Sistemas de Climatização. » 100% de satisfação nas 2 convocatórias anteriores. Projecto, Exploração, Operação e Manutenção de

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas de Climatização. » 100% de satisfação nas 2 convocatórias anteriores. Projecto, Exploração, Operação e Manutenção de"

Transcrição

1 SEMINÁRIOS De um modo geral, desde a organização do evento até ao último dia da formação foi tudo excelente. O iir está de parabéns no meu ponto de vista! António Morgado Ferreira. Chefe de Manutenção. TEIXEIRA DUARTE Assistente à convocatória de Junho de ª EDIÇÃO >> SEMINÁRIO TÉCNICO Projecto, Exploração, Operação e Manutenção de Geradores Leve a cabo um dimensionamento óptimo dos seus Geradores Conheça em profundidade as protecções de equipamentos e de redes de distribuição Domine os sistemas mecânico e eléctrico dos geradores de emergência Saiba como, quando e porquê levar a cabo a Manutenção dos seus Geradores» 100% de satisfação nas 2 convocatórias anteriores Luanda 12 e 13 de Maio de 2009 Hotel Trópico SEMINÁRIO TÉCNICO Projecto, Operação e Manutenção de Sistemas de Climatização Domine as Normas aplicáveis aos Sistemas de Climatização Conheça em detalhe os equipamentos principais e auxiliares de AVAC: chillers, caldeiras, UTA, Filtros, vasos de expansão, etc. Cumpra as exigências regulamentares relativas a Sistemas Energéticos de Climatização Saiba quando e porquê aplicar diferentes tipos e estratégias de Manutenção: preventiva, correctiva e preditiva Leve a cabo auditorias para avaliação dos níveis de Manutenção Luanda 14 de Maio de 2009 Hotel Trópico O seu Formador: Engº Ventura Rodrigues Formador TUV, CERTITECNA, ECOSAUDE Sócio - Gerente VENTURA RODRIGUES CONSULTORIA DE ENGENHARIA Inscreva-se em

2 » Marcelo Serviu para refrescar alguns conhecimentos já adquiridos, e para aumentar a minha performance e suprimir algumas dúvidas Pereira Ginga. Responsável de Manutenção. SONANGOL Horário Os Assistentes serão recebidos no 1º dia às 8.00 h. O Evento terá início às 8.30 h., terminando aproximadamente às h. Enfoque e Metodologia Didáctica Focus and Features Ambos os Seminários apresentados constituem uma oportunidade única para o desenvolvimento de competências técnicas-chave para um desenvolvimento óptimo das suas tarefas. Para uma maior rentabilização dos Seminários e consolidação dos conhecimentos adquiridos, a metodologia apoia-se em: Formação adaptável ao grupo através de uma networking session Nos primeiros 15 minutos, os/as Assistentes apresentam-se expondo as suas expectativas e os objectivos a alcançar. O Formador orientará a Sessão de acordo com a informação recolhida. Formadores de Excelência O seu Formador foi seleccionados de acordo com rigorosos critérios baseados na experiência, know-how e resultados obtidos. Enfoque prático, participativo e com troca de experiências Os Oradores estão confirmados. O iir Portugal reserva-se o direito de alterar o programa e de substituir os oradores, se a isso se vir obrigado, sempre por motivos alheios à sua vontade iir PORTUGAL S.L Descubra porque os eventos do iir recolhem comentários como O Seu Formador Excelente nos conteúdos programáticos, na transmissão de conhecimentos e no domínio da matéria Valdemar Melo Naval. Apoio Operações. SONANGOL LOGÍSTICA Muito bom Amílcar A. Cabral. Técnico de Manutenção. SONANGOL PESQUISA E PRODUÇÃO Este tipo de formação é muito importante para recordar e actualizar conhecimentos para precaver futuros trabalhos Edilson Viriato L. dos Santos. Técnico Superior de S. Potência. MOVICEL Engº Ventura Rodrigues Formador TUV, CERTITECNA, ECOSAUDE Sócio - Gerente VENTURA RODRIGUES CONSULTORIA DE ENGENHARIA Engenheiro de Energia e Sistemas de Potência pelo ISEL, Engenheiro de Electrotecnia e Computadores - ramo de Sistemas de Energia pelo Instituto Superior Técnico. Mestre em Engenharia Electrotécnica e Computadores no Instituto Superior Técnico e em frequência no Doutoramento em Marketing e Estratégia de Gestão de Empresas na Universidade Miguel Hernández (Valencia Espanha). Tem desempenhado diversas funções tais como: Engenheiro Electrotécnico na EDP, Technical Trainner, General Maintenance Supervisor e Engenheiro dos Serviços Gerais, na VolksWagen - Autoeuropa; Facilities Manager na Tabaqueira S.A.; Director do Departamento de Serviços Técnicos no GRUPO SANAHOTELS Portugal S.A. Com habilitações de Técnico inscrito na Direcção-Geral de Geologia e Energia e de Técnico Responsável pelo Controle da Execução do Plano de Racionalização dos Consumos de Energia. Técnico inscrito na ANACOM e na Ordem dos Engenheiros. Orador e Formador em Seminários e Conferências. Actualmente é Formador Técnico no iir, Certitecna, Ecosaude (Fernave) e TÜV. Engenheiro e Sócio da JJVR- Projectos de Engenharia e Consultadoria LDA e da VENTURA RODRIGUES Consultadoria De Engenharia, Unipessoal LDA. 2 Para inscrições [ Tel.: Fax: ]

