Entrevista: Marcos Panichi detalha a estratégia de Big Data da IBM Brasil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Entrevista: Marcos Panichi detalha a estratégia de Big Data da IBM Brasil"

Transcrição

1 Entrevista: Marcos Panichi detalha a estratégia de Big Data da IBM Brasil channel REVISTA INFORMATIVA DAS SOLUÇÕES POWER SYSTEMS ANO 5 EDIÇÃO 18 DEZEMBRO REVISTA INFORMATIVA DAS SOLUÇÕES POWER SYSTEMS ANO 5 EDIÇÃO 18 DEZEMBRO JANEIRO FEVEREIRO 2013 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Flex System Manager Networking Storage Virtualização Servidores Built-in Expertise Business Integration by Design Expert Integrated Systems IT Gerenciamento Ferramentas Aplicações IBM Flex System Manager Levando o gerenciamento da infraestrutura ao próximo nível Big Data com PowerLinux: confiabilidade a preços reduzidos Para a BSBIOS, Power é o Usain Bolt dos servidores

2

3 EDITORIAL E a IBM mais uma vez sai na frente ao inovar com os sistemas IBM PureFlex, levando o completo gerenciamento de infraestrutura a um próximo nível, integrado, repleto de recursos, anunciando que o nirvana dos administradores de TI está muito próximo da realidade. LEVANDO O GERENCIAMENTO AO PRÓXIMO NÍVEL Final de ano, o clima de festa já paira no ar, esperanças se renovam e as pessoas ficam mais alegres e otimistas. Mas para TI ainda há muito o que fazer. Pesquisa realizada pela Juniper Networks, a pedido da Economist Intelligence Unit, com 475 executivos, concluiu que mais da metade das empresas dependem de TI para aumentar a eficiência de suas operações. Mas essa relação, mostrou-se aquém das expectativas quando o objetivo é inovar e impulsionar os negócios. O planejamento para o próximo ano é vital, buscando trazer recursos e inovações que garantirão a base de apoio para a área de negócios nos próximo três ou cinco anos. É, portanto, o momento de pensarmos fora da caixa, inovando e renovando totalmente os planos para uma nova TI, mais eficiente, mais econômica, mais flexível e adaptavel às mudanças de mercado. É tempo para pensarmos realmente em uma infraestrutura mais inteligente. Big Data continua em voga em todas as esferas. Um estudo encomendado à The Economist, pela Capgemini, apontou que 75% dos líderes empresariais apostam no Big Data na tomada de decisões. Para 85% dos entrevistados o volume de informações não é o maior desafio, mas sim a capacidade de analisar e agir a partir deles. Nesta edição trazemos uma entrevista com Marcos Panichi, executivo responsável pela estratégia de Big Data na IBM Brasil, mostrando os diferenciais e o posicionamento de seus produtos. Temos ainda um completo roteiro de infraestrutura PowerLinux para Big Data, apresentado por Ricardo Matinata, dos laboratórios Linux da IBM. Confira também casos de sucesso e outras novidades nesta última edição de 2012, repleta de assuntos interessantes e relevantes para que todos comecem 2013 com várias ideias e informações diferenciadas para os negócios. Queremos encerrar desejando a todos que desfrutem de um merecido descanso neste final de ano e que o Papai Noel lhes traga um sistema integrado que permita uma administração totalmente integrada, além de muita paz, alegria, saúde, força e ideias inovadoras para enfrentar vitoriosamente todos os desafios de Redação Power Channel EXPEDIENTE REDAÇÃO: Av. Lins de Vasconcelos, 2880, Cj , Vila Mariana, São Paulo SP Tel. (11) COORDENAÇÃO GERAL: Valdeci Junior - Officer2880 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Cristiane Bottini - MTB Nº DIRETOR DE ARTE: João Marcos Batista COLABORADORES DESTA EDIÇÃO: Alexandre Bicas Caldeira, Alfredo Castro, Antonio Carlos Navarro, Antônio Moreira de Oliveira Neto, Fábio Dassan dos Santos, Jerônimo Mendes e Ricardo Marin Matinata COMERCIAL: Valdeci Junior A REVISTA POWER CHANNEL é uma publicação trimestral destinada aos CIOs ligados aos produtos de hardware e software. Esta revista é distribuída gratuitamente a todos os parceiros e demais pessoas com interesse no seu conteúdo. O conteúdo das matérias assinadas são de responsabilidade de seus respectivos autores e não correspondem, necessariamente, à opinião desta revista e nem de seus editores. PARA CONTATOS, por favor acesse os meios apresentados acima. Faça o DOWNLOAD das matérias apresentadas nesta revista através do site

4 ÍNDICE CAPA IBM FLEX SYSTEM MANAGER ENTREVISTA MARCOS PANICHI Levando o gerenciamento da infraestrutura ao próximo nível 14 A estratégia IBM para Big Data 5 CURTAS PARCEIROS AÇÃO INFORMÁTICA Unimed Porto Alegre troca x86 por Power 10 Confira as novidades do mercado e a coluna Nerdvana 7 AVNET Tortuga obtém desempenho 5 vezes maior com POWER7 12 PRODUTOS PRODUTOS GESTÃO Solução integrada de Big Data com IBM PowerLinux 17 Storix é a solução de backup e recovery com suporte a IBM PowerLinux 23 Reduza o licenciamento Oracle com a dupla Power e PureFlex 20 Otimize Workloads com Dynamic Platform Optimizer 24 O que as empresas de ponta esperam dos seus líderes? 25 SOLUÇÕES DE NEGÓCIOS Próximo passo para chips processadores mais rápidos Peixoto ganha produtividade com POWER SOLUÇÕES DE NEGÓCIOS Maranhão Atacado aposta em Power Para a BSBIOS, Power é o Usain Bolt dos servidores CPFL adquire Power para rodar projeto inovador OPINIÃO A arte do desapego 34 4 Power Channel Dezembro Janeiro Fevereiro 2013

5 DIVULGAÇÃO ENTREVISTA MARCOS PANICHI A ESTRATÉGIA IBM PARA BIG DATA Está cada vez mais presente nas discussões com CIOs e Gestores de TI, dos mais diversos segmentos, a preocupação em como tirar valor dos grandes volumes de dados que estão chegando às empresas diariamente. Como um dos legados do supercomputador Watson, a IBM recentemente lançou os servidores PowerLinux, dando grande enfâse ao seu suporte ao framework Hadoop e soluções para Big Data. O baixo custo dos servidores PowerLinux, aliado à performance e confiabilidade de um POWER, propicia a escalabilidade horizontal que aplicações Big Data moderna exigem. E rapidamente posicionou esta infraestrutura como ideal para análise de grandes volumes de dados. Como mostramos em edições anteriores, também na área de Information Management, a IBM trouxe produtos importantes para a análise de dados estruturados e não estruturados: o InfoSphere BigInsights (para análise de dados armazenados) e o InfoSphere Streams, para a análise de informações ainda em movimento na organização. Marcos Panichi, executivo responsável pela estratégia de Big Data na IBM Brasil, é o nosso convidado nesta edição para mostrar os diferenciais e o posicionamento desta linha de produtos. POWER CHANNEL: Qual a proposta das soluções InfoSphere para Big Data? Marcos Panichi: Trata-se de softwares destinados à análise e descoberta de tendências e sentimentos sobre grandes volumes de dados não estruturados, que, além do tamanho, podem ser considerados dinâmicos nas dimensões de velocidade e variedade (três Vs: Volume, Velocidade e Variedade) dentro do conceito de Big Data. Bons exemplos disso são os blogs, feeds de notícias, posts em redes sociais como Twitter ou Facebook, dados de sensores, textos de s, fotos, imagens, sons, etc. O BigInsights permite estender capacidades analíticas sobre este tipo de dados. No conceito de Big Data, tratase de uma solução que permite a análise contínua e extremamente rápida de grandes volumes de fluxo de dados para ajudar na análise de tendências e tomada de decisão. Melhorar insights de negócios, dai o nome BigInsights. O InfoSphere Streams, por sua vez, permite a ánalise contínua de grandes volumes de dados ainda em movimento na organização. Com tempo de resposta de submilissegundos, permite que os clientes armazenem menos informações e tomem decisões mais rápidas, ações fundamentais em negócios que dependem de variáveis que mudam constantemente, como prevenção à fraudes, por exemplo. PC: Qual a estratégia da IBM para essa tecnologia? Panichi: O conceito de Big Data tem potencial para alterar vários aspectos da forma que as empresas trabalham hoje. Qual empresa não gostaria de saber tudo sobre seus clientes, o que seria o Santo Graal da onda de implementação de sistemas CRM no passado? Pelas estatísticas de crescimento de volume e variedade de dados, temos hoje, em média, 80% dos dados classificados como não estruturados, seria lógico supor que 80% dos dados sobre clientes são desconhecidos pelas empresas. Apesar de várias organizações já terem tecnologia e dados para análise de tendências e tomadas de decisão, ainda faltava tecnologia para analisar grandes volumes de dados (Big Data), quando considerados os aspectos de volume, velocidade, variedade e ainda incluindo veracidade e valor destes dados. O que é possível concluir sobre seu mercado ou clientes através da análise de dados de mídias sociais? Algumas empresas de petróleo e gás estão buscando diagnósticos preditivos em plataformas de petróleo, através de análise em tempo real de dados de sensores e variações Dezembro Janeiro Fevereiro 2013 Power Channel 5

