Sistema de Backup utilizando IBM - Tivoli Storage Manager. Josmar Neduziak. Curso de Redes e Segurança de Sistemas. Curitiba, Outubro de 2010.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema de Backup utilizando IBM - Tivoli Storage Manager. Josmar Neduziak. Curso de Redes e Segurança de Sistemas. Curitiba, Outubro de 2010."

Transcrição

1 Sistema de Backup utilizando IBM - Tivoli Storage Manager Josmar Neduziak Curso de Redes e Segurança de Sistemas Curitiba, Outubro de 2010 Resumo Não importam quais são os tipos de atividades, com que as empresas trabalhão, todos seus sistemas dependem de computadores e seres humanos para gerenciá-los, porém estamos sujeitos a falhas tanto por operação voluntária quanto involuntária ou ainda a queima de equipamentos, entre outros fatores que possam acontecer. Sendo assim, por que não investir em uma ferramenta que possa disponibilizar eficazmente a restauração de dados caso necessário? 1 - Introdução: Muitas empresas não dão o devido valor ao backup de seus dados, pois não imaginam o prejuízo que podem ter se todos os seus arquivos vierem a se perder, a maioria das organizações podem até mesmo falir se perderem suas bases. Normalmente estas, só dão a importância que tal assunto merece após ocorrer alguma falha grave com perdas de informações importantes e que causem prejuízo financeiro, neste caso, pode ser tarde demais para tomar uma medida preventiva. Apos a conscientização dos gestores das empresas de que o investimento em backup de dados não é dinheiro jogado fora, mas sim, um investimento na garantia da continuidade dos negócios com evolução segura e projeções de crescimento consistente após o investimento em um sistema de backup confiável, com certeza tais empresas poderão continuar a traçar metas otimistas sem medo de que a qualquer dia, tudo venha a se perder, devido à falta de segurança da informação, ou simplesmente por descuido, ou pior, por descaso. Com a evolução e o crescimento das redes de internet e dos meios de comunicações, deu-se origem a novos e complexos ambientes, tais como banco de dados e uma variedade cada vez maior de aplicativos primordiais para prestação de serviços. Sendo assim, há necessidade de investir em uma solução de gerenciamento e armazenamento de dados de forma confiável com atributos e políticas que possam ser ajustados para garantir os níveis de serviço que seus clientes exigem. Neste trabalho, abordarei especificamente o sistema de backup da empresa IBM, Tivoli Storage Manager (TSM). Uma das melhores ferramentas do mercado, devido a sua capacidade, confiabilidade, segurança e qualidade no gerenciamento e retenção de dados. Este sistema é adquirido principalmente por empresas de médio e grande porte, devido seu custo, pois empresas de pequeno porte optam por utilizar softwares grátis, onde, embora 1

2 também possam ser eficientes, talvez não tenham a mesma segurança e confiança que o TSM fornece. Este artigo esta estruturado da seguinte forma. Na seção 2 será apresentado um pouco da história da ferramenta, suas versões e informações sobre o banco de dados. Na seção 3 serão informados os requisitos de hardware e software para instalação do TSM Server e dos clientes. Na seção 4 serão apresentadas várias informações importantes sobre o seu funcionamento incluindo informações sobre o seu gerenciamento, formas de retenção dos dados, políticas, armazenamento e tratamento das informações, entre outros. Na seção 5 serão apresentadas as novidades da versão 6.x. Na seção 6 e 7 respectivamente, apresentarei as principais vantagens e desvantagens do TSM, seguido da conclusão na seção História da ferramenta: A IBM deu o ponta pé inicial e impulsionou-se na frente de muitas empresas do mercado na área de backup e recovery em 1990 com o sistema Workstation DataSave Facility (WDSF40 for VM), onde, nem analistas, clientes e nem mesmo os engenheiros imaginavam que estavam iniciando um caminho para um produto que abriria uma nova era na gestão de armazenamento. Em 1993 ela criou outra ferramenta chamada ADSTAR Distributed Storage Manager (ADSM) com sua versão 1.1, a qual veio a ser desenvolvida apartir da WDSF. O ADSM foi desenvolvido inicialmente no centro de pesquisas Almaden que localiza-se no conhecido Vale do Silício nos EUA, onde atualmente emprega mais de 500 pesquisadores na área de sistemas e tecnologia de armazenamento, banco de dados e ciência da computação[1]. A primeira versão do ADSM foi distribuído para o sistema Multiple Virtual Storage (MVS) e para servidores VM mainframe, o qual suportava o processo de backup/restore e archive/retrieve dos seguintes clientes: Novell Netware, AIX, Apple Macintosh, IBM OS/2 e Microsoft Windows [2]. Após a aquisição da Tivoli Systems a IBM moveu todos os esforços para este grupo com intuito de criar um novo produto destinado ao serviço de desaster/recovery criando assim o Tivoli Storage Manager (TSM) em 1999, aonde o mesmo viria a revolucionar este mercado, incluindo-o novas interfaces, inclusive interface de gerenciamento web. Inicialmente com a versão 3.7, evoluindo conforme tabela abaixo até a versão atual (6.2), sendo extremamente confiável e vendida no mundo todo. Release Versão Data de Lançamento Workstation DataSave Facility (WDSF40 for VM) - Setembro 1990 ADSTAR Distributed Storage Manager 1.1 Julio 1993 ADSTAR Distributed Storage Manager ADSTAR Distributed Storage Manager ADSTAR Distributed Storage Manager ADSTAR Distributed Storage Manager ADSTAR Distributed Storage Manager ADSTAR Distributed Storage Manager IBM Tivoli Storage Manager IBM Tivoli Storage Manager IBM Tivoli Storage Manager IBM Tivoli Storage Manager

3 IBM Tivoli Storage Manager IBM Tivoli Storage Manager IBM Tivoli Storage Manager IBM Tivoli Storage Manager IBM Tivoli Storage Manager 5.4 Janeiro de 2007 IBM Tivoli Storage Manager 5.5 Novembro de 2007 IBM Tivoli Storage Manager 6.1 Março de 2009 IBM Tivoli Storage Manager 6.2 Março de 2010 Tabela 1 - Versões O TSM é considerado uma solução bastante flexível embora exija um bom conhecimento técnico para gerenciá-lo, sendo que, após conhecer suas funcionalidades e políticas o mesmo se torna simples e fácil sua manutenção e gerenciamento. Ele é considerado pioneiro na utilização de banco de dados integrado, utiliza-se um gerenciamento centralizando, e apartir da versão 6.1 é utilizado um banco de dados DB2 independente, não sendo necessário ter um conhecimento avançado em banco de dados para gerenciá-lo, facilitando assim o seu suporte. Devido a tais funcionalidades é muito utilizado por grandes corporações como indústrias, governos, organizações militares, organizações de educação e de serviços em geral, onde tais necessitam de uma ferramenta eficiente, para seu armazenamento seguro e confiável. Figura 1: Banco de Dados DB2 relacional [11] A arquitetura e banco de dados centralizada oferece muitas vantagens, quando comparadas a outras tradicionais arquiteturas orientadas a produtos de armazenamento. Por exemplo, o recurso de backup incremental que faz com que arquivos novos e alterados sejam backupeados, e não apenas feitas copias full (completa). Esta técnica avançada reduz a quantidade de dados que está sendo gerenciada, tempo e a largura de banda que levaria para transferir, diminuindo consideravelmente a quantidade de disco e fitas para o armazenamento. Porém há a necessidade de criar uma política de backup confiável para o próprio banco de dados do sistema, sendo que, sem o mesmo não é possível efetuar leitura, nem a restauração dos dados armazenados. Para garantir a segurança as fitas gravadas em um TSM especifico não pode ser lidas por nenhum outro. 3

