de Contratações - RDC Lei Federal nº 12.462/11 Regimes de execução dos contratos e contratação integrada Augusto Dal Pozzo Artigo 8º Regimes de contratação de obras e serviços de engenharia

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 2010 2013 INSTRUMENTOS TÉCNICOS DO CICLO ORÇAMENTÁRIO CONSIDERAÇÕES INICIAIS A Constituição de 1988 introduziu significativa alteração no sistema de planejamento e

Leia mais

COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Setembro/2004

COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Setembro/2004 COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ DIRETORIA ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA - DF GERÊNCIA DE CONTRATAÇÕES E COMPRAS - GCP Setembro/2004 Apresentação do tema Objetivo Exposição de planejamento

Leia mais

Sumário. Serviço Público e Administração Pública

Sumário. Serviço Público e Administração Pública Sumário Capítulo 1 Contabilidade Pública 1.1 Conceito 1.2 Objeto 1.3 Objetivo 1.4 Campo de Aplicação 1.5 Exercício Financeiro 1.6 Regime Orçamentário e Regime Contábil 1.6.1 Regime de Caixa 1.6.2 Regime

Leia mais

REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES

REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES Susana Filgueiras Brasília, 10 de setembro de 2012 LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Lei nº12.462, de 5 de agosto de 2011. Decreto nº 7.581, de 11 de outubro de 2011. Lei nº 12.688,

Leia mais

EXECUÇÃO E FISCALIZAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS DE ACORDO COM O TCU E OS TRIBUNAIS SUPERIORES

EXECUÇÃO E FISCALIZAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS DE ACORDO COM O TCU E OS TRIBUNAIS SUPERIORES SEMINÁRIO NACIONAL EXECUÇÃO E FISCALIZAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS DE ACORDO COM O TCU E OS TRIBUNAIS SUPERIORES Atribuições e responsabilidade dos agentes públicos Formalização e publicidade Alterações

Leia mais

Nº do processo: 08934/15

Nº do processo: 08934/15 Nº do processo: 08934/15 Licitação: Concorrência 0037/2015 Objeto: Contratação de empresa especializada para fiscalização e gerenciamento de obras no Sesc Minas. RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº

Leia mais

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO

Estado do Pará PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FÉLIX DO XINGU Controladoria Geral do Munícipio PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO PARECER DE REGULARIDADE DO CONTROLE INTERNO Parecer CGM nº 006/2016 Solicitante: Departamento de Licitação Expediente: Processo Licitatório nº TP010/2015 Modalidade: Tomada de Preço Tratam os autos de

Leia mais

LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS COM ABORDAGEM PRÁTICA

LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS COM ABORDAGEM PRÁTICA CURSO COMPLETO LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS COM ABORDAGEM PRÁTICA 23 e 24 de Maio Manaus/AM Destaques deste Treinamento Grande ênfase prática na apresentação dos procedimentos da fase interna,

Leia mais

Redundância das informações nos diversos sistemas. Sistemas desenvolvidos em tecnologia não Web (DOS) Informações das obras não alimentadas na origem

Redundância das informações nos diversos sistemas. Sistemas desenvolvidos em tecnologia não Web (DOS) Informações das obras não alimentadas na origem DESCENTRALIZANDO OBRAS CENTRALIZANDO INFORMAÇÕES Cenário de Gestão de Obras antes do SICOP Diversos Órgãos executam obras no Estado Processos de Gestão diferentes em cada obra Sistemas isolados (bases

Leia mais

PROC IBR EDIF /2014

PROC IBR EDIF /2014 INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS IBRAOP INSTITUTO RUI BARBOSA IRB / COMITÊ OBRAS PÚBLICAS PROC IBR EDIF 01.02.011/2014 01 - Fase Licitatória 01.02 - Análise das especificações, quantidades

Leia mais

Escola de Administração fazendária - Auditório Rodovia DF 001, km 27,4 Lago Sul - DF

Escola de Administração fazendária - Auditório Rodovia DF 001, km 27,4 Lago Sul - DF PROGRAMAÇÃO 13ª Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas - Etapa Brasília I - DF Horário Segunda-feira 28/03/2016 8h às 12h30 Nº de Alunos Escola de Administração fazendária

Leia mais

Sumário. LRF_Book.indb 15 19/03/ :29:01

Sumário. LRF_Book.indb 15 19/03/ :29:01 Sumário Capítulo 1 Disposições Gerais... 1 1.1. Introdução... 1 1.2. Objetivo da obra... 6 1.3. Apresentando a LRF... 6 1.4. Origem da LRF... 7 1.5. Previsão constitucional para implementação da LRF...