3 Projecto, Exploração, Operação e Manutenção de Geradores Luanda 12 e 13 de Maio de 2009 SEMINÁRIO 1 Projecto de Instalação Ao longo da primeira Sessão do curso serão abordados conceitos e noções relativos ao projecto de instalação de Geradores de Emergência. Esta Sessão assume uma grande importância pois permitirá que os assistentes adquiram conhecimentos relativos ao dimensionamento em termos de potência, soluções técnicas, assim como dos sistemas de segurança que deverão ser assegurados. Projectos do tipo A (1ª categoria) Tipologia de soluções: soluções técnicas Escolha e opção de cargas a conectar a um Gerador Dimensionamento Sistemas de inversão e encravamentos Ligação à terra de serviço e terra de protecção Protecções de equipamentos e de redes de distribuição Protecção de equipamentos e pessoas Soluções Técnicas Manutenção de Geradores de Emergência Ao longo desta Sessão, abordar-se-ão as necessidades de acompanhamento e metodologia na Manutenção de Geradores de Emergência. Manutenção de Geradores Metodologia de Manutenção: World Class Maintenance Total Product Maintenance Rotinas de Operações e Manutenção Periódica A Exploração e Operações de/em Geradores O objectivo máximo desta Sessão é dotar os/as participantes de conhecimentos relativos à Qualidade de Energia, à importância de ter um bom gerador, ao funcionamento da máquina e sistemas, aos requisitos legais e às suas necessidades de manutenção e de acompanhamento. A Qualidade de Energia Factores Externos Qualidade da Onda de Tensão e compatibilização com os requisitos das cargas, nomeadamente UPS Requisitos Ambientais aplicados a Geradores Aspectos funcionais de um Gerador de Emergência O sistema mecânico O sistema eléctrico Sistemas insonorizados Requisitos ambientais para Geradores de Emergência Operacionalidade dos Geradores de Emergência Especialmente desenvolvido para: A Todas as Equipas de: Manutenção Engenharia Segurança e Qualidade de Energia Instalação Exploração de Redes Consumidores Industriais Nomeadamente: Director/Responsável/Chefe de Manutenção de Energia Eléctrica Responsável/Técnico de Manutenção Técnico de Exploração Engenheiro Electrotécnico Engenheiro Electromecânico Electricistas 3 Visite [ ]

4 Projecto, Operação e Manutenção de Sistemas de Climatização Luanda 14 de Maio de 2009 SEMINÁRIO 2 Conforto Térmico O conforto termo-higrométrico Estabelecimento de condições Normas Internacionais aplicáveis aos Sistemas de Climatização ISO-7730, estabelece um critério objectivo de avaliação de conforto térmico ISO-7243, define nível de desconforto do ambiente (aplica-se quando não é possível aplicar a ISO-7730) ISO-7726, define as grandezas e os instrumentos a utilizar nas medições RCCTE, Regulamento das Características de Comportamento Térmico dos Edifícios RCESE, Regulamento dos Sistemas Energéticos de Climatização em Edifícios Características Térmicas de Materiais e Elementos de Construção Grandezas Físicas e Medições Comportamento Térmico em Edifícios Projecto - Sistemas de Climatização de Edifícios Climatização Tipos de Sistemas de Climatização Aquecimento e Arrefecimento Ar Condicionado Opções de Projecto sobre sistemas de Climatização Aplicação de diferentes sistemas Sistemas a água Sistemas Centralizados a dois (2) tubos Sistemas Centralizados a quatro (4) tubos Equipamentos Principais e Auxiliares de AVAC Chiller s Caldeiras Condensadores - Evaporadores Extractores UTA Unidades Tratamento Ar Torres de Arrefecimento Vasos Expansão Bombagem Sistemas de tratamento Filtros Contadores de Energia Outros Exigências Regulamentares relativas a Sistemas Energéticos de Climatização Operação e Manutenção de Sistemas de Climatização Gestão Técnica de Edifícios PMP s Plano Manutenção Preventiva Tipos e Estratégias de Manutenção (preventiva, correctiva, preditiva) Prioridades na manutenção Manutibilidade Fiabilidade Manutenção Assistida por Software Gestão de intervenções Stock armazém Fornecedores Monitorização de Consumos Ordem de trabalhos Auditorias Avaliação de níveis de manutenção Qualidade de Ar Interior Tratamento de Legionella Limpeza de condutas Especialmente desenvolvido para: A Todas as Equipas de: Manutenção Industrial Manutenção de Edifícios Engenharia Climatização Nomeadamente: Director/Responsável/Chefe de Manutenção Responsável/Técnico de Manutenção Responsável/Técnico de Climatização (AVAC) Responsável de Serviços Gerais Engenheiro Electrotécnico Engenheiro Electromecânico Electricistas 4 Para inscrições [ Tel.: Fax: ]

5 Estimado/a Profissional, O iir tem o prazer de lhe apresentar 2 Eventos de formação técnica exclusivos no mercado: Seminário Técnico Geradores Luanda 12 e 13 de Maio de 2009 Já na sua 3ª Edição, este é um evento imprescindível para todas as equipas técnicas de Manutenção, Engenharia Segurança e Qualidade de Energia, Instalação, Exploração de Redes que queiram apostar por um abastecimento alternativo fiável de energia eléctrica controlando ao máximo os efeitos dos apagões. Seminário Técnico Sistemas de Climatização Luanda 14 de Maio de 2009 Pela 1ª vez em Luanda, 1 dia de Formação Intensiva para todas as Equipas de Manutenção, Engenharia e Climatização que desejem optimizar os seus equipamentos de Climatização através das mais correctas Operações e Manutenção. Com a confiança de que estes são os 2 Eventos de maior relevância para toda a sua equipa, despeço-me com os melhores cumprimentos, Andreia Nabais Directora de Programas iir em Angola P.S.: Consulte os preços especiais para Equipas marcando ! Formação imprescindível para a sua empresa Gestão e Avaliação do Desempenho Luanda 16 e 17 de Março de 2009 Mapas Financeiros Luanda 17 e 18 de Março de 2009 Basel II Compliance: Implementação de Modelos Avançados na Gestão de Risco Luanda 17 e 18 de Março de 2009 Gestão do Risco em Projectos Luanda 17 e 18 de Março de 2009 Controlo de Custos e Orçamentos em Manutenção Luanda 18 e 19 de Março de 2009 Quality Financial Reporting Luanda 19 e 20 de Março de 2009 Arquivo Digital Luanda 11 e 12 de Maio de 2009 Strategic IT Manager Luanda 12, 13 e 14 de Maio de Visite [ ]