4 O TSM oferece ainda a continuidade sendo possível efetuar a migração de uma versão para a outra progressivamente sem nenhum problema, utilizando as fitas de armazenamento antigas, sendo este um fator importante para a decisão das empresas de qual sistema de armazenamento irão utilizar, pois tal deve garantir que a próxima geração será compatível com a anterior. Figura 3: Progressão das fitas magnéticas [6] 3 - Requisitos de software e hardware: As tabelas abaixo mostrarão informações mínimas para a implantação do TSM em sua mais nova versão 6.2 em servidores e clientes Linux e Windows, obtido nos manuais referenciados. Além destes ainda é possível implantar-lo em máquinas com Sistema Operacional AIX, HP-UX e Solaris Mínimo necessário de hardware em servidores Linux: Tipo de Requisitos de Hardware Hardware Hardware Computador com base em processador ou multiprocessadores compatíveis com Intel Pentium Espaço em disco Os valores mínimos a seguir para o espaço em disco: 5 MB para o diretório /var 10 MB para o diretório /opt se você criar pontos de montagem 4 GB para o diretório /opt/tivoli/tsm se você criar pontos de montagem 390 MB para o diretório /tmp 300 MB para o diretório /usr 2 GB no diretório inicial Memória 12 GB. 16 GB se você estiver usando deduplicação. Se você planeja executar múltiplas instâncias, cada instância exige a memória listada em um servidor. Multiplique a memória para um servidor pelo número de instâncias planejadas para o sistema. [4] Mínimo necessário de Softwares em servidores Linux: Tipo de software Requisitos mínimos de software Sistema O servidor Tivoli Storage Manager no Linux requer um dos seguintes sistemas operacionais: Operacional Red Hat Enterprise Linux 5, Update 3 ou posterior SUSE Linux Enterprise Server 10, Service Pack 2 ou posterior SUSE Linux Enterprise Server 11 Protocolo de TCP/IP Versão 4 ou Versão 6 comunicação Protocolo de memória compartilhada (com cliente do Tivoli Storage Manager Versão 6.1 System p) Navegador da Web Os navegadores a seguir são suportados: Microsoft Internet Explorer 6.0 SP1 Microsoft Internet Explorer 7.0 Firefox 2.0 ou superior [4] 4

5 3.3 - Mínimo necessário de hardware em servidores Windows: Tipo de Hardware Requisitos de Hardware Hardware Computador com base em processador ou multiprocessadores compatíveis com Intel Pentium Espaço em disco Pelo menos 3 GB de armazenamento livre em disco (para uma instalação típica) 200 MB de espaço em diretório temporário Tamanho de partição de 2 GB na unidade C:\ 300 MB no diretório de instância Memória Sistemas Windows de 64 bits (recomendado) 12 GB. 16 GB se você estiver usando deduplicação. Sistemas Windows de 32 bits 8 GB. A deduplicação não é suportada. Executar mais de uma instância do servidor em um sistema não é suportado. [4] Tipo de software Sistema Operacional Protocolo de comunicação Navegador da Web Mínimo necessário de software em servidores Windows: Requisitos mínimos de software Microsoft Windows Server 2003: Standard, Enterprise ou Datacenter Edition, Service Pack 2 ou posterior Microsoft Windows Server 2003: Standard, Enterprise ou Datacenter x64 Edition (64 bits), Service Pack 2 ou posterior Microsoft Windows Storage Server 2003 Microsoft Windows Storage Server 2003 x64 Microsoft Windows Server 2008: Standard, Enterprise ou Datacenter Edition Microsoft Windows Server 2008: Standard, Enterprise ou Datacenter x64 Edition (64 bits) Microsoft Windows Server 2008 R2: Standard, Enterprise ou Datacenter Edition Pelo menos um dos seguintes protocolos de comunicação: Canais Nomeados TCP/IP Versão 4 ou Versão 6 Microsoft Internet Explorer 6.0 SP1 Microsoft Internet Explorer 7.0 Firefox 2.0 ou superior Tabelas 2 - Requisitos [4] 3.5 Requisitos de software e hardware para instalação de Clientes: Windows: Um dos seguintes Sistemas Operacionais: Windows XP Professional Windows Server 2003 Windows Vista Windows 2008 Server Windows 7 Processador PC baseado em x86 (Pentium ou mais recente) ou AMD64/EM64T Seguem os requisitos mínimos de espaço em disco: 8 MB para a API* (Interface de Programação de Aplicações) de 32 bits 17 MB para a API de 64 bits (isto inclui a API de 32 bits) 29 MB para o cliente de Backup/Archive 143 MB para o cliente HSM Memória: 512 MB [4] Linux: 5

6 Um dos seguintes Sistemas Operacionais: CentOS 4 e 5 Debian* 4 e 5 Fedora 11 e 12 Oracle Enterprise Linux 4 e 5 Scientific Linux 4 e 5 SUSE Linux Enterprise Desktop 10 e 11 RedHat Desktop 5 Mandriva Linux 2010 Ubuntu* 8, 9 e 10 Processador PC baseado em x86 (Pentium ou mais recente) ou AMD64/EM64T Seguem os requisitos mínimos de espaço em disco: 8 MB para a API de 32 bits 17 MB para a API de 64 bits (isto inclui a API de 32 bits) 29 MB para o cliente de Backup/Archive 143 MB para o cliente HSM Memória: 512 MB[4] 4 - Funcionamento da ferramenta: Uma Infra-estrutura do TSM normalmente segue o seguinte padrão de equipamento: - 1 Tape Library - 1 Servidor TSM (Administrator Center, ISC, DB2, Storage Pool, Logs) - Clientes - Rede WAN, SAN e LAN ou somente LAN Segue abaixo um modelo de uma infra-estrutura padrão com o TSM: 6

7 Figura 4 Rede padrão utilizada pelo TSM Gerenciamento do TSM: Dependendo do ambiente as regras de negócio podem ou não estarem bem definidas. Em uma organização, um só analista pode executar todas as operações ao mesmo tempo, mas também pode ser que exista um time de analistas compartilhando as responsabilidades de todas as tarefas do TSM. Cada analista poderá ter uma função junto ao gerenciamento do TSM, por isso, a necessidade de disponibilizar as permissões corretas para cada um, visando manter a segurança e possibilitando a utilização de uma política de acesso, criando usuários com privilégios específicos, tais como: System, Policy, Storage, Operator, Analyst. System: Usuário Administrador com maior nível de privilégios - Registrar e remover administradores - Adicionar e remover privilégios - Renomear administradores e trocar suas senhas - Definir e excluir Políticas e Storage Pools - Cancelar Processos - Alterar parâmetros do TSM Server Policy: Esse privilégio pode ou não estar restrito a um Policy Domain. - Registrar, Modificar e Excluir Client Nodes - Registrar, Modificar, Excluir e Associar Schedules - Excluir arquivos armazenados pelos Client Nodes - Registrar, Modificar e Excluir objetos das políticas Operator: - Habilitar e Desabilitar o TSM Server para sessões de Client Nodes - Cancelar sessões 7

8 - Gerenciar montagem de fitas, e status das mídias - Parar o TSM Server Storage: Esse privilégio pode, ou não estar restrito a um Storage Pool com restrições de Storage Pool - Definir e Excluir volumes de Storage Pools - Move data e audit volume - Sem restrições de Storage Pool, todos os privilégios acima - Definir, Alterar e Excluir volumes de DB e LOG - Definir, Alterar e Excluir espelhamentos de DB e LOG - Definir, Alterar e Excluir Device Classes Analyst: Somente possui privilégios para zerar contadores de performance do TSM Node: Somente possui privilégios para acesso do client WEB de determinados Nodes (clientes) com algumas opções de backup e restore [10] Tal gerenciamento pode ser efetuado pelo prompt (linha de comando), ou ainda, pela pagina Administration Center, que integra-se com o Integrated Solution Console (ISC), ao qual permite fazer a gerencia de vários servidores TSM, inclusive sendo possível instalá-lo em outro servidor. Figura 5 Gerencia com ISC 4.2 Principais comandos O TSM Server, quase em sua totalidade pode ser configurado e gerenciado via linha de comando, estes comandos podem ser inseridos no Administratrive Command Line para verificar e configurar parâmetros no servidor, e nos clientes para verificar status e configurações. Lista com algumas dos principais comandos que um administrador usa no dia-a-dia: q vol - mostra situação de preenchimento das fitas na library; q libv - mostra as fitas que estão montadas na library; q mount - mostra se há alguma fita montada no drive da library; q proc - mostra se há algum processo em execução no momento; q act - mostra log do tsm; q ev * * - mostra todos os eventos que o tsm executou no dia; 8