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL 1ª REGIÃO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: ADMINISTRATIVA

CONTROLE DE CONTEÚDO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL 1ª REGIÃO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: ADMINISTRATIVA CONTROLE DE CONTEÚDO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL 1ª REGIÃO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: ADMINISTRATIVA REGIMENTO INTERNO 1 Organização e composição do TRF 1ª Região: órgãos jurisdicionais, Corregedoria-Regional,

Leia mais

Licitações e Contratos de Obras Públicas Os Entendimentos do TCU

Licitações e Contratos de Obras Públicas Os Entendimentos do TCU Licitações e Contratos de Obras Públicas Os Entendimentos do TCU Com: André Luiz Mendes Auditor do TCU Dias 03 e 04 de outubro, em Brasília - DF Carga Horária: 16h/a, das 8h30 às 17h30 OBJETIVO Reconhecer

Leia mais

Lei /16 e Licitações

Lei /16 e Licitações Lei 13.303/16 e Licitações Rafael Da Cás Maffini Mestre e Doutor em Direito pela UFRGS, Professor de Direito Administrativo na UFRGS, Advogado, Sócio Diretor do escritório Rossi, Maffini, Milman & Grando

Leia mais

CONTRATAÇÕES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMO PLANEJAR E JULGAR AS LICITAÇÕES E FISCALIZAR OS CONTRATOS DE ACORDO COM A IN N 04/10 E O DECRETO N

CONTRATAÇÕES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMO PLANEJAR E JULGAR AS LICITAÇÕES E FISCALIZAR OS CONTRATOS DE ACORDO COM A IN N 04/10 E O DECRETO N SEMINÁRIO NACIONAL CONTRATAÇÕES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMO PLANEJAR E JULGAR AS LICITAÇÕES E FISCALIZAR OS CONTRATOS DE ACORDO COM A IN N 04/10 E O DECRETO N 7.174/10 MACEIÓ - AL 19 E 20 DE AGOSTO

Leia mais

ELABORAÇÃO DE ORÇAMENTO E PLANILHAS DE PREÇOS PARA OBRAS PÚBLICAS

ELABORAÇÃO DE ORÇAMENTO E PLANILHAS DE PREÇOS PARA OBRAS PÚBLICAS ELABORAÇÃO DE ORÇAMENTO E PLANILHAS DE PREÇOS PARA OBRAS PÚBLICAS COM O NOVO SINAPI Professor: Rolf Dieter Em conformidade com a Lei 8.666/93; Lei de Diretrizes Orçamentárias e Decreto 7.983/13 15 a 17

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 01/2012-AUDIN Assunto: Formalização legal dos processos de dispensa de licitação

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 01/2012-AUDIN Assunto: Formalização legal dos processos de dispensa de licitação ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 01/2012-AUDIN Assunto: Formalização legal dos processos de dispensa de licitação Belém, 05 de dezembro de 2012. Conforme disposto no art. 2º da Lei nº 8.666/93 as obras, serviços,

Leia mais

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

CONSIDERAÇÕES INICIAIS CONSIDERAÇÕES INICIAIS Iniciativa salutar em prol do aprimoramento do regime de licitações e contratos administrativos Mitiga o anacronismo da legislação vigente Incorpora elementos evolutivos da relação

Leia mais

Experiência com o RDC

Experiência com o RDC UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES - DPL Av. Desembargador Vitor Lima nº 222, 5º andar Florianópolis SC CEP 88040-400 Telefones: (48)

Leia mais

FLUXO DE PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÕES ESPECÍFICAS PARA PROGRAMAS/ PROJETOS COM FINANCIAMENTO EXTERNO

FLUXO DE PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÕES ESPECÍFICAS PARA PROGRAMAS/ PROJETOS COM FINANCIAMENTO EXTERNO FLUXO DE PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÕES ESPECÍFICAS PARA PROGRAMAS/ PROJETOS COM FINANCIAMENTO EXTERNO 1. OBJETO Contratação de Serviço Terceiro Pessoa Física para os seguintes projetos/programas: -Projetos,

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.415, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1568 *Revogada pela Lei nº 2.735, de 4/07/2013. Dispõe sobre o Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Estadual, e adota outras

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO. O Planejamento e a Elaboração do Termo de Referência nas Contratações de TI

CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO. O Planejamento e a Elaboração do Termo de Referência nas Contratações de TI CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO O Planejamento e a Elaboração do Termo de Referência nas Contratações de TI Visão ampliada e diversificada dos processos, documentos e ações envolvendo a contratação

Leia mais

A PRÁTICA EFICAZ DE GERENCIAR E FISCALIZAR CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

A PRÁTICA EFICAZ DE GERENCIAR E FISCALIZAR CONTRATOS ADMINISTRATIVOS A PRÁTICA EFICAZ DE GERENCIAR E FISCALIZAR CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 27 e 28 de Abril Belém / PA Destaques deste Treinamento Qual o papel do gestor no processo? É suficiente um fiscal em todos os contratos?