6

Masterclass Técnico. Conduzido por um Especialista em Energia Eléctrica

Masterclass Técnico. Conduzido por um Especialista em Energia Eléctrica www.iirangola.com Masterclass Técnico Projecto, Exploração, Operação e Manutenção de Geradores Conduzido por um Especialista em Energia Eléctrica Engº Ventura Rodrigues Formador TUV, CERTITECNA, ECOSAUDE

Leia mais

Strategic IT Manager +351 21 793 29 89. Gestão de Custos, Orçamentos e KPIs em IT. Como planificar, controlar e rentabilizar os investimentos

Strategic IT Manager +351 21 793 29 89. Gestão de Custos, Orçamentos e KPIs em IT. Como planificar, controlar e rentabilizar os investimentos www.iirangola.com MASTERCLASS IT Gestão de Custos, Orçamentos e KPIs em IT Strategic IT Manager Como planificar, controlar e rentabilizar os investimentos Variáveis no desenho do orçamento: objectivos,

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO. Como Elaborar e Controlar um. Para Garantir a Fiabilidade e Segurança das Instalações 4ª EDIÇÃO CURSO

PLANO DE MANUTENÇÃO. Como Elaborar e Controlar um. Para Garantir a Fiabilidade e Segurança das Instalações 4ª EDIÇÃO CURSO 4ª EDIÇÃO CURSO Como Elaborar e Controlar um PLANO DE MANUTENÇÃO Para Garantir a Fiabilidade e Segurança das Instalações LUANDA 17 e 18 de NOVEMBRO de 2014 8 Razões para participar neste Curso Saber quais

Leia mais

Strategic Public Relations

Strategic Public Relations www.iirangola.com MASTERCLASS Estratégias, Gestão e Avaliação de Relações Públicas & Assessoria de Imprensa Strategic Public Relations O que vai conseguir assistindo a este evento de alto nível? Um conhecimento

Leia mais

AUDITORIA DE MANUTENÇÃO

AUDITORIA DE MANUTENÇÃO Seminário Domine os Processos de Gestão, Planificação e Controlo AUDITORIA DE MANUTENÇÃO E melhore a Eficiência Global Disponibilidade Fiabilidade Custos LUANDA 15 e 16 de OUTUBRO de 2014 Realize uma revisão

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE 1ª EDIÇÃO Requisitos para Implementar, Elaborar e Gerir SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE LUANDA 21 e 22 de OUTUBRO de 2013 Razões pelas quais a sua presença é obrigatória Compreenda as finalidades dos SGQ

Leia mais

AUDITORIA INTERNA QUALIDADE

AUDITORIA INTERNA QUALIDADE 2ª EDIÇÃO Analisar, Monitorizar e Melhorar o Desempenho do Sistema de Gestão da Qualidade AUDITORIA INTERNA QUALIDADE DA LUANDA 22 e 23 de OUTUBRO de 2014 Analise o processo de integração da função Qualidade

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE 2ª EDIÇÃO Requisitos para Implementar, Elaborar e Gerir SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE LUANDA 20 e 21 de OUTUBRO de 2014 Razões pelas quais a sua presença é obrigatória Compreenda as finalidades dos SGQ

Leia mais

Controlo de custos, orçamentos e auditoria de

Controlo de custos, orçamentos e auditoria de MASTERCLASS www.iirangola.com Óptima experiência baseada na partilha de conhecimentos entre o Formador e os Formandos. De facto o saber não ocupa lugar Nuno Monteiro Coordenador de. BANCO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAL

Leia mais

Controlo de Custos e Orçamentos em Manutenção

Controlo de Custos e Orçamentos em Manutenção SEMINÁRIO TÉCNICO www.iirangola.com De uma forma geral bastante satisfatório quer em termos de apresentação, a clareza na transmissão das matérias até à organização Nazaré Teixeira Directora Técnica de

Leia mais

Project Management. Masterclass. www.iirangola.com. Depois de mais de 20 horas de formação volte à sua empresa e:

Project Management. Masterclass. www.iirangola.com. Depois de mais de 20 horas de formação volte à sua empresa e: www.iirangola.com Masterclass Project Management Depois de mais de 20 horas de formação volte à sua empresa e: Domine a terminologia inerente ao project management Descreva o ciclo de vida de um projecto

Leia mais

GESTÃO DE FROTAS E LOGÍSTICA DA DISTRIBUIÇÃO

GESTÃO DE FROTAS E LOGÍSTICA DA DISTRIBUIÇÃO 3ª EDIÇÃO CURSO Desenvolver e implementar GESTÃO DE FROTAS E LOGÍSTICA DA DISTRIBUIÇÃO Optimize Custos e estabeleça Métricas de Performance LUANDA 9 e 10 de JULHO de 2014 Planifique de forma integral a

Leia mais

Adquira uma visão integral de todos os aspetos críticos das obrigações legais para manutenção de instalações e equipamentos industriais

Adquira uma visão integral de todos os aspetos críticos das obrigações legais para manutenção de instalações e equipamentos industriais CURSO 1ª EDIÇÃO Adquira uma visão integral de todos os aspetos críticos das obrigações legais para manutenção de instalações e equipamentos industriais Form ventos FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS Manutenção

Leia mais

GESTÃO DE STOCKS. E INVENTÁRIOS Rentabilize a Sua Organização Melhorando os Procedimentos 3ª EDIÇÃO CURSO

GESTÃO DE STOCKS. E INVENTÁRIOS Rentabilize a Sua Organização Melhorando os Procedimentos 3ª EDIÇÃO CURSO 3ª EDIÇÃO CURSO Técnicas e Métodos Para Racionalizar os Custos GESTÃO DE STOCKS E INVENTÁRIOS Rentabilize a Sua Organização Melhorando os Procedimentos LUANDA 7 e 8 de JULHO de 2014 Saiba porque necessitamos

Leia mais

EXCEL para CORPORATE FINANCE

EXCEL para CORPORATE FINANCE SEMINÁRIO 1ª Edição EXCEL para CORPORATE FINANCE Como construir um Modelo de Business Plan para melhorar o desenho e seguimento da estratégia financeira corporativa LUANDA 12 e 13 de OUTUBRO de 2011 Como