9 q ev * * -begind=-n begint=17:00 - mostra todos os eventos executados no dia, se for 1 será mostrado dados do dia anterior, se for 2 será de 2 dias atrás e assim por diante, apartir das 17:00 horas; q req - mostra se há algum processo requisitando intervenção do operador. se houver, aparecerá um número e após executar a ação necessária, deve-se digitar: reply <nº do request> help query - mostra todos os tipos de query e sua sintaxe; query event - informações sobre eventos schedulados e completos; query log - informações sobre alocação de logs; query db - estatísticas do banco de dados; query dbvolumes - apresenta volumes que compõe o banco de dados do TSM; query system - informações consolidadas sobre o TSM; query stgpool - informações sobre o storage pool; query occupancy - recursos usados para informações dos clients; query status - informações gerais dos parâmetros do servidor; query session - informação sobre as sessões abertas no TSM; query process - processos de clients que estejam rodando em background; query activity log - mostra o log do TSM; query libvolume - mostra volumes montados na library; update admin <user> <password> - alterar password de usuários; show time - mostra horário do TSM Server; query mgmt - mostra management classes; query cota - mostra tempo de retenção das management classes; query schedule - mostra informações sobre as schedules criadas; q lic - ver a situação das licenças; Formas de retenção dos dados: Backup: Os dados são controlados individualmente armazenados e retidos segundo certo número de versões, especificadas nas políticas (Backup Copy Groups). O backup dispõe de quatro tipos, dependendo da necessidade assim podem ser criadas suas políticas: Backup Full: Efetua o backup total de todos os diretórios e arquivos. Backup Incremental: Faz o backup de todos os diretórios e arquivos alterados desde o ultimo backup incremental. Se necessário restaurar algo, será preciso utilizar a fita com o ultimo backup full e em seguida todas as fitas utilizadas com o conjunto incrementais subseqüentes para restauração de arquivos alterados durante a semana, por exemplo. Backup Diferencial: Faz o backup de todos os diretórios e arquivos desde o ultimo backup full. Para restaurar os dados neste é necessário restaurar os dados da fita full mais a ultima fita diferencial. Snapshot ou Image Backup: O TSM é capaz de fazer uma cópia fiel do sistema, esta opção é a menos utilizada, pois muitas vezes o restore do snapshot pode demorar mais do que reinstalar o sistema operacional dependendo da disposição dos arquivos nas fitas. Restore: É a restauração flexível dos dados para o local de origem ou outro local, até mesmo para outro servidor (utilizando a opção Virtual Node), conforme definição do administrador, garantindo assim o menor impacto possível. 9

10 Archive: Os dados são armazenados e retidos por um certo período, determinados nas políticas (Archive Copy Groups). Este procedimento é mais utilizado para cópia de arquivos grandes com poucas alterações e com necessidade de longo período de retenção. Retrieve: É a restauração dos dados que foram anteriormente arquivados com o processo de archive. Figura 7 Exemplo de um procedimento de backup/restore e utilização das fitas Arquitetura Políticas: A seguir, algumas informações sobre a forma que o TSM trata e gerenciam as políticas de retenção, esta definição é feita através de quatro níveis os quais podem ser criados através do Administrator Center (pagina web) ou via linha de comando: Policy Domain Policy Set Management Class Copy Groups Figura 6 Políticas [8] Policy Domain: Consiste em aplicar as regras para o gerenciamento e agrupamento clients nodes (Servidores clientes), normalmente agrupa-se pelas características semelhantes, como tipo de plataforma, domínio, tipo de dados a ser copiados. Policy Set: É a parte da politica que contém as definições ativas. 10

11 Management Class: O Management Class contém as regras usadas para gerenciar os dados por clientes e domínio. Copy Groups: Neste nível existem dois tipos, o Backup Copy Group e o Archive Copy Group, é onde define-se o período de retenção e o destino dos dados. Estes dispõem de alguns parâmetros interessantes como: Backup copy group: destination: Define o stgpool (espaço em disco) onde os dados serão armazenados; frequency: Copia o arquivo independente de quando ele foi alterado; verexists: Numero de versões retidas; verdeleted: Numero de versões retidas após o arquivo ser deletado; retextra: Período que o arquivo ficará disponível após ele se tornar inativo; retonly: Retenção após o arquivo ser deletado no cliente; mode: Determina que o TSM faça a cópia do arquivo sempre que ele for modificado, ou sempre que for executado a Schedule (agendamento); serialization: Define o que pode ser feito se o arquivo estiver sendo editado no momento do backup; Archive copy group: destination: Define o stgpool onde os dados serão armazenados; retver: Período de retenção do archive; serealization: Define o que pode ser feito se o arquivo estiver sendo editado no momento do backup; Para efetuar toda a configuração das políticas é necessário seguir a seguinte ordem: 1 - Definir a Policy Domain; 2 - Definir a nova Policy Set; 3 - Definir a nova Management Class; 4 - Definir um novo Backup Copy Group ou Archive Copy Group; 5 - Atribuir uma default Management Class; 6 - Validar a Policy Set; 7 - Ativar a Policy Set; 8 - Efetuar o gerenciamento com o Administration Center; Armazenamento temporário em disco: Após definir as políticas é necessário criar os espaços em disco que manterão os arquivos copiados dos clientes temporariamente. É interessante a criação deste espaço relativamente grande para a acomodação dos backups e archives, levando em conta que, os discos são randômicos, agilizam o processo inicial sendo possível executar copias simultâneas para o disco e posteriormente migrados para as fitas. Diskpool: Local em disco disponível para armazenamento temporário dos dados antes do mesmo ser movido automaticamente (migration) ou ser forçado à migração para as fitas. Tal espaço em disco é de primordial importância, pois, sendo possível efetuar leitura e gravação simultânea, torna-se viável efetuar backup/archive de diversos clientes ao mesmo tempo diminuindo o período de janelas. Obs.: Se o arquivo a ser efetuado o backup ou archive for maior que o diskpool disponível, o mesmo irá ser encaminhado direto para as fitas na Tape Library (Unidade de gravação de fitas magnéticas). Backuppool: É um espaço do diskpool onde ficarão armazenados os backups antes de ser envidos para a Tape Library. Archivepool: É um espaço do diskpool onde ficarão armazenados os archives antes de ser enviados para a Tape Library. 11

12 4.6 - Tratamento dos dados: Existem algumas particularidades que o TSM utiliza para tratar os dados, buscando desta forma, facilitar o gerenciamento e melhorar a utilização das fitas: Expiration: Conforme as políticas criadas para armazenamento dos arquivos e/ou dados, tais vão expirando e vão sendo eliminados automaticamente do banco de dados, desta forma os dados gravados nas fitas não terão mais validade, ou seja, o TSM não reconhece mais. Migration: É um processo utilizado pelo TSM para migrar os dados do diskpool (dados que estão no disco do servidor) para as fitas. Isso pode ser feito automaticamente, basta efetuar a configuração no TSM Server, sendo o padrão ele migrar os dados quando atinge a 90% do backuppool (quando forem backups) ou archivepool (quando forem archives) migrando até o percentual de 70%, porém o mais interessante é migrar completamente os dados quando este atingir 90%, liberando assim o disco para eventuais backups/archives que necessitem de uma maior quantidade de disco. Figura 8 Forma de tratamento dos dados utilizado pelo TSM [6] Reclamation: É a movimentação ou transferência dos dados de uma ou mais fitas subutilizadas para outra, desta forma, há a liberação destas, se tornando scratchs (sem dados e pronta para a reutilização). 12

13 Figura 9 Processo de reclamation de fitas [6] Versionamento: O TSM permite que se retenham arquivos por múltiplas versões (backup), e não somente por tempo (archive), ou seja, uma vez que o arquivo for modificado, pode-se configurar o produto para manter versões anteriores deste mesmo arquivo, de forma que proteja o ambiente caso alguma inconsistência tenha ocorrido ao arquivo e o mesmo tenha sido backupeado em uma versão falha, possibilitando assim a restauração de versões anteriores do mesmo, por exemplo. O produto também permite que cada dado tenha sua retenção tratada sob os seguintes aspectos: 1. Enquanto o arquivo existir, quantas versões do mesmo deverão ser mantidas em backup? 2. Enquanto o arquivo existir, por quanto tempo deve-se manter cada versão adicional? 3. Quando o arquivo for deletado, quantas versões em backup devem permanecer? 4. Quando o arquivo for deletado, e existir apenas uma última versão do mesmo, por quanto tempo a mais deseja-se manter essa última versão em backup? Na figura abaixo, segue um exemplo de um arquivo que foi alterado e efetuado o backup diariamente, sendo configurado sua política de versionamento para reter as cinco ultimas cópias. 13

14 Figura 10 Política de versionamento Schedules: São agendamentos realizados no TSM para efetuar os backups/archive restore/retrive automaticamente, sem necessitar da intervenção do administrador em tempo real. Existem dois tipos de schedules, são eles: Client Schedules e o Administrative Schedules. Com o Client Schedule, podemos: Agendar Backups Incrementais, Diferenciais e Full; Agendar Archives; Agendar Retrieves e Restores; Agendar Comandos do Sistema Operacional e Scripts; Com o Administrative Schedule, podemos: Agendar Comandos Administrativos como: reclamation, expiration, migration, etc; Para efetuar os agendamentos é necessário seguir alguns passos, para seu real funcionamento: 1. Especificar o Scheduling Mode a ser utilizado; 2. Definir os Scheduling Parameters; 3. Definir os schedules para cada Policy Domain; 4. Associar cada schedule com um ou mais client nodes; 5. Especificar um Retention Time para os Events Records no database; Scheduling Mode: É a técnica de comunicação client/server (Client Polling ou Server Prompted). Events Records: São registros do banco de dados que descreve o status atual e o resultado dos eventos. 14