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO

CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO CONTRATAÇÃO DIRETA SEM LICITAÇÃO Dispensa e Inexigibilidade de Licitação: hipóteses de contratação direta, formação e Gestão dos contratos e a visão dos órgãos de

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE BACABEIRA-MA - Plano de Trabalho - PLANO DE TRABALHO. Bacabeira-MA

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DE BACABEIRA-MA - Plano de Trabalho - PLANO DE TRABALHO. Bacabeira-MA PLANO DE TRABALHO Bacabeira-MA 2015 1. INTRODUÇÃO O presente Plano de Trabalho refere-se ao contrato firmado entre a Prefeitura Municipal de Bacabeira e a empresa de consultoria especializada de razão

Leia mais

Como contratar TI com riscos baixos. Carlos Mamede Sefti/TCU

Como contratar TI com riscos baixos. Carlos Mamede Sefti/TCU Como contratar TI com riscos baixos Carlos Mamede Sefti/TCU Contratação de TI Riscos envolvidos na contratação Mitigação dos riscos Como contratar TI com riscos baixos 2 Agenda 1. Contratações públicas

Leia mais

CAPACITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PREGOEIROS E TERMO DE REFERÊNCIA

CAPACITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PREGOEIROS E TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PREGOEIROS E TERMO DE REFERÊNCIA LC 123/06 e LC 147/14 Incluindo o Novo Decreto 8538 de 06/10/2015 SIMULAÇÃO DO PREGÃO ELETRÔNICO PELO LICITAÇÕES-E (Banco do Brasil) PRÁTICA

Leia mais

16 e 17 FEVEREIRO 100 ACÓRDÃOS DO TCU MANAUS - AM ANDRÉ PACHIONI BAETA SOBRE PLANEJAMENTO E LICITAÇÃO DE OBRAS PÚBLICAS INSCREVA-SE PROFESSOR

16 e 17 FEVEREIRO 100 ACÓRDÃOS DO TCU MANAUS - AM ANDRÉ PACHIONI BAETA SOBRE PLANEJAMENTO E LICITAÇÃO DE OBRAS PÚBLICAS INSCREVA-SE PROFESSOR Tel/Fax: + 55 41 3376 3967 41 3376.3967 cursos@connectoncursos.com.br contato@contreinamentos.com.br www.contreinamentos.com.br facebook.com/contreinamentos 100 ACÓRDÃOS DO TCU SOBRE PLANEJAMENTO E LICITAÇÃO

Leia mais

MÁRCIO SOARES DA ROCHA CLASSIFICAÇÃO E PROCEDIMENTOS ACERCA DE IRREGULARIDADES EM PREÇOS DE OBRAS PÚBLICAS (ARTIGO TÉCNICO)

MÁRCIO SOARES DA ROCHA CLASSIFICAÇÃO E PROCEDIMENTOS ACERCA DE IRREGULARIDADES EM PREÇOS DE OBRAS PÚBLICAS (ARTIGO TÉCNICO) MÁRCIO SOARES DA ROCHA CLASSIFICAÇÃO E PROCEDIMENTOS ACERCA DE IRREGULARIDADES EM PREÇOS DE (ARTIGO TÉCNICO) Fortaleza Dezembro / 2002 2 SUMÁRIO ASSUNTO PÁGINA I. Introdução...03 II. Superfaturamento II.1.