6 climáticas para buscar a antecipação e evitar acidentes ambientais. A estratégia da IBM para Big Data envolve um mix de produtos que inclui o InfoSphere BigInsights, dentro de uma solução integrada para análise de dados complexa sobre grandes volumes de informações. Porque o BigInsights viabiliza a análise de dados não estruturados ou semi-estruturados, a partir de múltiplas fontes. Mesmo que, muitas vezes, o conteúdo seja textual e estruturado é preciso uma ferramenta para descobrir significados ocultos no texto, através de análise semântica ou combinação de dados estruturados e não estruturados. Com isso podemos realizar análises de tendências que antes seriam desconhecidas. PC: Como Power está inserida nessa estratégia? Panichi: O InfoSphere BigInsights e o InfoSphere Streams, são produtos baseados na tecnologia Hadoop (que é um padrão que possui uma distribuição aberta (open software) "Apache Hadoop"), sobre a qual a IBM desenvolveu e implementou melhorias e novas capacidades. Desta forma, a estratégia da IBM para Big Data e para o uso do InfoSphere BigInsights e do Strems não se baseia em uma plataforma computacional específica, porque pode ser executada em qualquer plataforma Linux Ready. Segun-do o relatório February 2012 The Forrester Wave: Enterprise Hadoop Solutions, Q = IBM has the deepest Hadoop platform and application portfolio. Certos tipos de dados podem ser usados raramente, ser ca-racterístico de uma plataforma específica ou ainda necessitar de plataformas computacionais de baixo custo. Ao adotar esta tecnologia, a IBM permite a liberdade de escolha de execução da solução em uma ou várias plataformas de hardware. Por outro lado, como mostrou o supercomputador Watson, a tecnologia Power é excelente para as funções de Big Data pela sua performance, escala- A estratégia da IBM para Big Data envolve um mix de produtos que inclui o InfoSphere BigInsights, dentro de uma solução integrada para análise de dados complexa sobre grandes volumes de informações bilidade e confiabilidade. Em especial o PowerLinux, com su-porte ao Hadoop, traz todo o poder e características inovadoras desta arquitetura para a execução de diversos tipos de análises. PC: Existem ações específicas dessa solução InfoSphere BigInsights com a plataforma Power, quais? Panichi: Os servidores baseados em processadores POWER (devido às características de performance da plataforma como maior cache L3 integrado em edram, distribuidor dinâmico entre os diversos cores do processador e maior largura de banda de memória e de I/O) permitem o armazenamento e o manuseio de grandes Bancos de Dados. As aplicações Hadoop, no entanto, permitem que esta análise de Big Data parta de um ponto mais simples e pequeno (como um noteook) até uma infraestrutura de maior porte, mais rápida e confiável. Este crescimento horizontal, com servidores de baixo custo, pode ser feito com os servidores IBM Power Linux, que possuem todas as características de RAS e performance de um Power a preços de x86. Um exemplo disto foi o Watson, desenvolvido pelos laboratórios da IBM utilizando tecnologia Power sobre Hadoop e que demonstrou todo o poder de desempenho, escalabilidade horizontal e confiabilidade da plataforma para o insight de grandes volumes de dados. A Power Linux é um lançamento baseado no que aprendemos com o Watson na execução de uma carga típica da solução Big Data com Linux e Hadoop. PC: Quais os diferenciais dessa solução para ganhar market share no Brasil? Panichi: Big Data é a capacidade de executar análises e descobrir tendências e pode abrir um mundo de possibilidades. Além do exposto acima, considere que o mercado brasileiro apresenta dados ainda mais relevantes quando consideramos que, em média, brasileiros gastam 8 horas por mês em redes sociais, como Facebook e Twitter, e que uma em cada três páginas da Internet acessadas pelos brasileiros é uma rede social segundo a consultoria americana ComScore Media Metrix. A IBM é a única empresa de tecnologia a apresentar uma estratégia completa, desde infraestrutura como o PowerLinux até produtos e soluções, para pesquisar, entender e navegar sobre diversas possíveis fontes de dados e informações, gerenciar e armazenar grandes volumes de dados de forma rápida, se necessário. Além disso, estrutura e controla os dados criando um Data Warehousing completo, gerencia e pesquisa dados em movimento (streaming), analisa informações não estruturadas e, finalmente, gerencia e integra diversas informações através da capacidade de MDM ou Master Data Management. 6 Power Channel Dezembro Janeiro Fevereiro 2013

7 CURTAS INGRAM MICRO COMEMORA 15 ANOS NO BRASIL Em 1997, quando poucas empresas de TI enxergavam o potencial do Brasil, a Ingram Micro já se instalava no país por meio de uma aquisição local. Hoje, o país é a 6º economia do mundo e o mercado brasileiro de TI/Telecom está em 4º lugar no ranking mundial, segundo a IDC. Parte dessa história a Ingram Micro Brasil ajudou a escrever e esse é um dos assuntos que mobilizaram os cerca de 500 convidados que participaram, em outubro, de um evento promovido pela distribuidora. MOBILE COMMERCE SE EXPANDE Segundo pesquisa global realizada pelo Mobile Entertainment Forum (MEF), com 8,5 mil pessoas em nove países, a realização de negócios m-commerce, via dispositivos móveis, como celulares e smartphones, tem movimentado um volume representativo de vendas, onde DIVULGAÇÃO DOMINIQUE DEKLERCK, Presidente da Ingram Micro Brasil Anualmente realizamos um encontro com os fabricantes e revendedores. Este ano, aproveitamos também para festejar nossos 15 anos no Brasil, diz Dominique Deklerck, presidente da Ingram Micro Brasil. Segundo o executivo, hoje a distribuidora tem mais de 8 mil revendas ativas em todo o país e a subsidiária brasileira é a que mais cresce atualmente. Durante o evento, Deklerck fez um balanço de seus 2 anos à frente dos negócios no país. Quando assumi o comando da Ingram Micro, em novembro de 2010, tinha a missão de reorganizar a equipe em diversas áreas e estruturar a companhia de modo que pudesse atender melhor seus parceiros. Consegui, ao lado do meu time, atingir essa meta e agora comemoro os resultados bastante expressivos, conta. Para o futuro da companhia, o presidente espera um forte crescimento. Entre os nossos objetivos está ouvir nossos fabricantes e revendedores parceiros e identificar sempre o que precisa ser melhorado. Time e competência para isso, a Ingram Micro tem. aproximadamente 79% dos brasileiros já usaram celular em compras. Esse índice coloca o Brasil à frente da média (de 72%) de outros países participantes dessa pesquisa, que mede o uso de celular em algum momento do processo de compra, desde a busca por informações até a compra efetivamente. Dados da Nielsen Online reforçam isso ao mostrar que o webmóvel cresce oito vezes mais rápido do que a web baseada no desktop. Os motivos são: proximidade com o usuário, interação em qualquer lugar, internet, bluetooth, etc. Um bom exemplo de m-commerce é de uma fabricante de protetor solar que desenvolveu um aplicativo que questiona o usuário sobre sua localização, tipo de pele, idade e sexo. Ao receber esses dados, o sistema indica o tipo correto de protetor solar e a cada duas horas envia ao usuário um alerta informando a necessidade de reaplicar o filtro solar. FALTA COMUNICAÇÃO DENTRO DAS EMPRESAS A distância entre as expectativas de funcionários e líderes ainda é grande. Uma pesquisa da consultoria Michael Page revela que 52% dos profissionais não estão satisfeitos com seus gestores. Na outra ponta, 73% dos gestores entrevistados se sentem preparados e aptos a coordenar os times que possuem e acreditam que desempenham esse trabalho de maneira satisfatória. A pesquisa quis saber como os gestores se enxergam, ou seja, quais características são mais fortes em seus perfis e que os tornam aptos para a liderança. Itens como integridade (53%), visão estratégica (48%) e participação junto à equipe (47%) são os de maior destaque. Por outro lado, os funcionários esperam de seus superiores características e atitudes de motivação (70%), visão estratégica (54%) e participação junto à equipe (43%). Quando perguntados sobre o que deve ser feito, na prática, para equilibrar essa relação, 73% dos liderados e 60% dos líderes afirmam que é preciso aperfeiçoar o fluxo de comunicação entre as partes, com diálogo aberto e feedback. Para realizar esse levantamento, a Michael Page ouviu mais de 1500 profissionais de diversos setores e níveis hierárquicos no Brasil. Dezembro Janeiro Fevereiro 2013 Power Channel 7

8 CURTAS E OS TABLETS SEGUEM O MESMO RITMO O Gartner diz que 821 milhões de dispositivos inteligentes serão comprados no mundo este ano, sendo que as vendas desses equipamentos devem atingir 1,2 bilhão em 2013, chegando a triplicar o consumo de tablets no mercado corporativo até Mas com essa notícia surge também uma enorme preocupação no departamento de TI: como domar esse universo de dispositivos móveis nas empresas? Uma solução são os Mobile Devices Management (MDM). Os softwares MDM oferecem várias opções políticas para ajudar a TI proteger dispositivos móveis em múltiplas plataformas. Isso quer dizer, por exemplo, oferecer aos usuários facilidades de limpeza a distância, bloqueio remoto, políticas de uso de aplicações mediante autenticação por senhas, autenticação, firewall, antivírus, entre outros recursos. Além disso, serve para distribuir correções de software nos dispositivos móveis. O departamento de TI pode assumir total responsabilidade pela gestão dos dispositivos e restringir o que os usuários serão capazes de fazer com o seu equipamento móvel e ainda proibir a instalação de aplicações de terceiros sem autorização. MERCADO DE SOFTWARE E SERVIÇOS AINDA É TÍMIDO Há uma grande oportunidade para o crescimento do mercado brasileiro de software, segundo relatório da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad). Em 2011, foram gastos US$ 104 bilhões em tecnologias da informação e comunicação (TICs) no Brasil, o que repre- LÍDERES APOSTAM NO BIG DATA PARA A TOMADA DE DECISÕES 100% Um estudo encomendado à The Economist pela Capgemini revelou que 75% dos líderes empresariais apostam no Big Data na tomada de decisões. Os participantes afirmaram que a coleta e a análise desses dados servem de base para definir estratégias de negócios e apoiá-los no processo decisório cotidiano. O levantamento constatou também que mais da metade (54%) considera suspeita a tomada de decisão de gestão com base na intuição ou simples experiência. Para 42% dos participantes, dados não estruturados são difíceis de interpretar e retardam a tomada de decisão. E para 85% o crescente volume de informações não é o desafio principal, mas a capacidade de analisar e agir sobre grandes volumes de dados em tempo real. O estudo foi concluído em março e ouviu 43% de líderes do C-level, que reúne CEO, CIO e CFOs, entre mais de 600 executivos de empresas do mundo todo % 51% sentou 0,7% do Produto Interno Bruto, mas somente 12% do total foram destinados a software e serviços. Entretanto, outros países vizinhos, como Bolívia e Venezuela, superaram o mercado brasileiro nos gastos com software e serviços, com 14% dos investimentos em TICs. BIG DATA EM USO 42% +40% FONTE: The Economist (Capgemini) Concordaram que os dados referentes aos negócios acrescentam maior valor à organização Disseram ser desafiadora a escassez de analistas de dados talentosos para grandes volumes de dados Disseram que os dados não estruturados são muito difíceis de interpretar, incluindo áudio, vídeo, s e páginas web Concordaram que o uso dos dados de mídias sociais para a tomada de decisão é, cada vez mais, importante O país ainda vende pouco software e serviços ao exterior, ficando fora do ranking dos 20 maiores exportadores. Em 2009, as receitas brasileiras com exportações foram de apenas US$ 1,6 bilhão, um valor substancialmente menor se comparada aos US$ 33,8 bilhões da Índia e US$ 9,2 bilhões da China. 8 Power Channel Dezembro Janeiro Fevereiro 2013