15 Figura 11 Agendamentos Maintenance Script: Para facilitar a administração de todo o ambiente, o TSM conta com uma configuração de script que faz automaticamente todo o processo necessário para manter o seu bom funcionamento, normalmente este procedimento é agendado diariamente pela manhã. Abaixo algumas ações e funcionalidades que devem ser tomadas no Maintenance Script: 1. Criar o script para backup do DB diário (ex.: seis incrementais backups, seguindo por um backup full). 2. Adicionar o Device Class para efetuar o backup do banco de dados (DB) diariamente. 3. Migração dos storage pools (backuppool, archivepool) para efetuar a movimentação dos dados para a fita. 4. Executar o Expiration, para limpar os dados expirados dos backups\archives efetuados. 5. Rodar o Reclamation, todas as fitas com menos de 50% (enviar os dados para outras fitas e torná-las scratch) 6. Backup Storage Pools, faz o backup todo o storagepool (dados que estão gravados nas fitas) para a storagepool clone (fitas clones que serão retiradas da Tape Libary diariamente e enviadas para o cofre externo). Desta forma mantendo se a segurança principalmente dos dados críticos contra eventuais desastres de qualquer natureza Virtual Node: A função Virtual Node é uma opção utilizada pelos administradores, para restauração de arquivos originários de um servidor em outro servidor com o mesmo tipo de Sistema Operacional. Isso é bastante utilizado quando se quer restaurar os dados de uma máquina que houve a perda para outra que irá manter tal serviço de forma permanente ou temporariamente. Obs.: A restauração de arquivos no Linux se dá apenas via linha de comando, não é possível fazer a restauração de um arquivo de outro servidor via ambiente gráfico neste Sistema Operacional. 15

16 Figura 12 Restauração dos dados em servidor diferente Gerenciamento Online: Uma solução muito interessante do TSM utilizado em diversas aplicações padrões do mercado é o Tivoli Data Protection (TDP), ao qual facilita o backup destas, não sendo necessário parar o sistema para efetuar as cópias de segurança, além de poder ser feitas em tempo real e reduzir significativamente as necessidades administrativas, possuem interfaces customizadas que permitem acesso aos dados backupeados em cada tipo de, de forma uniforme e simplificada. Entre os sistemas gerenciados por esta solução estão: Banco de IBM DB2, Oracle Enterprise Edition, Oracle Real Aplication Clusters (RAC), Dados: IBM Informix (built-in), Microsoft SQL Server. Correio IBM Lotus Domino, Microsoft Exchange Server, Microsoft Exchange Server Eletrônico: VSS, Microsoft Exchange Server Ind. Mailbox Recover. Servidor de WebSphere Application Server, Microsoft Sharepoint Portal. aplicação: Hardware: ERP: IBM Enterprise Storage Server, Shark, EMC Symmetrix. SAP R/3SAP Enterprise (Oracle), SAP Enterprise (DB2), SAP Oracle/DB2 Flashcopy Tabela 3 Soluções suportadas pelo TDP [5] Vantagens na utilização dos Agentes TDP: Proteção em tempo real dos dados fazendo backup automaticamente de sistemas críticos; Reter os arquivos por tempo pré-definidos, com cópias de versões separadas para facilitar a restauração, além de expiração automática dos dados; Fácil implementação e gerenciamento, sendo executado em segundo plano e de forma transparente e sem que ocorram sobrecargas no sistema; Trabalha com múltiplas tecnologias de backup/replicação (local disk, file server, web, Tivoli Storage Manager, NAS device); É possível apagar versões de arquivos antigos para liberar espaço para novas versões, além de efetuar o autogerenciamento da área de destino; Otimiza e reduz a utilização da banda de rede e elimina a necessidade de janela para efetuar as cópias de segurança; Utilização de sessões paralelas de backup e restore; 16

17 Utilização de área em disco do TSM (diskpool) para backup e archive de logs dos bancos de dados; De acordo como a aplicação, opções de restore para servidores diferentes, ou em áreas diferentes; Todos os agentes desenvolvidos na solução de TSM são certificados pelos fabricantes onde atuam; Modelos de Tape Librarys e status das fitas: A Tape Library é um equipamento bastante complexo, que faz a gravação dos dados oriundos dos clientes nas fitas magnéticas, onde apenas uma Tape Library pode atender a diversos servidores TSM. Existem diversos modelos de library, desde as mais simples com apenas uma unidade de gravação (Tape Library TS3100) até as mais avançadas com 192 drives (Tape Library TS3500) sendo compatíveis com as fitas IBM LTO Ultrium 1, 2, 3, 4 e 5. Esta ultima com capacidade de armazenamento de 1,5 TB nativos e 3 TB compactados e transferência de até 140 MBps. As fitas utilizadas nas Tape Librarys tem alguns status, dependendo do estado é possível ou não efetuar gravação. Scrath: É uma fita que não contem mais dados válidos, portanto ela esta pronta para ser reutilizada. Private: Uma fita quando contém dados válidos é considerada private, porém nada impede se estiver sendo subutilizada, ser efetuado a migração destes dados para outra fita (move data), liberando a mesma, tornando-se scrath. Tais fitas podem ainda estar disponíveis ou não para gravação, estando elas em status Scrath ou Private: Read Only: É possível alterar o status de uma fita para ser efetuada somente leitura da mesma, este procedimento é feito normalmente quando não se quer salvar nada nesta fita. Read White: Este status deixa a fita disponível para gravação, é o status padrão das fitas que estão scraths. 17

18 Figura 13 Processo das fitas magnéticas [9] Incluindo ou excluindo arquivos: O TSM conta com uma opção de include/exclude de arquivos e/ou diretórios, desta forma, é possível evitar salvar arquivos de pouco ou nenhuma utilidade para a organização, como por exemplo, arquivos.avi,.mp3,.wmv,.dll, entre outros. Tal exclusão de arquivos e/ou diretórios pode ser configurado no próprio TSM Server, ou ainda nos clientes, através do arquivo de configuração dsm.otp que pode ser encontrado no seguinte local: C:\Program Files\Tivoli\TSM\baclient\dsm.opt para Windows e no /opt/tivoli/tsm/client/ba/bin/dsm.opt para clientes Linux, que, além da lista de exclusão ou inclusão, é onde fica toda a configuração necessária para a comunicação entre cliente e servidor. Abaixo segue uma tabela de alguns caracteres que são utilizados nos arquivos de configuração do TSM Server e clientes: Caracter Informação? Usado para combinar um caracter * Usado para combinar um ou mais caracters \ Usado para combinar com qualquer diretório Windows / Usado para combinar com qualquer diretório Linux Usado para combinar um nome que contenha caracters em branco [ ] Usado para combinar qualquer caracter dos especificados [-] Usado para combinar qualquer caracter neste intervalo Tabela 4 Caracteres reconhecidos pelo TSM Segue alguns exemplos de um arquivo de exclusão (exclude lists) que podem ser usados nos sistemas operacionais como: Macintosh, Novell Netware,Unix/Linux, Windows: 18

19 Este exemplo mostra uma lista de exclusão para os sistemas operacionais Windows e Linux: Exemplo: Windows: exclude?:\...\*.shs exclude?:\...\*.tmp exclude?:\...\386spart.par exclude.dir?:\...\system32\config exclude.dir?:\...\system32\dhcp exclude.dir?:\...\system32\lserver exclude?:\...\system32\perflib*.dat exclude.dir?:\...\system32\wins exclude.dir?:\...\temp exclude *:\...\*.ghs exclude *:\...\*.iso exclude *:\...\*.pqi exclude?:\...\*.exe exclude?:\...\*.dll exclude?:\...\*.jar exclude?:\...\*.com Linux: exclude.dir /.../temp exclude.dir /.../tmp exclude /.../tmp/.../* exclude /.../*.iso exclude /.../*.pqi exclude.dir /.../trash exclude.dir /.../Trash Também é possível, ao invés de excluir arquivos ou diretórios, efetuar a inclusão, apenas alterando a palavra exclude por include dentro do arquivo de configuração dsm.opt: Exemplo: include?:\...\*.exe include?:\...\*.dl include.dir?:\...\system32\dhcp Clonagem de fitas: O TSM tem uma função que permite clonar o que foi gravado em fita. Isto é interessante quando queremos mandar fitas para cofre ou fora da empresa, um procedimento importante a ser realizado, devido ao risco de ocorrer algum desastre no datacenter, como inundação, incêndio. Com a clonagem das mesmas, é possível garantir que os dados serão recuperados posteriormente a um grave incidente. Basicamente, quando se faz a clonagem do pool de fitas, o TSM gera uma cópia de todos os dados válidos que foram gravados na cópia primaria e efetua uma cópia idêntica em um novo volume de fitas. A retenção dos dados permanece a mesma, ou seja, se expirou os dados na cópia primária também expira no clone. A parte mais importante da clonagem é justamente a definição adequada do prazo de retenção. Se o prazo de retenção for insuficiente, pode ocorrer dos dados não estarem 19