Leia mais

Controle de preços em obras públicas:

Controle de preços em obras públicas: Controle de preços em obras públicas: Princípios gerais na utilização dos sistemas oficiais de preços Rafael Jardim Cavalcante Contextualização Decisão Lei para o caso concreto; Interpretação da Lei direito

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: CONTABILIDADE (TRE-SP AJAC)

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: CONTABILIDADE (TRE-SP AJAC) CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: CONTABILIDADE (TRE-SP AJAC) 1 Ortografia oficial. GRAMÁTICA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO DA LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO

Leia mais

Elaboração de Orçamento e Planilhas de Preços para Obras Públicas com NOVO SINAPI

Elaboração de Orçamento e Planilhas de Preços para Obras Públicas com NOVO SINAPI Salvador/BA Elaboração de Orçamento e Planilhas de Preços para Obras Públicas com NOVO SINAPI Em conformidade com a Lei 8.666/93; Lei de Diretrizes Orçamentárias e Decreto 7.983/13 20, 21 e 22 de Setembro

Leia mais

LEI /2016: NOVAS REGRAS DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PARA AS ESTATAIS. Professor Paulo Sérgio Monteiro Reis. BELÉM/PA 20 e 21 de outubro de 2016

LEI /2016: NOVAS REGRAS DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PARA AS ESTATAIS. Professor Paulo Sérgio Monteiro Reis. BELÉM/PA 20 e 21 de outubro de 2016 LEI 13.303/2016: NOVAS REGRAS DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PARA AS ESTATAIS Professor Paulo Sérgio Monteiro Reis BELÉM/PA 20 e 21 de outubro de 2016 I. ESCOPO E METODOLOGIA A Lei nº 13.303, de 30 de junho

Leia mais

LEI DA TRANSPARÊNCIA COMO INSTRUMENTO DE FISCALIZAÇÃO DAS CONTAS PÚBLICAS

LEI DA TRANSPARÊNCIA COMO INSTRUMENTO DE FISCALIZAÇÃO DAS CONTAS PÚBLICAS XXV CONGRESSO BRASILERIO DE SERVIDORES DE CÂMARAS MUNICIPAIS V ENCONTRO NACIONAL DE VEREADORES Aracajú julho de 2010 LEI DA TRANSPARÊNCIA COMO INSTRUMENTO DE FISCALIZAÇÃO DAS CONTAS PÚBLICAS François E.

Leia mais

Audiência Pública. Registro de Preços para Construção de

Audiência Pública. Registro de Preços para Construção de Audiência Pública Registro de Preços para Construção de Estabelecimentos de Ensino Público Projeto Piloto: Construção Escolas ProInfância Desafio: Melhorar a eficiência do processo, e garantir:. Edifícios

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 63-COU/UNICENTRO, DE 29 DE MAIO DE 2009. Altera o art. 2º e anexo da Resolução nº 037- COU/UNICENTRO, de 28 de dezembro de 2006, e dá outras providências. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

Como Licitar e Contratar Obras e Serviços de Engenharia

Como Licitar e Contratar Obras e Serviços de Engenharia Como Licitar e Contratar Obras e Serviços de Engenharia Brasilia - DF Dias 21 a 23 de Agosto de 2013 Manhattan Plaza Hotel SHN Quadra 2, Bloco A Com Paulo Reis Objetivo: Aprimorar os conhecimentos dos

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS NO SETOR PÚBLICO P O DESAFIO. Brasília, Setembro 2005

GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS NO SETOR PÚBLICO P O DESAFIO. Brasília, Setembro 2005 GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS NO SETOR PÚBLICO P : O DESAFIO. Brasília, Setembro 2005 CUSTOS NO SETOR PÚBLICO: P Diversidade de visões. Objetivos - custo para otimização de resultados, para melhoria de

Leia mais

TUTORIAL DO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO CAPARAÓ

TUTORIAL DO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO CAPARAÓ TUTORIAL DO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO CAPARAÓ APRESENTAÇÃO Esse Tutorial do Portal da Transparência da Prefeitura Municipal de Alto Caparaó foi criado com o intuito de facilitar

Leia mais

Validação das avaliações setoriais do Plano Plurianual - PPA por unidade orçamentária - por dia (4)

Validação das avaliações setoriais do Plano Plurianual - PPA por unidade orçamentária - por dia (4) PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO Decreto nº.13.528, de 2 de maio de 2014 QUADRO DE DETALHAMENTO DE TAREFAS QDT (ANEXO I) CÓDIGO ATIVIDADE NÍVEL 1 2 3 4 5 6 7 8 Análise e validação das propostas setoriais

Leia mais

PLANEJAMENTO E CONTROLE DE OBRAS BDI

PLANEJAMENTO E CONTROLE DE OBRAS BDI PLANEJAMENTO E CONTROLE DE OBRAS BDI Professora: Eng. Civil Mayara Custódio, Msc. Definições BDI: Uma taxa que se adiciona ao custo de uma obra para cobrir as despesas indiretas que tem o construtor, mais

Leia mais

Planejamento, Elaboração, Controle e Fatores Críticos na Precificação de Obras e Serviços