9 CLONAGEM E RESTAURAÇÃO DE SISTEMAS ATRAVÉS DO IBM INSTALLATION TOOLKIT NERDVANA - O cantinho do técnico POR FÁBIO DASSAN DOS SANTOS * O IBM Installation Toolkit é uma ferramenta opcional que visa facilitar a instalação de sistemas operacionais Linux em máquinas Power. Atualmente é possível instalar e configurar distribuições voltadas ao mercado corporativo, tais como SuSe e Red Hat (obtidas separadamente), seguindo alguns passos simples através de uma interface totalmente web. Além disso, esta mesma ferramenta fornece algumas outras opções bastante úteis para o gerenciamento de sistemas baseados na plataforma Power, disponibilizando todos os softwares necessários para o completo aproveitamento de toda sua capacidade e permitindo usufruir plenamente de suas vantagens. Contido em um disco inicializável, o IBM Installation Toolkit permite sua utilização tanto de maneira local, para sistemas com restrições de acesso às redes, quanto através de servidores configurados para atender às necessidades dos processos de instalação. A grande vantagem de um ambiente configurado via rede é a disponibilidade para instalações simultâneas de várias máquinas, inclusive virtualizadas. Todas as informações necessárias para a utilização correta do Toolkit podem ser acessadas a qualquer momento na documentação que acompanha o disco. Além disso, várias outras ferramentas de produtividade estão acessíveis através dos repositórios de pacotes IBM, instalados via Toolkit. Há ainda a possibilidade de gerenciar o firmware das máquinas (atualizando conforme necessário), executar procedimentos de análise e diagnóstico de desempenho e migrar todo conjunto de softwares e configurações voltados a um determinado fim (como um servidor LAMP, por exemplo) em máquinas baseadas na plataforma x86 para a arquitetura Power. A última versão do IBM Installation Toolkit traz também uma funcionalidade bastante requisitada e muito útil para administradores: a capacidade de clonar e restaurar sistemas previamente instalados, contribuindo para estratégias de backup e redundância. Com poucos passos, o administrador pode copiar todo sistema para uma imagem de segurança e, sendo necessário, pode utilizá-la para restaurar a máquina original. CLONAGEM O principal requisito para o funcionamento adequado da ferramenta de clonagem e restauração é a presença de um servidor NFS configurado na rede. Nele serão armazenadas as imagens geradas a partir do processo de clonagem e, posteriormente, estarão disponíveis para o processo de restauração. A clonagem começa com a escolha de quais discos deverão ser copiados. Para um perfeito funcionamento após a restauração, aconselha-se a seleção de todos os disponíveis. Após esta etapa, o usuário fornece o endereço do servidor NFS e escolhe se utilizará algum algoritmo de compressão sobre os dados. Finalmente, uma tela exibe as escolhas realizadas e encaminha o usuário para a tela seguinte, onde poderá acompanhar o progresso do procedimento. RESTAURAÇÃO Uma vez que as imagens estão disponíveis no servidor, o processo de restauração também é bastante simples. O primeiro passo é se conectar no servidor para que sejam listadas todas as imagens disponíveis. Os arquivos estarão nomeados de acordo com algumas características da máquina original, como o nome do disco e o endereço IP do sistema original. Após selecionar quais imagens serão restauradas, o usuário realiza a associação entre elas e os discos disponíveis na máquina a ser restaurada. Novamente, uma tela exibe um resumo da operação, seguida de outra na qual o processo pode ser acompanhado em tempo real. (*) FÁBIO DASSAN DOS SANTOS Linux Software Engineer do Linux Technology Center na IBM Brazil Dezembro Janeiro Fevereiro 2013 Power Channel 9

10 DIVULGAÇÃO PARCEIROS Unimed Porto Alegre troca x86 por Power Objetivo da Cooperativa Médica era processar 1 milhão de transações por mês com maior processamento real e alta confiabilidade DA REDAÇÃO Atender 1500 usuários e processar uma média de 1 milhão de transações mensais, totalizando 90 TB em dois DataCenters é o desafio da área de Tecnologia da Informação da Unimed de Porto Alegre. Por isso, a Cooperativa Médica substituiu este ano o parque de servidores x86 pela arquitetura Power, da IBM, onde roda o "coração" da Unimed: o banco de dados Progress e Oracle RAC. A solução é composta por quatro servidores POWER7, sendo três máquinas principais, modelo DIVULGAÇÃO P750, que realizam o processamento do ambiente produtivo rodando o software ERP TOTVS e o BD Oracle. Um quarto servidor, P740, destinado para os ambientes não produtivos de Quality Assurance e Desenvolvimento. Avaliamos outras soluções x86 e também fizemos um estudo com o Exadata da Oracle. Mas queríamos a redundância, estabilidade e garantia que a arquitetura Power oferece, aliada à sua performance. Somado a isso, Power tem uma capacidade de processamento que Ação Informática foi o que mais nos chamou a atenção, explica Daniel Müller, Gerente de TI da Unimed Porto Alegre. Segundo o executivo, havia a preocupação com o crescimento horizontal da plataforma Oracle que, após um determinado número de nodes, tornaria o ambiente complexo para administrar. Buscávamos uma arquitetura com redundância completa e maior poder de processamento. Tínhamos também como meta reduzir o tempo das manobras de refresh, backup e restore do Banco de Dados Oracle. Conseguimos isso com a solução composta por Power e V7000, diz Antonio Pires, CIO da Unimed Porto Alegre. A Unimed possuía anteriormente um ambiente de servidores x86 com cinco nodes de Oracle RAC e, ao adotar Power, viu ganhos expressivos de segurança e disponibilidade, além de vantagem financeira com licenciamento de softwares. Ao iniciar o estudo de outras plataformas, que tinha como objetivo o aumento da disponibilidade da infraestrutura principalmente dos serviços baseados em Oracle RAC, a busca foi por uma arquitetura que os colocasse em patamares mais elevados. A escolha foi assertiva e temos a convicção de estarmos com a arquitetura que melhor atende às DANIEL MÜLLER, Gerente de TI da Unimed Porto Alegre DIVULGAÇÃO 10 Power Channel Dezembro Janeiro Fevereiro 2013

11 necessidades operacionais na Unimed Porto Alegre, a busca por excelência continua, mas com a garantia que não precisamos olhar para trás para rever soluções já implementadas, afirma Müller. Para Pires, o atendimento comercial da Mic&Mac, do integrador Infodive e da IBM foram diferenciais. Não compramos somente os equipamentos, fomos assessorados do início ao fim para comprarmos uma solução completa que nos atenderia com eficiência. A Infodive fez a instalação dos servidores Power com excelência e domínio total do assunto. A Mic&Mac solicitou nossa ajuda na implantação da solução, devido nossa expertise em equipamentos POWER e a Ação Informática foi responsável pela articulação junto à IBM na garantia de oferecer a melhor condição ao cliente. Trabalhamos com a Ação Informática desde o início das nossas atividades, como revenda IBM, e sempre contamos com o total apoio da equipe que sempre está pronta a nos ajudar, seja técnica ou comercialmente, afirma Adalberto Giaretta, diretor de TI da Infodive. ANTONIO PIRES, CIO da Unimed Porto Alegre DIVULGAÇÃO UNIMED PORTO ALEGRE DIVULGAÇÃO Fundada em 1971, a Unimed Porto Alegre é líder no mercado de assistência à saúde em Porto Alegre na capital, Região Metropolitana, Centro-Sul e Litoral Norte do Rio Grande do Sul, abrangendo 46 municípios do Estado. Possui mais de 630 mil beneficiários, conta com 6,2 mil médicos em 49 especialidades, com 39 áreas de atuação e 400 pontos de atendimento entre serviços credenciados e próprios. Este ano a Unimed Porto Alegre conquistou novamente os prêmios Top Ser Humano e Top Cidadania na categoria Empresa, da Associação Brasileira de Recursos Humanos, seccional Rio Grande do Sul (ABRH-RS). A Cooperativa Médica foi campeã com os cases: EAD na Unimed Porto Alegre qualificação com agilidade e qualidade e Cuide Agora em Ação a prevenção em saúde como prática de responsabilidade social. INFODIVE AÇÃO INFORMÁTICA Com profissionais atuando há mais de 20 anos no mercado de TI, a Infodive existe desde 2003 e sempre trabalhou com marcas de renome na área da tecnologia. Desde 2009 atua como provedora de Soluções especializada em infraestrutura de TI, realizando projetos, consultoria e serviços profissionais em conjunto com a IBM. O carro chefe é o atendimento na linha Power e Storage. A empresa conta com equipe altamente capacitada e qualificada para fornecer aos clientes as mais criativas, transparentes e eficazes soluções em TI. Ainda como princípio, a Infodive tem na transparência, a base para todos os seus relacionamentos. Por meio da sinergia com seus colaboradores e parceiros, procura identificar a real necessidade de cada um de seus clientes, oferecendo assim as melhores soluções. Um dos principais distribuidores de valor agregado da América Latina, foi premiada pela IBM Brasil como "Melhor Distribuidor IBM 2010 no Brasil" e "Melhor Distribuidor de Power Systems em 2010 no Brasil". A premiação aconteceu durante o evento anual da IBM, All Hands Meeting CONHEÇA MAIS: Tel. (11) Dezembro Janeiro Fevereiro 2013 Power Channel 11