20 disponíveis quando necessário. Se o prazo de retenção for longo demais, gasta-se mais fitas. por isso há a necessidade de um planejamento eficiente das políticas de retenção. Abaixo, segue um procedimento para a criação de um Storage Pool Clone via linha de comando: 1. Criar um storagepool do tipo copypool: define stgpool clone lto_class_1 pooltype=copy maxscratch= define stgpool stg_clone lto_class pooltype=copy description='stg para clonar fitas-cofre' maxscratch= Criar schedule administrativo para fazer o clone após todos os backups do dia, este schedule executará o comando: backup stgpool lto_ts3581 clone preview=no wait=no maxprocess=1 backup stgpool ts_3200 stg_clone wait=no Obs.: É necessário adicionar os volumes (fitas scraths) ao Clone Pool, por que a mesma não utiliza o pool de fitas dos backups e archives normais (primarios). Também é necessário verificar se as fitas estão com status de Read/Write, podendo assim, ser utilizada sem problemas Capacidade de gerar cópias simultâneas de backup: O TSM permite que seja gerado simultaneamente o backup de um ou mais servidores para mais de um volume (mesmo que, em mídias diferentes). Dessa forma, agiliza-se em muito os processos de envio de volumes para cofres, pois se tem as cópias sendo feitas simultaneamente para fitas locais e para as que irão ser enviadas para local externo, sem que haja necessidade de um processo posterior de clonagem dos dados. Figura 14 Copias simultâneas [6] 5 - Novidades da versão 6: Deduplication Uma das novidades que a versão 6 traz, é a possibilidade de eliminar a duplicação de dados, ou seja, esta nova técnica é capaz de gerenciar a redundância dos dados salvando apenas uma cópia. Onde há arquivos idênticos, substituindo estes por indicadores e apontando para um arquivo único de forma transparente para o usuário. Um bom exemplo disso é quando muitos usuários recebem s idênticos, que ao invés de ser salvo todas as cópias de todos os usuários, é salvo apenas uma e as demais apontadas para esta. Desta forma elimina-se o crescimento explosivo dos dados (principalmente quando combinado com o 20

21 método progressivo), economizando na utilização de discos, fitas e conseqüentemente possibilita efetuar backups e restores mais rápidos. Figura 15 Processo do deduplication [7] Integração com Vmware: Atualmente muitas organizações estão migrando seus servidores para máquinas virtuais, buscando melhor desempenho, redução de custos, e a máxima utilização da máquina. Desta forma, também há a necessidade de garantir a segurança dos dados destas. Apartir da versão 6.1 é possível efetuar o backup Full-Image onde se faz uma cópia total da máquina virtual independente do Sistema Operacional utilizado e também File-Level que faz cópias a nível de arquivos da máquina virtual, sendo possível aplicar formas de retenção especificas (incremental, diferencial) utilizando a tecnologia VMware Consolidated Backup (VCB), que consiste em utilizar um proxy Server poupando o processamento dos hosts. O Vmware e o TSM podem ser integrado de 3 formas: Por máquina virtual Por ESX Server Utilizando VCB Figura 16 TSM + VMware [7] 6 - Vantagens na utilização do TSM: 21

22 Centralização na realização do backup\archive e gerenciamento; Opção de criar sites distintos duplicando os dados em tempo real; Ambiente gráfico e terminais para gerenciamento do TSM (Administrative Command Line, Management Console, Integrated Solutions Console e Administration Center); Possibilidade de criar políticas de privilégios para controle e acesso; Diversos tipos de backup: full, incremental, diferencial, Snapshot; Possibilidade de restore do próprio sistema de backup (TSM) caso haja algum problema com o servidor original; Monitoramento fácil e com lista de erros elaborada; Possibilidade de exclusão ou inclusão de arquivos com extensões especificas e diretórios; Versionamento de backups; Deduplicação dos dados; Capacidade de inclusão de proteção opcional de dados para aplicativos como Banco de dados, ERP, ; Possibilidade de criptografar e compactar os dados, garantindo assim, mais segurança e o máximo de utilização das fitas; 7 - Desvantagens na utilização do TSM: Complexidade para instalação e configuração e gerenciamento do mesmo até o seu real entendimento; Preço elevado das licenças; Apartir da versão 6.1 o DB2 requer mais espaço de disco e memória; Não é possível efetuar upgrade das versões do TSM em servidores Windows e AIX com 32 bits para servidores 64 bits; Dependendo da necessidade de backup/archive restore/retrieve de grandes quantidades de dados haverá uma sobrecarga na rede, por isso onde necessita-se de grande transferência de dados, uma boa solução é a implantação de uma rede SAN; 8 - Conclusão Todos os fatores e conceitos apresentados até agora são diferenciais importantes da solução do TSM quando trabalhadas com todos estes conceitos em conjunto. Neste trabalho procurei demonstrar a solidez e eficiência da tecnologia utilizada pelo produto, podendo oferecer segurança e disponibilidade superiores quando comparadas a outras soluções corporativas de backup: 22

23 Figura 16 Eficiencia do TSM O futuro dos sistemas de armazenamento deve incluir o TSM como um dos melhores e mais seguros sistemas de retenção, principalmente quando existe a necessidade de guardar grandes quantidades de dados. De modo geral, as empresas devem tomar o máximo de cuidado com suas informações, utilizando-se qualquer que seja a ferramenta já trará certo alivio caso ocorra alguma eventualidade ocasionando perdas. Porém, dependendo da empresa o gerenciamento das informações com ferramentas básicas podem trazer maior custos que benefícios, e ainda correr o risco de não haver a possibilidade do restore das informações no momento necessário, sendo que, o importante não é o backup mais sim a restauração dos mesmos. 9 - Referencias: [1] [2] [3] [4] [5] [6]http://www.ibm.com/developerworks/br/tivoli/resources/Introducao_ao_TSM_61_R8C_2. pdf [7]http://www.ibm.com/developerworks/br/tivoli/resources/Novidades_do_TSM_61_R8C_2. pdf [8] [9]http://publib.boulder.ibm.com/infocenter/tsminfo/v6/index.jsp?topic=/com.ibm.itsm.srv.do c/t_move_bkup_media.html [10]http://publib.boulder.ibm.com/infocenter/tsminfo/v6/index.jsp?topic=/com.ibm.itsm.srv.d oc/t_move_bkup_media.html [11] 23

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS ERRATA E REABERTURA PROCESSO LICITATÓRIO N 097/2011 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL RP N 061/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS CENTRALIZADOS (STORAGE) E DE SISTEMA DE CÓPIA DE SEGURANÇA

Leia mais

IBM Tivoli Storage Manager 6.1 Características e principais funcionalidades

IBM Tivoli Storage Manager 6.1 Características e principais funcionalidades IBM Software Group IBM 6.1 Características e principais funcionalidades Mauricio Massa Consulting IT Specialist IBM Brasil Software Group mmassa@br.ibm.com Doc. Release: R8C Agenda terça-feira, 15 de setembro

Leia mais

Symantec NetBackup 7.1 Clients and Agents Complete protection for your information-driven enterprise

Symantec NetBackup 7.1 Clients and Agents Complete protection for your information-driven enterprise Complete protection for your information-driven enterprise Visão geral O Symantec NetBackup oferece uma seleção simples e abrangente de clientes e agentes inovadores para otimizar a performance e a eficiência

Leia mais

Clique para editar o estilo do título mestre

Clique para editar o estilo do título mestre IBM Tivoli Tivoli Storage Storage Manager IBM Manager Clique para editar o estilo do título mestre Antonio Robson de Medeiros Software Specialist arobson@tallard.com Tallard Technologies 2007 IBM Corporation

Leia mais

CA ARCserve Backup. Visão geral

CA ARCserve Backup. Visão geral INFORME DE PRODUTO: CA ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup CA ARCSERVE BACKUP, O PRODUTO DE ALTA PERFORMANCE, LÍDER DA INDÚSTRIA DE PROTEÇÃO DE DADOS, COMBINA TECNOLOGIA INOVADORA DE ELIMINAÇÃO DE

Leia mais

Informe técnico: Proteção de dados Clientes e agentes do Veritas NetBackup 6.5 Plataforma do Veritas NetBackup - Proteção de dados de próxima geração

Informe técnico: Proteção de dados Clientes e agentes do Veritas NetBackup 6.5 Plataforma do Veritas NetBackup - Proteção de dados de próxima geração Plataforma do Veritas NetBackup - Proteção de dados de próxima geração Visão geral O Veritas NetBackup oferece um conjunto simples porém abrangente de clientes e agentes inovadores para otimizar o desempenho