Planejamento, Elaboração, Controle e Fatores Críticos na Precificação de Obras e Serviços Planejamento, Elaboração, Controle e Fatores Críticos na Precificação de Obras e Serviços Introdução Oferecer um curso avançado com o objetivo de dar o imprescindível suporte técnico, jurídico e administrativo

Leia mais

introdução ao marketing - gestão do design

introdução ao marketing - gestão do design introdução ao marketing - gestão do design Universidade Presbiteriana Mackenzie curso desenho industrial 3 pp e pv profa. dra. teresa riccetti Fevereiro 2009 A gestão de design, o management design, é

Leia mais

Concessão e PPP Fundamentos e oportunidades. Aldo Mattos Júlio Roppa Carlos Braga Daniel Szyfman

Concessão e PPP Fundamentos e oportunidades. Aldo Mattos Júlio Roppa Carlos Braga Daniel Szyfman Concessão e PPP Fundamentos e oportunidades Aldo Mattos Júlio Roppa Carlos Braga Daniel Szyfman AEERJ, 27 de julho de 2016 Fonte: Radar PPP Mercado de PPPs no Brasil Principais Conceitos Contratações de

Leia mais

Qualidade de Projetos no âmbito do TCU. São Paulo, março de 2016

Qualidade de Projetos no âmbito do TCU. São Paulo, março de 2016 Qualidade de Projetos no âmbito do TCU São Paulo, março de 2016 1 Referencial Estratégico PET 2015-2021 2 Competências Constitucionais Julgar as contas dos administradores e demais responsáveis por dinheiros,

Leia mais

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSO: ADMINISTRAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO Equações do primeiro e segundo graus com problemas. Problemas aplicando sistemas; sistemas com três incógnitas

Leia mais

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios COMUNICADO O SEBRAE NACIONAL Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, por meio da Universidade Corporativa SEBRAE, comunica que, na prova, serão avaliados conhecimentos conforme as áreas descritas

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. OBJETO DE CONTRATAÇÃO A presente especificação tem por objeto a contratação de empresa Especializada de Consultoria para Planejamento da Estrutura Funcional e Organizacional

Leia mais

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS, TERMO DE REFERÊNCIA E SRP Incluindo a LC 123/06 e LC 147/14 e o Novo Decreto 8538 de 06/10/2015

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS, TERMO DE REFERÊNCIA E SRP Incluindo a LC 123/06 e LC 147/14 e o Novo Decreto 8538 de 06/10/2015 www.licidata.com.br TREINAMENTO COMPLETO CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS, TERMO DE REFERÊNCIA E SRP Incluindo a LC 123/06 e LC 147/14 e o Novo Decreto 8538 de 06/10/2015 Campo Grande/MS 01 E 02 DE

Leia mais

O que é orçamento público?

O que é orçamento público? O que é orçamento público? É a previsão de arrecadação de receitas e a fixação de despesas para um período determinado. É computar, avaliar, calcular a previsão da arrecadação de tributos e o gasto de

Leia mais

ELABORAÇÃO DA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS (Conforme modelo previsto na IN 02/2008)

ELABORAÇÃO DA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS (Conforme modelo previsto na IN 02/2008) CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO ELABORAÇÃO DA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS (Conforme modelo previsto na IN 02/2008) A elaboração da planilha,

Leia mais

I SIMPÓSIO MINEIRO DE CONTABILIDADE APLICADA NO SETOR PÚBLICO

I SIMPÓSIO MINEIRO DE CONTABILIDADE APLICADA NO SETOR PÚBLICO I SIMPÓSIO MINEIRO DE CONTABILIDADE APLICADA NO SETOR PÚBLICO A CONVERGÊNCIA DAS NORMAS INTERNACIONAIS AO SETOR PÚBLICO MARIA DA CONCEIÇAO BARROS DE REZENDE SITUAÇAO DA CONTABILIDADE PÚBLICA NO BRASIL

Leia mais

COMPLEXO HOSPITALAR IMASF MODELAGEM 1

COMPLEXO HOSPITALAR IMASF MODELAGEM 1 COMPLEXO HOSPITALAR IMASF MODELAGEM 1 Legislação Aplicável Esta Audiência Pública está sendo realizada nos termos do ART. 39 da Lei 8.666/1993. Lei nº 11.079, de 30 de Dezembro de 2004 Lei de Parcerias

Leia mais

Fiscalização e Gestão de Contratos Administrativos para Execução de Obras e Serviços de Engenharia CURSO NOVO