12 PARCEIROS Avnet Tortuga obtém desempenho cinco vezes maior com POWER7 A empresa viu processos que duravam horas serem realizados em apenas alguns minutos, com a adoção do POWER7 e Storwise V7000 DA REDAÇÃO Ao adotar a tecnologia Power, a Tortuga Companhia Zootécnica Agrária (empresa especializada em nutrição e saúde animal) passou a emitir seus relatórios, que levavam horas para serem gerados, em apenas alguns minutos e reduzir substancialmente o tempo exigido para o processo de emissão de Notas Fiscais. Esse novo ambiente tecnológico trouxe agilidade em todo o processo fiscal, resultando em ganho de produtividade, porque agora os colaboradores dispõem de um tempo maior para programar e efetuar os processos de logística. A Tortuga emite mensalmente entre 18 a 20 mil notas fiscais, sendo que o pico ocorre na última semana do mês. Antes da implementação da arquitetura Power, a média de tempo de faturamento (com todas as etapas de validações) era de cinco minutos. Após o projeto, esse tempo caiu para um minuto. Segundo Valdemir Raymundo, Gerente de TI da Tortuga, a empresa buscava uma tecnologia que lhe permitisse manter o ERP Datasul/TOTVs com Banco de Dados Progress, tendo também como foco o aumento da demanda por performance que o crescimento das operações estava para gerar. Além disso, o sistema de armazenamento era composto por equipamentos antigos e precisava de expansão de discos. Os primeiros testes da máquina Power em nosso ambiente apresentaram resultados surpreendentes: os relatórios, que levavam horas para serem gerados, passaram a levar apenas minutos para serem concluídos ressalta Raymundo. Já o novo sistema de armazenamento Storwise V7000 trouxe a possibilidade de virtualização do Storage antigo de outro fabricante, o que garantiu a preservação do investimento realizado no passado. A solução, implementada pela InterCompany, contemplou a aquisição de um servidor Power 740 com 12 Cores e Sistema Operacional AIX, um DR Site de Disaster Recovery com Power Cores e Sistema Operacional AIX e um storage IBM 12 Power Channel Dezembro Janeiro Fevereiro 2013

13 DIVULGAÇÃO Storwize V7000 com 12TB de disco. A parceria Tortuga, IBM e InterCompany foi a chave para o sucesso do projeto. Em todos os momentos a InterCompany nos apoiou de maneira proativa e elevado conhecimento da solução que nos foi ofertada, enfatiza o Coordenador de Infraestrutura de TI da Tortuga, Marcelo Rissoni. O executivo explica que a estratégia de implementação foi iniciar pelo escritório administrativo, localizado na Capital Paulista, e em seguida nas unidades industriais de Mairinque (Interior de São Paulo), São Vicente (Litoral de São Paulo) e Pecém, no Ceará. Depois foi a vez das Centrais de Distribuição localizadas nas cidades de Campo Grande, Chapecó, Cuiabá, Goiânia, Marabá, Maringá e Vilhena. Hoje a plataforma Power atende 700 usuários e 500 representantes da companhia, com todos os sites interconectados via rede MPLS. A participação e apoio da Avnet neste projeto, implementado em apenas dois meses, foram fundamentais para o resultado acima do esperado pelo cliente. Principalmente na disponibilização da Power720, rodando AIX, utilizada na prova de conceito dentro do ambiente do cliente, explica Ricardo Solda, responsável pelo projeto na InterCompany. VALDEMIR RAYMUNDO, Gerente de TI da Tortuga TORTUGA INTERCOMPANY Unidade Mairinque, SP Com 58 anos de existência, a Tortuga é uma empresa pioneira em nutrição e saúde animal e é a maior indústria de suplementos minerais para animais do país e uma das maiores do mundo. Com cerca de colaboradores diretos, a empresa está entre as melhores para se trabalhar, segundo o Great Place To Work Institute, e comercializa seus produtos no Brasil e em mais nove países espalhados pela América Latina. Entre as empresa das Américas, se destaca por ter a certificação Global G.A.P. (Global Good Agriculture Practice), garantindo aos seus clientes produtos com qualidade e segurança que atendem às rígidas exigências do mercado internacional. Além das três Unidades Industriais de Nutrição Animal, a companhia possui também um Laboratório de Saúde Animal, localizado em Santo Amaro, na Capital Paulista. O Grupo InterCompany, há mais de 12 anos, oferece soluções completas em Infraestrutura de TI para empresas de diversos portes em todo o Brasil, tornando-se um dos principais integradores do mercado de tecnologia. Especialização técnica, excelência em serviços e transparência são os pilares que sustentam o crescimento e consolidação do Grupo InterCompany no mercado de TI, reforçando o compromisso com a continuidade e desenvolvimento dos negócios de seus clientes e parceiros de negócios. O Grupo InterCompany é IBM Premier Business Partner há dez anos, reconhecimento dado apenas a um grupo especial de empresas que, ao longo dos anos, mostra continua evolução e comprometimento com seus clientes. Para mais informações, visite: AVNET DIVULGAÇÃO Como um distribuidor global de soluções de TI, Avnet Technology Solutions colabora com seus clientes e fornecedores para criar e entregar serviços, soluções de software e hardware que atendam às necessidades do negócio de seus clientes localmente e em todo o mundo. No ano fiscal de 2011, o grupo Avnet atendeu clientes e fornecedores em mais de 70 países e gerou USD 11,5 bilhões em receita anual. Avnet Technology Solutions é um grupo operacional da Avnet, Inc. Visite Dezembro Janeiro Fevereiro 2013 Power Channel 13

14 CAPA IBM Flex System Manager DA Levando o gerenciamento da infraestrutura a um próximo nível REDAÇÃO Servidores Storage Tools Flex System Manager Built-in Expertise Networking Business IT Integration by Design Expert Integrated Systems Virtualização Aplicações Gerenciamento Na edição 17 da Power Channel falamos sobre uma nova topologia de infraestrutura: o IBM PureSystem, uma família de servidores com inteligência integrada. Um sistema IBM PureFlex combina computação, armazenamento, arquitetura de rede, software operacional, gestão e segurança totalmente integrados em um único sistema de infraestrutura que é desenhado para detectar e antecipar as necessidades de recursos para otimizar uma infraestrutura. Agora vamos conhecer um pouco mais os detalhes do módulo de gerenciamento de um Pure System, denominado IBM Flex System Manager ou FSM. Recentemente o estudo IBM Market Intelligence Time to Value Study, National Analysts, de nov/2011, apontou que mais de 70% do orçamento de TI são gastos com manutenção e gerenciamento da infraestrutura existente. Os administradores de sistemas enfrentam em seu dia a dia o desafio de manter, gerenciar, tentar planejar e documentar a infraestrutura implementada, identificar as necessidades de aumento da capacidade, obter o máximo de ativos existentes e, ainda por cima, fazer malabarismos para encontrar maneiras de economizar dinheiro. Na esteira da redução de 14 Power Channel Dezembro Janeiro Fevereiro 2013

15 custos, mais e mais clientes estão virtualizando sua infraestrutura e estes mesmos administradores enfrentam a árdua tarefa de monitorar uma infraestrutura física e virtual, muitas vezes fazendo uso de ferramentas que não estão integradas e oferecem uma automação limitada. O nirvana de uma infraestrutura composta por uma real computação autonômica pode estar perto. E nada mais natural que isto venha através da expertise da IBM, uma empresa que nos últimos 100 anos tem sido parte ativa da TI de empresas em todo o mundo. Os sistemas PureSystems, além de poder integrar todo o hardware de uma infraestrutura completa de TI de forma modular e flexível, traz como realidade um gerenciamento integrado através do módulo Flex System Manager (FSM). Embora o conceito da arquitetura PureSystems carregue uma série de recursos inerentes que resultam em maior eficiência, o FSM é o melhor exemplo da ênfase que a IBM está colocando em um sistema simplificado de gestão, afinal, é um módulo totalmente dedicado à esta tarefa. IBM Flex System Manager é projetado para ajudar a tirar o máximo rendimento do PureFlex System, automatizando tarefas repetitivas. Com o Flex System Manager é possível reduzir significativamente o número de interfaces, navegação, clicks nas tarefas de gerenciamentos dos recursos de infraestrutura. O gerenciamento simplificado baseado em wizards e a expertise IBM built-in, permite o monitoramento consolidado de todos os recursos físicos e virtuais (servidores, storage e networking) e a automação de tarefas repetitivas, permitindo que TI se concentre na inovação dos negócios. COMPLETO E INTEGRADO GERENCIAMENTO O FSM é bastante flexível quanto à aquisição de suas funcionalidades. É possível, por exemplo, a aquisição inicial com as funcionalidades básicas e, posteriormente, adquirir as funcionalidades avançadas de gerenciamento de virtualização. Isto não requer novas instalações de software, apenas a ativação das licenças usando o IBM FoD (Feature on Demand). No site do IBM FoD (www. ibm.com/systems/x/fod/) é possível solicitar as chaves de ativação, visualizar o histórico com as chaves já adquiridas, substituir as chaves de ativação, obter uma chave temporária, etc. Exemplos de telas com opções de monitoramento do FSM: visualização de Chassis com indicador de falhas e topologia de servidores físicos e virtuais Dezembro Janeiro Fevereiro 2013 Power Channel 15