Leia mais

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões Symantec 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões O 7 permite a padronização das operações de backup e recuperação em ambientes físicos e virtuais com menos recursos e menos riscos, pois oferece

Leia mais

utilização da rede através da eliminação de dados duplicados integrada e tecnologia de archiving.

utilização da rede através da eliminação de dados duplicados integrada e tecnologia de archiving. Business Server Backup e recuperação abrangentes criados para a pequena empresa em crescimento Visão geral O Symantec Backup Exec 2010 for Windows Small Business Server é a solução de proteção de dados

Leia mais

CA ARCserve Backup PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: ARCSERVE BACKUP R12.5

CA ARCserve Backup PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: ARCSERVE BACKUP R12.5 PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup Este documento aborda as perguntas mais freqüentes sobre o CA ARCserve Backup r12.5. Para detalhes adicionais sobre os novos recursos

Leia mais

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 2010 Guia de Instalação Rápida 20047221 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes da instalação Sobre a conta de serviço do

Leia mais

PERGUNTAS FREQÜENTES: Proteção de dados Perguntas freqüentes sobre o Backup Exec 2010

PERGUNTAS FREQÜENTES: Proteção de dados Perguntas freqüentes sobre o Backup Exec 2010 Que produtos estão incluídos nesta versão da família Symantec Backup Exec? O Symantec Backup Exec 2010 oferece backup e recuperação confiáveis para sua empresa em crescimento. Proteja mais dados facilmente

Leia mais

Desduplicação na proteção de dados Definições e Aplicações. Marcelo Cariello e José Mota Consultor Técnico

Desduplicação na proteção de dados Definições e Aplicações. Marcelo Cariello e José Mota Consultor Técnico Desduplicação na proteção de dados Definições e Aplicações Marcelo Cariello e José Mota Consultor Técnico Dá pra viver sem Internet????? Evolução de TI sem volta!!! TI Verde Cloud-computing Virtualização

Leia mais

Como proteger e recuperar dados de forma contínua e econômica com o IBM Tivoli Storage Manager FastBack

Como proteger e recuperar dados de forma contínua e econômica com o IBM Tivoli Storage Manager FastBack 06/10/2011 Como proteger e recuperar dados de forma contínua e econômica com o IBM Tivoli Storage Manager FastBack Eduardo F. Tomaz Tivoli Technical Sales Specialist etomaz@br.ibm.com Agenda 1. A Necessidade

Leia mais

Symantec Backup Exec.cloud

Symantec Backup Exec.cloud Proteção automática, contínua e segura que faz o backup dos dados na nuvem ou usando uma abordagem híbrida, combinando backups na nuvem e no local. Data Sheet: Symantec.cloud Somente 2% das PMEs têm confiança

Leia mais

PROTEÇÃO DE MÁQUINA VIRTUAL VMWARE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

PROTEÇÃO DE MÁQUINA VIRTUAL VMWARE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC PROTEÇÃO DE MÁQUINA VIRTUAL VMWARE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC O PowerVault DL2000 baseado na tecnologia da Symantec Backup Exec oferece a única solução de backup em disco totalmente

Leia mais

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers Guia de Instalação Rápida 13897290 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes de instalar Sobre a conta

Leia mais

CA ARCserve Backup para Windows

CA ARCserve Backup para Windows CA ARCserve Backup para Windows Resumo da Release r12.5 Esta documentação (denominada "Documentação") e o programa de computador relacionado (denominado "Software"), mencionados nas partes que se seguem

Leia mais

Proteção de ambientes VMware vsphere/esx com Arcserve

Proteção de ambientes VMware vsphere/esx com Arcserve Proteção de ambientes VMware vsphere/esx com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura

Leia mais

Série de Appliances Symantec NetBackup 5000

Série de Appliances Symantec NetBackup 5000 Uma solução rápida, completa e global de desduplicação para empresas. Data Sheet: Proteção de Dados Visão geral A série de appliances Symantec NetBackup 000 oferece à sua empresa uma solução de eliminação

Leia mais

Guia de início rápido do Express

Guia de início rápido do Express Page 1 of 10 Guia de início rápido do Express As próximas seções apresentam instruções para instalação e utilização do software Express. Sumário I. Requisitos de sistema II. Requisitos de instalação III.

Leia mais

Symantec Backup Exec 2012

Symantec Backup Exec 2012 Melhor Backup para todos Data Sheet: Backup e recuperação após desastres Visão geral O é um produto integrado que protege ambientes físicos e virtuais, simplifica o backup e a recuperação após desastres

Leia mais

Guia de início rápido do Express

Guia de início rápido do Express Page 1 of 11 Guia de início rápido do Express As próximas seções apresentam instruções para instalação e utilização do software Express. SUMÁRIO I. REQUISITOS DE SISTEMA II. REQUISITOS DE INSTALAÇÃO III.

Leia mais

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura

Leia mais

Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition

Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition Visão geral O Symantec Backup Exec 2014 V-Ray Edition destina-se a clientes que possuem sistemas total ou parcialmente virtualizados, ou seja, que moveram os servidores de arquivos, servidores de impressão,

Leia mais

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura maneiras

Leia mais

Informe técnico: Proteção de dados Veritas NetBackup 6.5 NetBackup Enterprise Server - Proteção de dados de próxima geração

Informe técnico: Proteção de dados Veritas NetBackup 6.5 NetBackup Enterprise Server - Proteção de dados de próxima geração NetBackup Enterprise Server - Proteção de dados de próxima geração Visão geral Como líder consagrado no mercado de backup e recuperação para empresas, o Veritas NetBackup oferece proteção de dados inigualável

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

CA ARCserve Backup para Windows

CA ARCserve Backup para Windows CA ARCserve Backup para Windows Resumo da Versão r16 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada Documentação),

Leia mais

IBM Tivoli Storage Manager para Linux. Iniciação Rápida. Versão 5.2 G517-7500-02

IBM Tivoli Storage Manager para Linux. Iniciação Rápida. Versão 5.2 G517-7500-02 IBM Tivoli Storage Manager para Linux Iniciação Rápida Versão 5.2 G517-7500-02 IBM Tivoli Storage Manager para Linux Iniciação Rápida Versão 5.2 G517-7500-02 Nota Antes de utilizar estas informações e

Leia mais

Proteção de dados otimizada através de um console para sistemas físicos e virtuais, inclusive para o WMware e Hyper-V.

Proteção de dados otimizada através de um console para sistemas físicos e virtuais, inclusive para o WMware e Hyper-V. Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Small Business Server Edições Premium e Standard Proteção de dados e recuperação de sistemas completa para o Microsoft Windows Small Business Server Visão geral O

Leia mais

DESVANTAGENS DO BACKUP E DA

DESVANTAGENS DO BACKUP E DA EMC AVAMAR Sistema e software para backup com desduplicação PRINCIPAIS BENEFÍCIOS Dados desduplicados no cliente antes da transferência pela rede Sempre um backup completo diário, em instantes Ideal para

Leia mais

UPSTREAM for Linux on System z

UPSTREAM for Linux on System z FOLHA DO PRODUTO UPSTREAM for Linux on System z UPSTREAM for Linux on System z O UPSTREAM for Linux on System z foi criado para proporcionar completa proteção de dados para o ambiente Linux on System z

Leia mais

Como montar o quebra-cabeças do backup? Ricardo Costa e Bruno Lobo Backup, Recovery & Archiving Solutions

Como montar o quebra-cabeças do backup? Ricardo Costa e Bruno Lobo Backup, Recovery & Archiving Solutions Como montar o quebra-cabeças do backup? Ricardo Costa e Bruno Lobo Backup, Recovery & Archiving Solutions Desafios do Backup Tradicional PERFORMANCE Falha em atender janelas Falha em prover nível adequado

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 05. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 05. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 05 Prof. André Lucio Competências da aula 5 Backup. WSUS. Serviços de terminal. Hyper-v Aula 04 CONCEITOS DO SERVIÇO DE BACKUP

Leia mais

Apresentação resumida

Apresentação resumida New Generation Data Protection Powered by AnyData Technology Apresentação resumida Para obter apresentação completa ou mais informações ligue (11) 3441 0989 ou encaminhe e-mail para vendas@dealerse.com.br

Leia mais

Symantec Backup Exec 12 for Windows Servers

Symantec Backup Exec 12 for Windows Servers Medalha de ouro em proteção de dados do Windows Visão geral O Symantec Backup Exec 12 oferece proteção eficiente e fácil de gerenciar para backup e recuperação de servidores a desktops, fornecendo proteção

Leia mais

Através deste aditamento, estamos anexando as Especificações Técnicas dos itens 06 e 07, da licitação acima referenciada.