Fiscalização e Gestão de Contratos Administrativos para Execução de Obras e Serviços de Engenharia CURSO NOVO CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO Fiscalização e Gestão de Contratos Administrativos para Execução de Obras e Serviços de Engenharia Carga Horária: 16 horas/atividade Horário: 8h30 às 18h (com intervalo

Leia mais

MARCO REGULATÓRIO DAS SOCIEDADES CIVIS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

MARCO REGULATÓRIO DAS SOCIEDADES CIVIS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MARCO REGULATÓRIO DAS SOCIEDADES CIVIS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Airton Roberto Rehbein Auditor Público MARCO REGULATÓRIO DAS SOCIEDADES CIVIS A Lei Federal 3.204/2015 alterou a

Leia mais

Orçamento e Financiamento da Assistência Social

Orçamento e Financiamento da Assistência Social Orçamento e Financiamento da Assistência Social Orçamento e Financiamento: Definições O Orçamento Público é um Planejamento que gera um compromisso de um governo em relação às políticas públicas; Ele reflete

Leia mais

Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento Regional

Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento Regional 4º Encontro de Prefeitos com tema Desenvolvimento Local Sustentável Encontros Regionais de Municípios ABM - Nordeste Camaçari, Setembro de 2015 Estratégia CAIXA para Consórcios Públicos e Desenvolvimento

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIÁS OBRAS ANEXO I DOCUMENTOS E PRAZOS

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIÁS OBRAS ANEXO I DOCUMENTOS E PRAZOS TIPO Edital DOCUMENTOS DE CITAÇÃO DESCRIÇÃO Fase Interna GEO-OBRAS OBRAS ANEXO I DOCUMENTOS E PRAZOS Planilha de Orçamento elaborada pela Administração (em formato pdf e xls ou similar) Cronograma físico-financeiro

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL DO PCCV

RELATÓRIO TRIMESTRAL DO PCCV RELATÓRIO TRIMESTRAL DO PCCV Período: Janeiro a Março/2014 Projeto: Órgão Executor: 1. INTRODUÇÃO PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E VENCIMENTOS E O MODELO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO PARA OS SERVIDORES DO QUADRO

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES DE AUDITORIA INTERNA Exercício 2010 ANEXO 4 CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES DE AUDITORIA INTERNA Exercício 2010 ANEXO 4 CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES INTERNA 3.1.1.2 241099 CONSTATAÇÃO: (005) Ausência de Anotação de Responsabilidade Técnica ART para elaboração do Projeto Básico, referente à construção dos Blocos de Salas

Leia mais

Apresentação e Treinamento do Portal dos Jurisdicionados

Apresentação e Treinamento do Portal dos Jurisdicionados Apresentação e Treinamento do Portal dos Jurisdicionados Portal dos Jurisdicionados Projeto de prestação de Contas Eletrônica via INTERNET. Processo Digital Fases do Projeto 1ª ) Licitações e Contratos

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Orçamento Público Atividade financeira do Estado 1.2. Aspectos gerais do Orçamento Público 1.3. Conceitos 1.4. Tipos/Técnicas orçamentárias 1.4.1. Orçamento Tradicional/Clássico 1.4.2.

Leia mais

MÓDULO I TEMA / HORAS AULA EMENTA OBJETIVOS BIBLIOGRAFIA

MÓDULO I TEMA / HORAS AULA EMENTA OBJETIVOS BIBLIOGRAFIA MÓDULO I 1. Contextualização histórica da Gestão de Recursos Hídricos e suas relações com o Saneamento / 4h Conteúdo histórico da Gestão de Entender o processo Recursos Hídricos na Bacia histórico da gestão

Leia mais

Capítulo 1 Direito Administrativo e Administração Pública...1

Capítulo 1 Direito Administrativo e Administração Pública...1 S u m á r i o Capítulo 1 Direito Administrativo e Administração Pública...1 1.1. Introdução e Conceito de Direito Administrativo... 1 1.2. Taxinomia do Direito Administrativo... 2 1.3. Fontes do Direito

Leia mais

Controladoria-Geral da União: Zelando pela boa aplicação dos recursos públicos. VALDIR AGAPITO TEIXEIRA Secretário Federal de Controle Interno

Controladoria-Geral da União: Zelando pela boa aplicação dos recursos públicos. VALDIR AGAPITO TEIXEIRA Secretário Federal de Controle Interno Controladoria-Geral da União: Zelando pela boa aplicação dos recursos públicos VALDIR AGAPITO TEIXEIRA Secretário Federal de Controle Interno Maio de 2013 O desafio do Controle é do tamanho do Brasil!