16 CAPA Em uma visão macro, o FSM tem as seguintes capacidades de gerenciamento: Gerenciamento de servidores: Monitora a saúde do hardware em geral, permitindo ações proativas. Detecta e recupera potenciais problemas, através de eventos que acionaam triggers de alerta e ações. Pode monitorar até quatro Chassis PureFlex e cerca de 5 mil elementos, sejam nós de servidores Power ou x86; Gerenciamento de storage: provisionamento de storage para criar, implementar e clonar imagens. Permite visualização de recursos alocados entre storage e servidores; Gerenciamento de network: Topologia gráfica dos recursos de rede e conectividade ponta a ponta; Gerenciamento fabric: Monitora a saúde dos nós computacionais e permite sua rápida e simples implementação, configuração e recuperação. Simplifica e gerencia a atribuição de endereços Ethernet MAC e Fibre Channel WWN; Gerenciamento de energia: Monitoramento em tempo real do consumo de energia e temperatura em servidores, storage, chassis, network. Permite setar parâmetros para um consumo racional de energia e redução de custos; Gerenciamento de virtualização: cria, edita, gerencia e realoca máquinas virtuais. permite a visualização da relação de recursos físicos x virtuais e opera para nós computacionais Power e x86; Gerenciamento de segurança: Fornecer capacilities administrativas, tais como a criação de grupos de usuários dentro de um perfil definido, a atribuição de nível de segurança de políticas de governança e segurança. O acesso às funções do FSM pode ser feito via linha de comando CLI, interface web e também via dispositivos móveis como Blackberry, ios e Android. Consulte mais informações sobre as funcionalidades disponíveis em: www03.ibm.com/systems/flex/fsm/mobile/ index.html CONCLUSÃO A topologia PureSystem é um avanço significativo na arquitetura de um ambiente de TI. Apresenta a flexibilidade de uma arquitetura Blade, porém, sem o penalti da limitação de configuração de servidores individuais que esta possui. Pode ser adquirido como um appliance completo que inclui Chassis, servidores Power ou x86, storage e network, mas apresenta a flexibilidade de aquisição de uma arquitetura building blocks, permitindo adquirir e crescer conforme a necessidade. O provisionamento e o gerenciamento centralizado e completo trazem todos os benefícios de uma arquitetura cloud. É, portanto, uma tendência forte para uma infraestrutura moderna, poderosa, flexível e, acima de tudo, simples de gerenciar e manter, o que sem dúvidas ataca o ponto de maior custo e ineficiência das arquiteturas distribuídas atuais. 16 Power Channel Dezembro Janeiro Fevereiro 2013

17 PRODUTOS Solução integrada de Big Data com IBM PowerLinux Entenda o que a IBM oferece para a infraestrutura de aplicações baseadas no framework Hadoop POR RICARDO MARIN MATINATA De onde os dados estão vindo? Como beneficiam seus negócios? Estas são perguntas comuns que permeiam o cenário em que vivemos atualmente, no qual 90% das informações armazenadas, até hoje, foram geradas apenas nos últimos dois anos. Todos os tipos de informações, sendo produzidas em larga escala e velocidade: Aproximadamente 12TB, produzidas somente através do Tweeter, todos os dias; mais de 1TB de dados financeiros, diariamente, capturados somente pela bolsa de Nova York; quase tantos aparelhos de telefonia celular, quanto habitantes na terra; mais de 30 milhões de sensores conectados à Internet. Todas estas informações, pertinentes à tomada de decisão de seu negócio, são complexas de extrair em tempo hábil para que continuem relevantes. Isso é Big Data! Em outras palavras, a "disciplina" do Big Data está centrada Dezembro Janeiro Fevereiro 2013 Power Channel 17

18 PRODUTOS em extrair informações críticas e relevantes, dentro de grandes volumes de dados não estruturados e variados, com a velocidade e confiança (precisão) requeridas por uma categoria de problemas, digamos de sua empresa, por exemplo. Estamos falando em extrair informações de grandes quantidades de conteúdo da Internet (em qualquer formato - página, tweet, blog, forum...) e analisar quanto desses dados estão relacionados ao negócio. Ou mesmo analisar todas as informações de tráfego de voz e dados, de uma operadora, e ser capaz de prever falhas ou problemas de qualidade, antes mesmo que aconteçam. Para atingir tais objetivos, a disciplina de Big Data acaba impondo novos requisítos tecnológicos, principalmente acerca da infraestrutura de TI. A tecnologia que está atrás de Big Data, além de impor grande disponibilidade de armazenamento, emprega técnicas de paralelização e distribuição das tarefas por múltiplas máquinas, levando a função próxima de onde o dado está armazenado. A IBM traz, através de sua grande expertise no assunto como os avanços obtidos com o supercomputador Watson, uma formidável combinação de Big Data, hardware IBM Power Systems e sistema operacional Linux. Ou seja, pela sua grande experiência em software livre e Linux, aplicou este conhecimento da criação de soluções integradas que precisamente endereçam os desafios impostos pelos problemas de Big Data, na infraestrutura tecnológica de seu negócio. Recentemente, a fabricante anunciou sua linha de soluções integradas baseadas em servidores IBM PowerLinux, incluindo em seu portfólio o ambiente ideal para hospedar aplicações de Big Data, seja qual for o tamanho. Começando pelo poderoso processador Power7 (desenhado para a massiva paralelização das tarefas com quatro threads por core e com sua grande largura de banda de memória e I/O), chegando até a pilha de software profundamente otimizada para a tarefa, desde o sistema operacional Linux, a máquina JAVA (JVM) até a camada de aplicação. Isso tudo, aliado às já conhecidas características de confiabilidade e disponibilidade, naturais à toda linha de servidores IBM Power Systems. Já em relação à camada de aplicação, a IBM coloca à disposição diferentes opções de software para Big Data, dependendo do tamanho do problema a ser resolvido, bem como do perfil da empresa: Apache Hadoop Open Source, que é a tecnologia chave para o processamento distribuído de grandes quantidades de dados; IBM Infosphere BigInsights, desenvolvida sobre o Apache Hadoop, introduzindo funcionalidades mais sofisticadas de análise, automação e gerência de worklfow e segurança das aplicações Big Data; IBM Infosphere Streams, para a análise de dados em movimento. Reforçando o aspecto de solução integrada, a fornecedora desenhou a oferta pensando no sucesso dos negócios. Por entender o impacto que a tecnologia causa nestes ambientes, principalmente pela simplicidade com que a solução escala é tão simples quanto adicionar uma nova máquina, a IBM coloca no mercado todo este cojunto de expertise integrada a um preço bastante acessível. Mais informações podem ser obtidas em: BIG DATA - VANTAGENS EM ADOTAR O FRAMEWORK HADOOP Uma das grandes vantagens em adotar o framework Hadoop para Big Data é o alto poder de escalabilidade via pequenos servidores que a arquitetura com Banco de Dados distribuído oferece, em contrapartida aos appliances de alto custo e baixa flexibilidade. PowerLinux para Hadoop Nó de Gerenciamento Nó de Dados 18 Power Channel Dezembro Janeiro Fevereiro 2013

19 Baseado no conhecimento desenvolvido com o supercomputador Watson que disputou o programa Jeopardy! (veja edição 11 da revista Power Channel), baseados em nodes de servidores PowerLinux e software baseado no framework Hadoop, a IBM trouxe comercialmente os servidores PowerLinux visando atender às necessidades de Big Data. Com uma arquitetura baseada nos poderosos processadores POWER7, com até 64 threads simultâneos em um servidor com 16-cores, maior cache L3 (baseado em tecnologia edram), maior largura de banda de memória e I/O, do que servidores x86. Tudo isso com a resiliência propiciada por uma arquitetura RISC orientada a RAS (veja edição 15 da revista Power Channel). Assim, a PowerLinux traz todo o poder da plataforma para trabalhar grandes volumes de dados, com preços similares à arquitetura x86 de última geração. Como suporte à arquitetura de escalabilidade horizontal do Hadoop, a fabricante oferece os seguintes módulos para a infraestrutura de um ambiente Big Data: MANAGEMENT NODE: Um servidor para o gerenciamento do cluster Hadoop, PowerLinux 7R2 com 16-cores, 4 threads simultâneos por core, POWER7 3.55GHz; FOTOS: DIVULGAÇÃO DATA NODE: Servidores PowerLinux, 16-cores, 4 threads simultâneos por core, 3.55GHz, com suporte a até seis discos internos SAS ou SSD e 256GB de memória RAM. Escala de um a n servidores à medida que o ambiente requer maior capacidade de processamento de dados. Com apenas 2Us é possivel montar até 20 Data Nodes em um rack 42Us padrão; DATA NODE STORAGE: Para uma alternativa a discos externos, trata-se de expansão dedicada ao ambiente Big Data para para até 24 discos com suporte à controladadoras com thoughput de 3GB/s (SAS-1) e 6Gb/s (SAS-2). Isso permite uma grande expansão de armazenamento, com montagem em rack, ocupando apenas 2Us, de forma simples e de baixo custo. Permite agrupamento em Arrays de 24, 12 ou seis discos; CONEXÕES ENTRE NODES: Suporte a switches 1Gbe (G8052), 10 Gbe (G8264) ou Infiniband. Boa parte das empresas que iniciam o trabalho com soluções de Big Data, buscam soluções Open Source como o Hadoop, que permitem crescer gradativamente, iniciando em um departamento e partindo progressivamente para ambientes maiores de dados. Desta forma, um appliance que traz custo inicial alto e é inflexível em relação ao crescimento gradual, não será a solução adequada. A PowerLinux traz todo a performance dos processadores Power com alto poder de processamento paralelo (graças ao suporte a até quatro threads simultâneos) e o throughput de uma arquitetura utilizada para grandes volumes de dados nos maiores clientes do Brasil e do mundo, mas com a agrádavel surpresa de preços similares a x86 de última geração. RICARDO MARIN MATINATA Arquiteto de Software Linux no IBM Linux Technology Center Brasil Dezembro Janeiro Fevereiro 2013 Power Channel 19