Leia mais

Auditoria Interna REPORTING DE AUDITORIA

Auditoria Interna REPORTING DE AUDITORIA 11ª EDIÇÃO Saiba como planificar, realizar e preparar o Audit Assessment Form ventos FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS Auditoria Interna Aumente os Controlos Preventivos, reduza os Riscos e assegure a

Leia mais

Garanta a Compliance nas Notificações, Distribuição, Fabrico, Inspeções, Investigação e Vigilância

Garanta a Compliance nas Notificações, Distribuição, Fabrico, Inspeções, Investigação e Vigilância CONFERÊNCIA 6ª EDIÇÃO Garanta a Compliance nas Notificações, Distribuição, Fabrico, Inspeções, Investigação e Vigilância Dispositivos 2014 Form ventos FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS Com a Participação

Leia mais

A Tesouraria como centro de valor económico. Pontos críticos na segurança das transacções electrónicas

A Tesouraria como centro de valor económico. Pontos críticos na segurança das transacções electrónicas www.iirangola.com MASTERCLASS Gestão de Tesouraria Como estabelecer e controlar os objectivos de liquidez, rentabilidade e gestão de risco A Tesouraria como centro de valor económico Pontos críticos na

Leia mais

GESTÃO DOCUMENTAL. Saiba como Organizar, Implementar e Gerir um Sistema de

GESTÃO DOCUMENTAL. Saiba como Organizar, Implementar e Gerir um Sistema de Pela primeira Vez em Angola! Seminário Saiba como Organizar, Implementar e Gerir um Sistema de GESTÃO DOCUMENTAL Alcance Níveis Elevados de Qualidade e Reduza Custos Operacionais e Financeiros LUANDA 28

Leia mais

PPEC 2013-2014 Plano de Promoção da Eficiência Energética no Consumo de Energia Eléctrica. Auditoria Energética para Escolas

PPEC 2013-2014 Plano de Promoção da Eficiência Energética no Consumo de Energia Eléctrica. Auditoria Energética para Escolas PPEC 2013-2014 Plano de Promoção da Eficiência Energética no Consumo de Energia Eléctrica Auditoria Energética para Escolas Objectivo da Medida As Auditorias Energéticas para Escolas faz parte de um conjunto

Leia mais

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal.

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. VISÃO & MISSÃO VISÃO O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. MISSÃO Actuar junto de empresas industriais, de serviços, estabelecimentos de ensino, empresas

Leia mais

MANUTENÇÃO. Gestão de CUSTOS e ORÇAMENTOS em. E Evite Desvios Económico-Financeiros NOVIDADE. Razões para participar neste Seminário

MANUTENÇÃO. Gestão de CUSTOS e ORÇAMENTOS em. E Evite Desvios Económico-Financeiros NOVIDADE. Razões para participar neste Seminário 2ª EDIÇÃO SEMINÁRIO Actualizado Gestão de CUSTOS e ORÇAMENTOS em MANUTENÇÃO E Evite Desvios Económico-Financeiros Organização e manutenção foi de facto o meu maior orgulho pois o instrutor foi bastante

Leia mais

Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil

Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil Curso de Educação e Formação em Desenho Assistido por Computador / Construção Civil Saída Profissional: Operador CAD Certificação ao nível do 9º Ano / Nível II Laboral Bem-Vindo/a à FLAG! A FLAG é uma

Leia mais

Aquecimento e arrefecimento. Ventilação. Humidificação e desumidificação

Aquecimento e arrefecimento. Ventilação. Humidificação e desumidificação A generalidade das empresas necessitam de controlar o seu ambiente interior, tanto em termos de condições térmicas como de qualidade do ar, por diferentes motivos como bem estar e segurança das pessoas,

Leia mais

GESTÃO DE MANUTENÇÃO. Como Elaborar e Controlar um Plano de. Garanta a Fiabilidade e a Segurança dos Equipamentos e das Instalações

GESTÃO DE MANUTENÇÃO. Como Elaborar e Controlar um Plano de. Garanta a Fiabilidade e a Segurança dos Equipamentos e das Instalações 3ª EDIÇÃO SEMINÁRIO Revisto e Actualizado Como Elaborar e Controlar um Plano de GESTÃO Garanta a Fiabilidade e a Segurança dos Equipamentos e das Instalações O evento foi criativo, inovador, e deu-nos

Leia mais

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 LUANDA PROGRAMA AVANÇADO PARA DECISORES CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 2.ª EDIÇÃO Inscrições e mais informações em: www.ambienteonline.pt/luanda-concursos-internacionais-2015

Leia mais

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com Moçambique Agenda EVENTOS 2013 NEW!! Também in Company INSCREVA-SE EM inscrip@iirportugal.com VISITE www.iirportugal.com INOVAÇÃO Estimado cliente, Temos o prazer de lhe apresentar em exclusiva o novo

Leia mais

Tributação no comércio exterior e regimes aduaneiros especiais. Procedimentos e Despachos Aduaneiros. Regime legal aplicável nas reclamações

Tributação no comércio exterior e regimes aduaneiros especiais. Procedimentos e Despachos Aduaneiros. Regime legal aplicável nas reclamações SEMINÁRIO 1ª EDIÇÃO LUANDA 26 e 27 de JUNHO de 2012 HCTA - Hotel de Convenções de Talatona PLANEAMENTO e GESTÃO de OPERAÇÕES ADUANEIRAS Gestão Aduaneira e Tributária no Comércio Exterior Conheça o Funcionamento

Leia mais

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar!