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO PRÉVIO DE EMPREITEIRAS, CONSTRUTORAS, PRESTADORES DE SERVIÇOS E FORNECEDORES DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS.

INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO PRÉVIO DE EMPREITEIRAS, CONSTRUTORAS, PRESTADORES DE SERVIÇOS E FORNECEDORES DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS. INSTRUÇÕES PARA CADASTRAMENTO PRÉVIO DE EMPREITEIRAS, CONSTRUTORAS, PRESTADORES DE SERVIÇOS E FORNECEDORES DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS. A ASSOCIAÇÃO PRÓ-ENSINO SUPERIOR EM NOVO HAMBURGO ASPEUR, reconhecida

Leia mais

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES E PRAZOS PARA A PREFEITURA

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES E PRAZOS PARA A PREFEITURA CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES E PRAZOS PARA A PREFEITURA É DE SUMA IMPORTÂNCIA ESTARMOS ATENTOS AOS PRAZOS LIMITE, PARA QUE TENHAMOS MAIOR TRANQÜILIDADE PERANTE NOSSOS CLIENTES E OS GESTORES PERANTE A SOCIEDADE,

Leia mais

REVISÃO, REAJUSTE E REPACTUAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

REVISÃO, REAJUSTE E REPACTUAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS SEMINÁRIO NACIONAL REVISÃO, REAJUSTE E REPACTUAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Obras, serviços contínuos e contratos decorrentes de registro de preços Cabimento e formalização Entendimentos do TCU e

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO CEARÁ

CAPACITAÇÃO EM CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO CEARÁ Pacote I Área Nº Disciplinas Horas / Aula 03 Procedimentos Contábeis Orçamentários I PCO I Procedimentos Contábeis Orçamentários II PCO II 05 Procedimentos Contábeis Patrimoniais I PCP I Fundamentos 06

Leia mais

22 e 24 FEVEREIRO CURITIBA/PR

22 e 24 FEVEREIRO CURITIBA/PR Tel/Fax: + 55 41 3376 3967 41 3376.3967 cursos@connectoncursos.com.br contato@contreinamentos.com.br www.contreinamentos.com.br facebook.com/contreinamentos CONVÊNIOS NOVA LEGISLAÇÃO!!! ELABORAÇÃO DE PROJETOS

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG Nº

PORTARIA TRT 18ª GP/DG Nº PORTARIA TRT 18ª GP/DG Nº 50, de 18.3.09 O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, Considerando a necessidade de atualização

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ENCONTRO DE ENCERRAMENTO DO CURSO CICLO DE COMPRAS FUNDAP UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO CONTRATAÇÃO DIRETA HIPÓTESES MAIS FREQUENTES COMO E O QUE JUSTIFICAR NEGOCIAÇÃO DO CONTRATO

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17 EDITAL SISTEMATIZADO CARREIRAS FISCAIS... 19 1. Receita Federal do Brasil... 19 2. Ministério do Trabalho e Emprego... 21 CAPÍTULO

Leia mais

CARTA CONVITE N.º 003/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º DE /2012 ANEXO I

CARTA CONVITE N.º 003/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º DE /2012 ANEXO I CARTA CONVITE N.º 003/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º DE.01.03.0044/2012 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PARA FORNECIMENTO DE MATERIAL PÉTREO PARA INFRAESTRUTURA DOS LAGOS 01 E 02 DA FASE ZERO DO SAPIENS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PREFEITURA UNIVERSITÁRIA SOLICITAÇÃO DE PROJETOS Projeto de Arquitetura e Engenharia

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PREFEITURA UNIVERSITÁRIA SOLICITAÇÃO DE PROJETOS Projeto de Arquitetura e Engenharia UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PREFEITURA UNIVERSITÁRIA SOLICITAÇÃO DE PROJETOS Projeto de Arquitetura e Engenharia COMO SOLICITAR UM PROJETO? Para solicitações de projetos de arquitetura e engenharia,

Leia mais

CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Os contratos administrativos constituem um essencial instrumento de administração consensual voltado à consecução dos fins e valores jurídicos atribuídos pela Constituição para a Administração Pública

Leia mais

Prioridades da Agenda de Marco Institucional da MEI

Prioridades da Agenda de Marco Institucional da MEI 2ª REUNIÃO DO COMITÊ DE LÍDERES DA MEI DE 2016 Prioridades da Agenda de Marco Institucional da MEI Gilberto Peralta GE 13 de maio de 2016 MARCO INSTITUCIONAL Emenda Constitucional nº 85 Inserção da inovação