20 PRODUTOS Reduza o licenciamento Oracle com a dupla Power e PureFlex Quando o budget de um projeto fica mais restrito, muitos clientes sentem-se inclinados a migrar suas workloads para plataformas com menor custo de aquisição, como, por exemplo x86. A percepção inicial de economia, no entanto, foca apenas em uma pequena parcela do projeto total, porque na maioria dos projetos de TI um componente forte no custo é o licenciamento de software POR ALEXANDRE BICAS CALDEIRA Ferramentas de virtualização chegam a custar tanto quanto o hardware propriamente dito, enquanto que bancos de dados podem facilmente superar o dobro do valor do hardware. Em se tratando de licenciamento, não somente os custos de aquisição são um impacto considerável no orçamento dos projetos de TI, mas sua manutenção também. Conhecer sobre as formas de licenciamento de softwares de terceiros é uma parte importante no desenho de uma solução. Vamos tomar como exemplo o licenciamento do banco de dados Oracle. Dentre as diversas versões do BD, duas em especial são as mais usadas: Enterprise e Standard. A Enterprise é a mais comumente oferecida aos clientes. Em geral, seu licenciamento baseia-se no número de cores de um servidor, multiplicado por um fator que varia de acordo com a tecnologia de processamento. Esta versão permite a adição de módulos complementares como o RAC (Real Application Clusters, que permite escalabilidade horizontal), Advanced Compression e Partitioning. Com as tecnologias atuais de processadores com alta contagem de cores, os custos desse tipo de licencia- mento tornam-se muito elevados. Por exemplo, um cluster ativo-ativo, composto por dois servidores x86 com dois processadores 10-cores (total de 20-cores), fornecendo um total estimado de SAPs de performance. Vamos incluir nesse custo de hardware licenças de virtualização e bancos de dados Oracle Enterprise com RAC (os valores usados no exemplo são baseados em listas de preços públicas em dólares americanos, devendo ser validados com os respectivos fornecedores para aquisições locais). ORACLE Virtualização RAC ORACLE Virtualização Servidor x86 2 processadores 10-cores (20-cores) SAPs Servidor x86 2 processadores 10-cores (20-cores) SAPs Item Quantidade Custo Unitário* Custo Total* % Custo Servidor x86 com 2 processadores 10-cores 2 R$ ,00 R$ ,00 5% VMware Enterprise Plus 4 R$ ,00 R$ ,00 3% Oracle Database Enterprise Ed. (20 cores x 0,5 core factor) 10 R$ ,00 R$ ,00 62% Oracle RAC (20 cores x 0,5 core factor) 10 R$ ,00 R$ ,00 30% R$ ,00 100% (*) FONTE: Oracle Technology Global Price List - e VMware Enterprise Plus Power Channel Dezembro Janeiro Fevereiro 2013

Sistemas IBM Flex & PureFlex

Sistemas IBM Flex & PureFlex Eduardo (Edu) Pacini Líder Plataforma PureFlex Brasil IBM Systems & Technology Group Sistemas IBM Flex & PureFlex A Tecnologia está liderando as mudanças que impactam os negócios 1 Fatores de impacto:

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

NUVEM NO DNA COM A. pág. 8 NASCIDO PARA NUVEM. FUTURO Sistema operacional vai além da virtualização convencional dos recursos dos servidores

NUVEM NO DNA COM A. pág. 8 NASCIDO PARA NUVEM. FUTURO Sistema operacional vai além da virtualização convencional dos recursos dos servidores NASCIDO PARA NUVEM. INFORME PUBLICITÁRIO Windows Server 2012 março de 2013 COM A NUVEM NO DNA WINDOWS SERVER 2012 É A RESPOSTA DA MICROSOFT PARA O NOVO CENÁRIO DOS DATACENTERS pág. 4 FUTURO Sistema operacional

Leia mais

Copyright 2012 EMC Corporation. Todos os direitos reservados.

Copyright 2012 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. 1 A INFRAESTRUTURA DO FUTURO, HOJE Integrando Greenplum DCA e SAS para permitir estudos analíticos em big data Rafael Aielo Technology Consultant 2 O que é Greenplum? Adquirida pela EMC em julho de 2010

Leia mais

Guia de vendas Windows Server 2012 R2

Guia de vendas Windows Server 2012 R2 Guia de vendas Windows Server 2012 R2 Por que Windows Server 2012 R2? O que é um servidor? Mais do que um computador que gerencia programas ou sistemas de uma empresa, o papel de um servidor é fazer com

Leia mais

ARQUITETURA TRADICIONAL

ARQUITETURA TRADICIONAL INTRODUÇÃO Atualmente no universo corporativo, a necessidade constante de gestores de tomar decisões cruciais para os bons negócios das empresas, faz da informação seu bem mais precioso. Nos dias de hoje,

Leia mais

Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes.

Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes. Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes Abril de 2014 Conteúdo Resumo Executivo 3 Introdução 3 IBM recebe alta pontuação

Leia mais

Cloud. Tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não teve paciência para explicar. {/} CLOUD SOLUTIONS

Cloud. Tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não teve paciência para explicar. {/} CLOUD SOLUTIONS Cloud Tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não teve paciência para explicar. {/} CLOUD SOLUTIONS Cloud Computing: O que é. O que faz. As vantagens. E tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não

Leia mais

Construa seu ambiente escalável de armazenamento sobre uma base dinâmica da família IBM Storwize

Construa seu ambiente escalável de armazenamento sobre uma base dinâmica da família IBM Storwize IBM Systems and Technology Junho de 2013 Construa seu ambiente escalável de armazenamento sobre uma base dinâmica da família IBM Storwize A família IBM Storwize auxilia na entrega do que você precisa de

Leia mais

Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização

Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização Virtualização Microsoft: Da Estação de Trabalho ao Data Center Estudo de Caso de Solução de Cliente Fabricante Reduz os Custos, Melhora o Serviço e Dinamiza o Gerenciamento com a Virtualização Visão Geral

Leia mais

Melhorando o desempenho do data center por meio da virtualização de bancos de dados SQL Server

Melhorando o desempenho do data center por meio da virtualização de bancos de dados SQL Server Melhorando o desempenho do data center por meio da virtualização de bancos de dados SQL Server Conteúdo Resumo.........................................................1 O papel do SQL Server em pequenas

Leia mais

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD Armazenamento modular A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD A escolha acessível A família Dell PowerVault MD é uma escolha de armazenamento acessível

Leia mais

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT A importância da inovação em fornecedores de sistemas, serviços e soluções para criar ofertas holísticas Julho de 2014 Adaptado de Suporte a ambientes de datacenter: aplicando

Leia mais

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual?

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? RESUMO DO PARCEIRO: CA VIRTUAL FOUNDATION SUITE Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? O CA Virtual Foundation Suite permite

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível Crise? Como sua empresa lida com os desafios? Essa é a questão que está no ar em função das mudanças no cenário econômico mundial. A resposta a essa pergunta pode determinar quais serão as companhias mais

Leia mais

Tendências na adoção de Big Data & Analytics: Inovação em tempo real para empresas que precisam de transformação

Tendências na adoção de Big Data & Analytics: Inovação em tempo real para empresas que precisam de transformação Tendências na adoção de Big Data & Analytics: Inovação em tempo real para empresas que precisam de transformação Luciano Ramos Coordenador de Pesquisas de Software IDC Brasil A América Latina enfrenta

Leia mais

Relatório de Pesquisa

Relatório de Pesquisa Relatório de Pesquisa A Vantagem da Virtualização de Mainframe: Como Economizar Milhões de Dólares Utilizando um IBM System z como um Servidor em Nuvem Linux Sumário Executivo Os executivos de TI (Tecnologia

Leia mais

Agregando valor com Business Service Innovation

Agregando valor com Business Service Innovation Agregando valor com Business Service Innovation A TI é enorme. Existem tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos

Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos Resumo da solução Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos Você deseja uma solução de computação unificada para a sua empresa de médio ou pequeno porte ou para o padrão avançado do seu

Leia mais

Inteligência de Dados

Inteligência de Dados Inteligência de Dados Apoio Master Transformando Dados em Vantagem Competitiva Leonardo Couto Sócio e Diretor Comercial leo.couto@wiseminer.com +55 21 9 7295 1422 Big Data Bang e os desafios da gestão

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

Construindo a ponte para a Terceira Plataforma com a composable infrastructure da HPE

Construindo a ponte para a Terceira Plataforma com a composable infrastructure da HPE BOLETIM INFORMATIVO Construindo a ponte para a Terceira Plataforma com a composable infrastructure da HPE Oferecido por: Hewlett Packard Enterprise (HPE) Jed Scaramella Novembro de 2015 OPINIÃO DA IDC

Leia mais

O Processo de Migração do Datacenter NET Novembro, 2014

O Processo de Migração do Datacenter NET Novembro, 2014 I D C C A S E S T U D Y O Processo de Migração do Datacenter NET Novembro, 2014 Renato Rosa, Brazil Research and Consulting Senior Analyst, IDC Brazil Patrocinado por HP Este estudo da IDC apresenta o