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar! GRUPO ROLEAR Porque há coisas que não podem parar! INOVAÇÃO COMO CHAVE DO SUCESSO Desde 1979, com sede no Algarve, a Rolear resulta da oportunidade identificada pelo espírito empreendedor do nosso fundador

Leia mais

Actos de Engenharia - Instalações Eléctricas

Actos de Engenharia - Instalações Eléctricas Actos de Engenharia - Instalações Eléctricas Ponto de vista do Grupo de Trabalho Interno da Ordem dos Engenheiros Zita A. Vale zitavale@engenheiros.pt zitavale@sapo.pt zav@isep.ipp.pt 10.º ENCONTRO NACIONAL

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

A excelência ao serviço do cliente

A excelência ao serviço do cliente A ENGIMAGNE A excelência ao serviço do cliente A ENGIMAGNE é uma resposta de excelência para as necessidades de empresas, instituições e particulares em tecnologias e soluções de engenharia, energia e

Leia mais

CICLO DE FORMAÇÕES CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS. Em parceria com as empresas/entidades:

CICLO DE FORMAÇÕES CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS. Em parceria com as empresas/entidades: CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS CICLO DE FORMAÇÕES 2012 Em parceria com as empresas/entidades: c/a participação de formadores da EDP 1 Conteúdo Ciclo de

Leia mais

OPERAÇÕES ADUANEIRAS. PLANEAMENTO e GESTÃO de. Gestão Aduaneira e Tributária no Comércio Exterior. incompany. O seu FORMADOR

OPERAÇÕES ADUANEIRAS. PLANEAMENTO e GESTÃO de. Gestão Aduaneira e Tributária no Comércio Exterior. incompany. O seu FORMADOR SEMINÁRIO 2ª EDIÇÃO PLANEAMENTO e GESTÃO de OPERAÇÕES ADUANEIRAS Gestão Aduaneira e Tributária no Comércio Exterior LUANDA 11 e 12 de DEZEMBRO de 2013 O seu FORMADOR Conheça o Funcionamento e Opere com

Leia mais

Nuno Alexandre de Almeida Carapito. Engenheiro Mecânico

Nuno Alexandre de Almeida Carapito. Engenheiro Mecânico Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Rua José Leite Vasconcelos Lote 165 3º Esq, 3020-106 Coimbra (Portugal) 915011628 nuno.carapito@hotmail.com Sexo Masculino Data de nascimento 07/07/1982 Nacionalidade

Leia mais

Planeamento de uma Auditoria. Processo de Realização de uma Auditoria Controlo do Framework Completar o Assignment Auditoria do Assignment Checklist

Planeamento de uma Auditoria. Processo de Realização de uma Auditoria Controlo do Framework Completar o Assignment Auditoria do Assignment Checklist 5ª EDIÇÃO CURSO Sociser empresa 100% Angolana, partner do iir Aprenda e incorpore as últimas ferramentas e metodologias para DEFINIR, IMPLEMENTAR e REPORTAR um planning completo de AUDITORIA INTERNA LUANDA

Leia mais

2. O Artigo 7.º do DL 78/20006, Exercício da função de perito qualificado, estabelece:

2. O Artigo 7.º do DL 78/20006, Exercício da função de perito qualificado, estabelece: Assunto: SCE Certificação de Competências 1. O Decreto Lei n.º 78/2006, de 4 de Abril, transpõe parcialmente para a ordem jurídica nacional a directiva n.º 2002/91/CE, do parlamento Europeu e do Conselho,

Leia mais

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados;

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados; VISÃO Ser a empresa líder e o fornecedor de referência do mercado nacional (na área da transmissão de potência e controlo de movimento) de sistemas de accionamento electromecânicos e electrónicos, oferecendo

Leia mais

Mantenha-se atualizado sobre as novidades de como desenvolver e implementar com êxito. Ensaios Clínicos

Mantenha-se atualizado sobre as novidades de como desenvolver e implementar com êxito. Ensaios Clínicos 7º CURSO ANUAL PARA OS PROFISSIONAIS DE ENSAIOS CLÍNICOS EM Mantenha-se atualizado sobre as novidades de como desenvolver e implementar com êxito Ensaios Clínicos Form ventos FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE

Leia mais

FORMAÇÃO DE FORMADORES INTERNOS

FORMAÇÃO DE FORMADORES INTERNOS 1ª EDIÇÃO CURSO FORMAÇÃO DE FORMADORES INTERNOS Como preparar e habilitar os formadores com meios e técnicas que permitam garantir uma aprendizagem contínua e eficaz, através de metodologias pedagógicas

Leia mais

7. Jornadas de Climatização

7. Jornadas de Climatização 7. Jornad de Climatização As qualificações exigid para os Técnicos de Manutenção e Responsáveis pelo Funcionamento Fernando Brito 8 de Novembro de 2007 Introdução O que diz o Regulamento: Artº 19 Condução

Leia mais

MÊS DA ENERGIA - AÇORES

MÊS DA ENERGIA - AÇORES MÊS DA ENERGIA - AÇORES SEMINÁRIO Eficiência Energética Credenciação de Técnicos no âmbito do SCE Fernando Brito Ponta Delgada 6 de Maio de 2008 1 1 COMISSÃO TRIPARTIDA CTAQAI DIRECÇÃO GERAL DE ENERGIA

Leia mais

FACILITIES MANAGEMENT

FACILITIES MANAGEMENT MINI MBA Potencialize a sua qualificação profissional Incremente a eficácia e rentabilidade da sua unidade de trabalho Eficiência operacional e redução de custos em FACILITIES MANAGEMENT Mini MBA Mais

Leia mais

Project. Management 100% António Miguel. 2ª Edição > Masterclass. 3 dias de formação intensiva e especializada para que:

Project. Management 100% António Miguel. 2ª Edição > Masterclass. 3 dias de formação intensiva e especializada para que: MASTERCLASS www.iirangola.com» O curso de Gestão de Projectos é uma ferramenta importante na gestão não só de projectos, como na gestão a nível global, acredito que irei melhorar a minha gestão Marlene

Leia mais

Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional

Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional Quem somos Origem, posição actual Actividade iniciada em 1952. O prestígio de meio século de presença no mercado, A Qualidade dos produtos que comercializa

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Faculdade de Engenharia Licenciatura Engenharia e Gestão Industrial Unidade Curricular Instalações e Serviços Industriais Semestre: 5 Nº ECTS: 6,0 Regente José

Leia mais

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Agenda Enquadramento dos consumos Energéticos nos Edifícios e no ramo Hoteleiro Enerbiz Conceito Geral e explicação funcional Conclusões e Aspetos Gerais Índice Enquadramento

Leia mais

Case Study CHTS. Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa. Redes Privadas