Através deste aditamento, estamos anexando as Especificações Técnicas dos itens 06 e 07, da licitação acima referenciada. Aditamento nº 1 Tomada de Preços nº 00385/2004 Objeto: Aquisição de material de informática (comutador, disco, interface ethernet, console switch, servidor e licença de uso de software de beackup) Data:

Leia mais

IBM Tivoli Storage Manager Novas funcionalidades da versão 6.1

IBM Tivoli Storage Manager Novas funcionalidades da versão 6.1 IBM Software Group IBM Novas funcionalidades da versão 6.1 Mauricio Massa Consulting IT Specialist IBM Brasil Software Group mmassa@br.ibm.com Doc. Release: R8B Agenda terça-feira, 15 de setembro de 2009

Leia mais

Veritas Storage Foundation da Symantec

Veritas Storage Foundation da Symantec Veritas Storage Foundation da Symantec Gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line O Veritas Storage Foundation oferece uma solução completa para o gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line.

Leia mais

Backup r16.5 Resumo do produto

Backup r16.5 Resumo do produto Backup r16.5 Resumo do produto Nos negócios, a evolução é constante. A equipe aumenta. Surgem novas filiais. Novos aplicativos são implementados, e geralmente cai sobre você a responsabilidade de garantir

Leia mais

Veritas NetBackup 6.5

Veritas NetBackup 6.5 Veritas NetBackup 6.5 Plataforma Veritas NetBackup a próxima geração em proteção de dados Visão geral Como líder consagrado no mercado de backup e recuperação para empresas, o Veritas NetBackup oferece

Leia mais

CA ARCserve Backup. Guia do Movimentador de dados para UNIX e Linux. r16

CA ARCserve Backup. Guia do Movimentador de dados para UNIX e Linux. r16 CA ARCserve Backup Guia do Movimentador de dados para UNIX e Linux r16 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Sumário Introdução... 3 Windows Server 2008 R2 Hyper-V... 3 Live Migration... 3 Volumes compartilhados do Cluster... 3 Modo de Compatibilidade de Processador...

Leia mais

Configuração SERVIDOR.

Configuração SERVIDOR. REQUISITOS MINIMOS SISTEMAS FORTES INFORMÁTICA. Versão 2.0 1. PRE-REQUISITOS FUNCIONAIS HARDWARES E SOFTWARES. 1.1 ANALISE DE HARDWARE Configuração SERVIDOR. Componentes Mínimo Recomendado Padrão Adotado

Leia mais

EMC DATA DOMAIN OPERATING SYSTEM

EMC DATA DOMAIN OPERATING SYSTEM EMC DATA DOMAIN OPERATING SYSTEM Potencializando o armazenamento de proteção da EMC PRINCÍPIOS BÁSICOS Desduplicação dimensionável e de alta velocidade Desempenho de até 58,7 TB/h Reduz de 10 a 30 vezes

Leia mais

IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5. Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft SharePoint

IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5. Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft SharePoint IBM Business Process Manager Versão 7 Release 5 Guia de Instalação do Complemento do IBM Business Process Manager para Microsoft SharePoint ii Instalando Manuais PDF e o Centro de Informações Os manuais

Leia mais

Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI

Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI Microsoft VDI e Windows VDA Perguntas Frequentes Licenciamento de estações de trabalho Windows para Ambientes VDI Como a Microsoft licencia o Windows das estações de trabalho em ambientes virtuais? A Microsoft

Leia mais

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Há diversos motivos para as empresas de hoje enxergarem o valor de um serviço de nuvem, seja uma nuvem privada oferecida por

Leia mais

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário Mandic. Somos Especialistas em Cloud. PAINEL MANDIC CLOUD Manual do Usuário 1 BEM-VINDO AO SEU PAINEL DE CONTROLE ESTE MANUAL É DESTINADO AO USO DOS CLIENTES DA MANDIC CLOUD SOLUTIONS COM A CONTRATAÇÃO

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Gerenciamento unificado de recuperação de dados

Gerenciamento unificado de recuperação de dados IBM Software Thought Leadership White Paper Gerenciamento unificado de recuperação de dados Reduzindo risco e custo mediante a simplificação da infraestrutura de recuperação de dados 2 Gerenciamento unificado

Leia mais

Gerenciando Dados e Criando um Plano Efetivo de Recuperação com o Tivoli Storage Manager FastBack

Gerenciando Dados e Criando um Plano Efetivo de Recuperação com o Tivoli Storage Manager FastBack 25/05/2011 Gerenciando Dados e Criando um Plano Efetivo de Recuperação com o Tivoli Storage Manager Fagner Schablatura Tivoli Sales Specialist fschabla@br.ibm.com Agenda 1. A Necessidade do Gerenciamento

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

Dell Data Protection Rapid Recovery 6.0. Guia do usuário do DocRetriever for SharePoint

Dell Data Protection Rapid Recovery 6.0. Guia do usuário do DocRetriever for SharePoint Dell Data Protection Rapid Recovery 6.0 Guia do usuário do DocRetriever for SharePoint 2016 Dell Inc. Todos os direitos reservados. Este produto é protegido por leis de copyright e de propriedade intelectual

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico RP nº 001/2013

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico RP nº 001/2013 Anexo I 1 DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico RP nº 001/2013 1.1 Registro de Preços - RP, por 12 (doze) meses, de licenças de uso da solução de backup EMC Legato Networker, para sistemas

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em disco totalmente

Leia mais

IBM Tivoli Storage Manager FastBack

IBM Tivoli Storage Manager FastBack Ajudando a fornecer proteção e recuperação de dados contínua para aplicativos cruciais do Windows Destaques Ajude a fornecer gerenciamento de proteção e recuperação de dados contínua para servidores Microsoft

Leia mais

Retrospect Apresentação Técnica e Comercial

Retrospect Apresentação Técnica e Comercial Retrospect Apresentação Técnica e Comercial V.10 para Windows V.12 para Mac Tiago Vaz DataSystems - IT Technical E-mail: t.vaz@datasystems.pt Tel.: +351 218051563 Tlmv.: +351 910 727 848 Web: www.datasystems.pt

Leia mais

Aproveite as vantagens do IBM Tivoli para gestão de armazenamento

Aproveite as vantagens do IBM Tivoli para gestão de armazenamento Software IBM Dezembro de 2010 Aproveite as vantagens do IBM Tivoli para gestão de armazenamento As soluções de gerenciamento de armazenamento IBM Tivoli superam a concorrência 2 Aproveite as vantagens

Leia mais

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação Diretoria Técnica-Operacional Gerência de Tecnologia da Informação Termo de Referência Anexo II Especificação Técnica 1 - INTRODUÇÃO Página 2 de 9 do TR-007-3700 de Este anexo tem por objetivo detalhar

Leia mais

Av. Nsa. Sra. de Copacabana, 583 Gr. 604 - Copacabana - Rio de Janeiro / RJ - 22050-002 Tel. / Fax: (021) 2255-3549 / 2236-2721 - E - MAIL:

Av. Nsa. Sra. de Copacabana, 583 Gr. 604 - Copacabana - Rio de Janeiro / RJ - 22050-002 Tel. / Fax: (021) 2255-3549 / 2236-2721 - E - MAIL: Perguntas Mais Freqüentes sobre Double-Take 1. Quais os sistemas operacionais suportados pelo Double-Take? O Double-Take suporta o sistema operacional Microsoft Windows nas seguintes versões: Licença DoubleTake

Leia mais

Informe técnico: Archiving Symantec Enterprise Vault Armazena, gerencia e descobre informações essenciais da empresa

Informe técnico: Archiving Symantec Enterprise Vault Armazena, gerencia e descobre informações essenciais da empresa Armazena, gerencia e descobre informações essenciais da empresa Gerenciando milhões de caixas de correio de milhares de clientes em todo o mundo, o Enterprise Vault, líder do mercado em archiving de e-mail

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Microsoft Corporation Publicação: 14 de março de 2005 Autor: Tim Elhajj Editor: Sean Bentley Resumo Este documento fornece instruções

Leia mais

VMware melhora a utilização da rede e o desempenho de backup usando a desduplicação do EMC Avamar

VMware melhora a utilização da rede e o desempenho de backup usando a desduplicação do EMC Avamar ESTUDO DE CASO DE COMPRADOR IDC Brasil: Av. Eng. Luiz Carlos Berrini, 1645 8º andar, 04571-000, São Paulo/SP Tel. (11) 5508-3400 Fax (11) 5508-3444 www.idcbrasil.com.br VMware melhora a utilização da rede

Leia mais

Consolidação inteligente de servidores com o System Center

Consolidação inteligente de servidores com o System Center Consolidação de servidores por meio da virtualização Determinação do local dos sistemas convidados: a necessidade de determinar o melhor host de virtualização que possa lidar com os requisitos do sistema

Leia mais

Informe técnico: Backup e recuperação Symantec Backup Exec System Recovery Medalha de ouro na recuperação total de sistemas Windows

Informe técnico: Backup e recuperação Symantec Backup Exec System Recovery Medalha de ouro na recuperação total de sistemas Windows Medalha de ouro na recuperação total de sistemas Windows Visão geral O Symantec Backup Exec System Recovery 8.5 é uma solução completa de recuperação de sistemas baseada em disco para servidores, desktops

Leia mais

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br Sumário 1. Boas vindas... 4 2. Dashboard... 4 3. Cloud... 5 3.1 Servidores... 5 o Contratar Novo Servidor... 5 o Detalhes do Servidor... 9 3.2 Cloud Backup... 13 o Alteração de quota... 13 o Senha do agente...