Leia mais

SIMO. Aspectos sobre a Gestão de Obras segundo a IN CGE Nº 01/2013. Auditores Governamentais: Alexandre Farias Chaves Gilberto Gomes da Silva

SIMO. Aspectos sobre a Gestão de Obras segundo a IN CGE Nº 01/2013. Auditores Governamentais: Alexandre Farias Chaves Gilberto Gomes da Silva SIMO Aspectos sobre a Gestão de Obras segundo a IN CGE Nº 01/2013 Auditores Governamentais: Alexandre Farias Chaves Gilberto Gomes da Silva ESCOPO DO DECRETO 15.093/2013 E DA IN CGE Nº 01/2013 Esclarece

Leia mais

Solicito aos Inspetores Setoriais que orientem os Órgãos sob sua inspeção o seguinte:

Solicito aos Inspetores Setoriais que orientem os Órgãos sob sua inspeção o seguinte: COMUNICAÇÃO INTERNA Nº 17 AOS: INSPETORES SETORIAIS Manaus, 03 de novembro de 2009 Solicito aos Inspetores Setoriais que orientem os Órgãos sob sua inspeção o seguinte: 1. Formalização de processo de DISPENSA

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO

DISPENSA DE LICITAÇÃO DISPENSA DE LICITAÇÃO Processo: Secretaria: Empresa: CNPJ: Objeto: LISTA DE VERIFICAÇÕES Justificativa - deverá ser elaborada pela Secretaria Requisitante, a qual identificará a necessidade administrativa

Leia mais

Anteprojeto, Projeto Básico, Projeto Executivo e Orçamento para Licitação

Anteprojeto, Projeto Básico, Projeto Executivo e Orçamento para Licitação Anteprojeto, Projeto Básico, Projeto Executivo e Orçamento para Licitação Introdução Temos como objetivo oferecer conhecimento jurídico necessário para a compreensão do ambiente privado e da administração

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO N 01/2016 PROAD

ORDEM DE SERVIÇO N 01/2016 PROAD ORDEM DE SERVIÇO N 01/2016 PROAD O Pró-Reitor de Administração da Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre UFCSPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, divulga o

Leia mais

LICITAÇÕES DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA

LICITAÇÕES DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA LICITAÇÕES DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA A NECESSÁRIA VISÃO PANORÂMICA SOB OS OLHARES DO PÚBLICO E DO PRIVADO Carga horária: 16 horas A - A PREVISÃO CONSTITUCIONAL E A LICITAÇÃO 1. Da supremacia das

Leia mais

REVISÃO, REAJUSTE E REPACTUAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

REVISÃO, REAJUSTE E REPACTUAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS SEMINÁRIO NACIONAL REVISÃO, REAJUSTE E REPACTUAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Obras, serviços contínuos e contratos decorrentes de registro de preços Cabimento e formalização Entendimentos do TCU e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE SOLOS E ENGENHARIA AGRÍCOLA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE SOLOS E ENGENHARIA AGRÍCOLA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE SOLOS E ENGENHARIA AGRÍCOLA CRONOGRAMA DE CURSOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA - 2013 CUSTO LOCAL INSCRIÇÕES INFORMAÇÕES Gratuitos.

Leia mais

BALANÇO DA POLÍTICA HABITACIONAL URBANA PMCMV - ENTIDADES FUNDO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - FDS

BALANÇO DA POLÍTICA HABITACIONAL URBANA PMCMV - ENTIDADES FUNDO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - FDS BALANÇO DA POLÍTICA HABITACIONAL URBANA PMCMV - ENTIDADES 2009-2014 FUNDO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL - FDS MINHA CASA, MINHA VIDA - ENTIDADES PMCMV ENTIDADES/ FDS Produção e aquisição de unidades habitacionais

Leia mais

SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES

SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES 1. Direitos de terceira geração 1.1 Introdução 1.2 Direitos difusos 1.3 Direitos coletivos stricto sensu 1.4 Direitos individuais homogêneos 2. Meio ambiente: definição e

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 01/2014

COLETA DE PREÇOS nº 01/2014 COLETA DE PREÇOS nº 01/2014 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério de menor preço, objetivando

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação... 40

SUMÁRIO. Língua Portuguesa. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação... 40 Língua Portuguesa Ortografia oficial... 19 Acentuação gráfica... 29 Flexão nominal e verbal... 32 Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação... 40 Emprego de tempos, modos e aspectos verbais...

Leia mais