Case Study CHTS. Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa. Redes Privadas GoTelecom, Lda 4400-408 Vila Nova de Gaia geral@gotelecom.pt www.gotelecom.pt Lisboa Aveiro Porto CHTS Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa Redes Privadas Interligamos os hospitais, com instalação de infra-estruturas

Leia mais

Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização

Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização 1. Introdução 1.1. O presente documento, descreve os requisitos particulares referentes à certificação de técnicos

Leia mais

Data Protection Officer

Data Protection Officer SEMINÁRIO 1ª EDIÇÃO Conheça os Pontos Chave para Aplicar com Êxito a Nova Legislação Europeia Data Protection Officer Form ventos FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS Com a Participação Especial de CNPD -

Leia mais

Regras de procedimentos para transporte de bens e

Regras de procedimentos para transporte de bens e Regras de procedimentos para transporte de bens e Os Sistemas de Gestão Técnica na nova regulamentação para a eficiência energética mercadorias em edifícios Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO HOSPITAL DOUTOR MANOEL CONSTÂNCIO INSTALAÇÕES TÉCNICAS. Mestrado em Manutenção Técnica de Edifícios

RELATÓRIO DE ESTÁGIO HOSPITAL DOUTOR MANOEL CONSTÂNCIO INSTALAÇÕES TÉCNICAS. Mestrado em Manutenção Técnica de Edifícios RELATÓRIO DE ESTÁGIO INSTALAÇÕES TÉCNICAS HOSPITAL DOUTOR MANOEL CONSTÂNCIO Mestrado em Manutenção Técnica de Edifícios Fernando Jorge Albino Varela de Oliveira Abrantes Dezembro 2014 ÍNDICE Objectivos

Leia mais

CURSO DE GESTÃO DE VENDAS (15 horas)

CURSO DE GESTÃO DE VENDAS (15 horas) CURSO DE GESTÃO DE VENDAS Inedem- Apotec Outono 2007 25 e 26 de Setembro 9h00 às 18h30 Dirigido a gestores da área financeira com necessidade de ferramentas informáticas de elevada eficácia na avaliação

Leia mais

Escola Secundária/3 da Maia Cursos em funcionamento 2009-2010. Técnico de Electrónica, Automação e Comando

Escola Secundária/3 da Maia Cursos em funcionamento 2009-2010. Técnico de Electrónica, Automação e Comando Ensino Secundário Diurno Cursos Profissionais Técnico de Electrónica, Automação e Comando PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO O Técnico de Electrónica, Automação e Comando é o profissional qualificado

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES Publicação e actualizações Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

em colaboração com 2º Seminário em Angola Analisar, definir e desenhar os procedimentos Estabelecer um modelo de Report

em colaboração com 2º Seminário em Angola Analisar, definir e desenhar os procedimentos Estabelecer um modelo de Report em colaboração com Institute of Finance High Level Training for Finance Professionals 2º Seminário em Angola Como Elaborar e Criar o Manual de Políticas e Procedimentos Organize e Obtenha Informação Completa,

Leia mais

II Curso de E-learning

II Curso de E-learning Associação Portuguesa dos Técnicos de Natação Complexo de Piscinas Municipais de Rio Maior Estradas das Marinhas 2040 Rio Maior II Curso de E-learning O Técnico de Manutenção de Piscinas de Uso Colectivo

Leia mais

Largo Ramos da Costa, 7520 Sines. Responsável pelos sectores de Eletricidade e de Serralharia da Autarquia.

Largo Ramos da Costa, 7520 Sines. Responsável pelos sectores de Eletricidade e de Serralharia da Autarquia. M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Oliveira, José Manuel Santana De Oliveira Morada Praceta Nau Roxo, Lote n.º 5 Sines 7520-268 SINES Telefone 961740416 Fax 269630239 Correio electrónico

Leia mais

O Consumo de Energia está a aumentar

O Consumo de Energia está a aumentar Schneider Electric -Eficiência Energética HAG 04/2010 1 Luis Hagatong Energy Efficiency Manager Schneider Electric Portugal 3 as Jornadas Electrotécnicas Máquinas e instalações eléctricas ISEP 29 e 30

Leia mais

GESTÃO PATRIMONIAL. Conheça as Alterações Legislativas da. Adopte Medidas que lhe permitirão controlar e optimizar os Activos 3ª EDIÇÃO CURSO

GESTÃO PATRIMONIAL. Conheça as Alterações Legislativas da. Adopte Medidas que lhe permitirão controlar e optimizar os Activos 3ª EDIÇÃO CURSO 3ª EDIÇÃO CURSO Conheça as Alterações Legislativas da GESTÃO PATRIMONIAL Adopte Medidas que lhe permitirão controlar e optimizar os Activos LUANDA 9 e 10 de JUNHO de 2014 Conheça e analise o regime jurídico

Leia mais

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM por Engº João Barata (jbarata@ctcv.pt), CTCV Inovação Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro 1. - INTRODUÇÃO Os sub-sistemas de gestão, qualquer que seja o seu

Leia mais

A importância da marca

A importância da marca A importância da marca Vantagens dos compressores BOGE Eficiência energética, optimização de custos e fiabilidade Todos os compressores e acessórios BOGE são desenhados para obter a melhor relação qualidade

Leia mais

Marketing. Specialist. Masterclass. Marketing Estratégico + Marketing Operacional. 3 dias de formação intensiva

Marketing. Specialist. Masterclass. Marketing Estratégico + Marketing Operacional. 3 dias de formação intensiva Marketing www.iirangola.com Specialist Masterclass Marketing Estratégico + Marketing Operacional 3 dias de formação intensiva com um Formador de máximo nível Paulo Oliveira Director de Marketing Operacional

Leia mais

SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA. arlindo.louro@iep.pt

SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA. arlindo.louro@iep.pt SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA arlindo.louro@iep.pt Instalações instituto electrotécnico português Matosinhos Rua de S. Gens, 3717 4460-409 Senhora da Hora Tel.: 229570000/15 Fax: 229530594 e-mail:com@iep.pt

Leia mais

Estrutura da ERI. Administração. Direção Geral. Qualidade, Ambiente e Segurança. Comercial & Marketing. Departamento de Compras

Estrutura da ERI. Administração. Direção Geral. Qualidade, Ambiente e Segurança. Comercial & Marketing. Departamento de Compras At tud p rm t! ERI Engenharia SA A ERI Engenharia S.A. é uma empresa que está no mercado desde 1995. A nossa estratégia de actuação pauta-se pela flexibilidade e ajustamento face às necessidades e exigências

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

Profico Projetos, Fiscalização e Consultoria, Lda.