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

O Valor do Licenciamento do SQL Server 2012 Versus Oracle Database

O Valor do Licenciamento do SQL Server 2012 Versus Oracle Database White Paper Publicado em: Janeiro de 2012 Aplica-se ao: SQL Server 2012 O Valor do Licenciamento do SQL Server 2012 Versus Oracle Database Resumo: As mudanças no produto e no licenciamento da Microsoft

Leia mais

CASO DE SUCESSO MICROWARE

CASO DE SUCESSO MICROWARE CASO DE SUCESSO MICROWARE CLIENTE: Ortobom SEGMENTO: Indústria MAIOR INTEGRAÇÃO E FLUXO DE DADOS GARANTE RESULTADOS ÁREA DE ATUAÇÃO: Datacenter DEMANDA: A empresa buscava maior comunicação e integração

Leia mais

Sistema IBM PureApplication

Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistemas de plataforma de aplicativos com conhecimento integrado 2 Sistema IBM PureApplication A TI está vindo para o centro estratégico dos negócios

Leia mais

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios fornecendo valor com inovações de serviços de negócios A TI é grande. Tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

BIG DATA Armazenamento e Gerenciamento de grandes volumes de dados

BIG DATA Armazenamento e Gerenciamento de grandes volumes de dados BIG DATA Armazenamento e Gerenciamento de grandes volumes de dados Carlos Marques Business Development Manager, Data Connectivity and Integration Latin America & Caribbean Market (CALA) O que veremos hoje?

Leia mais

Convergência TIC e Projetos TIC

Convergência TIC e Projetos TIC TLCne-051027-P1 Convergência TIC e Projetos TIC 1 Introdução Você responde essas perguntas com facilidade? Quais os Projetos TIC mais frequentes? Qual a importância de BI para a venda de soluções TIC (TI

Leia mais

KASPERSKY SECURITY FOR BUSINESS

KASPERSKY SECURITY FOR BUSINESS KASPERSKY SECURITY FOR BUSINESS Programa de Licenciamento RENOVAÇÕES E UPGRADES: Um Guia de Migração APRESENTAMOS O PROGRAMA DE LICENCIAMENTO DO SOFTWARE KASPERSKY SECURITY FOR BUSINESS. A mais recente

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS COMPUTAÇÃO EM NUVEM: TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS TM RELATÓRIO EXECUTIVO DE NEGÓCIOS A visão da computação em nuvem por Aad van Schetsen, vicepresidente da Compuware Uniface, que mostra por que

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Qual servidor é o mais adequado para você?

Qual servidor é o mais adequado para você? Qual servidor é o mais adequado para você? Proteção de dados Tenho medo de perder dados se e o meu computador travar Preciso proteger dados confidenciais Preciso de acesso restrito a dados Acesso a dados

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM GRID COM BANCO DE DADOS ORACLE 10g

COMPUTAÇÃO EM GRID COM BANCO DE DADOS ORACLE 10g COMPUTAÇÃO EM GRID COM BANCO DE DADOS ORACLE 10g Daniel Murara Barcia Especialista em Sistemas de Informação Universidade Federal do Rio Grande do Sul daniel@guaiba.ulbra.tche.br Resumo. Esse artigo aborda

Leia mais

A Cisco no seu data center. A infraestrutura ideal para os ambientes e aplicativos da Microsoft

A Cisco no seu data center. A infraestrutura ideal para os ambientes e aplicativos da Microsoft A Cisco no seu data center A infraestrutura ideal para os ambientes e aplicativos da Microsoft Simplifique a TI... Modernize sua empresa DATA CENTER Desafios Eficiência da equipe de TI Interrupção não

Leia mais

Utilizando clusters em aplicações de bancos de dados para reduzir os custos de TI Introdução Arquitetura tradicional vs. Arquitetura em grade

Utilizando clusters em aplicações de bancos de dados para reduzir os custos de TI Introdução Arquitetura tradicional vs. Arquitetura em grade Janeiro de 2010 Utilizando clusters em aplicações de bancos de dados para reduzir os custos de TI Reorganizando para obter eficiência, desempenho e alta disponibilidade Introdução O clustering é a nova

Leia mais

Veritas Storage Foundation da Symantec

Veritas Storage Foundation da Symantec Veritas Storage Foundation da Symantec Gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line O Veritas Storage Foundation oferece uma solução completa para o gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line.

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Symantec Endpoint Protection 12.1 Segurança inigualável. Performance superior. Projetado para ambientes virtuais.

Symantec Endpoint Protection 12.1 Segurança inigualável. Performance superior. Projetado para ambientes virtuais. Segurança inigualável. Performance superior. Projetado para ambientes virtuais. Visão Geral Com o poder do Symantec Insight, o Symantec Endpoint Protection é a segurança rápida e poderosa para endpoints.

Leia mais

Usando a nuvem para melhorar a resiliência dos negócios

Usando a nuvem para melhorar a resiliência dos negócios IBM Global Technology Services White Paper IBM Resiliency Services Usando a nuvem para melhorar a resiliência dos negócios Escolha o provedor de serviços gerenciados certo para mitigar riscos à reputação

Leia mais

Virtualização de desktop da NComputing

Virtualização de desktop da NComputing Virtualização de desktop da NComputing Resumo Todos nos acostumamos ao modelo PC, que permite que cada usuário tenha a sua própria CPU, disco rígido e memória para executar seus aplicativos. Mas os computadores

Leia mais

Monitoramento de Rede de Nuvens Privadas

Monitoramento de Rede de Nuvens Privadas Monitoramento de Rede de Nuvens Privadas White Paper Autores: Dirk Paessler, CEO da Paessler AG Gerald Schoch, Redator Técnico na Paessler AG Primeira Publicação: Maio de 2011 Edição: Fevereiro de 2015

Leia mais

Faça mais com menos. Descubra o gerenciamento de dados descomplicado usando o IBM Informix

Faça mais com menos. Descubra o gerenciamento de dados descomplicado usando o IBM Informix Faça mais com menos Descubra o gerenciamento de dados descomplicado usando o IBM Informix Índice 2 Descomplicado Concentre seus recursos no crescimento, e não na administração. 1 Ágil Amplie seus negócios

Leia mais

Perguntas frequentes dos vendedores sobre preços e licenciamento do SQL Server 2012

Perguntas frequentes dos vendedores sobre preços e licenciamento do SQL Server 2012 Perguntas frequentes dos vendedores sobre preços e licenciamento do SQL Server 2012 Publicado: 3 de Novembro de 2011 Direitos autorais Este documento foi desenvolvido antes da fabricação do produto, portanto

Leia mais

EHC (EMC Hybrid Cloud) para SAP. Agosto de 2014

EHC (EMC Hybrid Cloud) para SAP. Agosto de 2014 EHC (EMC Hybrid Cloud) para SAP Agosto de 2014 1 Os clientes SAP estão se transformando Agilidade nos negócios Móvel Percepção e resposta Em tempo real Ágil ITaaS Alta capacidade de resposta Resiliente

Leia mais

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 IBM Software Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 2 Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Destaques Amplie os serviços de negócios

Leia mais

Módulo corporativo do Cisco APIC simplifica as operações de rede

Módulo corporativo do Cisco APIC simplifica as operações de rede Módulo corporativo do Cisco APIC simplifica as operações de rede Janeiro de 2014 Preparado por: Zeus Kerravala Módulo corporativo do Cisco APIC simplifica as operações de rede por Zeus Kerravala Janeiro

Leia mais

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva.

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva. Não há dúvida de que o ambiente de rede está cada vez mais complexo e que sua gestão é um grande desafio. Nesse cenário, saber o que está passando por essa importante infraestrutura é um ponto crítico

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança.

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda Managed Office Protection É fato, tanto pequenas e médias e grandes empresas enfrentam os mesmos riscos

Leia mais

Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho

Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho Virtualização Microsoft: Data Center a Estação de Trabalho Estudo de Caso de Solução para Cliente Universidade Utiliza Virtualização para Criar Data Center Com Melhor Custo-Benefício e Desempenho Visão

Leia mais

OPORTUNIDADE DE MERCADO. Explosão de dados

OPORTUNIDADE DE MERCADO. Explosão de dados SOLUÇÕES EM GERENCIAMENTO E ARMAZENAMENTO VIRTUALIZADO DE DADOS OPORTUNIDADE DE MERCADO Explosão de dados 2 INVESTIMENTO x DEMANDA NOVOS DESAFIOS Evolução dos custos/gb em projetos de virtualização de

Leia mais

Symantec Backup Exec 2012

Symantec Backup Exec 2012 Melhor Backup para todos Data Sheet: Backup e recuperação após desastres Visão geral O é um produto integrado que protege ambientes físicos e virtuais, simplifica o backup e a recuperação após desastres

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

O valor empresarial do serviço Datacenter Care da HP

O valor empresarial do serviço Datacenter Care da HP BOLETIM TÉCNICO O valor empresarial do serviço Datacenter Care da HP Patrocinado pela: HP Randy Perry Novembro de 2014 RESUMO EXECUTIVO A IDC atualizou recentemente uma análise dos desafios e oportunidades

Leia mais

Serviços IBM de Resiliência:

Serviços IBM de Resiliência: Serviços IBM de Resiliência: Sempre disponível, em um mundo sempre conectado Como chegamos até aqui? Dois profissionais de TI estão sofrendo com interrupções de negócios frequentes, os problemas estão

Leia mais

PANORAMA. O Panorama fornece gerenciamento centralizado de políticas e dispositivos em uma rede de firewalls de próxima geração da Palo Alto Networks.