Leia mais

Backup rápido, Recuperação rápida

Backup rápido, Recuperação rápida Backup & Recovery Backup rápido, Recuperação rápida Apresentamos o premiado sistema de aplicação de dados e de solução para recuperação em ambientes físicos e virtuais. StorageCraft oferece um pacote de

Leia mais

SOLO NETWORK. Backup & Recovery

SOLO NETWORK. Backup & Recovery Backup & Recovery Backup rápido, Recuperação rápida Apresentamos o premiado sistema de aplicação de dados e de solução para recuperação em ambientes físicos e virtuais. StorageCraft oferece um pacote de

Leia mais

Backup e recuperação para VMware usando o armazenamento EMC Data Domain com desduplicação

Backup e recuperação para VMware usando o armazenamento EMC Data Domain com desduplicação Backup e recuperação para VMware usando o armazenamento EMC Data Domain com desduplicação Planejamento de práticas recomendadas Resumo O método VMware oferece benefícios extraordinários, mas que podem

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

GUIA DE BOAS PRÁTICAS

GUIA DE BOAS PRÁTICAS GUIA DE BOAS PRÁTICAS Sumário Requisitos para um bom funcionamento...3 Menu Configurações...7 Como otimizar o uso da sua cota...10 Monitorando o backup...8 Manutenção de arquivos...12 www.upbackup.com.br

Leia mais

ARMAZENAMENTO E COMPUTAÇÃO

ARMAZENAMENTO E COMPUTAÇÃO EMC SCALEIO SAN de servidor convergente definida por software PRINCÍPIOS BÁSICOS Apenas software Arquitetura convergida de camada única Capacidade de expansão linear Desempenho e capacidade sob demanda

Leia mais

Guia de vendas Windows Server 2012 R2

Guia de vendas Windows Server 2012 R2 Guia de vendas Windows Server 2012 R2 Por que Windows Server 2012 R2? O que é um servidor? Mais do que um computador que gerencia programas ou sistemas de uma empresa, o papel de um servidor é fazer com

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração

Manual de Instalação e Configuração e Configuração MyABCM 4.0 Versão 4.00-1.00 2 Copyright MyABCM. Todos os direitos reservados Reprodução Proibida Índice Introdução... 5 Arquitetura, requisitos e cenários de uso do MyABCM... 7 Instalação

Leia mais

Q-flow 2.2. Código de Manual: Qf22007POR Versão do Manual: 3.1 Última revisão: 21/10/2005 Aplica-se a: Q-flow 2.2. Sizing

Q-flow 2.2. Código de Manual: Qf22007POR Versão do Manual: 3.1 Última revisão: 21/10/2005 Aplica-se a: Q-flow 2.2. Sizing Q-flow 2.2 Código de Manual: Qf22007POR Versão do Manual: 3.1 Última revisão: 21/10/2005 Aplica-se a: Q-flow 2.2 Sizing Qf22007POR v3.1 Q-flow Sizing Urudata Software Rua Canelones 1370 Segundo Andar CP11200

Leia mais

LEIA ISTO PRIMEIRO. IBM Tivoli Configuration Manager, Versão 4.2.1

LEIA ISTO PRIMEIRO. IBM Tivoli Configuration Manager, Versão 4.2.1 LEIA ISTO PRIMEIRO IBM Tivoli, Versão 4.2.1 O IBM Tivoli, Versão 4.2.1, é uma solução para controlar a distribuição de software e o inventário de gerenciamento de recursos em um ambiente multiplataformas.

Leia mais

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação Índice 1. Introdução... 3 2. Funcionamento básico dos componentes do NetEye...... 3 3. Requisitos mínimos para a instalação dos componentes do NetEye... 4 4.

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2 INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2 Neste item aprenderemos a instalar o Microsoft SQL SERVER 2008 R2 e a fazer o Upgrade de versões anteriores do SQL SERVER 2008 R2. Também veremos as principais

Leia mais

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip Se, assim como a maioria, você possui um único PC ou notebook, uma opção para testar as distribuições Linux sem precisar mexer no particionamento do HD e instalar o sistema em dualboot, é simplesmente

Leia mais

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 2010 R3 Guia de Instalação Rápida 20047221 O software descrito neste livro é fornecido sob um contrato de licença e pode ser usado somente de acordo com as condições do contrato. Versão

Leia mais

Professional. Guia do Usuário

Professional. Guia do Usuário Professional Guia do Usuário Conteúdo Introdução a SYNCING.NET... 3 Bem-vindo a SYNCING.NET... 3 Utilizando SYNCING.NET... 3 Como funciona SYNCING.NET?... 3 Requisitos Técnicos... 5 Instalação... 6 Registro...

Leia mais

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009.

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. Guia de Instalação do SolidWorks 2009 INTRODUÇÃO A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. O SolidWorks pode ser instalado

Leia mais

IBM Tivoli Storage Manager para Linux Versão 7.1.3. Guia de Instalação IBM

IBM Tivoli Storage Manager para Linux Versão 7.1.3. Guia de Instalação IBM IBM Tivoli Storage Manager para Linux Versão 7.1.3 Guia de Instalação IBM IBM Tivoli Storage Manager para Linux Versão 7.1.3 Guia de Instalação IBM Nota: Antes de usar estas informações e o produto suportado

Leia mais

WINDOWS NT SERVER 4.0

WINDOWS NT SERVER 4.0 Características WINDOWS NT SERVER 4.0 O NT Server suporta redes maiores organizadas em torno de servidores e domínios. É um sistema operacional para organizações que necessitem implementar aplicações críticas,

Leia mais

ATO Nº 227/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 227/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 227/2013 Aprova a Norma Complementar de Cópia de Segurança e de Restauração de Sistemas, Aplicativos, Dados e de no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL

Leia mais

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 Sumário Prefácio: Prefácio...vii Capítulo 1: Apresentação do MozyPro...9 Capítulo 2: Noções básicas sobre os Conceitos do MozyPro...11 Noções básicas

Leia mais

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP

Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Arcserve Backup: Como proteger ambientes NAS heterogêneos com NDMP Phil Maynard UNIDADE DE SOLUÇÕES DE GERENCIAMENTO DE DADOS PARA O CLIENTE FEVEREIRO DE 2012 Introdução Em todos os lugares, o volume de

Leia mais

1. Introdução. 2. Funcionamento básico dos componentes do Neteye

1. Introdução. 2. Funcionamento básico dos componentes do Neteye 1. Introdução Esse guia foi criado com o propósito de ajudar na instalação do Neteye. Para ajuda na utilização do Software, solicitamos que consulte os manuais da Console [http://www.neteye.com.br/help/doku.php?id=ajuda]

Leia mais

DESVANTAGENS DO BACKUP E DA

DESVANTAGENS DO BACKUP E DA EMC AVAMAR Software e sistema para backup com desduplicação PRINCIPAIS BENEFÍCIOS Dados desduplicados no cliente antes da transferência pela rede Reduz a largura de banda de rede para o backup em até 99%

Leia mais

Backup Exec 15. Guia de Instalação Rápida

Backup Exec 15. Guia de Instalação Rápida Backup Exec 15 Guia de Instalação Rápida 21344987 Versão da documentação: 15 PN: 21323749 Avisos legais Copyright 2015 Symantec Corporation. Todos os direitos reservados. Symantec, o logotipo da Symantec

Leia mais

HOME. Guia de Usuário

HOME. Guia de Usuário HOME Guia de Usuário Contenido Introdução a SYNCING.NET... 3 Bem-vindo a SYNCING.NET... 3 Utilizando SYNCING.NET... 3 Como funciona SYNCING.NET?... 3 Requisitos Técnicos... 5 Instalação... 6 Registro...

Leia mais

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles FAMÍLIA EMC VPLEX Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles GARANTINDO DISPONIBILIDADE CONTÍNUA E MOBILIDADE DE DADOS PARA APLICATIVOS ESSENCIAIS A infraestrutura de armazenamento

Leia mais