Profico Projetos, Fiscalização e Consultoria, Lda. Profico Projetos, Fiscalização e Consultoria, Lda. Rua Alfredo da Silva, 11B 1300-040 Lisboa Tlf. +351 213 619 380 Fax. +351 213 619 399 profico@profico.pt www.profico.pt INDICE 1. DESCRIÇÃO GERAL DA PROFICO...

Leia mais

EXCEL AVANÇADO PARA FINANCEIROS

EXCEL AVANÇADO PARA FINANCEIROS 7ª EDIÇÃO SEMINÁRIO Saiba como Optimizar e Automatizar a Informação Financeira EXCEL AVANÇADO PARA FINANCEIROS para Analisar os Desvios, Previsões e Apresentar Relatórios Muito bom e interessante. Satisfeita!

Leia mais

MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA

MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA VISÃO Ser a empresa líder e o fornecedor de referência do mercado nacional (na área da transmissão de potência e controlo de movimento) de sistemas de accionamento electromecânicos

Leia mais

Manual de Gestão da Qualidade

Manual de Gestão da Qualidade Manual de Gestão da Qualidade A Índice A Índice... 2 B Manual da Qualidade... 3 C A nossa Organização... 4 1 Identificação... 4 2 O que somos e o que fazemos... 4 3 Como nos organizamos internamente -

Leia mais

Soluções Empresariais. Business Remote Monitoring Solutions

Soluções Empresariais. Business Remote Monitoring Solutions Soluções Empresariais Business Remote Monitoring Solutions «A energia é hoje um bem escasso e dispendioso. Utilizá-la com rigor, de forma eficiente e sem desperdício, é o nosso desafio todos os dias» Isa

Leia mais

Reabilitação do Edifício da Casa da Cultura

Reabilitação do Edifício da Casa da Cultura Reabilitação do Edifício da Casa da Cultura ANEXO III PROGRAMA PRELIMINAR Programa_Preliminar_JC_DOM 1 Reabilitação do Edifício da Casa da Cultura PROGRAMA PRELIMINAR Índice! " #! $ % &' ( Programa_Preliminar_JC_DOM

Leia mais

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004 Ed. de Serviços da Exponor, 2º Av. Dr. António Macedo 4450 617 Leça da Palmeira t: 22 999 36 00 f: 22 999 36 01 e-mail: info@apcer.pt www.apcer.pt Formação Empresa 4450-617 Leça da Palmeira t: 22 998 1753

Leia mais

COMPETÊNCIAS PARA UMA LIDERANÇA INOVADORA

COMPETÊNCIAS PARA UMA LIDERANÇA INOVADORA CURSO PARA A Liderança e Gestão Implemente e Aplique COMPETÊNCIAS PARA UMA LIDERANÇA INOVADORA A Liderança é conseguir olhar mais alto e mais longe, para que a actuação das pessoas alcance o seu potencial

Leia mais

Instalações Eléctricas de Serviço Particular

Instalações Eléctricas de Serviço Particular Colégio de Engenharia Electrotécnica Instalações Eléctricas de Serviço Particular A problemática do enquadramento legal das Instalações Eléctricas de Serviço Particular tem sido objecto, ao longo do tempo,

Leia mais

\ BOAS PRÁTICAS NA ENERGIA A Gestão de Energia como Ferramenta de Gestão Empresarial

\ BOAS PRÁTICAS NA ENERGIA A Gestão de Energia como Ferramenta de Gestão Empresarial \ BOAS PRÁTICAS NA ENERGIA A Gestão de Energia como Ferramenta de Gestão Empresarial Workshop Eficiência Energética e Sustentabilidade Ambiental nas empresas CTCV 25 de Fevereiro de 2014 \ BOAS PRÁTICAS

Leia mais

Projecto e Dimensionamento de Sistemas Geotérmicos Superficiais

Projecto e Dimensionamento de Sistemas Geotérmicos Superficiais Projecto e Dimensionamento de Sistemas Geotérmicos Superficiais BOMBAS DE CALOR GEOTERMICAS e as suas soluções FACTORES DECISIVOS e os seus benefícios POTENCIAL DO SOLO acesso; características; perfuração

Leia mais

Todas as unidades são testadas na fábrica antes de serem vendidas! (Possibilidade de assistir aos testes)

Todas as unidades são testadas na fábrica antes de serem vendidas! (Possibilidade de assistir aos testes) 1 Todas as unidades são testadas na fábrica antes de serem vendidas! (Possibilidade de assistir aos testes) ISO 9001 Quality Management System ISO 14001 Environmental Management System 2 Sazonalidade das

Leia mais

Sistema Nacional de Certificação Energética de Edifícios (SCE) Paulo Santos / ADENE PORTUGAL

Sistema Nacional de Certificação Energética de Edifícios (SCE) Paulo Santos / ADENE PORTUGAL Sistema Nacional de Certificação Energética de Edifícios (SCE) Paulo Santos / ADENE PORTUGAL Inmetro, Brasil, 14 e 15 de Maio 2012 ÍNDICE ADENE - Apresentação Enquadramento e introdução ao SCE Formação

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHC Recursos Humanos CS A gestão total dos Recursos Humanos A solução que permite a optimização da selecção e recrutamento, a correcta descrição de funções, a execução das avaliações de desempenho e a

Leia mais

Eficiência Energética em Edifícios. J. Júlio Correia da Silva

Eficiência Energética em Edifícios. J. Júlio Correia da Silva J. Júlio Correia da Silva Workshop (Bio)Energia Resíduos Energias Renováveis e Eficiência Energética U. Évora 31 Maio 2010 A humanidade está a tomar consciência de que: - os recursos da Terra são finitos.