PANORAMA. O Panorama fornece gerenciamento centralizado de políticas e dispositivos em uma rede de firewalls de próxima geração da Palo Alto Networks. PANORAMA O Panorama fornece gerenciamento centralizado de políticas e dispositivos em uma rede de firewalls de próxima geração da Palo Alto Networks. Exiba um resumo gráfico dos aplicativos na rede, os

Leia mais

Monitoramento de Rede de Nuvens Privadas

Monitoramento de Rede de Nuvens Privadas Monitoramento de Rede de Nuvens Privadas White Paper Autores: Dirk Paessler, CEO da Paessler AG Dorte Winkler, Redatora Técnica na Paessler AG Primeira Publicação: Maio de 2011 Edição: Fevereiro de 2013

Leia mais

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s Av Eng. Luiz Carlos Berrini 1645, 8 andar, 04571-000 Brooklin Novo, São Paulo SP Brazil. Tel: 55 11 5508-3400 Fax: 55 11 5508 3444 W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç

Leia mais

Hospedagem Virtualizada

Hospedagem Virtualizada Conheça também Desenvolvimento de sistemas Soluções de Segurança Soluções com o DNA da Administração Pública Há 43 anos no mercado, a Prodesp tem um profundo conhecimento da administração pública e também

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL CENTRO DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO RIO DE JANEIRO

PROPOSTA COMERCIAL CENTRO DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO RIO DE JANEIRO PROPOSTA COMERCIAL CENTRO DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO RIO DE JANEIRO Ào CENTRO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Sumário 1. Apresentação 2. Aviso de Propriedade 3.

Leia mais

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Tendências, desenvolvimentos e dicas para tornar o seu ambiente de storage mais eficiente Smart decisions are built on Storage é muito mais do que

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Liderança e tecnologia: uma comparação do custo total de propriedade de Comunicações unificadas e Colaboração

Liderança e tecnologia: uma comparação do custo total de propriedade de Comunicações unificadas e Colaboração WHITE PAPER Liderança e tecnologia: uma comparação do custo total de propriedade de Comunicações unificadas e Colaboração Patrocinado pela Cisco Systems, Inc setembro de 2013 Resumo executivo As empresas

Leia mais

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles FAMÍLIA EMC VPLEX Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles GARANTINDO DISPONIBILIDADE CONTÍNUA E MOBILIDADE DE DADOS PARA APLICATIVOS ESSENCIAIS A infraestrutura de armazenamento

Leia mais

CA ARCserve Backup. Visão geral

CA ARCserve Backup. Visão geral INFORME DE PRODUTO: CA ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup CA ARCSERVE BACKUP, O PRODUTO DE ALTA PERFORMANCE, LÍDER DA INDÚSTRIA DE PROTEÇÃO DE DADOS, COMBINA TECNOLOGIA INOVADORA DE ELIMINAÇÃO DE

Leia mais

B O L E T I M I N F O R M A T I V O I B M P u r e f l e x e F l e x S y s t e m : I n f r a e s t r u t u r a p a r a e f i c i ê n c i a d a T I

B O L E T I M I N F O R M A T I V O I B M P u r e f l e x e F l e x S y s t e m : I n f r a e s t r u t u r a p a r a e f i c i ê n c i a d a T I Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.508.872.8200 Fax.508.935.4015 www.idc.com B O L E T I M I N F O R M A T I V O I B M P u r e f l e x e F l e x S y s t e m : I n f r a e s t r u

Leia mais

CASO DE SUCESSO. Processando Grandes Metas. A Microware atendeu nossas expectativas MICROWARE

CASO DE SUCESSO. Processando Grandes Metas. A Microware atendeu nossas expectativas MICROWARE CASO DE SUCESSO MICROWARE CLIENTE: FD DO BRASIL PROCESSAMENTO DE DADOS - FIRST DATA SEGMENTO: Tecnologia da Informação e Telecomunicação. Processando Grandes Metas Para tornar o Brasil um de seus destinos

Leia mais

Automatizando o Data Center

Automatizando o Data Center Este artigo examina uma arquitetura alternativa que suporte a automação do data center e o provisionamento dinâmico sem a virtualização do sistema operacional. por Lori MacVittie Gerente Técnico de Marketing,

Leia mais

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso Uma única plataforma BPM que oferece total visibilidade e gerenciamento de seus processos de negócios 2 IBM Business Process Manager Simples

Leia mais

1 Copyright 2012, Oracle and/or its affiliates. All rights reserved.

1 Copyright 2012, Oracle and/or its affiliates. All rights reserved. 1 Copyright 2012, Oracle and/or its affiliates. All rights reserved. About Eugenio Chleba Product Sales Specialist - PM (11) 5189-1211 (11) 96060-2687 eugenio.chleba@oracle.com Experience Skills Products

Leia mais

Manual de Vendas. Chegou a oportunidade de aumentar os lucros com o Windows Server 2012 R2

Manual de Vendas. Chegou a oportunidade de aumentar os lucros com o Windows Server 2012 R2 Manual de Vendas Chegou a oportunidade de aumentar os lucros com o Windows Server 2012 R2 O Windows Server 2012 R2 fornece soluções de datacenter e de nuvem híbrida de classe empresarial que são simples

Leia mais

MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI

MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI Novas tecnologias e tendências surgem a cada dia, como Big Data, Cloud Computing, Internet of Things, entre outras. A curva de adoção dessas tecnologias

Leia mais

Provedores Serviços Gerenciados da IBM. Jennifer Ammermann

Provedores Serviços Gerenciados da IBM. Jennifer Ammermann Provedores Serviços Gerenciados da IBM Jennifer Ammermann Vamos entender o que é um MSP! Um Provedor de Serviços Gerenciados (MSP) é uma empresa que clientes contratam para executar certas funções de TI,

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE VALOR:

PROPOSIÇÃO DE VALOR: Caro Cliente, Na economia atual, você não pode permitir ineficiências ou sobreprovisionamento de nenhum recurso - recursos inativos custam dinheiro, recursos mal utilizados custam oportunidades. Você precisa

Leia mais

SolarWinds Virtualization Manager

SolarWinds Virtualization Manager SolarWinds Virtualization Manager Gerenciamento potente e unificado da virtualização que não ultrapassa seu orçamento! A SolarWinds aprimorou a forma pela qual profissionais de TI de todo o mundo gerenciam

Leia mais

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI CUSTOMER SUCCESS STORY Março 2014 AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI PERFIL DO CLIENTE Indústria: Manufatura Empresa: AT&S Funcionários: 7.500 Faturamento: 542 milhões

Leia mais

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 PRINCÍPIOS BÁSICOS DE MISSÃO CRÍTICA Avançado Armazenamento híbrido com níveis de serviço com desempenho otimizado por flash em escala para cargas de trabalho

Leia mais

APRESENTAÇÃO ADVANCED BUSINESS SECURITY

APRESENTAÇÃO ADVANCED BUSINESS SECURITY APRESENTAÇÃO ADVANCED BUSINESS SECURITY 1 GravityZone Advanced Business Security O Bitdefender GravityZone Advanced Business Security é um serviço desenvolvido pela Bitdefender dedicado à simplicidade

Leia mais

Tendências Tecnológicas: Como monetizar em oportunidades emergentes?

Tendências Tecnológicas: Como monetizar em oportunidades emergentes? : Como monetizar em oportunidades emergentes? 23 de Julho 2013 Confidencial Mercados emergentes têm previsão de crescimento de 2-3 vezes maiores do que mercados maduros em tecnologia nos próximos 2 anos.

Leia mais

Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition

Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition Visão geral O Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition destina-se a clientes que possuem sistemas total ou parcialmente virtualizados, ou seja, que moveram os servidores de arquivos, servidores de impressão,

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos como posso assegurar uma experiência excepcional para o usuário final com aplicativos

Leia mais

Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI

Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI Microsoft VDI e Windows VDA Perguntas Frequentes Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI Como a Microsoft licencia o Windows das estações de trabalho em ambientes virtuais? A Microsoft

Leia mais

SERVIÇOS COMPLETOS DE SUPORTE PARA O ORACLE EXALOGIC ELASTIC CLOUD

SERVIÇOS COMPLETOS DE SUPORTE PARA O ORACLE EXALOGIC ELASTIC CLOUD SERVIÇOS COMPLETOS DE SUPORTE PARA O ORACLE EXALOGIC ELASTIC CLOUD PRINCIPAIS RECURSOS E BENEFÍCIOS SUPORTE COMPLETO PARA OS SISTEMAS EXALOGIC DA ORACLE. RECURSOS Acesso ilimitado e ininterrupto (24x7)

Leia mais

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

Seguros em um mundo conectado. As novas gerações e as novas formas de negócio

Seguros em um mundo conectado. As novas gerações e as novas formas de negócio Seguros em um mundo conectado As novas gerações e as novas formas de negócio A IBM realiza investimentos significativos em pesquisa e desenvolvimento para trazer pensamento inovador IBM Industry Models

Leia mais

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada.

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. SYSTIMAX Solutions imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. 1 Toda rede deve ser administrada. A questão é COMO? A visão: Conseguir o sucesso comercial a partir de uma melhor administração de

Leia mais

BladeCenter Foundation da IBM versus Sistema de Computação Unificada da Cisco: Uma Discussão de Preço e Valor

BladeCenter Foundation da IBM versus Sistema de Computação Unificada da Cisco: Uma Discussão de Preço e Valor Consultoria BladeCenter Foundation da IBM versus Sistema de Computação Unificada da Cisco: Uma Discussão de Preço e Valor Resumo Executivo Conforme viajamos pelo mundo, muitas vezes encontramos um tipo

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS)

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Hoje é fundamental para as empresas poder contar com recursos de comunicação, mobilidade, flexibilidade

Leia mais

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo.

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Desafios da vigilância por vídeo hoje O mercado de vigilância por vídeo está crescendo, impulsionado por preocupações de segurança

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Visão Geral A Logica Adviser SAP A Logica Adviser SAP é formada por profissionais com ampla experiência no mercado SAP. Sua essência está baseada nos princípios da: Qualidade

Leia mais