Leia mais

Segurança. Eficácia. Conforto. Controls Services Contratos de assistência abrangentes para sistemas de controlo de edifícios

Segurança. Eficácia. Conforto. Controls Services Contratos de assistência abrangentes para sistemas de controlo de edifícios Segurança Controls Services Contratos de assistência abrangentes para sistemas de controlo de edifícios Trane Controls Services para ter paz de espírito Mantenha o seu sistema a 100% Quando o seu sistema

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. Pág.1/12

CADERNO DE ENCARGOS. Pág.1/12 Manutenção do Sistema de climatização dos edifícios escolares da responsabilidade do Município, manutenção do Sistema de AVAC do Arquivo Municipal Alfredo Pimenta e manutenção do sistema de AVAC da Divisão

Leia mais

CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA

CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA O Programa para a Eficiência Energética tem como objectivo principal melhorar a eficiência energética dos edifícios portugueses. Com efeito, Portugal, sendo um país com excelentes

Leia mais

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development luanda www.letstalkgroup.com 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE Gestão da Formação 14

Leia mais

Consultadoria e Serviços Energéticos, lda ENERGIA PARA A VIDA. Energy for life

Consultadoria e Serviços Energéticos, lda ENERGIA PARA A VIDA. Energy for life ENERGIA PARA A VIDA Energy for life A GREEN SOLUTIONS A ambição de uma empresa não se reflecte nos seus feitos individuais, mas antes na realização de projectos marcantes para sua indústria. O reconhecimento

Leia mais

Gestão de Arquivo, Comunicação Escrita e Telefónica para ASSISTENTE PESSOAL

Gestão de Arquivo, Comunicação Escrita e Telefónica para ASSISTENTE PESSOAL MASTER-COURSE Gestão de Arquivo, Comunicação Escrita e Telefónica para ASSISTENTE PESSOAL e de DIRECÇÃO Angola MASTER-COURSE5 Gestão de Arquivo, Comunicação Escrita e Telefónica para ASSISTENTE PESSOAL

Leia mais

Empilhador de armazenagem tridireccional ETX 513/515. Capacidade de carga de 1250/1500 kg.

Empilhador de armazenagem tridireccional ETX 513/515. Capacidade de carga de 1250/1500 kg. Empilhador de armazenagem tridireccional ETX 513/515. Capacidade de carga de 1250/1500 kg. ETX 513 com garfos telescópicos (opcional) Capacidade de carga 1250 kg Elevação máxima 10 000 mm ETX 515 com garfos

Leia mais

APRESENTAÇÃO ACCENDO

APRESENTAÇÃO ACCENDO APRESENTAÇÃO ACCENDO "A Accendo é uma empresa que funciona com uma rede de parceiros e associados, vocacionada para o desempenho de todas as actividades ligadas à formação profissional essencialmente a

Leia mais

CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA (nova edição)

CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA (nova edição) CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA (nova edição) MÓDULO RCCTE OBJECTIVOS Formação de peritos qualificados no âmbito da Certificação Energética de Edifícios no que respeita à aplicação do novo Regulamento das Características

Leia mais

Data de adopção. Referência Título / Campo de Aplicação Emissor. Observações

Data de adopção. Referência Título / Campo de Aplicação Emissor. Observações NP ISO 10001:2008 Gestão da qualidade. Satisfação do cliente. Linhas de orientação relativas aos códigos de conduta das organizações CT 80 2008 NP ISO 10002:2007 Gestão da qualidade. Satisfação dos clientes.

Leia mais

ISO 9001 : 2008. De 22/10/2012 a 26/10/2012. Local: Hotel a definir Rio de Janeiro. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min

ISO 9001 : 2008. De 22/10/2012 a 26/10/2012. Local: Hotel a definir Rio de Janeiro. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min ISO 9001 : 2008 Modernização (Retrofit) de Sistemas de Ar Condicionado De 22/10/2012 a 26/10/2012 Local: Hotel a definir Rio de Janeiro Carga Horária: 40 horas Horário: das 8h30min às 17h30min Objetivo:

Leia mais

- Enquadramento Legal Abordagem genérica das questões associadas à QAI; Enquadramento Legal.

- Enquadramento Legal Abordagem genérica das questões associadas à QAI; Enquadramento Legal. Cursos de atualização profissional para revalidação da credenciação técnica (nº 6, art. 22º DL79/2006 de 4 Abril) Referenciais mínimos aprovados pela Comissão Tripartida Revalidação da Credenciação a TIM

Leia mais

Cursos Sistemas Vapor 2015

Cursos Sistemas Vapor 2015 Cursos Sistemas Vapor 2015 Acção de formação para: Directores de produção Desenhadores de instalações Gerentes de fábrica Engenheiros de processo Engenheiros de projecto Instaladores Gestores de energia

Leia mais

Software comercial para planeamento da distribuição

Software comercial para planeamento da distribuição Software comercial para planeamento da distribuição Existe uma grande variedade de software comercial para planeamento e análise de sistemas eléctricos de distribuição (ver tabela). Muitas das empresas

Leia mais

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos PHC Workflow CS O controlo e a automatização de processos internos A solução que permite que um conjunto de acções a executar siga uma ordem pré-definida, de acordo com as normas da empresa, aumentando

Leia mais

Serviços de Manutenção de Sistemas

Serviços de Manutenção de Sistemas Serviços de Manutenção de Sistemas Exmos/as Senhores/as Na expectativa de ser do vosso interesse, venho por este meio dar a conhecer os serviços disponibilizados pelo nosso Departamento de Manutenção e

Leia mais

Isolamento HVAC. Soluções de Isolamento para Aplicações em Climatização. Nova marcação CE e nova gama de produtos ISOVER CLIM

Isolamento HVAC. Soluções de Isolamento para Aplicações em Climatização. Nova marcação CE e nova gama de produtos ISOVER CLIM Isolamento HVAC Soluções de Isolamento para Aplicações em Climatização Nova marcação CE e nova gama de produtos ISOVER CLIM Introdução Veerle Verhaert Grupo Saint-Gobain Durante mais de três séculos, a

Leia mais